Barômetro Cisco de Banda

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Barômetro Cisco de Banda"

Transcrição

1 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil Resultados de Junho/2007 ajustado em Julho/2007 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhões de conexões Mauro Peres, Research Director IDC Brasil Copyright 2007 IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved.

2 Agenda Descrição do Projeto Situação da Banda Larga em escala Mundial Resultados da Pesquisa: Total de Conexões Meta do mercado brasileiro de Banda Larga 2010 Por Tipo de Consumidor Por Tecnologia Por Velocidades Distribuição Geográfica Preço da Banda Larga Aceleradores e Inibidores da Banda Larga no Brasil Comparação dos preços da Banda Larga no Brasil com outros países Conclusões 2007 IDC 2

3 Descrição do Projeto Metodologia Entrevistas com os principais provedores de acesso à Internet (ISP). Pesquisa primária complementada com pesquisa secundária tais como estatísticas oficiais, agências de regulamentação e mídia especializada. Pesquisa primária realizada por analistas especializados e com ampla experiência no mercado local de telecomunicações. Medição do Projeto: Tecnologias de Banda Larga 2007 IDC 3

4 Descrição do Projeto Definição Banda Larga: Conexão permanente (always on). Velocidade igual ou superior a 128kbps, tanto para updload quanto download. d Internet. Universo ISP Provedores de acesso à Internet para o consumidor final (pessoa jurídica, pessoa física). Provedor de acesso à Internet, operador de rede que proporciona acesso direto à Internet t a usuários finais, i empresas e/ou consumidores IDC 4

5 Descrição do Projeto Definição Conexões Ativas de Internet: Refere-se aos diferentes tipos de conexões que permitem aos usuários finais acessar a Internet. Tecnologias de Banda Larga: Cabo, ADSL, xdsl, WLL, LMDS, MMDS, Wi-Max, satélite, linhas dedicadas à Internet IDC 5

6 Descrição do Projeto ISP Analisados ALOL Diveo Intelig Ragio Oi BigTV Embratel IP2 Redecon Telium Brasil Telecom Equant Mundivox RJNet TVA Comsat GVT Neovia Sercomtel Telefônica CTBC Hughes NET Serviços StarOne Outras 40+ empresas 2007 IDC 6

7 Descrição do Projeto Países em que a Cisco patrocina o estudo de Banda Larga Argentina Brasil Chile Colômbia México Venezuela Perú Além da América Latina: Paquistão, Hungria, Bulgária, República Tcheca e Polônia IDC 7

8 Situação da Banda Larga em escala Mundial 2007 IDC 8

9 Situação da Banda Larga em escala Mundial Mercado Mundial de Banda Larga, , Milhões de Assinaturas Ano 2006 Ano 2007 Ano 2008 Ano 2009 Ano Total de Assinantes Crescimento Anual (%) 2007 = 326 milhões ( cresc 21%) Brasil = 2% da base mundial 2007 IDC 9

10 Situação da Banda Larga em escala Mundial Estimativa de Penetração por 100 habitantes, dezembro % 25% 26% 25% 20% 15% 21% 19% 18% 17% 15% 10% 7% 5% 0% 4% 3% 2% 2% 2% 0,2% Cor oréia Hong Kong Fran ança EUA Aleman anha Espan anha Portug tugal Chile Argenti ntina Brasil Colôm mbia Peru Venezue uela Índia 2007 IDC 10

11 Crescimento do Mercado de Banda Larga no Brasil, Q107 Q207 Total de Conexões Tipo de Tecnologia de conexão Junho 2007 Março 2007 Linhas dedicadas à Internet (IP Dedicado) 45 mil 44 mil ADSL+ Cable Modem + Wireless Fixo mil mil Outras conexões: Satélite, etc. 27 mil 26 mil 2,1% 8,2% 3,1% Total conexões de banda larga mil mil Crescimento ocorrido no total de conexões: março 2007 junho > 8,1% junho 2006 junho > 35,9 % *Histórico do número de linhas dedicadas corrigido 2007 IDC 11

12 Resultados da Pesquisa 2007 IDC 12

13 Tendência do Mercado, 2001 Q207 Tendência do Mercado - Total de Conexões (em milhares) 8% % 5% % Previsão 2007 = 30% % 70% % Ano 2001 Ano 2002 Ano 2003 Ano 2004 Ano 2005 Ano 2006 Q107 Q207 Total de Conexões 2007 IDC 13

14 Meta do mercado país de Banda Larga 2010 Año Faltam mil Conexões para alcançar a meta de 2010 Junho mil Ano mil Ano mil 2007 IDC 14

15 Mercado de Banda Larga no Brasil por Tipo de Conexão Distribuição Total de Conexões por Tecnologias Massivas (milhares de conexões) % % 0 Ano 2005 Ano 2006 Q107 Q207 ADSL Cable Modem O ADSL segue predominante mas a tecnologia que mais cresce é o Cable Modem *Tecnologias mais voltadas ao mercado residencial 2007 IDC 15

