UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO: PEDAGOGIA PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA I. Dados de Identificação: Escola:Escola Estadual Arthur Damé Professor (a): Professora supervisora do Pibid: Pibidiano (as/os):daiana Messa e Suzane Messa Ano:1º e 4º anos Turma: Período: Tarde II. Tema: O brincar e as brincadeiras nas diferentes infâncias III. Introdução Através das observações iniciais na escola, foi possível perceber que na hora do intervalo as crianças brincam apenas de correr, após a realização das entrevistas os relatos não foram diferentes, a maioria das crianças brinca apenas de pegapega e esconde-esconde. Ao serem questionados se tinham brinquedos, alguns relataram que gostam de brinquedos como bola, boneca e carrinho, porém há crianças que não tem brinquedos. A comunidade na qual a escola fica é bastante carente e aqueles que brincam improvisam seus brinquedos, como o jogo de bola no campinho com traves feitas com tijolo, e apesar de a escola estar situada na zona urbana ela apresenta aspectos de área rural, onde vimos pelos caminhos de ida para escola e histórias contadas por eles, brincam também de tiro de laço e andam a cavalo. Segundo RODRIGUES (1976), a função dos jogos e dos brinquedos não se limita ao mundo das emoções e da sensibilidade, ela aparece ativa também no domínio da inteligência e coopera em linhas decisivas, para a evolução do pensamento e de todas as funções mentais superiores. O projeto foi pensado para que além de resgatar brincadeiras antigas, eles possam construir seus brinquedos, jogos e brincadeiras dentro de suas possibilidades, mas principalmente valorizar a fase da infância. IV. JUSTIFICATIVA Considera-se: A importância do brincar no desenvolvimento social, psicológico e afetivo das crianças. Levar as crianças a perceberem as semelhanças e diferenças nas brincadeiras e brinquedos de sua geração e das anteriores. V.OBJETIVOS

2 5.1 GERAL Estimular as crianças a perceberem que as infâncias no mundo todo sempre brincam, mesmo tendo formas e brinquedos diferentes todos passam por essa fase. 5.2OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Que o aluno seja capaz de: Perceber a importância do brincar. Valorizar as várias culturas e formas de brincar. Conseguir construir seus brinquedos e descontruir brincadeiras, formulando suas próprias regras. Usar seu imaginário e criatividade. VI.DESENVOLVIMENTO (esse item será desenvolvido e planejado nos planos de aula) 6.1 Atividade inicial A atividade inicial será a pesquisa junto aos familiares, as brincadeiras de suas infâncias, se tinham brinquedos, as lembranças que tinham dessa época Busca do conhecimento (momento da organização do conhecimento, da aprendizagem, momento em que o tema dialoga com os conteúdos) * Comparar as diferenças e semelhanças entre as brincadeiras que descobriram junto às famílias; * Buscar filmes e livros com a temática a ser desenvolvida, para maior exploração; * Trazer vídeos com brinquedos e brincadeiras que eles trouxeram, propondo rodas de conversa e produções textuais, orais e artísticas a partir deste material; * Pesquisar brinquedos e brincadeiras de outras regiões; * Resgatar cantigas de roda antigas e atuais. * Cantar as cantigas, propondo que possam fazer paródias com as mesmas;

3 * Brincar as brincadeiras encontradas, propondo a desconstrução das mesmas, fazendo com que percebam as várias possibilidades de se brincar da mesma brincadeira de outras formas; * Desafios de trava- línguas; * Dramatização de parlendas; * Passeios a combinar (prováveis locais: ida ao Rodarte para ver seu funcionamento, praças, cinema, museu e outros locais relacionados a cultura). * Construir em sala alguns brinquedos com material de sucata; * Construir a Caixa Surpresa, na qual a cada semana essa caixa irá para casa com uma criança e esta juntamente com a família retornará com um brinquedo construído com material reciclado, na qual deverá relatar como foi feita a atividade; 6.3-Encerramento (Tomada de consciência do conhecimento. Momento que é possível constatar se os objetivos foram ou não atingidos. Momento em que aluno e professor/bolsista conseguem fazer uma avaliação do processo ensinoaprendizagem. Momento de redimensionar a prática, se necessário). Exposição dos trabalhos realizados para a comunidade escolar. VIII. BIBLIOGRAFIA RODRIGUES, Marlene. Psicologia Educacional: uma crônica do desenvolvimento infantil. São Paulo: McGraw-Hill,1976.

