Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama"

Transcrição

1 Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama metastático HER2+ Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center Nashville, Tennessee

2 Proto-oncogene HER2/neu : prognóstico ruim 1.0 HER2 gene amplification (FISH) HER2 protein overexpression (IHC) Surviving HER-2/neu signal per chr17cen 2 (711) > 2 (189) Log-Rank p= Wilcoxon p= Time (months) Sobrevida Mediana HER2 superexpresso HER2 normal 3 anos 6-7 anos Slamon Science 1987

3 Slamon NEJM 2001 Trastuzumab aumenta a sobrevida em CA de mama HER2+ metastático 1.0 FISH (+) Herceptin+Chemotherapy (n=125) Chemotherapy Alone (n=116) Probability IHC 2+/3+ Herceptin+Chemotherapy (n=235) Chemotherapy Alone (n=234) Median (months) 27* 18 Relative Risk 0.6 ( ) * ( ) Survival (months) *p<0.05

4 Cenário atual

5 Lapatinib Downstream signaling cascade

6 EGF100151: Estudo de fase III capecitabina +/- lapatinib Stage III/IV refractory or MBC HER2+ (FISH+) Prior anthracycline, taxane, and/or trastuzumab therapy ECOG PS 0-1 R A N D O M I Z E n=161 n=160 Capecitabine 1250 mg/m 2 bid d1-14 q3w Capecitabine 1000 mg/m 2 bid d Lapatinib 1250 mg qd d1-21 q3w Primary end point: TTP Secondary end points: ORR, clinical benefit, DOR, PFS, OS, safety, QOL, ErbB2 serum concentration Geyer NEJM, 2006

7 % of patients progression-free* EGF100151: Tempo de Progressão Lapatinib + Capecitabine (n=160) Capecitabine (n=161) Progressed or died* 49 (28%) 72 (43%) Median TTP, mo HR (95% CI) 0.49 ( ) P value < Weeks *Censors 4 patients who died from causes other than breast cancer.

8 EGF104900: Estudo de fase III lapatinib +/- trastuzumab Key Inclusion HER2+(FISH+/ IHC3+) MBC Progression on Anthracycline Taxane Trastuzumab Stratification Factors Visceral Disease Hormone Receptor R A N D O M I Z E Lapatinib 1500 mg/day PO N=148 Lapatinib 1000 mg/day PO Trastuzumab 2 mg/kg IV weekly N=148 Crossover if PD after 4wk therapy (N=73) Blackwell JCO 2010

9 EGF104900: Sobrevida livre de progressão Cumulative % Alive without Progression % 28% 6 Mo PFS L N = 145 L+T N = 146 Progressed or Died, n Median, mos 2 3 Hazard ratio (95% CI) 0.73 (0.57, 0.93) P value Subjects At Risk Time from Randomization (wks) L L+T

10 EGF104900: Sobrevida global

11 Pertuzumab Trastuzumab HER2 Pertuzumab HER3 Subdomain IV of HER2 Dimerization domain of HER2

12 CLEOPATRA: Estudo de fase III QT/ Trastuzumab +/- Pertuzumab 1:1 randomization Trastuzumab + docetaxel + placebo HER2+ MBC First line n = 808 Trastuzumab + docetaxel + pertuzumab Endpoints: Progression-free survival Overall survival Quality of life Biomarker analysis Baselga NEJM 2012

13 CLEOPATRA: Sobrevida livre de progressão Progression-free survival (%) n at risk Ptz + T + D Pla + T + D Ptz + T + D: median 18.5 months Pla + T + D: median 12.4 months Time (months) = 6.1 months HR = % CI p< D, docetaxel; PFS, progression-free survival; Pla, placebo; Ptz, pertuzumab; T, trastuzumab Stratified by prior treatment status and region

14 CLEOPATRA: Sobrevida global (preliminar) Overall survival (%) Ptz + T + D: 69 events Pla + T + D: 96 events HR = 0.64* 95% CI p = * Time (months) n at risk Pertuzumab + T + D Placebo + T + D * The interim OS analysis did not cross the pre-specified O Brien-Fleming stopping boundary (HR 0.603; p ) D, docetaxel; OS, overall survival; Pla, placebo; Ptz, pertuzumab; T, trastuzumab

15 Pertuzumab: Questões praticas Tratamento prévio com trastuzumab com ou sem IA (sem QT)? Provavelmente OK Outros taxanos (paclitaxel semanal?) Provavelmente OK, estudos de fase II OK Outras QTs? (vinorelbina??) Ausência de dados de toxicidade

