CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO"

Transcrição

1 Agrupamento de Vale de Ovil Escola Básica e Secundária do Vale de Ovil Código CONSELHO DE DOCENTES DO PRÉ-ESCOLAR CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação é qualitativa e contínua com o objectivo de reconhecer a pertinência e sentido das actividades proporcionadas, saber se estas estimularam o desenvolvimento de todos e de cada um dos alunos e alargaram o seu interesse, a curiosidade e desejo de aprender. Também permite ir corrigindo e adequando o processo educativo à evolução dos alunos e comunicar aos pais os seus progressos. É registada uma ficha de avaliação no final década período lectivo que ficará arquivada no Jardim-de-Infância. Na última avaliação, para os alunos que irão transitar para o 1º Ciclo, será elaborada uma ficha/relatório que acompanhará o aluno no seu percurso escolar.

2 Agrupamento de Vale de Ovil Escola Básica e Secundária do Vale de Ovil Código Grelha de Avaliação 3 anos Ano lectivo: 2012/2013 Jardim de Infância: Código de Avaliação. Competência adquirida(verde). Competência não adquirida (vermelho). Competência em progresso (amarelo). Não Observado (azul) Nome da Educadora: Nome da Criança: Data de Nascimento: / / Área da Formação Pessoal e Social 1ºPeríodo 2ºPeríodo Espera pela sua vez e fala em tom moderado Controla a agressividade em situações da vida quotidiana Deixa os objectos e jogos de uso colectivo no seu lugar depois de os utilizar Começa e acaba os seus trabalhos Vai sozinho à casa de banho (lava as mãos, cara e limpa o nariz) Manifesta espontaneamente sentimentos e emoções Relata acontecimentos e aprendizagens feitos com os membros da família Manifesta preferência por algumas crianças partilhando jogos e objectos Respeita as regras estabelecidas Conhecimento do Mundo 1ºPeríodo 2ºPeríodo Localiza no seu corpo e no dos seus colegas as principais partes que o formam Expressa adequadamente sensações do seu corpo (estar cansado, ter sono, etc.) Reconhece membros mais chegados da sua família e estabelece relações de parentesco entre si Identifica os meios de transporte com o meio em que se deslocam Associa as dependências da casa com as funções de cada uma delas Reconhece e usa adequadamente os espaços da escola Diferencia a manhã da tarde em relação a antes e depois do almoço Reconhece a utilidade e funções de alguns objectos da vida

3 quotidiana Faz comentários sobre fenómenos atmosféricos (chuva, vento, trovões, nuvens, sol, lua, estrelas) Área da Expressão e Comunicação Linguagem oral e Abordagem à escrita 1ºPeríodo 2ºPeríodo Compreende mensagens de adultos e crianças em situação de jogo, rotina e actividades Pronuncia correctamente as palavras do seu vocabulário Memoriza canções, poesias e lenga-lengas Conhecimento lógico/matemático Agrupa espontaneamente objectos em colecção atendendo ao atributo cor Tem noção de quantidade Sabe fazer correspondência e associações Domínio das Expressões Expressão Motora 1ºPeríodo 2ºPeríodo Tem coordenação óculo-manual em actividades que impliquem rasgar, pegar, amassar, encaixar e colorir Move uma determinada parte do seu corpo a uma ordem dada Expressão Dramática Está atento e tem prazer nas representações teatrais e fantoches Explora as possibilidades expressivas do seu corpo (gesto, movimento, expressões faciais) para comunicar sentimentos, emoções e necessidades Expressão Plástica Desenha alguma forma representativa Conhece as cores Realiza colagens com diversos materiais Expressão Musical Diferencia sons segundo a sua origem e procedência Interpreta canções Está atento quando ouve música

4 Apreciação Global: 1.Síntese Final

5 2. Medidas de Apoio Educativo O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação

6 Agrupamento de Vale de Ovil Escola Básica e Secundária do Vale de Ovil Código Grelha de Avaliação 4 Anos Ano lectivo: 2012/2013 Código de Avaliação. Competência adquirida(verde). Competência não adquirida (vermelho). Competência em progresso (amarelo). Não Observado (azul) Jardim de Infância: Nome da Educadora: Nome da Criança: Data de Nascimento: / / Área da Formação Pessoal e Social 1ºPeríodo 2ºPeríodo Participa na elaboração das regras que regulam a convivência É autónomo na realização de tarefas simples e pede ajuda Desenvolve hábitos de ordem: arruma os objectos e jogos no seu lugar, utiliza adequadamente os objectos e espaços do jardim. Arruma e colabora com o adulto na arrumação da sala Desenvolve hábitos de trabalho: começa e acaba os trabalhos, é responsável pelas tarefas assumidas, apresenta os seus trabalhos com alguma estética, colabora com o adulto nas diversas tarefas da vida quotidiana Desenvolve progressivamente uma atitude não discriminatória perante a diversidade de sexos e raças Regula o próprio comportamento com base nas normas estabelecidas Actua autonomamente na realização de hábitos e em tarefas que impliquem o cuidado de si Soluciona, mediante o diálogo, os conflitos surgidos no grupo de amigos Conhecimento do Mundo 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Diferencia os órgãos dos sentidos e sabe a sua utilidade Conhece as relações de parentesco entre os membros da família mais próxima Reconhece a constituição de cada profissão na comunidade Diferencia e nomeia os dias da semana Diferencia as principais características das diferentes estações do ano Estabelece conjunturas sobre as características e necessidades de plantas e animais Identifica objectos atendendo aos critérios de cor, forma e tamanho Respeita e cuida dos seus objectos e de uso colectivo

