CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes"

Transcrição

1 COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes Aluno (a): 5º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Este trabalho deverá ser entregue IMPRETERIVELMENTE no dia da prova.

2 Prezado(a) aluno(a), A recuperação foi planejada com o objetivo de lhe oportunizar mais um momento de aprendizagem. Para que você obtenha um melhor aproveitamento, é necessário que faça todos os exercícios propostos, estabeleça um horário de estudo contínuo em casa e se envolva nas aulas de plantão que serão oferecidas. A avaliação de recuperação será composta por um trabalho valendo 20 pontos e uma prova valendo 80 pontos CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS NA RECUPERAÇÃO Arte no século XX Divisão histórica da Arte Compreender que a história não é linear. Conhecer algumas das principais mudanças acontecidas na arte durante os séculos XIX e XX: invenção da fotografia. Cubismo: Conceituar Cubismo. Identificar as principais características do movimento. Reconhecer os artistas do movimento: Pablo Picasso, Georges Braque, Paul Cézanne. Identificar as principais obras do movimento. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência o Cubismo. Pablo Picasso: Conhecer vida e obra do artista Pablo Picasso. Reconhecer obras do artista. Identificar características dos trabalhos de Picasso. Realizar atividades artísticas tendo como referência os trabalhos do artista. Abstracionismo: Conceituar Abstracionismo. Identificar características do período. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência o abstracionismo. Diferenciar abstracionismo geométrico e informal. Kandinsky: Conhecer vida e obra do artista Kandinsky. Identificar características dos trabalho de Kandinsky. Realizar atividades artísticas tendo como referência os trabalhos do artista. Dadaísmo: Conhecer o conceito de Dadaísmo. Identificar as características do movimento. Reconhecer artistas do movimento. Identificar obras do movimento. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência o Dadaísmo.

3 Surrealismo: Conceituar Surrealismo. Identificar características do movimento. Reconhecer os artistas do movimento. Identificar obras dos artistas participantes do movimento. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência o Surrealismo. Salvador Dali: Conhecer vida e obra do artista. Identificar características dos trabalhos de Salvador Dalí. Realizar atividades artísticas tendo como referência os trabalhos do artista. Pop Art: Conceituar Pop Art. Identificar características do período. Reconhecer os principais artistas do movimento: Roy Lichtenstein, Andy Warhol. Identificar obras do movimento. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência a Pop Art Roy Lichtenstein: Conhecer vida e obra do artista. Identificar características dos trabalho de Roy Lichtenstein. Realizar atividades artísticas tendo como referência os trabalhos do artista. Andy Warhol: Conhecer vida e obra do artista Identificar características dos trabalho de Andy Warhol. Realizar atividades artísticas tendo como referência os trabalhos do artista. Modernismo Brasileiro: Compreender o conceito de Modernismo. Reconhecer as influências europeias no modernismo brasileiro. Reconhecer os artistas do movimento: Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Anita Malfati, Oswald de Andrade e Mario de Andrade. Identificar obras do movimento. Produzir trabalhos artísticos tendo como referência o modernismo no Brasil. Semana de Arte Moderna: Compreender o objetivo do evento. Compreender o contexto histórico. Identificar artistas participantes. Reconhecer a busca de uma identidade nacional. Relacionar a cultura da época com os dias atuais. - Data de entrega: 18 / 12 / Data da avaliação: 18 / 12 / 2015 BOM TRABALHO!!

4 1ª QUESTÃO(valor 1,0) O século XIX foi marcado por várias invenções, entre elas a fotografia. EXPLIQUE a importância dessa invenção. 2ª QUESTÃO(valor 1,0) Durante o século XX surgiram diversos grupos de artistas que se reuniam para criar manifestos e propor mudanças na produção artística feita até o período. No inicio do século XX Pablo Picasso, um grande artista espanhol foi um dos precursores do Cubismo, movimento que tinha como característica a deformação de imagens. ESCREVA outras duas características do Cubismo. 3ª QUESTÃO(valor 1,0) Picasso foi um dos grandes nomes do Cubismo na Europa. MARQUE a imagem da pintura feita por ele. A) B) C) D)

5 LEIA o trecho abaixo e RESPONDA as questões 4 e 5: A figura deixa de ser o foco do trabalho e o artista se expressa de forma mais livre. A decomposição da figura, a simplificação da forma, os novos usos da cor, o descarte da perspectiva, a rejeição do uso convencional de sombra e luz, são algumas das suas características. O artista utiliza cores, linhas e manchas para criar formas indefinidas, não copiando a realidade. 4ª QUESTÃO (valor 1,0) O texto descreve um movimento artístico que surgiu no século XX. ESCREVA o nome do movimento ao qual ele se refere. 5ª QUESTÃO(valor 1,0) UTILIZE o espaço abaixo e CRIE um desenho a partir das características descritas no texto. 6ª QUESTÃO(valor 1,0) LEIA a frase abaixo: O pintor russo Wassily Kandinsky ( ) é considerado por muitos historiadores o iniciador da pintura surrealista. Suas pesquisas na arte trouxeram importantes mudanças na produção artística da época.

