8º ANO Segmentos de reta incomensuráveis. Pontos irracionais da reta numérica. Nuno Marreiros Comensurável VS Incomensurável

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "8º ANO Segmentos de reta incomensuráveis. Pontos irracionais da reta numérica. Nuno Marreiros Comensurável VS Incomensurável"

Transcrição

1 NÚMEROS REAIS 8º ANO Segmentos de reta incomensuráveis. Pontos irracionais da reta numérica. Nuno Marreiros Comensurável VS Incomensurável A medida pode ser comparada com um padrão. A medida não pode ser comparada com um padrão. 1

2 Comensurável VS Incomensurável Quando se mede algum objeto estamos, na realizada, a fazer uma comparação relativamente a uma unidade padrão. Sabemos, por exemplo, que: 1 km = 1000 m 1 m = 100 cm 1 cm = 10 mm 1 in = 2,54 cm (1 polegada = 2,54 centímetros) Comensurável VS Incomensurável Já não se consegue comparar o seguinte: «a distância de 2km e volume de 500m³» uma vez que não é possível traduzir a distância (grandeza linear) e o volume (grandeza tridimensional) na mesma unidade de medida. 2

3 Segmentos de reta incomensuráveis Muitos conceitos matemáticos são aplicados e entendidos de forma incorreta no nosso dia a dia. A comensurabilidade é um destes. Geralmente associamos a palavra incomensurável a algo muito grande, que não pode ser contado/medido. Segmentos de reta incomensuráveis É comum ouvirmos frases do tipo: O Universo tem um número incomensurável de estrelas. Fomos fazer um piquenique no campo, mas um número incomensurável de formigas atacou a comida. Nestas duas frases, a palavra incomensurável passa a ideia de uma quantidade tão grande que não podemos contar. Esta interpretação, no entanto, está matematicamente incorreta. Para este tipo de afirmações deveríamos ter usado a palavra imensurável: que não se pode medir: "a imensurável extensão do universo", ou ainda, que está além do cálculo e da medida (incomputável, incalculável, inestimável...): "imensurável riqueza". 3

4 Segmentos de reta incomensuráveis Nada pode ser incomensurável sozinho: algo só pode ser (in)comensurável em relação a outra coisa! Tem de existir uma referência, uma unidade, um termo de comparação Definimos que dois segmentos de reta, [AB] e [CD], só serão comensuráveis, em relação a uma medida padrão, se existirem dois números naturais, m e n, tal que, m AB n CD Por exemplo: 3 AB 1 CD Segmentos de reta incomensuráveis Assim sendo, um segmento [AB] é dito comensurável com a unidade dada pelo segmento [CD], quando existe uma subunidade de medida que cabe um número inteiro de vezes em [AB] e em [CD]. Dois quaisquer segmentos [AB] e [CD] são incomensurável quando nenhuma unidade de medida cabe um número exato de vezes em [AB] e em [CD]. 4

5 Dos segmentos de reta incomensuráveis aos números irracionais A descoberta dos segmentos incomensuráveis com o segmento unitário causou uma enorme crise na Matemática do mundo antigo. Até então, os matemáticos gregos acreditavam que todos os segmentos eram comensuráveis com a unidade. Por volta de 450 a.c. descobriram que a diagonal de um quadrado de lado unitário não é comensurável à medida do lado pois, se fosse, deveria haver um número racional igual à raiz quadrada de 2, o que é um absurdo (não existe)! Não existe nenhum número natural de tal modo que: m 1 n 2 Dos segmentos de reta incomensuráveis aos números irracionais Esta descoberta levou, também, a uma crise filosófica, pois a escola Pitagórica acreditava que as leis do Universo eram regidas por leis matemáticas expressas como razões de números naturais. Assim, a solução da crise foi a descoberta dos números irracionais, simbolizando um grande passo para o desenvolvimento da Matemática. 5

6 Pontos irracionais da reta numérica Vamos representar, sobre a reta numérica, um quadrado de lado 1 e a respetiva diagonal. Com um compasso, marcamos o ponto A na reta numérica, tal que a distância de O a A é igual ao comprimento da diagonal do quadrado. O quadrado fica decomposto pela diagonal em dois triângulos retângulos isósceles, em que a hipotenusa e cada um dos catetos não são comensuráveis. Pontos irracionais da reta numérica Como os catetos têm comprimento igual a 1 (e, portanto, racional), não existe nenhum número racional que represente o comprimento da diagonal, e, portanto, OA. Assim... Não existe nenhum número racional que corresponda ao ponto A da reta numérica. Os pontos com esta propriedade designam-se por pontos irracionais. 6

7 Aplica Solução: Páginas Exercícios 7

8 Será racional? 8

NÚMEROS REAIS E MEDIDAS. Nos módulos anteriores, construímos dois conjuntos numéricos:

NÚMEROS REAIS E MEDIDAS. Nos módulos anteriores, construímos dois conjuntos numéricos: NÚMEROS REAIS E MEDIDAS Recapitulando Nos módulos anteriores, construímos dois conjuntos numéricos: 1) Conjunto dos inteiros {0,1,2,3...} m 2) Conjunto dos racionais: { / m,n são inteiros e n 0} n No módulo

