Apresentamos-lhe umas ferramentas confortáveis e gratuitas para publicar e compartilhar informações.

Volume ilimitado

Carregue tanto quanto você quiser! O volume de arquivos carregados é ilimitado. Você pode publicar qualquer número de documentos em formatos eletrônicos PDF, Microsoft Word e PowerPoint.

HTML5, sem Flash

Todos os arquivos carregados no site serão automaticamente adaptados para leitura no iPad, iPhone, Android e outras plataformas.

Exibir na janela do navegador

Oportunidade para exibir os documentos sem baixar - direito na janela do browser. É realmente cômodo!

Quais as tarefas podem ser resolvidas usando o nosso site?

Ao utilizar o nosso site você pode encontrar facilmente livros para ajudar a se preparar para o exame, bem como os ensaios completos, trabalhos de curso e tutoriais sobre diversos temas. A Biblioteca deste Recursos de Formação tem milhares de manuais, artigos e livros em uma variedade de disciplinas acadêmicas.

Publicar catálogos com os produtos em nosso website, tornando-os disponíveis a um público mais vasto. Anuncie seu negócio, colocando folhetos, brochuras e materiais promocionais. Encontre ideias interessantes e soluções para negócio que compartilham nossos usuários do recurso.

Comprou uma lavadora, mas não têm manual? Tente procurá-lo no nosso recurso. Você tem o mais recente modelo? Ajude aos outros - enriqueça a base, adicionando manual que ainda não está disponível no site.

Faça sua pesquisa disponível não apenas para os colegas, mas também a um público mais vasto. Publique e discuta seus artigos. Mantenha-se atualizado com os últimos desenvolvimentos científicos através de nosso website. Encontre materiais de pesquisa sobre o tema que lhe interessa e compartilhe-los com os colegas.

Conte sobre suas obras para as pessoas, publicando elas no nosso website. A coleção de cenários para os feriados, poesia, coletâneas de contos e outras obras de autores menos conhecidos e independentes.

Documentos procurados

A Complexa tarefa na. Gestão de Pessoas. Sami Boulos Filho

A Complexa tarefa na. Gestão de Pessoas. Sami Boulos Filho A Complexa tarefa na Gestão de Pessoas Sami Boulos Filho Quais os desafios da liderança atualmente? Produzir resultados Garantir sustentabilidade financeira Investimentos geradores de valor Custos de forma

Leia mais

Renault Duster Bem-vindo ao verdadeiro mundo SUV

Renault Duster Bem-vindo ao verdadeiro mundo SUV Renault DUSTER Renault Duster Bem-vindo ao verdadeiro mundo SUV Sucesso absoluto, com mais de 190 mil unidades vendidas* em todo o Brasil, e mais de 1,6 milhão em todo o mundo*, o Renault Duster está

Leia mais

ERRATA Nº 01 AO EDITAL DE SELEÇÃO DO SENAI BRASIL FASHION 2018

ERRATA Nº 01 AO EDITAL DE SELEÇÃO DO SENAI BRASIL FASHION 2018 ERRATA Nº 01 AO EDITAL DE SELEÇÃO DO SENAI BRASIL FASHION 2018 O Diretor Executivo do SENAI CETIQT, no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno da instituição, informa a abertura das inscrições

Leia mais

Eficiência Energética na Indústria da Fundição

Eficiência Energética na Indústria da Fundição Eficiência Energética na Indústria da Fundição MIGUEL ALEXANDRE DA SILVA CORREIA Setembro de 2016 Eficiência Energética na Indústria da Fundição Miguel Alexandre da Silva Correia Departamento de Engenharia

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Curso de Engenharia de Produção

Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Curso de Engenharia de Produção Universidade Estadual de Maringá Centro de Tecnologia Departamento de Informática Curso de Engenharia de Produção Ociosidade e Eficiência do Processo: análise de seus impactos na produtividade em uma indústria

Leia mais

9th European Conference on Rare Diseases & Orphan Products (ECRD) EC Digital Single Market Strategy

9th European Conference on Rare Diseases & Orphan Products (ECRD) EC Digital Single Market Strategy 9th European Conference on Rare Diseases & Orphan Products (ECRD) EC Digital Single Market Strategy 12th May 2018 Vienna Henrique Martins President of the Board Shared Services of Ministry of Health -

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS CAMPUS DE MARÍLIA - SP LEONARDO BORGES REIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS CAMPUS DE MARÍLIA - SP LEONARDO BORGES REIS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS CAMPUS DE MARÍLIA - SP LEONARDO BORGES REIS Linguagem e Política no Pensamento de Avram Noam Chomsky

Leia mais

Universidade de Brasília Instituto de Letras Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas. Dayanne Gandra de Carvalho VERBO EM CONTEXTO

Universidade de Brasília Instituto de Letras Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas. Dayanne Gandra de Carvalho VERBO EM CONTEXTO Universidade de Brasília Instituto de Letras Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas Dayanne Gandra de Carvalho VERBO EM CONTEXTO Brasília, 2013 VERBO EM CONTEXTO Trabalho de conclusão

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos A LINGUAGEM JURÍDICA BRASILEIRA: UMA ABORDAGEM À LUZ DA APLICABILIDADE PROCESSUAL CONTEMPORÂNEA Oswaldo Moreira Ferreira (UENF) oswaldomf@gmail.com Eliana Crispim França Luquetti (UENF) elianafff@gmail.com

Leia mais

Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto

Projeto acadêmico não lucrativo, desenvolvido pela iniciativa Acesso Aberto Red de Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal Sistema de Información Científica Tania Gaspar, José Luís Pais Ribeiro, Margarida Gaspar Matos, Isabel Leal, Aristides Ferreira

Leia mais

Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Mecânica na Especialidade de Produção e Projecto

Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Mecânica na Especialidade de Produção e Projecto DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA A aplicação de Dispositivos Poka-Yoke na melhoria do processo produtivo Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Mecânica na Especialidade

Leia mais

ESTUDO CLÍNICO DO TRABALHO MENTAL DE 62 PACIENTES EPILÉPTICOS ADOLESCENTES. LÚCIA COELHO*; Luís MARQUES-Assis**

ESTUDO CLÍNICO DO TRABALHO MENTAL DE 62 PACIENTES EPILÉPTICOS ADOLESCENTES. LÚCIA COELHO*; Luís MARQUES-Assis** ESTUDO CLÍNICO DO TRABALHO MENTAL DE 62 PACIENTES EPILÉPTICOS ADOLESCENTES LÚCIA COELHO*; Luís MARQUES-Assis** Atualmente é admitido que os pacientes epilépticos que não tenham lesões cerebrais apreciáveis,

Leia mais

A Anamnese Fonoaudiológica segundo os preceitos da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF)

A Anamnese Fonoaudiológica segundo os preceitos da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) http://dx.doi.org/10.23925/2176-2724.2018v30i2p252-265 The speech-language pathology anamnesis according to the International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) A Anamnese Fonoaudiológica

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO MILIANE GONÇALVES GONZAGA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO MILIANE GONÇALVES GONZAGA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO MILIANE GONÇALVES GONZAGA Estudo qualitativo e quantitativo da interação entre a proteína morfogenética rhbmp-2 e diferentes tipos de enxertos

Leia mais

DDK GUI. Parte 3. Tecnologia

DDK GUI. Parte 3. Tecnologia DDK GUI Parte 3 Tecnologia 1 Agenda 1 Parte Nomenclatura Estilos Cadastro Simples Cadastro Simples Alteração Cadastro Simples Inclusão Cadastro Complexo Cadastro Complexo Alteração Pai x Filho Atualiza

Leia mais

PeliCluster LTF (Lactoferrin) Monoclonal mouse anti-human reagent for identification of cells expressing LTF antigen.

PeliCluster LTF (Lactoferrin) Monoclonal mouse anti-human reagent for identification of cells expressing LTF antigen. PeliCluster LTF (Lactoferrin) Monoclonal mouse anti-human reagent for identification of cells expressing LTF antigen. Form REF Clone PE M1731 CLB-13.17 X0033-512eng 21100314202 Reagents Plesmanlaan 125

Leia mais

Milk quality in Brazil: an overview of official analysis of sanitary monitoring*

Milk quality in Brazil: an overview of official analysis of sanitary monitoring* 52 10.4322/rbcv.2017.011 Milk quality in Brazil: an overview of official analysis of sanitary monitoring* Qualidade do leite no Brasil: um panorama de análises oficiais de monitoramento sanitário Stefani

Leia mais

COMPLEXITY OF NURSING CARE OF THE ELDERLY PEOPLE: REFLECTIONS ON THE HEALTH OF THE ECOSYSTEM APPROACH 1

COMPLEXITY OF NURSING CARE OF THE ELDERLY PEOPLE: REFLECTIONS ON THE HEALTH OF THE ECOSYSTEM APPROACH 1 COMPLEXITY OF NURSING CARE OF THE ELDERLY PEOPLE: REFLECTIONS ON THE HEALTH OF THE ECOSYSTEM APPROACH 1 Karina Silveira de Almeida Hammerschmidt* Silvana Sidney Costa Santos** Alacoque Lorenzini Erdmann***

Leia mais

PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 19 a 23 de Junho de 2017 / June 19th to June 23rd, 2017

PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 19 a 23 de Junho de 2017 / June 19th to June 23rd, 2017 Musicologia e Diversidade / Musicology and Diversity PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 19 a 23 de Junho de 2017 / June 19th to June 23rd, 2017 19 de Junho (segunda-feira) / June 19th (Monday) 10h 16h 19h PROJETO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 17 a 21 de junho de 2018 / June 17th to June 21st, 2018

PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 17 a 21 de junho de 2018 / June 17th to June 21st, 2018 Musicologia e Diversidade / Musicology and Diversity PROGRAMAÇÃO GERAL / SCHEDULE 17 a 21 de junho de 2018 / June 17th to June 21st, 2018 16h 19h30 20h 08h 17 de junho (Domingo) / June 17th (Sunday) Cine

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - TI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - TI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - TI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres FAZENDO BI COM EXCEL GERAÇÃO DE SUBTOTAIS E FILTROS GERAÇÃO DE SUBTOTAIS Os subtotais são excelente auxílio quando a

Leia mais

1. TOMA NOTA do relatório do Conselho de Paz e Segurança (CPS) sobre as suas actividades e a situação de paz e segurança em África;

1. TOMA NOTA do relatório do Conselho de Paz e Segurança (CPS) sobre as suas actividades e a situação de paz e segurança em África; Pág. 1 DECISÃO SOBRE O RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DO CONSELHO DE PAZ E SEGURANÇA SOBRE A SITUAÇÃO DA PAZ E SEGURANÇA EM ÁFRICA Doc.Assembly/AU/4 (XII) A Conferência: 1. TOMA NOTA do relatório do Conselho

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL E OS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA BRASILEIRA DE BIODIESEL

O DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL E OS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA BRASILEIRA DE BIODIESEL O DESENVOLVIMENTO REGIONAL SUSTENTÁVEL E OS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS: UM ESTUDO EM UMA EMPRESA BRASILEIRA DE BIODIESEL Ângela Rozane de Souza Lindstaedt Pesquisadora/bolsista CAPES Universidade do Vale

Leia mais

Relatório de Resultados 3T18

Relatório de Resultados 3T18 Relatório de Resultados 3T18 Barretos, 6 de novembro de 2018 A Minerva S.A. (BM&FBOVESPA: BEEF3 OTC - Nasdaq International: MRVSY), líder na América do Sul na exportação de carne bovina in natura e seus

Leia mais

BOLETIM MENSAL DO BIODIESEL

BOLETIM MENSAL DO BIODIESEL BOLETIM MENSAL DO BIODIESEL Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Superintendência de Refino, Processamento de Gás Natural e Produção de Biocombustíveis APRESENTAÇÃO OUTUBRO DE 206

Leia mais

Biodiesel as fuel for boilers

Biodiesel as fuel for boilers Acta Scientiarum http://www.uem.br/acta ISSN printed: 1806-2563 ISSN on-line: 1807-8664 Doi: 10.4025/actascitechnol.v39i5.29501 Biodiesel as fuel for boilers Wellington Lucas Tondo 1*, Flavio Gurgacz 1,

Leia mais

Relation between oral health and socioeconomic variables among schoolchildren aged 12 in the City of Manaus - AM

Relation between oral health and socioeconomic variables among schoolchildren aged 12 in the City of Manaus - AM http://dx.doi.org/10.1590/1809-4392201305302 Relation between oral health and socioeconomic variables among schoolchildren aged 12 in the City of Manaus - AM Lauramaris de Arruda RÉGIS-ARANHA 1 *, Marcelo

Leia mais

DOI: / v8i

DOI: / v8i Humanização do cuidado nas unidades de terapia intensiva: revisão integrativa Humanization care in intensive care units: integrative review Humanización de la atención en cuidados intensivos: revisión

Leia mais

DEMESCI. Journal of Deliberative Mechanisms in Science. Hipatia Press The Journal of Deliberative Mechanisms in Science

DEMESCI. Journal of Deliberative Mechanisms in Science. Hipatia Press   The Journal of Deliberative Mechanisms in Science DEMESCI Journal of Deliberative Mechanisms in Science The Journal of Deliberative Mechanisms in Science Volume 4, Number 1 Hipatia Press www.hipatiapress.com h Public Controversy and Partisan Deliberation

Leia mais

Copyright 2007, COPEC Council of Researches in Education and Sciences

Copyright 2007, COPEC Council of Researches in Education and Sciences Claudio da Rocha Brito & Melany M.Ciampi (Publishers). All rights reserved. Personal use of this material is permitted. However, permission to reprint/republish this material for advertising or promotional

Leia mais

Ouvidoria vê excesso de violência policial Estatísticassãobaseadasnonúmero deperfuraçõesdebalasna cabeça ou nascostasdasvítimasnoanopassado

Ouvidoria vê excesso de violência policial Estatísticassãobaseadasnonúmero deperfuraçõesdebalasna cabeça ou nascostasdasvítimasnoanopassado O DESTAK É IMPRESSO EM PAPEL VINDO DE FLORESTAS COM MANEJO RESPONSÁVEL, COMO INDICA O SELO FSC. A Amazônia foi algo notável LÍDER DO ANIMAL COLLECTIVE FALA SOBRE A EXPERIÊNCIA NA FLORESTA E A VOLTA AO

Leia mais

CONDENADO DE NOVO. destakjornal.com.br

CONDENADO DE NOVO. destakjornal.com.br destakjornal.com.br 25.01.2018 Quinta-feira RIO destakbrasil @Destak Edição nº 2269 Ano 11 Jornal de distribuição gratuita. Venda proibida FOTOS: AFP CONDENADO DE NOVO Em decisão unânime, desembargadores

Leia mais

Receita prevista em saco roto

Receita prevista em saco roto NUNCA UM CAMPEÃO PERDEU TRÊS VEZES NOS CLÁSSICOS. MAS ÉPOSSÍVELOTÍTULO SEM VENCER 08 MÁRIO CRUZ/LUSA DOCUMENTÁRIO DA BBC COLOCA QUESTÃO POLÉMICA: TERÁ JOÃO PAULO II VIVIDO UMA PAIXÃO? 10 MADRID11 www.destak.pt

Leia mais

Telemóvel mede álcool

Telemóvel mede álcool PUB www.destak.pt Diretor: Diogo Torgal Ferreira Edição nº 2826. Jornal diário gratuito. 21.12.2016 Quarta-feira ANO NOVO, LUTA ANTIGA O DESTAK FOI EXPERIMENTAR ELETROESTIMULAÇÃO MUSCULAR E INICIAR O ANO

Leia mais

Web Presentation Patterns - Controllers

Web Presentation Patterns - Controllers Instituto Superior Técnico 29 de Novembro de 2004 1 2 3 Page Controller Front Controller 4 5 Porquê Usar Web Applications Não necessita instalar software no cliente. Acesso universal fácil. Interface comum

Leia mais

Walmart. Celebramos nossos primeiros cinquenta anos ajudando as pessoas a economizar para que elas vivam melhor.

