Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células"

Transcrição

1

2 Tratamento Sistêmico de Resgate no Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células Dr. Marcelo Rocha S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José São Paulo

3 Índice Terapia de Manutenção: Quimioterapia Terapia de Manutenção: Terapias Alvo Terapia de Segunda Linha

4 Tratamento Tradicional 1a Linha baseada em Platina Intervalo Livre de Terapia Progressão 2 a linha(e adicionais) monoterapia Período Livre de Progressão Suporte Clínico Tratamento até Progressão Novo Paradigma 1a Linha baseada em Platina Terapia de Manutenção Progressão Terapias Adicionais Aumento do Tempo até Progressão

5 JMEN Terapia de Manutenção com Pemetrexede: Estudo Fase III Randomizado d Ciuleanu T et al Lancet, 2009

6 Desenho do Estudo: JMEN Estadio IIIB/IV NSCLC PS 0 1 Pemetrexede 500 mg/m 2 (D1, a cada 21d) + MSC (N=441)* 4 ciclos de gem, doc, ou tax + cisplatina ou carboplatina, com RC, RP, ou DE 2:1 Randomização Critérios de Randomização: sexo PS estadio Melhor resposta tumoral Placebo (D1, a cada 21d) + MSC Esquema de indução (N=222)* Metástases cerebrais *B 12, ácido fólico, e dexametasona administrados em ambos os braços Ciuleanu T et al Lancet, 2009

7 JMEN Resultados Todas as Histologias SLP SG Ciuleanu T et al Lancet, 2009

8 JMEN Resultados SLP NSCLC Não-CEC SLP NSCLC CEC Ciuleanu T et al Lancet, 2009

9 JMEN Resultados Sobrevida Global NSCLC CEC Ciuleanu T et al Lancet, 2009

10 JMEN Resultados Sobrevida Global NSCLC Não-CEC Ciuleanu T et al Lancet, 2009

11 Take home message Terapia de Manutenção com Pemetrexede: Aumenta SLP em pacientes com NSCLC Histologia Não-CEC (4,4 x 1,8m; HR 0.47) Aumenta Sobrevida Global em pacientes com NSCLC Histologia Não-CEC ( 15,5 x 10, 3 meses; HR 0.70) Baixa Toxicidade Ciuleanu T et al Lancet, 2009

12 Terapia de Manutenção com Docetaxel: Estudo Fase III Randomizado

13 DESENHO DO ESTUDO Fidias P et al JCO, 2009

14 Resultados SLP SG

15 Take home message Terapia de Manutenção com Docetaxel: Aumenta SLP Não Aumenta Sobrevida Global Estudo Negativo Docetaxel: permanece como opção na terapia de 2a linha

16 Terapia de Manutenção: Drogas Alvo

17 Terapia de Manutenção com Erlotinibe: Estudo Fase III Randomizado

18 Desenho do Estudo: SATURN NSCLC Sem PD 4 QT baseado IIIB/IV n=889 em Platina n=1,949 (46%) Erlotinib 150mg/day 1:1 Placebo PD PD *Cisplatin/paclitaxel; cisplatin/gemcitabine; cisplatin/docetaxel cisplatin/vinorelbine; carboplatin/gemcitabine; it bi carboplatin/docetaxel t l carboplatin/paclitaxel lit l Cappuzzo et al, Lancet Oncol,2010

19 SATURN - Resultados Sobrevida Livre de Progressão ITT Cappuzzo et al, Lancet Oncol,2010

20 SATURN - Resultados Sobrevida Livre de Progressão de acordo com a histologia Cappuzzo et al, Lancet Oncol,2010

21 SATURN - Resultados Sobrevida Livre de Progressão de acordo Status do EGFR Cappuzzo et al, Lancet Oncol,2010

22 SATURN - Sobrevida Global Cappuzzo et al, Lancet Oncol,2010

23

24 Take home message Terapia de Manutenção com Erlotinibe: Aumenta SLP (HR 0.71; p < ) Aumenta Sobrevida Global (12 x 11m; HR 0.81; p=0.0088) Independente p do status do EGFR Independente da Histologia Pacientes com doença estável após QT de indução apresentam maior benefício

25 Valor Preditivo e Prognóstico do status da mutação do EGFR nos RCT do Erlotinibe em NSCLC: BioLOGUE

26 Fator Prognóstico indica o efeito do tumor no paciente Fator Preditivo indica o efeito do tratamento no tumor

27

28

29

30 Take home message IH do EGFR, FISH do EGFR e Status da mutação do KRAS não devem ser utilizados de rotina para selecionar ou excluir pacientes de receber Erlotinibe após quimioterapia de 1a linha A mutação do EGFR tem valor estabelecido na seleção da terapia de 1a linha A mutação do EGFR não deve ser utilizada para selecionar ou excluir pacientes para a terapia de manutenção/2a linha com Erlotinibe

31 Terapia de Manutenção com Gefitinibe em pacientes asiáticos: INFORM

32 INFORM: Desenho do Estudo

33 INFORM: Resultados

34 Take home message O estudo alcançou o objetivo principal: Gefitinibe aumentou a SLP na terapia de manutenção de pacientes com NSCLC avançado

35 Terapia de Manutenção com Erlotinibe e Bevacizumabe: Estudo Fase III Randomizado

36 ATLAS: Desenho do Estudo

37 ATLAS: Resultados

38 ATLAS: Toxicidade

39 Take home message O estudo alcançou o objetivo principal: Erlotinibe/Bev aumenta a SLP na terapia de manutenção de pacientes com NSCLC avançado Sem aumento na Sobrevida Global Porém Eventos adversos Grau 3-5 (46,3% x 31,5%) Análise de Qualidade de Vida não foi realizada

40 Terapia de Segunda Linha

41 TITAN: Estudo Fase III de Erlotinibe ib versus quimioterapia no tratamento de segunda linha de paciente com NSCLC avançado

42 TITAN: Desenho do Estudo

43 TITAN: Pacientes

44 TITAN: Resultados Sobrevida Global : Endpoint Primário

45 Take home message TITAN: Primeiro estudo que comparou Erlotinibe com Quimioterapia i i na 2a linha após PD com 1a linha baseada em platina Erlotinibe tão efetivo na 2a linha quanto Docetaxel ou Pemetrexede em pacientes com EGFR wt

46 LUX-Lung 4: Estudo Fase II de Afatinibe (BIBW 2992) em paciente com NSCLC avançado previamente tratados t com El Erlotinibe ib ou Gefitinibe

47 Afatinibe ib Afatinibe é um inibidor irreversível da TK da família ErbB: EGFR HER 2 HER4 Apresenta p atividade pré-clínica contra a mutação T790M do EGFR T790M é o mecanismo mais frequente de resistência T790M é o mecanismo mais frequente de resistência adquirida ao Erlotinibe ou Gefitinibe

48 Afatinibe ib 85%

49 Take home message Afatinibe mostrou eficácia clínica importante: PFS 4,6 meses; ORR 13% e Taxa de Controle de Doença 72% Para pacientes com resistência adquirida: PFS 4,4 m, ORR 5,9% e Taxa de Controle de Doença 69% Pi Principais i i Efeitos Adversos: diarréia, rash cutâneo

50 Take home message >Terapia de Manutenção: Quimioterapia Pemetrexede para Histologia Não-CEC Docetaxel: NEGATIVO opção para 2a linha >Terapia de Manutenção: drogas-alvo Erlotinibe: independente da Histologia ou Status da Mutação do EGFR Gefitinibe: estudo mostra benefício pcts asiáticos Erlotinibe/Bevacizumabe: aumenta SLP; sem aumento em SG; Toxicidade importante >Terapia de 2a Linha: Erlotibine: eficácia comparável a Doc ou Pem Afatinibe TK-i promissor

51

52 Obrigado

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015

Câncer de pulmão. Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Câncer de pulmão Ellias Magalhães e Abreu Lima Março 2015 Objetivos Sintetizar as principais publicações / apresentações de 2014 Apresentação assim dividida: Rastreamento (1) Adjuvância (1) Metastático

Leia mais

Radioterapia e SBRT para doença oligometastática. Rodrigo Hanriot Radio-oncologista Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Radioterapia e SBRT para doença oligometastática. Rodrigo Hanriot Radio-oncologista Hospital Alemão Oswaldo Cruz Radioterapia e SBRT para doença oligometastática Rodrigo Hanriot Radio-oncologista Hospital Alemão Oswaldo Cruz Ca Cancer J Clin 2016;66(1)7 30 Incidência de câncer por sexo Ca Cancer J Clin 2016;66(1)7

Leia mais

WDS, masculino, 57 anos

WDS, masculino, 57 anos Módulo: Câncer de Pulmão Não-Pequenas Células Metastático Caso 1 WDS, masculino, 57 anos FEV/2010: Dor lombar e em quadril E; ausência de tosse com hemoptise; sem sintomas neurológicos Cintilografia óssea:

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DO MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI gefitinib N.º Registo Nome Comercial Apresentação/Forma Farmacêutica/Dosagem PVH PVH com IVA Titular de AIM 30 comprimidos

Leia mais

Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update Robson Ferrigno

Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update Robson Ferrigno Situações especiais Radioterapia de SNC no Câncer de Pulmão: Update 2014 Robson Ferrigno Esta apresentação não tem qualquer Esta apresentação não tem qualquer conflito de interesse Metástases Cerebrais

Leia mais

QUIMIOTERAPIA NO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

QUIMIOTERAPIA NO CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO INDICAÇÕES 1 Carcinoma Espinocelular 2 Carcinoma da Rinofaringe 3 Carcinoma de Glândulas Salivares 1- CARCINOMA ESPINOCELULAR INDICAÇÕES: a. tratamento adjuvante: concomitante a RXT b. neo-adjuvante (indução)

Leia mais

Valéria Mika Massunaga Enfermeira do setor da Radioterapia do Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein

Valéria Mika Massunaga Enfermeira do setor da Radioterapia do Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein Câncer de pulmão Valéria Mika Massunaga Enfermeira do setor da Radioterapia do Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein QUIMIOTERAPIA Introdução O câncer de pulmão é um dos

Leia mais

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO

CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO CÂNCER DE PRÓSTATA CASTRAÇÃO RESISTENTE: OPÇÕES DISPONÍVEIS E MELHOR SEQUENCIAMENTO DANIEL DE CASTRO MONTEIRO ONCOLOGISTA CLÍNICO Declaração sobre conflito de interesses De acordo com a Resolução 1595/2000

Leia mais

Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de na área de câncer de pulmão:radioterapia

Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de na área de câncer de pulmão:radioterapia Os cinco trabalhos mais relevantes dos anos de 2009-2011 na área de câncer de pulmão:radioterapia Rodrigo de Morais Hanriot Radioterapeuta HIAE e HAOC Índice Carcinoma de pulmão não pequenas células Carcinoma

Leia mais

Introdução ao Tratamento Oncológico

Introdução ao Tratamento Oncológico Introdução ao Tratamento Oncológico Diogo Rodrigues Médico oncologista da COI - Clínicas Oncológicas Integradas Gerente Médico do Instituto COI de Pesquisa, Educação e Gestão TÓPICOS CONCEITOS BÁSICOS

Leia mais

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama

Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama Terapia anti-her2 em pacientes com CA de mama metastático HER2+ Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center

Leia mais

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA

QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA QUIMIOTERAPIA ADJUVANTE NO CÂNCER DE ENDOMÉTRIO. QUANDO HÁ EVIDÊNCIAS E QUANDO COMBINÁ-LA COM A RADIOTERAPIA Dr. Markus Gifoni Oncologista Clínico Instituto do Câncer do Ceará Fortaleza 01/06/2013 Informações

Leia mais

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc

QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc QUIMIOTERAPIA DE SEGUNDA LINHA NO CÂNCER DE PRÓSTATA REFRATÁRIO À CASTRAÇÃO (CPRC): QUANDO INDICAR? Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Onco-Vida Brasília Prof. Depto. Medicina Interna da PUC - Brasília

Leia mais

Tratamento clínico do hepatocarcinoma

Tratamento clínico do hepatocarcinoma I Simpósio Gastrointestinal Oncologia D Or Rio de Janeiro,, 17 de maio de 2014 Tratamento clínico do hepatocarcinoma Rui Weschenfelder Oncologia Clíinica Declaração de conflitos de interesse De acordo

Leia mais

Perspectivas sobre a Quimioterapia de Primeira Linha e Manutenção em NSCLC Não Escamoso Metastático

Perspectivas sobre a Quimioterapia de Primeira Linha e Manutenção em NSCLC Não Escamoso Metastático Lucio Crinò, MD: Olá, bem vindo a este programa! Sou Lucio Crinò, Médico Oncologista de Perugia, Itália. Hoje, estou aqui para discutir o paradigma de tratamento atual para câncer de pulmão de células

Leia mais

O Papel da Radioterapia no Contexto da Quimioterapia Neoadjuvante do Câncer de Mama. Osmar Barbosa Neto

O Papel da Radioterapia no Contexto da Quimioterapia Neoadjuvante do Câncer de Mama. Osmar Barbosa Neto O Papel da Radioterapia no Contexto da Quimioterapia Neoadjuvante do Câncer de Mama Osmar Barbosa Neto Objetivos do Tratamento Controle da Doença Locorregional + rradicação de Metástases Sistêmicas Oculta

Leia mais

Gencitabina em câncer de pulmão: avaliação retrospectiva de resposta clínica, sobrevida livre de progressão e sobrevida global

Gencitabina em câncer de pulmão: avaliação retrospectiva de resposta clínica, sobrevida livre de progressão e sobrevida global 12 Artigo Original Gencitabina em câncer de pulmão: avaliação retrospectiva de resposta clínica, sobrevida livre de progressão e sobrevida global Ana Lucia Coradazzi CRM SP 87.242 Gustavo Fernando Veraldi

Leia mais

O Estado da Arte em Câncer de Pulmão. Dra. Clarissa Baldotto Médica Oncologista do Grupo COI

O Estado da Arte em Câncer de Pulmão. Dra. Clarissa Baldotto Médica Oncologista do Grupo COI O Estado da Arte em Câncer de Pulmão Dra. Clarissa Baldotto Médica Oncologista do Grupo COI Resumo TUMORES TORÁCICOS Clarissa Baldotto Oncologia Clínica Câncer de pulmão Neoplasias Tímicas Mesotelioma

Leia mais

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia?

Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Quimioterapia de Conversão no Câncer Colorretal: Qual a melhor estratégia? Marcelo R. S. Cruz Oncologia Clínica Hospital São José Beneficência Protuguesa de São Paulo Invetigador Principal: Lilly, Roche

Leia mais

Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço

Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço Estado atual da quimioterapia de indução seguida de radioquimioterapianos tumores de cabeça e pescoço Juliana Karassawa R3 Radioterapia Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Divisão de Oncologia

Leia mais

Critérios de ressecabilidade

Critérios de ressecabilidade Rene Claudio Gansl Casos 1.37 Casos 1.77 Mortes 18.3 Mortes 18.3 Jemal,CA Cancer 1. Total de casos: 43.14 Total de mortes: 37.8 Critérios de ressecabilidade ESTADIO Diagn.. SV 5 An. Localizado 8% % Localmente

Leia mais

- Papel da Quimioterapia Neo e

- Papel da Quimioterapia Neo e Carcinoma Urotelial de Bexiga: Tratamento Sistêmico na Doença Músculo-Invasiva - Papel da Quimioterapia Neo e Adjuvante Igor A. Protzner Morbeck, MD, MSc Prof. Medicina Interna Univ. Católica de Brasília

Leia mais

Radioterapia baseada em evidência no tratamento adjuvante do Câncer de Endométrio: RT externa e/ou braquiterapia de fundo vaginal

Radioterapia baseada em evidência no tratamento adjuvante do Câncer de Endométrio: RT externa e/ou braquiterapia de fundo vaginal Radioterapia baseada em evidência no tratamento adjuvante do Câncer de Endométrio: RT externa e/ou braquiterapia de fundo vaginal Paulo Eduardo Novaes, MD, PhD Departamento de Radioterapia Hospital AC

Leia mais

TRATAMENTO SISTÊMICO

TRATAMENTO SISTÊMICO QUAL A MELHOR SEQUÊNCIA DE TRATAMENTO DO PACIENTE COM CÂNCER RENAL AVANÇADO RECÉM DIAGNOSTICADO? TRATAMENTO SISTÊMICO João Paulo Solar Vasconcelos Oncologista Clínico CONFLITOS DE INTERESSE De acordo com

Leia mais

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO

Processo número: 0013603-80.2014 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE PULMÃO NÃO PEQUENAS CÉLULAS METASTÁTICO NOTA TÉCNICA 81/2014 Solicitante Ilma Dra. Marcela Maria Amaral Novais Juíza de Direito Comarca de Caeté Minas Gerais Data: 03/05/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0013603-80.2014

Leia mais

Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008

Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008 R1 CIT Vinícius Journal of Thoracic Oncology Volume 3, Number 12, December 2008 Prolongamento na sobrevida em pacientes com Câncer avançado não-pequenas células (CPNPC) Recentemente, 2 estudos randomizados,

Leia mais

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO

Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA (GEFITININIBE) OU TARCEVA (ERLOTINIBE) NO TRATAMENTO DO ADENOCARCINOMA DE PULMÃO NOTA TÉCNICA 18/2014 Solicitante Ilmo Dr. José Aparecido Fausto de Oliveira Juiz de Direito Data: 31/01/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Processo número: 0040.14.000.969-3 TEMA: IRESSA

Leia mais

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina.

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina. Alta taxa de resposta completa patológica (prc) em câncer de mama triplo negativo após quimioterapia neoadjuvante sequencial Augusto Ribeiro GABRIEL, MD* Ruffo de FREITAS JÚNIOR, MD, PhD* * Programa de

Leia mais

Sobrevida Mediana Classe I: 7,1 meses Classe II: 4,2 meses Classe III: 2,3 meses

Sobrevida Mediana Classe I: 7,1 meses Classe II: 4,2 meses Classe III: 2,3 meses Tratamento das Metástases Cerebrais Eduardo Weltman Hospital Israelita Albert Einstein Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Tratar ou Não Tratar? Piora do prognóstico Déficits neurológicos

Leia mais

Clarissa Baldotto Oncologia Clínica, RJ Núcleo de Oncologia Torácica COI Instituto Nacional de Câncer INCA

Clarissa Baldotto Oncologia Clínica, RJ Núcleo de Oncologia Torácica COI Instituto Nacional de Câncer INCA CÂNCER DE PULMÃO DE PEQUENAS CÉLULAS -ESTADO DA ARTE 2014 E PERSPECTIVAS FUTURAS- Clarissa Baldotto Oncologia Clínica, RJ Núcleo de Oncologia Torácica COI Instituto Nacional de Câncer INCA Sem conflito

Leia mais

AREUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE AMERICANA DE

AREUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE AMERICANA DE ASCO 2013 Highlights em câncer de pulmão Divulgação Mauro Zukin *ASCO Program Committee 2013, diretor técnico do grupo COI, médico do Instituto Nacional de Câncer - Inca, presidente do GBOT. Contato: maurozukin@coinet.com.br

Leia mais

Pemetrexede no tratamento inicial do adenocarcinoma de pulmão avançado - experiência da clínica privada

Pemetrexede no tratamento inicial do adenocarcinoma de pulmão avançado - experiência da clínica privada 18 Artigo Original Pemetrexede no tratamento inicial do adenocarcinoma de pulmão avançado - experiência da clínica privada Ana Maria Fantini Silva CRM: 5284520-5 Carlos Augusto V. de Andrade CRM: 5237620-0

Leia mais

Cost-effectiveness analysis of gefitinib versus chemotherapy protocols in the first line treatment of non small-cell EGFR positive lung cancer

Cost-effectiveness analysis of gefitinib versus chemotherapy protocols in the first line treatment of non small-cell EGFR positive lung cancer ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE Análise de custo-efetividade do uso de gefitinibe versus protocolos de quimioterapia no tratamento de primeira linha do câncer de pulmão não-pequenas células metastático,

Leia mais

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão.

Incorporação na tabela Unimed-BH de medicamentos: Docetaxel (Taxotere ) para tratamento do Câncer Metastático de Mama e Pulmão. Parecer do Grupo Técnico de Auditoria em Saúde 039/05 Tema: Docetaxel I Data: 01/11/2005 II Grupo de Estudo: Dr Lucas Barbosa da Silva Dra Lélia Maria de Almeida Carvalho Dra Silvana Márcia Bruschi Kelles

Leia mais

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009

Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático. Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático Versão eletrônica atualizada em Dezembro 2009 Protocolo de Tratamento do Câncer de Mama Metastático O tratamento de pacientes com câncer de mama metastático

Leia mais

Erlotinibe para câncer de pulmão de células não pequenas

Erlotinibe para câncer de pulmão de células não pequenas Ministério da Saúde Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde Erlotinibe para câncer de pulmão de células não pequenas Novembro

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI BEVACIZUMAB Medicamento Avastin Embalagem de 1 frasco contendo 4 ml de solução injectável doseada a 25 mg/ml 5252382

Leia mais

IMUNO-ONCOLOGIA: CASO CLÍNICO EM CÂNCER DE PULMÃO

IMUNO-ONCOLOGIA: CASO CLÍNICO EM CÂNCER DE PULMÃO IMUNO-ONCOLOGIA: CASO CLÍNICO EM CÂNCER DE PULMÃO Apresentação: Lucianno Santos Oncologista Clínico Coordenador Médico Grupo Acreditar/Oncologia D or DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE honorários recebidos

Leia mais

Camila Pepe Ribeiro de Souza 1, Luciano Paladini 2, Roberta Dyonisio Canaveira Monteiro 3, Bernardo Lembo Conde de Paiva 3

Camila Pepe Ribeiro de Souza 1, Luciano Paladini 2, Roberta Dyonisio Canaveira Monteiro 3, Bernardo Lembo Conde de Paiva 3 ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE Análise de custo-efetividade de pemetrexede + cisplatina versus paclitaxel + carboplatina versus paclitaxel + carboplatina + bevacizumabe no tratamento de câncer de pulmão

Leia mais

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011

V Encontro Pós ASCO - 2011. Tratamento: mama metastático. Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 V Encontro Pós ASCO - 2011 Tratamento: mama metastático Leandro Alves Gomes Ramos 02/07/2011 Não tenho conflitos de interesse Câncer de mama metastático Triplo negativo Inibição PARP: Iniparibe Metastático:

Leia mais

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante?

30/05/2016. Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Resposta parcial após neoadjuvância: há espaço para quimioterapia adjuvante? Estamos num momento de quebra de paradigmas? José

Leia mais

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil

Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Porto Alegre, October 2014 Pesquisa Clínica: Estudos em Câncer de Pulmão, Brasil Carlos H. Barrios, M.D. PUCRS School of Medicine Porto Alegre, Brazil II Congresso Multidisciplinar ICMD Potential Conflicts

Leia mais

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich

Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado. Aknar Calabrich Indicações de quimioterapia intra-peritoneal com catéter nas pacientes com câncer de ovário avançado Aknar Calabrich A importância do peritôneo 70% das pacientes com câncer de ovário avançado tem metástase

Leia mais

Módulo Doença avançada

Módulo Doença avançada Módulo Doença avançada Radioterapia de SNC no Câncer de pulmão: Up date 2013 Robson Ferrigno Esta apresentação não tem qualquer conflito de interesse Metástases Cerebrais Câncer mais freqüente do SNC 1/3

Leia mais

Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment. Breast Cancer

Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment. Breast Cancer Joint SFBO-SBR-ALATRO Consensus Meeting Controversies on Radiotherapy Treatment Breast Cancer Dra. Ana Carolina de Rezende ana.rezende@einstein.br Internal Mammary Nodal Chain Irradiation Dra. Ana Carolina

Leia mais

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos

04/03/2008. Identificar o desenho do estudo. Opinião de especialista Exemplo: Revisão Narrativa. Identificando Principais Tipos de Estudos Identificando Principais Tipos de Estudos Dr. André Sasse Identificar o desenho do estudo Fundamental para a prática da MBE Leitura atenta dos métodos O desenho do estudo é adequado para responder à pergunta

Leia mais

Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy

Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy Triple Negative Breast Cancer Challenging Tumor Aggressiveness Beyond Chemotherapy Antonio C. Buzaid, MD Chairman Centro Avançado de Oncologia Hospital São José São Paulo, Brazil Definição Câncer de mama

Leia mais

Sobre Taxotere Taxotere encontra-se atualmente aprovado em cinco tipos diferentes de câncer, na Europa e nos EUA: Câncer de mama

Sobre Taxotere Taxotere encontra-se atualmente aprovado em cinco tipos diferentes de câncer, na Europa e nos EUA: Câncer de mama Taxotere (docetaxel) consegue revisão prioritária do FDA para tratamento prévio à quimio-radioterapia e cirurgia de carcinoma de Células Escamosas localmente avançado de cabeça e pescoço (CCECP) Revisão

Leia mais

Objetivos desta apresentação...

Objetivos desta apresentação... Objetivos desta apresentação... Visões de diferentes especialidades Boas Praticas médicas Compartilhamento Visão de Especialistas... Medicina Baseada em Evidencia Cirurgia Oncologica Oncologia Clinica

Leia mais

O estado da arte da Radioterapia na abordagem de Tumores de Bexiga. Dr. Baltasar Melo Neto R3 - UNIFESP

O estado da arte da Radioterapia na abordagem de Tumores de Bexiga. Dr. Baltasar Melo Neto R3 - UNIFESP O estado da arte da Radioterapia na abordagem de Tumores de Bexiga Dr. Baltasar Melo Neto R3 - UNIFESP Introdução EUA (2014): 6º mais comum 75.000 casos novos; 15.600 mortes. Brasil (2014): 9940 casos

Leia mais

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid

Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático. Antonio C. Buzaid Agentes Biológicos e Terapia Alvo em Câncer de Mama Metastático Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento:

Leia mais

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado

Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Benefício da radioterapia neoadjuvante na sobrevida de pacientes com câncer de mama localmente avançado Igor Martinez Bruna Villani Daniel Przybysz Marlison Caldas Celia Viegas Carlos Manoel Lilian Faroni

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO PRÉVIA DE MEDICAMENTO PARA USO HUMANO EM MEIO HOSPITALAR DCI RALTITREXEDO Medicamento PVH PVH com IVA Titular de AIM TOMUDEX Embalagem contendo 1 frasco com pó para solução injectável

Leia mais

Tratamento do CEC pulmão: Algum padrão? pulmão

Tratamento do CEC pulmão: Algum padrão? pulmão Tratamento do CEC pulmão: Quimioterapia no câncer de Algum padrão? pulmão Gilberto de Castro Junior Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Hospital Sírio Libanês São Paulo - BRASIL Conflitos de interesse

Leia mais

Módulo: Câncer de Colo de Útero

Módulo: Câncer de Colo de Útero Módulo: Câncer de Colo de Útero Caso 1 TR, 32 anos, médica, sem comorbidades Paciente casada sem filhos Abril/13 Citologia Útero- Negativo para células neoplásicas Abril/14 - Citologia uterina- Lesão alto

Leia mais

Braquiterapia Ginecológica

Braquiterapia Ginecológica Braquiterapia Ginecológica Indicações e recomendações clínicas American Brachytherapy Society (ABS) European Society for Radiotherapy & Oncology (GEC-ESTRO) Rejane Carolina Franco Hospital Erasto Gaertner-

Leia mais

Indicações e passo-a-passo para realização de SBRT

Indicações e passo-a-passo para realização de SBRT Indicações e passo-a-passo para realização de SBRT Heloisa de Andrade Carvalho heloisa.carvalho@hc.fm.usp.br heloisa.carvalho@hsl.org.br SBRT O que é? Porquê? Para quê? Passo-a-passo SBRT O que é? Stereotactic

Leia mais

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz

Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Tratamento quimioterápico de primeira-linha na doença resistente à castração Fábio A. B. Schütz Hospital São José; São Paulo, SP Introdução Câncer de próstata castração-resistente (CRPC) A maioria dos

Leia mais

Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA

Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA Cancro da Próstata Quimioterapia: uma etapa adiada??? Dr.ª Gabriela Sousa IPO COIMBRA 8 Março 2014 Cancro da Próstata - Androgénios Doença hormonossensível Controle da doença: supressão de androgénios

Leia mais

Terapias Alvo no Câncer Endométrio

Terapias Alvo no Câncer Endométrio Terapias Alvo no Câncer Endométrio EDUARDO PAULINO Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos Grupo EVA Instituto Nacional de Câncer / HCII RJ Grupo COI - RJ Conflitos de Interesse Participo ocasionalmente

Leia mais

Discussão de Casos - Mutações ALK. Eduardo Cronemberger Oncologia clínica/ Pesquisa clínica PRONUTRIR e CRIO GBOT/LACOG Fortaleza-Ceará

Discussão de Casos - Mutações ALK. Eduardo Cronemberger Oncologia clínica/ Pesquisa clínica PRONUTRIR e CRIO GBOT/LACOG Fortaleza-Ceará Discussão de Casos - Mutações ALK Eduardo Cronemberger Oncologia clínica/ Pesquisa clínica PRONUTRIR e CRIO GBOT/LACOG Fortaleza-Ceará Conflito de interesses Não há conflito de interesses relacionado a

Leia mais

Gefitinibe para câncer de pulmão de células não pequenas em primeira linha

Gefitinibe para câncer de pulmão de células não pequenas em primeira linha Ministério da Saúde Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde Gefitinibe para câncer de pulmão de células não pequenas em primeira

Leia mais

glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros

glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros glioblastoma controvérsias Suzana M F Malheiros Milestones in Neuro-Oncology Radiotherapy Lomustine Carmustine Approvals BCNU wafer TMZ for relapsed AA accelerated approval TMZ upfront for GBM Bevacizumab

Leia mais

FATORES PREDITIVOS PARA FALHA BIOQUÍMICA APÓS RADIOTERAPIA DE RESGATE EM CÂNCER DE PRÓSTATA, PÓS- PROSTATECTOMIA RADICAL

FATORES PREDITIVOS PARA FALHA BIOQUÍMICA APÓS RADIOTERAPIA DE RESGATE EM CÂNCER DE PRÓSTATA, PÓS- PROSTATECTOMIA RADICAL FATORES PREDITIVOS PARA FALHA BIOQUÍMICA APÓS RADIOTERAPIA DE RESGATE EM CÂNCER DE PRÓSTATA, PÓS- PROSTATECTOMIA RADICAL Marco Antonio Costa Campos de SANTANA 1,2 ; Carlos Bo ChurHONG 1,2 ; Mariana Vilela

Leia mais

Recife, Junho de 2011

Recife, Junho de 2011 Recife, Junho de 2011 Mário Reis Álvares-da-Silva Professor Adjunto-Doutor de Hepatologia Universidade Federal do Rio Grande do Sul Hospital de Clínicas de Porto Alegre mras@terra.com.br Declaração de

Leia mais

Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea

Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea Módulo: Doença Metastática para Sistema Nervoso central Bloco: Manejo das Lesões Múltiplas Tema: Tratamento da Doença Leptomeníngea Aknar Calabrich Oncologia Clínica Em 1 ano... Pubmed 67 artigos (nenhum

Leia mais

Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr

Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr Caso 1 Paciente fumante crônico, 61 anos, bom estado geral. Diagnosticado tumor de LSD de 3,7 cm,

Leia mais

Tema: NIVOLUMABE EM ADENOCARCINOMA MUCINOSO DE PULMÃO ESTADIO IV

Tema: NIVOLUMABE EM ADENOCARCINOMA MUCINOSO DE PULMÃO ESTADIO IV Nota Técnica 2015 NATS HC UFMG Solicitante: Renato Martins Prates Juiz Federal da 8ª Vara Seção Judiciária de Minas Gerais Nº Processo: 41970-36.2015.4.01.3800 Data 20/08/2015 Medicamento X Material Procedimento

Leia mais

Princípios de Oncologia Clínica. Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861

Princípios de Oncologia Clínica. Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861 Princípios de Oncologia Clínica Dr. Wesley Vargas Moura Oncologista Clínico CRM ES 3861 Histórico 1900 Termo Quimioterapia Dr. Paul Ehrlich (1854-1915) Anos 40 Segunda Guerra Mundial Ilha de Bali 1943

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO QUIMIOTERAPIA EM CABEÇA E PESCOÇO UBIRANEI OLIVEIRA SILVA HISTÓRICO Dezembro 1945 (Bari/Itália) Gás mostarda Pós 2ª Guerra Mundial Cornelius Rhoads

Leia mais

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 25 mg, 100 mg ou 150 mg em caixa com 30 comprimidos.

APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 25 mg, 100 mg ou 150 mg em caixa com 30 comprimidos. Tarceva cloridrato de erlotinibe Roche Antineoplásico IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome do produto: Tarceva Nome genérico: cloridrato de erlotinibe APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 5 mg, 1 mg ou

Leia mais

Avastin (bevacizumabe)

Avastin (bevacizumabe) Avastin (bevacizumabe) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 25 mg/ml 4 ml e 16 ml Avastin bevacizumabe Roche Antineoplásico APRESENTAÇÕES Solução para diluição para infusão. Caixa

Leia mais

Câncer de próstata avançado

Câncer de próstata avançado Câncer de próstata avançado Renato Panhoca Centro de Estudos Urológicos do HSPE - CEU Serviço de Urologia - HSPE Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo Centro de Estudos Urológicos do HSPE

Leia mais

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid

Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica. Antonio C. Buzaid Os 5 Trabalhos mais Importantes em Oncologia Clínica Antonio C. Buzaid Índice TDM4450g: Trastuzumab Emtansine (T-DM1) Versus Trastuzumab + Docetaxel em Pacientes com CMM Her-2 + sem Tratamento: Resultados

Leia mais

DURANTE A REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE

DURANTE A REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE ASCO 2012 Câncer de pulmão no Brasil: análise em um contexto internacional Divulgação Gilberto Schwartsmann * Professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); professor

Leia mais

II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia. Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea

II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia. Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea II Congresso Internacional de Neuro-Oncologia Módulo: Doença Metastática para Sistema Nervoso central Bloco: Manejo das Lesões Múltiplas Tema: Tratamento da doença Leptomeníngea Aknar Calabrich Oncologia

Leia mais

NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA)

NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA) NOVIDADES PARA O TRATAMENTO ENDÓCRINO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA RECEPTOR HORMONAL POSITIVO (DOENÇA INICIAL E AVANÇADA) ANDERSON ARANTES SILVESTRINI Oncologista clínico - Diretor técnico Grupo Acreditar

Leia mais

PROTOCOLOS DE PRÉ-MEDICAÇÃO EM QUIMIOTERAPIA

PROTOCOLOS DE PRÉ-MEDICAÇÃO EM QUIMIOTERAPIA PROTOCOLOS DE PRÉ-MEDICAÇÃO EM QUIMIOTERAPIA Marta Ferreira, Bebiana Conde, Ana Fernandes, António Araújo I. PROTOCOLO DE HIDRATAÇÃO: a) Cisplatina: - Se dose < 50 mg/m 2 : Pré-Hidratação: 250 ml, PO,

Leia mais

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto

TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO NO SEMINOMA E NÃO SEMINOMA DE ESTÁGIO I DE ALTO RISCO Daniel Fernandes Saragiotto Médico Assistente do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) FMUSP Médico Titular

Leia mais

Materiais e Métodos As informações presentes neste trabalho foram obtidas a partir de revisão bibliográfica e do prontuário

Materiais e Métodos As informações presentes neste trabalho foram obtidas a partir de revisão bibliográfica e do prontuário Introdução Pacientes portadores de Leucemia Linfocítica Aguda (LLA) são predisponentes a desenvolverem complicações trombogênicas, especialmente em terapias envolvendo a L-asparaginase, que apresenta potencial

Leia mais

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO.

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO. NT 213/2013 Data: 05/11/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Solicitante Dr. Jayme de Oliveira Maia Número do processo: 0058335-95.2013.8.13.0720 TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO

Leia mais

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir?

Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Papel da Quimioterapia Paliativa: até onde ir? Rodrigo Ughini Villarroel CITO/HCPF Sem conflito de interesse para essa apresentação Tratamento sistêmico paliativo em câncer gástrico Existe vantagem na

Leia mais

Podemos considerar RT hipofracionada da mama para todas as pacientes como padrão? SIM. Erlon Gil 21/06/13

Podemos considerar RT hipofracionada da mama para todas as pacientes como padrão? SIM. Erlon Gil 21/06/13 Podemos considerar RT hipofracionada da mama para todas as pacientes como padrão? SIM Erlon Gil 21/06/13 RT adjuvante EBCTCG Lancet 2005;366: 2087-2106 Contextualização 20-30% das mulheres não recebem

Leia mais

Junho/2011: durante investigação de quadro gripal observado nodulo em LID

Junho/2011: durante investigação de quadro gripal observado nodulo em LID Módulo: Câncer de Pulmão de Pequenas Células Caso 1 MRC, femin, 70 anos Junho/2011: durante investigação de quadro gripal observado nodulo em LID CT de Torax: nodulo 28 2,8 x 1,9 19 cm junto à pleura base

Leia mais

AVANÇOS DA IMUNO-ONCOLOGIA NO TRATAMENTO DO CANCER!

AVANÇOS DA IMUNO-ONCOLOGIA NO TRATAMENTO DO CANCER! AVANÇOS DA IMUNO-ONCOLOGIA NO TRATAMENTO DO CANCER! Avanços, Conquistas e Grandes Desafios Leandro Brust Auditoria em Oncologia e Biologia Molecular/Genética Diretor Técnico CYTOGENE Diagnósticos Moleculares

Leia mais

Terapêutica após progressão do carcinoma do pulmão de não pequenas células precoce ou localmente avançado tratado com quimioterapia

Terapêutica após progressão do carcinoma do pulmão de não pequenas células precoce ou localmente avançado tratado com quimioterapia Artigo de revisão Terapêutica após progressão do carcinoma do pulmão de não pequenas células precoce ou localmente avançado tratado com quimioterapia António Araújo, Manuel Magalhães, Joana Febra, Filipe

Leia mais

S R E V R I V Ç I O D E E C IR I URGIA I A T O T RÁCIC I A

S R E V R I V Ç I O D E E C IR I URGIA I A T O T RÁCIC I A Neoadjuvância Julio Espinel R2 CIT Cristiano Feijó Andrade Outubro 2009 Importância Estadiamento linfonodal Unificar para discutir e poder propor modificações; Selecionar tratamento multimodais; Discordâncias

Leia mais

Diferenças no Tratamento do Câncer entre o SUS e a Saúde Suplementar. Dra Karina Costa Maia Vianna Oncologista Clínica- Hospital de Clínicas- UFPR

Diferenças no Tratamento do Câncer entre o SUS e a Saúde Suplementar. Dra Karina Costa Maia Vianna Oncologista Clínica- Hospital de Clínicas- UFPR Diferenças no Tratamento do Câncer entre o SUS e a Saúde Suplementar Dra Karina Costa Maia Vianna Oncologista Clínica- Hospital de Clínicas- UFPR Conjunto de mais de 100 tipos diferentes de doenças Crescimento

Leia mais

Nota Técnica 41/2015

Nota Técnica 41/2015 Nota Técnica 41/2015 Data: 09/09/2015 Solicitante: Victor Hugo Padilha Assistente Judiciário Des. Estevão Lucchesi Processo: 1.0000.15.071995-3/001 Autor: Thais Macedo Martins Sarapu Ré: Bradesco Seguro

Leia mais

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica

Tratamento do Câncer Gástrico Avançado. Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Tratamento do Câncer Gástrico Avançado U d Update 2014 2014 Rui Weschenfelder Oncologia Clínica Declaração de conflitos de interesse De acordo com a resolução do Conselho Federal de Medicina n o 1595/2000

Leia mais

Câncer de Pulmão Estadiamento: o que mudou?

Câncer de Pulmão Estadiamento: o que mudou? Câncer de Pulmão Estadiamento: o que mudou? Ilka Lopes Santoro EPM - Unifesp Conflito de Interesse Nada a declarar For myself I am an optimist it does not seem to be much use being anything else. Sir Winston

Leia mais

Alquilantes Diretrizes para Quimioterapia e Modificações das Dosagens Farm. William Rotea Junior Mostardas nitrogenadas Nitrosuréias Triazenos Etileniminas Alquilsulfonados Divisão Celular Mostardas Quimioterápicos

Leia mais

Capítulo 8 Estudos sobre Decisão Terapêutica Experimento Clínico

Capítulo 8 Estudos sobre Decisão Terapêutica Experimento Clínico L E I T u R A C R í T I C A D E A R T I G O S C I E N T í F I CO S 113 Capítulo 8 Estudos sobre Decisão Terapêutica Experimento Clínico 8.1. Princípios gerais um ensaio clínico ou experimento clínico é

Leia mais

4ª Reunião do GT de Oncologia. Projeto OncoRede

4ª Reunião do GT de Oncologia. Projeto OncoRede 4ª Reunião do GT de Oncologia Projeto OncoRede Clique para editar o nome do autor Clique para editar o cargo do autor Rio de Janeiro, 02 de Setembro de 2016 Clique para editar local e data Pauta da 4ª

Leia mais

SOMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO INTRAVENOSA USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS

SOMENTE PARA ADMINISTRAÇÃO INTRAVENOSA USO ADULTO ACIMA DE 18 ANOS CDS11FEV09 ALIMTA pemetrexede dissódico D.C.B. 06898 APRESENTAÇÕES ALIMTA (pemetrexede dissódico) é apresentado na forma de pó estéril liofilizado para uso intravenoso, em frascos de vidro incolor tipo

Leia mais

Boas-vindas e Introdução

Boas-vindas e Introdução Ensaios clínicos ou tratamento padrão? Opções para leucemias Boas-vindas e Introdução Ensaios clínicos ou tratamento padrão? Opções para leucemias John P. Leonard, médico Reitor Associado de Pesquisa Clínica

Leia mais

DOCELIBBS docetaxel tri-hidratado Solução concentrada para infusão 40 mg/ml MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA

DOCELIBBS docetaxel tri-hidratado Solução concentrada para infusão 40 mg/ml MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA DOCELIBBS docetaxel tri-hidratado Solução concentrada para infusão 40 mg/ml MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA APRESENTAÇÕES Solução concentrada para infusão com 20 mg de docetaxel

Leia mais

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho

Câncer gástrico localmente avançado: Anelisa K. Coutinho Câncer gástrico localmente avançado: Visão do oncologista Visão do oncologista Anelisa K. Coutinho DLA : visão do oncologista Como aumentar chance de cura cirúrgica? Terapia Neoadjuvante Terapia Neoadjuvante

Leia mais

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO, COM MUTAÇÃO DE EGFR.

TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA PACIENTE COM CÂNCER METASTÁTICO DE PULMÃO, COM MUTAÇÃO DE EGFR. NT 24/2012 Solicitante: Juiz Geraldo Claret de Arantes Número do processo: Data: 26/11/2012 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: GEFITINIBE (IRESSA ) NO TRATAMENTO DE SEGUNDA LINHA PARA

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de tratamento adjuvante e neoadjuvante do câncer de mama Versão eletrônica atualizada em Fevereiro 2009 Tratamento sistêmico adjuvante A seleção de tratamento sistêmico

Leia mais