Estatura dos brasileiros do voleibol na areia masculino de alto nível, 1987 a 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estatura dos brasileiros do voleibol na areia masculino de alto nível, 1987 a 2011"

Transcrição

1 Estatura dos brasileiros do voleibol na areia masculino de alto nível, 1987 a 2011 Estatura de los jugadores brasileños de voleibol en la arena masculino de alto nivel, 1987 a 2011 Height of the Brazilian male sand volleyball of high level, 1987 to 2011 Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques Junior Resumo O objetivo do estudo foi de determinar a estatura dos jogadores brasileiros do voleibol na areia masculino de alto nível. A Anova one way identificou diferença significativa (p 0,05) apenas para a estatura do defensor, os jogadores mais altos foram de 2000 a Em conclusão, 190 a 200 cm é a estatura do jogador de alto nível do Brasil.. Unitermos: Estatura. Voleibol. Teste. Abstract The objective of the study was to determine the height of the Brazilian male sand volleyball of high level. One way Anova was significant (p 0,05) only for the height of the defenders, the players more height were of 2000 to In conclusion, 190 to 200 cm is the height of the player of high level of the Brazil. Keywords: Height. Volleyball. Test. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 17, Nº 167, Abril de / 1 Introdução A estatura é uma das medidas antropométricas mais importantes para a prática do voleibol de alto nível 1,2, inclusive para jogar o voleibol de dupla na areia 3. A estatura dos jogadores da defesa e do bloqueio tem aumentado cada vez ao longo dos anos. Atualmente no Brasil, alguns especialistas 4,5 nesse esporte consideram o aumento da estatura como um dos fatores do bom desempenho do voleibol na areia brasileiro masculino. Uma das causas para essas afirmações, é que a estatura facilita a execução do ataque e do bloqueio durante o jogo de voleibol de dupla na areia. Isso acontece porque um voleibolista com elevada estatura possui maior envergadura de ataque e de bloqueio, facilitando na execução desses fundamentos ao longo do jogo 6. Como a areia interfere na impulsão do jogador de dupla 7, uma excelente estatura torna-se importante para a prática do voleibol 8. Além da estatura, ela é otimizada se o voleibolista de dupla possuir boa impulsão para a prática desse esporte no alto nível 9. Portanto, a literatura do voleibol na areia é conclusiva, os jogadores mais altos conseguem maior desempenho nessa modalidade 10. Entretanto, as pesquisas não investigaram a alteração da estatura do jogador de voleibol na areia, do

2 especialista no bloqueio e do responsável pela defesa ao longo dos anos 80, 90 e 2000 do voleibol brasileiro masculino de alto nível. Será que ocorreu elevação significativa da estatura durante esses anos? O bloqueador é muito maior do que o defensor? Em qual década (1980, 1990 e 2000) os jogadores brasileiros obtiveram aumento significativo da estatura? As investigações do voleibol na areia não possuem essas informações 11,12. Então, o objetivo do estudo foi de determinar a estatura dos jogadores brasileiros do voleibol na areia masculino de alto nível. Método Amostra No voleibol de dupla na areia foram destacadas as estaturas das duas melhores duplas brasileiras do Mundial de Voleibol na Areia (1987 e 1988) e do Circuito Mundial de Voleibol na Areia (1989 a 1995, 1997 a 1999, 2001 a 2003 e 2005 a 2007, 2009 a 2011). Nos anos que essa modalidade foi competida nos Jogos Olímpicos, só foi considerada a estatura dessa disputa (1996, 2000, 2004 e 2008) porque é a competição mais relevante dessa modalidade. As estaturas dos atletas nas respectivas competições foram identificadas no site da CBV em 15 de dezembro de 2011, no site da FIVB em 15 de dezembro de 2011 e em Marques Junior 8. Tratamento estatístico Os resultados foram apresentados pela média e desvio padrão. A diferença da estatura foi calculada usando Anova one way com resultados aceitos com nível de significância de p 0,05. O teste Scheffé determinou a diferença das médias aceitando um nível de significância de p 0,05. Resultados e discussão A estatística descritiva da estatura em centímetros (cm) do voleibol na areia masculino é exposta na tabela 1. Tabela 1. Média e desvio padrão da estatura em cm

3 A Anova one way não identificou diferença significativa (p>0,05) para a estatura da dupla, F (2,97) = 0,12. A Anova one way também não detectou diferença significativa (p>0,05) para a estatura do bloqueador, F (2,47) = 0,26. A Anova one way identificou diferença significativa (p 0,05) para a estatura do defensor, F (2,47) = 132,57. O teste Scheffé determinou diferença da média da estatura em cm dos anos 00 quando comparado com os anos 80 (diferença de 8,12) e com os anos 90 (4,79). Também Scheffé detectou diferença da média da estatura em cm dos anos 90 quando comparado com os anos 80 (diferença de 3,33). Portanto, os anos 90 a estatura dos defensores brasileiros aumentou, enquanto que nos 00 os defensores ficaram com estatura muito mais elevada. anos. A figura 1 ilustra o aumento da estatura dos brasileiros do voleibol na areia ao longo dos Figura 1. Estatura dos brasileiros do voleibol de dupla na areia Os resultados evidenciaram que a estatura dos jogadores brasileiros do voleibol na areia aumentou gradativamente ao longo dos anos. Os anos 80 os atletas eram muito mais baixos, aumentando a estatura nos anos 90 e atingindo estatura mais elevada a partir do ano Esse achado esteve de acordo com a literatura do voleibol na areia 13. Porém, apesar da

4 estatura ter aumentado, só ocorreu diferença significativa (p 0,05) na estatura dos defensores brasileiros. Entretanto, mesmo que não tenha aumentado significativamente (p>0,05) a estatura do bloqueador e das duplas, o pouco de elevação da estatura nesse esporte, proporciona um incremento principalmente, no desempenho do bloqueio e da cortada 14. Segundo Arruda e Hespanhol 3, atualmente no voleibol na areia a estatura mínima é de 190 cm para o defensor e 200 cm para o bloqueador, esses dados foram idênticos ao desse estudo no ano 2000 a Palao, Gutierrez e Friders 15 evidenciaram no Circuito Mundial e nas Olimpíadas, entre 2000 a 2006, que a estatura média dos jogadores é de 193 cm. Esses resultados são similares ao encontrado na investigação (nas duplas), 192,33±0,98 cm nos anos 90 e 195,68±5,15 cm nos anos Dados mais próximos ao dessa pesquisa foram identificados por Batista et alii 16, em oito jogadores de elite do Brasil esses pesquisadores evidenciaram uma estatura de 194,65±5,1 cm. Portanto, talvez o aumento da estatura do voleibol brasileiro de dupla na areia seja um dos causadores dos excelentes resultados do país nesse esporte. Conclusão A estatura do jogador brasileiro masculino aumentou ao longo dos anos, parecendo que essa mudança antropométrica está relacionada com os resultados dos brasileiros a partir dos anos 90 a Então, para o voleibolista brasileiro fazer parte da elite desse esporte precisa ter no mínimo 190 cm e possuir 200 cm ou mais, geralmente o mais baixo atua como defensor e o jogador com estatura mais elevada de bloqueador. Entretanto, Rigolin da Silva 17 evidenciou que alguns atletas não possuem a estatura desejada para jogar o voleibol de alto nível, mas conseguem êxito por causa do fenômeno da compensação. Uma das causas é uma impulsão acima da média e/ou as condições técnicas e táticas excepcionais que garantem sucesso num esporte que exige atletas cada vez mais altos. Referências 1. Anfilo M, Shigunov V (2004). Reflexões sobre o processo de seleção e preparação de equipes. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum 6(1): Bojikian J, Oliveira da Silva A, Pires L, Lima D, Bojikian L (2007). Talento esportivo no voleibol feminino do Brasil: maturação e iniciação esportiva. Rev Mackenzie Educ Fís Esp 6(3): Arruda M, Hespanhol J (2008). Fisiologia do voleibol. São Paulo: Phorte.