16 T-DM1

17 EMILIA: Estudo de fase III T-DM1 vs. capecitabina + lapatinib HER2+ (central) LABC or MBC (N=980) Prior taxane and trastuzumab Progression of metastatic tx or within 6 months of adjuvant tx T-DM1 3.6 mg/kg q3w IV 1:1 randomization Capecitabine 1000 mg/m2 orally BID, days 1-14, q3w + Lapatinib 1250 mg/day orally QD Stratification: world region, # prior chemo, visceral disease Primary endpoints: PFS, OS and safety Secondary endpoints: PFS by investigator, ORR, duration of response, time to symptom progression Blackwell, ASCO 2012

18 EMILIA: Sobrevida livre de progressão 1.0 IRC Cap + Lap T-DM1 HR=0.650 (95% CI, 0.55, 0.77) P< Proportion progression-free INV Cap + Lap T-DM1 HR=0.658 (95% CI, 0.56, 0.77) P< Time (mos) No. at risk by independent review: Cap + Lap T-DM

19 EMILIA: Respostas e duração de tratamento

20 EMILIA: Sobrevida global (preliminar) Proportion surviving % 77.0% 65.4% 47.5% Median (mos) No. events Cap + Lap T-DM1 NR 94 Stratified HR=0.621 (95% CI, 0.48, 0.81) P= Efficacy stopping boundary P= or HR= Time (mos) No. at risk: Cap + Lap T-DM

21 Como escolher? Lapatinib + Capecitabina Lapatinib + Trastuzumab QT + Trastuzumab + Pertuzumab T-DM1 2 a linha Relativamente tóxico (diarréia, toxicid ade cutânea) Possível (mas questionável) benefício em met. SNC > 2 a linha Pouco tóxico, livre de QT Possível (mas questionável) benefício em met. SNC QUALIDADE DE VIDA TOXICIDADE 1 a linha Bastante eficaz Pouca toxicidade adicional do pertuzumab em relação a QT + trastuzumab EFICÁCIA 2 a linha Bastante eficaz Minimamente tóxico Será que a doença residual pós tratamento ainda é HER2+??

22 Minha sugestão QT + Trastuzumab + Pertuzumab T-DM1 Progressão: Biópsia de doença residual HER2+ HER2- Lapatinib + Capecitabina Lapatinib + Trastuzumab QT + Trastuzumab QT sem terapia anti-her2

23 Obrigada!

Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo. Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP

Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo. Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP Recentes Avanços no Tratamento do Câncer de Mama HER2 positivo Ricardo Marques Centro de Oncologia/Hospital Sírio Libanês São Paulo - SP 1. Tratamento Adjuvante Duração da Adjuvância 2. Tratamento NeoAdjuvante

Leia mais

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento:

Leia mais

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Onco-Vida Brasília Prof. Depto. Medicina Interna da PUC - Brasília

Leia mais

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento: Resultados

Leia mais

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir?

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Rodrigo Ughini Villarroel CITO/HCPF Sem conflito de interesse para essa apresentação Tratamento sistêmico paliativo em câncer gástrico Existe vantagem na

Leia mais

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Hospital São José; São Paulo, SP Introdução Câncer de próstata castração-resistente (CRPC) A maioria dos

Leia mais

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center Nashville,

Leia mais

Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células

Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células Tratamento Sistêmico de Resgate no Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células Dr. Marcelo Rocha S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José São Paulo Índice Terapia de Manutenção: Quimioterapia Terapia de

Leia mais

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo?

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo? Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante O que ha de novo? Carlos H. Barrios Professor, PUCRS School of Medicine Director, Oncology Research Center, Hospital São Lucas Director, Instituto

Leia mais

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado Aknar Calabrich A importância do peritôneo 70% das pacientes com câncer de ovário avançado tem metástase

Leia mais

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante?

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Estamos num momento de quebra de paradigmas? José

Leia mais

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Tratamento do Câncer Gástrico Avançado U d Update 2014 2014 Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Declaração de conflitos de interesse De acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina n o 1595/2000

Leia mais

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 V Encontro Pós ASCO - 2011 Tratamento: mama metastático Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 Não tenho conflitos de interesse Câncer de mama metastático Triplo negativo Inibição PARP: Iniparibe Metastático:

Leia mais

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref.