6 A frase acima está correta? JUSTIFIQUE sua resposta. 7ª QUESTÃO(valor 1,0) OBSERVE as imagens abaixo e CLASSIFIQUE-as em abstracionismo informal ou geométrico: Hélio Oiticica, Metaesquema Jackson Pollock, número 1A Kandinsky, Improvisação 11 8ª QUESTÃO(valor 1,0) O movimento Dadá (ou Dadaísmo), teve início em Zurique na Suíça em 1916 e se apresenta como um movimento de crítica cultural mais ampla, ou seja, que faz questionamentos e reflexões sobre a sociedade como um todo e não somente sobre a arte. Trazendo para os nossos dias, vários artistas assumem essa postura de questionamentos, de criticar situações que vivenciamos todos os dias, sejam elas na política, na cultura, no esporte.

7 ESCREVA abaixo um parágrafo fazendo uma crítica a algum acontecimento no nosso país que te provocou uma reflexão. 9ª QUESTÃO(valor 1,0) A colagem foi uma técnica muito utilizada pelos artistas dadaístas, elas proporcionavam efeitos e sobreposições de imagens que produziam um acumulo de informações que provocavam a falta de sentido na imagem. UTILIZE jornais e revistas e CRIE uma colagem no espaço abaixo. Lembre-se de se inspirar em obras dadaístas para a criação da sua imagem.

8 10ª QUESTÃO(valor 1,0) Ainda sobre o Dadaísmo, MARQUE a opção correta. A) Eram contra a qualquer tipo de equilíbrio. B) Se preocupavam em produzir imagens realistas. C) Se preocupavam em usar a perspectiva. D) Retratavam o inconsciente. 11ª QUESTÃO(valor 1,0) O Surrealismo foi um movimento artístico e literário nascido na França na década de 1920,que reunindo artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo ganhou dimensão mundial. Fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas do psicólogo Sigmund Freud ( ), o Surrealismo enfatiza o papel do inconsciente na atividade criativa. Salvador Dalí foi um dos grandes nomes desse movimento. MARQUE abaixo o trabalho realizado por ele. A) B) C) D)

9 12ª QUESTÃO(valor 1,0) O surrealismo foi bastante difundido na Europa, suas produções não ficaram restritas aos trabalhos do Salvador Dalí. ESCREVA o nome de outros três artistas participantes do movimento. 13ª QUESTÃO(valor 1,0) Nos Estado Unidos, durante a década de 1960, um grupo de artistas começa a ganhar destaque em exposições, com trabalhos inspirados nos movimentos dadaísta e surrealista, onde traziam imagens e símbolos retirados diretamente da cultura de massa e da vida cotidiana. A frase acima se refere ao movimento artístico A) Pop Art. B) cubismo. C) abstracionismo. D) modernismo brasileiro. 14ª QUESTÃO(valor 1,0) O artista pop, Roy Lichtenstein ( ) possui uma série de trabalhos com características bem marcantes. MARQUE a imagem do trabalho dele. A) B) C) D)

10 15ª QUESTÃO(valor 1,0) Andy Warhol foi outro artista pop reconhecido e apesar de muito semelhantes nas ideias e conceitos, existem algumas diferenças em relação ao trabalho do Roy Lichtenstein. ESCREVA duas diferenças entre os trabalhos deles. 16ª QUESTÃO(valor 1,0) Diversos artistas brasileiros estiveram em países da Europa com o objetivo de estudar e explorar as mudanças que estavam acontecendo por lá com os movimentos como cubismo, o abstracionismo, dadaísmo. A partir da experiência adquiridos fora, os artistas voltaram dispostos a inovar, mudar a arte brasileira, pois éramos muito dependentes dos padrões europeus. Após um período de estudos na Europa, Anita Malfatti volta ao Brasil e monta a primeira exposição modernista em nosso país. ESCREVA qual foi a repercussão que a exposição teve. Ela foi bem aceita? JUSTIFIQUE sua resposta. 17ª QUESTÃO(valor 1,0) Logo após a exposição realizada por Anita Malfatt,i em 1917, um grupo de artistas se reuniu e resolveu organizar a Semana de Arte Moderna. A) EXPLIQUE o que foi a Semana de Arte Moderna. B) ESCREVA qual foi a importância da Semana de Arte Moderna para o desenvolvimento do modernismo no Brasil.

