Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-"

Transcrição

1 Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças, jovens e adultos. São eles: São 6 jogos possíveis utilizando as mesmas cartas, ou seja, 6 jogos em 1. ProvocAção 1.- ProvocAção 2.- ProvocAção 3.- ProvocAção 4.- ProvocAção 5.- Memória Mímica Conta Contos Percepções 2 Tabuleiros Conteúdo: 44 cartas impressas. Cada tema (Água, Lixo, Esgoto e Áreas Verdes) possui uma cor exclusiva e 11 cartas, sendo uma delas o Curinga. 2 Tabuleiros. Formato das cartas:

2 Tabuleiros: Particularidades do Jogo ProvocAção - Apresenta em dados e figuras a realidade do município de forma dinâmica; - É uma ferramenta que possibilita a integração de temas socioambientais; - Provoca reflexões sobre causas e consequências de nossas escolhas sobre o uso dos recursos naturais; - Pode ser utilizado em todas as disciplinas; - Pode ser multiplicado em outros ambientes (com a família e amigos); - Aceita a criação de novas cartas, com novos conteúdos; - Faixa etária: a partir de três anos. Passo a Passo ProvocAção 1 : Memória O que se espera do jogo: desenvolver o raciocínio lógico e a capacidade de observação e concentração, além de estimular a memória e possibilitar o aprendizado do conteúdo do material. Preparativos: o professor deve ler a cartilha e as cartas com antecedência para apresentar o conteúdo aos alunos. Regras: Para começar o jogo, as peças são postas com as figuras voltadas para baixo, de modo que não possam ser vistas; cada participante deve, na sua vez, virar duas peças e deixar que todos as

3 vejam. Caso as figuras sejam iguais, o participante deve ficar com o par de cartas que acertou e jogar novamente. Se forem peças diferentes, estas devem ser viradas para baixo novamente e passa a vez ao participante seguinte; o jogo termina quando não houver mais cartas na mesa. Ganha quem tiver descoberto mais pares. Faixa Etária: Entre três e sete anos: recomenda-se separar as cartas por tema e aplicá-los a duplas ou grupos pequenos. A partir de sete: recomenda-se trabalhar com mais de um tema para aumentar o nível de dificuldade. Língua portuguesa: conto, roda de conversa, produção de texto e poesia; Matemática: geometria (na disposição das cartas e identificação dos desenhos) e operações básicas; Artes: teatro, desenho, dança, música e pintura com os temas apresentados nos desenhos; Ciências: ciclo da água, esgoto e lixo, a importância da vegetação nativa, problemas de contaminação no ambiente (água, solo, animais e vegetação) e saúde pública; Geografia: localização de áreas importantes discriminadas nas cartas (ex. área de transbordo de lixo, captação de água, estação de tratamento, represa...); História: Estudo do Histórico Municipal, comparações entre as estruturas e serviços prestados no passado e atualmente. ProvocAção 2 : Mímica O que se espera do jogo: desenvolver capacidade de interpretar e representar em forma de mímica ou desenhos; estimular a integração entre os participantes e a criatividade individual; diminuir a timidez; desenvolver a capacidade de dedução; possibilitar o aprendizado do conteúdo proposto. Preparativos: o professor deve ler a cartilha e as cartas com antecedência para apresentar o conteúdo aos alunos. Para este jogo, precisará usar a lousa ou providenciar folhas de rascunho aos participantes; Regras: Os jogadores devem ser divididos em equipes no mínimo duas. Não há limite de jogadores para cada equipe. O jogo é mais rápido e mais emocionante se houver menos equipes e mais jogadores por equipe do que o inverso. Se houver número ímpar de jogadores, não importa que uma equipe fique com um jogador a mais que a outra. As cartas devem ser embaralhadas e colocadas na mesa viradas para baixo. Em cada rodada, um jogador escolhe uma carta e uma palavra grifada no texto. Este jogador será o artista, ou seja, fará o desenho ou mímica para o restante da sua equipe. Se a equipe adivinhar, ganha um ponto e se não adivinhar, passa a vez para a outra equipe repetir este processo. A cada rodada, um novo jogador será o artista ; ganha a equipe que tiver mais pontos.

4 Dica: Para este jogo, o uso de todas as cartas torna a brincadeira mais interessante, porém existem palavras fáceis, médias e difíceis para essa brincadeira, cabe a cada professor escolher as cartas mais adequadas de acordo com a turma. Faixa Etária: Esse jogo pode ser aplicado para todas as idades, a partir dos três anos. Para os jogadores não alfabetizados, a professora pode repassar o conteúdo e as palavras grifadas para o jogador artista. Língua portuguesa: leitura, interpretação de texto, gramática e vocabulário (sinônimos, antônimos); Artes: expressão corporal, desenho e pintura sobre o tema; Educação Física: expressão corporal. ProvocAção 3 : Conta Contos O que se espera do jogo: desenvolver capacidade de interpretação de texto; estimular o raciocínio lógico, a memorização e inteligência relacional; promover integração entre os participantes e a criatividade individual; diminuir a timidez; desenvolver capacidade de dedução; possibilitar o aprendizado do conteúdo proposto. Preparativos: o professor deve ler a cartilha e as cartas com antecedência para apresentar o conteúdo aos alunos. Regras: Com os alunos em círculo, o professor distribui entre 5 e 10 cartas para cada participante. Depois de observar o conteúdo das cartas sem mostrá-las aos colegas, o professor define o tempo necessário para que os participantes criem uma história com o conteúdo de suas cartas; as histórias devem ser escritas ou ilustradas num papel, para ficar registradas. Em seguida, cada jogador conta sua história, e coloca suas cartas na mesa viradas para baixo na ordem da sua história contada. O jogador do lado direito de quem contou a história tem que adivinhar a ordem das cartas de acordo com a história contada por seu colega. Se acertar a ordem ele pega as cartas, se não acertar, o contador da história permanece com elas; ganham os jogadores que tiverem mais cartas. Dica: Se a brincadeira estiver animada, os ganhadores da primeira rodada podem continuar jogando entre si. Além disso, há possibilidade de fazer um concurso com os melhores contos. Faixa Etária: Esse jogo pode ser aplicado para alunos alfabetizados a partir dos 7 anos. Para o público infantil e não alfabetizado, o jogo pode ser adaptado utilizando figuras mais simples para que eles criem as histórias. Língua portuguesa: leitura e escrita, raciocínio lógico, interpretação texto, estruturação de conteúdo,

