2 a Lista de Exercícios de MAT2457 Escola Politécnica 1 o semestre de 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 a Lista de Exercícios de MAT2457 Escola Politécnica 1 o semestre de 2014"

Transcrição

1 a Lista de Eercícios de MAT4 Escola Politécnica o semestre de 4. Determine u tal que u = e u é ortogonal a v = (,, ) e a w = (, 4, 6). Dos u s encontrados, qual é o que forma um ângulo agudo com o vetor (,, )?. Determine a projeção do vetor w na direção do vetor v nos casos: (a) w = (,, ), v = (,, ); (b) w = (,, ), v = (,, ).. Decomponha w = (,, ) como soma de dois vetores w e w, sendo w paralelo ao vetor (,, ) e w ortogonal a este último. 4. Decomponha w = (,, ) como soma de dois vetores w e w, sendo w, (,, ), (,, ) coplanares e w ortogonal a estes dois últimos.. Em cada caso, ou demonstre que a afirmação é verdadeira ou dê um eemplo mostrando que ela é falsa. Em todos os itens, d, v e w representam vetores. (a) Se v w = então v = ou w = (b) Se v e w são ortogonais, então 8 v e w também são ortogonais. (c) Se v é ortogonal a w, então v é paralelo a w. (d) Se a projeção proj d v =, então v =. (e) Se proj d v = então v é ortogonal a d. (f) Se v é paralelo a d, então proj d v = v. (g) proj d v = proj d v. (h) proj d v = proj d v. (i) proj d ( u + v) = proj d u + proj d v. (j) proj u+ v ( d) = proj u d + proj v d. 6. Calcule o momento em relação ao ponto O da força f = (,, 4), aplicada ao ponto P tal que OP = (,, ) (esse momento é igual a OP f).. Sendo ABCD um tetraedro regular de lado unitário, calcule AB AC. 8. Calcule a área do triângulo ABC, sendo AC = (,, ) e AB = (,, ). 9. Resolva o sistema: { ( ı + j + 4 k) = 9, ( ı + j k) = ı + k.. Determine tal que ( ı + k) = ( ı + j k) e = 6.. Sabe-se que é ortogonal a (,, ) e a (,, ), tem norma e, sendo θ a medida do ângulo entre e (,, ), tem-se cos θ >. Determine.. Prove que se u e v não são colineares e w u = w v = então w =. Interprete esse resultado geometricamente.. Seja u. Prove que se u v = e u v = então v =. Interprete esse resultado geometricamente.

2 4. Dados os seguintes conjuntos ordenados de vetores, determine se os vetores são coplanares, uma base positiva ou uma base negativa. (a) {(,, ), (,, ), (,, )}. (b) {(,, ), (,, ), (,, )}. (c) {(,, ), (,, ), (,, )}. (d) {(,, ), (,, ), (,, )}. (e) {(,, ), (,, ), (,, )}. (f) {(,, ), (,, ), (,, )}.. Suponha que o conjunto ordenado { u, v, w} é uma base positiva. Qual a relação entre os números reais a, b, c, se o conjunto ordenado {a u, b v, c w} é uma base positiva? 6. Calcule a altura do triângulo ABC relativa ao lado AB em função de AB e BC.. Sendo u = 6, v = e v u =, calcule u v sabendo-se que u e v formam um ângulo obtuso. 8. Seja v = ( a + α b) ( a + b), α IR, onde a =, b = e θ = π 4 é o ângulo entre a e b. Calcule α para que tenhamos v =. 9. Seja M o ponto de encontro das diagonais AC e BD do paralelogramo ABCD. Sendo BM = (,, ) e AC = (,, ), calcule a área do paralelograma ABCD e a distância do ponto M à reta AB.. Seja O um ponto. Considere os pontos R, S, T tais que OR = (,, 9), OS = (4, 6, 9) e OT = (t+, t, ). Determine a menor área possível para o triângulo RST, onde t percorre IR.. Sejam AB = (,, ) e CB = (,, ). (a) Mostre que o triângulo ABC é retángulo. (b) Determine proj AB. BC (c) Calcule o comprimento da altura relativa à hipotenusa do triângulo retángulo ABC.. Dados a = (,, ), b = (,, ), c = (,, ), determine o vetor unitário u tal que u é ortogonal a c, proj a u = (,, ) e u b >. Determine os vetores v de norma 8, sabendo que o ângulo entre v e a é π radianos e que os vetores a, c, v são coplanares.. Consideremos os vetores = (,, ), v = (,, 4), u = (,, ) e a = (,, ). Calcule o volume do tetraedro ABCD e a altura relativa à base determinada por AB e AC, sabendo-se que AB = proj v, AC =, AC// u, AC u < e (proj a AB) AC = BD. 4. A medida em radianos do ângulo entre u e v é π 6 v =, w = 4, determine [ u, v, w]. e w é ortogonal a u e a v. Sendo u =,. O objetivo deste eercício é resolver a equação: u = v, ( ) onde u e v são dados. (a) Estudemos a equação homogênea u =. Nesse caso dê o conjunto de todas as soluções. (b) Mostre que se é uma solução de ( ), então é uma solução de ( ) se e somente se eiste λ IR tal que = + λ u. (c) Mostre que se u v, ( ) não tem solução. (d) Suponha agora u v =. Determine k IR para que = k u v seja solução de ( ).

3 (e) Dê o conjunto de todas as soluções de ( ). 6. São dados os pontos A = (, 6, ), B = (,, ) e C = (4,, 6). (a) Escreva equações vetorial e paramétrica para a reta determinada pelos pontos B e C, e obtenha sua forma simétrica (se eistir). O ponto D = (,, 4) pertence a essa reta? (b) Verifique que os pontos A, B e C são vértices de um triângulo. (c) Escreva uma equação paramétrica da mediana relativa ao vértice C do triângulo.. Dados os pontos A=(,,) e B=(,,), determine P sobre a reta que passa por A e B tal que o comprimento de P B seja o triplo do comprimento de P A. 8. Escreva uma equação paramétrica para a reta r que passa pelo ponto A=(,,-) e: (a) é paralela à reta s : = y 4 = + 6 (b) é paralela à reta que passa pelos pontos B= (,,4) e C=(,,). 9. Escreva equações geral e paramétrica para os planos descritos abaio: (a) π passa por A = (,, ) e B = (,, ) e é paralelo ao vetor v = (,, ). (b) π passa por A = (,, ) e B = (,, ) e é paralelo ao segmento CD, onde C = (,, ) e D = (,, ). (c) π passa pelos pontos A = (,, ), B = (,, ) e C = (,, ).. Sejam P = (4,, ) e r : X = (, 4, ) + λ(,, ) (a) Mostre que P / r. (b) Obtenha uma equação geral do plano determinado por r e P.. Decomponha o vetor v = (,, 4) em duas parcelas, sendo uma delas paralela ao plano X = (,, ) + λ(,, ) + µ(,, ) e outra paralela à reta X = (,, ) + ν(,, ).. Um paralelogramo de vêrtices A, B, C e D, tem lados AB e CD paralelos à reta de equação r : X = (,, ) + λ(, 4, ), e os outros dois paralelos ao plano π : + y + =. Sabendo-se que A = (,, ) e D = (,, ), determine os vértices B e C.. Estude a posição relativa das retas r e s nos casos: { y + = (a) r : X = (,, ) + λ(,, ) s : + y = (b) r : { y = + y = s : { y + = + y = 4. Estude a posição relativa da reta r e do plano π nos casos: (a) r : X = (,, ) + λ(,, ) π : y =. (b) π : X = (, /, ) + λ(, /, ) + µ(,, ) r :. Verifique se os planos π e π são iguais nos casos: { y + = + y = (a) π : X = (,, )+λ(,, )+µ(, 4, 6), π : X = (,, )+λ(,, )+µ(,, 4) (b) π : y + + =, π : 6y =. 6. Verifique se a reta r está contida no plano π nos casos: (a) r : X = (,, ) + λ(,, ) e π : + y + = ;

