Balanço Geral Fundo Municipal de Previdência de Palmas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Balanço Geral Fundo Municipal de Previdência de Palmas"

Transcrição

1 Fundo Municipal de Previdência de Palmas Contabilidade Geral do Município Balanço Geral Fundo Municipal de Previdência de Palmas Exercício 2008

2 MARLY COUTINHO AGUIAR PRESIDENTE DO PREVIPALMAS MIGUEL ANGELO COSTA LACERDA DIRETOR DE CONTROLE INTERNO NELSON DA SILVA BRITO GERENTE DE CONTABILIDADE

3 EQUIPE TÉCNICA COLABORADORES ANTÔNIO JOSÉ DE NOVAES CHEFE DE DIVISÃO DE EVOLUÇÃO PATRIMONIAL INÁCIA DE JESUS PIMENTEL DE OLIVEIRA CHEFE DE DIVISÃO DE RESULTADOS FINANCEIROS CÉSAR NOBRE DA SILVA CHEFE DE DIVISÃO DE REGISTRO E CONTROLE GLAYCE DE SÁ TAVARES MARCIANO GERENTE DE EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA DAVID FERREIRA DOS SANTOS CHEFE DE DIVISÃO DE DIVULGAÇÃO E INFORMAÇÕES FINANCEIRAS JUSSILEIDE ALVES LOPES CHEFE DE DIVISÃO DE CONTROLE DE CRÉDITO E RESULTADOS LUDMYLA SALES SOARES CHEFE DE DIVISÃO DE REGISTRO E EXECUÇÃO CONTÁBIL GRUPO ASSESSOR PÚBLICO NELSON DA SILVA BRITO GERENTE DE CONTABILIDADE PEDRO LOPES DA SILVA DIRETOR DE ADIMINISTRAÇÃO FINANCEIRA SUENY CECIM DA SILVA GERENTE DE DÍVIDA PÚBLICA

4 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO NOTA EXPLICATIVA ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS RELATÓRIOS CONSOLIDADOS LEI Nº 4.320/ Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Anexo Balanço Orçamentário Anexo Balanço Financeiro Anexo Balanço Patrimonial Anexo Comparativo dos Balanços Patrimoniais Anexo 14A Demonstrativo das Variações Patrimoniais Anexo Demonstrativo da Dívida Flutuante Anexo Demonstrativo do Ativo Realizável DEMONSTRATIVOS CONSOLIDADOS DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA Comparativo da Receita Orçada com a Arrecadada Anexo Demonstrativo da Despesa Orçamentária Autorizada com Realizada por Categoria Econômica e Elemento de Despesa Anexo Demonstrativo da Despesa por Funções, Subfunções, Programas, Projetos, Atividades, Fontes de Recursos e Categorias Econômicas Anexo 9A Demonstrativo de Acompanhamento da Execução Orçamentária Anexo 11 Fonte Resumido Demonstrativo da Execução Orçamentária por Programa e Ação Anexo Demonstrativo de Restos a Pagar por Programa de Trabalho Balancete Contábil DEMONSTRATIVO DOS VALORES FÍSICO/FINANCEIRO DO ALMOXARIFADO RELAÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL...31

5 Página5 APRESENTAÇÃO A Contabilidade Geral do Município tem a honra de apresentar o Balanço Geral do Fundo Municipal de Previdência de Palmas relativo ao exercício financeiro de 2008, que nos termos do artigo 40, inciso vii da Constituição Estadual e Instrução Normativa do TCE - TO nº 06 de 15 de Outubro de 2008, constitui a Prestação de Contas que o Ordenador de Despesa deve apresentar anualmente à Egrégia Corte de Contas. O Balanço Geral está elaborado em conformidade com as normas brasileiras de contabilidade e seguindo os critérios e princípios constantes na Lei Federal nº 4.320/64 e Lei Complementar Federal nº 101/2000 (LRF).

6 Página6 NOTA EXPLICATIVA ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS As demonstrações contábeis foram elaboradas de acordo com preceitos que rege a Lei Federal nº 4.320/64, Lei Complementar nº Lei de Responsabilidade Fiscal e Lei Orçamentária nº de 26 de dezembro de 2007, publicada no Diário Oficial do Estando nº de 28 de dezembro de 2007 e Decreto Municipal de Execução Orçamentária nº 01, de 02 de janeiro de As informações contidas nos demonstrativos contábeis foram extraídas do Sistema de Execução Orçamentária, Financeira e Patrimonial Assessor Público. Os Restos a Pagar Processados Inscritos no exercício financeiro de 2008, equivalem as liquidadas e não pagas, referente a despesa de pessoal, encargos sociais, consignações e diversos credores, enquanto que os Restos a Pagar não Processados inscritos, trata-se, de saldos de notas de empenhos não liquidados até o término do exercício de 2008, registrados nos termos do art. 36, e do parágrafo único do art. 103 da Lei nº 4.320/64, art. 42 da Lei Complementar nº 101/2000 Lei de Responsabilidade Fiscal. O saldo financeiro correspondente aos recursos ordinários para saldar os compromissos a pagar nos exercícios seguintes, referente a mesma origem de recursos estão na composição da Conta Única do Tesouro Municipal, centralizada e administrada pela Secretaria Municipal de Finanças. O déficit que poderá apresentar em determinadas Unidades Orçamentárias no Balanço Orçamentário Anexo 12, é correspondente ao saldo de Restos a Pagar e de Depósitos Consignados a Pagar da execução orçamentária do exercício financeiro de 2008 provenientes de recursos ordinários, transferidos através de Cotas Financeiras. Tendo em vista que a transação Cotas Financeiras Concedidas e Recebidas somente se consolida quando é efetivamente pago a ordem de pagamento. Nelson da Silva Brito Gerente de Contabilidade

7 Página7 2. RELATÓRIOS CONSOLIDADOS LEI Nº 4.320/64

8 Página8 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 1 - Demostrativo da Receita e Despesa Segunda as Categorias Econômicas DEMONSTRATIVO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS - ANEXO 1 Período até: Dezembro Tipo: Empenhado Anexo - 1 LEI 4.320/64 R E C E I T A D E S P E S A TÍTULOS R$ R$ TÍTULOS R$ R$ RECEITAS CORRENTES ,84 DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITAS TRIBUTÁRIAS PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES ,18 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA INTERNA RECEITA PATRIMONIAL ,66 OUTRAS DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA DE SERVIÇOS TRANSFERÊCIAS CORRENTES OUTRAS RECEITAS CORRENTES DEDUÇÃO PARA FORMAÇÃO DO FUNDEB RECEITAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 DESPESAS CORRENTES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS RECEITA CONTRIBUIÇÕES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 OBRIGAÇÕES PATRONAIS - INTRA-ORÇAMENTARIAS DESPESAS EXERCÍCIOS ANTERIORES - INTRA-ORÇAMENTARIAS TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 4.142,38 TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS CONCEDIDAS COTAS RECEBIDAS 4.142,38 COTAS CONCEDIDAS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS RECEBIDAS - RPPS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS CONCEDIDAS DÉFICIT SUPERÁVIT , SOMA ,55 SOMA , SUPERÁVIT DO ORÇAMENTO CORRENTE ,87 DÉFICIT DO ORÇAMENTO CORRENTE RECEITAS DE CAPITAL DESPESA DE CAPITAL ,27 OPERAÇÕES DE CRÉDITO INVESTIMENTOS ,27 ALIENAÇÃO DE BENS INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS AMORTIZAÇÃO DA DíVIDA INTERNA TRANSFERÊCIAS DE CAPITAL D É F I C I T S U P E R Á V I T , SOMA ,87 SOMA , T O T A L R E S U M O RECEITAS CORRENTES RECEITAS CORRENTES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS , ,33 DESPESAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 4.142,38 TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS CONCEDIDAS RECEITAS DE CAPITAL DESPESAS DE CAPITAL DÉFICIT SUPERÁVIT T O T A L Assessor Público - 13/03/ :03:56 - Usuário: SUENY ,42 T O T A L , , , , ,55 T O T A L ,55

9 Página9 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 12 - Balanço Orçamentário TÍTULOS R E C E I T A PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA (a) (b) (c) = (b - a) BALANÇO ORÇAMENTÁRIO - ANEXO 12 TÍTULOS D E S P E S A Período até: Dezembro Tipo: Empenhado Anexo - 12 LEI 4.320/64 FIXADA EXECUÇÃO DIFERENÇA (d) (e) (f) = (e - d) CRÉDITOS ORÇAMENTÁRIOS, SUPLEMENTARES E ESPECIAIS ,95 ( ,05) RECEITAS CORRENTES , , ,84 CRÉDITOS ORÇAMENTÁRIOS, SUPLEMENTARES E ESPECIAIS ,95 ( ,05) DESPESAS CORRENTES , ,68 ( ,51) RECEITAS TRIBUTÁRIAS PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES , ,18 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA INTERNA RECEITA PATRIMONIAL , , ,66 OUTRAS DESPESAS CORRENTES , ,68 ( ,51) RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA DE SERVIÇOS DESPESAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS TRANSFERÊCIAS CORRENTES OBRIGAÇÕES PATRONAIS - INTRA-ORÇAMENTARIAS OUTRAS RECEITAS CORRENTES DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - INTRA- DEDUÇÃO DA RECEITA CORRENTE DESPESA DE CAPITAL ,27 (9.687,73) RECEITAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS , , ,33 INVESTIMENTOS ,27 (9.687,73) RECEITA CONTRIBUIÇÕES - INTRA-ORÇAMENTARIAS , , ,33 INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA INTERNA RECEITAS DE CAPITAL RESERVA DE CONTINGÊNCIA ,81 ( ,81) OPERAÇÕES DE CRÉDITO ALIENAÇÃO DE BENS AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS TRANSFERÊCIAS DE CAPITAL OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 4.142, ,38 TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS CONCEDIDAS COTAS RECEBIDAS 4.142, ,38 COTAS CONCEDIDAS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS RECEBIDAS - RPPS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS CONCEDIDAS S O M A D É F I C I T , ,55 S O M A ,95 ( ,05) S U P E R Á V I T , ,60 T O T A L , ,55 T O T A L , ,55 SALDOS DE EXERCICIOS ANTERIORES - SUPERÁVIT FINANCEIRO Assessor Público - 25/03/ :53:25 - Usuário: SUENY

