Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Organizando Voluntariado na Escola. Aula 3 Planejando a Ação Voluntária"

Transcrição

1

2 Organizando Voluntariado na Escola Aula 3 Planejando a Ação Voluntária

3 Objetivos 1 Entender a importância de fazer um planejamento. 2 Aprender como planejar o projeto de voluntariado. 3 Conhecer ferramentas que podem ajudar no planejamento.

4 Introdução Você já ouviu falar que quando sonhamos algo sozinhos, temos apenas um sonho, mas quando ele é sonhado junto, vira realidade? A frase dita pelo cantor e compositor Raul Seixas faz todo o sentido! Ainda mais quando estamos falando de um projeto de voluntariado, no qual todos devem se unir por um objetivo em comum.

5 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Introdução O sonhar junto acontece, principalmente, quando entramos na etapa de planejamento do projeto. Esta etapa é tão, mas tão importante que dela depende grande parte do sucesso da ação. Por isso, é preciso segurar a vontade de sair colocando a mão na massa antes de planejar cada passo. Nesta aula, você verá como planejar as ações de voluntariado para atingir com sucesso os objetivos do projeto. Vamos nessa?

6 1 Planejar é importante

7 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 1 Planejar é importante Tem um ditado que diz mais ou menos assim: se você não sabe para qual porto está navegando, nenhum vento é favorável. Você já ouviu isso? Então deve estar se perguntando: o que esse ditado tem a ver com o projeto de voluntariado na escola? Tudo! Isso porque ele mostra a importância de se ter um objetivo e de planejar-se para alcançá-lo. É sobre isso que se trata o planejamento: definir este objetivo e traçar um plano para sua realização.

8 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 1 Planejar é importante Saiba mais... A palavra projeto vem do latim projectus e quer dizer propósito, intenção de fazer algo com objetivo e determinação. Esta capacidade de projetar é exclusiva dos seres humanos. Ao partilharmos sonhos, nos sentimos fazendo parte de um grupo.

9 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 1 Planejar é importante O planejamento de um projeto de voluntariado pode ser feito seguindo estes cinco passos: 5- Comemoração 3 - Projeto 4 Ação 1 - Convocação 2 - Diagnóstico No próximo capítulo, você verá como funciona cada um deles.

10 2 Planejamento passo a passo

11 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Convocar quer dizer convidar, chamar, conquistar o apoio e o interesse. Por isso mesmo, a Convocação deve ser o 1º passo no planejamento da ação voluntária. Para que um projeto tome força e saia do papel, é preciso que aconteça uma união de forças. Isso deve ocorrer desde o início da criação do projeto para conquistar definitivamente o apoio e o interesse da escola e da comunidade. Passo 1

12 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo A convocação pode ser feita de diversas formas. Algumas ideias são: Fazer cartazes e distribuir folhetos na escola e na comunidade. Ir de sala em sala para apresentar o projeto aos colegas. Pedir que os veículos de comunicação da escola ou da comunidade ajudem a divulgar a iniciativa.

13 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo A ideia da Convocação é, basicamente, convidar as pessoas da comunidade escolar e do entorno para participarem do projeto de voluntariado, inclusive de todo o planejamento dele.

14 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Quando você vai ao médico, qual é a primeira coisa que ele faz? Avalia seu estado físico e faz um Diagnóstico, ou seja, diz qual é o seu problema para poder recomendar um tratamento adequado, certo? O 2º passo do planejamento faz exatamente isso: - descobre as necessidades reais da comunidade/grupo que receberá a ação de voluntariado, Passo 2 - entende qual deverá ser a quantidade, o perfil, as habilidades dos voluntários, bem como quanto tempo eles poderão dedicar ao projeto.

15 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo O Diagnóstico é muito importante porque é o momento de determinar o que a comunidade que receberá a ação voluntária realmente necessita. E há muito diferença entre fazer o que achamos que é necessário e fazer o que realmente é necessário.

16 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Veja algumas maneiras de fazer o Diagnóstico: Organizar um mutirão de entrevistas na comunidade. As perguntas são feitas pessoalmente ao entrevistado e anotadas pelo entrevistador. Fazer cópias de questionários e distribuir na comunidade, recolhendo-os depois. Conversar com a Associação de Moradores ou com lideranças comunitárias para entender o histórico e as necessidades da comunidade.

17 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Atenção Capítulo 2 Planejamento passo a passo Lembra do Mapeamento que você aprendeu a fazer na Aula 2 Liderança e Comunidade? Agora é a hora de usá-lo! Ele será muito importante na fase de Convocação, pois ajuda a mapear possíveis parcerias para o projeto e, principalmente na fase de Diagnóstico, na qual o grupo deverá ir a campo e conversar com a comunidade para definir quais serão os objetivos do projeto. Aproveite e use esta ferramenta!

