Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma."

Transcrição

1 Projeto Nome Próprio Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Justificativa Este trabalho valoriza o nome próprio, como forma de individualização e identificação do sujeito. Poderá ser utilizado na educação infantil com crianças de 2 e 3 anos. Para a criança, a percepção da construção de seu próprio nome é uma descoberta que gera prazer em conhecer, saber que o nome é representado por determinadas letras, é algo mágico. Importante lembrar que somente a professora poderá definir quando avançar de etapas propostas neste trabalho. As atividades de registros estão diretamente relacionadas ao projeto podendo perder seu significado fora desse contexto. Essa sequência oportuniza momentos de trabalho com o nome próprio de forma lúdica e prazerosa.

2 Objetivo Geral Trabalhar o nome próprio de forma a valorizar a história de cada criança, tornando esse primeiro contato formal com as letras, um momento de prazer carregado de significados. Objetivos Específicos Identificar o próprio nome. Reconhecer as letras do nome. Quantificar as letras do nome. Disciplinas envolvidas O projeto aborda a proposta de compreender a importância da identificação do nome próprio, além da percepção das letras que o forma. Logo o trabalho sugerido dialoga com o conteúdo de português / linguagem oral e escrita. Conteúdos trabalhados Nome Próprio Cronograma Duração: 4 semanas A proposta apresentada neste projeto terá duração de 4 semanas. Porém, é importante lembrar que esta atividade com o nome da criança deve ser uma atividade permanente, pois a prática enriquece o trabalho que é feito através da rotina: Quem veio? Quem não veio? A utilização dos crachás. Nessa proposta estamos considerando que o trabalho com nomes seja feito em várias situações do cotidiano da sala. Diariamente, na roda inicial, a professora dedicará um momento para o trabalho proposto na Sequência Didática Nome Próprio. Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Entrada Entrada Entrada Entrada Entrada Nome Próprio Nome Próprio Nome Próprio Nome Próprio Nome Próprio Saída Saída Saída Saída Saída

3 Estratégias/Procedimentos Preparação para o trabalho Fotografar todos os estudantes da turma e montar um painel com os nomes digitados em caixa alta, com fonte grande e colocar ao lado dos nomes, as fotos das crianças. OBS: Antes de tirar as fotos das crianças, informe os responsáveis e encaminhe uma autorização, para eles assinarem. Identificar as cadeiras dos alunos com fotos e nomes. Fazer fichas com os nomes das crianças, pelo menos 2 fichas para cada criança colocar em suporte firme e plastificar. Providenciar a impressão dos anexos em papel A3 Revelar fotos dos alunos, pelo menos duas fotos para cada criança colocar em suporte firme e plastificar. Providenciar letras móveis de tamanho grande. Digitar os nomes do tamanho A4, plastificar ou colocar dentro de um plástico transparente. 1º Semana Organizar a sala montando o painel de nomes e fotos, identificar as cadeiras, também, com nomes e fotos. Colocar o painel de nomes em local de fácil visualização. Na roda inicial, a professora colocará as fotos das crianças no centro da roda e brincará com o grupo de jogo da memória. Fazer essa brincadeira por 2 dias. No dia seguinte ela esconderá as fotos e desafiará o grupo a descobrir onde está escondida sua imagem. Em outra roda ela deixará as fotos dentro de uma caixa e brincará de Descubra quem é. Tenho na minha mão a foto de uma menina que está com um laço cor de rosa no cabelo. A turma terá que descobrir quem é a criança da imagem que está na mão da professora. Em outro momento ela cantará uma cantiga, A Canoa virou, por exemplo, e cada criança pega a imagem do colega que está ao lado. Como registro o grupo desenha quem estava na canoa e não soube remar. (Anexo 1)

