Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas"

Transcrição

1 Biodisponibilidade de Lipídios Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas

2 LIPÍDIOS Diversos compostos químicos que têm como característica comum serem insolúveis em água.

3 CLASSIFICAÇÃO Simples Acilglicerois Glicerol +Acido graxo Compostos Ceras Fosfolipídios Alcool + Acido graxo Glicerol + Acido graxo + Fosfato Esfingomielina Esfingosina+ Acido graxo + Fosfato +Colina Derivados Cerebrosídios e Ganglosídios Que não são lipídios simples ou compostos Esfingosina+ Acido graxo + Açúcar Carotenoídes Esteroídes Vitaminas lipossolúveis

4 ÁCIDOS GRAXOS Saturados CH 3- CH 2 -CH 2 -COOH Insaturados CH - CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 2 -COOH CH - CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 2 -CH 3

5 ÁCIDOS GRAXOS INSATURADOS Monoinsaturados Uma dupla ligação Poliinsaturados Duas ou mais duplas ligações

6 C18

7 ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS Têm que ser ingeridos pela alimentação

8 FONTES DE ÁCIDOS GRAXOS

9 Como estão os ácidos graxos nos alimentos?

10 LIPÍDIOS NOS ALIMENTOS Composto (%) Triacilglicerois Fosfolipídios 2-10 Esteróis 0,5-1

11 ESTERÓIS Alimentos de origem animal Colesterol Alimentos de origem vegetal Fitoesterol

12 FITOESTERÓIS

13 COLESTEROL Dos alimentos Sintetizado

14 TRIACILGLICEROIS Dos alimentos Reserva de energia Adipócito

15 FOSFOLIPÍDIOS Membrana celular

16 Alimentos lipídicos Triacilglicerois Fosfolipídios Esterois Colesterol Fitoesterois

17 Emulsificação Triacilglicerois Fosfolipídios Sais biliares Colesterol

18 Lipases Triacilglicerol Ácido graxo Monoaciglicerol

19 Triacilglicerol O HC C O- CH 2 R 1 sn1 HC C-O CH 2 R 2 sn2 Lipases HC C-O CH 2 -R 3 O sn3

20 Fosfolipases Fosfolipídio Ácido graxo Lisofosfolipídio

21 Fosfolipídios O HC C O- CH 2 R 1 HC C-O CH 2 R 2 sn2 HC C- O P O-X O O Fosfolipases

22 ACAT Acil CoA :colesterol acil transferase Colesterol Ácido graxo ACAT Éster de colesterol

23 Sangue

24 Reesterificação Ácido graxo Monoaciglicerol Células epiteliais Ácido graxo Lisofosfolipídio

25 Lipoproteínas

26 Composição da Lipoproteínas (%) Lipoproteína P TG FL CL EC Quilomicrons VLDL LDL HDL P = Proteína TG = Triacilglicerol CL= Colesterol FL = Fosfolipídio CE= Ester de colesterol

27 Lipoproteínas

28 Lipoproteínas

29

30

31 Transporte no sangue Quilomicrons

32 Lipoproteina lipase Triacilglicerois Ácido graxo Monoaciglicerol

33 Formação do Quilomicron remanescente Lipoproteina lipase Ácido graxo Sistema nervoso Monoacilglicerol Quilomicron remanescente Músculo Adipócitos

34 Quilomicron remanescente Quilomicron Apo E Apo C Apo B48 Apo A Apo E Apo B48 Quilomicron remanescente

35 Quilomicrons FÍGADO

36 Fígado

37 VLDL Composição semelhante aos quilomicrons Fígado supre as necessidades do restante do organismo

38 Formação da VLDL Monoacilglicerol Ácido graxo Quilomicron remanescente VLDL

39 Formação da VLDL Apo E Apo B48 Quilomicron remanescente Apo C Apo E Apo B100 VLDL

40 Formação da IDL Apo C Apo E Lipoproteina lipase Apo B100 Ácido graxo Monoacilglicerol Adipócitos Sistema nervoso Músculo Apo E Apo B100 IDL

41 IDL

42 LDL Apo E Apo B100 IDL Apo B100 LDL

43 HDL nascente Fígado Apo E Intestino Apo C Apo A HDL nascente

44 Formação da HDL Apo C Apo E Tecidos extra hepáticos Apo A ACAT HDL nascente

45

46 Oxidação da LDL

47 Metabolismo dos ácidos graxos Oxidação Energia Modificação da cadeia Insaturação Diminuição Aumento Necessidade

48 Ácidos graxos Alimentaçã o animal Proteínas Ácidos graxos saturados Ácidos graxos monoinsaturados Carboidratos

49 Ácidos graxos poliinsaturados Alimentaç ão animal Lipídeos Ácidos graxos poliinsaturados Não podem ser sintetizados pelos animais Tem que ser oferecidos pela dieta

50 Ácidos graxos essenciais Ácido Linoléico Ácido Linolênico

51 Omega (ω) CH 3 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH HOOC CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH

52 Omega (ω) CH 3 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH HOOC CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH

53 Omega (ω) CH 3 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH HOOC CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH 2 CH

54 ω ou n?