Walmart. Celebramos nossos primeiros cinquenta anos ajudando as pessoas a economizar para que elas vivam melhor. Walmart Celebramos nossos primeiros cinquenta anos ajudando as pessoas a economizar para que elas vivam melhor. 2012 Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Nunc ante. Vestibulum vel

Leia mais

OFICIAL DIÁRIO. Atos do Executivo CADERNO I. VILHENA-RO, QUARTA-FEIRA, 25 DE JULHO DE 2018 ANO XXI DOV

OFICIAL DIÁRIO. Atos do Executivo CADERNO I.   VILHENA-RO, QUARTA-FEIRA, 25 DE JULHO DE 2018 ANO XXI DOV DIÁRIO Nº 2526 dov@vilhena.ro.gov.br DIÁRIO DOV VILHENA VILHENA-RO, QUARTA-FEIRA, 25 DE JULHO DE 2018 PREFEITURA MUNICIPAL DE VILHENA Eduardo Toshiya Tsuru CADERNO I Atos do Executivo GABINETE DO PREFEITO

Leia mais

Critérios de seleção do doador: Análise in vitro da córnea

Critérios de seleção do doador: Análise in vitro da córnea http://eoftalmo.org.br REVISÃO NARRATIVA DE LITERATURA Critérios de seleção do doador: Análise in vitro da córnea Donor selection criteria: In Vitro Corneal Analysis Criterios de selección del donante:

Leia mais

TEKNAEVO TCK INSTALLATION MANUAL HANDBUCH MANUAL DE INSTALACION MANUEL D INSTALLATION MANUALE D INSTALLAZIONE MANUAL DE INSTALAÇÃO KULLANIM KLAVUZU

TEKNAEVO TCK INSTALLATION MANUAL HANDBUCH MANUAL DE INSTALACION MANUEL D INSTALLATION MANUALE D INSTALLAZIONE MANUAL DE INSTALAÇÃO KULLANIM KLAVUZU TEKNAEVO TCK INSTALLATION MANUAL HANDBUCH MANUAL DE INSTALACION MANUEL D INSTALLATION MANUALE D INSTALLAZIONE MANUAL DE INSTALAÇÃO KULLANIM KLAVUZU РУКОВОДСТВО ПО УСТАНОВКЕ И ЭКСПЛУАТАЦИИ EN DE ES FR IT

Leia mais

HEALTHY PASTA MEALS SCIENTIFIC CONSENSUS STATEMENT Agreed in Rio de Janeiro, October 26, 2010

HEALTHY PASTA MEALS SCIENTIFIC CONSENSUS STATEMENT Agreed in Rio de Janeiro, October 26, 2010 HEALTHY PASTA MEALS SCIENTIFIC CONSENSUS STATEMENT Agreed in Rio de Janeiro, October 26, 2010 1 Scientific Consensus Statement 2. Context of Pasta Meals Conference 3. Role of Carbohydrates in Healthy Eating

Leia mais

E.B. 2/3 Dom Martim Fernandes

E.B. 2/3 Dom Martim Fernandes E.B. 2/3 Dom Martim Fernandes Físico-Química 9.º Ano Data: 02/11/2018 Ficha Sumativa Versão 2 Nome: N.º: Turma C Classificação: Rubrica do(a) Encarregado(a) de Educação: Rubrica do professor: 1. De acordo

Leia mais

Reading the Middle Ages Today: Sources, Text and Translation

Reading the Middle Ages Today: Sources, Text and Translation International Conference Reading the Middle Ages Today: Sources, Text and Translation Auditório ILCH 22 nd and 23 rd June 2017 Programme Book of Abstracts PROGRAMME Thursday, 22 nd June 2017 8.45h Registration

Leia mais

TRANSLATION, ADAPTATION AND CONTENT VALIDATION OF SECTION I OF THE SCALE ASSESSMENT OF PEER RELATIONS INTO THE PORTUGUESE LANGUAGE

TRANSLATION, ADAPTATION AND CONTENT VALIDATION OF SECTION I OF THE SCALE ASSESSMENT OF PEER RELATIONS INTO THE PORTUGUESE LANGUAGE Journal of Human Growth and Development Translation, adaptation and content validation of section i of the scale assessment of peer relations into the portuguese language Journal of Human Growth and Development

Leia mais

Application of an alternative technique of physical management of the soil in the

Application of an alternative technique of physical management of the soil in the ISSN:1991-8178 Australian Journal of Basic and Applied Sciences Journal home page: www.ajbasweb.com Application of an alternative technique of physical management of the soil in the intercropping cultivation

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ MARCEL ANDRIGO MAIA AVALIAÇÃO DAS PROPRIEDADES PSICOFARMACOLÓGICAS DO EXTRATO ETANÓLICO OBTIDO DAS FOLHAS DE Piper cernuum: ÊNFASE NA ATIVIDADE ANTIDEPRESSIVA Itajaí 2016

Leia mais

ANÁLISE DA ESTRATÉGIA REPRODUTIVA E CITOGENÉTICA DE CARNAUBEIRAS DO LITORAL DO PIAUÍ

ANÁLISE DA ESTRATÉGIA REPRODUTIVA E CITOGENÉTICA DE CARNAUBEIRAS DO LITORAL DO PIAUÍ CIÊNCIAS AGRÁRIAS AGRONOMIA ANÁLISE DA ESTRATÉGIA REPRODUTIVA E CITOGENÉTICA DE CARNAUBEIRAS DO LITORAL DO PIAUÍ Renato Oliveira de Sousa, Aurinete Daienn Borges do Val A Copernicia prunifera (Miller)

Leia mais

IPHAN PROF. ROSENVAL

IPHAN PROF. ROSENVAL IPHAN PROF. ROSENVAL JÚNIOR @PROFROSENVAL Decreto nº 3.551, de 4 de agosto de 2000 O Decreto nº 3.551, de 4 de agosto de 2000, institui o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial que constituem

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Página 1 de 22 U T A P U T A P MINISTÉRIO DAS FINANÇAS ENCARGOS PLURIANUAIS DO SECTOR PÚBLICO COM AS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS Nota técnica e breves considerações sobre a desagregação dos encargos previstos

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DA 3ª EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTIESTRATÉGIA LA SHOPPING CENTERS

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DA 3ª EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTIESTRATÉGIA LA SHOPPING CENTERS ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DA 3ª EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTIESTRATÉGIA LA SHOPPING CENTERS CNPJ/MF nº 16.685.929/0001-31 Classificação ABVCAP/ANBIMA:

Leia mais

Civil Society STATEMENT, 27 September 2018, New York:

Civil Society STATEMENT, 27 September 2018, New York: Civil Society STATEMENT, 27 September 2018, New York: ENOUGH: Over 300 organisations and experts call on world leaders to seize the do or die moment of the third UN High- Level Meeting to address noncommunicable

Leia mais

DIAGNÓSTICO NUTRICIONAL DE VARIEDADES DE CAFEEIRO PELO MÉTODO DRIS NA REGIÃO NORTE DO PARANÁ, BRASIL

DIAGNÓSTICO NUTRICIONAL DE VARIEDADES DE CAFEEIRO PELO MÉTODO DRIS NA REGIÃO NORTE DO PARANÁ, BRASIL Silva, R. A. da et al. 204 NUTRITIONAL DIAGNOSIS BY DRIS METHOD OF THE CULTIVARS COFFEE IN THE NORTHERN REGION OF PARANÁ, BRAZIL Ricardo Augusto da Silva 1, José Eduardo Creste 2, Carlos Sérgio Tiritan

Leia mais

Respostas aos pedidos de esclarecimento sobre os apoios do GAP: 2ª sessão esclarecimento. 18 de Janeiro de 2017

Respostas aos pedidos de esclarecimento sobre os apoios do GAP: 2ª sessão esclarecimento. 18 de Janeiro de 2017 UE-PAANE - Programa de Apoio aos Actores Não Estatais Nô Pintcha pa Dizinvolvimentu Fase di Kambansa Respostas aos pedidos de esclarecimento sobre os apoios do GAP: 2ª sessão esclarecimento 18 de Janeiro

Leia mais

LAB 12 Construção de uma E-shop (programação em HTML, CSS, Bootstrap, PHP, CodeIgniter, JavaScript, JQuery, AJAX)

LAB 12 Construção de uma E-shop (programação em HTML, CSS, Bootstrap, PHP, CodeIgniter, JavaScript, JQuery, AJAX) LAB 12 Construção de uma E-shop (programação em HTML, CSS, Bootstrap, PHP, CodeIgniter, JavaScript, JQuery, AJAX) O objectivo do trabalho é fazer uma loja electrónica ("E-shop") que vende produtos. Requisitos:

Leia mais

Informática II Cap. 4-3

Informática II Cap. 4-3 Cap. 4-3 1 Uma variável é um espaço que pode conter um valor (de determinado tipo). a Acontece que por vezes se torna necessário/conveniente poder referir vários valores a partir de um mesmo nome. Por

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA DCC Departamento de Ciência da Computação Joinville SC

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA DCC Departamento de Ciência da Computação Joinville SC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA DCC Departamento de Ciência da Computação Joinville SC CURSO: Bacharelado em Ciência da Computação DISCIPLINA: POO0001 Programação Orientada a Objetos PROFESSOR:

Leia mais

Michele Josiane Rutz Buchweitz Mestranda em Contabilidade Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Michele Josiane Rutz Buchweitz Mestranda em Contabilidade Universidade Federal do Rio Grande (FURG) Além de Watts e Zimmerman: a Precursão da Teoria Positiva da Contabilidade nos Estudos de Dumarchey e a Influência dos Autores na Literatura Contábil Permanente no Brasil Michele Josiane Rutz Buchweitz

Leia mais

Cross-cultural adaptation and validation of the Condom Self-Efficacy Scale: application to Brazilian adolescents and young adults 1

Cross-cultural adaptation and validation of the Condom Self-Efficacy Scale: application to Brazilian adolescents and young adults 1 Rev. Latino-Am. Enfermagem 2017;25:e2991 DOI: 10.1590/1518-8345.1062.2991 Original Article Cross-cultural adaptation and validation of the Condom Self-Efficacy Scale: application to Brazilian adolescents

Leia mais

UFRRJ INSTITUTO DE VETERINÁRIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS TESE

UFRRJ INSTITUTO DE VETERINÁRIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS TESE UFRRJ INSTITUTO DE VETERINÁRIA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS TESE Composição e estrutura das comunidades de metazoários parasitos de Aspistor luniscutis e Genidens barbus (Osteichthyes:

Leia mais

1. Base de Dados criada automaticamente pelo Entity Framework. 2. Correspondência entre classes da aplicação Asp.Net e tabelas da base de dados

1. Base de Dados criada automaticamente pelo Entity Framework. 2. Correspondência entre classes da aplicação Asp.Net e tabelas da base de dados 1. Base de Dados criada automaticamente pelo Entity Framework O template usado por omissão no desenvolvimento de uma aplicação Asp.Net MVC 5 através do Visual Studio 2015 com autenticação Individual User

Leia mais

Relatório da Administração e Demonstrações Financeiras

Relatório da Administração e Demonstrações Financeiras Relatório da Administração e Demonstrações Financeiras 2013 1. Mensagem da Administração... 6 2. Perfil da Empresa... 5 2.1. ESTRUTURA SOCIETÁRIA... 5 2.2. GERAÇÃO... 6 2.3. TRANSMISSÃO... 8 2.4. DISTRIBUIÇÃO...

