SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL"

Transcrição

1 NOME: DATA DE ENTREGA: / / SIMULADO DE ARTES FUNDAMENTAL 1) Há algum tempo atrás, os livros, as revistas, os jornais, as fotografias, o cinema e a televisão eram em preto e branco. Hoje as cores fazem parte das nossas vidas, pois os meios de comunicação se utilizam delas para transmitir mensagens. Há três tipos, quais são: a) ( ) cores primárias, secundária e terciárias; b) ( ) cores primária, secundárias, terciárias e quaternárias; c) ( ) cores primária, terciárias e quaternária ; d) ( ) cores quente e frias. 2) Quais são as cores quentes? a) ( ) azul e verde; b) ( ) amarelo, laranja e vermelho c) ( ) azul, vermelho e amarelo; d) ( ) verde, vermelho e amarelo. 3) Cromar significa colorir; harmonia cromática é obtida através de: a) ( ) significa vários tons de cor quente; b) ( ) apenas uma cor que resulta num belíssimo trabalho; c) ( ) várias cores que se harmonizam resultando num belíssimo trabalho; d) ( ) significa vários tons de cor fria.. 4) Assinale a combinação correta da mistura de uma cor primaria com uma cor secundária: a) ( ) amarela + azul = vermelho; b) ( ) azul + verde = azul esverdeado; c) ( ) vermelho + laranja =amarelo alaranjado; d) ( ) vermelho + roxo = marrom. 5) Assinale a alternativa incorreta: a) ( ) os tons de azul são cores frias; b) ( ) os tons vermelhos sugerem calor; c) ( ) numa pintura de inverno é comum usar azul e verde; d) ( ) o amarelo é uma cor fria. 6) Cores terciárias são resultado da mistura de uma cor primária com uma cor secundária. São algumas delas: a) ( ) amarelo esverdeado, b) ( ) amarelado; c) ( ) azulado; d) ( ) laranja. 7) A cor roxo surge com a mistura de duas cores primárias, formando uma cor secundária é a mistura de: a) ( ) vermelho + laranja b) ( ) amarelo + azul c) ( ) azul + vermelho d) ( ) vermelho + azul

2 8) Desenhar e pintar requerem muita criatividade e um bom material é necessário para melhor efeito e também escolher uma técnicas, as mais comuns são: a) ( ) aquarela e óleo; b) ( ) aquarela e perspectiva; c) ( ) óleo e perspectiva; d) ( ) sombra e perspectiva. 9) Uma das técnicas mais utilizadas pelos artistas plásticos devido a sua durabilidade que pode ser empregada sobre tela, madeira, couro, papel, etc. E que técnica é essa? a) ( ) aquarela; b) ( ) perspectiva; c) ( ) óleo; d) ( ) nenhuma das alternativas. 10) Guache é: a) ( ) é uma tinta líquida que pode ser aplicada diretamente sobre o desenho; b) ( ) é uma tinta gasosa que pode ser aplicada diretamente sobre o desenho; c) ( ) é uma tinta de cor azul que pode ser aplicada diretamente sobre o desenho; d) ( ) é uma tinta que pode ser dissolvida em água. 11) Linha é um simples deslizar de um lápis no papel. As linhas podem ser: a) ( ) reta, curva, quebradas; b) ( ) reta, curva, quebrada,ondulada; c) ( ) reta, curva, quebrada, ondulada e mistas; d) ( ) nenhuma das alternativas estão corretas. 12) Perspectiva é: a) ( ) a arte que nos ensina a representar graficamente, em um plano, os objetos nas formas e disposições em que nos apresentam à vista. b) ( ) a arte que nos ensina a representar graficamente, a linha do horizonte. c) ( ) a arte que nos ensina a representar graficamente a linha da vida d) ( ) a arte que nos ensina a representar graficamente, a linha em círculos. 13) Uma linha é considerada mista quando: a) ( ) varia a sequência de movimento; b) ( ) conjunto de infinitos pontos consecutivos; c) ( ) um ponto varia consecutivamente de direção; d) ( ) uma linha é formada pela mistura de linhas sinuosas ou poligonais. 14) Estilizar uma figura é: a) ( ) simplificá-la ao máximo, dentro de sua formas geométricas, sem que ela perca suas característica; b) ( ) complicá-la ao máximo, dentro de sua formas geométricas, sem que ela perca suas característica; c) ( )simplificá-la ao máximo, dentro de sua formas planas, sem que ela perca suas características; d) ( ) nenhuma das alternativas estão corretas.

