Gestão de Equipes Assistenciais:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Equipes Assistenciais:"

Transcrição

1 Gestão de Equipes Assistenciais: desafios e oportunidades Fábio Patrus Supte. Gestão de Pessoas e Qualidade Hospital Sírio-Libanês Administrador de Empresas FACE-UFMG Mestre em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde FGV/SP MBA em Gestão Empresarial Fundação Dom Cabral Fullbright Fellow Emory University - EUA

2 Tópicos da apresentação

3 O contexto da gestão em saúde...

4 O contexto da gestão em saúde Mintzberg e o conceito de burocracia profissional*: O controle sobre seu próprio trabalho significa que o profissional age independentemente de seus colegas, mas diretamente com os clientes que serve. (...) É o poder do conhecimento especializado Mintzberg (2003 pg.213) * MINTZBERG, Henry Criando organizações eficazes: estruturas em cinco configurações; 2.ed. São Paulo: Atlas, 2003

5 O contexto em que vivemos... Conhecimento em gestão ainda é visto como secundário... pela opção natural em considerar o foco no paciente e nas demandas operacionais como prioritárias... porque a gestão talvez ainda não seja vista como área de conhecimento...

6 Outras características culturais das instituições de saúde Predomínio da visão cartesiana, alta especialização Discurso da unicidade do setor saúde Profissionalização incipiente do setor Ceticismo em relação aos modelos empresariais Dificuldade em lidar com o subjetivo, com os temas soft Visão instrumental de recursos humanos

7 Questões centrais para gestão das equipes assistenciais

8 Questões centrais da gestão das equipes assistenciais 1. O gestor está preparado para o exercício da liderança? 2. Como lidar com as barreiras para a integralidade do cuidado? 3. Como lidar com as diferenças entre gerações? 4. Como colocar engajamento na agenda de todos os gestores?

9 Questão 01: O gestor está preparado para o exercício da liderança?

10 O desempenho do gestor técnico - Gestor, em função do domínio técnico, se ocupa em resolver problemas do dia a dia, apagar incêndios... - Equipe entende o comportamento do chefe e passa a delegar para cima... - Equipe não se desenvolve, não é tensionada a um desempenho superior... - Gestor não consegue impor um novo projeto, faz no máximo melhorias pontuais... - Gestor passa a não desempenhar como gestor, não tendo tempo para se preparar para reuniões, para discutir resultados, se reunir com pares, visitar outras experiências...

11 Como gerenciamos nossas equipes? Entrega / resultado Supera Atende Não atende Não atende Atende Supera Comportamento / atitude

12 O ciclo vicioso do gestor técnico Menor potencial de engajamento da equipes Desempenho suficiente, ou até mesmo medíocre Pouca ênfase no diálogo e no cuidado das questões soft de RH Gestor técnico Expertise voltado para o desempenho assistencial Foco maior na tarefa e menor nas pessoas

13 Questão 02: Como lidar com as barreiras para a integralidade do cuidado?

14 A difícil integração entre áreas Visão cartesiana e alta especialização não favorecem visão sistêmica Estrutura departamentalizada reforça a fragmentação do modelo assistencial Herança de uma cultura predominantemente autoritária fortalece a criação dos muros corporativos

15 A difícil integração entre equipes multiprofissionais Diferentes formações, diferentes subculturas Indefinição do modelo assistencial Dificuldade da gestora em se legitimar como líder de diferentes categorias profissionais Relação nem sempre clara com o corpo clínico

16 Questão 03: Como lidar com as diferenças entre gerações?

17 Nosso estilo de liderança é compatível com o perfil das novas gerações? O modo como gerenciam as gerações anteriores Dizem o que precisam, nem sempre explicam a necessidade Aceitam, respeitam e até valorizam a hierarquia Valorizam a experiência Tendem a ser mais conservadores O modo como a geração Y espera ser liderada Querem entender a necessidade, não se submetem sem acreditar na solução Querem participar e discutem em um mesmo nível Valorizam a competência e os resultados Arriscam mais, aceitam o erro como parte do processo de aprendizagem

18 Questão 04: Como colocar engajamento na agenda de todos os gestores?

19 O desafio do engajamento * * Copyright AON-Hewitt

20 Nosso caminho no Hospital Sírio- Libanês Como buscamos lidar com esses desafios?

21 O Hospital Sírio-Libanês Nossa missão A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês é uma Instituição Filantrópica Brasileira que desenvolve ações integradas de assistência social, de saúde, de ensino e de pesquisa. Nossos valores Calor Humano Excelência Pioneirismo Conhecimento Filantropia Fachada do 1º bloco do Hospital

22 O Hospital Sírio-Libanês A causa, nossa missão filantrópica... Fazer bem o bem... A Obra... Por meio do crescimento conseguir fazer mais e melhor para aqueles que mais precisam...