10 Página10 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 13 - Balanço Financeiro BALANÇO FINANCEIRO - ANEXO 13 RECEITA DESPESA Período até: Dezembro Tipo: Empenhado Anexo - 13 LEI 4.320/64 TÍTULOS R$ R$ R$ TÍTULOS R$ R$ R$ ORÇAMENTÁRIAS ,17 ORÇAMENTÁRIAS ,95 RECEITA CORRENTES ,84 DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITA TRIBUTÁRIA PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECEITA DE CONTRIBUIÇÃO ,18 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA RECEITA PATRIMONIAL ,66 OUTRAS DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA DE SERVIÇOS DESPESAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS TRANSFERÊNCIAS CORRENTES OBRIGAÇÕES PATRONAIS - INTRA-ORÇAMENTARIAS OUTRAS RECEITAS CORRENTES DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - INTRA-ORÇAMENTÁRIAS DEDUÇÃO DA REC. P/FORMAÇÃO FUNDEB DESPESAS DE CAPITAL ,27 RECEITAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 INVESTIMENTOS ,27 RECEITA CONTRIBUIÇÕES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA RECEITA DE CAPITAL OPERAÇÕES DE CRÉDITO ALIENAÇÃO DE BENS AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL COTAS RECEBIDAS 4.142,38 COTAS CONCEDIDAS COTAS RECEBIDAS 4.142,38 COTAS CONCEDIDAS COTA FINANCEIRA 4.142,38 COTA FINANCEIRA CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS RECEBIDAS - RPPS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS CONCEDIDAS - RPPS EXTRA-ORÇAMENTÁRIA ,39 EXTRA-ORÇAMENTÁRIA ,98 INSCRIÇÃO DA DÍVIDA FLUTUANTE ,39 PAGAMENTO DA DÍVIDA FLUTUANTE ,96 CONSIGNAÇÕES ,15 CONSIGNAÇÕES ,64 FORNECEDORES E CREDORES A PAGAR ,05 FORNECEDORES E CREDORES A PAGAR ,05 PESSOAL A PAGAR PESSOAL A PAGAR PIS/PASEP A RECOLHER - EMPREGADOR PIS/PASEP A RECOLHER - EMPREGADOR RESTOS A PAGAR ,92 RESTOS A PAGAR DESPESA NÃO PROCESSADA DESPESA NÃO PROCESSADA PRECATÓRIOS A PAGAR PRECATÓRIOS A PAGAR OUTROS CREDORES OUTROS CREDORES ORDENS PAGTO.E/OU CH.EM TRÂNSITO ,06 ORDENS PAGTO.E/OU CH.EM TRÂNSITO ,06 CAUÇÃO CAUÇÃO DEPOSITOS JUDICIAIS DEPOSITOS JUDICIAIS RECEBIMENTO A CLASSIFICAR 3.135,21 RECEBIMENTO A CLASSIFICAR 3.135,21 RECEBIMENTO DE VALORES REALIZÁVEIS INSCRIÇÃO DE VALORES REALIZÁVEIS ,02 ANTEC. RECEITA DOS MUN. ANTEC. RECEITA DOS MUN. CREDITOS A RECEBER CREDITOS A RECEBER OUTROS DEVEDORES OUTROS DEVEDORES ,02 DIVERSOS RESPONSÁVEIS DIVERSOS RESPONSÁVEIS DEPOSITOS JUDICIAIS DEPOSITOS JUDICIAIS VALORES EM TRANSITO VALORES EM TRANSITO EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS SALDO DO PERÍODO ANTERIOR ,70 SALDO DO PERÍODO SEGUINTE ,71 DISPONÍVEL 5 DISPONÍVEL ,38 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO MUNICIPAL BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO MUNICIPAL BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO RPPS 5 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO RPPS ,38 APLICAÇÕES FINANCEIRAS ,70 APLICAÇÕES FINANCEIRAS ,33 DE CURTO PRAZO DE CURTO PRAZO CADERNETA DE POUPANÇA CADERNETA DE POUPANÇA FUNDO DE INVESTIMENTO - RPPS ,70 FUNDO DE INVESTIMENTO - RPPS ,33 AGENTES ARRECADADORES AGENTES ARRECADADORES AGENTES ARRECADADORES AGENTES ARRECADADORES Assessor Público - 25/03/ :52:22 - Usuário: SUENY T O T A L ,64 T O T A L ,64

11 Página11 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 14 - Balanço Patrimonial ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL PASSIVO Período até: Dezembro Anexo - 14 LEI 4.320/64 TÍTULOS R$ R$ R$ TÍTULOS R$ R$ R$ ATIVO FINANCEIRO ,76 PASSIVO FINANCEIRO ,59 DISPONÍVEL ,71 DÍVIDA FLUTUANTE ,59 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO MUNICIPAL CONSIGNAÇÕES ,64 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO RPPS ,38 FORNECEDORES E CREDORES PESSOAL A PAGAR APLICAÇÕES FINANCEIRAS ,33 ENCARGOS SOCIAIS A RECOLHER - EMPREGADOR DE CURTO E MÉDIO PRAZOS RESTOS A PAGAR ,92 CADERNETA DE POUPANÇA PRECATÓRIOS A PAGAR FUNDO DE INVESTIMENTO - RPPS ,33 OUTROS CREDORES 7.518,33 AGENTES ARRECADADORES ORDENS DE PAGAMENTO E/OU CHEQUES TRÂNSITO 84,70 AGENTES ARRECADADORES DEPÓSITOS DE OUTRAS ORIGENS REALIZÁVEL ,05 DEPÓSITOS E CAUÇÕES CREDITOS DIVERSOS CRÉDITOS DE AGENTES ARRECADADORES OUTROS DEVEDORES ,05 RECEBIMENTO A CLASSIFICAR DIVERSOS RESPONSAVEIS VALORES EM TRÂNSITOS DEPOSITOS JUDICIAIS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS ATIVO PERMANENTE (NÃO FINANCEIRO) ,26 BENS E VALORES EM CIRCULAÇÃO - ALMOXARIFADO 622,16 ALMOXARIFADO 622,16 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO DEPÓSITOS E CAUÇÕES REALIZÁVEIS A LONGO PRAZO CRÉDITOS DO MUNICÍPIO DÍVIDA ATIVA BENS IMOBILIZADO ,10 BENS MÓVEIS BENS MÓVEIS - RPPS ,10 BENS IMÓVEIS PASSIVO PERMANENTE IMOBILIZADO EM ANDAMENTO DÍVIDA FUNDADA BENS DE NATUREZA INDUSTRIAL DÍVIDA INTERNA DÍVIDA EXTERNA PRECATORIOS DE EXERCICIOS ANTERIORES SOMA DO ATIVO REAL ,02 SALDO PATRIMONIAL SOMA DO PASSIVO REAL ,59 PASSIVO REAL DESCOBERTO SALDO PATRIMONIAL ,43 ATIVO REAL LÍQUIDO ,43 TOTAL DO ATIVO PATRIMONIAL ,02 TOTAL DO PASSIVO PATRIMONIAL ,02 COMPENSAÇÕES ATIVAS COMPENSAÇÕES PASSIVAS BENS E/OU VALORES EM PODER DE TERCEIROS CONTRAP.DE BENS E/OU VALORES EM PODER TERCEIROS RESP. POR SUPR. DE FUNDOS - EXERC ANT. SUP.DE FUNDOS A COMPROVAR - EXERC. ANTERIOR RESP. POR SUPR. DE FUNDOS - EXERC. SUP.DE FUNDOS A COMPROVAR - EXERC. CONVÊNIOS CONCEDIDOS CONVÊNIOS CONCEDIDOS CONTROLE DE CONTRATOS CONTROLE DE CONTRATOS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS CAUÇÃO VALORES EM GARANTIA BENS E/OU VALORES DE TERCEIROS CONTRAP.DE BENS E/OU VAL. DE TERCEIROS TÍTULOS RECEBIDOS EM CAUÇÃO TÍTULOS RECEBIDOS EM CAUÇÃO CONVÊNIOS C/TERCEIROS A COMPROVAR CONVÊNIOS C/ TERCEIROS A COMPROVAR Assessor Público - 27/03/ :01:17 - Usuário: SUENY T O T A L ,02 T O T A L ,02

12 Página12 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Demonstrativo de Comparativo dos Balanços Patrimoniais ATIVO EM COMPARATIVO DOS BALANÇOS PATRIMONIAIS DIFERENÇA PASSIVO EM Período até: Dezembro Anexo - 14A LEI 4.320/64 DIFERENÇA TÍTULOS (a) (b) (c) = (b - a) TÍTULOS (d) (e) (f) = (e - d) ATIVO FINANCEIRO , , ,03 PASSIVO FINANCEIRO , , ,43 DISPONÍVEL , , ,01 DÍVIDA FLUTUANTE , , ,43 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO MUNICIPAL CONSIGNAÇÕES , , ,51 BANCO CONTA MOVIMENTO - GESTÃO RPPS , ,38 FORNECEDORES E CREDORES PESSOAL A PAGAR APLICAÇÕES FINANCEIRAS , , ,63 ENCARGOS SOCIAIS A RECOLHER - EMPREGADOR DE CURTO E MÉDIO PRAZOS RESTOS A PAGAR , ,92 CADERNETA DE POUPANÇA PRECATÓRIOS A PAGAR FUNDO DE INVESTIMENTO - RPPS , , ,63 OUTROS CREDORES 7.518, ,33 AGENTES ARRECADADORES ORDENS DE PAGAMENTO E/OU CHEQUES TRÂNSITO 84,70 84,70 AGENTES ARRECADADORES DEPÓSITOS DE OUTRAS ORIGENS REALIZÁVEL 70, , ,02 DEPÓSITOS E CAUÇÕES CREDITOS DIVERSOS CRÉDITOS DE AGENTES ARRECADADORES OUTROS DEVEDORES 70, , ,02 RECEBIMENTO A CLASSIFICAR DIVERSOS RESPONSAVEIS VALORES EM TRÂNSITOS DEPOSITOS JUDICIAIS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS ATIVO PERMANENTE (NÃO FINANCEIRO) , ,26 622,16 BENS E VALORES EM CIRCULAÇÃO - ALMOXARIFADO 622,16 622,16 ALMOXARIFADO 622,16 622,16 REALIZÁVEL A LONGO PRAZO DEPÓSITOS E CAUÇÕES REALIZÁVEIS A LONGO PRAZO CRÉDITOS DO MUNICÍPIO DÍVIDA ATIVA BENS IMOBILIZADO , ,10 BENS MÓVEIS BENS MÓVEIS - RPPS , ,10 BENS IMÓVEIS PASSIVO PERMANENTE IMOBILIZADO EM ANDAMENTO DÍVIDA FUNDADA BENS DE NATUREZA INDUSTRIAL DÍVIDA INTERNA DÍVIDA EXTERNA PRECATORIOS DE EXERCICIOS ANTERIORES VALORES DO MUNICÍPIO PARTICIPAÇÃO NO CAPITAL DE EMPRESAS OUTRAS OBRIGAÇÕES SOMA DO ATIVO REAL , , ,19 PRECATORIOS DO EXERCICIO SALDO PATRIMONIAL SOMA DO PASSIVO REAL , , ,43 PASSIVO REAL DESCOBERTO SALDO PATRIMONIAL , , ,76 ATIVO REAL LÍQUIDO , , ,76 TOTAL DO ATIVO PATRIMONIAL , , ,19 TOTAL DO PASSIVO PATRIMONIAL , , ,19 COMPENSAÇÕES ATIVAS COMPENSAÇÕES PASSIVAS BENS E/OU VALORES EM PODER DE TERCEIROS CONTRAP.DE BENS E/OU VALORES EM PODER TERCEIROS RESP. POR SUPR. DE FUNDOS - EXERC ANT. SUP.DE FUNDOS A COMPROVAR - EXERC. ANTERIOR RESP. POR SUPR. DE FUNDOS - EXERC. SUP.DE FUNDOS A COMPROVAR - EXERC. CONVÊNIOS CONCEDIDOS CONVÊNIOS CONCEDIDOS CONTROLE DE CONTRATOS CONTROLE DE CONTRATOS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS CAUÇÃO VALORES EM GARANTIA BENS E/OU VALORES DE TERCEIROS CONTRAP.DE BENS E/OU VAL. DE TERCEIROS TÍTULOS RECEBIDOS EM CAUÇÃO TÍTULOS RECEBIDOS EM CAUÇÃO CONVÊNIOS C/TERCEIROS A COMPROVAR CONVÊNIOS C/ TERCEIROS A COMPROVAR TOTAL GERAL Assessor Público - 27/03/ :25:18 - Usuário: SUENY , , ,19 TOTAL GERAL , , ,19

