Serra da Estrela. Requeijão Serra da Estrela

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Serra da Estrela. Requeijão Serra da Estrela"

Transcrição

1 Contract N o : LLP-LdV/TOI/2011/RO/012 Project N o : RO1-LEO Project title: Transfer of knowledge and training for European traditional food producers related to innovative quality control methodologies Acronym: Tol4Food TRADITIONAL FOOD PRODUCTS IN PORTUGAL 1 Queijo Serra da Estrela Serra da Estrela Leite de ovelha da raça Bordaleira Serra da Estrela e/ou Churra Mondegueira, coalho vegetal e sal Coagulação de 60 min, a coalhada é cortada com uma lira de corte. Quando a temperatura atinge 30 C, são adicionados o sal e a flor de cardo. Primeira cura de 20 dias, a temperatura de 6 ºC a 7 ºC e 95% HR e segunda cura de dias a 11 ºC-12 ºC e 85% HR. Coagulação e cura Queijo Serra da Estrela Fatiado Queijo porção individual embalado com colher 2 Requeijão Serra da Estrela Serra da Estrela Soro resultante da produção de queijo Serra da Estrela Soro de queijo de ovelha (ou uma mistura de leite), aquecido a 85 C, com agitação. Em seguida, aquecese a cerca de 95 ºC, e depois o coágulo é colocado em cestas e deixado a arrefecer Coagulação e precipitação por meio de aquecimento de lacto-globulina e lacto-albumina no soro obtido a partir do fabrico de queijo Incorporação de pedaços de azeitona ou outros use which may be made of the information contained therein. Page 1

2 ingredientes Embalagem com saquetas de sal e pimenta 3 Queijo S. Jorge Açores Leite de vaca, coalho animal, soro de crescimento natural e sal Coagulação e corte, a coalhada é depois aquecida a ºC; o sal é adicionado; º C, 80-85% de HR; pressionado durante 48 h; e a moldagem é conseguida em moldes de aço inoxidável Coagulação do leite de vaca integral e cru, através de drenagem e pressão Queijo fatiado 4 Queijo Serpa Baixo Alentejo Leite de ovelha, coalho vegetal, sal Esgotamento lento da coalhada após coagulação do leite de ovelha cru por uma infusão de cardo. Os queijos curam durante um mês, em ambiente fresco e húmido. Coagulação e cura Queijo fatiado use which may be made of the information contained therein. Page 2

3 5 Queijo de cabra Transmontano Trás-os-Montes Leite de cabra, coalho animal, sal Esgotamento lento da coalhada após coagulação do leite de cabra cru, com coalho animal. Maturação de 60 dias, os queijos são lavados periodicamente durante este processo Coagulação, maturação e lavagem Queijo fatiado 6 Queijo Castelo Branco Castelo Branco Leite de ovelha cru, sal, cardo, água potável Esgotamento lento da coalhada após a coagulação do leite de ovelha cru, com legumes e requeijão e infusão de cardo Coagulação Queijo fatiado use which may be made of the information contained therein. Page 3

4 7 Requeijão Beira Baixa Beira Baixa Soro de leite obtido a partir da elaboração de queijo da Beira Baixa, de ovelha cru ou leite de cabra e água potável Precipitação ou coagulação por calor, de lactoalbumina e lacto-globulina do soro resultante da produção de queijo da Beira Baixa. Depois de trabalhar o queijo, o soro de leite é cuidadosamente retirado para eliminar o chamado repiso ou restos de coalhada, que prejudicaria a qualidade do queijo. Em seguida, adiciona-se água, algum leite e sal. O soro do leite é sujeito a aquecimento e mantido em movimento constante até aparecimento de flocos que se irão juntar à superfície. Este fenómeno ocorre geralmente entre 80 e 90 ºC. O aquecimento é então reduzido e suspende-se a agitação até pouco antes de ferver demorando esta operação entre 15 e 30 minutos. Coagulação e precipitação por meio de aquecimento de lacto-globulina e lacto-albumina no soro obtido a partir do fabrico de queijo Incorporação de pedaços de azeitona ou outros ingredientes Embalagem com saqueta de sal 8 Queijo Terrincho Trás-os-Montes e Alto Douro Leite de ovelha Churra da Terra Quente, coalho animal Retarda-se a drenagem da coalhada após a coagulação do leite cru de ovelha, pela acção do coalho animal. A conservação do queijo é feita em armazém que deve estar entre 0 ºC a 5 ºC, e durante o transporte entre 0 ºC e 12 ºC. No caso do variedade "Queijo Terrincho - DOP" deve ser feita entre 0 ºC e 10 ºC, para o "Velho Queijo Terrincho - DOP", a temperatura deve estar entre 0 ºC e 12 ºC Coagulação e cura Queijo fatiado, queijo embalado em cubos use which may be made of the information contained therein. Page 4

5 9 Queijo amarelo da Beira Baixa Beira Baixa Leite de ovelha e de cabra cru, coalho animal, sal A coalhada é obtida usando o coalho animal, aplicado ao leite cru. Após a obtenção da coalhada, segue-se o período de maturação, que dura entre 45 e 90 dias. Após os 90 dias de cura, é designado como queijo amarelo da Beira Baixa velho, adquirindo uma consistência mais dura e cor entre laranja e amarelo escuro. Deve ser armazenado em temperaturas entre 0 ºC e 10 ºC, num lugar limpo. Coagulação e cura Queijo fatiado 10 Queijo picante da Beira Baixa Beira Baixa. Castelo Branco, Fundão, Belmonte, Penamacor, Idanha-a-Nova, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Vila de Rei, Sertã, Oleiros e Covilhã. Leite de ovelha ou de cabra, sal, coalho animal Obtém-se por esgotamento da coalhada após a coagulação do leite cru de ovelha ou uma mistura de leite de ovelha e de cabra, pela acção do coalho animal. O processo seguinte é a maturação durante um período de 120 a 150 dias. Coagulação e maturação Embalagem de queijo em fatias ou cubos use which may be made of the information contained therein. Page 5

6 11 Queijo de Azeitão Azeitão, Setúbal Leite de ovelha, sal, coalho vegetal O processo começa com o leite a ser filtrado através de um pano com sal. Em seguida, o cardo vegetal é usado para dar origem à coagulação, o que deve ocorrer dentro de 40 minutos a uma temperatura de cerca de 32 ºC. Esta operação resulta numa coalhada, que é espremida a fim de compensar o esgotamento do queijo. Em seguida, a mistura resultante é comprimida de novo. Durante este período, o queijo adquire a sua consistência característica. Em seguida, é transferido para o local de secagem, onde permanece 36 horas e adquire a sua casca. Durante este processo, é periodicamente imerso no soro, de modo a suavizar a pele. Segue-se a cura, que dura cerca de 20 dias se no verão, ou cerca de 40, no caso do Inverno. A cura ocorre a temperaturas entre 10 e 12 ºC num ambiente seco. Filtração, coagulação, prensagem, cura Embalagem de porção individual com colher 12 Queijo Évora Alandroal, Arraiolos, Avis, Borba, Estremoz, Évora, Fronteira, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Sousel, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa. Leite de ovelha, sal, coalho vegetal É feito com leite de ovelha cru, filtrado através de use which may be made of the information contained therein. Page 6

7 pano com sal. Depois aquece-se em fogo de madeira e o cardo vegetal é usado para coagular o leite. O trabalho de coalhada é curto, seguido por um período de cura de 30 dias, no caso dos queijos semi-duros, ou 90 dias para os queijos duros. O queijo pode ser armazenado em azeite para durar durante todo o ano. Filtração, coagulação, cura Queijo fatiado 13 Nisa cheese Alentejo, Nisa, Crato, Castelo de Vide, Marvão, Portalegre, Monforte, Arronches e Alter do Chão. Produzido a partir de leite cru regional de Merina Branca, coalhado com cardo vegetal, e seguido por um processo de coalhada, drenagem lenta e maturação, em três fases distintas, durante 45 dias. No final deste período, os queijos já adquiriram todas as suas características. Coagulação e maturação Queijo fatiado 14 Queijo Mestiço de Tolosa Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, Marvão, Monforte, Nisa, Ponte de Sôr, Portalegre e Sousel Leite de cabra e de ovelha, coalho vegetal, sal Obtido a partir de leite de ovelha e de cabra, use which may be made of the information contained therein. Page 7

8 isoladamente, através de um pano esticado e aquecido para coagular, com coalho animal ou cardo. Após a coalhada é pressionado para drenar e submetido a um período de maturação que varia entre três e quatro semanas. Coagulação, prensagem, cura Queijo fatiado 15 Queijo Rabaçal Originário de Rabaçal, Coimbra, também é producido em Condeixa-a-Nova, Penela, Soure, Alvaiázere, Ansião e Pombal, mantendo o tradicional modo de produção Leite de ovelha e de cabra, coalho animal, sal Obtido por esgotamento lento da coalhada após a coagulação da mistura de leites de ovelha e de cabra, através da acção do coalho animal. Depois de salgados os queijos são lavados a cada dois dias, durante vários dias, seguindo-se a cura por um período mínimo de 20 dias. Coagulação, salga e cura Queijo fatiado 16 Queijo do Pico Ilha do Pico, Açores use which may be made of the information contained therein. Page 8

9 Leite de vaca, coalho animal, sal O leite de vacas regionais criadas num sistema livre, é coagulado com coalho animal. Após a coalhada é colocado nas formas seguindo uma técnica tradicional. Após a drenagem permanecem nas formas 1 dia, e em seguida, passam para a sala de cura para um período de duas semanas. Coagulação, cura Queijo fatiado 17 Mirandela Alheira Mirandela Carne bovina, suína e de aves (galinha e/ou peru), sangue, pão de trigo, azeite de Trás-os-Montes (DOP), banha, sal, alho e o colorau doce e/ou picante A carne e os restantes ingredientes são misturados num recipiente (tradicionalmente um recipiente especial reservado para o efeito, actualmente o vaso foi substituído por um recipiente de aço inoxidável adequado), onde são cozidos em água. O tempo de cozedura depende do tamanho dos pedaços de carne, o tamanho e o tipo de recipiente utilizado e das características do fogo. O pão de trigo regional é cortado fino com crosta. Amolece-se o pão com o molho de carne, deixa-se cozinhar e misturam-se os ingredientes. O enchimento e fumeiro são conseguidos a lume baixo, com uma duração que pode ir até aos 8 dias em câmara ou sala de fumo. O fumo é obtido a partir da combustão directa de lenha obtida na região que, dados os verões quentes e secos é compacto. Cozedura, enchimento e fumeiro use which may be made of the information contained therein. Page 9

10 18 Presunto de Vinhais Trás-os-Montes Pernas de porcos adultos Bísaros, macho ou fêmea, sal, colorau (obtido a partir de moagem vermelho pimentão, desidratado), azeite de Trás-os-Montes e banha de porco Bísaro. As pernas são salgadas e revestidas com uma mistura de colorau, azeite de Tras-os-Montes, banha de porco Bísaro e, posteriormente, expostos a fumeiro intenso e gradual com carvalho envelhecido num processo de cura não inferior a 12 meses Revestimento, fumeiro 19 Papas de sarrabulho Minho Carne de porco,carne e sangue de frango, chouriço, carne de salsicha, linguiça, presunto, bacon, pão ou farinha de milho, cominho e limão, sal, pimenta branca, salsa, hortelã-pimenta, noz-moscada, alho e louro Na véspera de cozinhar, cozem-se todas as carnes até que estejam macias e reserva-se a água de cozedura. Corta-se o pão em pedaços pequenos. No dia de servir todos os ingredientes são misturados e cozidos até espessadoss, após o que o sangue de galinha é adicionado, agitando constantemente. Por fim polvilha-se com cominhos e muito sumo de limão use which may be made of the information contained therein. Page 10

11 20 Tripas à moda do Porto Porto Tripa or dobrada, mão de vitela, presunto, frango, porco, orelha, bacon, carne, salsicha e linguiça de sangue, repolho, feijão, cenoura, azeite, alho, cebola, extrato de tomate, o vinho branco, sal, cominho, salsa e pimenta Os grãos são colocados em água para ensopar, as mãos de vitela e a dobrada são muito bem lavadas, escaldadas e cozidas, temperando com pedacinhos de cenoura, uma cebola pequena e pimenta. No dia de servir os grãos são cozidos com pequenos pedaços de cenoura. A galinha, orelha de porco, presunto e enchidos (excepto o chouriço de carne) são cozidos. Um cozido com azeite, alho e cebola picada e raminho de cheiros é iniciado. Quando começar a dourar adiciona-se o vinho branco,a massa de tomate, a salsicha de carne, bacon e um pouco de caldo onde a "dobrada" foi cozida. Em seguida, ferve lentamente durante cerca de 45 minutos e os grãos são adicionados, bem como um pouco mais de água, se necessário. Ferve por mais 10 ou 15 minutos, corrigindo o sal, a pimenta e pimentões (opcional), mistura-se uma pitada de cominho, mexendo com cuidado use which may be made of the information contained therein. Page 11

12 21 Rojões à Moda do Minho Entre Douro e Minho Perna de porco sem pele, com gordura de fígado de porco, vinho verde branco, banha de porco, alho, louro, colorau, sal e pimenta, castanhas assadas, enfarinhada, e sangue cozido A carne de porco é cortada em cubos que estão definidos para marinar por duas horas com o vinho, o alho picado, sal, pimenta e louro. É cozinhada em fogo alto até o vinho evaporar. A banha é adicionada e, em seguida, os rojões são cozidos em fogo baixo. Em seguida, o colorau dissolvido em um pouco de vinho branco é adicionado. Os restantes ingredientes são fritos e adicionados aos rojões e é mantido aquecido. Além disso, as nozes descascadas torradas são adicionados. É servido com batata, fatias de limão e raminhos de salsa 22 Carne mirandesa Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mogadouro, Vimioso evinhais Carne bovina Mirandesa, apresentando uma cor rosa claro, com uma distribuição de gordura branca e homogénea, com grão muscular fino e firme e use which may be made of the information contained therein. Page 12

13 ligeiramente húmida O fogo deve ser forte no início. As brasas deve ser distribuídas sobre um fogão regular ou lareira, a fim de proporcionar uma distribuição uniforme da temperatura. A grelha tem de ser colocado a cerca de 10 cm da brasa. A carne é cortada em 3 a 4 cm em fatias (cerca de 300 gramas cada). Coloca-se a carne na grelha sem nenhum tempero. Após esta operação, e se desejar, polvilha-se com sal grosso. 23 Carne de Porco Alentejana Alentejo Carne de porco, amêijoas, pimentos, alho, vinho branco, banha de porco, coentros, louro, limão, sal e pimenta, batatas. A carne em cubos é envolvida na pimenta, alho esmagado, as folhas de louro e massa de sal. O vinho branco é adicionado e é permitido para marinar por pelo menos três horas. Os moluscos são colocados em água salgada, durante uma hora a perder areia e, em seguida, enxaguados com água corrente. A carne é frita em banha até colorida; depois junta-se a marinada e ferve por cerca de 2 minutos. As ameijoas são adicionadas e mantidas cobertas até que todos os moluscos tenham aberto. O coentro picado é adicionado e é servido com cubos de batatas fritas. É decorado com rodelas de laranja use which may be made of the information contained therein. Page 13

14 24 Bacalhau com broa Minho Broa de milho, lombo de bacalhau, alho, cebola grande, folha de louro, azeite, pimenta do reino, salsa, coentro, ovos, leite Uma vez encharcado, o bacalhau é desfiado. O azeite, cebola, louro e alho são fritos. Quando a cebola ficar translúcida, parte da salsa, o coentro e o bacalhau são adicionados. Tempera-se a gosto com pimenta. Deixase cozinhar um pouco (+/- 15 min.), mexendo ocasionalmente. Além da broa é adicionado o restante coentro picado e salsa, com a pimenta, leite e ovos. A broa não deve ficar muito molhada, uma vez que tem de ser moldada num rolo. Para esta tarefa, azeite é colocado num recipiente, a broa é distribuída ao longo do azeite, seguido pela camada de bacalhau. Em seguida, o bacalhau é envolvido com a broa formando um rolo. Em seguida, passa para o forno durante cerca de 20 minutos. A fim de evitar que a broa seque, o azeite é ocasionalmente adicionado. 25 Cozido à Portuguesa A preparação e a combinação de ingredientes variam um pouco dentro das regiões, apesar de ser um prato use which may be made of the information contained therein. Page 14