Leia mais

OFICINA 14 DESCOBRINDO E CONSTRUINDO NÚMEROS IRRACIONAIS

OFICINA 14 DESCOBRINDO E CONSTRUINDO NÚMEROS IRRACIONAIS OFICINA 4 DESCOBRINDO E CONSTRUINDO NÚMEROS IRRACIONAIS Profª Dra. Virgínia Cardia Cardoso I PROBLEMAS. Uma estrada é muito perigosa, com muitos acidentes. Existem dois trechos retilíneos onde resolveram

Leia mais

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano

7º Ano. Planificação Matemática 2014/2015. Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano 7º Ano Planificação Matemática 2014/2015 Escola Básica Integrada de Fragoso 7º Ano Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números e Operações Números racionais - Simétrico da soma e da diferença

Leia mais

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano

7.º Ano. Planificação Matemática 2016/2017. Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano 7.º Ano Planificação Matemática 201/2017 Escola Básica Integrada de Fragoso 7.º Ano Geometria e medida Números e Operações Domínio Subdomínio Conteúdos Objetivos gerais / Metas Números racionais - Simétrico

Leia mais

CANDIDATO: DATA: 20 / 01 / 2010

CANDIDATO: DATA: 20 / 01 / 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - SEaD Universidade Aberta do Brasil UAB LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS CANDIDATO: DATA: 0 / 0

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA:

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Números e

Leia mais

MA11 - Unidade 3 A Reta Real Semana de 11/04 a 17/04

MA11 - Unidade 3 A Reta Real Semana de 11/04 a 17/04 MA11 - Unidade 3 A Reta Real Semana de 11/04 a 17/04 Nos dois capítulos anteriores, foram introduzidos os números naturais e foi mostrado como eles são empregados na operação de contagem. Veremos agora

Leia mais

Planificação Anual GR Disciplina Matemática 7.ºAno

Planificação Anual GR Disciplina Matemática 7.ºAno Planificação Anual GR 500 - Disciplina Matemática 7.ºAno Período letivo Conteúdos Objetivos Metas/descritores Recursos didáticos Avaliação Nº de tempos de 45 minutos Unidade- Números racionais 1º Adição

Leia mais

Matemática. Geometria plana

Matemática. Geometria plana Matemática Geometria plana 01.Os valores que podem representar os lados de um triângulo obtusângulo são a) 1 cm, 2 cm e 3 cm. b) 2 cm, 3 cm e 4 cm. c) 3 cm, 4 cm e 5 cm. d) 4 cm, 5 cm e 6 cm. e) 5 cm,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA - 7.º ANO DE MATEMÁTICA - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de multiplicar e dividir números racionais relativos. No domínio da Geometria e Medida,

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE MATEMÁTICA 7.º ANO DE MATEMÁTICA 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Números e Operações, o aluno deve ser capaz de multiplicar e dividir números racionais relativos. No domínio da Geometria e Medida,

Leia mais

2 Uma caixa d'água cúbica, de volume máximo, deve ser colocada entre o telhado e a laje de uma casa, conforme mostra a figura ao lado.

2 Uma caixa d'água cúbica, de volume máximo, deve ser colocada entre o telhado e a laje de uma casa, conforme mostra a figura ao lado. MATEMÁTICA Uma pessoa possui a quantia de R$7.560,00 para comprar um terreno, cujo preço é de R$5,00 por metro quadrado. Considerando que os custos para obter a documentação do imóvel oneram o comprador

Leia mais

Pontos correspondentes: A e D, B e E, C e F; Segmentos correspondentes: AB e DE, BC e EF, AC e DF.

Pontos correspondentes: A e D, B e E, C e F; Segmentos correspondentes: AB e DE, BC e EF, AC e DF. Teorema de Tales O Teorema de Tales possui diversas aplicações no cotidiano, que devem ser demonstradas a fim de verificar sua importância. O Teorema diz que retas paralelas, cortadas por transversais,

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE - 97 / a QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA

CONCURSO DE ADMISSÃO AO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE - 97 / a QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA 11 1 a QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA ESCOLHA A ÚNICA RESPOSTA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES ABAIXO. 0 Item 01. O valor de 45 é a. ( ) 1 b. ( 1 ) c. ( ) 5 d. ( 1 ) 5 e. ( ) Item 0. Num Colégio, existem

Leia mais

Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17)

Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17) Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17) Lista 1 - Bases Matemáticas Elementos de Lógica e Linguagem Matemática 1

Leia mais

Complemento Matemático 03 Ciências da Natureza I TEOREMA DE PITÁGORAS Física - Ensino Médio Material do aluno

Complemento Matemático 03 Ciências da Natureza I TEOREMA DE PITÁGORAS Física - Ensino Médio Material do aluno 01. Para essa atividade sugerimos inicialmente que você observe a ilustração abaio e responda aos questionamentos: 1 cm 1 cm a. Calcule a área dos dois quadrados menores que estão em destaque: b. Some

Leia mais

01- Assunto: Equação do 2º grau. Se do quadrado de um número real positivo x subtrairmos 4 unidades, vamos obter o número 140. Qual é o número x?

01- Assunto: Equação do 2º grau. Se do quadrado de um número real positivo x subtrairmos 4 unidades, vamos obter o número 140. Qual é o número x? EXERCÍCIO COMPLEMENTARES - MATEMÁTICA - 9º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - ª ETAPA ============================================================================================== 01- Assunto: Equação do º grau.

Leia mais

1 Conjunto dos números naturais N

1 Conjunto dos números naturais N Conjuntos numéricos Os primeiros números concebidos pela humanidade surgiram da necessidade de contar objetos. Porém, outras necessidades, práticas ou teóricas, provocaram a criação de outros tipos de

Leia mais

Geometria e Medida: Figuras Geométricas

Geometria e Medida: Figuras Geométricas ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática (7º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 2º Período Metas / Objetivos Conceitos / Conteúdos Aulas Previstas Geometria

Leia mais

1. Um exemplo de número irracional é (A) 4, (B) 4, (C) 4, (D) 3,42 4,

1. Um exemplo de número irracional é (A) 4, (B) 4, (C) 4, (D) 3,42 4, 1. Um exemplo de número irracional é (A) 4,2424242... (B) 4,2426406... (C) 4,2323... (D) 3,42 4,2426406... Solução: Número irracional é o número decimal infinito e não periódico. (A) A parte decimal é

Leia mais

Aula 11 Conseqüências da semelhança de

Aula 11 Conseqüências da semelhança de onseqüências da semelhança de triângulos MÓULO 1 - UL 11 ula 11 onseqüências da semelhança de triângulos Objetivos presentar o Teorema de Pitágoras presentar o teorema da bissetriz interna. O Teorema de

Leia mais

Palavras-chave: História da Matemática; Números irracionais; Incomensurabilidade de segmentos.

Palavras-chave: História da Matemática; Números irracionais; Incomensurabilidade de segmentos. UMA INTERPRETAÇÃO GEOMÉTRICA DOS NÚMEROS IRRACIONAIS POR MEIO DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA Débora Cristina Tamagnoni 1 Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Cornélio Procópio deboratamagnoni@alunos.utfpr.edu.br

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 7º ANO LETIVO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: Multiplicar e dividir

Leia mais

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P.

3) O ponto P(a, 2) é equidistante dos pontos A(3, 1) e B(2, 4). Calcular a abscissa a do ponto P. Universidade Federal de Pelotas Cálculo com Geometria Analítica I Prof a : Msc. Merhy Heli Rodrigues Lista 2: Plano cartesiano, sistema de coordenadas: pontos e retas. 1) Represente no plano cartesiano

Leia mais

Conceitos básicos de Geometria:

Conceitos básicos de Geometria: Conceitos básicos de Geometria: Os conceitos de ponto, reta e plano não são definidos. Compreendemos estes conceitos a partir de um entendimento comum utilizado cotidianamente dentro e fora do ambiente

Leia mais

Lista 3. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante.

Lista 3. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante. MA13 Exercícios das Unidades 4 e 5 2014 Lista 3 Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 2.5, pág. 81 em diante. 1) Seja ABCD um quadrilátero qualquer. Prove que os pontos médios

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web POLÍGONOS REGULARES 1. No estudo da distribuição de torres em uma rede de telefonia celular, é comum se encontrar um modelo no qual as torres de transmissão estão localizadas nos centros de hexágonos regulares,

Leia mais

Ficha Formativa de Matemática 7º Ano Tema 5 Figuras Geométricas

Ficha Formativa de Matemática 7º Ano Tema 5 Figuras Geométricas 1. Observa as linhas seguintes. 1.1. Identifica: a) as linhas poligonais; b) as linhas poligonais simples; c) as linhas poligonais fechadas. 1.2. Das linhas poligonais, identifica as que definem: a) polígonos

Leia mais

RPM 05 - Grandezas incomensuráveis e números irracionais. Geraldo Ávila Departamento de Matemática Universidade de Brasília Brasília - DF

RPM 05 - Grandezas incomensuráveis e números irracionais. Geraldo Ávila Departamento de Matemática Universidade de Brasília Brasília - DF Página 1 de 6 Olhando Mais de Cima Grandezas incomensuráveis e números irracionais Geraldo Ávila Departamento de Matemática Universidade de Brasília 70910 Brasília - DF Existem, em Matemática, conceitos

Leia mais

Números irracionais. Dinâmica 3. 1ª Série 1º Bimestre DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO

Números irracionais. Dinâmica 3. 1ª Série 1º Bimestre DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Reforço escolar M ate mática Números irracionais Dinâmica 3 1ª Série 1º Bimestre DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Matemática 1ª do Ensino Médio Numérico Aritmético Números Irracionais Aluno Primeira Etapa