Leia mais

Seção 210 CCE/DISCENTES (ALUNOS)

Seção 210 CCE/DISCENTES (ALUNOS) 210 QUETLIN ESTER CAMARGO RIBEIRO DE ARAUJO CCE-alunos 210 QUINZZUCA FERREIRA DE CARVALHO CCE-alunos 210 RADJALMA DA SILVA TEIXEIRA CCE-alunos 210 RAFAEL ALVES DE SOUZA CCE-alunos 210 RAFAEL AMARAL DE

Leia mais

Nelson Leite Presidente - ABRADEE

Nelson Leite Presidente - ABRADEE Nelson Leite Presidente - ABRADEE Belo Horizonte, 06 de março de 2015 Pauta 1. Panorama do setor de distribuição de Energia Elétrica 2. Renovação dos Contratos de Concessão das Distribuidoras 3. Visão

Leia mais

Inovação no Setor Elétrico e na CPFL Energia

Inovação no Setor Elétrico e na CPFL Energia Inovação no Setor Elétrico e na CPFL Energia Agosto 2018 1 USFV Tanquinho Agenda A. Inovação no Setor Elétrico - Transformações globais em andamento - Impactos para o setor elétrico B. Inovação na CPFL

Leia mais

Relatório Accionistas. Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Relatório Accionistas. Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Relatório Accionistas 2012 Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro 2 ÍNDICE A ACÇÃO DIVIDENDOS EVOLUÇÃO DOS ACCIONISTAS E DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL RESULTADOS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO EXTERIOR ALEJANDRA SERRANO SCHEIBLER

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO EXTERIOR ALEJANDRA SERRANO SCHEIBLER UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO - LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO EXTERIOR ALEJANDRA SERRANO SCHEIBLER A INTERNACIONALIZAÇÃO E OS FATORES DE COMPETITIVIDADE:

Leia mais

PERCEPÇÃO DOS ADULTOS TERENA SOBRE A SOCIALIZAÇÃO DAS CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS DA ALDEIA TERERÉ DE SIDROLÂNDIA- MS

PERCEPÇÃO DOS ADULTOS TERENA SOBRE A SOCIALIZAÇÃO DAS CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS DA ALDEIA TERERÉ DE SIDROLÂNDIA- MS 1 RUTH GONÇALVES OLIVEIRA PERCEPÇÃO DOS ADULTOS TERENA SOBRE A SOCIALIZAÇÃO DAS CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS DA ALDEIA TERERÉ DE SIDROLÂNDIA- MS UNIVERSIDADE CATÓLICA DOM BOSCO CAMPO GRANDE MS 2007 2 RUTH GONÇALVES

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA Data Aprovação: 03/07/2007 Data Desativação: Nº Créditos : 6 Carga Horária Total: Carga Horária Teórica: Carga Horária Prática: Carga Horária Teórica/Prátical: Carga Horária Seminário: Carga Horária Laboratório:

Leia mais

O Império por escrito 1 Alameda R$ 78,00 R$ 78, /05/11

O Império por escrito 1 Alameda R$ 78,00 R$ 78, /05/11 BTCA AUTOR TÍTULO ED EDITORA ANO ISBN EX VL UN R$ TOT. R$ PÁGINA PESQUISA PREÇO DT PESQ OBSERVAÇÕES ALFÖLDY, Geza. A História Social de Roma 1 Presença 1997 972230982x 1 R$ 37,39 R$ 37,39 ALGRANTI, Leila

Leia mais

IV ENCIBio ENCONTRO NACIONAL DAS COMISSÕES INTERNAS DE BIOSSEGURANÇA 27 a 30 de novembro de 2008 BIOSSEGURANÇA E BIOETICA NA FRONTEIRA DA CIÊNCIA

IV ENCIBio ENCONTRO NACIONAL DAS COMISSÕES INTERNAS DE BIOSSEGURANÇA 27 a 30 de novembro de 2008 BIOSSEGURANÇA E BIOETICA NA FRONTEIRA DA CIÊNCIA E BIOETICA NA FRONTEIRA DA CIÊNCIA Programa 27/11 Dia Horário Atividade Financiamento 13 hs Check in, credenciais, entrega de material 15 às 17 hs Mesa Redonda: Financiamento em Biossegurança Prof. Dr.

Leia mais

INDUSTRIA 4.0 E A FORMAÇÃO DO PERFIL PROFISSIONALCONTEMPORÂNEO

INDUSTRIA 4.0 E A FORMAÇÃO DO PERFIL PROFISSIONALCONTEMPORÂNEO INDUSTRIA 4.0 E A FORMAÇÃO DO PERFIL PROFISSIONALCONTEMPORÂNEO Jéssica de Assunção Pereira, ITEGO Aguinaldo de Campos Netto, jessyka01assuncao@gmail.com Joaquim José Duarte Neto, ITEGO Aguinaldo de Campos

Leia mais

demonstrar a importância das normas para o crescimento econômico, ou seja, quantificar os impactos econômicos gerados pela adoção de normas.

demonstrar a importância das normas para o crescimento econômico, ou seja, quantificar os impactos econômicos gerados pela adoção de normas. 1 Introdução A normalização é considerada uma das funções centrais da cadeia da Tecnologia Industrial Básica (metrologia, normalização, regulamentação e avaliação da conformidade). As normas codificam

Leia mais

14º Encontro Internacional de Energia

14º Encontro Internacional de Energia 14º Encontro Internacional de Energia Tema do painel: A procura pela qualidade dos serviços Nelson Leite Presidente 1 São Paulo, 06 de Agosto de 2013 Panorama do setor de distribuição de e. Elétrica 63

Leia mais

Desenvolvimento do Mercado de Gás Natural no Brasil para Geração de Energia Elétrica

Desenvolvimento do Mercado de Gás Natural no Brasil para Geração de Energia Elétrica Desenvolvimento do Mercado de Gás Natural no Brasil para Geração de Energia Elétrica Apresentação ANEEL Versão Completa Projeto de Pesquisa e Desenvolvimento 25 de novembro de 2015 1 Objetivo do projeto

Leia mais

39º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada Governança e política de investimento à Luz da Resolução 4.661/18

39º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada Governança e política de investimento à Luz da Resolução 4.661/18 39º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada Governança e política de investimento à Luz da Resolução 4.661/18 Eliane Lustosa Diretora de Mercado de Capitais 11.09.2018 O CENÁRIO DO INVESTIMENTO

Leia mais

Research Circular #RS DATE: February 23, 2011 TO: Members FROM: Scott Speer RE:

Research Circular #RS DATE: February 23, 2011 TO: Members FROM: Scott Speer RE: Research Circular DATE: February 23, 2011 TO: Members FROM: Scott Speer RE: Direxion Daily Financial Bear 3X Shares ("FAZ") 1-for-5 Reverse ETF Split Ex-Distribution Date: February 24, 2011 Direxion Daily

Leia mais

Neonatal pain: knowledge, attitude and practice of the nursing team

Neonatal pain: knowledge, attitude and practice of the nursing team REVIEW ARTICLE Neonatal pain: knowledge, attitude and practice of the nursing team Dor neonatal: conhecimento, atitude e prática da equipe de enfermagem Ana Paula Silva Campos 1 DOI 10.5935/2595-0118.20180067

Leia mais

Anxiety and depression symptoms in adults and elderly in post-percutaneous coronary intervention

Anxiety and depression symptoms in adults and elderly in post-percutaneous coronary intervention Acta.colomb.psicol. 21 (2): 236-246, 2018 http://www.dx.doi.org/10.14718/acp.2018.21.2.11 Anxiety and depression symptoms in adults and elderly in post-percutaneous coronary intervention Cristina Pilla

Leia mais

SIGNAL UV-C 130W AMALGAM 75W 40W. UV-C and Pool equipment MEMBER OF:

SIGNAL UV-C 130W AMALGAM 75W 40W.   UV-C and Pool equipment MEMBER OF: UV-C and Pool equipment SIGNAL UV-C www.bluelagoonuvc.com 130W AMALGAM 75W 40W MEMBER OF: 2 SIGNAL UV-C UV-C and Pool equipment MANUAL BLUE LAGOON SIGNAL UV-C Blue Lagoon Signal UV-C EN 8-10 Blue Lagoon

Leia mais

Epidemiology as a theoretical-methodological

Epidemiology as a theoretical-methodological Reflection A epidemiologia como referencial teórico-metodológico no processo de trabalho do enfermeiro La epidemiología como referencial teórico-metodológico en el proceso de trabajo del enfermero Adeli

Leia mais

Resíduo seco de fecularia na alimentação de frangos de corte suplementados ou não com carboidrases

Resíduo seco de fecularia na alimentação de frangos de corte suplementados ou não com carboidrases DOI: 10.5433/1679-0359.2017v38n4Supl1p2641 Dry residue of cassava as a supplementation in broiler feed with or without addition of carbohydrases Resíduo seco de fecularia na alimentação de frangos de corte

Leia mais

Desenvolvimento de uma base de dados computacional para aplicação em Análise Probabilística de Segurança de reatores nucleares de pesquisa

Desenvolvimento de uma base de dados computacional para aplicação em Análise Probabilística de Segurança de reatores nucleares de pesquisa AUTARQUIA ASSOCIADA À UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Desenvolvimento de uma base de dados computacional para aplicação em Análise Probabilística de Segurança de reatores nucleares de pesquisa VAGNER DOS SANTOS

Leia mais

A RELIGIÃO NAS CONCEPÇÕES DOS CLÁSSICOS MARX E DURKHEIM: FELICIDADE ILUSÓRIA OU TRANSFIGURAÇÃO DA SOCIEDADE?

A RELIGIÃO NAS CONCEPÇÕES DOS CLÁSSICOS MARX E DURKHEIM: FELICIDADE ILUSÓRIA OU TRANSFIGURAÇÃO DA SOCIEDADE? A RELIGIÃO NAS CONCEPÇÕES DOS CLÁSSICOS MARX E DURKHEIM: FELICIDADE ILUSÓRIA OU TRANSFIGURAÇÃO DA SOCIEDADE? RELIGION IN THE CONCEPTIONS OF THE CLASSICS MARX AND DURKHEIM: ILLUSORY HAPPINESS OR TRANSFIGURATION

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA 1 1 2 3 4 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA 5 6 7 8 FONTES DE FERRO COMO ALTERNATIVA DE ADUBAÇÃO EM GRAMADOS ESPORTIVOS 9 10 11 12 BETINA

Leia mais

DESEMPENHO DOS MEIOS DE HOSPEDAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO City of São Paulo accomodation supply performance

DESEMPENHO DOS MEIOS DE HOSPEDAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO City of São Paulo accomodation supply performance DESEMPENHO DOS MEIOS DE HOSPEDAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO City of São Paulo accomodation supply performance observatoriodoturismo.com.br Outubro / October - TAXA DE OCUPAÇÃO - Hotéis - hotels (%) 70,59

Leia mais

Contribuição para o Estudo Energético de Compostos Heterocíclicos

Contribuição para o Estudo Energético de Compostos Heterocíclicos Z& MÓNICA A. A. VIEIRA LICENCIADA EM QUÍMICA (UP.; FACULDADE DE CIÊNCIAS UNIVERSIDADE D PRT Cntbuiçã para Estud Energétic de Cmpsts Hetercíclics Dissertaçã para Mestrad em Química na Faculdade de Ciências

Leia mais

Objetivo: Teste de Configuração de Ajustes, Teste de Ponto e Levantamento da Característica de Slope.

Objetivo: Teste de Configuração de Ajustes, Teste de Ponto e Levantamento da Característica de Slope. Tutorial de Teste Tipo de Equipamento: Relé de Proteção Marca: GE Modelo: T60 Função: 87 ou PDIF-1 Diferencial Percentual e 87-2 ou PDIF-2 Diferencial Instantâneo. Ferramenta Utilizada: CE-6006 Objetivo:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE AGRONOMIA E MEDICINA VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA INTERAÇÕES ENTRE ESTIRPES DE Bacillus thuringiensis E HÍBRIDOS DE REPOLHO VISANDO O CONTROLE

Leia mais

Needs Assessment and Maritime Legislation Review, and National Seminar on Flag State Implementation

Needs Assessment and Maritime Legislation Review, and National Seminar on Flag State Implementation INTERNATIONAL MARITIME ORGANIZATION Needs Assessment and Maritime Legislation Review, and National Seminar on Flag State Implementation, 25 to 29 August 2014 CONSULTANTS FINAL MISSION REPORT 1 Description

Leia mais

Factors associated with functional impairment of elderly patients in the emergency departments

Factors associated with functional impairment of elderly patients in the emergency departments original article Factors associated with functional impairment of elderly patients in the emergency departments Fatores associados ao comprometimento funcional de idosos internados no serviço de emergência

Leia mais

Variability space-temporal of annual precipitation of wet and dry period in the Paraíba state

Variability space-temporal of annual precipitation of wet and dry period in the Paraíba state OPEN JOURNAL SYSTEMS ISSN:2237-2202 Available on line at Directory of Open Access Journals Journal of Hyperspectral Remote Sensing v.6, n.1 (2016) 1-9 DOI: 10.5935/2237-2202.20160001 Journal of Hyperspectral

Leia mais

Reinvenção nos detalhes

Reinvenção nos detalhes Ano 4, Número 207, 20 de abril de 2018 Reinvenção nos detalhes E ainda: Jac T40 ganha câmbio CVT, mais potência e melhor acabamento Kia Rio Porsche Panamera Turbo Sport Turismo Peugeot 2008 1.2 turbo Yamaha

Leia mais

Randolfe se posiciona contra reajuste do STF e Davi diz que aumento não terá nenhum impacto financeiro

Randolfe se posiciona contra reajuste do STF e Davi diz que aumento não terá nenhum impacto financeiro \ @gazetamcp agazeta.ap@uol.com.br Jornal a Gazeta.jornalagazp.com.br Filiado De Terça a Sábado: R$ 2,00 Aos Domingos: R$ 3,00 Macapá (AP), e sábado, 09 e 10 de novembro de 2018 Ano XVIII Nº 30656 Randolfe

Leia mais

Acessibilidade na Educação a Distância. Amanda Meincke Melo VIII Fórum EaD Bagé/RS

Acessibilidade na Educação a Distância. Amanda Meincke Melo VIII Fórum EaD Bagé/RS Acessibilidade na Educação a Distância Amanda Meincke Melo 11.10.2018 VIII Fórum EaD Bagé/RS Bom dia! Sou Amanda M. Melo Vamos conversar sobre acessibilidade na Educação a Distância (EaD) Meu e-mail institucional:

Leia mais

Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO e Prof. Dr. Eng. Fred Sauer

Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO e Prof. Dr. Eng. Fred Sauer Segurança da Informação Aula 10 SGSI ISO 27001 e 27002 Prof. Dr. Eng. Fred Sauer http://www.fredsauer.com.br fsauer@gmail.com Partes Interessadas ABNT NBR ISO/IEC 27001:2013 Plan Ciclo PDCA Estabelecimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DO BTG PACTUAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DO BTG PACTUAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL DO BTG PACTUAL 3 o TRIMESTRE 2018 Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação Conteúdo da Apresentação 1 2 3 4 Visão Geral do

Leia mais

Fórum da Máquina define programação

Fórum da Máquina define programação O BOLETIM DO MARKETING ESPORTIVO DO NÚMERO DO DIA EDIÇÃO 1125 - TERÇA-FEIRA, 13 / NOVEMBRO / 2018 100 mi De dólares serão investidos na reforma do TD Garden, ginásio do Boston Bruins, da NHL, e do Celtics,

Leia mais

Wagner Nascimento Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil CONTRAF-CUT

Wagner Nascimento Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil CONTRAF-CUT Brasília, 23 de julho de 2018 Ao BANCO DO BRASIL DIRETORIA DE PESSOAS NEGOCIAÇÃO COLETIVA Senhoras e Senhores: Em 05 de junho deste ano, a CONTRAF-CUT apresentou em reunião realizada no Rio de Janeiro,

Leia mais

REGULAMENTO DO KINEA HIGH YIELD CRI FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

REGULAMENTO DO KINEA HIGH YIELD CRI FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII REGULAMENTO DO KINEA HIGH YIELD CRI FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII 1. ADMINISTRAÇÃO. A administração do KINEA HIGH YIELD CRI FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII ( FUNDO ) será exercida pela INTRAG

Leia mais

ANTONIO HUMBERTO HAMAD MINERVINO

ANTONIO HUMBERTO HAMAD MINERVINO ANTONIO HUMBERTO HAMAD MINERVINO ESTUDO COMPARATIVO DA SUSCEPTIBILIDADE DE BOVINOS E BUFALINOS À INTOXICAÇÃO CÚPRICA ACUMULATIVA SÃO PAULO 2007 ANTONIO HUMBERTO HAMAD MINERVINO ESTUDO COMPARATIVO DA SUSCEPTIBILIDADE

Leia mais

Acta Paulista de Enfermagem ISSN: Escola Paulista de Enfermagem Brasil

Acta Paulista de Enfermagem ISSN: Escola Paulista de Enfermagem Brasil Acta Paulista de Enfermagem ISSN: 0103-2100 ape@unifesp.br Escola Paulista de Enfermagem Brasil Barcellos Oliveira Koepe, Giselle; Carvalho de Araújo, Sílvia Teresa A percepção do cliente em hemodiálise

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report Patrocinadores Másters / Masters Sponsors COMISSÃO EUROPEIA Ajuda Humanitária e Proteção Civil RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO / BOARD OF

Leia mais

1 a SÉRIE. BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR. ENSINO MÉDIO Volume 2

1 a SÉRIE. BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR. ENSINO MÉDIO Volume 2 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Volume 2 BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR governo do estado de são paulo secretaria da educação MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO

Leia mais

ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009

ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009 ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/12/2012. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceitos

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS DE CONTROLE SOCIAL: O USO DA PREVIOUS ACCOUNTABILITY PARA EFETIVAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS DE CONTROLE SOCIAL: O USO DA PREVIOUS ACCOUNTABILITY PARA EFETIVAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO REPAE Revista Ensino e Pesquisa em Administração e Engenharia Volume 1, número 1 2015 ISSN: Editor Científico: Vitória Catarina Dib Avaliação: Melhores práticas editoriais da ANPAD GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL

O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL SASSO, Alexandra (TCC Ciências Contábeis) FECILCAM, allekassandra@hotmail.com ROSA, Ivana Carla da (TCC Ciências Contábeis) FECILCAM, ivanacrosa@hotmail.com

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza

5 a SÉRIE 6 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretaria da Educação do Estado de São

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS

O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS Maria Adelia Teixeira Baffi Petrópolis, 2002. Pedagoga - PUC-RJ. Mestre em Educação - UFRJ Doutoranda em Pedagogia Social

Leia mais

PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS

PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS 1 A perda da hegemonia Durante a existência da URSS, a Rússia foi a principal república. Moscou foi o

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Função Social da Escola Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Esquema de Apresentação 1. Quem é a CONTEE 1.1. Princípios e Bandeiras 2. Função Social da Escola 2.1. Constituição Federal/1988

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 7 a SÉRIE 8 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 CIÊNCIAS Ciências da Natureza CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS LENIMAR NUNES DE ANDRADE INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA: QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS 1 a edição ISBN 978-85-917238-0-5 João Pessoa Edição do Autor 2014 Prefácio Este texto foi elaborado para a disciplina Introdução

Leia mais

APOSTILA PLANTAS MEDICINAIS. Prof. José Carlos Viana

APOSTILA PLANTAS MEDICINAIS. Prof. José Carlos Viana APOSTILA DE PLANTAS MEDICINAIS Prof. José Carlos Viana Esta Apostila foi elaborada pelo Professor José Carlos Viana e destina-se aos alunos dos Cursos Profissionais Técnicos em Farmácia e Nutrição do Colégio

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

CEFET = 2011 / 2012 (GABARITO COMENTADO) COMPLETO 1ª E 2ª FASE

CEFET = 2011 / 2012 (GABARITO COMENTADO) COMPLETO 1ª E 2ª FASE CEFET = 011 / 01 (GABARITO COMENTADO) COMPLETO 1ª E ª FASE L. PORTUGUESA Leia os textos com atenção e, em seguida, responda às questões: TEXTO I: ATRAVESSADOS NO MUNDO REAL A internet está mudando nossa

Leia mais

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Gestão de pessoas. Marcia Eloisa Avona

Gestão de pessoas. Marcia Eloisa Avona Gestão de pessoas Marcia Eloisa Avona 2015 por Editora e Distribuidora Educacional S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer modo

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza

6 a SÉRIE 7 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretaria da Educação do Estado de São

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

6 a SÉRIE 7 o ANO MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO

Leia mais

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31 Operários, Tarsila de Amaral CAPÍTULO 1 O conhecimento Histórico, 12 CAPÍTULO 2 Os primeiros passos da humanidade, 31 Murais, Di Cavalcanti. CAPÍTULO 3 O povoamento da América e os primeiros habitantes

Leia mais

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica.

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica. PORTUGUÊS Prof. Valladares ANÁLISE SINTÁTICA A Gramática normalmente nos é apresentada em três divisões que são: Fonologia; Morfologia; Sintaxe. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 Parabéns pela escolha de microsystem da linha Philco. Para garantir o melhor desempenho do produto, é importante ler atentamente as recomendações a seguir. Devido

Leia mais

INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7

INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7 PARTE I CONCEITOS BASICOS SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES...8 GRANDEZAS PADRÃO DO S.I.:...9 NUMEROS DECIMAIS...9 DEFINIÇÃO DE

Leia mais

Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem

Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem 1) (VUNESP-2009) A freqüência cardíaca de uma pessoa, FC, é detectada pela palpação das artérias radial ou carótida. A palpação é realizada

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F6 Leis de Newton

Física. Resolução das atividades complementares. F6 Leis de Newton Resolução das atividades complementares 3 Física F6 Leis de Newton p. 7 (UFI) O nome e o símbolo de força no Sistema Internacional de Unidades são, respectivamente: a) Newton, N b) newton, n c) Newton,

Leia mais

AUGUSTO CURY. treine o seu. cérebro. provas. para

AUGUSTO CURY. treine o seu. cérebro. provas. para AUGUSTO CURY treine o seu cérebro para provas UM SONHADOR QUE NUNCA DESISTIU DE SEUS SONHOS 1 Vou começar este livro contando uma história que provavelmente inspirará muitos a ter grandes sonhos, a lutar

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESTÂNCIA DE ATIBAIA 2015-2025

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESTÂNCIA DE ATIBAIA 2015-2025 - 2025 Saulo Pedroso de Souza Prefeito Municipal Mario Inui Vice-Prefeito Márcia Aparecida Bernardes Secretária de Educação 2 Conselho Municipal de Educação Representantes da Secretaria de Educação Eliane

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Marina Ribeiro, brasileira, casada, desempregada, filha de Laura Santos, portadora da identidade 855, CPF 909, residente e domiciliada na Rua Coronel Saturnino, casa

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC Universidade para Todos MÓDULO IV Salvador - BA 01 FICHA CATALOGRÁFICA Elaboração: Biblioteca Central da UNEB Bahia. Secretaria da Educação. Universidade

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina

PROCESSO SELETIVO 2016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina PROCESSO SELETIVO 016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina PROVA 1 Nome do Candidato: INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA 1. Abra este caderno somente quando autorizado.. Esta prova terá duração de 0

Leia mais

UPF. Provas e Resoluções

UPF. Provas e Resoluções UPF Provas e Resoluções 2002 a 2015 1 UPF/2002-1 1- Têm-se as seguintes misturas: I. areia e água II. etanol e água III. sal de cozinha e água, numa mistura homogênea. Cada uma delas foi submetida a uma

Leia mais

Rendida (Livro 4 da Série Segredos) Nana Pauvolih

Rendida (Livro 4 da Série Segredos) Nana Pauvolih Rendida (Livro 4 da Série Segredos) Nana Pauvolih Série Segredos: Livro 1 Proibida. Livro 2 Ferida. Livro 2.5 Ferida 2. Livro 3 Seduzida. Livro 4 Rendida. Copyright 2015 Nana Pauvolih 1ª Edição Maio de

Leia mais

QUESTÕES DE FILOSOFIA

QUESTÕES DE FILOSOFIA QUESTÕES DE FILOSOFIA 1) (UEL) Leia o texto a seguir. Homero, sendo digno de louvor por muitos motivos, é-o em especial porque é o único poeta que não ignora o que lhe compete fazer. De fato, o poeta,

Leia mais

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares R-5-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 3ª Edição Tiragem: 1.000 exemplares 1996 Setor Gráfico do CSM/MInt - 1 - POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

Vestibular CESAMA 2005/2 1 19/06/2005

Vestibular CESAMA 2005/2 1 19/06/2005 Vestibular CESAMA 2005/2 1 19/06/2005 2 PORTUGUÊS 03. Quanto às palavras em negrito (linhas 8, 11, 13, 14), podese dizer que As questões de 01 a 05 referem-se ao texto seguinte. 1 3 5 7 9 11 13 15 17 19

Leia mais

ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY

ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY A 5 ª ONDA A ÚLTIMA ESTRELA RICK YANCEY Dedicatória Para Sandy O mundo termina. O mundo recomeça. Que ninguém se desespere, mesmo que na noite mais escura a última estrela de esperança desapareça. Friedrich

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

Exercícios de Matemática Probabilidade

Exercícios de Matemática Probabilidade Exercícios de Matemática Probabilidade TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (Enem) Um apostador tem três opções para participar de certa modalidade de jogo, que consiste no sorteio aleatório de um número

Leia mais

Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional

Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional 191 Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional Amanda Cristina dos Santos PEREIRA 1 Marily Oliveira BARBOSA 2 Glorismar Gomes da SILVA 3 Rosimeire Maria

Leia mais

Scientific Report 2016

Scientific Report 2016 Scientific Report 2016 Lisbon, March 2017 Contents Contents... 2 Structure and Organization... 5 Organigram... 7 Evaluation Reports 2016... 9 2013 Evaluation of FCT Research and Development Labs... 9 Research

Leia mais

Grupo de exercícios II.2 - Geometria plana- Professor Xanchão

Grupo de exercícios II.2 - Geometria plana- Professor Xanchão Grupo de exercícios II. - Geometria plana- Professor Xanchão 1. (Pucrj 015) A medida da área, em círculo de raio igual a 5 cm é? a) 0 b) 5 c) 5 d) 50 e) 50 cm, de um quadrado que pode ser inscrito em um.

Leia mais

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA ENCONTRO TREMENDO É LUGAR DE ESTAR FACE A FACE COM DEUS O PRÉ ENCONTRO A ESCADA DO SUCESSO NA VISÃO DO M.D.A. Enviar Ganhar 1. Projeto Natanael 3 2. Grupo de

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES Elaborado em cumprimento ao artigo 53 da Lei nº 11.101/05, para apresentação nos autos do processo de recuperação nº 0398439-14.2013.8.19.0001, em trâmite perante

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2019 Aracaju Junho, 2014

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

ATIVIDADE DE REVISÃO PARA O 7º ANO Língua Portuguesa Professores Aline Bithencourt e Renato Fogaça

ATIVIDADE DE REVISÃO PARA O 7º ANO Língua Portuguesa Professores Aline Bithencourt e Renato Fogaça ATIVIDADE DE REVISÃO PARA O 7º ANO Língua Portuguesa Professores Aline Bithencourt e Renato Fogaça CONTEÚDOS: Substantivos e seus determinantes e modificadores. Pronomes: pessoais, de tratamento, retos,

Leia mais

Segunda Etapa. Literatura Espanhol LEIA COM ATENÇÃO

Segunda Etapa. Literatura Espanhol LEIA COM ATENÇÃO LEIA COM ATENÇÃO Segunda Etapa Literatura Espanhol 01. Só abra este caderno após ler todas as instruções e quando for autorizado pelos fiscais da sala. 02. Preencha os dados pessoais. 03. Autorizado o

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM

MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO ENCANTADO / PREMIUM WWW.FIORELLO.COM.BR SAC@FIORELLO.COM.BR ENTRADA PRINCIPAL S/N - DISTRITO IND. II - BAIRRO CARAMURU TEL: (46) 3547-3547 CEP: 85880-000 - ITAIPULÂNDIA - PR MANUAL DE MONTAGEM E INSTRUÇÕES DE USO BERÇO SONHO

Leia mais

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO 1 ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO Adriana Fussiger Silveira 1 Aline Florisbal 2 Camila Pinzon 3 Dilson Borges 4 João Antonio Jardim Silveira 5 RESUMO O presente trabalho busca traçar um plano estratégico

Leia mais

MARIA ANTONIA MALAJOVICH

MARIA ANTONIA MALAJOVICH MARIA ANTONIA MALAJOVICH BIOTECNOLOGIA Segunda Edição (2016) ISBN: 978-85-921077-0-3 MARIA ANTONIA MALAJOVICH BIOTECNOLOGIA 2ª EDIÇÃO Rio de Janeiro Maria Antonia Muñoz de Malajovich 2016 BIOTECNOLOGIA:

Leia mais

Exercícios de Matemática Funções Função Afim

Exercícios de Matemática Funções Função Afim Exercícios de Matemática Funções Função Afim TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufsm) Recomendações Da frieza dos números da pesquisa saíram algumas recomendações. Transformadas em políticas públicas, poderiam

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I

LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I LISTA DE EXERCÍCIOS MECÂNICA DOS SÓLIDOS I A - Tensão Normal Média 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a Figura 1.17a. Se AB tiver diâmetro de 10 mm

Leia mais

A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia

A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia Marcos Francisco Martins 1 Paulo Romualdo Hernandes 2 Toda a vida social é essencialmente

Leia mais

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito 1) (Vunesp-2008) Um rebocador puxa duas barcaças pelas águas de um lago tranqüilo. A primeira delas tem massa de 30 toneladas e a segunda,

Leia mais

GEOMETRIA PLANA - FUVEST. Triângulos

GEOMETRIA PLANA - FUVEST. Triângulos GEOMETRIA PLANA - FUVEST Triângulos... Teorema de Tales... 8 Semelhança de Triângulos... Pontos Notáveis... Triângulos Retângulos... 5 Triângulos 0. (Fuvest/96) Na figura, as retas r e s são paralelas,

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

TABELA DE DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS

TABELA DE DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS Forma Farmacêutica Via de diluído em Abelcet 5mg/mL 20mL (Anfotericina B Lipídica) 2,5mg/Kg/h Suspensão estéril injetável (pronto para o uso) IV infusão Concentração 1mg/mL Exclusivamente em SG 5% 100mg/100mL

Leia mais

SENTINEL S50 S70 S100 MANUAL INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO VERSÃO: 1 DE FEVEREIRO DE

SENTINEL S50 S70 S100 MANUAL INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO VERSÃO: 1 DE FEVEREIRO DE SENTINEL S50 S70 S100 MANUAL INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO VERSÃO: 1 DE FEVEREIRO DE 2016 1 Obrigado por comprar um sistema da Concept Smoke Screen. Sua escolha de proteger seus bens e instalações com este equipamento

Leia mais

Resolução -Vestibular Insper 2015-1 Análise Quantitativa e Lógica. Por profa. Maria Antônia Conceição Gouveia.