7 Explora características e propriedades da água, ar e terra 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Diferencia diferentes fenómenos atmosféricos Área da Expressão e Comunicação Linguagem oral e Abordagem à escrita 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Expressa ideias e opiniões Reproduz adivinhas, travalínguas, lengalengas e rimas Identifica livros, revistas, histórias e cartazes como instrumentos que conduzem à linguagem escrita Identifica algumas palavras escritas Conhecimento lógico/matemático Classifica, tendo em conta as propriedades dos objectos Estabelece correspondência entre os elementos de duas colecções dadas Verbaliza o critério de pertença ou não pertença a uma colecção Domínio das Expressões Expressão Motora 1ºPeríodo 2ºPeríodo Distingue as noções temporais e espaciais (em cima/em baixo, à frente/atrás, antes/depois, lento/rápido, depressa/devagar, perto/longe) Controla o gesto e demonstra precisão nas actividades de recortar figuras simples, pegar, modelar e desenhar Expressão Dramática Representa situações e personagens da vida quotidiana Representa personagens nas dramatizações e histórias Expressão Plástica Elabora produções plásticas, espontaneamente para expressar sentimentos, ideias e emoções Respeita e cuida as suas produções e as dos seus companheiros Expressão Musical Reconhece o som de instrumentos (metal, cordas, percussão e sopro) Coordena-se com os outros em canções colectivas Executa danças simples

8 Apreciação Global: 1.Síntese Final 2. Medidas de Apoio Educativo

9 O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação

10 Agrupamento de Vale de Ovil Escola Básica e Secundária do Vale de Ovil Código Grelha de Avaliação 5 Anos Ano lectivo: 2012/2013 Jardim de Infância: Código de Avaliação. Competência adquirida(verde). Competência não adquirida (vermelho). Competência em progresso (amarelo). Não Observado (azul) Nome da Educadora: Nome da Criança: Data de Nascimento: / / Área da Formação Pessoal e Social 1ºPeriodo 2ºPeríodo Realiza autonomamente as tarefas necessárias no cuidado a ter em relação à sua higiene pessoal Sabe abotoar os botões e atar atacadores Sabe o nome completo, idade, morada e a localidade Conhece e respeita sinais de trânsito e regras de prevenção rodoviária Diferencia as diferentes profissões e a sua utilidade na comunidade Respeita as diferenças (cor, raça, etnia, idade, deficiência ) Interage e ajuda os outros nas actividades Define diferentes valores (amizade, partilha, egoísmo, inveja ) Adapta o comportamento durante as actividades lúdicas rotinas diárias e tarefas. Resolve conflitos com os outros através do diálogo Toma decisões Responsabiliza-se pelas tarefas que lhe são confiadas, realizandoas até ao fim Consegue avaliar-se a si e aos outros Área do Conhecimento do Mundo 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Identifica as partes do corpo e suas funções, conhece algumas partes internas do corpo (coração, esqueleto, intestino ) Identifica os cinco sentidos e as suas funções Identifica e diferencia a sua imagem corporal e a relação com o passar do tempo ( aumento de peso, altura, quedados dentes ) Identifica os membros da sua família e as relações de parentesco entre eles Identifica funções e utilidade dos elementos do espaço e serviços que o rodeiam: (ruas, passeios, semáforos, câmara, bombeiros )

11 Identifica e distingue diferentes profissões e suas funções Reconhece os diferentes meios de comunicação ( computador, telefone, carta, televisão ) e sua utilidade Reconhece os diferentes meios de transporte Identifica diferentes tipos de casa e as suas respectivas divisões Diferencia as principais características das diferentes estações do ano Diferencia os dias da semana Diferencia alguns meses do ano Conhece diferentes tipos de seres vivos, suas principais características e seu habitat Associa animais aos alimentos que fornecem Identifica as partes constituintes das plantas Compreende o ciclo vital dos seres vivos Tem uma atitude responsável perante o consumo da água Mostra sensibilidade perante os fenómenos que estragam/modificam o meio natural Revela atitudes de respeito e conservação do meio ambiente Diferencia os diferentes fenómenos atmosféricos Área da Expressão e Comunicação Linguagem oral e Abordagem à escrita 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Relata histórias e vivências com princípio meio e fim Reproduz lenga-lengas; adivinhas; trava- línguas, Usa adequadamente as variantes morfológicas e termos que fazem referência ao género; lugar, tempo e pessoa. Constrói correctamente frases Tem vocabulário variado Constrói frases de vários tipos: interrogativa, exclamativa, declarativa Produz pequenas históricas; rimas e sequências Identifica livros, cartazes, revista, como instrumentos que conduzem à linguagem escrita Estabelece relações entre código oral e escrita Identifica algumas palavras escritas ( o seu nome, o de alguns amigos e outras ) Faz grafismos de pré - escrita Possui os requisitos prévios para dominar a escrita ( ao nível do traço) Distingue frase, palavra e letra Conhece e respeita o sentido da escrita Conhecimento lógico/matemático Classifica tendo em conta as propriedades dos objectos Verbaliza o critério de pertença ou não pertença de um objecto Sabe situar-se no espaço em relação a um ponto de referência Aplica o cardinal em pequenas colecções Estabelece comparações entre objectos (comprido curto; grande pequeno ) Reconhece e reproduz as figuras geométricas ( círculo, quadrado, triângulo, rectângulo) Preenche alguns quadros de dupla entrada

12 Organiza e trata dados Faz inventários Constrói e percebe a utilidade dos pictogramas Forma sequências que têm regras lógicas subjacentes Domínio das Expressões Expressão Motora 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Experimenta as possibilidades do movimento do seu corpo Distingue as noções temporais e especiais: em cima, em baixo; à frente- atrás; lento-rápido; perto-longe Expressão Dramática 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Participa e interage com os outros em situações de jogo simbólico/dramático Representa situações e personagens Memoriza pequenos textos para representar Experimenta diferentes gestos; movimentos; expressões faciais para comunicar sentimentos e emoções Expressão Plástica 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Elabora produções plásticas espontaneamente para expressar sentimentos, ideias, emoções. Interage com os outros em trabalhos de grupo Experimenta diferentes materiais; suportes e explora as possibilidades dos mesmos: Respeita e cuida das suas produções e das dos seus companheiros. Utiliza diferentes cores e suas variantes nas suas produções Representa de modo gráfico- pictórico sequências uma história, um acontecimento mostrando as características mais evidentes das pessoas, do ambiente Explora e utiliza materiais que permitem a expressão tridimensional (plasticina; barro; pasta de papel ) Pega correctamente no lápis/marcador, pincel, tesoura, cola. Recorta correctamente segundo um percurso Expressão Musical 1ºPeríodo 2ºPeríodo 3ºPeríodo Reconhece o som de instrumentos (metal; cordas; sopro; percussão) Reconhece aspectos que caracterizam os sons (intensidade; timbre e duração) È capaz de escutar, identificar e reproduzir sons

13 Apreciação Global: 1.Síntese Final

14 2. Medidas de Apoio Educativo O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação O Encarregado de Educação

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO EANES LOBATO Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar Departamento Educação Pré Escolar Ano letivo 2013/2014 A avaliação do processo permite reconhecer a pertinência e sentido

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Critérios Gerais de Avaliação Educação Pré-Escolar 2014/15 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa em cada nível de educação e

Leia mais

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS

Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS e Comunicação Formação Pessoal e Social Escola: AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS Nome: Idade: 3 anos Sala: Educação pré-escolar Ano letivo / 1º período Assiduidade Presenças: Faltas: Sabe o seu primeiro nome.

Leia mais

Planificação Curricular Pré-escolar

Planificação Curricular Pré-escolar PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ciclo/ Área/ Disciplina: Pré-escolar Ano Letivo 2012/2013 Área de Formação pessoal e Social Esboço Curricular para a Educação de Infância (segundo as Orientações Curriculares

Leia mais

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL SOCIALIZAÇÃO Desenvolver atitudes procedimentos e conceitos Interiorizar valores espirituais morais e críticos Desenvolver

Leia mais

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar

Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA BÁRBARA Departamento Pré-Escolar/1º Ciclo 151 956 Departamento da Educação Pré-Escolar/1.º Ciclo CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Pré-Escolar Área

Leia mais

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg.

CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013. Telef: 238490000 Fax: 238490003 Av. Cidade da Covilhã Apto. 52 6290-322 Gouveia - www.abpg. CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2012/2013 Unidade 1 Vamos à escola PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013 Unidade 2 Uma árvore de Natal muito familiar Mês: Outubro/Novembro/Dezembro Objetivos

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR 2015/2016 Critérios de Avaliação da Educação Pré-Escolar Página 1 Introdução O princípio consensualmente partilhado de que a avaliação é um elemento integrante e regulador

Leia mais

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1 1. Identificação Agrupamento de Escolas Zona Urbana de Viseu Nº de crianças e idades abrangidas: 20 (3 aos 6 anos) Ano letivo: 2012/2013 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação

Leia mais

Planificação Anual da Sala dos 5anos

Planificação Anual da Sala dos 5anos Nome do Aluno: Janine Colaço Reis Planificação Anual da Sala dos 5anos Calendarizaçã o (mês) Áreas de conteúdo/ Conteúdos Curriculares Competências Situações de aprendizagem/ Estratégias Recursos Humanos/