Leia mais

MATEMÁTICA - 7.º Ano. Ana Soares ) Catarina Coimbra ) NÚMEROS RACIONAIS

MATEMÁTICA - 7.º Ano. Ana Soares ) Catarina Coimbra ) NÚMEROS RACIONAIS Salesianos de Mogofores - 2016/2017 MATEMÁTICA - 7.º Ano Ana Soares (ana.soares@mogofores.salesianos.pt ) Catarina Coimbra (catarina.coimbra@mogofores.salesianos.pt ) Rota de aprendizage m por Projetos

Leia mais

Suficiente (50% 69%) Bom (70% 89%) O Encarregado de Educação:

Suficiente (50% 69%) Bom (70% 89%) O Encarregado de Educação: Escola E.B. 2,3 Eng. Nuno Mergulhão Portimão Ano Letivo 2012/2013 Teste de Avaliação Escrita de Matemática 9.º ano de escolaridade Duração do Teste: 90 minutos 19 de fevereiro de 2013 Nome: N.º Turma:

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2015-2016 Matemática METAS CURRICULARES

Leia mais

Razões Trigonométricas

Razões Trigonométricas Curso Preparatório - PROFMAT 2014 Germán Ignacio Gomero Ferrer gigferrer@uesc.br 13 de Agosto de 2013 Problema 13 (The New York City Contest - Outono 1983) No triângulo ABC, sin 2 A + sin 2 B = 1. Encontre

Leia mais

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula de junho de Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula de junho de Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Pré-Cálculo Humberto José Bortolossi Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Aula 12 06 de junho de 2011 Aula 12 Pré-Cálculo 1 A função afim A função afim Uma função f : R R

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Lista de Exercícios - 9º ano - Matemática - 3º trimestre Aluno: Série: Turma: Data:

Questão 1. Questão 2. Lista de Exercícios - 9º ano - Matemática - 3º trimestre Aluno: Série: Turma: Data: Lista de Exercícios - 9º ano - Matemática - 3º trimestre Aluno: Série: Turma: Data: Questão 1 Demonstre que, em um triângulo equilátero de lado l, a área é dada por. Questão 2 Faça o que se pede nos itens

Leia mais

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula de maio de Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense

Pré-Cálculo. Humberto José Bortolossi. Aula de maio de Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Pré-Cálculo Humberto José Bortolossi Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense Aula 12 11 de maio de 2010 Aula 12 Pré-Cálculo 1 A função afim A função afim Uma função f : R R

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS P4 3º BIM 2015 POTÊNCIAS PARTE 1. 1) Calcule: a) b) c) d) 2) (PUC-SP) Calcule: a) 2 4. b) 4 2 d) 3) (FUVEST SP) Qual a metade de

LISTA DE EXERCÍCIOS P4 3º BIM 2015 POTÊNCIAS PARTE 1. 1) Calcule: a) b) c) d) 2) (PUC-SP) Calcule: a) 2 4. b) 4 2 d) 3) (FUVEST SP) Qual a metade de LISTA DE EXERCÍCIOS P4 º BIM 0 PARTE POTÊNCIAS ) Calcule: a) 0, b) 0, c) 0, d),4 e), f) 8 8, ) (PUC-SP) Calcule: a) 4 c) 4 e) 4 b) 4 d) 4 f) 4 ) (FUVEST SP) Qual a metade de 4) Calcule: a) 0 b)? ) Calcule

Leia mais

Sarah Lima Douglas Frederico Guimarães Santiago Raquel Anna Sapunaru Paloma Paranhos Amanda Lélis Arthur Claudino Bruno Alves João Vitor Rodrigo

Sarah Lima Douglas Frederico Guimarães Santiago Raquel Anna Sapunaru Paloma Paranhos Amanda Lélis Arthur Claudino Bruno Alves João Vitor Rodrigo Sarah Lima Douglas Frederico Guimarães Santiago Raquel Anna Sapunaru Paloma Paranhos Amanda Lélis Arthur Claudino Bruno Alves João Vitor Rodrigo Barros Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e

Leia mais

ALGUNS ASPECTOS HISTÓRICOS DA EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE NÚMERO REAL 1 SOME HISTORIC ASPECTS OF THE EVOLUTION OF THE CONCEPT OF REAL NUMBER

ALGUNS ASPECTOS HISTÓRICOS DA EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE NÚMERO REAL 1 SOME HISTORIC ASPECTS OF THE EVOLUTION OF THE CONCEPT OF REAL NUMBER Disc. Scientia. Série: Naturais e Tecnológicas, S. Maria, v. 5, n. 1, p. 127-137, 2004. 127 ISSN 1519-0625 ALGUNS ASPECTOS HISTÓRICOS DA EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE NÚMERO REAL 1 SOME HISTORIC ASPECTS OF THE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE AGRONOMIA LISTA EXERCÍCIOS CONVERSÃO MÉTRICA, ESCALA E COTAS Disciplina: Desenho Técnico Código: AGR069/AGR012

