Gestão e Formação de Recursos Humanos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão e Formação de Recursos Humanos"

Transcrição

1 Gestão e Formação de Recursos Humanos I Este documento não substitui ou dispensa a leitura da bibliografia mínima da cadeira

2 CRONOGRAMA Gestão e Formação de Recursos Humanos 2013/2014 Data* Conteúdo do programa Bibliografia sugerida Apresentação da UC 6ª feira * 09:00-13:00 Enquadramento histórico e contextualização do fator humano nas organizações e as etapas da GRH Chiavenato, 2004: e ; Sousa et alii, 2006: 8-25; Rocha, 2010: 35-52; Rodrigues, 2008, 2010, 2010a; Serrano, 2010; materiais 6ª feira * 14:30-18:30 Aspectos demográficos e GRH Aspectos administrativos da GRH Planeamento de Recursos Humanos materiais Seixo, 2005; materiais materiais 4ª feira 12/03/2014 * 16:30-18:30 6ª feira 21/03/2014 * 09:00-13:00 6ª feira 28/03/2014 * 14:30-18:30 4ª feira 09/04/2014 * 16:30-18:30 4ª feira 30/04/2014 * 16:30-18:30 6ª feira 09/05/2014 * 09:00-13:00 6ª feira 16/05/2014 * 14:30-18:30 Análise de funções/job design Recrutamento e selecção Orientação e desenvolvimento de RH's Sistemas de avaliação do desempenho Gestão de carreiras Gestão do sistema retributivo Seminário Seminário Seminário Sousa et alii, 2006: 29-52; Chiavenato, 2004: ; materiais Sousa et alii, 2006: 53-74; Rocha, 2010: ; materiais Sousa et alii, 2006: ; Rocha, 2010: ; materiais Sousa et alii, 2006: ; Rocha, 2010: ; materiais Sousa et alii, 2006: ; Rocha, 2010: ; materiais Sousa et alii, 2006: ; Rocha, 2010: ; materiais NA NA NA 3 Conh. Teórico Teoria Organizacional Comportamento Organizacional ABORDAGEM Conh. Aplicado Desenvolvimento Organizacional Gestão de Recursos Humanos macro FOCUS micro 4 2

3 5 Organizações e o factor humano Tipos de organizações Perspectiva histórica das organizações Alguns autores e obras percursoras da teoria das organizações I - Os percursores da tradição e a racionalização do trabalho ( ) 1 Frederick Taylor ( ): o degrau zero 2 Henri Fayol ( ): a diferenciação das funções e a definição das estruturas 3 Max Weber ( ): a autoridade, a dominação e a administração burocrática II - O meio e a interdependência entre factores técnicos e humanos (Anos 30) 4 Robert Park ( ) e a Escola de Chicago 5 Elton Mayo e as experiências de Hawthorne ( ) III - A organização como sistema sociotécnico ( ) 6 Chester Barnard ( ): uma teoria da organização (1938) 7 A perspectiva sociológica das organizações (Anos 40 60) 8 A teoria geral dos sistemas (Anos 40 50) 9 Os estudos do Tavistok Institute ( ) 10 As minas de carvão na Grã-Bretanha (anos 50) Funcional Mecânico Simples Rl. industriais LP IV - A análise estratégica (anos 70) 11 Sistema e actor (Crozier, Friedber ) 12 Jogo e poder (Henry Mintzberg) Anos 80, 90, 2000 Pessoas como recursos estruturantes* Complexo Interacção CP Complexo Capital Humano 6 3

4 Pessoas como recursos estruturantes EtapasGRH_EUA.pdf anos de GRH em Portugal 1 e 2 Recursos Humanos: pessoas ou recursos? GRH na Madeira Lógicas sócio-organizacionais dominantes Até aos anos 70 Após os anos 70 recursos quase ilimitados produção em massa ênfase na produção ciclos de vida do produtos e serviços muito longos funcionamento por reacção mercados circunscritos concorrência previsível proteccionismo estatal mudanças tecnológicas compassadas ambiente económico estável recursos escassos produção diferenciada ênfase nas exigências da procura ciclos de vida dos produtos e serviços muito curtos funcionamento pró-activo mercados abertos concorrência dinâmica e feroz liberalismo/neo-liberalismo mudanças tecnológicas aceleradas ambiente económico instável Fonte: Rodrigues (1997) Tendências GRH Anos 70 concentração dos procedimentos nas mãos da gerência (poder disciplinar) Anos 80 focus na competitividade e na produtividade; GRH deslocada para um nível de gestão de linha Anos 90 actividade da GRH deslocalizada, embora cada vez mais integrada na estratégia global das organizações; caso BCP. Início do Séc. XXI novos desafios 7 GRH no início do Séc. XXI Trabalho, emprego, desemprego e empregabilidade A mudança do contexto de trabalho e do emprego Tendências segundo a OCDE As lógicas sócio-organizacionais dominantes (antes dos anos 70/após os anos 70) Fenómenos recentes: downsizing, especialização, descentralização, deslocalização, fusões, reengenharia, etc. Implicações: organizações diferentes (estruturas voláteis e flexíveis, novas hierarquias, submetidas a contínuos processos de adequação/mudança, etc). Organizações diferentes, promovem trabalhos diferentes (part-time, teletrabalho, subcontratação, trabalho temporário ou interino) e novos conceitos de emprego (emprego para toda a vida vs. tentar ser empregável o desafio da empregabilidade). Reformulação do espaço tradicional de trabalho: o regresso a casa. Alguma problematização. Do primado da experiência ao primado das competências. 8 4

5 9 10 5

6 11 GRH: uma disciplina (sempre) em mudança mesmo!!! O que é a GRH? Quais os objetivos? Principais funções/tarefas da GRH Análise de funções Competências-Chave dos GRH Recrutamento e selecção Credibilidade pessoal 27% Formação e desenvolvimento Capacidade para gerir processos de mudança Remunerações e condições contratuais 22% Questões disciplinares Capacidade para gerir diferenças culturais Relações laborais e comunicação 19% Gestão de contratos Conhecimento das práticas da GRH 17% Apoio pessoal Compreensão do negócio 14% Saúde, higiene e segurança Política de igualdade de oportunidades e monitorização Outplacement, etc. Ser GRH GRH e responsabilidade social GRH: da componente administrativa à acção estratégica 12 6

7 Sabendo-se que Principiais desafios da GRH: abordagem prospectiva (BCG/WFPMA) - o talento e a liderança estão no centro da GRH - a força de trabalho tende ao envelhecimento e está descompensada em termos de natalidade (questão demográfica) - as organizações são cada vez mais globais - o bem estar emocional é uma tema crescente, associado ao modelo de vida actual Métrica/mensurabilidade Triangulação -estratégia -métrica -RH 13 Principiais desafios da GRH: abordagem prospectiva (BCG/WFPMA) 14 7

8 Principiais desafios da GRH: abordagem prospectiva (BCG/WFPMA) 3 categorias estratégicas Desenvolver e reter os melhores empregados Antecipar a mudança 8 desafios críticos a curto prazo 1 - gerir os talentos 2 - melhorar a liderança 3 - gestão do equilíbrio trabalho/vida pessoal 4 - demografia 5 - gestão da mudança e transformação cultural 6 - globalização Adequar a organização 7 - learning organization; 8 - transformação dos RH num parceiro estratégico 15 8

Gestão de pessoas. Gestão de pessoas

Gestão de pessoas. Gestão de pessoas Gestão de pessoas Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Gestão de pessoas Gestão de pessoas ou administração de RH? Uma transformação das áreas e de seus escopos de atuação; Houve mudança ou é somente semântica;

Leia mais

Elementos da estrutura. Abordagens contingenciais ao design organizacional. O trajecto da Gestão e a fundação do CO. Aspectos metodológicos.