11 18ª QUESTÃO(valor 1,0) ESCREVA o nome de três artistas participantes do modernismo no Brasil. 19ª QUESTÃO(valor 1,0) Uma das características marcantes do modernismo é a busca por uma identidade nacional, trazer para as imagens e trabalhos, as características do nosso povo, do nosso país. OBSERVE a imagem abaixo: Tropical, Anita Malfatti ESCREVA quais elementos da imagem que fazem referência a nossa cultura. 20ª QUESTÃO(valor 1,0) Ainda sobre a Semana de Arte Moderna, ESCREVA, quais foram as linguagens artísticas que foram apresentadas no evento.

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Habilidades: - Conhecer e distinguir diferentes momentos

Leia mais

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 9 ANO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª GABRIELA DACIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula

Leia mais

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através de formas irreconhecíveis. O formato tradicional (paisagens

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: Fundamental II 8ª série) DISCIPLINA: Artes PROFESSOR (A): Equipe de Artes TURMA: TURNO: Roteiro e Lista de estudo para recuperação

Leia mais

Português 3º ano Wilton. Vanguardas na Europa e no Brasil

Português 3º ano Wilton. Vanguardas na Europa e no Brasil Português 3º ano Wilton Vanguardas na Europa e no Brasil Roberson de Oliveira 1 Vanguardas na Europa e no Brasil No dia 20 de dezembro de 1917, o jornal O Estado de S. Paulo publicou o artigo Paranoia

Leia mais

futurismo Filippo Marinetti Oswald de Andrade Anita Malfatti

futurismo Filippo Marinetti Oswald de Andrade Anita Malfatti FUTURISMO O futurismo é um movimento artístico e literário, que surgiu oficialmente em 20 de fevereiro de 1909 com a publicação do Manifesto Futurista, pelo poeta italiano Filippo Marinetti, no jornal

Leia mais

Vanguardas Históricas I

Vanguardas Históricas I Vanguardas Históricas I As transformações do início do século XX e as vanguardas históricas Os avanços da ciência realizados a partir do século XIX mudaram a percepção da realidade e conduziram, no campo

Leia mais

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas TURMA 601 Aula 07 Formas Geométricas As figuras geométricas sempre chamaram a atenção dos artistas plásticos. As composições com figuras geométricas é um trabalho de buscar o equilíbrio entre as formas.

Leia mais

Série. MAT Disciplina: Arte Professor: FERNANDA CARDOSO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO

Série. MAT Disciplina: Arte Professor: FERNANDA CARDOSO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO Polícia Militar do Estado de Goiás CPMG Hugo de Carvalho Ramos Ano Letivo - 2015 Série ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO - Todas essas atividades, tanto as perguntas como respostas deverão ser COPIADAS E RESPONDIDAS

Leia mais

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada?

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada? Estudo dirigido para o segundo ano do ensino médio, Artes Milton Gomes Coelho A arte do Impressionismo 01. Liste fatos que modificaram o ritmo das cidades no século XIX. Resposta: pág. 223 02. Relacione,

Leia mais

Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund

Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud, que mostram a importância do inconsciente na

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA BANCO DE QUESTÕES - EDUCAÇÃO ARTÍSTICA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 1 =============================================================================================

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE. Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ. Aluno(a): Turma:

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE. Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ. Aluno(a): Turma: INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO PROFESSORA ARILENE RODRIGUES ZICHTL ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ Aluno(a): Turma: Caro aluno, Visando aumentar seu conhecimento e em

Leia mais

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: ARTE PROFESSORA: Cristiana de Souza DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 8º ANO TURMA: A e B ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO RELAÇÃO DOCONTEÚDO

Leia mais

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS CONTEXTO HISTÓRICO As vanguardas européias foram manifestações artístico-literárias surgidas na Europa,

Leia mais

EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX

EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX História da Arte Profª Natalia Pieroni IDADE CONTEMPORÂNEA LINHA DO TEMPO - HISTORIOGRAFIA Período PRÉ-HISTÓRIA Origens do homem até 40000 a. C IDADE ANTIGA 40000

Leia mais

Semana de Arte Moderna

Semana de Arte Moderna Semana de Arte Moderna 8º Ano 4º Bimestre 2015 Professor Juventino Introdução Ano foi marcado de 1922 por grandes mudanças na política e na cultura. Transformações no mundo. 1º centenário da independência.

