NET Serviços de Comunicação S.A. Reunião Pública com Investidores Resultados do 1T05

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NET Serviços de Comunicação S.A. Reunião Pública com Investidores Resultados do 1T05"

Transcrição

1 NET Serviços de Comunicação S.A. Reunião Pública com Investidores Resultados do 1T05 1

2 Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem-se em crenças e premissas da diretoria da Net Serviços de Comunicação S.A., bem como em informações atualmente disponíveis para a Companhia, Considerações futuras não são garantias de desempenho, Envolvem riscos, incertezas e premissas, pois se referem a eventos futuros e portanto dependem de circunstâncias que podem ou não ocorrer. O público deve compreender que condições econômicas gerais, condições da indústria e outros fatores operacionais, podem afetar os resultados futuros da empresa e podem conduzir a resultados que diferem, materialmente, daqueles expressos em tais considerações futuras. 2

3 Agenda I. Introdução II. Performance Recente III. Resultado Financeiro IV. Perspectivas Operacionais e Conclusão 3

4 Agenda I. Introdução II. Performance Recente III. Resultado Financeiro IV. Perspectivas Operacionais e Conclusão 4

5 Perfil da NET Maior multi-operadora de TV por assinatura da América Latina Importante provedora de internet Banda Larga (Vírtua) do Brasil 1,4 milhão de assinantes de PTV conectados, representando 37% do mercado brasileiro Rede de cabos se estende por mais de 35 mil quilômetros, passando por cerca de 6,6 milhões de domicílios, operando em 44 cidades Grade de programação completa: Globosat + Telecine + HBO 5

6 Estratégia Crescimento Sustentado, Satisfação do Cliente e Rentabilidade dos Investimentos Operacional Foco em qualidade de atendimento Crescimento contínuo do Vírtua Crescimento consistente em PTV Marketing Dirigido Novos pacotes e produtos Financeiro Estrutura de capital adequada Investimentos dirigidos Forte grupo de controle Governança Corporativa Manter a Liderança no Setor de TV por assinatura Explorar a demanda por serviços mais avançados Maximizar o uso de sua rede de cabos existente 6

7 Plano de Transformação Final anos 90/ Crise de Liquidez Financeira e Problemas Operacionais TV por Assinatura Analógico Banda Larga Implementando Plano (Busca da Excelência e Crescimento) TV a Cabo Digital VoIP Início das Operações e Aquisições Lógica Estratégica Desenhando Plano de Transformação Priorização Projetos Execução Operacional Estrutura de Capital adequada para suportar um novo ciclo de crescimento Excelência Operacional Plataforma de Crescimento 7

8 Eficiência no Atendimento % Chamadas atendidas O índice médio das chamadas atendidas manteve-se em patamares elevados, cerca de 93% no 1T05 Central de Atendimento Central de Atendimento Eficácia na Retenção e Reversão Pay-TV evoluiu de 72% para 74% Eficácia na Retenção e Reversão Vírtua evoluiu de 46% para 73% 8

9 Ciclo Virtuoso da NET Resultados Operacionais Fortes e Consistentes Aumento da Base e Vendas de Produtos de Maior Valor Agregado Foco em Qualidade de Atendimento Plano Adequado de Marketing e Vendas 9

10 Agenda I. Introdução II. Performance Recente III. Resultado Financeiro IV. Perspectivas Operacionais e Conclusão 10

11 TV por Assinatura Vendas Brutas da TV por assinatura Churn (%) % (000) CAGR = 12,4% Churn (%) 20.0% 18.0% 16.0% 18% % 12.0% 14% 13% (000) Assinantes de TV por assinatura 1,450 1,350 1,250 1,430 CAGR = 4,1% 1,365 1,319 As vendas segmentadas e a administração constante do churn, vem traduzindo um crescimento sustentável da base de assinantes, mesmo no atual cenário em que a renda interna disponível ainda não cresceu 11

12 Banda Larga Banda Larga - Vendas Brutas Churn (%) (000) CAGR=300% Churn (%) 22% 20% 18% 16% 14% 22% 13% % 11% 0 10% (000) Assinantes de Banda Larga CAGR=193,4% As várias etapas do relançamento da banda larga, que adequou a capacidade da Companhia ao ritmo de crescimento do mercado, vem possibilitando um aumento significativo da base de assinantes. 12

13 Custos de Programação e ARPU - PTV Além de um melhor relacionamento com os fornecedores de programação, a conversão dó custo de dólar para real possibilita melhor planejamento e previsibilidade, mantendo a rentabilidade do produto (R$ / assinante) Custos de Programação Custos de programação em R$ O custo de programação por assinante vem se mantendo constante após a negociação com as programadoras Tais negociações geraram tanto economias pontuais como permanentes nos custos com programação ARPU (R$) - PTV ARPU crescente (R$) O lançamento de novos serviços e produtos como o NET DIGITAL, e maiores vendas de PPV, tendem elevar o ARPU

14 PPV Campeonatos Regionais e BBB O aumento das vendas de PPV contribuiu para elevar a Receita da Companhia Acesso ao Produto PPV (SP,RJ, BH e POA)* 26% 74% Acessa Pay-per-view Não Acessa PPV Campeonatos Regionais Nas quatro cidades mais expressivas, do total dos Assinantes de PTV, apenas 26% acessam o serviço PPV * PPV Big Brother Brasil (000) CAGR=32,3% (000) CAGR=27,1% *Fonte: Yankee Group Mar05 14

15 ARPU Banda Larga Mesmo com um mercado competitivo, a Companhia vem mantendo o ARPU do produto constante ARPU (R$) Banda Larga (R$)

16 Crescimento com Melhores Margens Receita Líquida EBITDA e Margem EBITDA (R$ milhões) CAGR = 12,4% (R$ milhões) CAGR = 29,9% 27.1% 23.3% % EBITDA Margem EBITDA 0 EBIT 100 Resultado Líquido (R$ milhões) CAGR = 793,6% (R$ milhões) (10) (25) (40) (55) (70) (85) (100) (76.5) (77.8) (5.2) 16

17 Agenda I. Introdução II. Performance Recente III. Resultado Financeiro IV. Perspectivas Operacionais e Conclusão 17

18 Reestruturação - Objetivos Alcançados Com a conclusão da reestruturação, a NET : Tornou-se independente das condições do mercado de capitais Passou a ter um calendário de amortização de dívida compatível com a geração interna de caixa Está protegida contra alta nas taxas de juros e/ou câmbio, com os mecanismos embutidos nos novos instrumentos de dívida Diminuiu significativamente a relação entre dívida líquida e EBITDA, passando de 3,4x no 1T04 para 1,0x após a conclusão do aumento de capital É capaz de sustentar seu crescimento, realizando os investimentos necessários e pagar suas obrigações financeiras com a geração operacional de caixa 18

19 Dívida Nova x Dívida Antiga Análise do Perfil de Endividamento 1T04 1T05 Endividamento Bruto R$ MM R$ 655 MM* Moeda Estrangeira R$ 718MM R$ 294MM Dívida Bruta / EBITDA 3,8x 1,4x Taxa Média em Moeda Estrangeira Dólar + 9% Dólar + 7% Taxa Média em Moeda Nacional CDI + 4% CDI + 2% Além das menores taxas de financiamento, as despesas financeiras tendem a cair com a redução da Dívida Bruta * Considera o pagamento adicional da dívida após a conclusão do aumento de capital 19

20 Nova Dívida Principais características da nova dívida: Menor custo: CDI + 2%a.a. em reais e Libor + 3% a.a. ou fixo em 7% a.a. em dólar Toda dívida pari-passu Melhor Rating: S&P escala global: B+ S&P escala nacional: brbbb Moody s escala global: B3 Dívida líquida em relação à geração de caixa possibilita refinanciamento se necessário 20

21 Calendário de Amortização Composição por tipo de moeda Dívida Total... R$ 655 milhões 57% Moeda Local 43% Moeda Estrangeira Senior Guaranteed Notes - Debêntures - 4ª emissão - Divida Antiga Sindicato 0 - Empréstimos (em R$) 21

22 Grupo de Controle Globo continua como controladora da NET, através da GB Novo acordo de acionistas vigente: Conselho com 12 membros, sendo 7 indicados pela Globo, 4 pela Telmex e 1 por Minoritário Acionistas com expertise complementar: Globo em programação e conteúdo nacional e Telmex em serviços de banda larga e voz Telmex tem direitos específicos como acionista minoritário do bloco de controle Alta Liquidez : Free Float das ações PNs é de 83% Globo 51% ON Telmex 49% ON Publico 11% ON 9% PN GB 37% ON 8% PN 1% ON 83% PN 51% ON NET 22

23 Agenda I. Introdução II. Performance Recente III. Resultado Financeiro IV. Perspectivas Operacionais e Conclusão 23

24 TV por Assinatura Market Share Pay TV TV Cidade 2% Vivax Outras 12% 7% 37% TV por Assinatura - São Paulo 43% 57% TV por Assinantura - Rio de Janeiro 31% 69% TVA 8% Net Outras Operadoras TV por Assinantura - Belo Horizonte Net Outras Operadoras TV por Assinatura - Porto Alegre DirecTV 12% Sky 22% 29% 71% 24% 76% Net Outras Operadoras Net Outras Operadoras FONTE: Yankee Group mar05, Pay-TV Survey Relatório nº 97 24

25 Banda Larga As cidades onde o Virtua está presente representam 33% do total de classe A e B no Brasil CLASSE D 24% DOMICÍLIOS URBANOS NO BRASIL CLASSE E 13% CLASSE D 33% CLASSE C 33% Total: CLASSE A 5% CLASSE B 18% CLASSE C 31% DOMICÍLIOS URBANOS 11 CIDADES Total: (20 % Total Brasil) CLASSE E 5% CLA SSE A 10% CLASSE B 28% PENETRAÇÃO DE BANDA LARGA POR CLASSE SOCIAL - BRASIL 55,7% 10,5% CLASSE A CLASSE B CLASSE C 69,8% 19,7% 1,3% 0,1% CLASSE DE PENETRAÇÃO DE BANDA LARGA POR CLASSE SOCIAL 11 CIDADES 3,4% 0,3% CLASSE A CLASSE B CLASSE C CLASSE DE As cidades Vírtua concentram 20% do total de domicílios do país e e 50% da classe A. A. Quando somamos A e e B, B, as cidades representam 33% do total Brasil. Nestas cidades a a briga pelo mercado tem sido mais acirrada, resultando em maiores penetrações nas classes A e e B. B. Fonte: Pesquisa Target 2004, 16 Pesquisa Internet Pop Abril04 e Site 25

26 Banda Larga O Vírtua acompanhou o crescimento do mercado dentro de um cenário competitivo Mercado Market K K assinantes customers Participação Share of New nas Customer vendas Brazil por região Evolução Share do das Novas Aquisições Evolução Share do das Novas Aquisições Br Turbo 26 % 8% 8% 10% 10% 13% 13% 9% 9% 8% 9% 8% 9% 2T 3T 4T 2T 3T 4T Speedy 2T 3T 4T 2T 3T 4T Br Turbo Speedy 41 % Velox 24 % 15% 15% 10% 10% 9% 9% 2T 3T 4T 2T 3T 4T Velox 9 % Fonte: Relatorios NET, Telefonica,, Telemar e Brasil Telecom 26

27 Reestruturação de capital concluída: Considerações Finais Companhia em um círculo virtuoso Nível de endividamento adequado à realidade brasileira Despesas financeiras compatíveis com a geração de caixa Consistência nos resultados operacionais Crescimento da base de assinantes pelo 8º trimestre consecutivo Novos patamares de EBITDA e EBIT Renovação da marca com a NET Digital e canais HBO Desenvolvimento de novas estratégias de crescimento (Vírtua, NET Digital, VoIP) 27

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados do 1T08 Destaques do Trimestre 2 Lançamento recente do Net Fone.com, produto que combina os serviços de telefonia, acesso rápido à internet e melhoria de imagem,

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07 NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Resultados do 4T07 Destaques 2 Lançamento do NET Digital HD, que combina as funções de gravador e conversor de alta definição; Aquisição da BIGTV traz 12 importantes cidades

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

Net Net Serviços de de Comunicação S.A Reunião Resultados Pública com 2005 Investidores 2T05

Net Net Serviços de de Comunicação S.A Reunião Resultados Pública com 2005 Investidores 2T05 Net Net Serviços de de Comunicação S.A Reunião Resultados Pública com 2005 Investidores 2T05 1 Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às

Leia mais

Anúncio de Reestruturação Financeira

Anúncio de Reestruturação Financeira Anúncio de Reestruturação Financeira 1 Considerações Futuras Algumas informações sobre o Plano de Reestruturação Financeira da Companhia apresentam nossas expectativas sobre o resultado que poderemos obter

Leia mais

Resultados do Terceiro Trimestre de 2005

Resultados do Terceiro Trimestre de 2005 Resultados do Terceiro Trimestre de 2005 28 de outubro de 2005 Mensagem do Panorama do Mercado Resultados Financeiros Ambiente Regulatório Conclusão Mensagem do A TIM Participações está crescendo em um

Leia mais

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015 Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013 Agosto de 2015 PRESENÇA A América Móvil (AMX) tem atuação em 28 países Operações Fixa e Móvel Operação Móvel Operação MVNO ACESSOS POR

Leia mais

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES

AGENDA DESEMPENHO FINANCEIRO NOSSO NEGÓCIO VANTAGENS COMPETITIVAS OPORTUNIDADES Dezembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12 10.05.2012 Resultados 1T12 Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 1T11 foram elaborados de forma combinada. Desta forma, as variações anuais aqui apresentadas podem diferir i daquelas informadas

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006. 06 de Março de 2007

TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006. 06 de Março de 2007 TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006 06 de Março de 2007 1 Destaques Desempenho do Mercado Estratégia Comercial Desempenho Financeiro 2 4T06: Forte crescimento e sólida performance financeira

Leia mais

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições.

Destaques do Período. CADE aprova a fusão No dia 7 de novembro o CADE aprovou a fusão sem restrições. 1 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da B2W, eventualmente expressas neste

Leia mais

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006 7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa 21 e 22 de agosto de 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

Resultados 3T12. 8 de novembro de 2012

Resultados 3T12. 8 de novembro de 2012 Resultados 3T12 8 de novembro de 2012 Resumo do trimestre Melhoria nas margens de rentabilidade do 3T12 ano-a-ano: margem líquida de 6,0% (+1,9 p.p.) e margem EBITDA de 17,8% (+1,8 p.p.); Consistente expansão

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09

Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09 Net Serviços de Comunicação S.A. Resultados 2T09 1 DESTAQUES DO 2T09 2 Base de Clientes TV a Cabo: 3,5 milhões Base de Clientes Net Vírtua: 2,6 milhões Base de Clientes em Voz: 2,3 milhões ARPU: oportunidade

Leia mais

NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25

NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25 NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25 2. ORGANIZAÇ O... 26 2.1 Formação das Operadoras de Celular do Brasil... 26 2.2 Bandas de Frequências... 30 3.

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A

PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A PLANO DE MELHORIA DA QUALIDADE DAS RECLAMAÇÕES POR 1.000 ACESSOS APRESENTADAS PERANTE A ANATEL NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S/A RESUMO EXECUTIVO ONDE ESTAMOS PLANO DE AÇÃO PROGRAMA DE QUALIDADE NET RESUMO

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 2T13 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2T13 Receita Bruta R$ 1.369,8 MILHÕES +24% Receita Líquida R$ 1.210,5 MILHÕES +22% Lucro Bruto

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016 Divulgação de Resultados 06 de Maio de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações

Leia mais

São Paulo, 17 de Agosto de 2012

São Paulo, 17 de Agosto de 2012 São Paulo, 17 de Agosto de 2012 Discurso do Presidente do Banco Central do Brasil, Alexandre Tombini, no 22º Congresso da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores - Fenabrave Senhoras

Leia mais

Resultados do ano de 2015

Resultados do ano de 2015 Resultados do ano de 2015 2 de março de 2016 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

APIMEC SP Maio 2006 1

APIMEC SP Maio 2006 1 APIMEC SP Maio 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

Resultados 4º Trimestre de 2015

Resultados 4º Trimestre de 2015 Resultados 4º Trimestre de 2015 24 de Fevereiro de 2016 Principais Destaques do Resultado do 1 2 Ganho de market share no mercado total no, com Receita Líquida totalizando R$ 5,461 bilhões - regressão

Leia mais

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08

3º Trimestre de 2008. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008. Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR) 2T08 3º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 La Vita (Vitoria-ES) 2T08 Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) 1T08 Viver Caxias (Caxias do Sul-RS) 3T08 Viver São J. Pinhais (São

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas

AGENDA: Destaques Desempenho Operacional Mercado de Capitais Estratégias e Perspectivas 0 Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS

PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES. INVESTIMENTOS e RISCOS PRINCIPAIS FATORES DE ANÁLISES INVESTIMENTOS e RISCOS RENTABILIDADE A rentabilidade é a variação entre um preço inicial e um preço final em determinado período. É o objetivo máximo de qualquer investidor,

Leia mais

2.2 Ambiente Macroeconômico

2.2 Ambiente Macroeconômico Por que Ambiente Macroeconômico? Fundamentos macroeconômicos sólidos reduzem incertezas sobre o futuro e geram confiança para o investidor. A estabilidade de preços é uma condição importante para processos

Leia mais

Na trilha da confiança. 32 KPMG Business Magazine

Na trilha da confiança. 32 KPMG Business Magazine 32 KPMG Business Magazine Na trilha da confiança A preocupação das empresas com as boas práticas de governança corporativa aumenta a cada ano no Brasil e fortalece a relação com os investidores O mercado

Leia mais

Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico

Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico Cemig 60 anos e o Novo Planejamento Estratégico Belo Horizonte, 28 de Maio de 2012. Frederico Pacheco de Medeiros Principais atribuições da DGE Definir, orientar e promover a aplicação de políticas corporativas

Leia mais

Apresentação Institucional. Março de 2015

Apresentação Institucional. Março de 2015 Apresentação Institucional Março de 2015 Apresentação Institucional Sobre a Par Corretora Mercado de Seguros em 2014 Diferenciais competitivos Programa Tem Mais Caixa Par Corretora é a corretora exclusiva

Leia mais

Número de operações: 93

Número de operações: 93 APIMEC Maio de 2010 PRESENÇA GEOGRÁFICA 2 Número de operações: 93 Principais cidades São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Recife Brasília Manaus Curitiba Florianópolis Porto Alegre Guarulhos Ponta Grossa

Leia mais

FATO RELEVANTE. Fernando Nobert. ON: 51,6% PN: 0,0% Total: 17,2% ON: 52,6% PN: 0,0% Total: 26,7% VIVAX S.A.

FATO RELEVANTE. Fernando Nobert. ON: 51,6% PN: 0,0% Total: 17,2% ON: 52,6% PN: 0,0% Total: 26,7% VIVAX S.A. Net Serviços de Comunicação S.A. CNPJ/MF nº 00.108.786/0001-65 NIRE nº 35.300.177.240 Companhia Aberta Rua Verbo Divino nº 1.356-1º andar, São Paulo-SP FATO RELEVANTE A Net Serviços de Comunicação S.A.

Leia mais

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer

Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Lucratividade: Crescer, Sobreviver ou Morrer Foco da Palestra Orientar e esclarecer os conceitos de Lucratividade e a importância para existência e sucesso das empresas. Proporcionar aos participantes

Leia mais

GOL DAY NOVA YORK. 24 de junho de 2013

GOL DAY NOVA YORK. 24 de junho de 2013 GOL DAY NOVA YORK 24 de junho de 2013 1. Perfil da GOL Agenda 2. Indústria Aérea Nacional 3. Estratégia GOL 4. Smiles 5. Resultado Financeiro 6. Projeções Financeiras 7. Mensagem Final 2 2 1. Perfil da

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16

Divulgação de Resultados 1T16 São Paulo - SP, 29 de Abril de 2016. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Divulgação de Resultados Financeiros do 3º Trimestre de 2003

Divulgação de Resultados Financeiros do 3º Trimestre de 2003 PLIM4: R$ 1,08/ação (Bovespa) NETC: US$ 3,55/ADR (1ADR=10 ações - Nasdaq) XNET: EUR$ 3,69/10 ações (Latibex) Total de Ações: 2.028.855.530 Valor de Mercado: R$ 2.191,2 milhões Preço de fechamento: 11/11/03

Leia mais

Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global

Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global Mercados emergentes precisam fazer mais para continuar a ser os motores do crescimento global de janeiro de 1 Por Min Zhu Em nossa Reunião Anual de outubro de 13, travamos um longo debate sobre as perspectivas

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Porto Alegre

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Porto Alegre Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Expo Money Porto Alegre Conhecendo a TIM 15 anos de Listagem na Bolsa TIM: Uma Gigante Brasileira Crescimento Receita Bruta (R$ Bi) 27,8 Base de Clientes

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Brasil Telecom Celular

Brasil Telecom Celular Brasil Telecom Celular 1 Estratégia Como agregar telefonia móvel ao portfolio da Brasil Telecom? Serviço Local Dados & Corporativo Longa Distância Telefonia Móvel Evolução tecnológica através da telefonia

Leia mais

ACSA COMERCIAL DE BENS & CONSULTORIA EMPRESARIAL

ACSA COMERCIAL DE BENS & CONSULTORIA EMPRESARIAL ACSA COMERCIAL DE BENS & CONSULTORIA EMPRESARIAL 1 2 INTRODUÇÃO A economia brasileira nos últimos anos tem desenvolvido um processo de crescimento das diversas classes econômicas. Aproveitando o momento

Leia mais

Divulgação de Resultados Financeiros do 4º Trimestre de 2003

Divulgação de Resultados Financeiros do 4º Trimestre de 2003 Contatos: Marcio Minoru Miyakava (11) 5186-2811 minoru@netservicos.com.br PLIM4: R$ 0,89/ação (Bovespa) NETC: US$ 2,86/ADR (1ADR=10 ações - Nasdaq) XNET: EUR$ 2,48/10 ações (Latibex) Total de Ações: 2.028.855.530

Leia mais

EUS CTIS END USER SUPPORT. case eus ctis

EUS CTIS END USER SUPPORT. case eus ctis 01 EUS CTIS END USER SUPPORT case eus ctis 01 TELESSERVIÇOS/TELEMARKETING Prestação de telesserviços (telemarketing) no atendimento e suporte operacional e tecnológico aos produtos, serviços e sistemas

Leia mais

Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos.

Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Declaração de Projeções Este documento pode conter projeções, declarações e estimativas a respeito de circunstâncias ou eventos ainda não ocorridos. Estas projeções e estimativas têm embasamento, em grande

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda

Barômetro Cisco de Banda Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resultados de Junho/2007 ajustado em Julho/2007 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhões de conexões Mauro Peres, Research Director

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman

Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman Arezzo&Co Investor Day Expansão Multicanal Alexandre Birman Apresentação do Roadshow COO 1 1 Visão de mercado Visão do mercado Mercado consumidor da Arezzo&Co em um contexto mais amplo R$ Bn 2010 100%

Leia mais

Um Plano de Investimento para a Europa

Um Plano de Investimento para a Europa Um Plano de Investimento para a Europa O «triângulo virtuoso» INVESTIMENTO REFORMAS ESTRUTURAIS RESPONSABILIDADE ORÇAMENTAL 1 Um Plano de Investimento para a Europa MOBILIZAR FINANCIAMENTOS PARA O INVESTIMENTO

Leia mais

Companhia de Bebidas das Américas AmBev

Companhia de Bebidas das Américas AmBev Companhia de Bebidas das Américas AmBev Bovespa: AMBV4 & AMBV3 / ABV & ABVc Pedro Aidar Gerente de Relações com Investidores Março 2005 VISÃO GERAL AMBEV 3 UNIDADES DE NEGÓCIO América do Norte Canadá:

Leia mais

LOS BANCOS DE DESARROLLO NACIONALES EN EL FUTURO

LOS BANCOS DE DESARROLLO NACIONALES EN EL FUTURO Asociación Brasileña de Instituciones Financieras de Desarrollo (ABDE) LOS BANCOS DE DESARROLLO NACIONALES EN EL FUTURO PRIMERA CONSULTA REGIONAL SOBRE RETOS DE LOS BANCOS NACIONALES DE DESARROLLO ALIDE/NACIONES

Leia mais

Estrutura Acionária. Grupo Espírito Santo 18,3% Fundo Asas G&G. Grupo AIG. 99,9% 99,9% Providência Transportes. Providência Participações 0,1% 100,0%

Estrutura Acionária. Grupo Espírito Santo 18,3% Fundo Asas G&G. Grupo AIG. 99,9% 99,9% Providência Transportes. Providência Participações 0,1% 100,0% Reunião APIMEC SP 21/12/2007 Estrutura Acionária Grupo AIG Fundo Asas G&G Grupo Espírito Santo 18,4% 17,7% 18,3% 9,1% 36,5% 99,9% 99,9% Providência Transportes 0,1% Providência Participações Isofilme 100,0%

Leia mais

Carta Mensal Novembro 2015

Carta Mensal Novembro 2015 Canvas Classic FIC FIM (nova razão social do Peninsula Hedge FIC FIM) Ao longo de novembro, a divergência na direção da política monetária conduzida pelos dois mais relevantes bancos centrais do mundo

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

Banco inovador, parceiro do cliente em soluções financeiras, para. empresas comprometidas com a geração de oportunidades e o

Banco inovador, parceiro do cliente em soluções financeiras, para. empresas comprometidas com a geração de oportunidades e o ABIMAQ Maio de 2014 BDMG Missão: Banco inovador, parceiro do cliente em soluções financeiras, para empresas comprometidas com a geração de oportunidades e o desenvolvimento sustentável de Minas Gerais.

Leia mais

GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES

GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES GESTÃO ATIVA DE FUNDOS DE AÇÕES CASE GERAÇÃO FUTURO FIA Mauro Giorgi giorgi@gerafuturo.com.br MERCADO DE AÇÕES NO BRASIL VISÃO DO INVESTIDOR - Dificil acesso - Compreensão reduzida - Pressões Externas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS

TESOURO DIRETO TÍTULOS PÚBLICOS TÍTULOS PÚBLICOS TESOURO DIRETO ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO. O Tesouro Nacional utiliza

Leia mais

Magazine Luiza. Marcelo Silva CEO Maio 2015

Magazine Luiza. Marcelo Silva CEO Maio 2015 Magazine Luiza Marcelo Silva CEO Maio 2015 2 Magazine Luiza Oportunidades e Multicanalidade Magazine Luiza Expectativas e Desempenho Financeiro 3 Magazine Luiza Oportunidades e Multicanalidade Magazine

Leia mais

ABAMEC Março 2001 Mar Março 2001

ABAMEC Março 2001 Mar Março 2001 ABAMEC Março o 2001 Tópicos Visão Geral Resultados Operacionais Resultados Financeiros Visão Geral Evolução Histórica Fase I Fase II Fase III Até 1997 1998-1999 2000 Aquisição - Preparada para o Multicanal

Leia mais

Edição especial: Retrospectiva da TV paga no Brasil em 2008. maio de 2009 - Ano XIII

Edição especial: Retrospectiva da TV paga no Brasil em 2008. maio de 2009 - Ano XIII Edição especial: Retrospectiva da TV paga no Brasil em 2008 n ú m e r o 147 maio de 2009 - Ano XIII número 147 - Maio de 2009 - Ano XIII Rua Sergipe, 401/Conj. 1.111 Higienópolis 01243-001 São Paulo (SP)

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOBERANO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - SIMPLES CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e 2005

Net Serviços de Comunicação S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e 2005 Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2006 e 2005 1 Parecer dos auditores independentes Ao Conselho de Administração e aos Acionistas da Net Serviços de Comunicação S.A. São Paulo - SP Examinamos

Leia mais

Encontro com a TIM APIMEC DF. Brasília. 31 de Maio de 2016

Encontro com a TIM APIMEC DF. Brasília. 31 de Maio de 2016 Encontro com a TIM APIMEC DF Brasília 31 de Maio de 2016 Quem é a TIM? 18 a maior empresa privada do Brasil (Revista Exame - 2015) Em operação desde 1998 R$16 bilhões em valor de mercado 1ª posição no

Leia mais

2º Expertise Day. SulAmérica Investimentos

2º Expertise Day. SulAmérica Investimentos 2º Expertise Day SulAmérica Investimentos O que fazemos? Equipamentos Sistemas de Gestão Serviços e Meios de Pagamento Soluções em Tecnologia para Varejo e Hotelaria 2 Onde Estamos EUA (Bathpage):. Fábrica

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Área de Insumos Básicos Seminário sobre Petróleo e Gás APIMEC RIO Agosto/2012 BNDES Fundado em 20 de Junho de 1952 Empresa pública de propriedade integral

Leia mais

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri Novembro 2006 www.telemar.com.br/ri Índice Visão Geral Telemar Mercado de Telecom no Brasil Telemar: Destaques Operacionais e Financeiros Anexos 2 Telemar: Visão Geral Empresa líder em serviços integrados

Leia mais

Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo. 24 de julho de 2013

Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo. 24 de julho de 2013 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo 24 de julho de 2013 GPA Consolidado Destaques: Foco na expansão: abertura de 33 novas lojas. No 1S13, foram abertas 58 lojas, o que representou 2,2% de aumento de área de

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC SP

APRESENTAÇÃO APIMEC SP APRESENTAÇÃO APIMEC SP 22 de novembro de 202 AGENDA Visão Geral e Desempenho Consolidado Livraria Saraiva Editora Saraiva 2 Governança Corporativa CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO MINHA BIBLIOTECA (e-books -

Leia mais

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão:

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: VALE RIO DOCE S/A Empresa: A companhia é uma das maiores mineradoras do mundo, sendo a maior das Américas, baseada na capitalização de mercado. É a maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Apresentação corporativa. Junho de 2011

Apresentação corporativa. Junho de 2011 Apresentação corporativa Junho de 2011 Agenda 1. Algar Telecom: perfil e estratégia 2. Desempenho operacional 3. Desempenho financeiro consolidado Visão Geral Destaques Operações estrategicamente localizadas

Leia mais

Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado

Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado Relatório Mercatto OABPREV RJ Fundo Multimercado Abril/11 Sumário 1. Características do Fundo Política de Gestão Objetivo do Fundo Público Alvo Informações Diversas Patrimônio Líquido 2. Medidas Quantitativas

Leia mais

Apresentação de resultados. Algar Telecom 1T10

Apresentação de resultados. Algar Telecom 1T10 Apresentação de resultados Algar Telecom Destaques do Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom Algar Tecnologia, subsidiária integral da Algar Telecom que

Leia mais

O crescimento do mercado de TV paga e os desafios para a televisão brasileira

O crescimento do mercado de TV paga e os desafios para a televisão brasileira O crescimento do mercado de TV paga e os desafios para a televisão brasileira ABTA 2012 São Paulo, agosto de 2012 Manoel Rangel Diretor Presidente A televisão (programação linear) no mundo é, cada vez

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Fim da assinatura básica prejudica consumidores e inibe investimentos

Fim da assinatura básica prejudica consumidores e inibe investimentos prejudica consumidores e inibe investimentos 2013 prejudica consumidores e inibe investimentos Sumário 1 A importância do setor de telecomunicações para a economia brasileira... 5 2 O papel das Concessionárias

Leia mais

Apresentação institucional CTBC 1T07

Apresentação institucional CTBC 1T07 Apresentação institucional CTBC 1T07 1 Visão geral Empresa integrada de telecomunicações - há mais de 53 anos no mercado de telecom - portfolio completo de serviços - forma de atuação regional (proximidade

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

Economia Brasileira: da estabilidade macroeconômica ao crescimento sustentado

Economia Brasileira: da estabilidade macroeconômica ao crescimento sustentado Economia Brasileira: da estabilidade macroeconômica ao crescimento sustentado Junho de 2010 Wilson R. Levorato Diretor Geral Brasil e a crise internacional: porque nos saímos tão bem? Onde estamos? Cenário

Leia mais

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon

Avaliação de Empresas Profa. Patricia Maria Bortolon Avaliação de Empresas EVA E MVA Aula 11 EVA Indica a quantia em termos monetários que foi adicionada à riqueza efetiva do acionista em determinado período Diferente do lucro contábil, pois considera o

Leia mais

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4

Etapa 1. Etapa 2. Etapa 3. Etapa 4 São Paulo, 02 de janeiro de 2015 PREZADO (A) PARTICIPANTE DO PLANO III, Conforme já divulgado na Edição nº 10 Dezembro/2014 do nosso Jornal e no site, o Plano III da BRF Previdência passará por mudanças

Leia mais

Reunião APIMEC - 3T13. dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111

Reunião APIMEC - 3T13. dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111 Reunião APIMEC - 3T13 dri@santosbrasil.com.br +55 11 3897-1111 Ressalvas sobre considerações futuras As afirmações contidas neste documento quanto a perspectivas de negócios para a Santos Brasil Participações

Leia mais

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança

Plano de Segurança da Informação. Política de Segurança Plano de Segurança da Informação Inicialmente, deve se possuir a percepção de que a segurança da informação deve respeitar os seguintes critérios: autenticidade, não repúdio, privacidade e auditoria. Também

Leia mais

B2W DIGITAL Reunião Pública 2013

B2W DIGITAL Reunião Pública 2013 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Reunião Pública 2013 B2W DIGITAL Venda¹ R$ 6,4 Bi Região América Latina Margem Bruta Posição 26,2% (RL) #1 LatAm Categorias Diversas Crescimento¹ 31% +24% Setor

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 SP Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 4º andar Itaim Bibi São Paulo SP CEP: 04542000 Tel: (11) 30737400 Fax: (11) 30737404

Leia mais

4T04 INFORMAÇÕES E RESULTADOS CONSOLIDADOS (NÃO AUDITADOS) RIO DE JANEIRO, 03 DE MARÇO DE 2005 DO QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2004

4T04 INFORMAÇÕES E RESULTADOS CONSOLIDADOS (NÃO AUDITADOS) RIO DE JANEIRO, 03 DE MARÇO DE 2005 DO QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2004 INFORMAÇÕES E RESULTADOS CONSOLIDADOS DO QUARTO TRIMESTRE E ANO DE 2004 (NÃO AUDITADOS) RIO DE JANEIRO, 03 DE MARÇO DE 2005 TNL Participações Ações ex-tesouraria (M): 379.803 TNLP3: R$ 46,59 TNLP4: R$

Leia mais

MODELAGENS. Modelagem Estratégica

MODELAGENS. Modelagem Estratégica Material adicional: MODELAGENS livro Modelagem de Negócio... Modelagem Estratégica A modelagem estratégica destina-se à compreensão do cenário empresarial desde o entendimento da razão de ser da organização

Leia mais

Relatório da Administração 2008

Relatório da Administração 2008 Relatório da Administração 2008 Prezados Senhores: Submetemos à apreciação dos Senhores Acionistas, Clientes, Fornecedores de Serviços e Produtos, Comunidade Financeira e à Sociedade em Geral o Relatório

Leia mais

CTBC. Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007

CTBC. Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007 CTBC Companhia de Telecomunicações do Brasil Central 1 a Emissão de Debêntures Junho de 2007 Coordenador Líder Coordenador 1 Disclaimer Este material foi preparado exclusivamente como material de suporte

Leia mais

Comentário de desempenho 3T15

Comentário de desempenho 3T15 Comentário de desempenho 3T15 04/11/2015 1 Comentário de desempenho Senhoras e Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações financeiras da FPC Par Corretora de Seguros S.A.,

Leia mais

Investor Day Via Varejo. 09 de Dezembro de 2014

Investor Day Via Varejo. 09 de Dezembro de 2014 Investor Day Via Varejo 09 de Dezembro de 2014 Investor Day Via Varejo Agenda 14:30 A Via Varejo Líbano Barroso, CEO 14:50 Apresentação dos Executivos Infraestrutura Marcelo Lopes Operações Jorge Herzog

Leia mais

O comportamento recente da taxa real de juros no Brasil: existe espaço para uma queda maior da taxa de juros?

O comportamento recente da taxa real de juros no Brasil: existe espaço para uma queda maior da taxa de juros? O comportamento recente da taxa real de juros no Brasil: existe espaço para uma queda maior da taxa de juros? José Luís Oreiro * O Banco Central do Brasil iniciou o recente ciclo de flexibilização da política

Leia mais

EU & Investimentos - D1. Criação de Valor

EU & Investimentos - D1. Criação de Valor EU & Investimentos Valor Econômico - D1 Sexta-feira e fim de semana, 17, 18 e 19 de dezembro de 2004 Estudo mostra que apenas seis empresas abertas, de um total de 45, apresentam lucro operacional que

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

Reduza seus custos e amplie a sua competitividade

Reduza seus custos e amplie a sua competitividade Reduza seus custos e amplie a sua competitividade Nesse exato momento, na sua empresa, existem recursos sendo gastos ALÉM DA necessidade. Se você pudesse identificá-los, poderia realocar esses valores

Leia mais

Entretanto, este benefício se restringe a um teto de 12% da renda total tributável. O plano VGBL é vantajoso em relação ao PGBL para quem:

Entretanto, este benefício se restringe a um teto de 12% da renda total tributável. O plano VGBL é vantajoso em relação ao PGBL para quem: 2 1 3 4 2 PGBL ou VGBL? O plano PGBL, dentre outras, tem a vantagem do benefício fiscal, que é dado a quem tem renda tributável, contribui para INSS (ou regime próprio ou já aposentado) e declara no modelo

Leia mais

ANÁLISE ECONÓMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA e BANCOS

ANÁLISE ECONÓMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA e BANCOS Cap.6 ANÁLISE ECONÓMICA DA ANALISE ECONOMICA DA ESTRUTURA FINANCEIRA Evidências sobre a estrutura financeira (M., c.8; C. c.11) 1. Acções não são a principal forma de financiamento das empresas 2. Acções

Leia mais