Elementos da estrutura. Abordagens contingenciais ao design organizacional. O trajecto da Gestão e a fundação do CO. Aspectos metodológicos. O que é o comportamento organizacional? É o campo do conhecimento que está orientado/ocupado com a tentativa de compreensão do comportamento humano e a utilização desse conhecimento para ajudar as pessoas

Leia mais

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão

1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- História do Pensamento sobre a Gestão 2 1.2-História

Leia mais

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1

GESTÃO. 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão. 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 GESTÃO 1.-A Gestão e a evolução das teorias da Gestão 1.2- (breve) História do Pensamento sobre a Gestão DEG/FHC DEG 1 1.2-História do Pensamento sobre a Gestão As organizações e a prática da Gestão foram,

Leia mais

Sociologia das organizações

Sociologia das organizações Sociologia das organizações Prof. Dr. Alexandre H. de Quadros Pessoas: recursos X parceiros Pessoas como recursos Empregados isolados nos cargos Horário rigidamente estabelecido Preocupação com normas

Leia mais

ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL

ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL MÁRIO DE CARVALHO uma@welvitchia.com ou mjcuma@hotmail.com www.welvitchia.com Contribuições da disciplina A disciplina de Gestão Estratégica a nível empresarial contribui

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

Ano Lectivo 2012/2013. Unidade Curricular: Gestão de Recursos Humanos. (2.º semestre)

Ano Lectivo 2012/2013. Unidade Curricular: Gestão de Recursos Humanos. (2.º semestre) Ano Lectivo 2012/2013 Unidade Curricular: Gestão de Recursos Humanos (2.º semestre) It is possible to fly without motors, but not without knowledge and skill Wilburg Wright Enquadramento Histórico da GRH

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR. Prof. Bento

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR. Prof. Bento ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO ESCOLAR Prof. Bento QUESTÕES Doc. # 1 Revisão Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação UMA TEORIA É UMA EXPLICAÇÃO LÓGICA OU ABSTRACTA DE UM PROBLEMA OU CONJUNTO DE

Leia mais

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral.

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral. Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos *Operários (1933) Tarsila do Amaral. A Função Administrativa RH É uma função administrativa compreendida por um conjunto de

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

Mudança Organizacional e Inovação

Mudança Organizacional e Inovação Mudança Organizacional e Inovação Mudança e organizações Fatores determinantes da mudança organizacional A ideia gestão da mudança Modelo teórico sobre a mudança de Kurt Lewin Estratégias de mudança organizacional

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos

Gestão de Recursos Humanos Mestrado em Gestão de Empresas Gestão de Recursos Humanos Alexandra Costa Helena Martins Conteúdos da Unidade Curricular Ciclo da GRH Planeamento RH e Gestão Carreiras Definição e Análise de Funções Recrutamento

Leia mais

Enquadramento geral A gestão e os seus atores. Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23

Enquadramento geral A gestão e os seus atores. Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23 Índice PREFÁCIO PARA OS ESTUDANTES 13 PREFÁCIO PARA OS PROFESSORES 15 INTRODUÇÃO 17 PARTE 1 Enquadramento geral A gestão e os seus atores Capítulo 1 Desafios que se colocam à gestão moderna 23 1.1. As

Leia mais

CÓDIGO: IH 129 CRÉDITOS: 04 (4T-0P) INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

CÓDIGO: IH 129 CRÉDITOS: 04 (4T-0P) INTRODUÇÃO À ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CÓDIGO: IH 129 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA

Leia mais

Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens. Psicossociologia do trabalho 1

Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens. Psicossociologia do trabalho 1 Organizações Modernas Visão da Sociologia - Giddens Psicossociologia do trabalho 1 Sumário As organizações modernas A transferência do papel da comunidade para as organizações O processo de interdependência

Leia mais

FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS

FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS Pessoas em Primeiro Lugar!!! DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A REVOLUÇÃO DIGITAL Prof. Flavio A. Pavan O velho conceito das organizações: Uma organização é um conjunto integrado

Leia mais

O GESTOR DE DESPORTO NA ERA DA MUDANÇA --- Condicionantes da actividade dos RH s Nas organizações de desporto

O GESTOR DE DESPORTO NA ERA DA MUDANÇA --- Condicionantes da actividade dos RH s Nas organizações de desporto O GESTOR DE DESPORTO --- Condicionantes da actividade dos RH s Nas organizações de desporto O GESTOR DE DESPORTO Introdução Os três choques motores Os desafios competitivos O gestor na era da mudança O