5 4. Bizzocchi C (2004). O voleibol de alto nível. 2ª ed. São Paulo: Manole. 5. Marques Junior N (2005). Sugestão de uma periodização para o voleibol amador de duplas na areia masculino. 185 f. Especialização de Treinamento Desportivo, UGF, RJ. 6. Gheller R, Laporta L, Vargas P, Both D, Schmitz Filho A (2010). Relação entre variáveis antropométricas, capacidades físicas com alcance vertical total em atletas de voleibol. Rev Dig Educ Fís Deportes 15(149): Muramatsu S, Fukudome A, Mijama M, Arimoto M, Kijima A (2006). Energy expenditure in maximal jump on sand. J Physiol Anthropol 25(1): Marques Junior N (2005b). Testes para o jogador de voleibol. Rev Min Educ Fís 13(1): Riggs M, Sheppard J (2009). The relative importance of strength and Power qualities to vertical jump height of elite beach volleyball players during the counter-movement and squat jump. J Hum Sport Exerc 4(3): Batista G, Cabral B, Cabral S, Araújo R, Sousa M, Guerra R (2010). Composição corporal e somatotipo de atletas de voleibol de praia nos XV Jogos Pan- Americanos. Rev Bras Ciên Saúde 14(3): Cerit S, Akday M, Desdag S, Karakoc Y, Celik M (2009). Alteration in body composition of elite professional female players in a premier league volleyball bout. J Int Dental Med Res 2(1): Koch C, Tilp M (2009). Analysis of beach volleyball actions sequences of female top athletes. J Hum Sport Exerc 4(3): Tili M, Giatsis G (2011). The height of the men`s winners FIVB beach volleyball in relation to specialization and court dimensions. J Hum Sport Sci 6(3): Cabral B, Cabral S, Batista G, Fernandes Filho J, Knackfusas M (2008). Somatotitpo e antropometria na sleção brasileira de voleibol. Motr 4(1): Palao J, Gutierrez D, Frideres J (2008). Height, weight, body mass índex, and age in relation to level and position. J Sports Med Physical Fit 48(4): Batista G, Araújo R, Sousa M, Diniz M, Guerra R (2008). Características cineantropométricas dos jogadores de voleibol de praia masculino do Brasil e Pan-Americano. FIEP 78 (nº esp.). 17. Rigolin da Silva L (2006). O estudo do fenômeno da compensação em atletas de voleibol do sexo feminino. 103 f. Tese, USP, SP.

Estatura das brasileiras do voleibol na areia feminino de alto nível, 1993 a 2010

Estatura das brasileiras do voleibol na areia feminino de alto nível, 1993 a 2010 Estatura das brasileiras do voleibol na areia feminino de alto nível, 1993 a 2010 Estatura de las jugadoras brasileñas de alto rendimiento de voleibol en la arena, 1993 a 2010 Height of the Brazilian female

Leia mais

Sugestão da divisão do voleibol por categorias de estatura

Sugestão da divisão do voleibol por categorias de estatura Sugestão da divisão do voleibol por categorias de estatura Suggestion of the division of the volleyball by height categories Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) Nelson

Leia mais

Medalhas nos Jogos Olímpicos: estatura das seleções do voleibol brasileiro

Medalhas nos Jogos Olímpicos: estatura das seleções do voleibol brasileiro Medalhas nos Jogos Olímpicos: estatura das seleções do voleibol brasileiro Las medallas en los Juegos Olímpicos: la estatura de las selecciones de voleibol brasileño Medals in the Olympic Games: stature

Leia mais

EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 15, Nº 166, Marzo de

EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 15, Nº 166, Marzo de Evidências científicas sobre os fundamentos do voleibol na areia Evidencias científicas sobre los fundamentos del voleibol en la arena Scientific studies about the beach volleyball skills Mestre em Ciência

Leia mais

Períodos do treinamento esportivo: uma análise sobre o voleibol brasileiro masculino de alto nível durante o Mundial e a Olimpíada, 1956 a 2010

Períodos do treinamento esportivo: uma análise sobre o voleibol brasileiro masculino de alto nível durante o Mundial e a Olimpíada, 1956 a 2010 Períodos do treinamento esportivo: uma análise sobre o voleibol brasileiro masculino de alto nível durante o Mundial e a Olimpíada, 1956 a 2010 Los períodos de entrenamiento deportivo: un análisis sobre

Leia mais

Balanceio dos braços na cortada do voleibol

Balanceio dos braços na cortada do voleibol Balanceio dos braços na cortada do voleibol El balanceo de brazos en la cortada de voleibol Arms swing in spike volleyball Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner

Leia mais

Fundamentos praticados pelo bloqueador do voleibol na areia

Fundamentos praticados pelo bloqueador do voleibol na areia Fundamentos praticados pelo bloqueador do voleibol na areia Los fundamentos practicados por el bloqueador del voleibol en la arena Skills practices by block player of the sand volleyball Mestre em Ciência

Leia mais

Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master. Street Volei / Barra Music

Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master. Street Volei / Barra Music Explicação dos Testes & Cronograma das Avaliações para a Equipe de Voleibol Master Street Volei / Barra Music Nelso Kautzner Marques Junior kautzner123456789junior@gmail.com 2016 2 Índice Introdução, 3

Leia mais

Pontos dos golpes durante o kumitê de competição do karatê shotokan masculino

Pontos dos golpes durante o kumitê de competição do karatê shotokan masculino Pontos dos golpes durante o kumitê de competição do karatê shotokan masculino Puntaje de los golpes durante el kumité de competición de karate shotokan masculino Scores of the techniques during the male

