GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /"

Transcrição

1 1 / GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 03 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1

2 2 / Raciocínio lógico matemático: proposições, conectivos, equivalência e implicação lógica Uma outra forma de cobrança em questões de concursos é quando ela pede a NEGAÇÃO de uma determinada proposição composta. NEGAÇÃO DE PROPOSIÇÕES COMPOSTAS Para facilitar o nosso trabalho futuramente, em questões que iremos resolver, vamos conhecer logo o que acontece com proposições compostas quando negativadas. Daí, conheceremos também quando duas proposições compostas são equivalentes. Para termos duas proposições equivalentes, é necessário que suas tabelas-verdade sejam idênticas. E vamos provar... Negação de uma proposição disjuntiva: Para negarmos uma proposição no formato de disjunção, faremos o seguinte: 1) Negaremos a primeira; 2) Negaremos a segunda; 3) Trocaremos OU por E. Para provarmos, vamos mostrar a tabela-verdade de ambas. A B A B ~(A B) A B ~A ~B (~A ~B) V V V V V F V F F V F V F F F F Conseguiram enxergar? Agora, toda vez que tivermos uma negação de uma conjunção, só precisaremos negar a primeira e a segunda proposição, e trocarmos OU por E. Agora, responda: qual é a negação de Bárbara não é bailarina ou Hector é músico? R: Negação de uma proposição conjuntiva: Bem parecida com a anterior. Faremos o seguinte: 1) Negaremos a primeira; 2) Negaremos a segunda; 3) Trocaremos E por OU. (comparem as duas!) R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 2

3 3 / Agora, montem a tabela-verdade para corroborar com o afirmado. A B A B ~(A B) A B ~A ~B (~A ~B) V V V V V F V F F V F V F F F F Então, resumindo: Em qualquer dos dois casos, negam-se as duas, depois é só trocar: se for E, coloca OU; se for OU coloca E. 01. A negação da afirmação a onça é pintada ou a zebra não é listrada é: (A) a onça não é pintada ou a zebra é listrada. (B) a onça não é pintada ou a zebra não é listrada. (C) a onça não é pintada e a zebra é listrada. (D) a onça não é pintada e a zebra não é listrada. (E) a onça não é pintada ou a zebra pode ser listrada. 02. Assinale a alternativa que apresenta a negação da proposição: Mauro gosta de rock ou João gosta de samba. (A) Mauro gosta de rock ou João não gosta de rock. (B) Mauro gosta de rock se João não gosta de samba. (C) Mauro não gosta de rock ou João não gosta de samba. (D) Mauro não gosta de rock se, e somente se João não gosta de samba. (E) Mauro não gosta de rock e João não gosta de samba. 03. Do ponto de vista da lógica matemática a negação da frase: Marcos foi ao cinema ou Maria foi fazer compras é a frase: (A) Marcos não foi ao cinema ou Maria não foi fazer compras. (B) Marcos foi ao cinema e Maria foi fazer compras. (C) Marcos não foi ao cinema, então Maria não foi fazer compras. (D) Marcos não foi ao cinema e Maria não foi fazer compras. (E) Marcos não foi ao cinema e Maria foi fazer compras. R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 3

4 4 / Negação de uma proposição condicional: Para negarmos uma condicional, basta: 1) Mantermos a primeira; 2) Negarmos a segunda; 3) junta-las com o conectivo E. A B (A B) ~(A B) A B ~B (A ~B) V V V V V F V F F V F V F F F F Existe uma outra forma de encontrarmos uma equivalência entre ~(A B). Ora, o resultado foi a conjunção (A ~B). Aí, nós já descobrimos que a negação de uma será uma conjunção. Então, teremos: ~(A B) = (A ~B) = ~(~A B) Complicou? Então, vamos tentar na prática! 04. A negação da proposição Se o candidato estuda, então passa no concurso é: (A) o candidato não estuda e passa no concurso. (B) o candidato estuda e não passa no concurso. (C) se o candidato estuda, então não passa no concurso. (D) se o candidato não estuda, então passa no concurso. (E) se o candidato não estuda, então não passa no concurso. 05. A negação da proposição se Paulo estuda, então Marta é atleta é logicamente equivalente à proposição: (A) Paulo não estuda e Marta não é atleta. (B) Paulo estuda e Marta não é atleta. (C) Paulo estuda ou Marta não é atleta. (D) se Paulo não estuda, então Marta não é atleta. E) Paulo não estuda ou Marta não é atleta R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 4

5 5 / Uma questão diferente... Poucas vezes encontramos questões de negação que não sejam com os 3 conectivos estudados. Nesse caso, vale a pena dar uma olhada na tabela-verdade para ajudá-los na resposta. 06. A negação da proposição Alfredo vai ao médico se, e somente se, está doente é a da alternativa: (A) Se Alfredo não vai ao médico, então ele não está doente. (B) Alfredo vai ao médico e não está doente. (C) Ou Alfredo vai ao médico, ou Alfredo está doente. (D) Alfredo está doente e não vai ao médico. (E) Alfredo vai ao médico ou não está doente e está doente ou não vai ao médico. Após esse estudo, vocês estarão aptos a trabalhar com equivalências e negações com os conectivos E, OU e SE...ENTÃO. Com as regras explicadas acima, vocês poderão encontrar: 1. a partir do E, uma proposição com OU e outra com SE...ENTÃO ; 2. a partir do OU, uma proposição com E e outra com SE...ENTÃO ; 3. a partir do SE...ENTÃO, uma proposição com E e outra com OU. 07. A negação da sentença A Terra é chata e a Lua é um planeta. é: (A) Se a Terra é chata, então a Lua não é um planeta. (B) Se a Lua não é um planeta, então a Terra não é chata. (C) A Terra não é chata e a Lua não é um planeta. (D) A Terra não é chata ou a Lua é um planeta. (E) A Terra não é chata se a Lua não é um planeta. CONDIÇÃO NECESSÁRIA E CONDIÇÃO SUFICIENTE O uso das expressões condição suficiente e condição necessária pode ser traduzida como a utilização do conectivo condicional (Se... então). Lembram-se do nosso exemplo no item 3.3? Vamos ver como fica. Se digo Paulo ser cearense é condição suficiente para Paulo ser brasileiro. Resumindo: para Paulo ser brasileiro só precisa ele ser cearense. Captaram??? Agora, se dissermos Paulo ser brasileiro é condição necessária para Paulo ser cearense, teremos o mesmo resultado. Ora, é necessário, para Paulo ser cearense, Paulo ser brasileiro. Ou existe cearense não-brasileiro? Só em Sobral (piadinha de cearense...). Usando essa nomenclatura, podemos chager às seguintes conclusões: A primeira parte da condicional é uma condição suficiente; A segunda parte da condicional é uma condição necessária; Uma condição suficiente gera um resultado necessário. R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 5

