20º CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOLOGIA PROGRAMA PRELIMINAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "20º CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOLOGIA PROGRAMA PRELIMINAR"

Transcrição

1 20º CONGRESSO BRASILEIRO DE MASTOLOGIA PROGRAMA PRELIMINAR 19 DE OUTUBRO 5ª FEIRA 08h00/08h30 Conferência TNM/AJCC 2017: MUDANÇAS DECORRENTES DE SUA APLICAÇÃO NA PRÁTICA CLÍNICA 08h30/10h00 IMAGENOLOGIA 08h30-08h45 - Porque o rastreamento é tão criticado? 08h45-09h00 - Tomossíntese substitui mamografia? 09h00-09h15 - Quando solicitar ressonância magnética? 09h15-09h30 CDIS Correlação radiológico/patológico Aspectos práticos 09h30-09h50 Discussão 09h50/10h00 TEMA LIVRE ORAL 1 10h00/10h30 10h30/11h00 11h00/12h30 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES Conferência DOES THE SHAVE PLAY A ROLE IN THE ONCOPLASTIC SURGERY? PATOLOGIA BENIGNA 11h00-11h15 Processo inflamatório: Diagnóstico e tratamento 11h15-11h30 Fluxo papilar: Diagnóstico e conduta 11h30-11h45 Ginecomastia: Diagnóstico e tratamento 11h45-12h00 Manejo de mastalgia 12h00-12h30 Discussão 12h30/14h00 14h00/15h30 HOSPITAL ALBERT EINSTEIN DIRETRIZES DE NEOADJUVÂNCIA: ONDE ESTAMOS E PARA ONDE VAMOS

2 14h00 14h20 - Manejo cirúrgico da axila após QT Neo 14h20 14h40 - Extensão da cirurgia mamária após QT Neo 14h40 15h00 - Feasibility trial for elimination of breast cancer surgery for exceptional responders to neoadjuvant chemotherapy 15h00-15h20 - Discussão 15h20/15h30 TEMA LIVRE ORAL 2 15h30/16h00 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES 16h00-17h30 GENÉTICA 16h00-16h15 - Como identificar pacientes de alto risco e qual modelo de cálculo é mais apropriado para a realidade Brasileira? 16h15-16h30 - Pesquisa de mutações: Quais solicitar, quando e porquê? 16h30-16h45 Seleção da quimioterapia adjuvante: O que fazer quando os testes vem positivos? quais os genes importantes? 16h45-17h00 - Indicações de cirurgias redutoras de risco 17h00-17h30 Discussão 18h00 CERIMÔNIA DE ABERTURA

3 20 DE OUTUBRO 6ª FEIRA 08h00/09h20 CIRURGIA 08h00-08h15 - Quando indicar cirurgia oncoplástica bilateral? 08h15-08h30 - Complicações da oncoplastia 08h30-08h45 Quando cirurgia conservadora é melhor que a mastectomia? 08h45-09h00 - Como diminuir a taxa de reintervenções em cirurgia conservadora 09h00-09h20 Discussão 09h20/09h30 TEMA LIVRE ORAL 3 09h30/11h00 MANEJO NAS LESÕES DE RISCO MAMÁRIO 09h30-09h50 - Quando indicar cirurgia em lesões de baixo risco? 09h50-10h10 - Conduta em lesões mamárias atípicas 10h10-10h30 Estimating risk of recurrence 10h30-11h00 Discussão 11h00/11h30 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES 11h30/12h30 ONCOLOGIA D OR 12h30/13h00 ROCHE 13h00/14h00 14h00/15h30 Intervalo para Almoço ABORDAGEM AXILAR 14h00-14h15 Ultrassonografia axilar deve ser rotina no estadiamento local? 14h15-14h30 Qual o futuro da cirurgia axilar no câncer de mama? 14h30-14h45 Limiting axillary surgery for lymphnode positive breast cancer patients

4 14h45-15h00 Prevenção e tratamento do linfedema 15h00-15h30 Discussão 15h30/15h40 TEMA LIVRE ORAL 4 15h40/16h10 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES 16h10-16h40 16h40-17h10 17h10-18h30 Conferência HORMONIOTHERAPY UP DATE IDENGENE TESTES HEREDITÁRIOS: QUANDO, COMO E PARA QUEM SOLICITAR? QUESTÕES CONTROVERSAS 17h10-17h25 - Triplo Negativo: novas drogas, tils e bloqueadores anti PDL1 17h25-17h40 - Manejo das recidivas locais 17h40-17h55 - Manejo do carcinoma localmente avançado 17h55-18h10 - Seguimento da mama operada e irradiada 18h10-18h30 - Discussão 18h30 ASSEMBLÉIA GERAL SBM

5 21 DE OUTUBRO - SÁBADO 08h00/09h30 CASOS ESPECIAIS NO CANCER DE MAMA 08h00-08h15 - Câncer de mama na gravidez: manejo 08h15-08h30 - Câncer de mama na mulher idosa. Qual melhor conduta? 08h30-08h45 - Câncer de mama abaixo dos 35 anos. Qual melhor opção terapêutica? 08h45-09h00 - Cirurgia no paciente metastático. Quando indicar? 09h00-09h30 - Discussão 09h30/10h30 RADIOTERAPIA NO CANCER DE MAMA 09h30-09h45 - Indicações de radioterapia pós-mastectomia 09h45-10h00 - Radioterapia parcial da mama 10h00-10h15 - Radioterapia axilar como rotina ao invés de esvaziamento axilar? 10h15-10h30 - Radioterapia após reconstrução imediata em pacientes com prótese / expansor 10h30-10h50 Discussão 10h50/11h15 11h15/12h30 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES PERSPECTIVAS PARA FUTURO 11h15-11h30 Clinical trials and update on the management of DCIS 11h30-11h45 Seleção de pacientes para tratamento sistêmico: Porquê, qual e por quanto tempo? 11h45-12h00 Futuro da oncoplastia: O que há de novo? 12h00-12h15 Quais foram os maiores estudos clínicos de 2016 e 2017 e como eles realmente alteram nossa prática clínica? 12h15-12h30 Discussão

6 12h30/13h00 ENTREGA DE PRÊMIOS E ENCERRAMENTO

RM MAMÁRIA: quando indicar?

RM MAMÁRIA: quando indicar? RM MAMÁRIA: quando indicar? Lucio De Carli Serviço de Diagnóstico por Imagem da Mama Hospital Mãe de Deus SSMD Porto Alegre/RS e-mail: luciodc@terra.com.br RM MAMÁRIA - indicações - Incoerência EF x MG

Leia mais

Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA

Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA NT 38/2013 Solicitante: Dra. Renata Abranches Perdigão do JESP da Fazenda Pública de Campo Belo Data: 22/02/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Numeração Única: 0112.14.001131-6 TEMA: TAMOXIFENO

Leia mais

DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA.

DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA. Genetic Risk Assessments in Individuals at High Risk for Inherited Breast Cancer in the Breast Oncology Care Setting DR.PRIMO PICCOLI CANCEROLOGIA CIRÚRGICA. CÂNCER DE MAMA HEREDITÁRIO CONHECER O RISCO

Leia mais

Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA

Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO NO TRATAMENTO ADJUVANTE DO CANCER DE MAMA NT 209/2013 Solicitante: Dra. Renata Abranches Perdigão do JESP da Fazenda Pública de Campo Belo Data: 01/11/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Numeração Única: 112.13.008257-4 TEMA: TAMOXIFENO

Leia mais

CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO. Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto. Introdução

CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO. Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto. Introdução CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto Introdução É realizada a avaliação de um grupo de pacientes com relação a sua doença. E através dele

Leia mais

1 dia 15/09/11. 8:30 8:50 CIRURGIA CONSERVADORA PÓS-QT NEOADJUVANTE: Técnica cirúrgica e pacientes elegíveis Dra. Márcia Freitas Mastologista ICC (CE)

1 dia 15/09/11. 8:30 8:50 CIRURGIA CONSERVADORA PÓS-QT NEOADJUVANTE: Técnica cirúrgica e pacientes elegíveis Dra. Márcia Freitas Mastologista ICC (CE) 1 dia 15/09/11 8:00 8:30 ABERTURA DO EVENTO Dr. Carlos Alberto Ruiz Presidente da SBM Dra. Ana Gabriela Oliveira Presidente da SBM-MA Dra. Maria Helena Pestana - Presidente da SOGIMA Dr. Ruffo de Freitas

Leia mais

Cancro da Mama. Estrutura normal das mamas. O que é o Cancro da Mama

Cancro da Mama. Estrutura normal das mamas. O que é o Cancro da Mama Cancro da Mama O Cancro da Mama é um tumor maligno que se desenvolve nas células do tecido mamário. Um tumor maligno consiste num grupo de células alteradas (neoplásicas) que pode invadir os tecidos vizinhos

Leia mais

8 e 9 de agosto Hotel Unique

8 e 9 de agosto Hotel Unique PROGRAMA 8 e 9 de agosto Hotel Unique Organizadores Alfredo Carlos S. D. Barros Comissão científica Felipe Eduardo M. Andrade Max Mano Ricardo Marques Heloísa Carvalho Andrade Vera Aguillar Marcelo M.

Leia mais

Proposta de programa Científico do Congresso da Associação Paulista de Medicina do Trabalho 2012

Proposta de programa Científico do Congresso da Associação Paulista de Medicina do Trabalho 2012 Proposta de programa Científico do Congresso da Associação Paulista de Medicina do Trabalho 2012 Dia 20/01/2012 Sexta Feira Na Associação Paulista de Medicina. ATIVIDADE TEMA DA ATIVIDADE ( Observação

Leia mais

CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA

CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA Núcleo de Mastologia Hospital Sírio-Libanês Laboratório de Anatomia Médico-Círúrgica (LIM 02) Faculdade de Medicina da USP CIRURGIA NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA Up to date Alfredo Carlos S.D. Barros

Leia mais

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO

ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO São Paulo, 27-29 Novembro 2008. IV JORNADA PAULISTA DE MASTOLOGIA ATUALIZAÇÃO NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INFLAMATÓRIO EDUARDO MILLEN HSPE-SP- IAMSPE/ EPM UNIFESP HOSPITAL VITA VOLTA REDONDA- RJ ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina.

Key Words: câncer de mama, quimioterapia neoadjuvante, quimioterapia, resposta patológica, carbopaltina. Alta taxa de resposta completa patológica (prc) em câncer de mama triplo negativo após quimioterapia neoadjuvante sequencial Augusto Ribeiro GABRIEL, MD* Ruffo de FREITAS JÚNIOR, MD, PhD* * Programa de

Leia mais

São Paulo, 8 e 9 de agosto

São Paulo, 8 e 9 de agosto São Paulo, 8 e 9 de agosto www.simposiocancerdemama.com.br Patrocínio Apoio Institucional Núcleo de Mastologia Centro de Oncologia Colaboração Sociedade Brasileira de Mastologia Sociedade Brasileira de

Leia mais

CÂNCER DE MAMA. O controle das mamas de seis em seis meses, com exames clínicos, é também muito importante.

CÂNCER DE MAMA. O controle das mamas de seis em seis meses, com exames clínicos, é também muito importante. CÂNCER DE MAMA Dr. José Bél Mastologista/Ginecologista - CRM 1558 Associação Médico Espírita de Santa Catarina AME/SC QUANDO PEDIR EXAMES DE PREVENÇÃO Anualmente, a mulher, após ter atingindo os 35 ou

Leia mais

PECOGI A.C.Camargo Cancer Center PROGRAMA 2014

PECOGI A.C.Camargo Cancer Center PROGRAMA 2014 PECOGI A.C.Camargo Cancer Center PROGRAMA 2014 21/08 QUINTA-FEIRA 7:50 8:00 Abertura 8:00 9:30 Mesa Redonda: CEC de Esôfago 8:00 8:15 Ferramentas de estadiamento na neoplasia esofágica. É possível individualizar

Leia mais

residência mastologia

residência mastologia residência RESIDÊNCIA Médica em mastologia CADERNO DO CURSO Reprodução autorizada pelo autor somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino, não sendo autorizada sua reprodução para quaisquer

Leia mais

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje

A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama. Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje A pesquisa clínica no combate ao câncer de mama Proporcionando o futuro do tratamento do câncer de mama para as pacientes de hoje Câncer de Mama no Brasil Antropofagia, de Tarsila do Amaral, 1929 2 DADOS

Leia mais

Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07

Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07 Parecer do Grupo de Avaliação de Tecnologias em Saúde GATS 25/07 Tema: Linfonodo sentinela no câncer de mama I Data: 27/09/2007 II Grupo de Estudo: Izabel Cristina Alves Mendonça; Célia Maria da Silva;

Leia mais

SIMPÓSIO INTERNACIONAL CÂNCER DE MAMA. 26 e 27 de junho Hospital Sírio-Libanês São Paulo SP CURSO PRÉ-SIMPÓSIO IMAGENOLOGIA MAMÁRIA.

SIMPÓSIO INTERNACIONAL CÂNCER DE MAMA. 26 e 27 de junho Hospital Sírio-Libanês São Paulo SP CURSO PRÉ-SIMPÓSIO IMAGENOLOGIA MAMÁRIA. CÂNCER DE MAMA 26 e 27 de junho Hospital Sírio-Libanês São Paulo SP CURSO PRÉ-SIMPÓSIO IMAGENOLOGIA MAMÁRIA 25 de junho PROMOÇÃO Núcleo de Mastologia do Hospital Sírio Libanês Centro de Oncologia do Hospital

Leia mais

BREAST IMAGING REPORTING AND DATA SYSTEM NOVO BI-RADS EM MAMOGRAFIA

BREAST IMAGING REPORTING AND DATA SYSTEM NOVO BI-RADS EM MAMOGRAFIA BREAST IMAGING REPORTING AND DATA SYSTEM NOVO BI-RADS EM MAMOGRAFIA Breast Imaging Reporting and Data System Dr Marconi Luna Doutor em Medicina UFRJ Ex-Presidente da SBM Breast Imaging Reporting and Data

Leia mais

Câncer do pâncreas. Orlando Jorge Martins Torres Professor Livre-Docente UFMA

Câncer do pâncreas. Orlando Jorge Martins Torres Professor Livre-Docente UFMA Câncer do pâncreas Orlando Jorge Martins Torres Professor Livre-Docente UFMA Diagnóstico A tomografia helicoidal com dupla fase é o melhor exame de imagem para diagnosticar e estadiar uma suspeita de carcinoma

Leia mais

ÍNDICE - 31/01/2005 O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 câncer

ÍNDICE - 31/01/2005 O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 câncer ÍNDICE - O Estado de S.Paulo...2 Metrópole...2 Intoxicação pode ter causado morte de casal...2 O Estado de S.Paulo...3 Vida&...3 Teste ajuda detecção precoce de câncer de mama...3 Gazeta Mercantil...4

Leia mais

Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos

Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos Painel Aplicações móveis na área da saúde: m-health Uso de Dispositivos Móveis na Saúde Mental de Idosos Profa. Magdala de Araújo Novaes Núcleo de Telessaúde, Hospital das Clínicas, Departamento de Medicina

Leia mais

TOMOSSINTESE : o que é e. Dra. Vera Aguillar Coordenadora do Serviço de Imaginologia Mamária do HSL

TOMOSSINTESE : o que é e. Dra. Vera Aguillar Coordenadora do Serviço de Imaginologia Mamária do HSL TOMOSSINTESE : o que é e quais as suas vantagens? Dra. Vera Aguillar Coordenadora do Serviço de Imaginologia Mamária do HSL TOMOSSINTESE : mamografia do futuro? MAMOGRAFIA: exame com limitações -Pouco

Leia mais

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande,

Apesar de ser um tumor maligno, é uma doença curável se descoberta a tempo, o que nem sempre é possível, pois o medo do diagnóstico é muito grande, Cancêr de Mama: É a causa mais frequente de morte por câncer na mulher, embora existam meios de detecção precoce que apresentam boa eficiência (exame clínico e auto-exame, mamografia e ultrassonografia).

Leia mais

SISMAMA. Informação para o avanço das ações de controle do câncer de mama no Brasil. Qual a situação do câncer de mama no Brasil? O que é o SISMAMA?

SISMAMA. Informação para o avanço das ações de controle do câncer de mama no Brasil. Qual a situação do câncer de mama no Brasil? O que é o SISMAMA? SISMAMA Informação para o avanço das ações de controle do câncer de mama no Brasil Este informe apresenta os primeiros dados do SISMAMA - Sistema de Informação do Câncer de Mama, implantado nacionalmente

Leia mais

MALE BREAST DISEASE: PICTORIAL REVIEW

MALE BREAST DISEASE: PICTORIAL REVIEW MALE BREAST DISEASE: PICTORIAL REVIEW WITH RADIOLOGIC- PATHOLOGIC CORRELATION 1 CHERI NGUYEN, MD MARK D. KETTLER, MD MICHAEL E. SWIRSKY, MD VIVIAN I. MILLER, MD CALEB SCOTT, MD RHETT KRAUSE, MD JENNIFER

Leia mais

Diagnóstico precoce em câncer de mama Como proceder e quais são as controvérsias?

Diagnóstico precoce em câncer de mama Como proceder e quais são as controvérsias? mama Diagnóstico precoce em câncer de mama Como proceder e quais são as controvérsias? Divulgação Cláudia T. Salviato Mameri * Mestre em radiologia pela Unifesp; mastologista; professora e coordenadora

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. Conselho Gestor do Programa de Saúde e Assistência Social do Ministério Público da União - PLAN-ASSISTE

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. Conselho Gestor do Programa de Saúde e Assistência Social do Ministério Público da União - PLAN-ASSISTE MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Conselho Gestor do Programa de Saúde e Assistência Social do Ministério Público da União - PLAN-ASSISTE NORMA COMPLEMENTAR N.º 7, DE 30 DE JUNHO DE 2010. Define a cobertura

Leia mais

02 de Agosto de 2015 (Domingo)

02 de Agosto de 2015 (Domingo) 02 de Agosto de 2015 (Domingo) Horário Programação 8:00: 08:30 Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:45 10:10 MESA REDONDA: AFECCOES VASCULARES FREQUENTES NA PRATICA DIARIA DO CIRURGIAO 8:45-9:00

Leia mais

8º CONGRESSO PORTUGUÊS DE HIPERTENSÃO 8 I N T E R N AT I O N A L M E E T I N G O N H Y P E R T E N S I O N

8º CONGRESSO PORTUGUÊS DE HIPERTENSÃO 8 I N T E R N AT I O N A L M E E T I N G O N H Y P E R T E N S I O N 8º CONGRESSO PORTUGUÊS DE HIPERTENSÃO e Risco Cardiovascular Global t h 8 I N T E R N AT I O N A L M E E T I N G O N H Y P E R T E N S I O N a n d G l o b a l C a r d i o v a s c u l a r R i s k 20 a 23

Leia mais

DO TERMO DE CONSENTIMENTO

DO TERMO DE CONSENTIMENTO : DO TERMO DE CONSENTIMENTO AO CHECK LIST E fªl i Li Enfª Luciana Lima Hospital Procardíaco Aliança Mundial para Segurança do paciente Cirurgias seguras salvam vidas Check list baseado nas recomendações

Leia mais

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída

08h30-08h45 Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014. Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída PROGRAMA CIENTÍFICO Quinta-feira 13 de agosto de 2015 SALA A MESA REDONDA - DAC CRÔNICA Analise das novas diretrizes de CRM da ESC 2014 Indicaçao e procedimento na CRM em pacientes com FE diminuída Quando

Leia mais

Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama

Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama Núcleo Mama Porto Alegre (NMPOA) Estudo longitudinal de rastreamento e atenção organizada no diagnóstico e tratamento do câncer de mama 2004 Projeto Núcleo Mama Porto Alegre Estudo com parceria entre Hospital

Leia mais

Marília Ávila Acioly 1 ; Maria do Carmo Carvalho de Abreu e Lima 2

Marília Ávila Acioly 1 ; Maria do Carmo Carvalho de Abreu e Lima 2 ESTUDO CLÍNICO-PATOLÓGICO E IMUNOHISTOQUÍMICO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES JOVENS DIAGNOSTICADAS E TRATADAS NO HOSPITAL DE CÂNCER DE PERNAMBUCO NO PERÍODO DE 1996 A 2006. Marília Ávila Acioly 1 ; Maria

Leia mais

Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia. Vinicius Milani Budel

Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia. Vinicius Milani Budel Câncer de mama diagnóstico precoce mamografia Vinicius Milani Budel câncer de mama Sebastiano del Piombo 1520 Florença O martírio de Santa Agatha INCIDÊNCIA NO BRASIL: 52.680 NOVOS CASOS/ANO MORTALIDADE

Leia mais

ANÁLISE DAS EXPOSIÇÕES MÉDICAS EM MAMOGRAFIA DIGITAL. Sergio R. Oliveira¹; Natalia O. Mantuano²; Afonso S. Albrecht² e Leonardo S.

ANÁLISE DAS EXPOSIÇÕES MÉDICAS EM MAMOGRAFIA DIGITAL. Sergio R. Oliveira¹; Natalia O. Mantuano²; Afonso S. Albrecht² e Leonardo S. International Joint Conference RADIO 2014 Gramado, RS, Brazil, Augustl 26-29, 2014 SOCIEDADE BRASILEIRA DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA - SBPR ANÁLISE DAS EXPOSIÇÕES MÉDICAS EM MAMOGRAFIA DIGITAL Sergio R. Oliveira¹;

Leia mais

Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO 2011

Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO 2011 Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional - PCMSO 2011 (NR - 7 Normas Regulamentadora no). 7 Conforme Lei 6514 de 22/12/1977 Obrigatório conforme Portaria 25/94 do MTb / DOU 30/12/94) Período de

Leia mais

Cursos Hands on MARIA APARECIDA

Cursos Hands on MARIA APARECIDA Cursos Hands on 20 OUTUBRO quinta-feira Hotel Tryp - Sala Serra da Lousã 09h-18h MARIA APARECIDA Formada em 1981 pela Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo, titulou-se como Mestre

Leia mais

ULTRA-SONOGRAFIA. Falando sobre câncer de mama

ULTRA-SONOGRAFIA. Falando sobre câncer de mama ULTRA-SONOGRAFIA 42 A ultra-sonografia é um exame realizado com um aparelho que emite ondas de ultra-som e que, através do registro do eco, nos dá informações da textura e conteúdo de nódulos mamários.

Leia mais

OUTUBRO. um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA. prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA.

OUTUBRO. um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA. prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA. OUTUBRO ROSA ^ um mes PARA RELEMBRAR A IMPORTANCIA DA ~ prevencao. COMPARTILHE ESSA IDEIA. ~ ^ O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete

Leia mais

OCÂNCER DE MAMA ÉANEOPLASIA MAIS PREVA-

OCÂNCER DE MAMA ÉANEOPLASIA MAIS PREVA- mama Mastectomia redutora de risco Divulgação Maurício Magalhães Costa * Mestre e doutor em ginecologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); especialização em oncologia ginecológica pelo

Leia mais

Senhor Presidente PROJETO DE LEI

Senhor Presidente PROJETO DE LEI Senhor Presidente PROJETO DE LEI " INSTITUI, NO CALENDÁRIO OFICIAL DE DATAS E EVENTOS DO MUNICÍPIO DE SÃO DE CAETANO DO SUL, O 'MÊS DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DO CÂNCER DE TIREOIDE' NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Revised American Thyroid Association Management Guidelines for Patients with Thyroid Nodules and Differentiated Thyroid Cancer.

Revised American Thyroid Association Management Guidelines for Patients with Thyroid Nodules and Differentiated Thyroid Cancer. Conduta no NT Resultado citológico diagnóstico ou suspeito de CTP cirurgia é recomendada. (A) Nódulos parcialmente císticos com aspirados repetidamente não diagnósticos observação rigorosa ou cirurgia

Leia mais

ENCONTROS 2013 ONCOLOGIA DA PRIMAVERA PROGRAMA PROVISÓRIO. ÉVORAHOTEL, 18 a 21 de ABRIL www.encontrosdaprimavera.com. PRESIDENTE Sérgio Barroso

ENCONTROS 2013 ONCOLOGIA DA PRIMAVERA PROGRAMA PROVISÓRIO. ÉVORAHOTEL, 18 a 21 de ABRIL www.encontrosdaprimavera.com. PRESIDENTE Sérgio Barroso ENCONTROS 2013 DA PRIMAVERA ONCOLOGIA ÉVORAHOTEL, 18 a 21 de ABRIL www.encontrosdaprimavera.com PRESIDENTE Sérgio Barroso PROGRAMA PROVISÓRIO ORGANIZAÇÃO AGÊNCIA OFICIAL ENCONTROS 2013 DA PRIMAVERA ONCOLOGIA

Leia mais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 5 Amélia. Fundamentação Teórica: Câncer de mama e mastalgia

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 5 Amélia. Fundamentação Teórica: Câncer de mama e mastalgia CASO COMPLEXO 5 Amélia : Maria Cristina Gabrielloni O câncer de mama é o mais frequentemente diagnosticado e a principal causa de morte por câncer em mulheres em todo o mundo: 23% (1.380.000) do total

Leia mais

Residente Anike Brilhante Serviço de Cirurgia Geral Hospital Federal Cardoso Fontes Chefe do Serviço: Antônio Marcílio

Residente Anike Brilhante Serviço de Cirurgia Geral Hospital Federal Cardoso Fontes Chefe do Serviço: Antônio Marcílio Residente Anike Brilhante Serviço de Cirurgia Geral Hospital Federal Cardoso Fontes Chefe do Serviço: Antônio Marcílio Nódulo: - Pcp manifestação clínica das dçs da tireóide - 5% das mulheres e 1% dos

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO CONSULTA PÚBLICA Nº 8, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2011. DOU de 11/11/2011 (nº 217, Seção 1, pág.

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO CONSULTA PÚBLICA Nº 8, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2011. DOU de 11/11/2011 (nº 217, Seção 1, pág. MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO CONSULTA PÚBLICA Nº 8, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2011 DOU de 11/11/2011 (nº 217, Seção 1, pág. 88) O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE torna pública, nos termos do artigo

Leia mais

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado

TEMA: Trastuzumabe (Herceptin ) para tratamento câncer de mama localmente avançado NTRR 09/2013 Solicitante: Desembargador Alyrio Ramos Número do processo: 1.0134.12.010459-8/001 Impetrato: Secretaria de Caratinga Data: 02/02/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Trastuzumabe

Leia mais

PORTFOLIO DE PRODUTOS MÉDICOS & PESQUISA CLÍNICA

PORTFOLIO DE PRODUTOS MÉDICOS & PESQUISA CLÍNICA PORTFOLIO DE PRODUTOS MÉDICOS & PESQUISA CLÍNICA PLATAFORMA P R O F I L E D E S E N V O L V I M E N T O D E S O F T W A R E L T D A. Rua Rio Grande do Sul, 244 Cj. 23 - Centro - São Caetano do Sul - SP

Leia mais

LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de 2009

LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de 2009 Programa Preliminar LISBON ARRHYTHMIA MEETING, 2009 Hotel Mirage, Cascais, 20 e 21 de Fevereiro de 2009 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 1 6ª FEIRA 20 de Fevereiro SALA 2 09.15 09.30 Introdução à Reunião

Leia mais

Diagnóstico do câncer de mama Resumo de diretriz NHG M07 (segunda revisão, novembro 2008)

Diagnóstico do câncer de mama Resumo de diretriz NHG M07 (segunda revisão, novembro 2008) Diagnóstico do câncer de mama Resumo de diretriz NHG M07 (segunda revisão, novembro 2008) De Bock GH, Beusmans GHMI, Hinloopen RJ, Corsten MC, Salden NMA, Scheele ME, Wiersma Tj traduzido do original em

Leia mais

Tratamento Conservador do Cancro da Mama

Tratamento Conservador do Cancro da Mama Hospital Prof. Doutor Fernando da Fonseca Sessão Clínica Serviço de Ginecologia Diretora de Departamento: Dra. Antónia Nazaré Diretor de Serviço: Dr. Silva Pereira Tratamento Conservador do Cancro da Mama

Leia mais

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 A Presidente do Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região, no uso de suas atribuições legais, que lhe conferem a Lei Federal nº 6583/78 e o Decreto Federal nº 84444/80 e,

Leia mais

FUTURO DO EMPREENDEDORISMO MÉDICO COM RELEVÂNCIA NAS RADIOFREQUÊNCIAS APLICADAS À BIOTECNOLOGIA

FUTURO DO EMPREENDEDORISMO MÉDICO COM RELEVÂNCIA NAS RADIOFREQUÊNCIAS APLICADAS À BIOTECNOLOGIA FUTURO DO EMPREENDEDORISMO MÉDICO COM RELEVÂNCIA NAS RADIOFREQUÊNCIAS APLICADAS À BIOTECNOLOGIA Manuel Pais Clemente Organização: Introdução Empreendedorismo Médico Turismo de Saúde e Bem-estar Dispositivos

Leia mais

POLÍTICA ESTADUAL DE ATENÇÃO INTEGRAL ÀS PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME E OUTRAS HEMOGLOBINOPATIAS

POLÍTICA ESTADUAL DE ATENÇÃO INTEGRAL ÀS PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME E OUTRAS HEMOGLOBINOPATIAS POLÍTICA ESTADUAL DE ATENÇÃO INTEGRAL ÀS PESSOAS COM DOENÇA FALCIFORME E OUTRAS HEMOGLOBINOPATIAS Introdução As Hemoglobinopatias compreendem um grupo de distúrbios hereditários que afetam a síntese de

Leia mais

Recomendações do tratamento do câncer de rim estadio T1

Recomendações do tratamento do câncer de rim estadio T1 V Congresso Internacional de Uro-Oncologia Recomendações do tratamento do câncer de rim estadio T1 Afonso C Piovisan Faculdade de Medicina da USP São Paulo Ari Adamy Hospital Sugusawa e Hospital Santa

Leia mais

Resumo O rastreamento mamográfico aumentou o número de pacientes em estádios

Resumo O rastreamento mamográfico aumentou o número de pacientes em estádios REVISÃO Indicações da cirurgia conservadora no câncer de mama Indications for conservative surgery in breast cancer Luiz Henrique Gebrim 1 Jorge Y. Shida 2 André Mattar 3 Marcelo Madeira 4 Palavras-chave

Leia mais

Analisar a sobrevida em cinco anos de mulheres. que foram submetidas a tratamento cirúrgico, rgico, seguida de quimioterapia adjuvante.

Analisar a sobrevida em cinco anos de mulheres. que foram submetidas a tratamento cirúrgico, rgico, seguida de quimioterapia adjuvante. Estudo de sobrevida de mulheres com câncer de mama não metastático tico submetidas à quimioterapia adjuvante Maximiliano Ribeiro Guerra Jane Rocha Duarte Cintra Maria Teresa Bustamante Teixeira Vírgilio

Leia mais

PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA

PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA PROGRAMA DE RASTREAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES DA REGIÃO DO CARIRI OCIDENTAL, ESTADO DA PARAÍBA Eulina Helena Ramalho de Souza 1 Telma Ribeiro Garcia 2 INTRODUÇÃO O câncer de mama é uma neoplasia

Leia mais

Manejo da terapia antitrombótica em pacientes submetidos a procedimentos invasivos ou cirurgia

Manejo da terapia antitrombótica em pacientes submetidos a procedimentos invasivos ou cirurgia Manejo da terapia antitrombótica em pacientes submetidos a procedimentos invasivos ou cirurgia EULER MANENTI MD PhD FACC Ins2tuto de Medicina Cardiovascular Sistema de Saúde Mãe de Deus Porto Alegre Conflito

Leia mais

Protocolo de Rastreamento e Detecção Precoce do Câncer de Mama do Município de Porto Alegre

Protocolo de Rastreamento e Detecção Precoce do Câncer de Mama do Município de Porto Alegre PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO Protocolo de Rastreamento e Detecção Precoce do Câncer de Mama do Município de Porto Alegre 1

Leia mais

Câncer de Mama IZABELLA SERAPHIM PITANGA. Princípios Básicos História Natural Epidemiologia. Mastologista do Núcleo da Mama

Câncer de Mama IZABELLA SERAPHIM PITANGA. Princípios Básicos História Natural Epidemiologia. Mastologista do Núcleo da Mama Câncer de Mama Princípios Básicos História Natural Epidemiologia IZABELLA SERAPHIM PITANGA Mastologista do Núcleo da Mama O QUE É CÂNCER? Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm

Leia mais

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo

Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Estado da arte: QT adjuvante para tumor Her-2 negativo Ingrid A. Mayer, M.D., M.S.C.I. Professora Assistente Diretora, Pesquisa Clínica Programa de Câncer de Mama Vanderbilt-Ingram Cancer Center Nashville,

Leia mais

NUTRIÇÃO NO IDOSO. Nut. Melissa Côrtes da Rosa. Especialização em TN enteral e parenteral Especializada no atendimento de idosos CRN2 6250

NUTRIÇÃO NO IDOSO. Nut. Melissa Côrtes da Rosa. Especialização em TN enteral e parenteral Especializada no atendimento de idosos CRN2 6250 NUTRIÇÃO NO IDOSO Nut. Melissa Côrtes da Rosa Especialização em TN enteral e parenteral Especializada no atendimento de idosos CRN2 6250 1 AUMENTO DA EXPECTATIVA DE VIDA Dados IBGE Brasil 21 milhões de

Leia mais

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE Nenhum conflito de interesse COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Como fazer o acompanhamento

Leia mais

Mamografia para o rastreamento do câncer de mama em mulheres com idade abaixo dos 50 anos, entre 50 e 69 anos e com mais de 70 anos

Mamografia para o rastreamento do câncer de mama em mulheres com idade abaixo dos 50 anos, entre 50 e 69 anos e com mais de 70 anos Mamografia para o rastreamento do câncer de mama em mulheres com idade abaixo dos 50 anos, entre 50 e 69 anos e com mais de 70 anos N o xxx Abril/2015 2015 Ministério da Saúde. É permitida a reprodução

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva 2014 Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva/ Ministério da Saúde. Esta

Leia mais

ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR PERSONALIZADA DO CÂNCER DE MAMA

ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR PERSONALIZADA DO CÂNCER DE MAMA ONCOCLÍNICAS DO BRASIL & DANA-FARBER/HARVARD CANCER CENTER ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR PERSONALIZADA DO CÂNCER DE MAMA TIVOLI SÃO PAULO MOFARREJ - BRASIL 07 e 08 de Fevereiro de 2014 COMISSÃO CIENTÍFICA

Leia mais

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso. Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva CÂNCER DE MAMA: é preciso falar disso Ministério da Saúde Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva 2014 Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva/ Ministério da Saúde. Esta

Leia mais

Humberto Brito R3 CCP

Humberto Brito R3 CCP Humberto Brito R3 CCP ABSTRACT INTRODUÇÃO Nódulos tireoideanos são achados comuns e raramente são malignos(5-15%) Nódulos 1cm geralmente exigem investigação A principal ferramenta é a citologia (PAAF)

Leia mais

O Novo BI-RADS. Introdução. MARCONI LUNA Pres. Departamento de Mamografia da SBM.

O Novo BI-RADS. Introdução. MARCONI LUNA Pres. Departamento de Mamografia da SBM. 1 O Novo BI-RADS MARCONI LUNA Pres. Departamento de Mamografia da SBM. Introdução No Congresso Americano de Radiologia em dezembro de 2003 (RSNA) em Chicago foi divulgado a 4ª edição do BI-RADS (Breast

Leia mais

HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA

HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA HISTÓRIA NATURAL DOS TIPOS RAROS DE CÂNCER DE MAMA Carcinomas Profª. Dra. Maria do Carmo Assunção Carcinoma tipo basal Grau 3 CK14 & CK5 = Positivo P63 pode ser positivo (mioepitelial) Triplo negativo

Leia mais

Gerente de Qualidade do Hospital Sírio-Libanês. Vera Lúcia Borrasca Enfermeira Gerente de Segurança Assistencial do Hospital Sírio-Libanês

Gerente de Qualidade do Hospital Sírio-Libanês. Vera Lúcia Borrasca Enfermeira Gerente de Segurança Assistencial do Hospital Sírio-Libanês Coordenação Sandra Cristine da Silva Profª. Dra. em Enfermagem Gerente de Qualidade do Vera Lúcia Borrasca Enfermeira Gerente de Segurança Assistencial do Apresentação Abordar a qualidade em saúde não

Leia mais

O seu guia para entender o laudo médico de câncer de mama

O seu guia para entender o laudo médico de câncer de mama O seu guia para entender o laudo médico de câncer de mama Desenvolvido para você pela breastcancer.org, com traduções realizadas em colaboração com a Cancer Resource Foundation, Inc. www.cancer1source.org.

Leia mais

Câncer de Pulmão Casos Clínicos Riad Younes Hospital S ão São José São Paulo

Câncer de Pulmão Casos Clínicos Riad Younes Hospital S ão São José São Paulo Câncer de Pulmão Casos Clínicos Riad Younes Hospital São José São SoPaulo uo Caso 1 Paciente com 70 anos, fumante crônico 20 cig/d/42 anos,,p parou há 11 anos, tosse há 3 meses Rx de tórax: massa em LIE

Leia mais

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 07 /2014 - CESAU. OBJETO: Parecer. Centro de Apoio Operacional

CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE DEFESA DA SAÚDE CESAU ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 07 /2014 - CESAU. OBJETO: Parecer. Centro de Apoio Operacional ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 07 /2014 - CESAU Salvador, 20 de janeiro de 2014 OBJETO: Parecer. Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde- CESAU. REFERÊNCIA: xxxx Promotoria da Justiça de Salvador / Dispensação

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE. Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS ULTRASSONOGRAFIA MAMÁRIA

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE. Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS ULTRASSONOGRAFIA MAMÁRIA Gerência de Regulação PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES/PROCEDIMENTOS AMBULATORIAIS ULTRASSONOGRAFIA MAMÁRIA 2013 Observações a serem consideradas no preenchimento de todas as solicitações de Exames disponibilizados

Leia mais

Evolução de 45 anos de siliconoma de mama. Relato de caso

Evolução de 45 anos de siliconoma de mama. Relato de caso Relato de caso Evolução de 45 anos de siliconoma de mama. Relato de caso Breast implant with industrialized liquid silicone and the evolution of siliconoma for 45 years. Case report Renata Ferreira Silva

Leia mais

PET- TC aplicações no Tórax

PET- TC aplicações no Tórax PET- TC aplicações no Tórax Disciplina de Pneumologia InCor- HCFMUSP Prof. Dr. Mário Terra Filho 1906 1863 Eisenberg 1992 (J. Kavakama) RxTC- Sec XIX-XX Lyons-Petrucelli 1978 Sec XIX PET- Sec XX-XXI PET

Leia mais

A primeira avaliação individual com o paciente

A primeira avaliação individual com o paciente I Encontro de Profissionais de Saúde para Abordagem e Tratamento do Tabagismo na rede SUS 12/09/2012 RJ - INCA A primeira avaliação individual com o paciente Cristina Cantarino Coordenadora do Centro de

Leia mais

Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr

Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr Discussão de Casos Clínicos Doença Localizada e Localmente Avançada Riad N. Younes William N. William Jr Caso 1 Paciente fumante crônico, 61 anos, bom estado geral. Diagnosticado tumor de LSD de 3,7 cm,

Leia mais

IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES

IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS EM ANGOLA CONCLUSÕES / RECOMENDAÇÕES Realizou-se nos dias 24 e 25 de Janeiro de 2014, no Centro de Convenções de Talatona, o IX CONGRESSO INTERNACIONAL DOS MÉDICOS

Leia mais

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO

O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio. Maria de Fátima Dias Gaui CETHO O Que solicitar no estadiamento estádio por estádio Maria de Fátima Dias Gaui CETHO Introdução Objetivo: Definir a extensão da doença: Estadiamento TNM (American Joint Committee on Cancer ). 1- Avaliação

Leia mais

Palavras-chave Esvaziamento axilar, câncer de mama, estadiamento patológico

Palavras-chave Esvaziamento axilar, câncer de mama, estadiamento patológico ARTIGO / Article Estadiamento Patológico Linfonodal versus Níveis de Esvaziamento Axilar no Câncer de Mama Pathological Lymph Node Staging versus Axillary Dissection Levels in Breast Cancer Arthur Leopoldo

Leia mais

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO Wilker Luiz Machado Barros¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil wilkermachado1@hotmail.com,

Leia mais

1.1 NOME 1.2 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO JULIO ALBERTO SONCINI. Filiação: Alberto Oswaldo Soncini e Maria Jenny D. Soncini

1.1 NOME 1.2 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO JULIO ALBERTO SONCINI. Filiação: Alberto Oswaldo Soncini e Maria Jenny D. Soncini 1.1 NOME JULIO ALBERTO SONCINI Filiação: Alberto Oswaldo Soncini e Maria Jenny D. Soncini Data de nascimento: 18 de outubro de 1957. Naturalidade : São Paulo- SP Nacionalidade: Brasileira. 1.2 DADOS DE

Leia mais

Dr. Daniel Adriano Reis

Dr. Daniel Adriano Reis Curriculum Vitae Dr. Daniel Adriano Reis CRM-MG: 44828 Graduação Medicina Universidade Federal de Minas Gerais Residência Médica MEC Cirurgia Geral Hospital das Clínicas UFMG Residência Médica MEC Cirurgia

Leia mais

Melhor em Casa Curitiba-PR

Melhor em Casa Curitiba-PR Melhor em Casa Curitiba-PR ATENÇÃO DOMICILIAR Modalidade de Atenção à Saúde, substitutiva ou complementar às já existentes, caracterizada por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Transportes

Gerenciamento de Riscos em Transportes Aon Risk Solutions Gerenciamento de Riscos em Transportes Agregando inteligência ao negócio Risk. Reinsurance. Human Resources. Gerenciamento de Riscos em Transportes Agregando inteligência ao negócio

Leia mais

PREVENÇÃO DA RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: João Borges Fortes Filho

PREVENÇÃO DA RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: João Borges Fortes Filho FACULDADE DE MEDICINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE PREVENÇÃO DA RETINOPATIA DA PREMATURIDADE: A VISÃO DO OFTALMOLOGISTA João Borges Fortes Filho MESTRE,

Leia mais

SISMAMA. Sistema de Informação do Câncer de Mama. Coordenação Manual de Operação. Versão do produto: 1.0. Edição do documento: 1.

SISMAMA. Sistema de Informação do Câncer de Mama. Coordenação Manual de Operação. Versão do produto: 1.0. Edição do documento: 1. SISMAMA Sistema de Informação do Câncer de Mama Coordenação Manual de Operação Versão do produto: 1.0 Edição do documento: 1.0 Outubro de 2008 SISMAMA Sistema de Informação do Câncer de Mama Coordenação

Leia mais

FGV GV Saúde. Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção. Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013

FGV GV Saúde. Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção. Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013 FGV GV Saúde Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013 A Revisão Continuada de Saúde Revisão Continuada de Saúde (RCS)

Leia mais

Adenocarcinoma de Esôfago como conseqüência de Esôfago de Barret

Adenocarcinoma de Esôfago como conseqüência de Esôfago de Barret Adenocarcinoma de Esôfago como conseqüência de Esôfago de Barret Serviço de Cirurgia Geral III Dr Antônio Borges Campos Denissa F. G. Mesquita Extensionista da Cir. do Ap. Digestório Samuel Luz Moreno

Leia mais

Resumo. Abstract. A oncoplastia no tratamento conservador do câncer de mama ATUALIZAÇÃO. Oncoplastic and conservative treatment of the breast cancer

Resumo. Abstract. A oncoplastia no tratamento conservador do câncer de mama ATUALIZAÇÃO. Oncoplastic and conservative treatment of the breast cancer A oncoplastia no tratamento conservador do câncer de mama Oncoplastic and conservative treatment of the breast cancer ATUALIZAÇÃO Resumo Os autores usam técnicas conhecidas de cirurgia plástica da mama

Leia mais

Situação do Câncer de Mama na Região de Campinas. Dr. Carlos Alberto Menossi

Situação do Câncer de Mama na Região de Campinas. Dr. Carlos Alberto Menossi Situação do Câncer de Mama na Região de Campinas Dr. Carlos Alberto Menossi Câncer de Mama É o que mais causa morte entre as mulheres Estima-se em torno de 52 casos para 100.000 mulheres para 2012 (INCA/MS)

Leia mais

Casos Clínicos: câncer de mama

Casos Clínicos: câncer de mama Casos Clínicos: câncer de mama Coordenador: Eder Babygton Alves Clinirad Curitiba PR Comentários: Dr. Alvaro Martinez Oakland University William Beaumont School of Medicine Dr. Robert Kuske MD Scottsdale

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ACONSELHAMENTO GENÉTICO

Leia mais

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite

Insulinização. http://www.imepen.com/niepen. Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS. Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite Insulinização http://www.imepen.com/niepen Niepen Programa de Educação Continuada Educação Continuada para APS Dra Carla Lanna Dra Christiane Leite CONTROLE GLICÊMICO NO BRASIL: Mendes AB, et al. Acta

Leia mais

A Estética da Mama CLÍNICA FERNANDO BASTO

A Estética da Mama CLÍNICA FERNANDO BASTO A Estética da Mama A estética da mama responde a costumes étnicos, sociais e culturais. Há não muitos anos, no Brasil as mulheres solicitavam a diminuição do volume do seio, quando a aspiração do inconsciente

Leia mais