5 vocabulário e gramática; Artes: interpretação e expressão corporal, desenho e pintura; Ciências: ciclo da água, esgoto e lixo, a importância da vegetação nativa, problemas de contaminação no ambiente (água, solo, animais e vegetação) e saúde pública; Geografia: localização de áreas importantes discriminados nas cartas (ex. área de transbordo de lixo, captação de água, estação de tratamento, represa...); História: Estudo do Histórico Municipal, comparações entre as estruturas e serviços prestados no passado e atualmente. ProvocAção 4 : Percepções O que se espera do jogo: desenvolver raciocínio lógico e a capacidade de observação e concentração; estimular as percepções e refletir sobre elas; possibilitar o aprendizado do conteúdo proposto. Preparativos: O professor deve ler a cartilha e as cartas com antecedência para apresentar o conteúdo aos alunos. Para este jogo, o professor precisará criar fichas contendo adjetivos (disponíveis no CD para serem escolhidas de acordo com a faixa etária e nível escolar). Regras: Escolha um jogador para ser o primeiro juiz. Em círculo, coloquem no centro as fichas de adjetivos viradas para baixo e distribua as cartas do jogo aos participantes. O juiz vira uma ficha de adjetivo e cada jogador escolhe uma de suas cartas que melhor expressa o adjetivo da ficha apresentada pelo juiz. Em seguida, os jogadores reúnem as cartas que cada um escolheu, embaralham e entregam para o juiz. Sem saber o dono de cada carta, o juiz escolhe aquela que mais representa para ele, o adjetivo da ficha e justifica o porquê da escolha. O dono da carta escolhida ganha a ficha de adjetivo e será o juiz na próxima rodada. Ganha o jogador que tiver recebido mais fichas de adjetivo. Dica: quanto mais fichas de adjetivos e mais cartas, mais divertido fica o jogo! Faixa Etária: Esse jogo pode ser aplicado para todas as idades, a partir dos três anos Língua portuguesa: adjetivo e substantivo, expressão oral e argumentação, elaboração de conto, roda de conversa, produção de texto e poesia; Artes: teatro, desenho, dança, música e pintura sobre o tema percepções; Ciências: percepções sobre os ciclos da água, esgoto e lixo; a importância da vegetação nativa, problemas de contaminação no ambiente (água, solo, animais e vegetação) e saúde pública; Geografia: percepção sobre outros elementos da geografia, inclusive criando novas cartas para o jogo; localização de áreas importantes discriminados nas cartas (ex. área de transbordo de lixo, captação de água, estação de tratamento, represa...);

6 História: percepção sobre outros elementos estudados na História, inclusive criando novas cartas para o jogo; estudo do Histórico Municipal, comparações entre as estruturas e serviços prestados no passado e atualmente; Educação Física: atividades ao ar livre associando as percepções às características presentes no ambiente (ex. cheiro de uma flor, de uma lata de lixo e da sala de aula; textura de um tronco, de um papel e de uma folha de árvore). ProvocAção 5: Tabuleiros O que se espera do jogo: estimular o raciocínio lógico e a capacidade de reação frente a um desafio; promover integração entre os participantes; diminuir a timidez; possibilitar o aprendizado do conteúdo proposto e conseguir perceber a interação entre as abordagens água, esgoto, lixo e áreas verdes ; discernimento do efeito positivo o negativo das ações do dia a dia em relação a esses abordagens. Preparativos: O professor deve ler a cartilha e as cartas com antecedência para apresentar o conteúdo aos alunos. Regras: Cada jogador escolhe uma ficha (botões, moedas, pedrinhas, etc.) e uma carta. A ordem de participação no jogo (turnos) será segundo o valor da carta escolhida e quem tiver a carta com o número maior será o primeiro em jogar. As cartas serão utilizadas para a movimentação das fichas, indicando o número de casas a avançar ou retroceder. Depois de misturar as cartas, estas serão colocadas num maço viradas para baixo. Cada jogador durante seu turno avançará o número de casas segundo o valor da sua carta, percorrendo assim o tabuleiro em turnos. Atenção! As casas podem apresentar armadilhas que prejudicam o avanço, ou bônus que o ajudem a avançar. No caso do tabuleiro numerado, se o jogador cair na parte inicial (baixa) de um corredor biológico* (floresta) ou um rio, avança até o final (cima) dele. Se pelo contrario cair na parte final (cima) de um duto de esgoto ou fila de lixo, volta até o inicio (baixo) dele. No caso do tabuleiro da cidade, o jogador deverá fazer o que estiver dito na casa onde caiu. Em ambos casos as cartas deverão ser lidas antes de avançar no tabuleiro. De não fazer o jogador perde a rodada. Ganha o jogador que chegar primeiro no final; para atingi-lo o jogador deve tirar o número de casas exato que o leve até o final. Caso contrário o jogador entra e retrocede o número das casas que sobraram. Dica: Para ficar mais interativo a turma poderia replicar o tabuleiro em tamanho real no pátio da escola, assim os alunos poderão ser os peões. Caso as cartas retiradas do monte no início do jogo tenham números negativos o professor pode optar por coloca-las no final do baralho até que os

7 peões possam se deslocar de forma que o jogo fique dinâmico ou podem ignorar o sinal negativo nessa primeira rodada. Faixa Etária: Esse jogo pode ser aplicado para alunos alfabetizados a partir dos 7 anos. Para o público do ensino infantil o jogo pode ser adaptado, por exemplo, criando uma história/conto interativo: Enquanto o professor pega as cartas e avança nas casas, ele mesmo relata os eventos do jogo para seus alunos como se fosse o dia a dia de algum personagem. Língua portuguesa: leitura, raciocínio lógico, interpretação texto, vocabulário e gramática; Ciências: ciclo da água, esgoto e lixo, a importância da vegetação nativa, problemas de contaminação no ambiente (água, solo, animais e vegetação) e saúde pública; Geografia: localização de áreas importantes discriminados no tabuleiro (ex. área de transbordo de lixo, captação de água, estação de tratamento, represa...); História: Estudo do Histórico Municipal, comparações entre as estruturas e serviços prestados no passado e atualmente. Matemáticas: Agilidade para o cálculo matemático.

Mão na roda. Projetos temáticos

Mão na roda. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Mão na roda Justificativa A origem da invenção da

Leia mais

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais.

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais. Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem: Reconhecer as características do gênero textual regra de jogo. Analisar e compreender um texto prescritivo..

Leia mais

ISBN 5708-9594. Apresentação

ISBN 5708-9594. Apresentação Perfil Eletrônico Apresentação O Perfil Eletrônico é um jogo de tabuleiro cujo objetivo educacional é trabalhar a configuração eletrônica dos elementos químicos utilizando a Tabela Periódica. Para realizar

Leia mais

GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA!

GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA! ISSN 2177-9139 GINCANA MATEMÁTICA, UM JEITO NOVO DE APRENDER MATEMÁTICA! Thaís Eduarda Ávila da Silveira thaisuab3@gmail.com Universidade Federal de Pelotas, Pólo Sapucaia do Sul, 92990-000 Sapucaia do

Leia mais

UM DIA NA CASA MICROASSOMBRADA

UM DIA NA CASA MICROASSOMBRADA UM DIA NA CASA MICROASSOMBRADA Manual do Professor Autoria e Concepção do jogo: M. Ligia C. Carvalhal - Profa. Colaboradora Sênior do Depto. De Microbiologia do Instituto de Ciências Biomédicas/ Universidade

Leia mais

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR APRESENTAÇÃO Olá professor, Essa apostila apresenta jogos matemáticos que foram doados a uma escola de Blumenau como parte de uma ação do Movimento Nós Podemos Blumenau.

Leia mais

JOGO DE QUÍMICA: UM MÉTODO LÚDICO PARA COMPREENSÃO DE CONCEITOS E INTERAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS.

JOGO DE QUÍMICA: UM MÉTODO LÚDICO PARA COMPREENSÃO DE CONCEITOS E INTERAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS. JOGO DE QUÍMICA: UM MÉTODO LÚDICO PARA COMPREENSÃO DE CONCEITOS E INTERAÇÃO ENTRE OS SUJEITOS. cibdo@yahoo.com.br Cristiane Barbosa de Oliveira * (PQ) Neusa Maria John Scheid (PG). Palavras-Chave: Educação

Leia mais

UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ARACAJU/SERGIPE COM A UTILIZAÇÃO DE JOGOS MATEMÁTICOS

UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ARACAJU/SERGIPE COM A UTILIZAÇÃO DE JOGOS MATEMÁTICOS UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ARACAJU/SERGIPE COM A UTILIZAÇÃO DE JOGOS MATEMÁTICOS Resumo Tâmara Azevedo Nascimento tamara_an212@hotmail.com Darlysson Wesley da Silva darlyssonwesley@hotmail.com

Leia mais

PROPOSTAS DE TRABALHO PARA OS ALUNOS A PARTIR DE JOGOS 2º ANO. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática

PROPOSTAS DE TRABALHO PARA OS ALUNOS A PARTIR DE JOGOS 2º ANO. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática PROPOSTAS DE TRABALHO PARA OS ALUNOS A PARTIR DE JOGOS 2º ANO Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Abril/214 1 JOGOS E PROPOSTAS DE TRABALHO PARA OS ALUNOS JOGO DOS 6 PALITOS

Leia mais

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Resumo Esse vídeo pretende oferecer instrumentos aos professores da educação infantil e do ensino fundamental para as tarefas da educação

Leia mais

OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO

OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO OS JOGOS PEDAGÓGICOS COMO FERRAMENTAS DE ENSINO Resumo FIALHO, Neusa Nogueira FACINTER neusa_nf@yahoo.com.br Área Temática: Educação: Teorias, Metodologias e Práticas. Não contou com financiamento A falta

Leia mais

Guia do Professor Introdução

Guia do Professor Introdução Guia do Professor Introdução Pesquisas realizadas pelo SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica) mostram as dificuldades dos estudantes em resolver situações problemas. Essa situação é decorrente

Leia mais

Jogos didáticos SOBRE OS JOGOS

Jogos didáticos SOBRE OS JOGOS Jogos didáticos OS JOGOS Jogos didáticos são ferramentas que buscam desenvolver habilidades de forma interativa e dinâmica, eles podem promover a capacidade de socialização e integração, o relacionamento

Leia mais

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade.