55

56 Dessaturação Aumento do número de duplas ligações de um ácido graxo

57 Caminhos da dessaturação Ácido palmítico 16:0 9 - dessaturase Ácido palmitoléico 16:1 ω7

58 Caminhos da dessaturação Ácido esteárico 18:0 9 - dessaturase Ácido oléico 18:1 ω9

59 Caminhos da dessaturação Ácido linoléico 18:2 ω6 Ácido linolênico 18:3 ω3 6 - dessaturase Ácido γ linolênico 18:3 ω6 Ácido estearidônico 18:4 ω3

60 Aumento da cadeia Aumento do número de carbonos de um ácido graxo

61 Caminhos do aumento da cadeia Ácido γ linolênico 18:3 ω6 Ácido estearidônico 18:4 ω3 Elongase Ácido Dihomo γ linolênico 20:3 ω6 Ácido eicosatetraenoico 20:4 ω3

62 Ácido Dihomo γ linolênico 20:3 ω6 Caminhos da dessaturação 5 - dessaturase Ácido eicosatetraenoico 20:4 ω3 Ácido araquidônico 20:4 ω6 Ácido eicosapentaenoico 20:5 ω3

63 Diminuição da cadeia 24:5 ω6 24: 6ω3 β- oxidação Ácido Docosapentaenoico 22:5 ω6 Ácido Docosahexaenoico 22:6 ω3

64

65 Ácidos graxos ω3

66 Ácidos graxos ω6

67 Importância dos lipídios de peixes

68 Doenças modernas

69 Estudos epidemiológicos Dinamarqueses Esquimós da Groelândia

70

71 Alimentação dos esquimós Base de pescado Peixes Mamíferos marinhos

72

73 Ingestão de colesterol Ingestão Diária Aceitável (IDA) 300 mg/dia População Colesterol (mg/dia) Dinamarqueses 400 Esquimós 800

74 Ingestão de ácidos graxos População Lipídios (g/dia) Dinamarqueses 12 Esquimós 20

75 Tipo de ácidos graxos Ácido graxo (g/dia) Dinamarqueses Esquimós w w w6/w3 3,3 0,4

76 Ácidos graxos omega 3 Benéficos na alimentação : Previnem doenças do coração Peixe são excelentes fontes de w3

77 Todos os peixes são excelentes fonte de omega 3?

78 50 % Bacalhau Gadus mohrua Sardinha Sardinopus ssp. 20 %

79 50 % Bacalhau Gadus mohrua Sardinha 20 % Sardinopus ssp.

80 Água doce x Água salgada

81 Águas tropicais x Águas frias

82 Membrana plasmática FUNÇÕES DE MEMBRANA ATIVIDADES VITAIS DAS CÉLULA

83 Membrana plasmática Evitam a dissolução de solutos Armazenam energia Governam a transferência de informações entre os compartimentos celulares

84 Animais terrestres Restringem a perda de água para o ambiente

85 Animais aquáticos Ambiente hipertônico aos fluídos corporais Bebem água do meio e eliminam através GUELRAS RINS Manutenção do equilíbrio osmótico

86 Membrana plasmática

87 Membrana plasmática Bicamada de fosfolipídios

88 Fosfolipídio CABEÇA POLAR CAUDA APOLAR

89 Ácido fosfatídico Base Dois ácidos graxos

90 Poiquilotérmicos Temperatura corporal Temperatura da água

91 Adaptação homeoviscosa Homeostase a nível celular Adaptação para controlar alteração de temperatura

92 Ponto de fusão Ácido Símbolo Ponto fusão ( o C) Esteárico 18:00 69 Oléico 18:01 16 Linoléico 18:02-5 Linolênico 18:03-10 Araquidônico 20:04-49 EPA 20:05-54 DHA 22:06-44

93 Eicosanoídes Eicosanoíde Sigla Data Descobridor Prostaglandinas PG 1930 Von Euler, U. Tromboxanos TX 1975 Hamberg et alii Prostaciclinas PGI 1976 Moncada et alii Leucotrienos LT 1982 Samuelson, B. Lipoxinas LX 1985 Sehran et alii

94 Eicosanoídes

95 Eicosanoídes Eicosa 20 carbonos Derivados dos ácidos: Araquidônico (Omega 6) 20 carbonos / 4 duplas Eicosapentaenoíco (Omega 3) 20 carbonos / 5 duplas

96 Eicosanoídes Ácido graxo + O 2 Endoperóxido Catálise enzimática Prostaglandina sintase (Cicloxigenase) Lipoxigenase

97 Eicosanoídes Fosfolipídio Fosfolipase A2 Acido araquidônico Ácido eicosapentaenoico Ciclooxigenase Lipoxigenase Ciclooxigenase Lipoxigenase Prostaglandina I2 Leucotrieno A4 Prostaglandina I3 Leucotrieno A5 Tromboxano A2 Leucotrieno B4 Tromboxano A3 Leucotrieno B5

98 ESTÍMULO ATIVAÇÃO DA FOSFOLIPASE

99 ESTÍMULO ATIVAÇÃO DA FOSFOLIPASE Ácido eicosapentaenoíco CICLOXIGENASE

100 Balanço ω6 e ω3 Ideal ω3 ω6 ω3 Real ω6

101 % ω6 na dieta e CHD JapãoMediterrâneo EUA %ω (dieta) % morte CHD

102 Funções fisiológicas Agregação plaquetária Vasoconstrição Sistema imunológico

103 Rodovalho (Scophtalmus maximus) Turbot Bell et al., Prostangl.Leukot. Essent. Fatty Acids, 1995

104 Óleo de Borage Rico em 20:03 ω6 Grupo I Óleo de borage Grupo II Óleo de peixes marinhos Bell et al., Prostangl.Leukot. Essent. Fatty Acids, 1995

105 Dessaturação Ácido Dihomo γ linolênico 20:3 ω6 Ácido eicosatetraenoico 20:4 ω3 5 - dessaturase Ácido araquidônico 20:4 ω6 Ácido eicosapentaenoico 20:5 ω3

106 Cérebro :% eicosanoídes Prostaglandina Derivado Peixe Borage PGE1 Dihomo γlinolênico 1,00 2,33 20:03 ω6 PGE3 Eicosapentaenoíco 1,20 0,39 20:05 ω3 Bell et al., Prostangl.Leukot. Essent. Fatty Acids, 1995

107 Cérebro :% ácidos graxos :03 w6 20:04 w6 20:05 w PEIXE BORAGE Bell et al., Prostangl.Leukot. Essent. Fatty Acids, 1995

108 Ácido docosahexaenoíco 22 carbonos 6 duplas ligações

109 DHA Retina

110 % DHA total de ácidos graxos do leite materno Espanha EUA Japão Suecia Canada Inglaterra China 0 0,1 0,2 0,3 0,4 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9 1

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética 23/02/17 DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos (éter, álcool e clorofórmio). HIDROFÓBICAS (APOLARES) LIPÍDIOS LIPÍDIOS Ácidos

Leia mais

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC BIOQUÍMICA BIO0001 Lipídios Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 Lipídios Biomoléculas insolúveis em

Leia mais

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo LIPÍDIOS Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo Ácidos Graxos Triacilgliceróis Fosfolipídios Esteróides Possuem estruturas e

Leia mais

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica LIPÍDEOS Conceito Grupo de compostos distribuídas em animais e vegetais que, ao contrário das outras classes de compostos orgânicos, não são caracterizadas por um grupo funcional comum, e sim pela sua

Leia mais

Lipids E N V I R O. Hypertension. Obesity. Diabetes. Diet. Vascular disease Age E T I C. Smoking E N. Gender Family history T A L. Sedentary lifestyle

Lipids E N V I R O. Hypertension. Obesity. Diabetes. Diet. Vascular disease Age E T I C. Smoking E N. Gender Family history T A L. Sedentary lifestyle DISLIPIDÉMIAS Terapêutica Nutricional Fernando Santos Aterosclerose Uma doença multifactorial E N V I R O N M E N T A L Obesity Diet Smoking Sedentary lifestyle Lipids Hypertension Thrombotic factors Diabetes

Leia mais

Lipídios simples (gorduras neutras)

Lipídios simples (gorduras neutras) Lipídios simples (gorduras neutras) Triglicerídios (TG) ou Triacilgliceróis (TAG) Conforme mencionado anteriormente, correspondem aproximadamente a 98% dos lipídios dietéticos. Também constituem a principal

Leia mais

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Bioquímica Lipídios Aula 2 Estrutura de Lipídios Os lipídios apesar de quimicamente diferentes entre si, exibem como característica definidora e comum a insolubilidade

Leia mais

QBQ Lipídeos e Membranas

QBQ Lipídeos e Membranas QBQ0313 2015 Lipídeos e Membranas Flavia Carla Meotti flaviam@iq.usp.br Funções dos Lipídeos estoque de energia emulsificantes membranas impermeabilidade comunicação celular cofatores de enzimas/vitaminas

Leia mais

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta LÍPIDEOS E ÁCIDOS GRAXOS LUCIANO LIMA Mestrando em Nutrição Animal LIPÍDIOS TRIACILGLICERÓIS VITAMINAS A, D, E e K LIPÍDIOS ÁCIDOS GRAXOS GLICOLIPÍDIOS ESTERÓIS FOSFOLIPÍDIOS ESFINGOLIPÍDIOS Importância

Leia mais

Metabolismo dos Lipídios

Metabolismo dos Lipídios QUÍMCA E BIOQUÍMICA Curso Técnico em Nutrição e Dietética Metabolismo dos Lipídios Professor: Adriano Silva Os lipídios são um grupo de biomoléculas e/ou compostos orgânicos caracterizados por serem insolúveis

Leia mais

GORDURAS. Definição. Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos

GORDURAS. Definição. Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos GORDURAS Definição Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos Maioria dos lipídios é derivado ou possui na sua estrutura ÁCIDOS GRAXOS 1 Ácidos Graxos São ácidos orgânicos Maioria

Leia mais

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www.

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www. Introdução à Bioquímica Lipídeos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Tópicos! Classificação dos lipídeos! Ácidos graxos!

Leia mais

β -oxidação ADIPÓCITOS

β -oxidação ADIPÓCITOS Metabolismo dos Lipídios INTRODUÇÃO CONCEITO Constituem a fração extrato etéreo das rações, por não serem solúveis em água, apenas em solventes orgânicos não polares (éter, clorofórmio, benzeno). Funções

Leia mais

Profa. Alessandra Barone.

Profa. Alessandra Barone. Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Incluem as gorduras, ceras, óleos e compostos relacionados. Exercem como função biológica a estrutura da membrana celular, proteção, isolantes térmicos, reserva

Leia mais

CONEXÃO ENTRE ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS, VITAMINAS E MINERAIS PALESTRANTE. Vanessa Rodrigues Lauar

CONEXÃO ENTRE ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS, VITAMINAS E MINERAIS PALESTRANTE. Vanessa Rodrigues Lauar CONEXÃO ENTRE ÁCIDOS GRAXOS ESSENCIAIS, VITAMINAS E MINERAIS PALESTRANTE Vanessa Rodrigues Lauar Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Viçosa Especialista em Epidemiologia UFMG Especialista

Leia mais

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS - A maior parte das gorduras da dieta são predominantemente triacilglicerois 80% Função da bile: Sais biliares Quebra a gordura, aumentando a área total disponível à ação enzimática

Leia mais

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos Nutrientes Leonardo Pozza dos Santos Itaqui, 2017 O que define um nutriente? - Qualquer elemento ou composto químico necessário para o metabolismo de um organismo vivo. - Eles compõem os alimentos e são

Leia mais

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal.

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. CONCEITO - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. - Extraídos de células e tecidos por solventes orgânicos apolares (éter, clorofórmio, benzeno). - Hidrofóbicos.

Leia mais

Graxos. Metabolismo dos Lipídios. Oxidação. Degradação dos Triacilgliceróis is (TG) do Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Tecido Adiposo.

Graxos. Metabolismo dos Lipídios. Oxidação. Degradação dos Triacilgliceróis is (TG) do Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Lipóle (β-oxida( oxidação) Cetogênese Síntese de Ácidos Graxos Alexandre Havt Metabolmo dos Lipídios Fonte de obtenção Dieta Triacilgliceró Síntese endógena Transporte Excesso de Carboidratos, Proteínas

Leia mais

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Os lipídeos são abundantes em animais e vegetais. Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os lipídios compostos como os fosfolipídios e os esteróides

Leia mais

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto Bioquímica: orgânicos e inorgânicos necessários à vida Leandro Pereira Canuto Toda matéria viva: C H O N P S inorgânicos orgânicos Água Sais Minerais inorgânicos orgânicos Carboidratos Proteínas Lipídios

Leia mais

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico Conceitos Os Lipídios são substâncias muito abundantes em animais e vegetais. Lipidios Renato Marques Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os Lipídios compostos (fosfolipídios, por exemplo) e finalmente

Leia mais

Classificação LIPÍDIOS

Classificação LIPÍDIOS LIPÍDIOS DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos. Suas propriedades físicas refletem a natureza hidrofóbica das suas estruturas

Leia mais

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa 6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa Lipoproteínas: São associações entre Proteínas e Lipídios

Leia mais

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura Lipídeos Lipídeos (grego lipos, gordura) são moléculas apolares, solúveis em solventes orgânicos (metanol, clorofórmio, etc) e essencialmente insolúveis em água Lipídeos I. Classes de lipídeos II. Funções

Leia mais

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS QFL0343 Reatividade de Compostos Orgânicos II e Biomoléculas LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS Nomes NºUSP Assinatura André Jun 9370705 Isabella Paulino Otvos 9010460 Rafael Bello Gonçalves 9328519

Leia mais

Orientações nutricionais para manter um coração saudável

Orientações nutricionais para manter um coração saudável Orientações nutricionais para manter um coração saudável 1) Substituir os alimentos ricos em ácidos graxos saturados e colesterol por alimentos ricos em ácidos graxos insaturados. Importância: os alimentos

Leia mais

De onde vem essa energia?? Como a célula obtém essa energia??

De onde vem essa energia?? Como a célula obtém essa energia?? PROTEÍNAS DNA Os organismos necessitam de um constante fornecimento de energia livre Por que? - Biossíntese de moléculas complexas; - Transporte ativo de moléculas e íons c através de membranas; - Realização

Leia mais

Lipídeos e ácidos graxos

Lipídeos e ácidos graxos Lipídeos e ácidos graxos Tópicos de Estudo Lipídeos Lipoproteínas Passos da -oxidação Regulação em estados absortivos, fome e exercício Lipídeos que contem ácidos graxos Ácidos graxos e triacilgliceróis

Leia mais

Os lípidos biológicos são um grupo variado de compostos que têm em comum a sua insolubilidade em água (apolares).

Os lípidos biológicos são um grupo variado de compostos que têm em comum a sua insolubilidade em água (apolares). Lípidos Os lípidos biológicos são um grupo variado de compostos que têm em comum a sua insolubilidade em água (apolares). São ésteres de ácidos gordos (por definição) Diversidade de Estruturas Funções

Leia mais

Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas. Equipe de Biologia

Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas. Equipe de Biologia Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas Equipe de Biologia De que são formados os seres vivos? Substâncias orgânicas Carboidratos Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos nucleicos

Leia mais

Lipídios em Alimentos

Lipídios em Alimentos PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Lipídios em Alimentos Curso Técnico em Gastronomia Prof. Ms. Carlos Eduardo R. Garcia ATENÇÃO!!!! A apostila é um material de apoio para as aulas. Não a utilize

Leia mais

ÔMEGA 3 PÓ. EPA e DHA suplementados na forma de pó

ÔMEGA 3 PÓ. EPA e DHA suplementados na forma de pó ÔMEGA 3 PÓ EPA e DHA suplementados na forma de pó INTRODUÇÃO O desempenho mental exige um tipo específico de gordura, encontrado mais frequentemente em peixes, conhecido como ácido graxo Ômega 3. O ácido

Leia mais

Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular: Estrutura Química, Especializações e Transporte

Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular: Estrutura Química, Especializações e Transporte Membrana Celular Membrana Celular Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana celular -Membrana plasmática -Endomembranas Membrana plasmática: limite celular Sistema de

Leia mais

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS Glicídios ou Açúcares COMPOSIÇÃO DOS CARBOIDRATOS Compostos constituídos principalmente de: Carbono, Hidrogênio Oxigênio Principal fonte de energia para os seres vivos.