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

Anexos I. Objetivos para a Educação Pré-Escolar

Anexos I. Objetivos para a Educação Pré-Escolar Anexos I Objetivos para a Educação Pré-Escolar Domínio da Matemática CONHECI MENTO DO MUNDO FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 3 ANOS 1.º PERÍODO Independência/Autonomia Saber o seu nome Conhecer e utilizar o seu

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

MESTRADO DE QUALIFICAÇÃO PARA A DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

MESTRADO DE QUALIFICAÇÃO PARA A DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Instituto Superior de Educação e Ciências/Universitas Prática de Ensino Supervisionada I (Educação Pré-Escolar) MESTRADO DE QUALIFICAÇÃO PARA A DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Identificação da Instituição:

Leia mais

Programa de Educação Bilingue - II Ciclo 3ª Classe CONTEÚDOS

Programa de Educação Bilingue - II Ciclo 3ª Classe CONTEÚDOS Programa de L1-3ª Classe Família Compreender mensagens e textos orais; Distinguir a pronúncia padrão da não Respeitar as diferentes formas de expressão dos seus companheiros; Expressar-se de forma clara

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AZEITÃO Avaliação Educação Pré-Escolar 2014-2015 3º Período. Departamento Pré-Escolar

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AZEITÃO Avaliação Educação Pré-Escolar 2014-2015 3º Período. Departamento Pré-Escolar AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AZEITÃO Avaliação Educação Pré-Escolar 2014-2015 3º Período Departamento Pré-Escolar Introdução As educadoras, após analisarem os diferentes instrumentos de avaliação (observação

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRANDELA DEPARTAMENTO DO PRÉ-ESCOLAR A N O L E T I V O 2 0 1 4 / 1 5 Introdução A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática educativa em

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR. critérios de avaliação 2015/2016

PRÉ-ESCOLAR. critérios de avaliação 2015/2016 PRÉ-ESCOLAR critérios de avaliação 2015/2016 Aprovado em Conselho Pedagógico a 1 de Setembro de 2015 Índice I. Introdução / Enquadramento Normativo. 2 II. Finalidades.. 3 III. Princípios. 4 IV. Processo

Leia mais

Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015. Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Departamento do Pré Escolar 1

Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015. Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Departamento do Pré Escolar 1 Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar 2014/2015 Departamento do Pré Escolar 1 Introdução O princípio consensualmente partilhado de que a avaliação é um elemento integrante e regulador da prática

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME. Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 3 PROGRAMAÇÃO DE CONTEÚDOS 2º. VOLUME Programação de conteúdos/conhecimentos privilegiados Unidade 4 O mundo secreto das tocas e dos ninhos Unidade 5 Luz, sombra e ação! Unidade

Leia mais

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem.

Todas as atividades que seu(sua) filho(a) realiza na escola, em todas as áreas de conhecimento, estão relacionadas aos objetivos de aprendizagem. Brasília, 24 de fevereiro de 2014. Senhores Pais e/ou Responsáveis, Neste documento, listamos os conteúdos e objetivos referentes às aprendizagens pretendidas para os alunos do Maternal II, durante o 1º

Leia mais

Departamento das Educação Pré-escolar

Departamento das Educação Pré-escolar Departamento das Educação Pré-escolar A melhoria da qualidade das aprendizagens, a avaliação implica, no quadro da relação entre o jardim-de-infância, a família e a escola, uma construção partilhada que

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual / Critérios de avaliação Disciplina: Estudo do Meio 2.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/Conteúdos Metas de Aprendizagem Estratégias/

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE S. PEDRO DO SUL CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EXPRESSÃO ARTÍSTICA (1.º CICLO) Ano Lectivo 201 / 2016 1 INTRODUÇÃO A prática do canto constitui a base da expressão e educação musical no 1º ciclo. É uma atividade de síntese na

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância nº2 ( Brejo ) Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Agrupamento de Escolas de Samora Correia Direcção Executiva Conselho

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4

EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 EDUCAÇÃO INFANTIL GRUPO 4 1º VOLUME ARTES VISUAIS O FAZER ARTÍSTICO Criação de desenhos, pinturas e colagens, com base em seu próprio repertório. Exploração das possibilidades oferecidas por diferentes

Leia mais

2 Critérios globais de avaliação a critérios de avaliação das crianças com N.E.E. Anexo I Critérios de avaliação das crianças de 3, 4 e 5 anos

2 Critérios globais de avaliação a critérios de avaliação das crianças com N.E.E. Anexo I Critérios de avaliação das crianças de 3, 4 e 5 anos INDÍCE 1 Introdução 2 Critérios globais de avaliação a critérios de avaliação das crianças com N.E.E 3 Modalidades da avaliação a Avaliação formativa b Avaliação diagnóstica 4 Instrumentos de avaliação

Leia mais

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE 1. Caracterização do grupo 2. Organização do Espaço e do Tempo 3. Tema e fundamentação teórica do projecto o Mundo dos animais em vias de extinção da sala

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal Ano de escolaridade: 3.º e 4.º Ano Ano lectivo: 2011/2012 Professor/a da Disciplina:... Agrupamento/Escola:.