Leia mais

Cidades e desenvolvimento

Cidades e desenvolvimento Cidades e desenvolvimento Que papel para a Cidade no contexto económico actual? Sónia Ribeiro 19.Outubro.2011 Sumário A cidade e o desenvolvimento: as questões fundamentais As funções milenares das cidades

Leia mais

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa

PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES. Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU

INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU INSTITUTO SUPERIOR POLITÉCNICO DE VISEU ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE GESTÃO GUIA DO ALUNO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EMPRESAS DO CURSO DE TURISMO DISCIPLINA: Organização e Gestão de Empresas

Leia mais

Como alinhar os RH em outsourcing com a estratégia empresarial e garantir a criação de valor na relação com o cliente Pedro F. Pinto - IBM Portugal

Como alinhar os RH em outsourcing com a estratégia empresarial e garantir a criação de valor na relação com o cliente Pedro F. Pinto - IBM Portugal Como alinhar os RH em outsourcing com a estratégia empresarial e garantir a criação de valor na relação com o cliente Pedro F. Pinto - IBM Portugal A no Mundo Fundada em 1911 Presente em mais de 170 países

Leia mais

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2015. Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2015. Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2015 Healthcare Human Resources & Life Sciences Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt Human Resources Estudo de Remuneração 2015 Apresentamos-lhe os Estudos

Leia mais

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 Agenda 1. Demanda por profissionais e a estratégia de gestão de pessoas 2. Gestão de pessoas tendências

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL POR PROVA DE ADMINISTRADORES E TECNÓLOGOS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS ÊNFASE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DA PROVA O exame a ser aplicado na Certificação por Prova, na ênfase Recursos

Leia mais

Trabalho Elaborado por: Paulo Borges N.º 21391 Vítor Miguel N.º 25932 Ariel Assunção N.º 25972 João Mapisse N.º 31332 Vera Dinis N.

Trabalho Elaborado por: Paulo Borges N.º 21391 Vítor Miguel N.º 25932 Ariel Assunção N.º 25972 João Mapisse N.º 31332 Vera Dinis N. Trabalho Elaborado por: Paulo Borges N.º 21391 Vítor Miguel N.º 25932 Ariel Assunção N.º 25972 João Mapisse N.º 31332 Vera Dinis N.º 32603 INTRODUÇÃO Na área do controlo de gestão chamamos atenção para

Leia mais

3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA)

3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA) 3. Introdução à Teoria Geral da Administração (TGA) Conteúdo 1. Conceitos Básicos 2. Histórico da Teoria Geral da Administração (TGA) 3. Abordagem Clássica da Administração 1 Bibliografia Recomenda Livro

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012 Human Resources Human Resources Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012, realizados pela Michael Page. O objectivo dos nossos Estudos de Remuneração

Leia mais

USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração. 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias

USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração. 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias USP/EACH Gestão Ambiental ACH 113 Princípios de Administração 2/2012. Profa. Dra. Sylmara Gonçalves Dias Evolução da Administração e as Escolas Clássicas Anteriormente XVIII XIX 1895-1911 1916 1930 Tempo

Leia mais

LÓGICAS SÓCIO-ORGANIZACIONAIS DOMINANTES

LÓGICAS SÓCIO-ORGANIZACIONAIS DOMINANTES GUIÃO DAS AULAS TEÓRICAS Ponto nº 1 do programa -A Gestão, o Gestor, a Empresa e o Meio Envolvente- Esta apresentação não dispensa, em caso algum, a leitura da bibliografia correspondente às respetivas

Leia mais

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2013. Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt

ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2013. Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt ESTUDO DE REMUNERAÇÃO 2013 Healthcare Human Resources & Life Sciences Specialists in human resources recruitment www.michaelpage.pt Human Resources Estudo de Remuneração 2013 Apresentamos-lhe os Estudos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Escola de Engenharia

Escola de Engenharia Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão em Recursos Humanos Professor(es): Roberto Pallesi Carga horária: 4hs/aula por semana Escola de Engenharia DRT: 1140127 Código da

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança

Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas e Liderança Apresentação CAMPUS IGUATEMI Inscrições em Breve Turma 02 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas,