4 Plano de aula Escola Arthur Damé Dia : 16/06/14 1º momento : Roda de conversa, na qual serão questionados se já assistiram ao filme O menino maluquinho, e quais partes tem a destacar, instigando-os a perceberem o filme com um novo olhar. 2º momento: Após esse momento, o filme será assistido na sala de vídeo. Menino Maluquinho - O Filme (Menino Maluquinho - O Filme, 1994) Sinopse: Maluquinho é um garoto tão menino quanto qualquer outro de sua idade. Brincalhão, esperto e levado, ele teve a sorte de nascer numa família que lhe dá carinho e permite realizar todas as suas fantasias e diversões da infância. Isso não impede que ele também passe por alguns sustos... daqueles que tiram os pais do sério e às vezes fazem eles saírem correndo do trabalho para acudir um filho que "aprontou alguma daquelas". 3º momento: Discussão sobre os pontos principais que acharam do filme, estimulandoos a argumentarem de forma crítica, refletindo sobre a infância, comparando à sua realidade. Observação: neste dia será solicitado aos alunos que comecem a juntar material de sucata, para que possamos construir um menino maluquinho. Na realização desta sequencia didática iremos caracterizadas como a personagem da história, para estimular o lúdico.

5 Plano de aula Escola Arthur Damé Dia : 23/06/14 1ºmomento: Retomar os aspectos principais discutidos sobre o filme. Conversando sobre as brincadeiras que a personagem principal fazia com seus amigos. 2º momento: Passar o livro O menino maluquinho em slides, com o objetivo de fazer a relação entre filme e obra literária, percebendo as diferenças destacadas entre um e outro. 3º momento: Escolher uma das brincadeiras do Maluquinho para executar no pátio.

6 Plano de aula Escola Arthur Damé Dia : 30/06/14 Neste dia será confeccionado com materiais de sucata um menino maluquinho, explorando a imaginação e criatividade de cada um, na qual terão a liberdade de criar o seu próprio personagem, com as características que acharem necessários.

7 Escola Arthur Damé Dia : 07/07/14 Término do boneco. Apresentação individual do boneco aos colegas, será levado um cenário para que sintam-se mais a vontade na exposição, tendo por objetivo explorar a criatividade na criação de histórias orais.

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação METODOLOGIA PAUTADA NO JOGO E PEDAGOGIA DE PROJETOS: PESQUISA-AÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

7º Simpósio de Ensino de Graduação METODOLOGIA PAUTADA NO JOGO E PEDAGOGIA DE PROJETOS: PESQUISA-AÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA 7º Simpósio de Ensino de Graduação METODOLOGIA PAUTADA NO JOGO E PEDAGOGIA DE PROJETOS: PESQUISA-AÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Autor(es) MAGDA J. ANDRADE DE BARROS Co-Autor(es) ALCIDES JOSÉ SCAGLIA RILLER SILVA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014

ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 ESCOLINHA MATERNO- INFANTIL PROJETO 2014 Justificativa do Projeto Conhecer o corpo humano é conhecer a vida, poucos assuntos são tão fascinantes para os alunos quanto esse. Por menores que sejam as crianças,

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Marília Darc Cardoso Cabral e Silva 1 Tatiane Pereira da Silva 2 RESUMO Sendo a arte uma forma do ser humano expressar seus sentimentos,

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PERCEPÇÃO DE LUZ E SOMBRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Palavras-chave: Conhecimentos físicos. Luz e sombra. Educação Infantil.

RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PERCEPÇÃO DE LUZ E SOMBRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Palavras-chave: Conhecimentos físicos. Luz e sombra. Educação Infantil. RELATO DE EXPERIÊNCIA: A PERCEPÇÃO DE LUZ E SOMBRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo Camille Cistina Witsmiszyn de Souza 1 Dulce Stela Schramme 2 Neila Tonin Agranionih 3 Lucilene Paixão 4 Percepção de luz e

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AREIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL JÚLIA VERÔNICA DOS SANTOS LEAL WWW.COLEGIOJULIAVERONICA.WEBNODE.COM.