Leia mais

Biomecânica dos membros inferiores durante o bloqueio do voleibol na areia

Biomecânica dos membros inferiores durante o bloqueio do voleibol na areia Biomecânica dos membros inferiores durante o bloqueio do voleibol na areia Biomecánica de los miembros inferiores durante el bloqueo en el voleibol en la arena Biomechanics of the legs during the block

Leia mais

LISTA DE TABELAS. Página TABELA 1 Os melhores escores em cada variável TABELA 2 Análise de cluster (K-means)... 42

LISTA DE TABELAS. Página TABELA 1 Os melhores escores em cada variável TABELA 2 Análise de cluster (K-means)... 42 viii LISTA DE TABELAS Página TABELA 1 Os melhores escores em cada variável... 41 TABELA 2 Análise de cluster (K-means)... 42 TABELA 3 O cluster em que cada atleta se apresenta... 42 TABELA 4 O somatotipo

Leia mais

Sugestão do teste de salto com bola para jogadores do voleibol na quadra

Sugestão do teste de salto com bola para jogadores do voleibol na quadra Sugestão do teste de salto com bola para jogadores do voleibol na quadra Sugerencia de una prueba de salto con pelota para jugadores de voleibol en sala Suggestion of the jump ball test for the indoor

Leia mais

Fundamentos praticados pelo central durante o jogo de voleibol

Fundamentos praticados pelo central durante o jogo de voleibol Fundamentos praticados pelo central durante o jogo de voleibol Fundamentos ejecutados por el central durante el partido de voleibol Skills practices by center blocker during the volleyball match Mestre

Leia mais

A contribuição norte-americana para o voleibol

A contribuição norte-americana para o voleibol A contribuição norte-americana para o voleibol Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) La contribución de Estados Unidos al voleibol The North American contribution for the

Leia mais

Execução dos fundamentos do voleibol na areia embasado na literatura científica

Execução dos fundamentos do voleibol na areia embasado na literatura científica Ponto de Vista Execução dos fundamentos do voleibol na areia embasado na literatura científica Execution of the volleyball skills of the sand volleyball based in the scientific literature MARQUES JUNIOR,

Leia mais

FUNDAMENTOS PRATICADOS PELO DEFENSOR DURANTE O JOGO DE VOLEIBOL NA AREIA

FUNDAMENTOS PRATICADOS PELO DEFENSOR DURANTE O JOGO DE VOLEIBOL NA AREIA FUNDAMENTOS PRATICADOS PELO DEFENSOR DURANTE O JOGO DE VOLEIBOL NA AREIA Nelson Kautzner Marques Junior Resumo O objetivo do estudo foi estabelecer os fundamentos praticados pelo defensor durante o jogo

Leia mais

Medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos, 1920 a 2008

Medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos, 1920 a 2008 Medalhas do Brasil nos Jogos Olímpicos, 1920 a 2008 Medallas de Brasil en los Juegos Olímpicos, 1920 a 2008 Brazil medals in the Olympic Games 1920 to 2008 Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela

Leia mais

Gols e partidas da Copa do Mundo do Futebol, 1930 a 2010

Gols e partidas da Copa do Mundo do Futebol, 1930 a 2010 Gols e partidas da Copa do Mundo do Futebol, 1930 a 2010 Goles y partidos de la Copa del Mundo de Fútbol, 1930 a 2010 Goals and matches in Soccer World Cup, 1930 to 2010 Mestre em Ciência da Motricidade

Leia mais

INFLUENCIA DA FLEXIBILIDADE NO SALTO VERTICAL EM ATLETAS DE VOLEIBOL MASCULINO

INFLUENCIA DA FLEXIBILIDADE NO SALTO VERTICAL EM ATLETAS DE VOLEIBOL MASCULINO ROGER MARCHESE INFLUENCIA DA FLEXIBILIDADE NO SALTO VERTICAL EM ATLETAS DE VOLEIBOL MASCULINO Artigo apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso em Especialização em Ciência do Treinamento Desportivo

Leia mais

ANTROPOMETRIA E MATURAÇÃO EM JOVENS ESPORTISTAS

ANTROPOMETRIA E MATURAÇÃO EM JOVENS ESPORTISTAS ANTROPOMETRIA E MATURAÇÃO EM JOVENS ESPORTISTAS Breno Guilherme Araújo Tinôco Cabral Renata Poliane Nacer de Carvalho Dantas Thaisys Blanc dos Santos Simões Vanessa Carla Monteiro Pinto RESUMO O objetivo

Leia mais

Título: A DIFERENÇA NO INDICE DE MASSA CORPORAL DE ATLETAS DO VOLEIBOL FEMININO MUNDIAL

Título: A DIFERENÇA NO INDICE DE MASSA CORPORAL DE ATLETAS DO VOLEIBOL FEMININO MUNDIAL 6º Fórum Internacional de Qualidade de Vida e Saúde 2007 111 Título: A DIFERENÇA NO INDICE DE MASSA CORPORAL DE ATLETAS DO VOLEIBOL FEMININO MUNDIAL Autores: Natália Kopp, Fábio Heitor Alves Okazaki, Victor

Leia mais

Biomecânica da base baixa do karatê shotokan

Biomecânica da base baixa do karatê shotokan Biomecânica da base baixa do karatê shotokan Biomecánica de la base baja en el karate shotokan Biomechanics of the low base of the shotokan karate Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB

Leia mais

História do voleibol, parte 1

História do voleibol, parte 1 História do voleibol, parte 1 La historia del voleibol, parte 1 History of the volleyball, part 1 Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques Junior nk-junior@uol.com.br

Leia mais

LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA

LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA 1 LERIANE BRAGANHOLO DA SILVA COMPARAÇÃO DO PERFIL ANTROPOMÉTRICO DE ADOLESCENTES PRATICANTES DE VOLEIBOL, DOS ANOS 1997 E 2009, PARTICIPANTES DO PROGRAMA ESPORTE CIDADÃO UNILEVER Artigo apresentado como

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DO JOGO DE DUPLAS NO BADMINTON: ESTRUTURA TEMPORAL E VARIÁVEIS METABÓLICAS E FISIOLÓGICAS DE DESEMPENHO.

CARACTERÍSTICAS DO JOGO DE DUPLAS NO BADMINTON: ESTRUTURA TEMPORAL E VARIÁVEIS METABÓLICAS E FISIOLÓGICAS DE DESEMPENHO. CARACTERÍSTICAS DO JOGO DE DUPLAS NO BADMINTON: ESTRUTURA TEMPORAL E VARIÁVEIS METABÓLICAS E FISIOLÓGICAS DE DESEMPENHO. Loani Landin Istchuk (UEL), Luana Shizue Hirata (UEL), Lucélia Batista de Almeida,

Leia mais

Características do jogo de duplas no badminton: estrutura temporal e variáveis metabólicas e fisiológicas de desempenho.