Leia mais

1- Conceitos Fundamentais sobre Gestão

1- Conceitos Fundamentais sobre Gestão GESTÃO 1- Conceitos Fundamentais sobre Gestão 1 1.1- O que é uma Organização? Uma Organização é uma entidade social, constituída e estruturada voluntariamente e orientada para atingir metas e objectivos

Leia mais

O Hypercluster do Mar e o Desenvolvimento das Cidades

O Hypercluster do Mar e o Desenvolvimento das Cidades O Hypercluster do Mar e o Desenvolvimento das Cidades José Poças Esteves COLÓQUIO ANMP/MARE START UP Universidade Católica Portuguesa Lisboa 9 de abril de 2015 Clique Agenda para editar o estilo I. Portugal

Leia mais

A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública

A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública 4º Congresso Nacional da Administração Pública 2 e 3 Novembro de 2006 José Alberto Brioso Pedro Santos Administração Pública Contexto Perspectiva

Leia mais

2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO

2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO 2 SIGNIFICADO DA ADMINISTRAÇÃO 2.1 IMPORTÂNCIA DA ADMINISTRAÇÃO Um ponto muito importante na administração é a sua fina relação com objetivos, decisões e recursos, como é ilustrado na Figura 2.1. Conforme

Leia mais

TGS TEORIA GERAL DE SISTEMAS 17/09/2015 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA

TGS TEORIA GERAL DE SISTEMAS 17/09/2015 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO SISTEMA TEORIA GERAL DE SISTEMAS TGS Fundamentos Prof. Reginaldo Brito Egípcios e Babilônios (3000 a. C) Jacó e Labão (4000 a.c.) Frederick Taylor (1856-1915) 1890 - Modelo de Administração científica (taylorismo)

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: PSICOLOGIA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA NOME: PSICOLOGIA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA CÓDIGO: IH

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias FACULDADE GOVERNADOR OZANAM COELHO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PESSOAS INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias ALINE GUIDUCCI UBÁ MINAS GERAIS 2009 ALINE GUIDUCCI INTRODUÇÃO À GESTÃO DE

Leia mais

A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas

A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas A Dimensão RH e sua Otimização no Relacionamento das Condições de Trabalho na Câmara Municipal de Cascais Ana Maria Canas 20 de Março de 2015 Auditório da Casa das Histórias da Paula Rego GESTÃO DE RECURSOS

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA PLANO DE ENSINO 2013 2º SEMESTRE DE 2013 3252 ADMINISTRAÇÃO GERAL

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA PLANO DE ENSINO 2013 2º SEMESTRE DE 2013 3252 ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA 1 ANO PLANO DE ENSINO 2013 2º SEMESTRE DE 2013 DEPARTAMENTO 32 AGRONEGÓCIO DISCIPLINA 3252 ADMINISTRAÇÃO GERAL PROFESSOR RESPONSÁVEL 0019036 MOACIR JOSÉ BERTACI

Leia mais

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático

FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA. Conteúdo Programático FAR - FACULDADE ALMEIDA RODRIGUES PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU CURSO GESTÃO DE PESSOAS EMENTA Conteúdo Programático Módulo I 1) Teoria das Organizações Imagens das Organizações como Paradigmas Científicos

Leia mais

FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO. Praia, 20 Outubro 2015. Organização da Apresentação. Formação Profissional como fator estratégico;

FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO. Praia, 20 Outubro 2015. Organização da Apresentação. Formação Profissional como fator estratégico; 1 Apresentação 2ª edição EXPO RH FORMAÇÃO PROFISSIONAL COMO FATOR ESTRATÉGICO Praia, 20 Outubro 2015 Vargas Melo Presidente do Conselho de Administração Organização da Apresentação Enquadramento; Formação

Leia mais

Áreas de actuação: Recursos Humanos Recrutamento & Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria RH Consultoria Estratégica Planeamento Estratégico (Económico/

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 HUMAN RESOURCES Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

ÍNDICE ÍNDICE DE FIGURAS E QUADROS 15. 1. Contextualização: um fenómeno da sociedade em mutação 19. 2. Enunciação do problema 21