Leia mais

REVISÃO 9º ANO - MATEMÁTICA MATEMÁTICA - PROF: JOICE

REVISÃO 9º ANO - MATEMÁTICA MATEMÁTICA - PROF: JOICE MATEMÁTICA - PROF: JOICE 1- Resolva, em R, as equações do º grau: 7x 11x = 0. x² - 1 = 0 x² - 5x + 6 = 0 - A equação do º grau x² kx + 9 = 0, assume as seguintes condições de existência dependendo do valor

Leia mais

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são:

TRIÂNGULO RETÂNGULO. Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: TRIÂNGULO RETÂNGULO Triângulo retângulo é todo triângulo que tem um ângulo reto. O triângulo ABC é retângulo em A e seus elementos são: a: hipotenusa b e c: catetos h: altura relativa a hipotenusa m e

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROVA DE MATEMÁTICA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEP DEPA COLÉGIO MILITAR DO RECIFE 1 DE OUTUBRO DE 006 Página 1 / 8 ITEM 01 Sendo E (3 11) 11 7, encontramos para E simplificada um valor igual a: A ( ) 7 11 B

Leia mais

DOS REAIS AOS DECIMAIS

DOS REAIS AOS DECIMAIS DOS REAIS AOS DECIMAIS Número é a sua representação Na sua origem, número é resultado dos processos de contagem ou de medida. Tais números precisam ter algum tipo de representação, para possibilitar as

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva Ano Letivo 2016/2017

Calendarização da Componente Letiva Ano Letivo 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANDRÉ SOARES (150952) Calendarização da Componente Letiva Ano Letivo 2016/2017 8º Ano Matemática Períodos 1º Período 2º Período 3º Período Número de aulas previstas (45 minutos)

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E TECNOLOGIAS ÁREA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL: ANO LETIVO 2013/2014 DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 7 º ANO CALENDARIZAÇÃO DO ANO LETIVO Período Início Fim Nº Semanas

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 9º ano 2º bim. Prof. Figo, Cebola, Sandra e Natália

LISTA DE EXERCÍCIOS 9º ano 2º bim. Prof. Figo, Cebola, Sandra e Natália 1. A idade de Paulo, em anos, é um número inteiro par que satisfaz a desigualdade x - x + 5 < 0. O número que representa a idade de Paulo pertence ao conjunto a) {1, 1, 14}. b) {15, 16, 17}. c) {18, 19,

Leia mais

Soluções Comentadas Matemática Curso Mentor Escola de Especialistas da Aeronáutica. Barbosa, L.S.

Soluções Comentadas Matemática Curso Mentor Escola de Especialistas da Aeronáutica. Barbosa, L.S. Soluções Comentadas Matemática Curso Mentor Escola de Especialistas da Aeronáutica Barbosa, L.S. leonardosantos.inf@gmail.com 4 de junho de 014 Sumário I Provas 5 1 Matemática 013 1 7 II Soluções 11 Matemática

Leia mais

Abril Educação Conjuntos numéricos Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Conjuntos numéricos Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Conjuntos numéricos Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Explique com as suas palavras por que zero é chamado de elemento neutro da adição. Questão 2 Qual é a única

Leia mais

dividendo e reconhecer que.

dividendo e reconhecer que. Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2016-2017 - Matemática METAS CURRICULARES

Leia mais

da população têm cabelos pretos e olhos castanhos e que a população que tem cabelos pretos é 10%

da população têm cabelos pretos e olhos castanhos e que a população que tem cabelos pretos é 10% 0 Três pessoas resolveram percorrer um trajeto da seguinte maneira: a primeira andaria a metade do percurso mais km, a segunda a metade do que falta mais km e finalmente a terceira que andaria a metade

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA - 7º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA - 7º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE MATEMÁTICA - 7º ANO 1º Período... 53 Ano Lectivo 17/ 18 PROGRESSÃO 2º Período... 40 Turma: A e C 7º Ano 3º Período... 30 Professor: João Constantino N.º aulas Proposta de Testes 1º

Leia mais

Geometria Plana - Aula 05

Geometria Plana - Aula 05 Geometria Plana - Aula 05 Elaine Pimentel Universidade Federal de Minas Gerais, Departamento de Matemática Geometria Plana Especialização 2008 - p. 1 Esquema da aula Quadrilátero - definição e. Quadriláteros

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PROJECTO CURRICULAR DE MATEMÁTICA - 7º ANO /2015

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PROJECTO CURRICULAR DE MATEMÁTICA - 7º ANO /2015 ESCOLA EB 23 LUÍS DE CAMÕES Departamento de Matemática e Ciências Experimentais PROJECTO CURRICULAR DE MATEMÁTICA - 7º ANO - 2014/2015 Domínio: Números e Operações Subdomínio Números racionais - Provar,

Leia mais

Aula do cap. 03 Vetores. Halliday

Aula do cap. 03 Vetores. Halliday ula do cap. 03 Vetores. Conteúdo: Grandezas Escalares e Vetoriais dição de Vetores Método do Paralelogramo Decomposição de Vetores Vetores Unitários e dição Vetorial. Produto Escalar Referência: Halliday,