Leia mais

09/05/2013. Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira Departamento de Zootecnia Estágio docência: Msc. Amélia K. Almeida

09/05/2013. Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira Departamento de Zootecnia Estágio docência: Msc. Amélia K. Almeida Lipídios: Estrutura Classificação Propriedades Metabolismo Definição Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira Departamento de Zootecnia Estágio docência: Msc. Amélia K. Almeida Grego lipos= gordura.

Leia mais

Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura

Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura Funções: Precursores hormonais Armazenamento e fonte energética Componentes funcionais e estruturais

Leia mais

Anabolismo dos Lípidos. Maria da Glória Esquível 2014

Anabolismo dos Lípidos. Maria da Glória Esquível 2014 Anabolismo dos Lípidos Maria da Glória Esquível 2014 Cisteanina O grupo fosfopanteteína O ácido pantoténico(vitamina B 5 ) geralmente não se encontra livre mas fazendo parte da coenzima A (CoA) proteína

Leia mais

LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02

LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02 LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02 Ácidos graxos trans As gorduras trans são os triglicerídeos que contém ácidos graxos insaturados com uma ou mais duplas ligações trans, expressos como ácidos graxos

Leia mais

Prof André Montillo

Prof André Montillo Prof André Montillo www.montillo.com.br Carboidratos Definição: São compostos orgânicos constituídos por carbono, hidrogênio e oxigênio. Alguns carboidratos apresentam nitrogênio, fósforo ou enxofre. Também

Leia mais

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal;

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; Definições básicas São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; lique para editar o estilo do subtítulo mestre Profa. Fernanda Tomé São insolúveis em água e facilmente solúveis em

Leia mais

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia Lipídeos e Membranas Biológicas (BC0308) Prof Luciano Puzer http://professor.ufabc.edu.br/~luciano.puzer/ Ácidos Graxos Mais da metade dos ácidos graxos existem

Leia mais

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes LIPÍDEOS DIGESTÃO, ABSORÇÃO, TRANSPORTE PLASMÁTICO DIGESTÃO DE TRIGLICERÍDEOS,

Leia mais

Bioquímica PROFESSOR GILDÃO

Bioquímica PROFESSOR GILDÃO Gildão e WBio Bioquímica PROFESSOR GILDÃO Dica 1: Ácidos graxos 1) Saturado: gordura; IUPAC: C10 : 0 2) Insaturado: óleo; IUPAC: C18 : 3-9,12,15 Ômega: ω 3 Ponto de Fusão: gordura > óleo Questão 01 Os

Leia mais

Membranas Celulares. Membrana Celular. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica

Membranas Celulares. Membrana Celular. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membranas Celulares Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana celular -Membrana plasmática -Endomembranas Membrana Celular Membrana plasmática: limite celular Sistema

Leia mais

BIOLOGIA MOLECULAR. Água, Sais Minerais, Glicídios e Lipídios. Biologia Frente A Laís Oya

BIOLOGIA MOLECULAR. Água, Sais Minerais, Glicídios e Lipídios. Biologia Frente A Laís Oya BIOLOGIA MOLECULAR Água, Sais Minerais, Glicídios e Lipídios Biologia Frente A Laís Oya E-mail: laisfernandabio@gmail.com Composição dos seres vivos: 99% da massa corporal dos seres vivos é composta por

Leia mais

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Lipídios Possuem função energética e estrutural. 2ª fonte de energia do organismo. Apresentam maior quantidade de energia que

Leia mais

Membranas Biológicas. Aula I

Membranas Biológicas. Aula I Membranas Biológicas Aula I As Membranas Biológicas características gerais: As membranas biológicas basicamente definem compartimentos Determinam a comunicação entre o lado interno com o lado externo

Leia mais

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS Se carboidratos, gorduras e proteínas são consumidas em quantidades que excedam as necessidades energéticas, o excesso será armazenado

Leia mais

QUÍMICA MINERAL. Para continuarmos a aula, será necessária uma noção sobre reação de esterificação, ou seja, reação entre ácido e álcool.

QUÍMICA MINERAL. Para continuarmos a aula, será necessária uma noção sobre reação de esterificação, ou seja, reação entre ácido e álcool. QUÍMICA MINERAL Prof. Borges LIPÍDIOS É importante lembrarmos de alguns conceitos básicos antes de iniciarmos a aula de bioquímica. Todo hidrocarboneto é apolar e, portanto insolúvel em água e solúvel

Leia mais

O PAPEL DO ÁCIDO ESSENCIAL GRAXO ÔMEGA-3 NA IMUNOMODULAÇÃO DA DOENÇA PERIODONTAL.

O PAPEL DO ÁCIDO ESSENCIAL GRAXO ÔMEGA-3 NA IMUNOMODULAÇÃO DA DOENÇA PERIODONTAL. CONEXÃO FAMETRO: ÉTICA, CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE XII SEMANA ACADÊMICA ISSN: 2357-8645 O PAPEL DO ÁCIDO ESSENCIAL GRAXO ÔMEGA-3 NA IMUNOMODULAÇÃO DA DOENÇA PERIODONTAL. Aline Bezerra Moura, Luana Bezerra

Leia mais

Processo de obtenção de energia das células respiração celular

Processo de obtenção de energia das células respiração celular Processo de obtenção de energia das células respiração celular Lipídeos de armazenamento (Gorduras e óleos) Substâncias que originam ácidos graxos e usadas como moléculas que armazenam energia nos seres

Leia mais

Biomoléculas e processos Passivos/Ativos na célula

Biomoléculas e processos Passivos/Ativos na célula Biomoléculas e processos Passivos/Ativos na célula ICB Dep. Mofologia Disciplina: Biologia Celular Bases moleculares e Macromoleculares Substâncias Inorgânicas/Orgânicas Processos Celulares Passivos/Ativos

Leia mais

Ácidos graxos essenciais: ômega 3 e 6

Ácidos graxos essenciais: ômega 3 e 6 ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ LAN 0415- Alimentos Funcionais Ácidos graxos essenciais: ômega 3 e 6 Agenda Histórico Estrutura Química Fontes alimentares/ Doses Metabolismo Benefícios à

Leia mais

Lipídios. Dra. Aline Marcellini

Lipídios. Dra. Aline Marcellini Lipídios Dra. Aline Marcellini LIPÍDEOS Nutrição = 9 Kcal/g Grande diversidade de moléculas. Palatabilidade e retenção de voláteis. Definição: compostos insolúveis em água e solúveis em solventes orgânicos.

Leia mais

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo energético: vias metabólicas de fornecimento de energia

Leia mais

Os Lipídios na Prática Médica

Os Lipídios na Prática Médica Os Lipídios na Prática Médica 1 Introdução os lipídios assumem importância fundamental na prática médica visto que, estão correlacionados com certas enfermidades cardiovasculares; pois os pacientes que

Leia mais

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais M.S. 6.6969.0023.001-6 NERVITON MEGA Ômega 3 + 13 Vitaminas + 8 Minerais NERVITON MEGA é um produto inovador no Brasil, pois possui em sua fórmula o óleo de peixe ( ÔMEGA 3 ) e diversas vitaminas e minerais

Leia mais

BIOQUÍMICA - composição química das células

BIOQUÍMICA - composição química das células BIOQUÍMICA - composição química das células I) Substâncias inorgânicas: água e sais minerais II) Substâncias orgânicas: carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos,... Substâncias mais presentes

Leia mais

Funções biológicas variadas

Funções biológicas variadas Funções biológicas variadas Armazenamento de energia e de carbono (gorduras e óleos) Estrutura das membranas biológicas - transporte (fosfolipídios, glicolipídeos e esteróis) Outras funções: Proteção desidratação

Leia mais

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo Referências Bibliográficas Livro: McArdle & Katch & Katch. Fisiologia do Exercício: Metabolismo de Lipídeos Durante o Exercício Físico Aeróbico Prof. Dr. Paulo Rizzo Ramires Escola de Educação Física e

Leia mais

METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS

METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS A IMPORTÂNCA DOS ÁCIDOS GORDOS Do ponto de vista quantitativo, os triacilgliceróis representam 10 % de peso de um animal normal. Estão localizados ao nível do tecido adiposo

Leia mais

BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011

BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 17ª aula teórica 23 Novembro 2010 Metabolismo dos Lípidos - Principais classes de lípidos - Catabolismo dos ácidos gordos - Cetogénese Objectivos:

Leia mais

FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS. Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana.

FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS. Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana. FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana. FUNÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA Isolamento físico Regulação de trocas Comunicação celular Suporte estrutural Modelo

Leia mais

Bio. Semana 8. Nelson Paes (Hélio Fresta)

Bio. Semana 8. Nelson Paes (Hélio Fresta) Semana 8 Nelson Paes (Hélio Fresta) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA 04/04 Exercícios:

Leia mais

BIOQUÍMICA. ácidos nucléicos, vitaminas. - Inorgânicos: água e sais minerais. - Orgânicos: lipídios, carboidratos, proteínas,

BIOQUÍMICA. ácidos nucléicos, vitaminas. - Inorgânicos: água e sais minerais. - Orgânicos: lipídios, carboidratos, proteínas, BIOQUÍMICA É a ciência que trata do estudo das substâncias (biocompostos ou biomoléculas) que fazem parte da estrutura e do metabolismo dos seres vivos. - Inorgânicos: água e sais minerais. - Orgânicos:

Leia mais

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia Biologia Celular BIOMEMBRANAS

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia Biologia Celular BIOMEMBRANAS Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia 207024 - Biologia Celular Aula 1: Biomembranas Professora Marlúcia Bastos Aires BIOMEMBRANAS Envolvem

Leia mais

Valor nutricional da carne

Valor nutricional da carne Composição do tecido muscular Valor nutricional da carne Espécie Água % Proteína % Lipídios % Cinzas % Bovinos 70-73 20-22 4-8 1 Suínos 68-70 19-20 9-11 1,4 Ana Maria Bridi Departamento de Zootecnia Universidade

Leia mais

Mobilização e Oxidação de Lipídeos

Mobilização e Oxidação de Lipídeos Fontes de ácidos Graxos: Mobilização e xidação de Lipídeos 1. Gorduras da alimentação; 2. Gorduras armazenadas; Fernanda Malagutti Tomé 3. Gorduras recém-sintetizadas. s vertebrados utilizam as três fontes.

Leia mais

GORDURA E SISTEMA IMUNE OS LIPÍDEOS NA DIETA 24/8/2012. LIPÍDEOS DIETÉTICOS vs INTERAÇÃO COM O SISTEMA IMUNE TÓPICOS A SEREM ABORDADOS

GORDURA E SISTEMA IMUNE OS LIPÍDEOS NA DIETA 24/8/2012. LIPÍDEOS DIETÉTICOS vs INTERAÇÃO COM O SISTEMA IMUNE TÓPICOS A SEREM ABORDADOS SINPET - SIMPÓSIO DE NUTRIÇÃO DE ANIMAIS DE COMPANHIA LIPÍDEOS DIETÉTICOS vs INTERAÇÃO COM O SISTEMA IMUNE Luciano Trevizan Prof. Adjunto Universidade Federal do Rio Grande do Sul(UFRGS) Porto Alegre,

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Membrana Plasmática. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves.

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Membrana Plasmática. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Membrana Plasmática Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves mackswendhell@gmail.com Membrana Plasmática (MP) A MP mantem constante o meio

Leia mais

CH 2 H H. β-galactose α-frutose β-ribose (gomas das plantas, parte pegajosa) (açúcar das frutas) (parte do RNA, ácído ribonucléico) H 4.

CH 2 H H. β-galactose α-frutose β-ribose (gomas das plantas, parte pegajosa) (açúcar das frutas) (parte do RNA, ácído ribonucléico) H 4. bs: A α-glicose e a β-glicose deferem entre si apenas pela posição do grupo do C abaixo ou acima do plano do anel respectivamente. Exemplos de Monossacarídeos: C C C C β-galactose α-frutose β-ribose (gomas

Leia mais

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA Histórico INTRODUÇÃO 1665: Robert Hooke Compartimentos (Células) 1840: Theodor Schwann Teoria Celular 1. Todos os organismos são constituídos de uma ou mais células 2.

Leia mais

Ingredientes: Óleo de cártamo. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante).

Ingredientes: Óleo de cártamo. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante). Registro no M.S.: 6.5204.0083.001-8 Concentração: 1000 mg Apresentação: Embalagem com 1000 cápsulas; Embalagem com 5000 cápsulas; Embalagem pet com 500 cápsulas envelopadas; Refil com 2000 cápsulas envelopadas.

Leia mais

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Lipídeos

Profª Eleonora Slide de aula. Metabolismo de Lipídeos Metabolismo de Lipídeos Metabolismo de lipídeos Profª Eleonora Slide de aula s lipídeos simples são constituídos por um álcool e por um ou mais ácidos graxos já os lipídeos complexos além destes compostos

Leia mais

Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos. Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição

Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos. Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição Haloalcanos, Alcenos, e Alcinos Alcenos e Alcinos Isómeros Geométricos de Alcenos Reações de Adição JPNoronha 1 Compostos Saturados e Insaturados Compostos saturados (alcanos) possuem o número máximo de

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Área de Insumos e Medicamentos

UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas. Área de Insumos e Medicamentos UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas Área de Insumos e Medicamentos Composição Centesimal e de Ácidos Graxos de Algumas Espécies de Peixes Marinhos e Verificação

Leia mais

NOVAFAPI NUTRIÇÃO - BIOQUIMICA DA NUTRIÇAO PROFA: ANDRÉA FERNANDA LOPES DOS SANTOS ESTUDO DOS LIPÍDIOS

NOVAFAPI NUTRIÇÃO - BIOQUIMICA DA NUTRIÇAO PROFA: ANDRÉA FERNANDA LOPES DOS SANTOS ESTUDO DOS LIPÍDIOS NOVAFAPI NUTRIÇÃO - BIOQUIMICA DA NUTRIÇAO PROFA: ANDRÉA FERNANDA LOPES DOS SANTOS ESTUDO DOS LIPÍDIOS Definição São todas as substâncias (apolares e fracamente polares) que são extraídas de tecidos animais

Leia mais

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares.

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. LIPÍDEOS Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. Por convenção (Congresso Internacional de Bioquímica em 1922) ésteres de ácidos graxos, ou seja,

Leia mais

Mecanismo de transporte dos grupos acetil da mitocôndria para o citosol.

Mecanismo de transporte dos grupos acetil da mitocôndria para o citosol. BIOSSÍNTESE DE LIPÍDIOS BIOSSÍNTESE DOS ÁCIDOS GRAXOS - A biossíntese dos ácidos graxos ocorre por vias totalmente diferentes da sua oxidação. - A biossíntese dos ácidos graxos ocorre no citosol. - O acetil-coa

Leia mais

LIPÍDEOS ESTRUTURAS QUÍMICAS BIOQUÍMICA. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

LIPÍDEOS ESTRUTURAS QUÍMICAS BIOQUÍMICA. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes LIPÍDES ESTRUTURAS QUÍMIAS BIQUÍMIA Profa. Dra. elene Fernandes Bernardes bjetivos: aracterizar as estruturas moleculares e as propriedades químicas de lipídeos Referências: Princípios de bioquímica Lehininger

Leia mais

VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares

VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares Resumo: Washington Luiz Fernandes e-mail: washington.enfermagem@hotmail.com Roberta

Leia mais

Wolney Conde Lisboa Teresa Gontijo de Castro

Wolney Conde Lisboa Teresa Gontijo de Castro UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICAP DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO HNT- 130 Nutrição Normal Lipídeos Definições, classificações, funções, metabolismo, fontes alimentares e recomendações Wolney

Leia mais

Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra,

Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra, A Química da Vida Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra, onde cobre grande parte de sua superfície

Leia mais

Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois

Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois Formação de Corpos Cetônicos Precursor: Acetil-CoA Importante saber!!!!!!!!!!!! http://bloglowcarb.blogspot.com.br/2011/06/o-que-acontece-com-os-lipidios.html

Leia mais

Metabolismo e produção de calor

Metabolismo e produção de calor Fisiologia 5 Metabolismo e produção de calor Iniciando a conversa Apenas comer não é suficiente: o alimento precisa ser transformado (metabolizado) para ser aproveitado por nosso organismo. Açúcares (carboidratos),

Leia mais

CITOQUÍMICA ou MOLECULAR

CITOQUÍMICA ou MOLECULAR CITOQUÍMICA ou BIOLOGIA MOLECULAR Composição química da célula Os principais elementos encontrados nas células são: carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O), nitrogênio (N), fósforo (P) e enxofre (S)=

Leia mais

Todos tem uma grande importância para o organismo.