4 2º Semana Colocar o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=do2carytcuy. Nele os animais cantam a música Se eu fosse um peixinho. Deixar as crianças brincarem ao som da música. Na roda cantar a música do vídeo e combinar que quando chegar a parte que diz eu tirava a (o) do fundo do mar, cada criança irá pegar a foto de um colega e entregar a ele. Como registro eles fazem o desenho de quem eles tiraram do fundo do mar. (Anexo 2) No dia seguinte, brincar de jogo da memória, só que dessa vez eles terão que encontrar a sua imagem e o próprio nome escrito na ficha. Nesta atividade deixar os nomes de cabeça para cima. Fazer essa atividade por 3 dias consecutivos. Se o desafio ficar pequeno para as crianças de 3 anos deixar os nomes também de cabeça para baixo. Como registro a professora pode montar atividades usando as fotos das crianças e seus nomes. Fazer de novo a atividade cantando a música Se eu fosse um peixinho, só que dessa vez será usado somente a ficha com o nome. A professora deve observar como está o conhecimento do grupo em relação a identificação dos nomes e se preciso voltar a usar as fotos e crachás. No Pátio brincar usando a cantiga de roda Fui na fonte do Tororó. 3º Semana Colocar no centro da roda as fichas com os nomes das crianças de cabeça para baixo e pegar um nome e contar quantas letras ele possui. Fazer isso com todos os nomes. Marcar a quantidade de letras nas fichas. Entregar a cada criança as letras de seu nome e deixá-las tentar montar o nome. Colar essas letras no (Anexo 3). Nessa atividade é preciso que a criança tenha a ficha de seu nome em frente a ela para facilitar a visualização e servir de modelo. Mostrar o PowerPoint (anexo 4) com a música Gente tem sobrenome. Veja o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=ot5fhvxzkts. Essa música fala que todas as coisas têm nome, mas não possuem sobrenome. Brincar de qual é nome. A professora pega um objeto esconde e fala as características e as crianças têm que descobrir qual é o objeto. Colocar na roda, ficha com o nome completo das crianças, ler e perguntar: quem é essa pessoa? E expressar: Nossa seu nome é isso tudo? Mas você não chama Ana? Ir desafiando e instigando: Então você se chama Ana e também Ana Paula Gomes e também Aninha? Conversar com o grupo: Vocês sabem o que é sobrenome? E apelido? Ouvir as crianças e contar que eles levarão para casa uma atividade para os pais contarem a história do nome de cada um da turma e também como surgiu o apelido, se a criança o tiver. (Anexo 5)

5 Em outra oportunidade brincar de achar o dono do sobrenome que a professora falar: a professora fala um sobrenome: Gomes. Então as crianças terão que descobrir de quem é o sobrenome. 4º Semana Socializar a atividade sobre os nomes que os pais foram convidados a participar. Na atividade irá aparecer o nome dos pais. Declamar a seguinte quadrinha usando o nome dos pais: Minha mãe se chama Rosa, Meu pai se chama jardim. Eu nasci na primavera Quantas flores para mim. Brincar de esconder as fichas com os nomes pela sala e pedir que cada criança ache seu nome. Brincar de lugar seguro: A professora espalha pela sala ou pátio os nomes que foram digitados em papel A4 e colocados dentro do plástico. Depois diz: Tem um vento que vai soprar forte e se vocês não forem para um lugar seguro vocês irão voar. O lugar seguro muda a todo momento. O lugar seguro é no nome do João Pedro. Todos correm para o nome do João. Fazer isso com todos os nomes. Em outro momento a professora pega as fichas que ela marcou a quantidade de letras e fala para a criança pegar a quantidade de palitos que corresponde a quantidade de letras que há em seu nome. Colar esses palitos em um suporte (anexo 6). No link abaixo há sugestão de uma atividade bem interessante, que poderá ser feita com as crianças de 3 anos: https://www.youtube.com/watch?v=k_vmmdzx3ig Material necessário Computador com internet, data show, câmera fotográfica, fichas para registro, lápis, lápis de cor, material impresso, pincel atômico, entre outros.