Resolução -Vestibular Insper 2015-1 Análise Quantitativa e Lógica. Por profa. Maria Antônia Conceição Gouveia. Resolução -Vestibular Isper 0- Aálise Quatitativa e Lógica Por profa. Maria Atôia Coceição Gouveia.. A fila para etrar em uma balada é ecerrada às h e, quem chega exatamete esse horário, somete cosegue

Leia mais

Exercícios de Revisão para avaliação AC2 2º trimestre Física Osvaldo.

Exercícios de Revisão para avaliação AC2 2º trimestre Física Osvaldo. Exercícios de Revisão para avaliação AC2 2º trimestre Física Osvaldo. "Em breve nós teremos que escolher entre o que é fácil e o que é certo". Alvo Dumbledore. Harry Potter. Boas Férias Questão 01 (94994)

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

MEZOMO, I. B. Os serviços de alimentação: planejamento e administração. 5 ed. São Paulo: Manole, 2002. 413 p.

MEZOMO, I. B. Os serviços de alimentação: planejamento e administração. 5 ed. São Paulo: Manole, 2002. 413 p. ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ALIMENTAÇÃO COLETIVA TITULARIDADE: MESTRE 1- Controle de qualidade em UAN (APPCC, POP s, BPF, AQNS); 2- Segurança Alimentar e Nutricional (LOSAN, Aplicações na área); 2- Programa

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA

METODOLOGIA CIENTÍFICA GRUPO Educação adistância Caderno de Estudos METODOLOGIA CIENTÍFICA ORGANIZAÇÃO Prof. Antonio José Müller UNIDADE I Prof. André Bazzanella UNIDADES II E III Profª. Elisabeth Penzlien Tafner Prof. Everaldo

Leia mais

Banco de Questões. 1. Cinemática. Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net

Banco de Questões. 1. Cinemática. Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net Banco de Questões Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net 1. Cinemática 1.1. Um motorista bêbado tromba em um poste. O motorista, ainda alcoolizado, tenta se explicar com o guarda dizendo: Eu estava

Leia mais

8 a SÉRIE 9 o ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

8 a SÉRIE 9 o ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 8 a SÉRIE 9 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 EDUCAÇÃO FÍSICA Linguagens CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

I-21-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo Instrução Policial Militar

I-21-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo Instrução Policial Militar I-21-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo Instrução Policial Militar INSTRUÇÕES PARA CONTINÊNCIAS, HONRAS, SINAIS DE RESPEITO E CERIMONIAL MILITAR NA POLÍCIA MILITAR Setor Gráfico do CSM/M Int Impresso

Leia mais

Questão 01 - (UNCISAL/2015)

Questão 01 - (UNCISAL/2015) SERETARIA DE SEGURANÇA PÚBLIA/SERETARIA DE EDUAÇÃ PLÍIA MILITAR D ESTAD DE GIÁS MAND DE ENSIN PLIIAL MILITAR LÉGI DA PLÍIA MILITAR SARGENT NADER ALVES DS SANTS SÉRIE/AN: 3 TURMA(S): A, B, DISIPLINA: QUÍMIA

Leia mais

Exercícios de Matemática Análise Combinatória

Exercícios de Matemática Análise Combinatória Exercícios de Matemática Análise Combinatória 1) (FUVEST-2010) Seja n um número inteiro, n 0. a) Calcule de quantas maneiras distintas n bolas idênticas podem ser distribuídas entre Luís e Antônio. b)

Leia mais

VINDE, ADOREMOS! Antigos princípios para adoradores de todas as épocas viverem PROCLAMANDO

VINDE, ADOREMOS! Antigos princípios para adoradores de todas as épocas viverem PROCLAMANDO 2015 VINDE, ADOREMOS! Antigos princípios para adoradores de todas as épocas viverem PROCLAMANDO Copyright 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total sem autorização da

Leia mais

CURRICULUM VITAE: Claudio de Moura Castro. Instrução

CURRICULUM VITAE: Claudio de Moura Castro. Instrução CURRICULUM VITAE: Claudio de Moura Castro Nascido: Rio de Janeiro (Brasil) 29/11/1938. E- Mail: claudio&moura&castro@cmcastro.com.br Instrução l. Graduado em Economia pela Universidade Federal de Minas

Leia mais

Utilize o texto para responder às questões de número 1 e 2.

Utilize o texto para responder às questões de número 1 e 2. QiD 4 6º ANO PARTE 4 CIÊNCIAS Utilize o texto para responder às questões de número 1 e 2. O povo chinês Hanis, que vive na província de Yunnan, no sul da China, desenvolveu técnicas de cultivo de arroz

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

FUNÇÕES ORGÂNICAS. 2- A vanilina (essência de baunilha) possui fórmula plana como se vê abaixo:

FUNÇÕES ORGÂNICAS. 2- A vanilina (essência de baunilha) possui fórmula plana como se vê abaixo: FUNÇÕES RGÂNICAS 1- (UNESP) Na tabela estão relacionados, na coluna da esquerda, diversos compostos orgânicos e, na coluna da direita, as possíveis funções orgânicas a que aqueles compostos podem pertencer.

Leia mais

VENDAS NÃO OCORREM POR ACASO

VENDAS NÃO OCORREM POR ACASO VENDAS NÃO OCORREM POR ACASO THIAGO CONCER VENDAS NÃO OCORREM POR ACASO O GUIA DE VENDAS DA EQUIPE COMERCIAL 2ª EDIÇÃO REVISADA E AMPLIADA 2015 BAURU, SP Rua Machado de Assis, 10-35 Vila América CEP 17014-038

Leia mais

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL

EXEMPLAR DE ASSINANTE DA IMPRENSA NACIONAL ISSN 677-7042 Ano CXLVIII 82 Brasília - DF, quarta-feira, 2 de setembro de 20.. Atos do Poder Judiciário Sumário PÁGINA Atos do Poder Judiciário... Atos do Poder Legislativo... Atos do Poder Executivo...

Leia mais

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito 1) (PUC-RS-003) A energia de um fóton é diretamente proporcional a sua freqüência, com a constante de Planck, h, sendo o fator de proporcionalidade.

Leia mais

DICIONÁRIO DE ALUSÕES Referências para provas de redação

DICIONÁRIO DE ALUSÕES Referências para provas de redação DICIONÁRIO DE ALUSÕES Referências para provas de redação Projeto Vestgeek Bruna Guedes 24/04/2017 AUTORIA Este dicionário foi produzido pela vestibulanda Bruna Guedes. Somos responsáveis apenas pela disponibilização

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F8 Trabalho e Energia

Física. Resolução das atividades complementares. F8 Trabalho e Energia Resolução das atividades complementares 4 Física F8 Trabalho e Energia p. O que requer mais trabalho: erguer um saco de 0 kg a uma distância vertical de m ou erguer um saco de kg a uma distância vertical

Leia mais

São Luís MA Maio 2012. Categoria: E Gerenciamento e Logística. Setor Educacional: Educação Universitária

São Luís MA Maio 2012. Categoria: E Gerenciamento e Logística. Setor Educacional: Educação Universitária LOGÍSTICA EDUCACIONAL: um estudo de caso na distribuição dos livros no curso de Administração Pública desenvolvido pela Universidade Estadual do Maranhão São Luís MA Maio 2012 Categoria: E Gerenciamento

Leia mais

ELETRICIDADE PARTE I. Capítulo 1- Carga elétrica...03 Exercícios de fixação...08 Sessão leitura...11 Pintou no ENEM...12

ELETRICIDADE PARTE I. Capítulo 1- Carga elétrica...03 Exercícios de fixação...08 Sessão leitura...11 Pintou no ENEM...12 Sumário ELETRICIDADE PARTE I Capítulo 1- Carga elétrica...03 Exercícios de fixação...08 Sessão leitura...11 Pintou no ENEM...12 Capítulo2- Força elétrica...14 Exercícios de fixação...14 Sessão leitura...17

Leia mais

Unidade V Prestando contas dos recursos do PDDE

Unidade V Prestando contas dos recursos do PDDE Unidade V Prestando contas dos recursos do PDDE Unidade IV Ações complementares no âmbito do PDDE Será que é necessário ser profissional especializado ou recorrer a empresas para prestar contas ao FNDE

Leia mais

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado

Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Planejamento de Redes e Cabeamento Estruturado Projeto e Instalação Prof. Deivson de Freitas Introdução Nenhuma área de tecnologia cresceu tanto como a de redes locais (LANs) A velocidade passou de alguns

Leia mais

2 a SÉRIE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO MÉDIO Volume 2

2 a SÉRIE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO MÉDIO Volume 2 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Volume 2 LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA Linguagens CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO

Leia mais

Ensaio Sobre a Mentira e a Inveja

Ensaio Sobre a Mentira e a Inveja Ensaio Sobre a Mentira e a Inveja O Caso Moçambicano Filimone Meigos homini mendax ab initio (o Homem é mentiroso desde o início) 1.Amentiraeainvejasua irmã siamesa A mentira ocorre nas re l a ç õ e s

Leia mais

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS PROBLEMAS ENVOLVENDO FLEXÃO

5ª LISTA DE EXERCÍCIOS PROBLEMAS ENVOLVENDO FLEXÃO Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Departamento de Construção e Estruturas Professor: Armando Sá Ribeiro Jr. Disciplina: ENG285 - Resistência dos Materiais I-A www.resmat.ufba.br 5ª LISTA

Leia mais

GABARITO DA QUINTA AVALIAÇÃO DA UNIDADE

GABARITO DA QUINTA AVALIAÇÃO DA UNIDADE 1 ALUNO(A): N.: 3ª SÉRIE-E.M. TURMA: DATA: / /2014 PROFESSORES: TARCIO, TACYANA, ZÉ BASTOS, DUDU, DANILO, CARIBÉ E SÍLVIO. UNIDADE I GABARITO DA QUINTA AVALIAÇÃO DA UNIDADE INSTRUÇÕES: 01. Verifique se

Leia mais

Exercícios de Matemática Funções Função Quadrática

Exercícios de Matemática Funções Função Quadrática Exercícios de Matemática Funções Função Quadrática TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufsm) Recomendações Da frieza dos números da pesquisa saíram algumas recomendações. Transformadas em políticas públicas,

Leia mais

O Tecido Urbano da Cuaso Texto preparado pelo Professor da FAUUSP Arquiteto e Urbanista Candido Malta Campos Filho Outubro 2001

O Tecido Urbano da Cuaso Texto preparado pelo Professor da FAUUSP Arquiteto e Urbanista Candido Malta Campos Filho Outubro 2001 Texto preparado pelo Professor da FAUUSP Arquiteto e Urbanista Candido Malta Campos Filho Outubro 2001 Introdução: O sentido principal próprio da idéia da criação de uma Cidade Universitária transcende

Leia mais

Publicação Científica do Curso de Bacharelado em Enfermagem do CEUT. Ano 2009. Edição 15

Publicação Científica do Curso de Bacharelado em Enfermagem do CEUT. Ano 2009. Edição 15 Publicação Científica do Curso de Bacharelado em Enfermagem do CEUT. Ano 2009. Edição 15 Ariane Guerra Fernandes 1 Layanne Kelly Lima de Carvalho Rego 1 Liessia Thays de Araújo 1 Selonia Patrícia Oliveira

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report Patrocinadores Másters / Masters Sponsors COMISSÃO EUROPEIA Ajuda Humanitária e Proteção Civil RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO / BOARD OF

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

1 a SÉRIE. BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR. ENSINO MÉDIO Volume 2

1 a SÉRIE. BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR. ENSINO MÉDIO Volume 2 1 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Volume 2 BIOLOGIA Ciências da Natureza CADERNO DO PROFESSOR governo do estado de são paulo secretaria da educação MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO DO

Leia mais

ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009

ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009 ATIVO IMOBILIZADO - Procedimentos Contábeis - Pequenas e Médias Empresas - Resolução CFC nº 1255/2009 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 04/12/2012. Sumário: 1 - Introdução 2 - Conceitos

Leia mais

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES

PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GRUPO HERMES Elaborado em cumprimento ao artigo 53 da Lei nº 11.101/05, para apresentação nos autos do processo de recuperação nº 0398439-14.2013.8.19.0001, em trâmite perante

Leia mais

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS

PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS PERCURSO 16 Rússia: a perda de hegemonia e a questão energética. Prof. Gabriel Rocha 9º ano - EBS 1 A perda da hegemonia Durante a existência da URSS, a Rússia foi a principal república. Moscou foi o

Leia mais

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Função Social da Escola Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Esquema de Apresentação 1. Quem é a CONTEE 1.1. Princípios e Bandeiras 2. Função Social da Escola 2.1. Constituição Federal/1988

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

6 a SÉRIE 7 o ANO MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 MATEMÁTICA CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO

Leia mais

O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL

O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL O SPED E SEUS REFLEXOS NA PROFISSÃO CONTÁBIL SASSO, Alexandra (TCC Ciências Contábeis) FECILCAM, allekassandra@hotmail.com ROSA, Ivana Carla da (TCC Ciências Contábeis) FECILCAM, ivanacrosa@hotmail.com

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

Gestão de pessoas. Marcia Eloisa Avona

Gestão de pessoas. Marcia Eloisa Avona Gestão de pessoas Marcia Eloisa Avona 2015 por Editora e Distribuidora Educacional S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer modo

Leia mais

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 7 a SÉRIE 8 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 CIÊNCIAS Ciências da Natureza CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza

5 a SÉRIE 6 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretaria da Educação do Estado de São

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS

O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS O PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO: REVISANDO CONCEITOS PARA MUDAR CONCEPÇÕES E PRÁTICAS Maria Adelia Teixeira Baffi Petrópolis, 2002. Pedagoga - PUC-RJ. Mestre em Educação - UFRJ Doutoranda em Pedagogia Social

Leia mais

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de Trabalho 2015 - Mediação Escolar e Comunitária 1 Hoje em dia é de vital importância desenvolvermos uma educação que vise à construção de uma

Leia mais

GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS DE CONTROLE SOCIAL: O USO DA PREVIOUS ACCOUNTABILITY PARA EFETIVAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO

GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS DE CONTROLE SOCIAL: O USO DA PREVIOUS ACCOUNTABILITY PARA EFETIVAÇÃO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO REPAE Revista Ensino e Pesquisa em Administração e Engenharia Volume 1, número 1 2015 ISSN: Editor Científico: Vitória Catarina Dib Avaliação: Melhores práticas editoriais da ANPAD GESTÃO PÚBLICA E INSTRUMENTOS

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31 Operários, Tarsila de Amaral CAPÍTULO 1 O conhecimento Histórico, 12 CAPÍTULO 2 Os primeiros passos da humanidade, 31 Murais, Di Cavalcanti. CAPÍTULO 3 O povoamento da América e os primeiros habitantes

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 AMB/92 01. A presente TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidades estabelecer ÍNDICES MÍNIMOS

Leia mais

INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7

INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO Á FISICA...6 DIVISÃO DA FÍSICA...6 A FÍSICA DO ENEM...7 PARTE I CONCEITOS BASICOS SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES...8 GRANDEZAS PADRÃO DO S.I.:...9 NUMEROS DECIMAIS...9 DEFINIÇÃO DE

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2019 Aracaju Junho, 2014

Leia mais

A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia

A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia A realidade grega como parteira da filosofia: uma exposição didática sobre o nascimento e os primeiros passos da filosofia Marcos Francisco Martins 1 Paulo Romualdo Hernandes 2 Toda a vida social é essencialmente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE AVALIAÇÃO SERIADA (PAS)

PROCESSO SELETIVO DE AVALIAÇÃO SERIADA (PAS) UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO DE AVALIAÇÃO SERIADA (PAS) PRIMEIRA ETAPA (GRUPO XV TRIÊNIO 2014 2016) - QUESTÕES OBJETIVAS - GEOGRAFIA, HISTÓRIA, FILOSOFIA/SOCIOLOGIA,

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Marina Ribeiro, brasileira, casada, desempregada, filha de Laura Santos, portadora da identidade 855, CPF 909, residente e domiciliada na Rua Coronel Saturnino, casa

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

ÍNDICE. Classes e emprego de palavras. Morfologia. Vozes do Verbo. Emprego de tempos e modos verbais... 18

ÍNDICE. Classes e emprego de palavras. Morfologia. Vozes do Verbo. Emprego de tempos e modos verbais... 18 Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas SUSAM Agente Administrativo ÍNDICE LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura, interpretação e compreensão de texto... 01 Ortografia oficial... 15 Acentuação gráfica... 16 Emprego

Leia mais

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica.