23 Nosso caminho para o desenvolvimento da gestão assistencial Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como pauta constante de RH 5. Apoio consultivo de RH

24 Nosso caminho 1. Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como pauta constante de RH 5. Apoio consultivo de RH

25 Caderno de Gestão de Pessoas da SBSHSL

26 Pessoas e Tecnologia Processos Internos Mercado Sustentabilidade Racionalizar custos Assegurar a perenidade e a responsabilidade social da instituição Aumentar receitas Pioneirismo Filantropia Conhecimento Fortalecer a marca como referência nos modelos de responsabilidade social, assistência, ensino e pesquisa Excelência Calor Humano Aumentar a base de clientes OTIMIZAÇÃO / EXCELÊNCIA CRESCIMENTO / EXPANSÃO Garantir qualidade, segurança e eficiência dos processos assistenciais e administrativos Aprimorar a aliança com o corpo clínico capacidade escala PILARES P Expandir a operação (aumento de capacidade e unidades externas) e gerar novos negócios Ampliar as áreas de especialidades de alta complexidade P P Aprimorar relacionamento com as operadoras e corretoras, clientes corporativos e pacientes particulares Ampliar o relacionamento com investidores sociais P P Responsabilidade Social / Ambiental Ensino e Pesquisa Minimizar o impacto da operação no meio ambiente Apoiar o Estado no aprimoramento do SUS Ser um centro de gestão do conhecimento na área da saúde Tecnologia Ser pioneiro na incorporação de novas tecnologias Ter sistemas que garantam a utilidade e qualidade da informação Capital Organizacional Integrar e alinhar áreas e pessoas Capital Humano Desenvolver competências Atrair e reter talentos Ter colaboradores satisfeitos e comprometidos com a Instituição

27 Nosso caminho 1. Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como pauta constante de RH 5. Consultoria de gestão de pessoas baseada em indicadores

28 Conjunto de Capacidades Gestão por Competência: o nosso modelo Formação Experiência Idiomas Conhecimentos Habilidades Valores Competência Desempenho Descrição de desempenhos e atitudes observáveis em níveis de abrangência

29 Aplicações do Programa de Gestão por Competência Recrutamento e Seleção Integração Contrato de desempenho Gestão do desempenho Colaborador motivado e competente Análise de potencial Diagnóstico de competências e plano de treinamento

30 Como cada equipe será contemplada pela Gestão por Competências?

31 As competências do Gestor do Hospital Sírio-Libanês Gestão da estratégia Gestão do conhecimento Inserir o conceito de competência Gestor SBSHSL Gestão do cuidado Gestão de processos Gestão de pessoas

32 As competências do Profissional de Saúde do Hospital Sírio-Libanês Gestão da Assistência Educação Inserir o conceito de competência Profissional de saúde SBSHSL Gestão do Trabalho

33 Nosso caminho 1. Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como semente para o futuro 5. Apoio consultivo de RH

34

35 PDG Competência Gestão de Pessoas

36 PDG Gestão Estratégica Abertura com Mario Sergio Cortella PDG Gestão Estratégica Workshop com Diretores e Gerentes

37 O Fórum de Educação Comitê de Educação Engenharia Clínica Hospedagem Nutrição Médicos Escola de Enfermagem Fisioterapia Desenvolvimento de Enfermagem IEP CCIH Tecnologia da Informação Segurança do Trabalho Qualidade Desenvolvimento Organizacional Farmácia Atendimento

38 Programas de Educação Corporativa Jogos, games virtuais e e-learning Fábio Patrus, do RH, e Karine Bachi Eduardo, auxiliar administrativa, entre o ambiente real e o virtual, desenhado para ensinar as normas de segurança aos funcionários do Sírio-Libanês

39 NR32 Piloto para áreas operacionais

40 NR32 Piloto para áreas operacionais

41 E-learning - NR 32 para areas não assistenciais

42

43 E-learning sobre ferramentas da Qualidade

44

45 e-learning Diagnóstico e Tratamento de Paciente com AVCI

46

47

48

49

50 Qualidade em Jogo

51 Jogo da Ronda

52 Treinamentos interativos da Joint

53 Nosso caminho 1. Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como pauta constante de RH 5. Apoio consultivo de RH

54

55 Edição especial da Revista dos Colaboradores com relatos das áreas com altos índices de engajamento Café para celebração com os gestores das áreas de destaque na Pesquisa de Engajamento

56 Nosso caminho 1. Clareza da relação que se quer 2. Clareza do que se espera do gestor e do profissional de saúde 3. Desenvolvimento como prioridade para retenção 4. Engajamento como pauta constante de RH 5. Apoio consultivo de RH

57 0,56% 0,70% Índice de desligamento por iniciativa do colaborador CLT 2,00% 1,50% Média do quadrimestre ,78% Média G (excl. HSL) 0,73% 1,00% 0,69% 0,90% 0,81% 0,73% 0,50% 0,00% jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez Média 2010 Média Meta

58 Painel de controle do desligamento voluntário cargos críticos CARGOS CRÍTICOS MÉDIA MÊS (BASE 2011) jan/12 fev/12 mar/12 abr/12 MÉDIA JAN-ABR AUX. HIGIENE 1,0% 0,0% 0,5% 1,0% 0,5% 0,5% AUX. ENFERMAGEM 0,5% 0,6% 1,6% 0,2% 0,5% 0,7% ENFERMEIROS 0,9% 0,8% 0,5% 1,8% 0,8% 1,0% TEC. ENFERMAGEM 0,5% 0,3% 0,7% 1,3% 0,3% 0,7% AUX. FARMACIA 0,9% 0,9% 0,0% 3,7% 1,0% 1,4% ASSISTENTE ATENDIMENTO 0,5% 1,0% 0,5% 0,5% 1,6% 0,9% ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 0,9% 0,6% 0,6% 0,0% 0,0% 0,3% AUX. ADMINISTRATIVO 1,3% 1,6% 2,4% 2,0% 1,1% 1,8% FISIOTERAPEUTA 0,6% 3,0% 0,8% 0,8% 0,8% 1,3% CONDIÇÃO CRÍTICA 1% CONDIÇÃO PREOCUPANTE 0,8 ou 0,9%

59 3,37% Taxa de Absenteísmo menor do que 15 dias (jan-dez/11) Cargos críticos x média HSL 2,92% 2,70% 2,47% 1,88% 1,27% AUX. ADM. AUX. HIGIENE AUX. ENFª TEC. ENFª ENFERMEIROS INSTITUCIONAL

60 Em síntese Para lidar com... Nosso caminho O preparo do gestor 2. A capacidade de lidar com a Geração Y 3. O desafio da integralidade 4. O desafio do engajamento Desenvolvimento das Competências Gerenciais, entre elas a de Gestão de Pessoas Gestão das competências assistenciais Projeto Engajamento

61 Conclusões Estamos habituados a valorizar o resultado quantitativo mas em gestão de pessoas, não dá para desprezar o cuidado com o simbólico, o intangível, o jeito como cada pessoa age e interage...

62 Enfim... se... entendermos motivação como algo intrínseco, ligado fundamentalmente à natureza da atividade, ao sentido do trabalho... (BERGAMINI e outros)... talento se desenvolve com competência + compromisso + significado (DAVID ULRICH)... entendermos que o profissional de saúde já possui uma motivação intrínseca para o trabalho...

63 Já faremos muito se... Houver recursos adequados para trabalhar e um ambiente seguro Os gestores minimamente reconhecerem sua equipe como pessoas e não como instrumentos a serviço do paciente (ou às vezes do médico também...) Houver o cuidado e a sensibilidade para não deixar a tensão natural do processo de cuidado piorar ainda mais as relações no trabalho e a saúde dos profissionais

64 E, em última instância, disso depende... Orientação obsessiva para criação de um ambiente de aprendizagem Dedicação de tempo para ouvir as pessoas, dar feedback constante e alinhar expectativas O exemplo da liderança O reconhecimento pelo bom desempenho individual A celebração pelo bom desempenho da equipe

65 E na base de tudo...

66 A construção de uma relação de CONFIANÇA, Das equipes, espera-se: Relacionamento ético e responsável Sentimento de propriedade (preocupação genuína com os resultados da empresa e de suas ações...) Empenho na busca de resultados superiores

67 Dos gestores, espera-se a atitude... Você Gestor de Pessoas constrói a confiança diariamente, com suas atitudes. O diferencial, portanto, pode estar na capacidade de cada um de nós gestores, individual e coletivamente demonstrarmos na prática o nosso empenho em fazer (de nossas) instituições um lugar cada vez melhor para quem dela precisa e para nós mesmos. Trecho extraído do Caderno de Gestão de Pessoas (SBSHSL, 2010)

68 Muito Obrigado

QualiHosp Curso Pré-Congresso

QualiHosp Curso Pré-Congresso QualiHosp Curso Pré-Congresso Desempenho Organizacional Foco: Gestão do Desempenho da Gestão de Pessoas Reflexões teóricas e o nosso caminho no HSL... Questão-chave: Como avaliar o desempenho da gestão

Leia mais

Levantamento do Perfil de Governança e Gestão de Pessoas da Administração Pública Federal

Levantamento do Perfil de Governança e Gestão de Pessoas da Administração Pública Federal Fórum Gestão de Pessoas Levantamento do Perfil de Governança e Gestão de Pessoas da Administração Pública Federal Fabiano Nijelschi G. Fernandes Auditor Federal de Controle Externo Secretaria de Fiscalização

Leia mais

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355 Position Paper Edição Nº As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos www.ipledu.com +55 64 955 O ipl Institute of Performance and Leadership é uma empresa especializada

Leia mais

A Sustentabilidade no HSL. Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social

A Sustentabilidade no HSL. Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social A Sustentabilidade no HSL Diretoria de Filantropia e Responsabilidade Social Sustentabilidade HSL Panorama Geral Desequilíbrio do processo econômico Fonte: New Scientist (18 October 2008, p 40). Legenda:

Leia mais

Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014

Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014 Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014 Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo (CORTELLA) DESENVOLVIMENTO

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Modelo de Gestão de Enfermagem na área Hospitalar:

Modelo de Gestão de Enfermagem na área Hospitalar: Modelo de Gestão de Enfermagem na área Hospitalar: Como Fazer? Ivana Lucia Correa Pimentel de Siqueira Superintendente de Atendimento e Operações Unidades de Internação Geral Unidades de Terapia Intensiva

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional

Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional Gestão Estratégica de Pessoas Pessoas => Talento Desempenho => Excepcional Eunice Rios Guimarães Batista 24-03-2011 Embraer Evolução societária Até novembro de 1994 Empresa estatal (de âmbito federal).

Leia mais

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br www.grupovalure.com.br Estes são alguns dos grandes desafios da atualidade no mundo profissional e o nosso objetivo é contribuir

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011

O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras. Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 O Engajamento em Programas Empresariais: funcionários, gestão e áreas parceiras Trabalho em Grupo Encontro de 03/08/2011 Resumo Mesa 1 Questão 1 O que dá significado/contribui para a participação do funcionário

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

O RH dos sonhos dos CEOs

O RH dos sonhos dos CEOs O RH dos sonhos dos CEOs Expectativas e estratégias da liderança para os Recursos Humanos Presidentes de empresas de todos os portes falaram sobre a importância dos Recursos Humanos para as suas empresas

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ

A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ A experiência do IRSSL com o Contrato de Gestão do HMIMJ O contexto Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio Libanês (2005) Assistencialismo Hospital Municipal Infantil Menino Jesus (2005) Responsabilidade

Leia mais

Pessoas e negócios em evolução.

Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria Pessoas e negócios em evolução. Silvestre Consultoria desde 2001 Nossos Serviços: Pesquisa de Clima Cargos e Salários Avaliação de Desempenho Recrutamento Especializado Mapeamento

Leia mais

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral

TIControle. Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal. Doris Peixoto Diretora Geral TIControle Governança Corporativa e Gestão Estratégica no Senado Federal Doris Peixoto Diretora Geral 11/04/2012 Tópicos para nossa conversa de hoje A migração da Governança de TI para o nível corporativo

Leia mais

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA. Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br

TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA. Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO COMO FONTE DE VANTAGEM COMPETITIVA Rogerio Leme rogerio@lemeconsultoria.com.br PUBLICAÇÕES Solicitar slides: eventos@lemeconsultoria.com.br Contato: rogerio@lemeconsultoria.com.br

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

Mudança Orientada por Comportamento

Mudança Orientada por Comportamento Mudança Orientada por Comportamento Quando um sistema de gestão de SSO não é suficiente para melhorar o desempenho organizacional em acidentes Caroline Passuello e Mauro Tavares Abril 2012 DNV Business

Leia mais

Desenvolvimento Humano

Desenvolvimento Humano ASSESSORIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento Humano ADVISORY Os desafios transformam-se em fatores motivacionais quando os profissionais se sentem bem preparados para enfrentá-los. E uma equipe

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas MBA em Gestão de Pessoas Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional Feriados Importantes MBA EM GESTÃO DE PESSOAS INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES - Os temas e Professores específicos de cada

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé Política Corporativa Setembro 2012 Política de Recursos Humanos da Nestlé Autoria/Departamento Emissor Recursos Humanos Público-Alvo Todos os Colaboradores Aprovação Concelho Executivo, Nestlé S.A. Repositório

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

A PEOPLE RIGHT CONSULTING:

A PEOPLE RIGHT CONSULTING: A PEOPLE RIGHT CONSULTING: A People Right Consulting foi criada com o propósito de atuar de forma diferenciada no mercado de recrutamento e seleção de profissionais e executivos de média e alta gerência,

Leia mais

21/8/2009 COMO ATRAIR E RETER OS TALENTOS DA GERAÇÃO Y BRASILEIRA GERAÇÃO Y BRASILEIRA. Ana Maria Costa Miriam S. Korn. Prof.

21/8/2009 COMO ATRAIR E RETER OS TALENTOS DA GERAÇÃO Y BRASILEIRA GERAÇÃO Y BRASILEIRA. Ana Maria Costa Miriam S. Korn. Prof. COMO ATRAIR E RETER OS TALENTOS DA Ana Maria Costa Miriam S. Korn Prof. Carlos Honorato Globalização Empresa Competitiva Avanço tecnológico Consumidores conscientes Líderes do Futuro Inovação Informação

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação. Existem muitas definições para avaliação, não existe uma única.

Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação. Existem muitas definições para avaliação, não existe uma única. Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial Avaliação, Monitoramento e Impacto no Programa de Voluntariado Empresarial: Teoria e Prática 25/11/14 Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO

CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO CÓDIGO DE ÉTICA COMO PAUTAMOS NOSSOS RELACIONAMENTOS COM AS PARTES INTERESSADAS DO NOSSO NEGÓCIO Elaborado por: Patrícia Amato e Kátia Périco Alberto Couto & Associados Transformando pessoas para vender

Leia mais

www.coachnetwork.com.br

www.coachnetwork.com.br www.coachnetwork.com.br (55) 3333-3033 Seja um mestre na arte de liderar pessoas e inspirá-las rumo ao sucesso. OBJETIVOS Oferecer uma ampla gama de conhecimentos para estruturar metodologias de sucesso

Leia mais

RRelevância do curso. OObjetivo do curso. FFundamentação Teórica: ATENDIMENTO E POSTURA NO AMBIENTE DE TRABALHO. Público-alvo

RRelevância do curso. OObjetivo do curso. FFundamentação Teórica: ATENDIMENTO E POSTURA NO AMBIENTE DE TRABALHO. Público-alvo Vigilantes, vigias, porteiros ou interessados em ingressar nessas funções. A empresa que presta serviços de vigilância tem a grande preocupação de manter a segurança de seu cliente, mas também de não receber

Leia mais

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 Agenda Contexto de Mercado Case Natura Perguntas Contexto Externo (1/3) Pesquisa Panorama Empresarial Brasil 2011,

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT Quadro de Servidores SITUAÇÃO 2008 2009 Abril 2010 CARGOS EFETIVOS (*) 429 752 860 Analista Administrativo 16 40 41 Especialista em Regulação 98 156 169

Leia mais

II Forum PLANISA de Gestão da Saúde. Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão

II Forum PLANISA de Gestão da Saúde. Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão II Forum PLANISA de Gestão da Saúde Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão HOSPITAL MÃE DE DEUS 380 leitos 2.234 funcionários 68.000 m 2 - área construída

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

Fundação Dom Cabral PGA 2012 Temas para Excelência GESTÃO DE PESSOAS. Fátima Lima Renata Vilhena

Fundação Dom Cabral PGA 2012 Temas para Excelência GESTÃO DE PESSOAS. Fátima Lima Renata Vilhena Fundação Dom Cabral PGA 2012 Temas para Excelência GESTÃO DE PESSOAS Fátima Lima Renata Vilhena O quanto vale investir em pessoas? Que empresa quer crescer? Que empresa quer inovar? Que empresa quer ser

Leia mais

1 SEPAGE Seminário i Paulista de Gestão em Enfermagem. Liderança Coaching e Desenvolvimento de Pessoas

1 SEPAGE Seminário i Paulista de Gestão em Enfermagem. Liderança Coaching e Desenvolvimento de Pessoas 1 SEPAGE Seminário i Paulista de Gestão em Enfermagem Liderança Coaching e Desenvolvimento de Pessoas Maria Lúcia Alves Pereira Cardoso GEPAG UNIFESP abril / 2009 CONTEXTO Características do Trabalho no

Leia mais

Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças

Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças Responsável pela elaboração e realização de projetos em empresas de porte que foram reconhecidos

Leia mais

PAINEL: MELHORES PRÁTICAS NO DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES PREPARANDO A ATUAL E A NOVA GERAÇÃO

PAINEL: MELHORES PRÁTICAS NO DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES PREPARANDO A ATUAL E A NOVA GERAÇÃO TÍTULO PAINEL: MELHORES PRÁTICAS NO DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES PREPARANDO A ATUAL E A NOVA GERAÇÃO Claudia Falcão Diretora de Desenvolvimento Organizacional 29 de março de 2012 GRUPO LIBRA Grupo 100% brasileiro

Leia mais

Programas de. Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br

Programas de. Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br Programas de Voluntariado Empresarial Andrea Goldschmidt andrea@apoenasustentavel.com.br POSICIONAMENTO APOENA Visão Ser a mais completa empresa de consultoria em Gestão Sustentável do Brasil. Missão Disseminar,

Leia mais

Desenvolvendo competências nos gestores públicos

Desenvolvendo competências nos gestores públicos Desenvolvendo competências nos gestores públicos Walter Sigollo Superintendente de Recursos Humanos e Qualidade 26/maio/2011 Contexto do País - Mercado Estudo Mercer Consulting Outsourcing - abril 2011

Leia mais

Gestão de Pessoas. Sergio Amad 13/08/2013 São Paulo - SP

Gestão de Pessoas. Sergio Amad 13/08/2013 São Paulo - SP Gestão de Pessoas Sergio Amad 13/08/2013 São Paulo - SP Bem-vindo ao nosso time! Gestão de Pessoas É com prazer que lhe apresento a nossa estrutura de Gestão de Pessoas. Adotamos a política de portas abertas,

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

PAEX Parceiros para a Excelência

PAEX Parceiros para a Excelência PAEX Parceiros para a Excelência Estabelecer parcerias por melhores resultados: uma prática comum na natureza e nas empresas que querem se desenvolver. CONHECA A FDC Alianças Internacionais: Uma Escola

Leia mais

Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão eficaz e na liderança de performance

Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão eficaz e na liderança de performance Governança Corporativa O papel do Administrador Profissional na gestão eficaz e na liderança de performance Adm. Valter Faria São Paulo, 27 de novembro de 2014 Jornal de Hoje Que habilidades serão exigidas

Leia mais

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional CASO PRÁTICO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL E GESTÃO DE TALENTOS: COMO A GESTÃO DA CULTURA, DO CLIMA E DAS COMPETÊNCIAS CONTRIBUI PARA UM AMBIENTE PROPÍCIO À RETENÇÃO DE TALENTOS CASO PRÁTICO: COMPORTAMENTO

Leia mais

O papel de RH no desenvolvimento de líderes

O papel de RH no desenvolvimento de líderes O papel de RH no desenvolvimento de líderes Como a área de Gestão de Pessoas pode contribuir para a formação de uma liderança forte e decisiva para as organizações por Vanderlei Abreu Um dos maiores dilemas

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

31 descobertas sobre liderança

31 descobertas sobre liderança ALTA GERÊNCIA 31 descobertas sobre liderança Estudo Leadership Forecast 2005-2006, realizado pela firma de consultoria Development Dimensions International (DDI), buscou analisar como são percebidas em

Leia mais

Como melhorar a produtividade de sua equipe

Como melhorar a produtividade de sua equipe Como melhorar a produtividade de sua equipe Conteúdo - Contexto consumidor no Brasil e no mundo - A importância da gestão de pessoas na visão dos CEOs - HR Analytics suportando a geração de insights e

Leia mais

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos?

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos? Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa 1 AGENDA 1 GPTW Quem somos? 2 Benefícios para o negócio 3 O que é uma empresa GPTW? 4 Sobre as

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011 2 3 4 5 6 7 8 9 0 2 3 4 5 6 7 8 9 20 22 Aula Data Evento 7/0 a 22/0 Período para solicitação de provas de 2ª chamada 23 24 25 26 27 28 29 26/jan Entrada de novos alunos + AVA (OFERTA JANEIRO 20) 30 3 3/0

Leia mais

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês AÇÕES SUSTENTÁVEIS DO HOSPITAL GERAL DO GRAJAÚ

Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês AÇÕES SUSTENTÁVEIS DO HOSPITAL GERAL DO GRAJAÚ Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês AÇÕES SUSTENTÁVEIS DO HOSPITAL GERAL DO GRAJAÚ Autores: Raphaella Rodrigues de Oliveira Gerente de Hotelaria; Rafael Saad Coordenador Administrativo.

Leia mais

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Curso de Especialização MBA Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação ANO MÊS CRONOGRAMA Dia Data Disciplina ch seg 07/09/15

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional O que os Gestores e as Empresas tem se perguntado e talvez não encontrem boas respostas? Gestão centralizadora, delargadora ou melhor funcionário

Leia mais

O Hospital. O HCor Hospital do Coração é uma instituição

O Hospital. O HCor Hospital do Coração é uma instituição O Hospital O HCor Hospital do Coração é uma instituição filantrópica que tornou-se um dos principais centros de tratamento de doenças cardiovasculares da América Latina. Além disso, é referência em outras

Leia mais

Gestão Estratégica de Pessoas

Gestão Estratégica de Pessoas Gestão Estratégica de Pessoas MBA FGV 1 Grandes Decisões sobre Pessoas Fatores que Garantem o Resultado As Tendências e Perspectivas de Gestão de Pessoas em Saúde Gestão de Pessoas e o Balanced Score Card

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA Bernardo Leite AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HÁ TEMPOS... Objetivos principais: Aumento de salário Demissão CONCLUSÃO: A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É um processo natural e

Leia mais

Treinamento do Sistema RH1000

Treinamento do Sistema RH1000 Treinamento do Sistema RH1000 = Conceitos de Gestão por Competências = Ohl Braga Desenvolvimento Empresarial Atualizado em 21Ago2015 1 Tópicos abordados Principais processos 4 Vantagens 5 Avaliação de

Leia mais

Implantando o Planejamento de Custos de Pessoal no Ambiente Complexo de uma Empresa de Grande Porte

Implantando o Planejamento de Custos de Pessoal no Ambiente Complexo de uma Empresa de Grande Porte Implantando o Planejamento de Custos de Pessoal no Ambiente Complexo de uma Empresa de Grande Porte Rodrigo Petrus Planejamento e Avaliação de RH Rodrigo Fernandes Gerente de Projeto de TIC SAP Forum Brasil

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

Alavancando a Aprendizagem para Obter uma Cultura de Excelência do Serviço no Setor Público

Alavancando a Aprendizagem para Obter uma Cultura de Excelência do Serviço no Setor Público SERVICE CANADA COLLEGE COLLÈGE SERVICE CANADA Alavancando a Aprendizagem para Obter uma Cultura de Excelência do Serviço no Setor Público Service Canada College e Programa de Certificação em Excelência

Leia mais

Ilca Maria Moya de Oliveira

Ilca Maria Moya de Oliveira Plano de Desenvolvimento Relação Ergonomia e Moda e Educação Corporativa Ilca Maria Moya de Oliveira Segundo Dutra (2004), a preparação para o futuro exige investimentos simultâneos: um na modernização

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

LÍDER 360º APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA

LÍDER 360º APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE LIDERANÇA PARA A GESTÃO PÚBLICA E PRIVADA 24 HORAS DE MUITO CONHECIMENTO, DINÂMICAS E TROCA DE EXPERIÊNCIAS APRESENTAÇÃO LÍDER 360º Os princípios da liderança efetiva Para construirmos

Leia mais

Tapete vermelho. Em qualquer empresa, é durante a

Tapete vermelho. Em qualquer empresa, é durante a Tapete vermelho Muito mais do que um ritual de boas-vindas, os programas de integração são o primeiro passo para consolidar a cultura de uma instituição. Cinco hospitais contam como colocam isso em prática

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 02/01/2013 rev. 00 PAUTA INSTITUCIONAL Sobre a Harpia OUTRAS INFORMAÇÕES Clientes Parceiros SERVIÇOS Responsabilidade Social Consultoria & Gestão Empresarial Planejamento Estratégico

Leia mais

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL ATENDIMENTO AO PÚBLICO MEDIA TRAINING COMUNICAÇÃO EFETIVA PARA LÍDERES

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL ATENDIMENTO AO PÚBLICO MEDIA TRAINING COMUNICAÇÃO EFETIVA PARA LÍDERES COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL ATENDIMENTO AO PÚBLICO MEDIA TRAINING COMUNICAÇÃO EFETIVA PARA LÍDERES COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL é ferramenta indispensável para o sucesso das organizações.

Leia mais

Dia de Campo COOPRATA. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

Dia de Campo COOPRATA. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Dia de Campo COOPRATA 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Gestão de Pessoas e o Mercado de trabalho Como está o mercado de trabalho para contratação de pessoas? Segundo a

Leia mais

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO

ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO ESTÁGIO DE NIVELAMENTO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS MACROPROCESSO DE GESTÃO DO PORTFÓLIO 05.11.2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO DE PORTFÓLIO CENÁRIO NEGATIVO DOS PORTFÓLIOS NAS ORGANIZAÇÕES GOVERNANÇA

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

Empresas investem em programas para formar a liderança do futuro

Empresas investem em programas para formar a liderança do futuro Empresas investem em programas para formar a liderança do futuro Natalia Gómez (Fonte: Revista Melhor) Almeida, da IBM: RH tem papel-chave na formação de liderança O líder cobiçado pelas empresa na atualidade

Leia mais

2015 GC8 do Brasil Todos Direitos Reservados All Rights Reserved www.gc8.us. Expandindo Fronteiras

2015 GC8 do Brasil Todos Direitos Reservados All Rights Reserved www.gc8.us. Expandindo Fronteiras 2015 GC8 do Brasil Todos Direitos Reservados All Rights Reserved www.gc8.us Expandindo Fronteiras GC8 do Basil 1. Quem somos 2. Diferencial 3. Onde Atuamos 4. Internacionalização 5. O que fazemos 6. Entre

Leia mais

O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil

O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil O Segredo do Sucesso na Indústria da Construção Civil Planejamento estratégico pode ser o grande diferencial para a empresado ramo da construção civil, imobiliário e arquitetura que deseja obter mais sucesso

Leia mais

Clima organizacional e o desempenho das empresas

Clima organizacional e o desempenho das empresas Clima organizacional e o desempenho das empresas Juliana Sevilha Gonçalves de Oliveira (UNIP/FÊNIX/UNESP) - jsgo74@uol.com.br Mauro Campello (MC Serviços e Treinamento) - mcampello@yahoo.com Resumo Com

Leia mais

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Cora Coralina

Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina. Cora Coralina Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina Instituto Serzedello Corrêa - ISC É uma unidade de apoio estratégico ligada à Presidência do TCU. Criado pela Lei Orgânica do

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Processos de Recursos Humanos

Processos de Recursos Humanos Gestão Integrada RH Recursos Humanos Unida 2 Rosemeri da Silva Paixão Recursos Humanos 28 Gestão Integrada RH Sumário Introdução... 30 Objetivos... 31 Estrutura da Unida... 31 UNIDADE 2: Recursos Humanos

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

Implantação do Programa de vigilância à saúde dos trabalhadores do HGRS.

Implantação do Programa de vigilância à saúde dos trabalhadores do HGRS. Curso de Atualização Semipresencial Gestão das Condições De Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde 1. TÍTULO Implantação do Programa de vigilância à saúde dos trabalhadores do HGRS. Daniele da Silva

Leia mais