6 Referências Bibliográficas Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=do2carytcuy. - Se eu fosse um peixinho acesso em 01/04/2015. Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=ot5fhvxzkts. Gente tem sobrenome acesso em 01/04/2015. Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=k_vmmdzx3ig. Nome e sobrenome acesso em 01/04/2015.

FACULDADE EÇA DE QUEIROS. Edna Cristina do Nascimento. Marineide Gonçalves. Tâmara de Oliveira PROJETO PEDAGÓGICO JANDIRA

FACULDADE EÇA DE QUEIROS. Edna Cristina do Nascimento. Marineide Gonçalves. Tâmara de Oliveira PROJETO PEDAGÓGICO JANDIRA FACULDADE EÇA DE QUEIROS Edna Cristina do Nascimento Marineide Gonçalves Tâmara de Oliveira PROJETO PEDAGÓGICO JANDIRA MARÇO 2012 FACULDADE EÇA DE QUEIROS PROJETO PEDAGÓGICO SOBRE O LIVRO: MENINA BONITA

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE Projeto Identidade Quem sou eu??? NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NTE VARGINHA PROJETO IDENTIDADE ELABORAÇÃO: Míria Azevedo de Lima Bartelega --------------------------------Agosto / 2010 I A Questão

Leia mais

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades.

Maternal B. A adaptação foi um período bastante especial para a turma do Maternal, com muitas novidades. Relatório de Grupo Maternal B 2013 Neste relatório, desejamos compartilhar com vocês o início da história do nosso grupo, contando como foram os primeiros dias e as primeiras descobertas. A adaptação foi

Leia mais

PLANEJAMENTO IDENTIDADE

PLANEJAMENTO IDENTIDADE Professora: Clévis Appio PLANEJAMENTO IDENTIDADE Planejamento: Atividades envolvendo o nome Competências Leitura, escrita, oralidade e análise linguística. Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando

Leia mais

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Acadêmica: Ewelyn Sampaio Cardoso Ao chegar à Escola EMEI cebolinha ás 08h00min, a professora do pré I já estava na escola com uma aluna

Leia mais

FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS

FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS GISELE CRISTINA DE SANTANA FERREIRA PEREIRA JÉSSICA PALOMA RATIS CORREIA NOBRE PEDAGOGIA: PROJETO MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA JANDIRA - 2012 FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS GISELE CRISTINA

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO (Materiais Complementares) SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA A CONSTRUÇÃO DA BASE ALFABÉTICA 1. Jogo do correio: as crianças escrevem mensagens e as colocam num envelope com o nome

Leia mais

A importância da leitura na fase infantil.

A importância da leitura na fase infantil. EDIÇÃO II VOLUME 3 01/04/2011 A importância da leitura na fase infantil. O desenvolvimento de interesses e hábitos permanentes de leitura é um processo constante, que principia no lar, aperfeiçoa-se sistematicamente

Leia mais

dicas para usar o celular nas aulas

dicas para usar o celular nas aulas E-book 11 dicas para usar o celular nas aulas Sugestões de atividades com os aplicativos mais básicos e simples de um aparelho Por Talita Moretto É permitido compartilhar e adaptar este material, desde

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 I A ADAPTAÇÃO Estamos chegando ao final do período de adaptação do grupo IA e a cada dia conhecemos mais sobre cada bebê. Começamos a perceber o temperamento, as particularidades

Leia mais

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Projeto: Filhotes Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Justificativa: A escolha da temática FILHOTES para o infantil I se deve ao fato de que os animais em geral provocam

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show.

Objetivos Específicos. Estratégias em Língua Portuguesa. Leitura de histórias em quadrinhos. Desenhos próprios. Gibisão data show. PLANEJAMENTO Folclore Professor (a): Vanessa da Rosa Competências Leitura; Oralidade; Produção textual, Ortografia, Ritmo e Memória. Avançar em seus conhecimentos sobre a escrita, ao escrever segundo suas

Leia mais

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá.

Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. Grupo 5 Volume 3 Unidade 5: Um pouco daqui, um pouco dali, um pouco de lá. A Unidade é muito rica em informações sobre os três países explorados e possibilita o desenvolvimento de pesquisas e ampliação

Leia mais

Mão na roda. Projetos temáticos

Mão na roda. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Mão na roda Justificativa A origem da invenção da

Leia mais

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais.

Nada melhor do que colocar em prática os conhecimentos obtidos em nossas aulas, confeccionando um incrível álbum de vegetais. Nome: Nº: 2º ano Trabalho Interdisciplinar de Ciências e Informática 3º Bimestre Data: Durante este bimestre aprendemos que as plantas, também chamadas de vegetais, são seres vivos, já que nascem, crescem

Leia mais

Brincando com o Lápis

Brincando com o Lápis Brincando com o Lápis 1. Objetivo Geral o Trabalhar com as habilidades ligadas à coordenação viso motora fina através de materiais que possibilitem acréscimo de vocabulário e desenvolvimento de linguagem

Leia mais

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Deus é bom e sua bondade dura para sempre. (Salmos 106:1)

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Deus é bom e sua bondade dura para sempre. (Salmos 106:1) Roteiro semanal 3º ano Matutino De 23 a 27 de fevereiro Colégio Guilherme Ramos. Goiânia, 23 de fevereiro de 2015. Professora: Nome: Turma: 3 ano Ensino Fundamental Segunda-feira 23/02/2015 Português no

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA)

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) REDE PRÓ-MENINO ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil CURSISTA: JACKELYNE RIBEIRO CINTRA MORAIS CPF: 014275241-06 ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) Características

Leia mais

Curso Intermediário de LIBRAS

Curso Intermediário de LIBRAS Curso Intermediário de LIBRAS 1 Curso Intermediário de LIBRAS 2 Unidade 2 Fazer as compras Sábado foi dia de ir ao Tok Stok. Nós, casal, fomos passear e dar uma voltada para olhar os moveis e objetos.

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL ESCOLA DOMINICAL FEITA PRA MIM E PRA VOCÊ

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL ESCOLA DOMINICAL FEITA PRA MIM E PRA VOCÊ GINCANA ESCOLA DOMINICAL Para comemorar o Dia da Escola Dominical, o Departamento Nacional de Escola Dominical, desenvolveu esta gincana para envolver toda a igreja local. Tema da Gincana: Escola Dominical

Leia mais

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. Representar as idéias do texto através de desenho, modelagem e dramatização;

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. Representar as idéias do texto através de desenho, modelagem e dramatização; PLANO DE TRABALHO DE LÍNGUA PORTUGUESA ELABORAÇÃO: JOSIANE DE LIMA ANO: 1º GÊNERO: PARLENDA PERÍDO APROXIMADAMENTE: CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Ideia de representação; (desenho, modelagem

Leia mais

A Escolinha do Mar. Atividades

A Escolinha do Mar. Atividades A Escolinha do Mar Atividades Turma: 1º ano da Educação Infantil Professoras: Eloane Tavares / Ercyany dos Santos CUIDANDO DO PLANETA O trabalho foi iniciado por meio de um teatro apresentado pelas próprias

Leia mais

Compreender a importância do nome. Identificar as letras do nome. Escrever o nome. Ler e identificar os nomes dos colegas.

Compreender a importância do nome. Identificar as letras do nome. Escrever o nome. Ler e identificar os nomes dos colegas. PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Marilde Manara Tres Competências: Leitura Oralidade Escrita Produção textual Objetivos: Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção

Leia mais

CONTANDO HISTÓRIA: CONVIVENDO COM AS CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA

CONTANDO HISTÓRIA: CONVIVENDO COM AS CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA CONTANDO HISTÓRIA: CONVIVENDO COM AS CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA RELATÓRIO ANUAL 2010 SORRI-BRASIL Rua Benito Juarez, 70 - Vila Mariana 04018-060 - São Paulo - SP (0xx11) 5082-3502 sorribrasil@sorri.org.br