18 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Agora que já se sabe quem irá participar do projeto de voluntariado e quais são as necessidades da escola e da comunidade, chegou a hora de, enfim, elaborar o Projeto! Passo 3 No momento de fazer o projeto, é preciso definir: - A justificativa da ação, ou seja, porquê ela será feita, - Qual o seu objetivo, - Quem trabalhará como voluntário, - Para quem será feita a ação (qual o público), - Como será feita a ação, - Quando será feita, - Que recursos (financeiros, humanos e materiais) serão utilizados.

19 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Para ajudar na construção do projeto, a sugestão é que seja usado o método CANVAS, logo abaixo: Que parcerias precisamos ou podemos buscar? Que atividades desenvolveremo s? Que problema queremos solucionar? Como faremos o bem? Quem é o nosso público-alvo? Que recursos precisamos? Quando faremos? Que resultado esperamos de nossas ações voluntárias? Vamos ver de pertinho como ele funciona?

20 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo O CANVAS funciona de uma maneira super simples: basta responder a cada uma das perguntas dos retângulos e, surpresa! Você terá descrito todos os itens necessários para fazer seu projeto!

21 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Luz, câmera, Ação! Chegamos ao 4º passo, que é aquele em que tudo o que foi planejado será colocado em prática. Ou seja, é hora de agir! Passo 4 Nesta etapa, é fundamental que você use sua liderança para organizar, animar e motivar a equipe de voluntários para que tudo aconteça o mais próximo do esperado. Lembre-se de que todos têm um objetivo comum.

22 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo A ação acabou? Objetivo cumprido? Então, chegou a hora de Comemorar! Fazer o bem faz tão bem que, muitas vezes, esquecemos de comemorar o sucesso da ação voluntária. Acontece que esta etapa não pode passar em branco, pois reconhecer e valorizar o esforço de todos é essencial para manter o comprometimento com a causa. Passo 5

23 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Veja algumas ideias de como fazer esta comemoração e reconhecimento: Homenagem: homenagear os voluntários e apoiadores do projeto, seja com alguma fala em público, apresentação artística, festinha ou até com alguma placa de agradecimento. Mídia: é possível agradecer usando os veículos de comunicação da escola e/ou da comunidade. Isso ajuda a fazer com que mais e mais pessoas conheçam o projeto.

24 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Durante todas etapas do planejamento, é preciso Refletir sobre o que está sendo feito e Registrar todas as ações! Vamos entender um pouco mais o que essas palavras significam?

25 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Refletir nada mais é do que pensar sobre o que está sendo feito e avaliar se o projeto está indo no caminho certo. Todos os participantes precisam ter oportunidade de dar sua opinião. O importante é nunca perder de vista o objetivo e adaptar o projeto, caso seja necessário.

26 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Capítulo 2 Planejamento passo a passo Já o Registro é fundamental para que a história do projeto não se perca e nem caia no esquecimento. Para não perder nenhum detalhe, o grupo pode fazer coisas como: Ata das reuniões, ou seja, anotar o que acontece nos encontros, Fotografar o antes e depois das ações, Filmar as ações e entrevistar os envolvidos.

27 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Para complementar o que estudamos até aqui, assista ao vídeo. Juntando as peças dos Jogos Rio2106

28 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Para refletir Você acabou de assistir a um vídeo que fala sobre a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos A partir disso, reflita: - quais são os pontos em comum que esta organização tem com o planejamento do projeto de voluntariado na escola. - em que os Jogos podem servir de inspiração para a elaboração do projeto.

29 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Quiz Teste seus conhecimentos respondendo às questões: 1. Em que etapa do planejamento se descobre o que a comunidade necessita? a) Convocação b) Diagnóstico c) Reflexão

30 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Quiz Teste seus conhecimentos respondendo às questões: 2. Quais são os passos de um planejamento? a) Convocação, Diagnóstico, Projeto, Ação e Comemoração b) Convocação, Diagnóstico, Comunicação, Projeto e Comemoração c) Reflexão, Diagnóstico, Projeto e Ação

31 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Quiz Teste seus conhecimentos respondendo às questões: 3. O mapeamento da comunidade auxilia diretamente em que etapa do planejamento? a) Comemoração b) Projeto c) Convocação e Diagnóstico

32 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Consolidando e testando seus conhecimentos Quiz Confira suas respostas: 1. B 2. A 3. C

33 Aula 3 Planejando a Ação Voluntária Relembrando Planejar o projeto é fundamental para o seu sucesso. O planejamento de voluntariado na escola pode ser feito em cinco etapas: - Convocação: convidar escola e comunidade, - Diagnóstico: ouvir o público-alvo e definir objetivos - Projeto: detalhar o projeto - Ação: colocar a mão na massa - Comemoração: reconhecer e comemorar.

