Apresentamos-lhe umas ferramentas confortáveis e gratuitas para publicar e compartilhar informações.

Volume ilimitado

Carregue tanto quanto você quiser! O volume de arquivos carregados é ilimitado. Você pode publicar qualquer número de documentos em formatos eletrônicos PDF, Microsoft Word e PowerPoint.

HTML5, sem Flash

Todos os arquivos carregados no site serão automaticamente adaptados para leitura no iPad, iPhone, Android e outras plataformas.

Exibir na janela do navegador

Oportunidade para exibir os documentos sem baixar - direito na janela do browser. É realmente cômodo!

Quais as tarefas podem ser resolvidas usando o nosso site?

Ao utilizar o nosso site você pode encontrar facilmente livros para ajudar a se preparar para o exame, bem como os ensaios completos, trabalhos de curso e tutoriais sobre diversos temas. A Biblioteca deste Recursos de Formação tem milhares de manuais, artigos e livros em uma variedade de disciplinas acadêmicas.

Publicar catálogos com os produtos em nosso website, tornando-os disponíveis a um público mais vasto. Anuncie seu negócio, colocando folhetos, brochuras e materiais promocionais. Encontre ideias interessantes e soluções para negócio que compartilham nossos usuários do recurso.

Comprou uma lavadora, mas não têm manual? Tente procurá-lo no nosso recurso. Você tem o mais recente modelo? Ajude aos outros - enriqueça a base, adicionando manual que ainda não está disponível no site.

Faça sua pesquisa disponível não apenas para os colegas, mas também a um público mais vasto. Publique e discuta seus artigos. Mantenha-se atualizado com os últimos desenvolvimentos científicos através de nosso website. Encontre materiais de pesquisa sobre o tema que lhe interessa e compartilhe-los com os colegas.

Conte sobre suas obras para as pessoas, publicando elas no nosso website. A coleção de cenários para os feriados, poesia, coletâneas de contos e outras obras de autores menos conhecidos e independentes.

Documentos procurados

How to Build a Robot at Home

How to Build a Robot at Home How to Build a Robot at Home Do you want to learn how to build your own robot? There are a lot different types of robots that you can make by yourself. Most of the people want to see a robot perform the

Leia mais

Arduino Mini Shields Construction

Arduino Mini Shields Construction instructables Arduino Mini Shields Construction by Patel Darshil Presented Here are the Arduino Mini Shields. These Shields are very easy and fun to make. Arduino shields are very useful for the Arduino

Leia mais

HELENA PETROVNA BLAVATSKY A DOUTRINA SECRETA. Síntese de Ciência, Filosofia e Religião. Tradução de RAYMUNDO MENDES SOBRAL VOLUME I COSMOGÊNESE

HELENA PETROVNA BLAVATSKY A DOUTRINA SECRETA. Síntese de Ciência, Filosofia e Religião. Tradução de RAYMUNDO MENDES SOBRAL VOLUME I COSMOGÊNESE HELENA PETROVNA BLAVATSKY A DOUTRINA SECRETA Síntese de Ciência, Filosofia e Religião Tradução de RAYMUNDO MENDES SOBRAL VOLUME I COSMOGÊNESE EDITORA PENSAMENTO São Paulo 1 Esta obra é dedicada aos verdadeiros

Leia mais

TABERNÁCULO EVANGÉLICO A VOZ DE DEUS Fone: (51)

TABERNÁCULO EVANGÉLICO A VOZ DE DEUS    Fone: (51) E-mail: contato@palavracriativa.org.br Fone: (51)3590-3187 2 A ORDEM DA VINDA DO SENHOR JESUS CRISTO E A ORDEM DA RESSURREIÇÃO A ORDEM DA VINDA DO SENHOR JESUS CRI RISTO E A ORDEM DA RESSURREIÇÃO Vejamos

Leia mais

S p i r i t u a l P r e p a r a t i o n f o r. a n E m e r g i n g W o r l d. T h e B o o k o f I n n e r K n o w i n g

S p i r i t u a l P r e p a r a t i o n f o r. a n E m e r g i n g W o r l d. T h e B o o k o f I n n e r K n o w i n g S p i r i t u a l P r e p a r a t i o n f o r a n E m e r g i n g W o r l d b Steps to Knowledge b T h e B o o k o f I n n e r K n o w i n g S p i r i t u a l P r e p a r a t i o n f o r a n E m e r g

Leia mais

MAURÍCIO RODRIGUES PEREIRA A FOTOGRAFIA DE MODA DE TIM WALKER: UMA ANÁLISE FOTOGRÁFICA À LUZ DAS EXPRESSÕES DO SURREALISMO

MAURÍCIO RODRIGUES PEREIRA A FOTOGRAFIA DE MODA DE TIM WALKER: UMA ANÁLISE FOTOGRÁFICA À LUZ DAS EXPRESSÕES DO SURREALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA MAURÍCIO RODRIGUES PEREIRA A FOTOGRAFIA DE MODA

Leia mais

Balanço Energético Nacional 2016

Balanço Energético Nacional 2016 Balanço Energético Nacional 2016 Relatório Síntese ano base 2015 Empresa de Pesquisa Energética - EPE Rio de Janeiro, RJ Junho de 2016 BEN 2016 Destaques ano base 2015 Ministério de Minas e Energia MME

Leia mais

Poliomielite: várias histórias da doença e de seus efeitos tardios

Poliomielite: várias histórias da doença e de seus efeitos tardios LIVROS & REDES Poliomielite: várias histórias da doença e de seus efeitos tardios Poliomyelitis: several stories of the disease and its after effects Lina Faria Coordenadora do Curso de Fisioterapia/Universidade

Leia mais

Avaliação da colesterolenia não HDL em escolares e adolescentes

Avaliação da colesterolenia não HDL em escolares e adolescentes ARTIGO ORIGINAL Avaliação da colesterolenia não HDL em escolares e adolescentes Evaluation of non-hdl cholesterolemia in schoolchildren and teenagers Manoel Vinicius Rocha Araki 1, Isabela Cristina Rocha

Leia mais

Investimento português no Peru: o caso da PHC Software

Investimento português no Peru: o caso da PHC Software Instituto Superior de Gestão Investimento português no Peru: o caso da PHC Software Carlos Alberto Jimenez Tuesta Dissertação de Mestrado para Obtenção do Grau de Mestre em Estratégia de Investimento e

Leia mais

PEDIDO 1 DIÁRIO GERAL - RII

PEDIDO 1 DIÁRIO GERAL - RII PEDIDO 1 DIÁRIO GERAL - RII 1 Clientes - conta corrente a Vendas 1250.00 a Estado - IVA liquidado 250.00 1500.00 2 a Fornecedores - conta corrente Compras de Mercadorias 1100.00 Estado - IVA dedutível

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL RÍVERES REIS DE ALMEIDA

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL RÍVERES REIS DE ALMEIDA CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL RÍVERES REIS DE ALMEIDA USO DE SOFTWARES NO ENSINO DE QUÍMICA: potencialidades pedagógicas em busca

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Mestrado Integrado em Medicina Dentária

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Mestrado Integrado em Medicina Dentária Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra Mestrado Integrado em Medicina Dentária Uma visão do Sistema de Medicina Tradicional Chinesa à luz do conhecimento científico actual Carolina Cruz Lourenço

Leia mais

DADOS DE COPYRIGHT. É expressamente proibida e totalmente repudiável a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo

DADOS DE COPYRIGHT. É expressamente proibida e totalmente repudiável a venda, aluguel, ou quaisquer uso comercial do presente conteúdo DADOS DE COPYRIGHT Sobre a obra: A presente obra é disponibilizada pela equipe Le Livros e seus diversos parceiros, com o objetivo de oferecer conteúdo para uso parcial em pesquisas e estudos acadêmicos,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL EDWARD AREDES DA SILVA JUNIOR

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL EDWARD AREDES DA SILVA JUNIOR CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO LOCAL EDWARD AREDES DA SILVA JUNIOR PRÁTICAS EDUCATIVAS DE INCLUSÃO DA TEMÁTICA DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Leia mais

RESPONSABILIDADE PENAL PELO CRIME PROPAGAÇÃO DE DOENÇA CONTAGIOSA

RESPONSABILIDADE PENAL PELO CRIME PROPAGAÇÃO DE DOENÇA CONTAGIOSA Universidade Católica Portuguesa do Porto Escola de Direito RESPONSABILIDADE PENAL PELO CRIME PROPAGAÇÃO DE DOENÇA CONTAGIOSA Dissertação de Mestrado em Direito Criminal Sob orientação da Exma. Senhora

Leia mais

Investigando a Influência de Indivíduos Imunes na Propagação de Doenças Contagiosas

Investigando a Influência de Indivíduos Imunes na Propagação de Doenças Contagiosas Trabalho apresentado no DINCON, Natal - RN, 2015. 1 Proceeding Series of the Brazilian Society of Computational and Applied Mathematics Investigando a Influência de Indivíduos Imunes na Propagação de Doenças

Leia mais

ESTUDO DA SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE RENAL E DE SEUS ENXERTOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA NO PERÍODO DE 2002 A

ESTUDO DA SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE RENAL E DE SEUS ENXERTOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA NO PERÍODO DE 2002 A i DENIS NAOKI MINAMI ESTUDO DA SOBREVIDA DE PACIENTES SUBMETIDOS A TRANSPLANTE RENAL E DE SEUS ENXERTOS NO ESTADO DE SANTA CATARINA NO PERÍODO DE 2002 A 2008. Trabalho apresentado à Universidade Federal

Leia mais

Forças exógenas na elaboração do relevo

Forças exógenas na elaboração do relevo Forças exógenas na elaboração do relevo Agentes da dinâmica externa sobre o relevo; Processos morfogenéticos: e Geomorfologia do Carste Intemperismo (físico e químico) PROCESSOS EXÓGENOS NA ELABORAÇÃO

Leia mais

Criação de unidade de transplantes de medulla óssea de Santa Catarina ( )

Criação de unidade de transplantes de medulla óssea de Santa Catarina ( ) ARTIGO ORIGINAL Criação de unidade de transplantes de medulla óssea de Santa Catarina (1997-2009) Creation of the bone marrow transplant unit in Santa Catarina (1997-2009) Creación de la unidad de trasplante

Leia mais

1. Considere um processador super-pipelined com 4 estágios (IF,ID,EX,WB), a operar à frequência de 1GHz, e com as seguintes caracteristicas:

1. Considere um processador super-pipelined com 4 estágios (IF,ID,EX,WB), a operar à frequência de 1GHz, e com as seguintes caracteristicas: 1. Considere um processador super-pipelined com 4 estágios (IF,ID,EX,WB), a operar à frequência de 1GHz, e com as seguintes caracteristicas: unidades funcionais pipelined com as seguintes latências: 1

Leia mais

Pragmática das Linguagens de

Pragmática das Linguagens de Instituto Superior Técnico Pragmática das Linguagens de Programação 2004/2005 Primeiro Exame/Segundo Teste 17/12/2004 Número: Turma: Nome: Escreva o seu número em todas as folhas do teste. O tamanho das

Leia mais

PEELING GLICÓLICO PARA TRATAMENTO EM MELASMA: USOS E CUIDADOS

PEELING GLICÓLICO PARA TRATAMENTO EM MELASMA: USOS E CUIDADOS PEELING GLICÓLICO PARA TRATAMENTO EM MELASMA: USOS E CUIDADOS Bruna Rodrigues Cunha¹Neiva Cristina Lubi² 1. Acadêmica do curso de tecnologia em Estética e Imagem Pessoal da Universidade Tuiuti do Paraná

Leia mais

Figura [6] Ensaio em curto-circuito

Figura [6] Ensaio em curto-circuito DIAGRAMAS DE SEQUÊNCIA DE TRANSFORMADORES PARTE 1 6- ROTEIRO DA PARTE EXPERIMENTAL O objetivo da experiência é levantar o diagrama de seqüência zero para os diversos tipos de ligação de um banco de transformadores

Leia mais

CBN ANHANGUERA NAS ELEIÇÕES 2006 EM GOIÁS: A PREDOMINÂNCIA DO JORNALISMO DE SERVIÇO NA COBERTURA DAS VOTAÇÕES

CBN ANHANGUERA NAS ELEIÇÕES 2006 EM GOIÁS: A PREDOMINÂNCIA DO JORNALISMO DE SERVIÇO NA COBERTURA DAS VOTAÇÕES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E BIBLIOTECONOMIA MAURÍCIO COSTA DE FREITAS CBN ANHANGUERA NAS ELEIÇÕES 2006 EM GOIÁS: A PREDOMINÂNCIA DO JORNALISMO DE SERVIÇO NA COBERTURA