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica. PORTUGUÊS Prof. Valladares ANÁLISE SINTÁTICA A Gramática normalmente nos é apresentada em três divisões que são: Fonologia; Morfologia; Sintaxe. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos

Leia mais

6 a SÉRIE 7 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza

6 a SÉRIE 7 o ANO. ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3. CIÊNCIAS Ciências da Natureza 6 a SÉRIE 7 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL II Caderno do Aluno Volume 3 CIÊNCIAS Ciências da Natureza Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme Afif Domingos Secretaria da Educação do Estado de São

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

APOSTILA PLANTAS MEDICINAIS. Prof. José Carlos Viana

APOSTILA PLANTAS MEDICINAIS. Prof. José Carlos Viana APOSTILA DE PLANTAS MEDICINAIS Prof. José Carlos Viana Esta Apostila foi elaborada pelo Professor José Carlos Viana e destina-se aos alunos dos Cursos Profissionais Técnicos em Farmácia e Nutrição do Colégio

Leia mais

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA ENCONTRO TREMENDO É LUGAR DE ESTAR FACE A FACE COM DEUS O PRÉ ENCONTRO A ESCADA DO SUCESSO NA VISÃO DO M.D.A. Enviar Ganhar 1. Projeto Natanael 3 2. Grupo de

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE Emissora: START ME UP CROWDFUNDING SISTEMAS PARA INVESTIMENTO COLABORATIVO LTDA. EPP, Pessoa jurídica de direito

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

Exercícios de Matemática Probabilidade

Exercícios de Matemática Probabilidade Exercícios de Matemática Probabilidade TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES. (Enem) Um apostador tem três opções para participar de certa modalidade de jogo, que consiste no sorteio aleatório de um número

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS

QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS LENIMAR NUNES DE ANDRADE INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA: QUESTÕES COMENTADAS E RESOLVIDAS 1 a edição ISBN 978-85-917238-0-5 João Pessoa Edição do Autor 2014 Prefácio Este texto foi elaborado para a disciplina Introdução

Leia mais

NORMATIVO SARB 005/2009, de 09 de novembro de 2009.

NORMATIVO SARB 005/2009, de 09 de novembro de 2009. O Conselho de Autorregulação Bancária, com base no art. 1 (b), do Código de Autorregulação Bancária, sanciona as regras abaixo dispostas, formalizando preceitos comuns a todas as signatárias (as "Signatárias")

Leia mais

Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem

Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem Exercícios de Matemática Matemática Financeira e Porcentagem 1) (VUNESP-2009) A freqüência cardíaca de uma pessoa, FC, é detectada pela palpação das artérias radial ou carótida. A palpação é realizada

Leia mais

Usurpação de Terra para Celulose. Novo projecto de Portucel Moçambique. Documento de Discussão Novembro Environmental Paper Network

Usurpação de Terra para Celulose. Novo projecto de Portucel Moçambique. Documento de Discussão Novembro Environmental Paper Network Usurpação de Terra para Celulose Novo projecto de Portucel Moçambique Documento de Discussão Novembro 2017 Environmental Paper Network USURPAÇÃO DE TERRA PARA CELULOSE Novo Projecto de Portucel Moçambique

Leia mais

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito 1) (Vunesp-2008) Um rebocador puxa duas barcaças pelas águas de um lago tranqüilo. A primeira delas tem massa de 30 toneladas e a segunda,

Leia mais

REVISTA SOLUÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS

REVISTA SOLUÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS REVISTA SOLUÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS Atendimento: sodebras@sodebras.com.br Acesso: http://www.sodebras.com.br VOLUME 10 - N 111 - Março/ 2015 XXXII International Sodebras Congress Curitiba 05

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

5 a SÉRIE 6 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 CIÊNCIAS Ciências da Natureza CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE

Leia mais

Dicionário de Dados de Exportação Versão 8.1. NOTIVISA - Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária

Dicionário de Dados de Exportação Versão 8.1. NOTIVISA - Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância Sanitária Versão 8.1 NOTIVISA - Sistema Nacional de Notificações para a Vigilância SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Definições, Acrônimos e Abreviações...Erro! Indicador não definido. 1.2. Referências...Erro! Indicador

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Ricardo, cantor amador, contrata Luiz, motorista de uma grande empresa, para transportá-lo, no dia 2 de março de 2017, do Município Canto Distante, pequena cidade

Leia mais

Caderno de Exercícios Resolvidos de Física

Caderno de Exercícios Resolvidos de Física Caderno de Exercícios Resolvidos de Física Nuno Sousa Universidade Aberta 2013 Âmbito deste documento O presente caderno de exercícios contém as atividades formativas e orientações de resposta das unidades

Leia mais

Índice. 1.01 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP (ENTRADAS E SAIDA)... Pág. 12. 1.02 CST (CODIGO DE SITUAÇÃO TRIBUTARIA)... Pág.

Índice. 1.01 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP (ENTRADAS E SAIDA)... Pág. 12. 1.02 CST (CODIGO DE SITUAÇÃO TRIBUTARIA)... Pág. Índice 1. DEPARTAMENTO FISCAL ESTADUAL SP... Pág. 10 1.01 CÓDIGO FISCAL DE OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES CFOP (ENTRADAS E SAIDA)... Pág. 12 1.02 CST (CODIGO DE SITUAÇÃO TRIBUTARIA)...... Pág. 55 1.03 APLICAÇÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina

PROCESSO SELETIVO 2016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina PROCESSO SELETIVO 016/1 - CPS Curso de Graduação em Medicina PROVA 1 Nome do Candidato: INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA PROVA 1. Abra este caderno somente quando autorizado.. Esta prova terá duração de 0

Leia mais

GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ

GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ GIFUG/RJ Gerência de Filial do Fundo de Garantia Rio de Janeiro/RJ Período Dezembro/2010 a Agosto/2012 1 A) APRESENTAÇÃO/RESUMO INICIAL / RELEASE INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE A ORGANIZAÇÃO Razão Social: GIFUG/RJ

Leia mais

Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional

Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional 191 Transtorno do Espectro Autista (TEA): definição, características e atendimento educacional Amanda Cristina dos Santos PEREIRA 1 Marily Oliveira BARBOSA 2 Glorismar Gomes da SILVA 3 Rosimeire Maria

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 Parabéns pela escolha de microsystem da linha Philco. Para garantir o melhor desempenho do produto, é importante ler atentamente as recomendações a seguir. Devido

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico

Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico 1) (AFA-001) Baseando-se na Lei de Coulomb e na definição de campo elétrico de uma carga puntiforme, podemos estimar, qualitativamente, que o campo elétrico

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO - SEC Universidade para Todos MÓDULO IV Salvador - BA 01 FICHA CATALOGRÁFICA Elaboração: Biblioteca Central da UNEB Bahia. Secretaria da Educação. Universidade

Leia mais

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO REDE PRÓPRIA AMERON HOSPITAL SAMARITANO Avenida: Calama, Nº. 2615 Bairro: Liberdade Fone: (069) 3211-7162 / 3211-7114 / 3211-7155 ESPECIALIDADES MÉDICAS: Angiologia, Cirurgia Vascular, Cardiologista, Cirurgião

Leia mais

UNNA. manual do credenciado. regras gerais

UNNA. manual do credenciado. regras gerais UNNA manual do credenciado regras gerais índice página UNNA institucional 1 2 3 4 5 6 Apresentação Grupo OdontoPrev Rede UNNA Comunicação Diferenciais Canais de comunicação operacional 7 7 8 9 10 10 12

Leia mais

AUGUSTO CURY. treine o seu. cérebro. provas. para

AUGUSTO CURY. treine o seu. cérebro. provas. para AUGUSTO CURY treine o seu cérebro para provas UM SONHADOR QUE NUNCA DESISTIU DE SEUS SONHOS 1 Vou começar este livro contando uma história que provavelmente inspirará muitos a ter grandes sonhos, a lutar

Leia mais

Banco de Questões. Um convite: se você tem soluções diferentes das apresentadas no BQ envie para famf@impa.br que nós as publicaremos em nosso site.

Banco de Questões. Um convite: se você tem soluções diferentes das apresentadas no BQ envie para famf@impa.br que nós as publicaremos em nosso site. Caros alunos e professores Desde a sua primeira edição em 005 o Banco de Questões (BQ) mostrou ser um material motivante para alunos e professores O seu objetivo é divulgar nas escolas públicas problemas

Leia mais

Na ética do interesse próprio, você proporciona algo ao outro, porque é de seu interesse fazê-lo.

Na ética do interesse próprio, você proporciona algo ao outro, porque é de seu interesse fazê-lo. Revisão TGA IV 01 - Ética e Responsabilidade Social MORAL E ÉTICA MORAL é, basicamente, uma ordenação, uma hierarquia de valores. O que é realmente mais importante para mim? Qual é o ideal, quais são as

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA

LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA 1 LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA Para desenvolver e consolidar as Competências/Habilidades e avançar na aprendizagem SEE/MG Maio/2014 2 Caro Professor, Cara Professora, É com grande prazer que apresentamos

Leia mais

TABELA DE DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS

TABELA DE DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS Forma Farmacêutica Via de diluído em Abelcet 5mg/mL 20mL (Anfotericina B Lipídica) 2,5mg/Kg/h Suspensão estéril injetável (pronto para o uso) IV infusão Concentração 1mg/mL Exclusivamente em SG 5% 100mg/100mL

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

Quatro alunos do 6º ano de uma escola, em uma aula de matemática, fizeram as seguintes afirmativas:

Quatro alunos do 6º ano de uma escola, em uma aula de matemática, fizeram as seguintes afirmativas: ATIVIDADE PROVÃO 2º BIMESTRE 6º ANO MAT PROVA DIA 09/07 QUESTÃO 01 (Descritor: estabelecer uma conclusão baseando-se nas definições de divisores e múltiplos de um número natural e números primos) Quatro

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

Exercícios. 1. No alcatrão da hulha são encontradas, entre outras, as substâncias A e B. Tais substâncias são, ou não, álcoois? Justifique.

Exercícios. 1. No alcatrão da hulha são encontradas, entre outras, as substâncias A e B. Tais substâncias são, ou não, álcoois? Justifique. FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS, FCAV UNESP Jaboticabal CURSO: Ciências Biológicas (Licenciatura e Bacharelado) DISCIPLINA: Química Orgânica DOCENTE RESPONSÁVEL: Prof a. Dr a. Luciana Maria

Leia mais

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito 1) (PUC-RS-003) A energia de um fóton é diretamente proporcional a sua freqüência, com a constante de Planck, h, sendo o fator de proporcionalidade.

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo pág.: 1/4 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos referentes à utilização do cartão de crédito corporativo para pagamento das despesas de viagem e deslocamento dos empregados a serviço da COPASA

Leia mais

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO

CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO 29/02/2016 MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil Procuradoria Geral da Fazenda Nacional CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS RELATIVOS AOS TRIBUTOS FEDERAIS E À DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO Nome:

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F8 Trabalho e Energia

Física. Resolução das atividades complementares. F8 Trabalho e Energia Resolução das atividades complementares 4 Física F8 Trabalho e Energia p. O que requer mais trabalho: erguer um saco de 0 kg a uma distância vertical de m ou erguer um saco de kg a uma distância vertical

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA

METODOLOGIA CIENTÍFICA GRUPO Educação adistância Caderno de Estudos METODOLOGIA CIENTÍFICA ORGANIZAÇÃO Prof. Antonio José Müller UNIDADE I Prof. André Bazzanella UNIDADES II E III Profª. Elisabeth Penzlien Tafner Prof. Everaldo

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

Lista de fundadores do Partido NOVO na ordem em que assinaram a ata:

Lista de fundadores do Partido NOVO na ordem em que assinaram a ata: Lista de fundadores do Partido NOVO na ordem em que assinaram a ata: 1 - João Dionisio Filgueira Barreto Amoêdo engenheiro - RJ 2 - Carlos Eduardo Tonissi Nasser engenheiro - MS 3 - Augusto César de Araújo

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F6 Leis de Newton

Física. Resolução das atividades complementares. F6 Leis de Newton Resolução das atividades complementares 3 Física F6 Leis de Newton p. 7 (UFI) O nome e o símbolo de força no Sistema Internacional de Unidades são, respectivamente: a) Newton, N b) newton, n c) Newton,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

( ) ( ) ( ) Questão 02 Das afirmações abaixo sobre números complexos z

( ) ( ) ( ) Questão 02 Das afirmações abaixo sobre números complexos z ITA i z z conjunto dos números naturais conjunto dos números inteiros conjunto dos números racionais conjunto dos números reais conjunto dos números complexos unidade imaginária i = conjugado do número

Leia mais

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares R-5-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 3ª Edição Tiragem: 1.000 exemplares 1996 Setor Gráfico do CSM/MInt - 1 - POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

UPF. Provas e Resoluções

UPF. Provas e Resoluções UPF Provas e Resoluções 2002 a 2015 1 UPF/2002-1 1- Têm-se as seguintes misturas: I. areia e água II. etanol e água III. sal de cozinha e água, numa mistura homogênea. Cada uma delas foi submetida a uma

Leia mais

História Geral 04 História do Brasil 12 Literatura 22 Espanhol 32 Comp. Textual 37 Português 44 Geografia 51 Química 67 Física 81 Matemática 108

História Geral 04 História do Brasil 12 Literatura 22 Espanhol 32 Comp. Textual 37 Português 44 Geografia 51 Química 67 Física 81 Matemática 108 História Geral 04 História do Brasil Literatura Espanhol Comp. Textual 7 Português 44 Geografia 5 Química 67 Física 8 Matemática 08 Biologia - 54 ) UFPEL VERÃO 007 - ROMA) Os animais da Itália possuem

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO Marcela Lie Kawasaki Disciplina de Gastroenterologia Departamento de Pediatria Escola Paulista de Medicina Universidade Federal de São Paulo

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR Ensino Fundamental MATERIAL PARA O PROFESSOR BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR Ensino Fundamental MATERIAL PARA O PROFESSOR APRESENTAÇÃO A proposta de criação de uma base comum

Leia mais

2 a SÉRIE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO MÉDIO Volume 2

2 a SÉRIE LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA CADERNO DO ALUNO. Linguagens. ENSINO MÉDIO Volume 2 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Volume 2 LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA Linguagens CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO CADERNO

Leia mais

RESOLUÇÃO UFPR 2ª FASE 2016/2017 PROFESSORES: DIEGO, EDUARDO, FABIO, JULIO E SKIBA

RESOLUÇÃO UFPR 2ª FASE 2016/2017 PROFESSORES: DIEGO, EDUARDO, FABIO, JULIO E SKIBA RESOLUÇÃO UFPR 2ª FASE 2016/2017 PROFESSORES: DIEGO, EDUARDO, FABIO, JULIO E SKIBA COMENTÁRIO GERAL A prova de segunda fase da UFPR se mostrou de nível alto, sendo coerente com a proposta de realizar uma

Leia mais

ENEM- QUESTÕES DE QUÍMICA SELECIONADAS, GABARITADAS E IDENTIFICADAS POR CONTEÚDO.