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Agrupamento de Escolas Serra da Gardunha - Fundão Ano Lectivo 2010/2011 Ensino Básico A avaliação escolar tem como finalidade essencial informar o aluno, o encarregado de educação e o próprio professor,

Leia mais

Grupo de Educação Especial

Grupo de Educação Especial Grupo de Educação Especial Critérios Gerais de Avaliação 2015/2016 De acordo com o Despacho normativo n.º 24-A/2012, artigo 8.º (ponto 10): 10 A informação resultante da avaliação sumativa dos alunos do

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo

COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo 2014/2015 Avaliar é um conceito que se utiliza com frequência na sociedade actual. Ao fazer-se uma avaliação queremos apreciar

Leia mais

Plano Anual. Interação e socialização da criança no meio social familiar e escolar. Ampliação progressiva do conhecimento do mundo.

Plano Anual. Interação e socialização da criança no meio social familiar e escolar. Ampliação progressiva do conhecimento do mundo. Centro Educacional Mundo do Saber Maternal II Ano Letivo: 2013 Tema: A fazenda do tio Chico Professora: Heloiza Regina Gervin Plano Anual Eu sou tio Chico, um menino muito esperto e que adora brincar e

Leia mais

FICHA DE DESENVOLVIMENTO Pré-Escolar - dos 3 aos 4 anos

FICHA DE DESENVOLVIMENTO Pré-Escolar - dos 3 aos 4 anos Centro Paroquial de Assistência de Santa Maria de Belém Abrigo Infantil de Santa Maria de Belém FICHA DE DESENVOLVIMENTO Pré-Escolar - dos 3 aos 4 anos 1. Período de Adaptação Observações: 1º Trimestre

Leia mais

EB1/JI DO FEIJÓ N.º 1 EB1/JI DE VALE FLORES

EB1/JI DO FEIJÓ N.º 1 EB1/JI DE VALE FLORES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ROMEU CORREIA EB1/JI DO FEIJÓ N.º 1 EB1/JI DE VALE FLORES EDUCAÇÃO PRÉ - ESCOLAR Ano Letivo: 2012-2013 Plano Curricular Simplificado Áreas de Conteúdo FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL Domínio

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CURSO VOCACIONAL 3º CICLO AMGE - Auxiliar de Manutenção e Gestão de Espaços CRITÉRIOS DE Ano Lectivo 2014/15 Coordenador do Curso: José Pedro Moutinho Critérios de Avaliação (14-15) VOCACIONAL C AMGE -

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011

EDUCAÇÃO INFANTIL. PRÉ I Professoras Caroline e Ana Lucia Habilidades vivenciadas no 2º bimestre 2011 EDUCAÇÃO INFANTIL Prezados Pais e/ou Responsáveis, Estamos vivenciando o segundo bimestre letivo e o processo de aprendizagem representa pra nós, motivo de alegria e conquistas diárias. Confiram as habilidades

Leia mais

Casa do Povo de Óbidos - Creche e Jardim de Infância Ano lectivo de 2011/2012 1

Casa do Povo de Óbidos - Creche e Jardim de Infância Ano lectivo de 2011/2012 1 PROJECTO DE VALÊNCIA DE CRECHE Ano lectivo de 2011/2012 1 Índice 1-INTRODUÇÃO... 1 2-PRINCÍPIOS GERAIS E OBJECTIVOS PEDAGÓGICOS DA CRECHE... 2 3-ÁREAS DE CONTEÚDO... 4 3.1 - ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E

Leia mais

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM?

ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? ÁREAS DE CONTEÚDO: O QUE SÃO? COMO SE DEFINEM? As Áreas de Conteúdo são áreas em que se manifesta o desenvolvimento humano ao longo da vida e são comuns a todos os graus de ensino. Na educação pré-escolar

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO

INFORMATIVO 2015 GRUPO INFORMATIVO 2015 GRUPO 5 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR PRINCÍPIOS Caráter holístico e contextualizado do processo de desenvolvimento e aprendizagem da criança; Coerência entre os processos de avaliação e os princípios subjacentes

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR MÊS Setembro TEMA Adaptação das Crianças PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 3ª ETAPA / 2014 MATERNAL III Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Vocês estão recebendo a programação da 3ª Etapa de 2014. Este material serve

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL III - 2012 OBJETIVOS - CRIANÇAS DE TRÊS ANOS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL III - 2012 OBJETIVOS - CRIANÇAS DE TRÊS ANOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL INFANTIL III - 2012 OBJETIVOS - CRIANÇAS DE TRÊS ANOS De acordo com o PCN e o Referencial Curricular da Educação Infantil, a instituição deve criar um ambiente

Leia mais

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social.

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social. EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL OU ATRASO COGNITIVO?

