Desafio da Oferta de Crédito para Alavancagem das Vendas no Varejo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desafio da Oferta de Crédito para Alavancagem das Vendas no Varejo"

Transcrição

1

2 Desafio da Oferta de Crédito para Alavancagem das Vendas no Varejo

3 Qual o maior desejo do Varejo? VENDER MAIS!!!!

4 A história explica... Meados do séc. XIX Porta a Porta Armazéns Gerais - Pouco sorpmento - Pouco serviço - Baixo markup - Médio sorpmento - Muito serviço - Alto markup Lojas de Departamento - Alto sorpmento - Muito serviço - Alto markup A parpr 1990s Múl8plos formatos e canais - SorPmento variado - Serviços on demand - Alta concorrência - Lojas de descontos - MúlPplos canais de venda

5 Desafios do varejo brasileiro Fidelização dos consumidores Distr. mul8canal e Omini Channel Profissionalização Gestão de Preços Concorrência Expansão de Pontos de Venda - Consumidores mais exigentes - Necessidade de ofertar uma experiência diferenciada de compra - Mais caro conquistar clientes (layouts, programas de fidelidades, etc.) - Crédito para consumo - Desenvolvimento de canais alterna8vos (rede social, internet, mobile) - Desenvolvimento de novos formatos (lojas, produtos, maneiras de distribuir) - Integração entre canais para 1 venda - Evolução do modelo familiar para um modelo de gestão profissionalizada - Movimento de abertura de capital em expansão (Droga Raia, Magazine Luiza, Arezzo, etc.) - Gestão de custos (pontos de vendas mais atra8vos / ser mul8canal / programas de fidelidade) - Margens menores - Inves8mentos em automação comercial (RFID, ECR, gestão de perdas, gestão de estoques, etc.) - Entrada de players estrangeiros - Concentração de alguns setores gerando ultra varejistas - Necessidade de profissionalização - Margens mais baixas gerando necessidade de maior escala de venda - Ampliação de capilaridade para manutenção dos mercados- alvo

6 Relacionamento com o Consumidor Necessidades - Tecnologia da informação - Coleta de dados - Análises esta]spcas - Scorings eficientes - Métricas objepvas - Know how específico - Regras bem definidas - Comunicação - Atendimento - Segmentação Instrumentos Atendimento Ofertas Reconhecimentos - Programas de Fidelidade - Crédito a consumo (cartões e CDCs)

7 Relacionamento atual

8 Relacionamento com o Consumidor Necessidades - Tecnologia da informação - Coleta de dados - Análises esta]spcas - Scorings eficientes - Métricas objepvas - Know how específico - Regras bem definidas - Comunicação - Atendimento - Segmentação Instrumentos Atendimento Ofertas Reconhecimentos - Programas de Fidelidade - Crédito a consumo (cartões e CDCs)

9 Crédito a consumo alavanca venda?

10 Líderes de mercado

11 O financimento a consumo traz vendas!! Crescimento dos Varejistas 2011 Varejista com cartão próprio Varejista sem cartão próprio * Dados obpdos de acordo com as informações de RI das empresas

12 Crédito a consumo apresenta um crescimento agressivo 30% Cartões x Varejo (em faturamento) 25% 20% 15% 10% 5% 0% Varejo Cartões

13 Construindo uma operação de crédito a consumo de valor

14 Quais os desafios para uma operação de crédito a consumo de sucesso?

15 Prospecção Conquistar mais clientes Conquista de clientes mulpcanal Conquistar novos clientes Contribuir para a realização de um sonho

16 Concessão Conceder crédito de forma inteligente Captura de proposta por diferentes canais Aprovação ajustada ao risco Crédito inclusivo: aprovar que não comprova renda

17 Gestão de Porkólio Fidelização, apvação e es]mulo a compras Conhecer o seu cliente em profundidade Implementar ações de relacionamento mulpcanais Desenvolver campanhas com alto retorno de valor

18 Gestão de Cobrança Recuperar mais gastando menos Cobrar de maneira eficiente e mulpcanal

19 Gestão de Fraude Prevenir fraude Estar prevenido para golpes do mercado

20 O mapa da mina...

21 Concedendo crédito com inteligência e rentabilidade Gasta menos com outros meios de pagamento ALVANCA MUITO AS VENDAS Instrumento fundamental para CRM Prevenção a fraude em cheques e outros meios de pagamento Mais um negócio importante para o Varejista

22 CONTATOS Danilo Nascimento (11)

Visão Geral da Marisa

Visão Geral da Marisa Junho 2012 Visão Geral da Marisa 63 anos de história Produtos e serviços financeiros Foco na classe C Maior varejista de moda feminina e íntima do Brasil Lojas multiformato Top of mind Presença em todo

Leia mais

CONSTRUIR DIFERENCIAL COMPETITIVO

CONSTRUIR DIFERENCIAL COMPETITIVO Nosso Foco GERAR RESULTADO Através do aporte de visão estratégica, associada ao conhecimento técnico e operacional do dia-a-dia, em: Meios de pagamentos (cartões private label, híbridos e pré-pagos), No

Leia mais

Ampla visão corporativa

Ampla visão corporativa Ampla visão corporativa Sobre a DTS Latin America Uma das principais provedoras em alta tecnologia e negócio com atuação na América Latina. Desenvolvemos projetos inovadores para nossos clientes, em diversas

Leia mais

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Agenda Estrutura do Mercado de Cartões Principais Números da Indústria de Cartões no Brasil Situação Atual da Indústria

Leia mais

Hilgo Gonçalves CEO Losango RESTRICTED

Hilgo Gonçalves CEO Losango RESTRICTED Hilgo Gonçalves CEO Losango Institucional Há 43 anos no mercado, sede no Rio de Janeiro. Uma empresa do Grupo HSBC, desde 2003. Soluções Integradas para o Varejo Crédito Direto ao Consumidor - CDC Cartões

Leia mais

Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas. Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação Érico Veras Marques FGV/CIA/UFC

Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas. Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação Érico Veras Marques FGV/CIA/UFC Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas Panorama de Utilização da Tecnologia da Informação FGV/CIA/UFC Gastos e Investimentos % do Faturamento Média Grandes Empresas: 5,3% Média Indústria:

Leia mais

SIAC SISTEMA ITAUTEC DE AUTOMAÇÃO COMERCIAL

SIAC SISTEMA ITAUTEC DE AUTOMAÇÃO COMERCIAL SIAC SISTEMA ITAUTEC DE AUTOMAÇÃO COMERCIAL O SIAC é a solução integrada de automação comercial da Itautec para frente de loja. Um sistema que integra toda a área de vendas, fazendo com que a loja trabalhe

Leia mais

Mercado de Crédito Consignado. Agosto 2014

Mercado de Crédito Consignado. Agosto 2014 Mercado de Crédito Consignado Agosto 2014 EMPRÉSTIMO CONSIGNADO EM FOLHA DE PAGAMENTO O empréstimo consignado é o melhor produto financeiro de crédito do país e seu desenvolvimento só foi possível por

Leia mais

Como combater fraudes e minimizar a inadimplência no processamento de cartões Private Label

Como combater fraudes e minimizar a inadimplência no processamento de cartões Private Label Como combater fraudes e minimizar a inadimplência no processamento de cartões Private Label São Paulo, abril de 2007 Ricardo Loureiro Diretor de Produtos AGENDA Objetivo Contexto de mercado Gestão do Ciclo

Leia mais

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé?

Quais estratégias de crédito e cobranças são necessárias para controlar e reduzir a inadimplência dos clientes, na Agroveterinária Santa Fé? 1 INTRODUÇÃO As empresas, inevitavelmente, podem passar por períodos repletos de riscos e oportunidades. Com a complexidade da economia, expansão e competitividade dos negócios, tem-se uma maior necessidade

Leia mais

Financiamento de Veículos Posicionamento

Financiamento de Veículos Posicionamento Financiamento de Veículos Posicionamento Market Share de Produção em % Ranking Novos Financiamentos (3º Trim 14) 15,5% 1º 13,8% 14,5% 2º 2º 3º 1ºT 14 2ºT 14 3ºT 14 Pesados Autos Novos Motos Autos Usados

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Seminário GVcev Produtos Financeiros no Varejo

Seminário GVcev Produtos Financeiros no Varejo Seminário GVcev Produtos Financeiros no Varejo O Papel das Financeiras no Mercado Brasileiro Carlos Vilani Mercado Anos 1994 90 Plano Real 96 06 Bancos atuando fortemente na captação de curto prazo Crédito

Leia mais

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Senado Federal 23.jun.2009

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Senado Federal 23.jun.2009 Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento Senado Federal 23.jun.2009 O que representa a indústria de cartões... 38 bancos emissores 500 milhões de plásticos e 5,5 bi de transações mais de 60% dos domicílios

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão. Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian

Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão. Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian Desdobramento da estratégia em indicadores de gestão Palestrante: Paulo Ivan de Mello Gerente de Processos e Qualidade Serasa Experian A Experian No mundo líder de mercado Londres Nottingham Grupo de origem

Leia mais

O futuro para o segmento funerário. Hoje.

O futuro para o segmento funerário. Hoje. O futuro para o segmento funerário. Hoje. O futuro. Hoje. O ivertex é um Ecossistema Integrado que combina o poder do ERP (software de gestão empresarial), CRM (gestão do relacionamento com o cliente),

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução...03 Projetos e Fatos Relevantes 2008...03 Raio X de Investimentos e Custos...10 Considerações

Leia mais

Produtos e Serviços Financeiros no Varejo

Produtos e Serviços Financeiros no Varejo Seminário GVcev Produtos e Serviços Financeiros no Varejo Produto Private Label fortalecendo a parceria entre varejo e instituições financeiras Marcelo Noronha Agenda Parceria Produto Private Label Bradesco

Leia mais

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA

DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DE COMÉRCIO E SERVIÇOS Data: Dezembro/98 N o 20 DESEMPENHO RECENTE DO COMÉRCIO VAREJISTA O comércio é a ponta da cadeia produtiva e é o primeiro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros Categoria Setor de Mercado Seguros 1 Apresentação da empresa e sua contextualização no cenário competitivo A Icatu Seguros é líder entre as seguradoras independentes (não ligadas a bancos de varejo) no

Leia mais

Somos uma consultoria especializada em Varejo Financeiro

Somos uma consultoria especializada em Varejo Financeiro Somos uma consultoria especializada em Varejo Financeiro Atuamos junto a estes três grupos de empresas Ajudando-os a atender da melhor maneira às necessidades do consumidor: VAREJO COMERCIAL E DE SERVIÇOS

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Gean Carlo Gomes Jéssica Jabczenski Roslindo. Projeto de Conclusão de Curso

Gean Carlo Gomes Jéssica Jabczenski Roslindo. Projeto de Conclusão de Curso Gean Carlo Gomes Jéssica Jabczenski Roslindo Projeto de Conclusão de Curso Trabalho apresentado para a disciplina Laboratório de Estatística II do curso de graduação em Estatística da Universidade Federal

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. CRM e AFV Bloco Comercial CRM e AFV Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos CRM e AFV, que fazem parte do Bloco Comercial. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos

Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos cogem news Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Junho de 2015 Jornal da Globo destaca as Cooperativas financeiras como alternativa para fugir dos juros altos Veja o que fazer

Leia mais

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À Felisoni & Associados E AO PROVAR - Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração, instituição conveniada com a FEA/USP - é proibida a reprodução

Leia mais

Supermercados: Desafios e Perspectivas

Supermercados: Desafios e Perspectivas Seminário GVcev Supermercados: Desafios e Perspectivas SERVIÇOS FINANCEIROS NO VAREJO DE ALIMENTOS Vanessa Paulino de Souza O mais completo portfólio de formatos Hiper Super Conveniência Atacado Maxi Discount

Leia mais

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013 Reunião Pública Anual 19 de dezembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

A ECONOMIA BRASILEIRA E OS CARROS USADOS. Luis Nassif

A ECONOMIA BRASILEIRA E OS CARROS USADOS. Luis Nassif A ECONOMIA BRASILEIRA E OS CARROS USADOS Luis Nassif Potência Descoberta do país Desenvolvimento Potência Exporta matéria prima Descoberta do país Desenvolvimento Potência Importa produtos Descoberta do

Leia mais

Colhendo os frutos de uma abordagem ampliada do risco operacional

Colhendo os frutos de uma abordagem ampliada do risco operacional Colhendo os frutos de uma abordagem ampliada do risco operacional Maio 2015 As informações contidas neste documento são de propriedade do CPqD. Este documento ou suas informações não podem ser copiados,

Leia mais

CADASTRO POSITIVO. Ricardo Loureiro Diretor de Produtos PF

CADASTRO POSITIVO. Ricardo Loureiro Diretor de Produtos PF CADASTRO POSITIVO Ricardo Loureiro Diretor de Produtos PF AGENDA O QUE É O BUREAU POSITIVO IMPORTÂNCIA E EFEITOS SOBRE O CRÉDITO BENCHMARKING EXPECTATIVAS DE UTILIZAÇÃO NOS NEGÓCIOS EXPERIÊNCIAS DA SERASA

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT

CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT O resultado prático para as empresas que adotam esse conceito de software, baseado no uso da tecnologia é conseguir tirar proveito dos dados de que dispõem para conquistar

Leia mais

Boas práticas para envio de SMS

Boas práticas para envio de SMS Boas práticas para envio de SMS Saiba como construir suas mensagens para envios de SMS corporativos, atendendo as boas práticas para ter sucesso em suas ações Mensagens para envio de SMS Como Utilizar?

Leia mais

Fenícia Automação Comercial

Fenícia Automação Comercial Fenícia Automação Comercial Introdução Indicado para estabelecimentos comerciais, rede de lojas ou franquias, o sistema FENÍCIA AUTOMAÇÃO COMERCIAL traz uma série de tecnologias de alto valor agregado

Leia mais

DROGARIAS. Tudo para que a sua empresa seja ainda mais competitiva no mercado.

DROGARIAS. Tudo para que a sua empresa seja ainda mais competitiva no mercado. Segmento VAREJO DROGARIAS No subsegmento de drogarias, gestão na dose certa pode fazer toda a diferença. Por isso, a TOTVS oferece soluções dimensionadas de acordo com a necessidade do seu negócio, que

Leia mais

CRM Customer Relationship Management

CRM Customer Relationship Management CRM Customer Relationship Management C R M : DEFINIÇÃO TEÓRICA NO PASSADO CONHECÍAMOS NOSSOS CLIENTES PELO NOME, ONDE VIVIAM, QUE TIPO DE PRODUTOS NECESSITAVAM, COMO SERIAM ENTREGUES, COMO QUERIAM PAGAR

Leia mais

Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados. slide 1

Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados. slide 1 Conquistando excelência operacional e intimidade com o cliente: aplicativos integrados slide 1 Objetivos de estudo Como os sistemas integrados ajudam as empresas a conquistar a excelência operacional?

Leia mais

Como criar um clube de vantagens para seus clientes

Como criar um clube de vantagens para seus clientes Como criar um clube de vantagens para seus clientes Introdução Adquirir clientes no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante ações que fidelize

Leia mais

R$ 281 milhões de ebitda 52

R$ 281 milhões de ebitda 52 R$ 281 milhões de ebitda 52 Líder e pioneira em seu mercado, a Ultragaz evoluiu em 2009 na implementação de programas de eficiência operacional destinados ao mercado domiciliar, o UltraLevel, e ao mercado

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

BTS AUTOMAÇÃO BTS AUTOMAÇÃO. Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas

BTS AUTOMAÇÃO BTS AUTOMAÇÃO. Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas Por que usar um ERP? Melhorar processos Reduzir erros Controle e integração Maximizar receitas Diminuir perdas O que um ERP faz? Aumentar a produtividade Permite mais qualidade Maior rentabilidade O que

Leia mais

Cartões private label: modelo de negócio e cadeia de valor

Cartões private label: modelo de negócio e cadeia de valor Cartões private label: modelo de negócio e cadeia de valor Gustavo Melo da Costa Marcio Rocha Gonçalves Marco Antonio da Silveira Santos Newton de Souza Lima Junior MBA Executivo Internacional Turma 34

Leia mais

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00.

FINANÇAS A B C D A R$ 24.000,00. B R$ 12.000,00. C R$ 2.000,00. D R$ 0,00. ESPE/Un SERE 2013 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento válido para

Leia mais

Cartões de Crédito A Visão do Comércio Varejista. Fecomercio

Cartões de Crédito A Visão do Comércio Varejista. Fecomercio Cartões de Crédito A Visão do Comércio Varejista Fecomercio SOBRE A FECOMERCIO Principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços Congrega 152 sindicatos patronais, que abrangem mais

Leia mais

INCORPORADORAS. Assim, você garante eficiência nos processos e constrói uma gestão cada vez mais produtiva e rentável para a sua empresa.

INCORPORADORAS. Assim, você garante eficiência nos processos e constrói uma gestão cada vez mais produtiva e rentável para a sua empresa. Segmento CONSTRUÇÃO E PROJETOS INCORPORADORAS As soluções de software de gestão para o segmento de construção e projetos da TOTVS maximizam as oportunidades de venda e o aumento da rentabilidade da sua

Leia mais

Conectando seu negócio aos seus objetivos

Conectando seu negócio aos seus objetivos Conectando seu negócio aos seus objetivos CONSTRUINDO UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 2001 2005 2008 2010 2011 2012 2013 Líder em seguro de celular no mercado de Telecom Investimento e desenvolvimento do sistema

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Tecnologia e Praticidade ao Seu Alcance

Tecnologia e Praticidade ao Seu Alcance Tecnologia e Praticidade ao Seu Alcance PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Mais de 21.000 Pontos de vendas ativos Frente de loja com gerenciamento local ou via web Homologação Fiscal em todo o Brasil

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O

R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O A ÚNICA R EDE DE MULTINE G Ó C I O S PA RA C R I A N Ç A S D O M U N D O ENTRE OUTRAS Nosso time de gestores vai fazer um trabalho único para você. Além de buscar e localizar o melhor ponto comercial

Leia mais

Financiamento de veículos. Crédito Pessoa Física Principais Produtos

Financiamento de veículos. Crédito Pessoa Física Principais Produtos Financiamento de veículos Crédito Pessoa Física Principais Produtos 115 +11% Carteira de Crédito 124 +3% 127 Crédito ao Consumo Veículos R$ Bilhões Pessoa Física Crédito Consignado 1 32 Cartão de Crédito

Leia mais

A sua oportunidade de mudar de vida está bem aqui.

A sua oportunidade de mudar de vida está bem aqui. A sua oportunidade de mudar de vida está bem aqui. FRANQUIAS MERCADO DE FRANQUIAS. APROVEITE ESSA TENDÊNCIA. O mercado de franquias tem se mostrado cada vez mais um ótimo negócio no Brasil, principalmente

Leia mais

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO

ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO ÍNDICE CIELO APONTA CRESCIMENTO TÍMIDO DE 0,5% DO VAREJO EM JUNHO Número refere-se ao aumento da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em relação a junho de 2013; com os ajustes dos efeitos de calendário,

Leia mais

Varejo. A gestão definitiva para sua empresa

Varejo. A gestão definitiva para sua empresa Varejo A gestão definitiva para sua empresa Introdução Indicado para estabelecimentos comerciais, rede de lojas ou franquias, o sistema FENÍCIA AUTOMAÇÃO COMERCIAL traz uma série de tecnologias de alto

Leia mais

Wagner K. Arendt Coordenador de TI FCDL/SC

Wagner K. Arendt Coordenador de TI FCDL/SC Wagner K. Arendt Coordenador de TI FCDL/SC sua empresa na Internet A criação de um site é uma regra geral para empresas que querem sobreviver em um mercado cada vez mais agressivo e um mundo globalizado,

Leia mais

Samuel de Jesus Andrade 07 de Abril de 2004 HISTÓRICO ESTUDO DE MERCADO. Definição do Público Alvo Definição do Mercado necessidades, potencial,...

Samuel de Jesus Andrade 07 de Abril de 2004 HISTÓRICO ESTUDO DE MERCADO. Definição do Público Alvo Definição do Mercado necessidades, potencial,... SERVIÇOS INTEGRADOS PARA CARTÕES: UMA Samuel de Jesus Andrade 07 de Abril de 2004 HISTÓRICO ESTUDO DE MERCADO Definição do Público Alvo Definição do Mercado necessidades, potencial,... Concorrência Forças,

Leia mais

Lista Online. Ficou mais fácil encontrar seus próximos clientes. 25148-008-Serasa-Folheto-420x297.indd 1

Lista Online. Ficou mais fácil encontrar seus próximos clientes. 25148-008-Serasa-Folheto-420x297.indd 1 Lista Online Ficou mais fácil encontrar seus próximos clientes 25148-008-Serasa-Folheto-420x297.indd 1 Escolha seu público-alvo. Direcione sua comunicação. Faça bons negócios. O que é a Lista Online Serasa

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor

O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor O Impacto das Novas Regras de Tarifas Bancárias para o Consumidor Laura Schertel Mendes Coordenadora Geral de Supervisão e Controle Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor Brasília Agosto 2009

Leia mais

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin

Business Intelligence. BI CEOsoftware Partner YellowFin Business Intelligence BI CEOsoftware Partner YellowFin O que é Business Intelligence Business Intelligence (BI) é a utilização de uma série de ferramentas para coletar, analisar e extrair informações,

Leia mais

Educação Financeira e Consumo Consciente do Crédito. Leonel Andrade, Presidente Credicard Outubro de 2010

Educação Financeira e Consumo Consciente do Crédito. Leonel Andrade, Presidente Credicard Outubro de 2010 Educação Financeira e Consumo Consciente do Crédito Leonel Andrade, Presidente Credicard Outubro de 2010 Cenário Macro-Econômico 13,0 13,1 % DESEMPREGO 1.456 RENDA 10,9 11,2 10,8 10,7 10,1 8,7 9,0 7,5

Leia mais

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO?

POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? ORGANIZE SUA VIDA POR QUE PRECISAMOS SER RACIONAIS COM O DINHEIRO? - Para planejar melhor como gastar os nossos recursos financeiros QUAIS OS BENEFÍCIOS DE TER UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO? - Para que possamos

Leia mais

SOLUÇÕES PARA O VAREJO

SOLUÇÕES PARA O VAREJO SOLUÇÕES PARA O VAREJO Tecnologia e Praticidade ao seu alcance. Frente de loja com gerenciamento local ou via web. Controle das atividades financeiras e de estoque TEF (dedicado,discado e IP) Homologação

Leia mais

YES Aluguel de Carros

YES Aluguel de Carros YES Aluguel de Carros O mercado brasileiro de aluguel de carros Frota do Setor Em unidades Fonte: Anuário ABLA 2012 Idade média da frota Em meses Fonte: Anuário ABLA 2012 Composição da frota por modelo

Leia mais

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Agronegócio brasileiro. Aqui vive um país inteiro! CONSULTORIA EM USINAS SUCROALCOOLEIRAS APORTE - Análise de Potencial de mercado com

Leia mais

Estudo sobre a Indústria de Cartões 1/7/2010 1

Estudo sobre a Indústria de Cartões 1/7/2010 1 Estudo sobre a Indústria de Cartões 1/7/2010 1 Glossário de Termos Técnicos Bases operacionais de cartões são as alternativas de captura de dados que os estabelecimentos podem utilizar para efetivar as

Leia mais

Proposta de Parceria. Documento Confidencial

Proposta de Parceria. Documento Confidencial Proposta de Parceria Quem Somos Uma empresa criada em 2011 com objetivo de prestar serviços e oferecer produtos para o mercado financeiro e de meios eletrônicos de pagamento. Criada por executivos de larga

Leia mais

17/10/2011. Construindo Planos de Negócios. Capítulo 1: Aspectos gerais do plano de negócios

17/10/2011. Construindo Planos de Negócios. Capítulo 1: Aspectos gerais do plano de negócios do plano Construindo Planos de Negócios 2011.2 Tipos Empresa de prestação de serviços Empresa de venda a varejo Empresa de vendas por atacado Distribuidora Empresa Industrial Empresa Mista do plano do

Leia mais

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso!

Fornecedores. Apresentação. www.grupoquantica.com. Nosso desafio é o seu sucesso! Fornecedores www.grupoquantica.com Apresentação 2010 A idéia Fundado e idealizado por Cleber Ferreira, Consultor de Marketing e Vendas, autor do livro Desperte o Vendedor Interior com Técnicas de Vendas

Leia mais

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN O que é o GVN Parceiro: O GVN Parceiro é uma modalidade de parceria de negócios criada pelo Grupo Vila Nova para ampliar sua capilaridade de oferta e garantir que

Leia mais

Adm. Ana Cristina Moraes da Silva Carvalho. Especialista em Saúde Coletiva

Adm. Ana Cristina Moraes da Silva Carvalho. Especialista em Saúde Coletiva Adm. Ana Cristina Moraes da Silva Carvalho. Especialista em Saúde Coletiva POR QUE TER UM BOM RELACIONAMENTO COM O CLIENTE? Em média, um cliente satisfeito conta para 3 pessoas a sua experiência positiva

Leia mais

Introdução. Este roteiro tem a pretensão de servir como facilitador na construção de um plano de negócios compreensível e realista

Introdução. Este roteiro tem a pretensão de servir como facilitador na construção de um plano de negócios compreensível e realista 1 Introdução Empreender significa determinar um caminho para perseguir, ou qualquer caminho servirá. Uma vez no caminho, o sucesso dáse pela combinação entre visão, paixão e disciplina na execução. Já

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

Balanço do Crédito do Comércio Varejista

Balanço do Crédito do Comércio Varejista Receitas de Vendas A vista (cartão de débito, dinheiro e cheque) Vendas a Prazo (cartão de crédito, cheque pré-datado, etc.) Total Formas de vendas a prazo que a empresa aceita Cheque Cartão de Crédito

Leia mais

Gerentes de Ecommerce e Marketing Digital

Gerentes de Ecommerce e Marketing Digital ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Produção paulista de roupas diminui 40%

Produção paulista de roupas diminui 40% Boletim 795/2015 Ano VII 20/07/2015 Produção paulista de roupas diminui 40% A desaceleração do varejo fez a produção de roupas do Estado de São Paulo cair cerca de 40% no primeiro semestre deste ano na

Leia mais

Tecnologia no Varejo: Oportunidades e Desafios

Tecnologia no Varejo: Oportunidades e Desafios Seminário GVcev Tecnologia no Varejo: Oportunidades e Desafios Tema: Tecnologia para Entender e Atender o consumidor Palestrante: Paulo Nassar HISTÓRICO Cobasi uma empresa brasileira Iniciou suas atividades

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO FINANCEIRA VICE-DIRETORIA ADMINISTRATIVA ABRIL 2011 1 1. APRESENTAÇÃO A expansão das atividades de ensino e melhoramento da infraestrutura física ofertada tem exigido da Faculdade

Leia mais

Dia 05 de agosto de 2015 entrará para a história da Cooperativa. Nesta data foi assinada a escritura da aquisição da Sede da COGEM.

Dia 05 de agosto de 2015 entrará para a história da Cooperativa. Nesta data foi assinada a escritura da aquisição da Sede da COGEM. cogem news Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Agosto de 2015 COGEM DE CASA NOVA Uma nova conquista para os asssociados! Dia 05 de agosto de 2015 entrará para a história da

Leia mais

Sul em ações 26 de novembro de 2008

Sul em ações 26 de novembro de 2008 Sul em ações 26 de novembro de 2008 A Bematech é bi-campeã do prêmio do IBGC de melhor governança Corporativa dentre as empresas listadas na Bovespa. Expansão do Varejo e Necessidade de Investimento em

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Magazine Luiza - 48 anos. Menu

Magazine Luiza - 48 anos. Menu Magazine Luiza - 48 anos Magazine Luiza 360 pontos de venda 10.000 colaboradores 8 milhões de clientes cadastrados 70% das vendas a prazo Evolução do Faturamento Evolução Faturam ento 2.500 2.000 2.000

Leia mais

Cenário e Tecnologias de Crédito ANDAP

Cenário e Tecnologias de Crédito ANDAP Cenário e Tecnologias de Crédito ANDAP AGENDA NOSSA PROPOSTA DE VALOR CICLO DE CRÉDITO CONCESSÃO GESTÃO DE CARTEIRA FRAUDE COBRANÇA Grupo Experian Experiência global, inteligência e dedicação locais No

Leia mais

Hitwise. Inteligência para sua estratégia. Retorno para suas campanhas digitais.

Hitwise. Inteligência para sua estratégia. Retorno para suas campanhas digitais. Hitwise Insights do comportamento digital. Hitwise Inteligência para sua estratégia. Retorno para suas campanhas digitais. A Hitwise da Serasa Experian Marketing Services é uma ferramenta global de inteligência

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

SER UM PARCEIRO DA REDE BANORTE MATRIZ É MUITO MAIS NEGÓCIO PARA VOCÊ.

SER UM PARCEIRO DA REDE BANORTE MATRIZ É MUITO MAIS NEGÓCIO PARA VOCÊ. SER UM PARCEIRO DA REDE BANORTE MATRIZ É MUITO MAIS NEGÓCIO PARA VOCÊ. FRANQUIAS MERCADO DE FRANQUIAS. APROVEITE ESSA TENDÊNCIA. O mercado de franquias tem se mostrado cada vez mais um ótimo negócio no

Leia mais

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação

Módulo 15 Resumo. Módulo I Cultura da Informação Módulo 15 Resumo Neste módulo vamos dar uma explanação geral sobre os pontos que foram trabalhados ao longo desta disciplina. Os pontos abordados nesta disciplina foram: Fundamentos teóricos de sistemas

Leia mais

Guia de Operação TEF

Guia de Operação TEF Guia de Operação TEF 1. TEF A Transferência Eletrônica de Fundos é um sistema que executa transações financeiras de forma eletrônica e integrada à solução de automação comercial do estabelecimento. Opera

Leia mais

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac.

PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS. Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. PESQUISA O COMÉRCIO NO DIA DOS PAIS Realização: Fecomércio/Ac Coordenação: IFEPAC Período: 15 a 25 de julho de 2011 Local: Rio Branco/Ac. 1 APRESENTAÇÃO Com a aproximação do Dia dos Pais, a Fecomércio/Ac,

Leia mais

Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador

Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador Programa Inovar Seed Forum e Forum de Anjos como Politica Pública de Promoção do Empreendedorismo Inovador Rochester Gomes da Costa Chefe do Departamento de Empreendedorismo Inovador Area de Investimentos

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Business Intelligence na área de Compras

Business Intelligence na área de Compras Business Intelligence na área de Compras - Caso de Sucesso DeciLogic - 2007 Agenda Introdução - Business Intelligence Eric Sarzana - Diretor - DeciLogic O projeto de BI da Telhanorte Marcelo Dalbone -

Leia mais

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte Março/15 A mostra o desempenho dos negócios do comércio no mês de Fevereiro/2015 e identifica a percepção dos empresários para o mês de Março/2015. Neste mês, 20,8% dos empresários conseguiram aumentar

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais