Apresentamos-lhe umas ferramentas confortáveis e gratuitas para publicar e compartilhar informações.

Volume ilimitado

Carregue tanto quanto você quiser! O volume de arquivos carregados é ilimitado. Você pode publicar qualquer número de documentos em formatos eletrônicos PDF, Microsoft Word e PowerPoint.

HTML5, sem Flash

Todos os arquivos carregados no site serão automaticamente adaptados para leitura no iPad, iPhone, Android e outras plataformas.

Exibir na janela do navegador

Oportunidade para exibir os documentos sem baixar - direito na janela do browser. É realmente cômodo!

Quais as tarefas podem ser resolvidas usando o nosso site?

Ao utilizar o nosso site você pode encontrar facilmente livros para ajudar a se preparar para o exame, bem como os ensaios completos, trabalhos de curso e tutoriais sobre diversos temas. A Biblioteca deste Recursos de Formação tem milhares de manuais, artigos e livros em uma variedade de disciplinas acadêmicas.

Publicar catálogos com os produtos em nosso website, tornando-os disponíveis a um público mais vasto. Anuncie seu negócio, colocando folhetos, brochuras e materiais promocionais. Encontre ideias interessantes e soluções para negócio que compartilham nossos usuários do recurso.

Comprou uma lavadora, mas não têm manual? Tente procurá-lo no nosso recurso. Você tem o mais recente modelo? Ajude aos outros - enriqueça a base, adicionando manual que ainda não está disponível no site.

Faça sua pesquisa disponível não apenas para os colegas, mas também a um público mais vasto. Publique e discuta seus artigos. Mantenha-se atualizado com os últimos desenvolvimentos científicos através de nosso website. Encontre materiais de pesquisa sobre o tema que lhe interessa e compartilhe-los com os colegas.

Conte sobre suas obras para as pessoas, publicando elas no nosso website. A coleção de cenários para os feriados, poesia, coletâneas de contos e outras obras de autores menos conhecidos e independentes.

Documentos procurados

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CÓDIGO BM&FBOVESPA: RBDS11 ISIN: BRRBDSCTF006 Relatório Trimestral Gerencial 2º Trimestre de 2016 Sumário Introdução... 3

Leia mais

Mineração em serra tanto bate até que seca A presença da Vale em Itabira para além do desenvolvimento dos conflitos ambientais

Mineração em serra tanto bate até que seca A presença da Vale em Itabira para além do desenvolvimento dos conflitos ambientais Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas Ciências Sociais Mineração em serra tanto bate até que seca A presença da Vale em Itabira para além do desenvolvimento dos

Leia mais

Avaliação de uma experiência de convivência com o semiárido no Vale do Pajeú, Pernambuco

Avaliação de uma experiência de convivência com o semiárido no Vale do Pajeú, Pernambuco SCIENTIA PLENA VOL. 7, NUM. 4 2011 www.scientiaplena.org.br Avaliação de uma experiência de convivência com o semiárido no Vale do Pajeú, Pernambuco Assessment of the experience of coexistence in semi-arid

Leia mais

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência- Subprojeto de Física. Bolsistas: Guédulla de Senna Dias e Deisy Chagas de Sena

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência- Subprojeto de Física. Bolsistas: Guédulla de Senna Dias e Deisy Chagas de Sena Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência- Subprojeto de Física Bolsistas: Guédulla de Senna Dias e Deisy Chagas de Sena Proposta de ensino sobre Astronomia As Fases da LUA Questionamentos:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HUGO AZEVEDO RANGEL DE MORAIS AVALIAÇÃO DO PROGRAMA UM MILHÃO DE CISTERNAS RURAIS

Leia mais

MARÉ NEGRA: DO DERRAME À LIMPEZA

MARÉ NEGRA: DO DERRAME À LIMPEZA MARÉ NEGRA: DO DERRAME À LIMPEZA PÚBLICO ENQUADRAMENTO Este protocolo pode enquadrar-se nas Áreas Curriculares de Ciências da Natureza do 2º Ciclo do Ensino Básico e de Biologia (12º ano) do Ensino Secundário.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO RIO AZUL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO RIO AZUL LEI MUNICIPAL 1.067 /2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. SÚMULA: - DISPÕE SOBRE O PARCELAMENTO DO SOLO PARA FINS URBANOS NO MUNICÍPIO DE BARRA DO RIO AZUL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IVONEI MARCIO CAOVILA,

Leia mais

Modernização e utopias: projetos de transformação urbana no município de Governador Valadares ( ) 1

Modernização e utopias: projetos de transformação urbana no município de Governador Valadares ( ) 1 Revista Ágora, Vitória, n.10, 2009, p.1-15 1 Modernização e utopias: projetos de transformação urbana no município de Governador Valadares (1960-80) 1 WALLACE FERREIRA DOS SANTOS 2 JEAN LUIZ NEVES ABREU

Leia mais

Reflexões sobre o princípio da indissociabilidade ensinopesquisa na área do ensino técnico em saúde: uma contribuição

Reflexões sobre o princípio da indissociabilidade ensinopesquisa na área do ensino técnico em saúde: uma contribuição Reflexões sobre o princípio da indissociabilidade ensinopesquisa na área do ensino técnico em saúde: uma contribuição Maria Inês Carsalade Martins Rita Elisabeth da Rocha Sório Vitória R. O. Vellozo SciELO

Leia mais

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: ESTUDO DE CASOS EM HOSPITAIS PAULISTAS

ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: ESTUDO DE CASOS EM HOSPITAIS PAULISTAS ACREDITAÇÃO HOSPITALAR: ESTUDO DE CASOS EM HOSPITAIS PAULISTAS Glauco Henrique de Sousa Mendes (UFSCar) ghsm@uol.com.br O setor hospitalar no Brasil apresenta, no geral, deficiências em termos de produtividade

Leia mais

LE PRESENT DE L INDICATIF EN PORTUGAIS EUROPEEN

LE PRESENT DE L INDICATIF EN PORTUGAIS EUROPEEN LE PRESENT DE L INDICATIF EN PORTUGAIS EUROPEEN L emploi du présent de l indicatif en portugais européen En portugais, le présent de l indicatif s utilise pour : énoncer un fait actuel / une action actuelle,

Leia mais

Novo Código de Processo Civil

Novo Código de Processo Civil Novo Código de Processo Civil www.odireitodigital.com CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Lei n.º 41/2013, de 26 de junho Aprova o Código de Processo Civil A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea

Leia mais

ALEXSSANDER AUGUSTO NOVO CÓDIGO PROCESSO CIVIL LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015

ALEXSSANDER AUGUSTO NOVO CÓDIGO PROCESSO CIVIL LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 ALEXSSANDER AUGUSTO NOVO CÓDIGO PROCESSO CIVIL LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 PREVISÃO LEGAL: Art. 1.045. Este Código entra em vigor após decorrido 1 (um) ano da data de sua publicação oficial.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS FÍSICAS E MATEMÁTICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Tese de doutorado Determinação de elementos traço em amostras

Leia mais

ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 021/2011 DATA: 28/09/2011 ATUALIZAÇÃO 11/09/2015

ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: NÚMERO: 021/2011 DATA: 28/09/2011 ATUALIZAÇÃO 11/09/2015 NÚMERO: 021/2011 DATA: 28/09/2011 ATUALIZAÇÃO 11/09/2015 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Cuidados Respiratórios Domiciliários: Prescrição de Aerossolterapia por Sistemas de Nebulização Aerossolterapia

Leia mais

XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ENANCIB GT-9 Museu, Patrimônio e Informação

XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ENANCIB GT-9 Museu, Patrimônio e Informação GT-9 Museu, Patrimônio e Informação AVALIAÇÃO DO USO E PERTENCIMENTO EM BIBLIOTECAS DE MUSEUS: O CASO PAULISTA Samir Hernandes Gomes (Universidade Estadual Paulista - USP) EVALUATION OF THE USE AND SENSE

Leia mais

Controlabilidade para alguns modelos da mecânica dos fluidos

Controlabilidade para alguns modelos da mecânica dos fluidos Universidade Federal da Paraíba Universidade Federal de Campina Grande Programa Associado de Pós-Graduação em Matemática Doutorado em Matemática Controlabilidade para alguns modelos da mecânica dos fluidos

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA 023/2014 ANÁLISE DA METODOLOGIA PROPOSTA PARA O QUARTO CICLO DE REVISÕES TARIFÁRIAS

AUDIÊNCIA PÚBLICA 023/2014 ANÁLISE DA METODOLOGIA PROPOSTA PARA O QUARTO CICLO DE REVISÕES TARIFÁRIAS AUDIÊNCIA PÚBLICA 023/2014 ANÁLISE DA METODOLOGIA PROPOSTA PARA O QUARTO CICLO DE REVISÕES TARIFÁRIAS AP 023/2014 Análise da metodologia proposta para o Quarto Ciclo de Revisões Tarifárias 1 Introdução

Leia mais

A Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na Faixa de Fronteira: em Busca da Visibilidade

A Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na Faixa de Fronteira: em Busca da Visibilidade A Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher na Faixa de Fronteira: em Busca da Visibilidade La Red de Enfrentamiento a la Violencia contra la Mujer en la Región de Fronteira: en Busca de la Visibilidad

Leia mais

O princípio do contraste no enfrentamento de violência contra a mulher

O princípio do contraste no enfrentamento de violência contra a mulher PUBLICIDADE O princípio do contraste no enfrentamento de violência contra a mulher Patrícia Renata da Silva Batista 1 Amalia Raquel Pérez-Nebra 2 Resumo O presente trabalho investigou a efetividade de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E IGUALDADE DE GÊNERO: AVANÇOS E DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

DESENVOLVIMENTO E IGUALDADE DE GÊNERO: AVANÇOS E DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER DESENVOLVIMENTO E IGUALDADE DE GÊNERO: AVANÇOS E DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER Development and gender equality: advances and challenges in fighting violence against women Patrícia

Leia mais

AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS EM REDE COMO OBJETO DE MUDANÇA SOCIAL E CULTURAL

AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS EM REDE COMO OBJETO DE MUDANÇA SOCIAL E CULTURAL AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS EM REDE COMO OBJETO DE MUDANÇA SOCIAL E CULTURAL NETWORK TECHNOLOGIES AS A PURPOSE OF SOCIAL AND CULTURAL CHANGE Alice Lameira Farias 1 Gabriele dos Anjos Schmitz 2 RESUMO As

Leia mais

SILÊNCIO, DENÚNCIA E ENFRENTAMENTO: A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO INTERIOR DE MINAS GERAIS

SILÊNCIO, DENÚNCIA E ENFRENTAMENTO: A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO INTERIOR DE MINAS GERAIS SILÊNCIO, DENÚNCIA E ENFRENTAMENTO: A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO INTERIOR DE MINAS GERAIS Maria Beatriz Nader 1 Érika Oliveira Amorim 2 Resumo: O presente texto aborda a violência contra a mulher com

Leia mais

Políticas de enfrentamento à violência contra a mulher: a criação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência de Bauru (SP)

Políticas de enfrentamento à violência contra a mulher: a criação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência de Bauru (SP) Políticas de enfrentamento à violência contra a mulher: a criação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência de Bauru (SP) Policies to fight the violence against women: The creation

Leia mais

OPERAÇÕES CONTRATADAS NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PARA MUNICÍPIOS DE ATÉ HABITANTES - MODALIDADE OFERTA PÚBLICA

OPERAÇÕES CONTRATADAS NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PARA MUNICÍPIOS DE ATÉ HABITANTES - MODALIDADE OFERTA PÚBLICA 2012 AL AGUA BRANCA 40 66% Empreitada Global A 3 Engenharia E Consultoria Ltda Me 2012 AL BATALHA 40 30% Empreitada Global Arcons Engenharia Ltda 2012 AL CACIMBINHAS 40 100% Empreitada Global Arcons Engenharia