34 Conclusão Você concluiu a Aula 3 do curso Organizando Voluntariado na Escola! Nesta aula, você viu o passo a passo para fazer o planejamento de um projeto de voluntariado na escola. Agora, com a conclusão deste curso, você tem o conhecimento necessário para mobilizar a escola em torno de um projeto. Em breve, você será convocado para o próximo curso e aprenderá a registrar em fotos e vídeos e divulgar os projetos de sua escola.

35 FICHA CATALOGRÁFICA Título: Planejando a Ação Voluntária Assunto: Organizando voluntariado na escola Palavras-chave: voluntário, voluntariado, escola, comunidade, planejamento Data da publicação: 07/2014 Edição: 1ª edição Autor/Criador: Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 Wanda Engel Colaboração: presidente do Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial Banco de Imagens Rio 2016 Imagens: Getty Images Tipo de Documento: Aula Digital Idioma: Português (Brasil) Objeto Digital: Slide de Apresentação Formato:.pptx e.pdf Local orignal:

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário Organizando Voluntariado na Escola Aula 1 Ser Voluntário Objetivos 1 Entender o que é ser voluntário. 2 Conhecer os benefícios de ajudar. 3 Perceber as oportunidades proporcionadas pelo voluntariado. 4

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos Objetivos 1 Entender o que são as redes sociais. 2 Definir Marketing Viral. 3 Entender como divulgar fotos e vídeos nas redes

Leia mais

O Movimento Olímpico. Aula 1 Olimpismo. Rio 2016 Versão 1.0

O Movimento Olímpico. Aula 1 Olimpismo. Rio 2016 Versão 1.0 O Movimento Olímpico Aula 1 Olimpismo Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Definir o Olimpismo, compreendendo sua filosofia. 2 Identificar os Valores Olímpicos. 3 Reconhecer a estrutura da Família Olímpica.

Leia mais

Valores educacionais do Olimpismo

Valores educacionais do Olimpismo Valores educacionais do Olimpismo Aula 3 Busca pela excelência e equilíbrio entre corpo, vontade e mente Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Detalhar o valor busca pela excelência 2 Apresentar estratégias

Leia mais

Experimentação Esportiva

Experimentação Esportiva Experimentação Esportiva Aula 2 O Movimento e o Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Analisar o desenvolvimento e o amadurecimento dos aspectos motores. 2 Relacionar os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs)

Leia mais

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO

CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO CONSTRUINDO UM PROJETO DE VOLUNTARIADO ExpedieNte TEXTO Kátia Regina Gonçalves Paulo de Camargo Priscila Cruz COORDENAÇÃO DO PROJETO Sílnia Nunes Martins Prado PROJETO GRÁFICO Linea Creativa ILUSTRAÇÃO

Leia mais

Valores Educacionais. Aula 2 Alegria do Esforço

Valores Educacionais. Aula 2 Alegria do Esforço Valores Educacionais Aula 2 Alegria do Esforço Objetivos 1 Apresentar o valor Alegria do Esforço. 2 Indicar possibilidades de aplicação pedagógica do valor Alegria do Esforço. Introdução As próximas aulas

Leia mais

Valores Educacionais. Aula 1 Educação Olímpica

Valores Educacionais. Aula 1 Educação Olímpica Valores Educacionais Aula 1 Educação Olímpica Objetivos 1 Apresentar os objetivos da Educação Olímpica. 2 Indicar as possibilidades de trabalho com a temática Valores Educacionais integrada aos conteúdos

Leia mais

Valores Educacionais. Aula 4 Respeito pelos Outros

Valores Educacionais. Aula 4 Respeito pelos Outros Valores Educacionais Aula 4 Respeito pelos Outros Objetivos 1 Apresentar o valor Respeito pelos Outros. 2 Indicar possibilidades de aplicação pedagógica do valor Respeito pelos Outros. Introdução Esta

Leia mais

O Movimento Olímpico. Aula 2 Os Símbolos Olímpicos. Rio 2016 Versão 1.0

O Movimento Olímpico. Aula 2 Os Símbolos Olímpicos. Rio 2016 Versão 1.0 O Movimento Olímpico Aula 2 Os Símbolos Olímpicos Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Identificar os principais símbolos olímpicos. 2 Compreender a importância e a função de cada símbolo olímpico. Introdução

Leia mais

As tochas Olímpicas e Paralímpicas

As tochas Olímpicas e Paralímpicas As tochas Olímpicas e Paralímpicas Aula 2 A tocha dos Jogos Rio 2016 Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos Nesta aula, você irá conhecer: 1 As principais características da tocha dos Jogos Rio 2016 2 O revezamento

Leia mais

Esportes de Combate. Aula 1. Judô e taekwondo

Esportes de Combate. Aula 1. Judô e taekwondo Esportes de Combate Aula 1 Judô e taekwondo Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria de COMBATE e suas principais regras. 2 Conhecer a história desses esportes e sua entrada para os Jogos Olímpicos