Características do jogo de duplas no badminton: estrutura temporal e variáveis metabólicas e fisiológicas de desempenho. Características do jogo de duplas no badminton: estrutura temporal e variáveis metabólicas e fisiológicas de desempenho. Loani Landin Istchuk (UEL), Luana Shizue Hirata (UEL), Lucélia Batista de Almeida,

Leia mais

PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA Vitor Hugo Fernando de Oliveira, Flávio da Rosa Júnior, Fábio Santos Mello Acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSC Juarez

Leia mais

Perfil antropométrico de atletas de handebol da cidade de Santa Maria RS Anthropometric profile of handball players from the city of Santa Maria RS

Perfil antropométrico de atletas de handebol da cidade de Santa Maria RS Anthropometric profile of handball players from the city of Santa Maria RS ARTIGO ORIGINAL Perfil antropométrico de atletas de handebol da cidade de Santa Maria RS Anthropometric profile of handball players from the city of Santa Maria RS ANDRÉ TOMAZETTI ROSSATO 1 SILMAR ZANON

Leia mais

Composição Corporal e Somatotipo de Atletas de Voleibol de Praia nos XV Jogos Pan-Americanos

Composição Corporal e Somatotipo de Atletas de Voleibol de Praia nos XV Jogos Pan-Americanos PESQUISA Revista Brasileira de Ciências da Saúde Research DOI:10.4034/RBCS.2010.14.03.08 Volume 14 Número 3 Páginas 53-58 2010 ISSN 1415-2177 Composição Corporal e Somatotipo de Atletas de Voleibol de

Leia mais

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica ESTUDO DE UM JOGADOR DO VOLEIBOL NA AREIA: VERIFICAÇÃO DO PREPARO FÍSICO E A IDENTIFICAÇÃO DO FLUXO SANGUÍNEO CEREBRAL, 1999 A 213 462 Nelson Kautzner Marques Junior 1 RESUMO O objetivo do estudo foi determinar

Leia mais

Treinamento Esportivo

Treinamento Esportivo Treinamento Esportivo Introdução Fundamentos Aplicação dos conteúdos e foco Conceitos Atletas Não Atletas Treinamento Treinamento Esportivo Significado Esporte Composição Alto Rendimento Coordenação e

Leia mais

Palavra-Chave: fundamentos, aprendizagem, vôlei, salto vertical, iniciação esportiva.

Palavra-Chave: fundamentos, aprendizagem, vôlei, salto vertical, iniciação esportiva. 1 Fundamentos do movimento no salto vertical para o bloqueio de voleibol. *Juliana Brito / Robson Feitosa / Diego Faiad ** Dd. Jefferson Campos Lopes * Estudantes de Educação Física, na faculdade Unibr.

Leia mais

História do voleibol na areia

História do voleibol na areia História do voleibol na areia Historia del beach voleibol History of the beach volleyball Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques Junior nk-junior@uol.com.br

Leia mais

EFICIÊNCIA DAS GOLEIRAS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL COMPARADA COM AS TRÊS PRIMEIRAS COLOCADAS DO MUNDIAL JUNIOR DE HANDEBOL FEMININO

EFICIÊNCIA DAS GOLEIRAS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL COMPARADA COM AS TRÊS PRIMEIRAS COLOCADAS DO MUNDIAL JUNIOR DE HANDEBOL FEMININO EFICIÊNCIA DAS GOLEIRAS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL COMPARADA COM AS TRÊS PRIMEIRAS COLOCADAS DO MUNDIAL JUNIOR DE HANDEBOL FEMININO Larissa Resende Mendonça (UFMT), Alexandre Souza Nunes (UFMT),

Leia mais

O VÔLEI COMO ELEMENTO DE SOCIALIZAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

O VÔLEI COMO ELEMENTO DE SOCIALIZAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA O VÔLEI COMO ELEMENTO DE SOCIALIZAÇÃO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SILVA, Maria Rita Rezende 1 VESPASIANO, Bruno de Souza 2 1 Discente do curso de Educação Física da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias

Leia mais

Campeonato Mundial de Kumite do Karatê Shotokan de 1972: pontos dos golpes, ações ofensivas e zona dos pontos do brasileiro Luiz Tasuke Watanabe

Campeonato Mundial de Kumite do Karatê Shotokan de 1972: pontos dos golpes, ações ofensivas e zona dos pontos do brasileiro Luiz Tasuke Watanabe Campeonato Mundial de Kumite do Karatê Shotokan de 1972: pontos dos golpes, ações ofensivas e zona dos pontos do brasileiro Luiz Tasuke Watanabe World Shotokan Karate Championship of 1972: score of the

Leia mais

Recepção: 06/08/2014 Aceitação: 27/10/2014. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 202, Marzo de

Recepção: 06/08/2014 Aceitação: 27/10/2014. EFDeportes.com, Revista Digital. Buenos Aires, Año 19, Nº 202, Marzo de Lecturas: Educación Física y Deportes, Revista Digital. Buenos Aires, Año 20, Nº 202, Marzo de 2015. http://www.efdeportes.com/efd202/composicao-corporal-de-individuos-em-uma-academia.htm Análise da composição

Leia mais

ANTROPOMETRIA, FLEXIBILIDADE E DESEMPENHO MOTOR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE FUTSAL.

ANTROPOMETRIA, FLEXIBILIDADE E DESEMPENHO MOTOR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE FUTSAL. ANTROPOMETRIA, FLEXIBILIDADE E DESEMPENHO MOTOR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE FUTSAL. Diagnes Marostica 1 ; Everton Paulo Roman 2 Resumo Introdução: As questões que envolvem

Leia mais

PERFIL ANTROPOMETRICO E SOMATÓTIPO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL FEMININA CATEGORIA SUB 20 CAMPEÃ MUNDIAL DE

PERFIL ANTROPOMETRICO E SOMATÓTIPO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL FEMININA CATEGORIA SUB 20 CAMPEÃ MUNDIAL DE PERFIL ANTROPOMETRICO E SOMATÓTIPO DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL FEMININA CATEGORIA SUB 20 CAMPEÃ MUNDIAL DE 2005 Antônio Rizola Neto (1) Cristino Julio Alves da Silva Matias (2) Pablo Juan Greco (2)

Leia mais

ESPECIFICIDADE TÉCNICA NO BASQUETEBOL: CLUBES X SELEÇÕES

ESPECIFICIDADE TÉCNICA NO BASQUETEBOL: CLUBES X SELEÇÕES ESPECIFICIDADE TÉCNICA NO BASQUETEBOL: CLUBES X SELEÇÕES Victor H.A. Okazaki; Fábio H.A. Okazaki; Birgit Keller; Jeffer E. Sasaki Centro de Estudos do Movimento Humano - CEMOVH RESUMO O presente estudo

Leia mais

Equipamento recomendado para proteger o voleibolista durante o jogo de voleibol

Equipamento recomendado para proteger o voleibolista durante o jogo de voleibol Equipamento recomendado para proteger o voleibolista durante o jogo de voleibol El equipamiento recomendado para proteger al voleibolista durante el juego de voleibol Equipment recommended for protect

Leia mais

Periodização tática. Periodización táctica Tactical periodization

Periodização tática. Periodización táctica Tactical periodization Periodização tática Periodización táctica Tactical periodization Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques Junior nk-junior@uol.com.br Resumo A maioria dos

Leia mais

Efeito do treino de força rápida no salto vertical: uma meta-análise Effect of the power training in vertical jump: a meta-analysis

Efeito do treino de força rápida no salto vertical: uma meta-análise Effect of the power training in vertical jump: a meta-analysis Efeito do treino de força rápida no salto vertical: uma meta-análise Effect of the power training in vertical jump: a meta-analysis Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ (Brasil) Nelson

Leia mais

COMPARAÇÃO ANTROPOMÉTRICA ENTRE ATLETAS DE HANDEBOL DA UFSC COM ATLETAS DE ALTO NÍVEL E SELEÇÃO BRASILEIRA

COMPARAÇÃO ANTROPOMÉTRICA ENTRE ATLETAS DE HANDEBOL DA UFSC COM ATLETAS DE ALTO NÍVEL E SELEÇÃO BRASILEIRA COMPARAÇÃO ANTROPOMÉTRICA ENTRE ATLETAS DE HANDEBOL DA UFSC COM ATLETAS DE ALTO NÍVEL E SELEÇÃO BRASILEIRA Marcelo Queiroz Fróes, Fernanda Pelozin Acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSC Daniel

Leia mais

EFICÁCIA DOS MÉTODOS PLIOMÉTRICO E POWER TRAINING NO DESEMPENHO DO SALTO VERTICAL EM VOLEIBOLISTAS INFANTIL E INFANTO-JUVENIL

EFICÁCIA DOS MÉTODOS PLIOMÉTRICO E POWER TRAINING NO DESEMPENHO DO SALTO VERTICAL EM VOLEIBOLISTAS INFANTIL E INFANTO-JUVENIL EFICÁCIA DOS MÉTODOS PLIOMÉTRICO E POWER TRAINING NO DESEMPENHO DO SALTO VERTICAL EM VOLEIBOLISTAS INFANTIL E INFANTO-JUVENIL 1 INTRODUÇÃO PRISCILA RANGEL SAMPAIO Centro Universitário Vila Velha - UVV,

Leia mais

LISTA DE TABELAS. Páginas

LISTA DE TABELAS. Páginas i AGRADECIMENTOS Primeiramente a Deus em quem acreditei e que me proporcionou a possibilidade de conhecer o verdadeiro sentido da fé, e que me ajudou a conquistar este título. A minha orientadora professora

Leia mais

ANÁlISe DAS AÇÕeS De SAltOS De AtAQUe, BlOQUeIO e levantamento NO VOleIBOl FeMININO

ANÁlISe DAS AÇÕeS De SAltOS De AtAQUe, BlOQUeIO e levantamento NO VOleIBOl FeMININO Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano ISSN 1980-0037 Artigo original Marcos Augusto Rocha 1,2 Valdir José Barbanti 2 ANÁlISe DAS AÇÕeS De SAltOS De AtAQUe, BlOQUeIO e levantamento

Leia mais

O PERCURSO COMPETITIVO DE TENISTAS TOP50 DO RANKING

O PERCURSO COMPETITIVO DE TENISTAS TOP50 DO RANKING 810 O PERCURSO COMPETITIVO DE TENISTAS TOP50 DO RANKING PROFISSIONAL Gabriel Armondi Cavalin / UNISUAN Caio Corrêa Cortela / NP3 Esporte UFRGS Roberto Tierling Klering / NP3 Esporte UFRGS Gabriel Henrique

Leia mais

Treinamento Esportivo

Treinamento Esportivo Treinamento Esportivo Introdução Fundamentos Aplicação dos conteúdos e foco Conceitos Atletas Não Atletas Treinamento Treinamento Esportivo Significado Esporte Composição Alto Rendimento Coordenação e

Leia mais

Efeitos do programa da pliometria de contraste sobre os valores de impulsão horizontal nos jogadores de tênis de campo

Efeitos do programa da pliometria de contraste sobre os valores de impulsão horizontal nos jogadores de tênis de campo Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Efeitos do programa da pliometria de contraste sobre os valores de impulsão horizontal nos jogadores

Leia mais

O efeito do treino da visão periférica no ataque de iniciados do futsal: uma análise sobre os estudos de uma dissertação

O efeito do treino da visão periférica no ataque de iniciados do futsal: uma análise sobre os estudos de uma dissertação O efeito do treino da visão periférica no ataque de iniciados do futsal: uma análise sobre os estudos de uma dissertação El efecto del entrenamiento de la visión periférica en el ataque en la iniciación

Leia mais

VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL.

VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL. VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL. Paulo César Caetano Júnior 1 ; Silvia Regina Ribeiro 2 Universidade do Vale do Paraíba São José dos Campos, SP Brasil

Leia mais

ANÁLISE DA FORÇA RÁPIDA E FORÇA EXPLOSIVA DE ATLETAS DE HANDEBOL FEMININO UNIVERSITÁRIO

ANÁLISE DA FORÇA RÁPIDA E FORÇA EXPLOSIVA DE ATLETAS DE HANDEBOL FEMININO UNIVERSITÁRIO ANÁLISE DA FORÇA RÁPIDA E FORÇA EXPLOSIVA DE ATLETAS DE HANDEBOL FEMININO UNIVERSITÁRIO Angélica Weschenfelder Martim Bianco 1 Prof Orientador: Osvaldo Donizete Siqueira RESUMO A verificação das condições

Leia mais

FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO

FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO (FACTORS RELATED TO THE ANXIETY LEVEL IN FOOTBALL FEMALE ATHLETES) Marcos Vinicius Dias Munhóz 1 ; Claudia Teixeira-Arroyo 1,2

Leia mais

VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL.

VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL. VERIFICAÇÃO DA RELAÇÃO DE CAPACIDADES FÍSICAS, EM MENINAS PRATICANTES DE VOLEIBOL. INTRODUÇÃO PAULO CÉSAR CAETANO JÚNIOR MARIA BEATRIZ PERETTI IGLESIAS SILVIA REGINA RIBEIRO Universidade do Vale do Paraíba

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO COMPORTAMENTO TÁTICO DE JOGADORES DE FUTEBOL, FUTSAL E FUTEBOL DE 7.

CARACTERIZAÇÃO DO COMPORTAMENTO TÁTICO DE JOGADORES DE FUTEBOL, FUTSAL E FUTEBOL DE 7. 482 CARACTERIZAÇÃO DO COMPORTAMENTO TÁTICO DE JOGADORES DE FUTEBOL, FUTSAL E FUTEBOL DE 7. Pedro Emílio Drumond Moreira-UFMG Gibson Moreira Praça-UFVJM Pablo Juan Greco-UFMG pedrodrumondmoreira@hotmail.com

Leia mais

Saque em suspensão com salto em distância

Saque em suspensão com salto em distância Saque em suspensão com salto em distância Saque en suspensión con salto en largo Jump serves with long jump Mestre em Ciência da Motricidade Humana (CMH) pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques

Leia mais

Treino novo para o esporte

Treino novo para o esporte Treino novo para o esporte Entrenamiento novedoso para el deporte New training for the sport Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB do RJ (Brasil) Nelson Kautzner Marques Junior nk-junior@uol.com.br

Leia mais

COMITÉ EDITORIAL CUERPO DIRECTIVO. Mg. Adriana Angarita Fonseca Universidad de Santander, Colombia

COMITÉ EDITORIAL CUERPO DIRECTIVO. Mg. Adriana Angarita Fonseca Universidad de Santander, Colombia CUERPO DIRECTIVO Director Juan Luis Carter Beltrán Universidad de Los Lagos, Chile Editor Juan Guillermo Estay Sepúlveda Universidad de Los Lagos, Chile Editores Adjuntos Javier Mariscal Vega Observatorio

Leia mais

ANÁLISE DO JOGO EM FUNÇÃO DO LOCAL E DO NÚMERO DO SET NA PERFORMANCE EM JOGOS DE VOLEIBOL DE ALTO NÍVEL

ANÁLISE DO JOGO EM FUNÇÃO DO LOCAL E DO NÚMERO DO SET NA PERFORMANCE EM JOGOS DE VOLEIBOL DE ALTO NÍVEL ANÁLISE DO JOGO EM FUNÇÃO DO LOCAL E DO NÚMERO DO SET NA PERFORMANCE EM JOGOS DE VOLEIBOL DE ALTO NÍVEL Paulo Vicente João / UTAD-CIDESD Paulo Beça / UTAD Luis Vaz / UTAD-CIDESD pvicente@utad.pt Palavras-chave:

Leia mais

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica 67 A INFLUÊNCIA DO TREINAMENTO DE FORÇA NOS NÍVEIS DE IMPULSÃO HORIZONTAL E VERTICAL EM GOLEIROS DE FUTEBOL DE CAMPO NA FASE DA ADOLESCÊNCIA Fabiano Vieira Gomes 1 RESUMO Este estudo teve como objetivo

Leia mais

Copa do Mundo de Futebol: desempenho dos países sedes, 1930 a 2010

Copa do Mundo de Futebol: desempenho dos países sedes, 1930 a 2010 Copa do Mundo de Futebol: desempenho dos países sedes, 1930 a 2010 La Copa del Mundo de Fútbol: rendimiento de los países sedes, 1930 a 2010 Soccer World Cup: performance of the home countries, 1930 to

Leia mais

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica ANÁLISE DA QUANTIFICAÇÃO DAS AÇÕES MOTORAS E DA ESTRUTURA TEMPORAL NO BADMINTON 782 Thamie Tusi Fontes 1, István de Abreu Dobránszky 1 João Guilherme Cren Chiminazzo 2, Anderson Marque de Morais 1 RESUMO

Leia mais

XIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Prevenção e Remediação de Catástrofes Ambientais

XIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ. Prevenção e Remediação de Catástrofes Ambientais XIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Prevenção e Remediação de Catástrofes Ambientais Fundamentos do Movimento no Salto Vertical para o Bloqueio de Voleibol. Jefferson

Leia mais

O ALCANCE DE ATAQUE E BLOQUEIO E A PERFORMANCE DE ATLETAS DE VOLEIBOL FEMININO DO CAMPEONATO MUNDIAL DE 2006

O ALCANCE DE ATAQUE E BLOQUEIO E A PERFORMANCE DE ATLETAS DE VOLEIBOL FEMININO DO CAMPEONATO MUNDIAL DE 2006 O ALCANCE DE ATAQUE E BLOQUEIO E A PERFORMANCE DE ATLETAS DE VOLEIBOL FEMININO DO CAMPEONATO MUNDIAL DE 2006 Natalia Kopp 1 ; Fábio Heitor Alves Okazaki 2 ; Victor Hugo Alves Okazaki 3 ; Birgit Keller

Leia mais

ALTERAÇÕES DAS CAPACIDADES FÍSICAS DE JOVENS FUTEBOLISTAS DURANTE O MACROCICLO DE TREINAMENTO: ESTUDO A PARTIR DA PERIODIZAÇÃO DE CARGAS SELETIVAS

ALTERAÇÕES DAS CAPACIDADES FÍSICAS DE JOVENS FUTEBOLISTAS DURANTE O MACROCICLO DE TREINAMENTO: ESTUDO A PARTIR DA PERIODIZAÇÃO DE CARGAS SELETIVAS UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACIS CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA ALTERAÇÕES DAS CAPACIDADES FÍSICAS DE JOVENS FUTEBOLISTAS DURANTE O MACROCICLO DE TREINAMENTO:

Leia mais

Procedimentos para Maximizar o Desempenho dos Jogadores do Voleibol Master durante o Treino e na Competição

Procedimentos para Maximizar o Desempenho dos Jogadores do Voleibol Master durante o Treino e na Competição Procedimentos para Maximizar o Desempenho dos Jogadores do Voleibol Master durante o Treino e na Competição Nelson Kautzner Marques Junior 2017 kautzner123456789junior@gmail.com 2 SUMÁRIO RESUMO...03 INFORMAÇÕES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE VOLEIBOL BRASILEIRO: PARÂMETROS FENOTÍPICOS E GENOTÍPICOS NA SELEÇÃO DE ATLETAS SUZET

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO MILENA CAROLINA SILVA CASTRO OLIVEIRA

UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO MILENA CAROLINA SILVA CASTRO OLIVEIRA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO MILENA CAROLINA SILVA CASTRO OLIVEIRA QUALIDADE DE VIDA RELACIONADA À SAÚDE E SUA ASSOCIAÇÃO COM EXCESSO DE PESO DE ESCOLARES BAURU 2016 MILENA CAROLINA SILVA CASTRO OLIVEIRA

Leia mais

Treinamento Esportivo

Treinamento Esportivo Treinamento Esportivo Introdução Fundamentos Aplicação dos conteúdos e foco Conceitos Atletas Não Atletas Treinamento Treinamento Esportivo Significado Esporte Composição Alto Rendimento Coordenação e

Leia mais

TALENTO ESPORTIVO NO VOLEIBOL FEMININO DO BRASIL: MATURAÇÃO E INICIAÇÃO ESPORTIVA

TALENTO ESPORTIVO NO VOLEIBOL FEMININO DO BRASIL: MATURAÇÃO E INICIAÇÃO ESPORTIVA Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte 2007, 6 (3): 179-187 TALENTO ESPORTIVO NO VOLEIBOL FEMININO DO BRASIL: MATURAÇÃO E INICIAÇÃO ESPORTIVA João Crisóstomo Marcondes Bojikian 1 André Vicente

Leia mais

DESEMPENHO DE JOVENS ATLETAS SOBRE AS CAPACIDADES FÍSICAS, FLEXIBILIDADE, FORÇA E AGILIDADE

DESEMPENHO DE JOVENS ATLETAS SOBRE AS CAPACIDADES FÍSICAS, FLEXIBILIDADE, FORÇA E AGILIDADE Artigo Original Cinergis ISSN 2177-4005 DESEMPENHO DE JOVENS ATLETAS SOBRE AS CAPACIDADES FÍSICAS, FLEXIBILIDADE, FORÇA E AGILIDADE Alexandre Vinícius Bobato Tozetto 1, Michel Milistetd 2, Thiago Emannuel

Leia mais

Planejamento plurianual. Formação do atleta e Plano de expectativa

Planejamento plurianual. Formação do atleta e Plano de expectativa Planejamento plurianual Formação do atleta e Plano de expectativa Planejamento de longo prazo Procedimento determinante na formação de um atleta de alto desempenho É comum estruturações de treinamentos

Leia mais

VOLEIBOL 8º Ano. Voleibol. Origem e Evolução: 07/05/2013. William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette

VOLEIBOL 8º Ano. Voleibol. Origem e Evolução: 07/05/2013. William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette VOLEIBOL 8º Ano Profª SHEILA - Prof. DANIEL Origem e Evolução: William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette Brasil 1915 Pernambuco Colégio Marista ou ACM s São Paulo 1916 1954 CBV 1982 afirmação brasileira

Leia mais

5/3/2009. Antonio Carlos Gomes, PhD

5/3/2009. Antonio Carlos Gomes, PhD Antonio Carlos Gomes, PhD Estratégias voltadas para a Formação integral do atleta 1 ? QUAIS SÃO AS ESTRATÉGIAS Ações na preparação a longo prazo 2 Fábrica? Usina? Indústria? MEDALHA OLÍMPICA? VOU SER CAMPEÃO?

Leia mais

TÍTULO: DIFERENTES TEMPOS DE PAUSA ENTRE SÉRIES NO TREINAMENTO DE FORÇA PODEM INDUZIR ALTERAÇÕES NO LOAD?

TÍTULO: DIFERENTES TEMPOS DE PAUSA ENTRE SÉRIES NO TREINAMENTO DE FORÇA PODEM INDUZIR ALTERAÇÕES NO LOAD? 16 TÍTULO: DIFERENTES TEMPOS DE PAUSA ENTRE SÉRIES NO TREINAMENTO DE FORÇA PODEM INDUZIR ALTERAÇÕES NO LOAD? CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO:

Leia mais

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva Nome Esportivo: Felipe Nasc.: 16/11/1994 Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 Naturalidade: Foz do Iguaçu-PR Estado Civil: Solteiro E-mail/msn:

Leia mais

Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia

Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia Olimpíadas Brasil 2016 Volei de Praia http://www.rotad osertao.com VOLEI DE PRAIA / HISTÓRIA O Vôlei de Praia, que tem sua origem no vôlei de quadra, é um esporte praticado na areia. Foi criado no estado

Leia mais

DETECÇÃO DE TALENTOS PARA O VOLEIBOL COM CRIANÇAS

DETECÇÃO DE TALENTOS PARA O VOLEIBOL COM CRIANÇAS DETECÇÃO DE TALENTOS PARA O VOLEIBOL COM CRIANÇAS Felipe Luiz BOT¹ Carlos Alberto AFONSO² - PUCPR carlos.afonso@pucpr.br RESUMO O objetivo deste estudo é identificar talentos para o voleibol, no programa

Leia mais

Treinamento Esportivo

Treinamento Esportivo Treinamento Esportivo Introdução Fundamentos Aplicação dos conteúdos e foco Conceitos Atletas Não Atletas Treinamento Treinamento Esportivo Significado Esporte Composição Alto Rendimento Coordenação e

Leia mais

COMPARAÇÃO DA FUNÇÃO FÍSICA E PERCEPÇÃO SUBJETIVA DE ESFORÇO DE ATLETAS DE VOLEIBOL DE PRAIA APÓS TREINAMENTO FÍSICO NA AREIA E NA QUADRA

COMPARAÇÃO DA FUNÇÃO FÍSICA E PERCEPÇÃO SUBJETIVA DE ESFORÇO DE ATLETAS DE VOLEIBOL DE PRAIA APÓS TREINAMENTO FÍSICO NA AREIA E NA QUADRA COMPARAÇÃO DA FUNÇÃO FÍSICA E PERCEPÇÃO SUBJETIVA DE ESFORÇO DE ATLETAS DE VOLEIBOL DE PRAIA APÓS TREINAMENTO FÍSICO NA AREIA E NA QUADRA Francisco Henrique Moreira da Silva 1 ; Ricardo Lima dos Santos

Leia mais

PERFIL CINEANTROPOMÉTRICO EM CRIANÇAS DO PROJETO ATLETA DO FUTURO DO SESI DE PRESIDENTE PRUDENTE-SP

PERFIL CINEANTROPOMÉTRICO EM CRIANÇAS DO PROJETO ATLETA DO FUTURO DO SESI DE PRESIDENTE PRUDENTE-SP CINEANTROPOMETRIA EM CRIANÇAS PRATICANTES DE ESPORTES 6 PERFIL CINEANTROPOMÉTRICO EM CRIANÇAS DO PROJETO ATLETA DO FUTURO DO SESI DE PRESIDENTE PRUDENTE-SP Leandro Alves da Cunha 1,3,4, Carlos Augusto

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE O SETOR DA QUADRA E O DESFECHO DO CONTRA-ATAQUE NO FUTSAL FEMININO DE ALTO RENDIMENTO

RELAÇÃO ENTRE O SETOR DA QUADRA E O DESFECHO DO CONTRA-ATAQUE NO FUTSAL FEMININO DE ALTO RENDIMENTO RELAÇÃO ENTRE O SETOR DA QUADRA E O DESFECHO DO CONTRA-ATAQUE NO FUTSAL FEMININO DE ALTO RENDIMENTO Loani Landin Istchuk / UEL Wilton Carlos de Santana / UEL Hélcio Rossi Gonçalves / UEL loaniistchuk@hotmail.com

Leia mais

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica 70 PERFIL ANTROPOMÉTRICO E DESEMPENHO MOTOR DE JOGADORES DE FUTEBOL JUNIORES Samir Seguins Sotão 1, Jurema Gonçalves Lopes de Castro Filha 3, Karla Régia Ferreira Viana Figueiredo 3, Francisco Farias Martins

Leia mais

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica 45 CONFIABILIDADE DA ESCALA DE FACES DA PERCEPÇÃO SUBJETIVA DA DOR MUSCULAR DO ESFORÇO FÍSICO DO VOLEIBOL: UM ESTUDO NO VOLEIBOL MASTER Nelson Kautzner Marques Junior 1 RESUMO O objetivo da pesquisa foi

Leia mais

Teste de salto com bola para jovens do futebol feminino

Teste de salto com bola para jovens do futebol feminino Teste de salto com bola para jovens do futebol feminino Test de salto con pelota para juveniles de fútbol femenino Jump test with ball for young female soccer player Mestre em Ciência da Motricidade Humana

Leia mais

A FUNÇÃO DO LÍBERO NA RECEPÇÃO DE SAQUE E DEFESA DURANTE AS PARTIDAS DA SUPERLIGA FEMININA DE VOLEIBOL 2009/2010.

A FUNÇÃO DO LÍBERO NA RECEPÇÃO DE SAQUE E DEFESA DURANTE AS PARTIDAS DA SUPERLIGA FEMININA DE VOLEIBOL 2009/2010. A FUNÇÃO DO LÍBERO NA RECEPÇÃO DE SAQUE E DEFESA DURANTE AS PARTIDAS DA SUPERLIGA FEMININA DE VOLEIBOL 2009/2010. MARLON MENEZES DE ARRUDA (1), ANDERSON HENRIQUE SOUZA DE ALMEIDA (1), SARAH ABRAHÃO GOMES

Leia mais

Procedimentos para a Execução do Intervalo Ativo da Equipe Lucau Niterói de 50 anos ou mais

Procedimentos para a Execução do Intervalo Ativo da Equipe Lucau Niterói de 50 anos ou mais Procedimentos para a Execução do Intervalo Ativo da Equipe Lucau Niterói de 50 anos ou mais Atividade Após os Jogos do Brasileiro Master 2015 Nelson Kautzner Marques Junior kautzner123456789junior@gmail.com

Leia mais

ANTROPOMETRIA E SOMATOTIPO:

ANTROPOMETRIA E SOMATOTIPO: ANTROPOMETRIA E SOMATOTIPO: FATORES DETERMINANTES NA SELEÇÃO DE ATLETAS NO VOLEIBOL BRASILEIRO MS. BRENO GUILHERME DE ARAUJO T. CABRAL Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Estudo do Somatotipo em atletas de luta Greco Romana

Estudo do Somatotipo em atletas de luta Greco Romana Estudo do Somatotipo em atletas de luta Greco Romana *André Lucena *Graciele Araujo Lima *Kharen Samara *Marcelo Da Silva Prazeres *Santiago Oliveira **Júlio César ***José Blanco Herrera Resumo O objetivo

Leia mais

TÍTULO: EFEITO DA REDUÇÃO DA FREQUÊNCIA SEMANAL NO TREINAMENTO DE FORÇA NO DESEMPENHO DA POTÊNCIA

TÍTULO: EFEITO DA REDUÇÃO DA FREQUÊNCIA SEMANAL NO TREINAMENTO DE FORÇA NO DESEMPENHO DA POTÊNCIA TÍTULO: EFEITO DA REDUÇÃO DA FREQUÊNCIA SEMANAL NO TREINAMENTO DE FORÇA NO DESEMPENHO DA POTÊNCIA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE

Leia mais

Olimpíada Rio "Voleibol, um jogo que é ouro"

Olimpíada Rio Voleibol, um jogo que é ouro Olimpíada Rio 2016 "Voleibol, um jogo que é ouro" Olimpiadas Investimento Segundo informações da Autoridade Pública Olímpica (APO), os gastos com os jogos eram estimados em R$ 28,8 bilhões quando a candidatura

Leia mais

6º Congresso de Treinadores "Formação de Atletas em Portugal" Aldina Sofia Oliveira da Silva

6º Congresso de Treinadores Formação de Atletas em Portugal Aldina Sofia Oliveira da Silva 6º Congresso de Treinadores "Formação de Atletas em Portugal" Aldina Sofia Oliveira da Silva Formação de treinadores/as Aldina Sofia Oliveira da Silva Planeamento desportivo a longo prazo Balyi & Hamilton

Leia mais

ANÁLISE DAS FINALIZAÇÕES E POSSE DE BOLA EM RELAÇÃO AO RESULTADO DO JOGO DE FUTEBOL

ANÁLISE DAS FINALIZAÇÕES E POSSE DE BOLA EM RELAÇÃO AO RESULTADO DO JOGO DE FUTEBOL ANÁLISE DAS FINALIZAÇÕES E POSSE DE BOLA EM RELAÇÃO AO RESULTADO DO JOGO DE FUTEBOL José Cícero Moraes / UFRGS Daniel Perin / UFRGS Marcelo Francisco da Silva Cardoso Cardoso / UFRGS Alberto de Oliveira

Leia mais

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício ISSN versão eletrônica ANÁLISE DO JOGO DE VOLEIBOL: ENSINO DA EXECUÇÃO DESSA TAREFA COM EXCEL 112 Nelson Kautzner Marques Junior 1 Danilo Arruda 2 RESUMO A análise do jogo de voleibol é considerada na literatura desse esporte

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012

DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 DESENVOLVIMENTO DO RUGBY BRASILEIRO: panorama de 2009 a 2012 Eraldo dos Santos Pinheiro Mauricio Migliano Gabriel Gustavo Bergmann Adroaldo Gaya INTRODUÇÃO Praticantes e fãs de Rugby em algum momento já

Leia mais

Caracterização antropométrica, maturacional e funcional de jovens atletas mirins feminino de atletismo.

Caracterização antropométrica, maturacional e funcional de jovens atletas mirins feminino de atletismo. AUTORES: Jefferson Verbena de Freitas Ramon Cruz Phelipe Henrique C. de Castro Danilo Leonel Renato Siqueira de Souza Francisco Zacaron Werneck Jorge Roberto P. de Lima Caracterização antropométrica, maturacional

Leia mais

IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS.

IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS. IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS. MÁXIMO, Jefferson Jorcelino 1 Introdução: O índice de massa corpórea IMC é uma medida simples do

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Futebol; Pequenos Jogos; Comportamento Técnico

PALAVRAS-CHAVE: Futebol; Pequenos Jogos; Comportamento Técnico 1085 COMPARAÇÃO DAS AÇÕES TÉCNICAS AO LONGO DE REPETIDAS SÉRIES DE PEQUENOS JOGOS Victor Alberice de Oliveira Rodrigues/ CECA Pedro Emílio Drumond/ CECA Gibson Moreira Praça/ CECA Pablo Juan Greco/ CECA

Leia mais