ENEM- QUESTÕES DE QUÍMICA SELECIONADAS, GABARITADAS E IDENTIFICADAS POR CONTEÚDO. ENEM- QUESTÕES DE QUÍMICA SELECIONADAS, GABARITADAS E IDENTIFICADAS POR CONTEÚDO. Capítulo Questões PROPRIEDADES 2-6-24-29-35-40-68-74-92-112-123-124-140-147-148-160-180 MATERIAIS ESTRUTURA ATÔMICA 20-89-152-167-171

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO. Extra AG1/AG4 Executivo AG1/AG4 Executivo Plus AG1/AG4 Master AG1/AG4

MANUAL DE ORIENTAÇÃO. Extra AG1/AG4 Executivo AG1/AG4 Executivo Plus AG1/AG4 Master AG1/AG4 4 EMPRESAS DO GRUPO Maior e melhor empresa de planos de saúde do Brasil em número de associados. Acesse www.intermedica.com.br ou consulte o seu corretor. MANUAL DE ORIENTAÇÃO Rede Própria e Credenciada

Leia mais

Gestão e Controlo de Medicamentos:Manual de Formação para Unidades Sanitárias Participante

Gestão e Controlo de Medicamentos:Manual de Formação para Unidades Sanitárias Participante REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE MEDICAMENTOS E EQUIPAMENTOS PROGRAMA DE MEDICAMENTOS ESSENCIAIS Gestão e Controlo de Medicamentos:Manual de Formação para Unidades Sanitárias

Leia mais

Ella Princesa da Inocência. Lani Queiroz

Ella Princesa da Inocência. Lani Queiroz Ella Princesa da Inocência Lani Queiroz Copyright 2017 Lani Queiroz Capa: Zilda Colares Revisão: Valéria Avelar Diagramação Digital: Valéria Avelar Esta é uma obra de ficção. Seu intuito é entreter as

Leia mais

Banco de Questões. 1. Cinemática. Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net

Banco de Questões. 1. Cinemática. Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net Banco de Questões Prof. Farlei Roberto Mazzarioli www.farlei.net 1. Cinemática 1.1. Um motorista bêbado tromba em um poste. O motorista, ainda alcoolizado, tenta se explicar com o guarda dizendo: Eu estava

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: um campo de direito à diversidade e de responsabilidade das políticas públicas educacionais

EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: um campo de direito à diversidade e de responsabilidade das políticas públicas educacionais EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: um campo de direito à diversidade e de responsabilidade das políticas públicas educacionais Natalino Neves da Silva 1 Introdução As questões que apresento neste artigo estão

Leia mais

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição

PRÁTICA SIMULADA I - CCJ0045 Título SEMANA 1. Descrição SEMANA 1 ESTRUTURA DA PETIÇÃO INICIAL EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO... (observar art. 319, I, do CPC e Código de Organização e Divisão Judiciária do seu Estado) (NOME COMPLETO DA PARTE AUTORA),

Leia mais

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem

Leia mais

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

8 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report Patrocinadores Másters / Masters Sponsors COMISSÃO EUROPEIA Ajuda Humanitária e Proteção Civil RELATÓRIO ANUAL 2014 Annual Report CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO / BOARD OF

Leia mais

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora:

ERRO. Ao ligar e se deparar com o erro E4, devem ser feitos os testes abaixo indicados antes de trocar a placa da evaporadora: ERRO E-4 O erro ocorre quando o sensor de imersão da serpentina da evaporadora informa à placa principal da própria evaporadora que a serpentina está numa temperatura anormal (ou muito fria ou muito quente

Leia mais

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL

TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL TABELA DE IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS FIOS DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL Para arquivo eletrônico utilize o atalho CTRL+F e digite o modelo do veículo desejado. LINHA GM Monza e Monza Classic Kadett e Kadett

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

7 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL

MANUAL DO PROFESSOR EMÍLIA AMARAL MAURO FERREIRA RICARDO LEITE SEVERINO ANTÔNIO HINO NACIONAL Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heroico o brado retumbante, E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos, Brilhou no céu da Pátria nesse instante. Deitado eternamente em berço esplêndido,

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR

6 o ano TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DO PROFESSOR TECENDO LINGUAGENS LÍNGUA PORTUGUESA TANIA AMARAL OLIVEIRA Formada em Letras, Pedagogia e Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo

Leia mais

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras.

Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Operações Financeiras: juros ativos, juros passivos, descontos financeiros obtidos e concedidos, Aplicações Financeiras. Ao iniciar este capítulo, é preciso saber o que vem a ser juro. Você sabe o que

Leia mais

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy

Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Como reconhecer e identificar um judeu Por John Doe Goy Parte 1 Aspectos Físicos Uma vez, quando eu estava a andar pelo centro da cidade, de repente me deparei com um ser em um longo caftan com side-locks

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS 01. O SUS foi implantado com um conceito ampliado de saúde. Este conceito foi resultado de embate político que fez cair por terra a idéia de que

Leia mais

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA

TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA TABELA DE APLICAÇÃO DE VEÍCULOS SUGERIDA SUPER SCAN SCANNER PORTÁTIL COM BUSCA AUTOMÁTICA DOS PROTOCOLOS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA Leitura de Códigos de Falhas do motor. Apaga Códigos de Falhas do motor. Leitura

Leia mais

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações**

TABELA DE ALÍQUOTAS DE ISS - MUNICÍPIOS DE SÃO PAULO/SP **Recomenda-se a confirmação das informações** Cidade Legislação Base de Cálculo Alíquota Resumo Analândia Lei Municipal 1.472/2004 Cód. 17.04 Cód. 17.05 Cód. 17.04 Cód. 17.05 prestadas pela Sr. André - Fiscal ISS Última Atualização Fonte Endereço

Leia mais

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO:

DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: DISTÂNCIA MÉDIA DE TRANSPORTE - DMT CONCEITO: É a distancia, em projeção horizontal, entre o centro de massa de uma camada do pavimento e o(s) centro(s) de massa da(s) jazidas(s) que fornecerá(ão) materiais

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Ricardo, cantor amador, contrata Luiz, motorista de uma grande empresa, para transportá-lo, no dia 2 de março de 2017, do Município Canto Distante, pequena cidade

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE EXAMES LABORATORIAIS. Publicado na PORTARIA Nº. 110-S, DE 02 DE MARÇO DE 2015. TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS DE 103203 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), COM 103204 SERVICO, TITULO: EXAME, SUBTITULO: ANGIOGRAFIA CEREBRAL (4 VASOS), SEM EXAME 2.525,0000

Leia mais

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991

REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A. POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 REDE DE ATENDIMENT0 DE IPATINGA / VITALLIS SAÚDE S/A POSTO DE ATENDIMENTO / AUTORIZAÇÃO Rua Nova Almeida, 46 Vila Ipanema Ipatinga 31 3821-9991 ANALISES CLINICAS - CITOLOGIA - PATOLOGIA CLINICA ACIL -

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula

10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasprofessores 10 Dinâmicas de Grupo para Professores Reuniões e Sala de Aula Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009

QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Universidade Federal Fluminense Oficina de Trabalho Elaboração de Provas Escritas Questões Objetivas Profª Marcia Memére Rio de Janeiro, janeiro de 2013 QUESTÃO 11 ENADE Administração/2009 Cada uma das

Leia mais

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A

F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A A) F A C U L D A D E S P E Q U E N O P R Í N C I P E E D I T A L N. º 0 9 / 2 0 1 6 FACULDADES PEQUENO PRÍNCIPE VESTIBULAR DE INVERNO JUNHO DE 2016 MEDICINA P R O V A O B J E T I V A Pág. 1/38 V E S T

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31

CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 CAPÍTULO 3. O conhecimento Histórico, 12. Os primeiros passos da humanidade, 31 Operários, Tarsila de Amaral CAPÍTULO 1 O conhecimento Histórico, 12 CAPÍTULO 2 Os primeiros passos da humanidade, 31 Murais, Di Cavalcanti. CAPÍTULO 3 O povoamento da América e os primeiros habitantes

Leia mais

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO

GUIA MÉDICO AMERON PORTO VELHO REDE PRÓPRIA AMERON HOSPITAL SAMARITANO Avenida: Calama, Nº. 2615 Bairro: Liberdade Fone: (069) 3211-7162 / 3211-7114 / 3211-7155 ESPECIALIDADES MÉDICAS: Angiologia, Cirurgia Vascular, Cardiologista, Cirurgião

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE INVESTIMENTO COLETIVO EM EMPRESA DE PEQUENO PORTE Emissora: START ME UP CROWDFUNDING SISTEMAS PARA INVESTIMENTO COLABORATIVO LTDA. EPP, Pessoa jurídica de direito

Leia mais

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental

Apostila de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Fundamental Apostila de ESTUDO ORIENTADO Ensino Fundamental Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Fundamental tem como objetivo geral para a sua estruturação

Leia mais

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO

CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO CLIO MANUAL DE PROPRIETÁRIO Bem-vindo a bordo de seu novo RENAULT Este Manual de Utilização e Manutenção coloca à sua disposição as informações que permitirão: conhecer bem o seu RENAULT, para utilizá-lo

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA A EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA E A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Professora do CEFET-SP e Mestre em Educação Este artigo parte de um panorama resumido da evolução tecnológica e sua incorporação gradativa na sociedade,

Leia mais

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral

Resposta: Resposta: 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE. Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS FILOSOFIA 3º BIMESTRE Nome: N o Turma: 2º Ano Prof.: Heleno Licurgo do Amaral Data: / / 1 [ 112885 ]. (Uncisal 2012) Observe o trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho,

Leia mais

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB

Função Social da Escola. Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Função Social da Escola Celina Alves Arêas Diretora do SINPRO MINAS CONTEE e CTB Esquema de Apresentação 1. Quem é a CONTEE 1.1. Princípios e Bandeiras 2. Função Social da Escola 2.1. Constituição Federal/1988

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO

DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO DECLARAÇÃO DE ALUGUEL SEM CONTRATO Eu, abaixo assinado, Sr (a) portador (a) do RG e CPF, declaro para todos os fins de direito e sob as penas da Lei, que ALUGO ATUALMENTE o imóvel sito à Rua /Av: Nº: Bairro:

Leia mais

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015

Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de trabalho Mediação Escolar e Comunitária 2015 Plano de Trabalho 2015 - Mediação Escolar e Comunitária 1 Hoje em dia é de vital importância desenvolvermos uma educação que vise à construção de uma

Leia mais

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas.

Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Aula 3 e 4 - Navegação Internet, conceitos de URL, links, sites, impressão de páginas. Hierarquia oficial de nomes na Internet A hierarquia de nomes pode ser utilizada em qualquer ambiente, e as autoridades

Leia mais

O VINHO NOVO É MELHOR.

O VINHO NOVO É MELHOR. O VINHO NOVO É MELHOR. Capítulo 1. Um Pobre Menino Rico Meu nome é Robert Thom, e sou um milagre vivo; embora não passe de uma pessoa muito vulgar que descobriu que a vida não precisa ser a chocha monotonia

Leia mais

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES

SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES SIMULADO DE INGLÊS SESSENTA QUESTÕES Para responder às questões abaixo leia a frase em inglês e marque a alternativa em que esteja a tradução correta da palavra em negrito. 1) My car is black. a) ( ) azul.

Leia mais

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA

A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA Doutrina Nacional A DEMOCRACIA REPRESENTATIVA E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA PAULO MÁRCIO CRUZ *** RESUMO: O presente artigo aborda a Democracia Representativa e sua insuficiência para enfrentar sociedades

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Marina Ribeiro, brasileira, casada, desempregada, filha de Laura Santos, portadora da identidade 855, CPF 909, residente e domiciliada na Rua Coronel Saturnino, casa

Leia mais

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio

Aulas de ESTUDO ORIENTADO. Ensino Médio Aulas de ESTUDO ORIENTADO Ensino Médio Material Estruturado para o Professor do Estudo Orientado das Escolas em Tempo Integral O Ensino Médio tem como propósito situar o sujeito como produtor do conhecimento

Leia mais

Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário

Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário Experiência do Usuário e Designde Interfaces no Contexto Universitário User Experience and Interface Design in the University Context Santa-Rosa, José Guilherme; Doutor em Educação em Ciências e Saúde

Leia mais

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é:

5. (FEEVALE-RS) Marque a alternativa correta que apresenta classificação da cadeia carbônica da essência de abacaxi, cuja fórmula estrutural é: 2ª LISTA DE EXERCÍCIOS QUIMICA ORGÂNICA Profº. Sandro Lyra 1. (UECE) A "nicotina" pode ser representada pela fórmula abaixo. Quantos átomos de carbono E quantos hidrogênios existem em uma molécula desse

Leia mais

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA

MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA MANUAL DO ENCONTRO COM DEUS NA VISÃO DO MDA ENCONTRO TREMENDO É LUGAR DE ESTAR FACE A FACE COM DEUS O PRÉ ENCONTRO A ESCADA DO SUCESSO NA VISÃO DO M.D.A. Enviar Ganhar 1. Projeto Natanael 3 2. Grupo de

Leia mais

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin

Direito empresarial. Danylo Augusto Armelin Direito empresarial Danylo Augusto Armelin 2015 por Editora e Distribuidora Educacional S.A. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida de qualquer

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Espacial 2º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Espacial º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1º Bimestre/01 Aluno(a): Número: Turma: 1) Dado um paralelepípedo

Leia mais

Física. Resolução das atividades complementares. F9 Refração da luz

Física. Resolução das atividades complementares. F9 Refração da luz Resolução das atividades complementares 3 Física F9 Refração da luz p. 46 Quais são as leis da refração? a lei: os raios incidente e refratado são coplanares; a lei: para uma refração com incidência oblíqua

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92

INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 INSTRUÇÕES GERAIS - AMB/92 AMB/92 01. A presente TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidades estabelecer ÍNDICES MÍNIMOS

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito

Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito Exercícios sobre Impulso e Quantidade de Movimento com Gabarito 1) (PUC-RS-003) A energia de um fóton é diretamente proporcional a sua freqüência, com a constante de Planck, h, sendo o fator de proporcionalidade.

Leia mais

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto

Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto Ponto Secullum 4 - Comunicando com o Equipamento de marcação de Ponto O Ponto Secullum 4 comunica diretamente com os equipamentos de marcação de ponto informatizados de vários fabricantes. Desta forma,

Leia mais

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE

GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE GABARITO EXERCÍCIO DE ARTE 01) A partir do século XVI, artistas estrangeiros, integrantes das diversas expedições artísticas e científicas que percorreram o território brasileiro, produziram imagens documentando,

Leia mais

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO

PROGRAMA DE BIOLOGIA. 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO PROGRAMA DE BIOLOGIA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica Título Programa de Biologia - 7ª, 8ª e 9ª classes Editora Editora Moderna, S.A. Pré-impressão, Impressão e Acabamento

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica.

PORTUGUÊS ANÁLISE SINTÁTICA. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos Análise Sintática de Análise Morfológica. PORTUGUÊS Prof. Valladares ANÁLISE SINTÁTICA A Gramática normalmente nos é apresentada em três divisões que são: Fonologia; Morfologia; Sintaxe. Para iniciarmos nosso estudo, faz-se necessário que diferenciemos

Leia mais

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir.

1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. 1. (Ufsm 2012) Observe as projeções cartográficas: Numere corretamente as projeções com as afirmações a seguir. ( ) Na projeção cilíndrica, a representação é feita como se um cilindro envolvesse a Terra

Leia mais

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS

EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS EXERCÍCIOS GABARITADOS & COMENTADOS Prova: Auxiliar de Patologia Clínica Nível Fundamental (FUNIVERSA 2009) 1- Acerca do modelo de atenção à saúde, atualmente preconizado e implantado pelo Sistema Único

Leia mais

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br

Catálogo. Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema. Visite nosso website: www.alsev.com.br Catálogo 2 Linha 25 Linha 30 Linha 42 Suprema Janelas e Portas de Correr Linha 25 Z-115 0,634 Kg/m P-157 1,355 Kg/m P-254 1,323 Kg/m Janelas e Portas de Correr Linha 25 Desenvolvido por WLD E-186 1,043

Leia mais

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CNIS. Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CNIS Cadastro Nacional de Informações Sociais EXTRATO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL 2009 O que é? É o extrato cronológico de todas as informações laborais e previdenciárias do trabalhador, que o qualifica como

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa;

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa; NOÇÕES DE INFORMÁTICA: CONFORME ITEM 4 DO EDITAL 4. Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa; NAVEGADORES OU WEB-BROWSER Também conhecidos

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2

MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 MANUAL DE INSTRUÇÃO HOME THEATER PHT660N2 Parabéns pela escolha de microsystem da linha Philco. Para garantir o melhor desempenho do produto, é importante ler atentamente as recomendações a seguir. Devido

Leia mais

perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano

perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano perdição em roma sylvain reynard Tradução de Ester Cortegano A Florença, Roma e Praga, Com gratidão Agradecimentos Tenho uma enorme dívida para com as cidades de Florença, Roma e Praga, os seus habitantes

Leia mais

W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno

W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno W19. JUVENTUDE Marcos Madaleno Marcos Madaleno UMA JUVETUDE QUE ELEVA E INSPIRA Vocês foram ressuscitados com Cristo. Portanto, ponham o seu interesse nas coisas que são do céu, onde Cristo está sentado

Leia mais

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc

HONDA CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS. Dimensões principais (mm) Modelo. DREAM 100 cc CATÁLOGO DE APLICAÇÃO DE ROLAMENTOS PARA MOTOCICLETAS HONDA DREAM 100 cc 6000 10 26 8 Placa de acionamento 1 6001 12 28 8 Árvore principal lado esq. 1 6201 12 32 8 Árvore secundária lado esq. 1 6203 17

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS

LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS LISTA DE PRODUTOS CST PIS/COFINS 000. COMBUSTIVEIS - NCM 22071000 NOME ST ICMS TIPO TRIBUTAÇÃO CST ETANOL COMUM 60 18% MONOFÁSICO COMPRA 70 VENDA 04 000. COMBUSTIVEIS - NCM 27101159 GASOLINA ADITV 60 28%

Leia mais

JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS E BRINCADEIRAS DA CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA Fonte:mozafricaview.com [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Ariadine Rodrigues Barbosa

Leia mais

CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 8/novembro/2015

CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 8/novembro/2015 CPV especializado na ESPM ESPM Resolvida Prova E 8/novembro/2015 REDAÇÃO TEMA 1 Uma das consequências involuntárias da revolução informática foi a fragilização das fronteiras entre o público e o privado,

Leia mais

QUESTÕES DE GEOMETRIA - OBMEP - 2005. OBMEP 2005 - Nível 1

QUESTÕES DE GEOMETRIA - OBMEP - 2005. OBMEP 2005 - Nível 1 QUESTÕES DE GEOMETRIA - OBMEP - 2005 OBMEP 2005 - Nível 1 1. (2005 - N1Q8-1 a fase) Daniela quer cercar o terreno representado pela figura. Nessa figura dois lados consecutivos são sempre perpendiculares

Leia mais

Sistema Nacional de Registro Mercantil (SINREM) Ex Vi Legis www.exvilegis.wordpress.com REGISTRO DE EMPRESA

Sistema Nacional de Registro Mercantil (SINREM) Ex Vi Legis www.exvilegis.wordpress.com REGISTRO DE EMPRESA REGISTRO DE EMPRESA Afirma o artigo 967 do Código Civil: É obrigatória a inscrição do empresário no Registro Público de Empresas Mercantis da respectiva sede, antes do início de sua atividade. O Registro

Leia mais

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013

Esquema de pinagem ECU-TEST REV 02 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 01 MANUAL DE PINAGEM ECU-TEST2 EVOLUTION 26/09/2013 MONTADORAS: SISTEMAS FIAT: PINAGEM DA ECU: IAW 1G7...3-4 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW 4AF COM BC...5-6 PINAGEM DA ECU: IAW 59FB IAW 49FB IAW

Leia mais

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2

7 a SÉRIE 8 o ANO CIÊNCIAS CADERNO DO ALUNO. Ciências da Natureza. ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 7 a SÉRIE 8 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Volume 2 CIÊNCIAS Ciências da Natureza CADERNO DO ALUNO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO DE

Leia mais

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO HIPERPLASIA NODULAR LINFÓIDE: IDE: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO Marcela Lie Kawasaki Disciplina de Gastroenterologia Departamento de Pediatria Escola Paulista de Medicina Universidade Federal de São Paulo

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Sergipe PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2019 Aracaju Junho, 2014

Leia mais

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta

BIOLÓGICAS. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta Questão 1 BIOLÓGICAS Em uma prova de biologia, um aluno deparou-se com duas figuras de células. Uma figura representava uma célula vegetal e outra representava uma célula animal. Identifique qual das figuras,

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão.

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS. Questão. Questão. C) I, II e III. Questão. LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA Considere o texto Apelo, para responder às questões 1 a 6. 01 Apelo Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa. Primeiros dias, para dizer a verdade, não

Leia mais

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Questão. Questão. 225 Km. A) 350 Km. B) 475 Km. C) 675 Km. D) Questão

VESTIBULAR UEMS 2010 - PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS. Questão. Questão. 225 Km. A) 350 Km. B) 475 Km. C) 675 Km. D) Questão 2 Eta, nóis / Brincando com Leminsk Menina, vou trabalhar em uma usina de cana pra alimentar os carros de uma família americana Menina, só vou poder te namorar no final de semana só vou poder te namorar

Leia mais

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc)

FATOR DE EQUIVALÊNCIA (FEq) ou CORREÇÃO (Fc) LISTA DE FATORES DE EQUIVALÊNCIA E CORREÇÃO DE INSUMOS FARMACÊUTICOS ATIVOS REFERÊNCIAS CONSULTADAS: USP COMPÊNDIO MÉDICO Dicionário Brasileiro de Medicamentos ( DEF ) USP-DI MARTINDALE PDR Physician s

Leia mais

NEURODYN III Manual de Operação

NEURODYN III Manual de Operação NEURODYN III Manual de Operação Estimulação Elétrica Nervosa Trascutânea (TENS e FES) (Registro Anvisa nº 10360310012) 9 a edição (09/2009) 2 ATENÇÃO: ESTE MANUAL DE INSTRUÇÕES FAZ MENÇÃO AO EQUIPAMENTO

Leia mais

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo.

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. 1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. A B C Homens 42 36 26 Mulheres 28 24 32 Escolhendo-se uma aluna desse curso, a probabilidade de ela ser da turma A é:

Leia mais

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares

R-5-PM. Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR. 3ª Edição. Tiragem: 1.000 exemplares R-5-PM Polícia Militar do Estado de São Paulo REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR 3ª Edição Tiragem: 1.000 exemplares 1996 Setor Gráfico do CSM/MInt - 1 - POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014-1 INSPER. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 0- INSPER POR PROFA MARIA ANTÔNIA C GOUVEIA ANÁLISE QUANTITATIVA E LÓGICA Por um terminal de ônibus passam dez diferentes linhas A mais movimentada delas

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico

Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico Exercícios com Gabarito de Física Campo Elétrico 1) (AFA-001) Baseando-se na Lei de Coulomb e na definição de campo elétrico de uma carga puntiforme, podemos estimar, qualitativamente, que o campo elétrico

Leia mais

LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA

LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA 1 LIÇÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA Para desenvolver e consolidar as Competências/Habilidades e avançar na aprendizagem SEE/MG Maio/2014 2 Caro Professor, Cara Professora, É com grande prazer que apresentamos

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções

Química. Resolução das atividades complementares. Q1 Dispersões e soluções Resolução das atividades complementares Química Q Dispersões e soluções p. 8 (UFPR) Uma solução é uma mistura homogênea de duas ou mais substâncias, não importando seu estado físico. Quando algum dos componentes

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em junho de 2009, Soraia, adolescente de 13 anos, perde a visão do olho direito após explosão de aparelho de televisão, que atingiu superaquecimento após permanecer

Leia mais

CB300R CB300R A CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOGUE CATÁLOGO DE PIEZAS 00X1B-KVK-001

CB300R CB300R A CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOGUE CATÁLOGO DE PIEZAS 00X1B-KVK-001 CB00R CB00R CTÁLOGO DE PEÇS PRTS CTLOGUE CTÁLOGO DE PIEZS Moto Honda da mazônia Ltda. 2009 00XB-KVK-00 ÍNDICE INDEX ÍNDICE INSTRUÇÕES INSTRUCTIONS INSTRUCCIONES GRUPO DO MOTOR ENGINE GROUP GRUPO DE MOTOR

Leia mais

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito

Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito Exercícios sobre Aplicação de Leis de Newton em Blocos com Gabarito 1) (Vunesp-2008) Um rebocador puxa duas barcaças pelas águas de um lago tranqüilo. A primeira delas tem massa de 30 toneladas e a segunda,

Leia mais

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO

EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO EXERCÍCIOS DE AVALIAÇÃO Planejamento Tributário Setembro de 2011 QUESTÃO 1 - RESPONDA AS QUESTÕES APRESENTADAS A SEGUIR: I - Cite algumas situações em que a pessoa jurídica estará obrigada à tributação

Leia mais

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015

GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 GABARITO OFICIAL PROVÃO VIVERDE (1ºANO) MARÇO 31/03/2015 Disciplina Questão A B C D E Pontos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39

Leia mais

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre.

Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. Macedo, Lino de. (2005). Ensaios pedagógicos: Como construir uma escola para todos? ArtMed. Porto Alegre. ISBN 85-363-0366-2 Resenhado por Margarita Victoria Gómez Universidade Vale do Rio Verde Dezembro

Leia mais

Lisa Kleypas - Travis 04 - A garota de olhos côr de café (TM)

Lisa Kleypas - Travis 04 - A garota de olhos côr de café (TM) Lisa Kleypas - Travis 04 - A garota de olhos côr de café (TM) SINOPSE Avery Crosslin é uma designer de moda jovem talentosa comum futuro brilhante. Mas quando a empresa para a qual trabalha fecha, Avery

Leia mais

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida

ATIVIDADES. 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: 4 (Fuvest-SP) O esquema a seguir representa o ciclo de vida ATIVIDADES 1 Relacione cada conceito com sua respectiva definição: ( c ) Vaso condutor ( a ) Gametófito ( d ) Sistema caulinar ( f ) Esporófito ( b ) Gimnosperma ( g ) Cone ( h ) Fanerógama ( i ) Criptógama

Leia mais

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS

5 a SÉRIE 6 o ANO LÍNGUA PORTUGUESA. Caderno do Professor Volume 1. Linguagens ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS 5 a SÉRIE 6 o ANO ENSINO FUNDAMENTAL ANOS FINAIS Caderno do Professor Volume 1 LÍNGUA PORTUGUESA Linguagens GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO MATERIAL DE APOIO AO CURRÍCULO DO ESTADO

Leia mais

Rede social

Faça o seu material acessível ao maior número de pessoas, publicando-lo aqui. Descubra o que as pessoas pensam sobre o seu trabalho.

E-biblioteca

Carregue número ilimitado de documentos, agora e sempre completamente gratuito!

Pesquisa e partilha de conhecimentos

Encontre materiais úteis e compartilhe-los com amigos e colegas, enviando-lhes o link para o material.