4 (b) π : X = (, 4, ) + λ(,, ) + µ(,, ) e r é a reta que passa pelos pontos A = (,, ) e B = (,, ).. Obtenha uma equação vetorial para as retas (caso eistam) que passam pelo ponto P, são paralelas ou contidas no plano π e são concorrentes com a reta r nos seguintes casos (interprete geometricamente): (a) P = (,, ), π : + y =, r : X = (,, ) + λ(,, ); (b) P = (,, ), π : y =, r : X = (,, ) + λ(,, ); (c) P = (,, ), π : y =, r : X = (,, ) + λ(,, ). 8. Dados os pontos A=(,,), B=(,,) e C=(,,), obtenha equações paramétricas das bissetries interna e eterna do triângulo ABC, relativas ao vértice C. 9. Dê uma equação geral do plano π que passa pela origem e é perpendicular à reta que passa por A = (,, ) e B = (,, ). 4. Obtenha um vetor normal ao plano π nos seguintes casos: (a) π passa pelos pontos A = (,, ), B = (,, ) e C = (,, ); = + α (b) π tem equações paramétricas y = α + β = α β 4. Considere os planos π : = y, π : =, π : = e seja π 4 o plano determinado pelas retas: { = r : X = (,, ) + λ(,, ) e s : + y = Verifique se esses planos determinam um tetraedro e calcule o seu volume. 4. Determine a projeção ortogonal: (a) do ponto P = (4,, ) sobre o plano π : 4y + = (b) da reta r : + = y + = sobre o plano π : y + = = + λ (c) da origem sobre a reta intersecão dos planos π : + y + = e π : y = + µ = + λ + µ 4. Ache o vértice B de um triângulo retângulo ABC sabendo que: (a) A = (,, ) e a cota de C é maior do que a de A; (b) a hipotenusa AC é ortogonal ao plano + y =, e mede ; (c) o lado AB é ortogonal ao plano y =. 44. Um cubo tem diagonal AB e uma de suas faces está contida no plano π : y =. Determine seus vértices, dados A = (,, ) e B = (,, ). 4. Um heágono regular ABCDEF está contido no plano π : +y + =. Sendo A = (,, ) e D = (,, ) dois vértices diametralmente apostos, determine os outros quatro. 46. Considere as retas r : X = (,, ) + λ(,, ) e s : X = (,, ) + λ(,, ). Mostre que r e s sâo retas reversas. Encontre o ponto da reta s mais próimo do ponto A = (,, ). Encontre dois pontos P r e Q S cuja distância seja a menor possível. 4. Decomponha o vetor v = (, 4, ) numa soma v = v + v onde v é paralelo ao plano = λ π : y = = λ µ e v é ortogonal a π.

5 48. Considere os planos π : y + 4 = e π : + y + =. (a) Mostre que π e π são concorrentes; (b) Ache uma equação vetorial da reta s = π π ; (c) Ache uma equação vetorial da reta r que passa pelo ponto P = (,, ) e é perpendicular a reta s. 49. Considere as retas r e s dadas por: r : X = (,, )+λ(,, ) e s : X = (,, )+µ(,, ). (a) Mostre que r e s são retas reversas; (b) Dê uma equação geral para os planos π e π tais que r π, s π e π é paralelo a π. (c) Calcule a menor distância possível entre um ponto de r e um ponto de s.. Encontre as equações paramétricas para a reta: (a) Que passa por P (, 6, ) e é perpendicular à reta y = + t. (b) Que passa por P (,, ) e é perpendicular à reta y = + t. (c) De intersecção dos planos + y = e + y = 4.. Encontre a (menor) distância entre as retas não paralelas e os pontos onde ela é atingida. (a) y = + t e y = + t. (b) y = 6 + t. Encontre a equação para o plano: e y = (a) Que passa por A(,, ) e é perpendicular à reta + t y =. + t (b) Que passa por P (,, ) e é paralelo ao plano determinado pelos pontos A(,, ), B(,, ) e C(,, ). (c) Que contém A(,, ) e a reta y = + t (d) Que contém as retas y = + t 4 e (e) Que é equidistante dos pontos A(,, ) e B(,, 9). y = 8 + t.. Em cada caso, ou demonstre que a afirmação é verdadeira ou dê um eemplo mostrando que ela é falsa. Em todos os itens, d, v e w representam vetores. (a) Se uma reta é paralela a um plano, ela nunca intercepta o plano. (b) Quaisquer três planos que não incluam um par de planos paralelos se encontram em um único ponto. (c) Se o plano a + by + c = k passa pela origem, então k =. (d) Todo plano tem eatamente uma equação da forma a + by + c = k. (e) Se duas retas não se interceptam, elas não estão ambas contidas em um mesmo plano. (f) Se uma reta é paralela ao vetor normal de um plano, então ela é paralela ao plano. (g) A reta interseção de dois planos (não paralelos) é ortogonal a ambos os vetores normais dos planos. (h) Uma reta ortogonal ao vetor normal de um plano tem que ser paralela ao plano..

6 a Lista de Eercícios de MAT4 Respostas Escola Politécnica o semestre de 4. u = (,, ) ou u = (,, ); ângulo agudo; (,, ).. a) 6 (,, ) b) 9 (,, ). w = (,, ) 9 e w = (,, ) 4. w = (,, ) e w = (,, ). (a) falsa, (b) verdadeira, (c) falsa, (d) falsa, (e) verdadeira, (f) verdadeira, (g) falsa, (h) verdadeira, (i) verdadeira, (j) falsa. 6. (,, 4) = (,, ). = (,, ). = (,, ) 4. (a) base negativa. (b) base positiva. (c) base negativa. (d) coplanares. (e) base positiva. (f) coplanares.. abc >. 6.. AB AC AB 8. α = ou α = 9. área = 4, distância =.. proj BC AB = (,, ), altura =. u = (,, ), v = (,, ) ou v = (,, ). volume = 8, altura = 8 4.