Leia mais

Experimentação Esportiva

Experimentação Esportiva Experimentação Esportiva Aula 4 Criando um Plano Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Conhecer um passo a passo para trabalhar com a categorização de esportes. 2 Identificar sugestões de planejamento para as

Leia mais

Esportes de Interação com a Natureza

Esportes de Interação com a Natureza Esportes de Interação com a Natureza Aula 2 Canoagem e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA e suas principais regras. 2 Conhecer a história

Leia mais

Experimentação Esportiva

Experimentação Esportiva Experimentação Esportiva Aula 1 O Movimento e o Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Resgatar alguns conceitos sobre o movimento e o desenvolvimento motor e suas fases. 2 Definir habilidade motora e identificar

Leia mais

A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Tá, entendi. Agora, como eu vou fazer isso?

A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Tá, entendi. Agora, como eu vou fazer isso? A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Em 18 de Março de 2013, o mundo inteiro vai sorrir mais bonito. Neste dia, realizaremos juntos em todo o Brasil, 10 países da América Latina e Portugal a MAIOR TRIAGEM

Leia mais

Esportes de Rebatida. Aula 4. Badminton e goalball Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Rebatida. Aula 4. Badminton e goalball Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Rebatida Aula 4 Badminton e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria de REBATIDA e suas principais regras. 2 Conhecer a história do surgimento desses esportes e

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 2 Produzindo uma foto

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 2 Produzindo uma foto Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 2 Produzindo uma foto Objetivos 1 Entender um pouco da história da fotografia. 2 Identificar o que observar na escolha do equipamento fotográfico. 3 Compreender

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Água, fonte de vida. Aula 1 Água para todos. Rio 2016 Versão 1.0

Água, fonte de vida. Aula 1 Água para todos. Rio 2016 Versão 1.0 Água, fonte de vida Aula 1 Água para todos Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Analisar a quantidade de água potável disponível em nosso planeta 2 Identificar os diferentes estados da água 3 Conhecer o ciclo

Leia mais

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista Uma longa viagem começa com um único passo. - Lao-Tsé Ser Otimista não é uma tarefa fácil hoje em dia, apesar de contarmos hoje

Leia mais

SESSÃO 2: Explorando Profissões

SESSÃO 2: Explorando Profissões SESSÃO 2: Explorando Profissões CURRÍCULO DE PROGRAMA Muitas meninas adolescentes (e adultos também) dizem que não tem ideia do que querem fazer com o resto de suas vidas. Embora que algumas meninas sonham

Leia mais

Modelo de Projetos Internacionais Conhecer para preservar: animais em extinção Faixa etária: 11 a 14 anos (Ensino Fundamental II) Duração: 2 meses

Modelo de Projetos Internacionais Conhecer para preservar: animais em extinção Faixa etária: 11 a 14 anos (Ensino Fundamental II) Duração: 2 meses Modelo de Projetos Internacionais Conhecer para preservar: animais em extinção Faixa etária: 11 a 14 anos (Ensino Fundamental II) Duração: 2 meses Resumo O objetivo da atividade é que os estudantes aprendam

Leia mais

PASSOS A SEGUIR :) BAIXAR PACOTE GRÁFICO

PASSOS A SEGUIR :) BAIXAR PACOTE GRÁFICO PASSOS A SEGUIR :) ORGANIZAR OU ADICIONAR O SEU EVENTO PREENCHER O FORMULÁRIO BAIXAR PACOTE GRÁFICO COMEMORAR DIA DA TERRA ENVIAR-NOS SUAS FOTOS E GRÁFICOS ORGANIZAR UM EVENTO OU ADICIONAR O QUE VOCÊ ESTÁ

Leia mais

O Movimento Paralímpico. Aula 2 Esportes Paralímpicos Parte 1

O Movimento Paralímpico. Aula 2 Esportes Paralímpicos Parte 1 O Movimento Paralímpico Aula 2 Esportes Paralímpicos Parte 1 Objetivos 1 2 Apresentar a classificação funcional dos esportes Paralímpicos. Conhecer os seguintes esportes Paralímpicos: atletismo, halterofilismo,

Leia mais

Inspirados pelo Autismo

Inspirados pelo Autismo INSPIRADOS PELO AUTISMO Inspirados pelo Autismo Folheto Informativo Recrutando Voluntários no Programa Son-Rise As seguintes informações foram retiradas de um resumo do manual do Start-Up, o curso de introdução

Leia mais

UnP. fazendo e compartilhando a gente aprende mais

UnP. fazendo e compartilhando a gente aprende mais DIRETRIZES DO ALUNO Olá, você está fazendo parte de um projeto de melhoria acadêmicoaction! Neste material você encontrará todas as pedagógica: o Edu Action informações necessárias para entender como esse