15 que pode ser encontrado em todo o país. Quanto aos legumes, feijão, batatas, cenouras, nabos, repolho e arroz podem ser cozidos. Na carne, é possível usar frango, costelinha de porco, carne de porco entremeada, orelha de porco, carne de porco de "chispe" e carne bovina. Em salsichas, linguiça de carne, morcela e chouriço de sangue são típicos. Todos esses ingredientes fazem um prato muito forte, ideal para o clima frio do inverno Numa panela grande coze-se toda a carne. Aquelas que são salgadas devem ser embebidas durante algumas horas. São adicionados temperos para o azeite e água fervente. Ao fim de cozinhar mais rápido, as salsichas são removidos, em seguida, a carne de porco, e só no final, depois de completamente cozinhado, a carne de vaca. Os vegetais são cozidos e em seguida, a água é reservada do cozimento de carnes. Pode ser servido com feijão branco cozido também na carne e legumes e arroz com água da cozedura 26 Cabrito Transmontano A área geográfica de produção de "Cabrito Transmontano" abrange os concelhos de Mirandela Carne caprina. Cordeiros de pais inscritos no Registo Zootécnico. Com base na alimentação, com dias de idade. Do ponto de vista de receitas gastronómicas é bem conhecida pela sua qualidade superior. Pode ser usado como cabrito assado, chanfana de cabrito, ou apenas servido com arroz. Uma maneira muito tradicional de preparar o cabrito é o Cabrito à Moda da Serra, onde, depois de temperada, a carne é envolta em folhas de couve ou abóbora, com uma corda amarrada, totalmente coberta, que é cozida num buraco onde a use which may be made of the information contained therein. Page 15

16 madeira foi colocada e deixada queimar. O buraco é limpo de toda a cinza e cabrito é introduzido cobrindoo com lajes de pedra. 27 Azeite de Trás-os-Montes Trás-os-Montes As variedades de azeitona são Verdeal Transmontana, Madural, e Cobrançosa Cordovil. A colheita dos frutos é iniciada quando o estádio de maturação é entre 4 (pele negra e polpa branca) e 5 (pele negra e polpa violeta) e é feita manualmente ou mecanicamente. As azeitonas são lavadas e desfolhadas. As azeitonas não estão mais do que 2 dias em escaninhos para evitar aumentos na acidez e defeitos sensoriais no azeite. A moagem é realizada de tal modo que as massas permanecem na consistência adequada, não evitando a separação do azeite. A massa moída sofre uma mistura termicamente controlada. A centrífuga para separar as águas é lavada com frequência para evitar a perda de azeite. A adição de água não deve ter uma temperatura superior a 35 C para evitar que o azeite escureça. Colheita, desfolha, lavagem, moagem, centrifugação use which may be made of the information contained therein. Page 16

17 28 Azeitona de conserva negrinha do Freixo Pequena azeitona, fruto da oliveira (Olea europaea sativa), a variedade Negrinha é consumida após o tratamento ou em salmoura. A colheita das azeitonas é manual e, em seguida, as azeitonas são calibradas e, posteriormente, adoçadas e embaladas (inteira descaroçada ou recheadas). Os frutos são colhidos e lavados com hidróxido de sódio diluído. Em seguida, são lavados com água e colocados em solução salina. Colheita, calibração, lavagem 29 Mel das Terras Altas do Minho Minho. É produzido em regiões elevadas do noroeste Mel producido por abelhas Apis mellifera a partir do néctar das flores da flora características da região, principalmente Heather. Além de Heather, também podemos encontrar Erica ieíraiix, Érica cinerea, Érica arbórea, Érica vaquans, Érica ciliares e Calnna vulgaris A extração do mel das colméias e feita por decantação e é conduzido dentro da área de produção de sala de extração, adequado e aprovado para o efeito e temperatura é mantida abaixo de 45 ºC. O mel é, então, transportado e embalado em pacotes inertes e inofensivos use which may be made of the information contained therein. Page 17

18 Recolha, decantação, embalagem 30 Caldo verde Originado do Minho, é consumido em todo o país Couve galega, batata, água, sal, azeite e chouriço A água salgada é colocada para ferver e as batatas descascadas cortadas em pedaços são cozidas. Depois de cozidas, as batatas são esmagadas e as folhas de couve finamente cortadas são adicionadas, depois de lavadas exaustivamente em duas ou três águas. O azeite é depois adicionado e fervido durante dois ou três minutos com a panela descoberta, a couve deve ficar verde fino. Servese em numa tigela acrescentando uma fatia de chouriço a gosto. Serve-se com broa de milho ou broa de centeio 31 Azeitona de conserva de Elvas e Campo Maior De olivais localizados nas regiões de Elvas e Campo Maior Produto elaborado a partir das variedades apropriadas de Olea sativa espécies (Azeiteira, Carraquenha, Redondil, Conserva de Elvas) em maturação conveniente. Com rendimento de azeite baixo e alta produtividade, mostra grande use which may be made of the information contained therein. Page 18

19 aptidão para verde enlatado Obtida a partir da mesma área geográfica para os seguintes processos tecnológicos: - Cura em salmoura de azeitona verde adoçada - Cura em salmoura de azeitona verde para processamento natural; - Cura em salmoura de azeitona mista naturalmente cortada Colheita, lavagem, maturação, cura, embalagem 32 Mel da Serra da Lousã A área geográfica de extração, produção e embalagem é limitada a: Lousã, Miranda do Corvo, Penela, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, Pampilhosa da Serra, Arganil, Góis e Vila Nova de Poiares. Mel obtido por abelhas Apis melifera iberica. Este mel vem exclusivamente a partir do néctar das flores flora espontânea, principalmente ericáceas e castanha. O "Mel da Serra da Lousã - DOP" é apresentado sob a forma de mel centrifugado, embalado em 500 g ou 1 kg em frascos de vidro e convenientemente rotulado. use which may be made of the information contained therein. Page 19

20 33 Vinho do Porto Região Demarcada do Douro Produzido a partir de uma ampla variedade de castas tradicionais provenientes da região Demarcada do Douro, aguardente vínica nova. As uvas são vindimadas à mão e colocadas em grandes vasilhas de granito chamadas lagares, onde são pisadas a pé. A primeira etapa da pisa a pé denomina-se o "corte e consiste em esmagar as uvas, que nesta fase ainda são relativamente sólidas, para assim libertar o sumo e a polpa dos bagos. Durante esta etapa inicial, os vindimadores unem-se, formando uma linha cerrada e, ombro com ombro, avançam muito lentamente pelo lagar, pisando metodicamente e em uníssono, para assegurar que todas as uvas são completamente esmagadas. Quando o "corte tiver sido concluído, começa a segunda etapa, chamada "liberdade. Os vindimadores agora trabalham individualmente, movendo-se livremente por todo o lagar, assegurando que as peles das uvas são mantidas submersas sob a superfície do mosto. Depois de algumas horas tem início a fermentação. O calor e o álcool que esta produz começam a libertar a cor, os taninos e os aromas das peles, permitindo que se diluam no vinho em fermentação. A pisa, por vezes, é complementada pelo uso de varas compridas de madeira, chamadas "macacos, são usados para empurrar as peles para baixo da superfície do vinho. Esta fase do processo é essencial para a elaboração do vinho do Porto de qualidade. Quando cerca de metade do açúcar natural do sumo da uva foi transformado em álcool pela fermentação, o enólogo dá o sinal para dar início ao processo de fortificação. A pisa a pé pára e as peles começam a subir à superfície do use which may be made of the information contained therein. Page 20