Leia mais

Retângulo áureo e divisão áurea

Retângulo áureo e divisão áurea Retângulo áureo e divisão áurea Geraldo Ávila 1. O retângulo áureo Chama-se retângulo áureo qualquer retângulo ABCD (Figura 1) com a seguinte propriedade: se dele suprimirmos um quadrado, como ABFE, o

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professor (a): Rodrigo Gonçalves Borges 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professor (a): Rodrigo Gonçalves Borges 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS º ANO DO ENSINO MÉDIO - 013 Professor (a): Rodrigo Gonçalves Borges 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO QUESTÕES Conteúdos: - Matemática Financeira - Geometria Plana

Leia mais

Suficiente (50% 69%) Bom (70% 89%) O Encarregado de Educação:

Suficiente (50% 69%) Bom (70% 89%) O Encarregado de Educação: Escola E.B. 2,3 Eng. Nuno Mergulhão Portimão Ano Letivo 2012/2013 Teste de Avaliação Escrita de Matemática 9.º ano de escolaridade Duração do Teste: 90 minutos 25 de fevereiro de 2013 Nome: N.º Turma:

Leia mais

CM127 - Lista Mostre que os pontos médios de um triângulo isósceles formam um triângulo também isósceles.

CM127 - Lista Mostre que os pontos médios de um triângulo isósceles formam um triângulo também isósceles. CM127 - Lista 2 Congruência de Triângulos e Desigualdade Triangular 1. Faça todos os exercícios dados em aula. 2. Em um triângulo ABC a altura do vértice A é perpendicular ao lado BC e divide BC em dois

Leia mais

A respeito da soma dos ângulos internos e da soma dos ângulos externos de um quadrilátero, temos os seguintes resultados:

A respeito da soma dos ângulos internos e da soma dos ângulos externos de um quadrilátero, temos os seguintes resultados: Quadriláteros Nesta aula vamos estudar os quadriláteros e os seus elementos: lados, ângulos internos, ângulos externos, diagonais, etc. Além disso, vamos definir e observar algumas propriedades importantes

Leia mais

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula.

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula. CM127 - Lista 3 Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis 1. Faça todos os exercícios dados em aula. 2. Determine as medidas x e y dos ângulos dos triângulos nos itens abaixo 3. Dizemos que um triângulo

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira

Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira Agrupamento de Escolas de Águeda Escola Básica Fernando Caldeira Currículo da disciplina de Matemática - 7ºano Unidade 1 Números inteiros Propriedades da adição de números racionais Multiplicação de números

Leia mais

UNICAMP Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE

UNICAMP Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE www.elitecampinas.com.br Fone: (19) -71 O ELITE RESOLVE IME 004 PORTUGUÊS/INGLÊS Você na elite das universidades! UNICAMP 004 SEGUNDA FASE MATEMÁTICA www.elitecampinas.com.br Fone: (19) 51-101 O ELITE

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE. Professor: João Carmo INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Professor: João Carmo DEFINIÇÃO Triângulo ou trilátero é um polígono de três lados. Observações: a) O triângulo não possui diagonais;

Leia mais

3ª Igor/ Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade

3ª Igor/ Eduardo. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade Matemática 3ª Igor/ Eduardo 9º Ano E.F. Competência Objeto de aprendizagem Habilidade C3 - Espaço e forma Números racionais. Números irracionais. Números reais. Relações métricas nos triângulos retângulos.

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (1) 1087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): º Ano:C1 Nº Professora: Marcilene Siqueira Gama COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

Relações Trigonométricas nos Triângulos

Relações Trigonométricas nos Triângulos Relações Trigonométricas nos Triângulos Introdução - Triângulos Um triângulo é uma figura geométric a plana, constituída por três lados e três ângulos internos. Esses ângulos, tradicionalmente, são medidos

Leia mais

O CAMPO DOS NÚMEROS REAIS. Capítulos IV, V e VI do livro Conceitos fundamentais da Matemática Bento de Jesus Caraça

O CAMPO DOS NÚMEROS REAIS. Capítulos IV, V e VI do livro Conceitos fundamentais da Matemática Bento de Jesus Caraça O CAMPO DOS NÚMEROS REAIS Capítulos IV, V e VI do livro Conceitos fundamentais da Matemática Bento de Jesus Caraça Aula passada... Números Naturais: 1, 2, 3, Números Inteiros: 0, 1, 2, 3, Relações Biunívocas

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIÇÃO Á DOCENCIA PROJETO MATEMÁTICA 1 TRIGONOMETRIA

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIÇÃO Á DOCENCIA PROJETO MATEMÁTICA 1 TRIGONOMETRIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIÇÃO Á DOCENCIA PROJETO MATEMÁTICA 1 TRIGONOMETRIA Curitiba 2014 TÓPICOS DE GEOMETRIA PLANA Ângulos classificação: Ângulo reto: mede 90. Med(AôB) = 90 Ângulo agudo:

Leia mais

Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO

Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO Nome: nº Data: / / Professor Gustavo - Ensino Fundamental II - 8º ano FICHA DE ESTUDO 1) Na figura abaixo, C é ponto médio do segmento AB, e B é ponto médio do segmento CD. Se AB mede 12 cm, quanto mede

Leia mais

Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo

Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo Área: conceito e áreas do quadrado e do retângulo Dada uma figura no plano, vamos definir a área desta figuracomo o resultado da comparação da figura dada como uma certa unidade de medida. No caso do conceito

Leia mais

a média de gols da primeira rodada, M G a média de gols das duas primeiras rodadas e x o número de gols da segunda rodada, tem-se 15 + x 15 M G

a média de gols da primeira rodada, M G a média de gols das duas primeiras rodadas e x o número de gols da segunda rodada, tem-se 15 + x 15 M G MATEMÁTICA O número de gols marcados nos 6 jogos da primeira rodada de um campeonato de futebol foi 5,,,, 0 e. Na segunda rodada, serão realizados mais 5 jogos. Qual deve ser o número total de gols marcados

Leia mais

02 Do ponto P exterior a uma circunferência tiramos uma secante que corta a

02 Do ponto P exterior a uma circunferência tiramos uma secante que corta a 01 Em um triângulo AB AC 5 cm e BC cm. Tomando-se sobre AB e AC os pontos D e E, respectivamente, de maneira que DE seja paralela a BC e que o quadrilátero BCED seja circunscritível a um círculo, a distância

Leia mais

Disciplina: Matemática Professor (a): Rosângela Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2

Disciplina: Matemática Professor (a): Rosângela Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2012 Disciplina: Matemática Professor (a): Rosângela Ano: 8º Turma: 8.1 e 8.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM Disciplina: MaTeMÁTiCa

Nome: N.º: endereço: data: Telefone:   PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM Disciplina: MaTeMÁTiCa Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 204 Disciplina: MaTeMÁTiCa Prova: desafio nota: QUESTÃO 6 As trajetórias dos planetas em torno do Sol são elípticas. No

Leia mais

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m.

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m. Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m. Volumes e o Princípio de Cavalieri. Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Sul Campus Rio Grande CAPÍTULO 4 GEOMETRIA ANALÍTICA 4. Geometria Analítica 4.1. Introdução Geometria Analítica é a parte da Matemática,

Leia mais

Trabalho de Estudos Independentes de Matemática

Trabalho de Estudos Independentes de Matemática Trabalho de Estudos Independentes de Matemática ALUNO (A): Nº: SÉRIE: 8º TURMA: Professora: Marilia Henriques NÍVEL: Ensino fundamental DATA: / / VALOR 30 pontos NOTA: 1) Marque cada afirmação como verdadeira

Leia mais

Poeta Bernardo de Passos

Poeta Bernardo de Passos Escola Básica Poeta Bernardo de Passos Matemática 2015 / 2016 Planificação Anual 7º Ano Nº DE AULAS CONTEÚDOS Objetivos / Metas 25 1- Números Racionais Números primos e números compostos; Mínimo múltiplo

Leia mais

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015

Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-2015 Exercícios Extras-Relações Métricas no Triângulo Retângulo-Lei dos Cossenos e Senos- 1 s anos-015 1. (Ufsj 013) Um triângulo isósceles inscrito em um círculo de raio igual a 8 cm possui um lado que mede

Leia mais

Grandezas, unidades de medida e escalas

Grandezas, unidades de medida e escalas Grandezas, unidades de medida e escalas Introdução Aprendemos desde cedo a medir e comparar grandezas como comprimento; tempo; massa; temperatura; pressão e corrente elétrica. Atualmente, contamos com

Leia mais

ESCOLA EB 2,3 DR. ANTÓNIO CHORA BARROSO ANO LETIVO 2013/2014. Planificação a Longo Prazo. Matemática 7º ano

ESCOLA EB 2,3 DR. ANTÓNIO CHORA BARROSO ANO LETIVO 2013/2014. Planificação a Longo Prazo. Matemática 7º ano ESCOLA EB 2,3 DR. ANTÓNIO CHORA BARROSO ANO LETIVO 203/204 Planificação a Longo Prazo Matemática 7º ano Finalidades, organização temporal e avaliação Grupo Disciplinar 500 Departamento de Matemática e

Leia mais

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta. Resposta

Questão 2. Questão 1. Questão 3. Resposta. Resposta. Resposta ATENÇÃO: Escreva a resolução COMPLETA de cada questão no espaço a ela reservado. Não basta escrever apenas o resultado final: é necessário mostrar os cálculos ou o raciocínio utilizado. Questão Emumasalaháumalâmpada,umatelevisão

Leia mais

Lista de Estudo para a Prova de 1º Ano. Prof. Lafayette

Lista de Estudo para a Prova de 1º Ano. Prof. Lafayette Lista de Estudo para a Prova de 1º Ano Prof. Lafayette 1. Um triângulo ABC é retângulo em A e os ângulos em B e C são, respectivamente, de 30 e 60. A hipotenusa mede 4. a) Faça um desenho representativo.

Leia mais

Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria...

Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria... Relembrando: Ângulos, Triângulos e Trigonometria... Este texto é apenas um resumo. Procure estudar esses assuntos em um livro apropriado. Ângulo é a região de um plano delimitada pelo encontro de duas

Leia mais

Vamos conhecer mais sobre triângulos!

Vamos conhecer mais sobre triângulos! Vamos conhecer mais sobre triângulos! Aula 18 Ricardo Ferreira Paraizo e-tec Brasil Matemática Instrumental Fonte: http://cache0.stormap.sapo.pt/fotostore0/fotos//f1/87/c6/06166_dfcbk.png Meta Apresentar

Leia mais

NOTAÇÕES. : inversa da matriz M : produto das matrizes M e N : segmento de reta de extremidades nos pontos A e B

NOTAÇÕES. : inversa da matriz M : produto das matrizes M e N : segmento de reta de extremidades nos pontos A e B NOTAÇÕES R C : conjunto dos números reais : conjunto dos números complexos i : unidade imaginária i = 1 det M : determinante da matriz M M 1 MN AB : inversa da matriz M : produto das matrizes M e N : segmento

Leia mais

GGM Geometria Básica - UFF Lista 4 Profa. Lhaylla Crissaff. 1. Encontre a área de um losango qualquer em função de suas diagonais. = k 2.

GGM Geometria Básica - UFF Lista 4 Profa. Lhaylla Crissaff. 1. Encontre a área de um losango qualquer em função de suas diagonais. = k 2. 1. Encontre a área de um losango qualquer em função de suas diagonais. 2. Se dois triângulos ABC e DEF são semelhantes com razão de semelhança k, mostre que A ABC A DEF = k 2. 3. Na figura 1, ABCD e EF

Leia mais

1.1. Conhecer e aplicar propriedades dos números primos.

1.1. Conhecer e aplicar propriedades dos números primos. Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 3º Ciclo - 7º Ano Planificação Anual 2014-2015 Matemática METAS CURRICULARES

Leia mais

30's Volume 9 Matemática

30's Volume 9 Matemática 30's Volume 9 Matemática www.cursomentor.com 20 de janeiro de 201 Q1. Uma pessoa adulta possui aproximadamente litros de sangue. Em uma pessoa saudável, 1 mm 3 de sangue possui, aproximadamente: milhões

Leia mais

A reta numérica. Praciano-Pereira, T

A reta numérica. Praciano-Pereira, T A reta numérica Praciano-Pereira, T Sobral Matemática 3 de fevereiro de 205 Textos da Sobral Matemática Editor Tarcisio Praciano-Pereira, tarcisio@member.ams.org - reta numérica Se diz duma reta na qual

Leia mais

Professor Alexandre Assis. Lista de exercícios de Geometria

Professor Alexandre Assis. Lista de exercícios de Geometria 1. A figura representa três círculos idênticos no interior do triângulo retângulo isósceles ABC. 3. Observando a figura a seguir, determine (em cm): a) o valor de x. b) a medida do segmento AN, sabendo

Leia mais

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016

ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 ESCOLA E B 2,3/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DAS CIÊNCIAS EXATAS 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DE MATEMÁTICA 7ºANO 1º Período 2º Período 3º Período Apresentação,

Leia mais

Lista 5. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante.

Lista 5. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante. MA13 Exercícios das Unidades 8, 9 e 10 2014 Lista 5 Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados da seção 4.1, pág. 147 em diante. 1) As retas r, s e t são paralelas com s entre r e t. As transversais

Leia mais

Equipe de Matemática MATEMÁTICA

Equipe de Matemática MATEMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 9R Ensino Médio Equipe de Matemática Data: Áreas de Figuras Planas MATEMÁTICA O estudo da área de figuras planas está ligado aos conceitos relacionados à Geometria

Leia mais

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA LISTA 9 RECORDAR É VIVER. é igual a:

INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA LISTA 9 RECORDAR É VIVER. é igual a: INSTITUTO DE APLICAÇÃO FERNANDO RODRIGUES DA SILVEIRA Disciplina: Matemática Professor: Marcello Amadeo Série: 9º ano / EF Estudante: Turma: LISTA 9 RECORDAR É VIVER POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (SEÇÃO OPCIONAL)

Leia mais

Multiplicar e dividir números racionais relativos

Multiplicar e dividir números racionais relativos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Planificação Anual de 7º ano Ano Letivo 2016/2017 DOMÍNIO

Leia mais

CURSO ANUAL DE FÍSICA AULA 1 Prof. Renato Brito

CURSO ANUAL DE FÍSICA AULA 1 Prof. Renato Brito CURSO ANUAL DE FÍSICA AULA 1 Prof. Renato Brito BREVE REVISÃO DE GEOMETRIA PARA AJUDAR NO ESTUDO DOS VETORES É importante que o aluno esteja bem familiarizado com as propriedades usuais da geometria plana,

Leia mais