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Plano de Aula de Matemática Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Habilidade: H27. Resolver situações-problema de adição ou subtração envolvendo medidas ou

Leia mais

Projeto Mancala. Objetivo. Objetivo linguístico. Etapas e duração. Procedimentos. Aula 1

Projeto Mancala. Objetivo. Objetivo linguístico. Etapas e duração. Procedimentos. Aula 1 Projeto Mancala Objetivo Aprender sobre jogos de Mancala. Os Mancalas constituem uma família de jogos africanos em que o tabuleiro consiste de duas, três ou quatro fileiras de buracos, nos quais são distribuídas

Leia mais

JOGOS QUE CONSTAM DO KIT DE REFORÇO ESCOLAR

JOGOS QUE CONSTAM DO KIT DE REFORÇO ESCOLAR JOGOS QUE CONSTAM DO KIT DE REFORÇO ESCOLAR DOMINÓ É um jogo onde se combinam a palavra e a figura. Cada jogador recebe 7 peças e segura-as de forma que o adversário não veja. O primeiro jogador coloca

Leia mais

Geografia, Brincando Também se Aprende

Geografia, Brincando Também se Aprende Geografia, Brincando Também se Aprende Ítalo Roberto Oliveira da Silva Universidade do Estado do Amazonas italoroberto.oliveira@hotmail.com Juliana Alves Dias Universidade do Estado do Amazonas julianaalvees@hotmail.com

Leia mais

PIBID/UERN: UTILIZAÇAO DOS JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO- APRENDIZAGEM NO ENSINO DE QUIMICA

PIBID/UERN: UTILIZAÇAO DOS JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO- APRENDIZAGEM NO ENSINO DE QUIMICA PIBID/UERN: UTILIZAÇAO DOS JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO- APRENDIZAGEM NO ENSINO DE QUIMICA Ronale Ferreira da Silva 1 ; Lindeberg Ventura de Sousa 2. RESUMO Nos dias atuais é muito comum utilizar jogos

Leia mais

OBJETIVO Baixar o maior número de pares (duas cartas com o mesmo personagem) e não terminar com o Mico nas mãos.

OBJETIVO Baixar o maior número de pares (duas cartas com o mesmo personagem) e não terminar com o Mico nas mãos. Jogo do Mico Número de jogadores: 3 + Baixar o maior número de pares (duas cartas com o mesmo personagem) e não terminar com o Mico nas mãos. Cartas de Vilão e Item Mágico não devem ser utilizadas. Deixe

Leia mais

Pão, pão, pão. Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman. escrito por. ilustrado por

Pão, pão, pão. Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman. escrito por. ilustrado por elaboração: Tatiana Pita Mestre em Educação pela PUC (SP) Pão, pão, pão escrito por ilustrado por Estêvão Marques, Marina Pittier e Fê Sztok Ionit Zilberman 2 O encanto e as descobertas que o livro nos

Leia mais

EXERCÍCIOS EXAMES E TESTES INTERMÉDIOS ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES

EXERCÍCIOS EXAMES E TESTES INTERMÉDIOS ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES EXERCÍCIOS EXAMES E TESTES INTERMÉDIOS ESTATÍSTICA E PROBABILIDADES. Num acampamento de verão, estão jovens de três nacionalidades: jovens portugueses, espanhóis e italianos. Nenhum dos jovens tem dupla

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

Índice. 5.1. Correção das Palavras do Texto... 5 5.2. Autocorreção... 5 5.3. Pontuação... 6 5.4. Escrita Ortográfica... 6. Grupo 5.

Índice. 5.1. Correção das Palavras do Texto... 5 5.2. Autocorreção... 5 5.3. Pontuação... 6 5.4. Escrita Ortográfica... 6. Grupo 5. GRUPO 5.4 MÓDULO 5 Índice 1. Reconstrução do Código Linguístico da Criança...3 2. Textos...3 3. Jogos de Análise Linguística...4 4. Letra Cursiva e Letra de Fôrma...4 5. Ortografia e Gramática...5 5.1.

Leia mais

INTRODUÇÃO E OBJETIVO DO JOGO

INTRODUÇÃO E OBJETIVO DO JOGO INTRODUÇÃO E OBJETIVO DO JOGO Jaipur... Você está esperando se tornar o comerciante pessoal do Maharaja, por ser mais rico do que seu adversário ao final de cada semana (rodada). Para isso, colete e negocie

Leia mais

Componentes: - 50 Cartas Hanabi - 5 Cartas de Regra - 8 Cartas de Dica - 3 Cartas de Penalidade - 5 Cartas Multi-coloridas (para a expansão)

Componentes: - 50 Cartas Hanabi - 5 Cartas de Regra - 8 Cartas de Dica - 3 Cartas de Penalidade - 5 Cartas Multi-coloridas (para a expansão) Um jogo de Antoine Bauza Ilustrações de Albertine Ralenti De a jogadores 8 anos ou mais Componentes: - 0 Cartas Hanabi - Cartas de Regra - 8 Cartas de Dica - Cartas de Penalidade - Cartas Multi-coloridas

Leia mais

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 1. Tema: Boa alimentação Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração:

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

JOGO DE BARALHO DOS BIOMAS BRASILEIROS, UMA JOGADA FACILITADORA DA APRENDIZAGEM DOS DISCENTES NA BIOGEOGRAFIA.