Leia mais

3. PERÍODO DE AÇÃO 4. ATORES ENVOLVIDOS 5. MÍDIA SOCIAL MENSAGEIROS DA PAZ DIA INTERNACIONAL DA PAZ 2014 21 DE SETEMBRO

3. PERÍODO DE AÇÃO 4. ATORES ENVOLVIDOS 5. MÍDIA SOCIAL MENSAGEIROS DA PAZ DIA INTERNACIONAL DA PAZ 2014 21 DE SETEMBRO 1. OBJETIVOS Comemoração do Dia Internacional da Paz 2014, através do envolvimento ativo dos Escoteiros com a Comunidade. Para induzir e apoiar os Escoteiros a falarem sobre a Paz com os outros Escoteiros,

Leia mais

Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado

Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado Terceiro Setor Contribuições à Criação e Organização de um Núcleo de Voluntariado Para que possamos atuar com voluntários, em projetos sociais, em instituições públicas ou privadas é fundamental que se

Leia mais

Experimentação Esportiva

Experimentação Esportiva Experimentação Esportiva Aula 3 A categorização dos esportes Olímpicos e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Compreender a categorização dos esportes Olímpicos e por similaridade de movimentos, ações ou local

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade.

A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade. Ministério da Educação Início do Conteúdo A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade. Autor e Co-autor(es) Autor Fátima Rezende Naves Dias UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube

TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube TRANSFORMANDO EM REALIDADE Guia para o Desenvolvimento de Projetos de Lions Clube TRANSFORMANDO EM REALIDADE! Os Lions clubes que organizam projetos de serviços comunitários significativos causam um impacto

Leia mais

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing 3 Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Esportes de Invasão. Aula 1. Basquetebol, basquetebol em cadeira de rodas e handebol. Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Invasão. Aula 1. Basquetebol, basquetebol em cadeira de rodas e handebol. Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Invasão Aula 1 Basquetebol, de rodas e handebol Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar três esportes da categoria INVASÃO e suas principais regras. 2 Conhecer a história desses esportes

Leia mais

Para Criar Títulos Incríveis

Para Criar Títulos Incríveis Para Criar Títulos Incríveis Escrita Magnética www.escritamagnetica.com.br 1 INDICE: DESCRIÇÃO PG Introdução... 4 O que é WEBWRITER?... 5 O que é COPIWRITER?... 6 Dica 1: LISTAS E NÚMEROS... 7 Dica 2:

Leia mais

Esportes de Rebatida. Aula 3. Golfe e hóquei sobre grama Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Rebatida. Aula 3. Golfe e hóquei sobre grama Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Rebatida Aula 3 Golfe e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria de REBATIDA e suas principais regras. 2 Conhecer a história do surgimento desses esportes e sua

Leia mais

Esportes de Invasão. Aula 3. Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo aquático. Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Invasão. Aula 3. Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo aquático. Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Invasão Aula 3 Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar mais três esportes da categoria INVASÃO. 2 Conhecer a história desses esportes e a sua entrada

Leia mais

QUESTIONÁRIO FORUM DE DISCUSSÃO SUGESTÃO DE TEMA PARA O PRÓXIMO FORUN. (Quais as dificuldades de servir NA?) GRUPO DE ESCOLHA: CSA: ENCARGO:

QUESTIONÁRIO FORUM DE DISCUSSÃO SUGESTÃO DE TEMA PARA O PRÓXIMO FORUN. (Quais as dificuldades de servir NA?) GRUPO DE ESCOLHA: CSA: ENCARGO: QUESTIONÁRIO GRUPO DE ESCOLHA: CSA: ENCARGO: NÃO SERVE (O POR QUÊ?) : O QUE ACHOU DO FORUN: SUGESTÃO DE TEMA PARA O PRÓXIMO FORUN FORUM DE DISCUSSÃO (Quais as dificuldades de servir NA?) Manual de Tesoureiro

Leia mais

Zelo. A Regra de Ouro. Por que ser zeloso? Parceiros atingidos. Zelo - SIM. Zelo - NÃO

Zelo. A Regra de Ouro. Por que ser zeloso? Parceiros atingidos. Zelo - SIM. Zelo - NÃO Exercitando o Caráter 6 a 9 anos Zelo O zelo, ou cuidado, é uma qualidade típica das pessoas de bom caráter. A pessoa zelosa tem cuidado para não prejudicar as outras pessoas e demais seres vivos, nem

Leia mais

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento Britannica Escola Online Manual de Treinamento 1 ÍNDICE Conhecendo a Britannica Escola Online...3 Como Acessar a Britannica Escola Online...3 Página Inicial da Britannica Escola Online...4 Área de Pesquisa...4

Leia mais

como a arte pode mudar a vida?

como a arte pode mudar a vida? como a arte pode mudar a vida? LONGE DAQUI, AQUI MESMO 1 / 2 Longe daqui, aqui mesmo 1 Em um caderno, crie um diário para você. Pode usar a escrita, desenhos, recortes de revista ou jornais e qualquer

Leia mais

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE

SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Escola de Tempo Integral Experiências Matemáticas 7º ANO (6ª série) SUPERAÇÃO JÁ! ETAPA DEterminaÇÃO CADERNO DO ESTUDANTE Este é um material em construção que contém os capítulos de apoio das atividades

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS PARA FAZER UMA TRANSMISSÃO ONLINE

MELHORES PRÁTICAS PARA FAZER UMA TRANSMISSÃO ONLINE MELHORES PRÁTICAS PARA FAZER UMA TRANSMISSÃO ONLINE MELHORES PRÁTICAS PARA FAZER UMA TRANSMISSÃO ONLINE 2 SUMÁRIO»» Introdução... 4»» O que preciso para transmitir?... 7»» Como fazer...12»» Dicas (muito)

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Ser voluntário é uma atitude de vida que envolve compromisso e respeito. É praticar cidadania e solidariedade.

Ser voluntário é uma atitude de vida que envolve compromisso e respeito. É praticar cidadania e solidariedade. Ser voluntário é uma atitude de vida que envolve compromisso e respeito. É praticar cidadania e solidariedade. Faça você também a sua parte. No Dia V, torne-se voluntário para um mundo melhor. Informações:

Leia mais

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG

9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG WWW.CRIARBLOGSDELITE.COM 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG Conteúdo 9 DICAS INFÁLIVEIS E 4 LEMBRETES PARA COMEÇAR SEU BLOG... 3 # 1 Planejamento... 4 # 2 Faça uma Pesquisa Criteriosa...

Leia mais

Água, fonte de vida. Aula 6 A conexão das águas. Rio 2016 Versão 1.0

Água, fonte de vida. Aula 6 A conexão das águas. Rio 2016 Versão 1.0 Água, fonte de vida Aula 6 A conexão das águas Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Conhecer o conceito de bacia hidrográfica 2 Identificar as bacias hidrográficas brasileiras e como acontece a gestão das suas

Leia mais

:: NOVA ESCOLA ON-LINE ::

:: NOVA ESCOLA ON-LINE :: Page 1 of 7 Planos de aula Educação Infantil Conhecimento de Mundo Natureza e Sociedade Seres Vivos Plano de trabalho O ovo vira pinto Introdução Muito freqüentemente, o trabalho com as ciências naturais,

Leia mais

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões

O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões O tema desta edição do EVP em Notícias é: Conexões Nosso entrevistado é o Prof. Dr. Rogério da Costa, da PUC-SP. A partir de um consistente referencial teórico-filosófico, mas em uma linguagem simples,

Leia mais

Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin

Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin Por: Roberto Vazquez Contato: contato@neob.com.br br.linkedin.com/in/rvazquez/ Olá! Primeiramente agradeço

Leia mais

#9. Pesquisa de mercado

#9. Pesquisa de mercado #9. Pesquisa de mercado para startups 1 Mentoria Remota é uma série de e-books exclusivos do Startup Sebrae Minas. Nesta edição, vamos falar sobre a importância da pesquisa de mercado. Conhecer seu público

Leia mais

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade

NIVEL PRATICANTE. Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3. Tranformações e Prosperidade NIVEL PRATICANTE Consultas de Registros Akáshicos PARTE 3 Tranformações e Prosperidade 1 MÓDULO 1 Sua Consulta : Legacia Financeira Esta parte do nível dos profissional é uma sessão de 3 partes que vai

Leia mais

Esportes de Interação com a Natureza

Esportes de Interação com a Natureza Esportes de Interação com a Natureza Aula 1 Vela e remo Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria ESPORTES DE INTERAÇÃO COM A NATUREZA e suas principais regras. 2 Conhecer a

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK!

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Treinamento de Consultoras De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Ferramentas de trabalho a serem desenvolvidas para crescer na Entender

Leia mais

Valores Educacionais. Aula 3 Jogo Limpo

Valores Educacionais. Aula 3 Jogo Limpo Valores Educacionais Aula 3 Jogo Limpo Objetivos 1 Apresentar o valor Jogo Limpo. 2 Indicar possibilidades de aplicação pedagógica do valor Jogo Limpo. Introdução Esta aula apresenta definições e sugestões

Leia mais

Projeto Jovens em Ação

Projeto Jovens em Ação Projeto Jovens em Ação Roteiro para realização de workshops Workshops: Desenvolvimento Econômico Mapeando os Bens da Comunidade Minha Escola Sustentável Cinco caminhos para o Bem- Estar Executando Ideias

Leia mais

Pesquisas e seminários Como fazer?