Leia mais

AULA Nº00. Administração Geral e Pública para a Receita Federal. Auditor Fiscal da Receita Federal. Professor Antonio Fortunato Jr

AULA Nº00. Administração Geral e Pública para a Receita Federal. Auditor Fiscal da Receita Federal. Professor Antonio Fortunato Jr Administração Geral e Pública para a Receita Federal AULA Nº00 Planejamento: planejamento estratégico; planejamento baseado em cenários. Professor Antonio Fortunato Jr PDF PDF VÍDEO www.ricardoalexandre.com.br

Leia mais

Dossiê Novas tecnologias, sociabilidade e cultura

Dossiê Novas tecnologias, sociabilidade e cultura ISSN 1517-6916 CAOS Revista Eletrônica de Ciências Sociais Número 7 Setembro de 2004 Págs. 1-6 Dossiê Novas tecnologias, sociabilidade e cultura Apresentação Aécio Amaral Jr. * O dossiê Novas tecnologias,

Leia mais

Privatização como Estratégia Política: Evidências para o Saneamento Básico Brasileiro. NPQV/Mackenzie e EESP/FGV. Resumo

Privatização como Estratégia Política: Evidências para o Saneamento Básico Brasileiro. NPQV/Mackenzie e EESP/FGV. Resumo 1 Privatização como Estratégia Política: Evidências para o Saneamento Básico Brasileiro Carlos César Santejo Saiani NPQV/Mackenzie e EESP/FGV e-mail: ssaiani@yahoo.com.br Paulo Furquim de Azevedo EESP/FGV

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CARLA ANTUNES PETERS

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CARLA ANTUNES PETERS 18 UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CARLA ANTUNES PETERS PRODUÇÃO E AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-INFLAMATÓRIA TÓPICA DE NANOCÁPSULAS CONTENDO EXTRATO DE Wilbrandia ebracteata Tubarão 2012 CARLA ANTUNES

Leia mais

Estado de Santa Catarina Município de GAROPABA Edital n.º 001/2017 de PROCESSO SELETIVO

Estado de Santa Catarina Município de GAROPABA Edital n.º 001/2017 de PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº. 001/2017 DE PROCESSO SELETIVO Considerando a necessidade de incremento da arrecadação de tributos atrasados ou inscritos em dívida ativa, com fundamento no inciso III do art. 207 da Lei nº.

Leia mais

ENTREVISTA AO PRESIDENTE DOS GESTORES DESPORTIVOS (APOGESD) AMADEU PORTILHA

ENTREVISTA AO PRESIDENTE DOS GESTORES DESPORTIVOS (APOGESD) AMADEU PORTILHA Edição 143 - novembro 2016 d www.dicas.sas.uminho.pt Campanha de Recolha de Brinquedos na UMinho Iniciativa solidária decorre de 14 novembro a 18 de dezembro, com locais de recolha nos Complexos Desportivos

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002664/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR072179/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.007201/2016-10 DATA

Leia mais

TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE E A OCORRÊNCIA DA SÍNDROME DE DUMPING

TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE E A OCORRÊNCIA DA SÍNDROME DE DUMPING TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE E A OCORRÊNCIA DA SÍNDROME DE DUMPING Geysa Maria M. N. Lemke * Juliana Souza Closs Correia** Resumo: A obesidade é uma doença multifatorial que vem atingindo proporções

Leia mais

EDITAL Nº 006 /2016 SMEC

EDITAL Nº 006 /2016 SMEC EDITAL Nº 006 /2016 SMEC Edital nº006/2016 referente ao processo seletivo para admissão de professores em caráter temporário - ACT s para o ano letivo de 2017 e professores para o plantão dos Centros de

Leia mais

Regulamento I copa búfalo branco categorias de base 29 e 30 de setembro de 2017 i sesc - centro

Regulamento I copa búfalo branco categorias de base 29 e 30 de setembro de 2017 i sesc - centro Regulamento I copa búfalo branco categorias de base 29 e 30 de setembro de 2017 i sesc - centro Venha através desde convida a todas as associações, professores e seus atletas para participarem da I COPA

Leia mais

Manual para apresentação de trabalhos acadêmicos da Universidade Católica de Brasília. 10. edição

Manual para apresentação de trabalhos acadêmicos da Universidade Católica de Brasília. 10. edição Manual para apresentação de trabalhos acadêmicos da Universidade Católica de Brasília 10. edição BRASÍLIA 2017 MISSÃO A Universidade Católica de Brasília tem como missão atuar solidária e efetivamente

Leia mais

Geração de aplicações para linhas de produtos orientadas a aspectos com apoio da ferramenta Captor-AO. Carlos Alberto de Freitas Pereira Júnior

Geração de aplicações para linhas de produtos orientadas a aspectos com apoio da ferramenta Captor-AO. Carlos Alberto de Freitas Pereira Júnior Geração de aplicações para linhas de produtos orientadas a aspectos com apoio da ferramenta Captor-AO Carlos Alberto de Freitas Pereira Júnior SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO DO ICMC-USP Data de Depósito: 20

Leia mais

Direito do Desporto. Bibliografia Portuguesa 10 de Fevereiro de 2016

Direito do Desporto. Bibliografia Portuguesa 10 de Fevereiro de 2016 Direito do Desporto Bibliografia Portuguesa 10 de Fevereiro de 2016 José Manuel Meirim 1 1. Direito e Desporto ALMEIDA, CARLOS FERREIRA DE Os sistemas normativos do desporto Estudos em Homenagem a Miguel

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A AÇÕES DE CONSERVAÇÃO. Edital de Apoio a Projetos. Orientações Gerais 1º semestre de Edital Abrangência Nacional

PROGRAMA DE APOIO A AÇÕES DE CONSERVAÇÃO. Edital de Apoio a Projetos. Orientações Gerais 1º semestre de Edital Abrangência Nacional PROGRAMA DE APOIO A AÇÕES DE CONSERVAÇÃO Edital de Apoio a Projetos Orientações Gerais 1º semestre de 2018 Edital Abrangência Nacional Índice 1. DIRETRIZES 2 2. PRAZO, DURAÇÃO E VALORES 2 3. QUEM PODE

Leia mais

UM COMPROMISSO COM OS SENTIDOS

UM COMPROMISSO COM OS SENTIDOS UM COMPROMISSO COM OS SENTIDOS A Jaime Câmara Eventos, contando com a experiência do maior grupo de comunicação do Centro-Oeste, sabe: o ser humano é movido por seus sentidos. O próprio corpo já mostra

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Determinação da exigência de vitamina E para o dourado Salminus brasiliensis (Cuvier, 1816) e a avaliação do seu efeito imunomodulador

Leia mais

Halina Grynberg. o padeiro polonês

Halina Grynberg. o padeiro polonês o padeiro polonês Halina Grynberg o padeiro polonês 2015 Halina Grynberg Este livro segue as normas do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, adotado no Brasil em 2009. Coordenação editorial:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX CURSO DE ODONTOLOGIA

MATRIZ CURRICULAR CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX CURSO DE ODONTOLOGIA * 1º PERÍODO INTRODUÇÃO À ODONTOLOGIA -------- 30 Presencial PROCESSOS BIOLÓGICOS -------- PROCESSOS MORFOLÓGICOS I -------- 180 Presencial SAÚDE E DIREITO AMBIENTAL -------- Carga horária total 360 -

Leia mais

EÍS. i L K*5Í APRECIAÇÃO 9 SP A 152 HISTÓRICO. INSTITUTO GEOGRÁFICO E DO AMAZONAS em convênio c om A

EÍS. i L K*5Í APRECIAÇÃO 9 SP A 152 HISTÓRICO. INSTITUTO GEOGRÁFICO E DO AMAZONAS em convênio c om A K*5Í INSTITUTO GEOGRÁFICO E DO AMAZONAS em convênio c om HISTÓRICO GOVERNO DO ESTADO/GABINETE DO VICE-GOVERNADOR/COMISSÍO DO PATRIMÔNIO/5EPROR/ITERAM/FUNDAÇÃO CASA RUI BARBOSA SECRETARIA DA CULTURA DO

Leia mais

A tematização da cultura no Jornal do Tocantins: do Arte & Vida ao Magazine

A tematização da cultura no Jornal do Tocantins: do Arte & Vida ao Magazine A tematização da cultura no Jornal do Tocantins: do Arte & Vida ao Magazine The thematization of culture in Jornal do Tocantins: from Art & Life to Magazine William Castro MORAIS 1 Edna de Mello SILVA

Leia mais

A poesia na prosa: o lirismo em Lavoura Arcaica *

A poesia na prosa: o lirismo em Lavoura Arcaica * Crátilo: Revista de Estudos Linguísticos e Literários, UNIPAM, 5(2):66-76, 2012 A poesia na prosa: o lirismo em Lavoura Arcaica * KAREN CRISTINA DE MEDEIROS Universidade Estadual de Maringá. e-mail: kacrime_@hotmail.com

Leia mais

Willian Silva Bonfim*

Willian Silva Bonfim* O poder do Terceiro Setor: a teoria do agendamento às avessas Willian Silva Bonfim* Resumo Entender o papel dos News Promoters na construção social da notícia, com relevância às fontes como um dos fatores-chave

Leia mais

USO TECNOLÓGICO DE ÓLEOS ESSENCIAIS

USO TECNOLÓGICO DE ÓLEOS ESSENCIAIS Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Programa de Pós Graduação em Alimentos e Nutrição Ciclo de Palestras Izabela Alves Gomes USO TECNOLÓGICO DE ÓLEOS ESSENCIAIS Nutricionista UERJ Mestra em

Leia mais

Ensinando a Língua Estrangeira através de Gêneros Textuais: o resumo como uma atividade de retextualização

Ensinando a Língua Estrangeira através de Gêneros Textuais: o resumo como uma atividade de retextualização DOI: 10.5433/2237-4876.2014v17n1p215 Ensinando a Língua Estrangeira através de Gêneros Textuais: o resumo como uma atividade de retextualização TEACHING A FOREIGN LANGUAGE THROUGH TEXTUAL GENRES: THE SUMMARY

Leia mais

Manual do Voluntário 2017/2018

Manual do Voluntário 2017/2018 Manual do Voluntário 2017/2018 Kit Voluntário Revisão 03/03/17 Boas coisas acontecem quando você se envolve e permanece envolvido com o PMI. Comprometa-se. Faça parte deste seleto grupo de profissionais.

Leia mais

Inquéritos populacionais: aspectos metodológicos, operacionais e éticos

Inquéritos populacionais: aspectos metodológicos, operacionais e éticos Universidade de São Paulo Biblioteca Digital da Produção Intelectual - BDPI Departamento de Epidemiologia - FSP/HEP Artigos e Materiais de Revistas Científicas - FSP/HEP 2008 Inquéritos populacionais:

Leia mais

IVONE REGINA FERNANDES AVALIAÇÃO DO APRENDIZADO DA APLICAÇÃO SUBCUTANEA EXECUTADA PELO PORTADOR DE ESCLEROSE MÚLTIPLA

IVONE REGINA FERNANDES AVALIAÇÃO DO APRENDIZADO DA APLICAÇÃO SUBCUTANEA EXECUTADA PELO PORTADOR DE ESCLEROSE MÚLTIPLA IVONE REGINA FERNANDES AVALIAÇÃO DO APRENDIZADO DA APLICAÇÃO SUBCUTANEA EXECUTADA PELO PORTADOR DE ESCLEROSE MÚLTIPLA Dissertação apresentada ao Curso de Pós-Graduação da Faculdade de Ciências Medicas

Leia mais

ANALISTA DE TV ROTEIRO AUDIOVISUAL

ANALISTA DE TV ROTEIRO AUDIOVISUAL CONCURSO PÚBLICO Edital nº 03/2013 ANALISTA DE TV ROTEIRO AUDIOVISUAL Código 220 LEIA COM ATENÇÃO AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1 - Este caderno contém as questões da PROVA OBJETIVA e a PROVA DISSERTATIVA. 2

Leia mais

Síndrome de Fournier: Análise dos Fatores de Mortalidade

Síndrome de Fournier: Análise dos Fatores de Mortalidade Analysis of Mortality in Fournier s Gangrene PAULO DE AZEREDO PASSOS CANDELÁRIA 1 ; WILMAR ARTUR KLUG 2 ; PERETZ CAPELHUCHNIK 3 ; CHIA BIN FANG 4 1. Professor Instrutor da Faculdade de Ciências Médicas

Leia mais

SANTA CASA 2018 MEDICINA DISCURSIVAS FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA SANTA CASA DE SÃO PAULO

SANTA CASA 2018 MEDICINA DISCURSIVAS FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DA SANTA CASA DE SÃO PAULO Prfessra Snia SANTA ASA 018 MEDIINA DISURSIVAS FAULDADE DE IÊNIAS MÉDIAS DA SANTA ASA DE SÃ PAUL 09. Até ent, nã existe cura para a dença de Alzheier. Acredita-se que parte ds sintas da dença decrra de

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL NEYMAR JR GLOBAL CONSUMER ACTIVATION

REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL NEYMAR JR GLOBAL CONSUMER ACTIVATION REGULAMENTO PROMOÇÃO COMERCIAL NEYMAR JR GLOBAL CONSUMER ACTIVATION A Promoção Comercial NEYMAR JR GLOBAL CONSUMER ACTIVATION ( Promoção ) é promovida pela RED BULL DO BRASIL LTDA., inscrita no CNPJ/MF

Leia mais

Atualizações: - Visão da UEFS - Histórico e Desenvolvimento Institucional

Atualizações: - Visão da UEFS - Histórico e Desenvolvimento Institucional Atualizações: - Visão da UEFS - Histórico e Desenvolvimento Institucional Atualizado em outubro/2013 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PDI 2011-2015 ELABORAÇÃO EQUIPE ASPLAN Carlos Eduardo Cardoso

Leia mais

PRÉ-APOSENTADORIA: UM DESAFIO A SER ENFRENTADO. Tamires Machado Barbosa. Elisete Soares Traesel

PRÉ-APOSENTADORIA: UM DESAFIO A SER ENFRENTADO. Tamires Machado Barbosa. Elisete Soares Traesel PRÉ-APOSENTADORIA: UM DESAFIO A SER ENFRENTADO Tamires Machado Barbosa Centro Universitário Franciscano - UNIFRA - Santa Maria RS, Brasil Elisete Soares Traesel Centro Universitário Franciscano - UNIFRA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO O HIBRIDISMO NAS PRÁTICAS DOCENTES NO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL: ENTRE O CUIDAR E O EDUCAR CLAUDEMIR CUNHA LINS SÃO PAULO 2014 CLAUDEMIR CUNHA LINS O HIBRIDISMO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Antonio Cesar LINS RODRIGUES

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Antonio Cesar LINS RODRIGUES UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação Antonio Cesar LINS RODRIGUES Corpos e Culturas invisibilizados na escola: racismo, aulas de Educação Física e insurgência multicultural. São Paulo 2013 Antonio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO RITA COELHO GONÇALVES

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO RITA COELHO GONÇALVES UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA VETERINARIA E ZOOTECNIA RITA COELHO GONÇALVES Situação epidemiológica da brucelose e tuberculose bovinas na região de Assis, Avaré, Bauru, Botucatu, Jaú,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Mariana Paula Ribeiro Rodrigues

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO. Mariana Paula Ribeiro Rodrigues UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE ARQUITETURA, ARTES E COMUNICAÇÃO Mariana Paula Ribeiro Rodrigues CIDADE E IMPRENSA PELAS FOLHAS DO COMMERCIO DE LINS, 1935-1939 Trabalho

Leia mais

Calendário de Planejamento/2017 Ano A São Mateus

Calendário de Planejamento/2017 Ano A São Mateus REGIONAL NORTE 3 CNBB Rua Dr. Francisco Aires, 135 Centro CEP 77.650-000- Miracema do Tocantins - TO Fone: (63) 3366-2285 Email: norte3cnbb@gmail.com Calendário de Planejamento/17 Ano A São Mateus Janeiro/17

Leia mais

Mediador - Extrato Convenção Coletiva

Mediador - Extrato Convenção Coletiva Página 1 de 12 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: BA000071/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR085813/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46204.000285/2015-88 DATA

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2015 A Associação das Cooperativas de Apoio a Economia Familiar ASCOOB, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob nº 03.425.488/0001-97, com sede na Avenida

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: BA000121/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/03/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR075683/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46204.010790/2014-50 DATA DO PROTOCOLO: 11/12/2014 CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: BA000677/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/11/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR077110/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46204.014378/2016-71 DATA

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: BA000617/2017 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/09/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060412/2017 NÚMERO DO PROCESSO: 46204.010408/2017-51 DATA

Leia mais

UMA BREVE HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS DO ESTADO 1 A BRIEF HISTORY OF THE STATE SCIENCE. do Estado tem a oferecer para a comunidade científica e a sociedade.

UMA BREVE HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS DO ESTADO 1 A BRIEF HISTORY OF THE STATE SCIENCE. do Estado tem a oferecer para a comunidade científica e a sociedade. do Estado tem a oferecer para a comunidade científica e a sociedade. As próximas edições irão nos fornecer dimensões do que poderemos alcançar e, acima de qualquer coisa, do quanto avançaremos para a busca

Leia mais

TEMPOS SOMBRIOS Karl Jaspers e a culpa alemã

TEMPOS SOMBRIOS Karl Jaspers e a culpa alemã TEMPOS SOMBRIOS Karl Jaspers e a culpa alemã Débora de Araujo Medeiros Mestre em Filosofia pela Universidade de Brasília - UnB RESUMO O século XX deve a Karl Jaspers um empreendimento notável: o de uma

Leia mais

ANEXO I CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA O ANO LETIVO DE 2018 DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

ANEXO I CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA O ANO LETIVO DE 2018 DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL ANEXO I CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA O ANO LETIVO DE 2018 DA GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO DA Fevereiro/2018 Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 13 Carnaval Recesso administrativo. 14 Quarta-feira de Cinzas (ponto facultativo

Leia mais

MOÇAMBIQUE: PERANTE A HIPÓTESE DE UM ATAQUE ALEMÃO EM

MOÇAMBIQUE: PERANTE A HIPÓTESE DE UM ATAQUE ALEMÃO EM MOÇAMBIQUE: PERANTE A HIPÓTESE DE UM ATAQUE ALEMÃO EM 1914-1915 JOÃO FREIRE Quando se iniciam as hostilidades na Europa, e portanto também em torno das possessões coloniais da Alemanha, um diferendo diplomático

Leia mais

CALENDÁRIO LETIVO 2017/2 CURSOS DE GRADUAÇÃO MODALIDADE PRESENCIAL SEGUNDO PERÍODO LETIVO DE 2017

CALENDÁRIO LETIVO 2017/2 CURSOS DE GRADUAÇÃO MODALIDADE PRESENCIAL SEGUNDO PERÍODO LETIVO DE 2017 SETEMBRO 2017 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 24 25 26 27 28 29 30 SEGUNDO PERÍODO LETIVO DE 2017 07 Feriado - Independência do Brasil 10 TÉRMINO DAS FÉRIAS ESCOLARES 11 INÍCIO

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Vinblastina Teva 1 mg/ml solução injectável Sulfato de vinblastina Leia atentamente este folheto antes de utilizar este medicamento. Conserve este folheto.

Leia mais

COLETA SELETIVA E RECICLAGEM: REALIDADE E MITOS

COLETA SELETIVA E RECICLAGEM: REALIDADE E MITOS COLETA SELETIVA E RECICLAGEM: REALIDADE E MITOS JOÃO ALBERTO FERREIRA Pesquisador Visitante da UERJ Universidade do Estado do Rio de Janeiro Recuperação de recursos deveria ser encarada como uma oportunidade

Leia mais

Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo/CRF-SP CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2017

Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo/CRF-SP CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2017 0 078906 406318 Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo/CRF-SP CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2017 Desenvolvedor Web Tarde ÚNICO Organizadora: EMPREGO: DESENVOLVEDOR WEB Texto para responder às questões

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA VESPERTINO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA VESPERTINO 1º S E M E S T R E HORA SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO -- Biologia Geral Português Instrumental ----- Português Instrumental -- -- Biologia Geral -- -- -- Aplicada Aplicada Aplicada Português

Leia mais

Manoel Nunes da Cunha Regis. Um exemplo de vida

Manoel Nunes da Cunha Regis. Um exemplo de vida Manoel Nunes da Cunha Regis Um exemplo de vida Manoel Nunes da Cunha Regis Um exemplo de vida Organizadora: Elisabete Cristina Teixeira Barretto Campo Formoso Editora Vercia Primavera de 2009 Regis, Manoel

Leia mais

Шест векова Закона о рудницима деспота Стефана Лазаревића

Шест векова Закона о рудницима деспота Стефана Лазаревића Шест векова Закона о рудницима деспота Стефана Лазаревића Биљана Цинцар Костић Музеј Српске Православне Цркве, Београд Крајем јануара ове године навршило се шест столећа од Закона о рудницима, који је

Leia mais

Miocárdio não compactado de ventrículo esquerdo: relato de caso com estudo de necropsia

Miocárdio não compactado de ventrículo esquerdo: relato de caso com estudo de necropsia J Bras Patol Med Lab v. 45 n. 5 p. 401-405 outubro 2009 relato de caso case report Miocárdio não compactado de ventrículo esquerdo: relato de caso com estudo de necropsia Primeira submissão em 16/04/09

Leia mais

Garcia Oliveira IJJJIIIIIIIIIII!IIIIIIiiiiiii Advogados Associados

Garcia Oliveira IJJJIIIIIIIIIII!IIIIIIiiiiiii Advogados Associados CONSELHO REGIONAL DE MEDICIJ1.I 00904212017 Garcia Oliveira IJJJIIIIIIIIIII!IIIIIIiiiiiii Advogados Associados 1910712017 17:0 PROTOCOLO ILUSTRÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2016

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2016 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 01/2016 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SOCIEDADE DE ADVOGADOS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE ASSESSORIA JURÍDICA PARA O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO

Leia mais

Manual do Usuário. Sempre perto para ajudá-lo. GoGEAR SA4DOT02 SA4DOT04 SA4DOT08. Dúvidas? Entre em contato com a Philips

Manual do Usuário. Sempre perto para ajudá-lo. GoGEAR SA4DOT02 SA4DOT04 SA4DOT08. Dúvidas? Entre em contato com a Philips Sempre perto para ajudá-lo Registre seu produto e obtenha suporte em www.philips.com/welcome Dúvidas? Entre em contato com a Philips GoGEAR SA4DOT02 SA4DOT04 SA4DOT08 Manual do Usuário Sumário 1 Informações

Leia mais

Movimentos Sociais e Contestação Política. Prof. Breno Bringel Horário: Quarta feira, das 9 às 12 horas Consultas: A combinar com o professor.

Movimentos Sociais e Contestação Política. Prof. Breno Bringel Horário: Quarta feira, das 9 às 12 horas Consultas: A combinar com o professor. Movimentos Sociais e Contestação Política Prof. Breno Bringel Horário: Quarta feira, das 9 às 12 horas Consultas: A combinar com o professor Ementa: O curso versa sobre as novas teorias, métodos e experiências

Leia mais

CONHECIMENTOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS

CONHECIMENTOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS Prezado (a) candidato (a) Coloque seu número de inscrição e nome no quadro abaixo: Nº de Inscrição Nome CONHECIMENTOS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS QUESTÃO 01 Instrução: Leia atentamente o texto abaixo: Nas décadas

Leia mais

ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM

ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTADUAL DA ZONA OESTE CURSO DE TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO NAVAL TAILAND OLIVEIRA DE AMORIM ANÁLISE DOS SERVIÇOS DE DOCAGEM RIO DE JANEIRO 2010 1. INTRODUÇÃO O processo de docagem é

Leia mais

QUANDO OS DESCAMINHOS DA CORRUPÇÃO CRUZAM OS CAMINHOS DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES: PERCEPÇÕES, RELAÇÕES POSSÍVEIS E IMPACTOS SOCIAIS

QUANDO OS DESCAMINHOS DA CORRUPÇÃO CRUZAM OS CAMINHOS DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES: PERCEPÇÕES, RELAÇÕES POSSÍVEIS E IMPACTOS SOCIAIS DOI: http://dx.doi.org/10.17058/barbaroi.v0i0.7439 QUANDO OS DESCAMINHOS DA CORRUPÇÃO CRUZAM OS CAMINHOS DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES: PERCEPÇÕES, RELAÇÕES POSSÍVEIS E IMPACTOS SOCIAIS Leila Viviane

Leia mais

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE FUTEBOL

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE FUTEBOL CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL JÚNIOR DA DIVISÃO ESPECIAL DE 2012 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º O CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL JÚNIOR DA DIVISÃO ESPECIAL

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000299/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/03/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR006955/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.002311/2016-83 DATA

Leia mais

JOGOS A REALIZAR ENTRE 15/10/2016 E 21/10/2016

JOGOS A REALIZAR ENTRE 15/10/2016 E 21/10/2016 JOGOS A REALIZAR ENTRE E 21/10/2016 SUPERTAÇA REGIONAL - FUT. 11 111. 01. 001. 0 CF CANIÇAL CAMPEONATO DIV. HONRA REG. JUNIORES-F11 121. 01. 010. 0 121. 01. 011. 0 CD RIBEIRA 19:00 121. 01. 012. 0 121.

Leia mais

Nos termos do artigo 84.º do CIRS, são dedutíveis

Nos termos do artigo 84.º do CIRS, são dedutíveis Deduções em IRS Em 2008, determinado sujeito passivo suportou custos com lar de idosos relativos a um familiar directo. O montante da mensalidade do lar era de mil euros, sendo 400 euros suportados pelo

Leia mais

Sistema de aquisição de dados do alongamento de um corpo de prova em um ensaio de tração por meio de técnicas de Processamento Digital de Imagens

Sistema de aquisição de dados do alongamento de um corpo de prova em um ensaio de tração por meio de técnicas de Processamento Digital de Imagens Sistema de aquisição de dados do alongamento de um corpo de prova em um ensaio de tração por meio de técnicas de Processamento Digital de Imagens Pedro Raphael Carneiro Vasconcelos 1, Gustavo Costa Holanda

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DA IMPLANTAÇÃO DE UM CONCENTRADOR DE VINHAÇA EM UMA USINA PRODUTORA DE ETANOL

ESTUDO DE VIABILIDADE DA IMPLANTAÇÃO DE UM CONCENTRADOR DE VINHAÇA EM UMA USINA PRODUTORA DE ETANOL ESTUDO DE VIABILIDADE DA IMPLANTAÇÃO DE UM CONCENTRADOR DE VINHAÇA EM UMA USINA PRODUTORA DE ETANOL Tiago Alexandre da Silva (IFMG) tiagoalexandresilva04@gmail.com DENIS FERNANDO FRAGA RIOS (IFMG) denis.rios@ifmg.edu.br

Leia mais

Universidade Federal de São Carlos-UFSCar Doutorado em Educação. Os especialistas escolares no trabalho de mentoria: desafios e possibilidades.

Universidade Federal de São Carlos-UFSCar Doutorado em Educação. Os especialistas escolares no trabalho de mentoria: desafios e possibilidades. Universidade Federal de São Carlos-UFSCar Doutorado em Educação Os especialistas escolares no trabalho de mentoria: desafios e possibilidades. Tese de Doutorado elaborada por Fabiana Vigo Azevedo Borges,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA CLÍNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA CLÍNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA CLÍNICA Dayane Aparecida Silva Costa Diretrizes curriculares nacionais das profissões

Leia mais

Manejo pré-operatório das medicações para tratamento do diabetes mellitus

Manejo pré-operatório das medicações para tratamento do diabetes mellitus ARTIGO DE REVISÃO Manejo pré-operatório das medicações para tratamento do diabetes mellitus Pre-operative management of medication for diabetes mellitus treatment João Paulo Jordão Pontes 1, Ana Luíza

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA DESENVOLVIMENTO REGIONAL E ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL EM MATO GROSSO: OS POLOS ARIPUANÃ, JURUENA

Leia mais

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018 1 2 ÍNDICE CF-2018 04 Mensagem aos Pais e Alunos 05 O Ensino Fundamental I 06 Horários de entrada e saída 06 Horário de aula 06 Observações 07 Organização das turmas 09 Uniforme 09 Sanções Disciplinares

Leia mais

A pluriatividade como estratégia de sobrevivência dos agricultores familiares da região Centro-Oeste brasileira

A pluriatividade como estratégia de sobrevivência dos agricultores familiares da região Centro-Oeste brasileira A pluriatividade como estratégia de sobrevivência dos agricultores familiares da região Centro-Oeste brasileira Giselle de Oliveira Amaral 1 Benedito Dias Pereira 2 Dayanne Darth Ananias 3 Daniel Sneyder

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº 074/2017 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report Patrocinadores Másters / Masters Sponsors COMISSÃO EUROPEIA Ajuda Humanitária e Proteção Civil RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO / BOARD OF

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Professora do CEFET-SP e Mestre em Educação Este artigo parte de um panorama resumido da evolução tecnológica e sua incorporação gradativa na sociedade,

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

6 a SÉRIE 7 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Caderno do Professor Volume 1 LÍNGUA PORTUGUESA Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Caderno do Professor Volume 1 LÍNGUA PORTUGUESA Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO

Leia mais

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis)

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis) Reino Monera Reino Monera Os Moneras são seres vivos unicelulares e procariontes. A célula dos Moneras não apresenta organelas celulares membranosas. As únicas organelas celulares existentes no citoplasma

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão.

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Considere o texto Apelo, para responder às questões 1 a 6. 01 Apelo Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Regiane Dias Bertolini Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Adaptada por Edmilson Brito Nazareno APRESENTAÇÃO É com satisfação que a Unisa Digital oferece a você, aluno(a), esta apostila

Leia mais

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 Disciplina Questão A B C D E Pontos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39

Leia mais

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias 21. (UFAL 2008) Uma copiadora pratica os preços expressos na tabela a seguir: Número de cópias Preço unitário (em reais) 1 a 10 0,20 11 a 50 0,15 51 a 200

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

IMMANUEL KANT ( ) Conceito criado por Kant para solucionar uma problemática criada pelo Racionalismo e Empirismo.

IMMANUEL KANT ( ) Conceito criado por Kant para solucionar uma problemática criada pelo Racionalismo e Empirismo. IMMANUEL KANT (1724 1808) FILOSOFIA PROF. DOUGLAS PHILIP CONCEITOS KANTIANOS: 1. CRITICISMO Conceito criado por Kant para solucionar uma problemática criada pelo Racionalismo e Empirismo. Kant tenta responder

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio Aulas de ESTUDO ORIENTADO Ensino Médio Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Médio tem como propósito situar o sujeito como produtor do conhecimento

Leia mais

Radiografias urbanas: uma metodologia para leitura de espaços públicos

Radiografias urbanas: uma metodologia para leitura de espaços públicos Radiografias urbanas: uma metodologia para leitura de espaços públicos Laura Lacastagneratte de Figueiredo (1) Gisela Cunha Vianna Leonelli (2) (1) Graduanda em Arquitetura e Urbanismo da FEC, Unicamp,

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume1 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governo do Estado de São Paulo Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretário

Leia mais

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE HISTÓRIA 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de História - 9ª Classe Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica, S.A.

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO REDE PRÓPRIA AMERON HOSPITAL SAMARITANO Avenida: Calama, Nº. 2615 Bairro: Liberdade Fone: (069) 3211-7162 / 3211-7114 / 3211-7155 ESPECIALIDADES MÉDICAS: Angiologia, Cirurgia Vascular, Cardiologista, Cirurgião

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Câmpus: Bagé, Camaquã, Jaguarão, Lajeado, Passo fundo, Pelotas, Pelotas Visconde da Graça, Santana do Livramento, Sapiranga,

Leia mais

PROGRAMA DE FÍSICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE FÍSICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE FÍSICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Física - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica,

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL 7ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Educação Laboral - 7ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

> Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário <

> Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário < República de Angola Ministério da Educação > Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário < Reforma Educativa Ficha Técnica Título Programa do Ensino Primário da 6.ª Classe. Autores Departamento do Ensino

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE BIOLOGIA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Biologia - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento

Leia mais

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA ENCONTRO TREMENDO É LUGAR DE ESTAR FACE A FACE COM DEUS O PRÉ ENCONTRO A ESCADA DO SUCESSO NA VISÃO DO M.D.A. Enviar Ganhar 1. Projeto Natanael 3 2. Grupo de

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

A COMUNICAÇÃO. Comunicação unilateral / bilateral. Comunicação bilateral é aquela que é realizada

A COMUNICAÇÃO. Comunicação unilateral / bilateral. Comunicação bilateral é aquela que é realizada 1 A COMUNICAÇÃO «O homem é um animal social.», disse Aristóteles, filósofo grego do séc IV a.c. Comunicar é saber transmitir e partilhar as nossas ideias, sentimentos, pensamentos, ou seja, tudo aquilo

Leia mais

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano PROJETO DE VIDA Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano Material Estruturado para o Professor de Projeto de Vida Para o Ensino Fundamental 6º ao 9º ano I bimestre 2013 Caro Professor,

Leia mais

Dispositivo de medição de deslocamentos em via permanente para determinação do módulo de via

Dispositivo de medição de deslocamentos em via permanente para determinação do módulo de via Dispositivo de medição de deslocamentos em via permanente para determinação do módulo de via Robson Costa 1, Edson Moura 2, Liedi Bernucci 3, Rosângela Motta, Arthur Teixeira 5 e Luciano de Oliveira 6

Leia mais

2 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO

2 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1 INGLÊS Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO PROFESSOR INGLÊS

Leia mais

AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 CHAVES DE RESPOSTA 18

AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 CHAVES DE RESPOSTA 18 1 AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 INTRODUÇÃO 3 CONTEÚDO 4 MÉTODO E METODOLOGIA CIENTÍFICA 4 TIPOS DE CONHECIMENTO 5 CONHECIMENTO POPULAR OU DO SENSO COMUM 6 CONHECIMENTO CIENTÍFICO 7 CONHECIMENTO FILOSÓFICO

Leia mais

A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso

A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso Atividade extra Fascículo 1 Química Unidade 1 Questão 1 Cecierj - 2013 A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso redor era formado por apenas

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA PILHAS

TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA PILHAS TURMA DE REVISÃO - EMESCAM 1º SEMESTRE 2012 - QUÍMICA Prof. Borges PILHAS 1. (Uepg 2010) A figura a seguir ilustra o esquema de uma pilha formada por um eletrodo de Zn em solução de Zn 2+ e um outro eletrodo

Leia mais

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de Trabalho 2015 - Mediação Escolar e Comunitária 1 Hoje em dia é de vital importância desenvolvermos uma educação que vise à construção de uma

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c.