13 Página13 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 15 - Demonstrativo das Variações Patrimoniais DEMONSTRATIVO DAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS - ANEXO 15 VARIAÇÕES ATIVAS VARIAÇÕES PASSIVAS Período até: Dezembro Tipo: Empenhado Anexo - 15 LEI 4.320/64 TÍTULOS R$ R$ R$ TÍTULOS R$ R$ R$ RESULTADO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA RESULTADO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA RECEITA ORÇAMENTÁRIA ,17 DESPESA ORÇAMENTÁRIA ,95 RECEITA CORRENTES ,84 DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITA TRIBUTÁRIA PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS RECEITA DE CONTRIBUIÇÃO ,18 J UROS E ENCARGOS DA DÍVIDA RECEITA PATRIMONIAL ,66 OUTRAS DESPESAS CORRENTES ,68 RECEITA AGROPECUÁRIA RECEITA DE SERVIÇOS TRANSFERÊNCIAS CORRENTES OUTRAS RECEITAS CORRENTES DEDUÇÃO DA REC. P/FORMAÇÃO FUNDEF DESPESAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS RECEITAS CORRENTES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 OBRIGAÇÕES PATRONAIS - INTRA-ORÇAMENTARIAS RECEITA CONTRIBUIÇÕES - INTRA-ORÇAMENTARIAS ,33 DESPESAS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES - INTRA-ORÇAMENTÁRIAS RECEITA DE CAPITAL DESPESAS DE CAPITAL ,27 ALIENAÇÃO DE BENS INVESTIMENTOS ,27 AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS INVERSÕES FINANCEIRAS OPERAÇÕES DE CRÉDITO AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL INTERFERÊNCIAS ATIVAS INTERFERÊNCIAS PASSIVAS 4.142,38 TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS 4.142,38 TRANSFERÊNCIAS FINANCEIRAS COTAS RECEBIDAS 4.142,38 COTAS RECEBIDAS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS RECEBIDAS - RPPS CONTRIBUIÇÕES PATRONAIS CONCEDIDAS - RPPS CORRESP. DE VALORES DA DIVIDA CORRESP. DE VALORES DA DIVIDA MUTAÇÕES DAS DESPESAS 911,70 MUTAÇÕES DAS RECEITAS AQUISIÇÕES E/OU CONSTRUÇÃO DE BENS 911,70 ALIENAÇÃO DE BENS BENS MÓVEIS BENS MÓVEIS BENS IMÓVEIS BENS IMÓVEIS BENS DE ALMOXARIFADO 911,70 TÍTULOS E VALORES INCORPORAÇÃO DE CRÉDITOS LIQUIDAÇÃO DE CRÉDITOS CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS EMPRÉSTIMOS CONCEDIDOS DEPÓSITOS REALIZÁVEIS VINCULADOS DÍVIDA ATIVA AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA FUNDADA CONTRATO DA DÍVIDA FUNDADA DÍVIDA INTERNA DÍVIDA INTERNA TOTAL ,25 TOTAL ,95 INDEPENDENTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA INDEPENDENTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA SUPERVENIÊNCIAS ATIVAS INSUBSISTÊNCIAS ATIVAS 289,54 INCORPORAÇÕES DE ATIVOS DESINCORPORAÇÃO DE BENS INCORPORAÇÃO DE BENS IMÓVEIS BENS IMÓVEIS INCORPORAÇÃO DE BENS MÓVEIS BENS MÓVEIS CORRESP. VALORES PATRIM.BENS MÓVEIS E IMÓVEIS CORRESP. VALORES PATRIM.BENS MÓVEIS E IMÓVEIS INSCRIÇÃO DE CRÉDITOS BAIXA DE MATERIAIS DE ALMOXARIFADO 289,54 DÍVIDA ATIVA MATERIAIS DE CONSUMO 289,54 DIVERSOS RESPONSÁVEIS INCORPORAÇÃO E/OU ATUALIZAÇÃO DE VALORES BAIXA DE DIREITOS PARTICIPAÇÃO NO CAPITAL DE EMPRESAS DIVERSOS DEVEDORES OUTROS CREDITOS A RECEBER AJUSTES DE BENS, VALORES E CRÉDITOS CANCELAMENTO DA DÍVIDA ATIVA REAVALIZAÇÃO DE BENS VARIAÇÃO CAMBIAL NEGATIVA AJ USTES DE CRÉDITOS VARIAÇÃO CAMBIAL NEGATIVA INSUBSISTÊNCIA PASSIVAS SUPERVENIÊNCIAS PASSIVAS DESINCORPORAÇÃO DE PASSIVOS PRECATORIOS CANCELAMENTO DA DÍVIDA FLUTUANTE INCORPORAÇÃO DE OBRIGAÇÕES RESTOS A PAGAR OBRIGAÇÕES DE EXERC. ANTERIORES CONSIGNAÇÕES ORDENS DE PG E/OU CH. TRÂNSITO RESTO A PAGAR OUTROS CREDORES VARIAÇÃO MONETÁRIA E/OU CAMBIAL VARIAÇÃO MONETÁRIA E/OU CAMBIAL DÍVIDA INTERNA DÍVIDA INTERNA TOTAL TOTAL 289,54 TOTAL DAS VARIAÇÕES ATIVAS ,25 TOTAL DAS VARIAÇÕES PASSIVAS ,49 TOTAL DAS VARIAÇÕES ATIVAS ,25 TOTAL DAS VARIAÇÕES PASSIVAS ,49 RESULTADO PATRIMONIAL VERIFICADO RESULTADO PATRIMONIAL VERIFICADO DÉFICIT SUPERÁVIT ,76 T O T A L G E R A L ,25 T O T A L G E R A L ,25 Assessor Público - 27/03/ :25:18 - Usuário: SUENY

14 Página14 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Anexo 17 - Demostrativo de Dívida Flutuante E S P E C I F I C A Ç Ã O Período de 01/01/2008 até 31/12/2008 D E M O N S T R A T I V O D A D Í V I D A F L U T U A N T E Anexo - 17 LEI 4.320/64 M O V I M E N T O D O P E R Í O D O SALDO EM 01/01/2008 SALDO EM 31/12/2008 F I N A N C E I R O V A R I A Ç Õ E S P A T R I M O N I A I S PAGAMENTO INSCRIÇÃO ENCAMPAÇÃO CANCELAMENTO CONSIGNAÇÕES CONSIGNAÇÕES , , , ,64 S O M A , , ,15 DESPESAS A PAGAR FORNECEDORES E CREDORES , ,05 PESSOAL A PAGAR S O M A , ,05 ENCARGOS SOCIAIS A RECOLHER - EMPREGADOR PIS\PASEP S O M A CAUÇÃO Exercicio de 2005 Exercicio de 2006 Exercicio de 2007 Exercicio de 2008 S O M A RESTOS A PAGAR RESTO A PAGAR PROCESSADO , ,95 RESTO A PAGAR NAO PROCESSADO , ,97 S O M A ,92 PRECATÓRIOS A PAGAR PRECATÓRIOS A PAGAR S O M A OUTROS CREDORES Exercicio de 2002 Exercicio de 2003 Exercicio de 2004 Exercicio de 2005 Exercicio de , ,33 Exercicio de 2007 Exercicio de 2008 S O M A 7.518,33 ORDENS DE PAGTO E/OU CHEQUE EM TRÂNSITO Exercicio de 2001 Exercicio de 2003 Exercicio de 2004 Exercicio de 2005 Exercicio de ,70 84,70 Exercicio de 2007 Exercicio de , ,06 S O M A 84, , ,06 DEPOSITO JUDICIAL Exercicio de 2005 Exercicio de 2006 Exercicio de 2007 Exercicio de 2008 S O M A T O T A L , , ,18 Assessor Público - 27/03/ :02:44 - Usuário: SUENY , , ,33 84, ,59

15 Página15 Unidade Gestora: Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Gestão: Administração Fundos Demonstrativo do Ativo Realizado Período de 01/01/2008 até 31/12/2008 D E M O N S T R A T I V O D O A T I V O R E A L I Z Á V E L M O V I M E N T O D O P E R Í O D O Anexo 18 - LEI 4.320/64 E S P E C I F I C A Ç Ã O SALDO EM 01/01/2008 F I N A N C E I R O V A R I A Ç Õ E S P A T R I M O N I A I S SALDO EM 31/12/2008 RECEBIMENTO INSCRIÇÃO ENCAMPAÇÃO CANCELAMENTO CREDITOS DIVERSOS CREDITOS A RECEBER S O M A OUTROS DEVEDORES EXERCICIO DE 2001 EXERCICIO DE 2002 EXERCICIO DE ,00 15,00 EXERCICIO DE ,02 55,02 EXERCICIO DE 2005 EXERCICIO DE ,01 0,01 EXERCICIO DE 2007 EXERCICIO DE , ,02 INSS-PATRONAL INSS-RETENÇÃO SERVIDOR INSS-SERV. TERCEIROS - PESSOA FÍSICA INSS-PARCELAMENTO PREFEITURA INSS-PARCELAMENTO - CAMARA MUNICIPAL S O M A 70, , ,05 DIVERSOS RESPONSAVEIS DIVERSOS RESPONSAVEIS S O M A DEPOSITOS JUDICIAIS DEPOSITOS JUDICIAIS S O M A VALORES EM TRANSITO REALIZAVEL VALORES EM TRANSITO S O M A EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS EMPRESTIMOS CONCEDIDOS S O M A T O T A L 70, ,02 Assessor Público - 27/03/ :02:44 - Usuário: SUENY ,05

16 Página16 3. DEMONSTRATIVOS CONSOLIDADOS DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA

17 Página17 PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS Mes : Dezembro Comparativo da Receita Orçada com a Arrecadada Fonte de :0000 Até Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas ANEXO - 10 LEI 4.320/64 Receita Arrecadada Diferença TITULOS Receita Orçada Alterações Receita Atualizada No Mês Até o Mês Para Mais Para Menos RECEITAS CORRENTES , , , , , RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES , , , CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS , , , CONTRIBUIÇÕES PARA O REGIME PROPRIO DE PREV. DO SERV. PUBLI , , , Contrib. de Servidor Ativo p/ o Regim. Prop. de Previdencia , , , Contrib. de Serv. Inativo p/ o Regim. Prop. de Previdencia , , , Contrib. de Pensionista p/ o Regim. Prop. de Previdencia , , , RECEITA PATRIMONIAL , , , , , RECEITAS DE VALORES MOBILIARIOS , , , , , REM. DOS INVEST. DO REGIM. PROP. DE PREVIDENCIA DO SERVIDOR , , , , , Remun. dos Invest. do Regim. Prop. de Prev. do Serv. Re. Fix , , , , , RECEITA CORRENTE INTRA-ORÇAMENTÁRIA , , , , , RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS , , , , , CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - INTRA-ORÇAMENTÁRIAS , , , , , CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PROPRIO - INTRA-ORÇA , , , , , Contribuição Patronal de Servidor Ativo Civil - Intra-Orçam , , , , , Contribuição Previdenciaria em Regime de Parcelamento , , ,57 TOTAL : , , , ,17 Data/Hora: 26/03/ :38:11 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

18 Página18 Demonstrativo da Despesa Orçamentária Autorizada com Realizada por Categoria Economica e Elemento de Despesa - Anexo Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Despesa Dotação Inicial Dotação Suplement Dotação Especial Reduções Autorizado Empenhad Empenhad Liquidado Liquidado A Liquidar A Liquidar Mês Até Mês Mês Até Mês Mês Até Mês Pago Mês Pago Até Mês MÊS: Dezembro Da fonte: 0000 ate a fonte: 9999 Anexo - 02 LEI 4.320/64 Contingen Mês Contingen Disponível Até Mês DESPESAS CORRENTES PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS Aposentadoria e Reforma Pensões Outros Benefícios Previdenciários Salário-Família Total da Despesa (2): OUTRAS DESPESAS CORRENTES Pagamento de Beneficios de Aposentadoria , , , , , , , , Pagamento de Beneficios de Pensao , , , , , , , , Pagamento de Outros Beneficios Previdenciarios , , , , , , , , , , Pagamento de salário Familia , , , , , , , , ,48 503, Diárias , , , , , Material de Consumo , , , , , ,49-801, ,49-49, , Passagens e Despesas com Locomoção , , , Outras Serviços de Terceiros - Pessoas Jurídica Indenizações e Restituições 2.669, , , , ,45 Total da Despesa (2): , , , , , , , , , , , ,51 Total da DESPESAS CORRENTES : DESPESAS DE CAPITAL INVESTIMENTOS , , , , , , , , , , , , Equipamento e Material Permanente , , , , , ,73 Total da Despesa (2): , , , , , ,73 Total da DESPESAS DE CAPITAL : RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGÊNCIA , , , , , , Reserva de Contingência , , ,81 Total da Despesa (2): , , ,81 Total da RESERVA DE , , ,81 Total Geral: , , , , , , , , , , , ,05 Data/Hora: 25/03/ :28:44 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

19 Página19 Demonstrativo da Despesa por Funções, SubFunções, Programas, Projetos, Atividades, Fontes de Recursos e Categorias Econômicas Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas 09 Previdência Social FUNCIONAL PROGRAMÁTICA PROJETOS A - PROGRAMA DE TRABALHO ATIVIDADES OPERAÇÕES ESPECIAIS B - FONTES DE RECURSOS ORDINÁRIOS VINCULADOS C - CATEGORIA ECONÔMICA CORRENTES CAPITAL Mês: dezembro ANEXO 9A - LEI 4.320/ PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS, PENSIONISTA E APOSENTADOS , , , , MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS GERAIS , , , , , RESERVA DE CONTINGÊNCIA - PREVIPALMAS TOTAL A = B = C Total da Função: , , , , , ,95 Total Geral: , , , , , ,95 Data/Hora: 25/03/ :40:15 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

20 Página20 Demonstrativo de Acompanhamento da Execução Orçamentaria - Anexo 11 Fonte Resumido Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Mes : dezembro Da fonte: 0000 ate a fonte: 9999 Anexo 11 - Fonte LEI 4.320/64 Especificacao 0050 RPPS Dotação Inicial Dotação Suplement Dotação Especial Reduções Autorizado Empenhad Mês Empenhad Liquidado Liquidado A Liquidar A Liquidar Até Mês Mês Até Mês Mês Até Mês Pago Mês Pago Até Mês Contingen Mês Contingen Até Mês Disponível , , , , , , , , , , , ,05 Total Geral: , , , , , , , , , , , ,05 Data/Hora: 25/03/ :51:27 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

21 Página21 Demonstrativo da Execução Orçamentaria por Programa e Ação - Anexo 11 Mes : Dezembro Da fonte: 0000 ate a fonte 9999 Anexo 11 - LEI 4.320/ Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Especificac 0090 PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS Dotação Inicial Dotação Suplement Funcional: PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS, PENSIONISTA E APOSENTADOS Dotação Especial Reduções Autorizado Empenhad Empenhad Liquidado Liquidado A Liquidar A Liquidar Mês Até Mês Mês Até Mês Mês Até Mês :Aposentadoria e Reforma :Pensões :Outros Benefícios Previdenciários :Salário-Família , , , , , , , , :Pagamento de Beneficios de , , , , , , , , :Pagamento de Beneficios de Pensao , , , , , , , , , :Pagamento de Outros Beneficios , , , , , , , , , , :Pagamento de salário Familia 503, , , , , , :Indenizações e Restituições Pago Mês Pago Até Mês Contingen Mês Contingen Até Mês Disponível Total de Ação: , , , , , , , , , Funcional: MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS GERAIS :Diárias , , , , , , , , , , ,49-801, , :Material de Consumo -49, , , , , :Passagens e Despesas com :Outras Serviços de Terceiros , , , , :Equipamento e Material Permanente , ,73 Total de Ação: , , , , , , , , , , , ,24 Total do Programa: , , , , , , , , , , , , , RESERVA DE CONTINGENCIA - PREVIPALMAS Funcional: RESERVA DE CONTINGÊNCIA - PREVIPALMAS , , :Reserva de Contingência ,81 Total de Ação: , , ,81 Total do Programa: , , ,81 Total Geral: , , , , , , , , , , , ,05 Data/Hora: 25/03/ :04:50 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

22 Página22 Demonstrativo de Restos a Pagar por Programa de Trabalho Fundo Municipal de Prev idencia - Prev ipalmas Não Processada Processada EXERCÍCIO: 2008 MÊS: dezembro Total PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS, PENSIONISTA E APOSENTADOS , , MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS GERAIS , ,97 Total Geral: , , ,92 Data/Hora: 27/03/ :52:57 - Usuário: SUENY - Grupo Assessor Público - Página: 1

23 Página23 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual ATIVO ,83 D , , ,82 D ATIVO CIRCULANTE ,73D , , ,92 D DISPONIVEL 5 D , , ,38 D DISPONIVEL EM MOEDA NACIONAL 5D , , ,38 D BANCOS CONTA MOVIMENTO 5D , , ,38 D BANCO C/UNICA - TESOURO MUNICIPAL Banco Conta Unica - Tesouro Municipal 7.782, , , ,73 OUTROS BANCOS CONTA MOVIMENTO 5D , , ,38 D CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 5 D , , ,38 D PREVIPALMAS 5 D , , ,38 D CREDITOS EM CIRCULAÇÃO 70,03 D , ,05 D DEVEDORES - ENTIDADES E AGENTES 70,03D , ,05 D OUTROS DEVEDORES 70,03D , ,05 D DEVEDORES DIVERSOS - POR EXERCICIO 70,03D , ,05 D Exercicio de ,00 D 15,00 D Exercicio de ,02 D 55,02 D Exercicio de ,01 D 0,01 D EXERCICIO , ,02 D BENS E VALORES EM CIRCULAÇÃO 5.884, ,15 622,16 D ESTOQUES 5.884, ,15 622,16 D ESTOQUE INTERNO - ALMOXARIFADO 5.884, ,15 622,16 D Material de Consumo 4.972, ,61 Almoxarifado 911,70 289,54 622,16 D INVESTIMENTOS DOS REGIMES PROPRIOS DE PREVIDENCIA ,70D , , ,33 D INVESTIMENTOS EM SEGMENTO DE RENDA FIXA ,70D , , ,33 D FUNDOS DE INVESTIMENTOS ,70D , , ,33 D FUNDOS - RES. CMN Nº 3.244/04 - REGIME PROPRIO BRASIL R ,15 D , , ,00 D REGIME PROPRIO BRASIL - C.E.F ,15D , , ,00 D FUNDOS DE CURTO PRAZO ,01D , ,33 D BB. REGIME PROPRIO II ,01D , ,33 D FUNDOS ART.3º - INCISO II - B FIC PRÁTICO CP ,54 D FIC PRÁTICO CP - FUNDOS ART.3º - INCISO II - B ,54 D , , , ,69 ATIVO PERMANENTE ,10D ,10 D IMOBILIZADO ,10 D ,10 D BENS MOVEIS E IMOVEIS ,10D ,10 D BENS MÓVEIS - RPPS ,10 D ,10 D Equipamentos de Processamentos de Dados ,10 D ,10 D ATIVO COMPENSADO , , ,80 D EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA DA RECEITA , , ,00 D ARRECADAÇÃO ORÇAMENTARIA - NATUREZA DA RECEITA , , ,00 D Receita a Realizar , , ,17 C Receita Realizada , ,17 D EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA DA DESPESA , , ,98 D DOTAÇÃO ORÇAMENTARIA , , D DOTAÇÃO INICIAL D Data/Hora: 27/03/ :18:15 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 1

24 Página24 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual Credito Inicial - Lei Orçamentaria D DOTAÇÃO SUPLEMENTAR , ,06 D Anulação Total ou Parcial de Dotação , ,06 D DOTAÇÃO CANCELADA , ,06 C ALTERAÇÃO DO QUADRO DE DETALHAMENTO DA DESPESA , ,06 C Anulação Total ou Parcial de Dotação , ,06 C EXECUÇÃO DA DESPESA , , ,95 D EMPENHO DA DESPESA , , ,95 D EMPENHO POR EMISSÃO , , ,95 D Emissão de Empenho , , ,55 D Reforço de Empenho , ,23 D Anulação de Empenho , ,83 C CONTROLE DE PAGAMENTOS , , ,03 D PAGAMENTO DE DESPESAS , , ,03 D Pagamentos por Empenhos , , ,03 D EXECUÇÃO DE PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA , , ,95 D CREDORES POR EMPENHO , , ,95 D Valores Comprometidos , , ,95 D EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR , ,92 D Inscrição de Restos a Pagar , ,95 D Inscrição de Restos a Pagar Processados , ,97 D CONTROLE DE DISPENDIOS , , ,95 D VALORES, DEPOSITOS E OBRIGAÇÕES , , ,95 D OBRIGAÇÕES , , ,95 D Despesas a Pagar , , ,95 D COMPENSAÇÕES ATIVAS DIVERSAS RESPONSABILIDADE POR TITULOS E VALORES DE TERCEIROS SUPRIMENTOS DE FUNDOS INSCRITOS - EXERCICIO D WILANILDO DE ALMEIDA PINHEIRO D BAIXADOS - EXERCICIO C WILANILDO DE ALMEIDA PINHEIRO C PASSIVO ,83 C , , ,06 C PASSIVO CIRCULANTE ,16C , , ,59 C DEPOSITOS ,13 C , , ,64 C CONSIGNAÇÕES ,13 C , , ,64 C CONSIGNACOES ,13 C , , ,64 C CONSIGNAÇÕES ,13 C , , ,39 C IRRF - Servidor 8.752,27 C , , ,45 C Pensão Alimenticia 1.271, ,19 92,05 C Emprestimo Func. BB 5.845,44 C , , ,09 C Emprestimo Func. CEF 518,84 C 7.012, ,27 292,00 C ASSEMP 174,54 C 2.777, ,26 311,69 C SINTET 41,30 47,20 5,90 C Data/Hora: 27/03/ :18:16 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 2

25 Página25 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual UNIMED 2.287,47 C , , ,35 C SISEPE 349,21 396,84 47,63 C Previ-Palmas 1.600,66 C , , ,24 C Emprestimo Func. Banco Real 1.621,41 C , , ,14 C CAPEMI - Caixa de Peculios, Pensões 899, ,10 224,82 C Brasil Card 1.282,79 C , ,17 838,38 C Banco HSBC 1.450,33 C , ,31 UNIPREV 595,40 C 7.094, ,80 585,40 C BMG 1.787,97 C , , ,58 C Bradesco - Consignação 281,66 C 3.254, ,92 407,57 C Bom Sucesso 1.033,61 C , , ,46 C PINE 2.888,74 C , , ,64 C CONSIGNAÇÕES - OUTROS BANCOS 1.916,00 C , , ,25 C BMC Consig 1.916,00 C , , ,80 C B Unico Consignação 1.296, ,10 324,02 C SEAGETO 107,39 107,39 BANCO CACIQUE 1.306, ,17 788,00 C Banco Pan Americano 367,29 489,72 122,43 C Unibanco - Cartão de Crédito 322,25 322,25 SAMEDH 92,00 115,00 23,00 C ORAL PREVI 92,00 115,00 23,00 C OBRIGAÇÕES EM CIRCULAÇÃO 7.603,03 C , , ,95 C OBRIGAÇÕES A PAGAR , , ,92 C FORNECEDORES E CREDORES , ,05 RECURSOS ESPECIAIS A LIBERAR , ,92 C RESTOS A PAGAR - PROCESSADO , ,95 C Restos a Pagar Processados - Do Exercício , ,95 C RESTOS A PAGAR - NAO PROCESSADO , ,97 C Restos a Pagar não Processados - Executivo , ,97 C CREDORES - ENTIDADES E AGENTES 7.518,33C 7.518,33 C OUTRAS OBRIGAÇÕES EM CIRCULAÇÃO 7.518,33 C 7.518,33 C OUTROS CREDORES 7.518,33C 7.518,33 C Exercicio ,33 C 7.518,33 C VALORES EM TRANSITO EXIGIVEIS 84,70C , ,06 84,70 C VALORES EM TRANSITO A PAGAR 84,70C , ,06 84,70 C ORDENS DE PAGTOS E.OU CHEQUES EM TRANSITO 84,70C , ,06 84,70 C Exercicio ,70 C 84,70 C Exercício 2008 VALORES PENDENTES A CURTO PRAZO RECEBIMENTO A CLASSIFICAR RECEBIMENTOS A CLASSIFICAR , , , , , , , ,21 Recebimentos Diversos a Classificar 3.135, ,21 PATRIMÔNIO LIQUIDO ,67 C ,67 C PATRIMÔNIO/CAPITAL ,67 C ,67 C SALDO PATRIMÔNIAL ,22 C ,22 C Data/Hora: 27/03/ :18:16 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 3

26 Página26 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual Ativo Real Liquido ,22 C ,22 C Apuração de Resultado de ,15 C ,15 C Apuração de Resultado de ,42 C ,42 C Apuração de Resultado de ,17 C ,17 C Apuração de Resultado de ,76 C ,76 C Apuração de Resultado de ,95 C ,95 C PASSIVO COMPENSADO , , ,80 C EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA DA RECEITA , , ,00 C PREVISÃO ORÇAMENTARIA DA RECEITA , ,00 C Previsão Inicial da Receita , ,00 C PREVISÃO ORÇAMENTARIA POR FONTE DE RECURSO CONTROLE POR FONTE DE RECURSO , , , ,00 Previsão Inicial por Fonte de Recurso , ,00 C Outros Controles por Fonte de Recurso , ,00 D EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA DA DESPESA , , ,98 C DISPONIBILIDADE DE CREDITO , , C Credito Disponivel , , ,05 C CREDITO INDISPONIVEL CONTENÇÃO DE CREDITO Reserva de Dotação Orçamentaria p/ Empenhar , , , , , ,34 CREDITO UTILIZADO , , ,95 C Credito Empenhado Liquido , , ,97 C Credito Realizado Liquido , , ,98 C EXECUÇÃO DA DESPESA , , ,95 C DESPESA EMPENHADA , , ,97 C COMPROMISSOS A LIQUIDAR , , ,97 C Empenhos a Liquidar - por Emissao , , ,97 C DESPESA REALIZADA , , ,98 C EMPENHOS LIQUIDADOS , , ,98 C Empenhos Liquidados - por Emissão , , ,98 C CONTROLE DE PAGAMENTOS 3.135, , ,03 C PAGAMENTO DAS DESPESAS 3.135, , ,03 C Pagamento das Despesas 3.135, , ,03 C EXECUÇÃO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA , , ,95 C LIQUIDAÇÃO DE COMPROMISSOS , , ,95 C Valores a Liquidar , , ,95 C EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR , ,92 C Restos a Pagar Inscritos , ,95 C Inscricao de Restos a Pagar Processados , ,97 C CONTROLE DE DISPENDIOS , , ,95 C VALORES, DEPOSITOS E OBRIGAÇÕES , , ,95 C OBRIGAÇÕES , , ,95 C Despesas a Pagar , , ,95 C COMPENSAÇÕES PASSIVAS DIVERSAS TITULOS E VALORES SOB RESPONSABILIDADE Data/Hora: 27/03/ :18:17 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 4

27 Página27 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS SUPRIMENTO DE FUNDOS SALDO - EXERCICIO WILANILDO DE ALMEIDA PINHEIRO Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual DESPESA , , ,95 D DESPESAS CORRENTES , , ,68 D OUTRAS DESPESAS CORRENTES , , ,68 D APLICAÇÕES DIRETAS , , ,68 D APOSENTADORIAS E REFORMAS , ,67 D Proventos Pessoal Civil , ,67 D PENSÕES , ,17 D Pensões Pessoal Civil , ,17 D OUTROS BENEFICIOS PREVIDENCIARIOS , , ,38 D Beneficio da Previdéncia Social , , ,38 D SALARIO FAMILIA , , ,52 D Salario Familia - Ativo Pessoal Civil , , ,52 D DIÁRIAS - CIVIL , ,00 D Diarias - Civil , ,00 D MATERIAL DE CONSUMO 3.637, , ,49 D Material de Expediente 1.253,40 341,70 911,70 D Material de Copa e Cozinha 384,00 192,00 192,00 D Suprimento de Fundos ,21 664,79 D PASSAGENS E DESPESAS COM LOCOMOÇÃO D Passagens para o Pais D OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURIDICA D Serviços Tecnicos Especializados D Suprimento de Fundos D INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES 2.669, ,45 D Indenizações e Restituições 2.669, ,45 D DESPESAS DE CAPITAL , ,27 D INVESTIMENTOS , ,27 D APLICAÇÕES DIRETAS , ,27 D EQUIPAMENTO E MATERIAL PERMANENTE , ,27 D Equipamentos e Material Permanente , ,27 D RECEITAS , ,17 C RECEITAS CORRENTES , ,84 C RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES , ,18 C CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS , ,18 C CONTRIBUIÇÕES PARA O REGIME PROPRIO DE PREV. DO SERV , ,18 C Contrib. de Servidor Ativo p/ o Regim. Prop. de Previdencia , ,58 C Contrib. de Serv. Inativo p/ o Regim. Prop. de Previdencia 7.461, ,91 C Contrib. de Pensionista p/ o Regim. Prop. de Previdencia 8.689, ,69 C RECEITA PATRIMONIAL , ,66 C RECEITAS DE VALORES MOBILIARIOS , ,66 C REM. DOS INVEST. DO REGIM. PROP. DE PREVIDENCIA DO SERVIDOR , ,66 C Data/Hora: 27/03/ :18:18 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 5