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref. Câncer de Próstata Flutamida + Leuprorrelina Flutamida: 250mg VO TID Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Flutamida + Gosserrelina Flutamida: 250 mg VO TID Gosserrelina:

Leia mais

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Câncer de pulmão Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Objetivos Sintetizar as principais publicações / apresentações de 2014 Apresentação assim dividida: Rastreamento (1) Adjuvância (1) Metastático

Leia mais

Adjuvância. Doença Irressecável

Adjuvância. Doença Irressecável CENTRO ESPECIALIZADO DE ONCOLOGIA DE FLORIANÓPOLIS. Quimioterapia adjuvante e Neoadjuvante do Câncer de Pulmão localmente avançado Marcelo Collaço Paulo Não tem conflito de interesse. Câncer do Pulmão

Leia mais

30/05/2016. Introdução. Declaração de Conflito de interesses

30/05/2016. Introdução. Declaração de Conflito de interesses Utilização de supressão ovariana deve ser considerada padrão em receptores hormonais positivos? Declaração de Conflito de interesses ResoluçãoCFM n o 1595/2000, 18/05/2000 RDC ANVISA n o 102, 30/11/2000

Leia mais

Câncer de pulmão não pequenas células: tratamento. Clarissa Mathias. Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português

Câncer de pulmão não pequenas células: tratamento. Clarissa Mathias. Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Câncer de pulmão não pequenas células: suas diferentes faces de diagnóstico e tratamento Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Declaração de Conflito de Interesse Categorias

Leia mais

Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília

Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília 55 55 Artigo Original Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília Epidemiologic evaluation of patients with breast cancer treated

Leia mais

Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy

Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy Antonio C. Buzaid, MD Chairman Centro Avançado de Oncologia Hospital São José São Paulo, Brazil Definição Câncer de mama

Leia mais

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático O tratamento de pacientes com câncer de mama metastático

Leia mais

Qual é a sequência ideal da

Qual é a sequência ideal da Qual é a sequência ideal da terapia sistêmica i no mcrpc? Fábio A. B. Schütz Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes São Paulo, SP Declaração sobre Conflito de Interesses De acordo com a Resolução

Leia mais

Superando a Resistência Hormonal em Câncer de Mama RH(+) - HER-2 (-)

Superando a Resistência Hormonal em Câncer de Mama RH(+) - HER-2 (-) Superando a Resistência Hormonal em Câncer de Mama RH(+) - HER-2 (-) João Nunes de Matos Neto MD, PhD Modelo de Carcinogênese Mamária Modelo dos passos da carcinogênese em câncer de mama. Adaptado de Beckmann

Leia mais

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL?

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CANCER DE CABEÇA E PESCOÇO SÃO

Leia mais

Atualização de Angina Instável e IAM sem supra ST AHA/ACC Guideline - 2014

Atualização de Angina Instável e IAM sem supra ST AHA/ACC Guideline - 2014 Atualização de Angina Instável e IAM sem supra ST AHA/ACC Guideline - 2014 Dr Henrique Lane Staniak Doutor em ciencias médicas FMUSP Cardiologista do HMPB e do HU-USP Epidemiologia SCA 5 a 7 milhões de

Leia mais

Câncer de Mama. AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1. Docetaxel: 35mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC. a cada 21 dias X 4 ciclos Ref.

Câncer de Mama. AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1. Docetaxel: 35mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC. a cada 21 dias X 4 ciclos Ref. Câncer de Mama AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1 Ciclofosfamida: 600 mg/m 2 IV D1 a cada 21 dias X 4 ciclos Docetaxel: 100mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC a cada 21 dias X 4 ciclos Ref. (1-3) Ou Doxorrubicina:

Leia mais

Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico

Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico Hospital Israelita Albert Einstein Dr. Pedro Luiz S. Usón Jr Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante

Leia mais

Critérios de ressecabilidade

Critérios de ressecabilidade Rene Claudio Gansl Casos 1.37 Casos 1.77 Mortes 18.3 Mortes 18.3 Jemal,CA Cancer 1. Total de casos: 43.14 Total de mortes: 37.8 Critérios de ressecabilidade ESTADIO Diagn.. SV 5 An. Localizado 8% % Localmente

Leia mais

Lapatinibe para câncer de mama

Lapatinibe para câncer de mama Data: 05/11/2013 NTRR 212/2013 Solicitante: Desembargador Geraldo Augusto de Almeida Mandado de Segurança: nº1.0000.13.083981-4/000 Impetrado: Secretário de Estado da Saúde de Minas Gerais. Medicamento

Leia mais

glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros

glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros Milestones in Neuro-Oncology Radiotherapy Lomustine Carmustine Approvals BCNU wafer TMZ for relapsed AA accelerated approval TMZ upfront for GBM Bevacizumab

Leia mais

Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir)

Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir) Tópicos atuais em câncer de mama Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir) Dr. André Sasse Oncologista Clínico sasse@cevon.com.br Centro de Evidências em Oncologia HC UNICAMP Centro de Evidências em

Leia mais

10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE. Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC

10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE. Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC 10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC Declaração de Conflitos de interesse Oncologista Clínico sócio de Serviço de Oncologia

Leia mais

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia?