6 6 / Considere que: se o dia está bonito, então não chove. Desse modo: (A) não chover é condição necessária para o dia estar bonito. (B) não chover é condição suficiente para o dia estar bonito. (C) chover é condição necessária para o dia estar bonito. (D) o dia estar bonito é condição necessária e suficiente para chover. (E) chover é condição necessária para o dia não estar bonito. 09. Se Marcos não estuda, João não passeia. Logo: (A) Marcos estudar é condição necessária para João não passear. (B) Marcos estudar é condição suficiente para João passear. (C) Marcos não estudar é condição necessária para João não passear. (D) Marcos não estudar é condição suficiente para João passear. (E) Marcos estudar é condição necessária para João passear. PH, pode acontecer de uma proposição aparecer condição suficiente E necessária? TAUTOLOGIA, CONTRADIÇÃO E CONTINGÊNCIA Calma que não estou xingando ninguém! Já vimos que uma proposição composta é formada por várias proposições. Os termos acima citados referem-se ao resultado lógico dessas proposições. Assim: Tautologia Contradição Contingência Quando todos os valores lógicos de uma tabela-verdade têm como resultado VERDADEIRO Quando todos os valores lógicos de uma tabela-verdade têm como resultado FALSO Quando não for tautologia, nem contradição 10. A proposição na copa de 2010 o Brasil será hexacampeão ou não será hexacampeão, é um exemplo de: (A) Contradição. (B) Equivalência. (C) Contingência. (D) Conjunção. (E) Tautologia. R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 6

7 7 / A proposição (P V Q) (Q ^ P) é uma tautologia. (Verdadeiro) (Falso) 12. Um enunciado é uma tautologia quando não puder ser falso. Assinale a alternativa que contém um enunciado que é uma tautologia. (A) Está chovendo e não está chovendo. (C) Se está chovendo, então não está chovendo. (E) Não está chovendo. (B) Está chovendo. (D) Está chovendo ou não está chovendo. Agora, veremos proposições que utilizam os termos Todo, algum e nenhum. Também utilizaremos esses conceitos quando estudarmos, um pouco mais a frente, a parte de DIAGRAMAS LÓGICOS. Exemplos: (1) Todo cearense é brasileiro (2) Algum rondoniense (não) é casado (3) Nenhum estudante é professor (4) Há pelo menos um policial honesto TODO, ALGUM E NENHUM Como também são proposições, podemos ter equivalências e negações! Preenchendo a tabela abaixo, fica muito fácil a resolução de questões. Vamos preenchê-la: Proposição Equivalência Negação Todo Paulo é bonito Nenhum Paulo é feio Algum Paulo é modesto Algum Paulo não é metido Sabendo esta tabela, conseguiremos resolver tranquilamente as questões que aparecerem. 13. Qual a negação da proposição Algum funcionário da agência P do Banco do Brasil tem menos de 20 anos? (A) Todo funcionário da agência P do Banco do Brasil tem menos de 20 anos. (B) Não existe funcionário da agência P do Banco do Brasil com 20 anos. (C) Algum funcionário da agência P do Banco do Brasil tem mais de 20 anos. (D) Nenhum funcionário da agência P do Banco do Brasil tem menos de 20 anos. (E) Nem todo funcionário da agência P do Banco do Brasil tem menos de 20 anos. R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 7

8 8 / Qual é a negação de Todos os alunos gostam de matemática? (A) Nenhum aluno gosta de matemática. (B) Existem alunos que gostam de matemática. (C) Existem alunos que não gostam de matemática. (D) Pelo menos um aluno gosta de matemática. (E) Apenas um aluno não gosta de matemática. 15. Considere a proposição: sozinho às vezes, mas mal acompanhado nunca. Do ponto de vista lógico-matemático, assinale a alternativa que indica uma proposição equivalente à sua negação. (A) Nunca sozinho, ou mal acompanhado às vezes. (B) Sozinho sempre, ou mal acompanhado às vezes. (C) Nunca sozinho, e mal acompanhado sempre. (D) Sozinho nunca e mal acompanhado às vezes. (E) Sozinho às vezes, e mal acompanhado sempre. Final da aula de hoje, meu povo! Seguem abaixo algumas questões de fixação! Beijo no papai e na mamãe, PH R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 8

9 9 / Exemplo 1 : Seja a proposição p: Maria é estagiária e a proposição q: Marcos é estudante. A negação da frase Maria é estagiária ou Marcos é estudante" é equivalente a: (A) Maria não é estagiária ou Marcos não é estudante. (B) Se Maria não é estagiária, então Marcos não é estudante. (C) Maria não é estagiária, se e somente se, Marcos não é estudante. (D) Maria não é estagiária e Marcos não é estudante. Exemplo 2 : De acordo com o raciocínio lógico matemático, pode- se afirmar que a negação da disjunção entre duas proposições compostas (p v q) é equivalente a: (A) ~p v ~q (B) ~p v q (C) p ^ ~q (D) ~p ^ ~q Exemplo 3 : A negação lógico-matemática de está chovendo lá fora e eu estou dentro de casa é (A) não está chovendo lá fora ou eu não estou dentro de casa. (B) está chovendo lá fora e eu não estou dentro de casa. (C) não está chovendo lá fora e eu estou dentro de casa. (D) não está chovendo lá fora nem eu estou dentro de casa. (E) não está chovendo lá fora ou eu estou dentro de casa. Exemplo 4 : Se A e B são proposições, completando a tabela abaixo, se necessário, conclui-se que a proposição (A v B) A ^ B é uma tautologia. (Verdadeiro) (Falso) 1 Gabarito: letra D 2 Gabarito: letra D 3 Gabarito: letra A 4 Gabarito: V R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 9

