Qual é a sequência ideal da

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Qual é a sequência ideal da"

Transcrição

1 Qual é a sequência ideal da terapia sistêmica i no mcrpc? Fábio A. B. Schütz Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes São Paulo, SP

2 Declaração sobre Conflito de Interesses De acordo com a Resolução 1595 / 2000 do Conselho Federal de Medicina e com a RDC 96 / 2008 da ANVISA, declaro que: Pesquisa Clínica: como médico investigador, participo de estudos patrocinados por: Roche, BMS, GSK Apresentações: como palestrante convidado, participei i i de eventos: Sanofi, GSK, Bayer, Astellas Advisory Board: Bayer, Astellas, Pfizer Não possuo ações de quaisquer destas companhias farmacêuticas.

3 Background (1) Historicamente, i t a SG mediana do mcrpc têm sido aproximadamente 2 anos Mecanismo de transição entre sensibilidade e resistência i à castração ainda pouco entendida A despeito do número de novas opções de tratamento, a doença permanece incurável

4 Background (2) Até 2004 a única opção de tratamento t t para mcrpc sintomático era o uso de mitoxantrona De 2004 a 2010 o docetaxel foi a primeira i droga a demonstrar ganho de SG significativo A partir de 2010 diversas novas opções surgiram: Sipuleucel-T l Cabazitaxel Abiraterona Enzalutamida Radium-223

5 Opções Pré Docetaxel SLP Estudo Drogas n Med. HR Med. HR IMPACT Sipuleucel-T ** Placebo ** COU-AA-302 Abiraterona Prednisona ,7 3,6 16,5 8,2 0,95 25,8 21,7 0,52 35,3 30,1 SG 0,78 * 0,79 ^ ALSYMPCA Radio-223 ** 262 NA NA 16,11 074** 0,74 Placebo ** ,5 PREVAIL Enzalutamida 872 NR 0,19 32,4 Placebo ,9 30,2 0,70 FIRSTANA Cabazitaxel???? Docetaxel * Considerados o HR de toda a população quando os resultados de sub-grupo não estiverem dsponíveis. ** Considerados apenas os pacientes pré docetaxel. ^ p=0,0151, não atigniu nível de significância estatística pré-estabelecido (O Brien- Fleming). p<0,05

6 Opções Pós Docetaxel SLP Estudo Drogas n Med. HR Med. HR TROPIC Cabazitaxel 378 2,8 0,74 15,1 0,70 Mitoxantronat ,4 12,7 IMPACT Sipuleucel-T ** Placebo ** COU-AA-301 Abiraterona Prednisona ,7 3,6 5,6 3,6 0,95 25,8 21,7 0,67 14,8 10,9 SG 0,78 * 0,65 AFFIRM Enzalutamida , ,40 18, ,63 Placebo 399 2,9 13,6 ALSYMPCA Radio-223 ** 352 NA NA 14,4 Placebo ** ,3 0,71 ** * Considerados o HR de toda a população quando os resultados de sub-grupo não estiverem dsponíveis ** Considerados apenas os pacientes pós docetaxel. p<0,05

7 Enzalutamida (AFFIRM)

8 Abiraterona (COU-AA-301)

9 Cabazitaxel (TROPIC)

10 Cabazitaxel Vs. Mitoxantrona Sobrevida Global Sub-grupos De acordo com o grau de diferenciação histológica Mitoxantrone + prednisone Cabazitaxel + prednisone Cabazitaxel vs (n=377) (n=378) mitoxantrone Histopathology N Median OS, Months N Median OS, Months P-Value (95% CI) (95% CI) Poorly differentiated 211 Combined well and moderately differentiated ( ) 13.3 ( ) ( ) < ( )

11 Cabazitaxel Vs. Mitoxantrona Sobrevida Global Sub-grupos De acordo com o tempo de duração da hormonioterapia Mitoxantrone + prednisone Cabazitaxel + prednisone Cabazitaxel vs (n=362) (n=370) mitoxantrone Duration of prior hormonal therapy N Median OS, Months (95% CI) N Median OS, Months (95% CI) P-Value < 2.5 years to < 5 years 137 > 5 years 111 Any duration ( ) 12.1 ( ) 15.9 ( ) 12.7 ( ) ( ) 14.3 ( ) 20.5 ( ) 15.0 ( ) <0.0001

12 Efeito do uso da Abiraterona antes do Docetaxel N=35, mcrpc sem tratamento prévio com docetaxel e após progressão de doença a abiraterona TAX (Docetaxel q3w) Phase I-II 2 (Abiraterone Docetaxel) PSA decrease 50% 45% 26% Time to PSA progression (median) Overall survival (median) 7.7 mo 4.6 mo 18.9 mo 12.5 mo 1. Tannock IF et al. N Engl J Med 2004;351: Mezynski J et al. Ann Oncol 2012;epub ahead of print.