PREFEITURA MUNICIPAL DE AREIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL JÚLIA VERÔNICA DOS SANTOS LEAL WWW.COLEGIOJULIAVERONICA.WEBNODE.COM. 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE AREIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL JÚLIA VERÔNICA DOS SANTOS LEAL WWW.COLEGIOJULIAVERONICA.WEBNODE.COM.BR NO NORDESTE O MEU FOLCLORE É DE RAIZ WILSON FEITOSA LOPES

Leia mais

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL ROSA, Maria Célia Fernandes 1 Palavras-chave: Conscientização-Sensibilização-Transferência RESUMO A psicóloga Vanda

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) O Desfile a fantasia. 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O desfile a

Leia mais

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar

Colégio La Salle São João. Professora Kelen Costa Educação Infantil. Educação Infantil- Brincar também é Educar Colégio La Salle São João Professora Kelen Costa Educação Infantil Educação Infantil- Brincar também é Educar A importância do lúdico na formação docente e nas práticas de sala de aula. A educação lúdica

Leia mais

Educação Ambiental: um exercício. Cidadania

Educação Ambiental: um exercício. Cidadania Educação Ambiental: um exercício de Cidadania II CARACTERIZAÇÃO Empresa: Coteminas Macaíba Segmento: Ensino Médio Equipe de elaboração: Aldécia Cortez Pereira Pinto Coordenadora pedagógica Rosa de Medeiros

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego?

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego? Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Eu me remexo muito. E onde eu chego? Turma: Maternal II A Professora

Leia mais

Como mediador o educador da primeira infância tem nas suas ações o motivador de sua conduta, para tanto ele deve:

Como mediador o educador da primeira infância tem nas suas ações o motivador de sua conduta, para tanto ele deve: 18. O papel do profissional na ação educativa da creche Segundo o RCNEI (1998), o profissional da educação infantil trabalha questões de naturezas diversas, abrangendo desde cuidados básicos essenciais

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

Primeiro Segmento equivalente à alfabetização e às quatro primeiras séries do Ensino Fundamental (1ª à 4ª série).

Primeiro Segmento equivalente à alfabetização e às quatro primeiras séries do Ensino Fundamental (1ª à 4ª série). INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A EJA 1- Você se matriculou em um CURSO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA). Esse curso tem a equivalência do Ensino Fundamental. As pessoas que estudam na EJA procuram um curso

Leia mais

III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO RESULTADO QUESTIONÁRIO BOLSISTAS

III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO RESULTADO QUESTIONÁRIO BOLSISTAS III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO 1. Há quanto tempo você participa do Programa de bolsa-auxílio do Instituto Girassol? Até 1 ano 3 De 1 a 2 anos 8 De 2 a 3 anos 3 De 2 a 3 anos 21% Até 1 ano 22%

Leia mais

PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE

PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE Autores/: Murilo Silva, Allison Martinelli, Cahuane Correa, Renan Macedo de Meira Professora supervisora: Thayana Ribeiro da Cruz Coordenadora: Maria Regina Ferreira da

Leia mais

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE Sérgio Dal-Ri Moreira Pontifícia Universidade Católica do Paraná Palavras-chave: Educação Física, Educação, Escola,

Leia mais

Projeto Paz na Escola

Projeto Paz na Escola Projeto Paz na Escola Olímpia Terezinha da Silva Henicka Dariléia Marin Em uma sociedade como a nossa, na qual a riqueza é tão mal distribuída, a preocupação com a sobrevivência deve ser maior que as preocupações

Leia mais

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida

Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida Sala: 4 anos (2) Educadora: Luísa Almeida SETEMBRO Regresso à escola/adaptação Facilitar a adaptação/readaptação ao jardim de infância Negociar e elaborar a lista de regras de convivência Diálogo sobre

Leia mais

FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS

FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS GISELE CRISTINA DE SANTANA FERREIRA PEREIRA JÉSSICA PALOMA RATIS CORREIA NOBRE PEDAGOGIA: PROJETO MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA JANDIRA - 2012 FACULDADE EÇA DE QUEIRÓS GISELE CRISTINA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ESCOLA DE FORMAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL - EFETI PROJETO SEMESTRAL. EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS ESCOLA DE FORMAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL - EFETI PROJETO SEMESTRAL. EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá EMEF Prof.ª Ignêz Sagula Fossá NOME DO PROFESSOR: Andréia Roque Vizinho Gonçalves EIXO : M.E.L. ATELIÊ: Brincadeiras de Rua SEMESTRE: Primeiro ANO: 2013 Tema do Projeto: Brincadeiras de Rua Nome do Projeto:

Leia mais

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO

Exposição e relato de experiências de Objetos Educacionais Construção de Instrumentos Musicais Artesanais. Rio Verde GO EMEFTI PROFESSOR WALDYR EMRICH PORTILHO GESTORA: GERLIANESANTANA GOUVEIA CABRAL COORD. ÁREA: ARISTÓTELES MESQUITA DE LIMA NETTO PROFESSORA SUPERVISORA: ELIZANGELA F. RODRIGUES Exposição e relato de experiências