10 10 / Exemplo 5 : A negação de À noite, todos os gatos são pardos é: (A) De dia, todos os gatos são pardos. (B) De dia, nenhum gato é pardo. (C) De dia, existe pelo menos um gato que não é pardo. (D) À noite, existe pelo menos um gato que não é pardo. (E) À noite, nenhum gato é pardo. Exemplo 6 : A negação de Nenhum rondoniense é casado é: (A) há pelo menos um rondoniense casado. (B) alguns casados são rondonienses. (C) todos os rondonienses são casados. (D) todos os casados são rondonienses. (E) todos os rondonienses são solteiros. Exemplo 7 : Dizer que não é verdade que Lúcia é magra e Lucas gosta de chocolate é logicamente equivalente a dizer que é verdade que: (A) Se Lúcia não é magra, então Lucas não gosta de chocolate. (B) Se Lúcia não é magra, então Lucas gosta de chocolate. (C) Lúcia é magra ou Lucas não gosta de chocolate. (D) Lúcia não é magra e Lucas não gosta de chocolate. (E) Lúcia não é magra ou Lucas não gosta de chocolate. Exemplo 8 : Marque a alternativa que contém a negação da proposição Todos os carros são velozes. (A) Apenas um dos carros é veloz. (C) Pelo menos um carro é veloz. (E) Todos os carros são lentos. (B) Pelo menos um carro é lento. (D) Apenas um dos carros é lento. Exemplo 9 : Se p e q são proposições e ~p e ~q suas respectivas negações, então podemos dizer que (p q) (~q ^ p) é uma: (A) Tautologia (C) Contradição (B) Contingência (D) Equivalência 5 Gabarito: letra D 6 Gabarito: letra A 7 Gabarito: letra D 8 Gabarito: letra B 9 Gabarito: letra C R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 10

11 11 / Exemplo 10 : Assinale a alternativa que contém a negação da sentença lógica Se fizer frio, eu compro um agasalho. (A) Se não fizer frio, eu compro um agasalho. (B) Faz frio e eu não compro um agasalho. (C) Não faz frio e eu não compro um agasalho. E) Não faz frio e eu compro um agasalho. (D) Se fizer frio, eu não compro um agasalho. 10 Gabarito: letra B R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 11

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula / 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 02 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula / 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 04 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

Proposições simples e compostas

Proposições simples e compostas Revisão Lógica Proposições simples e compostas Uma proposição é simples quando declara algo sem o uso de conectivos. Exemplos de proposições simples: p : O número 2 é primo. (V) q : 15 : 3 = 6 (F) r :

Leia mais

A CASA DO SIMULADO DESAFIO QUESTÕES MINISSIMULADO 17/360

A CASA DO SIMULADO DESAFIO QUESTÕES MINISSIMULADO 17/360 1 DEMAIS SIMULADOS NO LINK ABAIXO CLIQUE AQUI REDE SOCIAL SIMULADO 17/360 RLM INSTRUÇÕES TEMPO: 30 MINUTOS MODALIDADE: CERTO OU ERRADO 30 QUESTÕES CURTA NOSSA PÁGINA MATERIAL LIVRE Este material é GRATUITO

Leia mais

Raciocínio Lógico (Professor Uendel)

Raciocínio Lógico (Professor Uendel) Raciocínio Lógico (Professor Uendel) Material (02); SEFAZ; JULHO DE 2017 (Álgebra das Proposições) PROPOSIÇÕES EQUIVALENTES P Q Lê se: P é LOGICAMENTE equivalent e a Q São proposições cujas tabelas-verdade

Leia mais

Fundamentos da Lógica I

Fundamentos da Lógica I Fundamentos da Lógica I O conceito mais elementar no estudo da lógica primeiro a ser visto é o de Proposição. Trata-se, tão somente, de uma sentença algo que será declarado por meio de palavras ou de símbolos

Leia mais

RECEITA FEDERAL ANALISTA

RECEITA FEDERAL ANALISTA SENTENÇAS OU PROPOSIÇÕES São os elementos que expressam uma idéia, mesmo que absurda. Estudaremos apenas as proposições declarativas, que podem ser classificadas ou só como verdadeiras (V), ou só como

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO PROPOSIÇÕES LÓGICAS

RACIOCÍNIO LÓGICO PROPOSIÇÕES LÓGICAS 1 RACIOCÍNIO LÓGICO PROPOSIÇÕES LÓGICAS 2 TIPOS DE PROPOSIÇÃO Simples ou Atômicas Oscar é prudente; Mário é engenheiro; Maria é morena. 3 TIPOS DE PROPOSIÇÃO Composta ou Molecular Walter é engenheiro E

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CCA/ UFES Departamento de Engenharia Rural. Lista de exercícios 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CCA/ UFES Departamento de Engenharia Rural. Lista de exercícios 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CCA/ UFES Departamento de Engenharia Rural Disciplina: Lógica Computacional I Professora: Juliana Pinheiro Campos Data: 25/08/2011 Lista

Leia mais

Raciocínio lógico matemático

Raciocínio lógico matemático Raciocínio lógico matemático Unidade 2: Introdução à lógica Seção 2.3 Equivalências, contradições e tautologias 1 Proposições compostas Composta de duas ou mais proposições simples Tanto a primeira como

Leia mais

Unidade: Proposições Logicamente Equivalentes. Unidade I:

Unidade: Proposições Logicamente Equivalentes. Unidade I: Unidade: Proposições Logicamente Equivalentes Unidade I: 0 Unidade: Proposições Logicamente Equivalentes Nesta unidade, veremos a partir de nossos estudos em tabelas-verdade as proposições logicamente

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de proposições quantificadas Relação das questões comentadas Gabaritos...

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de proposições quantificadas Relação das questões comentadas Gabaritos... Aula demonstrativa Apresentação... 2 Negação de proposições quantificadas... 10 Relação das questões comentadas... 14 Gabaritos... 15 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Esta é a aula demonstrativa

Leia mais

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO SENTENÇAS OU PROPOSIÇÕES MODIICADORES São os elementos que expressam uma idéia, mesmo que absurda. Estudaremos apenas as proposições declarativas, que podem ser classificadas ou só como verdadeiras (),

Leia mais

Campos Sales (CE),

Campos Sales (CE), UNIERSIDADE REGIONAL DO CARIRI URCA PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO PROGRAD UNIDADE DESCENTRALIZADA DE CAMPOS SALES CAMPI CARIRI OESTE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA DISCIPLINA: Tópicos de Matemática SEMESTRE:

Leia mais

Aula 00. Matemática, Estatística e Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves

Aula 00. Matemática, Estatística e Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves Aula 00 Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal! Saiu o edital da Polícia Civil do Distrito Federal. A banca organizadora será