Pesquisas e seminários Como fazer? +++ + COLÉGIO DOS SANTOS ANJOS Avenida Iraí, 1330 - Planalto Paulista - Telefax: 5055.0744 04082-003 - São Paulo - e-mail: colsantosanjos@colegiosantosanjos.g12.br Site: www.colegiosantosanjos.g12.br Q

Leia mais

Capítulo 19 - RESUMO

Capítulo 19 - RESUMO Capítulo 19 - RESUMO Considerado como sendo um dos principais teóricos da área de marketing, Philip Kotler vem abordando assuntos referentes a esse fenômeno americano chamado marketing social, desde a

Leia mais

Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem

Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem Este Caderno de Anotações é usado para o do Programa Intel Educar. No decorrer do curso você pode registrar seus pensamentos on-line ou em uma cópia impressa

Leia mais

Participa Curitiba! Oficina sobre participação cidadã. Andressa Mendes Fernanda Castelhano Rafaela Scheiffer. Material para aplicação.

Participa Curitiba! Oficina sobre participação cidadã. Andressa Mendes Fernanda Castelhano Rafaela Scheiffer. Material para aplicação. Participa Curitiba! Oficina sobre participação cidadã Realização: Material para aplicação Andressa Mendes Fernanda Castelhano Rafaela Scheiffer Essa Oficina sobre educação política e participação cidadã

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

Identificação do projeto

Identificação do projeto Seção 1 Identificação do projeto ESTUDO BÍBLICO Respondendo a uma necessidade Leia Neemias 1 Neemias era um judeu exilado em uma terra alheia. Alguns dos judeus haviam regressado para Judá depois que os

Leia mais

Você, no entanto, pode nos ajudar!

Você, no entanto, pode nos ajudar! Este livro pode ser adquirido por educação, negócios, vendas ou uso promocional. Embora toda precaução tenha sido tomada na preparação deste livro, o autor não assume nenhuma responsabilidade por erros

Leia mais

10 Dicas para lucrar

10 Dicas para lucrar E-BOOK 10 Dicas para lucrar com Fotografia Infantil, Gestante e Casamentos Autor: Leo Castro www.marketingparafotografos.com.br E-BOOK Copyright 2015, Marketing para fotógrafos, Todos os direitos reservados

Leia mais

ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO

ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO ROTEIRO PARA OFICINA DE ANALISE DO DESEMPENHO ESCOLAR E ELABORAÇÃO DO PLANO DE ENSINO DOCUMENTOS BÁSICOS: - Cadernos Paebes; - Ata de resultados finais da Escola em 2010; - Guia de Intervenção Pedagógica;

Leia mais

Projeto de Trabalho de Graduação 2

Projeto de Trabalho de Graduação 2 Projeto de Trabalho de Graduação 2 Prof. Marcos Francisco Pereira da Silva 1 Agenda Apresentação de TCC Organização Arquitetura de Conteúdo A regra do 2 Praticar 2 Apresentação de TCC O monstro já foi

Leia mais

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica

Sugestão de Planejamento da Semana Pedagógica GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAINA SETOR REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E ENSINO INTEGRAL Sugestão de Planejamento da Semana

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

Orientações de Como Estudar Segmento II

Orientações de Como Estudar Segmento II Orientações de Como Estudar Segmento II Aprender é uma tarefa árdua que exige esforço e método e por isso organizamos algumas dicas para ajudá-lo(la) a aprender Como Estudar! Você verá que as orientações

Leia mais

FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente

FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente Projetos para a Sala de Aula FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente 5 a a 8 a SÉRIES Softwares necessários: Microsoft Publisher Microsoft workshop Software opcional: Internet explorer Guia

Leia mais

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária.

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. POR ONDE COMEÇAR??? 1. Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. Vai ganhar confiança, aprender

Leia mais

PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO

PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO Copyright Eduqa.me 2015 Todos os direitos reservados. PORTFÓLIO NA ED. INFANTIL COMO ORGANIZÁ-LO E O QUE USAR NA AVALIAÇÃO SUMÁRIO Tipos de portfólio...3 Como organizar...5 Avaliando...7 a) Oralidade...8

Leia mais

Esportes de Rebatida. Aula 2. Tênis e tênis de mesa. Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Rebatida. Aula 2. Tênis e tênis de mesa. Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Rebatida Aula 2 Tênis e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar três esportes da categoria de REBATIDA e suas principais regras. 2 Conhecer a história do surgimento desses esportes e sua

Leia mais

Esportes de Invasão. Aula 2. Futebol, futebol de 5 e futebol de 7. Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Invasão. Aula 2. Futebol, futebol de 5 e futebol de 7. Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Invasão Aula 2 Futebol, futebol de Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar mais três esportes da categoria INVASÃO. 2 Conhecer a história desses esportes e a entrada para os Jogos Olímpicos

