Aulas Particulares on-line

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aulas Particulares on-line"

Transcrição

1 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, MTEMÁTI PRÉ-VESTIULR LIVRO O PROFESSOR

2 IESE rasil S.. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito dos autores e do detentor dos direitos autorais. I9 IESE rasil S.. / Pré-vestibular / IESE rasil S.. uritiba : IESE rasil S.., 009. [Livro do Professor] 660 p. ISN: Pré-vestibular.. Educação. 3. Estudo e Ensino. I. Título isciplinas Língua Portuguesa Literatura Matemática Física Química iologia História Geografia Produção utores Francis Madeira da S. Sales Márcio F. Santiago alixto Rita de Fátima ezerra Fábio Ávila anton Pedro dos Santos Feres Fares Haroldo osta Silva Filho Jayme ndrade Neto Renato aldas Madeira Rodrigo Piracicaba osta leber Ribeiro Marco ntonio Noronha Vitor M. Saquette Edson osta P. da ruz Fernanda arbosa Fernando Pimentel Hélio postolo Rogério Fernandes Jefferson dos Santos da Silva Marcelo Piccinini Rafael F. de Menezes Rogério de Sousa Gonçalves Vanessa Silva uarte. R. Vieira Enilson F. Venâncio Felipe Silveira de Souza Fernando Mousquer Projeto e esenvolvimento Pedagógico Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/,

3 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/,

4 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/,

5 Triângulo Triângulo É a figura geométrica determinada por três segmentos de reta consecutivos, isto é, cujos extremos são coincidentes dois a dois. O ângulo externo é igual à soma dos ângulos internos que não lhe são adjacentes. x = α + θ y = β + θ z = α + β x β α y θ z ondição de existência m n Ângulos internos α, β e θ Ângulos externos x, y e z Lados p Para existir um triângulo, é necessário que qualquer lado seja menor que a soma e maior que o módulo da diferença dos outros dois. m n < p < m + n m p < n < m + p p n < m < p + n = m; = n; = p Soma dos ângulos internos α + β + θ = 180 Num triângulo, o maior lado opõe-se ao maior ângulo. Soma dos ângulos externos x + y + z = 360º EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 1

6 lassificação dos triângulos Quanto aos ângulos Isósceles ois lados iguais e dois ângulos iguais (os ângulos iguais não são formados pelos lados iguais). cutângulo Todos os ângulos internos são agudos. = ^ = ^ Equilátero Retângulo Tem um ângulo interno igual a 90. Três lados com medidas iguais e três ângulos iguais a 60., catetos hipotenusa Obtusângulo = = ^ = ^ = ^ evianas principais do triângulo Tem um ângulo interno obtuso e dois agudos. Quanto aos lados Escalenos Todos os lados e ângulos com medidas diferentes. eviana É qualquer reta que parte de um vértice do triângulo e encontra o lado oposto ou seu prolongamento. s principais cevianas são: ltura (h) segmento da perpendicular traçada de um vértice sobre o lado oposto. b) Mediana (m) segmento que une um vértice ao ponto médio do lado oposto. c) issetriz interna ( β segmento da bissetriz de um ângulo limitado pelo vértice e pelo ponto de interseção com o lado oposto. d) issetriz externa ( β segmento da bissetriz de um ângulo externo limitado pelo vértice e pelo ponto de interseção com o lado oposto. Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

7 Ortocentro h a m a s três alturas de um triângulo concorrem em um único ponto denominado ortocentro do triângulo. β a H J M a/ a a/ H 3 h a H H h b h c H 1 H = h a M = m a J = β a J =β a m a ha β a M H J O ortocentro do triângulo retângulo coincide com o vértice do ângulo reto. h c b H h a h b c Incentro Um triângulo possui 3 alturas, 3 medianas, 3 bissetrizes internas e 3 bissetrizes externas. s três bissetrizes internas de um triângulo concorrem, em um único ponto, equidistantes dos três lados do triângulo, denominado incentro. Q R P J Todo triângulo retângulo de ângulos agudos, valendo 30º e 60º, tem a seguinte relação: 3 30º I O incentro é o centro do círculo inscrito no triângulo. / 60º EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 3

8 aricentro s três medianas de um triângulo concorrem em um único ponto denominado baricentro ou centro de gravidade do triângulo. P N G M M, N e P = Pontos médios de,, respectivamente. No caso: Â = 90 O = ponto médio da hipotenusa circuncentro ongruência de triângulos ois triângulos são congruentes quando superpomos um ao outro e eles coincidem no valor dos lados e dos ângulos. Logo, lados congruentes e ângulos congruentes. Propriedades O baricentro fica situado sobre cada mediana, a /3 do vértice e a 1/3 do seu pé. (ponto médio do lado oposto) GM = x G = x GN = y G = y GP = z G = z ircuncentro s mediatrizes dos lados de um triângulo concorrem em um único ponto denominado circuncentro do triângulo. m m 3 R o R R ^ = ^a ^ = ^b ^ = ^c asos de congruência LL (lado-ângulo-lado) = = = ois triângulos são congruentes, quando possuem dois lados e o ângulo formado entre eles congruentes. ^ ^ m 1 L (ângulo- lado-ângulo) ois triângulos são congruentes, quando possuem dois ângulos e o lado adjacente a eles congruentes. 4 O circuncentro é o centro do círculo circunscrito ao triângulo. O ^ ^ ^ ^ Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

9 LLL (lado-lado-lado) ois triângulos são congruentes quando possuem os três lados congruentes. asos de semelhança de triângulos 1.º aso: ois triângulos são semelhantes quando possuem dois pares de ângulos respectivamente iguais. θ αθ α Lo (lado-ângulo-ângulo oposto) ois triângulos são congruentes quando possuem um lado, um ângulo e o ângulo oposto ao lado dado congruentes..º aso: ois triângulos são semelhantes quando possuem três lados homólogos proporcionais. c b K.b a k.a k.c ^ ^ ^ ^ 3.º aso: ois triângulos são semelhantes quando possuem dois pares de lados homólogos proporcionais e os ângulos entre eles iguais. Semelhança de triângulos ois triângulos são semelhantes quando possuem três ângulos congruentes, por consequência os lados opostos aos ângulos serão proporcionais, como também as cevianas. b k.b α α a k.a Triângulos retângulos H H ^=^,^ =^,^ =^ H = = = = '' '' '' 'H' K é a razão de semelhança. K m a n EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 5

10 omo + = 90, podemos observar que na figura temos três triângulos semelhantes. = b cateto = c cateto = a hipotenusa H = h altura H = m projeção de sobre H = n projeção de sobre Principais fórmulas: b = n. a c = m. a h = m. n a. h = b. c a = b + c Importante observarmos que, além dos triângulos pitagóricos citados, existem aqueles que são proporcionais. ssim você pode afirmar que existem infinitos triângulos pitagóricos, dentre os proporcionais e os não-proporcionais. plicações importantes iagonal do quadrado s fórmulas são demonstradas por semelhança de triângulos: (b = n. : b H a = n (Usamos os b lados opostos de 90 e ) d = + d = (c = m. : c H a = m (Usamos os c lados opostos aos ângulos de 90 e ) (h = m. n): h H H n = m (Usamos os n lados opostos aos ângulos e ) (a. h = b. c): b H a = h (Usamos os c lados opostos aos ângulos de 90 e ) (a = b + c ) estacando as duas primeiras fórmulas temos: b = n. a c = m. a d = d = ltura do triângulo equilátero h = h + ; = h ; h= b +c =ma+na b +c =a (m+n) b +c =a Os triângulos retângulos cujos lados têm valores inteiros são conhecidos como pitagóricos. `` Exemplo: 3 = h + ; = h 4 4 h = 3 1. Na figura, = =, calcule y em função de x. y 6 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

11 `` Solução: y E x x α. y: ângulo externo do Δ, logo: y = β + x y = 3x No triângulo retângulo da figura, reto no vértice, determine o valor do ângulo formado pela altura e a mediana que sai de, dado ^ = 50. `` Solução: ^ - ângulo externo do Δ, logo: ^ +^ = ^. 30º α 50º H M θ α + θ E α + θ θ α `` Solução: mediana relativa à hipotenusa é igual à metade da hipotenusa. 50º H α 40º 80º M 40º 4. α + α + θ = θ + 30º α = 30º α = 15º ois navios partem de um mesmo ponto com velocidades iguais a V = 15Km/h às 14 horas e V = 60Km/h às 0 horas, formando entre si dimensões cujo ângulo é de 60. Qual a distância que separa os navios às horas do mesmo dia? ^ = 90 o ^ + ^ = 90 o 50 + ^ = 90 o ^ = 40 60º omo: M = M ^M = 80º α+ 90º + 80º = 180º α = 10º 3. Na figura = e E =. alcule o valor do ângulo ^E, se ^ vale 30. `` Solução: ΔS = V. Δt = 15Km/h. (h 14h) = 15km/h. 8h = ΔS = 10Km EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 7

