Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura"

Transcrição

1 Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura Funções: Precursores hormonais Armazenamento e fonte energética Componentes funcionais e estruturais das membranas Auxílio na transmissão do impulso nervoso Previne a perda do calor 1

2 LIPÍDEOS ÁCIDOS GRAXOS TRIGLICERÍDEOS FOSFOLIPÍDEOS ESFINGOLIPÍDEOS COLESTEROL Lipoproteínas São substâncias responsáveis pela solubilização e transporte dos lipídeos Classificação (densidade): Quilomícrons VLDL (Lipoproteína de densidade muito baixa) LDL (Lipoproteína de densidade baixa) HDL (lipoproteína de densidade alta) 2

3 Composição das lipoproteínas 3

4 Transporte de lipídios Quilomícrons Transporte de lipídios exógenos(alimentação) do ID ao fígado VLDL Transporte de lipídios endógenos do fígado aos tecidos LDL Transporte de colesterol hepático às células HDL Transporte reverso do colesterol(células ao fígado) 4

5 Ácidos graxos saturados Elevam o LDL-colesterol Aumentam a produção de VLDL-colesterol Mirístico: Gorduras animais, óleo de coco Palmítico: Gorduras animais e óleo de palma (dendê) Láurico: Óleo de coco Ácidos graxos monoinsaturados Diminuem o colesterol total Diminuem o LDL-colesterol Palmitoleico: Leite e derivados; óleos vegetais Oleico: Azeite de oliva e canola; azeitona 5

6 Ácidos graxos poli-insaturados Diminuem a concentração de LDL-colesterol Elevam a concentração de HDL-colesterol* Possuem efeito anti-inflamatório vascular Linoleico (ômega 6): óleos vegetais (soja, milho, girassol) -Linolênico (ômega 3): Óleos de peixe EPA e DHA Gordura x carboidratos 1 g de gordura = 9 kcal/g 1 g de carboidratos = 4 kcal/g Peso corporal = 70kg Percentual médio de Gordura corporal 20% Mulheres x homens Triglicerídeos anidro x carboidratos hidratados 6

7 Colesterol Origem animal Compõem membranas plasmáticas Precursores de Vitamina D e ácidos biliares Precursor hormonais (sexuais e esteroides) ~ 30% do colesterol dietético é absorvido Intestino Delgado Emulsão Síntese endógena 7

8 Biossíntese de colesterol É produzido no fígado e intestino delgado Sintetizado a partir de Acetil-CoA Citosol Retículo Endoplasmático Formação de Ácidos Biliares O colesterol é eliminado exclusivamente pelas fezes, na forma de ácidos biliares. Sintetizado no fígado; Secretados para a vesícula biliar; Excretado para o intestino delgado (duodeno) São agentes emulsificantes (digestão e absorção de gorduras dietéticas e vitaminas lipossolúveis) São reabsorvidos pelo intestino (íleo) reciclagem Pequena porção é metabolizada e excretada pelas fezes 8

9 ATEROSCLEROSE Aumento de LDL, pode-se acumular na parede das artérias. Formação de placas de gordura, que pode levaraavceiam Colesterol total LDL HDL Hipocolesterolêmicos Estatinas: Inibem a HMG-CoA redutase Sinvastatina, lovastatina, atorvastatina... Azetidinonas: Inibem a absorção intestinal de colesterol Ezetimiba (Zetia ; Ezetrol ) Resinas ligantes de Ácidos Biliares: Inibem a reabsorção de ácidos biliares pelo Íleo Colestiramina (Questran Light ) 9

10 Diagnóstico laboratorial de dislipidemias DISLIPIDEMIAS Alterações nos níveis de lipídeos e/ou lipoproteínas V Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose(SBC, 2013). Colesterol total(ct) Colesterol-HDL(HDL-c) Colesterol LDL(LDL-c) Colesterol não-hdl Triglicerídeos (TRG) 10

11 COLESTEROL TOTAL Desejável < 200 mg/dl Limítrofe Alto 240 mg/dl HDL-Colesterol Desejável > 60 mg/dl Baixo < 40 mg/dl TRIGLICERÍDEOS Desejável < 150 mg/dl Limítrofe mg/dl Alto mg/dl Muito alto 500mg/dl LDL-Colesterol Ótimo < 100mg/dl Desejável mg/dl Limítrofe mg/dl Alto mg/dl Muito Alto 190 mg/dl Colesterol NÃO-HDL Ótimo < 130 mg/dl Desejável mg/dl Alto mg/dl Muito Alto 190 mg/dl V Diretrizes Brasileira de Dislipidemias, 2013 Classificação de dislipidemias Hipercolesterolemia isolada: LDL-C 160 mg/dl Hipertrigliceridemia isolada TRG 150 mg/dl Hiperlipidemia mista LDL-c 160 mg/dl e TRG 150 mg/dl; HDL baixo Homens: 40 mg/dl Mulheres: 50 mg/dl Pode ser isolada ou associação à LDL-c ou TRG. 11

12 Fórmulas Determinação do LDL-colesterol (Friedewald) = *Não pode ser utilizada em TRG > 400 mg/dl Determinação do colesterol NÃO-HDL ã = SÍNDROME METABÓLICA A Síndrome Metabólica (SM) é um transtorno complexo representado por um conjunto de fatores de risco cardiovascular usualmente relacionados à deposição central de gordura e à resistência à insulina. SBC,

13 I CONSENSO DE SÍNDROME METABÓLICA PARÂMETRO Glicose HDL-colesterol NÚMERO DE ALTERAÇÕES 3 DE: 100 mg/dl ou em tratamento para hiperglicemia Homens:<40mg/dLouemtratamentoparaHDLbaixo Mulheres:<50mg/dLouemtratamentoparaHDLbaixo Triglicerídeos 150 mg/dl ou em tratamento para hipertrigliceridemia Circunferência abdominal Hipertensão 102cmparahomens 88cmparamulheres 130 x 85 mmhg ou em tratamento medicamentoso para HAS SÍNDROME METABÓLICA Os fatores de risco mais importantes para a morbimortalidade relacionada às doenças crônicas não-transmissíveis (DCNT) são: Hipertensão arterial sistêmica; Hipercolesterolemia; Alimentação inadequada; Sobrepeso ou obesidade; Sedentarismo; Tabagismo. 13

14 Prevenção Primária FatoresderiscoSM: Predisposição genética; Alimentação inadequada; e Inatividade física A adoção precoce de estilos de vida relacionados à manutenção da saúde, como dieta adequada e prática regular de atividade física, preferencialmente desde a infância, é componente básico da prevenção da SM. Prevenção Primária Relacionada à alimentação: permitir a manutenção do balanço energético e do peso saudável; reduzir a ingestão de calorias sob a forma de gordura; mudar o consumo de gorduras saturadas para insaturadas; reduzir o consumo de gorduras trans; aumentar a ingestão de frutas, hortaliças, leguminosas cereais integrais; reduzir a ingestão de açúcar livre; reduzir a ingestão de sal(sódio). 14

15 Prevenção Primária Relacionado à atividade física: É determinante do gasto de calorias e fundamental para o balanço energético e controle do peso; O exercício físico reduz a pressão arterial, eleva o HDLcolesterol e melhora o controle glicêmico; Com duração mínima de 30 minutos, preferencialmente diário, incluindo exercícios aeróbicos e de fortalecimento muscular. A melhora de hábitos de vida deve contemplar a redução do tempo de lazer passivo. Tratamento Os tratamento para SM, incluem: Medicamentoso Não-medicamentoso Plano alimentar adequado Atividade física Combate ao tabagismo Combate ao alcoolismo 15

Metabolismo do colesterol e das lipoproteínas

Metabolismo do colesterol e das lipoproteínas Metabolismo do colesterol e das lipoproteínas COLESTEROL Estabiliza o arranjo linear dos ácidos graxos saturados das membranas. Origem do colesterol ENDÓGENA EXÓGENA Como ocorre a síntese do colesterol?

Leia mais

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos Nutrientes Leonardo Pozza dos Santos Itaqui, 2017 O que define um nutriente? - Qualquer elemento ou composto químico necessário para o metabolismo de um organismo vivo. - Eles compõem os alimentos e são

Leia mais

Lipids E N V I R O. Hypertension. Obesity. Diabetes. Diet. Vascular disease Age E T I C. Smoking E N. Gender Family history T A L. Sedentary lifestyle

Lipids E N V I R O. Hypertension. Obesity. Diabetes. Diet. Vascular disease Age E T I C. Smoking E N. Gender Family history T A L. Sedentary lifestyle DISLIPIDÉMIAS Terapêutica Nutricional Fernando Santos Aterosclerose Uma doença multifactorial E N V I R O N M E N T A L Obesity Diet Smoking Sedentary lifestyle Lipids Hypertension Thrombotic factors Diabetes

Leia mais

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética 23/02/17 DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos (éter, álcool e clorofórmio). HIDROFÓBICAS (APOLARES) LIPÍDIOS LIPÍDIOS Ácidos

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA DISLIPIDEMIA Dislipidemia, também chamada de hiperlipidemia, refere-se ao aumento dos lipídios (gordura) no sangue, principalmente do colesterol e dos triglicerídeos.

Leia mais

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS

DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS - A maior parte das gorduras da dieta são predominantemente triacilglicerois 80% Função da bile: Sais biliares Quebra a gordura, aumentando a área total disponível à ação enzimática

Leia mais

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana.

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. : 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. Conteúdo: Doenças relacionadas ao sedentarismo Diabetes. Doenças relacionadas ao sedentarismo Hipertensão arterial e dislipidemias. Habilidades:

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO COM ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DE DISLIPIDÊMICOS

EXERCÍCIO FÍSICO COM ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DE DISLIPIDÊMICOS EXERCÍCIO FÍSICO COM ALTERNATIVA PARA O TRATAMENTO DE DISLIPIDÊMICOS CINTIA AREND POZZATTI MILESI 1 ANA VALQUIRIA DA FONTOURA CORNEL 2 ROSELIANE NAZARÉ AMARAL DOS SANTOS 3 CATI RECKERBERG AZAMBUJA 4 RESUMO

Leia mais

FEIRA DE SAÚDE TESTE DE ACUIDADE VISUAL ESCALA OPTOMÉTRICA DE SNELLEN LIONS CLUBE: LOCAL: DATA: HORÁRIO: Resultado. Nº Nome Legível Telefone

FEIRA DE SAÚDE TESTE DE ACUIDADE VISUAL ESCALA OPTOMÉTRICA DE SNELLEN LIONS CLUBE: LOCAL: DATA: HORÁRIO: Resultado. Nº Nome Legível Telefone TESTE DE ACUIDADE VISUAL ESCALA OPTOMÉTRICA DE SNELLEN Idade Sexo (anos) (M/F) Resultado Olho Direito Olho Esquerdo Observações FAF MODELO / TESTE DE GLICOSE Idade (anos) Sexo (M/F) Antecedentes na família?

Leia mais

MACRONUTRIENTES LIPÍDIOS

MACRONUTRIENTES LIPÍDIOS MACRONUTRIENTES II LIPÍDIOS 1 Lipídios A gordura alimentar é imprescindível ao metabolismo humano, pois constitui uma fonte de ácidos graxos essenciais e representa um dos meios pelos quais as vitaminas

Leia mais

Quando você precisar, nós estaremos lá.

Quando você precisar, nós estaremos lá. DIA DO COMBATE AO COLESTEROL COLESTEROL, NOÇÕES IMPORTANTES. O controle do colesterol faz parte de um estilo de vida saudável, que inclui atividade física regular, controle do peso, do estresse e parar

Leia mais

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo LIPÍDIOS Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo Ácidos Graxos Triacilgliceróis Fosfolipídios Esteróides Possuem estruturas e

Leia mais

Que tipo de gordura estou consumindo?

Que tipo de gordura estou consumindo? Que tipo de gordura estou consumindo? Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO Programa de Pós Graduação em Alimentos e Nutrição- PPGAN Ciclo de palestras Palestrante: Cinthia de Carvalho

Leia mais

Metabolismo dos Lipídios

Metabolismo dos Lipídios QUÍMCA E BIOQUÍMICA Curso Técnico em Nutrição e Dietética Metabolismo dos Lipídios Professor: Adriano Silva Os lipídios são um grupo de biomoléculas e/ou compostos orgânicos caracterizados por serem insolúveis

Leia mais

Ingredientes: Óleo de cártamo. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante).

Ingredientes: Óleo de cártamo. Cápsula: gelatina (gelificante) e glicerina (umectante). Registro no M.S.: 6.5204.0083.001-8 Concentração: 1000 mg Apresentação: Embalagem com 1000 cápsulas; Embalagem com 5000 cápsulas; Embalagem pet com 500 cápsulas envelopadas; Refil com 2000 cápsulas envelopadas.

Leia mais

Metabolismo e produção de calor

Metabolismo e produção de calor Fisiologia 5 Metabolismo e produção de calor Iniciando a conversa Apenas comer não é suficiente: o alimento precisa ser transformado (metabolizado) para ser aproveitado por nosso organismo. Açúcares (carboidratos),

Leia mais

fluxo sanguineo colesterol HDL colesterol LDL

fluxo sanguineo colesterol HDL colesterol LDL colesterol 1 2 3 fluxo sanguineo colesterol HDL colesterol LDL O que é o colesterol? O colesterol é uma gordura (designada por lípido ) que existe no sangue, em todas as células do corpo humano. É um componente

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DOENÇA METABÓLICA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DOENÇA METABÓLICA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DOENÇA METABÓLICA ENTENDENDO a doença metabólica A doença metabólica, também chamada de síndrome metabólica ou ainda de plurimetabólica, em geral faz parte de um conjunto de

Leia mais

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura Lipídeos Lipídeos (grego lipos, gordura) são moléculas apolares, solúveis em solventes orgânicos (metanol, clorofórmio, etc) e essencialmente insolúveis em água Lipídeos I. Classes de lipídeos II. Funções

Leia mais

ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP

ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP PALAVRAS-CHAVE Lipídios, Dislipidemias, Lipidograma CONEXÃO ESTUDO DO PERFIL LIPÍDICO DE INDIVÍDUOS DO MUNICÍPIO DE MIRANDOPOLIS/SP Alyne Maia Silva 1 Jéssica Fontoura Junqueira 1 Tatiane Kelly Correa

Leia mais

De acordo com um novo estudo, publicado nesta terça-feira no prestigiado

De acordo com um novo estudo, publicado nesta terça-feira no prestigiado Com o passar do tempo, as gorduras, inclusive a saturada, perderam o posto de vilãs da dieta abrindo espaço para outra questão importante: o equilíbrio. De acordo com um novo estudo, publicado nesta terça-feira

Leia mais

Óleos Vegetais e seus benefícios

Óleos Vegetais e seus benefícios Óleos Vegetais e seus benefícios Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO 1 Definição São os produtos constituídos principalmente de glicerídeos de ácidos graxos

Leia mais

LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS

LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS LIPOPROTEÍNAS RELACIONADAS AO METABOLIS- MO DE TRIGICERÍDEOS E COLESTEROL SANGUÍNEO SISTEMAS LIPOPROTÉICOS - O termo lipoproteína é empregado

Leia mais

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico Conceitos Os Lipídios são substâncias muito abundantes em animais e vegetais. Lipidios Renato Marques Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os Lipídios compostos (fosfolipídios, por exemplo) e finalmente

Leia mais

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes LIPÍDEOS DIGESTÃO, ABSORÇÃO, TRANSPORTE PLASMÁTICO DIGESTÃO DE TRIGLICERÍDEOS,

Leia mais

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica LIPÍDEOS Conceito Grupo de compostos distribuídas em animais e vegetais que, ao contrário das outras classes de compostos orgânicos, não são caracterizadas por um grupo funcional comum, e sim pela sua

Leia mais

QBQ Lipídeos e Membranas

QBQ Lipídeos e Membranas QBQ0313 2015 Lipídeos e Membranas Flavia Carla Meotti flaviam@iq.usp.br Funções dos Lipídeos estoque de energia emulsificantes membranas impermeabilidade comunicação celular cofatores de enzimas/vitaminas

Leia mais

Classificação LIPÍDIOS

Classificação LIPÍDIOS LIPÍDIOS DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos. Suas propriedades físicas refletem a natureza hidrofóbica das suas estruturas

Leia mais

COLESTEROL LIVRO DIGITAL

COLESTEROL LIVRO DIGITAL COLESTEROL LIVRO DIGITAL O COLESTEROL AFETA A VIDA DE MILHARES DE PORTUGUESES O QUE É O COLESTEROL? O colesterol é uma gordura muitas vezes vista como prejudicial e que ameaça a boa saúde do sistema cardiovascular.

Leia mais

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo energético: vias metabólicas de fornecimento de energia

Leia mais

TÍTULO: HIPERTRIGLICERIDEMIA PÓS-PRANDIAL EM PACIENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO 2 E O RISCO CARDIOVASCULAR

TÍTULO: HIPERTRIGLICERIDEMIA PÓS-PRANDIAL EM PACIENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO 2 E O RISCO CARDIOVASCULAR TÍTULO: HIPERTRIGLICERIDEMIA PÓS-PRANDIAL EM PACIENTES COM DIABETES MELLITUS TIPO 2 E O RISCO CARDIOVASCULAR CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FARMÁCIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE

Leia mais

Composição química. Profª Maristela. da célula

Composição química. Profª Maristela. da célula Composição química Profª Maristela da célula Compostos inorgânicos Água Sais minerais Compostos orgânicos Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos nucleicos Vitaminas Água Solvente universal Atua no transporte

Leia mais

ALIMENTOS NATURAIS RICOS EM VITAMINAS Conheça mais sobre os alimentos naturais ricos em vitaminas

ALIMENTOS NATURAIS RICOS EM VITAMINAS Conheça mais sobre os alimentos naturais ricos em vitaminas ALIMENTOS NATURAIS RICOS EM VITAMINAS Conheça mais sobre os alimentos naturais ricos em vitaminas ÓLEO DE COCO EXTRA VIRGEM Além de inúmeras propriedades terapêuticas, o óleo de coco extra virgem é também

Leia mais

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes,

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, Superintendência de Políticas de Atenção Integral a Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica Coordenação de Doenças Não-Transmissíveis Área de Alimentação e Nutrição HÁBITOS SAUDÁVEIS Marília A. Rezio

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 01 FISIOLOGIA ANIMAL E NUTRIÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 01 FISIOLOGIA ANIMAL E NUTRIÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 01 FISIOLOGIA ANIMAL E NUTRIÇÃO Taxa metabólica rato coelho homem vaca elefante Peso corporal 6CO 2 + 12H 2 O luz C 6 H 12 O 6 + 6H 2 O + 6O 2 6CO 2 + 6H 2 O energia de oxidação

Leia mais

Colesterol e triglicerídeos

Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos O organismo precisa do colesterol, tanto que o fabrica. Ele exerce funções importantes como a produção de hormônios sexuais e de vitamina D. Contudo,

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3 HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS Unidade 41 www.sejaetico.com.br 8º ANO ALIMENTAÇÃO E DIGESTÃO NO SER HUMANO Índice ÍNDICE Por que nos alimentamos? www.sejaetico.com.br 3 Por que nos alimentamos? Os

Leia mais

ÔMEGA 3 PÓ. EPA e DHA suplementados na forma de pó

ÔMEGA 3 PÓ. EPA e DHA suplementados na forma de pó ÔMEGA 3 PÓ EPA e DHA suplementados na forma de pó INTRODUÇÃO O desempenho mental exige um tipo específico de gordura, encontrado mais frequentemente em peixes, conhecido como ácido graxo Ômega 3. O ácido

Leia mais

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS Glicídios ou Açúcares COMPOSIÇÃO DOS CARBOIDRATOS Compostos constituídos principalmente de: Carbono, Hidrogênio Oxigênio Principal fonte de energia para os seres vivos.

Leia mais

Cardiovascular 29% Infectious & Parasitic 19% Other 3% Injury 9% Digestive 4% Respiratory. Respiratory Infections. 7% Neuropsychiatric

Cardiovascular 29% Infectious & Parasitic 19% Other 3% Injury 9% Digestive 4% Respiratory. Respiratory Infections. 7% Neuropsychiatric Impacto Global das Doenças Cardiovasculares Digestive 4% Respiratory 7% Neuropsychiatric 2% Injury 9% Other 3% Infectious & Parasitic 19% Respiratory Infections 7% Maternal & Perinatal 5% Cardiovascular

Leia mais

Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci

Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci Nutrição Aplicada à Educação Física Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci ARROZ 100 gramas CÁLCULO DE DIETA CH 25,1 PT 2,0 Lip 1,2 Consumo 300 gramas 100 gr

Leia mais

SIPAT Alimentação Saudável na prevenção de Doenças Cardiovasculares

SIPAT Alimentação Saudável na prevenção de Doenças Cardiovasculares Alimentação Saudável na prevenção de Doenças Cardiovasculares SIPAT 2010 Profa. Dra. Thais Borges César Departamento Alimentos e Nutrição FCFAR - UNESP LIPOPROTEÍNAS = transportam no sangue as gorduras

Leia mais

Função. Fonte de energia. Reserva de energia. Função estrutural 29/03/2012. Função, digestão e disponibilidade e metabolismo dos carboidratos

Função. Fonte de energia. Reserva de energia. Função estrutural 29/03/2012. Função, digestão e disponibilidade e metabolismo dos carboidratos Significacarbonohidratados(CH 2 O) n Sintetizados plantas e bactérias Fonte primária de energia Principal carboidrato: glicose Professor Luciano Hauschild 1 Função Fonte de energia Função, digestão e disponibilidade

Leia mais

Cerca de 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto que os outros 30% vêm da dieta.

Cerca de 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto que os outros 30% vêm da dieta. O colesterol é um tipo de gordura (lipídeo) encontrada naturalmente em nosso organismo, assim como os fosfolípides, os triglicérides (TG) e os ácidos graxos. O colesterol é o componente estrutural das

Leia mais

Profa. Alessandra Barone.

Profa. Alessandra Barone. Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Incluem as gorduras, ceras, óleos e compostos relacionados. Exercem como função biológica a estrutura da membrana celular, proteção, isolantes térmicos, reserva

Leia mais

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal.

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. CONCEITO - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. - Extraídos de células e tecidos por solventes orgânicos apolares (éter, clorofórmio, benzeno). - Hidrofóbicos.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA LIPÍDIOS Dra. Flávia Cristina Goulart CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de Marília flaviagoulart@marilia.unesp.br Conceito: - Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade

Leia mais

Lipoproteínas Plasmáticas e Colesterol

Lipoproteínas Plasmáticas e Colesterol Lipoproteínas Plasmáticas e Colesterol Lipoproteínas: São associações entre Proteínas e Lipídios encontradas na corrente sanguínea, e que têm como função transportar os Lipídios no plasma e regular o seu

Leia mais

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta LÍPIDEOS E ÁCIDOS GRAXOS LUCIANO LIMA Mestrando em Nutrição Animal LIPÍDIOS TRIACILGLICERÓIS VITAMINAS A, D, E e K LIPÍDIOS ÁCIDOS GRAXOS GLICOLIPÍDIOS ESTERÓIS FOSFOLIPÍDIOS ESFINGOLIPÍDIOS Importância

Leia mais

Síndrome Metabólica. Wilson Marques da Rosa Filho. (Tratamento pela Acupuntura e Homeopatia)

Síndrome Metabólica. Wilson Marques da Rosa Filho. (Tratamento pela Acupuntura e Homeopatia) Síndrome Metabólica (Tratamento pela Acupuntura e Homeopatia) Wilson Marques da Rosa Filho 1 Síndrome Metabólica 1ª edição: maio de 2017 Síndrome Metabólica / Wilson Marques da Rosa Filho São Paulo: Perse

Leia mais

Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular

Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular Carlos Alberto Pereira Vaz Técnico Superior de Laboratório carlosvaz@laboratoriopioledo.pt Os lípidos têm funções importantes

Leia mais

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Izabela Alves Gomes izabela.nut@gmail.com Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Rio de Janeiro - 2016 É considerado vegetariano todo aquele que exclui de sua alimentação todos os

Leia mais

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais M.S. 6.6969.0023.001-6 NERVITON MEGA Ômega 3 + 13 Vitaminas + 8 Minerais NERVITON MEGA é um produto inovador no Brasil, pois possui em sua fórmula o óleo de peixe ( ÔMEGA 3 ) e diversas vitaminas e minerais

Leia mais

Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos. Prof. Sérgio Henrique

Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos. Prof. Sérgio Henrique Bioquímica Nutrição Estrutura, propriedades, digestão, transporte, absorção e oxidação de lipídeos Prof. Sérgio Henrique Bioquímica - aula 7 Estrutura O que são lipídeos (gorduras)? São ácidos graxos ácidos

Leia mais

Bromatologia Mônica Cristine P Santos (Doutoranda) PPGAN - UNIRIO

Bromatologia Mônica Cristine P Santos (Doutoranda) PPGAN - UNIRIO Bromatologia 2017.1 Mônica Cristine P Santos (Doutoranda) PPGAN - UNIRIO ANÁLISES PARA CONTROLE DE QUALIDADE DE ÓLEOS E GORDURAS Densidade Relativa Índice de Refração Índice de saponificação Índice de

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS PROF. DR. CARLOS CEZAR I. S. OVALLE

EXAMES LABORATORIAIS PROF. DR. CARLOS CEZAR I. S. OVALLE EXAMES LABORATORIAIS PROF. DR. CARLOS CEZAR I. S. OVALLE EXAMES LABORATORIAIS Coerências das solicitações; Associar a fisiopatologia; Correlacionar os diversos tipos de exames; A clínica é a observação

Leia mais

1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova.

1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova. 8º Biologia Leda Aval. Rec. Par. 20/08/12 1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova. A GORDURA DO BEM [...] Em quantidade

Leia mais

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC BIOQUÍMICA BIO0001 Lipídios Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 Lipídios Biomoléculas insolúveis em

Leia mais

Efeito da ingestão da banha de porco nos níveis séricos de colesterol total e triglicérides em ratos

Efeito da ingestão da banha de porco nos níveis séricos de colesterol total e triglicérides em ratos Efeito da ingestão da banha de porco nos níveis séricos de colesterol total e triglicérides em ratos Profa. Dra. Fernanda Rosan Fortunato Seixas Profa. da UNESC. Doutor em Engenharia e Ciências de Alimentos

Leia mais

DISLIPIDEMIAS. Ms. Roberpaulo Anacleto

DISLIPIDEMIAS. Ms. Roberpaulo Anacleto DISLIPIDEMIAS Ms. Roberpaulo Anacleto Considerações Na doença arterial coronária o principal mecanismo patogênico é a obstrução causada por uma placa aterosclerótica Aterosclerose é uma doença crônica,

Leia mais

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa 6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa Lipoproteínas: São associações entre Proteínas e Lipídios

Leia mais

Princípios da Alimentação e Saúde

Princípios da Alimentação e Saúde Princípios da Alimentação e Saúde Alimentação é mais que ingestão de nutrientes Recomendações sobre alimentação devem estar em sintonia com seu tempo Alimentação saudável deriva de sistema alimentar socialmente

Leia mais

Atividade física e ácidos graxos insaturados como o ômega-3 revertem inflamação que desencadeia obesidade e diabetes

Atividade física e ácidos graxos insaturados como o ômega-3 revertem inflamação que desencadeia obesidade e diabetes 8º Biologia Leda Av. Trimestral 27/06/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova contém

Leia mais

VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares

VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Ácidos graxos trans e doenças cardiovasculares Resumo: Washington Luiz Fernandes e-mail: washington.enfermagem@hotmail.com Roberta

Leia mais

Erly Catarina de Moura NUPENS - USP

Erly Catarina de Moura NUPENS - USP Erly Catarina de Moura NUPENS - USP erlycm@usp.br Evolução do estado nutricional de homens, 1974-1975, 1989, 2002-2003, Brasil déficit de peso sobrepeso obesidade eutrofia 100% 80% 60% 40% 20% 0% 1974-75

Leia mais

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Os lipídeos são abundantes em animais e vegetais. Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os lipídios compostos como os fosfolipídios e os esteróides

Leia mais

AULA 2 Fatores de Risco para Crianças e Adolescentes

AULA 2 Fatores de Risco para Crianças e Adolescentes AULA 2 Fatores de Risco para Crianças e Adolescentes Sumário Ver Livro Didático: pág. 37 à 45 e 65 à 71. Lipídeos e Lipoproteínas Sanguíneas Quando pedir ao responsável a análise do perfil lipídico? Pais

Leia mais

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos

41 ANOS DE EXISTÊNCIA. 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes. 1ª Sede Praça Carlos de Campos 41 ANOS DE EXISTÊNCIA 942 Médicos Cooperados 71 mil clientes 1ª Sede Praça Carlos de Campos UNIDADES DE NEGÓCIOS PROGRAMA DR. SAUDÁVEL EQUIPE MEDICINA PREVENTIVA 04 Cooperados Coordenador Médico Supervisor

Leia mais

UNIP Profº Esp. Thomaz Marquez

UNIP Profº Esp. Thomaz Marquez UNIP - 2015 Profº Esp. Thomaz Marquez MASTIGAÇÃO INGESTÃO DEGLUTIÇÃO Digestão é o processo de transformar os alimentos em formas possíveis de serem absorvidas pelo organismo. O sistema digestório, que

Leia mais

ALIMENTOS FUNCIONAIS: BENEFÍCIOS DA LINHAÇA PARA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE

ALIMENTOS FUNCIONAIS: BENEFÍCIOS DA LINHAÇA PARA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE ALIMENTOS FUNCIONAIS: BENEFÍCIOS DA LINHAÇA PARA PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DA SAÚDE Moara Farina Pierotto, Rochele Cassanta Rossi Unisinos - Itt Nutrifor Resumo Rica em ácidos graxos ômega 3, considerada uma

Leia mais

Todos os Direitos Reservados. Página 1

Todos os Direitos Reservados.  Página 1 http://treinoparamulheres.com.br Página 1 Conteúdo Introdução... 4 Melhores Fontes de Proteína... 5 1º Ovo de Galinha... 5 2º Peixes ( Tilápia, Atum, Salmão)... 6 3º Peito de Frango... 8 4º Leite e seus

Leia mais

Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas

Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas Biodisponibilidade de Lipídios Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas LIPÍDIOS Diversos compostos químicos que têm como característica comum serem insolúveis

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 91 4,55 Carboidratos 21,4 7,13 Proteínas 2,1 2,80 Gorduras

Leia mais

Farmacologia das Dislipidemias

Farmacologia das Dislipidemias UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ITAQUI CURSO DE NUTRIÇÃO Farmacologia das Dislipidemias CC: farmacologia em Nutrição Dislipidemias Distúrbio nos níveis de lipídios e/ou lipoproteínas no sangue. As

Leia mais

UP! A-Z Force Homme. Informação Nutricional. Suplemento vitamínico e mineral de A a Z 60 cápsulas de 500mg

UP! A-Z Force Homme. Informação Nutricional. Suplemento vitamínico e mineral de A a Z 60 cápsulas de 500mg UP! A-Z Force Homme Suplemento vitamínico e mineral de A a Z Suplemento vitamínico e mineral em cápsulas desenvolvido para atender as particularidades nutricionais do homem, a fim de potencializar a fisiologia

Leia mais

Classificação das Vitaminas

Classificação das Vitaminas Vitaminas Vitaminas As vitaminas são encontradas em plantas, sementes, grãos, frutas (produz vitaminas durante a fotossíntese) e carne de animais que consumiram esses alimentos. Classificação das Vitaminas

Leia mais

Fitosteróis: Benefícios e Aplicações. Camen Arruda Gerente de Pesquisa & Desenvolvimento

Fitosteróis: Benefícios e Aplicações. Camen Arruda Gerente de Pesquisa & Desenvolvimento Fitosteróis: Benefícios e Aplicações Camen Arruda Gerente de Pesquisa & Desenvolvimento FITOSTERÓIS Estabiliza a camada de fosfolipídeos da célula vegetal Derivados de óleos vegetais Composto de β-sitosterol

Leia mais

DISLIPIDEMIAS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

DISLIPIDEMIAS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DISLIPIDEMIAS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA Batista, F.M.A 1,2, Andrade, F.S.F 2, Carvalho, R.C 2, Arisawa, E.A.L 1 1 Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento IP&D Universidade do Vale do Paraíba São José

Leia mais

MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1. GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS. 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante

MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1. GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS. 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1 GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS GLICEMIA 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante 2) Métodos para determinação da glicemia: Baseados

Leia mais

Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas. Equipe de Biologia

Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas. Equipe de Biologia Cap. 3: Componentes orgânicos celulares As moléculas energéticas Equipe de Biologia De que são formados os seres vivos? Substâncias orgânicas Carboidratos Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos nucleicos

Leia mais

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal;

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; Definições básicas São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; lique para editar o estilo do subtítulo mestre Profa. Fernanda Tomé São insolúveis em água e facilmente solúveis em

Leia mais

Equilíbrio entre baixo teor de saturados e baixo trans nas gorduras vegetais

Equilíbrio entre baixo teor de saturados e baixo trans nas gorduras vegetais Equilíbrio entre baixo teor de saturados e baixo trans nas gorduras vegetais Ana Carolina Moron Gagliardi Nutricionista, Unidade Clínica de Lípides InCor - HCFMUSP Não há conflito de interesses nessa apresentação

Leia mais

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Bioquímica Lipídios Aula 2 Estrutura de Lipídios Os lipídios apesar de quimicamente diferentes entre si, exibem como característica definidora e comum a insolubilidade

Leia mais

13 Alimentos para Controlar o Colesterol

13 Alimentos para Controlar o Colesterol Introdução Capitulo 1 Legumes Capítulo 2 Abacates Capítulo 3 Nozes e Amêndoas Capítulo 4 Peixes Capítulo 5 Grãos Integrais Capítulo 6 Frutas e Bagas Capítulo 7 Chocolate escuro e Cacau Capítulo 8 Alho

Leia mais

LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02

LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02 LIPÍDEOS DE ALIMENTOS E SAÚDE AULA 02 Ácidos graxos trans As gorduras trans são os triglicerídeos que contém ácidos graxos insaturados com uma ou mais duplas ligações trans, expressos como ácidos graxos

Leia mais

Semana 4 Os Lipídeos. Os Lipídeos. Prof. Saul Carvalho. Substâncias pouco solúveis em água e extremamente solúveis em solventes orgânicos (acetona)

Semana 4 Os Lipídeos. Os Lipídeos. Prof. Saul Carvalho. Substâncias pouco solúveis em água e extremamente solúveis em solventes orgânicos (acetona) Semana 4 Os Lipídeos Prof. Saul Carvalho Os Lipídeos Substâncias pouco solúveis em água e extremamente solúveis em solventes orgânicos (acetona) Dominância de grupos apolares Exemplos típicos Gorduras

Leia mais

PERFIL LIPÍDICO SÉRICO DA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO- RS 1

PERFIL LIPÍDICO SÉRICO DA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO- RS 1 PERFIL LIPÍDICO SÉRICO DA POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO- RS 1 Danielle Kunzler Monteiro 2, Tainara Jungton Bönmann 3, Márcia Juciele Da Rocha 4, Mateus Batista Fucks 5, Alexandre Novicki 6, Bruna

Leia mais

Perfil Lipídico. Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS

Perfil Lipídico. Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS Perfil Lipídico Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS Maior reserva corporal de energia tecidos muscular e subcutâneo Proteção contra traumatismo: 4% Isolamento térmico Transportadores de vitaminas

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo.

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br quimicamente diferentes entre si - mesma característica Desempenham papel importante tanto na estrutura como nas funções celulares. Solubilidade em

Leia mais

Lipídios simples (gorduras neutras)

Lipídios simples (gorduras neutras) Lipídios simples (gorduras neutras) Triglicerídios (TG) ou Triacilgliceróis (TAG) Conforme mencionado anteriormente, correspondem aproximadamente a 98% dos lipídios dietéticos. Também constituem a principal

Leia mais

OVO UM ALIMENTO FUNCIONAL. Gabriel de Carvalho

OVO UM ALIMENTO FUNCIONAL.  Gabriel de Carvalho OVO UM ALIMENTO FUNCIONAL Gabriel de Carvalho Nutricionista Funcional e Farmacêutico Diplomado pelo The Institute for Functional Medicine Professor do Curso de Extensão em Nutrição Funcional desde 1999

Leia mais

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio Problemas nutricionais associados à hábitos alimentares inadequados: Dislipdemias / Anemia / Obesidade

Leia mais

O que você precisa saber sobre óleos e gorduras ÓLEOS E GORDURAS

O que você precisa saber sobre óleos e gorduras ÓLEOS E GORDURAS ÓLEOS E GORDURAS Óleos e gorduras comestíveis são fundamentais na alimentação humana, pois, fornecem calorias (9 Kcal/g), auxiliam no transporte de vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K) para o interior

Leia mais

História Clínica. Fatores de Risco e Fisiopatologia Parte 1. Dislipidemia e Hipertensão. Annie Bello PhD

História Clínica. Fatores de Risco e Fisiopatologia Parte 1. Dislipidemia e Hipertensão. Annie Bello PhD História Clínica Fatores de Risco e Fisiopatologia Parte 1. Dislipidemia e Hipertensão Annie Bello PhD Doutora em Fisiopatologia - UERJ Prof. Adjunto Nutrição clínica - UERJ Nutricionista Ensino e Pesquisa

Leia mais

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Vida saldável Plasc Folder semana do colesterol alt.indd 1 18/3/2010 09:29:20 Dicas para uma vida saudável ou como manter seu Colesterol no nível ideal.

Leia mais

Diabetes: 10 alimentos essenciais para controlar a doença Abacate, batata yacon, sardinha e outras comidas ajudam a evitar os picos de glicemia

Diabetes: 10 alimentos essenciais para controlar a doença Abacate, batata yacon, sardinha e outras comidas ajudam a evitar os picos de glicemia Diabetes: 10 alimentos essenciais para controlar a doença Abacate, batata yacon, sardinha e outras comidas ajudam a evitar os picos de glicemia Matéria publicada em 19 de Novembro de 2014 O diabetes é

Leia mais

Paulo C J L Santos, PhD Department of Pharmacology Federal University of Sao Paulo, EPM-UNIFESP, Sao Paulo, Brazil

Paulo C J L Santos, PhD Department of Pharmacology Federal University of Sao Paulo, EPM-UNIFESP, Sao Paulo, Brazil Paulo C J L Santos, PhD Department of Pharmacology Federal University of Sao Paulo, EPM-UNIFESP, Sao Paulo, Brazil Alfenas, MG 2017 Paulo Caleb J. L. Santos, PhD O que é Diabetes O diabetes mellitus é

Leia mais

Aluno(a): Data: / / Turma: Proteínas

Aluno(a): Data: / / Turma: Proteínas UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO Departamento de Ciências Exatas e da Natureza Disciplina: Ciências Professor: Felipe Lohmann Arend Aluno(a): Data: / / Turma: Proteínas Nutriente

Leia mais

Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo

Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo Matéria publicada em 07 de Maio de 2014 Receber o diagnóstico de colesterol alto vira alvo

Leia mais