Contribuições das brincadeiras infantis de ontem em espaços escolares

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contribuições das brincadeiras infantis de ontem em espaços escolares"

Transcrição

1 Contribuições das brincadeiras infantis de ontem em espaços escolares Eixo temático 1: Fundamentos e práticas educacionais Meire Luci Bernardes Silva Machado 1 - UNIUBE Sueli Teresinha de Abreu-Bernardes (Orientadora) 2 - UNIUBE Agência Financiadora: CAPES/OBEDUC Trazemos como tema desta apresentação Contribuições das brincadeiras infantis de ontem em espaços escolares, enfocando o papel da imaginação criadora no ato do brincar, na perspectiva bachelardiana. O objetivo principal desta apresentação é descrever resultados parciais de uma pesquisa bibliográfica sobre esse tema. Ao reconhecer a importância do brincar como interações da criança com o mundo, consideramos relevante identificar nas brincadeiras infantis tradicionais de ontem a dimensão da imaginação criadora produzida pelo encontro e vivido na ação lúdica. Este estudo partiu do interesse que temos pelo estudo das brincadeiras infantis e o faz de conta de um tempo que já passou, porém seguimos o caminho de busca utilizando uma pesquisa bibliográfica, fizemos o levantamento bibliográfico de autores que vêm ao encontro do interesse desta proposta de pesquisa em um mestrado em Educação e o estudo do estado da arte. 1 Mestranda em Educação pela Universidade de Uberaba UNIUBE; pesquisadora do Projeto Observatório da Educação Interdisciplinaridade na Educação Básica: estudos por meio da arte e da cultura popular, bolsista Agência financiadora CAPES/OBEDUC; Licenciatura plena em Educação Física, professora na rede estadual e municipal de Ensino no município de Planura MG. 2 Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, UNIUBE; Coordenadora do Observatório da Educação Interdisciplinaridade na Educação Básica: estudos por meio da arte e da cultura popular ; CAPES/OBEDUC; Coordenadora da equipe UNIUBE da Rede de pesquisadores sobre Professores (as) do Centro-Oeste REDECENTRO.

2 Os estudos teóricos iniciais trazem alguns aprendizados. O primeiro é que o momento da criança brincar reúne possibilidades criadoras e inventivas. É tempo da construção da imaginação, do armazenamento das imagens primeiras. Para compreender a importância dos jogos tradicionais devemos situá-los dentro de um contexto mais amplo da cultura infantil. Segundo Bernardes (2012, p.543) com base nos estudos de Cascudo (1984) e Kishimoto (1999, 2003), os jogos tradicionais infantis fazem parte da cultura popular, expressam a produção espiritual de um povo em uma determinada época histórica, são transmitidos pela oralidade e sempre estão em transformação, incorporando as criações anônimas de geração para geração. As brincadeiras tradicionais possuem, enquanto manifestações da cultura popular, a função de perpetuar a cultura infantil e desenvolver a convivência social. Essas brincadeiras mudam no processo de esforço criativo, coletivo incorporados pelas crianças de forma espontânea, variando as regras de uma cultura para outra (ou de um grupo para outro): muda a forma, mas não o conteúdo, é constituído pelos interesses lúdicos ligados aos objetos (bonecas, animais, construções, maquinas). Esses jogos são imitativos ou reinterpretados, perpetuando a sua tradição (FRIEDMANN, 1996, p.43). Quando vemos uma criança brincando, sentimo-nos atraídos pelas representações que ela desenvolve. É importante ressaltar os diversos caminhos que a brincadeira concede na formação da criança, e as relações com a imaginação criadora, pois compreendemos a imaginação como fonte primeira para o processo ensino-aprendizagem, seus sentidos e significados que os objetos assumem dentro de um contexto. Atualmente, as produções cinematográficas como a televisão influenciam o jogo imitativo, tornando-o mais elaborado e sofisticado. Mas este estudo parte do pressuposto de que o lúdico, o retorno às brincadeiras de ontem são fundamentais para a educação e o desenvolvimento da criança. Nessa experiência lúdica, a criança cultiva a fantasia, vivência a amizade e a solidariedade, o que consideramos fundamental para se desenvolver uma cultura solidária na sociedade brasileira atual. Pensamos que recuperar as brincadeiras infantis do passado conhecê-las e trazêlas de volta para o cotidiano escolar é um importante processo para a exploração e a preservação da cultura, além de serem atividades vivenciadas ora pela ação livre e espontânea da criança ora pela ação orientada por adultos. Nesse período estrutura-se a

3 discussão da natureza dos jogos educativos, brincadeiras, suas manifestações e funções, bem como sua utilização em áreas do ensino, como recurso para o ensino de conteúdos escolares. Instrumentos indispensáveis da prática pedagógica e componentes relevantes de propostas curriculares. As fases escolares da criança nos dão a oportunidade de identificar que é por meio das experiências vividas com o fazer, o experimentar, o brincar e o imaginar que se concebe a verdadeira fonte de aprendizagem por diferentes vias de leitura das linguagens plásticas, poética, corporal e lúdica. Para Kishimoto (2011, p.20-21) as brincadeiras e brinquedos estimulam a representação de imagens que evocam aspectos da realidade, as ações do brincar metamorfoseiam e fotografam a realidade, reproduzem o mundo técnico e científico e o modo de vida atual. A imaginação material permite compreender a significação de diferentes materialidades, onde a criança possa extrair a fantástica complexidade do ato de conhecer ao desafiar as aparências primeiras. Segundo Richter (2003), esse conceito bachelardianao permite compreender a significação desse ato de penetrar no complexo para romper com as aparências primeiras, de ir até o secreto do mundo. O que permite isso é essa espantosa necessidade de penetração que, para além das seduções da imaginação das formas, vai pensar a matéria, sonhar a matéria, viver a matéria, ou então o que vem a dar no mesmo materializar o imaginário (BACHELARD, 1990, apud RICHTER, 2003, p. 3). Essa materialização, continua Richter (p.3) é explicada por Bachelard através das quatro constantes substanciais [...] que são a seiva dos sonhos e dos conceitos: a terra, a água, o ar e o fogo. Quatro [...] forças imaginantes inteiramente materiais, nutridoras de diferentes experiências sensoriais. O trabalho criativo das brincadeiras que rompem no tempo da infância leva o homem a novos diálogos, uma descoberta por meio da imaginação criadora. Em Bachelard, ela dá vida às qualidades adormecidas do brincar. Cabe ressaltar que o retorno às brincadeiras infantis de ontem nas fases escolares das crianças, devem ser revividas de uma maneira bastante original nos espaços escolares. Essas brincadeiras fazem parte do cotidiano infantil como a brincadeira de roda, amarelinha, pula cordas, bolas de gude, balança caixão, iô-iô, barra manteiga, esconde-esconde, o gato mia, ordem, estátua, bandeirinha entre tantas outras.

4 A partir deste levantamento e observações feitas podemos considerar que o período escolar poderá ser mais aproveitado com propostas e projetos de retorno as brincadeiras de ontem em diferentes momentos escolares. Esses momentos proporcionarão momentos e vivências variadas para que a criança enriqueça suas diversas habilidades motora e social. Pensamos que os estudos atuais poderão ser complementados com pesquisas que se proponham a ouvir alunos e professores sobre o sentido das brincadeiras no atual contexto para verificar-se como a imaginação criadora está presente em diferentes modos do brincar infantil. Referências BERNARDES, E. L. Jogos e brincadeiras tradicionais: um passeio pela história. Uberlândia, Disponível em: Acesso em: 10/08/2013 CASCUDO, L. C. Dicionário do folclore brasileiro. 12 ed. São Paulo: Global, FRIEDMANN, A. Brincar: crescer e aprender: o resgate do jogo infantil. São Paulo: Moderna, KISHIMOTO, T. M. Jogos, brinquedo, brincadeira e a educação. 14 ed. São Paulo: Cortez, RICHTER, S. Infância e materialidade: uma abordagem bachelardiana. REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 25, Anais... Caxambu; ANPED, Disponível em: reunioes sandrasimonisrichtert.rtf Acesso em 15 set Palavras-chave Brincadeiras infantis de ontem; Espaços escolares; Educação.

5

BRINCADEIRAS INFANTIS DE ONTEM EM ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES

BRINCADEIRAS INFANTIS DE ONTEM EM ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES ISSN: 2237-8022 (on-line) ISSN: 2318-4469 (CD-ROM) BRINCADEIRAS INFANTIS DE ONTEM EM ESPAÇOS ESCOLARES E NÃO ESCOLARES RESUMO Meire Luci Bernardes Silva MACHADO 1 UNIUBE O presente trabalho traz como tema

Leia mais

Palavras-chave: Pintura Facial. Inclusão Social. Ações Extensionistas.

Palavras-chave: Pintura Facial. Inclusão Social. Ações Extensionistas. EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA E INCLUSÃO SOCIAL: AÇÕES EXTENSIONISTAS DO PROJETO PINTANDO A CARA NA APAE DE NAVIRAÍ Cássia Vitali Pereira 1 Josiane Peres Gonçalves 2 Eixo temático 02 Comunicação oral Resumo:

Leia mais

TURMA DO TUBARÃO GRUPO II A

TURMA DO TUBARÃO GRUPO II A II A Escolha do nome da Turma TURMA DO TUBARÃO GRUPO II A No grupo II, escolhemos um nome para identificar cada turma. A escolha desse nome fica a critério das crianças, feito por votação e, geralmente,

Leia mais

BRINCANDO PELO BRASIL

BRINCANDO PELO BRASIL BRINCANDO PELO BRASIL Dayane Fátima Borelli Michaslki 1 ; Vera Lucia Guerra 2 1 Acadêmica do Curso de Licenciatura em Geografia da UEMS, Unidade Universitária de Campo Grande; E- mail: dayaneborelli@hotmail.com.