Leia mais

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com OLÁ QUERIDA FAMÍLIA ESTAMOS EM TEMPO DE REFLEXÃO, DE MUDANÇAS DE ATITUDES, TALVEZ AGORA SEJA TEMPO DE INTENSIFICARMOS NOSSOS LAÇOS FAMILIARES E NOSSA ESPIRITUALIDADE.. TEMPO DE CUIDADOS, DE PROTEGER-SE,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO Marcelo Moura 1 Líbia Serpa Aquino 2 Este artigo tem por objetivo abordar a importância das atividades lúdicas como verdadeiras

Leia mais

Projetos 2013. Turmas: Maternal e Mini Maternal PROJETO AMIZADE. Justificativa

Projetos 2013. Turmas: Maternal e Mini Maternal PROJETO AMIZADE. Justificativa Projetos 2013 Turmas: Maternal e Mini Maternal Justificativa PROJETO AMIZADE Devido aos constantes conflitos e preconceitos que se encontram e que presencia-se no dia a dia das crianças no seu meio social,

Leia mais

Projeto Ludoteca do Turismo: atuação em escolas de Pelotas

Projeto Ludoteca do Turismo: atuação em escolas de Pelotas Projeto Ludoteca do Turismo: atuação em escolas de Pelotas Carmen Maria Nunes da Rosa 1. Universidade Federal de Pelotas Resumo: O presente trabalho trata das atividades, desenvolvidas pelo projeto Elaboração

Leia mais

PROJETO DE INTERVEÇÃO: UM OLHAR DIFERENTE PARA O LIXO

PROJETO DE INTERVEÇÃO: UM OLHAR DIFERENTE PARA O LIXO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO-UFERSA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO :EDUCAÇÃO AMBIENTAL ALUNA:FRANCISCA IÊDA SILVEIRA DE SOUZA TUTORA: ANYELLE PAIVA ROCHA ELIAS PROFESSORA: DIANA GONSALVES

Leia mais

USANDO O ALFABETO MÓVEL COMO RECUSO DE RECUPERAÇÃO

USANDO O ALFABETO MÓVEL COMO RECUSO DE RECUPERAÇÃO USANDO O ALFABETO MÓVEL COMO RECUSO DE RECUPERAÇÃO Vera Lucia de Souza 1 ; Monique de Campos Ribeiro 2 ; Maria Rosa Leite da Silva 3; Kátia Nakamura 4; Maria de Lourdes dos Santos 5 1Bolsista/PIBID/PEDAGOGIA/UFGD.

Leia mais

Neste contexto, destacamos as ações desenvolvidas durante o ano letivo em seus respectivos meses. MARÇO:

Neste contexto, destacamos as ações desenvolvidas durante o ano letivo em seus respectivos meses. MARÇO: Relatório O brincando se Aprende Um Projeto Socioeducativo foi criado e aplicado como uma nova metodologia, para despertar o interesse dos alunos do Ensino Médio pelas atividades matemáticas e de linguagens,

Leia mais

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I

Projeto: Filhotes. Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Projeto: Filhotes Eixo: Natureza e Sociedade Duração: Setembro/Outubro de 2012 Infantil I Justificativa: A escolha da temática FILHOTES para o infantil I se deve ao fato de que os animais em geral provocam

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES

7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES 7º Simpósio de Ensino de Graduação AS MANIFESTAÇÕES LÚDICAS NO RECREIO DE CRIANÇAS DE 9 A 11 ANOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DUAS GERAÇÕES Autor(es) KELLY CRISTINA SILVA COTA Co-Autor(es) CAROLINE MANESCO

Leia mais

A Escola. Educação Especial - Educação Inclusiva. Aqui se fala em LIBRAS

A Escola. Educação Especial - Educação Inclusiva. Aqui se fala em LIBRAS A Escola Educação Especial - Educação Inclusiva Atende alunos no Ensino Fundamental da Alfabetização à 4ª série e alunos na Educação Especial: deficiência auditiva, física, mental, Síndrome de Down, dentre

Leia mais

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Josiane Lima Zanata (Seduc) josianezanata@hotmail.com Ivani Souza Mello (UFMT) ivanimello1@hotmail.com

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

Relatório de Grupo. 1º Semestre/2015

Relatório de Grupo. 1º Semestre/2015 Relatório de Grupo 1º Semestre/2015 Turma: Maternal B Professora: Larissa Galvão de Lima Professora auxiliar: Giseli Jancoski Floriano Coordenação: Lucy Ramos Torres Professora: Eleonora Dantas Brum Professora