ÍNDICE ÍNDICE DE FIGURAS E QUADROS 15. 1. Contextualização: um fenómeno da sociedade em mutação 19. 2. Enunciação do problema 21 INTRODUÇÃO 7 ÍNDICE ÍNDICE DE FIGURAS E QUADROS 15 PREFÁCIO 17 INTRODUÇÃO 19 1. Contextualização: um fenómeno da sociedade em mutação 19 2. Enunciação do problema 21 3. Questionar as dúvidas 23 4. Sistematização

Leia mais

PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO

PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO APRESENTAÇÃO PSICOSSOCIOLOGIA DO TRABALHO O QUE SE ESTUDA? O impacto que as variáveis: Individuais (Micro); De grupo (Meso); e Organizacionais (Macro); têm sobre o comportamento dentro das organizações

Leia mais

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues.

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Ao longo da historia da Administração, desde seus primórdios, a partir dos trabalhos de Taylor e Fayol, muito se pensou em termos

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2013.1 Atualizado em 7 de agosto BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 350-GR/UNICENTRO, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013. Aprova, ad referendum do CEPE, o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Organizações, modalidade regular, a ser ministrado no

Leia mais

Trabalho Temporário. Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008

Trabalho Temporário. Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008 Trabalho Temporário Uma Soluçao Provisória ou Uma Escolha com Futuro? Marisa Assunção Novembro/2008 Enquadramento Histórico O Trabalho Temporário é praticado na vida empresarial portuguesa desde os princípios

Leia mais

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS

POWER-RH. organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS POWER-RH Gestão estratégica a de mudança organizacional e individual - OS NOSSOS SERVIÇOS PARA EMPRESAS - A Power-rh Somos peritos em gestão estratégica de mudança organizacional e desenvolvimento humano.

Leia mais

O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23

O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23 INTRODUÇÃO 5 ÍNDICE PREFÁCIO Carlos Zorrinho 11 PREFÁCIO Jorge Rocha de Matos 15 INTRODUÇÃO 17 CAPÍTULO 1 O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23 CAPÍTULO

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Recursos Humanos

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Recursos Humanos Habilitação: Recursos Humanos Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Recursos Humanos Aplicativos

Leia mais

SEMINÁRIO «ESTRATÉGIA, CONHECIMENTO E PESSOAS»

SEMINÁRIO «ESTRATÉGIA, CONHECIMENTO E PESSOAS» T TätÄ t ûé wx WxáxÅÑxÇ{É ÇÉá [ÉáÑ àt á XcX Coimbra, Fevereiro de 2011 COMO SURGEM OS HOSPITAIS EPE A reforma da gestão das organizações hospitalares verificou-se em finais do século XX e início do século

Leia mais

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1 r Indice Introdução.......................................... 1 Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos 1- Características da Gestão de Projectos 11 1.1 Definição de Projecto 11 1.2 Projectos e Estratégia

Leia mais

FACILITIES MANAGEMENT

FACILITIES MANAGEMENT MINI MBA Potencialize a sua qualificação profissional Incremente a eficácia e rentabilidade da sua unidade de trabalho Eficiência operacional e redução de custos em FACILITIES MANAGEMENT Mini MBA Mais

Leia mais

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho A ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA ESTRATÉGICA MISSÃO Impacto: 1. Organizacional 2. Ação de Mudança Nenhum Positivo Negativo OBJETIVOS

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

DELPHI - RH 2010. Tendências em Gestão de Pessoas. Versão 2004. Prof. Dr. André Luiz Fischer

DELPHI - RH 2010. Tendências em Gestão de Pessoas. Versão 2004. Prof. Dr. André Luiz Fischer Versão 2004 Prof. Dr. André Luiz Fischer OBJETIVO Detectar tendências de mudança no Modelo de Gestão de Pessoas das Empresas Brasileiras HISTÓRICO NO MUNDO E EVOLUÇÃO DA TEORIA TEORIAS 1920 1950 1970/90

Leia mais

Federação Nacional de Karate - Portugal. Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos

Federação Nacional de Karate - Portugal. Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos Federação Nacional de Karate - Portugal Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos Índice Fórum de Formadores 2013 Introdução Diferentes influências e realidades Pessoal qualificado e Especializado em Serviços

Leia mais

Gestão Estratégica, Diferenciação e Competências Organizacionais

Gestão Estratégica, Diferenciação e Competências Organizacionais Gestão Estratégica, Diferenciação e Competências Organizacionais Prof. Fabio Martins A única vantagem competitiva das empresas no futuro será o talento de seus gestores em aprender mais rápido que seus

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

Planeamento Serviços Saúde

Planeamento Serviços Saúde Planeamento Serviços Saúde Estrutura Organizacional João Couto Departamento de Economia e Gestão Universidade dos Açores Estrutura Organizacional É o sistema de organização de tarefas onde se estabelecem

Leia mais

XI Mestrado em Gestão do Desporto

XI Mestrado em Gestão do Desporto 2 7 Recursos Humanos XI Mestrado em Gestão do Desporto Gestão das Organizações Desportivas Módulo de Gestão de Recursos Rui Claudino FEVEREIRO, 28 2 8 INDÍCE DOCUMENTO ORIENTADOR Âmbito Objectivos Organização

Leia mais

MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES

MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES MESTRADO EM ECONOMIA PORTUGUESA E INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL UNIDADES CURRICULARES OBRIGATÓRIAS PROGRAMAS DAS UNIDADES CURRICULARES Análise de Informação Económica para a Economia Portuguesa 1. Identificação

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 42-CEPE/UNICENTRO, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012. Aprova o Curso de Especialização MBA em Gestão Estratégica de Organizações, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa Cruz, da UNICENTRO.

Leia mais

SUSTENTAÇÃO DO EMPREGO EM PERÍODOS DE CRISE

SUSTENTAÇÃO DO EMPREGO EM PERÍODOS DE CRISE SUSTENTAÇÃO DO EMPREGO EM PERÍODOS DE CRISE - Boas Práticas Empresariais - 14 de Junho de 2010 Objectivos 1. Identificar boas práticas nacionais Sustentação do emprego Manutenção da competitividade 2.

Leia mais

Gestão Empresarial. Um Pouco de História... Administração Científica. Aula 2. Comércio Exterior. Frederick Taylor (1856-1915) Tarefa

Gestão Empresarial. Um Pouco de História... Administração Científica. Aula 2. Comércio Exterior. Frederick Taylor (1856-1915) Tarefa Gestão Empresarial Um Pouco de História... Aula 2 Prof. Elton Ivan Schneider tutoriacomercioexterior@grupouninter.com.br Comércio Exterior Administração Pré-Científica Administração Científica Maior interesse

Leia mais

Planeamento Serviços Saúde

Planeamento Serviços Saúde Planeamento Serviços Saúde Estrutura Organizacional João Couto Departamento de Economia e Gestão Universidade dos Açores Objectivos Definição de estrutura organizacional. Descrever a configuração e as

Leia mais

Recursos Humanos e Qualidade

Recursos Humanos e Qualidade K Recursos Humanos e Qualidade na Gestão das Organizações do 3.º Sector S. Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009 S. l Brás de Alportel, 11 de Dezembro de 2009_Isaque Dias O que é que fazem as Organizações

Leia mais

A importância do RH estratégico para as empresas familiares. Sheila Madrid Saad

A importância do RH estratégico para as empresas familiares. Sheila Madrid Saad A importância do RH estratégico para as empresas familiares Sheila Madrid Saad Anos 30... Pagadoria Registros e controles Enfoque jurídico FOCO NA MANUTENÇÃO DA LEGALIDADE Anos 50... Pagadoria Registros

Leia mais

Como atrair e reter talentos

Como atrair e reter talentos Como atrair e reter talentos na Panificação PORQUE A DISCUSSÃO DE TALENTOS É IMPORTANTE PARA ORGANIZAÇÕES COMPETITIVAS? Em toda a história do mundo empresarial, nunca houve tanta preocupação e cuidados

Leia mais

A 376394. PORTUGAL: As Relações Ibéricas no Âmbito da Globalização e Liberalização dos Mercados