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC

A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC A CONSTRUÇÃO DO CURRÍCULO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CHAPECÓ SC FIGUEIREDO, Anelice Maria Banhara - SME / Chapecó/SC anelicefigueiredo@gmail.com LORENZET, Simone Vergínia - SME

Leia mais

Jogos e Brincadeiras. Que história é essa? Profª Ms. Juliana Moreira da Costa

Jogos e Brincadeiras. Que história é essa? Profª Ms. Juliana Moreira da Costa Jogos e Brincadeiras Que história é essa? Profª Ms. Juliana Moreira da Costa O que é jogo? Depende do contexto? Intencionalidade Regras externas Atingir um objetivo Vontade de participar livremente da

Leia mais

PROJETO BRINCOS, CANTIGAS E OUTRAS BRINCADEIRAS CANTADAS

PROJETO BRINCOS, CANTIGAS E OUTRAS BRINCADEIRAS CANTADAS PROJETO BRINCOS, CANTIGAS E OUTRAS BRINCADEIRAS CANTADAS Rosângela Vitale Mazzanti Michele de Assis Negri RESUMO: Este trabalho apresenta o Projeto realizado na EMEB Dr. Edward Aleixo de Paula, bem como

Leia mais

METODOLOGIA: O FAZER NA EDUCAÇÃO INFANTIL (PLANO E PROCESSO DE PLANEJAMENTO)

METODOLOGIA: O FAZER NA EDUCAÇÃO INFANTIL (PLANO E PROCESSO DE PLANEJAMENTO) METODOLOGIA: O FAZER NA EDUCAÇÃO INFANTIL (PLANO E PROCESSO DE PLANEJAMENTO) Celi Terezinha Wolff 24 de Junho de 2014 Em trios caracterizar e apresentar para o grande grupo: processo de planejamento; plano

Leia mais

A LINGUAGEM ESCRITA COMO UMA DAS MÚLTIPLAS

A LINGUAGEM ESCRITA COMO UMA DAS MÚLTIPLAS A LINGUAGEM ESCRITA COMO UMA DAS MÚLTIPLAS LINGUAGENS DA CRIANÇA Professor(a), no tema anterior, A criança de seis anos no ensino fundamental, falamos sobre quem são e como são essas crianças que ingressam

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria da

Leia mais

Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil

Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Zilma de Moraes Ramos de Oliveira zilmaoliveira@uol.com.br Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa OBJETIVOS Discutir as implicações

Leia mais

A criança e o brincar: um olhar sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil

A criança e o brincar: um olhar sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil A criança e o brincar: um olhar sobre a importância do brincar no desenvolvimento infantil RESUMO: O presente artigo é resultado da pesquisa realizada na disciplina de Recursos Tecnológicos, Pedagógicos

Leia mais

A LUDICIDADE NO CONTEXTO ESCOLAR

A LUDICIDADE NO CONTEXTO ESCOLAR Resumo A LUDICIDADE NO CONTEXTO ESCOLAR Ana Regina Donato de Moraes 1 Lourdes Keila Casado Pulucena 2 Lucieni Vaz dos Santos 3 Aprender brincando não é apenas um passatempo, quando se trata de ensinar.

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores A PROPOSTA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: OBSERVAÇÃO PARTICIPATIVA NO ESTÁGIO Monica Isabel

Leia mais

Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação

Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação 1 Processo de formação de professores um olhar para a dança. Carolina Romano de Andrade Mestre em Artes-UNICAMP Faculdade Integradas de Bauru-FIB Coordenadora de Pós Graduação A Constituição Federal de

Leia mais

O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL

O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 975 O PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM ATRAVÉS DOS JOGOS EDUCATIVOS NO ENSINO FUNDAMENTAL Drielly Adrean Batista

Leia mais

O PORTFÓLIO ENQUANTO INSTRUMENTO DE REFLEXÃO DA PRÁTICA DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL

O PORTFÓLIO ENQUANTO INSTRUMENTO DE REFLEXÃO DA PRÁTICA DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL O PORTFÓLIO ENQUANTO INSTRUMENTO DE REFLEXÃO DA PRÁTICA DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Telma Maria Pereira dos Santos Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado da Bahia UNEB e Pós-graduada em Educação

Leia mais

A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO NO CONTEXTO ATUAL

A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO NO CONTEXTO ATUAL A PRÁTICA INVESTIGATIVA NO CURSO DE PEDAGOGIA: AVANÇOS E DESAFIOS Ana Lúcia Cunha Duarte UCB duart_ana@hotmail.com Resumo: A prática investigativa desenvolvida no curso de Pedagogia do Centro de Educação,

Leia mais

A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL A LUDICIDADE COMO EIXO DE FORMAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo LIMA, Márcia Regina Canhoto de - FCT/UNESP marcialima@fct.unesp.br LIMA, José Milton de - FCT/UNESP miltonlima@fct.unesp.br ORLANDI, Leonardo

Leia mais

OLHAR PEDAGÓGICO: A IMPORTÂNCIA DA BRINCADEIRA NOS

OLHAR PEDAGÓGICO: A IMPORTÂNCIA DA BRINCADEIRA NOS OLHAR PEDAGÓGICO: A IMPORTÂNCIA DA BRINCADEIRA NOS ESPAÇOS DE EDUCAÇÃO INFANTIL CHERUBINI, Iris Cristina Barbosa (UNIOESTE) Resumo: Este trabalho tem por propósito divulgar a importância da brincadeira

Leia mais

O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA.

O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. O LÚDICO COMO INSTRUMENTO TRANSFORMADOR NO ENSINO DE CIÊNCIAS PARA OS ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Autor (1)Suzânia Maria Pereira de Araújo; Autor (2) Eleilde de Sousa Oliveira; Orientador (1)Denise Silva

Leia mais

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: FRED LOPES JOGOS POPULARES

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: FRED LOPES JOGOS POPULARES DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: FRED LOPES JOGOS POPULARES O que são jogos? Quais são as categorias dos jogos existentes? O que vocês sabem sobre a história dos jogos? PROBLEMÁTICA CONTEMPORÂNEA

Leia mais

EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE

EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE Stella Maris Pissaia 1 Giseli Dionize Bobato 2 RESUMO: Neste resumo apresentamos uma descrição compreensiva das experiências vivenciadas a partir do contato teórico durante

Leia mais

O PRECOCE PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO COM CRIANÇAS DE 4 e 5 ANOS DE UMA ESCOLA PARTICULAR.

O PRECOCE PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO COM CRIANÇAS DE 4 e 5 ANOS DE UMA ESCOLA PARTICULAR. O PRECOCE PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO COM CRIANÇAS DE 4 e 5 ANOS DE UMA ESCOLA PARTICULAR. Pamella Evangelista Santana 1 Universidade Federal de Mato Grosso do Sul-UFMS Eixo Temático: 9- Infância e Alfabetização

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTÂNCIA DOS JOGOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL SANTOS, Joseane Pereira dos Discente do Curso de Licenciatura em Pedagogia UESC joseanesantos0222gmail.com ALVES, Cândida Maria Santos Daltro Professora Orientadora,

Leia mais

Pedagogia Estácio FAMAP

Pedagogia Estácio FAMAP Pedagogia Estácio FAMAP # Objetivos Gerais: O Curso de Graduação em Pedagogia da Estácio FAMAP tem por objetivo geral a formação de profissionais preparados para responder às diferenciadas demandas educativas

Leia mais

EMEI PROFº ANTONIO CARLOS PACHECO E SILVA PROJETO PEDAGÓGICO 2012 BRINCAR NÃO É BRINCADEIRA...

EMEI PROFº ANTONIO CARLOS PACHECO E SILVA PROJETO PEDAGÓGICO 2012 BRINCAR NÃO É BRINCADEIRA... EMEI PROFº ANTONIO CARLOS PACHECO E SILVA PROJETO PEDAGÓGICO 2012 BRINCAR NÃO É BRINCADEIRA... JUSTIFICATIVA Desde o nascimento a criança está imersa em um contexto social, que a identifica enquanto ser

Leia mais

Palavras-chave: Lúdico. Aprendizagem. Desenvolvimento. Necessidades Especiais.

Palavras-chave: Lúdico. Aprendizagem. Desenvolvimento. Necessidades Especiais. Nesse artigo realizamos uma discussão sobre a importância de atividades lúdicas na educação de crianças com necessidades especiais. Propomos explicitar a possibilidade de levar para o ambiente escolar

Leia mais

R0BÓTICA EDUCACIONAL. Curso Extracurricular de Robótica educacional

R0BÓTICA EDUCACIONAL. Curso Extracurricular de Robótica educacional R0BÓTICA EDUCACIONAL Curso Extracurricular de Robótica educacional Robótica na educação: Curso extracurricular Com o avanço da tecnologia, criou se um mundo de possibilidades que geram escolhas e responsabilidades.

Leia mais

RESUMO Sobre o que trata a série?

RESUMO Sobre o que trata a série? TODOS PODEM APRENDER ALER E A ESCREVER Nível de Ensino/Faixa Etária: Série indicada para professores Ensino Fundamental inicial Áreas Conexas: Letramento/Alfabetização Artes Cultura Consultor: Marina Rampazzo

Leia mais

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA!

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! Mirian corrêa kobb fernando A criança na educação infantil encontra-se na fase do jogo simbólico e faz largo uso de seus sentidos para enriquecer suas experiências.

Leia mais

LETRA VIVA. Informe. VISÃO: Ser referência no estado de Mato Grosso em cuidar e educar crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental I.

LETRA VIVA. Informe. VISÃO: Ser referência no estado de Mato Grosso em cuidar e educar crianças da Educação Infantil e Ensino Fundamental I. Ed. 01 Ano 01 Janeiro 2016 Atuando no "Cuidar e Educar" há 19 anos, a ESCOLA e a LETRA VIVA BABY oferecem diversas vantagens para quem quiser fazer parte do seu time, eis algumas: Espaço físico cuidado

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO

A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO A IMPORTÂNCIA DO BRINCAR PARA AS CRIANÇAS COM O TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO Michele Morgane de Melo Mattos Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Fabiana Ferreira do Nascimento Instituto Fernando

Leia mais

ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS.

ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS. ESPAÇO E TEMPO NA EDUCAÇÃO INFANTIL: ALTERNATIVAS DIDÁTICO- PEDAGÓGICAS. Introdução: O presente artigo tem a pretensão de fazer uma sucinta exposição a respeito das noções de espaço e tempo trabalhados

Leia mais

PROJETO MEDIAR Matemática, uma Experiência Divertida com ARte

PROJETO MEDIAR Matemática, uma Experiência Divertida com ARte PROJETO MEDIAR Matemática, uma Experiência Divertida com ARte Silvana Iunes Centro Universitário de Brasília silvanaiunes@gmail.com Resumo: de jogos matemáticos elaborados por alunas da disciplina de Fundamentos

Leia mais

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos.

Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Música Objetivo da Aula Promover a interação e a comunicação social que envolva os aspectos afetivos, sensoriais, estéticos e cognitivos. Desde que se começou a estudar a história da humanidade, tem-se

Leia mais

JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007.

JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007. RESENHA REVIEW TEATRO E EDUCAÇÃO TEATHER AND EDUCATION JAPIASSU, Ricardo. A linguagem teatral na escola: pesquisa, docência e prática pedagógica. Campinas: Papirus, 2007. Danielle Rodrigues de Moraes*

Leia mais

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA BRINCADEIRA É COISA SÉRIA Márcia Maria Almeida Figueiredo Mestre em Educação e professora do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais Agora eu era o rei Era o bedel e era também juiz E pela minha

Leia mais

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: O BINÔMIO COMPUTADOR E EDUCAÇÃO

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: O BINÔMIO COMPUTADOR E EDUCAÇÃO INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: O BINÔMIO COMPUTADOR E EDUCAÇÃO por Wesley José Silva Setembro, 2004 A informática hoje vem sendo uma das soluções a ser implantada na didática de ensino aprendizagem, tendo como

Leia mais

OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS

OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS APRENDER BRINCANDO INVESTIDAS DA PRÁTICA EDUCACIONAL EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES JUNTO AO PROGRAMA INTEGRAÇÃO AABB COMUNIDADE, UMA EXPERIÊNCIA COM CRIANÇAS E JOVENS DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE

Leia mais

Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil

Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação Processo de revisão DCNEI Encontros Nacionais Reuniões Seminários Audiências Parcerias Perspectivas

Leia mais

AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL?

AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL? AFETIVIDADE, PARA QUE TE QUERO NA EDUCAÇÃO INFANTIL? Jailza de Lima Oliveira (UNEB - Bolsista PIBID/CAPES) Larissa Santos do Sacramento (UNEB - Bolsista PIBID/CAPES) Lucimara de Oliveira Soares (UNEB -

Leia mais

O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID RESUMO

O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID RESUMO O JOGO NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO DOCENTE EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID Heloisa Braga dos Santos Christian Vieira de Souza RESUMO Este artigo foi elaborado com o objetivo de relatar a

Leia mais

O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL

O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL O ENSINO DA DANÇA E DO RITMO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIENCIA NA REDE ESTADUAL Márcio Henrique Laperuta 1 Rodrigo Santos2 Karina Fagundes2 Erika Rengel2 UEL- Gepef-Lapef-PIBID RESUMO

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO ÁREA DE COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO ÁREA DE COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 2012 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CENTRO DE ENSINO E PESQUISA APLICADA À EDUCAÇÃO ÁREA DE COMUNICAÇÃO PROGRAMA DE ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 2012 7 ANO TURMAS A e B Prof. Alexandre Magno Guimarães Ementa:

Leia mais

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Patricia Andretta 1 Ana Maria P. Liblik 2 Resumo O presente projeto de pesquisa terá como objetivo compreender

Leia mais

19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ

19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ 19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ Waldemar dos Santos Cardoso Junior (Universidade Federal do Pará /Campus Universitário

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 019/2014 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As histórias do senhor urso. O carro. 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) Episódio explora de maneira lúdica

Leia mais

A utilização de jogos no processo de ensino aprendizagem de matemática no Ensino Fundamental

A utilização de jogos no processo de ensino aprendizagem de matemática no Ensino Fundamental A utilização de jogos no processo de ensino aprendizagem de matemática no Ensino Fundamental Adaiane Cristina Calegari Unisalesiano adaiane_calegari@yahoo.com.br Ana Luiza Viscovicce Unisalesiano analuiza_viscovicce@yahoo.com.br

Leia mais

O presente trabalho busca refletir a produção de significados relacionados ao universo lúdico e a importância do brincar, através da disseminação das

O presente trabalho busca refletir a produção de significados relacionados ao universo lúdico e a importância do brincar, através da disseminação das ESPALHANDO A ARTE DE BRINCAR: A EXPERIÊNCIA DO PROJETO DE EXTENSÃO LUDOTECA EM MOVIMENTO Área Temática: sociedade e educação. Anilde Tombolato Tavares da Silva (Coordenadora da Ação) Autores participantes:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. NÚCLEO TEMÁTICO I CONCEPÇÃO E METODOLOGIA DE ESTUDOS EM EaD CÓD DISCIPLINAS E EMENTAS CARGA HORÁRIA

MATRIZ CURRICULAR. NÚCLEO TEMÁTICO I CONCEPÇÃO E METODOLOGIA DE ESTUDOS EM EaD CÓD DISCIPLINAS E EMENTAS CARGA HORÁRIA MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA COM HABILITAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INFANTIL E DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL NÚCLEO TEMÁTICO I CONCEPÇÃO E METODOLOGIA

Leia mais

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 A IMPORTÂNCIA DO BRINQUEDO NO PROCESSO EDUCATIVO DA CRIANÇA Eder Mariano Paiva Filho

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ CLUBE DE FÍSICA, MINI ESPAÇO CIÊNCIA E FEIRA DE CIÊNCIA: PROPOSTAS DO PIBID IFRN CAMPUS CAICÓ PARTICIPANTES: ERIJACKSON

Leia mais

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos

Nome, idade e turma de todos os alunos envolvidos: Agatha Paola Domingues Pinto - Idade: 4 anos. Amanda Sthefany Domingos Pinto - Idade: 4 anos A Tecnologia como mediadora na aprendizagem do Folclore Brasileiro. Escola Municipal de Educação Infantil Maria Helena Cavalheiro Gusmão Professora Ana Lucia Brizolara Ferreira Nome, idade e turma de todos

Leia mais

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM: CANTIGAS INFANTIS E SUA CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM: CANTIGAS INFANTIS E SUA CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS O LÚDICO NA APRENDIZAGEM: CANTIGAS INFANTIS E SUA CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS Elisângela da Silva França -Professora da Rede Estadual/MT COEDUC/UNEMAT Joeli Auxiliadora França Ramos

Leia mais

DANÇA NO CONTEXTO ESCOLAR: QUANDO A RELIGIOSIDADE ATRAVESSA A PRÁTICA.

DANÇA NO CONTEXTO ESCOLAR: QUANDO A RELIGIOSIDADE ATRAVESSA A PRÁTICA. DANÇA NO CONTEXTO ESCOLAR: QUANDO A RELIGIOSIDADE ATRAVESSA A PRÁTICA. Amanda Pathiely Serrânia Faria UFG/FEFD 1 Orientador e Coautor: Prof. Dr. Alexandre Ferreira UFG/FEFD 2 Graduanda do curso de Licenciatura

Leia mais

Projeto Laboratório Lúdico Interdisciplinar: Etnocultura nos Jogos e nas Brincadeiras

Projeto Laboratório Lúdico Interdisciplinar: Etnocultura nos Jogos e nas Brincadeiras Projeto Laboratório Lúdico Interdisciplinar: Etnocultura nos Jogos e nas Brincadeiras Sonia da Silva Ortiz (*) Buscando compreender a ludicidade enquanto conhecimento sócio-culturalmente constituído, o

Leia mais

Bingo Químico em Braille.

Bingo Químico em Braille. Bingo Químico em Braille. Carine Fernanda Drescher * (IC), Julieta Saldanha Oliveira (PQ) e Liana da Silva Fernandes (PQ). E-mail: carinedrescher@gmail.com Rua Riachuelo, CEP- 97050011, 115, apto 305.

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Educação Física - Licenciatura

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Educação Física - Licenciatura EMENTÁRIO ANATOMIA I Ementa:. Estudo da forma, estrutura, função e localização de órgãos que compõem os sistemas que formam o aparelho locomotor: sistema esquelético, sistema articular, sistema muscular

Leia mais

A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO CIENTISTA SOCIAL: SABERES E COMPETÊNCIAS NECESSÁRIOS

A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO CIENTISTA SOCIAL: SABERES E COMPETÊNCIAS NECESSÁRIOS O JOGO SEGUNDO A TEORIA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DE WALLON Cleudo Alves Freire Daiane Soares da Costa Ronnáli da Costa Rodrigues Rozeli Maria de Almeida Raimunda Ercilia Fernandes S. de Melo Graduandos

Leia mais

A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE

A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE A CRIANÇA PEQUENA E OS ESPAÇOS DE BRINCAR: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOMOTRICIDADE Cleane Carvalho de Moraes; Déborah Kallyne Santos da Silva; Priscilla de Albuquerque Almeida; Samara Pereira Cabral; Andréia

Leia mais

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS Educação Matemática na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (EMEIAIEF) GT 09 RESUMO

Leia mais

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM

O LÚDICO NA APRENDIZAGEM O LÚDICO NA APRENDIZAGEM RESUMO Aline Hahn Affeldt Prof. Janaina de Souza Aragão Centro Universitário Leonardo da Vinci-UNIASSELVI Pedagogia (PED 7051) Metodologia e Conteúdos Básicos de Comunicação e

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 60 h/a Prática: 15 h/a Créditos: 4 A Biologia e o educador. Herança e meio, a hereditariedade. Reprodução humana. As funções vegetativas (digestão e alimentos,

Leia mais

Estudos da Natureza na Educação Infantil

Estudos da Natureza na Educação Infantil Estudos da Natureza na Educação Infantil Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Infantil (RCNEI) parte 2 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015

Leia mais

11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na segunda coluna:

11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na segunda coluna: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS 4 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS QUESTÕES DE 11 A 25 11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na

Leia mais

UMA PROPOSTA DE LETRAMENTO COM FOCO NA MODALIDADE ORAL DE LINGUAGEM EM SUJEITOS COM SÍNDROME DE DOWN

UMA PROPOSTA DE LETRAMENTO COM FOCO NA MODALIDADE ORAL DE LINGUAGEM EM SUJEITOS COM SÍNDROME DE DOWN UMA PROPOSTA DE LETRAMENTO COM FOCO NA MODALIDADE ORAL DE LINGUAGEM EM SUJEITOS COM SÍNDROME DE DOWN RESUMO DANTAS 1, Leniane Silva DELGADO 2, Isabelle Cahino SANTOS 3, Emily Carla Silva SILVA 4, Andressa

Leia mais

Formação Continuada para Educadores da Educação Infantil promovida pelo projeto Ciência Lúdica para crianças : pressupostos, atividades e vivências

Formação Continuada para Educadores da Educação Infantil promovida pelo projeto Ciência Lúdica para crianças : pressupostos, atividades e vivências Formação Continuada para Educadores da Educação Infantil promovida pelo projeto Ciência Lúdica para crianças : pressupostos, atividades e vivências Maria José da Silva Rocha Resumo O trabalho que apresentarei

Leia mais

A FUNÇÃO SOCIAL DA BRINQUEDOTECA NA APRENDIZAGEM DA CRIANÇA.