13 Efeito do uso da Abiraterona antes do Docetaxel n=119, retrospectivo Abiraterona-Docetaxel: n=24 Docetaxel apenas: n=95) SLP SLP por PSA Schweizer MT, et al. ASCO-GU 2014; abstract 136

14 Efeito do uso da Abiraterona antes do Docetaxel n=119, retrospectivo Abiraterona-Docetaxel: n=24 Docetaxel apenas: n=95) Resposta PSA Docetaxel apenas Abiraterona-Docetaxel Schweizer MT, et al. ASCO-GU 2014; abstract 136

15 Cabazitaxel após abiraterona em mcrpc com docetaxel prévio Tropic (2 nd line Cabazitaxel) Phase II data (2 nd line Abiraterone 3 rd line Cabazitaxel) PSA decrease 50% 39% 39-49% (1,2) Time to PSA progression (median) Overall survival (median) 6.4 mo NA 15.1 mo NA 1. Pezaro CJ, Eur Urol 2014, Epub Ahead of Print. 2.Oudard JCO 2013, 31 suppl, abstr 137

16 Docetaxel-Abiraterona-Cabazitaxel Vs Docetaxel-Cabazitaxel-Abiraterona n=633, retrospectivo Quase 80% não receberam 3 a linha de tratamento DAC foi a sequência mais utilizada Pacientes tratados com cabazitaxel na 2 a linha apresentaram maior probabilidade de receber Abiraterona na 3 a linha. Schnadig ID et al, ASCO GU 2013:abstr 79.

17 Royal Marsden Hospital Abiraterona pós-falha ao Docetaxel N=44, refratários à docetaxel e tratados com abiraterona Resposta por PSA após 12 semanas de Abiraterona PS SA change at Week 12, % 100 Docetaxel discontinued 80 due to toxicity Docetaxel discontinued 60 due to disease progression Individual patients Nenhum paciente refratário ao docetaxel respondeu a Abiraterona Mukherji D, Proc ASCO 2012:abstr 17.

18 Efeito do uso da Abiraterona antes da Enzalutamida n=195, 7 centros, retrospectivo Cheng HH, et al. ASCO-GU 2014; abstract 18

19 Atividade de Enzalutamida após falha à Abiraterona n=66 Tratamentos t prévios: Sipuleucel-T l (n=43); Docetaxel (n=59); Abiraterona (n=66) Scholz MC, et al. ASCO-GU 2014; abstract 247

20 Atividade de Abiraterona após falha à Enzalutamida n=30, todos tratados com docetaxel e enzalutamida (todos do AFFIRM trial) Resposta PSA Enzalutamida (AFFIRM) Abiraterona (pós Enzalutamida) Noonan KL, et al. Ann Oncol 24:1802, 2013

21 Atividade de Abiraterona após falha à Enzalutamida n=38, todos tratados com docetaxel e enzalutamida (todos do AFFIRM trial) Resposta PSA Loriot Y, et al. Ann Oncol 24:1807, 2013

22 Atividade de Abiraterona após falha à Enzalutamida n=38, todos tratados com docetaxel e enzalutamida (todos do AFFIRM trial) Enzalutamida sensíveis Vs Enzalutamida não-sensíveis Loriot Y, et al. Ann Oncol 24:1807, 2013

23 Fatores que influenciam o benefício ao tratamento Fator Cabazitaxel Abiraterona Enzalutamida p Benefício p Benefício p Benefício Gleason alto S = S menor NA Idade avançada S = S = S = ECOG PS 2 NS NS NS Met. visceral NS = NS = NS = Presença de dor S = S = S = PSA elevado S = S = S = PSA DT acelerado ND ND NA F. Alc. elevada ND S = NA Doença mensurável S = ND NA PD radiológica ND S = S = Baixo benefício à HT prévia S = S menor NA Androgenios basais baixos ND S menor NA Resistência ao docetaxel S = NS menor NA Baixa exposição prévia ao docetaxel S = NS = NA Mais de 1 linha de QT S = Discrepant NS = Gallardo E, et al. Crit Rev Oncol Hematol 88:357, 2013

24 COU-AA-301 Níveis basais de androgênios Níveis séricos de androgênios nos pacientes incluídos Ryan et al. AACR Conference 2012;LB 434.

25 COU-AA-301 Níveis basais de androgênios Análise Multivariada Altos níveis basais de androgênios associados à aumento de SG Ryan et al. AACR Conference 2012;LB 434.

26 COU-AA-301 Níveis basais de androgênios Estratificação de acordo com os níveis basais de androgênios Testosterona Androstenediona DHEA Ryan et al. AACR Conference 2012;LB 434.

27 Efeitos dos taxanos nos microtúbulos e sinalização do receptor de andrógeno Microtubule stabilization Mitotic arrest Apoptosis A AR Expression Taxanes AR ARE Target gene On/off PSA Inhibition of nuclear translocation of AR A AR FOX01 Nuclear accumulation of FOXO1 interferes with AR activity via its interaction with AR Mistry S J et al. Mol Cancer Ther May;(12):

28 Inibição translocação nuclear do receptor de androgênio Veículo Mitoxantrona Docetaxel Cabazitaxel Abiraterona Enzalutamida RA % localiza ação nuclear Tempo(min) van Soest RJ, et al. In: ASCO Annual Meeting - May 31 - June 4; McCormick Place - Chicago, IL USA.

29 Inibição translocação nuclear resistência i cruzada van Soest RJ, et al. In: ASCO Annual Meeting - May 31 - June 4; McCormick Place - Chicago, IL USA.

30 Conclusões (1) Desde 2010 diversas novas opções de tratamento do mcrpc pós falha de docetaxel Cabazitaxel, Abiraterona, Enzalutamida, Radio-223 O melhor sequenciamento não é tão claro estudos em andamento Resistência parcialmente cruzada Docetaxel e Abiraterona Abiraterona e Enzalutamida Cabazitaxel (?)

31 Conclusões (2) Tentar otimizar/maximizar a exposição dos pacientes a todos os agentes disponíveis i Para confundir/discutir: Estudos de Abi. e Enza. pré-docetaxel (COU-AA-302 e PREVAIL) tendência de utilizar em estágio mais precoce (mcrpc assintomáticos ou oligossintomáticos) Estudo CHARTED (docetaxel em pacientes metastáticos e hormônio sensíveis) tendência de utilizar docetaxel mais precomente ainda

32 OBRIGADO!

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Hospital São José; São Paulo, SP Introdução Câncer de próstata castração-resistente (CRPC) A maioria dos

Leia mais

Qual a melhor sequência de tratamento no câncer da próstata resistente à castração CPRC

Qual a melhor sequência de tratamento no câncer da próstata resistente à castração CPRC Qual a melhor sequência de tratamento no câncer da próstata resistente à castração CPRC Marcus V Sadi Disciplina de Urologia Escola Paulista de Medicina - Unifesp Câncer da próstata resistente à castração

Leia mais

RESENHA: Avanços no tratamento do Câncer de Próstata Metastático Resistente à Castração, com base no artigo:

RESENHA: Avanços no tratamento do Câncer de Próstata Metastático Resistente à Castração, com base no artigo: RESENHA: Avanços no tratamento do Câncer de Próstata Metastático Resistente à Castração, com base no artigo: Abiraterone acetate for treatment of metastatic castration-resistant prostate cancer: final

Leia mais

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO Declaração sobre conflito de interesses De acordo com a Resolução 1595/2000

Leia mais

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Onco-Vida Brasília Prof. Depto. Medicina Interna da PUC - Brasília

Leia mais

Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA

Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA 8 Março 2014 Cancro da Próstata - Androgénios Doença hormonossensível Controle da doença: supressão de androgénios

Leia mais

TEMA: Abiraterona (Zytiga ) para tratamento de câncer de próstata avançado sem quimioterapia prévia.

TEMA: Abiraterona (Zytiga ) para tratamento de câncer de próstata avançado sem quimioterapia prévia. NTRR 158/2014 Solicitante: Juíz: Dra. Solange Maria de Lima Oliveira Juiza da 1ª Vara Cível de Itaúna. Data: 04/07/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Número do processo: 0338.14.006.873-9

Leia mais

Novas drogas no CPRC com metástases: qual a melhor sequência de tratamento?

Novas drogas no CPRC com metástases: qual a melhor sequência de tratamento? ISSN: 1981-0903 COMITÊ BRASILEIRO DE ESTUDOS EM URO-ONCOLOGIA Novas drogas no CPRC com metástases: qual a melhor sequência de tratamento? Francisco Flávio Horta Bretas - CRM-MG: 14.260 Otávio Clark - CRM-SP:

Leia mais

VINICIUS CARRERA, ONCOLOGISTA MAR-2014

VINICIUS CARRERA, ONCOLOGISTA MAR-2014 Quais são as melhores estratégias direcionadas i d aos ossos no câncer de próstata resistente à castração VINICIUS CARRERA, ONCOLOGISTA MAR-2014 Declaraçãodeconflito conflito deinteresse De acordo com

Leia mais

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref.

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref. Câncer de Próstata Flutamida + Leuprorrelina Flutamida: 250mg VO TID Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Flutamida + Gosserrelina Flutamida: 250 mg VO TID Gosserrelina:

Leia mais

Acetato de abiraterona. no tratamento do cancro da próstata

Acetato de abiraterona. no tratamento do cancro da próstata Acetato de abiraterona no tratamento do cancro da próstata Incidência e mortalidade Neoplasia mais frequente no homem, correspondendo a 32% de todas as neoplasias diagnosticadas 3ª causa de morte oncológica:responsável

Leia mais

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama metastático HER2+ Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center

Leia mais

- Papel da Quimioterapia Neo e

- Papel da Quimioterapia Neo e Carcinoma Urotelial de Bexiga: Tratamento Sistêmico na Doença Músculo-Invasiva - Papel da Quimioterapia Neo e Adjuvante Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Prof. Medicina Interna Univ. Católica de Brasília

Leia mais

TEMA: Cabazitaxel (Jevtana ) para tratamento câncer de próstata metastático

TEMA: Cabazitaxel (Jevtana ) para tratamento câncer de próstata metastático NTRR 58/2014 Solicitante: Juiz Dr Fernando de Moraes Mourão Comarca de Arcos Número do processo: 0042.14.001267-7 Réu: Estado de Minas Data: 31/03/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA:

Leia mais

Estamos prontos para guiar o tratamento com base no status do HPV?

Estamos prontos para guiar o tratamento com base no status do HPV? Controvérsias no Tratamento de Câncer de Cabeça e Pescoço Localmente Avançado Estamos prontos para guiar o tratamento com base no status do HPV? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Oncologista Clínico Onco-Vida,

Leia mais

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia?

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Marcelo R. S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José Beneficência Protuguesa de São Paulo Invetigador Principal: Lilly, Roche

Leia mais

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir?