JOGO DE BARALHO DOS BIOMAS BRASILEIROS, UMA JOGADA FACILITADORA DA APRENDIZAGEM DOS DISCENTES NA BIOGEOGRAFIA. JOGO DE BARALHO DOS BIOMAS BRASILEIROS, UMA JOGADA FACILITADORA DA APRENDIZAGEM DOS DISCENTES NA BIOGEOGRAFIA. Resumo: O assunto biomas brasileiros, embora faça parte do conteúdo programático de diversos

Leia mais

JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1

JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1 JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1 Marli Teresinha Quartieri Márcia Rehfeldt Ieda Maria Giongo Algumas reflexões iniciais O jogo tem sido tema de estudos e investigações de pesquisadores, educadores e psicólogos,

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR Dois círculos, um interno, outro externo. Os integrantes do círculo interno ficarão com os olhos fechados, os do círculo externo irão "modelar" o corpo dos colegas,

Leia mais

PLANOS DE TRABALHO MATEMÁTICA 2º ANO

PLANOS DE TRABALHO MATEMÁTICA 2º ANO PLANOS DE TRABALHO MATEMÁTICA 2º ANO Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Março/2014 PLANO DE TRABALHO - 2º ANO CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Geometria: -

Leia mais

BRINCADEIRAS AFRICANAS

BRINCADEIRAS AFRICANAS Pesquisa realizada na internet em 22 de junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. BRINCADEIRAS AFRICANAS Matacuzana: É um jogo de origem africana muito popular em Moçambique.

Leia mais

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM CURRÍCULO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM ORALIDADE Formar frases com seqüência e sentido. Relacionar palavras que iniciam com vogais. Associar primeira letra/som em palavras iniciadas por vogal. Falar

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS Thais Fernanda Pinto 1 Fernando Henrique de Lima 2, Amanda Caroline de Freitas Santos 3, Jefferson Antônio Baêta 4, Maria Gabriela Hortência Mendes Braga 5,

Leia mais

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva.

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva. ALGUNS MODELOS DE PLANOS DE AULA NVOLVNDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL Áreas do conhecimento: Educação ambiental Agricultura familiar Educação artística Objetivos Treinar a ortografia, Exercitar a memória. Estratégias

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

MATEMÁTICA com jogos e atividades

MATEMÁTICA com jogos e atividades 2012 MATEMÁTICA com jogos e atividades Solange Moll Passos Psicopedagoga Clínica e Institucional ABPp-SC 369/2009 www.psicosol.com 1 APRESENTAÇÃO... 3 JOGOS... 4 1 QUEBRA-CABEÇA TRIÂNGULO DAS DEZENAS...

Leia mais

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa RELATO DE EXPERIANCIA: A UTILIZAÇÃO DO JOGO COMO RECURSO AO ENSINO-APRENDIZAGEM MATEMATICA, EM SALA DE AULA DO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Professora alfabetizadora:

Leia mais

Planejamento (Música)

Planejamento (Música) Planejamento (Música) Professor (a): Silvana Mara Silvestrin Brustolin MÚSICA Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Estratégias em Língua Portuguesa Estratégias de outras áreas do conhecimento

Leia mais

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS

AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS AULA DE PORTUGUÊS: CRIAÇÃO DE POEMAS Até onde vai a força da Motivação? Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Uma proposta criativa motivadora na sala de aula pode deixar o professor bem impressionado

Leia mais

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II MATEMÁTICA EM TODA PARTE II Episódio: Matemática na Cidade Resumo O Episódio Matemática na Cidade, o segundo da série Matemática em Toda Parte II, vai abordar situações envolvendo fluxo e movimento nas

Leia mais

JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL

JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL JOGOS E MATERIAIS MANIPULATIVOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL Henrique Moura Fietz 1 Sílvia Letícia Shardozim Martins 2 PALAVRAS-CHAVE: JOGOS MATEMÁTICOS; MATERIAIS MANIPULATIVOS; ENSINO

Leia mais

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2.

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2. PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR Produção Integrada ao Conteúdo 6. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas

Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas Ensino de Ciências nas séries iniciais: Ideias de atividades práticas Lis Rejane Lopes Dutra Alexandre Lopes de Oliveira Lis Rejane Lopes Dutra Alexandre Lopes de Oliveira Produto educacional elaborado

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO (Materiais Complementares) SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA A CONSTRUÇÃO DA BASE ALFABÉTICA 1. Jogo do correio: as crianças escrevem mensagens e as colocam num envelope com o nome

Leia mais

9 + OBJETIVO COMEÇANDO COMPONENTES: MONTAGEM

9 + OBJETIVO COMEÇANDO COMPONENTES: MONTAGEM Atenção: este brinquedo só deve ser entregue a criança após ter sido montado por um adulto. Cód. Produto: 04000 IDADE 9 + 2 6 JOGADORES ATENÇÃO: NÃO RECOMENDÁVEL PARA MENORES DE 03 ANOS, POR CONTER PARTES

Leia mais

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso!