A FUNÇÃO SOCIAL DA BRINQUEDOTECA NA APRENDIZAGEM DA CRIANÇA. A FUNÇÃO SOCIAL DA BRINQUEDOTECA NA APRENDIZAGEM DA CRIANÇA. Amanda Paula Silva Graduanda em Pedagogia pela UFCG amandinha_1105@hotmail.com Érica Cibelle de Sousa Araújo Graduanda em Pedagogia pela UFCG

Leia mais

O DIÁLOGO COM AS CRIANÇAS PEQUENAS - REFLEXÕES SOBRE O COTIDIANO INFANTIL

O DIÁLOGO COM AS CRIANÇAS PEQUENAS - REFLEXÕES SOBRE O COTIDIANO INFANTIL O DIÁLOGO COM AS CRIANÇAS PEQUENAS - REFLEXÕES SOBRE O COTIDIANO INFANTIL Viviane Cardoso¹ Resumo: O objetivo desse artigo é refletir como os ideais da pedagogia freireana tem contribuído para as práticas

Leia mais

COTIDIANO, LAZER E TRABALHO: Brincadeiras infantis e ofícios tradicionais da Idade Média e do século XXI

COTIDIANO, LAZER E TRABALHO: Brincadeiras infantis e ofícios tradicionais da Idade Média e do século XXI COTIDIANO, LAZER E TRABALHO: Brincadeiras infantis e ofícios tradicionais da Idade Média e do século XXI ISAAC ANTUNES BRAGA DE CARVALHO KALINE LORENA SILVA DANTAS SÍNTIQUE RAMALHO SEABRA DE SOUZA RESUMO:

Leia mais

A LITERATURA INFANTIL COMO RECURSO NO ATENDIMENTO ESPECIALIZADO AOS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL

A LITERATURA INFANTIL COMO RECURSO NO ATENDIMENTO ESPECIALIZADO AOS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL A LITERATURA INFANTIL COMO RECURSO NO ATENDIMENTO ESPECIALIZADO AOS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA MENTAL Luana Martins Abreu Profª. da Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu/RJ As crianças com qualquer

Leia mais

VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral. Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h

VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral. Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h VIII ENFOCO Sessões de Comunicação Oral Sessão 1 SEXTA-FEIRA 14h-16h Sala: ED02 1) Sons, Movimentos e Natureza 2) Áreas verdes escolares: possibilidades para a educação ambiental 3)O CONHECIMENTO CIENTÍFICO

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EIN333 O Lúdico na Educação Infantil

Programa Analítico de Disciplina EIN333 O Lúdico na Educação Infantil Programa Analítico de Disciplina Departamento de Economia Doméstica - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula

As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula Laís Coutinho de Souza e-mail: lais.coutinho@outlook.com Lucas D Alessandro Ribeiro e-mail: lucdaless@live.com

Leia mais

Tecnologia do Pará IFPA. gomesisaias68@yahoo.com.br. 1 Graduando do Curso de Licenciatura em Geografia do Instituto Federal de Educação, Ciência e

Tecnologia do Pará IFPA. gomesisaias68@yahoo.com.br. 1 Graduando do Curso de Licenciatura em Geografia do Instituto Federal de Educação, Ciência e GEOGRAFANDO BELÉM Isaias Gomes de Jesus Junior 1 Resumo O presente artigo vem apresentar a Tecnologia Educacional Geografando Belém. Esta Tecnologia Educacional, de princípio, foi desenvolvida para apresentar

Leia mais

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL EVELISE RAQUEL DE PONTES (UNESP). Resumo O ato de contar histórias para crianças da educação infantil é a possibilidade de sorrir, criar, é se envolver com

Leia mais

JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS ANTIGOS X JOGOS ELETRÔNICOS: UM RELATO DE EXPERIENCIA DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA RESUMO Márcio Henrique Laperuta Érika Nishiiye Laperuta Evandro Lima da Cruz Luiz Gustavo

Leia mais

Aspectos importantes da realização de Feiras de Ciências na Educação Básica.

Aspectos importantes da realização de Feiras de Ciências na Educação Básica. Aspectos importantes da realização de Feiras de Ciências na Educação Básica. Identificação: Carolina Luvizoto Avila Machado, bióloga, coordenadora de projetos na Abramundo Educação em Ciências. Murilo

Leia mais

PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE

PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE PIBID 2015 GÊNERO E SEXUALIDADE Autores/: Murilo Silva, Allison Martinelli, Cahuane Correa, Renan Macedo de Meira Professora supervisora: Thayana Ribeiro da Cruz Coordenadora: Maria Regina Ferreira da

Leia mais

PIBID: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

PIBID: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA PIBID: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA Ester Gonçalves Prata¹ UNIR-Campus Vilhena ester-vha@hotmail.com Elezilda Pereira Rodrigues² UNIR-Campus Vilhena zildarodriguesvha@hotmail.com

Leia mais

O BRINCAR E SUAS IMPLICAÇÕES NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL DENTRO DO PROCESSO GRUPAL (2012) 1

O BRINCAR E SUAS IMPLICAÇÕES NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL DENTRO DO PROCESSO GRUPAL (2012) 1 O BRINCAR E SUAS IMPLICAÇÕES NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL DENTRO DO PROCESSO GRUPAL (2012) 1 FERREIRA, Marilise 2 ; GRASSI, Marilia G. 3 ; OLIVEIRA, Vânia F. 4 1 Trabalho de Pesquisa _UNIFRA 2 Curso de

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL O BRINCAR, A BRINCADEIRA, O JOGO, A ATIVIDADE LÚDICA E A PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Josiane Lima Zanata (Seduc) josianezanata@hotmail.com Ivani Souza Mello (UFMT) ivanimello1@hotmail.com

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de Roda.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de Roda. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de Roda. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Habilidades: H12

Leia mais

ENSINAR MATEMÁTICA UTILIZANDO MATERIAIS LÚDICOS. É POSSÍVEL?

ENSINAR MATEMÁTICA UTILIZANDO MATERIAIS LÚDICOS. É POSSÍVEL? 1 de 7 ENSINAR MATEMÁTICA UTILIZANDO MATERIAIS LÚDICOS. É POSSÍVEL? Jéssica Alves de Oliveira Maria José dos Santos Chagas Tatiane de Fátima Silva Seixas RESUMO: De uma maneira geral, existe, por parte

Leia mais

Brincadeira de criança, como é bom: Estimulando o resgate das brincadeiras e dos brinquedos da cultura popular, no Lar Fabiano de Cristo

Brincadeira de criança, como é bom: Estimulando o resgate das brincadeiras e dos brinquedos da cultura popular, no Lar Fabiano de Cristo Brincadeira de criança, como é bom: Estimulando o resgate das brincadeiras e dos brinquedos da cultura popular, no Lar Fabiano de Cristo Vilmar de Souza 1 Gilberto da Rosa Júnior 2 Prof. Fabiano Weber

Leia mais

A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL

A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA REDE MUNICIPAL Resumo OLIVEIRA Luciana de FIGUEIRDEDO Anelice Maria banhara BANHARA Aline fátima BELTRAME Lisaura Maria Eixo Temático: Educação

Leia mais

IMPACTOS E REFLEXOS DA FORMAÇÃO LÚDICA DO EDUCADOR NAS PRÁTICAS COTIDIANAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

IMPACTOS E REFLEXOS DA FORMAÇÃO LÚDICA DO EDUCADOR NAS PRÁTICAS COTIDIANAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL IMPACTOS E REFLEXOS DA FORMAÇÃO LÚDICA DO EDUCADOR NAS PRÁTICAS COTIDIANAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL BELO, Milena Domingos - UNIFESP 1 milena_dbelo@hotmail.com PANIZZOLO, Claudia - UNIFESP 2 claudiapanizzolo@uol.com.br

Leia mais

O BRINCAR DAS CRIANÇAS SATERÉ-MAWÉ NO CONTEXTO DA ESCOLA INDÍGENA

O BRINCAR DAS CRIANÇAS SATERÉ-MAWÉ NO CONTEXTO DA ESCOLA INDÍGENA O BRINCAR DAS CRIANÇAS SATERÉ-MAWÉ NO CONTEXTO DA ESCOLA INDÍGENA JOÃO LUIZ DA COSTA BARROS NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS: FORMAÇÃO DE PROFESSORES ORIENTADORA: Profa.Dra. Maria Nazaré da Cruz Essa pesquisa

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO (PME)

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO (PME) PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO (PME) NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL (NEA) SEMED TÉCNICAS RESPONSÁVEIS: REGINA FREIRE ARNALDO DO NASCIMENTO (GESTORA AMBIENTAL) E SOLANGE ALVES OLIVEIRA (BIÓLOGA) LEI N o 9.795,

Leia mais

ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS

ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS ENSINO DE CIÊNCIAS NATURAIS E FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM ESCOLAS PÚBLICAS DE JATAÍ GO: DIAGNÓSTICO E PERSPECTIVAS Firmino Cardoso PEREIRA Universidade Federal de Goiás - Campus Jataí firminocpereira@gmail.com

Leia mais

OS DESAFIOS DE ENSINAR MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

OS DESAFIOS DE ENSINAR MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL OS DESAFIOS DE ENSINAR MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Resumo Rosilene Pachêco Quaresma 1 - UEPA Grupo de Trabalho Educação Matemática Agência Financiadora: não contou com financiamento Este artigo é parte

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL 1988 CONSTITUIÇÃO FEDERAL ANTECEDENTES Art. 210. Serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum

Leia mais

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2

Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 ISBN 978-85-99643-11-2 RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM PROJETO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NA ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO CARNEIRO DOS SANTOS Keegan Bezerra Ponce Escola Estadual Augusto Carneiro dos Santos RESUMO Ao exercer seu papel social,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NOS ANOS INICIAIS RESUMO Marcelo Moura 1 Líbia Serpa Aquino 2 Este artigo tem por objetivo abordar a importância das atividades lúdicas como verdadeiras

Leia mais

Jogos online: construindo conceitos matemáticos

Jogos online: construindo conceitos matemáticos Jogos online: construindo conceitos matemáticos Tania Elisa Seibert Universidade Luterana do Brasil Brasil taniaseibert@hotmail.com Lucas Gabriel Seibert 1 Universidade Luterana do Brasil Brasil lucasseibert@hotmail.com

Leia mais

EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA

EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA Rogério Santos Grisante 1 ; Ozilia Geraldini Burgo 2 RESUMO: A prática da expressão corporal na disciplina de Artes Visuais no Ensino Fundamental II pode servir

Leia mais