Leia mais

Aula 1 Teoria com resolução de questões FGV

Aula 1 Teoria com resolução de questões FGV Aula 1 Teoria com resolução de questões FGV AULA 01 Olá futuro servidor do TRT 12, Meu nome é Fabio Paredes, sou professor de Raciocínio Lógico Matemático e terei o prazer de ajudá-los nesta árdua missão

Leia mais

APOSTILA DE LÓGICA. # Conceitos iniciais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE

APOSTILA DE LÓGICA. # Conceitos iniciais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE INSTITUTO EDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CÂMPUS APODI Sítio Lagoa do Clementino, nº 999, RN 233, Km 2, Apodi/RN, 59700-971. one (084) 4005.0765 E-mail: gabin.ap@ifrn.edu.br

Leia mais

Rodada #1 Raciocínio Lógico

Rodada #1 Raciocínio Lógico Rodada #1 Raciocínio Lógico Professor Guilherme Neves Assuntos da Rodada Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações

Leia mais

Lógica Matemática. Prof. Gerson Pastre de Oliveira

Lógica Matemática. Prof. Gerson Pastre de Oliveira Lógica Matemática Prof. Gerson Pastre de Oliveira Programa da Disciplina Proposições e conectivos lógicos; Tabelas-verdade; Tautologias, contradições e contingências; Implicação lógica e equivalência lógica;

Leia mais

ACLÉSIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO

ACLÉSIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO ACLÉSIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL 01. (IBFC 2016) A conjunção entre duas proposições compostas é verdadeira se: a) os valores lógicos de ambas as proposições forem falsos b) se o valor

Leia mais

Lógica das Proposições

Lógica das Proposições Lógica das Proposições Transcrição - Podcast 1 Professor Carlos Mainardes Olá eu sou Carlos Mainardes do blog Matemática em Concursos, e esse material que estou disponibilizando trata de um assunto muito

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL

RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL RACIOCÍNIO LÓGICO LÓGICA PROPOSICIONAL Atualizado em 12/11/2015 LÓGICA PROPOSICIONAL Lógica é a ciência que estuda as leis do pensamento e a arte de aplicá-las corretamente na investigação e demonstração

Leia mais

Com base nesse conteúdo, planejei o curso da seguinte maneira: Aula Conteúdo Data. Aula 00 Demonstrativa. Já disponível

Com base nesse conteúdo, planejei o curso da seguinte maneira: Aula Conteúdo Data. Aula 00 Demonstrativa. Já disponível Raciocínio Lógico p/ POLITEC-MT agrega alguns assuntos da matemática básica estudada no ensino médio. Vamos dar uma olhada no conteúdo: RACIOCÍNIO LÓGICO 1. Estruturas lógicas. 2. Lógica sentencial ou

Leia mais

QUESTÕES REVISÃO DE VÉSPERA FUNAI

QUESTÕES REVISÃO DE VÉSPERA FUNAI QUESTÕES REVISÃO DE VÉSPERA FUNAI RACIOCÍNIO LÓGICO Prof. Josimar Padilha EDITAL: RACIOCÍNIO LÓGICO E QUANTITATIVO: 1. Lógica e raciocínio lógico: problemas envolvendo lógica e raciocínio lógico. 2. Proposições:

Leia mais

Unidade II LÓGICA. Profa. Adriane Paulieli Colossetti

Unidade II LÓGICA. Profa. Adriane Paulieli Colossetti Unidade II LÓGICA Profa. Adriane Paulieli Colossetti Relações de implicação e equivalência Implicação lógica Dadas as proposições compostas p e q, diz-se que ocorre uma implicação lógica entre p e q quando

Leia mais

Raciocínio Lógico. Negação da Conjunção e Disjunção Inclusiva (Lei de Morgan) Professor Edgar Abreu.

Raciocínio Lógico. Negação da Conjunção e Disjunção Inclusiva (Lei de Morgan) Professor Edgar Abreu. Raciocínio Lógico Negação da Conjunção e Disjunção Inclusiva (Lei de Morgan) Professor Edgar Abreu www.acasadoconcurseiro.com.br Raciocínio Lógico NEGAÇÃO DE UMA PROPOSIÇÃO COMPOSTA Agora vamos aprender

Leia mais

01/02/2016 LÓGICA MATEMÁTICA. Conectivos lógicos e tabela verdade. Os conectivos lógicos são utilizados para formar novas preposições.

01/02/2016 LÓGICA MATEMÁTICA. Conectivos lógicos e tabela verdade. Os conectivos lógicos são utilizados para formar novas preposições. LÓGICA MATEMÁTICA Prof Esp Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmailcom http://fabianotaguchiwordpresscom Conectivos lógicos e tabela verdade CONECTIVOS LÓGICOS Os conectivos lógicos são utilizados para formar

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CÂMPUS ALEGRETE

INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CÂMPUS ALEGRETE 1 1. LÓGICA SETENCIAL E DE PRIMEIRA Conceito de proposição ORDEM Chama-se proposição todo o conjunto de palavras ou símbolos que exprimem um pensamento de sentido completo, seja este verdadeiro ou falso.

Leia mais

Proposições. Belo Horizonte é uma cidade do sul do Brasil = 4. A Terra gira em torno de si mesma. 5 < 3

Proposições. Belo Horizonte é uma cidade do sul do Brasil = 4. A Terra gira em torno de si mesma. 5 < 3 Proposições Lógicas Proposições O principal conceito usado nos estudos da lógica matemática é o de uma proposição. Uma proposição é essencialmente uma afirmação, transmite pensamentos completos, afirmando

Leia mais

Matemática Régis Cortes. Lógica matemática

Matemática Régis Cortes. Lógica matemática Lógica matemática 1 INTRODUÇÃO Neste roteiro, o principal objetivo será a investigação da validade de ARGUMENTOS: conjunto de enunciados dos quais um é a CONCLUSÃO e os demais PREMISSAS. Os argumentos

Leia mais

Gestão Empresarial Prof. Ânderson Vieira

Gestão Empresarial Prof. Ânderson Vieira NOÇÕES DE LÓGICA Gestão Empresarial Prof. Ânderson ieira A maioria do texto apresentado neste arquivo é do livro Fundamentos de Matemática Elementar, ol. 1, Gelson Iezzi e Carlos Murakami (eja [1]). Algumas

Leia mais

Uma proposição composta é uma contradição, se for sempre falsa, independentemente do valor lógico das proposições simples que a compõem.

Uma proposição composta é uma contradição, se for sempre falsa, independentemente do valor lógico das proposições simples que a compõem. Tautologia Uma proposição composta é uma tautologia, se for sempre verdadeira, independentemente do valor lógico das proposições simples que a compõem. Exemplos: Contradição Uma proposição composta é uma

Leia mais

Aula 00 Aula Demonstrativa

Aula 00 Aula Demonstrativa Aula 00 Aula Demonstrativa Apresentação... 2 Resolução da prova de RLQ do concurso PECFAZ 2013/ESAF... 4 Relação das questões comentadas... 17 Gabaritos... 20 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO IPERGS 2013 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR (BANCA: LA SALLE) COMENTADA

RACIOCÍNIO LÓGICO IPERGS 2013 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR (BANCA: LA SALLE) COMENTADA PROVA DE IPERGS 2013 CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR (BANCA: LA SALLE) COMENTADA 26. Assinale a alternativa que contém uma expressão equivalente à proposição Se o povo cumprir seus deveres, então seus direitos

Leia mais

DNIT RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO PROFESSORA: KARINE WALDRICH

DNIT RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO PROFESSORA: KARINE WALDRICH AULA 1 1. Aula 1: Estruturas Lógicas. Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. Lógica sentencial (ou proposicional): proposições simples e compostas; tabelas-verdade; equivalências;

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Raciocínio Lógico para PCDF. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal! Em breve teremos o concurso para Polícia Civil do Distrito Federal. A banca organizadora

Leia mais

1. Princípio da não-contradição: Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa

1. Princípio da não-contradição: Uma proposição não pode ser verdadeira e falsa Raciocínio Lógico Lógica estuda as formas ou estruturas do pensamento, isto é, seu propósito é estudar e estabelecer propriedades das relações formais entre as proposições. DEFINIÇÃO: Proposição: conjunto

Leia mais

Lógica Proposicional Parte I. Raquel de Souza Francisco Bravo 11 de outubro de 2016

Lógica Proposicional Parte I. Raquel de Souza Francisco Bravo   11 de outubro de 2016 Lógica Proposicional Parte I e-mail: raquel@ic.uff.br 11 de outubro de 2016 Lógica Matemática Cáculo Proposicional Uma aventura de Alice Alice, ao entrar na floresta, perdeu a noção dos dias da semana.

Leia mais

Lógica Texto 11. Texto 11. Tautologias. 1 Comportamento de um enunciado 2. 2 Classificação dos enunciados Exercícios...

Lógica Texto 11. Texto 11. Tautologias. 1 Comportamento de um enunciado 2. 2 Classificação dos enunciados Exercícios... Lógica para Ciência da Computação I Lógica Matemática Texto 11 Tautologias Sumário 1 Comportamento de um enunciado 2 1.1 Observações................................ 4 2 Classificação dos enunciados 4 2.1

Leia mais

Rodada #01 Raciocínio Lógico

Rodada #01 Raciocínio Lógico Rodada #01 Raciocínio Lógico Professor Guilherme Neves Assuntos da Rodada MATEMÁTICA 1. Operações com números reais. 2. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum. 3. Razão e proporção. 4. Porcentagem.

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico. Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Aula 00. Raciocínio Lógico. Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich Aula 00 Raciocínio Lógico para MP-RJ Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Oi, tudo bem? Meu nome é Karine Waldrich. Nasci em Blumenau,

Leia mais

Afirmações Matemáticas

Afirmações Matemáticas Afirmações Matemáticas Na aula passada, vimos que o objetivo desta disciplina é estudar estruturas matemáticas, afirmações sobre elas e como provar essas afirmações. Já falamos das estruturas principais,

Leia mais

Prof. João Giardulli. Unidade I LÓGICA

Prof. João Giardulli. Unidade I LÓGICA Prof. João Giardulli Unidade I LÓGICA Introdução A primeira qualidade do estilo é a clareza. Aristóteles Introdução Aristóteles é considerado o precursor da lógica. Aristóteles (384-322 a.c.) Introdução

Leia mais

LISTA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO TRIBUNAIS 2014 LISTA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO TRIBUNAIS 2014

LISTA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO TRIBUNAIS 2014 LISTA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO TRIBUNAIS 2014 LISTA 01 RACIOCÍNIO LÓGICO TRIBUNAIS 2014 1) Determinar o valor verdade da proposição (p q) r, sabendo-se que AL (p) =, AL (q) = e AL (r) =. Proposições são afirmações que podem ser julgadas como verdadeira

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 3 www.pontodosconcursos.com.br 1 Apresentação Olá, pessoal Tudo bem com vocês? Em breve teremos o concurso do TCM/RJ e sabemos

Leia mais

LÓGICA PROPOSICIONAL

LÓGICA PROPOSICIONAL FACULDADE PITÁGORAS Curso Superior em Tecnologia Redes de Computadores e Banco de dados Matemática Computacional Prof. Ulisses Cotta Cavalca LÓGICA PROPOSICIONAL Belo Horizonte/MG

Leia mais

Lógica e Metodologia Jurídica

Lógica e Metodologia Jurídica Lógica e Metodologia Jurídica Argumentos e Lógica Proposicional Prof. Juliano Souza de Albuquerque Maranhão julianomaranhao@gmail.com Puzzle 2 pessoas A e B fazem uma oferta um ao outro. O problema é identificar

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Modelos de questões resolvidas IBFC... 4 1 Apresentação Olá, pessoal Tudo bem com vocês? Finalmente saiu o edital do TCM/RJ Para quem ainda não me conhece, meu nome

Leia mais

Gabarito da Primeira Lista de Exercícios

Gabarito da Primeira Lista de Exercícios Introdução à Lógica Matemática Gabarito da Primeira Lista de Exercícios 1. Para cada uma das sentenças a seguir, faça o que se pede: i) Classificar como atômica, negação, conjunção, disjunção, implicação

Leia mais

PROVA RESOLVIDA TJ/SP RACIOCÍNIO LÓGICO. Professor Guilherme Neves.

PROVA RESOLVIDA TJ/SP RACIOCÍNIO LÓGICO. Professor Guilherme Neves. TJ/SP - 2017 RACIOCÍNIO LÓGICO Professor Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br www.pontodosconcursos.com.br Professor Guilherme Neves 1 91. Uma negação lógica para a afirmação João é rico, ou Maria

Leia mais

Lógica Proposicional Parte 2

Lógica Proposicional Parte 2 Lógica Proposicional Parte 2 Como vimos na aula passada, podemos usar os operadores lógicos para combinar afirmações criando, assim, novas afirmações. Com o que vimos, já podemos combinar afirmações conhecidas

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO TEORIA 86 EXERCÍCIOS POR ASSUNTOS RESOLVIDOS E QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS. Edição junho 2017

RACIOCÍNIO LÓGICO TEORIA 86 EXERCÍCIOS POR ASSUNTOS RESOLVIDOS E QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS. Edição junho 2017 RACIOCÍNIO LÓGICO TEORIA 86 EXERCÍCIOS POR ASSUNTOS RESOLVIDOS E QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS Edição junho 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada a reprodução total ou parcial deste material, por

Leia mais

Vimos que a todo o argumento corresponde uma estrutura. Por exemplo ao argumento. Se a Lua é cúbica, então os humanos voam.

Vimos que a todo o argumento corresponde uma estrutura. Por exemplo ao argumento. Se a Lua é cúbica, então os humanos voam. Matemática Discreta ESTiG\IPB 2012/13 Cap1 Lógica pg 10 Lógica formal (continuação) Vamos a partir de agora falar de lógica formal, em particular da Lógica Proposicional e da Lógica de Predicados. Todos

Leia mais

Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich Aula 00 Raciocínio Lógico para ANALISTA LEGISLATIVO - APOIO TÉCNICO AO PROCESSO LEGISLATIVO SENADO FEDERAL Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa

Leia mais

Lógica Formal. Matemática Discreta. Prof Marcelo Maraschin de Souza

Lógica Formal. Matemática Discreta. Prof Marcelo Maraschin de Souza Lógica Formal Matemática Discreta Prof Marcelo Maraschin de Souza Implicação As proposições podem ser combinadas na forma se proposição 1, então proposição 2 Essa proposição composta é denotada por Seja

Leia mais

Alex Lira. Olá, pessoal!!!

Alex Lira. Olá, pessoal!!! Olá, pessoal!!! Seguem abaixo os meus comentários das questões de Lógica que foram cobradas na prova para o cargo de Agente da Polícia Federal, elaborada pelo Cespe, realizada no último final de semana.

Leia mais

Noções de Lógica. Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12.

Noções de Lógica. Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12. Noções de Lógica Proposições Frases para as quais se pode atribuir o valor verdadeiro ou falso. Exs: 1) Quatro vezes três é igual a 12. 2) Florianópolis é capital de SC. 3) O Brasil faz fronteira com a

Leia mais

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula /

GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH. Professor Paulo Henrique PH Aula / 1 www.romulopassos.com.br / www.questoesnasaude.com.br GRATUITO RACIOCÍNIO LÓGICO - EBSERH Professor Paulo Henrique PH Aula 05-06 R A C I O C Í N I O L Ó G I C O E B S E R H a u l a 0 2 Página 1 2 www.romulopassos.com.br

Leia mais

Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich

Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich Aula 00 Raciocínio Lógico para ANALISTA TÉCNICO EM MATERIAL E PATRIMÔNIO CÂMARA DOS DEPUTADOS Aula Demonstrativa Professor: Karine Waldrich www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Oi,

Leia mais

Rodada #01 Raciocínio Lógico

Rodada #01 Raciocínio Lógico Rodada #01 Raciocínio Lógico Professor Guilherme Neves Assuntos da Rodada RACIOCÍNIO LÓGICO: Conjuntos e suas operações. Números naturais, inteiros, racionais e reais e suas operações. Representação na

Leia mais

Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar. Noções de Lógica

Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar. Noções de Lógica Nome: Data: Semestre: Curso: TADS Disciplina: Matemática Aplicada à Computação Professor: Shalimar Villar Noções de Lógica Proposição: É uma sentença declarativa, seja ela expressa de forma afirmativa

Leia mais

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno,

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno, CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4 Prezado Aluno, Neste EP daremos sequência ao nosso estudo da linguagem da lógica matemática. Aqui veremos o conectivo que causa mais dificuldades para os alunos e

Leia mais

Professor: Fabiano Vieira

Professor: Fabiano Vieira Raciocínio Lógico INSS: Técnico do Seguro Social - 2014 Professor: Fabiano Vieira Prof. Fabiano Vieira www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 22 RACIOCÍNIO LÓGICO Introdução Seja bem-vindo (a) ao curso

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO. Raciocínio Lógico Ficha 1 Prof. Nelson Carnaval

RACIOCÍNIO LÓGICO. Raciocínio Lógico Ficha 1 Prof. Nelson Carnaval RACIOCÍNIO LÓGICO Lógica proposicional Chama-se proposição toda sentença declarativa que pode ser classificada em verdadeira ou falsa, mas não as duas. Letras são usualmente utilizadas para denotar proposições.

Leia mais

Prof. Jorge Cavalcanti

Prof. Jorge Cavalcanti Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Computação Matemática Discreta - 01 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti www.twitter.com/jorgecav

Leia mais

Lógica para computação

Lógica para computação Lógica para computação PROPRIEDADES SEMÂNTICAS DA LÓGICA PROPOSICIONAL Professor Marlon Marcon Introdução Esta seção considera a análise de algumas propriedades semânticas da LP que relacionam os resultados

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO TABELA VERDADE

RACIOCÍNIO LÓGICO TABELA VERDADE RACIOCÍNIO LÓGICO TABELA VERDADE Olá galera! Sou o Richard Falconi, Fundador do Já Passei e Professor da Disciplina de Raciocínio Lógico. Estou disponibilizando para vocês um conteúdo sobre TABELAS VERDADE,

Leia mais

(Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição.

(Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição. aula 07 (Lógica) Negação de Proposições, Tautologia, Contingência e Contradição. Professor: Renê Furtado Felix E-mail: rffelix70@yahoo.com.br Site: http://www.renecomputer.net/pdflog.html Negação de Proposições

Leia mais

AULA DEMONSTRATIVA RACIOCÍNIO LÓGICO. Professor Guilherme Neves. Aula 00 Aula Demonstrativa

AULA DEMONSTRATIVA RACIOCÍNIO LÓGICO. Professor Guilherme Neves.  Aula 00 Aula Demonstrativa AULA DEMONSTRATIVA RACIOCÍNIO LÓGICO Professor Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br Aula 00 Aula Demonstrativa www.pontodosconcursos.com.br Professor Guilherme Neves 1 Conteúdo Apresentação...

Leia mais

OFICINA DA PESQUISA DISCIPLINA: LÓGICA MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL. APOSTILA 4 Construção de Tabelas-Verdade

OFICINA DA PESQUISA DISCIPLINA: LÓGICA MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL. APOSTILA 4 Construção de Tabelas-Verdade OFICINA DA PESQUISA DISCIPLINA: LÓGICA MATEMÁTICA E COMPUTACIONAL APOSTILA 4 Construção de Tabelas-Verdade Autor do Conteúdo: Prof. Msc. Júlio Cesar da Silva juliocesar@eloquium.com.br Alterações eventuais

Leia mais

Ao utilizarmos os dados do problema para chegarmos a uma conclusão, estamos usando o raciocínio lógico.

Ao utilizarmos os dados do problema para chegarmos a uma conclusão, estamos usando o raciocínio lógico. CENTRO UNVERSITÁRIO UNA NOÇÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Professor: Rodrigo Eustáquio Borges A disciplina Lógica Matemática tem como objetivo capacitar o aluno a reconhecer e aplicar os conceitos fundamentais

Leia mais

PROFESSOR : ALEXANDRE PORTELA MATÉRIA: RACIOCÍNIO LÓGICO ASSUNTO: LÓGICA QUALITATIVA

PROFESSOR : ALEXANDRE PORTELA MATÉRIA: RACIOCÍNIO LÓGICO ASSUNTO: LÓGICA QUALITATIVA PROFESSOR : ALEXANDRE PORTELA MATÉRIA: RACIOCÍNIO LÓGICO ASSUNTO: LÓGICA QUALITATIVA 1)RELAÇÃO ENTRE PESSOAS,LUGARES,OBJETOS E EVENTOS: - Nesse tipo de associação vamos correlacionar pessoas aos seus lugares,

Leia mais

Regras de Inferência. Matemática Discreta. Profa. Sheila Morais de Almeida DAINF-UTFPR-PG. março

Regras de Inferência. Matemática Discreta. Profa. Sheila Morais de Almeida DAINF-UTFPR-PG. março Matemática Discreta Regras de Inferência Profa. Sheila Morais de Almeida DAINF-UTFPR-PG março - 2017 Argumentos Válidos em Lógica Proposicional Considere o argumento: Se João pensa, então João existe.

Leia mais

Professor: Adriano Sales Matéria: Lógica e Conjunto

Professor: Adriano Sales Matéria: Lógica e Conjunto Professor: Adriano Sales Matéria: Lógica e Conjunto Lógica Qual é o significado de argumentação? Segundo o dicionário Houaiss é: ARGUMENTAÇÃO: Arte, ato ou efeito de argumentar; Troca de palavras em controvérsia

Leia mais

Aula 00. Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves

Aula 00. Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA. Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves Aula 00 Matemática e Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Matemática e Raciocínio Lógico para IBAMA Apresentação... 3 Negação de Proposições

Leia mais

RACIOCÍNIO LÓGICO. Quantas dessas proposições compostas são FALSAS? a) Nenhuma. b) Apenas uma. c) Apenas duas. d) Apenas três. e) Quatro.

RACIOCÍNIO LÓGICO. Quantas dessas proposições compostas são FALSAS? a) Nenhuma. b) Apenas uma. c) Apenas duas. d) Apenas três. e) Quatro. RACIOCÍNIO LÓGICO 01. Uma proposição é uma sentença fechada que possui sentido completo e à qual se pode atribuir um valor lógico verdadeiro ou falso. Qual das sentenças apresentadas abaixo se trata de

Leia mais

APOSTILA DE RACIOCÍNIO LÓGICO Primeira Parte

APOSTILA DE RACIOCÍNIO LÓGICO Primeira Parte APOSTILA DE RACIOCÍNIO LÓGICO Primeira Parte Este arquivo PD contém a primeira parte da Apostila de Raciocínio Lógico, excelente para estudar para concursos públicos. Dependendo da aceitação deste material,

Leia mais

Técnicas de Inteligência Artificial

Técnicas de Inteligência Artificial Universidade do Sul de Santa Catarina Ciência da Computação Técnicas de Inteligência Artificial Aula 04 Lógica Proposicional e Lógica dos Predicados Max Pereira Proposicional A lógica está relacionada

Leia mais

Lógica Formal. Matemática Discreta. Prof. Vilson Heck Junior

Lógica Formal. Matemática Discreta. Prof. Vilson Heck Junior Lógica Formal Matemática Discreta Prof. Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Objetivos Utilizar símbolos da lógica proposicional; Encontrar o valor lógico de uma expressão em lógica proposicional;

Leia mais

Aula 00. Raciocínio Lógico para Técnico do INSS. Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Raciocínio Lógico para Técnico do INSS. Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Raciocínio Lógico Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Raciocínio Lógico para INSS Apresentação... 3 Modelos de Questões Comentadas - CESPE... 4

Leia mais

18/04/2017 ACLESIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO. 1. (IADES-2016) Considere as proposições: p: Paulo é mineiro. q: Pedro é rico.

18/04/2017 ACLESIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO. 1. (IADES-2016) Considere as proposições: p: Paulo é mineiro. q: Pedro é rico. ACLESIO MOREIRA RACIOCÍNIO LÓGICO 1. (IADES-2016) Considere as proposições: p: Paulo é mineiro. q: Pedro é rico. Assinale a alternativa que indica a melhor tradução, em linguagem corrente, para a proposição

Leia mais

Anotações LÓGICA PROPOSICIONAL DEFEITOS DO RACIOCÍNIO HUMANO PROPOSIÇÕES RICARDO ALEXANDRE - CURSOS ON-LINE RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 01 DEFINIÇÃO

Anotações LÓGICA PROPOSICIONAL DEFEITOS DO RACIOCÍNIO HUMANO PROPOSIÇÕES RICARDO ALEXANDRE - CURSOS ON-LINE RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 01 DEFINIÇÃO RACIOCÍNIO LÓGICO AULA 01 LÓGICA PROPOSICIONAL DEFINIÇÃO A Lógica estuda o pensamento como ele deveria ser, sem a influência de erros ou falácias. As falácias em torno do raciocínio humano se devem a atalhos

Leia mais

José Luiz de Morais. RACiOCÍNIO LÓGICO

José Luiz de Morais. RACiOCÍNIO LÓGICO RACIOCÍNIO LÓGICO José Luiz de Morais RACiOCÍNIO LÓGICO RACIOCÍNIO LÓGICO Prof José Luiz de Morais PROPOSIÇÕES Proposições Simples Proposições Simples Proposição simples átomo ou partícula atômica É a

Leia mais

O recurso solicita a mudança do gabarito da alternativa C para a alternativa A.

O recurso solicita a mudança do gabarito da alternativa C para a alternativa A. Nível: SUPERIOR Área: Raciocínio Lógico QUESTÃO 14. O recurso solicita a mudança do gabarito da alternativa C para a alternativa A. A alternativa correta é a letra C. O item em questão envolve Princípio

Leia mais

Como primeira e indispensável parte da Lógica Matemática temos o Cálculo Proporcional ou Cálculo Sentencial ou ainda Cálculo das Sentenças.

Como primeira e indispensável parte da Lógica Matemática temos o Cálculo Proporcional ou Cálculo Sentencial ou ainda Cálculo das Sentenças. NE-6710 - SISTEMAS DIGITAIS I LÓGICA PROPOSICIONAL, TEORIA CONJUNTOS. A.0 Noções de Lógica Matemática A,0.1. Cálculo Proposicional Como primeira e indispensável parte da Lógica Matemática temos o Cálculo

Leia mais

AULA 01: Lógica (Parte 1)

AULA 01: Lógica (Parte 1) AULA 01: Lógica (Parte 1) Raciocínio Lógico p/ M. Cidades (NM) SUMÁRIO PÁGINA 1. Conceitos Básicos de Lógica 1 2. Tautologia, Contradição e Contingência 22 3. Implicação Lógica 28 4. Equivalência Lógica

Leia mais

Matemática discreta e Lógica Matemática

Matemática discreta e Lógica Matemática AULA 1 - Lógica Matemática Prof. Dr. Hércules A. Oliveira UTFPR - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa Departamento Acadêmico de Matemática Ementa 1 Lógica Sentenças, representação

Leia mais

LÓGICA EM COMPUTAÇÃO

LÓGICA EM COMPUTAÇÃO CEC CENTRO DE ENGENHARIA E COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS LÓGICA EM COMPUTAÇÃO TAUTOLOGIA - EQUIVALÊNCIA E INFERÊNCIA VERSÃO: 0.1 - MARÇO DE 2017 Professor: Luís Rodrigo E-mail: luis.goncalves@ucp.br

Leia mais

Lógica e Matemática Discreta

Lógica e Matemática Discreta Lógica e Matemática Discreta Proposições Prof clezio 26 de Abril de 2017 Curso de Ciência da Computação Inferência Lógica Uma inferência lógica, ou, simplesmente uma inferência, é uma tautologia da forma

Leia mais

AULÃO INSS RACIOCÍNIO LÓGICO Prof. Ronilton Loyola Equivalências Notáveis 1. Contrapositiva da Condicional: (P Q) ( Q P) Ex.: Se faz sol, então vou à praia é equivalente a Se não vou à praia, então não

Leia mais

Aula 00. Matemática Financeira para ISS-Cuiabá. Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves. Prof.

Aula 00. Matemática Financeira para ISS-Cuiabá. Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves.  Prof. Aula 00 Matemática Financeira Professor: Guilherme Neves www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Matemática Financeira Apresentação... 3 Modelos de questões resolvidas FGV... 4 Relação

Leia mais

Filosofia (aula 10) Dimmy Chaar Prof. de Filosofia. SAE

Filosofia (aula 10) Dimmy Chaar Prof. de Filosofia. SAE Filosofia (aula 10) Prof. de Filosofia SAE leodcc@hotmail.com Lógica Tipos de Argumentação Dedução parte-se do Universal para o Particular Tipos de Argumentação Dedução parte-se do Universal para o Particular;

Leia mais

INE5403 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA DISCRETA

INE5403 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA DISCRETA INE5403 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA DISCRETA PARA A COMPUTAÇÃO PROF. DANIEL S. FREITAS UFSC - CTC - INE Prof. Daniel S. Freitas - UFSC/CTC/INE/2007 p.1/81 1 - LÓGICA E MÉTODOS DE PROVA 1.1) Lógica Proposicional

Leia mais

Introdução a computação

Introdução a computação Introdução a computação 0 Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Coordenador: Emerson dos Santos Paduan Autor(a): Daniel Gomes Ferrari São Paulo - 2016 1 Sumário 1. Lógica Matemática...

Leia mais

Rodada #1 Raciocínio Lógico

Rodada #1 Raciocínio Lógico Rodada #1 Raciocínio Lógico Professor Guilherme Neves Assuntos da Rodada 1. Estruturas Lógicas. 2. Lógica de Argumentação. 3. Diagramas Lógicos. 4. Trigonometria. 5. Matrizes, Determinantes e Solução de

Leia mais

UNIP Ciência da Computação Prof. Gerson Pastre de Oliveira

UNIP Ciência da Computação Prof. Gerson Pastre de Oliveira Aula 6 Lógica Matemática Álgebra das proposições e método dedutivo As operações lógicas sobre as proposições possuem uma série de propriedades que podem ser aplicadas, considerando os conectivos inseridos

Leia mais

AULA 01: LÓGICA DE PROPOSIÇÕES

AULA 01: LÓGICA DE PROPOSIÇÕES AULA 01: LÓGICA DE PROPOSIÇÕES SUMÁRIO PÁGINA 1. Teoria 02 2. Resolução de questões 29 3. Lista das questões apresentadas na aula 81 4. Gabarito 106 Olá! Hoje começamos o estudo do seguinte assunto: Proposições

Leia mais

Matemática Discreta - Exercícios de Lógica. 1. Diga que relações lógicas existem entre as seguintes proposições:

Matemática Discreta - Exercícios de Lógica. 1. Diga que relações lógicas existem entre as seguintes proposições: 1. Diga que relações lógicas existem entre as seguintes proposições: (a) Todos os marcianos falam inglês. (b) Todos os marcianos não falam inglês. (c) Nenhum marciano fala inglês. (d) Alguns marcianos

Leia mais

CURSO TROPA DE ELITE BATALHA FINAL AGENTE PENITENCIÁRIO/MG

CURSO TROPA DE ELITE BATALHA FINAL AGENTE PENITENCIÁRIO/MG CURSO TROPA DE ELITE BATALHA FINAL AGENTE PENITENCIÁRIO/MG RACIOCÍNIO LÓGICO (1ª Parte: Lógica Proposicional) (webercampos@gmail.com) 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados

Leia mais

Concurso Público Conteúdo

Concurso Público Conteúdo Concurso Público 2016 Conteúdo Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas

Leia mais