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO CIENTISTA SOCIAL: SABERES E COMPETÊNCIAS NECESSÁRIOS

A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO CIENTISTA SOCIAL: SABERES E COMPETÊNCIAS NECESSÁRIOS O JOGO SEGUNDO A TEORIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DE WALLON Cleudo Alves Freire Daiane Soares da Costa Ronnáli da Costa Rodrigues Rozeli Maria de Almeida Raimunda Ercilia Fernandes S. de Melo Graduandos

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014 Atividades Pedagógicas Agosto 2014 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO II A GRUPO II B GRUPO II C GRUPO II

Leia mais

Imaginação e protagonismo na Educação Infantil: construindo uma escola mais íntima da infância

Imaginação e protagonismo na Educação Infantil: construindo uma escola mais íntima da infância Imaginação e protagonismo na Educação Infantil: construindo uma escola mais íntima da infância Me. Tony Aparecido Moreira tony.educ@gmail.com Denise Watanabe de.wtnb@gmail.com Dr. José Milton de Lima miltonlima@fct.unesp.br

Leia mais

O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA

O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA O PLANEJAMENTO E A AVALIAÇÃO INICIAL/DIAGNÓSTICA Profa. Me. Michele Costa (Professora do Curso de Pedagogia das Faculdades COC) 06 e 07/04/2010 CONVERSAREMOS SOBRE: Planejamento e RCN: Oralidade na Educação

Leia mais

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA Jacqueline Oliveira de Melo Gomes Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul / FAMASUL-PE jacomgomes@yahoo.com.br

Leia mais

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto:

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto: PROJETO ANIMAIS 1. Tema: O mundo dos animais Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração: 01/06

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL

ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL Adriana do Nascimento Araújo Graduanda Pedagogia - UVA Francisca Moreira Fontenele Graduanda

Leia mais

ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL.

ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL. ESTRATÉGIA DE ENSINO - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL. Carmem Regina Calegari Cunha E. M. de Educação Infantil Prof Edna Aparecida de Oliveira - UDI Resumo Trabalho

Leia mais

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Projecto Pedagógico 2007/2008 Sala 9- Sala Aventura Estão habituadas à convivência com outras crianças e adultos não pertencentes à família. Aprenderam

Leia mais

Relatório Final do Projeto Institucional de Apoio à Diversidade

Relatório Final do Projeto Institucional de Apoio à Diversidade Relatório Final do Projeto Institucional de Apoio à Diversidade Veja o exemplo de relatório do processo de ensino-aprendizagem apresentado pela professora de uma das turmas da CMEB Mário Leal Silva CMEB

Leia mais

LEITURA E ESCRITA: O LÚDICO NO ESPAÇO ESCOLAR

LEITURA E ESCRITA: O LÚDICO NO ESPAÇO ESCOLAR LEITURA E ESCRITA: O LÚDICO NO ESPAÇO ESCOLAR Katia Maria de Oliveira CUSTODIO, Ketulem Cristina Vieira ARANTES, Ducéria TARTUCI, Maria Marta Lopes FLORES. Ângela Aparecida DIAS Departamento de Educação,UFG

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014 C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2000 - Fone (045) 3252-1336 - Fax (045) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ PROGRAMA DE 2014 DISCIPLINA: LINGUAGEM

Leia mais

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva.

Folhas de papel, Xerox com figuras e palavras de frutas e legumes, tesoura, lápis de cor, cola, fita adesiva. ALGUNS MODELOS DE PLANOS DE AULA NVOLVNDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL Áreas do conhecimento: Educação ambiental Agricultura familiar Educação artística Objetivos Treinar a ortografia, Exercitar a memória. Estratégias

Leia mais

LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO

LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO LUDICIDADE E EDUCAÇÃO: O ENCANTAMENTO DE APRENDER BRINCANDO Tatiane Testa Ferrari e-mail: tatitferrari@ig.com.br Ticiane Testa Ferrari e-mail: ticiferrari@ig.com.br Araceli Simão Gimenes Russo e-mail:

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 05 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Maracaju 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Pedagogia Obs.: Para proposta

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DES PORTO CONCURSO: 2013 QUALIDADE EM GESTÃO E QUALIDADE NA PRÁTICA DA DOCÊNCIA GREICIANE KRUMM QUALIDADE NA PRÁTICA DOCÊNCIA PRESIDENTE GETÚLIO 2013 GREICIANE KRUMM Experiência apresentada para Associação dos Municípios

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO IV A GRUPO IV B GRUPO IV C GRUPO IV

Leia mais

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS ISSN 2177-9139 O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS Morgana Fernandes da Silva 1 morganaf60@gmail.com Faculdades Integradas de Taquara,

