Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich"

Transcrição

1 Aula 00 Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich 1

2 Aula 00 Aula Demonstrativa Oi, tudo bem? Meu nome é Karine Waldrich. Nasci Blumenau, Santa Catarina. Sou Auditora- Fiscal da Receita Federal do Brasil, aprovada em 39 o lugar no concurso de Sou professora no Ponto dos Concursos desde 2010, sempre focando nas disciplinas de Exatas. Depois comentarei um pouco mais sobre isso, mas, por hora, vamos aos detalhes do curso. 1) Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL: Objetivo do Curso e Público-Alvo O objetivo deste curso é ensinar Raciocínio Lógico para os aspirantes ao cargo de ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO do SENADO FEDERAL. Meus cursos aqui no Ponto seguem duas premissas principais: 1) Eu não sou teórica da matéria. Sou uma aprovada em concurso que estudou muito para passar e tem uma boa ideia do que as bancas cobram e como cobram. Por isso, não me aprofundo em teorias desnecessárias ao entendimento e que não caem em concursos. 2

3 2) Acho que mais explicação é melhor do que menos, portanto procuro esmiuçar o conteúdo, pois na época em que eu estudava preferia professores que fizessem isso. Nada ficará subentendido. O curso se propõe a ser desenvolvido com base em teoria e questões comentadas. O objetivo é ver tudo desde o começo. Mesmo que não possui conhecimento algum na matéria possui condição de acompanhar as aulas. A banca deste concurso é a FGV. O curso será focado nesta banca. Assim, mais do que aprenderem a matéria, vocês aprenderão o jeito que a FGV cobra a matéria. Faremos uma análise precisa de como está sendo cobrado o Raciocínio Lógico pela FGV. Ao final de cada aula, será apresentado um esquema dos pontos mais importantes uma espécie de Memorex para que vocês revisem o assunto de forma rápida. Para este curso, vamos seguir o edital do concurso de O edital do concurso diz: RACIOCÍNIO LÓGICO: Raciocínio Lógico: avaliação da habilidade do candidato em entender a estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. As questões das provas poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas; lógica de argumentação; diagramas lógicos; álgebra e geometria básica. Todos esses tópicos serão vistos no nosso curso, claro. 3

4 Estruturei o nosso curso para possuir 5 aulas, mais a aula demonstrativa (esta). Agrupei os conteúdos nas aulas de acordo com sua semelhança, para que seja mais fácil de eu explicar e vocês o assimilarem. O cronograma encontra-se na tabela abaixo: Aula Conteúdo Programático Data 00 Introdução a Estruturas Lógicas 20/02 01 Estruturas Lógicas e Lógica de Argumentação 00/00 02 Diagramas Lógicos 00/00 03 Álgebra 00/00 04 Geometria Básica 00/00 Tópicos Complementares em Raciocínio Lógico: avaliação da habilidade do candidato em entender a estrutura lógica de relações arbitrárias entre 05 pessoas, lugares, coisas ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. 00/00 Além disso, teremos o Fórum de dúvidas, tradicional nos cursos do Ponto. Estou sempre disponível no Antes do curso (mesmo que você não se inscreva), durante o curso (para algum assunto que queira tratar de forma pessoal comigo, sem utilizar o fórum) e depois do curso (para alguma dúvida posterior). Bom, vou finalizar esse início de aula com um comentário pessoal. Como falei no começo, sou de Blumenau. 4

5 Me formei em Engenharia Química pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008) e em Administração de Empresas pela Escola Superior de Administração e Gerência da Universidade do Estado de Santa Catarina (2007). Quando me formei em Administração, fui fazer o estágio final de Engenharia Química em uma multinacional. Trabalhei muito, o que nunca me incomodou. Sou o tipo de pessoa formiga, que acha que nada cai do céu. Mas o clima de instabilidade me incomodava demais. Depois de muito refletir, vi que, acima de qualquer aspiração profissional, minha maior vontade era simplesmente ser feliz, com qualidade de vida. Em 2009, quando saiu a autorização para o concurso da Receita Federal (mais precisamente, no dia 24 de abril de 2009), comecei a estudar para este concurso, para o cargo de Auditor-Fiscal. Claro que eu tinha um pouco de base das faculdades, mas não sabia nada dos Direitos e comecei do zero. Estudei muito. Em setembro saiu o edital e em dezembro foram as provas. Fui aprovada em 39 o lugar, dentre os candidatos. Quase gabaritei a prova de Raciocínio Lógico deste concurso, acertando 19 das 20 questões. A única questão que errei defendo que deveria ter sido anulada (inclusive já debati esse assunto em uma coluna no site do Ponto). Gosto muito da matéria e, por isso, hoje em dia dou aula dela no Ponto. Falando sobre meu estudo, Blumenau é uma cidade de habitantes, sem muita opção de estudo para concursos. Estudei basicamente em casa, 5

6 numa escrivaninha velha do lado da minha cama. Utilizei alguns cursos do Ponto, especialmente depois do edital, e foi o que salvou, por serem específicos para o concurso que eu estava pretendendo (naquele caso, o da Receita). Independente disso, o que foi determinante para a minha aprovação, sem dúvidas, foi a força de vontade. Foi estudar muito. Eu queria muito passar, queria muito sair daquela escrivaninha. Concurso público não pede foto para inscrição. Não importa se você é bonito ou feio, preto ou branco, rico ou pobre, gordo ou magro. O que importa é se você: 1) Quer passar; 2) Estudar muito para passar. Se você quer passar, e estudar muito para passar, já tem 90% das chances de ser aprovado. Espero que possamos ter um excelente curso, e conto com vocês para isso. Agora vamos ao conteúdo desta aula demonstrativa, propriamente dito. 6

7 Conteúdo Aula 00 - Introdução a Estruturas Lógicas... 8 A Lógica. Proposições... 8 Conectivo E Conectivo Ou Conectivo Se...Então

8 Aula 00 - Introdução a Estruturas Lógicas A Lógica. Proposições Já vi algumas questões de concurso com a seguinte definição de Lógica: Lógica é o estudo das relações entre afirmações, não da verdade dessas afirmações. Um argumento é um conjunto de fatos e opiniões (premissas) que dão suporte a uma conclusão. Isso não significa que as premissas ou a conclusão sejam necessariamente verdadeiras; entretanto, a análise dos argumentos permite que seja testada a nossa habilidade de pensar logicamente. (Fonte: Fundação Carlos Chagas) Assim, em resumo: 1) A Lógica estuda relações entre afirmações, que são chamadas proposições; 2) As premissas e conclusões não precisam ser necessariamente verdadeiras; 3) O objetivo é pensar logicamente. A primeira coisa a aprender quando começamos a estudar o Raciocínio Lógico é o que são proposições. Proposição é uma frase, ou uma equação, ou uma expressão, cujo conteúdo pode ser considerado Verdadeiro ou Falso. Há dois tipos de proposições: as simples e as compostas. 8

9 As proposições simples são afirmações. São frases bem no padrão que aprendemos em Língua Portuguesa: formadas, no mínimo, por um sujeito e um verbo. Exemplo de proposição simples: O Brasil não ganhou a Copa de Sabemos que a frase acima é Verdadeira. O Brasil, efetivamente, não ganhou a Copa de 2014 (quem ganhou foi a Alemanha QUEM NÃO SE LEMBRA DO 7 x 1 ÔOOOO TRISTEZA). Já as proposições compostas são aquelas formadas por duas ou mais proposições simples. Elas possuem conectivos, ligando uma proposição à outra. Por exemplo: A Alemanha ganhou a Copa de 2014 e a Argentina ficou em segundo. Percebam que, na frase acima, existem 3 proposições: Proposição 1 (proposição simples): A Alemanha ganhou a Copa de 2014 (sabemos que é Verdadeiro). Proposição 2 (proposição simples): A Argentina ficou em segundo (é Verdadeiro). Proposição 3 (proposição composta): A Alemanha ganhou a Copa de 2014 e a Argentina ficou em segundo. Na Proposição 3, as duas proposições simples estão ligadas pelo conectivo E. Vamos estudá-lo mais para frente, mas, para uma frase com o conectivo E ser 9

10 Verdadeira, as duas proposições simples que a formam devem ser Verdadeiras também. Como as duas proposições simples que a formam são realmente Verdadeiras, a proposição composta também é Verdadeira. Mas, se disséssemos: O Brasil ganhou a Copa de 2014 e a Argentina ficou em segundo. Nesse caso, teríamos uma das proposições simples Verdadeira, e a outra Falsa (pois o Brasil não ganhou a Copa). A proposição composta, é, portanto, Falsa, pois, como disse antes, para o Conectivo E as duas proposições simples devem ser Verdadeiras para a proposição composta ser Verdadeira. Podemos utilizar outro conectivo. Se trocarmos o conectivo E pelo Ou, a frase fica: O Brasil ganhou a Copa de 2014 ou a Argentina ficou em segundo. Nesse caso, também temos uma das proposições simples Verdadeira, e a outra Falsa (pois o Brasil não ganhou a Copa). No entanto, a proposição composta é Verdadeira. Por que? Porque, para o conectivo OU, basta que uma das proposições simples sejam Verdadeiras para a proposição composta ser Verdadeira. Como a Argentina realmente ficou em segundo na Copa, a proposição composta com o conectivo Ou é Verdadeira. 10

11 Não existem só esses conectivos. Mas a sistemática da coisa é assim. De acordo com o conectivo usado, as mesmas proposições simples podem resultar em proposições compostas Verdadeiras ou Falsas. Voltando a falar sobre as proposições, já sabemos que elas são afirmações de que podemos extrair um valor lógico (uma alma, digamos assim). E este valor lógico tem que ser sempre Verdadeiro ou Falso. Dessa forma, não podem ser proposições: Sentenças interrogativas: O que você comeu hoje? (não podemos classificar em verdadeiro ou falso). Sentenças imperativas: Vai lá e depois me conta como foi (também não podemos classificar em verdadeiro ou falso). Sentenças exclamativas: Que legal!!! (como classificar em verdadeiro ou falso?). Sentenças sem verbo: Casa azul (lembrando que A casa é azul possui verbo... e pode ser classificada em verdadeiro ou falso). Sentenças que podem mudar de significado. Por exemplo, uma equação formada apenas por incógnitas. Agora, vamos ver a fundo cada conectivo. Começaremos pelo conectivo E. Conectivo E Nome: conjunção Símbolo: ^ O que significa: a proposição composta só será verdadeira se ambas as proposições simples forem verdadeiras. 11

12 Por exemplo: A Alemanha ganhou a Copa de 2014 e a Argentina ficou em segundo. Se a primeira proposição (A Alemanha ganhou a Copa de 2014) estiver correta, e a segunda (Argentina ficou em segundo) também, a proposição toda (a frase toda) está correta. Senão, ela está errada. Ou seja, se V e V = V. Da mesma maneira, se uma das proposições estiverem erradas, a proposição composta estará errada. Portanto: V e F = F Por exemplo: O Dunga é o técnico da Seleção Brasileira e o Rogério Ceni é jogador da Seleção PS: o Dunga é realmente o técnico da seleção brasileira, ou seja, a primeira proposição está correta. Mas o Rogério Ceni não é jogador da Seleção Brasileira, então a segunda proposição está errada. PS: para os que não gostam de futebol essa aula também serve para agregar conhecimentos futebolísticos HAHAHAHA Portanto, o valor lógico (a alma da proposição) é: V e F = F (ou seja, a proposição composta é Falsa) 12

13 Mais um exemplo: O Zagallo é o técnico da Seleção Brasileira e o Neymar é jogador da Seleção. PS: o Zagallo não é o técnico da seleção brasileira, ou seja, a primeira proposição está falsa. Mas o Neymar é jogador da Seleção Brasileira, então a segunda proposição está correta. Portanto, o valor lógico é: F e V = F (ou seja, a proposição composta é Falsa) Último exemplo: O Zagallo é o técnico da Seleção Brasileira e o Rogério Ceni é jogador da Seleção PS: o Zagallo não é o técnico da seleção brasileira, ou seja, a primeira proposição está falsa. E o Rogério Ceni não é jogador da Seleção Brasileira, então a segunda proposição também está errada. Portanto, o valor lógico é: F e F = F Assim, em resumo, o conectivo E se comporta da seguinte forma (a tabela abaixo é conhecida como Tabela-Verdade. Não se preocupem com esse nome agora, mais para frente falarei mais sobre ela): 13

14 CONECTIVO E V e V = V V e F = F F e V = F F e F = F Conectivo Ou Nome: disjunção Símbolo: v O que significa: Se uma das proposições simples for verdadeira, a proposição composta já será verdadeira. Dessa forma, ela só será falsa se ambas as proposições simples forem falsas em todos os outros casos, a proposição composta será sempre verdadeira. Por exemplo: O Dunga é o técnico da Seleção Brasileira ou o Neymar é jogador da Seleção. Valor lógico: V ou V Como falamos, a proposição composta só será falsa se as duas proposições estiverem falsas. E, nessa proposição, as duas proposições estão corretas. Portanto, a proposição composta é Verdadeira. Ou seja, se V ou V = V. 14

15 Da mesma maneira, se uma das proposições estiver correta, a proposição composta estará correta. Portanto: V ou F = V Mais um exemplo: O Dunga é o técnico da Seleção Brasileira ou o Rogério Ceni é jogador da Seleção Valor lógico: V ou F = V (ou seja, a proposição composta é Verdadeira) Terceiro exemplo: O Zagallo é o técnico da Seleção Brasileira ou o Neymar é jogador da Seleção Valor lógico: F ou V = V (ou seja, a proposição composta é Verdadeira) Último exemplo: O Zagallo é o técnico da Seleção Brasileira ou o Rogério Ceni é jogador da Seleção Nesse caso, temos duas proposições falsas. Agora sim, a proposição composta terá valor lógico falso (único caso). Valor lógico: F ou F = F (ou seja, a proposição composta é Falsa) Assim, em resumo, o conectivo OU se comporta da seguinte forma: 15

16 CONECTIVO OU V ou V = V V ou F = V F ou V = V F ou F = F Conectivo Se...Então Nome: Condicional Símbolo: O que significa: A primeira proposição exprime uma condição para a segunda. Se a primeira frase for Verdadeira, então a segunda também deverá ser. Se a primeira frase for Falsa, então a condição não se cumpriu, ou seja, tanto faz se a segunda frase for Verdadeira ou Falsa, porque a frase toda será Verdadeira. Por exemplo: Se o Dunga é o técnico da Seleção Brasileira então o Neymar é jogador da Seleção. Valor lógico: Se V então V = V (ou seja, a proposição composta é Verdadeira) Mais um exemplo: Se o Muricy é o técnico da Seleção Brasileira então o Rogério Ceni é jogador da Seleção. 16

17 Valor lógico: Se F então F = V (ou seja, a proposição composta é Verdadeira) E Se o Muricy é o técnico da Seleção Brasileira então o Neymar é jogador da Seleção. Valor lógico: Se F então V = V (ou seja, a proposição composta é Verdadeira) Reparem que, se a primeira proposição for falsa, a sentença será sempre verdadeira. Afinal, se o Muricy for o técnico, então o Rogério Ceni pode ser jogador e o Neymar também. Gravem isso: se a primeira proposição do Se...então é falsa, a sentença é como um todo é verdadeira. Último exemplo: Se o Dunga é o técnico da Seleção Brasileira então o Rogério Ceni é jogador da Seleção. Valor lógico: Se V então F = F (ou seja, a proposição composta é Falsa) Esse é o caso mais importante, e é dele que vocês vão lembrar toda vez que fizerem uma questão sobre o assunto. A sentença composta Se...então só é falsa se a primeira proposição for verdadeira e a segunda é falsa. 17

18 Ou seja, para uma sentença composta, cuja primeira proposição é verdadeira, ser verdadeira, a segunda proposição deve NECESSARIAMENTE ser verdadeira também. Da mesma forma, se a segunda proposição for falsa, a primeira proposição deverá ser falsa também. Resumindo, a situação Se V então F é PROIBIDA. Assim, em resumo, a estrutura Se...então se comporta da seguinte forma: ESTRUTURA SE...ENTÃO Se V então V = V Se V então F = F Se F então V = V Se F então F = V Na próxima aula veremos a continuação da matéria, bem como muitos exercícios resolvidos :D 18

19 19

Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich Aula 00 Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Oi,

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico. Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Aula 00. Raciocínio Lógico. Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich Aula 00 Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Oi, tudo bem? Meu nome é Karine Waldrich. Nasci em Blumenau,

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4 1 Apresentação Olá, pessoal Tudo bem com vocês? Finalmente saiu o edital do TCM/RJ Para quem ainda não me conhece, meu nome

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal Tudo bem com vocês? Em breve teremos o concurso do TCM/RJ e sabemos

Leia mais

PROFESSORA: KARINE WALDRICH

PROFESSORA: KARINE WALDRICH ICMS MA LÓGICA E MATEMÁTICA RESUMO 1 DE 4 PROFESSORA KARINE WALDRICH Boa noite, concurseiros!! Semana passada fiz um Periscope (me segue lá!! @karinewaldrich) sobre o ICMS-MA (concurso da Secretaria da

Leia mais

Compreender estruturas lógicas é, antes de tudo, compreender o que são proposições.

Compreender estruturas lógicas é, antes de tudo, compreender o que são proposições. Caros alunos, Antes de darmos início a nossa aula demonstrativa, vamos às apresentações pessoais e profissionais: meu nome é Letícia Protta, sou agente administrativo do Ministério do Trabalho e Emprego,

Leia mais

Aula 00. Matemática Financeira para ISS-Cuiabá. Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Matemática Financeira para ISS-Cuiabá. Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Matemática Financeira Apresentação... 3 Modelos de questões resolvidas FGV... 4 Relação

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal! Em breve teremos o concurso para Polícia Civil do Distrito Federal. A banca organizadora

Leia mais

Lógica das Proposições

Lógica das Proposições Lógica das Proposições Transcrição - Podcast 1 Professor Carlos Mainardes Olá eu sou Carlos Mainardes do blog Matemática em Concursos, e esse material que estou disponibilizando trata de um assunto muito

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas... 3 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos... 9

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas... 3 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos... 9 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas... 3 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos... 9 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Saiu o edital para EBSERH!!

Leia mais

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula / 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 03 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL

RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL Atualizado em 12/11/2015 LÓGICA PROPOSICIONAL Lógica é a ciência que estuda as leis do pensamento e a arte de aplicá-las corretamente na investigação e demonstração

Leia mais

Resolução da Prova de Raciocínio Lógico da DPU (Nível Médio) de 2016, aplicada em 24/01/2016.

Resolução da Prova de Raciocínio Lógico da DPU (Nível Médio) de 2016, aplicada em 24/01/2016. Resolução da Prova de Raciocínio Lógico da DPU (Nível Médio) de 2016, aplicada em 24/01/2016. Em uma festa com 15 convidados, foram servidos 30 bombons: 10 de morango, 10 de cereja e 10 de pistache. Ao

Leia mais

Aula 00. Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves

Aula 00. Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves Aula 00 Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA Apresentação... 3 Negação de Proposições

Leia mais

Feriadão bombando... E daí, não é mesmo?? Por aqui queremos passar no concurso rsrsrs

Feriadão bombando... E daí, não é mesmo?? Por aqui queremos passar no concurso rsrsrs Professora Karine Waldrich Ponto dos Concursos EXATAS SEM FÓRMULA GEOMETRIA Bom dia!! Feriadão bombando... E daí, não é mesmo?? Por aqui queremos passar no concurso rsrsrs Hoje no nosso #ExatasSemFórmula

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico Quantitativo para IBGE. Raciocínio Lógico Quantitativo Professor: Guilherme Neves

Aula 00. Raciocínio Lógico Quantitativo para IBGE. Raciocínio Lógico Quantitativo Professor: Guilherme Neves Aula 00 Raciocínio Lógico Quantitativo Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Raciocínio Lógico Quantitativo Apresentação... 3 Modelos de questões resolvidas

Leia mais

Aula 00. Matemática para AMLURB. Matemática Professor: Guilherme Neves. Prof. Guilherme Neves 1

Aula 00. Matemática para AMLURB. Matemática Professor: Guilherme Neves.  Prof. Guilherme Neves 1 Aula 00 Matemática Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Raciocínio Lógico e Matemático para CRB Apresentação... 3 Modelos de questões resolvidas - VUNESP...

Leia mais

AULÃO INSS RACIOCÍNIO LÓGICO Prof. Ronilton Loyola Equivalências Notáveis 1. Contrapositiva da Condicional: (P Q) ( Q P) Ex.: Se faz sol, então vou à praia é equivalente a Se não vou à praia, então não

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos...

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos... Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de Proposições e Leis de De Morgan... 3 Relação das questões comentadas... 9 Gabaritos... 11 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Vamos sair na

Leia mais

Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich

Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich Boa noite! Hoje continuamos nosso estudo das provas da FGV do último fim de semana... Desta vez com a prova de analista.

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico para Técnico do INSS. Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Raciocínio Lógico para Técnico do INSS. Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Raciocínio Lógico para INSS Apresentação... 3 Modelos de Questões Comentadas - CESPE... 4

Leia mais

RECEITA FEDERAL ANALISTA

RECEITA FEDERAL ANALISTA SENTENÇAS OU PROPOSIÇÕES São os elementos que expressam uma idéia, mesmo que absurda. Estudaremos apenas as proposições declarativas, que podem ser classificadas ou só como verdadeiras (V), ou só como

Leia mais

Expressões e enunciados

Expressões e enunciados Lógica para Ciência da Computação I Lógica Matemática Texto 2 Expressões e enunciados Sumário 1 Expressões e enunciados 2 1.1 Observações................................ 2 1.2 Exercício resolvido............................

Leia mais

AFO-SEFAZ-PI. Professor: Leonardo Chaves

AFO-SEFAZ-PI. Professor: Leonardo Chaves AFO-SEFAZ-PI Professor: Leonardo Chaves Administração Financeira e Orçamentária & Orçamento Público para o concurso de Analista Tributário da Secretaria de Fazenda do Estado do Piauí (SEFAZ-PI), com dicas

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas AOCP... 3 Relação das questões comentadas... 7 Gabarito... 8 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Como vocês bem sabem, saiu

Leia mais

VERDADES E MENTIRAS. Quem está mentindo e quem está dizendo a verdade. Quantas pessoas estão mentindo e quantas estão dizendo a verdade

VERDADES E MENTIRAS. Quem está mentindo e quem está dizendo a verdade. Quantas pessoas estão mentindo e quantas estão dizendo a verdade VERDADES E MENTIRAS Chamamos de a um tipo específico de questão, cujo enunciado nos apresenta uma situação qualquer, envolvendo normalmente alguns personagens, que irão declarar algo. O ponto principal

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas FADESP... 4 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos...

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas FADESP... 4 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos... Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas FADESP... 4 Relação das questões comentadas... 8 Gabaritos... 9 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Como vocês bem sabem,

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Saiu o edital para Analista de Controle do TCE/PR. Esta é a aula

Leia mais

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula / 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 02 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

Aula 00 Aula Demonstrativa

Aula 00 Aula Demonstrativa Aula 00 Aula Demonstrativa Apresentação... 2 Resolução da prova de RLQ do concurso PECFAZ 2013/ESAF... 4 Relação das questões comentadas... 17 Gabaritos... 20 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação

Leia mais

Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) Prof. Guilherme Neves

Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) Prof. Guilherme Neves Prova Resolvida Raciocínio Lógico (ANAC/2016) 71. (ANAC 2016/ESAF) Sabendo que os valores lógicos das proposições simples p e q são, respectivamente, a verdade e a falsidade, assinale o item que apresenta

Leia mais

Alex Lira. Olá, pessoal!!!

Alex Lira. Olá, pessoal!!! Olá, pessoal!!! Seguem abaixo os meus comentários das questões de Lógica que foram cobradas na prova para o cargo de Agente da Polícia Federal, elaborada pelo Cespe, realizada no último final de semana.

Leia mais

APOSTILA DE LÓGICA. # Conceitos iniciais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE

APOSTILA DE LÓGICA. # Conceitos iniciais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO EDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CÂMPUS APODI Sítio Lagoa do Clementino, nº 999, RN 233, Km 2, Apodi/RN, 59700-971. one (084) 4005.0765 E-mail: gabin.ap@ifrn.edu.br

Leia mais

2 AULA. Conectivos e Quantificadores. lógicas. LIVRO. META: Introduzir os conectivos e quantificadores

2 AULA. Conectivos e Quantificadores. lógicas. LIVRO. META: Introduzir os conectivos e quantificadores 1 LIVRO Conectivos e Quantificadores Lógicos META: Introduzir os conectivos e quantificadores lógicos. OBJETIVOS: Ao fim da aula os alunos deverão ser capazes de: Compreender a semântica dos conectivos

Leia mais

1. Princípio da não-contradição: Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa

1. Princípio da não-contradição: Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa Raciocínio Lógico Lógica estuda as formas ou estruturas do pensamento, isto é, seu propósito é estudar e estabelecer propriedades das relações formais entre as proposições. DEFINIÇÃO: Proposição: conjunto

Leia mais

INSS 2016 Técnico CESPE

INSS 2016 Técnico CESPE INSS 2016 Técnico CESPE Art. 21. A alíquota de contribuição dos segurados contribuinte individual e facultativo será de 20 por cento sobre o respectivo salário-de-contribuição. Considerando o art. 21 da

Leia mais

Estatística dos aprovados para Analista-Tributário da Receita Federal em 2012.

Estatística dos aprovados para Analista-Tributário da Receita Federal em 2012. Estatística dos aprovados para Analista-Tributário da Receita Federal em 2012. Olá pessoal, tudo bem? Trago para vocês uma avaliação das notas dos candidatos aprovados no último concurso para Analista-Tributário

Leia mais

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno,

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno, CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4 Prezado Aluno, Neste EP daremos sequência ao nosso estudo da linguagem da lógica matemática. Aqui veremos o conectivo que causa mais dificuldades para os alunos e

Leia mais

Como obter sucesso nas provas

Como obter sucesso nas provas Como obter sucesso nas provas 1 Sumário Como obter sucesso nas provas - Como obter sucesso nas provas...03 2 Como obter sucesso nas provas É muito fácil se eu disser para você que na prova de Escrivão

Leia mais

Gabarito da Primeira Lista de Exercícios

Gabarito da Primeira Lista de Exercícios Introdução à Lógica Matemática Gabarito da Primeira Lista de Exercícios 1. Para cada uma das sentenças a seguir, faça o que se pede: i) Classificar como atômica, negação, conjunção, disjunção, implicação

Leia mais

Direitos Autorais. Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão.

Direitos Autorais. Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão. Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão. Palavras do Autor Nos diversos ambientes sociais nos

Leia mais

Concurso Público Conteúdo

Concurso Público Conteúdo Concurso Público 2016 Conteúdo Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas

Leia mais

Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar. Noções de Lógica

Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar. Noções de Lógica Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar Noções de Lógica Proposição: É uma sentença declarativa, seja ela expressa de forma afirmativa

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 18 por

Leia mais

Funções Dêitica, Anafórica, Catafórica, Exofórica, Epanafórica...

Funções Dêitica, Anafórica, Catafórica, Exofórica, Epanafórica... R E L E M B R A R É S E M P R E N E C E S S Á R I O! Funções Dêitica, Anafórica, Catafórica, Exofórica, Epanafórica... Função Endofórica x Função Exofórica Inicialmente, é preciso identificarmos esses

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

Aula Demonstrativa. Estudo de Caso para o TRF da 2ª Região. Professores: o Marco Antônio e o Júnia Andrade. (com correção individual + dicas em vídeo)

Aula Demonstrativa. Estudo de Caso para o TRF da 2ª Região. Professores: o Marco Antônio e o Júnia Andrade. (com correção individual + dicas em vídeo) Aula Demonstrativa Estudo de Caso para o TRF da 2ª Região (com correção individual + dicas em vídeo) Professores: o Marco Antônio e o Júnia Andrade Aula 00 Aula Demonstrativa ESTUDOS DE CASO PARA O TRF

Leia mais

Já parou para pensar para onde ele vai? Em que você gasta mais?

Já parou para pensar para onde ele vai? Em que você gasta mais? Bem-vindo(a) ao módulo 1: Cuidando do caixa. Aqui estudaremos sobre como se faz o preenchimento da Planilha de Controle de Caixa e sobre a importância do uso do Controle de Caixa para a adequada gestão

Leia mais

REDAÇÃO PARA O TRF DA 2ª REGIÃO

REDAÇÃO PARA O TRF DA 2ª REGIÃO Aula Demonstrativa Estudo de Caso para o TRF da 2ª Região (com correção individual + dicas em vídeo) Professores: o Marco Antônio e o Júnia Andrade www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa

Leia mais

LÓGICA - 2. ~ q. Argumentos Regras de inferência. Proposições: 1) Recíproca 2) Contrária 3) Contra positiva. 1) Proposição recíproca de p q :

LÓGICA - 2. ~ q. Argumentos Regras de inferência. Proposições: 1) Recíproca 2) Contrária 3) Contra positiva. 1) Proposição recíproca de p q : LÓGICA - 2 Proposições: 1) Recíproca 2) Contrária 3) Contra positiva 1) Proposição recíproca de p q : q p 2) Proposição contrária de p q : ~ p 3) Proposição contra positiva de p q : ~ p ex. Determinar:

Leia mais

Aula 03 Estruturas Condicionais. Prof. Filipe Wall Mutz

Aula 03 Estruturas Condicionais. Prof. Filipe Wall Mutz Aula 03 Estruturas Condicionais Prof. Filipe Wall Mutz Agenda Operadores Relacionais Estrutura Condicional Operadores Lógicos É comum nos algoritmos surgirem situações em que a execução de uma ação está

Leia mais

Resumo aula. Conceituação; Origem; Lógica de programação; Argumentos; Lógica simbólica; Dedutivos; Indutivos;

Resumo aula. Conceituação; Origem; Lógica de programação; Argumentos; Lógica simbólica; Dedutivos; Indutivos; Aula 02 - Lógica Disciplina: Algoritmos Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: allbert.almeida@fatec.sp.gov.br Site: http://www.allbert.com.br /allbert.almeida Resumo aula Conceituação; Origem;

Leia mais

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pastor Rodrigo Moraes Igreja Nova Aliança Ministério Atraindo Vidas Para Deus - AVD 2015 Prefácio Esta é uma obra com o intuito de mostrar com

Leia mais

Lógica Dedutiva e Falácias

Lógica Dedutiva e Falácias Lógica Dedutiva e Falácias Aula 3 Prof. André Martins Lógica A Lógica é o ramo do conhecimento humano que estuda as formas pelas quais se pode construir um argumento correto. O que seria um raciocínio

Leia mais

Prof. Jorge Cavalcanti

Prof. Jorge Cavalcanti Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Computação Matemática Discreta - 01 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Deixando de odiar Matemática Parte 4

Deixando de odiar Matemática Parte 4 Deixando de odiar Matemática Parte 4 Fatoração 2 Quantidade de divisores de um número natural 3 Mínimo Múltiplo Comum 5 Simplificação de Frações 7 Máximo Divisor Comum 8 Método da Fatoração Simultânea

Leia mais

VERDADE E VALIDADE, PROPOSIÇÃO E ARGUMENTO

VERDADE E VALIDADE, PROPOSIÇÃO E ARGUMENTO ENADE 2005 e 2008 1 O que B. Russell afirma da matemática, em Misticismo e Lógica: "uma disciplina na qual não sabemos do que falamos, nem se o que dizemos é verdade", seria particularmente aplicável à

Leia mais

A álgebra nas profissões

A álgebra nas profissões A álgebra nas profissões A UUL AL A Nesta aula, você vai perceber que, em diversas profissões e atividades, surgem problemas que podem ser resolvidos com o auxílio da álgebra. Alguns problemas são tão

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Ano X - Concurso Público Conteúdo

Apostilas OBJETIVA Ano X - Concurso Público Conteúdo Conteúdo Introdução Estruturas lógicas. 2 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 3 Lógica sentencial (ou proposicional). 3.1 Proposições simples e compostas. 3.2 Tabelas-verdade.

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte I Conceitos

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS TADS 2008/1 1º PERÍODO MP1 1º ETAPA 11/07/2008 MATEMÁTICA PARA COMPUTAÇÃO 2008/1

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS TADS 2008/1 1º PERÍODO MP1 1º ETAPA 11/07/2008 MATEMÁTICA PARA COMPUTAÇÃO 2008/1 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS TADS 2008/1 1º PERÍODO MP1 1º ETAPA 11/07/2008 MATEMÁTICA PARA COMPUTAÇÃO 2008/1 Dados de identificação do Aluno: Nome: Login: Cidade: CA: Data da Prova: / / ORIENTAÇÃO

Leia mais

Critérios de Divisibilidade

Critérios de Divisibilidade Critérios de Divisibilidade Introdução Se você procurar pela Internet, irá encontrar dezenas de sites que falam sobre este assunto, alguns muito bons por sinal, mas a grande maioria deles embora apresentem

Leia mais

Vimos que a todo o argumento corresponde uma estrutura. Por exemplo ao argumento. Se a Lua é cúbica, então os humanos voam.

Vimos que a todo o argumento corresponde uma estrutura. Por exemplo ao argumento. Se a Lua é cúbica, então os humanos voam. Matemática Discreta ESTiG\IPB 2012/13 Cap1 Lógica pg 10 Lógica formal (continuação) Vamos a partir de agora falar de lógica formal, em particular da Lógica Proposicional e da Lógica de Predicados. Todos

Leia mais

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA AULA 20 PG 1 Este material é parte integrante da disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica oferecido pela UNINOVE. O acesso às atividades, as leituras interativas, os exercícios, chats, fóruns de discussão

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Mundos sucientes e tempo, aula 2 de Aulas Informais de Semântica Formal (Bach 1987) Luiz Arthur Pagani

Mundos sucientes e tempo, aula 2 de Aulas Informais de Semântica Formal (Bach 1987) Luiz Arthur Pagani Mundos sucientes e tempo, aula 2 de Aulas Informais de Semântica Formal (Bach 1987) Luiz Arthur Pagani 1 Que tipo de estrutura de modelos é apropriada ou adequada para as línguas naturais? (p. 15) gramática

Leia mais

Raciocínio lógico matemático

Raciocínio lógico matemático Raciocínio lógico matemático Unidade 2: Introdução à lógica Seção 2.1: O que é a lógica? 1 Lógica Parte da filosofia que trata das formas do pensamento em geral e das operações intelectuais que visam determinar

Leia mais

1. = F; Q = V; R = V.

1. = F; Q = V; R = V. ENADE 2005 e 2008 Nas opções abaixo, representa o condicional material (se...então...), v representa a disjunção (ou um, ou outro, ou ambos) e ~ representa a negação (não). Com o auxílio de tabelas veritativas,

Leia mais

Análise e Resolução da prova de Agente de Polícia Federal Disciplina: Raciocínio Lógico Professor: Custódio Nascimento

Análise e Resolução da prova de Agente de Polícia Federal Disciplina: Raciocínio Lógico Professor: Custódio Nascimento Análise e Resolução da prova de Agente de Polícia Federal Disciplina: Professor: Custódio Nascimento 1- Análise da prova Análise e Resolução da prova de Agente / PF Neste artigo, farei a análise das questões

Leia mais

MARATONA INSS. Prof. Josimar Padilha

MARATONA INSS. Prof. Josimar Padilha MARATONA INSS Prof. Josimar Padilha Mariana é uma estudante que tem grande apreço pela matemática, apesar de achar essa uma área muito difícil. Sempre que tem tempo suficiente para estudar, Mariana é aprovada

Leia mais

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO SENTENÇAS OU PROPOSIÇÕES MODIICADORES São os elementos que expressam uma idéia, mesmo que absurda. Estudaremos apenas as proposições declarativas, que podem ser classificadas ou só como verdadeiras (),

Leia mais

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital 1 2 Por Tiago Bastos Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa Seu Primeiro Negócio Digital" não pode fazer garantias sobre

Leia mais

SUB14 Campeonato de Resolução de Problemas de Matemática Edição 2008/2009

SUB14 Campeonato de Resolução de Problemas de Matemática Edição 2008/2009 A dúvida das idades Das quatro afirmações que se seguem, 3 são verdadeiras e 1 é falsa. 1. O Francisco é mais velho do que o Filipe. 2. O Fábio é mais novo do que o Filipe. 3. A soma das idades do Filipe

Leia mais

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1

A paz já lá está A paz já lá está, Página 1 A paz já lá está! A paz já lá está, Página 1 A minha mensagem é muito, muito simples. Muitas pessoas vêm ouvir-me e sentam-se aí, meio tensas: "O que é que eu vou ouvir?" E eu digo-lhes sempre: "Relaxem."

Leia mais

DIREITOS HUMANOS PC-PE DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL TEORIA E EXERCÍCIOS

DIREITOS HUMANOS PC-PE DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL TEORIA E EXERCÍCIOS Aula 0 DIREITOS HUMANOS PC-PE Professor: Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 1 Breve Apresentação Prezado(as) Concurseiros(as) de Plantão, É com muito prazer que inicio o Curso de Teoria e Exercícios

Leia mais

Resumo de Aula: Notação científica kg. Potências positivas Potências negativas ,1

Resumo de Aula: Notação científica kg. Potências positivas Potências negativas ,1 Resumo de Aula: Notação científica. 1- Introdução Este resumo não trata exatamente sobre física, é sobre uma das formas que expressamos os resultados numéricos em ciências em geral (e na física em particular).

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS MEDIO TECNICO - CENTRO 29/11 PROVA. Unidade Centro

CONCURSO DE BOLSAS MEDIO TECNICO - CENTRO 29/11 PROVA. Unidade Centro CONCURSO DE BOLSAS MEDIO TECNICO - CENTRO 29/11 PROVA Unidade Centro 2 CONCURSOS DE BOLSAS 2015 COLÉGIOS UNIVAP UNIDADE CENTRO EDITAL A Fundação Valeparaibana de Ensino - FVE torna pública a realização

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013

1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 1ª RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 02, DE 06 DE SETEMBRO DE 2013 O Tribunal de Contas do Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, nos termos estabelecidos no subitem 13.36, torna pública a seguinte

Leia mais

Noções de Lógica. Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12.

Noções de Lógica. Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12. Noções de Lógica Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12. 2) Florianópolis é capital de SC. 3) O Brasil faz fronteira com a

Leia mais

9 passos para criar um negócio sem largar o emprego

9 passos para criar um negócio sem largar o emprego 9 passos para criar um negócio sem largar o emprego Antes de mais nada gostaria de deixar claro uma coisa: Em um determinado momento você vai precisar escolher entre trabalhar para alguém e trabalhar para

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2010

PROCESSO SELETIVO 2010 SOCIEDADE TÉCNICA EDUCACIONAL DA LAPA PROCESSO SELETIVO 2010 MANUAL DO CANDIDATO FAÇA AQUI SUA HISTÓRIA LAPA-PR FAEL FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA PROCESSO SELETIVO 2010 Curso de Licenciatura em Pedagogia

Leia mais

Lógica dos Conectivos: validade de argumentos

Lógica dos Conectivos: validade de argumentos Lógica dos Conectivos: validade de argumentos Renata de Freitas e Petrucio Viana IME, UFF 16 de setembro de 2014 Sumário Razões e opiniões. Argumentos. Argumentos bons e ruins. Validade. Opiniões A maior

Leia mais

(Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição.

(Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição. aula 07 (Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição. Professor: Renê Furtado Felix E-mail: rffelix70@yahoo.com.br Site: http://www.renecomputer.net/pdflog.html Negação de Proposições

Leia mais

Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich

Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich Aula de Raciocínio Lógico em Exercícios Questões MP/RJ Professora: Karine Waldrich Oi, pessoal, tudo bem? Vim aqui hoje para USAR a FGV. FGV SUA LINDA, VOU LHE USAR!! kkkkkk Brincadeiras à parte, vou usar

Leia mais

AULA 9 RAZÃO E PROPORÇÃO. 1. Determine a razão do primeiro para o segundo número:

AULA 9 RAZÃO E PROPORÇÃO. 1. Determine a razão do primeiro para o segundo número: AULA 9 RAZÃO E PROPORÇÃO 1. Determine a razão do primeiro para o segundo número: Para montar a razão, basta fazer o numerador sobre o denominador. Para esse exercício, temos: a) 1 para 9 = 9 1 b) para

Leia mais

PROVA / ANALISTA IBAMA - CESPE 2013

PROVA / ANALISTA IBAMA - CESPE 2013 Uma extensa região de cerrado é monitorada por 0 fiscais do IBAMA para evitar a ação de carvoeiros ilegais. Dessa região, a vegetação de 87 km foi completamente arrancada e transformada ilegalmente em

Leia mais

Conjuntos Fuzzy e Lógica Fuzzy

Conjuntos Fuzzy e Lógica Fuzzy 1 Introdução Conjuntos Fuzzy e Lógica Fuzzy users.femanet.com.br/~fabri/fuzzy.htm Os Conjuntos Fuzzy e a Lógica Fuzzy provêm a base para geração de técnicas poderosas para a solução de problemas, com uma

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida TRF 3ª Região... 2

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida TRF 3ª Região... 2 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida TRF 3ª Região... 2 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Saiu o edital para Prefeitura de Teresina. Esta é a

Leia mais

Raciocínio lógico matemático

Raciocínio lógico matemático Raciocínio lógico matemático Unidade 2: Introdução à lógica Seção 2.3 Equivalências, contradições e tautologias 1 Proposições compostas Composta de duas ou mais proposições simples Tanto a primeira como

Leia mais

Aula Demonstrativa RACIOCÍNIO LÓGICO (ESAF) EM EXERCÍCIOS PARA AUDITOR E ANALISTA DA RECEITA FEDERAL Números e grandezas proporcionais; razão e

Aula Demonstrativa RACIOCÍNIO LÓGICO (ESAF) EM EXERCÍCIOS PARA AUDITOR E ANALISTA DA RECEITA FEDERAL Números e grandezas proporcionais; razão e Aula Demonstrativa RACIOCÍNIO LÓGICO (ESAF) EM EXERCÍCIOS PARA AUDITOR E ANALISTA DA RECEITA FEDERAL Números e grandezas proporcionais; razão e proporção; divisão proporcional; regra de três simples e

Leia mais

Edital do Concurso de Bolsas. Ano Letivo de 2017

Edital do Concurso de Bolsas. Ano Letivo de 2017 Edital do Concurso de Bolsas Ano Letivo de 2017 Página 1 de 5 A Fundação Valeparaibana de Ensino - FVE torna pública a realização do Concurso de Bolsas para o 1º ano do Ensino Médio/Técnico do Colégios

Leia mais

AULA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO

AULA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO Sumário CURSO TRT da 2ª Região - TJAA AULA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO 1. APRESENTAÇÃO DO CURSO...2 2. LÓGICA...4 3. CONECTIVOS LÓGICOS...8 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS... 19 5. EXERCÍCIOS SEM COMENTÁRIOS... 20 1

Leia mais

LEGISLAÇÃO ESPECIAL PC-PE AUXILIAR DE LEGISTA TEORIA E EXERCÍCIOS

LEGISLAÇÃO ESPECIAL PC-PE AUXILIAR DE LEGISTA TEORIA E EXERCÍCIOS Aula 0 LEGISLAÇÃO ESPECIAL PC-PE Professor: Ricardo Gomes www.pontodosconcursos.com.br 1 Breve Apresentação Prezado(as) Concurseiros(as) de Plantão, É com muito prazer que inicio o Curso de Teoria e Exercícios

Leia mais

Prof. Flávio Henrique de Lima Araújo 21

Prof. Flávio Henrique de Lima Araújo 21 Copiando a formatação de uma planilha para outra No exemplo abaixo estamos querendo elaborar duas planilhas que são muito semelhantes e queremos aproveitar a formação completa de uma na outra. Quando queremos

Leia mais

Ao utilizarmos os dados do problema para chegarmos a uma conclusão, estamos usando o raciocínio lógico.

Ao utilizarmos os dados do problema para chegarmos a uma conclusão, estamos usando o raciocínio lógico. CENTRO UNVERSITÁRIO UNA NOÇÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Professor: Rodrigo Eustáquio Borges A disciplina Lógica Matemática tem como objetivo capacitar o aluno a reconhecer e aplicar os conceitos fundamentais

Leia mais

Matemática Régis Cortes. Lógica matemática

Matemática Régis Cortes. Lógica matemática Lógica matemática 1 INTRODUÇÃO Neste roteiro, o principal objetivo será a investigação da validade de ARGUMENTOS: conjunto de enunciados dos quais um é a CONCLUSÃO e os demais PREMISSAS. Os argumentos

Leia mais

(Questões de provas resolvidas e comentadas) Carlos R. Torrente

(Questões de provas resolvidas e comentadas) Carlos R. Torrente (Questões de provas resolvidas e comentadas) Carlos R. Torrente Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Torrente, Carlos Roberto Raciocínio lógico

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 04 PROVAS 25 QUESTÕES. (2012, 2010 e 2008)

RACIOCÍNIO LÓGICO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TRT s 04 PROVAS 25 QUESTÕES. (2012, 2010 e 2008) RACIOCÍNIO LÓGICO FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS (FCC) TÉCNICO TRT s 04 PROVAS 25 QUESTÕES (2012, 2010 e 2008) A apostila contém provas de Raciocínio Lógico de concursos da Fundação Carlos Chagas (FCC), realizadas

Leia mais

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples André Gazola A vírgula é um dos elementos que causam mais confusão na Língua Portuguesa. Pouca gente sabe, ao certo, onde deve e onde não deve

Leia mais

Passando do português para a linguagem matemática.

Passando do português para a linguagem matemática. 1 Passando do português para a linguagem matemática. Professor Maurício 2 Um grande problema para quem está estudando matemática pela primeira vez é passar o enunciado (na forma de palavras e escrito em

Leia mais