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO TRABALHADO A Prima do Coelho. 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO Os brinquedos ouvem batidos na porta: é

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

O trabalho com as cantigas e parlendas

O trabalho com as cantigas e parlendas O trabalho com as cantigas e parlendas nós na sala de aula - módulo: língua portuguesa 1º ao 3º ano - unidade 4 Cantigas e parlendas ajudam a introduzir a criança no mundo da leitura. Isso porque são textos

Leia mais

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Atividade: Leitura e interpretação de texto Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Orientações: 1- Leia o texto atentamente. Busque o significado das palavras desconhecidas no dicionário. Escreva

Leia mais

internetsegura.fde.sp.gov.br

internetsegura.fde.sp.gov.br PROJETO: HISTORIA: PÁGINA: ANO:! internetsegura.fde.sp.gov.br Internet Segura. Bom para você! Olá! A campanha Internet Segura. Bom para você! apresenta duas histórias em quadrinhos em que seus personagens

Leia mais

Encontros de vida que se faz vivendo.

Encontros de vida que se faz vivendo. Encontros de vida que se faz vivendo. Thatiane Veiga Siqueira 1 A menina do coração de chocolate. Juliana tem nove anos, é uma menina de olhos esbugalhados, com sorriso fácil, ao primeiro olhar já se vê

Leia mais

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86.

Lição 3. O Chicote. Coleção ABCD - Lição 3. Uma Atividade Para Cada Dia: 365 Dias do Ano. São Paulo: Vergara Brasil, 2004. p. 86. Coleção ABCD - Lição 3 Lição 3 O Chicote Para que idade? A partir dos 8 anos. Quantos podem brincar? Desde 5 jogadores. De que precisamos? De nada. Como é que se joga? Tira-se a sorte para ver quem será

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II FotoHelio Melo FotoHelio Melo EM JI ANÍBAL MACHADO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Educação Subsecretaria de Ensino Coordenadoria de Educação Gerência de Educação Infantil

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Marília Darc Cardoso Cabral e Silva 1 Tatiane Pereira da Silva 2 RESUMO Sendo a arte uma forma do ser humano expressar seus sentimentos,

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO CONCURSO: 2013 QUALIDADE EM GESTÃO E QUALIDADE NA PRÁTICA DA DOCÊNCIA GREICIANE KRUMM QUALIDADE NA PRÁTICA DOCÊNCIA PRESIDENTE GETÚLIO 2013 GREICIANE KRUMM Experiência apresentada para Associação dos Municípios

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

Pão, pão, pão. Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman. escrito por. ilustrado por

Pão, pão, pão. Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman. escrito por. ilustrado por elaboração: Tatiana Pita Mestre em Educação pela PUC (SP) Pão, pão, pão escrito por ilustrado por Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman 2 O encanto e as descobertas que o livro nos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES SUBSTITUTOS EDITAL EDUCAÇÃO INFANTIL 01) Tomando como base a bibliografia atual da área, assinale a alternativa que destaca CORRE- TAMENTE os principais eixos de trabalho articuladores do cotidiano pedagógico nas Instituições

Leia mais

Relatório Pré-Final de F709

Relatório Pré-Final de F709 Relatório Pré-Final de F709 Nome: Youssef Eduardo Khalifa RA:083108 Youssefkagebunshin x gmail.com Coordenador da Disciplina: Professor Dr. José Joaquin Lunazzi Extra-aula No primeiro extra-aula conversamos

Leia mais

PLANEJAMENTO (Cantiga de Roda /Trava-língua /Adivinhas)

PLANEJAMENTO (Cantiga de Roda /Trava-língua /Adivinhas) PLANEJAMENTO (Cantiga de Roda /Trava-língua /Adivinhas) Professora: Juceli Pola Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Leitura; oralidade; memória; raciocínio; ritmo; dramatização. * Proporcionar

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?)

Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ler em família: viagens partilhadas (com a escola?) Ação nº41/2012 Formadora: Madalena Moniz Faria Lobo San-Bento Formanda: Rosemary Amaral Cabral de Frias Introdução Para se contar histórias a crianças,

Leia mais

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES

PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES PROJETO DIDÁTICO BOM DIA TODAS AS CORES OBJETIVOS DO TRABALHO A SER DESENVOLVIDO Vivenciar estratégias de leitura que ajudem as crianças a: Antecipar a leitura apoiando se no título e nas ilustrações;

Leia mais

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.- Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças,

Leia mais

Projeto Brincadeiras tradicionais

Projeto Brincadeiras tradicionais Projeto Brincadeiras tradicionais E. E. Dr Luis Arrôbas Martins Sala 4-1ª Sessão Professor(es) Apresentador(es): Cristiane Moreno Nascimento Tatiane Cecília da Silva Nardi Realização: Foco Possibilitar

Leia mais

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO.

SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ. 2 DICAS PEDAGÓGICAS:. 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO. 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD. 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO. SUMÁRIO TUTORIAL DO HQ... 2 DICAS PEDAGÓGICAS:... 2 DOWNLOAD DA INSTALAÇÃO... 2 PASSO 1 FORMULÁRIO PARA DOWNLOAD... 2 PASSO 2 ESCOLHENDO A VERSÃO... 3 PASSO 3 INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO... 4 CRIANDO NOVAS

Leia mais

Francisca Roseane F.R. de Sousa Escola M. Arnaldo de Barros Moreira

Francisca Roseane F.R. de Sousa Escola M. Arnaldo de Barros Moreira Francisca Roseane F.R. de Sousa Escola M. Arnaldo de Barros Moreira DIVERSIDADE RELIGIOSA Produtos em mídia digital explorados no estudo Câmeras fotográficas Computadores Vídeos Slides Notebook Editor

Leia mais

3 BLOCOS TEMÁTICOS PROPOSTOS. Ensino Religioso História Geografia. cotidiano

3 BLOCOS TEMÁTICOS PROPOSTOS. Ensino Religioso História Geografia. cotidiano 1 TÍTULO DO PROJETO O REGISTRO DE NASCIMENTO 2 CICLO OU SÉRIE 1º CICLO OU SÉRIE 1º CICLO 7 anos 3 BLOCOS TEMÁTICOS PROPOSTOS Ensino Religioso História Geografia Alteridade (O Eu/ EU sou História local

Leia mais

PLANEJAMENTO (Identidade)

PLANEJAMENTO (Identidade) Professor (a): Joseane Tolotti PLANEJAMENTO (Identidade) Competências: Objetivos: Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística):

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu?

Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Olá meninos, vocês parecem contrariados. O que aconteceu? Puxa, o lixo é mesmo um problema muito sério. Vocês sabiam que muitos animais silvestres estão morrendo porque confundem lixo com comida? Sério?

Leia mais

MATEMÁTICA: DESENVOLVENDO ATIVIDADES ENIGMÁTICAS COM MATEMÁGICA E LÓGICA PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATEMÁTICA: DESENVOLVENDO ATIVIDADES ENIGMÁTICAS COM MATEMÁGICA E LÓGICA PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL MATEMÁTICA: DESENVOLVENDO ATIVIDADES ENIGMÁTICAS COM MATEMÁGICA E LÓGICA PARA OS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Francisca Terezinha Oliveira Alves (UFPB) ftoalves@yahoo.com.br Luciano Moreira da Silva

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS

Crianças e Meios Digitais Móveis TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Crianças e Meios Digitais Móveis Lisboa, 29 de novembro de 2014 TIC KIDS ONLINE NO TEMPO DOS MEIOS MÓVEIS: OLHARES DO BRASIL PARA CRIANÇAS DE 11-12 ANOS Educação para o uso crítico da mídia 1. Contexto

Leia mais

Homens. Inteligentes. Manifesto

Homens. Inteligentes. Manifesto Homens. Inteligentes. Manifesto Ser homem antigamente era algo muito simples. Você aprendia duas coisas desde cedo: lutar para se defender e caçar para se alimentar. Quem fazia isso muito bem, se dava

Leia mais

A criança e as mídias

A criança e as mídias 34 A criança e as mídias - João, vá dormir, já está ficando tarde!!! - Pera aí, mãe, só mais um pouquinho! - Tá na hora de criança dormir! - Mas o desenho já tá acabando... só mais um pouquinho... - Tá

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: Matemática; Geometria; Aulas Investigativas. Introdução

Resumo. Palavras-chave: Matemática; Geometria; Aulas Investigativas. Introdução III Seminário sobre Educação Matemática A desigualdade triangular em diferentes mídias Paulo César da Penha pcpenha@terra.com.br GRUCOGEO/USF/ Secretaria da Educação de Itatiba-SP Resumo O relato de experiência

Leia mais

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA ANDRÉ ANTÔNIO MAGGI SACOLA MÁGICA E LATA LITERÁRIA Claudia

Leia mais

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO:

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: CONTEÚDO: Gênero: Retrato /Fotografia Técnica: Pintura óleo sobre tela Elementos formais: cor e luz Os recursos formais de representação: figuração

Leia mais

PROFESSORAS DO INFANTIL II:

PROFESSORAS DO INFANTIL II: REUNIÃO DE PAIS 09 de Fevereiro de 2012 PROFESSORAS DO INFANTIL II: INFANTIL II A - Cristiane de Moraes Fabbri Grassi INFANTIL II B - Liliana Brenelli Vidotti INFANTIL II C - Thelma Pereira Ribeiro Ferrari

Leia mais

Com fantasias, alunos do Infantil dançaram as marchinhas do Carnaval

Com fantasias, alunos do Infantil dançaram as marchinhas do Carnaval FourC leva o sambódromo para a Escola, unindo diversão e aprendizagem Máscaras, samba-enredo, alegorias, fantasias e muita alegria aliada ao estudo, o aprendizado e a diversão! Foi assim o Carnaval na

Leia mais

Blog Cantinho do Saber

Blog Cantinho do Saber Blog Cantinho do Saber BRINCADEIRAS PARA A VOLTA ÀS AULAS 1) Onça Dorminhoca Educação infantil Formar com os alunos uma grande roda. Cada criança fica dentro de um pequeno círculo desenhado sob os pés,

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS Até onde vai a força da Motivação? Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Uma proposta criativa motivadora na sala de aula pode deixar o professor bem impressionado

Leia mais

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade NIVEL PRATICANTE Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3 Tranformações e Prosperidade 1 MÓDULO 1 Sua Consulta : Legacia Financeira Esta parte do nível dos profissional é uma sessão de 3 partes que vai

Leia mais

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO Áreas: Matemática, Artes Plásticas Transversal: Meio Ambiente Faixa etária: 4 a 5 anos Turma com 30 crianças Duração: agosto a outubro/2004 Produto final:

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL I

Conteúdo Programático INFANTIL I Conteúdo Programático INFANTIL I Composição oral Identificação Cor: vermelha Forma: círculo Posições: Dentro e fora Natureza e Sociedade Carnaval Páscoa Dia do Índio Estação do Ano: Outono Experiências

Leia mais

Sugestões de Rotina Diária. Creche

Sugestões de Rotina Diária. Creche jck 'Un trk Sugestões de Rotina Diária.-- Pauta:15/02/2013 Creche Idade- De 1 a 3. > Eixo Temático- Linguagem Oral e Escrita, Formação; Objetivo- Inserir a criança no mundo letrado respeitando o conhecimento

Leia mais

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas

Projeto Quem sou eu? Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Projeto Quem sou eu? Image URI: http://mrg.bz/q6vqo3 Tema: Identidade e Autonomia Público alvo: Educação Infantil Disciplina: Natureza e Sociedade Duração: Seis semanas Justificativa: Tendo em vista a

Leia mais

Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Edição de um filme a partir de fotografias

Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Edição de um filme a partir de fotografias PROJETO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO RELATÓRIO DE ATIVIDADE Anelise de Brito Turela Ferrão Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Edição de um filme a partir de fotografias ANIVERSÁRIO GEMEOS / 7

Leia mais

EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação. Porto Alegre 2012

EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação. Porto Alegre 2012 EMEI PROTÁSIO ALVES Linguagem - Tecnologias e Mídias na Educação Porto Alegre 2012 Jacqueline Gomes de Aguiar jacqueaguiar@smed.prefpoa.com.br Profª de Educação Infantil, alfabetizadora, de Língua e Literatura,

Leia mais

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro

Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro Porquê ler ao meu bebé? Projecto O meu brinquedo é um livro O meu brinquedo é um livro é um projecto de promoção da leitura proposto pela Associação

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professor(es):

Leia mais

Tutorial de fotonovela

Tutorial de fotonovela Tutorial de fotonovela Registrar um experimento em fotonovela é um pouco diferente de fazer um relato fotográfico do trabalho. Elaboramos, aqui, algumas dicas técnicas para preparar, fotografar e montar

Leia mais

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS...

SUMÁRIO EU E MEUS COLEGAS... 8 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES... 18 A ESCOLA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS COLEGAS... SUMÁRIO 1 EU E MEUS COLEGAS... 8 FAZENDO AMIGOS... 8 BRINCAR É CONVIVER COM OS AMIGOS... 10 VAMOS CIRANDAR?... 12 O MAPA DA MINHA MÃO... 16 PARA LER... 17 2 A CASA: ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA COM MEUS FAMILIARES...

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos A Tecnologia como mediadora na aprendizagem do Folclore Brasileiro. Escola Municipal de Educação Infantil Maria Helena Cavalheiro Gusmão Professora Ana Lucia Brizolara Ferreira Nome, idade e turma de todos

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com OLÁ QUERIDA FAMÍLIA ESTAMOS EM TEMPO DE REFLEXÃO, DE MUDANÇAS DE ATITUDES, TALVEZ AGORA SEJA TEMPO DE INTENSIFICARMOS NOSSOS LAÇOS FAMILIARES E NOSSA ESPIRITUALIDADE.. TEMPO DE CUIDADOS, DE PROTEGER-SE,

Leia mais

Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães

Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães Projeto - Mães empreendedoras: Minha mãe, nossas mães A proposta a seguir refere-se a um Projeto Didático (PD) elaborado para trabalhar com as crianças do 1º e 2º períodos da Educação Infantil (4 e 5 anos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA I. Dados de Identificação: Escola:Escola Estadual Arthur Damé Professor (a): Professora supervisora do Pibid:

Leia mais

Manoel de Barros Menino do mato

Manoel de Barros Menino do mato Manoel de Barros Menino do mato [ 3 ] SUMÁRIO Menino do mato 7 Caderno de aprendiz 23 [ 5 ] Primeira parte MENINO DO MATO O homem seria metafisicamente grande se a criança fosse seu mestre. SÖREN KIERKEGAARD

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Campus Nilópolis Ana Paula Inacio Diório AS MÍDIAS

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO IV A GRUPO IV B GRUPO IV C GRUPO IV

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 UM DIA CHUVOSO NA ESCOLA Hoje amanheceu chovendo muito e o vento soprava forte. A nossa sala estava pronta e arrumada para receber as crianças, mas o mau tempo fez com que elas se

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos

Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos Brincadeiras são peças fundamentais na engrenagem da Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento

Leia mais

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE Versão adaptada de Eugénio Sena para Wir Bauen Eine Stadt de Paul Hindemith 1. MARCHA (Entrada) Uma cidade nossa amiga Não queremos a cidade antiga. Nós vamos pensar tudo de

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Educação Subsecretaria de Ensino Coordenadoria de Educação Gerência de Educação Infantil Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) General

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais