DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS"

Transcrição

1 DIGESTÃO DOS LIPÍDIOS - A maior parte das gorduras da dieta são predominantemente triacilglicerois 80% Função da bile: Sais biliares Quebra a gordura, aumentando a área total disponível à ação enzimática Reduz a tensão superficial das gorduras, permitindo a penetração enzimática Fornece meio alcalino para a ação da lipase pancreática quebrando TG em diglicérides e AG livre Dão origem a monoglicérides, AG e glicerol.

2 Digestão de lipídios exógenos o Jejuno local principal de absorção de lipidios. o AG e monoglicerideos formados na digestão, por ação da lipase pancreatica sobre a emulsão de TG e fosfolipidios da dieta formam micelas junto com os sais biliares, fosfolipideos, vitaminas lipossoluveis e colesterol. o Dentro da mucosa, os monoglicerideos e AG são reesterificados para triglicerídeos triacil sintetase o O TG recém formado é envolto por apolipoproteínas, fosfolipideos e col = quilomicrons

3 Digestão de lipídios exógenos Quilomícrons são drenados pelo ducto torácico diretamente na veia subclávia. Circulação periférica, interagem com a lipase lipoproteica que hidrolisa os TG dos quilomicrons e os AG livres são liberados e captados pelos adipócitos São ressintetizados a TG e armazenados. Os AG liberados nos capilares dos músculo esquelético são captados e usados para a produção de energia. O restante das particulas de quilomicrons contendo menos TG, é captado pelo figado.

4 Transporte de Gorduras Lipoproteinas Quilomícrons : Se o TG for oriundo da absorção intestinal - dieta LDL : Se TG for de fonte hepática As gorduras são armazenadas no tecido adiposo na forma de gordura saturada, mono ou poliinsaturada.

5 Lipoproteinas Compostos hidrossolúveis : fosfolípides, colesterol e TG associados a lipoproteinas ( apolipoproteínas) Quanto maior o componente da lipoproteina maior a sua densidade Função: Solubilizar gorduras e transporta-las pelo sangue Apolipoproteínas: (apo): têm o papel estrutural de reconhecerem sítios de ligação em receptores celulares e de funcionarem como coenzimas no metabolismo lipídico.

6 Lipoproteínas

7 LIPOPROTEÍNAS Quilomícrons Lipoproteínas de muito baixa densidade (VLDL) Lipoproteínas de baixa densidade (LDL) Lipoproteínas de densidade intermediária (IDL) Lipoproteínas de alta densidade (HDL)

8 Lipoproteinas o Qm transporte de lipidios da dieta, via intestinal (síntese intestinal) o VLDL transporte de lipidios endógenos (sintese hepática) o IDL Produto da quebra de VLDL Precursores de LDL, receptores do colesterol esterificado. o LDL Produto da quebra de VLDL Transporte de colesterol. o HDL (síntese hepática principalmente): transporte de colesterol livre dos tecidos periféricos para o fígado.

9 DIGESTÃO E ABSORÇÃO DAS GORDURAS

10

11 Metabolismo das Lipoproteinas Após a captura dos AG e glicerol pelas celulas periféricas (músculo e tecido adiposo), apoliproteínas (apo E e apo B-48) permitem o reconhecimento do Qm remanescente por receptores hepáticos. No fígado, o Qm remanescente é oxidado ou metabolizado a novos TG

12 Metabolismo das Lipoproteinas TG produzidos endogenamente pelo fígado são exportados por VLDL na presença da apo B-100. VLDL sofrem ação da enzima lipoproteina lipase e libera AG para tecidos periféricos, originando IDL. IDL pode ser metabolizada no plasma à LDL LDL contém a maior quantidade de colesterol que é transportado aos tecidos periféricos, podendo transportar o excedente de colesterol nas artérias.

13 Metabolismo das Lipoproteinas HDl bom colesterol fator protetor transporte reverso Capta o colesterol livre periférico, esterificando-o por atuação da enzima lecitina colesterol aciltransferase (LCAT) Transferência de colesterol esterificado, da particula de HDL para IDL e novamente para o fígado - enzima de transferência de colesterol (CETP) O colesterol excedente retorna ao fígado para ser metabolizado

14 Metabolismo das Lipoproteinas Alterações podem levar ao quadro clinico de hiperlipidemia e/ou hipercolesterolemias. Erro no metabolismo de lipoproteinas formação, transporte ou degradação; receptores ou enzimas. Alterações transitórias podem ocorrer caso haja ingestão calórica aumentada e inadequada na proporção de AG ou secundárias a outros fatores (diabetes, obesidade)

15

16

17

18 COLESTEROL

19

20 COLESTEROL Precursor de hormônios esteróides: corticóides adrenais, hormônios sexuais Componente da vitamina D Formação dos ácidos biliares Componente das estruturas celulares

21 PERFIL LIPIDICO: > 20 anos mg/dl - COLESTEROL TOTAL: Ótimo: < 200 Limítrofe: Alto: > ou = HDL Colesterol: Baixo: 40 Limítrofe: Alto: > 60 - LDL Colesterol: Ótimo: < 100 Método: Friendwald Desejável: Limítrofe: Alto: Muito alto: > ou = VLDL Colesterol: Ótimo: < 40 Método:Friendwald

22 . - TRIGLICERÍDEOS Ótimo: < 150 Limítrofe: Alto: Muito alto: > ou = 500

23 PERFIL LIPÍDICO: < 20 anos - COLESTEROL TOTAL: Ótimo: < 170 Limítrofe: Alto: > LDL Colesterol: Ótimo: < 110 Limítrofe: Alto: > 129

24 PERFIL LIPÍDICO - < 10 ANOS e > 10 anos HDL colesterol: < 10 anos: > 39 >10 anos: > 34 Triglicerídeos: < 10 anos: < 100 >10 anos: < 129.

25 Degradação dos Ácidos Graxos Os triglicerídeos são a maior reserva energética do nosso organismo Sua oxidação gera em torno de 9,3 kcal/g A sua degradação consiste na retirada de duas unidades de carbono, por vez, quebrando a molécula de ácido graxo e produzindo Acetil-CoA = oxidado no CAC, formando CO2 e H2O.

26 Degradação dos Ácidos Graxos Degradação das reservas energéticas para a produção de energia triacilglicerol é hidrolisado até AG e glicerol que serão mobilizados e levados a corrente circulatória

27 Degradação dos Ácidos Graxos Ocorre principalmente no fígado e no músculo Não ocorre no cérebro, nas hemácias e na medular da adrenal. 90 a 95% da oxidação se dá na mitocôndria.

28 Degradação dos Ácidos Graxos Lipólise Ativação do Ácido Graxo Transporte de Acetil CoA Beta oxidação

29 Lipólise TG hidrolisado em AG e glicerol por ação da LHS - lipase hormônio sensível Enzima inibida pela insulina e favorecida pela sua falta Insulina tem ação lipogênica Glucagon, adrenalina, GH, T3, T4 estimulam a LHS - lipolíticos

30 Lipólise Glicerol é fosforilado no fígado gliceroquinase - formação de outro Tg - via glicolítica O AG, cai na corrente sanguinea e é transportado junto com a albumina para o fígado e músculo esquelético = beta oxidação nas células (ciclo de lynen)

31 LIPÓLISE

32 Ativação do Ácido Graxo Dentro das células, os AG livres deverão ser ativados pela acil-coa sintetase: AG = acil-coa ( Acido Graxo livre) - Para cada Ag ativado, consome-se 1 ATP

33

34 Transporte do acil-coa para a mitocôndria pelo sistema trocador da carnitina Carnitina presente na membrana da mitocôndria, é responsável pela entrada de acil-coa na organela. CAT I Translocase matriz mitocondrial CAT II

35 -OXIDAÇÃO DOS ÁC. GRAXOS

36 LIPÓLISE

37 Regulação da degradação de lipídeos

38 Síntese de corpos cetônicos

39 OXIDAÇÃO E USO DE CORPOS CETÔNICOS

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa

6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa 6.2. Composição das Lipoproteínas 6.3 Metabolismo do quilomícra 6.4/ 6.5/ 6.6 Metabolismo das lipoproteínas de densidade alta, baixa e muito baixa Lipoproteínas: São associações entre Proteínas e Lipídios

Leia mais

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes Digestão, absorção e transporte plasmático dos lipídeos -lipoproteínas- Bioquímica Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes LIPÍDEOS DIGESTÃO, ABSORÇÃO, TRANSPORTE PLASMÁTICO DIGESTÃO DE TRIGLICERÍDEOS,

Leia mais

Profa. Alessandra Barone.

Profa. Alessandra Barone. Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Quando é acionada a lipólise no organismo? ATP? Glicose? Glicólise? Glicogênese? Gliconeogênese? Via das pentoses? Lipídeo: reserva energética em forma de triacilglicerol

Leia mais

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo

21/10/2014. Referências Bibliográficas. Produção de ATP. Substratos Energéticos. Lipídeos Características. Lipídeos Papel no Corpo Referências Bibliográficas Livro: McArdle & Katch & Katch. Fisiologia do Exercício: Metabolismo de Lipídeos Durante o Exercício Físico Aeróbico Prof. Dr. Paulo Rizzo Ramires Escola de Educação Física e

Leia mais

Mobilização e Oxidação de Lipídeos

Mobilização e Oxidação de Lipídeos Fontes de ácidos Graxos: Mobilização e xidação de Lipídeos 1. Gorduras da alimentação; 2. Gorduras armazenadas; Fernanda Malagutti Tomé 3. Gorduras recém-sintetizadas. s vertebrados utilizam as três fontes.

Leia mais

METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS

METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS METABOLISMO DOS ÁCIDOS GORDOS A IMPORTÂNCA DOS ÁCIDOS GORDOS Do ponto de vista quantitativo, os triacilgliceróis representam 10 % de peso de um animal normal. Estão localizados ao nível do tecido adiposo

Leia mais

Aula: 29 Temática: Metabolismo dos lipídeos parte I

Aula: 29 Temática: Metabolismo dos lipídeos parte I Aula: 29 Temática: Metabolismo dos lipídeos parte I Os lipídeos são armazenados em grandes quantidades como triglicerídeos neutros altamente insolúveis, tanto nos vegetais como nos animais. Eles podem

Leia mais

Lipídeos e ácidos graxos

Lipídeos e ácidos graxos Lipídeos e ácidos graxos Tópicos de Estudo Lipídeos Lipoproteínas Passos da -oxidação Regulação em estados absortivos, fome e exercício Lipídeos que contem ácidos graxos Ácidos graxos e triacilgliceróis

Leia mais

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas

30/05/2017. Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo: soma de todas as transformações químicas que ocorrem em uma célula ou organismo por meio de reações catalisadas por enzimas Metabolismo energético: vias metabólicas de fornecimento de energia

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários. Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes

METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários. Bioquímica. Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes METABOLISMO ENERGÉTICO integração e regulação alimentado jejum catabólitos urinários Bioquímica Profa. Dra. Celene Fernandes Bernardes REFERÊNCIA: Bioquímica Ilustrada - Champe ESTÁGIOS DO CATABOLISMO

Leia mais

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura

Classes de Lipídeos. I. Ácidos Graxos: Estrutura Lipídeos Lipídeos (grego lipos, gordura) são moléculas apolares, solúveis em solventes orgânicos (metanol, clorofórmio, etc) e essencialmente insolúveis em água Lipídeos I. Classes de lipídeos II. Funções

Leia mais

Os Triglicerídios na Prática Médica

Os Triglicerídios na Prática Médica Os Triglicerídios na Prática Médica 1 Metabolismo dos Triglicerídios os glicerídeos são ésteres de ácidos graxos e glicerol e de acordo com o número de funções esterificadas do propanotriol, são diferenciados

Leia mais

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética 23/02/17 DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos (éter, álcool e clorofórmio). HIDROFÓBICAS (APOLARES) LIPÍDIOS LIPÍDIOS Ácidos

Leia mais

Metabolismo e produção de calor

Metabolismo e produção de calor Fisiologia 5 Metabolismo e produção de calor Iniciando a conversa Apenas comer não é suficiente: o alimento precisa ser transformado (metabolizado) para ser aproveitado por nosso organismo. Açúcares (carboidratos),

Leia mais

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS E REGULAÇÃO DO METABOLISMO DE GORDURAS Se carboidratos, gorduras e proteínas são consumidas em quantidades que excedam as necessidades energéticas, o excesso será armazenado

Leia mais

Graxos. Metabolismo dos Lipídios. Oxidação. Degradação dos Triacilgliceróis is (TG) do Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Tecido Adiposo.

Graxos. Metabolismo dos Lipídios. Oxidação. Degradação dos Triacilgliceróis is (TG) do Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Tecido Adiposo. Lipóle (β-oxida( oxidação) Cetogênese Síntese de Ácidos Graxos Alexandre Havt Metabolmo dos Lipídios Fonte de obtenção Dieta Triacilgliceró Síntese endógena Transporte Excesso de Carboidratos, Proteínas

Leia mais

UNIP Profº Esp. Thomaz Marquez

UNIP Profº Esp. Thomaz Marquez UNIP - 2015 Profº Esp. Thomaz Marquez MASTIGAÇÃO INGESTÃO DEGLUTIÇÃO Digestão é o processo de transformar os alimentos em formas possíveis de serem absorvidas pelo organismo. O sistema digestório, que

Leia mais

Corpos cetônicos. Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados?

Corpos cetônicos. Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados? Corpos cetônicos Quais são? A partir de qual composto se formam? Como se formam? Quando se formam? Efeitos de corpos cetônicos elevados? Importante saber!!!!!!!!!!!! A partir de qual composto se formam?

Leia mais

β -oxidação ADIPÓCITOS

β -oxidação ADIPÓCITOS Metabolismo dos Lipídios INTRODUÇÃO CONCEITO Constituem a fração extrato etéreo das rações, por não serem solúveis em água, apenas em solventes orgânicos não polares (éter, clorofórmio, benzeno). Funções

Leia mais

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos

Nutrientes. Leonardo Pozza dos Santos Nutrientes Leonardo Pozza dos Santos Itaqui, 2017 O que define um nutriente? - Qualquer elemento ou composto químico necessário para o metabolismo de um organismo vivo. - Eles compõem os alimentos e são

Leia mais

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo LIPÍDIOS Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo Ácidos Graxos Triacilgliceróis Fosfolipídios Esteróides Possuem estruturas e

Leia mais

Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular

Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular Lípidos, Lipoproteínas, Apolipoproteínas e Outros Factores de Risco Cardiovascular Carlos Alberto Pereira Vaz Técnico Superior de Laboratório carlosvaz@laboratoriopioledo.pt Os lípidos têm funções importantes

Leia mais

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Fisiologia Endócrina. O Pâncreas. Prof. Wagner de Fátima Pereira

Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM. Fisiologia Endócrina. O Pâncreas. Prof. Wagner de Fátima Pereira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM Fisiologia Endócrina O Pâncreas Prof. Wagner de Fátima Pereira Departamento de Ciências Básicas Faculdade de Ciências Biológica e da Saúde

Leia mais

BE066 - Fisiologia do Exercício BE066 Fisiologia do Exercício. Bioenergética. Sergio Gregorio da Silva, PhD

BE066 - Fisiologia do Exercício BE066 Fisiologia do Exercício. Bioenergética. Sergio Gregorio da Silva, PhD BE066 Fisiologia do Exercício Bioenergética Sergio Gregorio da Silva, PhD Objetivos Definir Energia Descrever os 3 Sistemas Energéticos Descrever as diferenças em Produção de Energia Bioenergética Estuda

Leia mais

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Bioquímica Lipídios Aula 2 Estrutura de Lipídios Os lipídios apesar de quimicamente diferentes entre si, exibem como característica definidora e comum a insolubilidade

Leia mais

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta

Fontes e Requerimentos de Gordura. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta. Importância dos Lipídeos como Constituintes da Dieta LÍPIDEOS E ÁCIDOS GRAXOS LUCIANO LIMA Mestrando em Nutrição Animal LIPÍDIOS TRIACILGLICERÓIS VITAMINAS A, D, E e K LIPÍDIOS ÁCIDOS GRAXOS GLICOLIPÍDIOS ESTERÓIS FOSFOLIPÍDIOS ESFINGOLIPÍDIOS Importância

Leia mais

Curso: Integração Metabólica

Curso: Integração Metabólica Curso: Integração Metabólica Aula 8: Metabolismo muscular Prof. Carlos Castilho de Barros FORNECIMENTO DE AGL PARA O MÚSCULO Lipoproteínas TA músculo LLP AGL FABP AGL-alb LLP - lipase lipoprotéica FABP-

Leia mais

LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS

LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS LIPOPROTEÍNAS LIPOPROTEÍNAS SANGUÍNEAS COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS LIPOPROTEÍNAS RELACIONADAS AO METABOLIS- MO DE TRIGICERÍDEOS E COLESTEROL SANGUÍNEO SISTEMAS LIPOPROTÉICOS - O termo lipoproteína é empregado

Leia mais

Processo de obtenção de energia das células respiração celular

Processo de obtenção de energia das células respiração celular Processo de obtenção de energia das células respiração celular Lipídeos de armazenamento (Gorduras e óleos) Substâncias que originam ácidos graxos e usadas como moléculas que armazenam energia nos seres

Leia mais

Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois

Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois Corpos cetônicos e Biossíntese de Triacilglicerois Formação de Corpos Cetônicos Precursor: Acetil-CoA Importante saber!!!!!!!!!!!! http://bloglowcarb.blogspot.com.br/2011/06/o-que-acontece-com-os-lipidios.html

Leia mais

MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1. GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS. 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante

MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1. GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS. 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante MTAC Aula 6 BIOQUÍMICA DO SANGUE PARTE 1 GLICEMIA e LIPÍDIOS PLASMÁTICOS GLICEMIA 1) Mecanismos de regulação da glicemia: agentes hiper e hipoglicemiante 2) Métodos para determinação da glicemia: Baseados

Leia mais

Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura

Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS. Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura Prof. Thiago Kastell LIPÍDEOS Substâncias biológicas insolúveis em água Também conhecida como gordura Funções: Precursores hormonais Armazenamento e fonte energética Componentes funcionais e estruturais

Leia mais

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes

Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes Bases Moleculares da Obesidade e Diabetes Metabolismo Muscular Prof. Carlos Castilho de Barros http://wp.ufpel.edu.br/obesidadediabetes/ Atividade muscular Principais fontes de energia: 1- Carboidratos

Leia mais

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico

25/08/2009. Saturado (Animal) HDL LDL. Saturada (semi sólida) Hidrogenação. Mesmo conteúdo calórico Conceitos Os Lipídios são substâncias muito abundantes em animais e vegetais. Lipidios Renato Marques Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os Lipídios compostos (fosfolipídios, por exemplo) e finalmente

Leia mais

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016

Lipídios. Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC BIOQUÍMICA BIO0001 Lipídios Prof Karine P. Naidek Setembro/2016 Lipídios Biomoléculas insolúveis em

Leia mais

Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br

Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Digestão de lipídeos A maior parte de nossa ingestão de lipídeos é feita sob a forma de triacilgliceróis Hidrólise inicia-se pela ação da lipase lingual, ativada

Leia mais

Classificação LIPÍDIOS

Classificação LIPÍDIOS LIPÍDIOS DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos. Suas propriedades físicas refletem a natureza hidrofóbica das suas estruturas

Leia mais

Epinefrina, glucagon e insulina. Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo

Epinefrina, glucagon e insulina. Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo Epinefrina, glucagon e insulina Hormônios com papéis fundamentais na regulação do metabolismo Epinefrina ou adrenalina Estímulos para a secreção de epinefrina: Perigos reais ou imaginários Exercício físico

Leia mais

Mecanismo de transporte dos grupos acetil da mitocôndria para o citosol.

Mecanismo de transporte dos grupos acetil da mitocôndria para o citosol. BIOSSÍNTESE DE LIPÍDIOS BIOSSÍNTESE DOS ÁCIDOS GRAXOS - A biossíntese dos ácidos graxos ocorre por vias totalmente diferentes da sua oxidação. - A biossíntese dos ácidos graxos ocorre no citosol. - O acetil-coa

Leia mais

Fisiologia do Sistema Endócrino. Pâncreas Endócrino. Anatomia Microscópica. Anatomia Microscópica

Fisiologia do Sistema Endócrino. Pâncreas Endócrino. Anatomia Microscópica. Anatomia Microscópica Fisiologia do Sistema Endócrino Pâncreas Endócrino Prof. Dr. Leonardo Rigoldi Bonjardim Profa. Adjunto do Depto. De Fisiologia-CCBS-UFS Material disponível em: http://www.fisiologiaufs.xpg.com.br 2006

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo sgrillo.ita@ftc.br Lipídeos são compostos guardados em grandes quantidades como triglicerídeos neutros e representam 90% da dieta. São altamente insolúveis, podendo ser

Leia mais

Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese. Profa. Alessandra Barone

Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese. Profa. Alessandra Barone Glicogênese, Glicogenólise e Gliconeogênese Profa. Alessandra Barone www.profbio.com.br Polissacarídeo de reserva animal Constituído por moléculas de α-d-glicose ligadas entre si por ligações glicosídicas

Leia mais

Composição química. Profª Maristela. da célula

Composição química. Profª Maristela. da célula Composição química Profª Maristela da célula Compostos inorgânicos Água Sais minerais Compostos orgânicos Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos nucleicos Vitaminas Água Solvente universal Atua no transporte

Leia mais

Pâncreas Endócrino. Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes. Ramal: 4635

Pâncreas Endócrino. Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes. Ramal: 4635 Pâncreas Endócrino Prof. Dr. Luiz Carlos C. Navegantes navegantes@fmrp.usp.br Ramal: 4635 O diabetes mellitus É uma síndrome decorrente da falta de insulina ou da incapacidade de a insulina de exercer

Leia mais

Pâncreas Endócrino Controle da glicemia

Pâncreas Endócrino Controle da glicemia Pâncreas Endócrino Controle da glicemia Curso de Odontologia da UEM Prof. Kellen Brunaldi Silverthorn (Cap. 22) Guyton (Cap. 78) O SNC é responsável por cerca de 50% da glicose diariamente consumida para

Leia mais

Metabolismo dos Lipídios

Metabolismo dos Lipídios QUÍMCA E BIOQUÍMICA Curso Técnico em Nutrição e Dietética Metabolismo dos Lipídios Professor: Adriano Silva Os lipídios são um grupo de biomoléculas e/ou compostos orgânicos caracterizados por serem insolúveis

Leia mais

Biossíntese de Lipídeos. Profa. Alana Cecília

Biossíntese de Lipídeos. Profa. Alana Cecília Biossíntese de Lipídeos Profa. Alana Cecília Biossíntese de Lipídeos Introdução Variedade de estruturas químicas: reserva de energia; componentes de membranas; vitaminas; detergentes (bile); transportadores

Leia mais

Lipoproteínas plasmáticas

Lipoproteínas plasmáticas Lipoproteínas plasmáticas 1- No plasma sanguíneo, excetuando os ácidos gordos livres que viajam ligados à albumina, os lipídeos são transportados em estruturas micelares esféricas denominadas lipoproteínas.

Leia mais

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS QFL0343 Reatividade de Compostos Orgânicos II e Biomoléculas LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS Nomes NºUSP Assinatura André Jun 9370705 Isabella Paulino Otvos 9010460 Rafael Bello Gonçalves 9328519

Leia mais

A função é conseqüência da conformação.

A função é conseqüência da conformação. Prova de Conhecimentos Específicos 1 a Questão: (2,0 pontos) Sabendo que as proteínas exercem funções biológicas importantes no organismo, comente a frase abaixo com base no seu conhecimento sobre estrutura

Leia mais

Metabolismo de Carboidratos

Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Carboidratos Curso de Bioqímica para Saúde Coletiva- UFRJ Profa. Dra. Mônica Santos de Freitas 1 Carboidratos Três maiores classes de carboidratos Monossacarídeos- são carboidratos não polimerizados;

Leia mais

TIPOS DE ENERGIAS E FORMAS DE ARMAZENAMENTO DE ENERGIA NO CORPO As fontes energéticas são encontradas nas células musculares e em algumas partes do co

TIPOS DE ENERGIAS E FORMAS DE ARMAZENAMENTO DE ENERGIA NO CORPO As fontes energéticas são encontradas nas células musculares e em algumas partes do co BIOENERGÉTICA E TREINAMENTO DESPORTIVO Bioenergética é a ciência que estuda os sistemas energéticos nos organismos vivos. TIPOS DE ENERGIAS E FORMAS DE ARMAZENAMENTO DE ENERGIA NO CORPO Os sistemas metabólicos

Leia mais

Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas

Biodisponibilidade de Lipídios. Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas Biodisponibilidade de Lipídios Prof. Dra. Léa Silvia Sant Ana UNESP - Botucatu Faculdade de Ciências Agronômicas LIPÍDIOS Diversos compostos químicos que têm como característica comum serem insolúveis

Leia mais

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto Bioquímica: orgânicos e inorgânicos necessários à vida Leandro Pereira Canuto Toda matéria viva: C H O N P S inorgânicos orgânicos Água Sais Minerais inorgânicos orgânicos Carboidratos Proteínas Lipídios

Leia mais

MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA

MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA MANUAL DA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA CURSO DE FISIOTERAPIA 2017 MÓDULO 2 METABOLISMO 1 Introdução ao Metabolismo METABOLISMO Tópicos para estudo (em casa): 1- Dê as principais características do ser vivo.

Leia mais

BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011

BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 BIOQUÍMICA 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 17ª aula teórica 23 Novembro 2010 Metabolismo dos Lípidos - Principais classes de lípidos - Catabolismo dos ácidos gordos - Cetogénese Objectivos:

Leia mais

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I

Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Aula: 26 Temática: Estrutura dos lipídeos parte I Os lipídeos são abundantes em animais e vegetais. Compreendem os óleos, as gorduras, as ceras, os lipídios compostos como os fosfolipídios e os esteróides

Leia mais

Integração de Metabolismo.

Integração de Metabolismo. Integração de Metabolismo http://www.expasy.ch/cgi-bin/show_thumbnails.pl Princípios comuns governam o metabolismo em todos os seres vivos: Toda a regulação metabólica utiliza mecanismos similares: Principais

Leia mais

Metabolismo de lipídeos em ruminantes *

Metabolismo de lipídeos em ruminantes * Metabolismo de lipídeos em ruminantes * Introdução Devido as constantes exigências de produção dos ruminantes, se faz necessário maiores pesquisas dando enfoque ao manejo do animal. Hoje os animais não

Leia mais

Os Lipídios na Prática Médica

Os Lipídios na Prática Médica Os Lipídios na Prática Médica 1 Introdução os lipídios assumem importância fundamental na prática médica visto que, estão correlacionados com certas enfermidades cardiovasculares; pois os pacientes que

Leia mais

Gliconeogênese. Gliconeogênese. Órgãos e gliconeogênese. Fontes de Glicose. Gliconeogênese. Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia

Gliconeogênese. Gliconeogênese. Órgãos e gliconeogênese. Fontes de Glicose. Gliconeogênese. Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia Gliconeogênese Metabolismo dos aminoácidos Ciclo da Uréia Gliconeogênese Alexandre Havt Gliconeogênese Fontes de Energia para as Células Definição Via anabólica que ocorre no fígado e, excepcionalmente

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL

DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL DETERMINAÇÃO DA CONCENTRAÇÃO PLASMÁTICA DE TRIGLICÉRIDOS E COLESTEROL Determinação da concentração plasmática de triglicéridos por um método enzimático O conteúdo em triglicéridos pode ser determinado

Leia mais

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS

PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS PRINCIPAIS VIAS METABÓLICAS DEGRADAÇÃO DO GLIGOGÊNIO GLICÓLISE VIA DAS PENTOSES FOSFATO GLICONEOGÊNESE SÍNTESE DE CORPOS CETÔNICOS DEGRADAÇÃO DE AMINOÁCIDOS E CICLO DA URÉIA CICLO DE KREBS Β-OXIDAÇÃO DE

Leia mais

Via das pentoses-fosfato

Via das pentoses-fosfato Via das pentoses-fosfato A U L A 24 objetivos Nesta aula, você vai conhecer a via das pentoses-fosfato, um desvio da via glicolítica necessário às células que realizam reações de biossíntese redutoras.

Leia mais

Controle por retroalimentação. Controle negativo

Controle por retroalimentação. Controle negativo Controle por retroalimentação Controle negativo Controle por retroalimentação Controle positivo Parto Controle positivo Ejeção do leite Controle por retroalimentação Controle positivo Ovulação Transporte

Leia mais

Monossacarídeos. açúcares simples. Monossacarídeos. Carboidratos formados por C, H, O

Monossacarídeos. açúcares simples. Monossacarídeos. Carboidratos formados por C, H, O Carboidratos formados por C, H, O Bioquímica Profa. Janara Glicídios, glícides, glucídeos, açúcares ou hidratos de carbono; 3grupos: - monossacarídeos - dissacarídeos - polissacarídeos 1 2 Monossacarídeos

Leia mais

Prof. Dra. Bruna Oneda

Prof. Dra. Bruna Oneda Hipertrofia Muscular Prof. Dra. Bruna Oneda Hipertrofia muscular A hipertrofia de fibras musculares individuais, com o treinamento de força, é resultante de um aumento da síntese de proteínas musculares,

Leia mais

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos

Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Bioquímica Celular (parte II) Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos Nucléicos Lipídios Possuem função energética e estrutural. 2ª fonte de energia do organismo. Apresentam maior quantidade de energia que

Leia mais

METABOLISMO DE LIPÍDEOS

METABOLISMO DE LIPÍDEOS METABOLISMO DE LIPÍDEOS 1. Β-oxidação de ácidos graxos - Síntese de acetil-coa - ciclo de Krebs - Cadeia transportadora de elétrons e fosforilação oxidativa 2. Síntese de corpos cetônicos 3. Síntese de

Leia mais

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www.

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www. Introdução à Bioquímica Lipídeos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Tópicos! Classificação dos lipídeos! Ácidos graxos!

Leia mais

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia Lipídeos e Membranas Biológicas (BC0308) Prof Luciano Puzer http://professor.ufabc.edu.br/~luciano.puzer/ Ácidos Graxos Mais da metade dos ácidos graxos existem

Leia mais

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS Glicídios ou Açúcares COMPOSIÇÃO DOS CARBOIDRATOS Compostos constituídos principalmente de: Carbono, Hidrogênio Oxigênio Principal fonte de energia para os seres vivos.

Leia mais

Hormonas e mensageiros secundários

Hormonas e mensageiros secundários Hormonas e mensageiros secundários Interrelação entre os tecidos Comunicação entre os principais tecidos Fígado tecido adiposo hormonas sistema nervoso substratos em circulação músculo cérebro 1 Nos mamíferos,

Leia mais

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal.

22/11/2012 CONCEITO. - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. CONCEITO - São compostos orgânicos heterogêneos (átomos de carbono), de origem animal ou vegetal. - Extraídos de células e tecidos por solventes orgânicos apolares (éter, clorofórmio, benzeno). - Hidrofóbicos.

Leia mais

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

Funções do Metabolismo

Funções do Metabolismo Universidade Federal de Mato Grosso Disciplina de Bioquímica Conceito de Metabolismo METABOLISMO DOS CARBOIDRATOS Prof. Msc. Reginaldo Vicente Ribeiro Atividade celular altamente dirigida e coordenada,

Leia mais

Perfil Lipídico. Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS

Perfil Lipídico. Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS Perfil Lipídico Prof. Fernando Ananias FUNÇÃO DOS LIPÍDIOS Maior reserva corporal de energia tecidos muscular e subcutâneo Proteção contra traumatismo: 4% Isolamento térmico Transportadores de vitaminas

Leia mais

06/2008. Lipidemia. Metabolismo e Endocrinologia. Grupo 2 André Zamith, nº58556 Eduardo Bicacro, nº58615 Pedro Teixeira, nº58482

06/2008. Lipidemia. Metabolismo e Endocrinologia. Grupo 2 André Zamith, nº58556 Eduardo Bicacro, nº58615 Pedro Teixeira, nº58482 06/2008 Lipidemia Metabolismo e Endocrinologia Grupo 2 André Zamith, nº58556 Eduardo Bicacro, nº58615 Pedro Teixeira, nº58482 Lipidemia define-se como a concentração de lípidos no plasma sanguíneo. Neste

Leia mais

GORDURAS. Definição. Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos

GORDURAS. Definição. Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos GORDURAS Definição Biomoléculas insolúveis em água, e solúveis em solventes orgânicos Maioria dos lipídios é derivado ou possui na sua estrutura ÁCIDOS GRAXOS 1 Ácidos Graxos São ácidos orgânicos Maioria

Leia mais

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula

Introdução ao Metabolismo. Profª Eleonora Slide de aula Introdução ao Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Metabolismo Profª Eleonora Slide de aula Relacionamento energético entre as vias catabólicas e as vias anabólicas Nutrientes que liberam energia Carboidratos

Leia mais

4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1

4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1 4/19/2007 Fisiologia Animal - Arlindo Moura 1 HIPOTALAMO Neuronios do hipotalamo sintetizam TRH (hormonio tireotrofico) Sistema portahipotalamico hipofisario TRH estimula a sintese e secreacao de TSH (hormonio

Leia mais

Dosagem de Colesterol em Massas. 1.Introdução

Dosagem de Colesterol em Massas. 1.Introdução Dosagem de Colesterol em Massas 1.Introdução Colesterol é um lipídeo encontrado nas células de todos os tecidos. Existe uma crença, inclusive entre os químicos, que plantas não contém colesterol. Este

Leia mais

A energética celular:

A energética celular: A energética celular: o papel das mitocôndrias e cloroplastos Capitulo 13 (p 427 a 444) e Capitulo 14 Fundamentos da Biologia Celular- Alberts- 2ª edição A energética celular Como já vimos anteriormente

Leia mais

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA. Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. Profa.

Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA. Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa. Profa. Universidade Federal do Pampa Campus Itaqui Bioquímica GLICÓLISE AERÓBICA Ciclo de Krebs e Fosforilação Oxidativa Profa. Marina Prigol 1 Glicólise Anaeróbica RESPIRAÇÃO CELULAR ou GLICÓLISE AERÓBICA:

Leia mais

Vinícius Reis Batista Acadêmico do 4 período de Medicina Orientador: Wanderson Tassi

Vinícius Reis Batista Acadêmico do 4 período de Medicina Orientador: Wanderson Tassi Vinícius Reis Batista Acadêmico do 4 período de Medicina Orientador: Wanderson Tassi O fígado É o maior órgão interno do corpo humano; 2,5 a 4,5% da massa corporal total do corpo com um peso médio de

Leia mais

GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON

GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON GUIA DE ESTUDOS INSULINA E GLUCAGON 1) O pâncreas é uma glândula mista, ou seja, possui função endócrina e exócrina. Na porção endócrina, o pâncreas produz dois hormônios: a insulina e o Esses hormônios

Leia mais

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal;

Definições básicas. Bom X Mau. Onde encontramos: São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; Definições básicas São compostos orgânicos heterogêneos, de origem animal ou vegetal; lique para editar o estilo do subtítulo mestre Profa. Fernanda Tomé São insolúveis em água e facilmente solúveis em

Leia mais

Sistema glicolítico ou metabolismo anaeróbio lático

Sistema glicolítico ou metabolismo anaeróbio lático Sistema glicolítico ou metabolismo anaeróbio lático Quando a molécula de glicose entra na célula para ser utilizada como energia, sofre uma série de reações químicas que coletivamente recebe o nome de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA GLICÓLISE Dra. Flávia Cristina Goulart CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Campus de Marília flaviagoulart@marilia.unesp.br Glicose e glicólise Via Ebden-Meyerhof ou Glicólise A glicólise,

Leia mais

Bioquímica. Sabadão CSP especial Prof. Felipe Fernandes Prof. João Leite

Bioquímica. Sabadão CSP especial Prof. Felipe Fernandes Prof. João Leite Bioquímica Sabadão CSP especial Prof. Felipe Fernandes Prof. João Leite 1. Água 2. Sais Minerais 4. Os sais minerais são essenciais em uma alimentação saudável, pois exercem várias funções reguladoras

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Membrana e Organelas

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Membrana e Organelas Membrana e Organelas Membrana e Organelas 1. As funções das células estão relacionadas com sua estrutura e com sua atividade metabólica. Apresenta-se abaixo uma tabela em que estão discriminadas, em porcentagens,

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação

Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação Fisiologia: Digestão, Respiração e Circulação 1. Um laboratório analisou algumas reações ocorridas durante o processo de digestão do amido em seres humanos.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO DE DISCIPLINA Curso: Ciências Biológicas (05) Ano: 2014 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina / Unid. Curricular / Módulo: Bioquímica (Biochemistry) Código: DCE168 Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática:

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS. voltar índice próximo CIÊNCIAS. Unidade º ANO» UNIDADE 1» CAPÍTULO 3 HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS Unidade 41 www.sejaetico.com.br 8º ANO ALIMENTAÇÃO E DIGESTÃO NO SER HUMANO Índice ÍNDICE Por que nos alimentamos? www.sejaetico.com.br 3 Por que nos alimentamos? Os

Leia mais

Metabolismo do exercício e Mensuração do trabalho, potência e gasto energético. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti

Metabolismo do exercício e Mensuração do trabalho, potência e gasto energético. Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Metabolismo do exercício e Mensuração do trabalho, potência e gasto energético Profa. Kalyne de Menezes Bezerra Cavalcanti Natal/RN Fevereiro de 2011 Metabolismo do exercício Durante o exercício físico

Leia mais

Na aula anterior... Corposcetônicos 9. Em meados do século XIX, M. Rupstein observou a existência de acetona na urina de uma mulher de 40 anos que sofria de Diabetes Mellitus grave. Alguns anos depois

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO. Profa. Ainá Innocencio da Silva Gomes

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO. Profa. Ainá Innocencio da Silva Gomes Profa. Ainá Innocencio da Silva Gomes CONCEITOS BÁSICOS ESPORTISTA - Praticante de qualquer atividade física com o intuito da melhoria da saúde ou de lazer, sem se preocupar com alto rendimento. ATLETA

Leia mais

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS

BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS BIOSSÍNTESE DE ÁCIDOS GRAXOS Na aula anterior... Acetil-CoA carboxilase Visão geral da síntese do palmitato A cadeia de ácido graxo cresce de 2 em 2 carbonos, doados pelo malonato ativado, com a perda

Leia mais

Bioquímica. Metabolismo de ácidos graxos

Bioquímica. Metabolismo de ácidos graxos Bioquímica Metabolismo de ácidos graxos - Os lipídios advindos da ingestão ou da produção endógena são distribuídos pelas lipoproteínas plasmáticas para utilização e/ou armazenamento. - Em sua oxidação

Leia mais