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Marcelo R. S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José Beneficência Protuguesa de São Paulo Invetigador Principal: Lilly, Roche

Leia mais

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia. José Bines Instituto Nacional de Câncer Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer de mama Tratamento Adjuvante: Hormonioterapia José Bines Instituto Nacional de Câncer Índice Podemos selecionar pacientes para não receber tratamento adjuvante?

Leia mais

Acetato de abiraterona. no tratamento do cancro da próstata

Acetato de abiraterona. no tratamento do cancro da próstata Acetato de abiraterona no tratamento do cancro da próstata Incidência e mortalidade Neoplasia mais frequente no homem, correspondendo a 32% de todas as neoplasias diagnosticadas 3ª causa de morte oncológica:responsável

Leia mais

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão.

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão. Parecer do Grupo Técnico de Auditoria em Saúde 039/05 Tema: Docetaxel I Data: 01/11/2005 II Grupo de Estudo: Dr Lucas Barbosa da Silva Dra Lélia Maria de Almeida Carvalho Dra Silvana Márcia Bruschi Kelles

Leia mais

Novas Condutas Terapêuticas na Associação Hepatite C e Carcinoma Hepatocelular

Novas Condutas Terapêuticas na Associação Hepatite C e Carcinoma Hepatocelular Novas Condutas Terapêuticas na Associação Hepatite C e Carcinoma Hepatocelular Luciana Oba O. Kikuchi Departamento de Gastroenterologia Faculdade de Medicina da USP Incidência (por 100.000) Porcentagem

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de tratamento adjuvante e neoadjuvante do câncer de mama Versão eletrônica atualizada em Fevereiro 2009 Tratamento sistêmico adjuvante A seleção de tratamento sistêmico

Leia mais

HER-2 e câncer de mama

HER-2 e câncer de mama HER-2 e câncer de mama Inter-relações biológicas, prognósticas e terapêuticas Coordenador: Alfredo Carlos S. D. Barros Fascículo 5 Trastuzumabe no tratamento do câncer de mama metastático Artur Katz Atualização

Leia mais

Nota Técnica 41/2015

Nota Técnica 41/2015 Nota Técnica 41/2015 Data: 09/09/2015 Solicitante: Victor Hugo Padilha Assistente Judiciário Des. Estevão Lucchesi Processo: 1.0000.15.071995-3/001 Autor: Thais Macedo Martins Sarapu Ré: Bradesco Seguro

Leia mais

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO São Paulo, 27-29 Novembro 2008. IV JORNADA PAULISTA DE MASTOLOGIA ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO EDUARDO MILLEN HSPE-SP- IAMSPE/ EPM UNIFESP HOSPITAL VITA VOLTA REDONDA- RJ ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Platinas no Tratamento da Doença Triplo Negativa. Mário Alberto Costa INCA, Oncoclínica RJ

Platinas no Tratamento da Doença Triplo Negativa. Mário Alberto Costa INCA, Oncoclínica RJ Platinas no Tratamento da Doença Triplo Negativa Mário Alberto Costa INCA, Oncoclínica RJ Câncer de Mama Triplo Negativo RE negativo, RPg negativo, HER2 negativo Dependendo dos limites usados na definição

Leia mais

CÂNCER RENAL AVANÇADO

CÂNCER RENAL AVANÇADO CÂNCER RENAL AVANÇADO Daniel F. Saragiotto Médico Titular do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês Médico Assistente do ICESP Coordenador da Residência Médica em Cancerologia Clínica HSL e ICESP

Leia mais

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje Câncer de Mama no Brasil Antropofagia, de Tarsila do Amaral, 1929 2 DADOS

Leia mais

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados

Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Projeto Amazona: Desfechos Clínicos de Pacientes Públicos e Privados Pedro E. R. Liedke Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama; Serviço de Oncologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre; Instituto

Leia mais

- Papel da Quimioterapia Neo e

- Papel da Quimioterapia Neo e Carcinoma Urotelial de Bexiga: Tratamento Sistêmico na Doença Músculo-Invasiva - Papel da Quimioterapia Neo e Adjuvante Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Prof. Medicina Interna Univ. Católica de Brasília

Leia mais

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina.

