PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO TÉCNICA - PEDAGÓGICA PROINFÂNCIA 2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI SECRETARIA DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO TÉCNICA - PEDAGÓGICA PROINFÂNCIA 2009"

Transcrição

1 EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA EDUCAÇÃO INFANTIL I - CONHECENDO A SI MESMO E APRENDENDO A SE RELACIONAR Com relação à aprendizagem sobre si mesmo e sobre as relações espera-se que as crianças aprendam: Respeitar-se, valorizar-se e cuidar-se; Conhecer suas limitações e possibilidades, aceitar-se e aos companheiros; Participar das atividades interagindo com os colegas e considerando as regras construídas Resolver dúvidas e conflitos a partir de diálogo com outras crianças e adultos. Ter atitude de atenção para ouvir Ter iniciativa de pedir ajuda quando necessário Ter convivência respeitosa com pessoas de diferentes características físicas e culturais Não ter preconceito de gênero, ou étnico-racial e se opor a qualquer forma de discriminação, defendendo esta postura Apresentar atitude de solidariedade e cooperação em diferentes tarefas Apropriar-se de hábitos regulares de higiene pessoal, perceber a vontade de ir ao banheiro e ter progressivo controle de esfíncteres, Aprender a executar movimentos de vestir-se ou desnudar-se como, a comer sem ajuda e usar talheres adequadamente, a escolher o que quer comer ao servir-se de comida e a expressar preferências em relação a cheiros e paladares. Considerar os pontos de vista e os sentimentos das outras crianças, Brincar com colegas criando espaços de fantasias, partilhando jogos ou brincadeiras tradicionais; Fazer amigos, negociar significados e decisões Perceber que sua agressão pode provocar danos ou dor em outra criança e desenvolver atitudes de solidariedade em relação aos parceiros; Exercitar os papéis de cuidar dos companheiros e de ser cuidado por eles, Participar de jogos interativos com adultos e crianças e comunicar-se com diferentes parceiros, colocando suas idéias, manifestando suas vontades e sentimentos Brincar com crianças com diferentes condições de desenvolvimento, Familiarizar-se com a própria imagem corporal, Narrar as próprias vivências, Reconhecer sensações produzidas por diferentes estados fisiológicos e comunicar ao professor quando necessário Identificar elementos que lhe provocam medo e buscar ajuda para superá-lo, Ter uma atitude ativa diante de uma dificuldade superável e ficar satisfeito com suas conquistas. Reconhecer alguns elementos da sua identidade cultural, regional e familiar.

2 II - TEMPO E ESPAÇO PARA AS ATIVIDADES LÚDICAS A partir do trabalho com as atividades lúdicas espera-se que as crianças aprendam a: Procurar e achar objetos escondidos; Esconder-se e ser encontrado; Jogar bola; Encaixar peças de madeira, empilhar cubos; Participar de brincadeiras de roda; Assumir papéis ao reproduzirem situações cotidianas no faz-de-conta Imitar as ações de um personagem de história Brincar com fantoches reproduzindo ou inventando falas Construir brinquedos com sucatas e outros materiais com ou sem modelos com ajuda de adultos; Montar quebra cabeça com ou sem ajuda; Explicar as regas de um jogo; Brincar de cantar, de dançar, de desenhar, de escrever, de jogar futebol, de pulasela, amarelinha, corda, pega-pega, e outras brincadeiras tradicionais;. Criar com outras crianças novos jogos a partir de brincadeiras tradicionais; Criar e dramatizar um enredo usando bonecos como atores; Escolher figurino para compor um personagem Maquiar-se ou a um colega; Criar a sonoplastia para uma encenação; Construir cenários para o faz-de-conta; Participar de jogos de tabuleiro como: loto, damas, memória, dominó; Fazer dobraduras simples; Elaborar máscaras; Fazer bonecas de pano, ou de outro material; Construir e empinar pipas com a ajuda de um adulto; Sugerir modificações em personagens, enredos ou regras de uma brincadeira; Criar com os companheiros novos enredos para o grupo representar; Descrever na roda de conversa o enredo de um faz-de-conta; Antecipar oralmente ações que devem ocorrer no jogo dramático e inferir as intenções dos personagens de um enredo encenado. Cooperar com um colega em um jogo; Planejar as tarefas para uma gincana; Apontar que alterações devem ser feitas em uma brincadeira quando necessário adaptá-la; Construir e consertar brinquedos; III - VIVENCIANDO A EXPRESSÃO CORPORAL A partir do trabalho com linguagem corporal espera-se que as crianças aprendam a:

3 Explorar desafios oferecidos pelo espaço por meio dos movimentos básicos: rolar, sentar, apoiar, rastejar, engatinhar, mas também andar, correr, saltar, saltitar, pular para baixo, subir, etc, com maior autonomia, presteza e confiança; Manipular e explorar objetos de diferentes características: formas, pesos, texturas, tamanhos, através dos movimentos de pegar, largar, levar à boca, chutar, lançar de diferentes modos, empilhar, encaixar, etc. com autonomia, presteza e confiança progressiva; Familiarizar-se com a própria imagem corporal, discriminando sensações e percepções, especialmente por meio da interação com os outros parceiros, do toque e uso do espelho; Discriminar e nomear as diferentes partes do próprio corpo e o do outro; Controlar gradualmente o próprio movimento, ajustando suas habilidades às diferentes situações das quais participa; Conhecer as potencialidades e limites do próprio corpo; Desenvolver uma atitude positiva com relação a seu corpo e ao do outro; Ampliar a consciência corporal em posturas e em movimentos; Interagir com diferentes parceiros utilizando expressões faciais e movimentos corporais de modo cada vez mais intencional e com finalidade comunicativa. Expressar-se nas brincadeiras, assumindo determinadas posturas corporais, gestos e falas referentes a determinados papéis; Participar de danças de diferentes gêneros e outras expressões da cultura corporal; Apreciar apresentações de dança de diferentes gêneros e outras expressões da cultura corporal de adultos amadores e profissionais e outras crianças; Expressar-se, se comunicar, interagir intencionalmente com diferentes parceiros pelo movimento, ampliando suas possibilidades gestuais. Dançar a partir de músicas de gêneros variados, imitando, criando e coordenando movimentos; Criar e reproduzir coreografias individualmente e em grupo, Descrever como um movimento deve ser feito; Executar, descrever, avaliar e interpretar apresentações de dança de diferentes gêneros; Criar brincadeiras corporais a partir do repertório apreendido da cultura corporal Resolver problemas ocorridos em um jogo discutindo suas regras. IV - CONSTRUINDO CONHECIMENTOS LINGUÍSTICOS A partir do trabalho com linguagem espera que as crianças aprendam a: Diferenciar a narrativa oral e a leitura de histórias; Identificar a escrita do nome próprio e a reconhecer textos recorrentes no cotidiano; Reconhecer e nomear as letras iniciais de seu nome; Reconhecer a semelhança gráfica entre a inicial de seu nome e as demais iniciais dos colegas que também possuem a mesma letra; Identificar parlendas, quadrinhas, adivinhas e outros textos de tradição oral apresentados pelo professor;

4 Expressar seus desejos, sentimentos e necessidades e participar de situações mais coletivas de comunicação; Ajustar o falado ao escrito a partir dos textos já memorizados e localizar palavras num texto que sabem de memória; Arriscar-se a escrever o nome nas situações em que assinar se faz necessário; Escutar a leitura de histórias e emitir comentários pessoais e opinativos sobre o texto; Organizar oralmente as etapas de uma instrução, como seguir uma receita ou as regras para uma brincadeira, com apoio do professor; Expressar oralmente suas idéias sobre um relato apresentado ao grupo por um colega ou pelo professor; Reapresentar contos de repetição apoiadas no livro; Seguir instruções; Responder a solicitações, compreendendo seus contextos de significação; Relatar fatos que compõem episódios cotidianos, ainda que com apoio de recursos e/ou do professor. Participar de espaços de conversa coletiva, apoiando-se não apenas na fala complementar do professor, mas também em sua memória e em seus próprios recursos expressivos; Escutar atentamente o que os colegas falam em uma roda de conversa; Posicionar-se como falantes numa conversa mediada pelo professor e emitir opiniões pessoais sobre um assunto; Explicar fatos e fenômenos sociais e /ou naturais; Comunicar aos colegas as soluções que imaginaram para uma questão levantada; Argumentar a respeito de um assunto sobre o qual o grupo conversa; Acompanhar a cantoria de parlendas, cantigas ou brincadeiras cantadas, expressando-se corporalmente e reconhecer e recitar parlendas e outros textos da tradição oral, tais como quadrinhas, adivinhas etc. Reconhecer no livro as histórias que lhe são lidas; Procurar por e/ou pedir ao professor diferentes livros de sua preferência, reconhecer passagens de histórias a partir das imagens/ ilustrações de um livro lido; Reconhecer e utilizar com mais freqüência textos como convites, a agenda do dia, comunicados e listas; Conquistar a escrita do nome próprio com total autonomia e ler e escrever os nomes de seus colegas; Produzir seus próprios textos ainda que não convencionalmente; Conhecer as características e os usos das cartas e dos diários; Relacionar textos e imagens na leitura dos álbuns de figurinhas; Usar a escrita para seguir instruções e /ou instruir, utilizando conhecimentos sobre o sistema de escrita para localizar um nome específico numa lista de palavras do mesmo campo semântico; Buscar informações gerais sobre um assunto a partir de um texto; Diferenciar publicações tais como jornais, cartazes, folhetos, textos publicitários etc.; Distinguir algumas características básicas dos textos informativos e jornalísticos e conhecer os diferentes usos e funções desses portadores;

5 Localizar informações explícitas no texto,; Inferir informações implícitas no texto; Antecipar significados de um texto escrito a partir das imagens / ilustrações que o acompanham; Identificar legendas e levantar hipóteses sobre seu significado e ler legendas ou partes delas a partir das imagens e de outros índices gráficos; Conhecer amplo repertório de contos desde os tradicionais de fadas, até os populares brasileiros e de outras culturas; Identificar e nomear características comuns em diferentes textos do mesmo autor; Manifestar oralmente suas preferências literárias e argumentar sobre as qualidades literárias do gênero e/ou do autor preferido, Usar conhecimentos sobre as características estruturais das narrativas clássicas ao produzir um texto ditando-o ao professor respeitando as normas da linguagem que se escreve. V - CONSTRUINDO CONHECIMENTOS SOBRE A NATUREZA E A CULTURA Com o trabalho sobre natureza e cultura espera-se que as crianças aprendam: Brincar com água e areia, ou terra, pasta de outros materiais e explorar texturas, temperatura e consistência; Iniciar pequenas explorações com alimentos, objetos e cheiros que ampliam suas experiências com sensações visuais, auditivas, gustativas e olfativas; Observar reações de causa e efeito; Observar diferenças e semelhanças entre o estado inicial e final de misturas; Observar sua imagem refletida no espelho, observar outras pessoas e comparar algumas de suas características pessoais; Conhecer e aprender a lidar com regras e combinados; Acalentar o amigo quando este está triste ou chorando, Realizar brincadeiras e tarefas em dupla ou grupo; Reconhecer diferenças e semelhanças entre sua organização familiar e a das outras crianças; Identificar seus colegas e outros adultos dos espaços de educação infantil pelo nome; Observar animais, em livros, revistas e filmes, a reconhecer os sons por eles produzidos, e suas características físicas externas de modos de vida; Conhecer o próprio corpo, nomear algumas partes do mesmo, a observar seu crescimento; Comparar e entender as diferenças entre meninos e meninas; Estabelecer relações de causa-efeito das mudanças observadas em elementos da natureza; Observar e significar organizações sociais, hábitos e culturas, verificando permanências e regularidades; Participar de atividades que envolvem tradições culturais: histórias, brincadeiras, jogos e canções de sua comunidade e de outras;

6 Interpretar problemas, discutir propostas e relatar de modo coerente e com terminologia adequada e registrar suas observações, com a ajuda do professor, usando diferentes linguagens; Observar fenômenos e elementos da natureza presentes no dia-a-dia e reconhecendo algumas características e relacionando-as a algumas necessidades e cuidados; Participar de atividades que envolvam processos de culinária ou de confecção de objetos; Estabelecer algumas relações entre o modo de vida característico de seu grupo social e o de outros grupos; Conhecer costumes e brincadeiras de outras épocas e de outras civilizações; Pesquisar hábitos e necessidades básicas dos animais e plantas do seu entorno; Conhecer e utilizar cuidados básicos e amorosos com pequenos animais e plantas; Conhecer e diferenciar algumas espécies da fauna e flora brasileira e mundial; Perceber pequenas alterações ocorrendo em seu próprio corpo, manifestando comportamento de cuidado; Reconhecer algumas propriedades dos objetos refletir, ampliar ou inverter as imagens, produzir, transmitir ou ampliar sons, etc. Reconhecer mudanças climáticas, analisando e comparando algumas mudanças de hábitos e costumes em pessoas, animais ou plantas, influenciados por essas mudanças; Observar e comparar os componentes da paisagem, aprender a comentar as transformações decorrentes da ação do homem; Discutir como o homem usa e transforma a natureza para sua necessidade e bemestar e pensar na necessidade de cuidado e preservação do meio ambiente; Valorizar atitudes de manutenção e preservação dos espaços coletivos e do meio ambiente; Ter cuidados relacionados á segurança e prevenção de acidentes no uso de objetos no cotidiano Valorizar atitudes relacionadas á saúde e o bem-estar individual e coletivo;. VI - CONSTRUINDO CONHECIMENTOS MATEMÁTICOS A partir do trabalho com os conhecimentos matemáticos espera-se que as crianças aprendam a: Números e Sistema de Numeração Utilizar contagem oral nas brincadeiras e em situações nas quais reconhece sua necessidade. Explorar as notações numéricas em diferentes contextos: registro de jogos, controle de materiais da sala... Identificar números nos diferentes contextos em que se encontram Identificar a posição de um objeto ou número numa série Comparar escrita de números, identificando algumas regularidades Relacionar á idéia de número à quantidade correspondente.

7 Utilizar noções simples de cálculo mental como ferramenta para resolver problemas. Ordenar diferentes objetos da mesma classe por critério de tamanho Manipular objetos variados de novas maneiras, empilhá-los do menor para o maior e vice e versa Explorar a seqüência numérica considerando que é possível estender a sucessão de números tanto quanto se queira Utilizar diferentes estratégias para juntar, agregar, avançar, retroceder, repartir e tirar: recontar a partir do um. Utilizar os números que já conhecem para escrever outros números, apoiando-se na numeração falada e na escrita Grandezas e Medidas Utilizar instrumentos de medidas de comprimento, peso, volume e tempo. Explorar diferentes procedimentos para comparar grandezas. Vivenciar com interesse experiências com dinheiro em brincadeiras Identificar a passagem do tempo apoiadas no calendário e utilizando a unidade de tempo dia, mês e ano para marcar os acontecimentos do grupo. Formalizar mais as medidas pelo uso de diferentes instrumentos de medição convencional e não convencional, a fim de estabelecer: distâncias, comprimento, capacidade (litro) e massa Espaço e Forma Explorar e identificar propriedades geométricas de objetos e figuras Identificar pontos de referência para situar-se e deslocar-se no espaço enfrentando obstáculos presentes nos trajetos: subindo, descendo, pulando, passando por cima, por baixo, rodeando, equilibrando-se -, de preferência sem a ajuda de um adulto. Explicitar e/ou representar posição de pessoas e objetos, utilizando vocabulário pertinente em cima, em baixo, ao lado, na frente, atrás, direita, esquerda nos jogos, nas brincadeiras e nas diversas situações em que se torne necessário. VII - VIVENCIANDO AS LINGUAGENS ARTÍSTICAS MÚSICA Com relação à linguagem musical espera-se que as crianças aprendam a: Perceber os sons do ambiente e a reagir a sons e músicas; Reconhecer suas músicas preferidas acompanhando-as por meio de movimento corporal; Produzir sons batendo, sacudindo, chacoalhando etc. objetos sonoros e instrumentos musicais diversos, usando o próprio corpo e a voz. Explorar as qualidades sonoras (intensidade, duração, timbre, altura) de objetos e instrumentos musicais diversos, mesmo sem reconhecê-las convencionalmente;

8 Explorar as possibilidades expressivas da própria voz; Cantar, sozinhas ou em grupo; Participar de brincadeiras musicais e a relacionar a música com a expressão corporal e a dança; Identificar o silêncio, os sons da natureza e os sons produzidos pelas pessoas; Apreciar músicas instrumentais e diferentes expressões da cultura musical brasileira, bem como de outras culturas; Reconhecer e demonstrar sua preferência por músicas instrumentais, canções, acalantos, cantigas de roda, parlendas, trava-línguas, adivinhas etc, e ampliar seu repertório destas músicas; Explorar diferentes maneiras de produzir sons com o próprio corpo; Construir, com a ajuda do professor, diferentes objetos sonoros e instrumentos musicais; Inventar canções e inventar letras para canções; Reconhecer o som e saber o nome de alguns instrumentos musicais; Selecionar alguns objetos sonoros e instrumentos musicais para utilizá-los em suas improvisações e composições, Acompanhar a narrativa de histórias usando objetos sonoros e instrumentos musicais para sonorizá-las; Contar histórias usando modulações de voz, objetos sonoros e instrumentos musicais; Registrar os sons por meio de formas gráficas, a desenhar aquilo que ouvem um som curto, comprido, grosso ou fino, por exemplo; Conversar sobre as características de certas músicas, os instrumentos utilizados em sua execução, os sentimentos que despertam etc. ARTES VISUAIS Com relação às artes visuais espera-se que a criança aprenda: Observar e explorar os ambientes internos e externos de seu entorno onde podem ter acesso a diferentes manifestações no campo visual: desenho, pintura, fotografia, artesanato etc., e a demonstrar suas preferências; Explorar algumas das manifestações do campo visual; Observar outras crianças desenhando e aprender a marcar diversos suportes com suas garatujas básicas; Reconhecer sua marca gráfica entre as produções de outras crianças; Reconhecer imagens de referência na ilustração de livros, em cartazes fixados na parede, etc.expressando suas idéias e sensações sobre as mesmas;. Fazer contato, observar e interagir com os processos de produção das demais crianças; Ampliar seus contextos de observação e a partir observação, vídeos, catálogos; Utilizar diferentes ferramentas, suportes e materiais e diferentes posições espaciais e corporais para desenhar; Explorar as relações de peso, tamanho, volume e direção das formas tridimensionais; Explorar espaços bidimensionais e tridimensionais utilizando materiais e ferramentas;

9 Construir conhecimentos sobre o equilíbrio das formas, pesos e tamanhos dos diferentes objetos que compõem seus primeiros jogos: os blocos de construções, as caixas de empilhar e encaixar, etc. Expressar sensações a partir da exploração de materiais com texturas diversas; Construir com mais autonomia e independência formas planas e volumosas; Conhecer, descrever e expressar opiniões sobre tais formas; Observar as transformações das cores nas misturas; Experimentar e articular visualmente as diferentes relações de claro e escuro na natureza e nos meios artificiais, como a pintura, a fotografia, o cinema, etc. Usar diferentes materiais e ferramentas na exploração de objetos e fenômenos que envolvam a ocorrência das cores; Utilizar o conhecimento sobre as cores, suas texturas, aparência, etc., como possibilidade de se expressarem visualmente; Reconhecer a diversidade de padrões de uso das cores nas diferentes culturas e contextos usando este conhecimento como fonte de informação e de inspiração para fazer suas próprias criações;

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Segundo o Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil : Educar significa, portanto, propiciar situações de cuidados, brincadeiras e aprendizagens

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos.

Língua Portuguesa. Expectativas de aprendizagem. Expressar oralmente seus desejos, sentimentos, idéias e pensamentos. Língua Portuguesa As crianças do 1º ano têm o direito de aprender e desenvolver competências em comunicação oral, em ler e escrever de acordo com suas hipóteses. Para isto é necessário que a escola de

Leia mais

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos Prefeitura Municipal do Salvador Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos COMPETÊNCIA CONTEÚDO

Leia mais

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos Prefeitura Municipal do Salvador Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 4 e 5 Anos COMPETÊNCIA CONTEÚDO

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Diário de Classe. Educação Infantil - Pré-escola 4 a 5 anos

Diário de Classe. Educação Infantil - Pré-escola 4 a 5 anos Diário de Classe Educação Infantil - Pré-escola 4 a 5 anos DIÁRIO DE CLASSE Instituição: CRE: Ato de Inscrição: / / Grupo: Ano letivo: Turno: ( ) matutino ( ) vespertino ( ) integral Turma: Professor

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4

INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 INFORMATIVO 2015 GRUPO 4 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Educação Infantil I Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Educação Infantil I Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Educação Infantil I Segmento I Disciplina: LÍNGUA PORTUGUESA Ano: Infantil I Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS - ALUNOS EIXOS TEMÁTICOS/CONTEÚDOS

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo

DIRETRIZES CURRICULARES Disciplina: Linguagem. Períodos: Infantil 4 1º, 2º, 3º. Conteúdo Linguagem Letras do alfabeto Nome próprio, nome da escola, histórias Nome das profissões, histórias, músicas Histórias, nome das plantas Histórias em quadrinho, brincadeiras, nome dos brinquedos Nome dos

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 1

INFORMATIVO 2015 GRUPO 1 INFORMATIVO 2015 GRUPO 1 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300 CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLÉGIO CENECISTA PADRE MANOEL GOMEZ GONZALEZ Rua Oliveira Lima, 462 - Nonoai-RS Fone: (0xx54) 3362-1300 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO. 1. Dados de identificação PLANO

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Conhecer diferentes termos espaciais (em pé, deitado, em cima, em baixo, à frente, atrás, dentro, fora ) Descrever itinerários diários (exemplos:

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL APRONIANO MARTINS DE OLIVEIRA

CENTRO EDUCACIONAL APRONIANO MARTINS DE OLIVEIRA OBJETIVOS GERAIS: Rua Emílio Castelar, 32 Fone/Fax: (0 84) 3316-9509 / 3314-0076 Mossoró/RN PROPOSTAS CURRICULARES EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma independente,

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL. A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades: OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL V - 2012 A prática da educação infantil deve se organizar de modo que as crianças desenvolvam as seguintes capacidades:

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil

VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil VISÃO: ser referência na comunidade na área de educação Infantil NOSSA MISSÃO: Por meio da educação formar cidadãos felizes, independentes, éticos e solidários VALORES: Respeito, honestidade, boa moral

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150.

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA. Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150. COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150. PROJETO PRIMEIRAS SENSAÇÕES SÉRIE: Berçário A Berçário B PROFESSORAS:

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

PLANEJAMENTO DO TRIMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL III

PLANEJAMENTO DO TRIMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL III 1ª ETAPA COMPONENTE CURRICULAR - BRINCAR Objetos e Significados na brincadeira Participar das brincadeiras exploradas. Utilizar os brinquedos de maneira cuidadosa. Participar de jogos com ou sem a intervenção

Leia mais

Maternal 3 anos Educação Infantil

Maternal 3 anos Educação Infantil Maternal 3 anos Educação Infantil Eixo temático: Tema: Joca e suas aventuras As crianças, nesta fase, caracterizam-se pelo movimento e pela ação. Agem ativamente em seu entorno, acompanhando seus movimentos

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II Músicas infantis. Danças, músicas e personagens folclóricos. Conhecer textos e melodias folclóricos; Entoar músicas do folclore brasileiro; Dançar músicas folclóricas; Imitar

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL IV - 2012 OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Os PCNs indicam como objetivos da Educação Infantil que os alunos sejam capazes de: Expressar, manifestar

Leia mais

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS

PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO MAGIA DAS HISTÓRIAS INFANTIS SÉRIE: Berçário A Berçário

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 2014/2015 A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa. Na educação pré-escolar assume uma dimensão marcadamente formativa,

Leia mais

Área de Formação Pessoal e Social

Área de Formação Pessoal e Social Área de Formação Pessoal e Social Identidade/ Auto-estima Independência/ Autonomia Convivência democrática/ Cidadania Brincar com o outro (s); Ouvir os outros; Saber identificar-se a si e o outro; Esperar

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos 14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil Volume III Âmbito de Conhecimento de Mundo Este volume do RCNEI orienta

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS

EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS. Linguagem Oral e Escrita. Matemática OBJETIVOS E CONTEÚDOS EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

EIXO: TEMPO, ESPAÇO E CIDADANIA Conhecer o próprio corpo por meio do uso de habilidades físicas, motoras e perceptivas.

EIXO: TEMPO, ESPAÇO E CIDADANIA Conhecer o próprio corpo por meio do uso de habilidades físicas, motoras e perceptivas. O que se aprende, como se aprende e onde se aprende O Currículo O trabalho na educação infantil da Nossa Infância é organizado por eixos que são orientados por faixa etária: BERÇÁRIO 1 Nos primeiros anos

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 3 (5 ou 6 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Beatriz Müller Maria do Rocio Torres Sônia Marangon Veima Vecchiatto

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2011. Educação Infantil III Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2011 Educação Infantil III Área de conhecimento: Linguagem Série: Infantil III Educação Infantil Competências Habilidades a serem desenvolvidas Eixo/Conteúdos

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do próprio

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 1 (3 ou 4 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Sandra Korso Kutzke 1 SUMÁRIO 1. Organização da coleção... 3 2.

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira

BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE. Zilma de Moraes Ramos de Oliveira BASE NACIONAL COMUM E AVALIAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL: DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE Zilma de Moraes Ramos de Oliveira HISTÓRICO Constituição brasileira LDB Plano Nacional de Educação CONSTITUIÇÃO

Leia mais

CURRÍCULO UNIFICADO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA BERÇÁRIO e INICIAL 1º BIMESTRE - BERÇÁRIO e INICIAL

CURRÍCULO UNIFICADO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA BERÇÁRIO e INICIAL 1º BIMESTRE - BERÇÁRIO e INICIAL CUÍCULO UNFCDO P DUCÇÃO BÁC BÇÁO e NCL 1º BM - BÇÁO e NCL Á OND CHG CONÚDO / VDD MMÁC o estabelecimento de aproximações a algumas noções matemáticas presentes no cotidiano. equência numérica por meio da

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 1º PERÍODO

PROGRAMAÇÃO DA 3ª ETAPA 1º PERÍODO 1º PERÍODO Prezados pais, Encaminhamos a Programação da 3ª Etapa de 2015, material que serve de apoio para o acompanhamento das habilidades que serão desenvolvidas. Lembramos que este planejamento é flexível

Leia mais

Programação da 1ª Etapa Maternal 2 Educação Infantil

Programação da 1ª Etapa Maternal 2 Educação Infantil Programação da 1ª Etapa Maternal 2 Educação Infantil Prezados Pais: Vocês estão recebendo a programação do trabalho pedagógico que será desenvolvido com os alunos do Maternal 2, na 1ª Etapa. As atividades

Leia mais

Programação da 2ª Etapa 2º Período Educação Infantil

Programação da 2ª Etapa 2º Período Educação Infantil Programação da 2ª Etapa 2º Período Educação Infantil Prezados Pais: Este documento foi preparado com o objetivo de oferecer a vocês informações sobre o trabalho que será realizado com as crianças durante

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

Projeto: Teatro Infantil

Projeto: Teatro Infantil Cooperativa de Ensino e Cultura de Santa Rita Projeto: Teatro Infantil O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico Garcia Lorca) 1 Unidade Executora: Coordenação Pedagógica, Grupo

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, interessando-se por conhecer

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV DISCIPLINA : LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS GERAIS Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e

Leia mais

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando

Planejamento. Educação infantil Ciranda Nível 3. Unidade 1: Cirandando Linguagem oral e escrita Planejamento Educação infantil Ciranda Nível 3 Unidade 1: Cirandando Formas textuais Conhecer diferentes tipos de textos. Conhecer um texto instrucional e sua função social. Priorizar

Leia mais

1 o Período Educação Infantil

1 o Período Educação Infantil 1 o Período Educação Infantil Eixo temático: O tema Imaginação visa a estimular as distintas áreas de desenvolvimento integral das crianças, bem como favorecer o crescimento de suas habilidades e competências.

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego?

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego? Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Eu me remexo muito. E onde eu chego? Turma: Maternal II A Professora

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 2ª 1ª ETAPA MATERNAL II

PROGRAMAÇÃO DA 2ª 1ª ETAPA MATERNAL II PROGRAMAÇÃO DA 2ª 1ª ETAPA MATERNAL II Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Vocês estão recebendo a programação da 2ª Etapa de 2014. Este material serve de apoio para o acompanhamento das habilidades

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL COLÉGIO NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO Amado seja por toda parte o Sagrado Coração de Jesus CONTEÚDO ANUAL 2015 EDUCAÇÃO INFANTIL Ensinar não é construir conhecimento, mas criar as possibilidades para

Leia mais

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria

2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 9 ANOS Professoras regentes: Ana Paula, Kellen, Maristela e Waléria COLÉGIO NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO IRMÃS DOMINICANAS Curitiba, 15 de março de 2012. Senhores pais ou responsáveis, Enviamos-lhes o cronograma do que vai ser trabalhado nesta 1ª Etapa no 2º ano. O cronograma

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO ANUAL DE ENSINO BERÇÁRIO E MATERNAL I (0 A 1 ANO E 11 MESES) JANEIRO. Matemática Natureza e sociedade Artes visuais Movimento

EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO ANUAL DE ENSINO BERÇÁRIO E MATERNAL I (0 A 1 ANO E 11 MESES) JANEIRO. Matemática Natureza e sociedade Artes visuais Movimento EDUCAÇÃO INFANTIL PLANO ANUAL DE ENSINO BERÇÁRIO E MATERNAL I (0 A 1 ANO E 11 MESES) Linguagem oral e *Participar de várias situações de comunicação oral; Interagir e expressar desejos, necessidades e

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 02 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos a serem

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

Como é a criança de 4 a 6 anos

Como é a criança de 4 a 6 anos de 4 a 6 anos Como é a criança Brinque: lendo histórias, cantando e desenhando. A criança se comunica usando frases completas para dizer o que deseja e sente, dar opiniões, escolher o que quer. A criança

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 2 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezado(a) aluno(a): Novo ano, novas expectativas, novos desejos, novos anseios e um novo caminho

Leia mais

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza

Planejamento Anual. Creche I. Educação Infantil. Prof. Maria Dilza Planejamento Anual Creche I Educação Infantil Prof. Maria Dilza Características Marcantes das Crianças 2 Características marcantes das crianças nessa idade O desenvolvimento de uma criança não ocorre de

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL

Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S. Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL Colégio Nossa Senhora da Soledade C O N T E Ú D O S Eu vim para servir (cf.mc10,45) Grupo 3 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezado(a) aluno(a): Novo ano, novas expectativas, novos desejos, novos anseios e um novo caminho

Leia mais

O mundo da gente. Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares

O mundo da gente. Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares O mundo da gente Educação Infantil 2 (4 ou 5 anos) Organização da coleção, conteúdos e sugestões de atividades complementares Célia Cúnico Beatriz Müller Maria do Rocio Torres Sônia Marangon Veima Vecchiatto

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL V OBJETIVOS GERAIS. Desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do próprio corpo; Desenvolvimento

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO. Português

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO. Português ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 2º ANO ESCUTA/ LEITURA/ PRODUÇÃO DE TEXTO ORAL E ESCRITO Textos narrativos Contos de

Leia mais

Avaliação Inicial na Educação Infantil

Avaliação Inicial na Educação Infantil Avaliação Inicial na Educação Infantil - Algumas Considerações Por: Tânia Cunha Constantino Assessora Pedagógica da Educação Infantil Em todo inicio de ano há uma preocupação, necessária, por parte de

Leia mais

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto:

PROJETO ANIMAIS. 1. Tema: O mundo dos animais. Área de abrangência: 2. Duração: 01/06 a 30/06. 3. Apresentação do projeto: PROJETO ANIMAIS 1. Tema: O mundo dos animais Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza e Sociedade (x) Matemática 2. Duração: 01/06

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATERNAL I SÉRIE: EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2º ANO DA EDUCAÇÃO INFANTIL COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL 2º ANO DA EDUCAÇÃO INFANTIL COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO LINGUAGEM ORAL Participar das interações cotidianas, em sala de aula, escutando com atenção e compreensão. Responder, com coerência, às questões propostas pelos educadores.

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO EDUCAÇÃO INFANTIL COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO EDUCAÇÃO INFANTIL COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO HABILIDADES E COMPETÊNCIAS PLANEJAMENTO ANUAL 1º ANO EDUCAÇÃO INFANTIL COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO LINGUAGEM ORAL Usar a língua falada em diferentes situações cotidianas; Saber ouvir com atenção e esperar sua vez de falar;

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED CADERNO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED CADERNO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL 1 ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE BURITI SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SEMED CADERNO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO INFANTIL 2 RAFAEL MESQUITA BRASIL Prefeito Municipal JOSÉ ROMILDO DE QUEIROZ ATAÍDE

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2014 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e do desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

CONTEÚDO ANUAL - EDUCAÇÃO INFANTIL

CONTEÚDO ANUAL - EDUCAÇÃO INFANTIL CONTEÚDO ANUAL - EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO Identificar símbolos do próprio nome e dos amigos; Expressar desejos, sentimentos, pensamentos, vontades e necessidades por meio das

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV OBJETIVOS GERAIS Construção da autoimagem e do desenvolvimento da autoestima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE

PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE PLANEJAMENTO 1º BIMESTRE DISCIPLINA CONTEÚDO HABILIDADES/COMPETÊNCIAS PORTUGUÊS - Construção da identidade social e do grupo; Linguagem oral Linguagem oral Desenvolver a coordenação visomotora, a criatividade

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES PARA O PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: FERRAMENTA DE APOIO AO PROFESSOR DA CRIANÇA DE 6 ANOS.

CADERNO DE ATIVIDADES PARA O PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: FERRAMENTA DE APOIO AO PROFESSOR DA CRIANÇA DE 6 ANOS. CADERNO DE ATIVIDADES PARA O PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: FERRAMENTA DE APOIO AO PROFESSOR DA CRIANÇA DE 6 ANOS. Elaine Cristina Rodrigues Gomes Vidal. Gruhbas Projetos Educacionais

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA MATERNAL II DA EDUCAÇÃO INFANTIL

PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA MATERNAL II DA EDUCAÇÃO INFANTIL Programação da 1ª Etapa Maternal II - Educação Infantil A RAZÃO E A SABEDORIA FALAM. O ERRO E A IGNORÂNCIA GRITAM. Sto. Agostinho Prezados Pais: Vocês estão recebendo a programação do trabalho pedagógico

Leia mais

2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Agrupamento de Escolas Escultor António Fernandes de Sá 2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR PRINCÍPIOS A avaliação na Educação Pré-escolar assenta nos seguintes princípios: Coerência

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014 Atividades Pedagógicas Agosto 2014 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO II A GRUPO II B GRUPO II C GRUPO II

Leia mais

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Desenvolvimento Eixo movimento - de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Papel laminado. Espelho de parede. e elementos do próprio Almofadas.

Leia mais

Planejamento Anual. Pré-Escola II. Educação Infantil Prof.ª: Carla

Planejamento Anual. Pré-Escola II. Educação Infantil Prof.ª: Carla Planejamento Anual Pré-Escola II Educação Infantil Prof.ª: Carla A criança de 5 anos O desenvolvimento de uma criança não ocorre de forma linear. As mudanças ocorrem de forma gradual, e estão relacionados

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS EDUCAÇÃO INFANTIL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 1º PERÍODO PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 1º PERÍODO Põe amor em tudo o que fazes e as coisas terão sentido. Retira delas o amor, e elas

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL IV

Conteúdo Programático INFANTIL IV Conteúdo Programático INFANTIL IV 1 TRIMESTRE LINGUAGEM POEMA TEXTO NARRATIVO CARTAZ VOGAIS A, E e I. LETRA DE MÚSICA RÓTULO VOGAIS Oe U HISTÓRIA EM QUADRINHOS / CARTUM ENCONTROS VOCÁLICOS ADIVINHAS DE

Leia mais

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian

O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Simone Helen Drumond Ischkanian O LÚDICO: JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA CONSTRUÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. O projeto - o lúdico: jogos, brinquedos e brincadeiras na construção do processo de aprendizagem

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO PSICOMOTRICIDADE Educar é Brincar SÉRIE: Contraturno

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL MATERNAL II COMPONENTE CURRICULAR BRINCAR HABILIDADES E COMPETÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL MATERNAL II COMPONENTE CURRICULAR BRINCAR HABILIDADES E COMPETÊNCIAS COMPONENTE CURRICULAR LETRAMENTO LINGUAGEM ORAL Ouvir com atenção. Compreender o sentido da mensagem que ouve. Elaborar e responder perguntas. Utilizar ao falar, um vocabulário variado e adequado ao contexto.

Leia mais

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER

PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PROJETO MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM. CENTRO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL CRESCER PERIODO: JULHO E AGOSTO JUSTIFICATIVA: A educação Ambiental não deve ser tratada como algo distante do cotidiano dos alunos,

Leia mais

Educação Infantil e Ensino Fundamental I Roteiro de Estudos Grupo 5 Profª. Meyry Emili

Educação Infantil e Ensino Fundamental I Roteiro de Estudos Grupo 5 Profª. Meyry Emili Educação Infantil e Ensino Fundamental I Roteiro de Estudos Grupo 5 Profª. Meyry Emili DISCIPLINA CONTEÚDOS PREVISTOS PROJETOS PREVISTOS PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO IDENTIDADE E AUTONOMIA Atitudes de cooperação,

Leia mais

COLÉGIO BATISTA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO COP / SOE I ENCONTRO PEDAGÓGICO DE EDUCAÇÃO INFANTIL / 2008 TEMA: DESENVOLVIMENTO INFANTIL: CONHECER PARA COMPREENDER, COMPREENDER PARA CONTRIBUIR CRESCIMENTO x

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL (4 ANOS /ETAPA I) ANO 2013

PLANEJAMENTO ANUAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL (4 ANOS /ETAPA I) ANO 2013 PLANEJAMENTO ANUAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL (4 ANOS /ETAPA I) ANO 2013 INTRODUÇÃO O Planejamento anual para a faixa etária de quatro anos com base no Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil RCNEI

Leia mais

Acreditamos que as crianças, quando entram na escola, trazem consigo conhecimentos linguísticos que devem ser considerados e trabalhados.

Acreditamos que as crianças, quando entram na escola, trazem consigo conhecimentos linguísticos que devem ser considerados e trabalhados. Acreditamos que as crianças, quando entram na escola, trazem consigo conhecimentos linguísticos que devem ser considerados e trabalhados. Por isso, desenvolvemos propostas de atividades em que o aluno

Leia mais

Instituto Adventista de Ensino do Nordeste

Instituto Adventista de Ensino do Nordeste Instituto Adventista de Ensino do Nordeste Educação Infantil e Ensino Fundamental I Roteiro de Estudos 1º ANO Profª. Dalete Teixeira DISCIPLINA CONTEÚDOS PREVISTOS PROJETOS PREVISTOS PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DAS ARTES NA FORMAÇÃO DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Marília Darc Cardoso Cabral e Silva 1 Tatiane Pereira da Silva 2 RESUMO Sendo a arte uma forma do ser humano expressar seus sentimentos,

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA Planificação 1.º Ciclo do Ensino Básico ALE EXPRESSÃO DRAMÁTICA Proposta de Plano Anual 2014/2015 1. Introdução

Leia mais

Domínio da linguagem oral e abordagem à escrita

Domínio da linguagem oral e abordagem à escrita I n t e r v e n ç ã o E d u c a t i v a O acompanhamento musical do canto e da dança permite enriquecer e diversificar a expressão musical. Este acompanhamento pode ser realizado pelas crianças, pelo educador

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III OBJETIVOS GERAIS Construção da auto-imagem e desenvolvimento da auto-estima; Reconhecimento e descoberta do

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 3ª ETAPA / 2012 1º ANO HABILIDADES: LÍNGUA PORTUGUESA Expressar os seus pontos de vista, seus desejos e necessidades. Manipular a linguagem oral, percebendo

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 05 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos

Leia mais

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014

PROGRAMA DE CONTEÚDOS 2014 C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2000 - Fone (045) 3252-1336 - Fax (045) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ PROGRAMA DE 2014 DISCIPLINA: LINGUAGEM

Leia mais

Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil

Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil Elementos da Prática Pedagógica na Educação Infantil Claudia Maria da Cruz Consultora Educacional FEVEREIRO/2015 AMOSC-EGEM-FECAM Cuidar e educar como aspectos integrados; Construção de um currículo que

Leia mais

Planejamento Anual. Creche II. Educação Infantil. Prof.ª Keline

Planejamento Anual. Creche II. Educação Infantil. Prof.ª Keline Planejamento Anual Creche II Educação Infantil Prof.ª Keline A criança de 3 anos O desenvolvimento de uma criança não ocorre de forma linear. As mudanças ocorrem de forma gradual e estão relacionadas a

Leia mais

COLÉGIO FRANCISCANO ESPÍRITO SANTO SERVIÇO DE SUPERVISÃO ESCOLAR PLANO DE ESTUDOS

COLÉGIO FRANCISCANO ESPÍRITO SANTO SERVIÇO DE SUPERVISÃO ESCOLAR PLANO DE ESTUDOS Nível: Maternal I Objetivo Geral: Proporcionar o desenvolvimento sócio-afetivo e cognitivo da criança de forma integrada, permeada pela vivência dos valores franciscanos e oportunizar o dinamismo, a curiosidade

Leia mais