16 Mercado de Banda Larga no Brasil Por Tipo de Consumidor 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Distribuição de Conexões por Segmento de Mercado Inclui todas as velocidades 86,3% 86,7% 87,0% 86,6% 86,3% 86,1% 13,7% 13,3% 13,0% 13,4% 13,7% 13,9% Q106 Q206 Q306 Q406 Q107 Q207 Residencial Corporativo (empresas) Mercado residencial ainda é o principal Mercado corporativo cresce a taxas moderadas 2007 IDC 16

17 Mercado de Banda Larga no Brasil Por Tipo de Consumidor e Conexão Distribuição do total conexões por segmento de mercado Linhas Dedicadas à Internet (mil unidades) d 16,7 17,1 13,8 14, ADSL+Cable Modem+Wireless Fixo+Satélite (mil unidades) d ,7 8, ,8 4,9 Mar/07 Jun/07 Residencial Média Empresa Governo+Educação Pequena Empresa Grande Empresa Mar/07 Jun/07 As linhas dedicadas à Internet são predominantes nas grandes empresas enquanto a banda larga predomina nas residências IDC 17

18 Mercado de Banda Larga no Brasil Por Velocidade Distribuição de conexões por Velocidades de Download Inclui todas as velocidades 40% 35% 30% 25% 20% 31,10% 33,80% 29,70% 30,90% 23,00% 25,90% 15% 10% 12,10% 13,50% 5% 0% Mar/07 Jun/07 128K a 256Kbps 256K a 512Kbps 512K a 1Mbps Mais que 1Mbps Cresce o acesso econômico bem com a migração de Kbps para Mbps 2007 IDC 18

19 Mercado de Banda Larga no Brasil Distribuição Geográfica Total Banda Larga Distribuição de conexões por Localização Geográfica Todas as velocidades incluidas ADSL + Cable Modem + BWA Linhas Dedicadas à Internet Outras Conexões 100% 100% 100% 90% 90% 90% 80% 80% 80% 70% 60% 58% 70% 60% 66% 70% 60% 79% 50% 50% 50% 40% 40% 40% 30% 30% 30% 20% 10% 42% 20% 10% 34% 20% 10% 21% 0% Jun/07 0% Jun/07 0% Jun/07 Est. de São Paulo Resto do país Cresce a Participação de São Paulo no Mercado de Banda Larga 2007 IDC 19

20 Mercado de Banda Larga no Brasil Distribuição Geográfica Total Distribuição de conexões por Localização Geográfica Todas as velocidades incluidas 100,0% 0% 4,9% 4,8% 5,1% 5,7% 5,6% 5,2% 90,0% 80,0% 70,0% 60,0% 50,0% 40,0% 30,0% 9,8% 9,8% 9,7% 8,9% 8,9% 8,8% 5,0% 5,0% 5,2% 5,2% 4,9% 5,1% 20,7% 20,7% 20,2% 19,4% 19,4% 19,5% 40,9% 40,7% 39,1% 39,3% 39,6% 40,0% Norte Nordeste Centro-Oeste Sul Estado de São Paulo Sudeste 20,0% 10,0% 0,0% 18,7% 19,0% 20,7% 21,5% 21,6% 21,3% Q106 Q206 Q306 Q406 Q107 Q207 A venda de PCs de baixo preço impulsiona a banda larga em São Paulo 2007 IDC 20

21 Mercado de Banda Larga no Brasil Distribuição Geográfica Total Distribuição de conexões por Localização Geográfica, Inclui todas as velocidades Estimativas de Junho/2007 Número de conexões & Penetração por região Norte % 2,0% Nordeste ,7% Centro-Oeste ,9% Sul ,5% Sudeste ,2% São Paulo ,2% Nota:A penetração por região corresponde à penetração para cada 100 habitantes. Total da População: Pentração total na população brasileira: 3,4% 2007 IDC 21

22 Mercado de Banda Larga no Brasil Preços Mensais, Residencial Banda Larga* (Preços Médios Praticados, Residencial) ,1% ,4% 10,6% 27,2% 30,3% Q206 Q a 256k 256 a 512k 512k a 1M 1M a 2M 2M a 8M Já há ofertas de 10M O preço por Kpbs cai com o oferecimento de mais banda nas faixas de preço atuais Acesso Dedicado à Internet não considerado; Valores das Maiores Prestadoras de Serviço no Brasil IDC 22

23 Aceleradores e Inibidores da Banda Larga no país 2007 IDC 23

24 Aceleradores e Inibidores Aceleradores Inibidores Aumento da Penetração de PCs: Incentivos Fiscais, Financiamento i Facilitado, Queda do Dólar. Aumento da banda oferecida dentro das mesmas faixas de preço. Popularização dos pacotes de Dual e Triple Play. Aumento de conteúdo Internet que exige banda larga. Interesse crescente pela Internet rápida. Preço da banda larga em declínio, mas ainda alto para realidade socioeconômica brasileira. Falta de infra-estrutura de telecom, restringindo o acesso à banda larga. Baixa cobertura da tecnologia cable. WiMax ainda em fase de testes 2007 IDC 24

25 Comparação de preços entre a Banda Larga do Brasil e a de outros países 2007 IDC 25

26 Cuadro comparativo Comparativo de Preços entre as Tecnologias Residenciais Massivas Velocidade de Velocidade de Moeda Local Dólares Download Download Oferecida Oferecida Serviço Oferecido Brasil Argentina Brasil Argentina Brasil Argentina ADSL Cable Modem Velocidade Mínima 128kbps 256kbps $ 51,00 $ 60,00 $ 26,94 $ 19,21 Velocidade Máxima 10Mbps 6Mbps $ 400,00 $ 509,00 $ 211,29 $ 163,01 Preço Velocidade Média $ 88,30 $ 69,66 $ 46,64 $ 22,31 Velocidade Mínima Velocidade Máxima 200kbps 128kbps (há planos especiais com 64k) $ 54,00 $84,48 $ 27,05 $ 27,05 8Mbps 6Mbps $ 210,00 $ 509,01 $ 110,93 $ 163,01 Preço Velocidade Média $ 78,15 $ 73,48 $ 41,28 $ 23,53 Referência do Valor de um Big Mac 1 Unidade $6,66 $9,92 $3,52 $3,18 Tipo de câmbio utilizado 31/07/2007 $ 1,89 $ 3, IDC 26

27 Situação da Internet Banda Larga por meio da Telefonia Móvel no Brasil 2007 IDC 27

28 Internet Banda Larga por Meio da Telefonia Móvel São consideradas para esse estudo as conexões de computadores e laptops à Internet por meio da banda larga móvel (2.5G, 3G) O Brasil possui 3 grandes empresas oferecendo essa modalidade d de banda larga: Claro, Tim e Vivo. Como forma de promover o uso desse acesso, essas empresas estão subsidiando a aquisição dos modems. Esse subsídio pode ser parcial ou total conforme a operadora, franquia de dados contratada e permanência mínima aderida. Como uma referência do valor de acesso, temos pacotes de dados que variam de R$ 69,00 a R$139, IDC 28

29 Internet Banda Larga por Meio da Telefonia Móvel A IDC estima que a quantidade de assinantes de banda larga por meio da telefonia móvel em junho de 2007 é de 233 mil assinantes*. Somando esse número ao total de usuários de banda larga temos: Tipo de Conexão Assinantes Banda Larga Tradicional Banda Larga por Meio da Telefonia Móvel Total de Conexões em Banda Larga Fixa e Móvel mil 233 mil* mil* *Número Preliminar IDC 29

30 Conclusões 2007 IDC 30

31 Conclusões Em relação ao primeiro trimestre de 2007, o número de acessos em banda larga e linhas dedicadas cresceu em 493 mil assinantes. Isso representa um crescimento de 8,1% em relação ao período anterior. O segmento empresas cresceu mais que o residencial, i 9,5% contra 8% respectivamente, embora o crescimento do segmento empresas esteja reduzindo. A faixa de velocidade que apresentou maior crescimento foi a superior a 1 Mbps (12,5%) seguida pela faixa entre 128Kbps e 256Kbps(11,5%) IDC 31

32 Conclusões A penetração de Banda Larga no país em relação à população é de 3,5%. Entre os lares brasileiros a pentração é de 13%. Em comparação com o mesmo trimestre do ano passado, os preços apresentaram uma brusca queda, principalmente nas velocidades d em Mbps cerca de 30% o que incentivou a migração para este patamar de velocidade. Ainda faltam mil conexões para que seja alcançada a meta de 10 milhões de assinantes esperada para * Número considerado de lares brasileiros: 2007 IDC 32

33 Obrigado! Mauro Peres Vinicius Caetano IDC 33

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Março/2008 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Mauro Peres, Country Manager IDC Brasil Copyright 2008

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Dezembro de 2009 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2010 IDC. Reproduction

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Setembro/2007 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhões de conexões Mauro Peres, Research Director IDC Brasil Copyright

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho/2008 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Mauro Peres, Country Manager IDC Brasil Copyright 2008

Leia mais

Barômetro de Banda Larga no Brasil, 2005-2010

Barômetro de Banda Larga no Brasil, 2005-2010 Mauro Peres, Research Director IDC Brasil Barômetro Banda Larga no Brasil, 2005-2010 Resultados 2006 Preparado para Preparado para Meta Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhão conexões www.idc.com Agenda

Leia mais

Banda Larga 2.0. Barômetro Cisco de. Brasil Junho de Preparado para

Banda Larga 2.0. Barômetro Cisco de. Brasil Junho de Preparado para Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Junho de 2012 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Que fatores impulsionam o mundo conectado? LARES

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Copyright 2008 IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Dezembro/2008 Preparado para Meta de Banda Larga

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resultados de Junho 2009 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2009 IDC. Reproduction

Leia mais

Larga Brasil 2005-2010

Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho de 2010 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2010 IDC. Reproduction

Leia mais

Desafios na oferta do acesso BL nas grandes e médias cidades

Desafios na oferta do acesso BL nas grandes e médias cidades Desafios na oferta do acesso BL nas grandes e médias cidades Antonio Carlos Valente Desde 2011, as operadoras vem fazendo esforços para o crescimento da Banda Larga no Brasil Características do PNBL Jan/11

Leia mais

SetorFit. Perspectivas Setoriais

SetorFit. Perspectivas Setoriais SetorFit Telefonia Fixa Dezembro/2012 Perspectivas Setoriais Aspectos Favoráveis: No trimestre jan-mar13, o número de acessos de linhas de telefone fixo será ligeiramente superior ao do mesmo período do

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR ALEXANDER CASTRO BRASÍLIA, 13 DE NOVEMBRO DE 2013 crescimento do setor de telecomunicações está acelerado

Leia mais

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015

Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013. Agosto de 2015 Audiência Pública Comissão Especial Projeto de Lei 6.789, de 2013 Agosto de 2015 PRESENÇA A América Móvil (AMX) tem atuação em 28 países Operações Fixa e Móvel Operação Móvel Operação MVNO ACESSOS POR

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Dezembro de 2012 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL. Grupo: Anna Claudia Geraldo Vinicius Guilherme Spadotto Rafael Cunha.

EVOLUÇÃO DAS TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL. Grupo: Anna Claudia Geraldo Vinicius Guilherme Spadotto Rafael Cunha. EVOLUÇÃO DAS TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL Grupo: Anna Claudia Geraldo Vinicius Guilherme Spadotto Rafael Cunha. INTRODUÇÃO A influência do Protocolo de Internet (IP) nos setores de Telecomunicações, criando

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Junho de 2013 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

Tiago Ribeiro Sapia 2

Tiago Ribeiro Sapia 2 MAPEAMENTO DAS OPERADORAS BRASILEIRAS 1 Tiago Ribeiro Sapia 2 Resumo: Este artigo apresenta a forma em que estão distribuídas no território nacional o sistema de telefonia fixa comutada (STFC),e o sistema

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Fim da assinatura básica prejudica consumidores e inibe investimentos

Fim da assinatura básica prejudica consumidores e inibe investimentos prejudica consumidores e inibe investimentos 2013 prejudica consumidores e inibe investimentos Sumário 1 A importância do setor de telecomunicações para a economia brasileira... 5 2 O papel das Concessionárias

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES. ROAD SHOW LEILÃO 700MHz

MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES. ROAD SHOW LEILÃO 700MHz MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES ROAD SHOW LEILÃO 700MHz INDICADORES DE AMBIENTE 2 POPULAÇÃO BRASILEIRA divisão demográfica Região Norte 16,9 milhões de habitantes Região Nordeste 55,8 milhões de habitantes

Leia mais

Infraestrutura de Banda Larga e Políticas Públicas

Infraestrutura de Banda Larga e Políticas Públicas Infraestrutura de Banda Larga e Políticas Públicas Professor: José Carlos Vaz Aluno Nº USP Giovanni Gigliozzi Bianco 6429392 Thiago dos Santos Juremeira 6774360 Vagner Peixoto Alencar 6887435 Wagner Kimura

Leia mais

Serviços de Telecomunicações para Utilizadores Residenciais

Serviços de Telecomunicações para Utilizadores Residenciais Serviços de Telecomunicações para Utilizadores Residenciais Estudantes & Autores: Henrique A. Sousa up201505343@fe.up.pt Manuel M. Mendonça up201503414@fe.up.pt João B. Matos up201504878@fe.up.pt Pedro

Leia mais

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12

Telefônica Brasil S.A. 10.05.2012. Resultados 1T12 10.05.2012 Resultados 1T12 Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 1T11 foram elaborados de forma combinada. Desta forma, as variações anuais aqui apresentadas podem diferir i daquelas informadas

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Infra-estrutura. 1. Conceito. Situação em 2002

Infra-estrutura. 1. Conceito. Situação em 2002 Situação em 2002 Infra-estrutura 78 Este capítulo faz uma análise da infra-estrutura existente no Brasil, devido à importância que tem no desenvolvimento da Sociedade da Informação. Em primeiro lugar será

Leia mais

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 24 de setembro de 2013 Agenda Contextualização do Setor Qualidade Indicadores

Leia mais

SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET EM LOCAL FIXO

SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET EM LOCAL FIXO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET EM LOCAL FIXO Primeiro semestre de 2018 Versão 1/ 08-10-2018 Índice SUMÁRIO EXECUTIVO... 4 1. Número de prestadores habilitados... 9 2. Número de acessos em local fixo e penetração

Leia mais

Apresentação TELECOM Sauípe 2009

Apresentação TELECOM Sauípe 2009 Apresentação TELECOM Sauípe 2009 AGENDA Evolução Telecom Telecom no Brasil Tendências Operação OI/Brasil Telecom A Indústria de Telecomunicações no mundo e Brasil O PIB Mundial produzido pelo Setor de

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 09 DE ABRIL DE 2013

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 09 DE ABRIL DE 2013 SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 09 DE ABRIL DE 2013 crescimento do setor de telecomunicações está acelerado 8% 10% telefonia móvel banda larga

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 AGOSTO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I Redes de Computadores I Prof.ª Inara Santana Ortiz Aula 2 Internet Internet Hoje é raro vermos uma LAN, MAN ou WAN isoladas, elas geralmente estão conectadas entre si. A Internet é formada por mais de

Leia mais

(Tele)Comunicações 2015 Contribuições para o Aperfeiçoamento do Modelo

(Tele)Comunicações 2015 Contribuições para o Aperfeiçoamento do Modelo Credibilidade e Experiência em Telecomunicações (Tele)Comunicações 2015 Contribuições para o Aperfeiçoamento do Modelo Relatório Fonte Capítulo 3.2 Vetores de Transformação Demanda dos usuários Novembro

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 de fevereiro de 2009. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

O andamento das ações adotadas pelo Governo Federal no âmbito do PNBL

O andamento das ações adotadas pelo Governo Federal no âmbito do PNBL O andamento das ações adotadas pelo Governo Federal no âmbito do PNBL Câmara dos Deputados Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática CCTCI Brasília, 13 de agosto de 2013 Carlos Duprat

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Maio

Leia mais

Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados

Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados SINTTEL - Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicaçãoes de Minas Gerais SINTTEL - Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicaçãoes

Leia mais

Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias por Usuário e Investimento dos principais Grupos de Telecomunicações

Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias por Usuário e Investimento dos principais Grupos de Telecomunicações H u m b e r t o B r u n o P o n t e s S i l v a G e r ê n c i a d e A c o m p a n h a m e n t o E c o n ô m i c o d a P r e s t a ç ã o - C P A E Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias

Leia mais

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA DO SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY SALVADOR, 29 DE AGOSTO DE 2014 crescimento do setor de telecomunicações

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, agosto

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta Vivo Internet Fixa"

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta Vivo Internet Fixa REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta Vivo Internet Fixa" 1. Esta Promoção é realizada pela Telefônica Brasil S.A, doravante denominada Vivo, nas seguintes condições: Das Definições Para esta Promoção, aplicam-se

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio em Informática Forma Integrada Disciplina: Informática Prof. Leandro Camargo

Curso Técnico de Nível Médio em Informática Forma Integrada Disciplina: Informática Prof. Leandro Camargo Curso Técnico de Nível Médio em Informática Forma Integrada Disciplina: Informática Prof. Leandro Camargo leandrocamargo@ifsul.edu.br www.leandrocamargo.com.br Redes de Computadores História Como e onde

Leia mais

Redes e Serviços Convergentes para o Brasil Digital

Redes e Serviços Convergentes para o Brasil Digital Redes e Serviços Convergentes para o Brasil Digital Telebrasil 2007 - Costa do Sauípe - Bahia Antônio Carlos Valente 01 de Junho de 2007 Indicadores das maiores operadoras européias Telefonia Fixa Banda

Leia mais

A Internet no Park Way. Francisco Alves Molina Jorg Neves Bliesener Fabio Montoro

A Internet no Park Way. Francisco Alves Molina Jorg Neves Bliesener Fabio Montoro A Internet no Park Way Francisco Alves Molina Jorg Neves Bliesener Fabio Montoro Conteúdo 1. Demanda de Internet no Park Way 2. Conceitos tecnológicos 3. Ofertas recebidas Definições Velocidade ( Banda

Leia mais

31 ENCONTRO PROVEDORES REGIONAIS SALVADOR (BA) ABRIL/2017

31 ENCONTRO PROVEDORES REGIONAIS SALVADOR (BA) ABRIL/2017 31 ENCONTRO PROVEDORES REGIONAIS SALVADOR (BA) ABRIL/2017 O Papel do Provedor Regional Frente ao Novo Marco Legal do Setor O que diz o PLC 79/2016? Concessionárias do STFC poderão adaptar a concessão para

Leia mais

Estatísticas 2003 SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET

Estatísticas 2003 SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET INTERNET E SERVIÇOS DE TRANSMISSÃO DE DADOS SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET CLIENTES DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 1997 1998 1999 2000 Número Total de Clientes 88 670 172 698 645 146 2 110 828 Clientes

Leia mais

FORUM RNP 2017 BRASÍLIA (DF) OUTUBRO/2017

FORUM RNP 2017 BRASÍLIA (DF) OUTUBRO/2017 FORUM RNP 2017 BRASÍLIA (DF) OUTUBRO/2017 O Provedor Regional frente ao novo Marco Legal do Setor Alguns dos desafios atuais PLC 79/2016 Concessão / Autorização PL 7182/2017 Fim da Franquia na Banda Larga

Leia mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017

PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017 Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Relações com Consumidores PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017 Brasília, 13 de março de 2018 1 Como a pesquisa é realizada (Resolução

Leia mais

Redes de Computadores Prof. Ivair Teixeira ivair.teixeira@aedu.com

Redes de Computadores Prof. Ivair Teixeira ivair.teixeira@aedu.com Redes de Computadores Prof. Ivair Teixeira ivair.teixeira@aedu.com Nesta Aula Nessa Aula Digitalização de sinais analógicos Codificação. Bibliografia: RSCD - Stallings, William - Redes e Sistemas de Comunicação

Leia mais

COMISSÃO DECIÊNCIA ETECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMISSÃO DEINTEGRAÇÃONACIONAL, DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA AMAZÔNIA AUDIÊNCIA PÚBLICA

COMISSÃO DECIÊNCIA ETECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMISSÃO DEINTEGRAÇÃONACIONAL, DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA AMAZÔNIA AUDIÊNCIA PÚBLICA COMISSÃO DECIÊNCIA ETECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMISSÃO DEINTEGRAÇÃONACIONAL, DESENVOLVIMENTO REGIONAL E DA AMAZÔNIA AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATE: OPERADORAS DE TELEFONIA MÓVEL EM DESTAQUE NOS RANKINGS

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R)

VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R) VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R) CONTRATANTE: AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL EXECUTANTES: FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Panorama Atual das Telecomunicações MARCUS VINÍCIUS SANCHES RIBEIRO

Panorama Atual das Telecomunicações MARCUS VINÍCIUS SANCHES RIBEIRO Panorama Atual das Telecomunicações MARCUS VINÍCIUS SANCHES RIBEIRO Principais Áreas de Atuação Caso você termine este curso... ;) Pesquisa e desenvolvimento de hardware e software para equipamentos e

Leia mais

Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga

Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga Rio de Janeiro, 09 de Outubro de 2013 Fixo 1 2 Portfolio de Fixo Oi Fixo Empresa Franquia Quantidade de Terminais 600 min 1 2.000 min 1 a 2 4.000 min 2

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 21 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

1 Acesso à Internet

1 Acesso à Internet Acesso à Internet ste tutorial apresenta as formas de acesso a Internet disponíveis para o usuário brasileiro, e apresenta os números atuais da Internet no Brasil. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO PACOTES EMPRESARIAL FLEX Localidade de Uberlândia

REGULAMENTO PROMOÇÃO PACOTES EMPRESARIAL FLEX Localidade de Uberlândia REGULAMENTO PROMOÇÃO PACOTES EMPRESARIAL FLEX Localidade de Uberlândia 1) OBJETIVO: o presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as relações entre as EMPRESA(S) Cia. de Telecomunicações do Brasil

Leia mais

PROVEDORES REGIONAIS MOMENTO EDITORIAL NOVO HAMBURGO (RS) DEZEMBRO/2016

PROVEDORES REGIONAIS MOMENTO EDITORIAL NOVO HAMBURGO (RS) DEZEMBRO/2016 PROVEDORES REGIONAIS MOMENTO EDITORIAL NOVO HAMBURGO (RS) DEZEMBRO/2016 O papel do Provedor Regional no novo modelo das telecomunicações Os provedores foram colocados no centro da Política Pública de

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 29 DE MAIO DE 2013

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 29 DE MAIO DE 2013 SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 29 DE MAIO DE 2013 Reportagem exibida no Jornal Nacional da Rede Globo dia 16/05/2013 crescimento do setor de

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, novembro

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Porto Alegre

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Porto Alegre Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Expo Money Porto Alegre Conhecendo a TIM 15 anos de Listagem na Bolsa TIM: Uma Gigante Brasileira Crescimento Receita Bruta (R$ Bi) 27,8 Base de Clientes

Leia mais

Obs.: O plano de 20 Mega está suspenso temporariamente em todo o Estado do Paraná.

Obs.: O plano de 20 Mega está suspenso temporariamente em todo o Estado do Paraná. REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2015 PROMOÇÃO BEL FIBRA 01/2015 Período de 01/01/2015 a 30/06/2015 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa 1. - OBJETO: O objeto desta promoção é a oferta em parceria, por

Leia mais

Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional

Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional Relevância Tecnológica, Econômica e Estratégica da Computação em Nuvem para a Competitividade Nacional Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática 24 de Abril de 2012 Câmara dos Deputados

Leia mais

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA

Balanço Huawei 3T12. Preparado pela. www.huawei.com HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Balanço Huawei da Banda Larga 3T12 www.huawei.com Preparado pela HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTDA Sumário Introdução Banda Larga Fixa Banda Larga Móvel Considerações Finais 2 Objetivo e metodologia Acompanhar

Leia mais

Prestadoras de Serviços de Telecomunicações

Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Prestadoras de Serviços de Telecomunicações 100 Maiores Litigantes Conselho Nacional de Justiça São Paulo, 03 de maio de 2011 Eduardo Levy 83 empresas representadas 17 empresas associadas Serviços de telefonia

Leia mais

Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal. Fevereiro/2013 a Abril/2013

Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal. Fevereiro/2013 a Abril/2013 Avaliação Trimestral do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do Serviço Móvel Pessoal Fevereiro/2013 a Abril/2013 Evolução de acessos da Telefonia Móvel e indicação da evolução de tecnologias

Leia mais

Redes Multi- acesso. Alexandre Dal Forno. Junho/2010

Redes Multi- acesso. Alexandre Dal Forno. Junho/2010 Redes Multi- acesso Alexandre Dal Forno Junho/2010 Agenda Redes Multi-acesso: visão geral Tecnologias de Acesso Serviços Ofertados Necessidades dos Clientes Visão Provedor de Serviços Ideal Visão Intelig-TIM

Leia mais

INDICADORES DE MERCADO

INDICADORES DE MERCADO INDICADORES DE MERCADO SUMÁRIO EXECUTIVO Nesta edição registramos mais um recorde em número de acessos residencial, chegando a 21,5 milhões de pessoas o que comprova as projeções otimistas da entidade.

Leia mais

Institucional Fausto Morales Comercial.

Institucional Fausto Morales Comercial. Institucional Fausto Morales Comercial http://www.asaptelecom.com.br ASAP Telecom Quem é a ASAP? Desde 1999 a b.it (Brothers IT), atua no mercado de tecnologia da informação, nossa metodologia baseia-se

Leia mais

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA - SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY Brasília, 20 de maio de 2014 números do setor de telecomunicações R$ 29,3 bilhões de investimentos em 2013 segundo ano consecutivo

Leia mais

AlgarTelecom. Gente Servindo Gente. Assessoria de Comunicação, Marca e Sustentabilidade maio 2013

AlgarTelecom. Gente Servindo Gente. Assessoria de Comunicação, Marca e Sustentabilidade maio 2013 AlgarTelecom Gente Servindo Gente 2013 Grupo Algar (desde 1929) Negócios Algar Setor TI/Telecom Setor Agro Setor Serviços Turismo Solidez e presença Presença geográfica Destaques 2012 Algar Telecom Algar

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO. Leve um Pacote HD e Pague o preço de um Digital pelo período de 12 meses

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO. Leve um Pacote HD e Pague o preço de um Digital pelo período de 12 meses REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Leve um Pacote HD e Pague o preço de um Digital pelo período de 12 meses Esta Promoção é realizada pela COMERCIAL CABO TV SÃO PAULO S/A CATV, com sede na Capital do Estado de São

Leia mais

SERVIÇOS DE BANDA KA VIA SATÉLITE NO BRASIL

SERVIÇOS DE BANDA KA VIA SATÉLITE NO BRASIL SERVIÇOS DE BANDA KA VIA SATÉLITE NO BRASIL HISPAMAR & GILAT 2018 PRIVADO E CONFIDENCIAL Documento de propriedade da HISPAMAR S.A. Hispamar Satélites pioneira em Banda KA no Brasil Criada em 2002, a HISPAMAR

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 03 DE JULHO DE 2013

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 03 DE JULHO DE 2013 SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 03 DE JULHO DE 2013 o Marco Civil da Internet deve preservar a privacidade do cidadão brasileiro hoje, os provedores

Leia mais

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado. 2 o semestre/2005 1 o trimestre/2006

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado. 2 o semestre/2005 1 o trimestre/2006 Barômetro Cisco Banda Larga da Análise de mercado 2 o semestre/2005 1 o trimestre/2006 Barômetro Cisco da Banda Larga Introdução Você está recebendo a nova edição do Barômetro Cisco da Banda Larga, indicador

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Agosto

Leia mais

O Papel dos Provedores Regionais na disseminação da Banda Larga

O Papel dos Provedores Regionais na disseminação da Banda Larga O Papel dos Provedores Regionais na disseminação da Banda Larga Cenário da Demanda e Oferta de Banda Larga no Brasil: Desafios e Oportunidades São Paulo 28 de Junho de 2017 CGI.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

Modem ADSL. Resumo de Configurações

Modem ADSL. Resumo de Configurações Modem ADSL Resumo de Configurações Introdução ADSL: Linha digital assimétrica. Assimetria: velocidade de download diferente da velocidade de upload. Exemplo: Ao contratar um plano ADSL Velox apelidado

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013. Rio de Janeiro Maio 2013

AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013. Rio de Janeiro Maio 2013 AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013 Rio de Janeiro Maio 2013 A Oi TEM PAPEL FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS, INVESTINDO, GERANDO IMPOSTOS E EMPREGOS E DISTRIBUINDO SEUS RESULTADOS R$

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, agosto

Leia mais

BANDA LARGA NO BRASIL

BANDA LARGA NO BRASIL BANDA LARGA NO BRASIL Cristian Ricardo de Andrade 1 ; Faberson Augusto Ferrasi 2 ; Profº Drº Eduardo Martins Morgado 3 INTRODUÇÃO A Internet comercial completa 20 anos no Brasil em 2015. Quando deixou

Leia mais

Net Voz Fixa. Apresentação de Serviço

Net Voz Fixa. Apresentação de Serviço Net Voz Fixa Apresentação de Serviço 1. Apresentação do produto A Solução ideal de Voz e Dados Fixos O serviço Vodafone NET VOZ Fixa é a solução indicada para empresas que procuram integrar voz e dados

Leia mais

COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015

COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015 Secretaria-Geral ALADI/SEC/di 2668 12 de janeiro de 2016 COMÉRCIO EXTERIOR GLOBAL BRASIL: janeiro-dezembro 2015 Os fluxos globais do comércio exterior brasileiro contraíram-se significativamente em 2015

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 OUTUBRO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL BRASÍLIA, 08 DE OUTUBRO DE elaborado pela

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL BRASÍLIA, 08 DE OUTUBRO DE elaborado pela PREÇOS DOS SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL BRASÍLIA, 08 DE OUTUBRO DE 2014 elaborado pela Todo ano a UIT divulga relatório com os preços dos serviços de telecomunicações De acordo com o último relatório

Leia mais

Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24.

Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24. APIMEC 2005 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Visão Geral do Mercado Telecom 4 3. Telar 12 7 4. Principais Desafios 24 1 Visão Geral Telar Foco no Mercado 14.966 mil linhas serviço 8.112 mil clientes 641

Leia mais

O Mercado de voz e de telefonia fixa no mundo. Há sobrevida? 350 Encontro Tele.Síntese

O Mercado de voz e de telefonia fixa no mundo. Há sobrevida? 350 Encontro Tele.Síntese O Mercado de voz e de telefonia fixa no mundo. Há sobrevida? 350 Encontro Tele.Síntese Mario Dias Ripper F&R Consultores Brasília, 08 de outubro de 2013. O Mercado de voz e de telefonia fixa no mundo.

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET. Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2013

INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET. Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2013 INFORMAÇÃO ESTATÍSTICA DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 2.º TRIMESTRE DE 2013 Serviço de Acesso à Internet 2.º Trimestre de 2013 Índice SUMÁRIO... 4 1. Número de prestadores habilitados... 6 2. Taxa de

Leia mais

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.105,6 5.260,4 (2,9) 4.671,1 9,3 Receita de serviço móvel 4.924,2 5.097,4 (3,4) 4.367,2 12,8 Franquia e utilização 2.599,8 2.660,5 (2,3) 2.322,6 11,9

Leia mais

REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL

REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES PARA O BRASIL DIGITAL 51º. Painel Telebrasil Ricardo Knoepfelmacher Brasil Telecom Junho /2007 0 REDES E SERVIÇOS CONVERGENTES Os limites e diferenças atualmente existentes

Leia mais

Redes de Computadores. Visão Geral

Redes de Computadores. Visão Geral Visão Geral Carlos Gustavo A. da Rocha Visão Geral O que é a Internet O que é um protocolo? Bordas da rede Núcleo da rede (backbone) Meios físicos Camadas, modelos de serviços Backbones A Internet Milhões

Leia mais

Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013

Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013 Marco Regulatório Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 08 de outubro de 2013 Panorama do Setor Em 1997, na corrida pelo usuário, a telefonia fixa era o destaque

Leia mais

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 1Mbps Internet Popular

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 1Mbps Internet Popular PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 1Mbps Internet Popular Plano de Serviço 1. Aplicação Este Plano de Serviço do Serviço de Comunicação Multimídia é aplicável a

Leia mais

O Setor de Telecomunicações

O Setor de Telecomunicações O Setor de Telecomunicações 2ª CODE Conferência do Desenvolvimento IPEA/2011 Brasília, 25 de novembro de 2011 Eduardo Levy 83 empresas representadas 17 empresas associadas Serviços de telefonia fixa Serviços

Leia mais

Resultados 08 2T 07 de Agosto de 2008

Resultados 08 2T 07 de Agosto de 2008 Resultados 2T08 07 de Agosto de 2008 Comentários iniciais Marca inovadora e confiável: Viver além da tecnologia Primeiro lugar no Top of mind¹ Primeiro lugar em Awareness¹ da marca Escolhido o melhor website

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006

Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006 Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006 A Companhia Destaques do trimestre Início dos investimentos para aumentar a bi-direcionalidade da rede; Expansão da oferta

Leia mais

P r a c r er e i r a i Es E tra r t a ég é ic i a com m a Portugal Telecom Janeiro de 2011

P r a c r er e i r a i Es E tra r t a ég é ic i a com m a Portugal Telecom Janeiro de 2011 Parceria Estratégica com a Portugal Telecom Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação Crescimento da Classe C traz oportunidades relevantes para o setor de Telecom no Brasil Área Terrestre 8,5 Milhões

Leia mais

Paulo Cesar Teixeira. VP Executivo de Operações COO 23/03/2010

Paulo Cesar Teixeira. VP Executivo de Operações COO 23/03/2010 Paulo Cesar Teixeira VP Executivo de Operações COO 23/03/2010 1. O Brasil 2. A Vivo 3. Soluções Móveis 2 4. Programa Soluções de Mobilidade 3 O BRASIL O crescimento do setor de telefonia móvel no Brasil

Leia mais