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c., causou grande devastação, forçou parte dos habitantes

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho

Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho LEGISLAÇÃO E NORMAS TÉCNICAS EM SEGURANÇA NO TRABALHO SOMESB Sociedade Mantenedora de Educação Superior da Bahia S/C Ltda. Presidente Gervásio Meneses

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

QUÍMICA. Quantos átomos de carbono e quantos átomos de hidrogênio existem em uma molécula desse composto? a) 10 e 13 b) 10 e 14 c) 9 e 12 d) 8 e 4

QUÍMICA. Quantos átomos de carbono e quantos átomos de hidrogênio existem em uma molécula desse composto? a) 10 e 13 b) 10 e 14 c) 9 e 12 d) 8 e 4 QUÍMICA 1. O benzopireno é um composto aromático formado na combustão da hulha e do fumo. Pode ser encontrado em carnes grelhadas, em carvão ou peças defumadas. Experiências em animais comprovaram sua

Leia mais

O STRESS E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE a. 1 Introdução O stress pode ser definido como uma reação do organismo, com

O STRESS E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE a. 1 Introdução O stress pode ser definido como uma reação do organismo, com 1 O STRESS E SUAS CONSEQUÊNCIAS PARA A SAÚDE a Marcio Dias MD Doutor em Ciências Médicas 1 Introdução O stress pode ser definido como uma reação do organismo, com componentes físicos e/ou psicológicos,

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO É trabalho pioneiro. Prestação de serviços com tradição de confiabilidade. Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em sua tarefa árdua

Leia mais

Profº Léo Mariscal. 2. (G1 - ifsc 2015) Árvore da vida baseada nos cinco reinos de Whittaker. Dentro de cada reino existem divisões denominadas Filos.

Profº Léo Mariscal. 2. (G1 - ifsc 2015) Árvore da vida baseada nos cinco reinos de Whittaker. Dentro de cada reino existem divisões denominadas Filos. 1. (Uece 2015) Leia atentamente as afirmações abaixo. I. O fitoplâncton é formado exclusivamente por macroalgas de diversas espécies, que flutuam livremente ao sabor das ondas e funcionam como importantes

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 AMB/92 01. A presente TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidades estabelecer ÍNDICES MÍNIMOS

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

GEOGRAFIA. 51. Observe o mapa abaixo. Este mapa representa a divisão entre

GEOGRAFIA. 51. Observe o mapa abaixo. Este mapa representa a divisão entre 51. Observe o mapa abaixo. GEOGRAFIA Equador LOWE, Norman. História do mundo contemporâneo. Porto Alegre: Penso, 2011. p. 605. Este mapa representa a divisão entre (A) países industrializados e os de Terceiro

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

Resolução de Matemática do Exame do Insper 2010/2 feita pelo Intergraus. 13.06.2010

Resolução de Matemática do Exame do Insper 2010/2 feita pelo Intergraus. 13.06.2010 VESTIBULAR INSPER 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Uti lize as informações a seguir para as questões 7 e 8. Na figura a seguir, estão representados os gráficos das

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo - 9ª Classe 1º Ciclo

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções Resolução das atividades complementares Química Q Dispersões e soluções p. 8 (UFPR) Uma solução é uma mistura homogênea de duas ou mais substâncias, não importando seu estado físico. Quando algum dos componentes

Leia mais

O carnaval, ou o mundo como teatro e prazer Roberto DAMATTA

O carnaval, ou o mundo como teatro e prazer Roberto DAMATTA O carnaval, ou o mundo como teatro e prazer Roberto DAMATTA Todas as sociedades alternam suas vidas entre rotinas e ritos, trabalho e festa, corpo e alma, coisas dos homens e assunto dos deuses, períodos

Leia mais

LOGÍSTICA. C)As opções I e IV estão corretas. D)Somente a opção II está correta.

LOGÍSTICA. C)As opções I e IV estão corretas. D)Somente a opção II está correta. LOGÍSTICA 1.Toda e qualquer empresa, salvo aquelas que vendem o seu produto diretamente para o cliente, necessitam de um ou mais canais de distribuição de seus produtos, canais estes que podem ser atacadistas

Leia mais

Argumentar é fundamentar, justificar, validar nossas opiniões. Uma resposta argumentativa é uma minidissertação: na introdução,

Argumentar é fundamentar, justificar, validar nossas opiniões. Uma resposta argumentativa é uma minidissertação: na introdução, PAS 1ª ETAPA- - Processo de Avaliação Seriada PAS 2011- Profª Sônia Targa Redação A Prova de Redação exigirá do candidato a produção de dois a quatro textos em determinados gêneros textuais. A lista dos

Leia mais

LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA. 1. Observe o seguinte cartum:

LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA. 1. Observe o seguinte cartum: LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA 1. Observe o seguinte cartum: (Quino. Esto no es todo. Buenos Aires: Ediciones de la Flor, 2004. p. 321.) I.

Leia mais

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CNIS Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2009 O que é? É o extrato cronológico de todas as informações laborais e previdenciárias do trabalhador, que o qualifica como

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II

6 a SÉRIE 7 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume1 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governo do Estado de São Paulo Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretário

Leia mais

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F Orientações: Só serão aceitas as atividades feitas por completo e de acordo com o que foi pedido nos enunciados. Todos os exercícios deverão ser resolvidos no caderno. A perda desta lista implicará em

Leia mais

Geografia. 51. Observe o mapa abaixo. Este mapa representa a divisão entre

Geografia. 51. Observe o mapa abaixo. Este mapa representa a divisão entre Geografia 51. Observe o mapa abaixo. Este mapa representa a divisão entre (A) países industrializados e os de Terceiro Mundo. (B) países de economia monoprodutora e os de economia diversificada. (C) países

Leia mais

Sujeito simples e composto Sujeito explícito

Sujeito simples e composto Sujeito explícito Linguagem e metalinguagem Classes gramaticais e descrição Módulos 1 Sujeito simples e composto 13 Crônica: interpretação 2 Vícios de linguagem 14 e 15 Prática de Redação (4) 3 Prática de Redação (1) 16

Leia mais

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin Direito empresarial Danylo Augusto Armelin 2015 por Editora e Distribuidora Educacional S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer

Leia mais

LINGUAGEM JURIDICA E ARGUMENTAÇAO

LINGUAGEM JURIDICA E ARGUMENTAÇAO FABIO TRUBILHANO ANTONIO HENRIQUES LINGUAGEM JURIDICA E,.., ARGUMENTAÇAO Teoria e Prática, 3ª edição revista e ampliada SÃO PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2014 2010 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2010; 2. ed.

Leia mais

O BEBÊ E SEU CÉREBRO: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO CEREBRAL NA VIDA INTRA-UTERINA

O BEBÊ E SEU CÉREBRO: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO CEREBRAL NA VIDA INTRA-UTERINA O BEBÊ E SEU CÉREBRO: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO CEREBRAL NA VIDA INTRA-UTERINA Michele Terres Trindade 1 Kléria Isolde Hirschfeld² 2 RESUMO O presente artigo tem como proposta apresentar os resultados

Leia mais

1 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO

1 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1 INGLÊS Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO PROFESSOR INGLÊS

Leia mais

2º ENSINO MÉDIO INSTRUÇÕES PARA A PROVA

2º ENSINO MÉDIO INSTRUÇÕES PARA A PROVA P36 (Teste) - 4º Bimestre - 05/11/2015 Aluno(a): Turma: 2º ENSINO MÉDIO INSTRUÇÕES PARA A PROVA 1. Verifique se este CADERNO DE QUESTÕES contém um total de 40 TESTES. Caso contrário solicite ao fiscal

Leia mais

MATEMÁTICA. Prof. Sabará CONJUNTOS NUMÉRICOS TEORIA DOS CONJUNTOS. Símbolos. : pertence : existe. : não pertence : não existe

MATEMÁTICA. Prof. Sabará CONJUNTOS NUMÉRICOS TEORIA DOS CONJUNTOS. Símbolos. : pertence : existe. : não pertence : não existe MATEMÁTICA Prof. Sabará CONJUNTOS NUMÉRICOS Símbolos TEORIA DOS CONJUNTOS : pertence : existe : não pertence : não existe : está contido : para todo (ou qualquer que seja) 1 : não está contido : conjunto

Leia mais

QUESTÃO 16 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50 cm de altura no muro e colocaram uma escada sobre ele, conforme a figura.

QUESTÃO 16 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50 cm de altura no muro e colocaram uma escada sobre ele, conforme a figura. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 0 Disciplina: MaTeMÁTiCa Prova: desafio nota: QUESTÃO 6 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS

TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS TABELA DE CÓDIGOS DE PROCEDIMENTOS Central de Atendimento: 41 3362.3111 solicite através do site: /solicite- RESSONÂNCIA MAGNÉTICA TUSS DESCRIÇÃO (Funsep) DESCRIÇÃO AMB 41101014 Crânio (encéfalo) 36010014

Leia mais

Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros

Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros REVISÃO 03 Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros 01. O segmento XY, indicado na reta numérica abaixo, está dividido em dez segmentos congruentes pelos pontos A, B, C, D, E, F, G,

Leia mais

MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN

MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN MIDIA KIT 2016 JOVEM PAN MISSÃO Desenvolvimento constante da multiplataforma Jovem Pan, em busca de soluções criativas e interativas com credibilidade para clientes e ouvintes. TERRITÓRIOS PRESTAÇÃO DE

Leia mais

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta Questão 11 Acredita-se que desde o século XIV acrobatas chineses já usavam uma versão primitiva do pára-quedas. É certo que, no ocidente, Leonardo da Vinci (145-1519) já o havia imaginado. que a velocidade

Leia mais

Exercícios Genética e sistema imunitário. Professora: Ana Paula Souto

Exercícios Genética e sistema imunitário. Professora: Ana Paula Souto Exercícios Genética e sistema imunitário Professora: Ana Paula Souto Nome: n o : Turma: 1) Cite as diferenças entre mitose e meiose. Relacione o número de cromossomos da célulamãe com o das células-filhas.

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

Tabela 3 AGENTE CAUSADOR DA DOENÇA PROFISSIONAL OU DO TRABALHO / DESCRIÇÃO DA SITUAÇÃO GERADORA DA DOENÇA

Tabela 3 AGENTE CAUSADOR DA DOENÇA PROFISSIONAL OU DO TRABALHO / DESCRIÇÃO DA SITUAÇÃO GERADORA DA DOENÇA Tabela 3 AGENTE CAUSADOR DA DOENÇA PROFISSIONAL OU DO TRABALHO / DESCRIÇÃO DA SITUAÇÃO GERADORA DA DOENÇA 20.00.04.300 IMPACTO DE PESSOA CONTRA OBJETO PARADO 20.00.04.600 IMPACTO DE PESSOA CONTRA OBJETO

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. que viajavam por diversos motivos como: transações comerciais, religiosos, culturais, guerras,

1. INTRODUÇÃO. que viajavam por diversos motivos como: transações comerciais, religiosos, culturais, guerras, 1. INTRODUÇÃO 1.1. TURISMO: SUA IMPORTÂNCIA A história das viagens vem de milhares de anos atrás, desde os antigos gregos e romanos, que viajavam por diversos motivos como: transações comerciais, religiosos,

Leia mais

Manual. de instruções. Refrigeradores DAKO FAÇA MAIS POR VOCÊ. REDK38 REDK40. Modelos: DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39

Manual. de instruções. Refrigeradores DAKO FAÇA MAIS POR VOCÊ. REDK38 REDK40. Modelos: DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39 Manual de instruções FAÇA MAIS POR VOCÊ. Refrigeradores DAKO Modelos: REDK38 REDK40 1 DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39 Parabéns por escolher um produto DAKO Ele foi desenvolvido dentro de padrões

Leia mais

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMAS DE QUÍMICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Química - 7ª, 8ª e 9ª classes EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA PREFEITURA DO MUNICIPIO DE SÃO PAULO PMSP SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SEMPLA COORDENADORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COGEP DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DERH DIVISÃO DE GESTÃO

Leia mais

IX ENCONTRO LUSO- -BRASILEIRO DE BIOÉTICA III ENCONTRO LUSÓFONO DE BIOÉTICA

IX ENCONTRO LUSO- -BRASILEIRO DE BIOÉTICA III ENCONTRO LUSÓFONO DE BIOÉTICA IX ENCONTRO LUSO- -BRASILEIRO DE BIOÉTICA III ENCONTRO LUSÓFONO DE BIOÉTICA PROTEÇÃO E DESENVOLVIMENTO GLOBAL Organização Centro de Estudos de Bioética (Portugal) Sociedade Brasileira de Bioética (Brasil)

Leia mais

artigo 204, do RICMS-SP, veda a emissão de nota fiscal que não corresponda a saída ou entrada de mercadoria.

artigo 204, do RICMS-SP, veda a emissão de nota fiscal que não corresponda a saída ou entrada de mercadoria. Resposta à Consulta nº 561/2001, de 10 de outubro de 2001: Transmissão de propriedade de bens e mercadorias - Integralização de capital em outra sociedade Versão parcial do patrimônio do estabelecimento

Leia mais

CADERNO DE CALIGRAFIA

CADERNO DE CALIGRAFIA CADERNO DE CALIGRAFIA VOLUME 3 Créditos: AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. ELLEN SCHULTZ

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report Patrocinadores Másters / Masters Sponsors COMISSÃO EUROPEIA Ajuda Humanitária e Proteção Civil RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO / BOARD OF

Leia mais

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Professora do CEFET-SP e Mestre em Educação Este artigo parte de um panorama resumido da evolução tecnológica e sua incorporação gradativa na sociedade,

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis)

O Reino MONERA se divide em: Filo Schizophyta (bactérias) Filo Cyanophyta (Cianobactérias ou cianofíceas ou popularmente algas azuis) Reino Monera Reino Monera Os Moneras são seres vivos unicelulares e procariontes. A célula dos Moneras não apresenta organelas celulares membranosas. As únicas organelas celulares existentes no citoplasma

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE HISTÓRIA 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de História - 9ª Classe Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica, S.A.

Leia mais

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio Aulas de ESTUDO ORIENTADO Ensino Médio Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Médio tem como propósito situar o sujeito como produtor do conhecimento

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

6 a SÉRIE 7 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Caderno do Professor Volume 1 LÍNGUA PORTUGUESA Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão.

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Considere o texto Apelo, para responder às questões 1 a 6. 01 Apelo Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Caderno do Professor Volume 1 LÍNGUA PORTUGUESA Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO

Leia mais

PROGRAMA DE FÍSICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE FÍSICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE FÍSICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Física - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica,

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE BIOLOGIA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Biologia - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento

Leia mais

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano PROJETO DE VIDA Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano Material Estruturado para o Professor de Projeto de Vida Para o Ensino Fundamental 6º ao 9º ano I bimestre 2013 Caro Professor,

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO LABORAL 7ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Educação Laboral - 7ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

Geometria Plana. 4. (Fgv 2014) A figura abaixo representa a face superior de um recipiente em forma de cubo de lado igual a L.

Geometria Plana. 4. (Fgv 2014) A figura abaixo representa a face superior de um recipiente em forma de cubo de lado igual a L. Geometria Plana 1. (Uerj 015) Uma chapa de aço com a forma de um setor circular possui raio R e perímetro R, conforme ilustra a imagem. 4. (Fgv 014) A figura abaixo representa a face superior de um recipiente

Leia mais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Regiane Dias Bertolini Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Adaptada por Edmilson Brito Nazareno APRESENTAÇÃO É com satisfação que a Unisa Digital oferece a você, aluno(a), esta apostila

Leia mais

QUESTÃO 16 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50 cm de altura no muro e colocaram uma escada sobre ele, conforme a figura.

QUESTÃO 16 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50 cm de altura no muro e colocaram uma escada sobre ele, conforme a figura. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 0 Disciplina: MaTeMÁTiCa Prova: desafio nota: QUESTÃO 6 Dois garotos, tentando pular um muro, encostaram um banco de 50

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS. Caderno do Aluno Volume1. Ciências da Natureza ENSINO FUNDAMENTAL II 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume1 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governo do Estado de São Paulo Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretário

Leia mais

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias

Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias Matemática, Raciocínio Lógico e suas Tecnologias 21. (UFAL 2008) Uma copiadora pratica os preços expressos na tabela a seguir: Número de cópias Preço unitário (em reais) 1 a 10 0,20 11 a 50 0,15 51 a 200

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de Trabalho 2015 - Mediação Escolar e Comunitária 1 Hoje em dia é de vital importância desenvolvermos uma educação que vise à construção de uma

Leia mais

perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano

perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano A Florença, Roma e Praga, Com gratidão Agradecimentos Tenho uma enorme dívida para com as cidades de Florença, Roma e Praga, os seus habitantes

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 10ª e 11ª Classes Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de

Leia mais

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 Disciplina Questão A B C D E Pontos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

> Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário <

> Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário < República de Angola Ministério da Educação > Programa da 6.ª Classe < > Ensino Primário < Reforma Educativa Ficha Técnica Título Programa do Ensino Primário da 6.ª Classe. Autores Departamento do Ensino

Leia mais

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO REDE PRÓPRIA AMERON HOSPITAL SAMARITANO Avenida: Calama, Nº. 2615 Bairro: Liberdade Fone: (069) 3211-7162 / 3211-7114 / 3211-7155 ESPECIALIDADES MÉDICAS: Angiologia, Cirurgia Vascular, Cardiologista, Cirurgião

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno

W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno Marcos Madaleno UMA JUVETUDE QUE ELEVA E INSPIRA Vocês foram ressuscitados com Cristo. Portanto, ponham o seu interesse nas coisas que são do céu, onde Cristo está sentado

Leia mais

AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 CHAVES DE RESPOSTA 18

AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 CHAVES DE RESPOSTA 18 1 AULA 1: CIÊNCIA COMO CONSTRUÇÃO 3 INTRODUÇÃO 3 CONTEÚDO 4 MÉTODO E METODOLOGIA CIENTÍFICA 4 TIPOS DE CONHECIMENTO 5 CONHECIMENTO POPULAR OU DO SENSO COMUM 6 CONHECIMENTO CIENTÍFICO 7 CONHECIMENTO FILOSÓFICO

Leia mais

A COMUNICAÇÃO. Comunicação unilateral / bilateral. Comunicação bilateral é aquela que é realizada

A COMUNICAÇÃO. Comunicação unilateral / bilateral. Comunicação bilateral é aquela que é realizada 1 A COMUNICAÇÃO «O homem é um animal social.», disse Aristóteles, filósofo grego do séc IV a.c. Comunicar é saber transmitir e partilhar as nossas ideias, sentimentos, pensamentos, ou seja, tudo aquilo

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasparaprimeirodiadeaula 9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho

Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho Legislação e Normas Técnicas em Segurança no Trabalho LEGISLAÇÃO E NORMAS TÉCNICAS EM SEGURANÇA NO TRABALHO SOMESB Sociedade Mantenedora de Educação Superior da Bahia S/C Ltda. Presidente Gervásio Meneses

Leia mais

O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO O ANGLO RESOLVE O EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO É trabalho pioneiro. Prestação de serviços com tradição de confiabilidade. Construtivo, procura colaborar com as Bancas Examinadoras em sua tarefa árdua

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 9ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de Empreendedorismo - 9ª Classe 1º Ciclo

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMAS DE QUÍMICA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMAS DE QUÍMICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Química - 7ª, 8ª e 9ª classes EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM: 2.000 exemplares

Leia mais

Ficheiros de dados, registos e campos pág. 2 Limitações das bases de dados baseadas numa só tabela pág. 2 Sistemas de Gestão de Base de Dados pág.

Ficheiros de dados, registos e campos pág. 2 Limitações das bases de dados baseadas numa só tabela pág. 2 Sistemas de Gestão de Base de Dados pág. Conteúdos Dos ficheiros de dados aos sistemas de gestão de base de dados Ficheiros de dados, registos e campos pág. 2 Limitações das bases de dados baseadas numa só tabela pág. 2 Sistemas de Gestão de

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE

MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE MEC-SETEC INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE Câmpus: Bagé, Camaquã, Jaguarão, Lajeado, Passo fundo, Pelotas, Pelotas Visconde da Graça, Santana do Livramento, Sapiranga,

Leia mais

Profº Léo Mariscal. 2. (G1 - ifsc 2015) Árvore da vida baseada nos cinco reinos de Whittaker. Dentro de cada reino existem divisões denominadas Filos.

Profº Léo Mariscal. 2. (G1 - ifsc 2015) Árvore da vida baseada nos cinco reinos de Whittaker. Dentro de cada reino existem divisões denominadas Filos. 1. (Uece 2015) Leia atentamente as afirmações abaixo. I. O fitoplâncton é formado exclusivamente por macroalgas de diversas espécies, que flutuam livremente ao sabor das ondas e funcionam como importantes

Leia mais

ESQUEMA ILUSTRATIVO DE LOCALIZAÇÃO DOS SENSORES

ESQUEMA ILUSTRATIVO DE LOCALIZAÇÃO DOS SENSORES ESQUEMA ILUSTRATIVO DE LOCALIZAÇÃO DOS SENSORES FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA Sensor de Fluxo de Ar Sensor Atuador de Marcha Lenta Sensor de Ignição Sensor de Pressão (MAP) Sensor de Velocidade Sensor de

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO VISUAL E PLÁSTICA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO VISUAL E PLÁSTICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO VISUAL E PLÁSTICA 8ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Educação Visual e Plástica - 8ª Classe EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM:

Leia mais

LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA. 1. Observe o seguinte cartum:

LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA. 1. Observe o seguinte cartum: LISTÃO DE ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º ano Nome: LINGUAGENS VERBAL, NÃO VERBAL E MISTA 1. Observe o seguinte cartum: (Quino. Esto no es todo. Buenos Aires: Ediciones de la Flor, 2004. p. 321.) I.

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c.

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS FRENTE 1 HISTÓRIA INTEGRADA Módulo 1 Das diásporas gregas a Esparta 1. A invasão da Grécia pelos dórios, no século XII a.c., causou grande devastação, forçou parte dos habitantes

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 Parabéns pela escolha de microsystem da linha Philco. Para garantir o melhor desempenho do produto, é importante ler atentamente as recomendações a seguir. Devido

Leia mais

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin Direito empresarial Danylo Augusto Armelin 2015 por Editora e Distribuidora Educacional S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 AMB/92 01. A presente TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidades estabelecer ÍNDICES MÍNIMOS

Leia mais

PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015

PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015 PAUTA PARA 1ª REUNIÃO DE PAIS MATERNAL 2 2015 Cumprimentar e agradecer a presença / Apresentar-se (tempo de experiência, formação etc.). Falar da alegria de ser a professora dessas crianças e suas competências.

Leia mais

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre.

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. ISBN 85-363-0366-2 Resenhado por Margarita Victoria Gómez Universidade Vale do Rio Verde Dezembro

Leia mais

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 8ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE HISTÓRIA. 8ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE HISTÓRIA 8ª Classe 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de História - 8ª Classe Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento GestGráfica, S.A.

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

Aulas de Protagonismo Juvenil. Ensino Fundamental -6º ao 9º ano.

Aulas de Protagonismo Juvenil. Ensino Fundamental -6º ao 9º ano. Aulas de Protagonismo Juvenil. Ensino Fundamental -6º ao 9º ano. Disciplina: Protagonismo Juvenil 1º bimestre 2013 Material estruturado para as aulas de Protagonismo Juvenil Nesta gestação de sonhos e

Leia mais

Sujeito simples e composto Sujeito explícito

Sujeito simples e composto Sujeito explícito Linguagem e metalinguagem Classes gramaticais e descrição Módulos 1 Sujeito simples e composto 13 Crônica: interpretação 2 Vícios de linguagem 14 e 15 Prática de Redação (4) 3 Prática de Redação (1) 16

Leia mais

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza Planejamento Anual Creche I Educação Infantil Prof. Maria Dilza Características Marcantes das Crianças 2 Características marcantes das crianças nessa idade O desenvolvimento de uma criança não ocorre de

Leia mais

LINGUAGEM JURIDICA E ARGUMENTAÇAO

LINGUAGEM JURIDICA E ARGUMENTAÇAO FABIO TRUBILHANO ANTONIO HENRIQUES LINGUAGEM JURIDICA E,.., ARGUMENTAÇAO Teoria e Prática, 3ª edição revista e ampliada SÃO PAULO EDITORA ATLAS S.A. - 2014 2010 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2010; 2. ed.

Leia mais

Resolução de Matemática do Exame do Insper 2010/2 feita pelo Intergraus. 13.06.2010

Resolução de Matemática do Exame do Insper 2010/2 feita pelo Intergraus. 13.06.2010 VESTIBULAR INSPER 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Uti lize as informações a seguir para as questões 7 e 8. Na figura a seguir, estão representados os gráficos das

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES ALARME AUTOMOTIVO HBA-2000 RECURSOS DE CONFORTO & COMODIDADE PARA SEU VEÍCULO IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

MANUAL DE INSTRUÇÕES ALARME AUTOMOTIVO HBA-2000 RECURSOS DE CONFORTO & COMODIDADE PARA SEU VEÍCULO IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA MANUAL DE INSTRUÇÕES ALARME AUTOMOTIVO HBA-2000 RECURSOS DE CONFORTO & COMODIDADE PARA SEU VEÍCULO IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA ÍNDICE A H-Buster líder em Áudio e Vídeo automotivo lança o alarme automotivo

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

RAÍSSA (EDIVALDO QUEVEDO DA FONSECA) / TRAVESTI 32 ANOS / MS, CAMPO GRANDE

RAÍSSA (EDIVALDO QUEVEDO DA FONSECA) / TRAVESTI 32 ANOS / MS, CAMPO GRANDE ASSASSINATOS 2012: RAÍSSA (EDIVALDO QUEVEDO DA FONSECA) / TRAVESTI 32 ANOS / MS, CAMPO GRANDE Publicado por Dudu Michels em 31 de dezembro de 2012 em b) Travesti, MATO GROSSO DO SUL Travesti é encontrada

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

O VINHO NOVO É MELHOR.

O VINHO NOVO É MELHOR. O VINHO NOVO É MELHOR. Capítulo 1. Um Pobre Menino Rico Meu nome é Robert Thom, e sou um milagre vivo; embora não passe de uma pessoa muito vulgar que descobriu que a vida não precisa ser a chocha monotonia

Leia mais

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I

Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I Conteúdo Programático 1º ano Ensino Fundamental I LÍNGUA PORTUGUESA Nome Vogais Encontro vocálico/ Sons nasais Consoante T Gêneros textuais:parlenda;trava língua;poema;história em quadrinhos;piada;lista

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

CB300R CB300R A CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOGUE CATÁLOGO DE PIEZAS 00X1B-KVK-001

CB300R CB300R A CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOGUE CATÁLOGO DE PIEZAS 00X1B-KVK-001 CB00R CB00R CTÁLOGO DE PEÇS PRTS CTLOGUE CTÁLOGO DE PIEZS Moto Honda da mazônia Ltda. 2009 00XB-KVK-00 ÍNDICE INDEX ÍNDICE INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUCCIONES GRUPO DO MOTOR ENGINE GROUP GRUPO DE MOTOR

Leia mais

Gabarito Exercícios de variação linguística, elaboração de resposta discursiva e formação de palavras.

Gabarito Exercícios de variação linguística, elaboração de resposta discursiva e formação de palavras. COORDENAÇÃO DO 1º ANO COLÉGIO MILITAR DE BRASÍLIA COORDENAÇÃO DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA NOTA DE AULA 06/ 1º TRIMESTRE Gabarito Exercícios de variação linguística, elaboração de resposta

Leia mais

Física. Lista ENEM 18 Conceitos Iniciais de Termologia e Termometria O lugar mais frio da Terra

Física. Lista ENEM 18 Conceitos Iniciais de Termologia e Termometria O lugar mais frio da Terra Física Lista ENEM 18 Conceitos Iniciais de Termologia e Termometria 01 - O lugar mais frio da Terra Satélites da NASA localizaram um dos lugares mais frios do nosso planeta, no cume de um monte localizado

Leia mais

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA ENCONTRO TREMENDO É LUGAR DE ESTAR FACE A FACE COM DEUS O PRÉ ENCONTRO A ESCADA DO SUCESSO NA VISÃO DO M.D.A. Enviar Ganhar 1. Projeto Natanael 3 2. Grupo de

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções Resolução das atividades complementares Química Q Dispersões e soluções p. 8 (UFPR) Uma solução é uma mistura homogênea de duas ou mais substâncias, não importando seu estado físico. Quando algum dos componentes

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

Aquecimento e resfriamento da água, aproximados à forma real + *

Aquecimento e resfriamento da água, aproximados à forma real + * DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7941.2016v33n1p306 Aquecimento e resfriamento da água, aproximados à forma real + * Reynaldo Lopes de Oliveira Jr. 1 Milton Alves Jr. Victhória Haira Barbosa Escola

Leia mais

Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros

Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros REVISÃO 03 Conjuntos, Aritmética, Proporcionalidade, Porcentagem e Juros 01. O segmento XY, indicado na reta numérica abaixo, está dividido em dez segmentos congruentes pelos pontos A, B, C, D, E, F, G,

Leia mais

A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso

A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso Atividade extra Fascículo 1 Química Unidade 1 Questão 1 Cecierj - 2013 A partir do século XVII, a ciência andava a passos largos e não dava mais para acreditar que tudo ao nosso redor era formado por apenas

Leia mais

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS, CULTURAIS E POLÍTICOS

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS, CULTURAIS E POLÍTICOS Aula 05 REVOLUÇÃO INDUSTRIAL: IMPACTOS ECONÔMICOS, SOCIAIS, CULTURAIS E POLÍTICOS Problematização: O que foi a Revolução Industrial? Onde e quando ocorreu? Que mudanças ela provocou no modo de vida das

Leia mais

Manual. de instruções. Refrigeradores DAKO FAÇA MAIS POR VOCÊ. REDK38 REDK40. Modelos: DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39

Manual. de instruções. Refrigeradores DAKO FAÇA MAIS POR VOCÊ. REDK38 REDK40. Modelos: DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39 Manual de instruções FAÇA MAIS POR VOCÊ. Refrigeradores DAKO Modelos: REDK38 REDK40 1 DAKO 2 portas.indd 1 2/9/2008 11:41:39 Parabéns por escolher um produto DAKO Ele foi desenvolvido dentro de padrões

Leia mais

CURSOS GRATUITOS PELO SISTEMA FIEG-SENAI

CURSOS GRATUITOS PELO SISTEMA FIEG-SENAI CURSOS GRATUITOS PELO SISTEMA FIEG-SENAI Segue abaixo os cursos com inscrições abertas para matricula: 1. Este portal de ensino iniciou este ano, portanto se você não realizou algum curso neste ano será

Leia mais

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F Orientações: Só serão aceitas as atividades feitas por completo e de acordo com o que foi pedido nos enunciados. Todos os exercícios deverão ser resolvidos no caderno. A perda desta lista implicará em

Leia mais

2 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO

2 a SÉRIE INGLÊS. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO MÉDIO 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1 INGLÊS Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO PROFESSOR INGLÊS

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: GÊNERO CERTIDÃO DE NASCIMENTO

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: GÊNERO CERTIDÃO DE NASCIMENTO SEQUÊNCIA DIDÁTICA: GÊNERO CERTIDÃO DE NASCIMENTO Ligiane Aparecida Bonacin (PG-CLCA-UENP/CJ) Vera Maria Ramos Pinto (Orientadora-CLCA-UENP/CJ) Resumo: Este artigo tem como intenção disponibilizar aos

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL

GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL GUIA DO MOBILIZADOR SOCIAL DIGITALIZAÇÃO DA TV ABERTA NO BRASIL Apresentação A TV digital está se consolidando no Brasil, o que nos faz chegar cada vez mais perto de países como Japão, Alemanha, França,

Leia mais

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley

MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley MINHA VIDA DE MENINA Helena Morley 5ª reimpressão - 1999 Copyright (c) 1979, 1998 by Sara Caldeira Brant e Ignez Caldeira Brant Renault Preparação: Rosemary Cataldi Machado Revisão: Beatriz Moreira e Ana

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CNIS Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2009 O que é? É o extrato cronológico de todas as informações laborais e previdenciárias do trabalhador, que o qualifica como

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Espacial º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1º Bimestre/01 Aluno(a): Número: Turma: 1) Dado um paralelepípedo

Leia mais

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA Doutrina Nacional A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA PAULO MÁRCIO CRUZ *** RESUMO: O presente artigo aborda a Democracia Representativa e sua insuficiência para enfrentar sociedades

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A A) F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE VESTIBULAR DE INVERNO JUNHO DE 2016 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A Pág. 1/38 V E S T

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE Emissora: START ME UP CROWDFUNDING SISTEMAS PARA INVESTIMENTO COLABORATIVO LTDA. EPP, Pessoa jurídica de direito

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS Prova: Auxiliar de Patologia Clínica Nível Fundamental (FUNIVERSA 2009) 1- Acerca do modelo de atenção à saúde, atualmente preconizado e implantado pelo Sistema Único

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Paulo foi empregado da microempresa Tudo Limpo Ltda. de 22/02/15 a 15/03/16. Trabalhava como auxiliar de serviços gerais, atuando na limpeza de parte da pista de

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão.

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Considere o texto Apelo, para responder às questões 1 a 6. 01 Apelo Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO. Matemática AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM PROCESSO Matemática 04 9 o ano do Ensino Fundamental Turma GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 1 o semestre de 2014 Data / / Escola Aluno Questão 01 Numa

Leia mais

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Universidade Federal Fluminense Oficina de Trabalho Elaboração de Provas Escritas Questões Objetivas Profª Marcia Memére Rio de Janeiro, janeiro de 2013 QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Cada uma das

Leia mais

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida ATIVIDADES 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: ( c ) Vaso condutor ( a ) Gametófito ( d ) Sistema caulinar ( f ) Esporófito ( b ) Gimnosperma ( g ) Cone ( h ) Fanerógama ( i ) Criptógama

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE 01) A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens documentando,

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS

NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS NOMENCLATURA DE CADEIAS RAMIFICADAS DOS HIDROCARBONETOS Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (Vunesp-SP) Os nomes corretos dos compostos orgânicos: 02

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: SÍLABAS Nível de Ensino: Ano/Semestre de Estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano Língua Portuguesa Gramática 2 aulas

Leia mais

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA

PORTAL DO SERVIDOR - ÁREA PRIVADA PROCEDIMENTOS PARA GERAÇÃO DE SENHA PREFEITURA DO MUNICIPIO DE SÃO PAULO PMSP SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SEMPLA COORDENADORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COGEP DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DERH DIVISÃO DE GESTÃO

Leia mais

JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA Fonte:mozafricaview.com [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Ariadine Rodrigues Barbosa

Leia mais

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Professora do CEFET-SP e Mestre em Educação Este artigo parte de um panorama resumido da evolução tecnológica e sua incorporação gradativa na sociedade,

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasparaprimeirodiadeaula 9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS HONDA DREAM 100 cc 6000 10 26 8 Placa de acionamento 1 6001 12 28 8 Árvore principal lado esq. 1 6201 12 32 8 Árvore secundária lado esq. 1 6203 17

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 0- INSPER POR PROFA MARIA ANTÔNIA C GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Por um terminal de ônibus passam dez diferentes linhas A mais movimentada delas

Leia mais

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo.

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. 1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. A B C Homens 42 36 26 Mulheres 28 24 32 Escolhendo-se uma aluna desse curso, a probabilidade de ela ser da turma A é:

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta Questão 1 BIOLÓGICAS Em uma prova de biologia, um aluno deparou-se com duas figuras de células. Uma figura representava uma célula vegetal e outra representava uma célula animal. Identifique qual das figuras,

Leia mais

Desafios contemporâneos. Lara Campos. Comunicação. 01 Laureate- International Universities

Desafios contemporâneos. Lara Campos. Comunicação. 01 Laureate- International Universities Desafios contemporâneos Lara Campos Comunicação 01 Laureate- International Universities Sumário CAPÍTULO 4 - Técnicas de comunicação oral para o meio acadêmico e profissional...05 Introdução...05 4.1

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA

PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA PRÁTICAS INTERDISCIPLINARES NA EJA: UMA EXPERIÊNCIA ENVOLVENDO A HISTÓRIA E A MATEMÁTICA RESUMO Luciane Cechin Mario - luciane.mario@ifsc.edu.br Adriano Larentes da Silva adriano.silva@ifsc.edu.br Instituto

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA VESTIBULAR DE VERÃO 2011 LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES DE 1 A 10 TEXTO: A ideia de se poder definir o gênero homo atribuindo-lhe a qualidade de sapiens, ou seja, de um ser racional e sábio, é sem dúvida uma

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Questão. Questão. 225 Km. A) 350 Km. B) 475 Km. C) 675 Km. D) Questão

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Questão. Questão. 225 Km. A) 350 Km. B) 475 Km. C) 675 Km. D) Questão 2 Eta, nóis / Brincando com Leminsk Menina, vou trabalhar em uma usina de cana pra alimentar os carros de uma família americana Menina, só vou poder te namorar no final de semana só vou poder te namorar

Leia mais

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br Catálogo 2 Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema Janelas e Portas de Correr Linha 25 Z-115 0,634 Kg/m P-157 1,355 Kg/m P-254 1,323 Kg/m Janelas e Portas de Correr Linha 25 Desenvolvido por WLD E-186 1,043

Leia mais

PORTARIA Nº 046 - DGP, DE 27 DE MARÇO DE 2012.

PORTARIA Nº 046 - DGP, DE 27 DE MARÇO DE 2012. MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO-GERAL DO PESSOAL (DIRETORIA GERAL DO PESSOAL/1860) DEPARTAMENTO BARÃO DE SURUHY PORTARIA Nº 046 - DGP, DE 27 DE MARÇO DE 2012. Aprova as Normas Técnicas

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades.

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades. Relatório de Grupo Maternal B 2013 Neste relatório, desejamos compartilhar com vocês o início da história do nosso grupo, contando como foram os primeiros dias e as primeiras descobertas. A adaptação foi

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO Marcela Lie Kawasaki Disciplina de Gastroenterologia Departamento de Pediatria Escola Paulista de Medicina Universidade Federal de São Paulo

Leia mais

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano

Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano PROJETO DE VIDA Aulas de Projeto de Vida Ensino Fundamental 6º ao 9º ano Material Estruturado para o Professor de Projeto de Vida Para o Ensino Fundamental 6º ao 9º ano I bimestre 2013 Caro Professor,

Leia mais

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc)

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc) LISTA DE FATORES DE EQUIVALÊNCIA E CORREÇÃO DE INSUMOS FARMACÊUTICOS ATIVOS REFERÊNCIAS CONSULTADAS: USP COMPÊNDIO MÉDICO Dicionário Brasileiro de Medicamentos ( DEF ) USP-DI MARTINDALE PDR Physician s

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

Sistema Nacional de Registro Mercantil (SINREM) Ex Vi Legis www.exvilegis.wordpress.com REGISTRO DE EMPRESA

Sistema Nacional de Registro Mercantil (SINREM) Ex Vi Legis www.exvilegis.wordpress.com REGISTRO DE EMPRESA REGISTRO DE EMPRESA Afirma o artigo 967 do Código Civil: É obrigatória a inscrição do empresário no Registro Público de Empresas Mercantis da respectiva sede, antes do início de sua atividade. O Registro

Leia mais

As questões de números 01 a 05 tomam por base uma passagem de um romance de Autran Dourado (1926-2012). A gente Honório Cota

As questões de números 01 a 05 tomam por base uma passagem de um romance de Autran Dourado (1926-2012). A gente Honório Cota Questão UNESP 1ª Fase 01 dia 16/11 As questões de números 01 a 05 tomam por base uma passagem de um romance de Autran Dourado (1926-2012). A gente Honório Cota Quando o coronel João Capistrano Honório

Leia mais

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA

VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA VESTIBULAR DE VERÃO 2011 SOCIOLOGIA QUESTÃO 1 Uma série de mudanças políticas e econômicas ocorreu na Europa, a partir do fim da Idade Média. O quadro A liberdade guiando o povo (1830), de Eugène Delacroix,

Leia mais

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza Planejamento Anual Creche I Educação Infantil Prof. Maria Dilza Características Marcantes das Crianças 2 Características marcantes das crianças nessa idade O desenvolvimento de uma criança não ocorre de

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM WWW.FIORELLO.COM.BR SAC@FIORELLO.COM.BR ENTRADA PRINCIPAL S/N - DISTRITO IND. II - BAIRRO CARAMURU TEL: (46) 3547-3547 CEP: 85880-000 - ITAIPULÂNDIA - PR MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO

Leia mais

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO

RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO 1 RESPOSTAS ESPERADAS E GABARITO PROVA DE SOCIOLOGIA 16/04/2015 TERCEIRAS SÉRIES DO ENSINO MÉDIO PRIMEIRO TRIMESTRE/2015 A fim de facilitar o entendimento da nota atribuída às questões dissertativas da

Leia mais

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO 1 ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO Adriana Fussiger Silveira 1 Aline Florisbal 2 Camila Pinzon 3 Dilson Borges 4 João Antonio Jardim Silveira 5 RESUMO O presente trabalho busca traçar um plano estratégico

Leia mais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais

Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Regiane Dias Bertolini Metodologia e Prática do Ensino de Ciências Naturais Adaptada por Edmilson Brito Nazareno APRESENTAÇÃO É com satisfação que a Unisa Digital oferece a você, aluno(a), esta apostila

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO

SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO SUGESTÕES DE AULAS DE ENSINO RELIGIOSO 1º AO 5º ANO TEMA O SAGRADO *SÍMBOLOS DAS QUATORZE MAIORES RELIGIÕES DO MUNDO ORGANIZADOR: Professor - Luiz Antonio Burim Padrão em Ensino Religioso NÚCLEO REGIONAL

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PERIODO: JULHO E AGOSTO JUSTIFICATIVA: A educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano dos alunos,

Leia mais

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português

Guia do Usuário DVR H.264. DVR Stand Alone H.264. Manual do Usuário em Português DVR Stand Alone H.264 Manual do Usuário em Português Junho de 2009 1 ÍNDICE Data: 18/06/2009 - Versão 1.0.00 Cuidados Especiais... 4 Conteúdo da Embalagem... 4 Especificações Técnicas... 5 Capítulo 1 Aspecto

Leia mais

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello

Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Macetes e defeitos Elias Bernabé Turchiello Rádio toca fitas SANYO M2709F: som roco falhando= C701. Receptor de parabólica QUASAR QA 9800L: sem vídeo, áudio normal = T1(SMD) BC 547 e T2(SMD) BC 557. Telefone

Leia mais

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre.

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. ISBN 85-363-0366-2 Resenhado por Margarita Victoria Gómez Universidade Vale do Rio Verde Dezembro

Leia mais

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03 PROJETO RECICLAGEM 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza

Leia mais

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES

PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES PLANOS DE AULA PARA TRABALHAR AS CAPACIDADES 2012 Trabalhando com as capacidades O sucesso de um projeto pedagógico de alfabetização depende, crucialmente, do envolvimento dos profissionais comprometido

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio Aulas de ESTUDO ORIENTADO Ensino Médio Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Médio tem como propósito situar o sujeito como produtor do conhecimento

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE. PEDIDO DE TUTELA DE EVIDÊNCIA (Art.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE. PEDIDO DE TUTELA DE EVIDÊNCIA (Art. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CÍVEL DO FORO DA COMARCA DE PEDIDO DE TUTELA ANTECIPADA PEDIDO DE TUTELA DE EVIDÊNCIA (Art. 311, II, do NCPC) Nome e prenome da requerente, nacionalidade,

Leia mais

3 a SÉRIE. ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1. HISTÓRIA Ciências Humanas

3 a SÉRIE. ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1. HISTÓRIA Ciências Humanas 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Caderno do Professor Volume 1 HISTÓRIA Ciências Humanas governo do estado de são paulo secretaria da educação MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO PROFESSOR

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL

SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL Coordenação de Vigilância Nutricional GVE/SUVISA/SES-GO 2015 0 SUGESTÕES DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL Marconi Perillo Governador

Leia mais

AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias.

AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias. AULA 02: Variações Patrimoniais: Variações Ativas e Passivas Orçamentárias e Extraorçamentárias. SUMÁRIO PÁGINA 1. Apresentação 1 2. Variações Patrimoniais 2 2.1. Fatos modificativos e fatos permutativos

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa;

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa; NOÇÕES DE INFORMÁTICA: CONFORME ITEM 4 DO EDITAL 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa; NAVEGADORES OU WEB-BROWSER Também conhecidos

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NATURA COSMÉTICOS S/A

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NATURA COSMÉTICOS S/A SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NATURA COSMÉTICOS S/A Mariana B. Noguti nogutinha@gmail.com Simone Volkmann B. Campos simonevbc@yahoo.com.br Tamara M. Rodrigues tamaramonteiro@yahoo.com.br Thiago Pullig pullig@gmail.com

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa A. alternativa E

Questão 1. Questão 3. Questão 2. alternativa A. alternativa E Questão 1 Leia a charge. (www.newtonsilva.com) É correto afirmar que a charge visa a) apoiar a atitude dos alunos e propor a liberação geral da frequência às aulas. b) enaltecer a escola brasileira e homenagear

Leia mais

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto

CÁLCULOS TELHADO. Prof. Eliseu Figueiredo Neto CÁLCULOS TELHADO Prof. Eliseu Figueiredo Neto TELHADO 1) Conhecer o peso de cada telha; 2) Calcular quantas telhas vão. Telhado de meia água de 50 m2, quantas telhas de cerâmica eu usarei e qual o peso

Leia mais

Rede social

Faça o seu material acessível ao maior número de pessoas, publicando-lo aqui. Descubra o que as pessoas pensam sobre o seu trabalho.

E-biblioteca

Carregue número ilimitado de documentos, agora e sempre completamente gratuito!

Pesquisa e partilha de conhecimentos

Encontre materiais úteis e compartilhe-los com amigos e colegas, enviando-lhes o link para o material.