Leia mais

O USO DE INDICADORES NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO COMBINADO

O USO DE INDICADORES NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO COMBINADO O USO DE INDICADORES NO PROCESSO DE PLANEJAMENTO COMBINADO TC Taylor de Carvalho Neto 1 GENERALIDADES O MD 33-M-05 (Manual de Processo de Planejamento de Comando para Operações Combinadas - PPC) estabelece

Leia mais

SERFLOR SISTEMA ESTADUAL DE REPOSIÇÃO FLORESTAL OBRIGATÓRIA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO FLORESTAL DECRETO N. 1940/96

SERFLOR SISTEMA ESTADUAL DE REPOSIÇÃO FLORESTAL OBRIGATÓRIA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO FLORESTAL DECRETO N. 1940/96 DECRETO N. 1940/96 Regulamenta a Lei n. 10.155 de 1. de Dezembro de 1992 e a Lei N. 11.054 de 11 de Janeiro de 1995, no que diz respeito à Reposição Florestal Obrigatória no Estado do Paraná. O Governador

Leia mais

Ribeiro, F. F. (2010), O Democrata, primeiro jornal republicano do Faial. Boletim do Núcleo Cultural da Horta, 19:

Ribeiro, F. F. (2010), O Democrata, primeiro jornal republicano do Faial. Boletim do Núcleo Cultural da Horta, 19: O Democrata, primeiro jornal republicano do Faial Fernando Faria Ribeiro Ribeiro, F. F. (2010), O Democrata, primeiro jornal republicano do Faial. Boletim do Núcleo Cultural da Horta, 19: 81-95. Sumário:

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE GRADUAÇÃO ENGENHARIA MECÂNICA

PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE GRADUAÇÃO ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE GRADUAÇÃO ENGENHARIA MECÂNICA MAIO DE 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS

Leia mais

CONSTRUINDO HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL - A QUESTÃO DOS EIXOS TEMÁTICOS CONSTRUCTION HISTORY IN ELEMENTARY SCHOOL: THE QUESTION OF THEMATIC AXES

CONSTRUINDO HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL - A QUESTÃO DOS EIXOS TEMÁTICOS CONSTRUCTION HISTORY IN ELEMENTARY SCHOOL: THE QUESTION OF THEMATIC AXES CONSTRUINDO HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL - A QUESTÃO DOS EIXOS TEMÁTICOS Vilma Fernandes Neves UNESP - FCL - Assis e Universidade Tuiuti do Paraná. Mestrado em História pela UNESP Assis e Doutorado em

Leia mais

Apex Ensino apresenta: MANUAL DO. Programador Jr. Como iniciar de forma brilhante na Carreira de Programador mesmo sem ser um gênio dos algoritmos.

Apex Ensino apresenta: MANUAL DO. Programador Jr. Como iniciar de forma brilhante na Carreira de Programador mesmo sem ser um gênio dos algoritmos. Apex Ensino apresenta: MANUAL DO Programador Jr. Como iniciar de forma brilhante na Carreira de Programador mesmo sem ser um gênio dos algoritmos. 02 INTRODUÇÃO Por que programar? Sabe aquela cena do filme

Leia mais

LNB47 Catalisador PU

LNB47 Catalisador PU 1. IDENTIFICAÇÃO Nome dos Produtos: Ficha de Informações de Página: (1 de 14) Principais usos recomendados: Endurecedor para tintas e vernizes poliuretânicos bicomponentes. Fornecedor: MONTANA QUIMICA

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO ENDURECEDOR PARA PU

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO ENDURECEDOR PARA PU FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO ENDURECEDOR PARA PU 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Endurecedor para PU Fabricante: Brasolv Indústria Química Ltda Endereço:

Leia mais

Resistência ao calor seco. Secagem Repintura 10ºC 25ºC 35ºC Min. 12 horas 8 horas 5 horas Máx. 48 horas 48 horas 48 horas

Resistência ao calor seco. Secagem Repintura 10ºC 25ºC 35ºC Min. 12 horas 8 horas 5 horas Máx. 48 horas 48 horas 48 horas LACKTHANE N 2677 R DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta de acabamento poliuretano acrílico alifático brilhante bicomponente, de altos sólidos por volume. Produto desenvolvido para compor um sistema de proteção

Leia mais

CATALISADOR PU INDUSTRIAL

CATALISADOR PU INDUSTRIAL FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS (conforme Norma Brasileira ABNT NBR 14725) CATALISADOR PU INDUSTRIAL 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Descrição do produto Nome do produto

Leia mais

NOME DO PRODUTO: Catalisador para Primer PU 5:1 Revisão 01 FISPQ N o Página 1 de 4

NOME DO PRODUTO: Catalisador para Primer PU 5:1 Revisão 01 FISPQ N o Página 1 de 4 FISPQ N o 0102-02 Página 1 de 4 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA NOME DO PRODUTO: Catalisador para Primer PU 5:1 NOME COMERCIAL Catalisador para Primer PU 5:1 NOME DO FABRICANTE COMPANHIA SUL-AMERICANA

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A instituição do Pregão para aquisição de bens e contratação de serviços comuns Adriana Maurano * 1.Introdução. 2. Licitação: Considerações gerais. Aspectos históricos. As modalidades

Leia mais

LANDELL DE MOURA OU MARCONI, QUEM É O PIONEIRO? César Augusto Azevedo dos Santos Universidade de Passo Fundo

LANDELL DE MOURA OU MARCONI, QUEM É O PIONEIRO? César Augusto Azevedo dos Santos Universidade de Passo Fundo LANDELL DE MOURA OU MARCONI, QUEM É O PIONEIRO? César Augusto Azevedo dos Santos Universidade de Passo Fundo Há pelo menos dois casos de pioneirismo de cientistas brasileiros no desenvolvimento de trabalhos

Leia mais

O JOGO DA CAPOEIRA NO CONTEXTO ANTROPOLÓGICO E BIOMECÂNICO. por. Adriana D Agostini

O JOGO DA CAPOEIRA NO CONTEXTO ANTROPOLÓGICO E BIOMECÂNICO. por. Adriana D Agostini O JOGO DA CAPOEIRA NO CONTEXTO ANTROPOLÓGICO E BIOMECÂNICO por Adriana D Agostini Dissertação Apresentada à Coordenadoria de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina como

Leia mais

GUIA RÁPIDO WEB SIGNER. Portal e-saj / TJSP V.4

GUIA RÁPIDO WEB SIGNER. Portal e-saj / TJSP V.4 GUIA RÁPIDO WEB SIGNER Portal e-saj / TJSP V.4 INTRODUÇÃO Com foco em melhorar a utilização, o portal e-saj foi atualizado com diversas melhorias para facilitar o seu cotidiano. Atualmente, o portal utiliza

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO A EMPATIA E OS PADRÕES DE VINCULAÇÃO EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS: UM ESTUDO COMPARATIVO

UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO A EMPATIA E OS PADRÕES DE VINCULAÇÃO EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS: UM ESTUDO COMPARATIVO UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO ESCOLA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS A EMPATIA E OS PADRÕES DE VINCULAÇÃO EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS: UM ESTUDO COMPARATIVO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM PSICOLOGIA,

Leia mais

Instituto Superior de Psicologia Aplicada

Instituto Superior de Psicologia Aplicada Instituto Superior de Psicologia Aplicada EMPATIA E SIMPATIA EM CRIANÇAS: DIFERENÇAS ENTRE GÉNEROS Carolina Almada Urbano 12294 Tese submetida como requisito parcial para a obtenção do grau de Mestre em

Leia mais

Prof. A. G. Silva. 09 de março de Prof. A. G. Silva Programação em Lógica 09 de março de / 35

Prof. A. G. Silva. 09 de março de Prof. A. G. Silva Programação em Lógica 09 de março de / 35 Programação em Lógica Prof. A. G. Silva 09 de março de 2017 Prof. A. G. Silva Programação em Lógica 09 de março de 2017 1 / 35 Disciplina INE5416 Paradigmas de Programação Turma: 04208 Professor: Alexandre

Leia mais

Inteligência Artificial Aplicada a Sistemas de Controle e Automação DAS 6607

Inteligência Artificial Aplicada a Sistemas de Controle e Automação DAS 6607 Inteligência Artificial Aplicada a Sistemas de Controle e AutomaçãoDAS 6607 p. 1/27 Inteligência Artificial Aplicada a Sistemas de Controle e Automação DAS 6607 Guilherme Bittencourt Departamento de Automação

Leia mais

EMPATIA NA RELAÇÃO MÉDICO-DOENTE Evolução em Alunos do Primeiro Ano de Medicina e Contribuição para a Validação da Escala Jefferson em Portugal

EMPATIA NA RELAÇÃO MÉDICO-DOENTE Evolução em Alunos do Primeiro Ano de Medicina e Contribuição para a Validação da Escala Jefferson em Portugal ARTIGO ORIGINAL Acta Med Port 2011; 24(S2): 431-442 EMPATIA NA RELAÇÃO MÉDICO-DOENTE Evolução em Alunos do Primeiro Ano de Medicina e Contribuição para a Validação da Escala Jefferson em Portugal José

Leia mais

Análise estratégica do serviço de referência virtual

Análise estratégica do serviço de referência virtual Análise estratégica do serviço de referência virtual Análisis estratégico de un servicio de referencia virtual Strategic analysis of a virtual reference service Ieda Pelogia Martins DAMIAN, Márcia Regina

Leia mais

REAPROVEITAMENTO DO CABELO HUMANO PARA REMOÇÃO DE CROMO HEXAVALENTE DE EFLUENTES LÍQUIDOS - TRATAMENTO E CONTROLE DE EFLUENTES.

REAPROVEITAMENTO DO CABELO HUMANO PARA REMOÇÃO DE CROMO HEXAVALENTE DE EFLUENTES LÍQUIDOS - TRATAMENTO E CONTROLE DE EFLUENTES. REAPROVEITAMENTO DO CABELO HUMANO PARA REMOÇÃO DE CROMO HEXAVALENTE DE EFLUENTES LÍQUIDOS - TRATAMENTO E CONTROLE DE EFLUENTES. Marcelo Pelisoli Holz marcelo_holz@hotmail.com Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

REJEITOS RADIOATIVOS GERADOS NA USINA DE ANGRA 1 E NA PRODUÇÃO DE RADIOISÓTOPOS PARA FINALIDADES MÉDICO-INDUSTRIAIS

REJEITOS RADIOATIVOS GERADOS NA USINA DE ANGRA 1 E NA PRODUÇÃO DE RADIOISÓTOPOS PARA FINALIDADES MÉDICO-INDUSTRIAIS REJEITOS RADIOATIVOS GERADOS NA USINA DE ANGRA 1 E NA PRODUÇÃO DE RADIOISÓTOPOS PARA FINALIDADES MÉDICO-INDUSTRIAIS Nelson Leon Meldonian* e Luís Antonio Terribile de Mattos* Grupo de Energia e Ambiente

Leia mais

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL A SEGURIDADE SOCIAL BRASILEIRA Constituição Federal de 1988 TÍTULO VIII - Da Ordem Social CAPÍTULO II - Da Seguridade Social Art. 194 a 204 CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS

Leia mais

Mestrado em Segurança e Qualidade Alimentar na Restauração. Avaliação dos Fatores de Risco de Saladas Embaladas Prontas para Consumir

Mestrado em Segurança e Qualidade Alimentar na Restauração. Avaliação dos Fatores de Risco de Saladas Embaladas Prontas para Consumir Mestrado em Segurança e Qualidade Alimentar na Restauração Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Avaliação dos Fatores de Risco de Saladas Embaladas Prontas para Consumir Filasmonique Laurinda

Leia mais

ISSN saems. Matemática 8º ano do Ensino Fundamental. Sistema de Avaliação da Educação da Rede Pública de Mato Grosso do Sul

ISSN saems. Matemática 8º ano do Ensino Fundamental. Sistema de Avaliação da Educação da Rede Pública de Mato Grosso do Sul ISSN 2238-0590 saems revista PEDAGÓGICA Matemática 8º ano do Ensino Fundamental 2011 Sistema de Avaliação da Educação da Rede Pública de Mato Grosso do Sul Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Governador