28 Página28 Balancete Contábil Periodo Mês: 13 / Mov imento Normal e Inscrição de Restos a Pagar Fundo Municipal de Previdencia - Previpalmas Conta Contabil: Descrição Saldo Inicial do Exercício Movimento Débito até o Período Movimento Crédito até o Período Saldo Atual Remun. dos Invest. do Regim. Prop. de Prev. do Serv. Re. Fix , ,66 C RECEITA CORRENTE INTRA-ORÇAMENTÁRIA , ,33 C RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES INTRA-ORÇAMENTÁRIAS , ,33 C CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - INTRA-ORÇAMENTÁRIAS , ,33 C CONTRIBUIÇÕES PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PROPRIO - INTRA , ,33 C Contribuição Patronal de Servidor Ativo Civil - Intra-Orçam , ,76 C Contribuição Previdenciaria em Regime de Parcelamento , ,57 C VARIAÇÃO PASSIVA 3.929, ,89 D INDEPENDENTE DA EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA 3.929, ,89 D INTERFERÊNCIAS PASSIVAS 3.640, ,35 D MOVIMENTO DE FUNDOS A CREDITO 3.640, ,35 D Cota Financeira 3.640, ,35 D DESCRÉSCIMOS PATRIMONIAIS 289,54 289,54 D DESINCORPORAÇÕES DE ATIVOS 289,54 289,54 D BAIXA DE BENS MOVEIS 289,54 289,54 D BENS DE ALMOXARIFADO - ESTOQUE 289,54 289,54 D Consumo Imediato 289,54 289,54 D VARIAÇÕES ATIVAS 4.972, , ,43 C DEPENDENTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA 4.972, ,31 911,70 C MUTAÇÕES DA DESPESA 4.972, ,31 911,70 C INCORPORAÇÕES DE ATIVOS 4.972, ,31 911,70 C AQUISIÇÕES DE BENS 4.972, ,31 911,70 C BENS ALMOXARIFADO 4.972, ,31 911,70 C INDEPENDÊNTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTARIA 7.782, ,73 C INTERFERÊNCIAS ATIVAS 7.782, ,73 C MOVIMENTO DE FUNDOS A DEBITO 7.782, ,73 C Cota Financeira 7.782, ,73 C RESULTADO PATRIMONIAL ,75C ,75 C Resultado do Exercício ,75 C ,75 C Transposição de Saldos ,75 D ,75 D , ,97 C Data/Hora: 27/03/ :18:18 - Usuario:SUENY - Grupo Assessor Público - Página 6

29 Página29 4. DEMONSTRATIVO DOS VALORES FÍSICO /FINANCEIRO DO ALMOXARIFADO

30 Página30

31 5. RELAÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL Página31

32 Página32

33 Página33

34 Página34

Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública

Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Contabilidade Geral do Município Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública Exercício 2008 JÂNIO WASHINGTON BARBOSA DA CUNHA SECRETÁRIO DE INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação

Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação Secretaria Municipal do Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação SECRETARIA MUNICIPAL DO DESENVOLVIMENTO URBANO, MEIO

Leia mais

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC.

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC. 1 ANEXO III - PT/MPS Nº 95, DE 06 DE MARÇO DE 2007 DOU DE 07.03.07 MODELOS E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS SÃO AS EXTRAÍDAS DOS LIVROS, REGISTROS E

Leia mais

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42 Anexo 01 Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas RECEITA DESPESA RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITA PATRIMONIAL 1.324.567,17 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 0,00 RECEITA

Leia mais

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 Apresentação Este volume compõe o Balanço Geral do Estado do exercício financeiro 2010. Nele são apresentados os anexos exigidos na LEI 4.320/64. LUIZ MARCOS DE LIMA SUPERINTENDENTE

Leia mais

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4.

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4. PREVIDENCIA SOCIAL DO MUN. DE CAMPINA GRANDE DO SUL ESTADO DO PARANÁ Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.393.390.678,55 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.527.468.836,27 RECEITAS 13.532.898.028,40 ORÇAMENTÁRIA 13.532.898.028,40 DESPESA ORÇAMENTARIA 10.266.008.652,65

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial 100000000 - Ativo 40.014.044,69 1.247.288.939,72 645.839.588,07 641.463.396,34 D 110000000 - Ativo Circulante 15.145.606,97 309.093.371,32 315.398.093,96 8.840.884,33 D 111000000 - Disponivel 15.141.043,39

Leia mais

Balancete Analítico Mensal

Balancete Analítico Mensal 100000000 - Ativo 13.357.436.418,61 1.515.908.091,77 662.742.498,81 14.210.602.011,57 D 110000000 - Ativo Circulante 1.592.277.592,82 279.431.658,15 240.420.625,49 1.631.288.625,48 D 111000000 - Disponivel

Leia mais

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada 100000000 - Ativo 107.637.042,14 622.052.832,26 225.991.734,15 503.698.140,25 D 110000000 - Ativo Circulante 33.694.900,62 103.677.150,11 99.175.407,00 38.196.643,73 D 111000000 - Disponivel 33.690.337,04

Leia mais

621.927,10 284.748,83 239.680,43 666.995,50 111115099000 F OUTRAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DE LIQUIDEZ IMEDIATA

621.927,10 284.748,83 239.680,43 666.995,50 111115099000 F OUTRAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DE LIQUIDEZ IMEDIATA Código BALANCETE ANALÍTICO CONTÁBIL SIMPLIFICADO BALANCETE - JANEIRO DE 2015 Saldo Inicial Débito Crédito Movimentação Débitos Créditos 111111901000 F BANCOS CONTA MOVIMENTO - DEMAIS CONTAS 621.927,10

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO - DCASP Novas Demonstrações Contábeis do Setor Público DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO SETOR PÚBLICO Englobam todos os fatos contábeis e atos que interessam

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.953.236.822,66 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.320.180.698,63 RECEITAS 1.684.972.053,82 ORÇAMENTÁRIA 1.684.972.053,82 DESPESA ORÇAMENTARIA 3.044.151.183,85

Leia mais

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA ANEXO 1 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS Agosto / 2011 Orçamento Fiscal, da Seguridade Social e de Investimentos. Adendo II à Portaria

Leia mais

Classificação das Contas

Classificação das Contas Código Descrição Totalizador 1.0.0.0.0.00.00 ATIVO S 1.1.0.0.0.00.00 ATIVO CIRCULANTE S 1.1.1.0.0.00.00 Disponível S 1.1.1.1.0.00.00 Disponível em Moeda Nacional S 1.1.1.1.1.00.00 Caixa N 1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE

Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE Página: 1 1 ATIVO 26.090.191,21 D 22.746.803,35 1.977.171,65 46.859.822,91 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.269.670,73 D 1.320.716,82 1.396.783,84 1.193.603,71

Leia mais

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo 03698709/000109 Exercício: 2015 BALANCETEISOLADO EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE URBANO EMTU (UG:5) Página 1 de 5 100000000 05 ATIVO 343.632,70 139.134,52 114.972,75 367.794,47 110000000 05 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

SALDO (f)=(a+b-c-e) DESPESAS CORRENTES 8.201,60 4.051.439,12 3.861.681,23 25.087,21 172.872,28

SALDO (f)=(a+b-c-e) DESPESAS CORRENTES 8.201,60 4.051.439,12 3.861.681,23 25.087,21 172.872,28 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ANEXO I - DEMONSTRATIVO DE EXECUÇÃO DOS RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS : 2013 Data de Emissão: 29/03/2014 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ANEXO II - DEMONSTRATIVO DE EXECUÇÃO DOS RESTOS A PAGAR

Leia mais

ANEXO DE RISCOS FISCAIS TABELA 1 - DEMONSTRATIVO DE RISCOS FISCAIS E PROVIDÊNCIAS 2013 ARF (LRF, art. 4º, 3º) PASSIVOS CONTINGENTES PROVIDÊNCIAS Descrição Valor Descrição Valor Abertura de créditos adicionais

Leia mais

SANTA CATARINA SAMAE DE SAO FRANCISCO DO SUL Balancete de Verificação - 2013

SANTA CATARINA SAMAE DE SAO FRANCISCO DO SUL Balancete de Verificação - 2013 Página: 1/11 1 ATIVO 39.747.824,30D 5.428.708,46 5.174.675,21 40.001.857,55D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 6.053.896,51D 970.444,48 1.850.402,07 5.173.938,92D 1.1.1 DISPONIVEL 2.956.995,26D 963.507,86 840.221,03

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA s s 100000000000 ATIVO 939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS 1 - QUADROS CONSOLIDADOS DA RECEITA E DA DESPESA Receita e Despesa dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social segundo Categorias Econômicas Quadro 1A - Receita

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná

FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná CNPJ:09.122.645/0001-71 Exercício: 2014 Balanço Financeiro do Regime Próprio de Previdência Social Art. 103 da Lei 4.320/1964 no Período de

Leia mais

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral 1 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO FRENTE À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO EXERCÍCIO DE 2012 Este relatório tem por objetivo abordar, de forma resumida, alguns aspectos

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO SECRETARIA DA FAZENDA BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 Receita Despesa ORÇAMENTÁRIA (1) ORÇAMENTÁRIA (5) Receitas Orçamentárias Despesas

Leia mais

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24

Balancete. Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06. Créditos. Conta. Página:1/24 Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Piauí CNPJ: 14.882.936/0001-06 Balancete Período: 01/05/2015 a 31/05/2015 Conta Anterior Débitos Créditos 1 - ATIVO 660.339,65D 383.449,46 379.045,53 664.743,58D

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação ao arquivos publicados em 03/06/2014: Item alterado/incluído Motivo Regras de consolidação. b.8 Numeração errada. Regras de consistência, b Exclui-se as consignações do passivo financeiro

Leia mais

Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE

Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto - SAMAE Página: 1 1 ATIVO 46.859.822,91 D 2.440.686,53 1.920.092,25 47.380.417,19 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.193.603,71 D 1.009.425,93 1.174.607,47 1.028.422,17

Leia mais

INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE PÚBLICA

INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE PÚBLICA Resumo de Contabilidade Pública Assunto: INTRODUÇÃO À CONTABILIDADE PÚBLICA Autor: SÉRGIO LUIZ RAMOS 1 ÍNDICE: 1. NOÇÕES DE CONTABILIDADE PÚBLICA 1.2 SISTEMAS 1.3 RESTOS A PAGAR 1.4 VARIAÇÕES PATRIMONIAIS

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA CAPITULO III CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA ADMINISTRAÇÃO DIRETA 31 3 CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3.1 DOS BALANÇOS 3.1.1 - Resultado Financeiro do Exercício Considerando que a receita arrecadada

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 171.497.549,97 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 129.298.464,81 INTERFERENCIAS ATIVAS 129.298.464,81 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 129.298.464,81 REPASSE RECEBIDO 129.298.464,81

Leia mais

Este Plano de Contas será atualizado pela Gerência de Normas da Diretoria da Contabilidade Pública Genor/Dicop.

Este Plano de Contas será atualizado pela Gerência de Normas da Diretoria da Contabilidade Pública Genor/Dicop. Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda P l a n o d e C o n t a s 1 /3 Apresentação Este Plano de Contas tem o propósito de atender, de maneira uniforme e sistematizada, ao registro contábil dos

Leia mais

RECEITAS INTRAORCAMENTARIAS CORRENTES RECEITAS INTRAORCAMENTAR 5.026.100,00 2.852.813,25 2.173.286,75

RECEITAS INTRAORCAMENTARIAS CORRENTES RECEITAS INTRAORCAMENTAR 5.026.100,00 2.852.813,25 2.173.286,75 A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE EUSEBIO ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 21.842.000,00 24.668.177,16-2.826.177,16

Leia mais

ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE CONTAS

ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE CONTAS BALANCETE DA DESPESA ANEXO TC-06 Janeiro/2011 Página 1 Dotação Saldo Inicial Empenhado no Mês Empenhado no Ano Suplementações Liquidado no Mês Liquidado no Ano Reduções Anulado no Mês Anulado no Ano Total

Leia mais

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA

41210.29.13 - Contribuição Previdenciária para Amortização do Déficit Atuarial. Origem dos dados/descrição LINHA DA DCA ANEXO II VARIAÇÕES PATRIMONIAIS AUMENTATIVAS QDCC_Sistn A planilha abaixo ilustra a aplicação da metodologia simplificada descrita no item 10 da Nota Técnica nº 4/2015/CCONF/SUCON/STN/MFDF ao Plano de

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44. Apresentação

Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44. Apresentação Governo do Estado da Bahia Secretaria da Fazenda Plano de Contas 1 /44 Apresentação Este Plano de Contas tem o propósito de atender, de maneira uniforme e sistematizada, ao registro contábil dos atos e

Leia mais

Análise de Balanços. Flávia Moura

Análise de Balanços. Flávia Moura Análise de Balanços Flávia Moura 1 Tópicos para Reflexão O que é análise de balanços? A análise de balanços consiste em proceder a investigações dos fatos com base nos dados Para que serve a análise de

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 129.967,90D 130.464,22D 1/8 1.1.1.1.1.01 ATIVO CIRCULANTE 54.320,75D 54.817,07D E EQUIVALENTES CAIXA MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 51.666,68D 497.996,11

Leia mais

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015 Pág. 1 Balancete Orçamentário da Despesa Correção Código Descrição da Despesa Orçado Orçamento Exp./Ext. Suplementação Anulação Rec.Autorizado Empenhado Cancelado Saldo Órgão : 06 02.195.968/0001-46 0000

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 12.255.327,67 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 9.425.690,28 INTERFERENCIAS ATIVAS 9.425.690,28 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 9.425.690,28 REPASSE RECEBIDO 9.425.690,28

Leia mais

BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral

BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral BALANÇO GERAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Controladoria Geral do Estado Contabilidade Geral GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Rosalba Ciarlini Rosado CONTROLADORIA

Leia mais

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA

ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA SISTEMA ORÇAMENTÁRIO 1 - RECEITAS 1.1 - Orçamento da Receita 1.2 - Receita Prevista 1.3 - Execução Orçamentária da Receita ROTEIRO DE AUDITORIA DE CONTABILIDADE PÚBLICA I - Verificar se os registros das

Leia mais

MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS

MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS Balanço Financeiro - Anexo 13 (Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público MCASP) Portaria STN nº 437/2012 5a edição BALANÇO GERAL DO EXERCICIO DE 2014 PERÍODO(MÊS)

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO CRC-DF DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO Domingos Poubel de Castro Brasília/DF, 18 de Maio de 2012 NECESSIDADES PERMANENTES DO GESTOR INFORMAÇÕES CONTROLE Cenário Externo 0800 570 0800

Leia mais

5.4 Balanço Patrimonial

5.4 Balanço Patrimonial IV - Quociente Financeiro de Execução Os números demonstram, nos três períodos, superávit orçamentário e financeiro, considerando-se também para as despesas em regime de caixa. V - Saldos Financeiros Os

Leia mais

SANTA CATARINA 1.1.2.1.9.99.00.00.00.0847 (49280) F CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/POUPANÇA 16.290,65D 81,45 0,00

SANTA CATARINA 1.1.2.1.9.99.00.00.00.0847 (49280) F CAIXA ECONOMICA FEDERAL C/POUPANÇA 16.290,65D 81,45 0,00 Saldo Atual Agosto 1/11 1 ATIVO CIRCULANTE 52.433.883,22D 8.025.234,70D 6.219.762,87 1.993.560,05 4.801.778,99 1.596.845,70 53.851.867,10D DISPONÍVEL EM MOEDA NACIONAL 4.671.088,56D 1.020.406,80 8.421.949,05D

Leia mais

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 Balanço Financeiro Período: 01/01/2012 a 31/12/2012 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO Exercício Anterior

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José da Lapa

Prefeitura Municipal de São José da Lapa Estado de Minas Gerais Demostração das Variações Patrimoniais - Anexo 15 - Lei 4.320/64 ENTIDADE: 000 - CONSOLIDADO lilian@sonner.com.br 30-03-2015 13:44:25 400000000 VARIAÇÃO PATRIMONIAL AUMENTATIVA 300000000

Leia mais

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro

Balanço Patrimonial. Art. 105. O Balanço Patrimonial demonstrará: I o Ativo Financeiro Segundo o MCASP, o é a demonstração contábil que evidencia, qualitativa e quantitativamente, a situação patrimonial da entidade pública, por meio de contas representativas do patrimônio público, além das

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 99.562,86D 118.646,81D 1/9 ATIVO CAIXA CONTA CIRCULANTE E ÚNICA EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 97.962,86D 250.343,95 231.260,00

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO SEMANÁRIO OFICIAL João Pessoa, 27 de julho de 212 * n 1332 ESPECIAL * Pág. 11/66 SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO Pág. 12/66 * n 1332 ESPECIAL * João Pessoa, 27 de julho de 212 SEMANÁRIO OFICIAL

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 11º Congresso Catarinense de Secretários de Finanças, Contadores Públicos e Controladores Internos Municipais ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 1 Professor João Eudes Bezerra

Leia mais

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada,

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada, RECEITA Definição : receita recebida de pessoa de direito público Definição: Receita recebida de pessoas de direito público ou privado, ou privado, para atender despesas classificáveis em para atender

Leia mais

2. RECEITA DE OUTRAS FONTES 1.101.135.119,00 1.3 OUTRAS DESPESAS CORRENTES 1.546.004.708,00

2. RECEITA DE OUTRAS FONTES 1.101.135.119,00 1.3 OUTRAS DESPESAS CORRENTES 1.546.004.708,00 RELATÓRIO DA GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA, PATRIMONIAL E FISCAL 6.1. DO ORÇAMENTO 6.1.1 ORÇAMENTO GERAL O Governo do Estado do Tocantins estabeleceu como bases orçamentárias de sua gestão para o exercício

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO INDIRETA

ADMINISTRAÇÃO INDIRETA GLOSSÁRIO A AÇÃO GOVERNAMENTAL: Conjunto de operações, cujos produtos contribuem para os objetivos do programa governamental. A ação pode ser um projeto, atividade ou operação especial. ADMINISTRAÇÃO DIRETA:

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ LEI Nº 5456, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. Estima a receita e fixa a despesa do Município de Sumaré para o exercício financeiro de 2013, e dá outras providências.- O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ seguinte

Leia mais

MARCELO OLÍMPIO CARNEIRO TAVARES

MARCELO OLÍMPIO CARNEIRO TAVARES D E C L A R A Ç Ã O O Secretário da Fazenda, no uso das suas atribuições e consoante o disposto no artigo 42, 1º, incisos I e IV, da Constituição do Estado do Tocantins, DECLARA para fins de cumprimento

Leia mais

BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL Créditos Orçamentários e Suplementares

<ESFERA DE GOVERNO> BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL <PERÍODO DE REFERÊNCIA> Créditos Orçamentários e Suplementares $1(;2,,,6(*81'2$370361ž$78$/,=$'$3(/$370361žH370361ž 02'(/26(,16758d (6'(35((1&+,0(172'$6'(021675$d (6&217È%(,6 Os Regimes Próprios de Previdência Social deverão elaborar, anualmente, as seguintes Demonstrações

Leia mais

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42

Documento gerado em 28/04/2015 13:31:35 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 96.744.139,42 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 24.681.244,01 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS

PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS PCASP UNIÃO LANÇAMENTOS CONTÁBEIS Data de Emissão: 28 de agosto de 2012 Coordenador Geral de Contabilidade e Custos da União Francisco Wayne Moreira Coordenadora de Contabilidade da União Bárbara Verônica

Leia mais

TCE-TCE Auditoria Governamental

TCE-TCE Auditoria Governamental TCE-TCE Auditoria Governamental Pessoal, vou comentar as questões da prova. 61. Considere as informações extraídas do Balanço Orçamentário, referentes ao exercício financeiro de 2014, de uma entidade pública:

Leia mais

Tabela de Fatos - DCA 2014

Tabela de Fatos - DCA 2014 Tabela de Fatos - DCA 2014 Element siconfi-cor:p1.0.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.0.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.0.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.0.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.1.00.00 siconfi-cor:p1.1.1.1.2.00.00

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação aos arquivos publicados em 10/11/2014: Item alterado/incluído Evento 1.9 Evento 2.20.8 Evento 2.72.13 Motivo Obs: Os créditos relativos à Dívida Ativa podem ser registrados somente

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS MARCONI FERREIRA PERILLO JUNIOR GOVERNADOR DO ESTADO ANA CARLA ABRÃO COSTA SECRETÁRIA DE ESTADO DA FAZENDA

ESTADO DE GOIÁS MARCONI FERREIRA PERILLO JUNIOR GOVERNADOR DO ESTADO ANA CARLA ABRÃO COSTA SECRETÁRIA DE ESTADO DA FAZENDA ESTADO DE GOIÁS MARCONI FERREIRA PERILLO JUNIOR GOVERNADOR DO ESTADO ANA CARLA ABRÃO COSTA SECRETÁRIA DE ESTADO DA FAZENDA ESTADO DE GOIAS SECRETARIA DA FAZENDA SUPERINTENDENTE DE CONTABILIDADE GERAL SUSEL

Leia mais

QUADRO DEMONSTRATIVO DA RECEITA CREA- MÊS: ANEXO I ANO:

QUADRO DEMONSTRATIVO DA RECEITA CREA- MÊS: ANEXO I ANO: QUADRO DEMONSTRATIVO DA RECEITA CREA- MÊS: ANEXO I ANO: CÓDIGO DISCRIMINAÇÃO VALORES 1.000.00.00 RECEITAS CORRENTES 1.200.00.00 RECEITAS DE CONTRIBUIÇÕES 1.210.00.00 CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS 1.210.40.00 Contribuições

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 6. Apresentação. Demonstração do Balanço Patrimonial. Demonstração dos Fluxos de Caixa. Necessidade e Função

Contabilidade Pública. Aula 6. Apresentação. Demonstração do Balanço Patrimonial. Demonstração dos Fluxos de Caixa. Necessidade e Função Contabilidade Pública Aula 6 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Demonstração do Balanço Patrimonial Necessidade e Função Demonstração dos Fluxos de Caixa Demonstração do Resultado Econômico Contextualização

Leia mais

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF

Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF Metodologia de Elaboração dos Demonstrativos do Relatório de Gestão Fiscal RGF 3º Quadrimestre/2008 Centro Administrativo do Governo Rodovia SC 401 - km. 5, nº 4600 Saco Grande II - Florianópolis - SC

Leia mais

COMPOSIÇÃO DO ATIVO REAL DO FUNDO - FEVEREIRO DE 2009

COMPOSIÇÃO DO ATIVO REAL DO FUNDO - FEVEREIRO DE 2009 I COMPOSIÇÃO DO ATIVO O Ativo Real corresponde ao somatório dos valores do Ativo Financeiro mais o Ativo Não-Financeiro, evidenciando as alterações patrimoniais ocorridas durante o exercício. COMPOSIÇÃO

Leia mais

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público

Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Plano de Contas Aplicado ao Setor Público Fonte: Apresentação da Coordenação Geral de Contabilidade STN/CCONT do Tesouro Nacional Última Atualização: 14/09/2009 1 Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor

Leia mais

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas

XI Semana de d Adminis minis ação Orç Or amen amen ária , Financeira r e d e e d Contr Con a tr t a ações Públi Púb cas XI Semana de Administração Orçamentária, Financeira e de Contratações Públicas Oficina nº 63 Consultas às Demonstrações Contábeis no SIAFI ABOP Slide 1 XI Semana de Administração Orçamentária, Financeira

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE E AUDITORIA PÚBLICA - SICAP/CONTÁBIL ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público Portaria Conjunta STN/SOF nº 02/2012 Portaria STN nº 437/2012

Leia mais

12.109,00 12.109,00 384.684,77 384.684,77 30.080,00 30.080,00 211110101000 F SALÁRIOS, REMUNERAÇÕES E BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO

12.109,00 12.109,00 384.684,77 384.684,77 30.080,00 30.080,00 211110101000 F SALÁRIOS, REMUNERAÇÕES E BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO Código MUNICIPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM BALANCETE ANALÍTICO CONTÁBIL SIMPLIFICADO BALANCETE - Saldo Inicial Movimentação s s 111110200999 F BANCOS CONTA MOVIMENTO 443.573,70 313.822,66 257.740,04 499.656,32

Leia mais

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação

10.936.971,00 3.2.4.3.1.00.00 - Benefícios Eventuais por Situações de Vulnerabilidade Temporária - Consolidação PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE FINANÇAS GERÊNCIA GERAL DA CONTABILIDADE DO MUNICÍPIO DEMONSTRAÇÃO DAS VARIAÇÕES PATRIMONIAIS - CONSOLIDADO - 2013 Demonstrativo das Variações Patrimoniais e Resultado

Leia mais

20/07/2015. Receitas. Receitas. Receitas

20/07/2015. Receitas. Receitas. Receitas Em sentido amplo, os ingressos de recursos financeiros nos cofres do Estado denominam-se receitas públicas, registradas como receitas orçamentárias, quando representam disponibilidades de recursos financeiros

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 6.735,34 8.034,62 4.211,61 10.558,35 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 6.735,34 8.034,62

Leia mais

Serviço Público Municipal Prefeitura Municipal de Ubatã Estado da Bahia CNPJ: 14.235.253/0001-59 PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015.

Serviço Público Municipal Prefeitura Municipal de Ubatã Estado da Bahia CNPJ: 14.235.253/0001-59 PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. PORTARIA Nº 301 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2015. Estabelece os procedimentos e as normas a serem adotados pelos órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta, para o encerramento anual

Leia mais

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais,

Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, Decreto Nº 9.826, de 26 outubro de 2012 Dispõe sobre procedimentos e prazos relativos ao encerramento do exercício de 2012 e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL, no uso de suas atribuições

Leia mais

perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público

perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público Demonstrações Contábeis sob a perspectiva da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público QUEM ATUALIZOU AS DEMONSTRAÇÕES?

Leia mais

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional;

Portaria Conjunta STN/SOF nº 3/2008 Manual de Despesa Nacional; Código: MAP-DIFIN-001 Versão: 00 Data de Emissão: XX/XX/XXXX Elaborado por: Gerência de Contabilidade Aprovado por: Diretoria de Finanças e Informações de Custos 1 OBJETIVO Estabelecer os procedimentos

Leia mais

CONTABILIDADE PÚBLICA JOSE CARLOS GARCIA DE MELLO

CONTABILIDADE PÚBLICA JOSE CARLOS GARCIA DE MELLO CONTABILIDADE PÚBLICA JOSE CARLOS GARCIA DE MELLO Existe conceito de Contabilidade como um todo. Contabilidade é a ciência que estuda e pratica as funções de orientação e controle relativas aos atos e

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Ativo Circulante 1.149.479.180,77 989.839.743,43 Passivo Circulante 317.274.300,38 283.051.918,44 Caixa e Equiv. Caixa Moeda Nacional 800.954.874,69 676.326.925,34 Obrig.

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL

DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL DEPARTAMENTO DE CONSULTORIA E CAPACITAÇÃO ORIENTAÇÃO TÉCNICA FECHAMENTO DO BALANÇO GERAL 012/2011 Elaborada em 28/12/2011 Este documento descreve os procedimentos que devem ser adotados para o fechamento

Leia mais

UESB RELATÓRIO CONTÁBIL

UESB RELATÓRIO CONTÁBIL RELATÓRIO CONTÁBIL Anexo I RELATÓRIO CONTÁBIL Análise das contas orçamentárias, financeiras, patrimoniais e das incorporações referentes aos balanços das unidades que compõe a no exercício de 2007. I APRESENTAÇÃO

Leia mais

Governo do Estado do Piauí Secretaria da Fazenda Unidade de Gestão Financeira e Contábil do Estado Gerência de Controle Contábil

Governo do Estado do Piauí Secretaria da Fazenda Unidade de Gestão Financeira e Contábil do Estado Gerência de Controle Contábil R I S C O S F I S C A I S (Artigo 4º, 3º da Lei Complementar nº 101/2000) A Lei Complementar n.º 101 de 2002 Lei de Responsabilidade Fiscal, estabelece que a Lei de Diretrizes Orçamentárias conterá o Anexo

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA

NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA NOTAS EXPLICATIVAS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RORAIMA 1. CONTEXTO ORGANIZACIONAL O Tribunal de Contas é um órgão com autonomia orçamentária e financeira de auxílio ao

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO AMAPA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Abril / 2013. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 1.267.635,99 199.024,16 243.515,58 1.223.144,57 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 407.941,54 177.708,38 222.564,32 363.085,60 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 119.056,37 76.325,59 56.861,51

Leia mais

WORKSHOP II Curso Básico de Contabilidade Pública, conforme a Lei 4.320/64. Marcus Vinicius P. de Oliveira e Equipe técnica da Pi Contabilidade

WORKSHOP II Curso Básico de Contabilidade Pública, conforme a Lei 4.320/64. Marcus Vinicius P. de Oliveira e Equipe técnica da Pi Contabilidade WORKSHOP II Curso Básico de Contabilidade Pública, conforme a Lei 4.320/64. Marcus Vinicius P. de Oliveira e Equipe técnica da Pi Contabilidade 1 Objetivo do Workshop Apresentar os principais conceitos

Leia mais

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS [Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Qname siconfi-dca-anexo1abhi : BalancoPatrimonialAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoLineItems siconfi-cor :

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1.

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - SP Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Julho / 2015. Pág. : 1. ATIVO Pág. : 1 1 ATIVO 6.962.923,94 955.075,63 999.851,97 6.918.147,60 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.575.224,25 286.194,78 341.306,07 2.520.112,96 D 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 998.084,67 206.815,23

Leia mais

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104.

Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina BALANÇO PATRIMONIAL Em 31/12/2014 - Encerramento 9.817.136,65 40.159.587,34. Prazo 104. ATIVO PASSIVO Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa - Bancos Conta Movimento - Demais Contas Rede Bancária - Arrecadação Aplicações Financeiras de Liquidez Imediata - Intra OFSS Recursos Liberados

Leia mais

Documento gerado em 27/04/2015 15:46:27 Página 1 de 42

Documento gerado em 27/04/2015 15:46:27 Página 1 de 42 DCA-Anexo I-AB Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Padrao Balanço Patrimonial Ativo - Ativo - 1.0.0.0.0.00.00 - Ativo 90.603.291,75 1.1.0.0.0.00.00 - Ativo Circulante 39.564.561,26 1.1.1.0.0.00.00 -

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 4. Apresentação. Plano de Contas. Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão. Sistemas Contábeis

Contabilidade Pública. Aula 4. Apresentação. Plano de Contas. Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão. Sistemas Contábeis Contabilidade Pública Aula 4 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Plano de Contas Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão Consiste em um rol ordenado de forma sistematizada de contas

Leia mais

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00 100000000 ATIVO 110000000 ATIVO CIRCULANTE 111000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 111110000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL -

Leia mais

Página 1 de 5. Mês: 02 / 2015. Prefeitura Municipal de Pouso Alegre Balanço Financeiro

Página 1 de 5. Mês: 02 / 2015. Prefeitura Municipal de Pouso Alegre Balanço Financeiro Página 1 de 5 RECEITA ORÇAMENTÁRIA 70.268.205,07 Receitas Correntes 66.490.565,93 Receita Tributária 5.172.651,23 Receitas de Contribuições 2.299.302,81 Receita Patrimonial 6.396.614,72 Receita de Serviços

Leia mais

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo

10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo 10h40 às 12h - PALESTRA II TEMA: PLANO DE CONTAS APLICADO AO SETOR PÚBLICO Palestrante: Fernando Freitas Melo Plano de Contas Aplicado ao Setor Público CH: 1:20 h Conteúdo: 1. Aspectos gerais do Plano

Leia mais