Leia mais

RELATÓRIOS DESCRITIVOS. Simone Helen Drumond simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525

RELATÓRIOS DESCRITIVOS. Simone Helen Drumond simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525 RELATÓRIOS DESCRITIVOS Simone Helen Drumond (92) 8808-2372 / 8813-9525 1º Aspectos relacionados ao emocional-afeto: É uma menina esperta e carinhosa com bom potencial para aprender, atende muito bem às

Leia mais

LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL LUDICIDADE E MOVIMENTO: EDUCAÇÃO FÍSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo RIBEIRO, Amanda de Cassia Borges - UFSM acbr_amanda@hotmail.com JAHN, Angela Bortoli UFSM abjahn@terra.com.br BELING, Vivian Jamile UFSM

Leia mais

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA)

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) REDE PRÓ-MENINO ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil CURSISTA: JACKELYNE RIBEIRO CINTRA MORAIS CPF: 014275241-06 ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) Características

Leia mais

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015

Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Observação na Escolinha EMEI Cebolinha no Dia 02 de setembro de 2015 Acadêmica: Ewelyn Sampaio Cardoso Ao chegar à Escola EMEI cebolinha ás 08h00min, a professora do pré I já estava na escola com uma aluna

Leia mais

DA TEORIA À PRÁTICA: UMA ANÁLISE DIALÉTICA

DA TEORIA À PRÁTICA: UMA ANÁLISE DIALÉTICA DA TEORIA À PRÁTICA: UMA ANÁLISE DIALÉTICA JURUMENHA, Lindelma Taveira Ribeiro. 1 Universidade Regional do Cariri URCA lindelmafisica@gmail.com FERNANDES, Manuel José Pina 2 Universidade Regional do Cariri

Leia mais

SEMANA NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL PROGRAMAÇÃO - 2015

SEMANA NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL PROGRAMAÇÃO - 2015 SEMANA NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL PROGRAMAÇÃO - 2015 CRECHE SANTA BÁRBARA DIA 24/08/2015 - Segunda-feira Manhã: Horário: 08h as 10h Circuito Esportivo ministrado pela professora Gilvania (Ed. Física)

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) Entrando nas Ondas do Rádio 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio Entrando nas ondas

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA INTRODUÇÃO

RELATO DE EXPERIÊNCIA INTRODUÇÃO RELATO DE EXPERIÊNCIA INTRODUÇÃO Na EEMASA - Escola Estadual Maria Augusta Silva Araújo, antes do início do ano letivo, professores, coordenação pedagógica e direção da escola definem coletivamente, em

Leia mais

Após se divertirem com a Festa junina das regiões, nossos pequenos tiraram as merecidas férias e, para não se esquecerem das atividades escolares,

Após se divertirem com a Festa junina das regiões, nossos pequenos tiraram as merecidas férias e, para não se esquecerem das atividades escolares, Após se divertirem com a Festa junina das regiões, nossos pequenos tiraram as merecidas férias e, para não se esquecerem das atividades escolares, eles levaram uma atividade para construir um bichinho

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Letrinhas Mágicas 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S) Carros Usados 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio Carros Usados faz parte da

Leia mais

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Não se aprende por exercícios, mas por práticas significativas. Essa afirmação fica quase óbvia se pensarmos em como uma

Leia mais

Reuniões dos Bolsistas: momentos de. planejamento, estudo, organização das atividades, exposição dos trabalhos, integração e confraternização

Reuniões dos Bolsistas: momentos de. planejamento, estudo, organização das atividades, exposição dos trabalhos, integração e confraternização Reuniões dos Bolsistas: momentos de. planejamento, estudo, organização das atividades, exposição dos trabalhos, integração e confraternização Síntese dos estudos CTS com os bolsistas PIBID na UNIPAMPA-fevereiro

Leia mais

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO Áreas: Matemática, Artes Plásticas Transversal: Meio Ambiente Faixa etária: 4 a 5 anos Turma com 30 crianças Duração: agosto a outubro/2004 Produto final:

Leia mais

Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil

Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil Claudia Maria da Cruz Consultora Educacional FEVEREIRO/2015 AMOSC-EGEM-FECAM Cuidar e educar como aspectos integrados; Construção de um currículo que

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DO CURRÍCULO E DE MATERIAS MANIPULATIVOS NA FORMAÇÃO CONTINUADA EM MATEMÁTICA DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