Leia mais

Mitsui Sumitomo Seguros

Mitsui Sumitomo Seguros Mitsui Sumitomo Seguros MS Frota MS Auto GUIA DE CONSULTA RÁPIDA PRODUTOS DE AUTOMÓVEL Pág. 1 Prezado Corretor: Pensando em proporcionar ainda mais praticidade ao seu dia a dia e também maior eficácia

Leia mais

Manual de Operações. MS Auto

Manual de Operações. MS Auto Manual de Operações MS Auto Individual/Frota Versão 147 Abril/2017 Mitsui Sumitomo Seguros Uma seguradora do jeito que sua corretora precisa Parte integrante do MS&AD Insurance Group, o maior grupo segurador

Leia mais

REFORMADOR ISSN

REFORMADOR ISSN REFORMADOR ISSN 1413-1749 REVISTA DE ESPIRITISMO CRISTÃO FUNDADA EM 21-1-1883 ANO 118 / JANEIRO, 2000 / Nº 2.050 Fundador: Augusto Elias da Silva Propriedade e orientação da INTERNET PÁGINA NA WEB: http://www.febrasil.org.br

Leia mais

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE

PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Resumo da evolução dos custos em Junho/08 PELA PRIMEIRA VEZ, ARROBA SOBE MAIS QUE CUSTO NO 1º SEMESTRE Pela primeira vez, a arroba do boi gordo no primeiro semestre do ano teve alta superior ao do Custo

Leia mais

Revue de presse Francophonie 2013 Nordeste du Brésil

Revue de presse Francophonie 2013 Nordeste du Brésil Revue de presse Francophonie 2013 Nordeste du Brésil Mademoiselle K en concert le 16 mars à Salvador, Théâtre Molière Alliance Française le 26 mars à Recife, Teatro Barreto Junior Contact Service de Coopération

Leia mais

Da rebeldia insurgente ao niilismo outsider: câmbios culturais conectam a juventude e rock and roll entre a pré e a pós modernidade

Da rebeldia insurgente ao niilismo outsider: câmbios culturais conectam a juventude e rock and roll entre a pré e a pós modernidade Da rebeldia insurgente ao niilismo outsider: câmbios culturais conectam a juventude e rock and roll entre a pré e a pós modernidade Jackson da Silva Leal 1 Resumo: O presente trabalho objetiva analisar

Leia mais

IPRJ TÓPICOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE (JOGOS II) LISTA DE EXERCÍCIOS UNITY 3D

IPRJ TÓPICOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE (JOGOS II) LISTA DE EXERCÍCIOS UNITY 3D IPRJ TÓPICOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE (JOGOS II) LISTA DE EXERCÍCIOS UNITY 3D 1. O que é um Prefab na Unity3D? Descreva pelo menos um exemplo de uso. 2. Ao criar uma cena na Unity3D é possível

Leia mais

Rock District é o novo espaço da Cidade do Rock

Rock District é o novo espaço da Cidade do Rock Abril / 2017 Rock District é o novo espaço da Cidade do Rock O que era para ser uma rua tornou-se um bairro com muitos atrativos para o público, incluindo inspirações da famosa Hollywood Rio de Janeiro,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉNICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL MESTRADO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL FERNANDO PARENTE LIRA CAVALCANTE APRENDIZADO COM BASE EM PROBLEMAS:

Leia mais

POTTENCIAL RISCOS DE ENGENHARIA DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

POTTENCIAL RISCOS DE ENGENHARIA DISPOSIÇÕES PRELIMINARES POTTENCIAL RISCOS DE ENGENHARIA DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O registro deste plano na SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização. O presente produto tem registro

Leia mais

temiminós. sepultado

temiminós. sepultado PROFESSOR: EQUIPEE DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA E GEOGRAFIA 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ======== ========= ========= ========= ========= ========= ======== ======== ========= ==

Leia mais

A TRAJETÓRIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE

A TRAJETÓRIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE 1 A TRAJETÓRIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE Leni Terezinha Marcelo Pinzan 1 Drª. Maria Rosemary Coimbra Campos Sheen 2 INTRODUÇÃO: Este trabalho ora em andamento tem por finalidade

Leia mais

EGITO COM CRUZEIRO PELO RIO NILO 30 DE OUTUBRO, 2017

EGITO COM CRUZEIRO PELO RIO NILO 30 DE OUTUBRO, 2017 EGITO COM CRUZEIRO PELO RIO NILO 30 DE OUTUBRO, 2017 Um passeio completo pelo Egito, país de belezas naturais, cultura e patrimônio histórico fascinantes. O melhor do Cairo, incluindo visitas às Pirâmides

Leia mais

DISPOSITIVOS E APLICAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA PICOS E DE FILTRAGEM

DISPOSITIVOS E APLICAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA PICOS E DE FILTRAGEM RELATÓRIO TÉCNICO DISPOSITIVOS E APLICAÇÕES DE PROTEÇÃO CONTRA PICOS E DE FILTRAGEM PRODUTOS CONTRA PICO E DE FILTRAGEM CÓD.CAT. 4983 Origem e efeitos de transientes e ruídos elétricos e os produtos e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Prova Tradicional 18/10/2015.

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Prova Tradicional 18/10/2015. PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Prova Tradicional 18/10/2015. A Universidade Cruzeiro do Sul, atendendo à Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, republicada

Leia mais

A PRODUÇÃO CULTURAL JUVENIL E A CONTEMPORANEIDADE: A COLEÇÃO PRIMEIRO AMOR

A PRODUÇÃO CULTURAL JUVENIL E A CONTEMPORANEIDADE: A COLEÇÃO PRIMEIRO AMOR FACULDADE DE LETRAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM TEORIA DA LITERATURA JESIANE MARION FERNANDES A PRODUÇÃO CULTURAL JUVENIL E A CONTEMPORANEIDADE: A COLEÇÃO PRIMEIRO AMOR Porto Alegre 2010 JESIANE

Leia mais

Inês Santos*, Carla Ramalho** Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Inês Santos*, Carla Ramalho** Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Review article/artigo de revisão Elective induction of labor at 39 weeks vs expectant management of pregnancy: a systematic review Indução eletiva do trabalho de parto às 39 semanas de gestação vs atitude

Leia mais

FATORES QUE LEVAM AS MULHERES ADULTAS A USAR A MAQUIAGEM DIARIAMENTE UMA PESQUISA APLICADA

FATORES QUE LEVAM AS MULHERES ADULTAS A USAR A MAQUIAGEM DIARIAMENTE UMA PESQUISA APLICADA FATORES QUE LEVAM AS MULHERES ADULTAS A USAR A MAQUIAGEM DIARIAMENTE UMA PESQUISA APLICADA Mylla Vanessa S. Henning 1, Silvani Emiliano 2 1.Acadêmico do curso de Tecnologia em Estética e Imagem Pessoal

Leia mais

17/08/2010 O Portal de Periódicos da Capes e a Web of Science

17/08/2010 O Portal de Periódicos da Capes e a Web of Science OP Portal Capes e a 17/08/2010 O Portal de Periódicos da Capes e a 1 Alguns dados... http://www.periodicos.capes.gov.br O Portal de periódicos foi criado pela CAPES em 2000, permitindo acesso online a

Leia mais

Se Esse Corpo Fosse Meu: Uma Análise da Representação do Corpo Veiculada pela Revista Boa Forma

Se Esse Corpo Fosse Meu: Uma Análise da Representação do Corpo Veiculada pela Revista Boa Forma Se Esse Corpo Fosse Meu: Uma Análise da Representação do Corpo Veiculada pela Revista Boa Forma Sofia Batista FERRAZ 1 Marília Romero CAMPOS 2 Resumo Considerando a importância do corpo no processo de

Leia mais

Análise da apropriação do discurso científico na Revista Boa Forma 1

Análise da apropriação do discurso científico na Revista Boa Forma 1 Análise da apropriação do discurso científico na Revista Boa Forma 1 Roselly Gonçalves Rodrigues 2 Lara Carlette Thiengo 3 Ernane Correa Rabelo 4 Universidade Federal de Viçosa (UFV) RESUMO Este artigo

Leia mais

SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual

SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual SIBI/PUCPR Biblioteca Virtual Objetivo Este tutorial tem a finalidade de passar orientações objetivas e diretas sobre o uso das ferramentas básicas disponíveis nesta base de dados. Maiores informações

Leia mais

5) CEEE - Sobre a Norma Regulamentadora 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade -, assinale a alternativa correta

5) CEEE - Sobre a Norma Regulamentadora 10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade -, assinale a alternativa correta 1) TRENSURB - Em serviços executados em instalações elétricas são previstas medidas de proteção coletiva, relacionadas a seguir. Assinale a alternativa que contém a medida coletiva prioritária: a) bloqueio

Leia mais

INTRODUÇÃO: A LUTA PELO SIGNIFICADO

INTRODUÇÃO: A LUTA PELO SIGNIFICADO INTRODUÇÃO: A LUTA PELO SIGNIFICADO Se esperamos viver não só cada momento, mas ter uma verdadeira consciência de nossa existência, nossa maior necessidade e mais difícil realização será encontrar um significado

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL MONITORAMENTO E MODELAGEM HIDROLÓGICA DA SUB- BACIA DO LAGO PARANOÁ - BRASÍLIA/DF - E AVALIAÇÃO DE BACIA DE

Leia mais

16,00 face Restauração provisória em cimento de ionómero de vidro modificado de duas A

16,00 face Restauração provisória em cimento de ionómero de vidro modificado de duas A Código Acto Tabela Especial de Medicina Dentária Preço A3.01.01.01 Restauração directa definitiva em amálgama de uma face 30,00 A3.01.01.02 Restauração directa definitiva em amálgama de duas faces 35,00

Leia mais

"Desemprego e População Qualificada

Desemprego e População Qualificada Sónia Pinheiro "Desemprego e População Qualificada 2013/2014 Faculdade de Economia Ficha Técnica "Desemprego e População Qualificada Unidade Curricular: Fontes de Informação Sociológica Docentes: Professor

Leia mais

O CRITÉRIO DE DETERMINAÇÃO DA NACIONALIDADE NA LEI Nº 5.709, DE 1971, PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEIS RURAIS POR PESSOAS JURÍDICAS

O CRITÉRIO DE DETERMINAÇÃO DA NACIONALIDADE NA LEI Nº 5.709, DE 1971, PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEIS RURAIS POR PESSOAS JURÍDICAS Revista de Direito Agrário e Agroambiental DOI: 10.21902/ Organização Comitê Científico Double Blind Review pelo SEER/OJS Recebido em: 23.07.2015 Aprovado em: 11.09.2015 O CRITÉRIO DE DETERMINAÇÃO DA NACIONALIDADE

Leia mais

O Fim do Princípio do Fim de...

O Fim do Princípio do Fim de... O Fim do Princípio do Fim de... Rui Torres Universidade Fernando Pessoa Resumo: Partindo de uma reflexão acerca do modo como as travessias entre oralidade e escrita se reconfiguram no actual contexto da

Leia mais

Kollemata Jurisprudência Registral e Notarial

Kollemata Jurisprudência Registral e Notarial ESCRITURA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA. INCRA - AUTORIZAÇÃO. BRASILEIRO - COMUNHÃO UNIVERSAL DE BENS - ESTRANGEIRA. CGJSP - PROCESSO: 258/92 LOCALIDADE: São Paulo DATA DE JULGAMENTO: 12/11/1992 RELATOR: Francisco

Leia mais

O Branded Content e o entretenimento na formação de novos produtos midiáticos: The Power Inside 1

O Branded Content e o entretenimento na formação de novos produtos midiáticos: The Power Inside 1 O Branded Content e o entretenimento na formação de novos produtos midiáticos: The Power Inside 1 Juliana SOUTO 2 Rogério COVALESKI 3 Universidade Federal de Pernambuco, Recife, PE Resumo Neste artigo,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE C.N.P.J.: /

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE C.N.P.J.: / CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE C.N.P.J.: 02.340.041/0001-52 MONITORAMENTO/RASTREAMENTO ELETRÔNICO DE VEÍCULO E/OU ACESSO VIA WEB CLÁUSULA 01 - OBJETO por meio da internet com

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS E PROCESSOS INDUSTRIAIS MESTRADO. Antonio Carlos Alves GIRS GENETIC INFORMATION RETRIEVAL SYSTEM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS E PROCESSOS INDUSTRIAIS MESTRADO. Antonio Carlos Alves GIRS GENETIC INFORMATION RETRIEVAL SYSTEM 0 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS E PROCESSOS INDUSTRIAIS MESTRADO Antonio Carlos Alves GIRS GENETIC INFORMATION RETRIEVAL SYSTEM Santa Cruz do Sul, outubro de 2009. Livros Grátis http://www.livrosgratis.com.br

Leia mais

GRANULOMA EOSINOFILO DA COLUNA CERVICAL COM MANIFESTAÇÃO NEUROLOGICA, LIQUORICA E RADIOLOGICA ATÍPICA

GRANULOMA EOSINOFILO DA COLUNA CERVICAL COM MANIFESTAÇÃO NEUROLOGICA, LIQUORICA E RADIOLOGICA ATÍPICA GRANULOMA EOSINOFILO DA COLUNA CERVICAL COM MANIFESTAÇÃO NEUROLOGICA, LIQUORICA E RADIOLOGICA ATÍPICA UMBERTINA CONTI REED * ANTONIO UMBERTO BRESOLIN * ANTONIO BRANCO LEFÈVRE ** A oportunidade que tivemos

Leia mais

Despesas de Exercícios Anteriores: Devo e não reconheço, pago quando puder

Despesas de Exercícios Anteriores: Devo e não reconheço, pago quando puder Despesas de Exercícios Anteriores: Devo e não reconheço, pago quando puder Pedro Jucá Maciel Principais mensagens: As despesas de exercícios anteriores não são iguais aos restos a pagar. A diferença reside

Leia mais

A rastreabilidade do gado bovino: uma adaptação do modelo europeu no Brasil?