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL OU ATRASO COGNITIVO? DEFICIÊNCIA INTELECTUAL OU ATRASO COGNITIVO? 1. O que é Deficiência Intelectual ou Atraso Cognitivo? Deficiência intelectual ou atraso cognitivo é um termo que se usa quando uma pessoa apresenta certas

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

RELATÓRIO. Oficina de Formação

RELATÓRIO. Oficina de Formação RELATÓRIO Oficina de Formação Exploração e construção de situações de aprendizagem da matemática com programação em Scratch no pré escolar e no 1º ciclo do ensino básico Formadores: Miguel Figueiredo e

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Infantil II Segmento I PLANO DE CURSO 2009 INFANTIL II Disciplina: ARTES Série: INFANTIL II Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS -

Leia mais

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM CURRÍCULO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM ORALIDADE Formar frases com seqüência e sentido. Relacionar palavras que iniciam com vogais. Associar primeira letra/som em palavras iniciadas por vogal. Falar

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 1º CICLO - 2º ANO DE ESCOLARIDADE PORTUGUÊS PLANIFICAÇÃO MENSAL DE JANEIRO DOMÍNIOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) MATERIAIS/ RECURSOS ORALIDADE

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

1) O que é a consciência fonológica?

1) O que é a consciência fonológica? 1) O que é a consciência fonológica? É a consciência de que a linguagem oral (frases, palavras ) é composta por sequências de sons com significado. Ter consciência fonológica proporciona a capacidade de

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 TURMA: Nível 3 PERÍODO: 23/02 a 22/05 DISCIPLINA/PROFESSOR/A OBJETIVO CONTEÚDOS Maria Helena Walber Criar desenhos, pinturas, modelagens, colagens a partir do próprio repertório;

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO CRITÉRIOS DE AVALIACÃO Educação Visual 5º Ano Educação Visual 6º Ano Educação Tecnológica 5º Ano Educação Tecnológica 6º Ano ANO ESCOLAR 2015 / 2016 Ano letivo de 2015 / 2016 INTRODUÇÃO Sendo a avaliação

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE

Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE 1 Fundamentação Teórica O Plano Anual de Actividades constituiu, em conjunto com o Projecto Educativo e o Regulamento Interno, um dos principais instrumentos

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL 1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR REGISTO DE OBSERVAÇÃO / AVALIAÇÃO Nome Data de Nascimento / / Jardim de Infância de Educadora de Infância AVALIAÇÃO

Leia mais

ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO. Destinatários

ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO. Destinatários ANEXO I (DO REGULAMENTO INTERNO DO COLÉGIO BOM JESUS) CRECHE ARTIGO PRIMEIRO Destinatários A idade mínima para a frequência da Creche é de 3 meses de idade. ARTIGO QUARTO Áreas da Creche 1. A valência

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA

PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA ANO LETIVO 2015/ 2016 1 Índice Introdução... 3 Definindo Projeto Curricular de Jardim de Infância... 4 Projeto Curricular de Jardim de Infância MENINO DO MUNDO Intencionalidades...

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 1ª ETAPA / 2013 MATERNAL III PROGRAMAÇÃO DA 1ª ETAPA 2013 MATERNAL 3 ANOS Organize suas atividades de forma ordenada, dando a cada uma o seu tempo

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS Cód. 161007 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MEALHADA DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO CENTRO Ano lectivo 2010-2011 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS A avaliação das crianças e dos alunos (de diagnóstico,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL GRUPO IV (4 ANOS) Desenvolvimento físico-motor: Pula em um pé só sem perder o equilíbrio. Consegue recortar com facilidade uma

PLANEJAMENTO ANUAL GRUPO IV (4 ANOS) Desenvolvimento físico-motor: Pula em um pé só sem perder o equilíbrio. Consegue recortar com facilidade uma PLANEJAMENTO ANUAL GRUPO IV (4 ANOS) Desenvolvimento físico-motor: Pula em um pé só sem perder o equilíbrio. Consegue recortar com facilidade uma figura utilizando tesoura. É possível que ainda não seja

Leia mais

Plano de Contingência Da Gripe A (H1N1) Do Jardim de Infância de Alcoitão

Plano de Contingência Da Gripe A (H1N1) Do Jardim de Infância de Alcoitão Plano de Contingência Da Gripe A (H1N1) Do Jardim de Infância de Alcoitão 1. Introdução O objectivo do Plano de Contingência é manter a actividade da instituição escolar, em face dos possíveis efeitos

Leia mais

Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário. Projecto Educativo

Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário. Projecto Educativo Associação Pomba Da Paz IPSS Espaço Comunitário Projecto Educativo Educadora: Susana Gonçalves Sala Branca Auxiliar: Paula Balanga Ano lectivo: 2006/07 Educadora Susana Gonçalves 1 Na vida, o importante

Leia mais

Tipologia Textual O conto. Competências a trabalhar associadas ao processo CO L CEL

Tipologia Textual O conto. Competências a trabalhar associadas ao processo CO L CEL Ministério da Educação Agrupamento de Escolas da Senhora da Hora nº2 Novo Programa de Português do Ensino Básico Sequência Didáctica 5º ano Ano lectivo de 2010/2011 Tipologia Textual O conto Competências

Leia mais

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical 1º Ano Sons do meio ambiente e da natureza / silêncio Sons do corpo (níveis corporais) Sons naturais e artificiais Sons fortes e fracos Sons pianos (p), médios (mf)