AS CONTRIBUIÇÕES DO CURRÍCULO E DE MATERIAS MANIPULATIVOS NA FORMAÇÃO CONTINUADA EM MATEMÁTICA DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL AS CONTRIBUIÇÕES DO CURRÍCULO E DE MATERIAS MANIPULATIVOS NA FORMAÇÃO CONTINUADA EM MATEMÁTICA DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAS DO ENSINO FUNDAMENTAL Sheila Valéria Pereira da Silva (UFPB Campus-IV) sheilavaleria88@yahoo.com.br

Leia mais

MENINAS E MENINOS EM SITUAÇÃO DE RUA : UMA APROXIMAÇÃO DAS BRINCADEIRAS INFANTIS

MENINAS E MENINOS EM SITUAÇÃO DE RUA : UMA APROXIMAÇÃO DAS BRINCADEIRAS INFANTIS Título: MENINAS E MENINOS EM SITUAÇÃO DE RUA : UMA APROXIMAÇÃO DAS BRINCADEIRAS INFANTIS Área Temática: Educação de jovens e adultos e movimentos sociais Autores: HELENISE SANGOI ANTUNES (1), VALESKA FORTES

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 I A ADAPTAÇÃO Estamos chegando ao final do período de adaptação do grupo IA e a cada dia conhecemos mais sobre cada bebê. Começamos a perceber o temperamento, as particularidades

Leia mais

A LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS

A LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS 110 A LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS SURDAS Dayanne Barbosa Dias Especializando em Educação Especial Inclusiva - CENSUPEG Dayanne16barbosa@hotmail.com Resumo: O presente trabalho apresenta a relevância

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina

Universidade Estadual de Londrina Universidade Estadual de Londrina Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Londrina 2010 1 Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Relatório final

Leia mais

ATIVIDADES PERMANENTES PARA APRENDER MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ATIVIDADES PERMANENTES PARA APRENDER MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL ATIVIDADES PERMANENTES PARA APRENDER MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Daniele Barros Vargas Furtado Universidade Federal de Santa Maria dbvfurtado@yahoo.com.br Resumo Sendo a matemática tão presente em

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Lúcia Peranzoni 1 Fabiana Lacerda da Silva 2 Resumo: O presente trabalho foi desenvolvido na disciplina Estágio Básico II no segundo semestre de 2011, tendo

Leia mais

Projeto Educação Infantil 2011. Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora

Projeto Educação Infantil 2011. Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora Projeto Educação Infantil 2011 Walter Armellei Júnior - diretor Alessandra Thomaz Vicente Lee - coordenadora 1ª parte Fundamentação e escolhas de linha de atuação Fundamentação e escolhas de linha de atuação

Leia mais

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem

Brincadeiras que ensinam. Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Brincadeiras que ensinam Jogos e brincadeiras como instrumentos lúdicos de aprendizagem Por que as crianças brincam? A atividade inerente à criança é o brincar. A criança brinca para atribuir significados

Leia mais

Brinquedos: Conhecendo e Brincando Toys: Getting to Know and Playing

Brinquedos: Conhecendo e Brincando Toys: Getting to Know and Playing Este projeto didático sempre faz muito sucesso com as crianças. Afinal, brincar é a principal atividade da infância, e aprender novos jogos e brincadeiras em outra língua é muito significativo! Espero

Leia mais

OS JOGOS MATEMÁTICOS: UM RECURSO QUE FAVORECE NO PROCESSO DE ENSINO - APRENDIZAGEM.

OS JOGOS MATEMÁTICOS: UM RECURSO QUE FAVORECE NO PROCESSO DE ENSINO - APRENDIZAGEM. OS JOGOS MATEMÁTICOS: UM RECURSO QUE FAVORECE NO PROCESSO DE ENSINO - APRENDIZAGEM. UCHÔA, Yasmim Figueiredo Graduanda de Pedagogia/ UEPB. Bolsista PIBID CABRAL, Isabel Cristina Gomes de Morais Graduanda

Leia mais

Apresentação do Professor. Ludicidade. Pedagogia. Ementa. Contextualização. Teleaula 1

Apresentação do Professor. Ludicidade. Pedagogia. Ementa. Contextualização. Teleaula 1 Ludicidade Teleaula 1 Prof. Me. Marcos Ruiz da Silva tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Pedagogia Apresentação do Professor Marcos Ruiz da Silva Graduado em Educação Física UEL Especialista em Educação

Leia mais

PROJETO DE ESTÁGIO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

PROJETO DE ESTÁGIO NA EDUCAÇÃO INFANTIL PROJETO DE ESTÁGIO NA EDUCAÇÃO INFANTIL BRIZOLA, Silene Francisca dos Santos. (UNEMAT) silenefsb@hotmail.com SILVA, Maria Ivonete da. (UNEMAT) ivonete0304@hotmail.com RESUMO Este projeto foi desenvolvido

Leia mais

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM O LÚDICO NA APRENDIZAGEM RESUMO Aline Hahn Affeldt Prof. Janaina de Souza Aragão Centro Universitário Leonardo da Vinci-UNIASSELVI Pedagogia (PED 7051) Metodologia e Conteúdos Básicos de Comunicação e

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias.

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. 1 Olá! O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. Este mês, conhecemos histórias muito interessantes que deixaram tantas recordações e aprendizados para nossos alunos! Padrinhos Argumento: EM

Leia mais

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II

A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II 1 A ABORDAGEM DA GEOMETRIA COM CRIANÇAS NA PRÉ-ESCOLA: NÍVEL II Donizeth Henrique Aleluia Vieira 1 Paula Rodrigues de Souza 2 Suely Miranda Cavalcante Bastos 3 Resumo: Juntamente com o campo dos Números

Leia mais

As crianças, a cultura. Lisandra Ogg Gomes

As crianças, a cultura. Lisandra Ogg Gomes As crianças, a cultura lúdica e a matemática Lisandra Ogg Gomes Aprendizagens significativas: Como as crianças pensam o cotidiano e buscam compreendê-lo? (Caderno de Apresentação, 2014, p. 33). O que as

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 03 2. OPERACIONALIZAÇÃO... 04 2.1 ATENDIMENTO SOCIAL... 04 2.2 LABORATÓRIO DE ENSINO PARA O CURSO DE PEDAGOGIA...05 2.

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 03 2. OPERACIONALIZAÇÃO... 04 2.1 ATENDIMENTO SOCIAL... 04 2.2 LABORATÓRIO DE ENSINO PARA O CURSO DE PEDAGOGIA...05 2. Centro de Ensino Superior Fabra Normas Gerais de Funcionamento da BRINQUEDOTECA SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 03 2. OPERACIONALIZAÇÃO... 04 2.1 ATENDIMENTO SOCIAL... 04 2.2 LABORATÓRIO DE ENSINO PARA O CURSO

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

Cantigas de Roda Autores. Lílian de Oliveira ¹. Orientadora Shana Castilho Cercato²

Cantigas de Roda Autores. Lílian de Oliveira ¹. Orientadora Shana Castilho Cercato² Cantigas de Roda Autores Lílian de Oliveira ¹ Orientadora Shana Castilho Cercato² Resumo Este artigo tem por objetivo relatar os caminhos da pesquisa realizada durante o curso de extensão: Escola e Pesquisa:

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 EDUCAÇÃO AMBIENTAL: ELEMENTO FUNDAMENTAL NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 1 Autora: Maria Thaís de Oliveira Batista Graduanda do Curso de Pedagogia Unidade Acadêmica de Educação/CFP/UFCG Email: taholiveira.thais@gmail.com

Leia mais

LINGUAGENS DA INFÂNCIA: PROJETO RECICLAR

LINGUAGENS DA INFÂNCIA: PROJETO RECICLAR LINGUAGENS DA INFÂNCIA: PROJETO RECICLAR ANNA PAULA SILVA (PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS), ELIANE FERREIRA PINTO (PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS). Resumo A reciclagem tem como principal foco a conscientização

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC: PROFª NAIR LUCCAS RIBEIRO Código: 156 Município: TEODORO SAMPAIO Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Componente

Leia mais

13. A FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL, AS ÁREAS DE CONHECIMENTO E O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA ATÉ OS 6 ANOS

13. A FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL, AS ÁREAS DE CONHECIMENTO E O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA ATÉ OS 6 ANOS 13. A FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL, AS ÁREAS DE CONHECIMENTO E O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA ATÉ OS 6 ANOS A importância da formação pessoal e social da criança para o seu desenvolvimento integral e para a

Leia mais

Autores: Raquel Cristina da Silva Pedro 1 Raquel Knapp 2 Sabrina Seidel 3 Orientadora: Schana Castilho Cercatto 4

Autores: Raquel Cristina da Silva Pedro 1 Raquel Knapp 2 Sabrina Seidel 3 Orientadora: Schana Castilho Cercatto 4 STECANELA, Nilda. Roteiro para elaboração de artigo. In: Anais do X Seminário Escola e pesquisa: um encontro possível. Caxias do Sul, 2010. ATENÇÃO! CRIANÇAS BRINCANDO Resumo Autores: Raquel Cristina da

Leia mais