3 15) Polígono é: a) ( ) formada por linhas poligonais; b) ( ) é a parte do plano limitada por uma linha poligonal fechada; c) ( ) é a figura mais utilizada na geometrização, pois oferece mais condições para a criação de composição decorativas; d) ( ) todas as alternativas estão corretas. 16) Os polígonos podem ser: a) ( ) regular e irregular; b) ( ) somente regular; c) ( ) somente irregular; d) ( ) não existem polígono regular e irregular. 17) Os polígonos que apresenta seis lados é: a) ( ) eneágono; b) ( ) hexágono; c) ( ) triangulo; d) ( ) decágono. 18) Um polígono para ser regular apresenta? a) ( ) lados diferentes e ângulos diferentes; b) ( ) lados iguais e ângulos iguais; c) ( ) lados iguais e ângulos diferentes; d) ( ) lados diferentes e ângulos iguais. 19) Pentágono é um polígono que apresenta: a) ( ) 3 lados b) ( ) 4 lados; c) ( ) 5 lados; d) ( ) 6 lados. 20) A técnica de pintura mais utilizada pelos artistas devido a sua durabilidade é: a) ( ) guache; b) ( ) aquarela; c) ( ) ecoline; d) ( )óleo. 21) Ilustração é: a) ( ) a mensagem através da imagem; b) ( ) a mensagem através da figura plana ; c) ( ) a mensagem através da figura geométrica; d) ( ) a mensagem através da figura caracterizada. 22) Um recurso gráfico muito usado para satirizar pessoas ou situações é: a) ( ) caricatura; b) ( ) charge; c) ( ) ilustração; d) ( ) pintura.

4 23) São desenhos que retratam as pessoas deformando as proporções normais para realçar suas características é: a) ( ) caricatura; b) ( ) charge; c) ( ) ilustração; d) ( ) pintura. 24) Quando são utilizados sons, como por exemplo trimm, para simular uma campanhinha tocando ou buumm para simular o barulho de um revolver, esse recurso é chamado de: a) ( ) comparação; b) ( ) catacrese; c) ( ) metáfora; d) ( ) onomatopéia. 25) O ser humano possui características e hábitos comuns: medo, a curiosidade, o credo, o relacionamento com os elementos da natureza são passados de geração a geração. Toda e qualquer manifestação de um povo que perdure por novas gerações é considerado: a) ( ) festas populares ; b) ( ) folclore; c) ( ) cultura; d) ( ) mitos. 26) As histórias populares, os contos, as fábulas, as músicas populares, as festas tradicionais, as brincadeiras, as rezas e simpatias conservado pelo povo são chamados de: a) ( ) festas populares ; b) ( ) folclore; c) ( ) cultura; d) ( ) mitos. 27) Através do folclore conhecemos as tradições de um povo e de tudo que tem relação com cada região em que esse povo vive, reconhecemos o folclore ou manifestação popular pelo: a) ( ) jeito de falar, forma de trabalhar, tradições locais; b) ( ) alimentação, lendas narrativas, cantiga; c) ( ) artesanato, roupas, jogos d) ( ) todas as alternativas estão corretas. 28) Manifestação popular brasileira conhecida internacionalmente: a) ( ) festas juninas; b) ( ) carnaval; c) ( ) festa do divino; d) ( ) todas as alternativas estão corretas. 29) O bumba- meu- boi é uma festa típica de que região do Brasil: a) ( ) Norte; b) ( )Centro Oeste; c) ( ) Nordeste; d) ( ) Sudeste.

5 30) Pirinópolis é conhecida internacionalmente por suas manifestações folclóricas a exemplo das famosas festas. a) ( ) festa do Divino e festas juninas; b) ( ) festa do Divino e carnaval; c) ( ) festa do divino e Natal; d) ( ) festa do divino e cavalhadas. 31) Qual era o tema principal na pintura do homem pré- histórico? a) ( ) mulheres; b) ( ) deuses; c) ( ) animais ; d) ( ) monstros. 32) A figura feitas em rocha é chamada de: a) ( ) campestre; b) ( ) rupestre; c) ( ) silvestres; d) ( ) terrestre. 33) A harmonia entre linhas e cores é chamada de: a) ( ) composição; b) ( ) forma; c) ( ) conteúdo; d) ( ) expressão. 34) Analisar o contexto de uma obra artística é interar-se: a) ( ) do artista; b) ( ) da composição; c) ( ) da forma; d) ( ) do conteúdo. 35) Assinale a afirmativa incorreta: a) ( ) Os índios são habilidosos na confecção de colares, cocares e adereços em geral; b) ( ) Os índios pintam seus corpos no dia- a -dia e em ocasiões especiais; c) ( ) As tintas utilizadas na pintura do corpo são retiradas só do urucum; d) ( ) Em dia de luto os índios não pintam o corpo. 36) A tinta utilizada para colorir as cerâmicas são encontradas em: a) ( ) pedra coloridas; b) ( ) folhas secas; c) ( ) sementes de frutos; d) ( ) nos urucuns.

6 37) Assinale a alternativa em que o trançado não é utilizado na arte indígena a) ( ) cestos e peneiras; b) ( ) canoas; c) ( ) instrumentos musicais; d) ( )armadilhas. 38) No início da colonização as casas eram feitas: a) ( ) de taipa; b) ( ) de tejupares; c) ( ) de pau a pique; d) ( ) de alvenaria 39) Em que região, ainda encontramos a técnica de taipa? a) ( ) Sul e Sudeste. b) ( ) Centro Oeste e Sudeste. c) ( ) Nordeste e Centro Oeste. d) ( ) Norte e nordeste. 40) A arquitetura barroca está presente, principalmente: a) ( ) nas residências; b) ( ) nas praças; c) ( ) nos palácios ; d) ( ) nas igrejas. GABARITO 01) a 02) b 03) c 04) c 05) d 06) a 07) c 08) a 09) c 10) d 11) c 12) a 13) d 14) a 15) d 16) a 17) b 18) b 19) c 20) d 21) a 22) b 23) a 24) d 25) c 26) b 27) d 28) b 29)b 30) d 31) c 32) b 33) a 34) d 35) d 36) a 37) b 38) c 39) d 40) d

Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES

Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL I

Conteúdo Programático INFANTIL I Conteúdo Programático INFANTIL I Composição oral Identificação Cor: vermelha Forma: círculo Posições: Dentro e fora Natureza e Sociedade Carnaval Páscoa Dia do Índio Estação do Ano: Outono Experiências

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DA CORES

CLASSIFICAÇÃO DA CORES CLASSIFICAÇÃO DA CORES Na nossa vida cotidiana, estamos cercados por cores e as escolhemos regularmente, para nos vestir, decorar nossas casas ou mesmo para comprar um carro. Ter um olhar para as cores

Leia mais

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL

LISTA DE MATERIAL - 2015 6º Ano MATERIAL DE USO INDIVIDUAL 6º Ano 05 cadernos de 96 folhas (Matemática, Língua Portuguesa, História, Geografia e Ciências) 02 cadernos de 60 folhas (Filosofia e Inglês) MATERIAIS ESPECÍFICOS PARA AULA DE ARTES 01 pasta catálogo

Leia mais

Questões - Festas populares do mês de junho

Questões - Festas populares do mês de junho Questões - Festas populares do mês de junho 1. Descreva os elementos característicos da Festa Junina presentes nas imagens. Abertura de São João 2011, no Pelourinho http://commons.wikimedia.org/wiki/file:s%c3%a3o_jo%c3%a3o_no_pel%c3%b4_2.jpg

Leia mais

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: ARTE PROFESSORA: Cristiana de Souza DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 6º ANO TURMA: ALUNO (A): RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL Nº: 01.

Leia mais

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 CENTRO EDUCACIONAL DA LAGOA PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 PROJETO VENCER OU PERDER: O desafio da vida JULHO Dia 26/07 : Dia dos avós INVESTIGAÇÃO SOBRE ALGUNS FENÔMENOS DA NATUREZA: Início

Leia mais

Planejamento Anual 2014 Religião 1º período 2º ano - Ensino Fundamental I. Reconhecer-se como ser único e especial.

Planejamento Anual 2014 Religião 1º período 2º ano - Ensino Fundamental I. Reconhecer-se como ser único e especial. Religião 1º período 1- Ser humano (único e especial). 2- A identidade do ser humano. 3- Qualidades próprias do ser humano. 4- Caracterização do ser humano (sentimentos, vontades, liberdade e capacidade

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 7.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 7.º Ano Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Projeto 1: ILUSTRAR E DECORAR A CAPA INDIVIDUAL DO ESTUDANTE Objetivo Geral: desenhar o teu nome, seguindo as regras do desenho das letras e recorrendo

Leia mais

Técnicas de Exposição de Produtos CONCEITO DE EXPOSIÇÃO DE PRODUTOS A idéia básica: Mostrar ou destacar alguma coisa. Mostrar também significa: Comunicar O produto deve atrair, seduzir, mexer com os sentidos

Leia mais

Elementos de linguagem: A cor

Elementos de linguagem: A cor Profa Ana Rezende Ago /set 2006 A todo o momento recebemos informações através dos sentidos, da visão, do olfacto,... em cada cem informações que recebemos oitenta são visuais dessas, quarenta são cromáticas,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I SÉRIE: EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL

Leia mais

TEORIA DA COR NO DESIGN

TEORIA DA COR NO DESIGN FAUPUCRS Design Gráfico TEORIA DA COR NO DESIGN Prof. Arq. Mario Ferreira, Dr.Eng. Outubro, 2011 AXIOMAS NA ÁREA DO DESIGN Projeto cromático tipo e utilização do elemento (objeto ou imagem) tratado; Falta

Leia mais

PLANO DE EXECUÇAO DE USO DO MATERIAL EM ATIVIDADES EXTRAS 6º ANO 1 FOLHA DE CARTOLINA DUPLA FACE PRETA; 02 METROS DE TECIDO ALGODÃOZINHO

PLANO DE EXECUÇAO DE USO DO MATERIAL EM ATIVIDADES EXTRAS 6º ANO 1 FOLHA DE CARTOLINA DUPLA FACE PRETA; 02 METROS DE TECIDO ALGODÃOZINHO PLANO DE EXECUÇAO DE USO DO MATERIAL EM ATIVIDADES EXTRAS 6º ANO MÊS DATA COMEMORATIVA MATERIAL JUSTIFICATIVA OBJETIVO JANEIRO FEVEREIRO MARÇO ABRIL 14/02- DIA DA AMIZADE; 21/03- DIA DO TEATRO; 27/03-

Leia mais

O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA

O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA 1 O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA INTRODUÇÃO Este artigo relata a experiência de monitora em Desenho de Moda, no Curso Superior

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano Projeto 1: ANIMAÇÂO GRÁFICA DA CAPA Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do desenho e colagem. Deste estudo resultará a ilustração

Leia mais

PARTE 01 Questões Teóricas

PARTE 01 Questões Teóricas PARTE 01 Questões Teóricas SOMAR OS PONTOS CORRESPONDENTES ÀS PROPOSIÇÕES ASSINALADAS CORRETAMENTE E MARCAR NA FOLHA DE RESPOSTAS A SOMA ENCONTRADA. 01 - No Renascimento, o Moisés de Michelangelo não expressava

Leia mais

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 ARTE - 6º ano 01 lápis 2B 01 Marcador para Porcelana Creative Marker na cor roxa. 01 Pote de 250 ml de tinta acrílica (cor vermelha ou amarela). 01 caixa de cola colorida

Leia mais

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO:

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: Prática Social: VIVÊNCIA do conteúdo: CONTEÚDO: Obra: Gustavo Rosa. Cooper em família. 2003. Óleo sobre tela, 160 x 250 cm. Coleção Particular

Leia mais

Escola Pequenópolis Av. Euclides da Cunha, 73 Graça

Escola Pequenópolis Av. Euclides da Cunha, 73 Graça LISTA DE MATERIAL DE ARTES EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPOS 2 E 3 2015 JUSTIFICATIVA As Listas de Materiais de Arte se compõem dos materiais que serão utilizados pelos alunos no decorrer do ano letivo. Atividades

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL IV

Conteúdo Programático INFANTIL IV Conteúdo Programático INFANTIL IV 1 TRIMESTRE LINGUAGEM POEMA TEXTO NARRATIVO CARTAZ VOGAIS A, E e I. LETRA DE MÚSICA RÓTULO VOGAIS Oe U HISTÓRIA EM QUADRINHOS / CARTUM ENCONTROS VOCÁLICOS ADIVINHAS DE

Leia mais

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO:

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: CONTEÚDO: Gênero: Retrato /Fotografia Técnica: Pintura óleo sobre tela Elementos formais: cor e luz Os recursos formais de representação: figuração

Leia mais

Amone Inacia Alves Graduada em História - UESB Especialista em Ciência Política - IBPEX Mestre em Sociologia das Organizações - UFPR

Amone Inacia Alves Graduada em História - UESB Especialista em Ciência Política - IBPEX Mestre em Sociologia das Organizações - UFPR Folclore Mede-se a inteligência de um povo pela sua capacidade de não só ser gente. Nascemos gente ao acaso, ao natural e transformamos em povo na busca perfeita pelas formas, curvas e cores. São as cores

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Infantil II Segmento I PLANO DE CURSO 2009 INFANTIL II Disciplina: ARTES Série: INFANTIL II Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS -

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 2015 - PARTE II

LISTA DE MATERIAL 2015 - PARTE II EDUCAÇÃO INFANTIL - GRUPO I - REGULAR 3 UNIDADES - ANILINA LÍQUIDA - AZUL 4 FOLHAS - CARTOLINA DUPLA FACE - AZUL 3 FOLHAS - CARTOLINA DECORADA 3 TUBOS - COLA BRANCA 90g - CASCOLAR OU SIMILAR 4 UNIDADES

Leia mais

SUGESTÃO DE PLANEJAMENTO 1 º BIMESTRE JARDIM II EDUCAÇÃO INFANTIL

SUGESTÃO DE PLANEJAMENTO 1 º BIMESTRE JARDIM II EDUCAÇÃO INFANTIL [ SUGESTÃO DE PLANEJAMENTO 1 º BIMESTRE JARDIM II EDUCAÇÃO INFANTIL 1ª Semana 2ª Semana 3ª Semana 4ª Semana (novidades/curiosidades sobre as férias / adaptação).. Produção Oral. Falando sobre a Família.

Leia mais

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: ARTE PROFESSORA: Cristiana de Souza DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 8º ANO TURMA: A e B ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO RELAÇÃO DOCONTEÚDO

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa Setor 3210 ÓPTICA GEOMÉTRICA Prof. Calil A Óptica estuda a energia denominada luz. 1- Quando nos preocupamos em estudar os defeitos da visão e como curá-los, estamos estudando a Óptica Fisiológica. Estudar

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo TRABALHO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA Aluno: n o Data para entrega: _11/07/ Créditos distribuídos: 6 pontos / Créditos obtidos: 4º ano do Ensino Fundamental Turma: 1-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no

Leia mais

PLANO DE EXECUÇÃO 2016 LISTA DE MATERIAL 2016 MATERNAL II

PLANO DE EXECUÇÃO 2016 LISTA DE MATERIAL 2016 MATERNAL II PLANO DE EXECUÇÃO 26 LISTA DE MATERIAL 26 MATERNAL II O presente plano de execução, previsto em nosso PPP (Projeto Político Pedagógico), tem como objetivo esclarecer à comunidade escolar a finalidade da

Leia mais

É possível que cada pacote tenha: ( ) 2 ( ) 3 ( ) 4 ( ) 5 ( ) 6 ( ) 7 ( ) 9 ( ) 10. 02- Circule as frações equivalentes: 03- Escreva:

É possível que cada pacote tenha: ( ) 2 ( ) 3 ( ) 4 ( ) 5 ( ) 6 ( ) 7 ( ) 9 ( ) 10. 02- Circule as frações equivalentes: 03- Escreva: PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 0- Leia e resolva: a) No início do

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

Conteúdos. Diversidade Cultural Ginástica Rítmica

Conteúdos. Diversidade Cultural Ginástica Rítmica Conteúdos Diversidade Cultural Ginástica Rítmica Habilidades Reconhecer os conceitos trabalhados na Unidade III Aplicar teoricamente os conteúdos estudados na unidade III PAUTA DO DO DIA DIA Acolhida Revisão

Leia mais

Escolhendo a Base Para peles oleosas, o indicado é escolher uma base que seja oil free, ou seja livre de óleo. Para peles secas ou mistas, a base

Escolhendo a Base Para peles oleosas, o indicado é escolher uma base que seja oil free, ou seja livre de óleo. Para peles secas ou mistas, a base Preparação da Pele Mas afinal, a pele deve ser preparada antes ou depois de fazer a maquiagem nos olhos? Isto irá depender de pessoa para pessoa, de maquiador para maquiador. Muitos preferem começar a

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 UM DIA CHUVOSO NA ESCOLA Hoje amanheceu chovendo muito e o vento soprava forte. A nossa sala estava pronta e arrumada para receber as crianças, mas o mau tempo fez com que elas se

Leia mais

Semana do Design 2009. Programação dos workshops 3/11-3ª-feira

Semana do Design 2009. Programação dos workshops 3/11-3ª-feira Semana do Design 2009 Programação dos workshops 3/11-3ª-feira Workshop 1. Tema: Design de personagens e Toy Art Professor: Marcelo Bosqueti Data: 3/11 Local: Oficina de marcenaria Proposta da atividade:

Leia mais

LISTA DE MATERIAL USO INDIVIDUAL MATERNAL

LISTA DE MATERIAL USO INDIVIDUAL MATERNAL LISTA DE MATERIAL USO INDIVIDUAL MATERNAL 04 caixas de massa de modelar (soft) 02 caixa de giz de cera grande 01 pote de 250 gr. de tinta guache roxo ou marrom 02 caixa de tinta pintura a dedo 01 caixa

Leia mais

Atividade: matrizes e imagens digitais

Atividade: matrizes e imagens digitais Atividade: matrizes e imagens digitais Aluno(a): Turma: Professor(a): Parte 01 MÓDULO: MATRIZES E IMAGENS BINÁRIAS 1 2 3 4 5 6 7 8 Indique, na tabela abaixo, as respostas dos 8 desafios do Jogo dos Índices

Leia mais

Lindo e Triste Brasil

Lindo e Triste Brasil SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 07 / / 0 II AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA:

Leia mais

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO 1 Nome: nº Data: / /2012 ano bimestre Profa.: Denise Lista de Recuperação de Arte 6º ANO Nota: 1) A arte fez parte da vida do homem desde a pré-história ( período anterior ao surgimento da escrita ) que

Leia mais

LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I

LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I LISTA DE MATERIAL / 2016 PRÉ I 01 apontadores com reservatório 01 borracha 01 brinquedo pedagógico próprio para a idade, de plástico ou madeira, para ficar na escola (jogos/animais/blocos) 01 caixa de

Leia mais

LISTA DE MATERIAL EDUCAÇÃO INFANTIL CSM 2015 NÍVEL I 1 ANO

LISTA DE MATERIAL EDUCAÇÃO INFANTIL CSM 2015 NÍVEL I 1 ANO NÍVEL I 1 ANO 1 lençolzinho (etiquetado) 1m de algodão cru 1 jogo de blocos (grande) para montar (peças apropriadas para a idade) para os meninos. 1 travesseiro pequeno - etiquetado ½ m de velcro Panelinhas

Leia mais

As cores são ações e paixões da luz.

As cores são ações e paixões da luz. As cores são ações e paixões da luz. Goethe Robert Delunay, Drama políltico, óleo e colagem sobre cartão, 88,7 x 67,3, 1914 Cada olhar envolve uma observação, cada observação uma reflexão, cada reflexão

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá a diferenciar um desenhista de um ilustrador e ainda iniciará com os primeiros exercícios de desenho. (Mateus Machado) O DESENHISTA E O ILUSTRADOR Ainda que não sejam profissionais

Leia mais

ÀRVORE DE NATAL. Desenhando a Árvore de Natal

ÀRVORE DE NATAL. Desenhando a Árvore de Natal ÀRVORE DE NATAL Curiosidade: A árvore de natal, um dos principais símbolos natalinos, é mais antiga que o próprio sentido do Natal, Jesus Cristo. Aproximadamente dois mil anos antes do nascimento de Cristo,

Leia mais

Bumba meu boi. Conhecer a diversidade cultural brasileira. Conhecer a lenda do bumba meu boi. Conhecer a origem das danças e folguedos.

Bumba meu boi. Conhecer a diversidade cultural brasileira. Conhecer a lenda do bumba meu boi. Conhecer a origem das danças e folguedos. 5 0 a O - fu dame tal Justificativa O projeto possibilita à criança conhecer e comparar os diferentes grupos sociais e suas tradições históricas. Consiste em apresentar atividades com a intenção de propiciar

Leia mais

Fundamentos. da Cor. Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Teoria da Luz e Cor - EGR5110

Fundamentos. da Cor. Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Teoria da Luz e Cor - EGR5110 Fundamentos da Cor Aluno: Claudio Dreher de Araujo Número de matrícula: 0519503-9 Curso: Design (420) Turma: 0195A Disciplina: Teoria da Luz e Cor - EGR5110 Professora: Berenice Gonçalves Data de entrega:

Leia mais

Lista de Material Educação Infantil I Fase 2

Lista de Material Educação Infantil I Fase 2 Lista de Material Educação Infantil I Fase 2 O Colégio Objetivo fornece aos seus alunos todos os Cadernos de Atividades necessários ao trabalho desenvolvido nas diversas áreas. Esses cadernos são elaborados

Leia mais

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOHLER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA PROJETO: Arte Popular Professora Orientadora: Graciele Moreira Turma: 7ª

Leia mais

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR PRÓXIMAS ENTREGAS ENTREGA FASCÍCULO DVD CAIXA DE ÓLEO PVP 2 2 2 um tubo e um pincel 4,95 3 3 3 caixa arquivadora 9,95 4 4 paleta 4,95 5 5 4

Leia mais

Escola Pequenópolis Av. Euclides da Cunha, 73 Graça

Escola Pequenópolis Av. Euclides da Cunha, 73 Graça LISTA DE MATERIAL DE ARTES EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPOS 2 E 3 2016 JUSTIFICATIVA As Listas de Materiais de Arte se compõem dos materiais que serão utilizados pelos alunos no decorrer do ano letivo. Atividades

Leia mais

PROVA MULTIDISCIPLINAR I

PROVA MULTIDISCIPLINAR I COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO PROVA MULTIDISCIPLINAR I Matemática, CFB, Filosofia, Arte 1º bimestre de 2014 2ª Chamada 6º ano Ensino Fundamental Aluno: Série: 6º ANO Turma: Data:

Leia mais

A Temperatura de cor - Texto extraído de:

A Temperatura de cor - Texto extraído de: 77 A Temperatura de cor - Texto extraído de: BALAN, W.C. A iluminação em programas de TV: arte e técnica em harmonia. Bauru, 1997. 137f. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Poéticas Visuais) Faculdade

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

Aprendendo com o barro: inovação e saber de artesãs camponesas do Jequitinhonha 1

Aprendendo com o barro: inovação e saber de artesãs camponesas do Jequitinhonha 1 Fotos: Flávia Maria Galizoni Aprendendo com o barro: inovação e saber de artesãs camponesas do Jequitinhonha 1 Flavia Maria Galizoni, Eduardo Magalhães Ribeiro, Alice Assis Carvalho, Géssica Almeida de

Leia mais

- CURSO DE MAQUIAGEM -

- CURSO DE MAQUIAGEM - - CURSO DE MAQUIAGEM - Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos autorais. (Lei nº 9.610). O PROFISSIONAL

Leia mais

C O L É G I O I N T E G R A D O D I A D E M A Rua Washington Luiz, 566/574 Pq. 7 de Setembro Diadema SP CEP 09910-190 Fone: 4057 3003 e Fax: 4054 2929

C O L É G I O I N T E G R A D O D I A D E M A Rua Washington Luiz, 566/574 Pq. 7 de Setembro Diadema SP CEP 09910-190 Fone: 4057 3003 e Fax: 4054 2929 6º ANO 2015 01 agenda escolar a ser comprada na escola. Elaborada especialmente para o Integrado, seu uso é obrigatório. 01 caderno de capa dura espiral universitário de 10 matérias para as disciplinas

Leia mais

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira

Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira Sala: 3 anos (1) Educadora: Isabel Ferreira SETEMBRO A Escola as Cores (cont.) Estabelecer relações com os outros e conhecer as regras e os comportamentos sociais na sala; Utilizar de forma adequada os

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezado(a) aluno(a): Novo ano, novas expectativas, novos desejos, novos anseios e um novo caminho

Leia mais

PADRÃO PLÁSTICO TOM.

PADRÃO PLÁSTICO TOM. PADRÃO PLÁSTICO TOM. Os princípios de dinâmica de um padrão tonal são muito parecidos com o que vimos em relação aos da linha. Ao colocarmos algumas pinceladas de preto sobre um campo, eles articulam uma

Leia mais

APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO.

APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO. APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO. TURMA 701 3º Bimestre Aula 13 Frottage ou Frottagem. A palavra Frottage vem do francês frotter, que significa esfregar. A técnica é bem simples, consiste em colocar

Leia mais

Mini - Maternal (Sede Iesi)

Mini - Maternal (Sede Iesi) Mini - Maternal (Sede Iesi) 1 rolinho de pintura (de espuma) - tam. 40 mm (1 ¹/² ) 1 pasta polionda (2 cm) - azul 1 brinquedo pedagógico de acordo com a faixa etária (ex.: jogo dos animais, das cores,

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Objectivos gerais: - Proporcionar o diálogo e o respeito pelas pessoas mais velhas. - Desenvolver o espírito

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015

LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015 LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015 02 lápis de escrever- não enviar lapiseiras, 02 borrachas 02 tubos de cola 01 estojo com divisórias 01 pote de tinta guache 250 ml (cor ) 20 folhas A3 01

Leia mais

CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL DO COMPONENTE INDÍGENA. Anexo 5 27 Projeto revitalização cultura Arara

CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL DO COMPONENTE INDÍGENA. Anexo 5 27 Projeto revitalização cultura Arara CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL DO COMPONENTE INDÍGENA Anexo 5 27 Projeto revitalização cultura Arara Projeto Resgate do Artesanato Arara do Laranjal Consultor responsável: Francisco Fortes

Leia mais

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE ARTE RUPESTRE Arte rupestre é o nome da mais antiga representação artística da história do homem. Os mais antigos indícios dessa arte são

Leia mais

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome:

4º ano. Atividade de Estudo - Ciências. Nome: Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: 1- Imagine que o quadriculado abaixo seja uma representação da composição do ar. No total, são 100 quadradinhos. PINTE, de acordo com a legenda, a quantidade

Leia mais

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg.

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg. CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013 Unidade 1 Vamos à escola PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013 Unidade 2 Uma árvore de Natal muito familiar Mês: Outubro/Novembro/Dezembro Objetivos

Leia mais

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR

LISTA DE MATERIAL ESCOLAR Maternal I 02 fotos 3x4 01 caneca plástica 01 par de boias de braço para atividades aquáticas 01 estojo higiênico (01 escova de dente, 01 toalha de mão e 01 creme dental) 02 caixas de lenço descartável

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome:

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: -06a-24s-a-06 Arte (Pintor Giuseppe Arcimboldo / desenhos) SABORES SAUDÁVEIS Observe esta legenda e pinte-a nas cores indicadas. marrom raízes vermelho flores

Leia mais

COR. Prof. Wanderlei Paré

COR. Prof. Wanderlei Paré DEFINIÇÃO Cada fonte, ou centro luminoso, emana ondas ou vibrações que, impressionando a vista, dão precisamente a sensação de luz. A luz se compõe de uma mistura de radiações de diferentes longitudes

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: Fundamental II 8ª série) DISCIPLINA: Artes PROFESSOR (A): Equipe de Artes TURMA: TURNO: Roteiro e Lista de estudo para recuperação

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática. Nome: O QUE É FOLCLORE?

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática. Nome: O QUE É FOLCLORE? 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática Nome: O QUE É FOLCLORE? A palavra folclore foi criada por um inglês e usada, pela primeira vez, em 22 de agosto de 1846. Daí o mês de agosto ser

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE EDUCAÇAO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA COMISSÃ0 PERMANENTE DE LICITAÇÃO COPEL PORTARIA N.

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE EDUCAÇAO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA COMISSÃ0 PERMANENTE DE LICITAÇÃO COPEL PORTARIA N. COMISSÃ0 PERMANENTE DE LICITAÇÃO COPEL PORTARIA N.º 50/11 de 05 de Julho de 11 ANEXO I MODELO DE PROPOSTA DE PREÇOS Modalidade de Licitação CARTA CONVITE Número 054/11 DESCRIÇÃO DA PROPOSTA DE PREÇOS ITEM

Leia mais

Casamento da Virgem, Matias de Arteaga- Barroco espanhol.

Casamento da Virgem, Matias de Arteaga- Barroco espanhol. Apresentação: A pintura escolhida para a leitura analítica intitula-se Casamento da Virgem, de Matias de Arteaga (1633-1703), pintor pertencente ao barroco espanhol. Entre suas obras estão Uma aparição

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design

2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design 2.Espaço de Formação Cultural 2.1 Conservatório 2.1.1 Artes Cênicas 2.1.1.1 Teatro 2.1.1.2 Ópera 2.1.1.3 Dança 2.1.1.4 Circo 2.1.2 Artes Plásticas/ Artes Visuais / Design 2.1.2.1 Pintura 2.1.2.2 Desenho

Leia mais

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu).

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu). 43 RELAÇÃO DE EMENTAS CURSO: ARTES VISUAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA: Artes Visuais I CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 2015 - SEXTOS-ANOS

LISTA DE MATERIAL 2015 - SEXTOS-ANOS LISTA DE MATERIAL 2015 - SEXTOS-ANOS PORTUGUÊS 01 minidicionário de Português atualizado com novo acordo ortográfico MATEMÁTICA 01 pasta de plástico com elástico (Geometria) 20mm 01 compasso sem tira-linha

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL (2 ANOS)

EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL (2 ANOS) EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL (2 ANOS) LIVROS DIDÁTICOS Livro Interdisciplinar Material Rede RCE educação e valores (Volumes 1 e 2) 2 Volumes por ano e Agenda personalizada. PROJETO CIRANDA LITERÁRIA O projeto

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2011 Educação Infantil III Área de conhecimento: Linguagem Série: Infantil III Educação Infantil Competências Habilidades a serem desenvolvidas Eixo/Conteúdos

Leia mais

Projetos Pedagógicos. Agosto 2012

Projetos Pedagógicos. Agosto 2012 Projetos Pedagógicos Agosto 2012 O SUCO SABOROSO Os alunos do grupo IIA, prepararam um suco nutritivo e saboroso com a nutricionista Rosani. O objetivo desta atividade foi levar o grupo a compreender a

Leia mais

Esta actividade demonstra que a luz branca que vemos habitualmente é na realidade uma mistura de luzes de várias cores.