GUIA DO ALUNO. Bom trabalho e conte conosco para trilhar este caminho com sucesso! GUIA DO ALUNO Olá! Seja bem-vindo novamente! Este guia apresenta algumas informações e orientações para auxiliá-lo na sua participação e aprendizagem. Também lhe ajudará a organizar seu estudo no decorrer

Leia mais

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA PROJETO: ARTES NA EDUCAÇÃO ESPECIAL O CORPO E A MENTE EM AÇÃO LUCAS DO RIO VERDE 2009 APRESENTAÇÃO Em primeiro lugar é preciso compreender

Leia mais

- TORNEIO INTERNO DE BURACO IATE 2015 -

- TORNEIO INTERNO DE BURACO IATE 2015 - - TORNEIO INTERNO DE BURACO IATE 2015 - OBJETIVO DO TORNEIO Tem por objetivo promover a interação e confraternização entre os sócios e participantes mediante regras abaixo. 1 - DAS INSCRIÇÕES 1.1 - As

Leia mais

PLANEJAMENTO IDENTIDADE

PLANEJAMENTO IDENTIDADE Professora: Clévis Appio PLANEJAMENTO IDENTIDADE Planejamento: Atividades envolvendo o nome Competências Leitura, escrita, oralidade e análise linguística. Objetivos Estratégias em Língua Portuguesa (contemplando

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS PARA O ENSINO MÉDIO

JOGOS MATEMÁTICOS PARA O ENSINO MÉDIO JOGOS MATEMÁTICOS PARA O ENSINO MÉDIO Marli Teresinha Quartieri Centro Universitário UNIVATES Lajeado/RS quartierimg@uol.com.br Márcia Jussara Hepp Rehfeldt Centro Universitário UNIVATES Lajeado/RS mrehfeld@univates.br

Leia mais

Matemática em Toda Parte II

Matemática em Toda Parte II Matemática em Toda Parte II Episódio: Matemática nas Brincadeiras Resumo O episódio Matemática nas Brincadeiras explora o mundo dos jogos para identificar o uso dos conceitos de combinatória e probabilidade.

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

O USO DE JOGOS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA

O USO DE JOGOS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA O USO DE JOGOS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA Rosalina Maria de Lima Leite do Nascimento Universidade Estadual de Goiás rosall@ueg.br Lorrana Thalita Silva Rodrigues Universidade Estadual de Goiás lorrana@hotmail.com

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA ENSINO FUNDAMENTAL I NOME PRÓPRIO

SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA ENSINO FUNDAMENTAL I NOME PRÓPRIO SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA ENSINO FUNDAMENTAL I NOME PRÓPRIO A Secretaria Municipal da Educação (SME) apresenta sugestões de atividades que podem ser incorporadas ao planejamento pedagógico do 1º ao

Leia mais

A fantástica máquina dos bichos

A fantástica máquina dos bichos A fantástica máquina dos bichos Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Jean Claude R. Alphen Elaboração Anna Flora Brincadeira 1: Uma máquina fantástica Aviso: O início deste livro faz uma referência aos personagens

Leia mais

Descrição e regras e dinâmica do jogo Unidos para produzir um lugar saudável - PDTSP TEIAS

Descrição e regras e dinâmica do jogo Unidos para produzir um lugar saudável - PDTSP TEIAS Descrição e regras e dinâmica do jogo Unidos para produzir um lugar saudável - PDTSP TEIAS Peças do jogo O jogo Unidos para produzir um lugar saudável PDTSP TEIAS Escola Manguinhos Versão inicial é composto

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 2015

FICHA DE INSCRIÇÃO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 2015 Bem - vindo ao Prêmio Professores do Brasil! FICHA DE INSCRIÇÃO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 2015 O processo de inscrição foi pensado para ajudá-lo a refletir sobre práticas de ensino e aprendizagem desenvolvidas

Leia mais

COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1. Maria José Nóbrega

COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1. Maria José Nóbrega COMO DEVOLVER AO TEXTO O QUE É DO TEXTO? 1 Ou da importância de auxiliar o escritor iniciante a aplicar em atividades mais complexas as regularidades aprendidas a respeito dos padrões da escrita. Maria

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 UM DIA CHUVOSO NA ESCOLA Hoje amanheceu chovendo muito e o vento soprava forte. A nossa sala estava pronta e arrumada para receber as crianças, mas o mau tempo fez com que elas se

Leia mais

Atividade Pedagógica Teatro de fantoches. Junho 2013

Atividade Pedagógica Teatro de fantoches. Junho 2013 Atividade Pedagógica Teatro de fantoches Junho 2013 III D Teatro de fantoches A criança que ainda não sabe ler convencionalmente pode fazê-lo por meio da escuta da leitura do professor, ainda que não possa

Leia mais

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I OBJETIVOS GERAIS: Promover o hábito da leitura entre os alunos; Proporcionar ao aluno o prazer

Leia mais

Palavra chaves: Piff Geometrico. Sólidos Geométricos. Geometria Espacial..

Palavra chaves: Piff Geometrico. Sólidos Geométricos. Geometria Espacial.. A COMPREENSÃO DA GEOMETRIA ESPEACIAL, POR ALUNOS DO TERCEIRO ANO ENSINO MEDIO, COM A UTILIZACAO DO PIFF GEOMETRICO. Alexsandro de Melo Silva yashiro_xl@hotmail.com Rosana Loiola Carlos rosanaloiola.carlos@hotmail.com

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As histórias do senhor urso. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): Em busca das cores. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) Episódio explora de maneira

Leia mais

O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR

O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR Lindsay Franciane da Costa Melo Reis * RESUMO O presente projeto busca proporcionar uma ação multidisciplinar através do xadrez na Escola de ensino Fundamental Santa

Leia mais

VIVALEITURA 2014 Rodas de leitura, uma forma de brincar

VIVALEITURA 2014 Rodas de leitura, uma forma de brincar VIVALEITURA 2014 Rodas de leitura, uma forma de brincar Dados Gerais 1. Nome da Organização Grupo Pirilampo 2. Razão Social Grupo Pirilampo 3. CNPJ 08.237.163/0001-02 3. CNPJ da Organização 4. Informação