21 lagar onde formam uma camada sólida. O vinho que está a fermentar sob esta camada de peles é, então, retirado do lagar e transferido para uma cuba. À medida que o vinho em fermentação é transferido para a cuba, vai-lhe sendo adicionado uma aguardente vínica nova e muito limpa. Esta aguardente neutra, incolor, com um teor alcoólico de 77%, é geralmente adicionada na proporção de aproximadamente 115 litros de aguardente por cada 435 litros de vinho em fermentação, embora esta proporção possa variar. A adição da aguardente vínica aumenta a força do vinho a um nível onde as leveduras responsáveis pela fermentação não podem sobreviver. A fermentação pára antes que todo o açúcar no sumo tenha sido transformado em álcool e, assim, alguma da doçura natural da uva é preservada no vinho acabado. Colheita, corte, fermentação, engarrafamento 34 Ginginha Região do Oeste, principalmente Lisboa, Alcobaça, Óbidos Fruta da ginja (nome científico Prunus cerasus) similar à cereja, aguardente, açúcar amárelo, canela Processo tradicional: Adiciona-se o açúcar e a canela às ginjas e deixa-se macerar durante cerca de 40 dias ao sol. Ao fim deste tempo acrescentase a aguardente, agita-se e deixa-se repousar mais de 45 dias e engarrafa-se. Mistura e fervura, engarrafamento use which may be made of the information contained therein. Page 21

22 35 Vinho Alvarinho Concelhos de Melgaço e Monção Uvas da casta branca Alvarinho A vindima é feita manualmente para caixas. Depois do desengace total e prensagem pneumática, a fermentação ocorre em cubas de inox a temperatura controlada. Aí estagia durante 3 meses, prolongando-se o estágio por mais 3 meses em garrafa Colheita, prensagem, fermentação, maturação, engarrafamento 36 Pera Rocha do Oeste Sintra, Região do Oeste As peras Rocha são caracterizadas por: Forma variável, predominando as formas ovais, rodada, piriformes redonda, retangular e oval basilar. Pedúnculo: média entre 28mm a 33mm. Superfície: lisa. Cor da pele: verde, amarela e / ou às vezes há um mancha levemente rosada no lado exposto ao sol. use which may be made of the information contained therein. Page 22

23 Pontuações Calibre médio: 60/65 mm, tem um peso de 130g. A colheita é a primeira fase de selecção no processo da qualidade. Tradicionalmente, na região Oeste, a colheita das peras é feita a partir da segunda semana de Agosto. Na determinação da data de colheita recorrem-se aos seguintes parâmetros: Dureza da polpa entre 5,5 e 6,5kg/0,5 cm2 Índice refractométrico entre 11 e 13 Brix% Acidez entre 2-3g/l de ácido málico Nº de dias após plena floração 135 a 140 dias Cor das sementes Colheita, lavagem e embalagem 37 Maça Bravo de Esmolfe A maçã Bravo de Esmolfe tem como principais características: Calibre médio a pequeno; Forma oblongo cónica; Epiderme esbranquiçada, eventualmente com manchas rosadas; Manchada e/ou raiada de carepa na fossa peduncular, podendo atingir até 20% da epiderme; Polpa branca, macia, sucosa, doce, com boas qualidades gustativas; Aroma intenso e agradável Colheita é realizada a partir da 2ª quinzena de Setembro. Todas as embalagens de Maçã Bravo de Esmolfe deverão apresentar uma rotulagem segundo o estipulado na legislação geral, respeitando ainda as seguintes condições: Devem ser comercializadas devidamente acondicionadas, em embalagens de cartão com alvéolos com peso entre 1 a 9 Kg e sacos de 1Kg a 2Kg. Na embalagem deve constar: use which may be made of the information contained therein. Page 23

24 O nome da estação fruteira; A rotulagem deve cumprir todas as disposições legais em vigor, sendo acrescida de rótulo ou autocolante; O número de série que permita rastrear o produto. Colheita, lavagem e embalagem 38 Castanha da Terra Fria Norte Castanhas provenientes de cultivares regionais (Longal - mais de 70% -, Judia, Côta, Amarelal, Lamela, Aveleira, Boa Ventura, Trigueira, Martaínha e Negral) de Castanheiro europeu, muito brilhantes, de forma elíptica alongada e boa aptidão para o destaque. Castanha fresca e castanha transformada (pelada, congelada, confitada ou em calda). A castanha é utilizada para consumo tal qual ou como acompanhamento de pratos da cozinha regional, sobretudo frita, a acompanhar carne de porco assada. É ainda utilizada sob a forma de farinha para a preparação de sopa ou de pão. Quando transformada, é utilizada como sobremesa ou guloseima (por exemplo, a Castanhada). A castanha faz parte integrante dos "magustos" que todas as famílias celebram a partir do Dia de Todos os Santos. Contudo há uma tradição proibitiva para tal celebração; Família cujo trigo não tivesse nascido, não poderia fazer magusto. A castanha assume grande importância na alimentação dos porcos, conferindo um gosto particular à carne, o que é relevante para a salsicharia transmontana. A recolha dos frutos é feita no chão, não podendo ser usado nenhum método mecânico ou outro para forçar a queda dos frutos da árvore, a fim de a maturação ser completa. Os frutos são colhidos use which may be made of the information contained therein. Page 24

25 por variedade e juntos em lotes. O acondicionamento deve ser feito em local seco e arejado. A transformação é feita a partir do fruto de origem conhecida e compreende os estados indicados em variantes, desde que o fruto seja apresentado inteiro ou em metades. Colheita, processamento, embalagem 39 Cereja da Cova da Beira Cultivada entre as Serras da Gardunha, Estrela e Malcata, a cereja da Cova da Beira é um dos símbolos da região Centro e um dos alicerces da sua economia. É de consistência firme e carnuda e sabor muito doce, cuja coloração vai do vermelho vivo ao vermelho púrpura, podendo no caso de algumas variedades ser do vermelho ao alaranjado. Proceder à colheita escalonada dos frutos (3 passagens no máximo), no caso da Burlat, quanto às restantes variedades (1-2 passagens no máximo). Deve ser feita uma escolha cuidadosa dos frutos de modo a rejeitar os que apresentam defeitos e doenças. Sendo a cereja um fruto extremamente sensível e pressível deverá ser seleccionada previamente no campo antes da entrega na central fruteira (Cooperativa) suprimindo assim manuseamentos adicionais. Colheita, lavagem, triagem, embalagem use which may be made of the information contained therein. Page 25

26 40 Ameixa d Elvas Alto Alentejo Este fruto, denominado "Rainha Cláudia Verde", apresenta características organolépticas próprias, onde a elevada acidez associada a um nível de açúcar igualmente elevado o torna um fruto muito apreciado. A Ameixa d` Elvas apresenta-se sob três formas: ameixas frescas, cujo fruto apresenta uma forma arredondada, pouco achatada nos pólos, cor verde, podendo apresentar tons amarelados e rosados, completamente revestido de pruína. A polpa é muito suculenta e de aroma intenso característico. O caroço é pequeno destacando-se facilmente da polpa; passas, sendo o fruto desidratado, não apresentando mais de 30% de humidade, cor castanha e escura, com caroço, sem fendas na epiderme, de consistência média e dura, com espessamento da polpa e da pele uniforme, ligeiramente ácido, com pelo menos, 67% de açúcares totais e sem vestígios do pedúnculo; confitadas - fruto inteiro de forma arredondada, obtido pelo processo de confitagem, de cor esverdeada ou branca se coberto de açúcar. O processo de fabricação da ameixa d Elvas consiste num cozimento prévio das ameixas em água a ferver durante 10 a 15 minutos, sendo o tempo do cozimento determinado pelo aspecto do fruto. As ameixas cozidas são colocadas numa calda de açúcar com cerca de 65º Brix. No dia seguinte, a calda de açúcar é concentrada por adição de açúcar e por aquecimento a ºC. A calda é novamente concentrada ao fim de 2 dias e de 15 dias, até se atingir uma concentração de 74º Brix. A ameixa d Elvas permanece na última calda até ser embalada ou consumida. use which may be made of the information contained therein. Page 26

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR

SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERD ÍCIO ALIMENTAR SOBRAS REQUINTADAS REAPROVEITE RESTOS ALIMENTARES NA PREPARAÇÃO DE RECEITAS ORIGINAIS E SABOROSAS REDUZA O SEU DESPERDÍCIO ALIMENTAR Legumes cozidos ( ± 0,5 kg, variados) 250 gr de farinha 2dl de leite

Leia mais

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO OUTRAS RECEITAS CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO 2 colheres (sopa) de suco de pêssego pronto para beber 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 colheres (sopa) de alecrim picado 2 colheres (sopa) de

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

Tabule Rendimento 4 porções

Tabule Rendimento 4 porções Tabule Rendimento 4 porções - 4 tomates picados - 1 xícara (chá) de trigo para quibe - 1 cebola picada - 1 pepino com casca picado em cubos - 1/2 xícara (chá) de salsinha picada - 1/4 xícara (chá) de cebolinha

Leia mais

Sopa de Beldroegas. Salada de Polvo

Sopa de Beldroegas. Salada de Polvo Entradas Sopa de Beldroegas 650 g de batatas 200 g de cenouras 2 Dentes de alho 0.5 dl de azeite Água suficiente para a sopa 1 Molho de beldroegas 1 Ramo de salsa Leva-se ao lume, numa panela, a água com

Leia mais

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL

Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA. Receitas com desperdícios e sobras da. CEIA de NATAL Em caso de dúvidas consulte um NUTRICIONISTA Receitas com desperdícios e sobras da CEIA de NATAL Planeie a Ceia de Natal antecipadamente consoante o número de pessoas presentes. Procure saber se alguém

Leia mais

20 Receitas Econômicas e Nutritivas

20 Receitas Econômicas e Nutritivas 20 Receitas Econômicas e Nutritivas 1. ALMEIRÃO COM SOBRAS DE ARROZ 1 maço de almeirão 1 cebola picada 1 dente de alho 2 xícaras (chá) de arroz cozido 1 e 1/2 colher (sopa) de óleo Escolha e lave bem o

Leia mais

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina

Tortas Salgadas. Bolo de Batata. Ingredientes: - 1 Kg batata cozida. - sal. - pimenta-do-reino. - 2 colheres de sopa de margarina Tortas Salgadas Bolo de Batata Ingredientes: - 1 Kg batata cozida - sal - pimenta-do-reino - 2 colheres de sopa de margarina - 1 xícara de queijo ralado - 3 colheres de sopa de maisena 1 / 27 - 1 xícara

Leia mais

Receitas para uma Ceia de Natal mais saudável

Receitas para uma Ceia de Natal mais saudável s para uma Ceia de Natal mais saudável Ficha Técnica Título: Receitas para uma Ceia de Natal mais Saudável Direcção Editorial: Alexandra Bento Concepção: Helena Real Corpo Redactorial: Helena Real, Tânia

Leia mais

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM FOI EM 2008 QUE O HOTEL REAL PALÁCIO CRIOU UM BOMBOM FEITO DE AMOR VERDADEIRO. Notas: Concebido

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De Gergelin Com Frango 7 Almoço Mexicano 8 Pizza Saudável 9 Vegetais Grelhados 10 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado,

Leia mais

Receitas com farinhas e sucos de frutas

Receitas com farinhas e sucos de frutas Farofa de farinha de banana verde 150 g de farinha de mandioca 150g de farinha de banana verde 4 unidades de tomates picados em quadrados pequenos 1 unidade média de abobrinha verde picada em quadrados

Leia mais

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Secretaria de Estado de Educação Receitas Salgadas Molho Básico de Carne Moída Arroz Vitaminado Brasileirinho Sopa de Feijão com Macarrão, Legumes e Carne Baião

Leia mais

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo

Almôndegas de Arroz. Ingredientes. Modo de preparo Almôndegas de Arroz 2 xícaras (chá) de arroz cozido 200g de carne moída 1 dente de alho picado 1 cebola picada 2 colheres (sopa) de farinha de rosca 4 xícaras (chá) de molho de tomate Sal e pimenta a gosto

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecimentom Clique aqui http://emagrecaki.com.br/medotof ÍNDICE Pasta & Feijões 3 Perú 4 O Roti Saudável 5 Massa De

Leia mais

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM

RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM RUA TOMÁS RIBEIRO, 115 1050-228 LISBOA T (+351) 213 199 500 E realpalacio@hoteisreal.com REALHOTELSGROUP.COM FOI EM 2008 QUE O HOTEL REAL PALÁCIO CRIOU UM BOMBOM FEITO DE AMOR VERDADEIRO. Sobremesa de

Leia mais

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821

Treinamento: Aproveitamento Integral de Alimentos Cód. 821 APROVEITAMENTO INTEGRAL DE ALIMENTOS Para higienização de hortifrutis: - 1 litro de água potável - 1 colher de sopa (10 ml) de água sanitária, sem perfume - Deixar de molho por 15 minutos CALDO NUTRITIVO

Leia mais

Alimentação e Culinária saudável. 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira

Alimentação e Culinária saudável. 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira Alimentação e Culinária saudável 12 de Janeiro de 2011 Paula Pereira Métodos de confecção Vegetais crus e cozidos Sopa de hortaliças Base da sopa Cebola Couve flor Chuchu Courgette Nabo Alho e alho francês

Leia mais

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura

Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Índice Índice Massa & Feijões Perú O Roti Saudável Almoço Mexicano Pizza Saudável Vegetais Grelhados Almoços Saudáveis Para Uma Semana De Moura Massa & Feijões Este prato saudável combina feijão que enchem

Leia mais

FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL

FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL FABRICAÇÃO DE PRODUTOS LÁCTEOS PROCESSAMENTO ARTESANAL 1 - QUALIDADE DA MATÉRIA-PRIMA O leite destinado à fabricação de produtos lácteos deve ser de boa qualidade. Essa qualidade está diretamente relacionada

Leia mais

RISOTOS. As melhores receitas

RISOTOS. As melhores receitas RISOTOS As melhores receitas INTRODUÇÃO Sempre tivemos vontade de postar receitas de risoto no nosso blog, já que é um prato muito apreciado pelos nossos clientes e leitores. Como o risoto tem seus segredinhos,

Leia mais

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto

Receita. Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie. Risoto s Feira Fika Risoto de calabresa com limão siciliano Fundo (caldo) 2L de água Pedaços de cebola, cenoura, salsão e outros legumes que aprecie Risoto 4 dentes de alho 1 cálice pequeno de vinho branco Azeite

Leia mais

Espeto de Frutas. Lasanha de Panquecas

Espeto de Frutas. Lasanha de Panquecas Espeto de Frutas 1 banana nanica cortada em 4 pedaços, 1 maçã vermelha com casca cortada em 4 pedaços, 1 pêra com casca, cortada em 4 pedaços, 2 ameixas Suco de 1 laranja, ½ xícara de chá de suco de maçã.

Leia mais

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA

MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA O MELHOR DA COZINHA VEGETARIANA Mahalia Goskowski CHOP SUEY DE LEGUMES - 1/4 de nabo branco comprido; - 4 cenouras; - 1 pimentão vermelho; - 1 pimentão verde; - 1/4 de acelga; - broto de feijão; - brócolis;

Leia mais

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA...

ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... RECEITUÁRIO-PADRÃO ÍNDICE TORTA DE BATATA COM CARNE... 01 ISCAS À MODA CHINESA... 02 FRANGO COM ABOBRINHA... 03 BIFE GRELHADO... 04 FRANGO COM PEPINO À CHINESA... 05 CAÇAROLA MEXICANA DE PEIXE... 06 CARNE

Leia mais

Receitas para as Festas de Fim de Ano

Receitas para as Festas de Fim de Ano Salada Agridoce 1 molho de alface americano 2 xícaras de chá de repolho roxo cortado bem fino 1 maçã vermelha, picada em quadradinhos pequenos 1 colher de sopa de uvas passas sem sementes 3 talos de aipo

Leia mais

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1)

www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) www.liquigas.com.br liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 1 de 8 Páginas(16, 1) 11/1/2011 13:55:30 liquigas_receitas_salgadas_v2.indd Página espelhada 2 de 8 Páginas(2, 15) 11/1/2011 13:55:32

Leia mais

Receitas MENOS SAL MAIS SABOR A VIDA. Fazer bem está na nossa NATUREZA.

Receitas MENOS SAL MAIS SABOR A VIDA. Fazer bem está na nossa NATUREZA. Receitas Uma iniciativa Com o apoio Fazer bem está na nossa NATUREZA. Menos Sal, Mais Sabor a Vida é a iniciativa da sua Unidade de Saúde Familiar pensada para apontar novos caminhos para a sua saúde cardiovascular.

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS

RECEITAS SEM GLÚTEN ALERGIAS ALIMENTARES RECEITAS RECEITAS Souflê de brócolis (4 - Porção(ões) - 120 - Caloria(s)) Ingredientes: 100 g de queijo minas ou tofu 1 xícara de leite ou extrato de soja 2 ovos 1 colher de sopa de amido de milho (maisena) 1 pitada

Leia mais

AS MELHORES RECEITAS para a Bimby

AS MELHORES RECEITAS para a Bimby AS MELHORES RECEITAS para a Bimby Clube Top Chefe edição limitada Bolo de Chocolate com Calda 200 gr de farinha 50 gr chocolate em pó 200 gr de açucar 100 gr de margarina derretida 200 gr leite 3 ovos

Leia mais

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo:

1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: 1. Bolo de iogurte, açúcar mascavo e canela Ingredientes para o bolo: (200g) 1 ovo ¼ de xícara de manteiga mole, quase derretida 1 colher (sopa) de essência de baunilha 1 xícara de açúcar mascavo 1 colher

Leia mais

12 Receitas de Chícharo

12 Receitas de Chícharo 12 Receitas de Chícharo Sopas 1. Sopa de chícharo com bacalhau 300g de Chícharo 1 Cebola grande 500g de Batatas 600g de Bacalhau Coentros q.b. o outro. Depois de demolhado coza-o numa panela (não pode

Leia mais

Kartoffelsalat (Salada de batatas)

Kartoffelsalat (Salada de batatas) Kartoffelsalat (Salada de batatas) Rendimento: 4 porções - 1 e 1/2 kg de batata inglesa - 1 cebola roxa - 150g de presunto picado - 3 colheres (sopa) de vinagre de vinho - 2 colheres (sopa) de mostarda

Leia mais

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões!

Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Receitas Como preparar pratos saudáveis e saborosos com leguminosas? Experimente algumas das nossas sugestões! Sopa de agriões com lentilhas... 2 Salada de ervilhas com fruta... 2 Feijoada do mar... 3

Leia mais

Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol.

Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol. Praça do Município, Posto de Turismo 5470-214 Montalegre Tel: 276-510-200 Fax: 276-510-201 Correio electrónico: fernandopreira@iol.pt 1 2 Boaventura Silva Mendes Moura Manuel João Soeira de Moura Germano

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição

LIVRO DE RECEITAS. 3ª Edição LIVRO DE RECEITAS 3ª Edição Os produtos Purinha vêm mais uma vez presentear você com um novo livro de receitas. Esta é a terceira edição de uma coleção com sabores incríveis conseguidos a partir das combinações

Leia mais

Argolinhas. Capuccino da Vovó

Argolinhas. Capuccino da Vovó Capuccino da Vovó Argolinhas 1 lata de achocolatado pequena 1 lata de leite em pó instantâneo 150g de café em pó solúvel 1 colher de sopa de bicarbonato 1 pacote de chantily em pó canela em pó 6 colheres

Leia mais

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV

NÚMERO. Alimentação: Sustentável. Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. CHICO SARDELLI DEPUTADO ESTADUAL PV Alimentação: Sustentável NÚMERO 3 Receitas deliciosas. O seu dia a dia muito mais saboroso. Risoto de casca de Abóbora Cascas de 2kg de abóbora (ralada ) 3 xicaras de arroz cozido 1 cebola grande (picada)

Leia mais

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro

LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA. Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro RIO DA MONTANHA LOMBO DE PORCO CAIPIRA COM CANJIQUINHA PRIMAVERA Lombo de porco caipira, com molho de cachaça e canjiquinha com alho-poró, alecrim e louro 1 Lombo médio 10 dentes de alho inteiro Molho

Leia mais

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd

Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd Clique aqui http://emagrecaki.com.br/emagrecaasd ÍNDICE Hamburguer Tex-Mex Burger 2 Chili Vegetariano 2

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido ÍNDICE Hamburguer Tex-Mex Burger 2 Chili Vegetariano 4 Frango Limão 6 Frango Com Cogumelos E Cebolinha 7 Bróculos E Camarões 9 Bifes Com Molho 11 Berigela Grelhada & Portobello Sanduiche 13 Imformações

Leia mais

Cachorro Quente de Forno

Cachorro Quente de Forno Cachorro Quente de Forno 2 xícaras (chá) de farinha de trigo 2 xícaras (chá) de leite 2 ovos 3 colher de sopa de fermentem pó 100 g de queijo parmesão ralado Recheio: 8 salsichas cozidas e picadas 1 cebola

Leia mais

Livro de Receitas com Ómega 3 Cardio-Saudável

Livro de Receitas com Ómega 3 Cardio-Saudável Livro de Receitas com Ómega Cardio-Saudável Sabe bem à mesa, sabe bem ao coração! Os ácidos gordos Ómega EPA + DHA, presentes de forma natural no pescado, contribuem para o normal funcionamento do coração.*

Leia mais

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro

Agroindústria. Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro 1 de 5 10/16/aaaa 10:35 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Processamento artesanal de farinhas e Nome farináceos : fabricação de pão caseiro Produto

Leia mais

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1.

Agroindústria. Menu Introdução Pão integral Pão de mandioca Pão de torresmo com creme de alho Pão de Forma Pãezinhos de Batata. 1. 1 de 6 10/16/aaaa 10:42 Agroindústria Processamento artesanal de farinhas e farináceos Fabricação de pão caseiro Pão integral, pão de torresmo, pão de forma e pãezinhos de batata Processamento artesanal

Leia mais

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g

Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg. Sal 25 g Óleo 100 ml. Açúcar cristalizado 50 g Sal 20 g MASSA RICA (para 5 pizzas de 280 g 35 cm e 2 pizzas de 230 g médio) Trigo (Medalha de ouro) Óleo de milho 1 Kg 50 ml Ovos 3 unidade (Vermelho) Massa fina (pedra) Leite Integral 480 ml Trigo 1 Kg Sal 25

Leia mais

Delícias saudáveis. Inspire-se na cozinha. Abuse da criatividade. Delicie-se sem culpa.

Delícias saudáveis. Inspire-se na cozinha. Abuse da criatividade. Delicie-se sem culpa. Delícias saudáveis Inspire-se na cozinha. Abuse da criatividade. Delicie-se sem culpa. Pratos que não extrapolam em carboidratos e carnes, não transbordam de queijo e, mesmo assim, dão água na boca. Sobremesas

Leia mais

ENTRADA Salada Requintada

ENTRADA Salada Requintada ENTRADA Salada Requintada Rendimento: 6 porções (1 pires = 75 g) 1 pé de alface americana pequeno lavado 1 maço pequeno de rúcula lavado 100 g de peito de peru defumado em tiras 100 g de queijo minas em

Leia mais

Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar.

Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar. Já está na mesa o novo cardápio da alimentação escolar. Prove as receitas, veja como está gostoso e, o mais importante, nutritivo! A Prefeitura de Ipatinga elaborou para você este livro com receitas que

Leia mais

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido

Segredo do Emagrecimento Rápido http://www.coisasqueemagrecem.com.br/segredoemagrecimentorapido 1 INDICE Sanduiches Ao Acordar 2 Maça 3 Melância 4 Panquecas 5 Barra De Energia Matinal 7 Omelete 9 Muesli 11 Imformações importantes! Este Ebook não pode ser modificado / editado, vendido, mas pode ser

Leia mais

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA

Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Receitas do livro BOLO SALGADO DE FARINHA DE MANDIOCA Nome da 4 xícaras de chá de farinha de farinha (500g) 4 ovos 2 Litros de leite morno 1 colher (sopa) de fermento em pó (10g) 2 gemas para pincelar

Leia mais

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite

1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite ABÓBORA COM CREME 1 lata de abóbora em calda, 2 xícaras de açúcar, 4 ovos, 4 colheres de açúcar, 2 colheres de maisena, 1 litro de leite, 1 copo de leite 1 Leve as 2 xícaras de açúcar em uma panela ampla

Leia mais

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da

Revista da DORA DORA. Receitas de Pascoa da Receitas de Pascoa da, 1 Lombo de Bacalhau com Batatas 1kg de lombo de bacalhau 15 batatas bolinha 6 dentes de alho (com casca mesmo) 2 folhas de louro 12 grãos de pimenta 2 cebolas fatiadas em rodelas

Leia mais

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1

sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 1 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 2 2 sal.final.qxp 06/06/02 1:35 Page 3 Sal Colecção: Princípios para uma Alimentação Saudável Edição: Direcção Geral da Saúde Alameda

Leia mais

RECEITAS SEM GLÚTEN. Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura)

RECEITAS SEM GLÚTEN. Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura) RECEITAS SEM GLÚTEN Pão de Farinha de Arroz com Araruta (Ciclo 7 Ultra Rápido Cor da Casca: Média ou Escura) 1 ½ copo de leite ou água com 3 colheres de sopa de leite em pó 3 colheres de sopa de óleo ou

Leia mais

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes:

Caldeirada de Peixe. Bolinho de Siri. Ingredientes: Modo de preparo: Ingredientes: Caldeirada de Peixe - 4 cebolas médias -8 dentes de alho - 6 tomates médios - 1/2 pimentão verde - 1/2 pimentão vermelho - 1/2 pimentão amarelo - 3 folhas de louro - salsa - coentro - 1,5kg batata - 2kg

Leia mais

Cous Cous Salad. Ingredientes. Equipamento. opcional. Vestir Óleo de oliva 2tbsp Suco de limão 1 colher de sopa Uma pitada de sal e pimento

Cous Cous Salad. Ingredientes. Equipamento. opcional. Vestir Óleo de oliva 2tbsp Suco de limão 1 colher de sopa Uma pitada de sal e pimento Vestir Óleo de oliva 2tbsp Suco de limão 1 colher de sopa Uma pitada de sal e pimento 125g Couscous 1 vegetal / cubo de caldo de galinha 250 ml de água fervente Qualquer dois dos seguintes: 2 cebolinhas

Leia mais

1/3 xícara de Pecorino Romano, ou parmesão ralado na hora

1/3 xícara de Pecorino Romano, ou parmesão ralado na hora Receita da Vez: Fuzile ao Ragu de Cordeiro Um toque de glamour: Alecrim Vinho para Massa: Cabernet Sauvignon Música: Concheta - Língua de trapo". Sobremesa: Quindão Vinho para Sobremesa: Moscatel de Setubal

Leia mais

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS

ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS ALIMENTOS EXTENSAMENTE AQUECIDOS RECEITAS SALGADAS WAFFLE/PANQUECA SALGADO Ingredientes 1 xícara chá de Farinha de Trigo 1 xícara chá de leite de vaca integral 1 ovo de galinha inteiro 1 colher chá de

Leia mais

Esta apostila é uma cortesia do site http://kireceitas.orgfree.com Seu livro de receitas virtual na internet...

Esta apostila é uma cortesia do site http://kireceitas.orgfree.com Seu livro de receitas virtual na internet... Bolinho de Bacalhau 500 gramas de bacalhau 3 ovos 3 batatas médias cozidas Meia cebola (picada) Meio cálice de vinho do porto tempero de salsa e cebolinha (picadas) Pimenta do reino Sal a gosto Preparo:

Leia mais

www.academiaesaude.com

www.academiaesaude.com INDICE Lanche Ao Acordar 2 Maça 2 Melância 2 Panquecas 2 Barra De Energia Matinal 8 Omelete 10 Muesli 2 SANDUICHE AO ACORDAR Você vai querer acordar para este sanduíche na manhã café da manhã. Ingredientes

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Faz Crescer com Energia. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Mercado Abastecedor da Região de Évora, S.A.

Programa 5 ao Dia. Faz Crescer com Energia. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Mercado Abastecedor da Região de Évora, S.A. O que conta como uma porção para o 5 ao Dia? Programa 5 ao Dia Frutas ou Hortícolas Tamanho das peças de Frutas ou Hortícolas Equivalência em gramas Abacate 1/5 de um médio 30 Aipo 2 talos médios 110 Alface

Leia mais

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia!

Não deixe de aproveitar os pratos com a economia do TodoDia! Esta revista foi pensada para deixar você com água na boca do início ao fim. Nela, vou mostrar duas de minhas especialidades na cozinha: receitas de massas e tortas. Nada mais versátil para agradar à família

Leia mais

SEMANA DAS MÃES. Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS

SEMANA DAS MÃES. Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS SEMANA DAS MÃES Professora: Lígia Melo ENCONTRO DE SABOR E SAÚDE SALADAS MOLHOS VARIADOS MOLHO FRANCÊS BÁSICO ½ XÍCARA DE AZEITE DE OLIVA ; ½ XÍCARA DE ÓLEO; ½ XÍCARA VINAGRE DE UVA; 1 DENTE DE ALHO PICADO;

Leia mais

Novos sabores pra sua vida!

Novos sabores pra sua vida! Livro de Receitas Natal Novos sabores pra sua vida! ÍNDICE DOCES Sobremesa de Chocolate com Nozes... 02 Torta do Papai Noel... 02 Pudim de Café e Castanhas do Pará... 03 Pudim de Limão com Suspiro... 04

Leia mais

RECEITAS DE SALGADINHOS

RECEITAS DE SALGADINHOS SEU LIVRO DE RECEITAS VIRTUAL NA INTERNET... RECEITAS DE SALGADINHOS INDICE Bolinho de Bacalhau Coxinha de galinha Croquetes de aipim Croquete de carne Esfiha Pastéis de bacalhau Quibes Quibe Cru Quibe

Leia mais

BISCOITINHO DE QUEIJO

BISCOITINHO DE QUEIJO ÍNDICE DE RECEITAS Salgados Biscoitinho de queijo, 3 Cheesecake de salmão defumado, 4 Mousse de azeitona, 5 Nhoque de ricota, 6 Pão de queijo, 7 Samboussek, 8 Torta de queijo, 9 Doces Bolo de côco ralado,

Leia mais

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER

LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER LIVRETO DE INVERNO RECEITAS PARA AQUECER INTRODUÇÃO Este é um complemento ao Livreto de Inverno - Receitas para Aquecer. Adoramos sopas e já publicamos diversas no blog... Como o inverno chegou com tudo,

Leia mais

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir.

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e fritar em óleo quente. Escorrer em papel toalha e servir. 1 BOLINHO DE JACARÉ I 1 kg. de carne de jacaré moída 100 g. de farinha de milho ou farinha de mandioca flocada 3 ovos inteiros 3 dentes de alho, picadinhos pimenta-do-reino e salsinha e cebolinha bem picadinhas

Leia mais

Feliz Natal e um próspero ano novo cheio de alegrias e realizações!

Feliz Natal e um próspero ano novo cheio de alegrias e realizações! o CARDÁPIO NATALINO 1. Entrada Primavera 2. Creme de Manga 3. Pernil Fatiado 4. Chester Recheado com Nozes 5. Molho Creme de Maçã 6. Molho Semi-Doce de Cogumelo 7. Medalhões de Filé Recheados 8. Farofa

Leia mais

Strogonoff de Carne de Porco

Strogonoff de Carne de Porco Strogonoff de Carne de Porco Ingredientes 1/2 de carne porco - PERNIL limão, sal, 3 dentes de alho, pimenta-do-reino 1 cálice de conhaque ou Vinho Branco Aliança 2 colheres (sopa) margarina, 1 colher (sopa)

Leia mais

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô

18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA. Fabiana Nanô 18 RECEITAS FÁCEIS E SAUDÁVEIS PARA O SEU DIA A DIA Fabiana Nanô O que você encontrará neste ebook? Este ebook contém 18 receitas deliciosas para você fazer no dia a dia. São receitas fáceis de se preparar

Leia mais

RECEITAS DIETÉTICAS PARA O VERÃO

RECEITAS DIETÉTICAS PARA O VERÃO ROLINHOS DE PEIXE COM ESPINAFRES 4 Filetes de peixe sem pele e espinhas com cerca de 100g cada 1 Colher (sopa) de sumo de limão 300g de espinafres congelados 1 Dente de alho 3 Colheres (sopa) de azeite

Leia mais

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA SUINOS 1. Costeletas de Porco à Milanesa 2. Costeletas de Porco com Mel 3. Enroladinhos de Lombo de Porco com Mel 4. Lingüiça de Porco 5. Lingüiça Cuiabana 6. Lingüiça Calabresa 7. Lombo de Porco Saboroso

Leia mais

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral

Bolinho de amor. Com carinho, Equipe do Integral Bolinho de amor 1 pitada de carinho 2 colheres de mel 3 colheres de doçura 4 Colheres de paixão 5 Colheres de amor a gosto 6 Colheres de dedicação Modo de Preparo: Faça a mistura de carinho, mel, doçura.

Leia mais

Receitas com aproveitamento integral dos alimentos. Parceria: Gestão de Meio Ambiente. Agradecimentos. Centro de Convivência Infantil (CCI)

Receitas com aproveitamento integral dos alimentos. Parceria: Gestão de Meio Ambiente. Agradecimentos. Centro de Convivência Infantil (CCI) - Receitas com aproveitamento integral dos alimentos. Parceria: Gestão de Meio Ambiente Agradecimentos Centro de Convivência Infantil (CCI) Apresentação Uma alimentação saudável pode contribuir para a

Leia mais

AULA VIVÊNCIANDO O BRASIL - RECEITAS

AULA VIVÊNCIANDO O BRASIL - RECEITAS Caldo de feijão branco Feijão branco Paio cortado em cubos pequenos Bacon cortado em cubos pequeno Cebola cortada em cubos pequenos Alho amassado Azeite Água Quanto baste Louro fresco Sal Quanto baste

Leia mais

AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA

AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA AS RECEITAS DA NOSSA ESCOLA Gulodices e outras coisas que tal... Escola Secundária da Maia Projeto da disciplina de Espanhol 11ºH 2011/2012 Este projeto é o resultado de um ano de trabalho dos alunos da

Leia mais

Arroz e Feijão Maravilha

Arroz e Feijão Maravilha Arroz e Feijão Maravilha 40 g de abóbora picada 40 g de arroz 40 g de carne bovina picadinha 30 g de cenoura picada 40 g de chuchu picado 40 g de couve picada 30 g de feijão 30 g de repolho 10 g de cebola

Leia mais

Receitas incríveis de MAGGI

Receitas incríveis de MAGGI Receitas incríveis de MAGGI Assisting the amazing since 1886 Ingredientes que poupam tempo e adicionam sabor. Assisting the amazing Inspirar a criatividade dos chefs é a nossa motivação diária. Por isso,

Leia mais

LIVRO DE RECEITAS DA DORA

LIVRO DE RECEITAS DA DORA LIVRO DE RECEITAS DA DORA OI, PESSOAL! Este é um livro de receitas especiais de Páscoa que preparamos para deixar o seu feriado ainda mais gostoso. São 11 receitas salgadas e doces que vão encantar sua

Leia mais

Treinamento Conservas de frutas 382

Treinamento Conservas de frutas 382 Para que haja boa conservação dos alimentos é importante que os produtos conservados mantenham suas qualidades nutritivas, seu aroma, sabor e que se eliminem as causas das alterações. As várias maneiras

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br

www.500receitasparaemagrecer.com.br Sorvete de Limão 3 copos de iogurte natural desnatado 2 colheres (chá) de essência de baunilha 1 colher (sopa) de suco de limão 1 colher (sobremesa) de adoçante Casca ralada de um limão Misture todos os

Leia mais

Receitas da Chef Michelle Welcker

Receitas da Chef Michelle Welcker Receitas da Chef Michelle Welcker Ceviche nordestino e molho de manga, maracujá e gengibre. Ceviche: 500g de filé de salmão limpo 250g de queijo coalho de cabra 80g de pimentão amarelo em cubinhos 80g

Leia mais

CABAZ MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

CABAZ MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS CABAZ MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS Vinho Tinto Douro Quinta da Pacheca Grande Reserva Quinta da Pacheca Sociedade Agrícola e Turística, Lda Cambres - Lamego - Consumir a: 16 C Teor Alcoólico: 13,5% Vinho Moscatel

Leia mais

Ceia 2. Alcachofras Recheadas, Saladinha. Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache. Torta de Limão

Ceia 2. Alcachofras Recheadas, Saladinha. Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache. Torta de Limão Ceia 2 Alcachofras Recheadas, Saladinha Capelloni de Peru, Creme de Ervas e Pistache Torta de Limão Alcachofras Recheadas Ingredientes para 1,3 kg (10-12 unidades) 200 gramas de alcachofra congelada, cortada

Leia mais

-./*0(1(21&1'#"0(31#*4(

-./*0(1(21&1'#0(31#*4( -./*0(1(21&1#"0(31#*4( 5/"6$17"(+1(8*$/"(0".+9:1;(!"#$%&"()*$+,*( ! "#$%&!!()*+,&!-+%.! /$,012,!3!4%1$,!&,#3567!!!!!! 8,+19)*,!:%13;%! ÍNDICE!"#$!%&%&(&)*+!%,&*$-% INTRODUÇÃO MODO DE EMPREGO SUMOS 1. Sumo

Leia mais

Frigideira de raviólis

Frigideira de raviólis Frigideira de raviólis (8 pessoas) 100g de bacon picado 500g de carne bovina cortada em cubos 500g de massa tipo ravióli farinha de trigo (cerca de 3 colheres) 1 cebola picada 2 dentes de alho esmagados

Leia mais

Receitas. Queijos de Ovelha. Azeitão La Serena Serpa. Trilogia natural! Leite cru, cardo, sal

Receitas. Queijos de Ovelha. Azeitão La Serena Serpa. Trilogia natural! Leite cru, cardo, sal Receitas Trilogia natural! Leite cru, cardo, sal Queijos de Ovelha Azeitão La Serena Serpa Índice Introdução CYNARA é um projecto de cooperação transnacional no âmbito do programa LEADER+, apresentado

Leia mais

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró

Chalá redonda. Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró B H RECEITAS Chalá redonda º Guefilte fish ao molho de tomate Salmão primavera Saladas: Vagem com manga Alface com batata palha Salada de alho poró º Caldo de galinha youch com kneidalach º Carne assada

Leia mais

pates Modo de Fazer: Bata o milho no liquidificador e misture-o aos demais ingredientes, temperando a gosto. Acrescente maionese até obter uma pasta.

pates Modo de Fazer: Bata o milho no liquidificador e misture-o aos demais ingredientes, temperando a gosto. Acrescente maionese até obter uma pasta. PATÊ DE BERINJELA COM QUEIJO Ingredientes: 2 berinjelas picadas, previamente aferventadas 1 cebola picada 3 colheres de sopas de óleo 1 colher de sobremesa de amido de milho 1 xícara de chá de queijo parmesão

Leia mais

UNIDADE DE SAÚDE PÚBLICA DO ALTO MINHO RECEITAS E FICHAS TÉCNICAS

UNIDADE DE SAÚDE PÚBLICA DO ALTO MINHO RECEITAS E FICHAS TÉCNICAS UNIDADE DE SAÚDE PÚBLICA DO ALTO MINHO RECEITAS E FICHAS TÉCNICAS VIANA DO CASTELO, JANEIRO 2011 ELABORADO POR: RUTE AZEVEDO CATARINA MARTINS LILIANA FERNANDES MARIANA OLIVEIRA SUSANA KARIM SUSANA LIQUITO

Leia mais

continente REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS

continente REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS REAPROVEITE MAIS, DESPERDICE MENOS SUGESTÕES DE RECEITAS PRÁTICAS Índice 4 Introdução Entradas 6 Patê de Talos 7 Pasta de Beringela Sopa 8 Sopa de talos e folhas Prato de Carne 9 Tomates Recheados Prato

Leia mais

saudade a língua é minha pátria

saudade a língua é minha pátria saudade a língua é minha pátria Ingredientes 1 kg de filés de peixe robalo ou similar 1 pimentão grande em rodelas 1 cebola média em rodelas 4 tomate em rodelas 3 dentes de alho socados 2 limões (suco)

Leia mais