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade / Tema) Subdomínio / Conteúdos

Leia mais

Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual

Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual Áreas de Conteúdo Actividades planificadas e realizadas Actividades planificadas e não realizadas Actividades não planificadas e realizadas

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Departamento da Educação Pré Escolar CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Introdução A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática

Leia mais

Jornal das Novidades Abril de 2010 Sala de 2 anos 2

Jornal das Novidades Abril de 2010 Sala de 2 anos 2 EDIÇÃO N.º: 7 AUTORES: SALA 2 30 DE ABRIL DE 2010 Centro de Bem Estar Social Creche, Jardim de Infância e CATL JORNAL DAS NOVIDADES Notícia de Última Hora Chegamos ao final do mês e a nova edição do JORNAL

Leia mais

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR

INTRODUÇÃO ÍNDICE OBJECTIVOS DA EDUCAÇÂO PRÈ-ESCOLAR INTRODUÇÃO ÍNDICE - Objectivos de Educação Pré-Escolar - Orientações Curriculares - Áreas de Conteúdo/Competências - Procedimentos de Avaliação - Direitos e Deveres dos Encarregados de Educação - Calendário

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016 EXPRESSÃO E EDUCAÇÃO PLÁSTICA Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES Ano letivo 2015/2016 3.º Ano Descoberta e organização progressiva de volumes Modelagem

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL IZA RIZZOTTI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - 2 PERÍODO

CENTRO EDUCACIONAL IZA RIZZOTTI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - 2 PERÍODO CENTRO EDUCACIONAL IZA RIZZOTTI CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - 2 PERÍODO Falar de educação é em primeiro lugar falar de ser humano. E falar de ser humano é pensar e sentir, deslocar-se de lugares e posições

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 2014-2015 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 2014-2015 COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS ÁREA DE FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL Ser autónomo; Ser atento; Ser observador; Ter espírito crítico; Interiorizar e respeitar as regras do grupo; Ter consciência de si e do outro

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016 Calendarização / Mês Tema Objetivos Responsáveis pela Atividade Outubro Outono - Desenvolver o gosto pelo saber; Halloween - Valorizar diferentes formas de conhecimento, Dia Mundial da Alimentação comunicação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ ESTÊVÃO. DEPARTAMENTO DE 1.º CICLO Planificação Anual da Disciplina de Português 3.º ano Ano Letivo de 2015/2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ ESTÊVÃO. DEPARTAMENTO DE 1.º CICLO Planificação Anual da Disciplina de Português 3.º ano Ano Letivo de 2015/2016 1º PERÍODO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ ESTÊVÃO DEPARTAMENTO DE 1.º CICLO Planificação Anual da Disciplina de Português 3.º ano Ano Letivo de 2015/2016 Unidades/Conteúdos Tempos Oralidade -Escutar para

Leia mais

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3 ÍNDICE: 1. Introdução. 1 2. CONTEXTUALIZAÇÃO - Caracterização do meio 2 - Caracterização do espaço ATL... 2 3. Grupo - Caracterização do grupo. 3 - Caracterização da equipa/horário. 3 4. OBJETIVOS: - Objetivos

Leia mais

Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná

Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná Escola Bem-Me-Quer - Educação Infantil e Ensino Fundamental, na Modalidade Educação Especial Rua Bonfim, 1621 - CEP 85.901-150 Toledo - Paraná Plano de Trabalho Docente 2014 Educação Infantil Estimulação

Leia mais

Conhecendo o Aluno com Deficiência Múltipla

Conhecendo o Aluno com Deficiência Múltipla I - [FICHA DE AVALIAÇÃO SOBRE O ALUNO COM DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA] Usar letra de forma É importante considerarmos que o aluno com deficiência múltipla da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro possui

Leia mais

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE

ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE Unidade II ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Profa. Ana Lucia M. Gasbarro A formação pessoal e social da criança, áreas de conhecimento e desenvolvimento da criança Introdução A importância

Leia mais

ANEXO III REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

ANEXO III REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ANEXO III REGULAMENTO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO Artigo 1.º Âmbito 1 - O presente regulamento de avaliação de desempenho aplica-se a todos os docentes que se encontrem integrados na carreira. 2 - A avaliação

Leia mais

O TRABALHO COM BEBÊS

O TRABALHO COM BEBÊS O TRABALHO COM BEBÊS FREITAS, Clariane do Nascimento de UFSM, Projeto Uma interlocução entre pesquisadores, acadêmicos e o processo educacional vivido no Núcleo de Educação Infantil Ipê Amarelo clarianefreitas@bol.com.br

Leia mais

DIRECÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BEMPOSTA

DIRECÇÃO GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BEMPOSTA Critérios de Avaliação Pré-Escolar 2015/2016 Avaliar é produzir juízos de adequação e de valor. Avaliar é reunir informação sobre as coisas que com os outros produzimos ou nos apropriamos; é torná-las

Leia mais

Nome do Aluno: Maria de Fátima Rodrigues Ferreira Data: 21/03/2012. Planificação Diária. Projectos /Temáticas: Primavera