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos para suas Aulas www.carlafaedda.com

50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos para suas Aulas www.carlafaedda.com 1 50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos para suas Aulas- www.carlafaedda.com 50 Ideias e Sugestões de Atividades e Jogos para suas Aulas www.carlafaedda.com 2 50 Ideias e Sugestões de Atividades

Leia mais

A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS

A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS Cristiane Borges Angelo (Orientadora) Emmanuel De Sousa Fernandes Falcão (Orientador) Vilmara Luiza Almeida

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO

INFORMATIVO 2015 GRUPO INFORMATIVO 2015 GRUPO 5 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

Formas de organização do trabalho de alfabetização e letramento

Formas de organização do trabalho de alfabetização e letramento Formas de organização do trabalho de alfabetização e letramento Isabel Cristina Alves da Silva Frade(1) Introdução Como realizar um planejamento de trabalho de alfabetização e letramento com crianças de

Leia mais

Sonara Gonçalves Silva 1. Karen Pirola 2. Júlia Raquel Peterle Pereira 3. Maria Geralda Oliver Rosa 4

Sonara Gonçalves Silva 1. Karen Pirola 2. Júlia Raquel Peterle Pereira 3. Maria Geralda Oliver Rosa 4 Avaliação do uso de jogos didáticos como auxílio para o ensino de Química: uma experiência didática do PIBID na Escola Irmã Maria Horta Sonara Gonçalves Silva 1 Karen Pirola 2 Júlia Raquel Peterle Pereira

Leia mais

Matemática PROJETO INTENSIVO NO CICLO I 3 O ANO

Matemática PROJETO INTENSIVO NO CICLO I 3 O ANO Matemática PROJETO INTENSIVO NO CICLO I 3 O ANO 141 Números naturais Quadro de números Atividade 1 O QUADRO DE NÚMEROS Abaixo está um quadro de números que você pode consultá-lo sempre que precisar. QUADRO

Leia mais

Como fazer um jogo usando o editor de apresentação

Como fazer um jogo usando o editor de apresentação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sergipe IFS Campus Glória Curso Integrado em Agropecuária Professora: Jamille Silva Madureira Disciplina: Informática Como fazer um jogo usando o editor

Leia mais

AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita. CURSO Alfabetização Linguística e Matemática na Educação Infantil

AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita. CURSO Alfabetização Linguística e Matemática na Educação Infantil AULA 1 Os primeiros contatos da criança com a linguagem escrita Meta Retomar alguns conceitos importantes relativos à alfabetização na educação. Infantil. Sugerir práticas que aproximem a criança do código

Leia mais

VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral. Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h

VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral. Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h Sala: ED02 1) Sons, Movimentos e Natureza 2) Áreas verdes escolares: possibilidades para a educação ambiental 3)O CONHECIMENTO CIENTÍFICO

Leia mais

PROPOSTA DE UM JOGO DE TABULEIRO SOBRE O TEMA FUNDAMENTOS DA ECOLOGIA PARA ENSINO MÉDIO

PROPOSTA DE UM JOGO DE TABULEIRO SOBRE O TEMA FUNDAMENTOS DA ECOLOGIA PARA ENSINO MÉDIO PROPOSTA DE UM JOGO DE TABULEIRO SOBRE O TEMA FUNDAMENTOS DA ECOLOGIA PARA ENSINO MÉDIO Naiara Cristine Meireles da Silva (UFPI) Stephanne Marques Araújo Fernandes (UFPI) Carla Cristina Moura Mendes (UFPI)

Leia mais

PLANO SEMANAL - 2013

PLANO SEMANAL - 2013 PLANO SEMANAL 11 A 15 DE FEVEREIRO - JARDIM I VESPERTINO SEGUNDA - FEIRA (11) TERÇA FEIRA (12) QUARTA FEIRA (13) QUINTA FEIRA (14) Português (2): Coordenação Motora. Matemática (2): Formas Geométricas.

Leia mais

Dicas para o ensino e prática de atividades motoras e mecanismos de informações para pessoas com deficiência visual

Dicas para o ensino e prática de atividades motoras e mecanismos de informações para pessoas com deficiência visual Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Dicas para o ensino e prática de atividades motoras e mecanismos de informações para pessoas com deficiência

Leia mais

01. Dinâmica: do 1, 2, 3

01. Dinâmica: do 1, 2, 3 01. Dinâmica: do 1, 2, 3 Objetivo: Quebra-gelo 1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica Fácil. 2º momento: Solicite

Leia mais

Projeto de intervenção

Projeto de intervenção Projeto de intervenção Tema: trabalhando com artes na educação infantil. Por: Cristiane Salvador Batista¹ Vivalda de Jesus Souza² INTRODUÇÃO Pretende-se por meio deste projeto Trabalhando Com Artes Na

Leia mais

Descrição. Como Preparar o Jogo ELFENLAND

Descrição. Como Preparar o Jogo ELFENLAND ELFENLAND Índice Descrição e Conteúdo... 2 Como Preparar o Jogo... 4 Tabuleiro... 5 Cartas de Viagem... 5 Como Jogar... 6 1. Distribua as Cartas de Viagem... 6 2. Compre uma Ficha de Transporte da Pilha