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina. Alta taxa de resposta completa patológica (prc) em câncer de mama triplo negativo após quimioterapia neoadjuvante sequencial Augusto Ribeiro GABRIEL, MD* Ruffo de FREITAS JÚNIOR, MD, PhD* * Programa de

Leia mais

Câncer de Mama. Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia

Câncer de Mama. Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia Câncer de Mama Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia João Nunes Oncologista Clínico Cettro - Centro de Câncer de Brasília HUB - UnB Membro Titular SBOC - SBM Doutorando em Biologia Molecular

Leia mais

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO Declaração sobre conflito de interesses De acordo com a Resolução 1595/2000

Leia mais

Introdução ao Tratamento Oncológico

Introdução ao Tratamento Oncológico Introdução ao Tratamento Oncológico Diogo Rodrigues Médico oncologista da COI - Clínicas Oncológicas Integradas Gerente Médico do Instituto COI de Pesquisa, Educação e Gestão TÓPICOS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

Terapêutica hormonal de 2ª linha?

Terapêutica hormonal de 2ª linha? Terapêutica hormonal de 2ª linha? FRANCISCO BOTELHO H O S P I TA L D E B R A G A CURSO CARCINOMA DA PRÓSTATA RESISTENTE A CASTRAÇÃO 13 18 de DE Setembro MAIO DE de 2014 2013 Tópicos Introdução Terapêutica

Leia mais

Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment. Breast Cancer

Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment. Breast Cancer Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment Breast Cancer Dra. Ana Carolina de Rezende ana.rezende@einstein.br Internal Mammary Nodal Chain Irradiation Dra. Ana Carolina

Leia mais

Tratamento clínico do hepatocarcinoma

Tratamento clínico do hepatocarcinoma I Simpósio Gastrointestinal Oncologia D Or Rio de Janeiro,, 17 de maio de 2014 Tratamento clínico do hepatocarcinoma Rui Weschenfelder Oncologia Clíinica Declaração de conflitos de interesse De acordo

Leia mais

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado NTRR 09/2013 Solicitante: Desembargador Alyrio Ramos Número do processo: 1.0134.12.010459-8/001 Impetrato: Secretaria de Caratinga Data: 02/02/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Trastuzumabe

Leia mais

Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica

Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica Quimioterapia concomitante a radioterapia (Esquema de MacDonald) 5-Fluorouracil: 425 mg/m 2 IV D1 a D5 Leucovorin: 20 mg/m 2 IV D1 a D5 Radioterapia iniciando no

Leia mais

CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe

CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe Silvinato Almeida [Digite o nome da empresa] [Escolha a data] 2 CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO:

Leia mais

Sarcomas de Partes Moles

Sarcomas de Partes Moles Sarcomas de Partes Moles AIM- Doxorrubicina, Ifosfamida e Mesna Doxorrubicina: 75 mg/m 2 /ciclo IV em pulso divididos entre D1 a D3 Ifosfamida: IV 6 9g/m 2 /ciclo, divididos entre D1 a D3 Mesna a cada

Leia mais

Avastin (bevacizumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 25 mg/ml 4 ml e 16 ml

Avastin (bevacizumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 25 mg/ml 4 ml e 16 ml Avastin (bevacizumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 25 mg/ml 4 ml e 16 ml Avastin bevacizumabe Roche Antineoplásico APRESENTAÇÕES Solução para diluição para infusão. Caixa

Leia mais

Prolonged response for 43 cycles of trastuzumab entansine (T DM1) in a patient with metastatic breast cancer with HER2 overexpression: case report

Prolonged response for 43 cycles of trastuzumab entansine (T DM1) in a patient with metastatic breast cancer with HER2 overexpression: case report DOI: 10.5327/Z201600010008RBM RELATO DE CASO Resposta prolongada durante 43 ciclos de trastuzumabe entansina (T DM1) em paciente com câncer de mama metastático com superexpressão de HER2: relato de caso

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI gefitinib N.º Registo Nome Comercial Apresentação/Forma Farmacêutica/Dosagem PVH PVH com IVA Titular de AIM 30 comprimidos

Leia mais

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA Dr. Markus Gifoni Oncologista Clínico Instituto do Câncer do Ceará Fortaleza 01/06/2013 Informações

Leia mais

Câncer de pulmão não. diferentes faces de diagnóstico e tratamento. Clarissa Baldotto

Câncer de pulmão não. diferentes faces de diagnóstico e tratamento. Clarissa Baldotto Câncer de pulmão não pequenas células: suas diferentes faces de diagnóstico e tratamento Clarissa Baldotto DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE Resolução CFM o 1595/2000 Sem conflitos de interesse para

