Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico"

Transcrição

1 Tratamento Sistêmico Câncer Gástrico Hospital Israelita Albert Einstein Dr. Pedro Luiz S. Usón Jr

2 Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante - Quimiorradioterapia adjuvante Doença avançada

3 Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante - Quimiorradioterapia adjuvante Doença avançada

4 Quimioterapia perioperatória Cunningham, David, et al. "Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer." New England Journal of Medicine355.1 (2006):

5 Quimioterapia perioperatória Cunningham, David, et al. "Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer." New England Journal of Medicine355.1 (2006):

6 Quimioterapia perioperatória 5 year survival rate : 36% versus 23% Cunningham, David, et al. "Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer." New England Journal of Medicine355.1 (2006):

7 Quimioterapia perioperatória Pauligk, Claudia, et al. "Pathological response to neoadjuvant 5-FU, oxaliplatin, and docetaxel (FLOT) versus epirubicin, cisplatin, and 5-FU (ECF) in patients with locally advanced, resectable gastric/esophagogastric junction (EGJ) cancer: Data from the phase II part of the FLOT4 phase III study of the AIO." ASCO Annual Meeting Proceedings. Vol. 33. No. 15_suppl

8

9 Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante - Quimiorradioterapia adjuvante Doença avançada

10 Taxa de sobrevida em 3 anos 80.1% no grupo S-1 e 70.1% no grupo de cirurgia apenas

11 Quimioterapia Adjuvante Noh, Sung Hoon, et al. "Adjuvant capecitabine plus oxaliplatin for gastric cancer after D2 gastrectomy (CLASSIC): 5-year follow-up of an open-label, randomised phase 3 trial." The Lancet Oncology (2014):

12 Quimioterapia Adjuvante Noh, Sung Hoon, et al. "Adjuvant capecitabine plus oxaliplatin for gastric cancer after D2 gastrectomy (CLASSIC): 5-year follow-up of an open-label, randomised phase 3 trial." The Lancet Oncology (2014):

13 Quimioterapia Adjuvante 3 year disease-free survival: 74 % versus 59% Noh, Sung Hoon, et al. "Adjuvant capecitabine plus oxaliplatin for gastric cancer after D2 gastrectomy (CLASSIC): 5-year follow-up of an open-label, randomised phase 3 trial." The Lancet Oncology (2014):

14 Quimioterapia Adjuvante

15 Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante - Quimiorradioterapia adjuvante Doença avançada

16 Quimiorradioterapia adjuvante Smalley, Stephen R., et al. "Updated analysis of SWOG-directed intergroup study 0116: a phase III trial of adjuvant radiochemotherapy versus observation after curative gastric cancer resection." Journal of Clinical Oncology (2012):

17 Quimiorradioterapia adjuvante

18 Quimiorradioterapia adjuvante Fuchs, C. S., et al. "Postoperative adjuvant chemoradiation for gastric or gastroesophageal junction (GEJ) adenocarcinoma using epirubicin, cisplatin, and infusional (CI) 5-FU (ECF) before and after CI 5-FU and radiotherapy (CRT) compared with bolus 5-FU/LV before and after CRT: Intergroup trial CALGB " ASCO Annual Meeting Proceedings. Vol. 29. No. 15_suppl

19 Quimiorradioterapia adjuvante Fuchs, C. S., et al. "Postoperative adjuvant chemoradiation for gastric or gastroesophageal junction (GEJ) adenocarcinoma using epirubicin, cisplatin, and infusional (CI) 5-FU (ECF) before and after CI 5-FU and radiotherapy (CRT) compared with bolus 5-FU/LV before and after CRT: Intergroup trial CALGB " ASCO Annual Meeting Proceedings. Vol. 29. No. 15_suppl

20 Quimiorradioterapia adjuvante Lee, Jeeyun, et al. "Phase III trial comparing capecitabine plus cisplatin versus capecitabine plus cisplatin with concurrent capecitabine radiotherapy in completely resected gastric cancer with D2 lymph node dissection: the ARTIST trial." Journal of clinical oncology 30.3 (2012):

21 Quimiorradioterapia adjuvante

22 Quimiorradioterapia adjuvante

23 Quimiorradioterapia adjuvante Park, Se Hoon, et al. "Phase III trial to compare adjuvant chemotherapy with capecitabine and cisplatin versus concurrent chemoradiotherapy in gastric cancer: final report of the adjuvant chemoradiotherapy in stomach tumors trial, including survival and subset analyses." Journal of Clinical Oncology (2015):

24 Quimiorradioterapia

25 Quimiorradioterapia adjuvante Marcel Verheij, A multicenter randomized phase III trial of neo-adjuvant chemotherapy followed by surgery and chemotherapy or by surgery and chemoradiotherapy in resectable gastric cancer: First results from the CRITICS study. ASCO Annual Meeting Proceedings. Vol. 34. No. 4_suppl. 2016

26 Quimiorradioterapia

27 Quimiorradioterapia adjuvante

28

29

30 Quimiorradioterapia adjuvante 788 pacientes randomizados (393 CT; 395 CRT). No braço da CT 46% e no braço da CRT 55% completaram o tratamento de acordo com o protocolo. Após follow up de 50 meses. 5-year survival foi 41.3% para CT e 40.9% para CRT (p=0.99). Conclusão: Sem diferenças em OS.