Todos tem uma grande importância para o organismo. A Química da Vida ÁGUA A água é um composto químico formado por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio. Sua fórmula química é H2O. A água pura não possui cheiro nem cor. Ela pode ser transformada em

Leia mais

Maio/2014. Me. Aylan Kener Meneghine Doutorando em Microbiologia Agropecuária

Maio/2014. Me. Aylan Kener Meneghine Doutorando em Microbiologia Agropecuária Maio/2014 Me. Aylan Kener Meneghine Doutorando em Microbiologia Agropecuária Grupo de compostos diferentes quimicamente entre si, apresentando como característica comum: insolubilidade em água e solubilidade

Leia mais

Biossíntese de Lipídeos. Profa. Alana Cecília

Biossíntese de Lipídeos. Profa. Alana Cecília Biossíntese de Lipídeos Profa. Alana Cecília Biossíntese de Lipídeos Introdução Variedade de estruturas químicas: reserva de energia; componentes de membranas; vitaminas; detergentes (bile); transportadores

Leia mais

Lípidos. -) de pelo menos 8 átomos de carbono. Constitui uma excepção a esta regra o ácido butírico (C4) Exemplos:

Lípidos. -) de pelo menos 8 átomos de carbono. Constitui uma excepção a esta regra o ácido butírico (C4) Exemplos: Lípidos Os lípidos (contrariamente aos carbohidratos que constituem uma família de compostos relativamente homogénea) são um grupo de compostos muito heterogéneo, cujas estruturas são muito diferentes

Leia mais

denominado carboxila.

denominado carboxila. O que são lipídios O termo lipídio designa alguns tipos de substância orgânica, como óleos, ceras e gorduras, cuja principal característica é a insolubilidade em água e a solubilidade em certos solventes

Leia mais

CH 3 (CH 2 ) 14 COOH

CH 3 (CH 2 ) 14 COOH QUÍMICA SALA DE ESTUDS Data: 09/2015 Ensino Médio 2º ano classe: Prof. VALÉRIA Nome: nº ÁCIDS GRAXS Ácido palmítico CH 3 ( ) 14 CH Ácido hexadecanóico. Ác. olêico (C 18 :1) CH 3 ( ) 7 CH=CH( ) 7 CH Ácido

Leia mais

Bioquímica I. Profa Eduarda de Souza

Bioquímica I. Profa Eduarda de Souza Bioquímica I Profa Eduarda de Souza Principais elementos químicos dos seres vivos C H O N S P 98% Versatilidade Proteínas, carboidratos, lipídios... Substâncias químicas dos seres vivos Água 70-85% Proteínas

Leia mais

Os lipídios são substâncias com estrutura variada sendo muito abundantes em animais e vegetais;

Os lipídios são substâncias com estrutura variada sendo muito abundantes em animais e vegetais; Lipídios Os lipídios são substâncias com estrutura variada sendo muito abundantes em animais e vegetais; Eles compartilham a característica de apresentarem baixa solubilidade em água sendo solúveis em

Leia mais

Funções dos lípidos:

Funções dos lípidos: Gorduras ou Lípidos Os lípidos são componentes essenciais de todos os organismos podendo ser obtidos a partir da alimentação ou ser sintetizados pelo nosso organismo. Constituem um grupo heterogéneo de

Leia mais

Figura 1: peridrociclopentanofenantreno

Figura 1: peridrociclopentanofenantreno COLESTEROL A n a L a u r a B u e n o Esteróides são álcoois de alto peso molecular. São compostos lipossolúveis muito importantes na fisiologia humana. Os esteróis possuem uma estrutura básica chamada

Leia mais

CARBOIDRATOS Classificação: De acordo com o número de moléculas em sua constituição temos: I- MONOSSACARÍDEOS ( CH 2 O) n n= varia de 3 a 7 Frutose Ga

CARBOIDRATOS Classificação: De acordo com o número de moléculas em sua constituição temos: I- MONOSSACARÍDEOS ( CH 2 O) n n= varia de 3 a 7 Frutose Ga CARBOIDRATOS Os carboidratos são as biomoléculas mais abundantes na natureza. Para muitos carboidratos, a fórmula geral é: [C(H2O)]n, daí o nome "carboidrato", ou "hidratos de carbono" -São moléculas que

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES

MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES (PLASMALEMA OU MEMBRANA CITOPLASMÁTICA OU MEMBRANA CELULAR) Estrutura A estrutura predominante da membrana plasmática é lipoproteica, ou seja, a maior parte

Leia mais

Aula 9 A QUÍMICA DOS LIPÍDIOS

Aula 9 A QUÍMICA DOS LIPÍDIOS A QUÍMICA DOS LIPÍDIOS META Introduzir o conhecimento das estruturas químicas dos lipídios, relacionando essas estruturas com as diversas funções biológicas que os lipídios exercem na natureza. OBJETIVOS

Leia mais