Nome do Aluno: Maria de Fátima Rodrigues Ferreira Data: 21/03/2012. Planificação Diária. Projectos /Temáticas: Primavera Nome do Aluno: Maria de Fátima Rodrigues Ferreira Data: 21/03/2012 Planificação Diária Projectos /Temáticas: Primavera Tempo Áreas de Conteúdos e conteúdos específicos 9:00 Formação Pessoal e Social. Domínio

Leia mais

AERT CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR

AERT CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR AERT CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ-ESCOLAR (De acordo com a Circular nº. 4 /DGIDC/DSDC/2011) Disposições Gerais As principais orientações normativas relativas à avaliação na Educação Pré-Escolar

Leia mais

Área - Relações Interpessoais

Área - Relações Interpessoais Área - Relações Interpessoais Eu e os Outros ACTIVIDADE 1 Dar e Receber um Não. Dar e Receber um Sim. Tempo Previsível 60 a 90 m COMO FAZER? 1. Propor ao grupo a realização de situações de role play, em

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas AGRUPAMENTO DE ESCOLAS À BEIRA DOURO Escola Básica e Secundária À Beira Douro- Medas Departamento de Línguas Estrangeiras - Inglês - 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2010 / 2011 1º Período - Aulas

Leia mais

[ CRECHE CONNOSCO ] CATL, CRECHE E JARDIM-DE-INFÂNCIA DA SANTA CASA DA. [Projeto pedagógico da Creche [2014/2015] MISERICÓRDIA DE MELGAÇO

[ CRECHE CONNOSCO ] CATL, CRECHE E JARDIM-DE-INFÂNCIA DA SANTA CASA DA. [Projeto pedagógico da Creche [2014/2015] MISERICÓRDIA DE MELGAÇO CATL, CRECHE E JARDIM-DE-INFÂNCIA DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE MELGAÇO [ CRECHE CONNOSCO ] [Projeto pedagógico da Creche [2014/2015] [LA R G O D A L O J A N O V A, 4 9 6 0-5 5 8 M E L G A Ç O ; 2 5

Leia mais

Programa Educativo Individual

Programa Educativo Individual Programa Educativo Individual Ano Lectivo 2008/2009 1. Identificação do Aluno 2.1. Nome: 2.2. Data de Nascimento: 2.3. Morada: 2.4. Concelho: 2.5. Código Postal: 2.6. Telefone: 2.7. Email: 2.8. Situação

Leia mais

AVALIAÇÃO SEMESTRAL DO ALUNO Maternal I

AVALIAÇÃO SEMESTRAL DO ALUNO Maternal I Departamento Pedagógico Seção de Educação Infantil AVALIAÇÃO SEMESTRAL DO ALUNO Maternal I...a mudança da avaliação é fundamental para que deixe de atrapalhar a prática pedagógica e ajude a qualificá-la.

Leia mais

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3

INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 INFORMATIVO 2015 GRUPO 3 3 Considerar a criança como sujeito é levar em conta, nas relações que com ela estabelecemos, que ela tem desejos, ideias, opiniões, capacidade de decidir, de criar, e de inventar,

Leia mais

Escala de classificação. - Produção de textos - Nome do aluno(a) Comentário: Dificuldade. Comentário: Dificuldade. Comentário:

Escala de classificação. - Produção de textos - Nome do aluno(a) Comentário: Dificuldade. Comentário: Dificuldade. Comentário: Escala de classificação - Produção de textos - Nome do aluno(a) Ano Turma Data / / 1. Escreve de um modo legível? Dificuldade Comentário: 2. Organiza o texto com lógica? Dificuldade Comentário: 3. Faz

Leia mais

EPEMG_CAT_TXT_20110807_Layout 1 11/04/26 13:10 Page 1 2-6 anos Oo

EPEMG_CAT_TXT_20110807_Layout 1 11/04/26 13:10 Page 1 2-6 anos Oo 2-6 Oo Através dos estímulos que se sucedem, as crianças apreendem o mundo que as rodeia de forma célere, tornando-se importante, por isso, facilitar as aprendizagens e estimular a curiosidade e o raciocínio.

Leia mais

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma*

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Glória Macedo, PQND do 4º Grupo do 2º Ciclo do EB e Formadora do CFAE Calvet de Magalhães, Lisboa A Reorganização Curricular do Ensino Básico

Leia mais

PLANIFICAÇÃO CURRICULAR 1º CICLO - 1º ano de escolaridade

PLANIFICAÇÃO CURRICULAR 1º CICLO - 1º ano de escolaridade AGRUPAMENTO ESCOLAS LUÍS ANTÓNIO VERNEY 171396 PLANIFICAÇÃO CURRICULAR 1º CICLO - 1º ano de escolaridade INTRODUÇÃO Este documento tem como finalidade fixar as referências para o desenvolvimento curricular,

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação

1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico Critérios de Avaliação PORTUGUÊS Domínios em Domínios/Competências Fatores de ponderação Instrumentos de Domínio Cognitivo Compreensão oral 20% Registos e grelhas de observação

Leia mais