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Rodrigo Ughini Villarroel CITO/HCPF Sem conflito de interesse para essa apresentação Tratamento sistêmico paliativo em câncer gástrico Existe vantagem na

Leia mais

Módulo: Câncer de Próstata Metastático

Módulo: Câncer de Próstata Metastático Módulo: Câncer de Próstata Metastático Caso 1 WGB, 57 anos, masculino Paciente sem comorbidades 1997: PSA elevado em exame de rotina (sic) 1997: Prostatectomia: adenocarcinoma de próstata comprometendo

Leia mais

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento:

Leia mais

ADENOCARCINOMA METASTÁTICO DE PRÓSTATA RESISTENTE À CASTRAÇÃO

ADENOCARCINOMA METASTÁTICO DE PRÓSTATA RESISTENTE À CASTRAÇÃO ADENOCARCINOMA METASTÁTICO DE PRÓSTATA RESISTENTE À CASTRAÇÃO Autoria: Sociedade Brasileira de Urologia Participantes: Pompeo ACL, Archimedes Nardozza Junior, Nardi AC, Faria EF, Guimarães GC, Calixto

Leia mais

Imunoterapia em Outras Neoplasias Torácicas. Carolina Kawamura Haddad Oncologia Clínica

Imunoterapia em Outras Neoplasias Torácicas. Carolina Kawamura Haddad Oncologia Clínica Imunoterapia em Outras Neoplasias Torácicas Carolina Kawamura Haddad Oncologia Clínica 7.10.2017 Declaração de conflitos de interesse De acordo com a Norma 1595/2000 do Conselho Federal de Medicina e com

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI Abiraterona N.º Registo Nome Comercial Apresentação/Forma Farmacêutica/Dosagem PVH PVH com IVA Titular de AIM Frasco

Leia mais

Critérios de ressecabilidade

Critérios de ressecabilidade Rene Claudio Gansl Casos 1.37 Casos 1.77 Mortes 18.3 Mortes 18.3 Jemal,CA Cancer 1. Total de casos: 43.14 Total de mortes: 37.8 Critérios de ressecabilidade ESTADIO Diagn.. SV 5 An. Localizado 8% % Localmente

Leia mais

Prostatectomia para doença localmente avançada. José Milfont Instituto de Urologia do Rio de Janeiro

Prostatectomia para doença localmente avançada. José Milfont Instituto de Urologia do Rio de Janeiro Prostatectomia para doença localmente avançada José Milfont Instituto de Urologia do Rio de Janeiro Apesar dos esforços para detecção precoce do câncer de próstata: 10% dos homens ainda são diagnosticados

Leia mais

TEMA: Sunitinibe (Sutent ) para o tratamento do cancer renal

TEMA: Sunitinibe (Sutent ) para o tratamento do cancer renal Nota Técnica 90/2013 Data: 18/05/2014 Solicitante: Dr. Daniel da Silva Ulhoa Juíz de Direito Comarca de Timóteo Medicamento Material Procedimento Cobertura x Número do processo: 0009774-08.2014.8.13.0667

Leia mais

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Pedro E. R. Liedke Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama; Serviço de Oncologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre; Instituto

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de tratamento adjuvante e neoadjuvante do câncer de mama Versão eletrônica atualizada em Fevereiro 2009 Tratamento sistêmico adjuvante A seleção de tratamento sistêmico

Leia mais

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO São Paulo, 27-29 Novembro 2008. IV JORNADA PAULISTA DE MASTOLOGIA ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO EDUARDO MILLEN HSPE-SP- IAMSPE/ EPM UNIFESP HOSPITAL VITA VOLTA REDONDA- RJ ATUALIZAÇÃO

Leia mais

TratamentoAtual do Seminoma de Testículo

TratamentoAtual do Seminoma de Testículo TratamentoAtual do Seminoma de Testículo Fábio A. B. Schütz Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes São Paulo, SP Declaração sobre Conflito de Interesses De acordo com a Resolução 1595 / 2000 do Conselho

Leia mais

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático O tratamento de pacientes com câncer de mama metastático

Leia mais

Modelos para reembolso de medicamentos na América Latina:

Modelos para reembolso de medicamentos na América Latina: Modelos para reembolso de medicamentos na América Latina: A perspectiva do Brasil Dr. José Getulio Martins Segalla Presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica Diretor de Ensino e Pesquisa Hospital

Leia mais

Câncer de próstata avançado

Câncer de próstata avançado Câncer de próstata avançado Renato Panhoca Centro de Estudos Urológicos do HSPE - CEU Serviço de Urologia - HSPE Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo Centro de Estudos Urológicos do HSPE

Leia mais

Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata

Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata N o 145 Março/2015 2015 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que

Leia mais

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center Nashville,

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI gefitinib N.º Registo Nome Comercial Apresentação/Forma Farmacêutica/Dosagem PVH PVH com IVA Titular de AIM 30 comprimidos

Leia mais

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal José Bines Instituto Nacional de Câncer Declaração de conflito de interesses Sem conflito de interesses Opinião pessoal que pode não refletir necessariamente

Leia mais

Comitê Gestor dos Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços COGEP

Comitê Gestor dos Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços COGEP Comitê Gestor dos Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços COGEP GT Indicadores de SADT 3ª Reunião Subgrupo Oncologia 22 de abril de 2013 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Definição da Estratificação

Leia mais

Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008

Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008 R1 CIT Vinícius Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008 Prolongamento na sobrevida em pacientes com Câncer avançado não-pequenas células (CPNPC) Recentemente, 2 estudos randomizados,

Leia mais

Terapêutica hormonal de 2ª linha?

Terapêutica hormonal de 2ª linha? Terapêutica hormonal de 2ª linha? FRANCISCO BOTELHO H O S P I TA L D E B R A G A CURSO CARCINOMA DA PRÓSTATA RESISTENTE A CASTRAÇÃO 13 18 de DE Setembro MAIO DE de 2014 2013 Tópicos Introdução Terapêutica

Leia mais

TEMA: Sunitinibe (Sutent ) para o tratamento do cancer renal

TEMA: Sunitinibe (Sutent ) para o tratamento do cancer renal Nota Técnica 49/2013 Data: 23/03/2014 Solicitante: Dr. José Hélio da Silva Juíz de Direito da 4a Vara Civel Comarca de Pouso Alegre em Medicamento Material Procedimento Cobertura x Número do processo:

Leia mais

Recife, Junho de 2011

Recife, Junho de 2011 Recife, Junho de 2011 Mário Reis Álvares-da-Silva Professor Adjunto-Doutor de Hepatologia Universidade Federal do Rio Grande do Sul Hospital de Clínicas de Porto Alegre mras@terra.com.br Declaração de

Leia mais

Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo. Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP

Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo. Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP 1. Tratamento Adjuvante Duração da Adjuvância 2. Tratamento NeoAdjuvante

Leia mais

Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte

Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte Como tratar o câncer de mama na paciente com mutação genética? Prof. Dr. Giuliano Duarte Quem é a paciente com mutação BRCA1/2? Ansiedade Penetrância dos genes BRCA1 e BRCA 2 até os 70 anos Meta-análise

Leia mais

Analisar a sobrevida em cinco anos de mulheres. que foram submetidas a tratamento cirúrgico, rgico, seguida de quimioterapia adjuvante.

Analisar a sobrevida em cinco anos de mulheres. que foram submetidas a tratamento cirúrgico, rgico, seguida de quimioterapia adjuvante. Estudo de sobrevida de mulheres com câncer de mama não metastático tico submetidas à quimioterapia adjuvante Maximiliano Ribeiro Guerra Jane Rocha Duarte Cintra Maria Teresa Bustamante Teixeira Vírgilio

Leia mais

Atualização do Congresso Americano de Oncologia 2014. Fabio Kater

Atualização do Congresso Americano de Oncologia 2014. Fabio Kater Atualização do Congresso Americano de Oncologia 2014 Fabio Kater Multivitaminas na prevenção do câncer de mama, próstata e pulmão: caso fechado! Revisão da literatura para tipos específicos de câncer

Leia mais

Tumor Avançado da Próstata Resistente à Castração (CPRC)

Tumor Avançado da Próstata Resistente à Castração (CPRC) Tumor Avançado da Próstata Resistente à Castração (CPRC) Autoria: Aguinaldo C. Nardi Antonio Carlos Lima Pompeo Eliney Ferreira Faria Gustavo Cardoso Guimarães José Ribamar Calixto José Ricardo Tuma da

Leia mais

Perfusao e Infusao Papel Atual Frente os Novos Tratamentos

Perfusao e Infusao Papel Atual Frente os Novos Tratamentos Perfusao e Infusao Papel Atual Frente os Novos Tratamentos Dr. André Molina Cirurgião Oncológico Mestre em Oncologia Núcleo de Câncer de Pele e Dermatologia Hospital A. C. Camargo - SP Conflitos de Interesse

Leia mais

Sobrevida Mediana Classe I: 7,1 meses Classe II: 4,2 meses Classe III: 2,3 meses

Sobrevida Mediana Classe I: 7,1 meses Classe II: 4,2 meses Classe III: 2,3 meses Tratamento das Metástases Cerebrais Eduardo Weltman Hospital Israelita Albert Einstein Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Tratar ou Não Tratar? Piora do prognóstico Déficits neurológicos

Leia mais

Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama

Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama Atuação da Acupuntura na dor articular decorrente do uso do inibidor de aromatase como parte do tratamento do câncer de mama O câncer de mama - 2º tipo de câncer mais freqüente no mundo e o mais comum

Leia mais

Visão farmacoeconômica do tratamento do câncer de próstata

Visão farmacoeconômica do tratamento do câncer de próstata II JORNADA NORTE E NORDESTE DE AUDITORIA EM SAÚDE Visão farmacoeconômica do tratamento do câncer de próstata Elio Asano Gerente de Economia da Saúde e Preço Janssen-Cilag Farmaceutica Ltda. tel +55 11.

Leia mais

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto Médico Assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) FMUSP Médico Titular

Leia mais

Câncer de próstata. Câncer de próstata localmente avançado Resultados do tratamento com radioterapia e supressão hormonal.

Câncer de próstata. Câncer de próstata localmente avançado Resultados do tratamento com radioterapia e supressão hormonal. Câncer de próstata Câncer de próstata localmente avançado Resultados do tratamento com radioterapia e supressão hormonal Robson Ferrigno RT + HT Bloqueio hormonal isolado: sem intuito curativo Associado

Leia mais

de Segunda-linha do Câncer Renal Metastático Oncologista Clínico Onco-Vida / Brasília - DF

de Segunda-linha do Câncer Renal Metastático Oncologista Clínico Onco-Vida / Brasília - DF Recomendações do Tratamento de Segunda-linha do Câncer Renal Metastático Fernando Sabino M Monteiro Fernando Sabino M. Monteiro Oncologista Clínico Onco-Vida / Brasília - DF Declaração de Conflito de Interesses:

Leia mais

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado Aknar Calabrich A importância do peritôneo 70% das pacientes com câncer de ovário avançado tem metástase

Leia mais

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama

Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Influência do peso corporal no tratamento adjuvante do câncer de mama Declaro não haver conflito de interesse Dra Maria Cecília Monteiro Dela Vega Médica Oncologista Clínica- CEBROM e Hospital Araujo Jorge

Leia mais

SUNITINIBE PARA CARCINOMA RENAL DE CÉLULAS CLARAS

SUNITINIBE PARA CARCINOMA RENAL DE CÉLULAS CLARAS Nota Técnica NATS 59/2012 Número do processo: 1311922-91.2012.8.13.0000 Data: 08/12/2012 Medicamento Material Procedimento Cobertura X SUNITINIBE PARA CARCINOMA RENAL DE CÉLULAS CLARAS Sumário 1. RESUMO

Leia mais

Câncer da próstata metastático pré-quimioterapia

Câncer da próstata metastático pré-quimioterapia ISSN: 1981-0903 COMITÊ BRASILEIRO DE ESTUDOS EM URO-ONCOLOGIA Câncer da próstata metastático pré-quimioterapia Marcus V. Sadi - CRM-SP: 37.913 Francisco Flávio Horta Bretas - CRM-MG: 14.260 Otávio Clark

Leia mais

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo?

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo? Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante O que ha de novo? Carlos H. Barrios Professor, PUCRS School of Medicine Director, Oncology Research Center, Hospital São Lucas Director, Instituto

Leia mais

Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes

Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes Capacitação ACS /FEMAMA 2012 Eduardo Cronemberger Oncologia em 120 anos Willian Halsted Aqui está minha sequencia! Mastectomia

Leia mais

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Tratamento do Câncer Gástrico Avançado U d Update 2014 2014 Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Declaração de conflitos de interesse De acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina n o 1595/2000

Leia mais

Nefrectomia citorredutora

Nefrectomia citorredutora Nefrectomia citorredutora no câncer de rim metastático Gustavo Lemos Junho 2012 Carcinoma de células renais 1/3 metastáticos no diagnóstico 20 a 30% dos Ptscom tumor localizado irão desenvolver metástases.

Leia mais

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho Câncer gástrico localmente avançado: Visão do oncologista Visão do oncologista Anelisa K. Coutinho DLA : visão do oncologista Como aumentar chance de cura cirúrgica? Terapia Neoadjuvante Terapia Neoadjuvante

Leia mais

Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento. Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013

Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento. Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013 Atualidades na doença invasiva do colo uterino: Seguimento após tratamento Fábio Russomano IFF/Fiocruz Trocando Idéias 29 a 31 de agosto de 2013 Objetivos do seguimento após tratamento de Câncer Detecção

Leia mais

Câncer de Pulmão Pequenas Células. Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português

Câncer de Pulmão Pequenas Células. Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Câncer de Pulmão Pequenas Células Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Categorias de Potencial Conflito de Interesse Patrocínio de transporte e/ou hospedagem em Congressos Indústria(s)

Leia mais

TEMA: Octreotida LAR no tratamento de tumor neuroendócrino

TEMA: Octreotida LAR no tratamento de tumor neuroendócrino NTRR 31/2013 Solicitante: Juiz Juarez Raniero Número do processo:0479.13.003726-6 Reu: Secretaria de Saúde de Passos Data: 25/03/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura TEMA: Octreotida LAR

Leia mais

Câncer de Próstata Localizado Riscos Baixo e Intermediário: Lucas Nogueira Coordenador Grupo de Uro Oncologia HC / UFMG Departamento de Uro Oncologia

Câncer de Próstata Localizado Riscos Baixo e Intermediário: Lucas Nogueira Coordenador Grupo de Uro Oncologia HC / UFMG Departamento de Uro Oncologia Câncer de Próstata Localizado Riscos Baixo e Intermediário: Eu NÃO escolho vigilância ativa Lucas Nogueira Coordenador Grupo de Uro Oncologia HC / UFMG Departamento de Uro Oncologia SBU EUA A cada 2 minutos

Leia mais

Update Imunoterapia no Câncer de Mama

Update Imunoterapia no Câncer de Mama Update Imunoterapia no Câncer de Mama Marcelo R. S. Cruz, M.D. Developmental Therapeutics Program Division of Hematology/Oncology Northwestern University Feinberg School of Medicine Declaração de Conflitos

Leia mais

Alexandre de Lima Farah

Alexandre de Lima Farah Alexandre de Lima Farah Declaração de conflito de interesse Não recebi qualquer forma de pagamento ou auxílio financeiro de entidade pública ou privada para pesquisa ou desenvolvimento de método diagnóstico

Leia mais

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Porto Alegre, October 2014 Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Carlos H. Barrios, M.D. PUCRS School of Medicine Porto Alegre, Brazil II Congresso Multidisciplinar ICMD Potential Conflicts

Leia mais

O acesso a um tratamento integral e seu custo: A Experiência do ICESP. Prof. Dr. Paulo M. Hoff Diretor Clínico ICESP Faculdade de Medicina da USP

O acesso a um tratamento integral e seu custo: A Experiência do ICESP. Prof. Dr. Paulo M. Hoff Diretor Clínico ICESP Faculdade de Medicina da USP O acesso a um tratamento integral e seu custo: A Experiência do ICESP Prof. Dr. Paulo M. Hoff Diretor Clínico ICESP Faculdade de Medicina da USP Potenciais Conflitos de Interesse Resolução CFM nº 1.595/2000

Leia mais

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO NOTA TÉCNICA 18/2014 Solicitante Ilmo Dr. José Aparecido Fausto de Oliveira Juiz de Direito Data: 31/01/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA

Leia mais

ZYTIGA TM (acetato de abiraterona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Comprimidos. 250 mg

ZYTIGA TM (acetato de abiraterona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Comprimidos. 250 mg ZYTIGA TM (acetato de abiraterona) Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda. Comprimidos 25 mg MODELO DE BULA (CCDS 313 + 713) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ZYTIGA TM acetato de abiraterona APRESENTAÇÃO Comprimidos

Leia mais

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia José Bines Instituto Nacional de Câncer Índice Podemos selecionar pacientes para não receber tratamento adjuvante?

Leia mais

II Encontro de Urologia do Sudeste

II Encontro de Urologia do Sudeste II Encontro de Urologia do Sudeste Tratamento expulsivo do cálculo ureteral Dr. Bruno Nahar Serviço de Urologia do Hospital Federal de Bonsucesso INTRODUÇÃO - Litíase urinária acomete aproximadamente 12%

Leia mais

Radioterapia para Metástases em Coluna Eduardo Weltman Hospital Israelita Albert Einstein Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Radioterapia para Metástases em Coluna Aspectos Clínicos Indicações

Leia mais

Declaro não haver nenhum conflito de interesse.

Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Faculdade de Medicina do ABC Disciplina de Ginecologia Serviço do Prof. Dr. César Eduardo Fernandes Setor de Mastologia IVO CARELLI FILHO Maior dilema da

Leia mais

Introdução à Farmacoeconomia. Joice Valentim

Introdução à Farmacoeconomia. Joice Valentim Introdução à Farmacoeconomia 2013 Joice Valentim 1 Vínculo Novartis Oncologia 2 Agenda Economia da saúde Avaliação econômica em saúde Farmacoeconomia Ca de mama avançado HER2- RH+ 3 Economia da saúde,

Leia mais

ATUALIZAÇÃO NEUROBLASTOMA E TUMOR DE WILMS

ATUALIZAÇÃO NEUROBLASTOMA E TUMOR DE WILMS ATUALIZAÇÃO NEUROBLASTOMA E TUMOR DE WILMS Beatriz de Camargo Programa de Hematologia-Oncologia Pediatrica CPq ATUALIZAÇÃO NEUROBLASTOMA /TUMOR DE WILMS Incidência Clinica Fatores prognósticos Tratamento

Leia mais

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine

Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine November 24-29, 2013 Recife, Brazil Radiopharmaceuticals: Status and Trends for Modern Medicine Celso Darío Ramos Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear, presidente. Serviço de Medicina Nuclear da UNICAMP,

Leia mais

Modelos Biológicos no Cancro da Próstata

Modelos Biológicos no Cancro da Próstata Modelos Biológicos no Cancro da Próstata conceito e aplicação Carlos Rabaça Curso Carcinoma da Próstata do GPGU Coimbra 14 de Novembro de 2015 Serviço de Urologia do IPO Coimbra Faculdade de Medicina da

Leia mais

23/04/2013. Caso Clínico: Sábado à noite... Tratamento da Neutropenia Febril no Câncer de Pulmão. Gustavo Faibischew Prado

23/04/2013. Caso Clínico: Sábado à noite... Tratamento da Neutropenia Febril no Câncer de Pulmão. Gustavo Faibischew Prado Tratamento da Neutropenia Febril no Câncer de Pulmão Gustavo Faibischew Prado Declaração de Conflito de Interesse Eu, Gustavo Faibischew Prado, declaro Não ter vínculos com indústria farmacêutica. Não

Leia mais

ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE RESUMO. Stephen Stefani¹, André Sasse², André Fay³, Hellen Kim 4, Marcia Abadi 5, Vanessa Teich 6, Gilberto Lopes 7

ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE RESUMO. Stephen Stefani¹, André Sasse², André Fay³, Hellen Kim 4, Marcia Abadi 5, Vanessa Teich 6, Gilberto Lopes 7 ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE Número necessário a tratar (NNT) e custo por evento evitado (COPE) de enzalutamida e acetato de abiraterona para o tratamento de câncer de próstata resistente à castração

Leia mais

História natural de carcinoma lobular x ductal

História natural de carcinoma lobular x ductal Filomena Marino Carvalho filomena@usp.br História natural de carcinoma lobular x ductal 1 Classificaçãohistológicados tumores de mama Carcinoma invasivo de tipo não especial (ductal invasivo) Subtipos

Leia mais

CÂNCER RENAL AVANÇADO

CÂNCER RENAL AVANÇADO CÂNCER RENAL AVANÇADO Daniel F. Saragiotto Médico Titular do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês Médico Assistente do ICESP Coordenador da Residência Médica em Cancerologia Clínica HSL e ICESP

Leia mais

Câncer de Testículo Não Seminomatoso

Câncer de Testículo Não Seminomatoso Câncer de Testículo Não Seminomatoso Estágio Clínico II Estado da Arte Fabio Kater Centro Paulista de Oncologia / Hospital Nove de Julho Introdução Incidência maior que no começo do século passado Idade

Leia mais

É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo?

É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo? É possível omitir Radioterapia adjuvante em mulheres idosas com Receptor Hormonal positivo? Rosangela Correa Villar Radioterapia Beneficência Portuguesa- Hospital São Jose FMUSP villardias@uol.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

Discussão do artigo Opportunities and challenges of clinical research in the big-data era: from RCT to BCT

Discussão do artigo Opportunities and challenges of clinical research in the big-data era: from RCT to BCT Discussão do artigo Opportunities and challenges of clinical research in the big-data era: from RCT to BCT Stephen D. Wang J Thorac Dis 2013;5(6):721-723 Apresentação: Biól. Andréia Rocha INTRODUÇÃO Principais

Leia mais

IIIa-N2: Papel para Cirurgião no Tratamento Multidisciplinar

IIIa-N2: Papel para Cirurgião no Tratamento Multidisciplinar Câncer de Pulmão Não Pequenas Células IIIa-N2: Papel para Cirurgião no Tratamento Multidisciplinar Riad N. Younes Núcleo Avançado de Tórax Hospital Sírio-Libanês Departamento de Cirurgia Torácica Hospital

Leia mais

Relatório de Gestão da CCIH

Relatório de Gestão da CCIH Relatório de Gestão da CCIH 1 - Apresentação A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar CCIH é formada por membros executores -01 Enfermeira, 01 Farmacêutica e 01 Medico Infectologista e consultores-representantes

Leia mais

Quimioterapia no Câncer de Próstata Androgênio-Independente

Quimioterapia no Câncer de Próstata Androgênio-Independente REVISÃO / Review Quimioterapia no Câncer de Próstata Androgênio-Independente Chemotherapy for Androgen Independent Prostate Cancer Óren Smaletz* Resumo Quimioterapia para câncer de próstata é um assunto

Leia mais

Estadiamento e Follow Up em Melanoma. Rafael Aron Schmerling

Estadiamento e Follow Up em Melanoma. Rafael Aron Schmerling Estadiamento e Follow Up em Melanoma Rafael Aron Schmerling Estadiamento AJCC/TNM - 2009 T0 - Sem evidência do tumor primário (desconhecido) Tis - Melanoma in situ T1 < 1 mm T1a - sem ulceração/mitose

Leia mais

16/04/2015 CÂNCER DE PULMÃO. Rastreamento do Câncer de Pulmão: Solução ou Complicação?

16/04/2015 CÂNCER DE PULMÃO. Rastreamento do Câncer de Pulmão: Solução ou Complicação? Rastreamento do Câncer de Pulmão: Solução ou Complicação? Bruno Hochhegger MD, PhD Médico Radiologista do Pavilhão Pereira Filho e Hospital Dom Vicente Scherer Professor de Radiologia da UFCSPA e PUC/RS

Leia mais

MEDICAMENTOS Impactos nos custos da Saúde. Dr. Marcos Santos marcosrxt@gmail.com 61-8355 4308 Consultor Radio-Oncologia e Medicina Nuclear

MEDICAMENTOS Impactos nos custos da Saúde. Dr. Marcos Santos marcosrxt@gmail.com 61-8355 4308 Consultor Radio-Oncologia e Medicina Nuclear Dr. Marcos Santos 61-8355 4308 Consultor Radio-Oncologia e Medicina Nuclear Conflitos de interesse Consultor de diversas empresas de segurosaúde Capesesp CTNO UNIMED Brasil Chefe do Serviço de Oncologia

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Câncer de Pâncreas (CP) Versão eletrônica atualizada em Maio 2009 O CP é uma doença relativamente infreqüente, mas associada a uma alta taxa de mortalidade. Costuma acometer pessoas

Leia mais

Cetuximabe para Carcinoma de Laringe recidivado

Cetuximabe para Carcinoma de Laringe recidivado NOTA TÉCNICA 152/2014 Solicitante: Juiz Fernando de Moraes Mourão Número do processo: 0042.14.002900-2 Réu: MUNICÍPIO DE ARCOS e ESTADO DE MINAS GERAIS Data: 23/07/2013 Medicamento x Material Procedimento

Leia mais

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 V Encontro Pós ASCO - 2011 Tratamento: mama metastático Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 Não tenho conflitos de interesse Câncer de mama metastático Triplo negativo Inibição PARP: Iniparibe Metastático:

Leia mais

Jornadas ROR Sul. Workshop Tumores Urológicos. Cancro da BEXIGA. Gabriela Sousa IPO COIMBRA

Jornadas ROR Sul. Workshop Tumores Urológicos. Cancro da BEXIGA. Gabriela Sousa IPO COIMBRA Jornadas ROR Sul Workshop Tumores Urológicos Cancro da BEXIGA Gabriela Sousa IPO COIMBRA 22 Fev 2017 Carcinoma Urotelial Carcinoma Superficial da Bexiga Carcinoma urotelial Tratamento de eleição é a cirurgia:

Leia mais

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO NOTA TÉCNICA 81/2014 Solicitante Ilma Dra. Marcela Maria Amaral Novais Juíza de Direito Comarca de Caeté Minas Gerais Data: 03/05/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0013603-80.2014

Leia mais

Tratamento anticoagulante a longo prazo do tromboembolismo venoso (TEV)

Tratamento anticoagulante a longo prazo do tromboembolismo venoso (TEV) Tratamento anticoagulante a longo prazo do tromboembolismo venoso (TEV) Vânia Maris Morelli Disciplina de Hematologia e Hemoterapia Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP TEV (TVP MI e EP) ~7 dias

Leia mais

Ultrassonografia terapêutica (HIFU) para o câncer da próstata

Ultrassonografia terapêutica (HIFU) para o câncer da próstata IMAGEM EM UROLOGIA www.urologiaessencial.org.br Marcelo L. Bendhack Professor da Pós-Graduação Universidades PUC-PR e Positivo Presidente da Sociedade de Oncologia Urológica Seção Latino América - UROLA

Leia mais