7 . (a) = λ u, λ IR. (b) De fato, se é solução de u = v, como u = v, resulta, por substração, que ( ) u =. Logo eiste λ IR tal que = λ u. Reciprocamente, se = + λ u é fácil verificar que é solução de ( ). (c) Sabemos que u é sempre perpendicular a u. perpendicular a u, ou seja u v =. (d) k = / u (e) Se u v, não tem solução. Se u v =, é o conjunto dos da forma = u v + λ u, λ IR. u Logo se ( ) tem solução, v deve ser 6. (a) X = (4,, 6) + λ(,, ); λ IR D não pertence à reta. (b) basta verificar que { AB, AC} é L.I. = + λ (c) y = 4 λ = 4λ λ IR. P = ( 4, 4, 4 ) ou P = (,, ). 8. = λ y = 4λ = + 8λ λ IR = + λ y = λ = λ λ IR. = + µ 9. (a) y = + λ + µ = λ, = + λ + µ (b) y = λ + µ = + λ + µ, = λ (c) y = λ + µ = λ + µ,. (b) 8 + 6y 9 =. λ, µ IR λ, µ IR λ, µ IR. v = (,, 4) + (,, ).. C = (,, ) ( e B =,, )., y =, y =,, y + 4 =.. (a) Paralelas distintas, (b) Concorrentes em P = (,, ). 4 (a) r e π são transversais em P = (,, ), (b) r está contida em π. (a) Sim, (b) Não. 6 (a) Sim, (b) Não. (a) X = (,, ) + λ(,, ), (b) Há infinitas soluções, (c) Não eiste solução.

8 = λ 8. Bissetri interna : y = λ = 9. =. 4. (a) (,, ), (b) (,, ) = + λ λ IR Bissetri eterna : y = λ = λ IR 4. Determinam um tetraedro de volume (a) ( 8, 6, ), (b) X = (,, ) + λ(8,, ), (c) 4. (, 4, 4 ). 44. (,, ), (,, ), (,, ), (,, ), (,, ), (,, ). (,, ). 4. (,, ), (,, ), (,, ( ),,, ). 46. (,, ) ( 4, P =,, ) e Q = ( 6, 6, ) (, 4, ) = (,, ) + (, 4, ). 48. (b) X = (,, ) + λ(,, ), λ IR, (c) X = (,, ) + λ (, 4, 4), λ IR. 49. (b) π : y + =, π : y + =, (c) 6.. (a) y = 6 +t t (b). (a) 4 4. Pontos ( 9 4, 6 4, 4 ), (, 4, ). (b) y = +t 6 4. Pontos (, 9,. (c) y ), (,, ).. (a) 4y =. (b) 4 + y + = 4. (c) y + =. (d) 6 + 8y =. (e) y + = 4.. (a) Verdadeiro (se a reta não está contida no plano). (b) Falso. (c) Verdadeiro. (d) Falso. (e) Falso. (f) Falso. (g) Verdadeiro. (h) Verdadeiro. =

LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA. 01) Dados os vetores e, determine o valor da expressão vetorial. Resp: A=51

LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA. 01) Dados os vetores e, determine o valor da expressão vetorial. Resp: A=51 1 LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA 01) Dados os vetores e, determine o valor da expressão vetorial. A=51 02) Decomponha o vetor em dois vetores tais que e, com. 03) Dados os vetores, determine

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA PRODUTO DE VETORES PRODUTO ESCALAR

LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA PRODUTO DE VETORES PRODUTO ESCALAR LISTA DE EXERCÍCIOS DE GEOMETRIA ANALÍTICA PRODUTO DE VETORES PRODUTO ESCALAR 9) Sendo u = ( ) e v = ( ). Calcular: a) u v b) (u v ) c)(u + v ) d) (u v ) e) (u - v )(u + v ) a) 9 b)8 c)9 d)66 e) f) 8 )Sendo

Leia mais

GAAL - 2013/1 - Simulado - 1 Vetores e Produto Escalar

GAAL - 2013/1 - Simulado - 1 Vetores e Produto Escalar GAAL - 201/1 - Simulado - 1 Vetores e Produto Escalar SOLUÇÕES Exercício 1: Determinar os três vértices de um triângulo sabendo que os pontos médios de seus lados são M = (5, 0, 2), N = (, 1, ) e P = (4,

Leia mais

UNIVERSITÁRIO DE SINOP CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

UNIVERSITÁRIO DE SINOP CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Exercícios propostos: aulas 01 e 02 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO GA - LISTA DE EXERCÍCIOS 001 1. Calcular o perímetro do triângulo ABC, sendo dado A = (2, 1), B = (-1, 3) e C = (4, -2). 2. Provar que

Leia mais

Produtos. 4.1 Produtos escalares

Produtos. 4.1 Produtos escalares Capítulo 4 Produtos 4.1 Produtos escalares Neste tópico iremos estudar um novo tipo de operação entre vetores do plano e do espaço. Vamos fazer inicialmente uma consideração geométrica, como segue. Seja

Leia mais

Capítulo 6. Geometria Plana

Capítulo 6. Geometria Plana Capítulo 6 Geometria Plana 9. (UEM - 2013 - Dezembro) Com base nos conhecimentos de geometria plana,assinale o que for correto. 01) O maior ângulo interno de um triângulo qualquer nunca possui medida inferior

Leia mais

Aula 01 Introdução à Geometria Espacial Geometria Espacial

Aula 01 Introdução à Geometria Espacial Geometria Espacial Aula 01 Introdução à 1) Introdução à Geometria Plana Axioma São verdades matemáticas aceitas sem a necessidade de demonstração. 1 1.1) Axioma da Existência Existem infinitos pontos em uma reta (e fora

Leia mais

Capítulo 7. 1. Bissetrizes de duas retas concorrentes. Proposição 1

Capítulo 7. 1. Bissetrizes de duas retas concorrentes. Proposição 1 Capítulo 7 Na aula anterior definimos o produto interno entre dois vetores e vimos como determinar a equação de uma reta no plano de diversas formas. Nesta aula, vamos determinar as bissetrizes de duas

Leia mais

Lista de exercícios para a P8 Conteúdo: Pontos notáveis do triângulo, quadriláteros e polígonos. Prof. Rafa, Prof. Bill, Prof. Marcelo C. e Marcelo L.

Lista de exercícios para a P8 Conteúdo: Pontos notáveis do triângulo, quadriláteros e polígonos. Prof. Rafa, Prof. Bill, Prof. Marcelo C. e Marcelo L. Lista de exercícios para a P8 Conteúdo: Pontos notáveis do triângulo, quadriláteros e polígonos. Prof. Rafa, Prof. Bill, Prof. Marcelo C. e Marcelo L. Mas antes de começar, atente para as seguintes dicas:

Leia mais

Lista 1. Sistema cartesiano ortogonal. 1. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E

Lista 1. Sistema cartesiano ortogonal. 1. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E Sistema cartesiano ortogonal Lista. Observe a figura e determine os pontos, ou seja, dê suas coordenadas: a) A b) B c) C d) D e) E. Marque num sistema de coordenadas cartesianas ortogonais os pontos: a)

Leia mais

30's Volume 8 Matemática

30's Volume 8 Matemática 30's Volume 8 Matemática www.cursomentor.com 18 de dezembro de 2013 Q1. Simplique a expressão: Q2. Resolva a expressão: Q3. Calcule o inverso da expressão: ( 3 2 ) 3 16 10 4 8 10 5 10 3 64 10 5 10 6 0,

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta. a) calcule a área do triângulo OAB. b) determine OC e CD.

Questão 1. Questão 3. Questão 2. Resposta. Resposta. Resposta. a) calcule a área do triângulo OAB. b) determine OC e CD. Questão Se Amélia der R$,00 a Lúcia, então ambas ficarão com a mesma quantia. Se Maria der um terço do que tem a Lúcia, então esta ficará com R$ 6,00 a mais do que Amélia. Se Amélia perder a metade do

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA II GEOMETRIA ANALÍTICA PLANA (Ponto, reta e circunferência)

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA II GEOMETRIA ANALÍTICA PLANA (Ponto, reta e circunferência) EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA II GEOMETRIA ANALÍTICA PLANA (Ponto, reta e circunferência) ************************************************************************************* 1) (U.F.PA) Se a distância

Leia mais

Planos e Retas. Equações do Plano e da Reta. Anliy Natsuyo Nashimoto Sargeant José Antônio Araújo Andrade Solange Gomes Faria Martins

Planos e Retas. Equações do Plano e da Reta. Anliy Natsuyo Nashimoto Sargeant José Antônio Araújo Andrade Solange Gomes Faria Martins Planos e Retas Uma abordagem exploratória das Equações do Plano e da Reta Anliy Natsuyo Nashimoto Sargeant José Antônio Araújo Andrade Solange Gomes Faria Martins Na geometria, um plano é determinado se

Leia mais

Escola Secundária Gabriel Pereira. Nome: N.º: Ano Turma

Escola Secundária Gabriel Pereira. Nome: N.º: Ano Turma Escola Secundária Gabriel Pereira FICHA DE EXERCÍCIOS Nº MATEMÁTICA A Rectas e Planos Nome: Nº: Ano Turma 1) Determina uma equação vectorial e cartesianas da recta que passa em A,1, 4 11) paralela ao vector

Leia mais

Assunto: Estudo do ponto

Assunto: Estudo do ponto Assunto: Estudo do ponto 1) Sabendo que P(m+1;-3m-4) pertence ao 3º quadrante, determine os possíveis valores de m. resp: -4/3

Leia mais

Lista 1: Vetores -Turma L

Lista 1: Vetores -Turma L Lista 1: Vetores -Turma L Professora: Ivanete Zuchi Siple 1. Dados os vetores u e v da gura, mostrar num gráco um representante do vetor: (a) u v (b) v u (c) u + 4 v u v. Represente o vetor x = u + v w

Leia mais

Aplicações Diferentes Para Números Complexos

Aplicações Diferentes Para Números Complexos Material by: Caio Guimarães (Equipe Rumoaoita.com) Aplicações Diferentes Para Números Complexos Capítulo II Aplicação 2: Complexos na Geometria Na rápida revisão do capítulo I desse artigo mencionamos

Leia mais

ÁLGEBRA VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA (UFCG- CUITÉ)

ÁLGEBRA VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA (UFCG- CUITÉ) P L A N O S PARALELOS AOS EIXOS E AOS PLANOS COORDENADOS Casos Particulares A equação ax + by + cz = d na qual a, b e c não são nulos, é a equação de um plano π, sendo v = ( a, b, c) um vetor normal a

Leia mais

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B.

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. I- CONCEITOS INICIAIS - Distância entre dois pontos na reta E) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. d(a,b) = b a E: Dados os pontos A e B de coordenadas

Leia mais

Representação de sólidos

Representação de sólidos 110 Representação de sólidos Pirâmides e prismas regulares com base(s) contida(s) em planos verticais ou de topo Desenhe as projecções de uma pirâmide quadrangular regular, situada no 1. diedro e com a

Leia mais

Capítulo 4. Retas e Planos. 4.1 A reta

Capítulo 4. Retas e Planos. 4.1 A reta Capítulo 4 Retas e Planos Neste capítulo veremos como utilizar a teoria dos vetores para caracterizar retas e planos, a saber, suas equações, posições relativas, ângulos e distâncias. 4.1 A reta Sejam

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2013 RECUPERAÇÃO ESTUDOS INDENPENDENTES

ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2013 RECUPERAÇÃO ESTUDOS INDENPENDENTES ESCOLA ESTADUAL DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2013 RECUPERAÇÃO ESTUDOS INDENPENDENTES Nome Nº Turma 3 EJAS Data / / Nota Disciplina Matemática Prof. Elaine e Naísa Valor 30 Instruções: TRABALHO DE

Leia mais

Ponto, reta e plano no espaço tridimensional, cont.

Ponto, reta e plano no espaço tridimensional, cont. Ponto, reta e plano no espaço tridimensional, cont. Matemática para arquitetura Ton Marar 1. Posições relativas Posição relativa entre pontos Dois pontos estão sempre alinhados. Três pontos P 1 = (x 1,

Leia mais

O Plano. Equação Geral do Plano:

O Plano. Equação Geral do Plano: O Plano Equação Geral do Plano: Seja A(x 1, y 1, z 1 ) um ponto pertencente a um plano π e n = (a, b, c), n 0, um vetor normal (ortogonal) ao plano (figura ao lado). Como n π, n é ortogonal a todo vetor

Leia mais

SISTEMA DE EQUAÇÕES DO 2º GRAU

SISTEMA DE EQUAÇÕES DO 2º GRAU SISTEMA DE EQUAÇÕES DO 2º GRAU Os sistemas a seguir envolverão equações do 2º grau, lembrando de que suas soluções constituem na determinação do par ordenado { (x, y )(x, y ) }. Resolver um sistema envolvendo

Leia mais

Lista de Exercícios Geometria Plana - Pontos notáveis do triângulo 3ª Série do Ensino Médio Prof. Lucas Factor

Lista de Exercícios Geometria Plana - Pontos notáveis do triângulo 3ª Série do Ensino Médio Prof. Lucas Factor Lista de Exercícios Geometria Plana - Pontos notáveis do triângulo 3ª Série do Ensino Médio Prof. Lucas Factor 1. Considere os pontos notáveis de um triângulo, sendo: B Baricentro C Circuncentro I Incentro

Leia mais

1 Módulo ou norma de um vetor

1 Módulo ou norma de um vetor Álgebra Linear I - Aula 3-2005.2 Roteiro 1 Módulo ou norma de um vetor A norma ou módulo do vetor ū = (u 1, u 2, u 3 ) de R 3 é ū = u 2 1 + u2 2 + u2 3. Geometricamente a fórmula significa que o módulo

Leia mais

Os degraus serão obtidos cortando-se uma peça linear de madeira cujo comprimento mínimo, em cm, deve ser: (D) 225.

Os degraus serão obtidos cortando-se uma peça linear de madeira cujo comprimento mínimo, em cm, deve ser: (D) 225. 1. (ENEM 2000) Um marceneiro deseja construir uma escada trapezoidal com 5 degraus, de forma que o mais baixo e o mais alto tenham larguras respectivamente iguais a 60 cm e a 30 cm, conforme a figura:

Leia mais

Equações paramétricas da Reta

Equações paramétricas da Reta 39 6.Retas e Planos Equações de Retas e Planos Equações da Reta Vamos supor que uma reta r é paralela a um vetor V = a, b, c) não nulo e que passa por um ponto P = x, y, z ). Um ponto P = x, pertence a

Leia mais

Novo Espaço Matemática A 11.º ano Proposta de Teste Intermédio [Novembro 2015]

Novo Espaço Matemática A 11.º ano Proposta de Teste Intermédio [Novembro 2015] Proposta de Teste Intermédio [Novembro 05] Nome: Ano / Turma: N.º: Data: - - Não é permitido o uso de corretor. Deves riscar aquilo que pretendes que não seja classificado. Para cada resposta, identifica

Leia mais

www.rumoaoita.com 141

www.rumoaoita.com 141 0 Dado um trapézio qualquer, de bases e 8, traça-se paralelamente às bases um segmento de medida x que o divide em outros dois trapézios equivalentes. Podemos afirmar que: (A) x, 5 (B) x (C) x 7 x 5 (E)

Leia mais

Figuras geométricas planas. Joyce Danielle. e espaciais

Figuras geométricas planas. Joyce Danielle. e espaciais Figuras geométricas planas Joyce Danielle e espaciais Figuras geométricas planas Joyce Danielle UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS 2 Apresentação Na geometria plana vamos então nos atentar ao método de cálculo

Leia mais

TRIGONOMETRIA. AULA 1 _ Os triângulos Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora

TRIGONOMETRIA. AULA 1 _ Os triângulos Professor Luciano Nóbrega. Maria Auxiliadora 1 TRIGONOMETRIA AULA 1 _ Os triângulos Professor Luciano Nóbrega Maria Auxiliadora 2 CLASSIFICAÇÃO DOS TRIÂNGULOS Vamos relembrar como classificam-se os triângulos: Quanto aos lados: 3 lados iguais Triângulo

Leia mais

Lista 8 - Geometria Analítica

Lista 8 - Geometria Analítica Lista 8 - Geometria Analítica Posição Relativa, Distância e Ângulos e paralelo a reta x = y = z 7 1 Estude a posição relativa das retas r e s. Se as retas forem concorrentes encontre o ponto de intersecção

Leia mais

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014 DA FUVEST-FASE 1. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA

RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 2014 DA FUVEST-FASE 1. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA DO VESTIBULAR 014 DA FUVEST-FASE 1. POR PROFA. MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA Q ) Um apostador ganhou um premio de R$ 1.000.000,00 na loteria e decidiu investir parte do valor

Leia mais

OB e. BC, entãoa, B, C e D são vértices de um paralelogramo; ( ) Três vetores LD são sempre colineares.

OB e. BC, entãoa, B, C e D são vértices de um paralelogramo; ( ) Três vetores LD são sempre colineares. 1.1 Classifique as afirmações em verdadeiras ou falsas, justificando sua resposta. ( ) AB = CD A = C e B = D; ( ) Se AB CD,entãoAC BD eosvetores AC e BD são iguais; ( ) Se a e b são LD, então a e b têm

Leia mais

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A.

Matemática A. Versão 1. Na sua folha de respostas, indique de forma legível a versão do teste. Teste Intermédio de Matemática A. Teste Intermédio de Matemática A Versão 1 Teste Intermédio Matemática A Versão 1 Duração do Teste: 90 minutos 7.01.011 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/004, de 6 de Março Na sua folha de respostas,

Leia mais

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%)

94 (8,97%) 69 (6,58%) 104 (9,92%) 101 (9,64%) 22 (2,10%) 36 (3,44%) 115 (10,97%) 77 (7,35%) 39 (3,72%) 78 (7,44%) 103 (9,83%) Probabilidade 10 (0,95%) Distribuição das.08 Questões do I T A 9 (8,97%) 0 (9,9%) 69 (6,58%) Equações Irracionais 09 (0,86%) Equações Exponenciais (, 0 (9,6%) Geo. Analítica Conjuntos (,96%) Geo. Espacial Funções Binômio de Newton

Leia mais

A área do triângulo OAB esboçado na figura abaixo é

A área do triângulo OAB esboçado na figura abaixo é Questão 01 - (UNICAMP SP) No plano cartesiano, a reta de equação = 1 intercepta os eios coordenados nos pontos A e B. O ponto médio do segmento AB tem coordenadas (4, 4/) b) (, ) c) (4, 4/) d) (, ) Questão

Leia mais

Terceira lista de exercícios.

Terceira lista de exercícios. MA092 Geometria plana e analítica Segundo semestre de 2016 Terceira lista de exercícios. Polígonos. Quadriláteros notáveis. Pontos notáveis do triângulo. 1. (Dolce/Pompeo) Determine o valor de xx nas figuras

Leia mais

Exercícios de Revisão Áreas de figuras Planas 3 o Ano Ensino Médio - Manhã

Exercícios de Revisão Áreas de figuras Planas 3 o Ano Ensino Médio - Manhã Exercícios de Revisão Áreas de figuras Planas 3 o Ano Ensino Médio - Manhã ======================================================== 1) Num retângulo, a base tem cm a mais do que o dobro da altura e a diagonal

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE

CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL CENTRO DE ENGENHARIA DA MOBILIDADE CURSO DE MATEMÁTICA BÁSICA Aula 01 Introdução a Geometria Plana Ângulos Potenciação Radiciação Introdução a Geometria Plana Introdução: No estudo da Geometria Plana, consideraremos três conceitos primitivos:

Leia mais

Lista de Exercícios: Geometria Plana. Um triângulo isósceles tem base medindo 8 cm e lados iguais com medidas de 5 cm. A área deste triângulo é:

Lista de Exercícios: Geometria Plana. Um triângulo isósceles tem base medindo 8 cm e lados iguais com medidas de 5 cm. A área deste triângulo é: Lista de Exercícios: Geometria Plana Questão 1 Um triângulo isósceles tem base medindo 8 cm e lados iguais com medidas de 5 cm. A área deste triângulo é: A( ) 20 cm 2. B( ) 10 cm 2. C( ) 24 cm 2. D( )

Leia mais

Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte 3. Circunferência. Professores: Cleber Assis e Tiago Miranda

Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte 3. Circunferência. Professores: Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte Circunferência. 8 ano/e.f. Professores: Cleber Assis e Tiago Miranda Elementos Básicos de Geometria - Parte. Circunferência. 1 Exercícios Introdutórios Exercício

Leia mais

1.10 Sistemas de coordenadas cartesianas

1.10 Sistemas de coordenadas cartesianas 7 0 Sistemas de coordenadas cartesianas Definição : Um sistema de coordenadas cartesianas no espaço é um v v conjunto formado por um ponto e uma base { } v3 Indicamos um sistema de coordenadas cartesianas

Leia mais

Consideremos um triângulo de lados a,b e c. Temos duas possibilidades: ou o triângulo é acutângulo ou é obtusângulo. Vejamos:

Consideremos um triângulo de lados a,b e c. Temos duas possibilidades: ou o triângulo é acutângulo ou é obtusângulo. Vejamos: Lei dos Cossenos Consideremos um triângulo de lados a,b e c. Temos duas possibilidades: ou o triângulo é acutângulo ou é obtusângulo. Vejamos: Triângulo Obtusângulo Tomemos um triângulo Obtusângulo qualquer,

Leia mais

Resolução do exemplo 8.6a - pág 61 Apresente, analítica e geometricamente, a solução dos seguintes sistemas lineares.

Resolução do exemplo 8.6a - pág 61 Apresente, analítica e geometricamente, a solução dos seguintes sistemas lineares. Solução dos Exercícios de ALGA 2ª Avaliação EXEMPLO 8., pág. 61- Uma reta L passa pelos pontos P 0 (, -2, 1) e P 1 (5, 1, 0). Determine as equações paramétricas, vetorial e simétrica dessa reta. Determine

Leia mais

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano

Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano 60 Conteúdo programático por disciplina Matemática 6 o ano Caderno 1 UNIDADE 1 Significados das operações (adição e subtração) Capítulo 1 Números naturais O uso dos números naturais Seqüência dos números

Leia mais

Vetores. Definição geométrica de vetores

Vetores. Definição geométrica de vetores Vetores Várias grandezas físicas, tais como por exemplo comprimento, área, olume, tempo, massa e temperatura são completamente descritas uma ez que a magnitude (intensidade) é dada. Tais grandezas são

Leia mais

Exemplos: sen(36º)=0.58, cos(36º)=0.80 e tg(36º)=0.72, Calcular o valor de x em cada figura:

Exemplos: sen(36º)=0.58, cos(36º)=0.80 e tg(36º)=0.72, Calcular o valor de x em cada figura: REVISÃO RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS E REDUÇÃO AO PRIMEIRO QUADRANTE DO CICLO TRIGONOMÉTRICO TURMA: ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO PROF. LUCAS FACTOR Trigonometria no Triangulo Retângulo Considere o triangulo retângulo

Leia mais

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos

MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos MATEMÁTICA (11º ano) Exercícios de Exames e Testes Intermédios Equações de retas e planos 1 Seja um número real. Considere, num referencial o.n., a reta e o plano definidos, respetivamente, por e Sabe-se

Leia mais

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO PROF. ILYDIO PEREIRA DE SÁ

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA 2ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO PROF. ILYDIO PEREIRA DE SÁ INSTITUTO E PLIÇÃO FERNNO RORIGUES SILVEIR 2ª SÉRIE O ENSINO MÉIO PROF. ILYIO PEREIR E SÁ Geometria Espacial: Elementos iniciais de Geometria Espacial Introdução: Geometria espacial (euclidiana) funciona

Leia mais

Aula 10 Triângulo Retângulo

Aula 10 Triângulo Retângulo Aula 10 Triângulo Retângulo Projeção ortogonal Em um plano, consideremos um ponto e uma reta. Chama-se projeção ortogonal desse ponto sobre essa reta o pé da perpendicular traçada do ponto à reta. Na figura,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA P E P - º BIMESTRE 9º ANO Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /05 EXERCÍCIOS P Potenciação/Radiciação QUESTÃO 0 Calcule as seguintes potências: A. B. 0 6 C. (-) D. E.

Leia mais

Aula 8 Distância entre pontos do plano euclidiano

Aula 8 Distância entre pontos do plano euclidiano Distância entre pontos do plano euclidiano MÓDULO - AULA 8 Aula 8 Distância entre pontos do plano euclidiano Objetivos Nesta aula, você: Usará o sistema de coordenadas para calcular a distância entre dois

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Campus Catalão Departamento de Matemática

Universidade Federal de Goiás Campus Catalão Departamento de Matemática Universidade Federal de Goiás Campus Catalão Departamento de Matemática Disciplina: Álgebra Linear Professor: André Luiz Galdino Aluno(a): 4 a Lista de Exercícios 1. Podemos entender transformações lineares

Leia mais

SOLUÇÕES. Fichas de Trabalho de Apoio. FT Apoio 7 ; 4.2. 1; 5.1. [ 30, [ ); 5.2. [, 2[ ; 8.6. FT Apoio 8. 2 e 1; 3.2. por exemplo: 3 ou.

SOLUÇÕES. Fichas de Trabalho de Apoio. FT Apoio 7 ; 4.2. 1; 5.1. [ 30, [ ); 5.2. [, 2[ ; 8.6. FT Apoio 8. 2 e 1; 3.2. por exemplo: 3 ou. 11, 6 ; 1 4, 86 ; (A); (D); 41 permite resolver o problema é problema é ( ) SOLUÇÕES Fichas de Trabalho de Apoio FT Apoio 7 S 16 = 17, + ); [, [ Escola EB, de Ribeirão (Sede) ANO LETIVO 11/1 ; 4 1; 1 [,

Leia mais

Prof. José Carlos Morilla

Prof. José Carlos Morilla 1 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica Santos 009 1 CÁLCULO VETORIAL... 4 1.1 Segmentos Orientados... 4 1. Vetores... 4 1..1 Soma de um ponto com um vetor... 5 1.. Adição de vetores... 5 1..3 Diferença

Leia mais

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano

Escola Secundária/3 da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática Ano Lectivo 2003/04 Geometria 2 - Revisões 11.º Ano Escola Secundária/ da Sé-Lamego Ficha de Trabalho de Matemática no Lectivo 00/0 Geometria - Revisões º no Nome: Nº: Turma: região do espaço definida, num referencial ortonormado, por + + = é: [] a circunferência

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE - 96 / 97 MÚLTIPLA ESCOLHA

CONCURSO DE ADMISSÃO AO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE - 96 / 97 MÚLTIPLA ESCOLHA 18 1 a QUESTÃO. (VALOR: 0 ESCORES) - ESCORES OBTIDOS MÚLTIPLA ESCOLHA ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES ABAIXO. Item 01. A representação gráfica de M ( M N) P é a. ( )

Leia mais

Ficha de Trabalho nº11

Ficha de Trabalho nº11 Ano lectivo 011/01 Matemática A 11º Ano / Curso de Ciências e Tecnologias Tema: Geometria Ficha de Trabalho nº11 Geometria no Espaço 1. Observa a figura onde está representado um cone recto cuja base pertence

Leia mais

3ª série EM - Lista de Questões para a RECUPERAÇÃO FINAL - MATEMÁTICA

3ª série EM - Lista de Questões para a RECUPERAÇÃO FINAL - MATEMÁTICA 3ª série EM - Lista de Questões para a RECUPERAÇÃO FINAL - MATEMÁTICA 01. Um topógrafo pretende calcular o comprimento da ponte OD que passa sobre o rio mostrado na figura abaio. Para isto, toma como referência

Leia mais

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9

C Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 9 TRIGONOMETRIA TRIÂNGULO RETÂNGULO Considere um triângulo ABC, retângulo em  ( = 90 ), onde a é a medida da hipotenusa, b e c, são as medidas dos catetos e a, β são os ângulos

Leia mais

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab.

Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito. Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso a medida ab. MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL Avaliação 1 - MA13-2015.2 - Gabarito Questão 01 [ 2,00 pts ] Sendo dados os segmentos de medidas a e b, descreva como construir com régua e compasso

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Matemática Disciplina: Matemática Série: ª Ensino Médio Professor: Elias Bittar Matemática Atividades para Estudos Autônomos Data: 9 / 0 / 016 1) (UFMG) Observe a figura.

Leia mais

Geometria Plana Triângulos Questões Resolvidas (nem todas)

Geometria Plana Triângulos Questões Resolvidas (nem todas) Questão 1 A bissetriz interna do ângulo  de um triângulo ABC divide o lado oposto em dois segmentos que medem 9 cm e 16 cm. Sabendo que medida de. 9 16 = AC = 3 18 AC Questão mede 18 cm, determine a O

Leia mais

. B(x 2, y 2 ). A(x 1, y 1 )

. B(x 2, y 2 ). A(x 1, y 1 ) Estudo da Reta no R 2 Condição de alinhamento de três pontos: Sabemos que por dois pontos distintos passa uma única reta, ou seja, dados A(x 1, y 1 ) e B(x 2, y 2 ), eles estão sempre alinhados. y. B(x

Leia mais

TC DE GEOMETRIA 8 a SÉRIE OLÍMPICA ENSINO FUNDAMENTAL

TC DE GEOMETRIA 8 a SÉRIE OLÍMPICA ENSINO FUNDAMENTAL TC DE GEOMETRIA 8 a SÉRIE OLÍMPICA ENSINO FUNDAMENTAL Professores: Júnior ALUNO(A): Nº TURMA: TURNO: DATA: / / COLÉGIO: 1. A medida de um dos ângulos externos de um triângulo é 125º. Sabendo-se que os

Leia mais

Disciplina: Álgebra Linear e Geometria Analítica

Disciplina: Álgebra Linear e Geometria Analítica Disciplina: Álgebra Linear e Geometria Analítica Vigência: a partir de 2002/1 Período letivo: 1 semestre Carga horária Total: 60 h Código: S7221 Ementa: Geometria Analítica: O Ponto, Vetores, A Reta, O

Leia mais

SOLUÇÕES. Fichas de Trabalho de Apoio. FT Apoio 7 ; 4.2. 1; 5.1. [ 30, [ ); 5.2. [, 2[ ; 8.6. FT Apoio 8. 2 e 1; 3.2. por exemplo: 3 ou.

SOLUÇÕES. Fichas de Trabalho de Apoio. FT Apoio 7 ; 4.2. 1; 5.1. [ 30, [ ); 5.2. [, 2[ ; 8.6. FT Apoio 8. 2 e 1; 3.2. por exemplo: 3 ou. , 6 ; 4, 86 ; (A); (D); 4 permite resolver o problema é 0 problema é ( ) SOLUÇÕES Fichas de Trabalho de Apoio FT Apoio 7 S 6 = 7, + ); [, [ Escola EB, de Ribeirão (Sede) ANO LETIVO 0/0 ; 4 ; [ 0, [ 9º

Leia mais

Duas retas paralelas são cortadas por uma transversal formando dois ângulos

Duas retas paralelas são cortadas por uma transversal formando dois ângulos EXERCÍCIO COMPLEMENTRES - MTEMÁTIC 8º NO - ENSINO FUNDMENTL - 1ª ETP 01- ssunto: Dízima Periódica Obtenha as geratrizes das seguintes dízimas periódicas: a) 8,715715715... b) 4,722... 02- ssunto: Conjunto

Leia mais

1.2. Recorrendo a um diagrama em árvore, por exemplo, temos: 1.ª tenda 2.ª tenda P E E

1.2. Recorrendo a um diagrama em árvore, por exemplo, temos: 1.ª tenda 2.ª tenda P E E Prova de Matemática do 3º ciclo do Ensino Básico Prova 927 1ª Chamada 1. 1.1. De acordo com enunciado, 50% são portugueses (P) e 50% são espanhóis (E) e italianos (I). Como os Espanhóis existem em maior

Leia mais

GEOMETRIA DESCRITIVA A

GEOMETRIA DESCRITIVA A GEOMETRIA DESCRITIVA A 10.º Ano Sólidos I - Poliedros antónio de campos, 2010 GENERALIDADES - Sólidos O sólido geométrico é uma forma limitada por porções de superfícies, O sólido geométrico é uma forma

Leia mais

Relações métricas nos triângulos retângulos 1) Usando o teorema de Pitágoras, determine os elementos indicados por x ou y nas figuras seguintes:

Relações métricas nos triângulos retângulos 1) Usando o teorema de Pitágoras, determine os elementos indicados por x ou y nas figuras seguintes: AS RESPOSTAS ESTÃO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. Relações métricas nos triângulos retângulos ) Usando o teorema de Pitágoras, determine os elementos indicados por ou nas figuras seguintes: d) e) f) g) h) 0

Leia mais

Álgebra Linear I - Aula 20

Álgebra Linear I - Aula 20 Álgebra Linear I - Aula 0 1 Matriz de Mudança de Base Bases Ortonormais 3 Matrizes Ortogonais 1 Matriz de Mudança de Base Os próximos problemas que estudaremos são os seguintes (na verdade são o mesmo

Leia mais

Matemática Fascículo 07 Manoel Benedito Rodrigues

Matemática Fascículo 07 Manoel Benedito Rodrigues Matemática Fascículo 07 Manoel Benedito Rodrigues Índice Geometria Resumo Teórico...1 Exercícios...4 Dicas...5 Resoluções...7 Geometria Resumo Teórico 1. O volume de um prisma eodeumcilindro (retos ou

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10 Geometria Analítica Circunferência Lista 1 Professor Marco Costa

Projeto Jovem Nota 10 Geometria Analítica Circunferência Lista 1 Professor Marco Costa 1 1. (Fgv 2005) No plano cartesiano, considere o feixe de paralelas 2x + y = c em que c Æ R. a) Qual a reta do feixe com maior coeficiente linear que intercepta a região determinada pelas inequações: ýx

Leia mais

GEOMETRIA. 1 Definições. 2 Notações

GEOMETRIA. 1 Definições. 2 Notações GEOMETRIA 1 Definições Mediatriz (de um segmento): conjunto de pontos que estão à mesma distância de dois pontos unidos por um segmento de recta. É uma recta e é perpendicular a este segmento no seu ponto

Leia mais

TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO. CIRCUNFERÊNCIA E DISCO Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :...

TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO. CIRCUNFERÊNCIA E DISCO Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :... 1 TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO CIRCUNFERÊNCIA E DISCO Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :... 2 V - CIRCUNFERÊNCIA E DISCO V.1) Circunferência e Disco Elementos : a) Circunferência

Leia mais

Sistema ELITE de Ensino IME - 2013/2014 COMENTÁRIO DA PROVA

Sistema ELITE de Ensino IME - 2013/2014 COMENTÁRIO DA PROVA Sistema ELITE de Ensino IME - 01/01 1 COMENTÁRIO DA PROVA 01. O polinômio P() = 5 + 10 0 + 81 possui raízes compleas simétricas e uma raiz com valor igual ao módulo das raízes compleas. Determine todas

Leia mais

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01

Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 Atividade 01 Ponto, reta e segmento 01 1. Crie dois pontos livres. Movimente-os. 2. Construa uma reta passando por estes dois pontos. 3. Construa mais dois pontos livres em qualquer lugar da tela, e o

Leia mais

ABCDE é um pentágono regular e ABF é um triângulo equilátero interior ao pentágono. Calcule os ângulos internos

ABCDE é um pentágono regular e ABF é um triângulo equilátero interior ao pentágono. Calcule os ângulos internos GABARITO MA13 - Avaliação 1 - o semestre - 013 Questão 1. (pontuação: ) ABCDE é um pentágono regular e ABF é um triângulo equilátero interior ao pentágono. Calcule os ângulos internos do triângulo AF C.

Leia mais

Soluções das Questões de Matemática do Processo Seletivo de Admissão ao Colégio Naval PSACN

Soluções das Questões de Matemática do Processo Seletivo de Admissão ao Colégio Naval PSACN Soluções das Questões de Matemática do Processo Seletivo de Admissão ao Colégio Naval PSACN Questão Concurso 00 Seja ABC um triângulo com lados AB 5, AC e BC 8. Seja P um ponto sobre o lado AC, tal que

Leia mais

Preço de uma lapiseira Quantidade Preço de uma agenda Quantidade R$ 10,00 100 R$ 24,00 200 R$ 15,00 80 R$ 13,50 270 R$ 20,00 60 R$ 30,00 160

Preço de uma lapiseira Quantidade Preço de uma agenda Quantidade R$ 10,00 100 R$ 24,00 200 R$ 15,00 80 R$ 13,50 270 R$ 20,00 60 R$ 30,00 160 Todos os dados necessários para resolver as dez questões, você encontra neste texto. Um funcionário do setor de planejamento de uma distribuidora de materiais escolares verifica que as lojas dos seus três

Leia mais

10 FGV. Na figura, a medida x do ângulo associado é

10 FGV. Na figura, a medida x do ângulo associado é urso de linguagem matemática Professor Renato Tião 6. Sabendo que ângulos geométricos têm medidas entre 0º e 180º, ângulos adjacentes têm um lado em comum, ângulos complementares têm a soma de suas medidas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ BIBLIOTECA DE OBJETOS MATEMÁTICOS COORDENADOR: Dr. MARCIO LIMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ BIBLIOTECA DE OBJETOS MATEMÁTICOS COORDENADOR: Dr. MARCIO LIMA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ BIBLIOTECA DE OBJETOS MATEMÁTICOS COORDENADOR: Dr. MARCIO LIMA TEXTO: CÍRCULO TRIGONOMÉTRICO AUTORES: Mayara Brito (estagiária da BOM) André Brito (estagiário da BOM) ORIENTADOR:

Leia mais

Retas e Planos. Equação Paramétrica da Reta no Espaço

Retas e Planos. Equação Paramétrica da Reta no Espaço Retas e lanos Equações de Retas Equação aramétrica da Reta no Espaço Considere o espaço ambiente como o espaço tridimensional Um vetor v = (a, b, c) determina uma direção no espaço Dado um ponto 0 = (x

Leia mais

Áreas e Aplicações em Geometria

Áreas e Aplicações em Geometria 1. Introdução Áreas e Aplicações em Geometria Davi Lopes Olimpíada Brasileira de Matemática 18ª Semana Olímpica São José do Rio Preto, SP Nesse breve material, veremos uma rápida revisão sobre áreas das

Leia mais

Aula 5 Quadriláteros Notáveis

Aula 5 Quadriláteros Notáveis Aula 5 Quadriláteros Notáveis Paralelogramo Definição: É o quadrilátero convexo que possui os lados opostos paralelos. A figura mostra um paralelogramo ABCD. Teorema 1: Se ABCD é um paralelogramo, então:

Leia mais

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura.

REVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência. h, onde b representa a base e h representa a altura. NOME: ANO: º Nº: POFESSO(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições Áreas: Quadrado: EVISÃO Lista 07 Áreas, Polígonos e Circunferência A, onde representa o lado etângulo: A b h, onde b representa a

Leia mais

GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I Alguns exercícios saídos em provas globais, exames e testes intermédios

GEOMETRIA NO PLANO E NO ESPAÇO I Alguns exercícios saídos em provas globais, exames e testes intermédios Escola Secundária de Francisco Franco Matemática A 10.º ano GEMETRIA N PLAN E N ESPAÇ I Alguns eercícios saídos em provas globais, eames e testes intermédios 1. Num referencial o.n. z, a intersecção das

Leia mais

Nesta aula iremos continuar com os exemplos de revisão.

Nesta aula iremos continuar com os exemplos de revisão. Capítulo 8 Nesta aula iremos continuar com os exemplos de revisão. 1. Exemplos de revisão Exemplo 1 Ache a equação do círculo C circunscrito ao triângulo de vértices A = (7, 3), B = (1, 9) e C = (5, 7).

Leia mais

Polígonos Regulares Inscritos e Circunscritos

Polígonos Regulares Inscritos e Circunscritos Polígonos Regulares Inscritos e Circunscritos 1. (Fgv 013) Na figura, ABCDEF é um hexágono regular de lado 1 dm, e Q é o centro da circunferência inscrita a ele. O perímetro do polígono AQCEF, em dm, é

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro Escola E.B. 2,3 Padre Alberto Neto Ano Letivo 2013/2014. Nome: N.º Turma: 1.ª

Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro Escola E.B. 2,3 Padre Alberto Neto Ano Letivo 2013/2014. Nome: N.º Turma: 1.ª Agrupamento de Escolas de Rio de Mouro Escola E.B. 2,3 Padre Alberto Neto Ano Letivo 2013/2014 M&M - Mathmais n.º 6 Matemática 8.º Ano Nome: N.º Turma: 1.ª Assunto: Teorema de Pitágoras. Semelhança de

Leia mais

Capítulo 3. Cálculo Vetorial. 3.1 Segmentos Orientados

Capítulo 3. Cálculo Vetorial. 3.1 Segmentos Orientados Capítulo 3 Cálculo Vetorial O objetivo deste capítulo é o estudo de vetores de um ponto de vista geométrico e analítico. De acordo com a necessidade, a abordagem do assunto será formal ou informal. O estudo

Leia mais

Geometria Plana Noções Primitivas

Geometria Plana Noções Primitivas Geometria Plana Noções Primitivas Questão 1 (CESGRANRIO-85) Numa carpintaria, empilham-se 50 tábuas, umas de 2 cm e outras de 5 cm de espessura. A altura da pilha é de 154 cm. A diferença entre o número

Leia mais

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Questão 4. alternativa A. alternativa E. alternativa E

TIPO DE PROVA: A. Questão 1. Questão 3. Questão 2. Questão 4. alternativa A. alternativa E. alternativa E Questão TIPO DE PROVA: A Uma empresa entrevistou k candidatos a um determinadoempregoerejeitouumnúmerode candidatos igual a 5 vezes o número de candidatos aceitos. Um possível valor para k é: a) 56 b)

Leia mais

02 Determine o módulo, a direção e o sentido dos seguintes vetores: a) A = 5 Λ i + 3 Λ j, b) B = 10 Λ i -7 Λ j, c) C = 2 Λ i - 3 Λ j + 4 Λ k.

02 Determine o módulo, a direção e o sentido dos seguintes vetores: a) A = 5 Λ i + 3 Λ j, b) B = 10 Λ i -7 Λ j, c) C = 2 Λ i - 3 Λ j + 4 Λ k. Exercícios de apoio à disciplina Geometria Analítica e Cálculo Vetorial 1 01 Três vetores A, B e C possuem as seguintes componentes nas direções x e y: A x = 6, A y = -3; B x = -3, B y =4; C x =2, C y

Leia mais

= 1 1 1 1 1 1. Pontuação: A questão vale dez pontos, tem dois itens, sendo que o item A vale até três pontos, e o B vale até sete pontos.

= 1 1 1 1 1 1. Pontuação: A questão vale dez pontos, tem dois itens, sendo que o item A vale até três pontos, e o B vale até sete pontos. VTB 008 ª ETAPA Solução Comentada da Prova de Matemática 0 Em uma turma de alunos que estudam Geometria, há 00 alunos Dentre estes, 30% foram aprovados por média e os demais ficaram em recuperação Dentre

Leia mais