Esta actividade demonstra que a luz branca que vemos habitualmente é na realidade uma mistura de luzes de várias cores. Disco de Newton As ondas de luz colorida misturam-se para produzir a luz branca. Cartolina Tesoura Régua Marcadores Motor de um brinquedo ou palito de espetadas Suporte universal Recorta um círculo de

Leia mais

PLANO DE EXECUÇÃO BERÇÁRIO II, MATERNAL I (1ª FASE E 2ª FASE) E MATERNAL II

PLANO DE EXECUÇÃO BERÇÁRIO II, MATERNAL I (1ª FASE E 2ª FASE) E MATERNAL II PLANO DE EXECUÇÃO BERÇÁRIO II, MATERNAL I (1ª FASE E 2ª FASE) E MATERNAL II A creche abrange crianças de 3 meses a 3 anos e 6 meses. O desenho para esta faixa etária tem papel fundamental na formação do

Leia mais

www.cefetcampos.br/softmat

www.cefetcampos.br/softmat COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CPPG TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA www.cefetcampos.br/softmat 2 1- Introdução A linguagem LOGO foi desenvolvida

Leia mais

UNIFORME ESCOLAR Educação Infantil Educação Infantil MATERNAL I e II Avental plástico - para pintura Borracha branca macia Bloco Colorido A4 Caixa de caneta hidrocor grossa 06 cores Caixa de cola colorida

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL II (4 ANOS)

EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL II (4 ANOS) EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL II (4 ANOS) LIVROS DIDÁTICOS Livro Interdisciplinar Material Rede RCE educação e valores (Volumes 1 e 2) 2 Volumes por ano e Agenda personalizada. Livro de Inglês Playtime A

Leia mais

Fenômeno Físico Como a cor acontece

Fenômeno Físico Como a cor acontece Fenômeno Físico Como a cor acontece Teoria das Cores Definição Expressa uma sensação visual que nos oferece a natureza através dos raios de luz irradiados em nosso planeta. A cor não existe, materialmente

Leia mais

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda;

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda; ARTE PRÉ-HISTÓRICA PALEOLÍTICO INFERIOR aproximadamente 5.000.000 a 25.000 a.c.; controle do fogo; e instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados. PALEOLÍTICO SUPERIOR instrumentos

Leia mais

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Rede Verzeri Ijuí(RS) MATERIAL ESCOLAR PARA OS ANOS INICIAIS 2013 1º ANO 2 caixas de massa de modelar 12 cores 1 rolo de fita crepe 3m 1 lixa preta 1 rolo de durex colorido

Leia mais

Lista de Material - 2012. Educação Infantil Infantil I

Lista de Material - 2012. Educação Infantil Infantil I Lista de Material - 2012 Educação Infantil Infantil I 05 cartolinas guachadas (cores diferentes) 01 cartolina laminada dourada 05 cartolinas brancas 02 cartolinas pretas 02 rolos de papel crepom na cor

Leia mais

E-book. Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas

E-book. Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas E-book Passo-a-Passos Técnicas Exclusivas 1 Pintura em Madeira FLORAL DECORATIVO Materiais Necessários Pincel Condor ref. 601 nº 16 Pincel Condor ref. 606 nº 10 e 16 Pinta-Bolinhas Condor ref. 555 Bandeja

Leia mais

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos:

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos: Princípios de Composição do Vestuário Para trabalhar com roupas mais elaboradas é importante conhecer os princípios de composição do vestuário. Neste nicho de mercado, este tipo de peça é desenvolvido

Leia mais

Nome: Professora: Cristina Alves

Nome: Professora: Cristina Alves Escola Básica e Secundária de Vila Cova Ano letivo: 2012/2013 Outubro 2012 Ficha de Avaliação Formativa Matemática 8º Ano Isometrias Com trabalho e perseverança, tudo se alcança Nome: Nº: Turma: Professora:

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 2012

LISTA DE MATERIAL 2012 MATERNAL (1 E 2 ANOS) - 2 CAIXAS DE MASSA PARA MODELAR 12 CORES (SUGESTÃO FABER CASTELL) - 1 JOGO DE CANETA HIDROCOR PONTA GROSSA COM 12 CORES - 1 COLA BASTÃO DE 40 GRS (SUGESTÃO PRITT) - 1 COLA GLITER

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL I E II

EDUCAÇÃO INFANTIL I E II EDUCAÇÃO INFANTIL I E II 1 Algodão 1 Apontador 6 Borracha 1 Brinquedo pedagógico (peça grande) 1 Caixa de cola colorida 2 Tinta pinta kara (rollon) 2 Caixa de giz de cera (grosso) 1 Caixa de massinha para

Leia mais

Unidade 4 Formas geométricas planas

Unidade 4 Formas geométricas planas Sugestões de atividades Unidade 4 Formas geométricas planas 6 MTMÁTI 1 Matemática 1. O relógio, representado abaixo, indica exatamente 8 horas. TracieGrant/Shutterstock c) um ângulo de 120 ; d) um ângulo

Leia mais