Leia mais

DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço

DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço DADAÍSMO Profa. Cristiane Lourenço DADAÍSMO Formado em 1916 em Zurique por jovens franceses e alemães que, se tivessem permanecido em seus respectivos países, teriam sido convocados para o serviço militar,

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME:

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / NOME: Quando os portugueses chegaram ao Brasil, em 1500, observaram que os índios expressavam-se através da pintura em seus corpos, em objetos e em paredes. A arte

Leia mais

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR

TURMA 801. Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR TURMA 801 Aula 07 PERSPECTIVA LINEAR Nós habitamos um mundo tridimensional. Ou seja, vemos o mundo em três dimensões: a altura, a largura e a profundidade. É por conta da profundidade que dizemos a árvore

Leia mais

Vanguardas. Prof. Adriano Portela

Vanguardas. Prof. Adriano Portela Vanguardas Prof. Adriano Portela O que significa Vanguarda? Do francês avant-garde Termo militar que designa aquele que, durante uma campanha, vai à frente da unidade. No campo das artes e ideias, aqueles

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ESTUDOS HISTÓRIA DA ARTE- 2ª SÉRIE ENSINO MÉDIO

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ESTUDOS HISTÓRIA DA ARTE- 2ª SÉRIE ENSINO MÉDIO Arte Moderna Expressionismo A busca por expressar os problemas da sociedade da época e os sentimentos e emoções do homem no inicio do século xx Foi uma reação ao impressionismo, já que o movimento preocupou-se

Leia mais

Sobre a arte contemporânea, é correto afirmar que

Sobre a arte contemporânea, é correto afirmar que QUESTÃO 01 A arte contemporânea está consolidada no contexto atual das artes, mesmo sendo diversas vezes apontada como esquisita pelo público geral. Essa reação ocorre porque a arte contemporânea a) passou

Leia mais

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY Os seis passos para a modernidade Chegada da Família Real Portuguesa (1808); Missão Artística Francesa; Academia Imperial

Leia mais

Quem Foi Pablo Picasso?

Quem Foi Pablo Picasso? FICHA Nº3 Pablo PICASSO Quem Foi Pablo Picasso? Você está para conhecer como surgiram os desenhos, pinturas e esculturas de Picasso. Quem foi esse homem? Picasso era um homem baixinho, gordo e muito inteligente.

Leia mais

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Compreendendo as Artes Visuais como área de conhecimento, que busca a formação de um sujeito atuante nos diferentes contextos da sociedade, pretendemos

Leia mais

MODERNISMO. História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012)

MODERNISMO. História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012) MODERNISMO História da Arte Profº Geder 1ª Série Ensino Médio (2012) O século XX inicia-se no Brasil com muitos fatos que vão moldando a nova fisionomia do país. - progresso técnico - novas fábricas surgidas

Leia mais

ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.)

ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.) ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.) SUPLEMENTO DIDÁTICO Elaborado por Rosa Iavelberg Pós-graduada em Arte-educação pela Escola

Leia mais

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente - 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2014 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular: Artes Série:

Leia mais

DADAÍSMO SURREALISMO OP ART E POP ART SÉC. XX

DADAÍSMO SURREALISMO OP ART E POP ART SÉC. XX DADAÍSMO SURREALISMO OP ART E POP ART SÉC. XX História da Arte Profª Natalia Pieroni IDADE CONTEMPORÂNEA LINHA DO TEMPO - HISTORIOGRAFIA Período PRÉ-HISTÓRIA Origens do homem até 40000 a. C IDADE ANTIGA

Leia mais

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA

VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA VIVENCIANDO MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA BIBLIOTECA ESCOLAR: EXPERIÊNCIA DO PIBID/UEMS/PEDAGOGIA Gabriela Arcas de Oliveira¹; Joice Gomes de Souza²; Giana Amaral Yamin³. UEMS- CEP, 79804970- Dourados-MS, ¹Bolsista

Leia mais

A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças

A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças A BONITEZA DO OLHAR INFANTIL NA PERSPECTIVA EMANCIPADORA: Ensinar e aprender em diálogo com os saberes das crianças PADILHA, Aparecida Arrais PMSP cidarrais@yahoo.com.br Resumo: Este artigo apresenta uma

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA. Autora: Bia Villela. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Período: Três semanas.

ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA. Autora: Bia Villela. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Período: Três semanas. ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática I Era uma vez um gato xadrez... Autora: Bia Villela. Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto.

Leia mais

A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR

A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR 7º Seminário de Pesquisa em Artes da Faculdade de Artes do Paraná Anais Eletrônicos A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR Letícia Tadra do Carmo 105 Universidade

Leia mais

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - ARTE Ensino Médio, 3ª Série POP ART / CARACTERÍSTICAS E MANIFESTAÇÕES

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - ARTE Ensino Médio, 3ª Série POP ART / CARACTERÍSTICAS E MANIFESTAÇÕES Linguagens, Códigos e suas Tecnologias - ARTE Ensino Médio, 3ª Série POP ART / CARACTERÍSTICAS E MANIFESTAÇÕES ONDE E QUANDO? A partir do fim dos anos 50, simultaneamente, nos Estados Unidos e na Inglaterra.

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão

Questão 1 / Tarefa 1. Questão 1 / Tarefa 2. Questão 1 / Tarefa 3. Questão Neste teste, a resolução da questão 1 exige a audição de uma sequência de três músicas que serão executadas sem interrupção: uma vez, no início do teste; uma vez, dez minutos após o término da primeira

Leia mais

Contexto do Dadaísmo

Contexto do Dadaísmo O Movimento Dadá Contexto do Dadaísmo O Movimento Dadá O movimento Dadá ou Dadaísmo foi uma vanguarda moderna iniciada em Zurique, em 1916, no chamado Cabaret Voltaire, por um grupo de escritores e artistas

Leia mais

VANGUARDAS EUROPÉIAS

VANGUARDAS EUROPÉIAS VANGUARDAS EUROPÉIAS CONTEXTO HISTÓRICO AVANÇO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO SUPERVALORIZAÇÃO DO PROGRESSO E O ENALTECIMENTO DA MÁQUINA O Ford Model T foi apresentado no dia 1 de outubro de 1908. Ele tinha O

Leia mais

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA Em seu sentido literal, vanguarda (vem do francês Avant Garde, guarda avante ) faz referência ao batalhão militar que precede as tropas em ataque durante

Leia mais

O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido primeiramente em Paris (1924) com a publicação do Manifesto Surrealista, feito pelo

O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido primeiramente em Paris (1924) com a publicação do Manifesto Surrealista, feito pelo 1 O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido primeiramente em Paris (1924) com a publicação do Manifesto Surrealista, feito pelo poeta e psiquiatra francês André Breton em 1924. Inserido

Leia mais

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. A A Unidade I Tecnologia Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 A A Aula 1.2 Conteúdo: Semana de Arte Moderna. 3 A A Habilidade: Reconhecer, diferenciar e saber utilizar diversas técnicas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE ARTE 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Cores da Pré-História Arte na pedra - Período Paleolítico - Período Neolítico Surgimento da dança, da música e do teatro. - Manifestações

Leia mais

CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES

CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES Poliana de Brito Morais ¹ Francisco de Assis Lucena² Resumo: O presente trabalho visa relatar as experiências

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 2 a. Série Data: / /2015 Professores: Gabriel e Marcelo Nota: (valor: 1,0) 3º bimestre de 2015 A - Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

Surrealismo. Professora: Caroline Bonilha Componente Curricular: Artes

Surrealismo. Professora: Caroline Bonilha Componente Curricular: Artes Surrealismo Professora: Caroline Bonilha Componente Curricular: Artes O surrealismo foi o movimento artístico moderno da representação do irracional e do subconsciente. Suas origens devem ser buscadas

Leia mais

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2.

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2. PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR Produção Integrada ao Conteúdo 6. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto

Leia mais

EXPERIMENTALISMO ARTÍSTICO E A DÉCADA DE 60 NO BRASIL: POR UM NOVO SENTIDO DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL

EXPERIMENTALISMO ARTÍSTICO E A DÉCADA DE 60 NO BRASIL: POR UM NOVO SENTIDO DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL EXPERIMENTALISMO ARTÍSTICO E A DÉCADA DE 60 NO BRASIL: POR UM NOVO SENTIDO DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Izabella Maria da Silva Medeiros 1 ; Paulo Marcondes Ferreira Soares 2 1 Estudante do Curso de Psicologia

Leia mais

ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922

ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922 ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922 A Semana de Arte Moderna de 1922 foi um momento de ruptura que dividiu a arte brasileira entre academicismo e modernismo. Não foi, porém, uma unanimidade nacional e gerou

Leia mais

CRONOGRAMA ESPANHOL - 9º ANO 1º Bimestre 2014

CRONOGRAMA ESPANHOL - 9º ANO 1º Bimestre 2014 CRONOGRAMA ESPANHOL - 9º ANO 2014 Professor(a): Lígia Martins de Matos Total de aulas previstas: 10 aulas Apresentação coletiva na área externa da escola Aula de apresentação (formas de saludar, presentarse,

Leia mais

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio

Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio Currículo Referência em Artes Visuais Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS

TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS 1 TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS Profa. Teresa Cristina Melo da Silveira (Teca) E.M. Professor Oswaldo Vieira Gonçalves SME/PMU 1 Comunicação Relato de Experiência Triangulação de Imagens foi o nome escolhido

Leia mais

Curso: Estudos Diversificados 1 História da Arte Visual - Turma: 04 Professora: Dária Aluno: Wagner Kimura n USP: 6891465

Curso: Estudos Diversificados 1 História da Arte Visual - Turma: 04 Professora: Dária Aluno: Wagner Kimura n USP: 6891465 Curso: Estudos Diversificados 1 História da Arte Visual - Turma: 04 Professora: Dária Aluno: Wagner Kimura n USP: 6891465 Uma análise pessoal sobre obras abstracionistas Obras em observadas: Obra 1 Namorados

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Educação da FCT/UNESP, Presidente Prudente, SP. depenna05@yahoo.com.br

Programa de Pós Graduação em Educação da FCT/UNESP, Presidente Prudente, SP. depenna05@yahoo.com.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 799 INTERVENÇÃO EM ARTE COM O AUXÍLIO DO SOFTWARE PHOTOSHOP Denise Penna Quintanilha Programa de Pós Graduação em

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC Produção Integrada ao Conteúdo 8. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências Geografia A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto de tarefas)

Leia mais

PRÊMIO INCENTIVO À EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO SANTISTA GOVERNO FEDERAL

PRÊMIO INCENTIVO À EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO SANTISTA GOVERNO FEDERAL PRÊMIO INCENTIVO À EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO SANTISTA GOVERNO FEDERAL NOME: Auria Oliveira Costa Santos ENDEREÇO: Avenida Coronel Teixeira, nº 5263, Bairro: Boa Esperança CEP-

Leia mais

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART SÃO PAULO 2011 OPTICAL ART Movimento da arte abstrata que se desenvolveu na década de 1960. A OP ART (abreviatura de óptical

Leia mais

Do Expressionismo Abstracto NY àpop Art

Do Expressionismo Abstracto NY àpop Art Do Expressionismo Abstracto NY àpop Art Expressionismo abstracto NY Informalismo europeu Grupo CoBrA Escultura Giacometti~Brancusi Nouveau Réalisme Pop Art Hiper Realismo Expressionismo abstracto nova-iorquino

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha

RELATO DE EXPERIÊNCIA. Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ EVARISTO COSTA RELATO DE EXPERIÊNCIA Sequência Didática II Brincadeira Amarelinha Professoras: Maria Cristina Santos de Campos. Silvana Bento de Melo Couto. Público Alvo: 3ª Fase

Leia mais

VANGUARDAS EUROPEIAS

VANGUARDAS EUROPEIAS VANGUARDAS EUROPEIAS Impressionismo (1870-1890) Briga com a Academia; Cotidiano comum; Impressão: o que o olho vê, luz natural, jogo de sombras com cores complementares, ausência de contornos. Claude Monet,

Leia mais

Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde O Expressionismo de Die Brücke não se restringiu à pintura e à gravura, tendo tido expressão, igualmente na literatura, na música e arquitectura.

Leia mais

ampliação dos significados. conhecedor fruidor decodificador da obra de arte

ampliação dos significados. conhecedor fruidor decodificador da obra de arte Comunicação O ENSINO DAS ARTES VISUAIS NO CONTEXTO INTERDISCIPLINAR DA ESCOLA ALMEIDA, Maria Angélica Durães Mendes de VASONE, Tania Abrahão SARMENTO, Colégio Hugo Palavras-chave: Artes visuais Interdisciplinaridade

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO ALTO URUGUAI CATARINENSE AMAUC PROCESSO SELETIVO EDITAL 001/2015 MUNICÍPIO DE IPIRA PROVA DE ARTES LÍNGUA PORTUGUESA

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO ALTO URUGUAI CATARINENSE AMAUC PROCESSO SELETIVO EDITAL 001/2015 MUNICÍPIO DE IPIRA PROVA DE ARTES LÍNGUA PORTUGUESA PROVA DE ARTES LÍNGUA PORTUGUESA 1. Assinale a alternativa que contém a frase corretamente escrita com relação à concordância verbal. a) Atualmente somos nós que cuida da biblioteca b) Considerando o alto

Leia mais

Movimentos da Arte Moderna. Surrealismo. III Trimestre: turmas 181, 182 e 183

Movimentos da Arte Moderna. Surrealismo. III Trimestre: turmas 181, 182 e 183 Movimentos da Arte Moderna Surrealismo III Trimestre: turmas 181, 182 e 183 Professora: Caroline Bonilha Componente Curricular: Artes O surrealismo foi o movimento da arte moderna que representou o irracional

Leia mais

PROJETO EU SOU POP MÁRCIA R.G.VALE 2009/ 2

PROJETO EU SOU POP MÁRCIA R.G.VALE 2009/ 2 PROJETO EU SOU POP MÁRCIA R.G.VALE 2009/ 2 A implantação do projeto EU SOU POP dará oportunidade de acesso ao universo artístico aos alunos do ensino médio. Esse projeto tem a intenção de contribuir para

Leia mais

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Artes Plásticas (Bacharelado e Licenciatura) 1

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Artes Plásticas (Bacharelado e Licenciatura) 1 QUESTÃO 1 Eugène Delacroix (1798-1863). A Liberdade Guiando o Povo. 260 cm 325 cm, óleo sobre tela, 1830, Museu do Louvre, Paris. Lorenzo Bernini (1598-1680). Êxtase de Santa Teresa D'Ávila. Altura = 350

Leia mais

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010 INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO Bruno Rodrigo Teixeira 1 Universidade Estadual de Londrina - UEL bruno_matuel@yahoo.com.br Camila Rosolen 2 Universidade Estadual de Londrina - UEL camilarosolen@yahoo.com.br

Leia mais

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA

MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA ESCOLA ESTADUAL ALMIRANTE TOYODA-2014 PROJETO IDENTIDADE MINHA HISTÓRIA, MINHA VIDA TURMA: 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL (AZALÉIA E ACÁCIA) PROFESSORAS: GENISMEYRE E LUCILEILA Projeto Identidade Público

Leia mais

O que é a crítica de arte?

O que é a crítica de arte? Sala de Aula O que é a crítica de arte? Use exemplos de artistas que contestaram o que é verdadeiramente arte para explicar o trabalho do crítico à turma por Maria José Spiteri AAA Divulgação Objetivos

Leia mais

A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922

A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922 A SEMANA DE ARTE MODERNA FEVEREIRO DE 1922 1822 1922 100 anos da Independência do Brasil ANTECEDENTES DA SEMANA DE ARTE MODERNA 1912 CHEGADA DE OSWALD DE ANDRADE DA EUROPA Oswald de Andrade retorna de

Leia mais

PROCESSOS EDUCATIVOS AO REDOR DE OBRAS ARTÍSTICAS Adriana Fernandes Coimbra Marigo UFSCar

PROCESSOS EDUCATIVOS AO REDOR DE OBRAS ARTÍSTICAS Adriana Fernandes Coimbra Marigo UFSCar 1 PROCESSOS EDUCATIVOS AO REDOR DE OBRAS ARTÍSTICAS Adriana Fernandes Coimbra Marigo UFSCar Este estudo se inclui em uma pesquisa maior, que investiga as interações em uma escola da rede pública municipal

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

Como ponto de partida para esse trabalho, considerem o texto a seguir. [ ] Mas a fotografia é arte? Claro que é! Pois o fotógrafo não se limita a

Como ponto de partida para esse trabalho, considerem o texto a seguir. [ ] Mas a fotografia é arte? Claro que é! Pois o fotógrafo não se limita a A arte da fotografia Ao longo do tempo, novas formas de arte foram surgindo. Os antigos não conheceram o cinema e a fotografia, por exemplo, que hoje são manifestações artísticas importantes. A proposta

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO

ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO ESTRATÉGIAS DE DOCUMENTAÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM ESTUDO DE CASO Eixo Temático 2 - Pesquisa e Práticas Educacionais Autora: Beatriz de Oliveira Abuchaim Orientadora: Maria Malta

Leia mais

O retrato através da História da Arte

O retrato através da História da Arte ós na ala de Aula - Arte 6º ao 9º ano - unidade 5 Inicie sua aula observando retratos conhecidos da História da Arte e, em seguida, converse com os alunos sobre os retratos na História. Pergunte a eles

Leia mais

MODERNISMO BRASILEIRO SÉC. XX

MODERNISMO BRASILEIRO SÉC. XX MODERNISMO BRASILEIRO SÉC. XX SEMANA DE ARTE MODERNA História da Arte Profª Natalia Pieroni ANTECEDENTES - Industrialização do país em função do fortalecimento da economia do café (pós Primeira Guerra).

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 6ºAno Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 1,0) 2º semestre Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos necessários.

Leia mais

Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes nomes da arte brasileira.

Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes nomes da arte brasileira. Leilão de Arte Leilão de arte em São Paulo reúne obras de 89 artistas modernos e contemporâneos Em mais uma edição do seu tradicional leilão, James Lisboa Leiloeiro Oficial apresenta 157 obras de grandes

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 1

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 1 Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 1 5 Nome: Data: Unidade 1 1. Observe as tabelas e responda à questão. CARVÃO ano Grã-Bretanha alemanha estados unidos 1871 117 29 42 1880 147 47 65 1890

Leia mais

Texto : Jeremy Roe. Tradução portuguesa: Sarah Adamopoulos, Lisboa. Todos os direitos reservados.

Texto : Jeremy Roe. Tradução portuguesa: Sarah Adamopoulos, Lisboa. Todos os direitos reservados. TÀPIES Texto : Jeremy Roe Sirrocco, Londres, Reino Unido Confidential Concepts, EUA Tapies Estate / Artists Rights Society, Nova Yorque, EUA / VEGAP, Espanha. Tradução portuguesa: Sarah Adamopoulos, Lisboa

Leia mais

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA

OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA OFICINA EDUCOMUNICATIVA EM FOTOGRAFIA Uma proposta para aplicação no Programa Mais Educação Izabele Silva Gomes Universidade Federal de Campina Grande UFCG izabelesilvag@gmail.com Orientador (a): Professora

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA

MODELAGEM MATEMÁTICA 600 MODELAGEM MATEMÁTICA *Carla da Silva Santos **Marlene Menegazzi RESUMO Este artigo retrata através de seus dados históricos, métodos e exemplo prático uma metodologia alternativa de ensino nos levando

Leia mais

AUTORRETRATO... EU COMO SOU? SOU ÚNICO!

AUTORRETRATO... EU COMO SOU? SOU ÚNICO! AUTORRETRATO... EU COMO SOU? SOU ÚNICO! Maria da Penha Rodrigues de Assis EMEF SERRA DOURADA No ano de 2010 escolhi como posto de trabalho a EMEF Serra Dourada para lecionar como arte-educadora de séries

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

A INFLUÊNCIA DE UM MODELO DE FORMAÇÃO CONTINUADA NA TRANSFORMAÇÃO DE CRENÇAS RELACIONADAS À RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM MATEMÁTICA

A INFLUÊNCIA DE UM MODELO DE FORMAÇÃO CONTINUADA NA TRANSFORMAÇÃO DE CRENÇAS RELACIONADAS À RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM MATEMÁTICA A INFLUÊNCIA DE UM MODELO DE FORMAÇÃO CONTINUADA NA TRANSFORMAÇÃO DE CRENÇAS RELACIONADAS À RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS EM MATEMÁTICA Liane Geyer Poggetti Mathema Formação e Pesquisa liane@sitelogo.com.br Maria

Leia mais

EDUCAÇÃO ALGÉBRICA, DIÁLOGOS E APRENDIZAGEM: UM RELATO DO TRABALHO COM UMA PROPOSTA DIDÁTICA 1

EDUCAÇÃO ALGÉBRICA, DIÁLOGOS E APRENDIZAGEM: UM RELATO DO TRABALHO COM UMA PROPOSTA DIDÁTICA 1 EDUCAÇÃO ALGÉBRICA, DIÁLOGOS E APRENDIZAGEM: UM RELATO DO TRABALHO COM UMA PROPOSTA DIDÁTICA 1 Claudemir Monteiro Lima Secretária de Educação do Estado de São Paulo claudemirmonteiro@terra.com.br João

Leia mais

Comunicação Relato de Experiência

Comunicação Relato de Experiência 1 A CARA DA GENTE... Teresa Cristina Melo da Silveira teca.ensinodearte@centershop.com.br Prefeitura Municipal de Uberlândia / Secretaria Municipal de Educação Comunicação Relato de Experiência A CARA

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 CÓD. CURSO CÓD. DISC. 04035356 CRÉDITOS UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO DISCIPLINA DESIGN GRÁFICO EM PUBLICIDADE ETAPA 3 Período

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional

SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional SERVIÇO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS Secretaria de Estado da Educação Superintendência Regional de Ensino de Carangola Diretoria Educacional Sequencia Didática destinada aos Anos Finais do Ensino

Leia mais

Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental

Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental Carta da Terra: Consciência e cidadania socioambiental Luciana Vieira Professora efetiva rede estadual de ensino de Santa Catarina e doutoranda em Ensino de Geografia/UFRGS lucianageografia1996@gmail.com

Leia mais

O que é o Surrealismo?

O que é o Surrealismo? Contexto histórico Contexto histórico Num ambiente totalmente fragilizado, aparece o Surrealismo. Desestabilizador e desestruturador de toda a idéia de cultura existente até então, propõe a junção de imagens

Leia mais

ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS

ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS ESCOLA MONDRIAN FUNDAMENTAL SÃO GABRIEL - RS PROJETO CINEMA MUDO CONSTRUINDO HISTÓRIAS NO DIA DOS PAIS PROFESSORA LIA HEBERLÊ DE ALMEIDA TURMA KANDINSKY PROJETO CINEMA MUDO CONSTRUINDO HISTÓRIAS NO DIA

Leia mais

FORMANDOS DO CURSO TÉCNICO EM FLORESTAS INTEGRADO REALIZAM EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS

FORMANDOS DO CURSO TÉCNICO EM FLORESTAS INTEGRADO REALIZAM EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS FORMANDOS DO CURSO TÉCNICO EM FLORESTAS INTEGRADO REALIZAM EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIAS Toda a comunidade escolar teve a oportunidade de visitar a exposição que ocorreu no início do mês de maio, no CEFEP Presidente

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO

ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO Projeto escolar com a temática Livro Amigo produzido no ano de 2012, 2013 e em andamento em 2014, por todos os integrantes da escola e comunidade.

Leia mais

A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO

A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO Vilmara Luiza Almeida Cabral UFPB/Campus IV Resumo: O presente relato aborda o trabalho desenvolvido no projeto de intervenção

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Material Teórico A Escrita no Processo de Alfabetização Responsável pelo Conteúdo e Revisor Textual: Profª. Ms Denise Jarcovis Pianheri Unidade A Escrita no Processo de Alfabetização

Leia mais