Leia mais

Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea

Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea Módulo: Doença Metastática para Sistema Nervoso central Bloco: Manejo das Lesões Múltiplas Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea Aknar Calabrich Oncologia Clínica Em 1 ano... Pubmed 67 artigos (nenhum

Leia mais

NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA)

NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA) NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA) ANDERSON ARANTES SILVESTRINI Oncologista clínico - Diretor técnico Grupo Acreditar

Leia mais

Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP

Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP Declaração de Conflitos de Interesses Participação do Advisory Board:

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1 Este medicamento está sujeito a monitorização adicional. Isto irá permitir a rápida identificação de nova informação de segurança. Pede-se aos profissionais

Leia mais

CLUBE DA HIPÓFISE Ano VII 27/02/2013 Futuro do Tratamento Clínico na Doença de Cushing

CLUBE DA HIPÓFISE Ano VII 27/02/2013 Futuro do Tratamento Clínico na Doença de Cushing CLUBE DA HIPÓFISE Ano VII 27/02/2013 Futuro do Tratamento Clínico na Doença de Cushing Luíz Antônio de Araújjo Tratamento da D. Cushing Transsphenoidal surgery is first-line therapy in Cushing s disease

Leia mais

Resumo O trastuzumab, anticorpo monoclonal contra o sítio extracelular do receptor

Resumo O trastuzumab, anticorpo monoclonal contra o sítio extracelular do receptor REVISÃO SISTEMATIZADA Trastuzumab no câncer de mama Trastuzumab in breast cancer Palavras-chave Neoplasias da mama Fator de crescimento epidérmico Quimioterapia Key words Breast neoplasms Epidermal growth

Leia mais

CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS

CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS II CURSO DE DE BIOLOGIA MOLECULAR 27 DE AGOSTO DE 2011 CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS Clarissa Baldotto xxx O MARCO MOLECULAR xxx O QUE O CLÍNICO PRECISA SABER? IDENTIFICAR UM ALVO DE ONCOGÊNESE

Leia mais

ASPECTOS INTRODUÇÃO. *Correspondência: Av. Sete de Setembro, Apto 301 Barra Salvador Bahia Cep

ASPECTOS INTRODUÇÃO. *Correspondência: Av. Sete de Setembro, Apto 301 Barra Salvador Bahia Cep Artigo Original FATORES TRATAMENTO SARNI ROS ASSOCIADOS ET DE AL. CRIANÇAS À INTERRUPÇÃO DESNUTRIDAS TRATAMENTO HOSPITALIZADAS ANTI-RETROVIRAL ASPECTOS CLÍNICO-ECONÔMICOS DA QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE ANTE

Leia mais

Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)?

Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)? Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)? Dr. Ormando Campos Jr. Oncologista Clínico Conflito de Interesses Quimioterapia + Radioterapia.

Leia mais

Tratamento de Resgate após. Eu prefiro HIFU ou Crioterapia GUSTAVO CARDOSO CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA

Tratamento de Resgate após. Eu prefiro HIFU ou Crioterapia GUSTAVO CARDOSO CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA Tratamento de Resgate após Falha da Radioterapia Eu prefiro HIFU ou Crioterapia i GUSTAVO CARDOSO GUIMARÃES CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA Câncer da Próstata Estados Unidos Siegel R, CA CANCER J CLIN 2014

Leia mais

Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama

Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama PARECER TÉCNICO-CIENTÍFICO PTC 04/2012 Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama Belo Horizonte - MG Agosto - 2012 Faculdade de Farmácia - UFMG Dep. de Farmácia Social www.ccates.org.br

Leia mais

Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de na área de câncer de pulmão:radioterapia

Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de na área de câncer de pulmão:radioterapia Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de 2009-2011 na área de câncer de pulmão:radioterapia Rodrigo de Morais Hanriot Radioterapeuta HIAE e HAOC Índice Carcinoma de pulmão não pequenas células Carcinoma

Leia mais

ESTA PALESTRA NÃO PODERÁ REFERÊNCIA DO AUTOR.

ESTA PALESTRA NÃO PODERÁ REFERÊNCIA DO AUTOR. ESTA PALESTRA NÃO PODERÁ SER REPRODUZIDA SEM A REFERÊNCIA DO AUTOR. BCR em neoplasias hematológicas LLC Maior atividade da Syk nos centros proliferativos Presença de BCRs enviesados Autoestimulação do

Leia mais

Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS

Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS HEAD AND NECK CANCER TREATMENT IN ELDERLY PATIENTS OVER 80 YEARS OLD 1,4,6 TERENCE PIRES DE FARIAS 5 GABRIEL MANFRO 1,2,3

Leia mais

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Porto Alegre, October 2014 Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Carlos H. Barrios, M.D. PUCRS School of Medicine Porto Alegre, Brazil II Congresso Multidisciplinar ICMD Potential Conflicts

Leia mais

PARECER TÉCNICO-CIENTÍFICO PTC 04/2012. Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama

PARECER TÉCNICO-CIENTÍFICO PTC 04/2012. Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama PARECER TÉCNICO-CIENTÍFICO PTC 04/2012 Eficácia e segurança de trastuzumabe no tratamento de câncer de mama Efficacy and safety of trastuzumab in the treatment of breast cancer Eficacia y seguridad de

Leia mais

TRATAMENTO SISÊMICO NEOADJUVANTE SEGUIDO DE CITORREDUÇÃO DE INTERVALO. Eduardo Vieira da Motta

TRATAMENTO SISÊMICO NEOADJUVANTE SEGUIDO DE CITORREDUÇÃO DE INTERVALO. Eduardo Vieira da Motta TRATAMENTO SISÊMICO NEOADJUVANTE SEGUIDO DE CITORREDUÇÃO DE INTERVALO Eduardo Vieira da Motta Sobrevida global por doença residual Fatos Citorredução é efetiva porque há quimioterapia Maior volume tumoral,

Leia mais

Declaro não haver nenhum conflito de interesse.

Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Declaro não haver nenhum conflito de interesse. Faculdade de Medicina do ABC Disciplina de Ginecologia Serviço do Prof. Dr. César Eduardo Fernandes Setor de Mastologia IVO CARELLI FILHO Maior dilema da

Leia mais

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho Câncer gástrico localmente avançado: Visão do oncologista Visão do oncologista Anelisa K. Coutinho DLA : visão do oncologista Como aumentar chance de cura cirúrgica? Terapia Neoadjuvante Terapia Neoadjuvante

Leia mais

IMUNOTERAPIA NO TRATAMENTO DO PACIENTE COM CÂNCER UROLÓGICO: UMA NOVA FRONTEIRA

IMUNOTERAPIA NO TRATAMENTO DO PACIENTE COM CÂNCER UROLÓGICO: UMA NOVA FRONTEIRA IMUNOTERAPIA NO TRATAMENTO DO PACIENTE COM CÂNCER UROLÓGICO: UMA NOVA FRONTEIRA Luiz Flávio Coutinho Tiradentes 13/08/2016 O pai da Imunoterapia no câncer Dr. William B. Coley In 1891, William B. Coley

Leia mais

Investigação Clínica em Cirurgia

Investigação Clínica em Cirurgia Investigação Clínica em Cirurgia Aspectos éticos Consentimento informado Financiamento do projecto Planeamento de um trabalho clínico Projecto Protocolo Título Apresentação de um problema Planeamento do

Leia mais

VALOR PROGNÓSTICO DA EXPRESSÃO POR IMUNO-HISTOQUÍMICA DO C-ERB-2 Em doentes sob terapêutica adjuvante com Tamoxifeno por carcinoma primário da mama

VALOR PROGNÓSTICO DA EXPRESSÃO POR IMUNO-HISTOQUÍMICA DO C-ERB-2 Em doentes sob terapêutica adjuvante com Tamoxifeno por carcinoma primário da mama ARTIGO ORIGINAL Acta Med Port 4; 17: 271-276 VALOR PROGNÓSTICO DA EXPRESSÃO POR IMUNO-HISTOQUÍMICA DO C-ERB-2 Em doentes sob terapêutica adjuvante com Tamoxifeno por carcinoma primário da mama ANDREIA

Leia mais

EHJ: doi:10.1093/eurheartj/ehq277

EHJ: doi:10.1093/eurheartj/ehq277 EHJ: doi:10.1093/eurheartj/ehq277 FIBRINÓLISE 2010 = PROBLEMAS E REALIDADE Reperfusão em 60% Sangramento AVCH Contraindicações absolutas e relativas Ainda primeira opção em muitos países (5 a 85%) na Europa

Leia mais

Elge Werneck Araújo Júnior Fevereiro 2014

Elge Werneck Araújo Júnior Fevereiro 2014 Elge Werneck Araújo Júnior Fevereiro 2014 Sumário Definir a abordagem a ser discutida. Fazer uma retrospectiva de como a neoplasia de mama era tratada e como isso vem sido mudado, incluindo aqui os novos

Leia mais

Abordagem intervencionista na síndrome coronária aguda sem supra do segmento ST. Roberto Botelho M.D. PhD.

Abordagem intervencionista na síndrome coronária aguda sem supra do segmento ST. Roberto Botelho M.D. PhD. Abordagem intervencionista na síndrome coronária aguda sem supra do segmento ST Roberto Botelho M.D. PhD. www.ict.med.br robertobotelho@mac.com 1 Objetivos Relevância do tema Para quem indicar Quando realizar

Leia mais

Atividade dos Inibidores de Checkpoints Imunológicos nas Metástases Cerebrais

Atividade dos Inibidores de Checkpoints Imunológicos nas Metástases Cerebrais II Simpósio Internacional de Imuno-Oncologia Atividade dos Inibidores de Checkpoints Imunológicos nas Metástases Cerebrais Carolina Kawamura Haddad Oncologista Clínica Declaração de conflitos de interesse

Leia mais

XXII WORSHOP UROLOGIA ONCOLÓGICA Março 2017 Hotel Solverde, Espinho

XXII WORSHOP UROLOGIA ONCOLÓGICA Março 2017 Hotel Solverde, Espinho 09h00 10h00 POSTERS Sexta-Feira,Friday, 10 Março 10h00 10h15 coffee-break ANDROLOGIA - ANDROLOGY 10h15 10h30 Como optimizar a terapêutica médica na disfunção eréctil? How to optimize the medical treatment

Leia mais

SÍNDROME CORONARIANA AGUDA

SÍNDROME CORONARIANA AGUDA Click icon to add picture SÍNDROME CORONARIANA AGUDA DR. SERGIO MACÊDO CARDIOLOGIA E HEMODINÂMICA SÍNDROME CORONARIANA - CARACTERIZAR A DOR; AGUDA -- DOR PROLONGADA EM REPOUSO, EM PRÉCORDIO, ASSOCIADO

Leia mais

câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas?

câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas? Tratamento combinado em câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas? Dr. André Sasse Oncologista Clínico sasse@cevon.com.br Centro de Evidências em Oncologia HC UNICAMP Centro de Evidências

Leia mais

Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update Robson Ferrigno

Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update Robson Ferrigno Situações especiais Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update 2014 Robson Ferrigno Esta apresentação não tem qualquer Esta apresentação não tem qualquer conflito de interesse Metástases Cerebrais

Leia mais

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer

Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal. José Bines Instituto Nacional de Câncer Mecanismos de resistência ao tratamento hormonal José Bines Instituto Nacional de Câncer Declaração de conflito de interesses Sem conflito de interesses Opinião pessoal que pode não refletir necessariamente

Leia mais

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Igor Martinez Bruna Villani Daniel Przybysz Marlison Caldas Celia Viegas Carlos Manoel Lilian Faroni

Leia mais

Herceptin (trastuzumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Pó liofilizado para solução injetável 440 mg e 150 mg

Herceptin (trastuzumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Pó liofilizado para solução injetável 440 mg e 150 mg r Herceptin (trastuzumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Pó liofilizado para solução injetável 440 mg e 150 mg Herceptin trastuzumabe Roche Agente antineoplásico APRESENTAÇÃO Pó liofilizado

Leia mais

II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia. Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea

II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia. Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia Módulo: Doença Metastática para Sistema Nervoso central Bloco: Manejo das Lesões Múltiplas Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea Aknar Calabrich Oncologia

Leia mais

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos Identificando Principais Tipos de Estudos Dr. André Sasse Identificar o desenho do estudo Fundamental para a prática da MBE Leitura atenta dos métodos O desenho do estudo é adequado para responder à pergunta

Leia mais

Carlos Henrique E. Barrios. Dir. Administrativo & Rel Internacionais

Carlos Henrique E. Barrios. Dir. Administrativo & Rel Internacionais 1 2 Sergio Daniel Simon Carlos Henrique E. Barrios José Bines Jeferson J. F. Vinholes Alessandra M. Morelle Presidente Dir. Administrativo & Rel Internacionais Dir Científico Dir. Comunicação Dir. Financeiro

Leia mais

Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço

Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço Juliana Karassawa R3 Radioterapia Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Divisão de Oncologia

Leia mais

Recomendações: evidências e lacunas- Revascularização do Miocárdio. Lacunas

Recomendações: evidências e lacunas- Revascularização do Miocárdio. Lacunas Recomendações: evidências e lacunas- Revascularização do Miocárdio Lacunas CTO PCI in secondary revascularisation after CABG failure Revascularização do Miocárdio The Guidelines are appropriately conservative,

Leia mais