Leia mais

Uma Visão Geral do Currículo para os Pais Seu Filho na Primeira Série

Uma Visão Geral do Currículo para os Pais Seu Filho na Primeira Série Uma Visão Geral do Currículo para os Pais Seu Filho na Primeira Série Caros Pais e Guardiões: Seus filhos vêm para a escola trazendo com eles uma grande bagagem de conhecimento e uma carga de varias experiências

Leia mais

MAPA INCLUSIVO GEOGRÁFICO - M.I.G.: O LÚDICO GEOGRÁFICO

MAPA INCLUSIVO GEOGRÁFICO - M.I.G.: O LÚDICO GEOGRÁFICO MAPA INCLUSIVO GEOGRÁFICO - M.I.G.: O LÚDICO GEOGRÁFICO Maria Wanderléa Rosário dos Santos Faculdade Integrada Brasil Amazônia - FIBRA Letícia Gabrielly de Sousa Pinto Faculdade Integrada Brasil Amazônia

Leia mais

1. O QUE É. Existem mais de 60 desafios repartidos por 4 categorias de atividade física: Força, Destreza, Velocidade e Expressão Corporal.

1. O QUE É. Existem mais de 60 desafios repartidos por 4 categorias de atividade física: Força, Destreza, Velocidade e Expressão Corporal. 1. O QUE É O Sporttable Box resulta de uma surpreendente fusão entre jogos de tabuleiro e atividade física. É, sobretudo, um projeto que procura promover a Atividade Física e a sua importância no desenvolvimento

Leia mais

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre

Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre Ao longo deste 2 semestre, a turma dos 1 anos vivenciaram novas experiências e aprendizados que contemplaram suas primeiras conquistas do semestre anterior, dentro de contextos que buscavam enfatizar o

Leia mais

JOGOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO INICIAL COM A DISCIPLINA OFICINA DE MATEMÁTICA EM PARCERIA COM O PIBID

JOGOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO INICIAL COM A DISCIPLINA OFICINA DE MATEMÁTICA EM PARCERIA COM O PIBID JOGOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO INICIAL COM A DISCIPLINA OFICINA DE MATEMÁTICA EM PARCERIA COM O PIBID Cléia Ferreira da Costa da Matta Universidade Federal do Acre - UFAC libriana34@hotmail.com

Leia mais

Dia da família na escola. 13 de março de 2010

Dia da família na escola. 13 de março de 2010 1 Dia da família na escola 13 de março de 2010 Sugestões de atividades Desde 2009, o Amigos da Escola tem incentivado às escolas participantes do projeto a tornar os dias temáticos em dias da família e

Leia mais

GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS

GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS GUIA DE CORREÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE RESULTADOS TESTE 2 SEGUNDO SEMESTRE 2010 Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Presidência do Instituto Nacional

Leia mais

O papel das TIC acessíveis para a educação inclusiva das Pessoas com Deficiência. Rita Bersch Assistiva Tecnologia e Educação www.assistiva.com.

O papel das TIC acessíveis para a educação inclusiva das Pessoas com Deficiência. Rita Bersch Assistiva Tecnologia e Educação www.assistiva.com. O papel das TIC acessíveis para a educação inclusiva das Pessoas com Deficiência Rita Bersch Assistiva Tecnologia e Educação www.assistiva.com.br Educação e Desenho Universal FATO: NA ESCOLA SOMOS TODOS

Leia mais

Plano de Trabalho com Projetos

Plano de Trabalho com Projetos PREFEITURA DE JARAGUÁ DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO FUNDAMENTAL Plano de Trabalho com Projetos 1. Identificação: Escola Municipal de Ensino Fundamental Renato Pradi Professor(es):

Leia mais

AS RELAÇÕES DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS EM ATIVIDADES LÚDICAS: ABORDAGEM DA PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL

AS RELAÇÕES DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS EM ATIVIDADES LÚDICAS: ABORDAGEM DA PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL AS RELAÇÕES DAS CRIANÇAS PORTADORAS DE NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS EM ATIVIDADES LÚDICAS: ABORDAGEM DA PSICOMOTRICIDADE RELACIONAL Atos Prinz Falkenbach. UNIVATES-Centro Universitário. Lajeado, Brasil.

Leia mais

OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 6 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA. Objetivos Essenciais:

OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 6 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA. Objetivos Essenciais: OBJETIVOS 2 o TRIMESTRE 2014 6 os ANOS LÍNGUA PORTUGUESA Interpretar os diversos gêneros textuais (crônica, notícia, debate oral regrado e paródia), identificando os mecanismos estruturais da narrativa;

Leia mais

LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 1 O ANO 35. Espaços da escola. Encaminhamento

LIVRO DO PROFESSOR LIBRAS 1 O ANO 35. Espaços da escola. Encaminhamento Atividade 9 Espaços da escola Encaminhamento Leve os alunos para conhecer os espaços da escola: sala de leitura, informática, refeitório, quadra de futebol, parque, etc. Peça para os alunos registrarem

Leia mais

Projeto: TE Conhecer, aprender, saber...

Projeto: TE Conhecer, aprender, saber... Colégio Pe. João Bagozzi Formação de Educadores Tecnologias da Informação e da Comunicação - TICs http://blog.portalpositivo.com.br/ticbagozzi Projeto: TE Conhecer, aprender, 1 Objetivos e Atividades:

Leia mais

XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO XIV PRÊMIO DENATRAN DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO PROJETO: TRÂNSITO RUMO CERTO NA EDUCAÇÃO 2015 2 SUMÁRIO Pg 1. Ficha de Inscrição...03 2. Objetivo do Trabalho...04 3. Justificativa...05 4. Metodologia...06

Leia mais