A rastreabilidade do gado bovino: uma adaptação do modelo europeu no Brasil? A rastreabilidade do gado bovino: uma adaptação do modelo europeu no Brasil? Valéria SF Homem Médica Veterinária - Fiscal Federal Agropecuário Superintendência Federal de Agricultura em São Paulo Conceitos

Leia mais

Cisto periapical residual: relato de caso clínico-cirúrgico

Cisto periapical residual: relato de caso clínico-cirúrgico Cisto periapical residual: relato de caso clínico-cirúrgico Residual periapical cyst: clinical and surgical case report Residual quiste periapical: reporte de un caso clínico y quirúrgico Jose Carlos GARCIA

Leia mais

Aspectos imaginológicos de um cisto radicular atípico no interior do seio maxilar

Aspectos imaginológicos de um cisto radicular atípico no interior do seio maxilar Aspectos imaginológicos de um cisto radicular atípico no interior do seio maxilar Aspects imaging of an atypical radicular cyst in maxillary sinus Cláudia Assunção e Alves Cardoso 1 Jéssica Alba de Oliveira

Leia mais

ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO

ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO Ivna Freitas de Sousa Alves¹; Jordanna Paiva de Mesquita¹; Nayanne Barros Queiroz¹; Gislyane Lima de Queiroz¹; Ana Roberta de Almeida

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0042.13.004868-1/001 Númeração 0048681- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Albergaria Costa Des.(a) Albergaria Costa 15/05/2015 02/06/2015 EMENTA:

Leia mais

Noções básicas de Inteligência Artificial. Inteligência Artificial

Noções básicas de Inteligência Artificial. Inteligência Artificial Noções básicas de Iteligêcia Artificial Disciplia: Metodologias de Iteligêcia Artificial FEUP Iteligêcia Artificial EVOLUÇÃO: Ciêcia COGNITIVA Estuda todas as estruturas e processos iteros mediado as respostas

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS NÚMERO DO PROCESSO: /001(1) NÚMERAÇÃO ÚNICA: RELATOR: ALBERGARIA COSTA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS NÚMERO DO PROCESSO: /001(1) NÚMERAÇÃO ÚNICA: RELATOR: ALBERGARIA COSTA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MINAS GERAIS NÚMERO DO PROCESSO:1.0153.05.040703-7/001(1) NÚMERAÇÃO ÚNICA: 0407037-32.2005.8.13.0153 RELATOR: ALBERGARIA COSTA RELATOR DO ACÓRDÃO: ALBERGARIA COSTA DATA DO JULGAMENTO:

Leia mais

3 - IDENTIFICAÇÃO AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA

3 - IDENTIFICAÇÃO AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA AUTOMAÇÃO E ROBÓTICA EEK557 T: 60 P: T+P: 60 4 EEK333 Dinâmica II (P) Introdução ao estudo do projeto, especificação e desempenho de sistemas automáticos e robôs industriais. Introdução à automação e robótica.

Leia mais

André Filipe Oliveira da Silva

André Filipe Oliveira da Silva André Filipe Oliveira da Silva Físicos e cirurgiões medievais portugueses. Contextos socioculturais, práticas e transmissão de conhecimentos (1192-1340) Dissertação realizada no âmbito do Mestrado em Estudos

Leia mais

A MEDICINA BIZANTINA +- - ', Antonio Tadeu Femandes. -.L-p : %nge a Fé e a Ciência: a Medicina na Idade Média. 1 : 8 k4k-l.:a \*w( :.,i: I!

A MEDICINA BIZANTINA +- - ', Antonio Tadeu Femandes. -.L-p : %nge a Fé e a Ciência: a Medicina na Idade Média. 1 : 8 k4k-l.:a \*w( :.,i: I! -.L-p.- -4- +- - ', I!S 1s :.,i: : %nge a Fé e a Ciência: a Medicina na Idade Média 1.. 8, 1 : 8 k4k-l.:a \*w( *.-r 1 - Antonio Tadeu Femandes A partir do século I da nossa era, os povos germânicos começaram

Leia mais

DO MOSTEIRO À UNIVERSIDADE: CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA HISTÓRIA SOCIAL DA MEDICINA NA IDADE MÉDIA

DO MOSTEIRO À UNIVERSIDADE: CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA HISTÓRIA SOCIAL DA MEDICINA NA IDADE MÉDIA DO MOSTEIRO À UNIVERSIDADE: CONSIDERAÇÕES SOBRE UMA HISTÓRIA SOCIAL DA MEDICINA NA IDADE MÉDIA Cybele Crossetti de Almeida 1 Resumo: Este trabalho faz considerações sobre a história social da medicina

Leia mais

A historiografia sobre a medicina na Primeira Idade Média: um balanço.

A historiografia sobre a medicina na Primeira Idade Média: um balanço. A historiografia sobre a medicina na Primeira Idade Média: um balanço. Bruno Uchoa Borgongino Doutorando em História UFRJ Professor na UNESA uchoa88@gmail.com Enviado em: 31/07/2015 Aceito em: 06/11/2015

Leia mais

Medicina na Idade Média: Doutor Sinistro

Medicina na Idade Média: Doutor Sinistro Medicina na Idade Média: Doutor Sinistro Amputações sem anestesia, sangrias e estranhos remédios que misturavam fezes de pombo e saliva. Conheça a fantástica, assustadora e sobrenatural medicina da Idade

Leia mais

o tempo da vida torna-se tempo humano na medida em que é

o tempo da vida torna-se tempo humano na medida em que é MACHADO DE ASSIS: A ".. CONSCIENCIA DO TEMPO Dirce Côrtes Riedel D~ONTINUIDADEDAN~~A o tempo da vida torna-se tempo humano na medida em que é experimentado na narrativa e se faz literatura. Confira- sea

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Espacial º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1º Bimestre/01 Aluno(a): Número: Turma: 1) Dado um paralelepípedo

Leia mais

PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo

PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO: A SAGA DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo PAUL SINGER Professor do Departamento de Economia da USP. Autor dos livros

Leia mais

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades.

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades. Relatório de Grupo Maternal B 2013 Neste relatório, desejamos compartilhar com vocês o início da história do nosso grupo, contando como foram os primeiros dias e as primeiras descobertas. A adaptação foi

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

Conteúdo: Habilidades: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia

Conteúdo: Habilidades: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia Conteúdo: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia Habilidades: Reconhecer a religião como uma instituição social e objeto de estudo das Ciências Sociais; Conhecimento Teológico A religião

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

b) Escreva a equação química balanceada que representa a reação de produção do fosfato de cálcio a partir de ácido fosfórico e hidróxido de cálcio.

b) Escreva a equação química balanceada que representa a reação de produção do fosfato de cálcio a partir de ácido fosfórico e hidróxido de cálcio. 1. (Ufal) Os glicídios, também chamados de açúcares ou carboidratos, constituem a principal fonte de energia para os seres vivos e estão presentes em diversos tipos de alimentos. O mel contém o glicídio

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Os nomes corretos dos compostos orgânicos: 02

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT

Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT 2012 GRUPO UNIS Organização Gleicione Aparecida Dias Bagne de Souza Terezinha Richartz Sérgio Crisóstomo

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

sociologia da comunicação e do brasil

sociologia da comunicação e do brasil SOCIOLOGIA professor módulo 4 Cristina Costa sociologia da comunicação e do brasil Eder Luiz Medeiros/Folha Imagem Florestan Fernandes (1920-1995), sociólogo e político brasileiro. CAPÍTULOs 1 A sociologia

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE 01) A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens documentando,

Leia mais

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo.

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. 1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. A B C Homens 42 36 26 Mulheres 28 24 32 Escolhendo-se uma aluna desse curso, a probabilidade de ela ser da turma A é:

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

História. Questão 46. Questão 48. Questão 47 ETAPA. alternativa B. alternativa E

História. Questão 46. Questão 48. Questão 47 ETAPA. alternativa B. alternativa E História Questão 46 Quanto às profissões que devem ser consideradas dignas de um homem livre e às que não devem, eis o ponto de vista geralmente aceito.(...) Também não liberais e inferiores são as profissões

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica Resolução das atividades complementares 3 Química Q42 Ligação metálica p. 59 1 (Cefet-PR) Analise as afirmações a seguir: I. O metal X é leve, sofre pouca corrosão e é bastante utilizado na construção

Leia mais

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida ATIVIDADES 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: ( c ) Vaso condutor ( a ) Gametófito ( d ) Sistema caulinar ( f ) Esporófito ( b ) Gimnosperma ( g ) Cone ( h ) Fanerógama ( i ) Criptógama

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., encontra o seu ponto de partida

Leia mais

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Câmpus: Bagé, Camaquã, Jaguarão, Lajeado, Passo fundo, Pelotas, Pelotas Visconde da Graça, Santana do Livramento, Sapiranga,

Leia mais

TEORIA DOS NÚMEROS : MMC E MDC

TEORIA DOS NÚMEROS : MMC E MDC 1. (Col. Naval 016) Sejam x e y números reais tais que xy 3. Sendo assim, o valor mínimo de 8 8 x y é a) múltiplo de 18. b) um número primo. c) divisível por 5. d) divisível por 13. e) par maior que 300..

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS

GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS GEOMETRIA ESPACIAL - PRISMAS Questão 01 - (FM Petrópolis RJ) A Figura a seguir ilustra um recipiente aberto com a forma de um prisma hexagonal regular reto. Em seu interior, há líquido até a altura de

Leia mais

PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR.

PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR. PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR. PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO

Leia mais

Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais

Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais Você já deve ter observado embalagens e objetos que têm relação com figuras chamadas sólidos geométricos.

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português DVR Stand Alone H.264 Manual do Usuário em Português Junho de 2009 1 ÍNDICE Data: 18/06/2009 - Versão 1.0.00 Cuidados Especiais... 4 Conteúdo da Embalagem... 4 Especificações Técnicas... 5 Capítulo 1 Aspecto

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM WWW.FIORELLO.COM.BR SAC@FIORELLO.COM.BR ENTRADA PRINCIPAL S/N - DISTRITO IND. II - BAIRRO CARAMURU TEL: (46) 3547-3547 CEP: 85880-000 - ITAIPULÂNDIA - PR MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FORMATIVO CURSO DE MEDICINA 2 a Fase

PROCESSO SELETIVO FORMATIVO CURSO DE MEDICINA 2 a Fase PROCESSO SELETIVO FORMATIVO CURSO DE MEDICINA 2 a Fase PROVA DISCURSIVA PROVA DE REDAÇÃO DADOS DO CANDIDATO NOME: INSCRIÇÃO: CADEIRA: ESCOLA BAHIANA DE MEDICINA E SAÚDE PÚBLICA EBMSP PROCESSO SELETIVO

Leia mais

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015 GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015 Disciplina Questão A B C D E Pontos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES 01 a 20

LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES 01 a 20 LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES 01 a 20 TEXTO I PERFIS DE REDES SOCIAIS SÃO RETRATOS IDEAIS DE NÓS MESMOS Desde as priscas eras do Orkut, em minhas perambulações pelas redes sociais, noto o fenômeno. Entro

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120 Colégio Jesus Adolescente Ensino Médio 1º Bimestre Disciplina Física Setor B Turma 1º ANO Professor Gnomo Lista de Exercício Bimestral Aulas 6 a 8 1) A figura a seguir representa um raio de luz incidindo

Leia mais

Relatório de grupo. Berçário I. A mãozinha

Relatório de grupo. Berçário I. A mãozinha Relatório de grupo Berçário I A mãozinha O bebê se descobrindo, Começou a se olhar. Olhava o pezinho, Do dedinho ao calcanhar. Olhava a perninha E começava a imaginar, Logo, logo vou andar, Vou correr,

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 0- INSPER POR PROFA MARIA ANTÔNIA C GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Por um terminal de ônibus passam dez diferentes linhas A mais movimentada delas

Leia mais

FUNÇÕES ORGÂNICAS. 2- A vanilina (essência de baunilha) possui fórmula plana como se vê abaixo:

FUNÇÕES ORGÂNICAS. 2- A vanilina (essência de baunilha) possui fórmula plana como se vê abaixo: FUNÇÕES RGÂNICAS 1- (UNESP) Na tabela estão relacionados, na coluna da esquerda, diversos compostos orgânicos e, na coluna da direita, as possíveis funções orgânicas a que aqueles compostos podem pertencer.