31 Artist II Park, Se Hoon, et al. "Multicenter phase III trial of adjuvant chemoradiotherapy in stomach tumors 2 (ARTIST 2)." ASCO Annual Meeting Proceedings. Vol. 33. No. 3_suppl

32 Conclusão Evidência: Quimiorradioterapia para pacientes operados com linfadenectomia <D2. Quimioterapia perioperatória. Quimioterapia adjuvante.

33 Tópicos de discussão Câncer Gástrico operável - Quimioterapia perioperatória - Quimioterapia adjuvante - Quimiorradioterapia adjuvante Doença avançada

34

35

36

37

38 Pacientes HER-2 positivo

39 Bang, Yung-Jue, et al. "Trastuzumab in combination with chemotherapy versus chemotherapy alone for treatment of HER2-positive advanced gastric or gastrooesophageal junction cancer (ToGA): a phase 3, open-label, randomised controlled trial." The Lancet (2010):

40 9.6 x 7.4 m

41 5.2 x 3.8m

42

43 Resumindo Tratamento padrão em cenário avançado é baseado em platina e/ou fluorpirimidina, se HER-2 positivo, associar trastuzumabe. Segunda linha baseada em ramucirumabe e/ou taxano, ou drogas de 1 linha não utilizadas. Imunoterapia com resultados promissores.

44 Obrigado!

Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica

Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica Câncer Gástrico e Junção Gastroesofágica Quimioterapia concomitante a radioterapia (Esquema de MacDonald) 5-Fluorouracil: 425 mg/m 2 IV D1 a D5 Leucovorin: 20 mg/m 2 IV D1 a D5 Radioterapia iniciando no

Leia mais

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir?

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Rodrigo Ughini Villarroel CITO/HCPF Sem conflito de interesse para essa apresentação Tratamento sistêmico paliativo em câncer gástrico Existe vantagem na

Leia mais

Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)?

Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)? Qual a melhor combinação de quimioterapia quando associada à radioterapia para tumores localmente avançados (pulmão)? Dr. Ormando Campos Jr. Oncologista Clínico Conflito de Interesses Quimioterapia + Radioterapia.

Leia mais

Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita

Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita Revisão da anatomia e definição dos volumes de tratamento: Câncer de estômago. Mariana Morsch Beier R2 Radioterapia - Hospital Santa Rita EPIDEMIOLOGIA A estimativa do biênio 2012-2013 para o Brasil é

Leia mais

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho Câncer gástrico localmente avançado: Visão do oncologista Visão do oncologista Anelisa K. Coutinho DLA : visão do oncologista Como aumentar chance de cura cirúrgica? Terapia Neoadjuvante Terapia Neoadjuvante

Leia mais

Câncer de Ovário (Epitelial)

Câncer de Ovário (Epitelial) Câncer de Ovário (Epitelial) Ciclofosfamida + Carboplatina Ciclofosfamida: 600mg/m 2 IV D1 Carboplatina: 300mg/m 2 IV D1 a cada 28 dias X 6 ciclos Ref. (1) Ciclofosfamida + Cisplatina Ciclofosfamida: 600mg/m

Leia mais

5-Fluorouracil + Radioterapia 5-Fluorouracil: 500 mg/m 2 /dia IV D1 a 3 e D29 a 31 seguido de 5-Fluorouracil semanal iniciando no D71 Ref.

5-Fluorouracil + Radioterapia 5-Fluorouracil: 500 mg/m 2 /dia IV D1 a 3 e D29 a 31 seguido de 5-Fluorouracil semanal iniciando no D71 Ref. Câncer de Pâncreas 5-Fluorouracil + Radioterapia 5-Fluorouracil: 500 mg/m 2 /dia IV D1 a 3 e D29 a 31 seguido de 5-Fluorouracil semanal iniciando no D71 Ref. (1) 5-Fluorouracil + Leucovorin 5-Fluorouracil:

Leia mais

Linfoepitelioma Nasofaringe

Linfoepitelioma Nasofaringe Linfoepitelioma Nasofaringe Quimioterapia + Radioterapia Cisplatina: 100 mg/m 2 IV D1, 22 e 43 durante radioterapia Após o término da quimio e radioterapia a quimioterapia segue com o seguinte protocolo:

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Câncer de Pâncreas (CP) Versão eletrônica atualizada em Maio 2009 O CP é uma doença relativamente infreqüente, mas associada a uma alta taxa de mortalidade. Costuma acometer pessoas

Leia mais

- Papel da Quimioterapia Neo e

- Papel da Quimioterapia Neo e Carcinoma Urotelial de Bexiga: Tratamento Sistêmico na Doença Músculo-Invasiva - Papel da Quimioterapia Neo e Adjuvante Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Prof. Medicina Interna Univ. Católica de Brasília

Leia mais

Resposta patológica completa à poliquimioterapia com esquema Docetaxel, Cisplatina e Fluorouracil neoadjuvante em câncer gástrico localmente avançado

Resposta patológica completa à poliquimioterapia com esquema Docetaxel, Cisplatina e Fluorouracil neoadjuvante em câncer gástrico localmente avançado 42 Relato de Caso Resposta patológica completa à poliquimioterapia com esquema Docetaxel, Cisplatina e Fluorouracil neoadjuvante em câncer gástrico localmente avançado Pathologic complete response to polichemotherapy

Leia mais

Adjuvância. Doença Irressecável

Adjuvância. Doença Irressecável CENTRO ESPECIALIZADO DE ONCOLOGIA DE FLORIANÓPOLIS. Quimioterapia adjuvante e Neoadjuvante do Câncer de Pulmão localmente avançado Marcelo Collaço Paulo Não tem conflito de interesse. Câncer do Pulmão

Leia mais

Luciano Moreira MR3 Radioterapia Liga Norte Riograndense Contra o Cancer, Natal-RN

Luciano Moreira MR3 Radioterapia Liga Norte Riograndense Contra o Cancer, Natal-RN Luciano Moreira MR3 Radioterapia Liga Norte Riograndense Contra o Cancer, Natal-RN Neoplasia Gástrica INCIDÊNCIA Brasil,2012 Homens 12.670 novos casos Mulheres 7.420 novos casos Neoplasia Gástrica TRATAMENTO

Leia mais

Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP

Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP Tratamento combinado nos tumores localmente l avançados: Qual o melhor esquema? Juvenal Antunes Oliveira Filho Oncocamp, Campinas, SP Declaração de Conflitos de Interesses Participação do Advisory Board:

Leia mais

Sarcomas de Partes Moles

Sarcomas de Partes Moles Sarcomas de Partes Moles AIM- Doxorrubicina, Ifosfamida e Mesna Doxorrubicina: 75 mg/m 2 /ciclo IV em pulso divididos entre D1 a D3 Ifosfamida: IV 6 9g/m 2 /ciclo, divididos entre D1 a D3 Mesna a cada

Leia mais

TraTaTiva OncOlógica 2016 Brasil

TraTaTiva OncOlógica 2016 Brasil Tratativa Oncológica 2016 Brasil 2016 Confederação Nacional das Cooperativas Médicas - Unimed do Brasil É proibida a reprodução total ou parcial desta publicação, para qualquer finalidade, sem autorização

Leia mais

XXII WORSHOP UROLOGIA ONCOLÓGICA Março 2017 Hotel Solverde, Espinho

XXII WORSHOP UROLOGIA ONCOLÓGICA Março 2017 Hotel Solverde, Espinho 09h00 10h00 POSTERS Sexta-Feira,Friday, 10 Março 10h00 10h15 coffee-break ANDROLOGIA - ANDROLOGY 10h15 10h30 Como optimizar a terapêutica médica na disfunção eréctil? How to optimize the medical treatment

Leia mais

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA Dr. Markus Gifoni Oncologista Clínico Instituto do Câncer do Ceará Fortaleza 01/06/2013 Informações

Leia mais

câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas?

câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas? Tratamento combinado em câncer de esôfago e estômago Quais os melhores esquemas? Dr. André Sasse Oncologista Clínico sasse@cevon.com.br Centro de Evidências em Oncologia HC UNICAMP Centro de Evidências

Leia mais

Hipofracionamento da mama, aplicar sempre? Ernane Bronzatt

Hipofracionamento da mama, aplicar sempre? Ernane Bronzatt Hipofracionamento da mama, aplicar sempre? Ernane Bronzatt Cenário Busca pela diminuição do tempo da Radioterapia adjuvante Aumento da conveniência do tratamento Sem comprometimento dos resultados clínicos

Leia mais

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante?

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Estamos num momento de quebra de paradigmas? José

Leia mais

Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília

Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília 55 55 Artigo Original Avaliação epidemiológica das pacientes com câncer de mama tratadas com trastuzumabe no Hospital de Base de Brasília Epidemiologic evaluation of patients with breast cancer treated

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Câncer de Vias Biliares Versão eletrônica atualizada em Julho 2009 Os colangiocarcinomas e carcinomas de vesícula biliar são tumores originários do epitélio dos ductos biliares

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA HISTÓRICO Dezembro 1945 (Bari/Itália) Gás mostarda Pós 2ª Guerra Mundial Cornelius Rhoads

Leia mais

Câncer de Mama. AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1. Docetaxel: 35mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC. a cada 21 dias X 4 ciclos Ref.

Câncer de Mama. AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1. Docetaxel: 35mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC. a cada 21 dias X 4 ciclos Ref. Câncer de Mama AC-D Adriamicina: 60 mg/m 2 IV D1 Ciclofosfamida: 600 mg/m 2 IV D1 a cada 21 dias X 4 ciclos Docetaxel: 100mg/m 2 IV D1 após 4 ciclos de AC a cada 21 dias X 4 ciclos Ref. (1-3) Ou Doxorrubicina:

Leia mais

Lista completa de autores no final da apresentação. Supressão Ovárica no Tratamento Adjuvante de Cancro da Mama: Avaliação Multicêntrica

Lista completa de autores no final da apresentação. Supressão Ovárica no Tratamento Adjuvante de Cancro da Mama: Avaliação Multicêntrica Lista completa de autores no final da apresentação Supressão Ovárica no Tratamento Adjuvante de Cancro da Mama: Avaliação Multicêntrica Introdução Dos doentes com cancro da mama >90% em estadio precoce/localmente

Leia mais

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Câncer de pulmão Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Objetivos Sintetizar as principais publicações / apresentações de 2014 Apresentação assim dividida: Rastreamento (1) Adjuvância (1) Metastático

