Gestão estratégica de Pessoas: o modelo de competências

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão estratégica de Pessoas: o modelo de competências"

Transcrição

1 Gestão estratégica de Pessoas: o modelo de Pedro Paulo Carbone Direitos reservados

2 POR QUE GESTÃO POR COMPETÊNCIAS?

3 Empresas e Organizações Gestão das Finanças Gestão de Marketing Gestão de Produção Gestão de Distribuição Gestão de Controle Contabilidade Gestão de Negócios Gestão de Vendas Gestão Sistemas e TI Gestão Processo Administração (Departamento Pessoal ou RH) 83

4 Currículos dos cursos de graduação em administração não é muito diferente Pesquisa em curso de administração de uma grande escola no Brasil: 209 disciplinas disponíveis Apenas 27 disciplinas vinculadas a gestão de RH, comportamento humano, comunicação, psicologia, sociologia, responsabilidade social, liderança, relações de trabalho etc (13%)

5 FOCO EM RECURSOS MATERIAIS: ativos tangíveis que se depreciam Eniac 84

6 PESSOAS SÃO INTELIGENTES: ativos intangíveis que podem ser eternos

7 A metáfora do iceberg

8 Dimensões do Capital Intelectual segundo as perspectiva dos autores Autores Dimensões Kaplan e Norton (2004) Stewart (1998) Sveiby (1998) Edvinsson e Malone (1998) Pessoas Aprendizado e conhecimento Capital Humano Competênci a do funcionário Capital Humano Estrutura Processos Internos Capital Estrutural Estrutura interna Capital Estrutural (organizacional, inovação, processos) Clientes Clientes Capital Cliente Estrutura externa Capital Clientes Fonte: CARBONE, Pedro, BRANDÃO, Hugo, DINIZ, João. Gestão do Conhecimento e Gestão por Competências, Série Gestão de Pessoas, Editora da FGV, RJ,

9 O QUE É CAPITAL HUMANO? RECURSOS HUMANOS COMPETÊNCIA PRODUTIVIDADE Eficiência no processo Eficácia no capital humano Efetividade nos resultados ex: treinamento competência aumento de vendas

10 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS 10

11 Por que as empresas estão implantando programas de gestão por? 1. Para se conhecer melhor conhecer as de seus funcionários ( pessoais) conhecer as necessárias para o exercício de cargos e funções ( profissionais) conhecer as da sua organização ( organizacionais) conhecer as necessárias para se ter sucesso no mercado de atuação ( essenciais fatores críticos de sucesso do mercado de atuação) 2. Para saber quais precisa desenvolver para se tornar mais competitiva, gerando resultados sustentáveis 11

12 Como se implanta um Programa de Gestão por? Fase 1 Levantamento dos fatores críticos de sucesso da organização Fase 2 Mapeamento das organizacionais desejadas Fase 3 Mapeamento das pessoais inventário de existentes dos funcionários Fase 4 Mapeamento das profissionais desejadas de cada cargo ou função Fase 5 identificação do gap de Fase 6 Capacitação e desenvolvimento de continuado Fase 7 - Estruturação do sistema de orientação profissional e trilhas de aprendizagem Fase 8 Estruturação do sistema de avaliação de desempenho por 12

13 Identificação do Gap de Competências Nível de competência Competências Necessárias vantagem competitiva desvantagem competitiva Gap0 Gap1 Competências Atuais T0 T1 tempo 13

14 O que é Gestão por Competências? Tendo o pressuposto de que o domínio de certas aquelas raras, valiosas, difíceis de ser desenvolvidas confere à organização um desempenho superior ao de seus concorrentes, a gestão por busca direcionar esforços para desenvolver fundamentais à consecução dos objetivos organizacionais (DURAND, 2000; PRAHALAD e HAMEL, 1990) 14

15 Competências Organizacionais (essenciais, competitivas) da organização ou das equipes Profissionais do cargo Pessoais dos empregados Grupais da equipe 15

16 Efeitos em Diferentes Níveis Organizacionais Transferência Vertical Organização Transferência Horizontal Equipe Indivíduo Ascendente Descendente 16

17 A Competência nos Diferentes Níveis Competências Organizacionais Competências de Equipes Competências do Indivíduo Definidas na Estratégia Corporativa São influenciadas pelos níveis micro (indivíduo) e macro (organização) Avaliadas individualmente 17

18 Gestão por Competência Competências representam combinações sinérgicas de conhecimentos, habilidades e atitudes, expressas pelo desempenho profissional, no âmbito de determinado contexto ou estratégia organizacional (Carbone et al., 2005; Durand, 2000; Nisembaum, 2000) 18

19 COMPETÊNCIA 19

20 SABER - Conhecimento Conhecimento do ambiente Conhecimentos Gerais e Teóricos Conhecimentos Operacionais SABER FAZER - Habilidades Experiência profissional associada COMPETÊNCIA SABER SER E AGIR - Atitudes Atributo profissional Atributos Pessoais 20

21 COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS Banco de talentos Sistema mensuração INSUMOS Conhecimentos Habilidades Atitudes DESEMPENHO Comportamentos Realizações Resultados Valor para a Organização Valor para o Indivíduo Fonte: Fleury & Fleury (2001), com adaptações. 21

22 Criação de Vantagem Competitiva Ciclo Virtuoso da Competência indicar Competência Essencial (Organização) Competência Profissional Competências Profissionais desejadas buscar Aprendizagem Competências Pessoais identificar Gap suprir 22

23 Pessoas Empresa Missão Visão Objetivos Estratégicos Metas Gestão por Competências Competências Organizacionais Competências Profissionais Competências Pessoais Gap Educação permanente Educação corporativa Reconhecimento Certificação Reconhecimento 23

24 Superação do Gap de Competências Competências Pessoais Competências Profissionais Gap 24 Arte: Droval, Clarisse

25 O ciclo da estratégia: Estratégia Aprendizagem Competências Organizacionais Fonte: Fleury x Fleury (2003) 25

26 Avaliação desempenho Recompensa Transversalidade das Trilhas de desenvolvimento Recrutamento e Seleção 26

27 GESTÃO DE PESSOAS BASEADA EM COMPETÊNCIAS 27

28 Alinhando a Gestão de Pessoas à Estratégia Organizacional Planejamento Estratégia Estratégia Organizacional Organizacional e Diagnóstico de Competências Subsistemas de Gestão de Pessoas Educação Corporativa Identificação e Alocação de Talentos Planejamento em Gestão de Pessoas Avaliação do Desempenho Profissional Orientação Profissional e Carreira Competências Remuneração e Benefícios Comunicação Interna. 28

29 A Gestão por Competências Formulação da Estratégia Organizacional Definir Missão, Visão de Futuro e Objetivos Estratégicos Estabelecer indicadores de desempenho e metas Diagnóstico de Competências Identificar as necessárias Inventariar as existentes Mapear o gap de e planejar a captação e/ou o desenvolvimento Captação de Competências Selecionar externas Definir mecanismo de desenvolvimento Desenvolvimento de Competências Admitir, alocar e integrar Disponibilizar e orientar aproveitamento Acompanhamento e Avaliação Acompanhar e apurar os resultados alcançados Comparar resultados alcançados com resultados esperados Retribuição Reconhecer e premiar o bom desempenho Remunerar por 29

30 Torna mais participativo, democrático e transparente o processo de avaliação Estimula o desenvolvimento de e a melhoria do desempenho dos funcionários Fornece subsídios para os demais sistemas de gestão de pessoas 30

31 Fontes da Avaliação Acordo de Trabalho: meta e competência Financeira Clientes Processos Internos Comportamento Humano Sociedade GDP Avaliação das Competências Avaliação das metas Empregado Fontes Conceitos Matriz de Balanceamento Pontuação Placar de Desempenho Profissional 31

32 Etapas da GDC 32

33 Fases do Planejamento Seleção de Avaliados Atribuição dos Perfis de Competências Acordo de Equipe 33

34 Etapas da GDC 34

35 Acompanhamento Feedbacks de reconhecimento: Comentários de valorização sobre realizações ou comportamentos considerados bons, adequados, pertinentes. São importantes, mesmo quando os esforços não trazem o resultado desejado. 35

36 Acompanhamento Feedbacks de aprimoramento: Comentários sobre realizações ou comportamentos considerados inadequados, imprecisos. Representam opiniões que oferecem oportunidades de crescimento, com sugestões e indicações de ações para o desenvolvimento da competência. 36

37 Etapas da GDC 37

38 Avaliar é... atribuir valor a alguma coisa (desempenho) a partir de um parâmetro previamente especificado comparar o desempenho acordado (metas e ) com o desempenho observado Portanto... Simplesmente atribuir conceitos ao final do processo não é avaliar e nem gerir desempenho!!! 38

39 Dinâmica da Gestão do Desempenho por Competências trilhas Reconhecer bom desempenho, identificar problemas de desempenho e propor caminhos de desenvolvimento Encerrar a avaliação (todos) Atribuir conceitos (todos) Realizar as anotações (todos) Construir Acordo de Equipe Identificar os avaliados 39

40 RECRUTAMENTO POR COMPETÊNCIAS 40

41 Recrutamento Online E-recruitment Características dos Processos Tradicionais - Anúncios em jornais de domingo - Alcance de mídia regional - Currículos em papel - Currículos desatualizados - Captação de candidatos ativos (maioria desempregados) - Processos tradicionais de recrutamento - Burocratização de processos - Caixas postais, telefone e fax - Triagem manual, telefônica - Processos por demanda Fonte: acesso em Fonte: acesso em

42 Recrutamento Online E-recruitment Recrutamento Online - Anúncios e respostas em tempo real - Alcance de mídia mundial - Currículos eletrônicos - Currículos atualizados (interatividade) - Candidatos passivos e ativos (empregados e desempregados) - Economia de 70% no custo e - Gerenciamento automatizado - Caixas postais online, - Filtros, classificadores e testes online - Criação de comunidades virtuais Fonte: acesso em

43 Recrutamento Online E-recruitment VANTAGENS E BENEFÍCIOS Banco de Currículos Próprio; Centralização dos processos de recrutamento internos e externos; Maior atualização de currículos; Maior exposição institucional e atração de talentos; Rapidez, facilidade de uso e operação; Redução de custo e tempo de recrutamento; Mensagens automáticas personalizadas; Integração com sistemas corporativos (SAP, RM, sistemas, etc.); Suporte Técnico Online a candidatos e funcionários da empresa; Redução nos custos de desenvolvimento, manutenção, utilização e segurança dos dados; Transferência do trabalho de cadastramento, atualização e manutenção do currículo para o candidato Fonte: acesso em

44 Recrutamento Online via Sites Corporativos Evolução de 1998 a maiores empresas globais Fonte: acesso em Empresas com site de recrutamento corporativo Empresas sem site de recrutamento corporativo Empresas sem site corporativo 44

45 Remuneração e Recompensa Potencial () Salário base (Função) Desempenho Orienta Autodesenvolvimento Perfil do cargo Orienta produtividade min max 45

46 DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS 46

47 Papel da Educação Corporativa Desempenho Expressão da competência Aprendizagem Aquisição de Competência 47

48 FASES DO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS CERTIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIAS Programa Gestão de Carreira Programa Trilhas de Aprendizagem Programas de Treinamento & Desenvolvimento de Programa de Certificação de Conhecimentos e Competências 48

49 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS: construindo trilhas de aprendizagem PEDRO PAULO CARBONE 49

50 Gerenciamento do gap de Competência do mercado Gap Trilhas de Aprendizagem Competência organizacional Fonte: adaptado de Ienaga (1998, p.15) Tempo 50

51 Gestão da complexidade: saindo do modelo clássico de qualificação e ingressando na filosofia de desenvolvimento permanente de Qual é o modelo de aprendizagem mais adequado ao contexto contemporâneo? 51

52 DAS GRADES DE TREINAMENTO ÀS TRILHAS DE APRENDIZAGEM Grades de Treinamento são conjuntos de cursos aos quais são submetidos, com orientação de obrigatoriedade, todos que aspiram ou exercem determinada função. Trilhas de Aprendizagem são caminhos alternativos e flexíveis para o desenvolvimento profissional. 52

53 TRILHAS DE APRENDIZAGEM Trilhas de aprendizagem são caminhos alternativos e flexíveis para o desenvolvimento profissional Diferentes profissionais, ainda que tenham os mesmos objetivos, traçam diferentes trilhas para o desenvolvimento profissional. 53

54 Objetivos das Trilhas Oferecer visão sistêmica da formação profissional Conferir visibilidade das expectativas organizacionais em relação à qualificação e ao desempenho profissional Sugerir meios alternativos de aprimoramento profissional e pessoal Favorecer o desenvolvimento integral do indivíduo Tornar o sistema de formação profissional aberto ao ambiente social 54

55 Na direção de um modelo de navegação profissional O conceito de navegação profissional Navegadores voluntários Construindo um RADAR para o desenvolvimento das 55

56 Níveis de Competências TRILHAS DE APRENDIZAGEM COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS: (Sistema de certificação Profissional) Gerencial Técnica Básica... Comp.1...Comp.2...Comp.3....Comp. n RECURSOS Treinam. Bibliog. Sitegraf. Filmograf. Estágio 56

57 TRILHAS DE APRENDIZAGEM Competência Desejad a Legenda: = Ponto de Partida = Trilha Construída pelo Profissional A = Trilha Construída pelo Profissional B = Objeto de Aprendizagem = Experiência Profissional Profissional A = Ponto de Passagem Essencial Profissiona l B = Ponto de Chegada 57 Brandão & Freitas (2006)

58 PREMISSAS DO SISTEMA TRILHAS DE APRENDIZAGEM A construção de uma trilha de aprendizagem é um ato voluntário. A aprendizagem pode ocorrer por vários caminhos. A competência adquirida é mais importante que a forma de aquisição. Cada um constrói a sua trilha, a partir de interesses pessoais e de necessidades organizacionais de desenvolvimento profissional. Cada trilha é única e depende da trajetória profissional e das aspirações de quem a constrói. Trilhas de aprendizagem procuram conciliar as necessidades de da organização e os anseios pessoais por desenvolvimento na carreira. Cada ponto de chegada representa um novo ponto de partida nova alternativa de encaminhar a profissionalização, estimular a autonomia e promover o autodesenvolvimento O conceito de trilhas liberta. O conceito de trilhos e grades engessa. 58

59 Quais recursos serão utilizados para a construção das trilhas? Tipo 1: situações cuja finalidade principal e tradicional é treinamento Tipo 2: situações criadas para serem formadoras, mas que não correspondem a situações habituais de treinamento Tipo 3: situações de trabalho que não têm objetivos de formação mas que podem se tornar oportunidades de produção ou desenvolvimento de 59

60 Quais são as referências para a construção personalizada das trilhas? O funcionário constrói suas próprias trilhas a partir: da constatação de defasagens no desempenho; da busca de desempenho superior; dos anseios de desenvolvimento pessoal e profissional (planejamento da carreira, busca de satisfação profissional, objetivos pessoais etc); da necessidade de adaptação a novas estratégias e tecnologias da organização 60

61 Como se constrói? 1. Defina a competência, e...comece! Cursos a Distância Publicações Cursos Presenciais colóquios missões Projetos projetos estágios teatro Conversas com gestores Livros Internet viagem intercâmbios Filmes Vídeos Instrucionais Conversas com experts 61

62 62

63 PRÁTICAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO E GESTÃO POR COMPETÊNCIAS DE EMPRESAS BRASILEIRAS pesquisa realizada pelos autores do livro Gestão por Competências e Gestão do conhecimento, terceira edição, 2009 Pedro Paulo Carbone Doutorando em economia de empresas pela Católica Mestre em Administração Pública pela FGV Coordenador do MBA Gestão de Pessoas da FGV Brasília e Goiânia Professor da FGV e do Centro de Superación Bancaria de Cuba (Havana) 63

64 Gestão por competência s Banco do Brasil Petrobrás Serpro Vale Câmara dos Deputados Gestão de desempenho por GDP por 360 graus GDP por GDP por GDP por Banco de talentos Inventário das profissionais dos funcionários (sistema TAO) Disponibilização de um modelo de para formação de técnicos e gestores; a) Ferramenta tecnológica para apoiar a gestão por com base em taxonomia corporativa; b)mapeamento de profissionais detentores de conhecimentos críticos a)estratégia para planejar a provisão e o desenvolvimento de talentos que possam representar vantagem competitiva; b)matriz de técnicas e gerenciais c)identificação de prioritárias para as áreas Inventário de Certificação de conhecimentos e Sistema interno de certificação de conhecimentos e dos funcionários Certificação de técnicas:sistema de mensuração do conhecimento, habilidade e atitude 64

65 Gestão por competência s Banco do Brasil Petrobrás Serpro Vale Câmara dos Deputados Gestão de desempenho por GDP por 360 graus GDP por GDP por GDP por Banco de talentos Inventário das profissionais dos funcionários (sistema TAO) Disponibilização de um modelo de para formação de técnicos e gestores; a) Ferramenta tecnológica para apoiar a gestão por com base em taxonomia corporativa; b)mapeamento de profissionais detentores de conhecimentos críticos a)estratégia para planejar a provisão e o desenvolvimento de talentos que possam representar vantagem competitiva; b)matriz de técnicas e gerenciais c)identificação de prioritárias para as áreas Inventário de Certificação de conhecimentos e Sistema interno de certificação de conhecimentos e dos funcionários Certificação de técnicas:sistema de mensuração do conhecimento, habilidade e atitude 65

66 Desenvolvimento e E- learning E-learning Banco do Brasil a) Educação a distância em plataforma e- learning b) Sinapse ambiente colaborativo WIKI para treinamento em produtos e serviços Petrobrás Serpro Vale Câmara dos Deputados Educação a distância em plataforma e- learning Escola Virtual: serviço de educação a distância LMS learning management system para gerenciar todas as ações de desenvolvimento. Portal Valer na intranet Sistema de EAD de aprendizagem colaborativa Trilhas de aprendizagem a)trilhas de aprendizagem na intranet (UniBB) Trilhas técnicas e de desenvolvimento gerencial: itinerários de desenvolvimento profissional baseados no mapa de da organização Biblioteca virtual Ambiente que reúne coleção digitalizada dotada de instrumento de gestão da informação Apoio a pesquisa (produção intelectual) Mestrado e doutorado Sistema de apoio a pesquisa acadêmica 66

67 Desenvolvimento e E- learning E-learning Banco do Brasil a) Educação a distância em plataforma e- learning b) Sinapse ambiente colaborativo WIKI para treinamento em produtos e serviços Petrobrás Serpro Vale Câmara dos Deputados Educação a distância em plataforma e-learning Escola Virtual: serviço de educação a distância LMS learning management system para gerenciar todas as ações de desenvolvimento. Portal Valer na intranet Sistema de EAD de aprendizagem colaborativa Trilhas de aprendizagem a)trilhas de aprendizagem na intranet (UniBB) Trilhas técnicas e de desenvolvimento gerencial: itinerários de desenvolvimento profissional baseados no mapa de da organização Biblioteca virtual Ambiente que reúne coleção digitalizada dotada de instrumento de gestão da informação Apoio a pesquisa (produção intelectual) Mestrado e doutorado Sistema de apoio a pesquisa acadêmica 67

68 Referências bibliográficas: BANCO DO BRASIL, Profissionalização, Fascículos Trilhas de Aprendizagem, 2000/2001 BRANDÃO, Hugo; CARBONE, Pedro, A Web como instrumento para construção de trilhas de aprendizagem, in EDUCAÇÃO CORPORATIVA: desenvolvendo e gerenciando, Fundação Getúlio Vargas, Pearson Prince Hall, 2004 BRANDÃO, Hugo; FREITAS, Isa, Trilhas de aprendizagem como estratégia para desenvolvimento de. In: BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo & ABBAD, Gardênia (org.). Treinamento, desenvolvimento e educação no trabalho. Brasília: Instituto de Psicologia da UnB, 2006 CARBONE, Pedro; BRANDÃO, Hugo; DINIZ, João, Gestão por Competências e Gestão do Conhecimento, Série Gestão de Pessoas, Editora da FGV, Rio de Janeiro, 2006, 2a ed. LE BOTERF, Guy. Competénce et navigation professionnelle. Paris: Éditions d Organisation, 1999 ZARIFIAN, Philippe. Objectif compétence: pour une nouvelle logique. Paris: Editions Liaisons,

Apresentação. Gestão de Pessoas por Competências

Apresentação. Gestão de Pessoas por Competências Apresentação Gestão de Pessoas por Competências POR QUE GESTÃO POR COMPETÊNCIAS? Empresas e Organizações Gestão das Finanças Gestão de Marketing Gestão de Produção Gestão de Distribuição Gestão de Controle

Leia mais

GESTÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS NO BANCO DO BRASIL

GESTÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS NO BANCO DO BRASIL GESTÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS NO BANCO DO BRASIL Novembro de 2009 A Gestão de Pessoas por Competências no BB Implementada em 2005, objetivou alinhar os macroprocessos de gestão de pessoas em torno

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Carga horária total 36 horas Profª. Clarisse Droval Especialista em gestão de pessoas, professora universitária, educadora corporativa e consultora. Coordenação acadêmica

Leia mais

Brasília (DF), 26 de novembro de 2010. Clarisse Droval

Brasília (DF), 26 de novembro de 2010. Clarisse Droval Brasília (DF), 26 de novembro de 2010 1 Propósito e Natureza Discussão dos grandes temas nacionais pertinentes ao conhecimento Papel de natureza social, desde 04/07/2008 está qualificada pelo Ministério

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Universidade Federal do Ceará Faculdade de Economia, Administração, Atuária, Contabilidade e Secretariado Curso de Administração de Empresas GESTÃO POR COMPETÊNCIAS MAURICIO FREITAS DANILO FREITAS Disciplina

Leia mais

Formação por Competências e Novas Tecnologias. Alzira Vieira Gerente da UCSEBRAE

Formação por Competências e Novas Tecnologias. Alzira Vieira Gerente da UCSEBRAE Formação por Competências e Novas Tecnologias Alzira Vieira Gerente da UCSEBRAE A Universidade Corporativa Missão: promover ambiente de aprendizagem para o desenvolvimento de competências dos colaboradores

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management Profº Walter Lerner lernerwl@terra.com.br Filme 7 CONTEXTUALIZAÇÃO da ADM e do Administrador

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar 1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos stavros@fgv.br Brasília, 27 de novembro de 2009

Leia mais

Apresentação. A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo.

Apresentação. A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo. Apresentação A Martins Guerra Consultoria é formada por gente jovem, engajada e de atitude. É feita de um trabalho dedicado e muito profissionalismo. Nossa missão é promover o encontro entre pessoas e

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

Sistema Gestão de Gente

Sistema Gestão de Gente Sistema Gestão de Gente Uma organização moderna requer ferramentas de gestão modernas, que incorpore as melhores práticas de mercado em gestão de recursos humanos, que seja fácil de usar e que permita

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Gestão Por Competências nas IFES

Gestão Por Competências nas IFES Goiânia 22 de Novembro de 2012 Gestão Por Competências nas IFES Anielson Barbosa da Silva anielson@uol.com.br A G E N D A 1 Desafios da Gestão de Pessoas nas IFES. 2 3 Bases Legais da Gestão de Pessoas

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis Nível: Superior Reporte: Coordenador Sumário Participar do planejamento e desenvolvimento das políticas e práticas de Recursos Humanos da empresa. Desenvolver atividades técnicas de avaliação comportamental

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços.

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO Indicadores e Diagnóstico para a Inovação Primeiro passo para implantar um sistema de gestão nas empresas é fazer um diagnóstico da organização; Diagnóstico mapa n-dimensional

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas:

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di?

GESTÃO DE DESEMPENHO. Prof. WAGNER RABELLO JR. Conceito de desempenho. Níveis de desempenho. O di? GESTÃO DE DESEMPENHO Prof. WAGNER RABELLO JR Conceito de desempenho Níveis de desempenho O di? O que medir? Resultados Desempenho Competências Fatores críticos de desempenho 1 Segundo Chiavenato, existem

Leia mais

Aula 09 - Remuneração por competências: uma alavanca para o capital intelectual

Aula 09 - Remuneração por competências: uma alavanca para o capital intelectual Aula 09 - Remuneração por competências: uma alavanca para o capital intelectual Objetivos da aula: Estudar a remuneração por habilidades; Sistematizar habilidades e contrato de desenvolvimento contínuo.

Leia mais

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO Profa. Leonor Cordeiro Brandão Relembrando Vimos alguns conceitos importantes: O que são dados; O que é informação; Quando uma informação se transforma em conhecimento;

Leia mais

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS SIGA: TMBAGE Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 -

Leia mais

Profissionais de Alta Performance

Profissionais de Alta Performance Profissionais de Alta Performance As transformações pelas quais o mundo passa exigem novos posicionamentos em todas as áreas e em especial na educação. A transferência pura simples de dados ou informações

Leia mais

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6.

Nani de Castro. Sumário. Resumo de Qualificações... 2. Atuação no Mercado... 3. Formação Profissional... 5. Contatos... 6. Sumário Resumo de Qualificações... 2 Atuação no Mercado... 3 Formação Profissional... 5 Contatos... 6 Página 1 de 6 Resumo de Qualificações Consultora responsável pela organização e gestão da RHITSolution,

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências Prof. PEDRO PAULO CARBONE Doutor em economia pela Católica Mestre em Administração Pública pela FGV Especialista em novas tecnologias da educação pela Suny University Graduação

Leia mais

Profissionais graduados em Psicologia e Medicina que tenham interesse em atuar na área do trabalho e organizacional.

Profissionais graduados em Psicologia e Medicina que tenham interesse em atuar na área do trabalho e organizacional. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma

MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias 15ª Turma Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você

Leia mais

Ana Cláudia Braga Mendonça

Ana Cláudia Braga Mendonça Plano de Cargos e Salários CSJT OCUPAÇÃO DE FUNÇÃO COMISSIONADA E CARGO EM COMISSÃO I - FUNÇÕES COMISSIONADAS (FC-1 - FC-6) 80% > servidores integrantes das Carreiras do Poder Judiciário da União; (Art.3º)

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Marketing. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão

O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão O desafio da liderança: Avaliação, Desenvolvimento e Sucessão Esse artigo tem como objetivo apresentar estratégias para assegurar uma equipe eficiente em cargos de liderança, mantendo um ciclo virtuoso

Leia mais

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor OBJETIVO: A Gestão de Pessoas vem passando por inúmeras transformações nestes últimos anos.

Leia mais

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO APRESENTAÇÃO E GRADE CURRICULAR DOS CURSOS Graduação PROCESSOS GERENCIAIS 1.675 HORAS Prepara os estudantes para o empreendedorismo e para a gestão empresarial. Com foco nas tendências

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 23/2012 Aprova a implantação do Sistema de Gestão de Pessoas por Competências (SGPC) da UFPB. O Conselho Universitário

Leia mais

Gestão de Pessoas. Roseli Garcia roseli.garcia@boavistaservicos.com.br

Gestão de Pessoas. Roseli Garcia roseli.garcia@boavistaservicos.com.br Gestão de Pessoas Roseli Garcia roseli.garcia@boavistaservicos.com.br 5 de Setembro de 2012 A Boa Vista combina profundo entendimento sobre o varejo e o consumidor brasileiro, com o conhecimento de inovação

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

No mundo de RH temos que ser extraordinários...

No mundo de RH temos que ser extraordinários... Apresentação Doutor em economia de empresas pela Católica, Mestre em administração Pública pela FGV Graduado em administração pela USP Exerceu a função de executivo de RH em grandes empresas, entre elas

Leia mais

Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças

Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças Equipe com mais de 17 anos de experiência em Avaliação de Executivos, Coaching e Desenvolvimento de Lideranças Responsável pela elaboração e realização de projetos em empresas de porte que foram reconhecidos

Leia mais

Treinamento - Como avaliar sua eficácia? FÁTIMA TAHIRA COLMAN

Treinamento - Como avaliar sua eficácia? FÁTIMA TAHIRA COLMAN Treinamento - Como avaliar sua eficácia? FÁTIMA TAHIRA COLMAN Objetivos Apresentar os fundamentos da avaliação de treinamento Apresentar os tipos de indicadores para mensurar a eficácia do treinamento

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores NÚCLEO AVANÇADO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores De acordo com a Resolução n o 1 de 08/06/2007 da CES do CNE do MEC Coordenação

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Pós-graduação lato sensu.

Pós-graduação lato sensu. MBA Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Pós-graduação lato sensu 1 MBA Desenvolvimento e Gestão de Pessoas Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO COMO AS MUDANÇAS NAS ORGANIZAÇÕES ESTÃO IMPACTANDO A ÁREA DE RECURSOS HUMANOS Paola Moreno Giglioti Administração

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

Desenvolvendo competências nos gestores públicos

Desenvolvendo competências nos gestores públicos Desenvolvendo competências nos gestores públicos Walter Sigollo Superintendente de Recursos Humanos e Qualidade 26/maio/2011 Contexto do País - Mercado Estudo Mercer Consulting Outsourcing - abril 2011

Leia mais

Sistema RH1000. Gestão de Pessoas por Competências. Foco em Resultados. Ohl Braga Desenvolvimento Empresarial desde 1987. Atualizado em 01Set2015 1

Sistema RH1000. Gestão de Pessoas por Competências. Foco em Resultados. Ohl Braga Desenvolvimento Empresarial desde 1987. Atualizado em 01Set2015 1 Sistema RH1000 Gestão de Pessoas por Competências Foco em Resultados Ohl Braga Desenvolvimento Empresarial desde 1987 Atualizado em 01Set2015 1 Implantação do RH de Resultados (RHR ) Solução Completa Metodologia

Leia mais

Recrutamento e seleção

Recrutamento e seleção Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem Recrutamento e seleção Fernanda Maria Togeiro Fugulin RECRUTAMENTO Fase que antecede a seleção, de divulgação, em que se deverá atrair candidatos potencialmente

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL

RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL programação do evento 4ª edição RH: GESTÃO INOVADORA ORGANIZACIONAL 10 de abril de 2014 Staybridge Suites São Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO SILVER EXPO BRAND APOIO REALIZAÇÃO Os desafios do futuro na

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf

endereço eletrônico) OPCIONAL: http://www.coacavo.com.br/gestao_pdf/avaliacao_desempenho_360grau s.pdf AV1 Estudo Dirigido da Disciplina CURSO: Gestão de Recursos Humanos DISCIPLINA: Ferramentas de Gestão de Recursos Humanos ALUNO(A):Aline de Souza MATRÍCULA:51811 Ribeiro da Rocha NÚCLEO REGIONAL: DATA:

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

CBA. Gestão de Negócios PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Gestão de Negócios

CBA. Gestão de Negócios PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Gestão de Negócios CBA Gestão de Negócios Gestão de Negócios O curso desenvolve a capacidade de compreender, de forma ampla e sistêmica, a interação entre as diversas áreas funcionais de uma empresa, além dos aspectos externos

Leia mais

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO

COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO COMPETÊNCIA, CONSCIENTIZAÇÃO E TREINAMENTO OBJETIVO DA SEÇÃO Esta seção apresenta a Competência, Conscientização e do Sistema da Qualidade da TELEDATA que atende ao item 6.2.2 Norma ISO 9001:2008. DIRETRIZES

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS PARA GESTAO DE PESSOAS E DE PROCESSOS. Empresa XPTO 1

SISTEMAS INTEGRADOS PARA GESTAO DE PESSOAS E DE PROCESSOS. Empresa XPTO 1 Empresa XPTO 1 Desenvolvimento de Sistema Integrado de Informação para a área de Recrutamento e Seleção - Recursos Humanos Empresa XPTO Alunos: -------- -------- -------- -------- -------- Descrição da

Leia mais

Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional

Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional Painel Setorial - Inmetro Perspectivas da Educação a Distância na Capacitação e Formação Permanente do Profissional Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos Xerém, 31 de julho de 2009 Tópicos Os Novos

Leia mais

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento

Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento Cultura do não Foco do RH no Departamento Pessoal Não alinhamento das estratégias de Gestão de Pessoas com as estratégias do MTur Pouco envolvimento da alta direção nos eventos Desinteresse dos servidores

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES t COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES Joaquim Domingos Maciel Faculdade Sumaré joaquim.mackim@gmail.com RESUMO: Este artigo pretende alertar estudantes e profissionais para a compreensão

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos

Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos Revisão Organizações focalizadas na estratégia: Traduzir a estratégia em termos operacionais;

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS

Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Administração de Pessoas por COMPETÊNCIAS Adm.Walter Lerner 1.Gestão,Competência e Liderança 1.1.Competências de Gestão Competências Humanas e Empresariais são Essenciais Todas as pessoas estão, indistintamente,

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES Fábio S. de Oliveira 1 Daniel Murara Barcia 2 RESUMO Gerenciar informações tem um sido um grande desafio para as empresas diante da competitividade

Leia mais

MBA Executivo em Gestão de Pessoas

MBA Executivo em Gestão de Pessoas ISCTE BUSINESS SCHOOL INDEG_GRADUATE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Gestão de Pessoas www.strong.com.br/alphaville - www.strong.com.br/osasco - PABX: (11) 3711-1000 MBA

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira. Conteúdo Programático. ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA DE CURTO PRAZO / 100h CAPITAL DE GIRO liquidez e capital circulante líquido rentabilidade do ativo estratégias de gerência fontes de financiamento estudo de caso orçamento de caixa

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Descentralizada E.E. Arlindo Bittencourt Código: 091-2 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350

POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 462, de 10/09/2012. VIGÊNCIA: 10/09/2012 POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO CORPORATIVA - NOR 350 1/6 ÍNDICE

Leia mais

XVIII JORNADA DE ENFERMAGEM EM HEMODINÂMICA.

XVIII JORNADA DE ENFERMAGEM EM HEMODINÂMICA. . Qualificando o desempenho operacional utilizando ferramentas de Tecnologia de Informação. sfl.almada@gmail.com Enfª Sueli de Fátima da Luz Formação: Bacharel em Enfermagem e Obstetrícia Universidade

Leia mais

Como atrair e reter talentos

Como atrair e reter talentos Como atrair e reter talentos na Panificação PORQUE A DISCUSSÃO DE TALENTOS É IMPORTANTE PARA ORGANIZAÇÕES COMPETITIVAS? Em toda a história do mundo empresarial, nunca houve tanta preocupação e cuidados

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

ANALISTA DE RH Cód.: 0187

ANALISTA DE RH Cód.: 0187 ANALISTADERH Cód.:0187 AtribuiçõesdaFunção: Realizar o processo de recrutamento e seleção, fazendo triagem de currículos, organizando o banco de currículos e agendamento de entrevistas; Realizar as entrevistas

Leia mais

Período de validade do curso: 60 (sessenta) dias podendo ser acessado a qualquer hora e quantas vezes desejar.

Período de validade do curso: 60 (sessenta) dias podendo ser acessado a qualquer hora e quantas vezes desejar. DETALHES DO CURSO Disciplina: Gestão Empresarial Professor: Wellington de Toledo Garcia, Graduado em Administração de Empresas com MBA Executivo (Master of Business Administration) em Gestão Empresarial

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas empresas e profissionais, a ADVB/RS atua na área de educação corporativa e oferece conhecimentos alinhado às principais

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA)

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) A administração participativa é uma filosofia ou política de administração de pessoas, que valoriza sua capacidade de tomar decisões e resolver problemas,

Leia mais

Saber de Verdade! Gestão de Pessoas

Saber de Verdade! Gestão de Pessoas Gestão de Pessoas PROPÓSITO E RESULTADOS ESPERADOS DO PROGRAMA Tornar-se um programa de educação corporativa capaz de desenvolver competências individuais aplicadas de seus participantes, como, em igual

Leia mais

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias

MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias MBA Gestão de Pessoas Ênfase em Estratégias Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização (versão 2011) Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

Miguel de Paula. Gente, Gestão e Serviços

Miguel de Paula. Gente, Gestão e Serviços Miguel de Paula Gente, Gestão e Serviços Provendo Serviços e Talentos 2 Estrutura GENTE, GESTÃO E SERVIÇOS SERVIÇOS COMPARTILHADOS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO GENTE Serviços Acadêmicos Serviços Financeiros

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

Ensino Superior no Século XXI: Mudanças, Desafios e Competências. José Roberto Gomes da Silva

Ensino Superior no Século XXI: Mudanças, Desafios e Competências. José Roberto Gomes da Silva Ensino Superior no Século XXI: Mudanças, Desafios e Competências José Roberto Gomes da Silva Os desafios de gestão das IES Maior Complexidade Mudanças na sociedade Competitividade Novo papel Nova identidade

Leia mais