Leia mais

ENTENDENDO AS ETAPAS INSCRIÇÃO

ENTENDENDO AS ETAPAS INSCRIÇÃO ENTENDENDO AS ETAPAS INSCRIÇÃO A inscrição no projeto deverá ser feita na área para professores. Para fazê-la, o educador deverá enviar uma imagem de sua turma, um apelido que a identifique e um breve

Leia mais

Água, fonte de vida. Aula 2 O caminho das águas. Rio 2016 Versão 1.0

Água, fonte de vida. Aula 2 O caminho das águas. Rio 2016 Versão 1.0 Água, fonte de vida Aula 2 O caminho das águas Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Aprender o caminho que a água percorre de sua nascente até a foz 2 Conhecer a forma como a água chega até as nossas casas

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Com-Vida. Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida

Com-Vida. Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida Com-Vida Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida Com-Vida Comissao de Meio Ambiente e Qualidade de Vida Depois de realizar a Conferência... Realizada a Conferência em sua Escola ou Comunidade, é

Leia mais

VEJA 50 ESTRATÉGIAS SIMPLES DE MARKETING PARA ADVOGADOS

VEJA 50 ESTRATÉGIAS SIMPLES DE MARKETING PARA ADVOGADOS VEJA 50 ESTRATÉGIAS SIMPLES DE MARKETING PARA ADVOGADOS João Ozorio de Melo Todo advogado tem de despertar o marqueteiro que existe dentro dele mesmo. Se não há recursos para investir em serviços profissionais

Leia mais

Vamos poupar dinheiro!

Vamos poupar dinheiro! Módulo 2 Unidade 8 Vamos poupar dinheiro! Para início de conversa... Observe a história em quadrinho abaixo: Matemática e suas Tecnologias Matemática 33 Todos nós sabemos que é muito bom guardar um dinheirinho

Leia mais

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução

Primeiro Email#1: Rota Problema Solução Esta segunda sequência respeita a estrutura da sequência do Eben que analisamos.o template é adequado aos profissionais que podem (e querem) trabalhar com os três mosqueteiros, ou seja, apresentar uma

Leia mais

A primeira impressão é a que fica

A primeira impressão é a que fica A primeira impressão é a que fica Cartão de Visita Prof. Maikon Malaquias Cartão de Visitas Imprima na gráfica. Ninguém com mais de 13 anos deve usar cartões impressos em casa, a não ser que seja um profissional

Leia mais

Iniciar com qualidade

Iniciar com qualidade Iniciar com qualidade Depois de ver as dicas da Diretora Nacional Executiva de Vendas Independente Glória Mayfield lembre se de compartilhar com suas Consultoras que na Mary Kay elas nunca começam sozinhas.

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista. Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP

MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista. Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP MJ Secretaria Nacional de Segurança Pública Orientações para o Conteudista Estruturação dos Materiais Básicos para os Cursos da SENASP Contacto: erisson.pitta@mj.gov.br Telefono: 5561 2025 8991 Prezado(a)

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

Projeto Jovens em Ação

Projeto Jovens em Ação Projeto Jovens em Ação Roteiro para realização de workshops Workshops 2º ano (turmas de 8ª série) - Desenvolvimento Econômico - Entendendo as Diversidades de Pensamento - Meio Ambiente - História do Bem

Leia mais

GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS

GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS GUIA COMO ENCONTRAR UM MENTOR DE NEGÓCIOS Se você já entendeu que ter mentor é uma estratégia poderosa para acelerar seu negócio, saiba agora como encontrar o seu. Sobre Andrea Jackson Andrea é administradora

Leia mais

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso!

Rafael Siqueira 0 SUCESSO. é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! 0 SUCESSO é apenas seu! 5 passos para conquistar o caminho para o seu Sucesso! Versão 1.0 Introdução: Acredito que o processo

Leia mais

14/12/2010. Convite. Olá! Seja bem vindo a mais uma etapa da Preparação da Banca Examinadora do Prêmio Qualidade RS 2011.

14/12/2010. Convite. Olá! Seja bem vindo a mais uma etapa da Preparação da Banca Examinadora do Prêmio Qualidade RS 2011. Preparação para a Banca Examinadora PBE-2011 Pré-curso 1 Convite Olá! Seja bem vindo a mais uma etapa da Preparação da Banca Examinadora do Prêmio Qualidade RS 2011. Eu sou o João Sabido, e vou lhe acompanhar

Leia mais

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação

SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação CURRÍCULO DO PROGRAMA SESSÃO 7: Transformando os sonhos em ação Para muita gente, os sonhos são apenas sonhos. Não levam necessariamente a ações diretas para transformar tais sonhos em realidade. Esta

Leia mais