Leia mais

Exercícios de Física sobre 2ª Lei de Ohm com Gabarito

Exercícios de Física sobre 2ª Lei de Ohm com Gabarito Exercícios de Física sobre ª Lei de Ohm com Gabarito 1) (FEI-1996) Um condutor de comprimento L e diâmetro D possui resistência R 1. Qual é a resistência R de um outro condutor de mesmo material, mesmo

Leia mais

Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos

Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos 1 1. A figura mostra o trecho de um rio onde se deseja construir uma ponte AB. De um ponto P, a 100m de B, mediu-se o ângulo APB = 45º e

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Texto para responder às questões de 01 a 08: Os corpos descarnados das passarelas

LÍNGUA PORTUGUESA. Texto para responder às questões de 01 a 08: Os corpos descarnados das passarelas LÍNGUA PORTUGUESA Texto para responder às questões de 01 a 08: Os corpos descarnados das passarelas (1) Como explicar o estrondo sucesso dos desfiles de moda? Porque será que esses eventos outrora restritos

Leia mais

Manual de Instruções NE: 369438 MS 7945MU MS 7980MUS MINI HI-FI SYSTEM IMAGEM ILUSTRATIVA

Manual de Instruções NE: 369438 MS 7945MU MS 7980MUS MINI HI-FI SYSTEM IMAGEM ILUSTRATIVA Manual de Instruções IMAGEM ILUSTRATIVA NE: 369438 MINI HI-FI SYSTEM MS 7945MU MS 7980MUS MS7945MUS_369438.pmd 1 2 2A gora você dispõe de um aparelho da mais alta tecnologia e qualidade que um produto

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F9 Refração da luz

Física. Resolução das atividades complementares. F9 Refração da luz Resolução das atividades complementares 3 Física F9 Refração da luz p. 46 Quais são as leis da refração? a lei: os raios incidente e refratado são coplanares; a lei: para uma refração com incidência oblíqua

Leia mais

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A A) F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE VESTIBULAR DE INVERNO JUNHO DE 2016 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A Pág. 1/38 V E S T

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

A MÚSICA COMO MEIO DE DESENVOLVER A INTELIGÊNCIA E A INTEGRAÇÃO DO SER

A MÚSICA COMO MEIO DE DESENVOLVER A INTELIGÊNCIA E A INTEGRAÇÃO DO SER A MÚSICA COMO MEIO DE DESENVOLVER A INTELIGÊNCIA E A INTEGRAÇÃO DO SER Resumo Lígia Karina Meneghetti Chiarelli Curso de Especialização em Psicopedagogia Sidirley de Jesus Barreto Instituto Catarinense

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS - FMP

FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS - FMP Gabarito 2 VESTIBULAR ISOLADO FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS - FMP - 2017 LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - ATENÇÃO: o candidato deve escrever seu nome, pondo uma letra em cada quadrícula,

Leia mais

VESTIBULAR 2012/1 CADERNO DE QUESTÕES. ATENÇÃO! Esta folha poderá ser levada pelo candidato a partir das 12 horas.

VESTIBULAR 2012/1 CADERNO DE QUESTÕES. ATENÇÃO! Esta folha poderá ser levada pelo candidato a partir das 12 horas. VESTIBULAR 2012/1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 CADERNO DE QUESTÕES 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58

Leia mais

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 4º Ano

Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 4º Ano Exercício de Reforço de Língua Portuguesa 4º Ano 1- Marque a alternativa que classifica corretamente os pronomes destacados, na ordem em que se encontram na frase a seguir: Eu saí com a minha mãe e depois

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

UFRGS 2012 RESOLUÇÃO DA PROVA DE FÍSICA

UFRGS 2012 RESOLUÇÃO DA PROVA DE FÍSICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE Prof. Giovane Irribarem de Mello Instrução: As questões 01 a 03 estão relacionadas ao texto abaixo. O tempo de reação tr de um condutor de um automóvel é definido como o intervalo

Leia mais

ENEM 2014 - Prova resolvida Química

ENEM 2014 - Prova resolvida Química ENEM 014 - Prova resolvida Química 01. Para impedir a contaminação microbiana do suprimento de água, deve-se eliminar as emissões de efluentes e, quando necessário, tratá-lo com desinfetante. O ácido hipocloroso

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2011 2ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UFRJ 2011 2ª fase www.planetabio.com 1- Uma dieta muito popular para perder peso consiste em ingerir alimentação rica em gordura e proteína, mas sem carboidratos. O gráfico a seguir mostra o efeito dessa dieta na recomposição do glicogênio

Leia mais

GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/2014 // gabarito 12/09/2014

GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/2014 // gabarito 12/09/2014 Centro Universitário Anchieta Engenharia Química Físico Química I Prof. Vanderlei I Paula GABARITO 5 a lista de exercícios/ Data: /09/014 // gabarito 1/09/014 1) Alguns fatores podem alterar a rapidez

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta Questão 1 O gráfico mostra os níveis de glicose medidos no sangue de duas pessoas, sendo uma saudável e outra com diabetes melito, imediatamente após uma refeição e nas cinco horas seguintes. Essa substância

Leia mais

2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM

2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM DIA 08 DE MAIO DE 2014 2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM 3ª SÉRIE E CURSO DO ENSINO MÉDIO LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 01. Este CADERNO DE PROVAS contém a Proposta de Redação, a

Leia mais

O governamento dos sujeitos na educação superior a distância: reflexões a partir do pensamento de Michel Foucault

O governamento dos sujeitos na educação superior a distância: reflexões a partir do pensamento de Michel Foucault O governamento dos sujeitos na educação superior a distância: reflexões a partir do pensamento de Michel Foucault The government of the subjects in higher distance education: reflections from Michel Foucault

Leia mais

Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior PAES/2015 - DOCV/PROG/UEMA

Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior PAES/2015 - DOCV/PROG/UEMA BIOLOGIA 1 - É comum indagarmos sobre nossa origem. Viemos mesmo dos macacos? Antigamente a pergunta era ouvida com desprezo e incredulidade, mas hoje é recebida com naturalidade. A origem do ser humano

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA DIGESTÓRIO

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA DIGESTÓRIO . Prof. James Scandian ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA DIGESTÓRIO A sequência em que o bolo alimentar percorre no tubo digestivo é: boca, faringe, esôfago, esfincter cárdia, estômago, esfincter pilórico,

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

Tensão de Cisalhamento

Tensão de Cisalhamento - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL METALÚRGICA DE VOLTA REDONDA PROFESSORA: SALETE SOUZA DE OLIVEIRA BUFFONI DISCIPLINA: RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS Tensão de Cisalhamento

Leia mais

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing Questão 01: (ENADE 2009): Um fabricante de sapatos pode usar a mesma marca em duas ou mais linhas de produtos com o objetivo de reduzir os custos de

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

Prova de Questões Práticas baseada na interpretação de casos clínicos 2012

Prova de Questões Práticas baseada na interpretação de casos clínicos 2012 Prova de Questões Práticas baseada na interpretação de casos clínicos 2012 Comissão do Título de Especialista em Endocrinologia e Metabologia Presidente Francisco Bandeira Vice-presidente Osmar Monte Membros

Leia mais

Kabá Darebu. Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1

Kabá Darebu. Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1 Kabá Darebu Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello Tema transversal: Pluralidade cultural. 1 o

Leia mais

EXERCÍCIOS - ANÁLISE COMBINATÓRIA

EXERCÍCIOS - ANÁLISE COMBINATÓRIA EXERCÍCIOS - ANÁLISE COMBINATÓRIA CONTAGEM 1) A cantina do meu colégio vende 4 tipos de salgados e 5 marcas de refrigerantes. De quantas formas distintas posso escolher meu lanche (um salgado e um refrigerante)?

Leia mais

Tabela de Torque Mercedes-Benz

Tabela de Torque Mercedes-Benz Tabela de Torque SERVICE INFORMATION Grupo Motorservice. Qualidade e assistência técnica. O Grupo Motorservice é a divisão de vendas para as atividades de aftermarket da KSPG AG em todo o mundo. É um dos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS TURBO DUCHA DIGITAL DÉLUS DUCHA DIGITAL DÉLUS TURBO

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS TURBO DUCHA DIGITAL DÉLUS DUCHA DIGITAL DÉLUS TURBO MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS DUCHA ELETRÔNICA DÉLUS TURBO DUCHA DIGITAL DÉLUS DUCHA DIGITAL DÉLUS TURBO PARABÉNS, você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade.

Leia mais

Crônicas 1 PARA GOSTAR DE LER 1 CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FERNANDO SABINO RUBEM BRAGA PAULO MENDES CAMPOS

Crônicas 1 PARA GOSTAR DE LER 1 CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FERNANDO SABINO RUBEM BRAGA PAULO MENDES CAMPOS Crônicas 1 PARA GOSTAR DE LER 1 CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FERNANDO SABINO RUBEM BRAGA PAULO MENDES CAMPOS Sumário Amigo estudante 7 Crianças Hora de dormir, Fernando Sabino 11 Menina no jardim, Paulo

Leia mais

3. (Cefet MG 2014) Analise o processo de divisão celular representado de forma simplificada.

3. (Cefet MG 2014) Analise o processo de divisão celular representado de forma simplificada. 1. (Ifsul 2015) Todas as células vegetais e animais apresentam um processo de reprodução chamado de mitose e outro processo de reprodução chamado de meiose. Esses processos diferenciam-se quanto ao tipo

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA ND

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA ND MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. DUCHA ELETRÔNICA ND PARABÉNS, você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade. A ducha está de acordo com as normas técnicas do INMETRO, o que proporciona

Leia mais

JUSTIÇA E PUNIÇÃO NA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL

JUSTIÇA E PUNIÇÃO NA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL Doutrina Nacional JUSTIÇA E PUNIÇÃO NA FILOSOFIA DO DIREITO DE HEGEL JUSTICE AND PUNISHMENT IN HEGEL S LEGAL PHILOSOPHY THADEU WEBER 1 ÍTALO DA SILVA ALVES 2 RESUMO: O artigo faz uma reconstrução da teoria

Leia mais

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMAS DE QUÍMICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Química - 7ª, 8ª e 9ª classes EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

Teorias e Práticas da Psicopedagogia Institucional

Teorias e Práticas da Psicopedagogia Institucional Dayse Carla Gênero Serra Teorias e Práticas da Psicopedagogia Institucional Edição revisada IESDE Brasil S.A. Curitiba 2012 2006-2009 IESDE BRASIL S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BOLETIM DE QUESTÕES PROSEL - 1ª ETAPA / PRISE XII PROVA TIPO 1

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BOLETIM DE QUESTÕES PROSEL - 1ª ETAPA / PRISE XII PROVA TIPO 1 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BOLETIM DE QUESTÕES PROSEL - 1ª ETAPA / PRISE XII PROVA TIPO 1 LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este Boletim de Questões é constituído de 56 questões objetivas.

Leia mais

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS PROBLEMAS ENVOLVENDO FLEXÃO

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS PROBLEMAS ENVOLVENDO FLEXÃO Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Departamento de Construção e Estruturas Professor: Armando Sá Ribeiro Jr. Disciplina: ENG285 - Resistência dos Materiais I-A www.resmat.ufba.br 5ª LISTA

Leia mais

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B. alternativa E

Questão 46. Questão 48. Questão 47. alternativa A. alternativa B. alternativa E Questão 46 O eletrocardiograma é um dos exames mais comuns da prática cardiológica. Criado no início do século XX, é utilizado para analisar o funcionamento do coração em função das correntes elétricas

Leia mais

2 (UnB-DF) Qual o número de lados das faces de um poliedro regular com 20 vértices e 30 arestas? 5 lados Resolução:

2 (UnB-DF) Qual o número de lados das faces de um poliedro regular com 20 vértices e 30 arestas? 5 lados Resolução: esolução ds tividdes comlementes Mtemátic M7 Sólidos Geométicos. 80 (MK-SP) Detemine o númeo de vétices de um oliedo que tem tês fces tingules, um fce qudngul, um entgonl e dus exgonis. 0 F F 7???? 6 0

Leia mais

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA QUESTÃO 1 Uma série de mudanças políticas e econômicas ocorreu na Europa, a partir do fim da Idade Média. O quadro A liberdade guiando o povo (1830), de Eugène Delacroix,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA VARA DE TRABALHO DE ROLÂNDIA-PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA VARA DE TRABALHO DE ROLÂNDIA-PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA VARA DE TRABALHO DE ROLÂNDIA-PR RT N.º 01032-2014-669-09-00-07 CNJ: 0001109-20.2014.5.09.0669 PRESTES CONSTRUTORA E INCOPORADORA LTDA., pessoa jurídica de direito privado

Leia mais

ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY

ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY A 5 ª ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY Dedicatória Para Sandy O mundo termina. O mundo recomeça. Que ninguém se desespere, mesmo que na noite mais escura a última estrela de esperança desapareça. Friedrich

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ QUÍMICA Prof. Arthur LISTA DE EXERCÍCIOS - 2.8: TERMOQUÍMICA 1. (UFMG-MG) O gás natural (metano) é um combustível utilizado, em usinas termelétricas, na geração de eletricidade, a partir da energia liberada

Leia mais

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO PROCESSO SELETIVO TURNO CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO CONCOMITANTES OU SUBSEQUENTES AO ENSINO MÉDIO NOME DO CANDIDATO Nº DE INSCRIÇÃO ESCOLA SALA ORDEM INSTRUÇÕES GERAIS Verifique se seus dados estão

Leia mais

Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006

Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006 Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006 Um pouco de história: Em 1934, Charles B. Darrow da cidade de Germantown no estado da

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Segurança da Informação Conceito Está cada vez mais difícil manter em segurança as informações referentes a empresas ou pessoas. O descuido nessa área pode causar prejuízos significativos, e muitas vezes

Leia mais

EXERCÍCIOS - BIOLOGIA - FISIOLOGIA

EXERCÍCIOS - BIOLOGIA - FISIOLOGIA EXERCÍCIOS - BIOLOGIA - FISIOLOGIA 1. Lipases são enzimas relacionadas à digestão dos lipídios, nutrientes que, em excesso, levam ao aumento da massa corporal. Certos medicamentos para combate à obesidade

Leia mais

Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário

Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário User Experience and Interface Design in the University Context Santa-Rosa, José Guilherme; Doutor em Educação em Ciências e Saúde

Leia mais

SIMULADO ENEM. 5. Não dobre, não amasse, nem rasure o CARTÃO-RESPOS- TA. Ele não poderá ser substituído.

SIMULADO ENEM. 5. Não dobre, não amasse, nem rasure o CARTÃO-RESPOS- TA. Ele não poderá ser substituído. SIMULADO ENEM 1. SERÁ ATRIBUÍDA NOTA ZERO À PROVA QUANDO O ALUNO: a) utilizar ou portar, durante a realização da prova, MÁQUINAS e(ou) RELÓGIOS DE CALCULAR, bem como RÁDIOS, GRAVADORES, HEADPHONES, TE-

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Espacial º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1º Bimestre/01 Aluno(a): Número: Turma: 1) Dado um paralelepípedo

Leia mais

PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo

PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO: A SAGA DO CAPITALISMO CONTEMPORÂNEO PARA ALÉM DO NEOLIBERALISMO a saga do capitalismo contemporâneo PAUL SINGER Professor do Departamento de Economia da USP. Autor dos livros

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades.

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades. Relatório de Grupo Maternal B 2013 Neste relatório, desejamos compartilhar com vocês o início da história do nosso grupo, contando como foram os primeiros dias e as primeiras descobertas. A adaptação foi

Leia mais

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida ATIVIDADES 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: ( c ) Vaso condutor ( a ) Gametófito ( d ) Sistema caulinar ( f ) Esporófito ( b ) Gimnosperma ( g ) Cone ( h ) Fanerógama ( i ) Criptógama

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE 01) A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens documentando,

Leia mais

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Os nomes corretos dos compostos orgânicos: 02

Leia mais

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO GLENDA YASMIM DE SOUZA ABUD TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO Painel Graduação Ciências Contábeis (05020141) 2o Período Teoria Geral da Administração Avaliações Avaliação Objetiva Presencial (A2) Iniciado

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta Questão 1 BIOLÓGICAS Em uma prova de biologia, um aluno deparou-se com duas figuras de células. Uma figura representava uma célula vegetal e outra representava uma célula animal. Identifique qual das figuras,

Leia mais

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CNIS Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2009 O que é? É o extrato cronológico de todas as informações laborais e previdenciárias do trabalhador, que o qualifica como

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo.

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. 1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. A B C Homens 42 36 26 Mulheres 28 24 32 Escolhendo-se uma aluna desse curso, a probabilidade de ela ser da turma A é:

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A A) F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE VESTIBULAR DE INVERNO JUNHO DE 2016 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A Pág. 1/38 V E S T

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Câmpus: Bagé, Camaquã, Jaguarão, Lajeado, Passo fundo, Pelotas, Pelotas Visconde da Graça, Santana do Livramento, Sapiranga,

Leia mais

Especial Específicas: UNESP e UFPR

Especial Específicas: UNESP e UFPR Especial Específicas: UNESP e UFPR 1. (UNESP) Segundo Jacques Diouf, diretor-geral da FAO Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a crise silenciosa da fome, que afeta um sexto de

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Paulo foi empregado da microempresa Tudo Limpo Ltda. de 22/02/15 a 15/03/16. Trabalhava como auxiliar de serviços gerais, atuando na limpeza de parte da pista de

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

Conteúdo: Habilidades: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia

Conteúdo: Habilidades: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia Conteúdo: A religião na visão dos autores clássicos da Sociologia Habilidades: Reconhecer a religião como uma instituição social e objeto de estudo das Ciências Sociais; Conhecimento Teológico A religião

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 0- INSPER POR PROFA MARIA ANTÔNIA C GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Por um terminal de ônibus passam dez diferentes linhas A mais movimentada delas

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

História. Questão 46. Questão 48. Questão 47 ETAPA. alternativa B. alternativa E

História. Questão 46. Questão 48. Questão 47 ETAPA. alternativa B. alternativa E História Questão 46 Quanto às profissões que devem ser consideradas dignas de um homem livre e às que não devem, eis o ponto de vista geralmente aceito.(...) Também não liberais e inferiores são as profissões

Leia mais

JUNTA COMERCIAL DO DISTRITO FEDERAL

JUNTA COMERCIAL DO DISTRITO FEDERAL Constituição de Empresário Individual Ato: 080 Capa de Processo devidamente assinada pelo empresário ou Requerimento de Empresário eletrônico em 04 (quatro vias) devidamente assinado. DARF no código 6621

Leia mais

Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT

Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT Grupo Unis TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Atualizado com as Normas Técnicas da ABNT 2012 GRUPO UNIS Organização Gleicione Aparecida Dias Bagne de Souza Terezinha Richartz Sérgio Crisóstomo

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES RESOLUÇÕES DE QUESTÕES SÓCRATES 9º ANO ENSINO FUNDAMENTAL II PROFESSOR DANILO BORGES 1. (Unicamp 2013) A sabedoria de Sócrates, filósofo ateniense que viveu no século V a.c., encontra o seu ponto de partida

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc)

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc) LISTA DE FATORES DE EQUIVALÊNCIA E CORREÇÃO DE INSUMOS FARMACÊUTICOS ATIVOS REFERÊNCIAS CONSULTADAS: USP COMPÊNDIO MÉDICO Dicionário Brasileiro de Medicamentos ( DEF ) USP-DI MARTINDALE PDR Physician s

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica

Química. Resolução das atividades complementares. Q42 Ligação metálica Resolução das atividades complementares 3 Química Q42 Ligação metálica p. 59 1 (Cefet-PR) Analise as afirmações a seguir: I. O metal X é leve, sofre pouca corrosão e é bastante utilizado na construção

Leia mais

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português DVR Stand Alone H.264 Manual do Usuário em Português Junho de 2009 1 ÍNDICE Data: 18/06/2009 - Versão 1.0.00 Cuidados Especiais... 4 Conteúdo da Embalagem... 4 Especificações Técnicas... 5 Capítulo 1 Aspecto

Leia mais

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema.

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema. 8 Gramática -Revisão 8º ano DATA: /09/15: Unidade Centro Aluno (a) Professora: MARIA DO CARMO Leia este poema de Ferreira Gullar. O Açúcar O branco açúcar que adoçará meu café Nesta manhã de Ipanema Não

Leia mais

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES Elaborado em cumprimento ao artigo 53 da Lei nº 11.101/05, para apresentação nos autos do processo de recuperação nº 0398439-14.2013.8.19.0001, em trâmite perante

Leia mais

Pratos do Dia. Segunda-feira. Terça-feira. Quarta-feira. Quinta-feira. Sexta-feira. Sábado. Domingo

Pratos do Dia. Segunda-feira. Terça-feira. Quarta-feira. Quinta-feira. Sexta-feira. Sábado. Domingo Pratos do Dia Segunda-feira 001 2,90 virado à paulista (c/ arroz, tutu, couve, torresmo, bisteca, ovo e linguiça)... 18,00 002 carne assada ao molho madeira (c/ arroz, feijão, fritas e farofa)... 17,00

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Fácil Resolução da Prova de Química Vestibular Verão UERGS/2003 Prof. Emiliano Chemello Médio www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Difícil Níveis de dificuldade das Questões 01. Em um frasco,

Leia mais

DATACOM. Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD. Documento Público Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD Página 1 de 45

DATACOM. Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD. Documento Público Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD Página 1 de 45 DATACOM Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD Documento Público Manual CESoP DmSwitch 2104 EDD Página 1 de 45 Sumário 1 Introdução ao Serviço de Emulação de Circuitos sobre Pacotes (CESoP)...4 1.1 TDM... 4 1.2

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ

GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ Período Dezembro/2010 a Agosto/2012 1 A) APRESENTAÇÃO/RESUMO INICIAL / RELEASE INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE A ORGANIZAÇÃO Razão Social: GIFUG/RJ

Leia mais

UFRGS 2012 RESOLUÇÃO DA PROVA DE FÍSICA

UFRGS 2012 RESOLUÇÃO DA PROVA DE FÍSICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE Prof. Giovane Irribarem de Mello Instrução: As questões 01 a 03 estão relacionadas ao texto abaixo. O tempo de reação tr de um condutor de um automóvel é definido como o intervalo

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM WWW.FIORELLO.COM.BR SAC@FIORELLO.COM.BR ENTRADA PRINCIPAL S/N - DISTRITO IND. II - BAIRRO CARAMURU TEL: (46) 3547-3547 CEP: 85880-000 - ITAIPULÂNDIA - PR MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO

Leia mais

Exercícios resolvidos

Exercícios resolvidos Herança Os grupos sanguíneos do sistema ABO são determinados por uma série de três alelos múltiplos, que podem ocupar alternativamente o mesmo loco gênico em cromossomos homólogos, formando pares: o alelo

Leia mais

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS HONDA DREAM 100 cc 6000 10 26 8 Placa de acionamento 1 6001 12 28 8 Árvore principal lado esq. 1 6201 12 32 8 Árvore secundária lado esq. 1 6203 17

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL - C007055 Você foi contratado(a) como advogado(a) pela sociedade empresária Sandália Feliz Ltda., que lhe exibe cópia de sentença prolatada pelo juízo da 50ª Vara

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

Exercícios de Biologia sobre Invertebrados com Gabarito

Exercícios de Biologia sobre Invertebrados com Gabarito Exercícios de Biologia sobre Invertebrados com Gabarito 1) (UFla/ PAS-2000) São células de defesa dos Celenterados a) cnidoblastos. b) coanócitos. c) escleroblastos. d) solenócitos. e) pinacócitos. 2)

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE Emissora: START ME UP CROWDFUNDING SISTEMAS PARA INVESTIMENTO COLABORATIVO LTDA. EPP, Pessoa jurídica de direito

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR.

PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR. PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO SE QUEIMAR POIS ESSA FOGUEIRA JÁ QUEIMOU O MEU AMOR. PULA A FOGUEIRA PULA A FOGUEIRA IAIÁ PULA A FOGUEIRA IOIÔ CUIDADO PARA NÃO

Leia mais

TIPO 1. IFC Concurso Público Edital 048/2015 Cargo: 1657 - Metodologia Científica - 40h-DE

TIPO 1. IFC Concurso Público Edital 048/2015 Cargo: 1657 - Metodologia Científica - 40h-DE Atenção: Nas próximas três questões, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita. Texto I A arte pós-moderna vai se diferenciar dos movimentos do alto

Leia mais

Lucinda Nogueira Persona. e outra

Lucinda Nogueira Persona. e outra Lucinda Nogueira Persona Entre uma noite e outra 2014. Direitos desta edição reservados para Entrelinhas Editora. Editora Maria Teresa Carrión Carracedo Produção gráfica Ricardo Miguel Carrión Carracedo

Leia mais

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO 1 RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO PROVA DE SOCIOLOGIA 16/04/2015 TERCEIRAS SÉRIES DO ENSINO MÉDIO PRIMEIRO TRIMESTRE/2015 A fim de facilitar o entendimento da nota atribuída às questões dissertativas da

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

NÚCLEO DE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA - 1. Empregados contratados

NÚCLEO DE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA - 1. Empregados contratados NÚCLEO DE APRENDIZAGEM GEOGRAFIA - 1 01. (UNIFESP/2011) Agronegócio (também chamado de agrobusiness) é o conjunto de negócios relacionados a toda cadeia produtiva da agricultura e da pecuária. O aprimoramento

Leia mais

VIII Olimpíada da Literária Nível IV 2014

VIII Olimpíada da Literária Nível IV 2014 VIII Olimpíada da Literária Nível IV 2014 [...] designa-se catáfora o termo ou expressão que faz referência a um termo subseqüente, estabelecendo com ele uma relação não autônoma, portanto, dependente.

Leia mais

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley 5ª reimpressão - 1999 Copyright (c) 1979, 1998 by Sara Caldeira Brant e Ignez Caldeira Brant Renault Preparação: Rosemary Cataldi Machado Revisão: Beatriz Moreira e Ana

Leia mais

QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS ANGOLANOS. Imposto Base de incidência Taxa

QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS ANGOLANOS. Imposto Base de incidência Taxa SISTEMA TRIBUTÁRIO QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS ANGOLANOS Imposto Base de incidência Taxa Imposto sobre os rendimentos do trabalho Todos os rendimentos auferidos, se residentes pelos auferidos

Leia mais

LISTA DE EMPRESAS DE SEGURANÇA DE CAMPINAS E REGIÃO

LISTA DE EMPRESAS DE SEGURANÇA DE CAMPINAS E REGIÃO LISTA DE EMPRESAS DE SEGURANÇA DE CAMPINAS E REGIÃO ALERTA SERVIÇOS DE SEGURANÇA SC Rua Clodomiro Franco de Andrade Júnior, 104, Jardim do Trevo, Campinas SP. CEP: 13035-481 (19) 3272-6424 ALFAVIN SEGURANÇA

Leia mais

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Rádio toca fitas SANYO M2709F: som roco falhando= C701. Receptor de parabólica QUASAR QA 9800L: sem vídeo, áudio normal = T1(SMD) BC 547 e T2(SMD) BC 557. Telefone

Leia mais

Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais

Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais Ensino Fundamental, 7º Ano Formas geométricas espaciais: prisma e pirâmide - conceitos iniciais Você já deve ter observado embalagens e objetos que têm relação com figuras chamadas sólidos geométricos.

Leia mais

OAB 2ª Fase Penal Espelho Simulado Estefânia Rocha & Emerson Castelo Branco

OAB 2ª Fase Penal Espelho Simulado Estefânia Rocha & Emerson Castelo Branco OAB 2ª Fase Penal Espelho Simulado Estefânia Rocha & Emerson Castelo Branco 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. José foi denunciado como incurso no art. 155, 4o,

Leia mais

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015 GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (2ºANO) MARÇO 31/03/2015 Disciplina Questão A B C D E Pontos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39

Leia mais

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br Catálogo 2 Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema Janelas e Portas de Correr Linha 25 Z-115 0,634 Kg/m P-157 1,355 Kg/m P-254 1,323 Kg/m Janelas e Portas de Correr Linha 25 Desenvolvido por WLD E-186 1,043

Leia mais

Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos

Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos Resolução comentada Lista sobre lei dos senos e lei dos cossenos 1 1. A figura mostra o trecho de um rio onde se deseja construir uma ponte AB. De um ponto P, a 100m de B, mediu-se o ângulo APB = 45º e

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 AMB/92 01. A presente TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidades estabelecer ÍNDICES MÍNIMOS

Leia mais

Caixa de Nome Barra de Fórmulas. Célula Ativa Cabeçalho Coluna Cabeçalho Linha

Caixa de Nome Barra de Fórmulas. Célula Ativa Cabeçalho Coluna Cabeçalho Linha O software Microsoft Excel97 é uma planilha de cálculos bastante aprimorada no que diz respeito a elaborar documentos fáceis de entendimento e formatação altamente sofisticada. Inicialmente vamos aprender

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa A. alternativa E

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa A. alternativa E Questão 1 Leia a charge. (www.newtonsilva.com) É correto afirmar que a charge visa a) apoiar a atitude dos alunos e propor a liberação geral da frequência às aulas. b) enaltecer a escola brasileira e homenagear

Leia mais

Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para. ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ

Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para. ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ Resoluções comentadas das questões de Estatística da prova para ANALISTA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E METAS da PREFEITURA/RJ Realizada pela Fundação João Goulart em 06/10/2013 41. A idade média de todos

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 04 9 o ano do Ensino Fundamental Turma GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 1 o semestre de 2014 Data / / Escola Aluno Questão 01 Numa

Leia mais

HIDROCARBONETOS. Gab: D. 02 - (OSEC SP) O nome oficial do hidrocarboneto é:

HIDROCARBONETOS. Gab: D. 02 - (OSEC SP) O nome oficial do hidrocarboneto é: DROARBONETOS 01 - (UFSE SE) O hidrocarboneto de fórmula = = pertence à série dos: a) alcanos b) alcenos c) alcinos d) alcadienos e) alcatrienos D 0 - (OSE SP) O nome oficial do hidrocarboneto é: a) -metil-,-butadieno.

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

O VINHO NOVO É MELHOR.

O VINHO NOVO É MELHOR. O VINHO NOVO É MELHOR. Capítulo 1. Um Pobre Menino Rico Meu nome é Robert Thom, e sou um milagre vivo; embora não passe de uma pessoa muito vulgar que descobriu que a vida não precisa ser a chocha monotonia

Leia mais

Prova bimestral 5 o ANO 1 o BIMESTRE

Prova bimestral 5 o ANO 1 o BIMESTRE Prova bimestral 5 o ANO 1 o BIMESTRE GEOGRAFIA Escola: Nome: Data: / / Turma: Leia: O planeta Terra foi formado há mais de 4 bilhões de anos após uma grande explosão. Na atmosfera havia muita água, gases

Leia mais

2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM

2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM DIA 08 DE MAIO DE 2014 2º SIMULADO ESPECÍFICO - 2ª ETAPA MODELO ENEM 3ª SÉRIE E CURSO DO ENSINO MÉDIO LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 01. Este CADERNO DE PROVAS contém a Proposta de Redação, a

Leia mais

Kabá Darebu. Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1

Kabá Darebu. Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté. Projeto: leitura e produção de texto. Indicação: Fundamental 1 Kabá Darebu Texto de Daniel Munduruku e ilustrações de Maté Projeto: leitura e produção de texto Indicação: Fundamental 1 Elaborado por: Ana Lúcia Maestrello Tema transversal: Pluralidade cultural. 1 o

Leia mais

Centro de Massa. Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia

Centro de Massa. Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia Curso: Engenharia Disciplina: complementos de Física Professor: Douglas Assunto: Centro de Massa E Momento de Inércia Centro de Massa O centro de massa de um sistema de partículas é o ponto que se move

Leia mais

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasparaprimeirodiadeaula 9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA PREFEITURA DO MUNICIPIO DE SÃO PAULO PMSP SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SEMPLA COORDENADORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COGEP DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DERH DIVISÃO DE GESTÃO

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley 5ª reimpressão - 1999 Copyright (c) 1979, 1998 by Sara Caldeira Brant e Ignez Caldeira Brant Renault Preparação: Rosemary Cataldi Machado Revisão: Beatriz Moreira e Ana

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL

GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL Apresentação A TV digital está se consolidando no Brasil, o que nos faz chegar cada vez mais perto de países como Japão, Alemanha, França,

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CNIS Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2009 O que é? É o extrato cronológico de todas as informações laborais e previdenciárias do trabalhador, que o qualifica como

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza Planejamento Anual Creche I Educação Infantil Prof. Maria Dilza Características Marcantes das Crianças 2 Características marcantes das crianças nessa idade O desenvolvimento de uma criança não ocorre de

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: SÍLABAS Nível de Ensino: Ano/Semestre de Estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano Língua Portuguesa Gramática 2 aulas

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Espacial º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1º Bimestre/01 Aluno(a): Número: Turma: 1) Dado um paralelepípedo

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO

SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO *SÍMBOLOS DAS QUATORZE MAIORES RELIGIÕES DO MUNDO ORGANIZADOR: Professor - Luiz Antonio Burim Padrão em Ensino Religioso NÚCLEO REGIONAL

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 7º ANO PROFESSORA:

Leia mais

Rua Jaceguai, 164 Prado BH-MG 31 2104 5899 www.sindeac.org.br sindeac@sindeac.org.br. convenção coletiva empregados em conservadoras 2014

Rua Jaceguai, 164 Prado BH-MG 31 2104 5899 www.sindeac.org.br sindeac@sindeac.org.br. convenção coletiva empregados em conservadoras 2014 SINDICATO DOS EMPREGADOS EM EDIfícios e condomínios, em empresas de prestação de serviços em asseio, conservação, higienização, desinsetização, portaria, vigia e dos cabineiros de belo horizonte Rua Jaceguai,

Leia mais

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto CÁLCULOS TELHADO Prof. Eliseu Figueiredo Neto TELHADO 1) Conhecer o peso de cada telha; 2) Calcular quantas telhas vão. Telhado de meia água de 50 m2, quantas telhas de cerâmica eu usarei e qual o peso

Leia mais

PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA

PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA RESUMO Luciane Cechin Mario - luciane.mario@ifsc.edu.br Adriano Larentes da Silva adriano.silva@ifsc.edu.br Instituto

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS Prova: Auxiliar de Patologia Clínica Nível Fundamental (FUNIVERSA 2009) 1- Acerca do modelo de atenção à saúde, atualmente preconizado e implantado pelo Sistema Único

Leia mais

São considerados objetivos do ensino da Língua Inglesa na Educação Infantil e primeiros anos do Ensino Fundamental:

São considerados objetivos do ensino da Língua Inglesa na Educação Infantil e primeiros anos do Ensino Fundamental: Blumenau, 04 de fevereiro de 2014 Colégio Castelo Castelinho Disciplina: Língua Inglesa Professora: Samantha Bernardo PLANEJAMENTO ANUAL DE INGLÊS EDUCAÇÃO INFANTIL Justificativa Nos dias atuais, a aquisição

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PERIODO: JULHO E AGOSTO JUSTIFICATIVA: A educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano dos alunos,

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Os nomes corretos dos compostos orgânicos: 02

Leia mais

Planejamento Anual. 2º Ano. Ensino Fundamental

Planejamento Anual. 2º Ano. Ensino Fundamental Planejamento Anual 2º Ano Ensino Fundamental Língua Portuguesa 2 Objetivos: 1. Estimular o gosto de contar histórias; 2. Favorecer a linguagem oral em todo conteúdo a ser estudado durante o ano escolar;

Leia mais

Desafios contemporâneos. Lara Campos. Comunicação. 01 Laureate- International Universities

Desafios contemporâneos. Lara Campos. Comunicação. 01 Laureate- International Universities Desafios contemporâneos Lara Campos Comunicação 01 Laureate- International Universities Sumário CAPÍTULO 4 - Técnicas de comunicação oral para o meio acadêmico e profissional...05 Introdução...05 4.1

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades.

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades. Relatório de Grupo Maternal B 2013 Neste relatório, desejamos compartilhar com vocês o início da história do nosso grupo, contando como foram os primeiros dias e as primeiras descobertas. A adaptação foi

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL

SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL Coordenação de Vigilância Nutricional GVE/SUVISA/SES-GO 2015 0 SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL Marconi Perillo Governador

Leia mais

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03 PROJETO RECICLAGEM 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM WWW.FIORELLO.COM.BR SAC@FIORELLO.COM.BR ENTRADA PRINCIPAL S/N - DISTRITO IND. II - BAIRRO CARAMURU TEL: (46) 3547-3547 CEP: 85880-000 - ITAIPULÂNDIA - PR MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão.

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Considere o texto Apelo, para responder às questões 1 a 6. 01 Apelo Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 04 9 o ano do Ensino Fundamental Turma GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 1 o semestre de 2014 Data / / Escola Aluno Questão 01 Numa

Leia mais

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES DE 1 A 10 TEXTO: A ideia de se poder definir o gênero homo atribuindo-lhe a qualidade de sapiens, ou seja, de um ser racional e sábio, é sem dúvida uma

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO Marcela Lie Kawasaki Disciplina de Gastroenterologia Departamento de Pediatria Escola Paulista de Medicina Universidade Federal de São Paulo

Leia mais

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português DVR Stand Alone H.264 Manual do Usuário em Português Junho de 2009 1 ÍNDICE Data: 18/06/2009 - Versão 1.0.00 Cuidados Especiais... 4 Conteúdo da Embalagem... 4 Especificações Técnicas... 5 Capítulo 1 Aspecto

Leia mais

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS HONDA DREAM 100 cc 6000 10 26 8 Placa de acionamento 1 6001 12 28 8 Árvore principal lado esq. 1 6201 12 32 8 Árvore secundária lado esq. 1 6203 17

Leia mais

3 a SÉRIE. ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1. HISTÓRIA Ciências Humanas

3 a SÉRIE. ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1. HISTÓRIA Ciências Humanas 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1 HISTÓRIA Ciências Humanas governo do estado de são paulo secretaria da educação MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO PROFESSOR

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Paulo foi empregado da microempresa Tudo Limpo Ltda. de 22/02/15 a 15/03/16. Trabalhava como auxiliar de serviços gerais, atuando na limpeza de parte da pista de

Leia mais

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano PROJETO DE VIDA Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano Material Estruturado para o Professor de Projeto de Vida Para o Ensino Fundamental 6º ao 9º ano I bimestre 2013 Caro Professor,

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 0- INSPER POR PROFA MARIA ANTÔNIA C GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Por um terminal de ônibus passam dez diferentes linhas A mais movimentada delas

Leia mais

Planejamento Anual. Pré-Escola I. Educação Infantil. Prof.ª Rosilene

Planejamento Anual. Pré-Escola I. Educação Infantil. Prof.ª Rosilene Planejamento Anual Pré-Escola I Educação Infantil Prof.ª Rosilene A CRIANÇA DE 4 ANOS O desenvolvimento de uma criança não ocorre de forma linear. As mudanças ocorrem de forma gradual e estão relacionadas

Leia mais

Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006

Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006 Manual de instruções Banco Imobiliário e Banco Imobiliário Luxo Documento eletrônico criado e revisado em 01/04/2006 Um pouco de história: Em 1934, Charles B. Darrow da cidade de Germantown no estado da

Leia mais

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br Catálogo 2 Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema Janelas e Portas de Correr Linha 25 Z-115 0,634 Kg/m P-157 1,355 Kg/m P-254 1,323 Kg/m Janelas e Portas de Correr Linha 25 Desenvolvido por WLD E-186 1,043

Leia mais

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES 2012 Trabalhando com as capacidades O sucesso de um projeto pedagógico de alfabetização depende, crucialmente, do envolvimento dos profissionais comprometido

Leia mais

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A A) F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE VESTIBULAR DE INVERNO JUNHO DE 2016 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A Pág. 1/38 V E S T

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE Emissora: START ME UP CROWDFUNDING SISTEMAS PARA INVESTIMENTO COLABORATIVO LTDA. EPP, Pessoa jurídica de direito

Leia mais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Regiane Dias Bertolini Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Adaptada por Edmilson Brito Nazareno APRESENTAÇÃO É com satisfação que a Unisa Digital oferece a você, aluno(a), esta apostila

Leia mais

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Rádio toca fitas SANYO M2709F: som roco falhando= C701. Receptor de parabólica QUASAR QA 9800L: sem vídeo, áudio normal = T1(SMD) BC 547 e T2(SMD) BC 557. Telefone

Leia mais

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA Doutrina Nacional A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA PAULO MÁRCIO CRUZ *** RESUMO: O presente artigo aborda a Democracia Representativa e sua insuficiência para enfrentar sociedades

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume1 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governo do Estado de São Paulo Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretário

Leia mais

PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015

PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015 PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015 Cumprimentar e agradecer a presença / Apresentar-se (tempo de experiência, formação etc.). Falar da alegria de ser a professora dessas crianças e suas competências.

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

ALIZIN: UMA REVOLUCIONÁRIA ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DA PIOMETRA EM CADELAS

ALIZIN: UMA REVOLUCIONÁRIA ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DA PIOMETRA EM CADELAS ALIZIN: UMA REVOLUCIONÁRIA ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DA PIOMETRA EM CADELAS Estudos Clínicos revelam a eficácia de Alizin na Terapia Medicamentosa de Piometra em Cadelas A piometra nas cadelas e nas

Leia mais

MANUAL DE SERVIÇOS LAVADORAS DE ROUPAS TOP LOAD ELETROMECÂNICAS LTE09/LTE12 SERVICE MANUAL ELETROMECHANIC TOP-LOADEWASHING MACHINES REVISÃO 4

MANUAL DE SERVIÇOS LAVADORAS DE ROUPAS TOP LOAD ELETROMECÂNICAS LTE09/LTE12 SERVICE MANUAL ELETROMECHANIC TOP-LOADEWASHING MACHINES REVISÃO 4 MANUAL DE SERVIÇOS SERVICE MANUAL LAVADORAS DE ROUPAS TOP LOAD ELETROMECÂNICAS LTE09/LTE12 ELETROMECHANIC TOP-LOADEWASHING MACHINES REVISÃO 4 REVISION 4 ÍNDICE 1. INFORMAÇÕES GERAIS...3 2.NOMENCLATURA...3

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA QUESTÃO 1 Uma série de mudanças políticas e econômicas ocorreu na Europa, a partir do fim da Idade Média. O quadro A liberdade guiando o povo (1830), de Eugène Delacroix,

Leia mais

FORMAÇÃO GERAL QUESTÃO 3. afirmação: A O desejo de vingança desencadeia atos de barbárie dos

FORMAÇÃO GERAL QUESTÃO 3. afirmação: A O desejo de vingança desencadeia atos de barbárie dos FORMAÇÃO GERAL QUESTÃO 1 Está em discussão, na sociedade brasileira, a possibilidade de uma reforma política e eleitoral. Fala-se, entre outras propostas, em financiamento público de campanhas, fidelidade

Leia mais

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE 01) A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens documentando,

Leia mais

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Universidade Federal Fluminense Oficina de Trabalho Elaboração de Provas Escritas Questões Objetivas Profª Marcia Memére Rio de Janeiro, janeiro de 2013 QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Cada uma das

Leia mais

TABELA DE ROSCAS. Diâmetro do Núcleo (mm) Ø da broca

TABELA DE ROSCAS. Diâmetro do Núcleo (mm) Ø da broca TABELA DE ROSCAS UNF - Rosca Unificada Fina UNC - Rosca Unificada Grossa MB (MF) - Rosca Métrica Fina Diâmetro do Núcleo (mm) Ø da broca Diâmetro do Núcleo (mm) Ø da broca Diâmetro do Núcleo (mm) Ø da

Leia mais

ANÁLISE DE DEFEITOS. Antes de chamar o serviço de manutenção, confira os seguintes pontos.

ANÁLISE DE DEFEITOS. Antes de chamar o serviço de manutenção, confira os seguintes pontos. 6 ANÁLISE DE DEFEITOS Antes de chamar o serviço de manutenção, confira os seguintes pontos. Inoperante O fusível de proteção está queimado ou o disjuntor desarmou. A pilha do controle remoto está fraca.

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES

PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixar filhos melhores para o nosso planeta PROJETO: CONVIVÊNCIA

Leia mais

Observe o diagrama com 5 organizações intergover na - mentais de integração sul-americana:

Observe o diagrama com 5 organizações intergover na - mentais de integração sul-americana: MATEMÁTICA 1 Observe o diagrama com 5 organizações intergover na - mentais de integração sul-americana: (wikipedia.org. Adaptado) Dos 12 países que compõem esse diagrama, integram exatamente 3 das organizações

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

2º ano do Ensino médio Lista de exercícios sobre vírus e bactérias

2º ano do Ensino médio Lista de exercícios sobre vírus e bactérias 1 2º ano do Ensino médio Lista de exercícios sobre vírus e bactérias 1) A palavra vírus vem do Latim virus que significa fluido venenoso ou toxina. Sobre os vírus biológicos, é correto afirmar-se que a)

Leia mais

AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias.

AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias. AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias. SUMÁRIO PÁGINA 1. Apresentação 1 2. Variações Patrimoniais 2 2.1. Fatos modificativos e fatos permutativos

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

[XBOX 360] GUIA Instalando jogos no HD (interno ou externo) para consoles RGH ou JTAG ATUALIZADO 13/11

[XBOX 360] GUIA Instalando jogos no HD (interno ou externo) para consoles RGH ou JTAG ATUALIZADO 13/11 Asapreta 360 Wii PS3 Tutoriais, desbloqueios e manutenções de videogames NextGen Menu + DESTACADO [XBOX 360] GUIA Instalando jogos no HD (interno ou externo) para consoles RGH ou JTAG ATUALIZADO 13/11

Leia mais

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I LÍNGUA PORTUGUESA Nome Vogais Encontro vocálico/ Sons nasais Consoante T Gêneros textuais:parlenda;trava língua;poema;história em quadrinhos;piada;lista

Leia mais

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida ATIVIDADES 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: ( c ) Vaso condutor ( a ) Gametófito ( d ) Sistema caulinar ( f ) Esporófito ( b ) Gimnosperma ( g ) Cone ( h ) Fanerógama ( i ) Criptógama

Leia mais

Guia com os 33 Melhores Jogos de Xbox 360 para Jogar a Campanha Principal de 2(Coop)

Guia com os 33 Melhores Jogos de Xbox 360 para Jogar a Campanha Principal de 2(Coop) 1ª Edição Guia Xbox Guia com os 33 Melhores Jogos de Xbox 360 para Jogar a Campanha Principal de 2(Coop) Flammarion Guia Xbox Guia com os 33 Melhores Jogos de Xbox 360 para Jogar a Campanha Principal de

Leia mais

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO 1 RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO PROVA DE SOCIOLOGIA 16/04/2015 TERCEIRAS SÉRIES DO ENSINO MÉDIO PRIMEIRO TRIMESTRE/2015 A fim de facilitar o entendimento da nota atribuída às questões dissertativas da

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula HÁBITOS DE HIGIENE. Ensino Fundamental/Anos Iniciais. 2º Ano. Ciências. Ser humano e saúde. 3 aulas (45min cada)

TÍTULO: Plano de Aula HÁBITOS DE HIGIENE. Ensino Fundamental/Anos Iniciais. 2º Ano. Ciências. Ser humano e saúde. 3 aulas (45min cada) Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: HÁBITOS DE HIGIENE Nível de Ensino: Ano/Semestre de Estudo Ensino Fundamental/Anos Iniciais 2º Ano Componente Curricular: Tema: Ciências Ser humano e saúde Duração da Aula:

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

Rede social

Faça o seu material acessível ao maior número de pessoas, publicando-lo aqui. Descubra o que as pessoas pensam sobre o seu trabalho.

E-biblioteca

Carregue número ilimitado de documentos, agora e sempre completamente gratuito!

Pesquisa e partilha de conhecimentos

Encontre materiais úteis e compartilhe-los com amigos e colegas, enviando-lhes o link para o material.