12 S = V. Δt = 60Km/h. (h 0h) = 60Km. h = ΔS = 10Km Obtemos lados iguais formando um ângulo de 60º, logo o triângulo equilátero é d = 10Km. 7. M e N são pontos médios, logo I é baricentro. omo M = M = 1, temos 3x = 1 x = 4. omo o triângulo é retângulo, o ortocentro é o vértice, assim a distância de até I vale 8cm. alcule o comprimento da circunferência inscrita num triângulo retângulo isósceles, cuja distância do vértice do ângulo ao incentro mede 4cm. 10Km `` Solução: 60º d = 10Km 10Km M I r 5. hipotenusa do triângulo retângulo, reto em  vale 30cm. Sendo M e N pontos médios de e, calcule P. I - Incentro I = 4 N `` Solução: P N M omo M = M = M, tem-se: P x 15 N M x MIN quadrado I - diagonal I = r = πr = 4 4 = r π r = 4 =, o comprimento da circunferência é dado por : Pretende-se construir um posto policial num ponto p, situado à mesma distância de três casas em uma área plana de um condomínio. Em geometria, este ponto p é conhecido com o nome de: b) c) baricentro. ortocentro. circuncentro. 3x = 15 x = 5 P = x P = 10cm d) e) incentro. ex-incentro. 6. `` Num triângulo retângulo de hipotenusa medindo 4cm, calcule a distância entre o ortocentro e o baricentro. Solução: `` Solução: 8 1 x l x M N 1 R R P R, e = asas Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

13 O ponto de encontro das mediatrizes é o centro do círculo circunscrito, chamado circuncentro. ssim, o posto policial deve ficar neste ponto, pois a distância dele até as casas serão iguais ao raio. 11. No retângulo da figura, M é triângulo equilátero. Sabendo que = 18cm, calcule E. M 9. Na figura,, e medem 45º. Se F = 0cm, calcule. E F `` Solução: `` Solução: E 9 M α θ E θ α 18 F y y E E = E = x E = FE = Y Logo, os triângulos FE e E são côngruos pelo caso lado-ângulo-lado, então F = = 0cm. 10. alcule o segmento da figura, dado: = 9m, = 3m e ^ = ^. `` Solução: α α 9 Os triângulos e são semelhantes, assim: α 1 x θ α α x x 3 θ α x θ 3 = M = 18 omo os triângulos ME e E são semelhantes na 9 1 razão =, temos ME = x e E = x, logo 18 x + x = 18cm x = 6cm. E = x =. 6 = 1cm. 1. cada usuário de energia elétrica é cobrada uma taxa mensal de acordo com o seu consumo no período, desde que esse consumo ultrapasse um determinado nível. aso contrário, o consumidor deve pagar uma taxa mínima referente a custos de manutenção. Em certo mês, o gráfico consumo (em kwh) x preço (em R$) foi o apresentado a seguir. `` R$ kwh etermine entre que valores de consumo, em kwh, é cobrada a taxa mínima. b) etermine o consumo correspondente à taxa de R$1.950,00. Solução: Na parte inicial onde o gráfico é constante de 0 a 50kWh. EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 9

14 b) R$ x alcule o segmento na figura, se a reta s tangencia as circunferências de raio 9cm e 4cm nos pontos e, respectivamente. O 1 O 100 x kwh x = `` Solução: O 1 e O são centros, logo O 1 O = = 13cm. x 100 = 80 x = 180kWh 13. figura é um quadrado de lado cm e E um triângulo equilátero. alcule a distância entre os vértices e E. = 9 +4 `` Solução: 15. Pelo triângulo retângulo formado: 13 = x + 5, x = 1cm. alcule o raio do círculo, se o quadrado tem 1m de lado. dq = IQ dq = dq = T = t 3 ht =. 3 ht = = 6 x = 6. x = 6 `` Solução: r = (1 r) + (1 r) r = 1 r + r + 1 r + r r 4r + = 0 r = + r 1- r omo r < 1 a resposta será r = ( ). 1- r 10 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

15 16. (UERJ) Millôr Fernandes, em uma bela homenagem à Matemática, escreveu um poema do qual extraímos o fragmento abaixo: Às folhas tantas do livro matemático um quociente apaixonou-se um dia doidamente por uma incógnita. Olhou-a com seu olhar inumerável e viu-a do ápice à base: uma figura ímpar; olhos romboides, boca trapezoide, corpo octogonal, seios esferoides. Fez da sua uma vida paralela à dela, té que se encontraram no infinito. Quem és tu? indagou ele em ânsia radical. Sou a soma do quadrado dos catetos. Mas pode me chamar de Hipotenusa. (Millôr Fernandes. Trinta anos de mim mesmo.) incógnita se enganou ao dizer quem era. Para atender ao teorema de Pitágoras, deveria dar a seguinte resposta: Sou a soma dos catetos. Mas pode me chamar de hipotenusa. b) Sou o quadrado da soma dos catetos. Mas pode me chamar de quadrado da hipotenusa. c) Sou o quadrado da soma dos catetos. Mas pode me chamar de hipotenusa. d) Sou a soma dos quadrados dos catetos. Mas pode me chamar de quadrado da hipotenusa Na figura, = e E =. alcule o valor de. 30º Na figura, é equilátero e o triângulo é isósceles. y alcule o valor de x + y. ^ = x ^ = y etermine a medida do ângulo do vértice do triângulo isósceles, sabendo que os segmentos,, E, EF, F são congruentes. ( = ) x E `` Solução: E F 1. No triângulo da figura, calcule y. F y E x 5. Na figura, determine a medida do ângulo em função de m. EM_V_MT_08 = = E Â = 80º ^ = 3m ^ = ^ = m ^ = m Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 11

16 Na figura abaixo, r é a bissetriz do ângulo. Se = 40º e = 30º, então: y = 0º y r b) y = 5º c) y = 35º d) y = 15º e) os dados são insuficientes para determinação de y. ado o triângulo, abaixo indicado, construímos a poligonal L = b c 60º 60º 60º 60º O comprimento de L é: c b) a + b + c c) (a + b) d) (a + c) a + e) c Na figura abaixo, =, O é o ponto de encontro das bissetrizes do triângulo, e o ângulo Ô é o triplo do ângulo Â. Então, a medida de  é: 18º b) 1º c) 4º d) 36º e) 15º O a 9. (UFJF) No triângulo,  = 80. Qual a medida do ângulo agudo entre as bissetrizes dos ângulos internos em e? 35º b) 40º c) 50º d) 65º e) 100º 10. (UFMG) Observe a figura: x x 36º y Nessa figura, o valor de 3y x, em graus, é: 8 b) 10 c) 1 d) 16 e) (UFF) N figura a seguir, tem-se que: = e P = P =. P O ângulo mede: 0 b) 5 c) 36 d) 40 e) 4 1. (Fuvest) Num triângulo, os ângulos ^e ^ medem 50 e 70, respectivamente. bissetriz relativa ao vértice forma com a reta ângulos proporcionais a: 1 e e 3 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, b) EM_V_MT_08

17 13. c) 3 e 4 d) 4 e 5 e) 5 e 6 soma das distâncias do ponto P aos vértices do triângulo da figura pode ser igual a: 16. Na figura, M é o ponto médio de e MP é paralelo ao. P 6 P 8 O M b) 1 c) 13 d) 9 e) 11,9 14. Pedrinho observou que em seu condomínio, a sua casa, a casa do seu avô e a casa do seu primo, poderiam ser os vértices de um triângulo. Sabendo que a distância da casa de Pedrinho para a do seu avô e a do seu primo são, respectivamente 10m e 15m, ele pretende saber se com um barbante de 4m será possível o avô e o primo segurarem as extremidades, estando cada um em sua casa. 15. lassifique em verdadeiro (V) ou falso (F). ( ) Os pontos notáveis de um triângulo equiláte- ro são coincidentes. b) ( ) Os pontos notáveis de um triângulo isósceles são colineares. c) ( ) ircuncentro de um triângulo é o ponto equi- distante dos três vértices do triângulo. d) ( ) Incentro de um triângulo é um ponto equidistante dos três lados do triângulo. e) ( ) Ortocentro de um triângulo é o ponto de en- contro das três bissetrizes internas. f) ( ) O baricentro de um triângulo retângulo coin- cide com o ponto médio da hipotenusa. g) ( ) O baricentro de um triângulo é um dos pontos que divide cada mediana em três segmentos congruentes. Sabendo que = 4cm, calcule OP. 17. alcule a distância entre o ortocentro e o baricentro de um triângulo retângulo de hipotenusa igual a 90cm. 18. etermine a distância do circuncentro ao baricentro em um triângulo retângulo de hipotenusa 60cm. 19. etermine a distância do ortocentro ao circuncentro em um triângulo retângulo de hipotenusa 30cm. 0. (UFSE) Na figura, são dados = 8cm e = 4cm. medida de é, em cm: 9 b) 10 c) 1 d) 15 e) (UFP) Na figura, = 15, = 1 e = 4. EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 13

18 Sendo E paralela à, qual o valor de E? 1 b) c) 3 d) 4 e) 5. (UMG) medida, em metros, do segmento da figura é de: 4. (Fuvest) ados: 3. (F..HGS) Na figura abaixo, são dados: = E, E =,5cm, = 6cm, = 9cm e = 1cm. M = = 3 = = 4 Então M: 3,5 b) c) 1,5 d) 1 e) 0,5 5. (Unesp) Na figura, é um ponto do segmento de reta e os ângulos, E e E são retos. Se os triângulos da figura são semelhantes, o perímetro do triângulo E é, em centímetros: 11,5 b) 11,50 c) 11,75 d) 1,5 e) 1,50 Se = 6dm, = 11dm e E = 3dm, as medidas possíveis de, em dm, são: 4,5 e 6,5 b) 7,5 e 3,5 c) e 9 d) 7 e 4 e) 8 e 3 14 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

19 6. (Fuvest) Na figura, o triângulo é retângulo em, EF é um quadrado, = 1 e = Quanto mede o lado do quadrado? 0,70 b) 0,75 c) 0,80 d) 0,85 e) 0,90 (UNI-RIO) Numa cidade do interior à noite, surgiu um objeto voador não-identificado em forma de disco, que estacionou a 50m do solo, aproximadamente. Um helicóptero do exército, situado a aproximadamente 30m acima do objeto, iluminou-o com um holofote, conforme mostra a figura. distância do chão aos olhos do observador é 1,8m e PQ = 61,6m. O comprimento da parte do para-raios que o observador não consegue avistar é: 16m b) 1m c) 8m d) 6m e) 3m 9. (UFRJ) Um automóvel de 4,5m de comprimento é representado, em escala, por um modelo de 3cm de comprimento. etermine a altura do modelo que representa, na mesma escala, uma casa de 3,75m de altura. 30. onsidere os três quadrados da figura e calcule x. Sendo assim, pode-se afirmar que o raio do disco-voador mede, em m, aproximadamente: 3,0 b) 3,5 c) 4,0 d) 4,5 e) 5,0 8. (UFF) Um prédio com a forma de um paralelepípedo retângulo tem 48m de altura. No centro da cobertura desse prédio e perpendicularmente a essa cobertura, está instalado um para-raios. No ponto Q sobre a reta r que passa pelo centro da base do prédio e é perpendicular a MN está um observador que avista somente uma parte do para-raios (ver a figur. 31. (UFRJ) cada usuário de energia elétrica é cobrada uma taxa mensal de acordo com o seu consumo no período, desde que esse consumo ultrapasse um determinado nível. aso contrário, o consumidor deve pagar uma taxa mínima referente a custos de manutenção. Em certo mês, o gráfico consumo (em kwh) X preço (em R$) foi o apresentado a seguir. EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 15

20 d) 3. determine entre que valores de consumo em kwh é cobrada a taxa mínima. b) determine o consumo correspondente à taxa de R$1.950,00. etermine x nas figuras abaixo: Raio = x = 8 = 18 = 33. (UFRJ) Os pontos médios dos lados de um quadrado de perímetro p são vértices de um quadrado de perímetro: b) c) p 4 p p b) = x Raio = 3cm d) p e) 4p 34. (Fuvest) secção transversal de um maço de cigarros é um retângulo que acomoda exatamente os cigarros como na figura. 16 c) = x Raio = cm Raios = 10cm Se o raio dos cigarros é r, as dimensões do retângulo são: 14r e r(1 + 3 ) b) 7r e 3r c) 14r e 6r d) 14r e 3r e) ( + 3 3) r e r (Unirio) s rodas de uma bicicleta, de modelo antigo, têm diâmetro de 110cm e de 30cm e seus centros distam 0cm. distância entre os pontos de contacto das rodas com o chão é igual a: 198cm b) 184cm c) 17cm Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

21 d) 160cm e) 145cm (esgranrio) 15 toras de madeira de 1,5m de diâmetro são empilhadas segundo a figura a seguir. alcule a altura da pilha. (Unirio) Na figura abaixo, determine o perímetro do triângulo. 39. (Unirio) Os lados de um triângulo retângulo estão em progressão aritmética. Sabendo-se que o perímetro mede 57cm, podemos afirmar que o maior cateto mede: 17cm b) 19cm c) 0cm d) 3cm e) 7cm 40. (esgranrio) No retângulo de lados = 4 e = 3,o segmento M é perpendicular à diagonal. 38. (UFF) figura abaixo representa o quadrado MNPQ de lado = 4cm. Sabendo que os retângulos NXYZ e JKLQ são congruentes, o valor da medida do segmento YK é: b) 3 cm 3cm O segmento M mede: 3/ b) 1/5 c) 5/ d) 9/5 e) 41. (UFF) uas réguas de madeira, MN epq, com 8cm cada, estão ligadas em suas extremidades por dois fios, formando o retângulo MNPQ (fig. 1). Mantendo-se fixa a régua MN epq e girando-se 180º a MN régua epq em torno do seu ponto médio, sem alterar os comprimentos dos fios, obtêm-se dois triângulos congruentes, MNO e QPO (fig. ). EM_V_MT_08 c) d) e) cm cm cm alcule a distância entre as duas réguas nessa nova posição. Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 17

22 4. (PU) hipotenusa de um triângulo retângulo mede 17cm. diferença entre os comprimentos dos dois outros lados é de 7cm. Qual é o perímetro do triângulo? b) c) 38cm ( ) cm 40cm d) ( ) cm e) 47cm 43. (Unificado) Numa circunferência de 16cm de diâmetro, uma corda é projetada ortogonalmente sobre o diâmetro. Sabendo-se que a referida projeção mede 4cm, a medida de, em cm, é igual a: 6 b) 8 c) 10 d) 1 e) (Unificado) Um triângulo tem lados 0, 1 e 9. O raio da circunferência a ele circunscrita vale: 8 b) 8,5 c) 10 d) 1,5 e) 14,5 45. (Unirio) Na figura abaixo, o triângulo é equilátero, e seu lado mede 3m; H é o ortocentro, sendo que os pontos F e G são os pontos médios dos lados e =, respectivamente. c) d) 4 e) (esgranrio) Na figura abaixo, as quatro circunferências internas têm raio R. 1. x. alcule o raio da circunferência maior. etermine o perímetro do triângulo RS da figura abaixo, onde e medem 15cm e 18cm, respectivamente, sendo Q e Q as bissetrizes dos ângulos e e RS paralelo a. R Q Um triângulo é isósceles, com =. Nele está inscrito um triângulo EF equilátero. S b E a F c 18 Quantos rolos de fita adesiva serão necessários, no mínimo, para cobrir todos os segmentos da figura, se cada rolo possui 1m de fita? 18 b) 0 esignado ângulo ^F por a, o ângulo ^E por b, e ângulo F^E por c, temos: b = a+c b) b = a c c) a = b c Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

23 3. d) c = a+b e) a = b+c Na figura a seguir, determine x em função de, e. x 7. (UFRJ) Na figura abaixo, o triângulo é equilátero de lado igual a K. 4. (EN) ado o triângulo, tal que ^ = 30º e ^ = 80º, marcam-se sobre a reta suporte do lado os pontos e E, tais que = E = e E >. etermine a soma das medidas dos ângulos ^ e ^E º b) 90º c) 105º d) 135º e) 150º Na figura abaixo, são dados = e o quadrado E. E Seja PM, PN e PS paralelas aos lados dos triângulos, determine PM + PN + PS. 8. onsidere todos os triângulos de perímetro 15m. Nenhum deles pode ter um lado igual a: 8m b) 7m c) 5m d) 4m e) 6m 9. Os três menores lados de um quadrilátero convexo medem 1cm, 4cm e 8cm. Qual dos valores abaixo pode representar, em cm, o quarto lado? 1 b) 13 c) 14 d) 15 e) Na figura abaixo, é um triângulo equilátero. Nessas condições, calcular a medida do ângulo. 6. (PU) Na figura a seguir, temos. Se ^ = 44º, qual a medida do ângulo ^J E? EM_V_MT_08 O valor de x é: 5 b) 5,5 c) 6,5 d) 6 e) 7 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 19

24 11. Na figura abaixo, =, ^ = 0º, ^E = 50º e ^E= 30º. 15. Na figura, I é o incentro do triângulo. Provar que α = β. α β J H 16. Na figura, é um retângulo e M é um triângulo equilátero. M alcule o ângulo E ^. 1. é um triângulo isósceles de base e altura H. Prolonga-se o lado a partir de, de um comprimento = H, e pelos pontos e H traça-se uma reta que intercepta o lado em P. alcule o ângulo  do triangulo, sabendo que o ângulo P^ mede 10º. 13. No triângulo da figura, =. P Sabendo que = 18cm, calcule P. 17. Na figura abaixo, os pontos, e representam as posições de três casas construídas numa área plana de um condomínio. alcule, se  = 0º, = 50º e E = 60º. (E = ) 14. Na figura, tem-se MN //; NP //; MP//. M Um posto policial estará localizado num ponto P, situado à mesma distância das três casas. Em Geometria, o ponto P é conhecido com o nome de: baricentro. b) ortocentro. c) circuncentro. d) incentro. e) ex-incentro. 0 N Prove que as alturas do triângulo são mediatrizes dos lados do triângulo MNP. P Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

25 18. Se = e  = 80, calcule α. α O valor de x é: b) c) 15/ 9 10 d) 40/3 e) 16. O triângulo da figura é equilátero, M e M = 5 e = (UFRS)onstroem-se sobre os catetos e, de um triângulo retângulo, os quadrados E e FG. Traçam-se, pelos pontos e F, as perpendiculares de e FF ao suporte. Se + FF = 5cm, alcule. 0. (PU) Na figura, sabendo-se que E = 10m, = 40m, = 50m, E =, então, e podem valer: b) c) d) 5m e 5m 3m e 18m 38m e 1m 40m e 10m e) 50m e 0m 1. (FEI-SP) Na figura, //. 3. O valor de E é: b) c) d) e) 11 Na figura, a reta r é tangente ao círculo e paralela ao segmento E. Se E = 6, E = 5 e E = 7, o valor da medida do segmento é: 3,5 b) 4 c) 4,5 d) 5 e) 5,5 EM_V_MT_08 Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 1

26 4. (UFF) onsidere o triângulo isósceles PQR da figura abaixo, de lados congruentes PQ e PR, cuja altura relativa ao lado QR é h. 7. Na figura abaixo, é um quadrilátero onde =, = 80º e = 40º. Um ponto P é tal que o triângulo P é equilátero. 5. Sabendo-se que M 1 e M, são, respectivamente, pontos médios de PQ e PR, a altura do triângulo KM 1 M, relativa ao lado M 1 M, é: h 3 b) h 6 h 3 c) h 3 d) 3 h 3 e) 6 (UERJ) Num cartão retangular, cujo comprimento é igual ao dobro de sua altura, foram feitos dois vincos, E e F, que formam entre si um ângulo reto. alcule o perímetro do triângulo P, sabendo que = 6cm e = 3cm. 8. No paralelogramo da figura abaixo, temos EF = 3 e GF = 4. alcule E. 9. Na figura a seguir, M é ponto médio de, N ponto médio de e PQ é paralelo a. onsiderando F = 16cm e = 9cm, determine: as dimensões do cartão; b) o comprimento do vinco. 6. (Unicamp) Uma rampa de inclinação constante, como a que dá acesso ao Palácio do Planalto em rasília, tem 4 metros de altura na sua parte mais alta. Uma pessoa, tendo começado a subi-la, nota que, após caminhar 1,3 metros sobre a rampa, está a 1,5 metro de altura em relação ao solo. Faça uma figura ilustrativa da situação descrita. b) alcule quantos metros a pessoa ainda deve cami- nhar para atingir o ponto mais alto da rampa. alcule, sabendo que PM = m. 30. Na figura abaixo, as cordas e medem 5cm e 6cm respectivamente, e H = 3cm. alcule o raio do círculo. Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, EM_V_MT_08

27 31. (UERJ) figura abaixo representa um quadrado e dois triângulos equiláteros. 3. Se cada lado desses triângulos mede cm, calcule o lado do quadrado. Os centros de duas circunferências estão separados de 41m. Os raios das circunferências medem 4m e 5m. medida de H, em cm, é: b) c) d) e) O triângulo é retângulo no vértice. s medianas dos catetos são b e c, e a altura relativa à hipotenusa mede h. Prove que a igualdade abaixo é verdadeira = + h b c 36. (UFRJ) Um observador (O), do ponto mais alto de um farol, vê a linha do horizonte (L) a uma distância d. Sejam h e R a altura do farol e o raio da Terra, respectivamente. alcule o comprimento de tangente comum interna. 33. Três goiabas perfeitamente esféricas de centros, 1, 3 e raios cm, 8cm e cm, respectivamente, estão sobre uma mesa tangencionando-se, como sugere a figura a seguir. Um bichinho que está no centro da primeira goiaba quer se dirigir para o centro da terceira goiaba pelo caminho mais curto. Quantos centímetros percorrerá? 34. O triângulo da figura é equilátero, de lado medindo 0cm. H e H são, respectivamente, as alturas dos triângulos e H. 37. omo R é muito maior que h, pode-se admitir que R + h = R. ssim, prove, usando a aproximação indicada, que d = Rh. b) O raio da Terra tem, aproximadamente, 6 300km. Usando a fórmula do item a calcule a distância d do horizonte, quando o observador está a uma altura h = 35m. (UFF) Na figura a seguir, o vértice Q do retângulo PQR foi obtido pela interseção do arco M de centro em e raio, com hipotenusa do triângulo retângulo. EM_V_MT_08 Sabendo que PQ mede 1cm e QR mede 9cm, determine as medidas dos lados do triângulo. Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, 3

28 38. (PU) Seja um retângulo e seja P um ponto no interior desse retângulo, tal que P = 3cm, P = 4cm e P = 5cm. alcule P. 39. (UFF) Uma folha de papel em forma de retângulo é dobrada no segmento EF, de modo que o vértice coincida com o vértice, como nas figuras. 4. (esgranrio) Um quadrado de lado tem cada um de seus lados divididos em 9 partes iguais. Ligando-se com segmentos de reta os pontos de divisão, segundo a direção da diagonal, obtém-se o hachurado mostrado na figura. Sabendo-se que as dimensões do retângulo são = 8cm e = 4cm, determine a medida do segmento EF. 40. (UFF) Na figura abaixo, o triângulo QRS é equilátero e está inscrito no quadrado MNPQ, de lado L. alcule a soma dos comprimentos dos 17 segmentos assim obtidos. 43. O ponto mais baixo de uma roda gigante circular de raio 6m dista 1m do solo. roda está girando com três crianças que estão, duas a duas, à mesma distância. que distância do solo estão duas delas, no momento em que a outra está no ponto mais alto. 44. anos de 50cm de diâmetro externo são empilhados, como mostra a figura, de modo que cada cano está em contato com seus vizinhos imediatos. 9 Pode-se afirmar que o lado do triângulo é: b) c) d) L L 3 3 L 6 L( + 6) e) L( 6 ) 41. (esgranrio) Na figura a seguir, o ângulo XOY é de 45º. h alcule a altura h indicada. 45. (UFF) Na figura abaixo, as circunferências têm raios iguais a R e estão inscritas em um triângulo equilátero de lado igual a cm. 4 Se e 1 1 e 1 3 razão 3 1 são perpendiculares a OX e se, calcule a são perpendiculares a OY. R R = = Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, b) cm cm EM_V_MT_08

Aulas Particulares on-line

Aulas Particulares on-line Esse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IESE RSIL S/, MTEMÁTI PRÉ-VESTIULR LIVRO O PROFESSOR 006-009 IESE rasil S.. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo,

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Geometria Métrica Plana

Matemática. Resolução das atividades complementares. M1 Geometria Métrica Plana Resolução das atividades complementares Matemática M Geometria Métrica Plana p. 0 Na figura a seguir tem-se r // s // t e y. diferença y é igual a: a) c) 6 e) b) d) 0 8 ( I) y 6 y (II) plicando a propriedade

Leia mais

Geometria Plana 03 Prof. Valdir

Geometria Plana 03 Prof. Valdir Geometria lana 03 rof. Valdir TS TÁVEIS E U TRIÂGUL 1. RIETR É o ponto de equilíbrio ou centro de gravidade do triângulo. baricentro coincide com o ponto de intersecção das medianas do triângulo (na figura

Leia mais

AV1 - MA 13-2011 UMA SOLUÇÃO. b x

AV1 - MA 13-2011 UMA SOLUÇÃO. b x Questão 1. figura abaixo mostra uma sequência de circunferências de centros 1,,..., n com raios r 1, r,..., r n, respectivamente, todas tangentes às retas s e t, e cada circunferência, a partir da segunda,

Leia mais

CURSO DE GEOMETRIA LISTA

CURSO DE GEOMETRIA LISTA GEOMETRI Ângulos Obs.: Dois ângulos são congruentes quando têm a mesma abertura. Exemplos: Ângulos complementares Soma (medida) 90º Ângulos suplementares Soma (medida) 180º issetriz bissetriz de um ângulo

Leia mais

5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA

5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA 40 5 LG 1 - CIRCUNFERÊNCIA Propriedade: O lugar geométrico dos pontos do plano situados a uma distância constante r de um ponto fixo O é a circunferência de centro O e raio r. Notação: Circunf(O,r). Sempre

Leia mais

(A) 30 (B) 6 (C) 200 (D) 80 (E) 20 (A) 6 (B) 10 (C) 15 (D) 8 (E) 2 (A) 15 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 (A) 3 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4

(A) 30 (B) 6 (C) 200 (D) 80 (E) 20 (A) 6 (B) 10 (C) 15 (D) 8 (E) 2 (A) 15 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 (A) 3 (B) 2 (C) 6 (D) 27 (E) 4 TEOREMA DE TALES. Na figura abaixo as retas r, s e t são (A) 0 (B) 6 (C) 00 (D) 80 (E) 0. Três retas paralelas são cortadas por duas Se AB = cm; BC = 6 cm e XY = 0 cm a medida, em cm, de XZ é: (A) 0 (B)

Leia mais

Bissetrizes e suas propriedades.

Bissetrizes e suas propriedades. Semana Olímpica 013 - Prof. ícero Thiago - olégio ETP/SP issetrizes e suas propriedades. Teorema 1. Seja XOY umângulodadoep umpontoemseuinterior. Então, adistância de P a XO é igual à distância de P a

Leia mais

Aula 10 Triângulo Retângulo

Aula 10 Triângulo Retângulo Aula 10 Triângulo Retângulo Projeção ortogonal Em um plano, consideremos um ponto e uma reta. Chama-se projeção ortogonal desse ponto sobre essa reta o pé da perpendicular traçada do ponto à reta. Na figura,

Leia mais

ÁREAS. 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se AB AD, BC CD, AB = 10 m, BC = 70 m, CD = 40 m e AD = 80 m, então a área do terreno é

ÁREAS. 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se AB AD, BC CD, AB = 10 m, BC = 70 m, CD = 40 m e AD = 80 m, então a área do terreno é ÁRES 01 (UFMG) Um terreno tem a forma da figura abaixo. Se,, = 10 m, = 70 m, = 40 m e = 80 m, então a área do terreno é a) 1 500 m b) 1 600 m c) 1 700 m d) 1 800 m 0 (FMMG) - Observe a figura. Nessa figura,

Leia mais

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 1. Crie dois pontos livres. Movimente-os. 2. Construa uma reta passando por estes dois pontos. 3. Construa mais dois pontos livres em qualquer lugar da tela, e o

Leia mais

Aulas Particulares on-line

Aulas Particulares on-line sse material é parte integrante do ulas Particulares on-line do IS RSIL S/, MTMÁTI PRÉ-VSTIULR LIVRO O PROFSSOR 006-009 IS rasil S.. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES / MATEMÁTICA TECNOLOGIAS

CADERNO DE ATIVIDADES / MATEMÁTICA TECNOLOGIAS VSTIULR VILS 0. alcule x na figura: x + 0º x + 0º RNO TIVIS / MTMÁTI TNOLOGIS 0. Na figura, é o lado de um quadrado inscrito e é o lado do decágono regular. Qual a medida de x? x 0. Na figura a seguir,

Leia mais

Conceitos e fórmulas

Conceitos e fórmulas 1 Conceitos e fórmulas 1).- Triângulo: definição e elementos principais Definição - Denominamos triângulo (ou trilátero) a toda figura do plano euclidiano formada por três segmentos AB, BC e CA, tais que

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M2 Trigonometria nos Triângulos

Matemática. Resolução das atividades complementares. M2 Trigonometria nos Triângulos Resolução das atividades complementares Matemática M Trigonometria nos Triângulos p. 1 Em cada caso, calcule o seno, o cosseno e a tangente do ângulo agudo assinalado. a) b) sen γ = cos γ = tg γ 1 sen

Leia mais

1. Sendo (x+2, 2y-4) = (8x, 3y-10), determine o valor de x e de y. 2. Dado A x B = { (1,0); (1,1); (1,2) } determine os conjuntos A e B. 3. (Fuvest) Sejam A=(1, 2) e B=(3, 2) dois pontos do plano cartesiano.

Leia mais

Construções Fundamentais. r P r

Construções Fundamentais. r P r 1 Construções Fundamentais 1. De um ponto traçar a reta paralela à reta dada. + r 2. De um ponto traçar a perpendicular à reta r, sabendo que o ponto é exterior a essa reta; e de um ponto P traçar a perpendicular

Leia mais

Geometria plana. Resumo teórico e exercícios.

Geometria plana. Resumo teórico e exercícios. Geometria plana. Resumo teórico e eercícios. 3º olegial / urso tensivo. utor - Lucas ctavio de Souza (Jeca) Relação das aulas. Página ula 01 - onceitos iniciais... 0 ula 0 - Pontos notáveis de um triângulo...

Leia mais

Programa Olímpico de Treinamento. Aula 1. Curso de Geometria - Nível 2. Prof. Rodrigo Pinheiro

Programa Olímpico de Treinamento. Aula 1. Curso de Geometria - Nível 2. Prof. Rodrigo Pinheiro Programa Olímpico de Treinamento urso de Geometria - Nível 2 Prof. Rodrigo Pinheiro ula 1 Introdução Nesta aula, aprenderemos conceitos iniciais de geometria e alguns teoremas básicos que utilizaremos

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na fgv

CPV O cursinho que mais aprova na fgv O cursinho que mais aprova na fgv FGV economia a Fase 0/novembro/008 MTEMÁTI 0. umentando a base de um triângulo em 0% e reduzindo a altura relativa a essa base em 0%, a área do triângulo aumenta em %.

Leia mais

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura.

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura. NOME: ANO: º Nº: POFESSO(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições Áreas: Quadrado: EVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência A, onde representa o lado etângulo: A b h, onde b representa a

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência

Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência Exercícios de Matemática Geometria Analítica - Circunferência ) (Unicamp-000) Sejam A e B os pontos de intersecção da parábola y = x com a circunferência de centro na origem e raio. a) Quais as coordenadas

Leia mais

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%)

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%) Distribuição das.08 Questões do I T A 9 (8,97%) 0 (9,9%) 69 (6,58%) Equações Irracionais 09 (0,86%) Equações Exponenciais (, 0 (9,6%) Geo. Analítica Conjuntos (,96%) Geo. Espacial Funções Binômio de Newton

Leia mais

Desenho geométrico. Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta:

Desenho geométrico. Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta: Desenho geométrico Ponto: Elemento geométrico considerado sem dimensão, apenas com posição. Reta: Linha que estabelece a menor distância entre 2 pontos. Por 1 ponto podem passar infinitas retas. Por 2

Leia mais

Matemática 2. 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um. 02. Abaixo temos uma ilustração da Victoria Falls Bridge.

Matemática 2. 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um. 02. Abaixo temos uma ilustração da Victoria Falls Bridge. Matemática 2 01. A estrutura abaixo é de uma casa de brinquedo e consiste de um paralelepípedo retângulo acoplado a um prisma triangular. 1,6m 1m 1,4m Calcule o volume da estrutura, em dm 3, e indique

Leia mais

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é:

2) Se z = (2 + i).(1 + i).i, então a) 3 i b) 1 3i c) 3 i d) 3 + i e) 3 + i. ,será dado por: quando x = i é: Aluno(a) Nº. Ano: º do Ensino Médio Exercícios para a Recuperação de MATEMÁTICA - Professores: Escossi e Luciano NÚMEROS COMPLEXOS 1) Calculando-se corretamente as raízes da função f(x) = x + 4x + 5, encontram-se

Leia mais

Aulas Particulares on-line

Aulas Particulares on-line MTEMÁTIC PRÉ-VESTIULR LIVRO DO PROFESSOR 006-009 IESDE rasil S.. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito dos autores e do detentor dos direitos autorais.

Leia mais

FEIXE DE RETAS PARALELAS TEOREMA DE TALES

FEIXE DE RETAS PARALELAS TEOREMA DE TALES 222 FEIXE DE RETAS PARALELAS Feixe de retas paralelas é um conjunto de retas distintas de um plano, paralelas entre si. As retas a, d e c da figura constituem um feixe de retas paralelas. r s Transversal

Leia mais

Exercícios Triângulos (1)

Exercícios Triângulos (1) Exercícios Triângulos (1) 1. Na figura dada, sabe-se que r // s. Calcule x. 2. Nas figuras abaixo, calcule o valor de x. 5. (PUC-SP) Na figura seguinte, as retas r e s são paralelas. Encontre os ângulos

Leia mais

Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo

Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo Mediana, Altura, Bissetriz e Mediatriz de um Triângulo Mediana Definição: Denomina-se mediana de um triângulo o segmento que liga um vértice ao ponto médio do lado oposto a este vértice. AM A é mediana

Leia mais

Aula 5 Quadriláteros Notáveis

Aula 5 Quadriláteros Notáveis Aula 5 Quadriláteros Notáveis Paralelogramo Definição: É o quadrilátero convexo que possui os lados opostos paralelos. A figura mostra um paralelogramo ABCD. Teorema 1: Se ABCD é um paralelogramo, então:

Leia mais

Segmento de reta GEOMETRIA PLANA

Segmento de reta GEOMETRIA PLANA GEOMETRIA PLANA Noções primitivas Os elementos primitivos da geometria são o ponto, a reta e o plano, cujas definições são impossíveis de serem enunciadas, pois só se tem uma noção intuitiva do que sejam.

Leia mais

Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com. 2012 Copyri'ght. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Prof. Weber Campos webercampos@gmail.com. 2012 Copyri'ght. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. EP FISL Raciocínio Lógico - GEOMETRI ÁSI - TRIGONOMETRI webercampos@gmail.com 01 opyri'ght. urso gora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ÍNDIE Exercícios Resolvidos de GEOMETRI 0 Exercícios

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M20 Geometria Analítica: Circunferência

Matemática. Resolução das atividades complementares. M20 Geometria Analítica: Circunferência Resolução das atividades complementares Matemática M Geometria Analítica: ircunferência p. (Uneb-A) A condição para que a equação 6 m 9 represente uma circunferência é: a), m, ou, m, c) < m < e), m, ou,

Leia mais

Geometria Euclidiana Plana Parte I

Geometria Euclidiana Plana Parte I CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 2015.1 Geometria Euclidiana Plana Parte I Joyce Danielle de Araújo - Engenharia de Produção Lucas Araújo dos Santos - Engenharia de Produção O que veremos

Leia mais

PROBLEMAS SELECIONADOS DE DESENHO GEOMÉTRICO Parte II: Polígonos e Círculos. Sergio Lima Netto sergioln@lps.ufrj.br

PROBLEMAS SELECIONADOS DE DESENHO GEOMÉTRICO Parte II: Polígonos e Círculos. Sergio Lima Netto sergioln@lps.ufrj.br PROLEMS SELECIONDOS DE DESENHO GEOMÉTRICO Parte II: Polígonos e Círculos Sergio Lima Netto sergioln@lps.ufrj.br versão julho de 008 Prólogo Foi feito um grande esforço para reproduzir os desenhos que acompanham

Leia mais

Construções Elementares com Régua e Compasso

Construções Elementares com Régua e Compasso TERCEIRLISTDEEXERCÍCIOS Fundamentos da Matemática II MTEMÁTIC DCET UESC Humberto José ortolossi Construções Elementares com Régua e Compasso (Entregar todos os exercícios até o dia 20/04/2004) 1 Construindo

Leia mais

Módulo de Geometria Anaĺıtica 1. Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano. 3 a série E.M.

Módulo de Geometria Anaĺıtica 1. Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano. 3 a série E.M. Módulo de Geometria Anaĺıtica 1 Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano a série EM Geometria Analítica 1 Coordenadas, Distâncias e Razões de Segmentos no Plano Cartesiano 1 Exercícios

Leia mais

Lista 1. Sistema cartesiano ortogonal. 1. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E

Lista 1. Sistema cartesiano ortogonal. 1. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E Sistema cartesiano ortogonal Lista. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E. Marque num sistema de coordenadas cartesianas ortogonais os pontos: a)

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Geometria - Nível 3. Prof. Cícero Thiago. Teorema 1. (Fórmula tradicional.) BC AD.

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Geometria - Nível 3. Prof. Cícero Thiago. Teorema 1. (Fórmula tradicional.) BC AD. Polos Olímpicos de Treinamento urso de Geometria - Nível 3 Prof. ícero Thiago ula 6 Relações entre áreas Teorema 1. (Fórmula tradicional.) área do triângulo pode ser calculada por [ ] =. Teorema. (Área

Leia mais

Colégio Anglo de Sete Lagoas Professor: Luiz Daniel (31) 2106-1750

Colégio Anglo de Sete Lagoas Professor: Luiz Daniel (31) 2106-1750 Lista de exercícios de Geometria Espacial PRISMAS 1) Calcular a medida da diagonal de um paralelepípedo retângulo de dimensões 10 cm, 8 cm e 6 cm 10 2 cm 2) Determine a capacidade em dm 3 de um paralelepípedo

Leia mais

LISTÃO DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO IFMA PROFESSOR: ARI

LISTÃO DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO IFMA PROFESSOR: ARI 01.: A figura mostra um edifício que tem 15 m de altura, com uma escada colocada a 8 m de sua base ligada ao topo do edifício. comprimento dessa escada é de: a) 12 m. b) 30 m. c) 15 m. d) 17 m. e) 20 m.

Leia mais

1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio.

1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio. 1. Examine cada relação e escreva se é uma função de A em B ou não. Em caso afirmativo determine o domínio, a imagem e o contradomínio. 2. (Fgv) Um vendedor recebe mensalmente um salário fixo de R$ 800,00

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 (OBMEP RJ) Num triângulo retângulo, definimos o cosseno de seus ângulos agudos O triângulo retângulo da figura

Leia mais

MATEMÁTICA Geometria Analítica 3º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma:

MATEMÁTICA Geometria Analítica 3º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO. Aluno(a): Número: Turma: Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Geometria Analítica 3º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 1 1º Bimestre/013 Aluno(a): Número: Turma: 1) Determine

Leia mais

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra

1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra GEOMETRIA PLANA: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 2 1. (Unesp 2003) Cinco cidades, A, B, C, D e E, são interligadas por rodovias, conforme mostra a figura. A rodovia AC tem 40km, a rodovia AB tem 50km, os ângulos

Leia mais

Uma Introdução às Construções Geométricas

Uma Introdução às Construções Geométricas page 1 Uma Introdução às Construções Geométricas Eduardo Wagner page 2 Texto já revisado pela nova ortografia. page 3 Eισαγωγή στ ις Γεωµετ ρική κατ ασκευές Eduardo Wagner page 4 page i Apresentação Oι

Leia mais

Assinale as proposições verdadeiras, some os valores obtidos e marque os resultados na Folha de Respostas.

Assinale as proposições verdadeiras, some os valores obtidos e marque os resultados na Folha de Respostas. PROVA APLICADA ÀS TURMAS DO O ANO DO ENSINO MÉDIO DO COLÉGIO ANCHIETA EM MARÇO DE 009. ELABORAÇÃO: PROFESSORES OCTAMAR MARQUES E ADRIANO CARIBÉ. PROFESSORA MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA QUESTÕES DE 0 A 08.

Leia mais

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são:

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: TRIÂNGULO RETÂNGULO Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: a: hipotenusa b e c: catetos h: altura relativa a hipotenusa m e

Leia mais

MATEMÁTICA 3 A SÉRIE - E. MÉDIO

MATEMÁTICA 3 A SÉRIE - E. MÉDIO 1 MTEMÁTI 3 SÉRIE - E. MÉDIO Prof. Rogério Rodrigues O TEOREM DE TLES NOME :... NÚMERO :... TURM :... 2 VI - O TEOREM DE TLES VI. 1) Tudo é água Do último terço do séc. VII à primeira metade do séc. VI

Leia mais

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas

Aula 12 Áreas de Superfícies Planas MODULO 1 - AULA 1 Aula 1 Áreas de Superfícies Planas Superfície de um polígono é a reunião do polígono com o seu interior. A figura mostra uma superfície retangular. Área de uma superfície é um número

Leia mais

1 A AVALIAÇÃO ESPECIAL UNIDADE I -2014 COLÉGIO ANCHIETA-BA ELABORAÇÃO: PROF. ADRIANO CARIBÉ e WALTER PORTO. RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C.

1 A AVALIAÇÃO ESPECIAL UNIDADE I -2014 COLÉGIO ANCHIETA-BA ELABORAÇÃO: PROF. ADRIANO CARIBÉ e WALTER PORTO. RESOLUÇÃO: PROFA. MARIA ANTÔNIA C. 1 A AVALIAÇÃO ESPECIAL UNIDADE I -014 COLÉGIO ANCHIETA-BA ELABORAÇÃO: PROF. ADRIANO CARIBÉ e WALTER PORTO. PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA Questão 01. (UESC-Adaptada) (x + )!(x + )! O valor de x N, que

Leia mais

Lista 1: Vetores -Turma L

Lista 1: Vetores -Turma L Lista 1: Vetores -Turma L Professora: Ivanete Zuchi Siple 1. Dados os vetores u e v da gura, mostrar num gráco um representante do vetor: (a) u v (b) v u (c) u + 4 v u v. Represente o vetor x = u + v w

Leia mais

5. DESENHO GEOMÉTRICO

5. DESENHO GEOMÉTRICO 5. DESENHO GEOMÉTRICO 5.1. Retas Paralelas e Perpendiculares No traçado de retas paralelas ou perpendiculares é indispensável o manejo adequado dos esquadros. Na construção das retas perpendiculares e

Leia mais

Geometria Métrica Espacial. Geometria Métrica Espacial

Geometria Métrica Espacial. Geometria Métrica Espacial UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA 1. Prismas Geometria Métrica

Leia mais

Módulo de Geometria Anaĺıtica Parte 2. Distância entre Ponto e Reta. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis

Módulo de Geometria Anaĺıtica Parte 2. Distância entre Ponto e Reta. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Módulo de Geometria Anaĺıtica Parte Distância entre Ponto e Reta a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Geometria Analítica Parte Distância entre Ponto e Reta 1 Exercícios Introdutórios

Leia mais

Quarta lista de exercícios.

Quarta lista de exercícios. MA092 Geometria plana e analítica Segundo semestre de 2015 Quarta lista de exercícios. Circunferência e círculo. Teorema de Tales. Semelhança de triângulos. 1. (Dolce/Pompeo) Um ponto P dista 7 cm do centro

Leia mais

P rua PQ Q rua QR. 2 km 4 km. 3 km. av. SR. rua SQ. rua TP. 3 km. rua TS

P rua PQ Q rua QR. 2 km 4 km. 3 km. av. SR. rua SQ. rua TP. 3 km. rua TS Resolução das atividades complementares Matemática M1 Geometria Plana 1 (UFF-RJ) O circuito triangular de uma corrida está esquematizado na figura a seguir: P rua PQ Q rua QR km km R T rua TP 3 km rua

Leia mais

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab.

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab. MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito Questão 01 [ 2,00 pts ] Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso

Leia mais

Geometria Plana Noções Primitivas

Geometria Plana Noções Primitivas Geometria Plana Noções Primitivas Questão 1 (CESGRANRIO-85) Numa carpintaria, empilham-se 50 tábuas, umas de 2 cm e outras de 5 cm de espessura. A altura da pilha é de 154 cm. A diferença entre o número

Leia mais

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 05/04/14 PROFESSOR: MALTEZ

RESOLUÇÃO DA AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA 2 o ANO DO ENSINO MÉDIO DATA: 05/04/14 PROFESSOR: MALTEZ RESOLUÇÃO VLIÇÃO E MTEMÁTI o NO O ENSINO MÉIO T: 05/0/1 PROFESSOR: MLTEZ QUESTÃO 01 São dados os triângulos retângulos E e TE conforme a figura ao lado; T se = E = E = 60 cm, então: E Os triângulos e TE

Leia mais

DIDÁTIKA - RESOLUÇÕES DOS EXERCÍCIOS EXTRAS

DIDÁTIKA - RESOLUÇÕES DOS EXERCÍCIOS EXTRAS DIDÁTIKA - RESOLUÇÕES DOS EXERCÍCIOS EXTRAS 01. Na figura, ABCD é um quadrado e ADE é um triângulo retângulo em E. Se P é o centro do quadrado, prove que a semirreta EP é a bissetriz do ângulo AED. Resolução.

Leia mais

QUADRILÁTEROS. Um quadrilátero é um polígono de quatro lados. Pode ser dito que é porção do plano limitada por uma poligonal fechada,

QUADRILÁTEROS. Um quadrilátero é um polígono de quatro lados. Pode ser dito que é porção do plano limitada por uma poligonal fechada, QUADRILÁTEROS Um quadrilátero é um polígono de quatro lados. Pode ser dito que é porção do plano limitada por uma poligonal fechada, A B C Lados: AB BC CD AD Vértices: A B C D Diagonais: AC BD D Algumas

Leia mais

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado:

2. Na figura, ANM é um triângulo e ABCD é um quadrado. Calcule a área do quadrado: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS 1. Duas cidades X e Y são interligadas pela rodovia R101, que é retilínea e apresenta 300 km de extensão. A 160 km de X, à beira da R101, fica a cidade Z, por onde passa a rodovia

Leia mais

Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada

Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada Centro Federal de Educação Tecnológica Departamento Acadêmico da Construção Civil Curso Técnico de Geomensura Disciplina: Matemática Aplicada MATEMÁTICA APLICADA 1. SISTEMA ANGULAR INTERNACIONAL...2 2.

Leia mais

Triângulo Retângulo. Exemplo: O ângulo do vértice em. é a hipotenusa. Os lados e são os catetos. O lado é oposto ao ângulo, e é adjacente ao ângulo.

Triângulo Retângulo. Exemplo: O ângulo do vértice em. é a hipotenusa. Os lados e são os catetos. O lado é oposto ao ângulo, e é adjacente ao ângulo. Triângulo Retângulo São triângulos nos quais algum dos ângulos internos é reto. O maior dos lados de um triângulo retângulo é oposto ao vértice onde se encontra o ângulo reto e á chamado de hipotenusa.

Leia mais

PROVA DO VESTIBULAR DA FUVEST 2002 2ª etapa MATEMÁTICA. RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÕNIA GOUVEIA.

PROVA DO VESTIBULAR DA FUVEST 2002 2ª etapa MATEMÁTICA. RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÕNIA GOUVEIA. PROVA DO VESTIBULAR DA FUVEST 00 ª etapa MATEMÁTICA. RESOLUÇÃO E COMENTÁRIO DA PROFA. MARIA ANTÕNIA GOUVEIA. QUESTÃO.01.Carlos, Luis e Sílvio tinham, juntos, 100 mil reais para investir por um ano. Carlos

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2014. Disciplina: MaTeMÁTiCa

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2014. Disciplina: MaTeMÁTiCa Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A 1 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 201 Disciplina: MaTeMÁTiCa Prova: desafio nota: QUESTÃO 16 Em um paralelogramo, as medidas de dois ângulos

Leia mais

Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos

Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos Matemática Essencial: Alegria Financeira Fundamental Médio Geometria Trigonometria Superior Cálculos Geometria Plana: Áreas de regiões poligonais Triângulo e região triangular O conceito de região poligonal

Leia mais

Aprendendo Geometria com Origami

Aprendendo Geometria com Origami Luciana Leroy Aprendendo Geometria com Origami Professor Orientador: Alberto Berly Sarmiento Vera Belo Horizonte 2010 2 Luciana Leroy Aprendendo Geometria com Origami Monografia apresentada ao Programa

Leia mais

PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães

PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães Nível Iniciante Propriedade 1 Num triângulo retângulo ABC, a mediana BM relativa à hipotenusa mede

Leia mais

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS.

ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS. ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA COLETÂNEA DE PROVAS DE MATEMÁTICA DO EXAME DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS ÁLGEBRA I: 003 a 013 Funções: definição de função; funções definidas por

Leia mais

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Os triângulos AHB e AHC são semelhantes, então podemos estabelecer algumas relações métricas importantes:

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Os triângulos AHB e AHC são semelhantes, então podemos estabelecer algumas relações métricas importantes: TRIÂNGULO RETÂNGULO Num triângulo retângulo, os lados perpendiculares, aqueles que formam um ângulo de 90º, são denominados catetos e o lado oposto ao ângulo de 90º recebe o nome de hipotenusa. O teorema

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 3. alternativa D. alternativa A. alternativa D. alternativa C

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 4. Questão 2. Questão 3. alternativa D. alternativa A. alternativa D. alternativa C Questão TIPO DE PROVA: A Se a circunferência de um círculo tiver o seu comprimento aumentado de 00%, a área do círculo ficará aumentada de: a) 00% d) 00% b) 400% e) 00% c) 50% Aumentando o comprimento

Leia mais

ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO

ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO ELIPSES INSCRITAS NUM TRIÂNGULO SERGIO ALVES IME-USP Freqüentemente apresentada como um exemplo notável de sistema dedutivo, a Geometria tem, em geral, seus aspectos indutivos relegados a um segundo plano.

Leia mais

Objetivas 2012. Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/2 B) 2/3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 *

Objetivas 2012. Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/2 B) 2/3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 * Objetivas 01 1 Qual dos números abaixo é o mais próximo de 0,7? A) 1/ B) /3 C) 3/4 D) 4/5 E) 5/7 * Considere três números, a, b e c. A média aritmética entre a e b é 17 e a média aritmética entre a, b

Leia mais

1 COMO ESTUDAR GEOMETRIA

1 COMO ESTUDAR GEOMETRIA Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL I 1 COMO ESTUDAR GEOMETRIA Só relembrando a primeira aula de Geometria Plana, aqui vão algumas dicas bem úteis para abordagem geral de uma questão de geometria:

Leia mais

PROFESSOR: DENYS YOSHIDA

PROFESSOR: DENYS YOSHIDA APOSTILA 015 DESENHO GEOMÉTRICO PROFESSOR: DENYS YOSHIDA DESENHO GEOMÉTRICO 1º ANO - ENSINO MÉDIO - 015 1 Sumário 1. Trigonometria no triangulo retângulo...3 1.1 Triângulo retângulo...4 1. Teorema de Pitágoras...,,,,,,,...4

Leia mais

Curso Wellington Matemática Trigonometria Lei dos Senos e Cossenos Prof Hilton Franco

Curso Wellington Matemática Trigonometria Lei dos Senos e Cossenos Prof Hilton Franco 1. A figura a seguir apresenta o delta do rio Jacuí, situado na região metropolitana de Porto Alegre. Nele se encontra o parque estadual Delta do Jacuí, importante parque de preservação ambiental. Sua

Leia mais

Teorema de Pitágoras e Áreas. Eduardo Wagner

Teorema de Pitágoras e Áreas. Eduardo Wagner Teorema de Pitágoras e Áreas Eduardo Wagner Sobre o autor. Eduardo Wagner é formado em engenharia pela UFRJ e mestre em matemática pelo IMP. omo professor de matemática, atua tanto no ensino médio quanto

Leia mais

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br

A Matemática no Vestibular do ITA. Material Complementar: Prova 2014. c 2014, Sergio Lima Netto sergioln@smt.ufrj.br A Matemática no Vestibular do ITA Material Complementar: Prova 01 c 01, Sergio Lima Netto sergioln@smtufrjbr 11 Vestibular 01 Questão 01: Das afirmações: I Se x, y R Q, com y x, então x + y R Q; II Se

Leia mais

APOSTILA DE GEOMETRIA PLANA E ESPACIAL

APOSTILA DE GEOMETRIA PLANA E ESPACIAL APOSTILA DE GEOMETRIA PLANA E ESPACIAL Professora: Elisandra Bar de Figueiredo Elaboração da apostila: Elisandra Bar de Figueiredo Home-page: http://www.joinville.udesc.br/portal/professores/elisandra/

Leia mais

115% x + 120% + (100 + p)% = 93 2 2. 120% y + 120% + (100 + p)% = 106 2 2 x + y + z = 100

115% x + 120% + (100 + p)% = 93 2 2. 120% y + 120% + (100 + p)% = 106 2 2 x + y + z = 100 MATEMÁTICA Carlos, Luís e Sílvio tinham, juntos, 00 mil reais para investir por um ano. Carlos escolheu uma aplicação que rendia 5% ao ano. Luís, uma que rendia 0% ao ano. Sílvio aplicou metade de seu

Leia mais

LISTA de RECUPERAÇÃO MATEMÁTICA

LISTA de RECUPERAÇÃO MATEMÁTICA LISTA de RECUPERAÇÃO Professor: ARGENTINO Recuperação: O ANO DATA: 0 / 06 / 015 MATEMÁTICA 1. A figura representa duas raias de uma pista de atletismo plana. Fábio (F) e André (A) vão apostar uma corrida

Leia mais

FUVEST 2008 2 a Fase Matemática RESOLUÇÃO: Professora Maria Antônia Gouveia.

FUVEST 2008 2 a Fase Matemática RESOLUÇÃO: Professora Maria Antônia Gouveia. FUVEST 008 a Fase Matemática Professora Maria Antônia Gouveia Q0 João entrou na lanchonete BOG e pediu hambúrgueres, suco de laranja e cocadas, gastando R$,0 Na mesa ao lado, algumas pessoas pediram 8

Leia mais

Quinta lista de exercícios.

Quinta lista de exercícios. MA092 Geometria plana e analítica Segundo semestre de 2015 Quinta lista de exercícios. Triângulos retângulos. Polígonos regulares. Áreas de superfícies planas. 1. Qual deve ser o comprimento de uma escada

Leia mais

MAT 240- Lista de Exercícios. 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM.

MAT 240- Lista de Exercícios. 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM. 1 MAT 240- Lista de Exercícios 1. Dado o ABC, seja G o baricentro deste triângulo e M o ponto médio do lado BC. Prove que AG = 2GM. 2. Seja G o baricentro e O o circuncentro do ABC. Na reta que contém

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO. Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira. Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância

DESENHO GEOMÉTRICO. Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira. Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância Departamento de Arquitetura e Urbanismo Clarissa Ferreira Albrecht Luiza Baptista de Oliveira 20 Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância Desenho Geométrico Universidade Federal de Viçosa Reitora

Leia mais

Matemática. Atividades. complementares. 9-º ano. Este material é um complemento da obra Matemática 9. uso escolar. Venda proibida.

Matemática. Atividades. complementares. 9-º ano. Este material é um complemento da obra Matemática 9. uso escolar. Venda proibida. 9 ENSINO 9-º ano Matemática FUNDAMENTAL Atividades complementares Este material é um complemento da obra Matemática 9 Para Viver Juntos. Reprodução permitida somente para uso escolar. Venda proibida. Samuel

Leia mais

RETÂNGULO ÁREAS DE FIGURAS PLANAS PARALELOGRAMO. Exemplo: Calcule a área de um terreno retangular cuja basemede 3meaaltura 45m.

RETÂNGULO ÁREAS DE FIGURAS PLANAS PARALELOGRAMO. Exemplo: Calcule a área de um terreno retangular cuja basemede 3meaaltura 45m. ÁREAS DE FIGURAS PLANAS RETÂNGULO PARALELOGRAMO Exemplo: Calcule a área de um paralelogramo que tem,4 cmdebasee1,3cmdealtura. Resposta: A= B h A=,4x1,3 A=3,1 cm² 01. Calcule a área do paralelogramo, sabendo-se

Leia mais

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 TRIGONOMETRIA TRIÂNGULO RETÂNGULO Considere um triângulo ABC, retângulo em  ( = 90 ), onde a é a medida da hipotenusa, b e c, são as medidas dos catetos e a, β são os ângulos

Leia mais

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos

Relações Métricas nos. Dimas Crescencio. Triângulos Relações Métricas nos Dimas Crescencio Triângulos Trigonometria A palavra trigonometria é de origem grega, onde: Trigonos = Triângulo Metrein = Mensuração - Relação entre ângulos e distâncias; - Origem

Leia mais

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro.

1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 1. Determine x no caso a seguir: 2. No triângulo ABC a seguir, calcule o perímetro. 3. (Ufrrj) Milena, diante da configuração representada abaixo, pede ajuda aos vestibulandos para calcular o comprimento

Leia mais

Sessão Leitura 45 Fixação 47 Pintou no Enem 72

Sessão Leitura 45 Fixação 47 Pintou no Enem 72 SUMÁRIO Geometria Plana Teoria O ponto a reta e o plano 4 Semirretas e segmentos 4 Semiplanos e ângulos 5 Classificação dos ângulos em função de suas medidas 6 Ângulos consecutivos e ângulos adjacentes

Leia mais

Geometria Espacial Elementos de Geometria Espacial Prof. Fabiano

Geometria Espacial Elementos de Geometria Espacial Prof. Fabiano Geometria Espacial Elementos de Geometria Espacial Prof. Fabiano A Geometria espacial (euclidiana) funciona como uma ampliação da Geometria plana (euclidiana) e trata dos métodos apropriados para o estudo

Leia mais

Se o ABC é isóscele de base AC, determine x.

Se o ABC é isóscele de base AC, determine x. LISTA DE EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE MATEMÁTICA PROFESSOR MOABI QUESTÃO I Nas figuras abaixo, o CBA é congruente ao CDE. Determine o valor de x e y. QUESTÃO II Num triângulo, o maior lado mede 26 cm,

Leia mais

1 ÁREA DO TRIÂNGULO. 1.3 Fórmula trigonométrica. 1.1 Fórmula clássica. 1.4 Triângulo equilátero. 1.2 Triângulo retângulo. Matemática 2 Pedro Paulo

1 ÁREA DO TRIÂNGULO. 1.3 Fórmula trigonométrica. 1.1 Fórmula clássica. 1.4 Triângulo equilátero. 1.2 Triângulo retângulo. Matemática 2 Pedro Paulo Matemática 2 Pedro Paulo GEOMETRIA PLANA XVI 1 ÁREA DO TRIÂNGULO Neste capítulo, estamos encerrando o nosso estudo de Geometria Plana que, como o nome diz, é sobre figuras planas. E uma grandeza muito

Leia mais

GEOMETRIA PLANA - FUVEST. Triângulos

GEOMETRIA PLANA - FUVEST. Triângulos GEOMETRIA PLANA - FUVEST Triângulos...1 Teorema de Tales...8 Semelhança de Triângulos...11 Pontos Notáveis...23 Triângulos Retângulos...25 Triângulos 01. (Fuvest/96) Na figura, as retas r e s são paralelas,

Leia mais

TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO

TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO TRABALHO DE DEPENDÊNCIA TURMA: 2ª SÉRIE CONTEÚDOS RELATIVOS AO 1º E 2º BIMESTRE MATEMÁTICA 2 PROFESSOR ROGERIO OBSERVAÇÕES: 1) AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA A PARTE COM

Leia mais

MATEMÁTICA GABARITO. IMPRIMIR Nessa figura, o trapézio ABCD tem altura 2 3 e bases AB = 4 e DC = 1. A medida do lado BC é: a) 14 c) 4. Avançar.

MATEMÁTICA GABARITO. IMPRIMIR Nessa figura, o trapézio ABCD tem altura 2 3 e bases AB = 4 e DC = 1. A medida do lado BC é: a) 14 c) 4. Avançar. MATEMÁTIA QUARILÁTEROS E POLÍGONOS 1 1. AEU-F Julgue os itens seguintes relativos aos quadriláteros planos. ( ) Um retângulo é um paralelogramo. ( ) As diagonais de todo paralelogramo são congruentes.

Leia mais