Leia mais

Sobre Taxotere Taxotere encontra-se atualmente aprovado em cinco tipos diferentes de câncer, na Europa e nos EUA: Câncer de mama

Sobre Taxotere Taxotere encontra-se atualmente aprovado em cinco tipos diferentes de câncer, na Europa e nos EUA: Câncer de mama Taxotere (docetaxel) consegue revisão prioritária do FDA para tratamento prévio à quimio-radioterapia e cirurgia de carcinoma de Células Escamosas localmente avançado de cabeça e pescoço (CCECP) Revisão

Leia mais

12/10/2015 NT 45/2015

12/10/2015 NT 45/2015 12/10/2015 NT 45/2015 Cisplatina mais docetaxel em carcinoma epidermóide pouco diferenciado, altamente agressivo (carcinoma de seio etmoidal estadio III T3 N1 M0) SOLICITANTE: Juiz Carlos José Cordeiro

Leia mais

Protocolo de Preservação de Orgão em Câncer de Cabeça e Pescoço

Protocolo de Preservação de Orgão em Câncer de Cabeça e Pescoço Protocolo de Preservação de Orgão em Câncer de Cabeça e Pescoço Residência de Cirurgia de Cabeça e Pescoço Dr. Wendell Leite Tratamento utilizando radioterapia em fracionamentos não convencionais ou a

Leia mais

Adenocarcinoma de TEG: quimioterapia ou radioquimioterapia neoadjuvante? Anelisa K. Coutinho

Adenocarcinoma de TEG: quimioterapia ou radioquimioterapia neoadjuvante? Anelisa K. Coutinho denocarcinoma de TEG: quimioterapia ou radioquimioterapia neoadjuvante? nelisa K. Coutinho Considerações 480.000 casos /ano no mundo itavo mais frequente no mundo >400.000 mortes/ano denocarcinoma > CEC

Leia mais

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Igor Martinez Bruna Villani Daniel Przybysz Marlison Caldas Celia Viegas Carlos Manoel Lilian Faroni

Leia mais

Podemos eliminar os antracíclicos do tratamento adjuvante?

Podemos eliminar os antracíclicos do tratamento adjuvante? Podemos eliminar os antracíclicos do tratamento adjuvante? Dr Mário Alberto Costa Oncoclínica RJ e INCA Antracíclicos no Tratamento Adjuvante do Câncer de Mama: Metanálise The Lancet 2012; 379:432-444

Leia mais

Encontro Pós ASTRO 2011

Encontro Pós ASTRO 2011 Encontro Pós ASTRO 2011 Principais trabalhos apresentados em CÂNCER DE BEXIGA Arnoldo Mafra Belo Horizonte / MG Trabalhos em câncer de bexiga Poucos trabalhos: 6 trabalhos com apresentação oral (139 a

Leia mais

Radioterapia para câncer de testículo (seminoma) Quando indicar? ANDREIA CARVALHO R3 Radioterapia Hospital do Servidor Público Estadual São Paulo

Radioterapia para câncer de testículo (seminoma) Quando indicar? ANDREIA CARVALHO R3 Radioterapia Hospital do Servidor Público Estadual São Paulo Radioterapia para câncer de testículo (seminoma) Quando indicar? ANDREIA CARVALHO R3 Radioterapia Hospital do Servidor Público Estadual São Paulo Seminoma Seminoma Mais comum na 3º década de vida Fatores

Leia mais

Incorporação, na tabela Unimed-BH de materiais e medicamentos: Gemcitabina (Gemzar ) para tratamento do câncer avançado de bexiga, mama e pâncreas.

Incorporação, na tabela Unimed-BH de materiais e medicamentos: Gemcitabina (Gemzar ) para tratamento do câncer avançado de bexiga, mama e pâncreas. Parecer do Grupo Técnico de Auditoria em Saúde 038/05 Tema: Gemcitabina I Data: 01/11/2005 II Grupo de Estudo: Dr. Lucas Barbosa da Silva Dra. Lélia Maria de Almeida Carvalho Dra. Silvana Márcia Bruschi

Leia mais

Linfoma de Hodgkin. 154 Guia Prático para o Oncologista Clínico

Linfoma de Hodgkin. 154 Guia Prático para o Oncologista Clínico Linfoma de Hodgkin BEACOPP escalonado Bleomicina: 10 mg/m² IV D8 Etoposide: 200 mg/m² IV D1 ao D3 Doxorrubicina: 35 mg/m² IV D1 Ciclofosfamida: 1250 mg/m² IV D1 Vincristina: 1,4 mg/m² IV D8 (dose máxima

Leia mais

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE EM CÂNCER DE PULMÃO: ONDE ESTAMOS? Riad N. Younes

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE EM CÂNCER DE PULMÃO: ONDE ESTAMOS? Riad N. Younes QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE EM CÂNCER DE PULMÃO: ONDE ESTAMOS? Riad N. Younes Introdução A cirurgia ainda é considerada o tratamento de escolha para a cura potencial de pacientes com câncer de pulmão não pequenas

Leia mais

Câncer de Pulmão Pequenas Células. Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português

Câncer de Pulmão Pequenas Células. Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Câncer de Pulmão Pequenas Células Clarissa Mathias Núcleo de Oncologia da Bahia Hospital Português Categorias de Potencial Conflito de Interesse Patrocínio de transporte e/ou hospedagem em Congressos Indústria(s)

Leia mais

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL?

A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? A QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES LOCALMENTE AVANÇADOS TRATADOS COM RADIOQUIMIOTERAPIA É MELHOR DO QUE NAQUELES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL? SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CANCER DE CABEÇA E PESCOÇO SÃO

Leia mais

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Tratamento do Câncer Gástrico Avançado U d Update 2014 2014 Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Declaração de conflitos de interesse De acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina n o 1595/2000

Leia mais

Efeito da quimioradioterapia adjuvante na sobrevida global do câncer gástrico com linfadenectomia D2

Efeito da quimioradioterapia adjuvante na sobrevida global do câncer gástrico com linfadenectomia D2 Efeito da quimioradioterapia adjuvante na sobrevida global do câncer gástrico com linfadenectomia D2 67 Artigo Original Efeito da quimioradioterapia adjuvante na sobrevida global do câncer gástrico com

Leia mais

Jornadas ROR Sul. Workshop Tumores Urológicos. Cancro da BEXIGA. Gabriela Sousa IPO COIMBRA

Jornadas ROR Sul. Workshop Tumores Urológicos. Cancro da BEXIGA. Gabriela Sousa IPO COIMBRA Jornadas ROR Sul Workshop Tumores Urológicos Cancro da BEXIGA Gabriela Sousa IPO COIMBRA 22 Fev 2017 Carcinoma Urotelial Carcinoma Superficial da Bexiga Carcinoma urotelial Tratamento de eleição é a cirurgia:

Leia mais

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref.

Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Gosserrelina: 10,8 mg SC a cada 12 semanas Ref. Câncer de Próstata Flutamida + Leuprorrelina Flutamida: 250mg VO TID Leuprorrelina: 7,5mg IM a cada 28 dias ou 22,5 mg IM a cada 12 semanas Ref. (01) Flutamida + Gosserrelina Flutamida: 250 mg VO TID Gosserrelina:

Leia mais

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama metastático HER2+ Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center

Leia mais

Câncer de Mama. Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia

Câncer de Mama. Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia Câncer de Mama Up to Date no Tratamento Adjuvante com Quimioterapia João Nunes Oncologista Clínico Cettro - Centro de Câncer de Brasília HUB - UnB Membro Titular SBOC - SBM Doutorando em Biologia Molecular

Leia mais

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO São Paulo, 27-29 Novembro 2008. IV JORNADA PAULISTA DE MASTOLOGIA ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO EDUARDO MILLEN HSPE-SP- IAMSPE/ EPM UNIFESP HOSPITAL VITA VOLTA REDONDA- RJ ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Capecitabina: 900 1,000 mg/m 2 VO BID D1 5 de cada semana da radioterapia Ref. (2)

Capecitabina: 900 1,000 mg/m 2 VO BID D1 5 de cada semana da radioterapia Ref. (2) Câncer Colo-retal 5-Fluorouracil + Radioterapia 5-Fluorouracil: 1,000 mg/m 2 /dia IV infusão contínua D1 a 5 Repetir nas semanas 1 e 5 da radioterapia 5-Fluorouracil: 500 mg/m 2 IV contínuo durante 5 dias

Leia mais

CÂNCER DE PRÓSTATA AVANÇADO. Riscos e Toxicidades da Hormonioterapia. Dra. Elisa de O. Campana R3 Instituto Nacional de Câncer 22/06/2011

CÂNCER DE PRÓSTATA AVANÇADO. Riscos e Toxicidades da Hormonioterapia. Dra. Elisa de O. Campana R3 Instituto Nacional de Câncer 22/06/2011 CÂNCER DE PRÓSTATA AVANÇADO Riscos e Toxicidades da Hormonioterapia Dra. Elisa de O. Campana R3 Instituto Nacional de Câncer 22/06/2011 Introdução Agonista GnRH Antagonista GnRH Estrogênios Bloqueadores

Leia mais

Atualização Terapêutica: Adenocarcinoma de Esôfago e de Transição Esôfago-gástrica tratamento multimodal e tática cirúrgica

Atualização Terapêutica: Adenocarcinoma de Esôfago e de Transição Esôfago-gástrica tratamento multimodal e tática cirúrgica Atualização Terapêutica: Adenocarcinoma de Esôfago e de Transição Esôfago-gástrica tratamento multimodal e tática cirúrgica Categoria: Atualização Científica Publicado em 12 Maio 2015 O câncer de esôfago

Leia mais

Resposta patológica completa ao tratamento neoadjuvante como fator prognóstico para pacientes com câncer de reto

Resposta patológica completa ao tratamento neoadjuvante como fator prognóstico para pacientes com câncer de reto Artigo Original Resposta patológica completa ao tratamento neoadjuvante como fator prognóstico para pacientes com câncer de reto Pathologic complete response to neoadjuvant treatment as a prognostic factor

Leia mais

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão.

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão. Parecer do Grupo Técnico de Auditoria em Saúde 039/05 Tema: Docetaxel I Data: 01/11/2005 II Grupo de Estudo: Dr Lucas Barbosa da Silva Dra Lélia Maria de Almeida Carvalho Dra Silvana Márcia Bruschi Kelles

Leia mais

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina.

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina. Alta taxa de resposta completa patológica (prc) em câncer de mama triplo negativo após quimioterapia neoadjuvante sequencial Augusto Ribeiro GABRIEL, MD* Ruffo de FREITAS JÚNIOR, MD, PhD* * Programa de

Leia mais

Perfil de paciente para estratégia switch de hormonioterapia

Perfil de paciente para estratégia switch de hormonioterapia Perfil de paciente para estratégia switch de hormonioterapia Declaração de conflito de interesses ResoluçãoCFM n o 1595/2, 18/5/2 RDC ANVISA n o 12, 3/11/2 Daniele Assad Oncologista Clínica - Centro de

Leia mais

30/05/2016. Introdução. Declaração de Conflito de interesses

30/05/2016. Introdução. Declaração de Conflito de interesses Utilização de supressão ovariana deve ser considerada padrão em receptores hormonais positivos? Declaração de Conflito de interesses ResoluçãoCFM n o 1595/2000, 18/05/2000 RDC ANVISA n o 102, 30/11/2000

Leia mais

Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células

Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células Tratamento Sistêmico de Resgate no Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células Dr. Marcelo Rocha S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José São Paulo Índice Terapia de Manutenção: Quimioterapia Terapia de

Leia mais

Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata

Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata Terapia hormonal prévia e adjuvante à radioterapia externa no tratamento do câncer de próstata N o 145 Março/2015 2015 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que

Leia mais

Quimioterapia perioperatória em pacientes com metástases hepáticas de câncer colorretal

Quimioterapia perioperatória em pacientes com metástases hepáticas de câncer colorretal Quimioterapia perioperatória em pacientes com metástases hepáticas de câncer colorretal Daniela Nebuloni, Karla Souza, Rachel Riechelmann A quimioterapia tem papel bem estabelecido no câncer colorretal

Leia mais

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo?

Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante. O que ha de novo? Os Mais Importantes Estudos de Quimioterapia Neo-adjuvante O que ha de novo? Carlos H. Barrios Professor, PUCRS School of Medicine Director, Oncology Research Center, Hospital São Lucas Director, Instituto

Leia mais

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje Câncer de Mama no Brasil Antropofagia, de Tarsila do Amaral, 1929 2 DADOS

Leia mais

Câncer de esôfago: da radioterapia à terapia trimodal um overview

Câncer de esôfago: da radioterapia à terapia trimodal um overview Câncer de esôfago: da radioterapia à terapia trimodal um overview 29 Artigo de Revisão Câncer de esôfago: da radioterapia à terapia trimodal um overview Esophageal cancer: from radiotherapy to trimodal

Leia mais

O que há de novo em tratamento neoadjuvante em câncer de reto?

O que há de novo em tratamento neoadjuvante em câncer de reto? 61 Artigo de Revisão O que há de novo em tratamento neoadjuvante em câncer de reto? What s new in neoadjuvant therapy for rectal cancer? Alexander Mol Papa 1, Theara Cendi Fagundes 2, Munir Murad Júnior

Leia mais

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO.

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO. NT 213/2013 Data: 05/11/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Solicitante Dr. Jayme de Oliveira Maia Número do processo: 0058335-95.2013.8.13.0720 TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO

Leia mais

ASCO 2017 CHICAGO, 05 JUNHO DE 2017

ASCO 2017 CHICAGO, 05 JUNHO DE 2017 ASCO 2017 CHICAGO, 05 JUNHO DE 2017 Abstract 8500 Gefitinib (G) versus vinorelbine+cisplatin (VP) as adjuvant treatment in stage II-IIIA (N1-N2) non-small-cell lung cancer (NSCLC) with EGFRactivating mutation

Leia mais

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento: Resultados

Leia mais

SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE. CONSULTA PÚBLICA No- 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012

SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE. CONSULTA PÚBLICA No- 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012 SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE CONSULTA PÚBLICA No- 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012 O Secretário de Atenção à Saúde no uso de suas atribuições, torna pública, nos termos do art. 34, inciso II, c/c art. 59 do

Leia mais

##ATO CONSULTA PÚBLICA N 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012.

##ATO CONSULTA PÚBLICA N 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012. ##ATO CONSULTA PÚBLICA N 6, DE 15 DE JUNHO DE 2012. ##TEX O Secretário de Atenção à Saúde no uso de suas atribuições, torna pública, nos termos do art. 34, inciso II, c/c art. 59 do Decreto nº 4.176, de

Leia mais

Artigo Original Original article

Artigo Original Original article Que implicações tem a resposta à radioquimioterapia neoadjuvante nos tumores do recto? What are the implications of tumor response to neoadjuvant chemoradiotherapy for rectal cancer? A. Fonseca, A. Folgado,

Leia mais

S R E V R I V Ç I O D E E C IR I URGIA I A T O T RÁCIC I A

S R E V R I V Ç I O D E E C IR I URGIA I A T O T RÁCIC I A Neoadjuvância Julio Espinel R2 CIT Cristiano Feijó Andrade Outubro 2009 Importância Estadiamento linfonodal Unificar para discutir e poder propor modificações; Selecionar tratamento multimodais; Discordâncias

Leia mais

Quimioterapia Adjuvante. Fatores Atuais de Decisão

Quimioterapia Adjuvante. Fatores Atuais de Decisão Quimioterapia Adjuvante. Fatores Atuais de Decisão Dr Antonio C. Buzaid Chefe Geral Breast Cancer Subtypes ER-/PR-/HER2-: Largely overlaps with Basaloid Type ER+ and PR+/HER2-/low Ki67: Largely overlaps

Leia mais

10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE. Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC

10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE. Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC 10. Congresso Unimed de AUDITORIA EM SAÚDE Curso Pré-Congresso Oncologia e MBE Bevacizumab no câncer de pulmão NPC Declaração de Conflitos de interesse Oncologista Clínico sócio de Serviço de Oncologia

Leia mais

Tratamento de Resgate após. Eu prefiro HIFU ou Crioterapia GUSTAVO CARDOSO CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA

Tratamento de Resgate após. Eu prefiro HIFU ou Crioterapia GUSTAVO CARDOSO CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA Tratamento de Resgate após Falha da Radioterapia Eu prefiro HIFU ou Crioterapia i GUSTAVO CARDOSO GUIMARÃES CHEFE DO SERVIÇO DE UROLOGIA Câncer da Próstata Estados Unidos Siegel R, CA CANCER J CLIN 2014

Leia mais

Câncer de mama em pacientes jovens e preservação da fertilidade

Câncer de mama em pacientes jovens e preservação da fertilidade Reunião Científica SBM/SC 25/07/17 Câncer de mama em pacientes jovens e preservação da fertilidade Palestrante: Dr. Tadeu Paiva Junior / Oncologista Hospital A.C. Camargo O câncer de mama é o tipo mais

Leia mais

Radioterapia neoadjuvante no carcinoma do recto: resposta à terapêutica e sua toxicidade

Radioterapia neoadjuvante no carcinoma do recto: resposta à terapêutica e sua toxicidade ARTIGO DE REVISÃO Radioterapia neoadjuvante no carcinoma do recto: resposta à terapêutica e sua toxicidade Neoadjuvant radiotherapy in rectal carcinoma: response to therapy and toxicity João Casalta-Lopes

Leia mais

CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe

CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO: tratamento com medicamentos biológicos (anticorpos monoclonais) - Bevacizumabe Silvinato Almeida [Digite o nome da empresa] [Escolha a data] 2 CÂNCER COLORRETAL METASTÁTICO:

Leia mais

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 28 Março 2014. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 28 Março 2014. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918 Revista Portuguesa de irurgia II Série N. 28 Março 2014 ISSN 1646-6918 Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia GUIDELINES Recomendações para o diagnóstico e tratamento do adenocarcinoma gástrico

Leia mais

ANALYTICAL HIERARCHICAL PROCESS FOR EVALUATION OF FIRST LINE TREATMENT OF METASTATIC HER2 OVEREXPRESSED BREAST CANCER FROM BRAZILIAN HEALTH SYSTEM PERSPECTIVE Valle, PM; Vianna, CM; Mosegui, GBG; Leal,

Leia mais

Câncer de bexiga músculo-invasivo. Limírio Leal da Fonseca Filho

Câncer de bexiga músculo-invasivo. Limírio Leal da Fonseca Filho Câncer de bexiga músculo-invasivo Limírio Leal da Fonseca Filho HSPE-SP HIAE Cistectomia radical + linfadenectomia pelvica é padrão ouro no tratamento dos tumores infiltrativos da bexiga Sobrevida 10 anos

Leia mais

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado NTRR 09/2013 Solicitante: Desembargador Alyrio Ramos Número do processo: 1.0134.12.010459-8/001 Impetrato: Secretaria de Caratinga Data: 02/02/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Trastuzumabe

Leia mais

Bortezomibe + Doxorrubicina + Dexametasona (PAD)

Bortezomibe + Doxorrubicina + Dexametasona (PAD) Mieloma Múltiplo Bortezomibe + Dexametasona (Vel/Dex) Bortezomibe: 1,3 mg/m 2 IV pulso D1, D4, D8 e D11 Dexametasona: 40 mg/dia VO D1 ao D4 nos ciclos 1,2,3 e 4 Dexametasona 40 mg/dia VO D1-4 e D9-12 nos

Leia mais

Xeloda (capecitabina) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 150 e 500 mg

Xeloda (capecitabina) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 150 e 500 mg Xeloda (capecitabina) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Comprimidos revestidos 150 e 500 mg Xeloda capecitabina Roche Agente citostático APRESENTAÇÕES Caixa contendo 60 comprimidos revestidos

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de tratamento adjuvante e neoadjuvante do câncer de mama Versão eletrônica atualizada em Fevereiro 2009 Tratamento sistêmico adjuvante A seleção de tratamento sistêmico

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde

Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde ##ATO PORTARIA Nº 505, DE 6 DE MAIO DE 2013 Aprova as Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas Adenocarcinoma de Estômago. ##TEX O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando

Leia mais

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO, COM MUTAÇÃO DE EGFR.

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO, COM MUTAÇÃO DE EGFR. NT 24/2012 Solicitante: Juiz Geraldo Claret de Arantes Número do processo: Data: 26/11/2012 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA

Leia mais

Qual o real benefício da radioterapia com intensidade modulada de feixe (IMRT) para o tratamento dos pacientes com câncer de cabeça e pescoço?

Qual o real benefício da radioterapia com intensidade modulada de feixe (IMRT) para o tratamento dos pacientes com câncer de cabeça e pescoço? Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Qual o real benefício da radioterapia com intensidade modulada

Leia mais

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Onco-Vida Brasília Prof. Depto. Medicina Interna da PUC - Brasília

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Xeloda capecitabina Roche Agente citostático IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome do produto: Xeloda Nome genérico: capecitabina Forma farmacêutica, via de administração e apresentações: Comprimidos revestidos

Leia mais

CAPECITABINA SUN FARMACÊUTICA DO BRASIL LTDA

CAPECITABINA SUN FARMACÊUTICA DO BRASIL LTDA CAPECITABINA SUN FARMACÊUTICA DO BRASIL LTDA Comprimido revestido 150 mg e 500 mg capecitabina Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999. Agente citostático APRESENTAÇÕES Caixa contendo 60 comprimidos

Leia mais

Exclusão do Procedimento 0304050164 - Quimioterapia Adjuvante do Carcinoma Epidermoide de cabeça e pescoço da Tabela do SUS

Exclusão do Procedimento 0304050164 - Quimioterapia Adjuvante do Carcinoma Epidermoide de cabeça e pescoço da Tabela do SUS Exclusão do Procedimento 0304050164 - Quimioterapia Adjuvante do Carcinoma Epidermoide de cabeça e pescoço da Tabela do SUS N o 158 Maio/2015 2015 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução parcial

Leia mais

Carlos Henrique E. Barrios. Dir. Administrativo & Rel Internacionais

Carlos Henrique E. Barrios. Dir. Administrativo & Rel Internacionais 1 2 Sergio Daniel Simon Carlos Henrique E. Barrios José Bines Jeferson J. F. Vinholes Alessandra M. Morelle Presidente Dir. Administrativo & Rel Internacionais Dir Científico Dir. Comunicação Dir. Financeiro

Leia mais

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO NOTA TÉCNICA 18/2014 Solicitante Ilmo Dr. José Aparecido Fausto de Oliveira Juiz de Direito Data: 31/01/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA

Leia mais

Revista Brasileira de Oncologia Clínica Vol. 7, n o 22 outubro / novembro / dezembro 2010

Revista Brasileira de Oncologia Clínica Vol. 7, n o 22 outubro / novembro / dezembro 2010 44 Artigo Original Avaliação retrospectiva do tratamento quimioterápico neoadjuvante do câncer de pulmão não pequenas células nos anos de 2007 e 2008 no Instituto Nacional de Cancer Diego Gomes Candido

Leia mais

Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS

Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS Artigo Original TRATAMENTO DO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO NO IDOSO ACIMA DE 80 ANOS HEAD AND NECK CANCER TREATMENT IN ELDERLY PATIENTS OVER 80 YEARS OLD 1,4,6 TERENCE PIRES DE FARIAS 5 GABRIEL MANFRO 1,2,3

Leia mais

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO NOTA TÉCNICA 81/2014 Solicitante Ilma Dra. Marcela Maria Amaral Novais Juíza de Direito Comarca de Caeté Minas Gerais Data: 03/05/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0013603-80.2014

Leia mais

Rodrigo de Morais Hanriot Radioterapeuta Sênior Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Rodrigo de Morais Hanriot Radioterapeuta Sênior Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Alemão Oswaldo Cruz Os Trabalhos/Abstracts mais Relevantes em Câncer Ginecológico Rodrigo de Morais Hanriot Radioterapeuta Sênior Hospital Israelita Albert Einstein e Hospital Alemão Oswaldo Cruz Índice Neoplasia endometrial

Leia mais

Papel da Radioterapia nos Gliomas de Baixo Grau. Hospital Erasto Gaertner Serviço de Radioterapia Paulo Marcelo Rodrigues

Papel da Radioterapia nos Gliomas de Baixo Grau. Hospital Erasto Gaertner Serviço de Radioterapia Paulo Marcelo Rodrigues Papel da Radioterapia nos Gliomas de Baixo Grau Hospital Erasto Gaertner Serviço de Radioterapia Paulo Marcelo Rodrigues GLIOMA DE BAIXO GRAU 10% dos tumores intracranianos primários e 20% dos gliomas

Leia mais

Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir)

Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir) Tópicos atuais em câncer de mama Tratamento adjuvante sistêmico (como decidir) Dr. André Sasse Oncologista Clínico sasse@cevon.com.br Centro de Evidências em Oncologia HC UNICAMP Centro de Evidências em

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA ADENOCARCINOMA DE PÂNCREAS: OTIMIZANDO A PREVENÇÃO E A SOBREVIDA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA ADENOCARCINOMA DE PÂNCREAS: OTIMIZANDO A PREVENÇÃO E A SOBREVIDA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MÉDICA CONTINUADA ADENOCARCINOMA DE PÂNCREAS: OTIMIZANDO A PREVENÇÃO E A SOBREVIDA SETEMBRO DE 2017 2 INTRODUÇÃO Prezados(as) Doutores(as), O Programa de Educação Médica Continuada

Leia mais

Não há conflito de interesses

Não há conflito de interesses Dr. Ricardo Sales dos Santos Médico UFBA, Salvador Cirurgia Geral e Torax UNICAMP, Campinas Minimally Invasive Surgery UPMC, Pittsburgh Lung Transplantation UPMC, Pittsburgh MIS Instructor & Robotic Surgery

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI gefitinib N.º Registo Nome Comercial Apresentação/Forma Farmacêutica/Dosagem PVH PVH com IVA Titular de AIM 30 comprimidos

Leia mais