A 376394. PORTUGAL: As Relações Ibéricas no Âmbito da Globalização e Liberalização dos Mercados A 376394 PORTUGAL: As Relações Ibéricas no Âmbito da Globalização e Liberalização dos Mercados ÍNDICE NOTA DE ENQUADRAMENTO 9 PREFÁCIO 11 INTRODUÇÃO A A escolha do tema 17 B - Objectivos e metodologia

Leia mais

Módulo 11 Socialização organizacional

Módulo 11 Socialização organizacional Módulo 11 Socialização organizacional O subsistema de aplicação de recursos humanos está relacionado ao desempenho eficaz das pessoas na execução de suas atividades e, por conseguinte, na contribuição

Leia mais

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico APLOG Centro do Conhecimento Logístico Avaliação de Investimentos Logísticos e Outsourcing Logístico Guilherme Loureiro Cadeia de Abastecimento- Integração dos processos de gestão Operador Logístico vs

Leia mais

CCCS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR (UC) INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS 2013/2014 7,5 ECTS

CCCS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR (UC) INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS 2013/2014 7,5 ECTS CCCS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR (UC) INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS 2013/2014 7,5 ECTS A UC Introdução às Ciências Empresariais visa transmitir uma perspetiva científica, sociocultural e ética

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

11/05/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2.

11/05/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Dinâmica nas Organizações Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2.10 2 ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO DA TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO SUPERIOR 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) Atualizado em 15 de janeiro de 2015 pela 2015 Assessoria

Leia mais

Comportamento Organizacional

Comportamento Organizacional Instituto Superior de Economia e Gestão Comportamento Organizacional M.B.A. Maria Eduarda Soares Tema 1 - Conceito e Âmbito do Comportamento Organizacional Definição de comportamento organizacional. Objectivos

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Estratégica de Esportes

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Estratégica de Esportes CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Estratégica de Esportes Coordenação Acadêmica: Ana Ligia Nunes Finamor CÓDIGO: 1 OBJETIVO Desenvolver visão estratégica, possibilitando ao

Leia mais

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004)

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) por Mónica Montenegro, Coordenadora da área de Recursos Humanos do MBA em Hotelaria e

Leia mais

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004) por António Jorge Costa, Presidente do Instituto de Planeamento

Leia mais

Pré-requisitos: Ter cursado a disciplina Administração I.

Pré-requisitos: Ter cursado a disciplina Administração I. Nome do centro: 1. Identificação Nome do curso: Ciências da Computação Nome e cód. Disciplina: Administração II Número de créditos: 04 Carga horária teórica: 32 h Carga horária prática: 28 h Carga horária

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 1-CEPE/UNICENTRO, DE 27 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO.

Leia mais

WePeopleValueYourPeople

WePeopleValueYourPeople WePeopleValueYourPeople e info@peoplevalue.com.pt w www.peoplevalue.com.pt Actualizado em 2010Jan14 quem somos? Somos a consultora sua parceira focada nas Pessoas e na sua valorização. Através da especialização

Leia mais

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Formação Intra-Empresa FORMAÇÃO TÉCNICA ESTRUTURANTE EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Desenvolvimento de competências técnicas PROGRAMA MODULAR 2010/2011 1 OBJECTIVOS GERAIS Esta acção estruturante pretende

Leia mais

20/04/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2.

20/04/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Dinâmica nas Organizações. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 2. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Dinâmica nas Organizações Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2.1 2 ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO DA TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico PLANO DE ENSINO FACITEC Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas Teorias de Administração IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico Credenciada pelas Portarias MEC 292, de 15.02.2001

Leia mais

Atração e Retenção de Talentos

Atração e Retenção de Talentos Atração e Retenção de Talentos A PRHADO é uma consultoria em Recursos Humanos fundada em 2009, voltada a soluções empresariais atuando nos processos de contratação, capacitação, desenvolvimento e reconhecimento

Leia mais

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas As pessoas devem ser tratadas como parceiros da organização. ( Como é isso?) Reconhecer o mais importante aporte para as organizações: A INTELIGÊNCIA. Pessoas:

Leia mais