SUMÁRIO. Elaborado por: Revisado por: Aprovado por: Coordenação de Qualidade e Meio Ambiente. Gerência Suprimentos e Logística

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO. Elaborado por: Revisado por: Aprovado por: Coordenação de Qualidade e Meio Ambiente. Gerência Suprimentos e Logística"

Transcrição

1 Suprimentos e Logística Pág. 1 de 14 SUMÁRIO 1 OBJETIVO ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO SIGLAS UTILIZADAS GLOSSÁRIO / CONCEITOS DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA CONTEÚDO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES INDICADORES E CONSOLIDAÇÃO DAS INFORMAÇÕES SUPORTE AOS CLIENTES APLICAÇÃO DE TREINAMENTOS PRAZOS E SLA S STATUS DOS PAPIRUS ANEXOS HISTÓRICOS DE ALTERAÇÕES DO DOCUMENTO... 14

2 Suprimentos e Logística Pág. 2 de 14 1 OBJETIVO Apresentar as atividades e processos específicos da área com visão estratégica para suporte aos demais núcleos do Setor de Suprimentos e Logística, tais como: indicadores e consolidação de informações, aplicação e inspeção dos requisitos da norma ISO9001:2008, além de execução de atividades operacionais como: cadastro e liberações de itens no sistema para compra e estoque, liberações de usuários solicitantes e configurações de trâmites e apoio aos solicitantes. 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO Este procedimento é aplicável para todo Grupo Marista Divisão APC, para ISCMC e Fundações. Ficará disponível fisicamente conforme Lista Mestra de Documentos do setor e eletronicamente via Sistema ISODOC. 3 SIGLAS UTILIZADAS CF CR DT SLA Conta Financeira Centro de Resultado Diretoria de Tecnologia Acordo de nível de serviço (service level agreement - SLA) 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS Iger Papirus Sistema Benner Integrator Backup Sistema corporativo para gerenciamento/ troca de informações. Documento numerado gerado pelo Iger. Sistema corporativo de gestão de Suprimentos (Núcleo de Compras), Materiais (Estoque), Contabilidade e Financeiro, onde gerencia os dados internos do Planejamento e Compras. Sistema de gestão de Suprimentos para integração das informações do Iger para Benner, e gestão de Suprimentos para importação de itens em grande quantidade. Cópia de um arquivo ou conjunto de dados mantidos por questão de segurança no original ou cópia principal; arquivo reserva, cópia de segurança.

3 Suprimentos e Logística Pág. 3 de 14 Controllers Alçadas Status Alçadas Check-list Auditoria Responsáveis por controlar orçamentos, indicadores, e validar as liberações de usuários e alçados de aprovações para facilitar os processos das áreas em suas particularidades. Valor limite estipulado para aprovação compartilhada. Condição ou situação. Valor limite estipulado para aprovação compartilhada. Formulário para inspecionar os itens solicitados pela auditoria. Processo realizado para evidenciar conformidade com os processos e procedimentos do setor. 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5.1 Referências Externas Não aplicável a este documento. 5.2 Referências Internas DSC.QMA.NPE Tratamento Não Conformidades, Ações Corretivas e Preventivas DSC.QMA.NPE.001- Elaboração e Controle de Documentos DSC.QMA.NPE Satisfação do Cliente DSC.QMA.NPE Manifestação de Clientes DSC.QMA.NPE Gestão de Indicadores (SLM) SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitação de Serviços de Suprimentos e Logística; SSL.SUP.NPI.027 Manual do Processo de Compras SSL.SUP.POP.026 Tabela Controle de Registro Núcleo de Planejamento; 5.3 Documentos Complementares SSL.SUP.FOR.039 Formulário de Solicitação de Cadastro de Itens com Unidade de medida GR e ML. SSL.SUP.FOR.041 Formulário Para Check-list interno 6 CONTEÚDO O Núcleo de Planejamento é responsável pelo apoio à gestão estratégica para todos os núcleos do Setor de Suprimentos e Logística. Dentre as atividades realizadas, abaixo citamos algumas:

4 Suprimentos e Logística Pág. 4 de 14 Gestão administrativa e operacional dos processos do Setor de Suprimentos e Logística, elaborando procedimentos de trabalho, inspecionando sua execução e gerenciando suas revisões. Buscando atender nos processos, os requisitos da norma ISO9001:2008; Gestão de cadastro de materiais no sistema Benner, bem como a revisão e controle da base de itens; Gestão de cadastro de materiais como contrato no sistema Benner, via Integrator; Gestão de liberações de itens por centro de resultado; Gestão de liberações de usuários para solicitações de compras e estoque; Gestão de cadastro e configuração de trâmites de aprovação; Gestão de homologações e testes dos sistemas utilizados; Gestão dos indicadores e consolidação das informações (banco de dados); Suporte aos clientes e aplicação de treinamentos. 7 DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES 7.1 Qualidade O controle dos requisitos exigidos pela norma ISO9001:2008 é acompanhado por meio de Check-list, sendo, no mínimo bimestralmente. Para execução do Check-list é utilizado o formulário SSL.SUP.FOR.041 Formulário para Check-list interno, nele constam os principais itens questionados em auditoria. Quando é encontrado itens irregulares ao requisitos da norma ISO9001:2008 juntamente à área de Qualidade QMA são abertas RO para as devidas tratativas daquele caso irregular, conforme orientações e descrições do procedimento DSC.QMA.NPE Tratamento Não Conformidades, Ações Corretivas e Preventivas. As conformidades são buscadas de acordo com o procedimento vigente das áreas. Cabe ao Núcleo de Planejamento o controle dos documentos e suas revisões/adequações; a revisão e elaboração dos documentos acontece mediante necessidade de formalização e adequação de informação, ou ainda, anteriormente as auditorias. Além da vigencia das informações com este processo de revisão, cabe ainda ao Núcleo de Planejamento a divulgação destas informações. Conforme procedimento DSC.QMA.NPE.001- Elaboração e Controle de Documentos. Após a realização do Check-list, a planilha é eletronicamente guardada na rede interna: pioneer2.pucpr.br\ para controle interno Pesquisa De Satisfação O Núcleo de Planejamento é responsável por dar as tratativas pelas respostas insatisfatórias da Pesquisa de Satisfação. As tratativas variam de acordo com a disponibilidade e acessibilidade do cliente insatisfeito, podendo ser por , telefone e pessoalmente, quando ocorre a entrevista com o cliente pessoalmente é levado um material para divulgação do Setor de Suprimentos e Logística com informações

5 Suprimentos e Logística Pág. 5 de 14 fundamentais do processo, é divulgado também a possibilidade de treinamento, para integrar o solicitante ainda mais com os serviços prestados pelo setor. Além da Pesquisa de Satisfação o Núcleo de Planejamento é responsável por também tratar as insatisfações consideradas via Ouvidoria. Conforme procedimentos DSC.QMA.NPE Satisfação do Cliente e DSC.QMA.NPE Manifestação de Clientes. 7.2 Cadastros De Materiais Cadastro De Itens Tipo Estoque Todo e qualquer colaborador lotado na APC, ISCMC e Fundações, pode solicitar Inclusões no cadastro geral via Papirus Iger. Após o usuário realizar a pesquisa de itens no Iger em: Consulta de Itens, e constatar a necessidade de cadastrar um novo item de estoque, pois não há item conforme a necessidade, ou ainda que o item não esteja cadastrado para a empresa que deseja, o solicitante deve proceder da seguinte forma: neste caso, para itens de estoque é necessário abrir um papirus com o tipo de documento: Estoque, em INICIAR/ PAPIRUS/ DOCUMENTO/ NOVO. Após a solicitação do usuário for concluído, o papirus será encaminhado automaticamente para o colaborador designado do Núcleo de Planejamento. O mesmo irá verificar se as informações do papirus estão corretas, coerentes e com todos os campos necessários preenchidos, caso não esteja, o papirus será cancelado informando o motivo pelo qual não poderá ser atendido, se o papirus estiver correto o colaborador irá verificar se o item já existe no sistema, caso já exista, irá responder no papirus o código do item para solicitação, se o item não existe, o colaborador do núcleo de planejamento irá enviar o documento para o responsável do núcleo de almoxarifado para validação de inclusão do item no estoque. Caso o núcleo de almoxarifado não autorize a inclusão do item no estoque, será cancelado a inclusão do item, e informado o motivo pelo qual não pode ser atendido, e se for o Núcleo de Almoxarifado, enviará a autorização via papirus. Após a validação, é necessário enviar um para contabilidade solicitando a conta financeira para cadastro do item. Após o recebimento da conta financeira, o item será cadastrado via Benner, e após a ativação do mesmo, será informado o código no papirus com informações complementares. O documento voltará para o núcleo de almoxarifado, para verificar como o item foi cadastrado, e assim realizar um planejamento para compor o estoque com o item, e assim, concluíra o documento. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística.

6 Suprimentos e Logística Pág. 6 de Cadastro De Itens Tipo Compras Todo e qualquer colaborador lotado na APC, ISCMC e Fundações, pode solicitar Inclusões no cadastro geral via Papirus Iger. Esta liberação se faz necessário quando o solicitante irá realizar o pedido de compras/estoque, e aparecer uma mensagem que o item não esta liberado para o CR solicitante, ou que não esta liberado para a unidade organizacional, sendo assim, o solicitante deverá abrir um papirus como o tipo de documento: Liberação itens por centro resultado, em INICIAR/ PAPIRUS/ DOCUMENTO/ NOVO. Após a solicitação do usuário for concluído, o papirus será encaminhado automaticamente para o colaborador designado do núcleo de planejamento. O mesmo irá verificar se as informações do papirus estão corretas e coerentes, caso não esteja, o papirus será devolvido para complementar com as informações necessárias, se estiver correto o colaborador do núcleo de planejamento irá verificar o código solicitado para liberação, caso o item esteja bloqueado e/ou inativo irá informar ao solicitante o código correto. Se o item estiver liberado e ativo, irá liberar para o CR via Benner, e se o item for de estoque, irá validar/liberar o almoxarifado destino para o CR. Após todas as liberações, será informado ao solicitante no papirus que o item esta liberado e com informações complementares. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística Cadastro De Itens Tipo Investimento O processo para cadastro de itens de investimento deverá ser solicitado pelo solicitante da mesma forma como de compras, sendo apenas necessário acrescentar o valor estimado do item. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística. Para os itens de investimento, é necessário que o Núcleo de Planejamento envie um para o Núcleo de Patrimônio para validar se o item poderá se cadastrado como tal, e qual será conta financeira que deverá ser cadastrada. Os critérios para definição do item como patrimônio/investimento é de inteira responsabilidade do Núcleo de Patrimônio, não cabendo ao Núcleo de Planejamento esta definição. Os dois critérios mais analisados pelo Núcleo de Patrimônio são: durabilidade do item e valor aproximado (preferencialmente superior ao estimado de R$ 326,00) Cadastro De Itens De Contrato

7 Suprimentos e Logística Pág. 7 de 14 O Núcleo de Planejamento recebe freqüentemente demanda do Núcleo de Compras, solicitações de cadastro de itens como contrato. O Núcleo de Compras envia um e- mail para o Núcleo de Planejamento notificando que há arquivo disponível na pasta da rede, para inclusão/alteração. O Núcleo de Planejamento irá realizar um Backup da planilha postada na rede, e irá inserir as informações necessárias para inclusão/alteração dos itens. Caso os itens sejam de inclusão, será enviada a solicitação de conta financeira para a Contabilidade. Após a planilha ser preenchida, a inclusão/alteração será realizada através do sistema integrator. Assim que todos os itens forem inclusos/alterado, será enviado um para o requisitante que o contrato estar finalizado e disponível para solicitação Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística e SSL.SUP.NPI.027 Manual do Processo de Compras. 7.3 Liberações De Itens Por Centro De Resultado Todo e qualquer colaborador lotado na APC, ISCMC e Fundações, pode solicitar Inclusões no cadastro geral via Papirus Iger. Esta liberação se faz necessário quando o solicitante irá realizar o pedido de compras/estoque, e aparecer uma mensagem que o item não esta liberado para o CR solicitante, ou que não esta liberado para a unidade organizacional, sendo assim, o solicitante deverá abrir um papirus como o tipo de documento: Liberação itens por centro resultado, em INICIAR/ PAPIRUS/ DOCUMENTO/ NOVO. Após a solicitação do usuário for concluído, o papirus será encaminhado automaticamente para o colaborador designado do núcleo de planejamento. O mesmo irá verificar se as informações do papirus estão corretas e coerentes, caso não esteja, o papirus será devolvido para complementar com as informações necessárias, se estiver correto o colaborador do núcleo de planejamento irá verificar o código solicitado para liberação, caso o item esteja bloqueado e/ou inativo irá informar ao solicitante o código correto. Se o item estiver liberado e ativo, irá liberar para o CR via Benner, e se o item for de estoque, irá validar/liberar o almoxarifado destino para o CR. Após todas as liberações, será informado ao solicitante no papirus que o item esta liberado e com informações complementares. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística. 7.4 Liberação De Usuários Para Solicitação De Compras E Estoque A gestão de liberação de usuários é efetuada no sistema Iger / Papirus, onde um colaborador que ainda não possui liberação para solicitar compras e/ou estoque deve

8 Suprimentos e Logística Pág. 8 de 14 encaminhar via Papirus de Liberação de Solicitação de Compras, Estoque e Liberações de Itens para o Núcleo de Planejamento. O Núcleo de Planejamento recebe este documento, verifica todas as informações necessárias, caso esteja faltando informações, o papirus é devolvido ao solicitante para preenchimento das mesmas. Para casos em que o documento está devidamente preenchido, o papirus é encaminhado para validação do controller da área solicitante, este devolve autorizando ou não a solicitação. Quando a solicitação não é autorizada, o documento é cancelado e devolvido automaticamente ao solicitante, com as considerações para correção. Quando a solicitação é autorizada, o controller devolve o papirus ao Núcleo de Planejamento que realiza a liberação do usuário, o mesmo responde via papirus informando os tipos de solicitações, e que estão disponíveis para o usuário, concluindo assim o papirus. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística. 7.5 Cadastro E Configuração De Trâmites De Aprovação A gestão de cadastro e configuração de trâmite de aprovação é efetuada no sistema Iger / Papirus. Quando existe a necessidade de troca ou cadastro de aprovadores financeiros em solicitações de compra e estoque. A área solicitante deve encaminhar um Papirus de Liberação de Solicitação de Compras, Estoque e Liberações de Itens contendo as informações conforme procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística. Para casos em que o documento está devidamente preenchido, ele é encaminhado para validação do controller da área solicitante, este devolve autorizando ou não a solicitação. Quando a solicitação não é autorizada, o documento é cancelado e devolvido automaticamente ao solicitante. Quando é autorizada, o controller devolve o papirus ao Núcleo de Planejamento que realiza o cadastro e/ou configuração do tramite, responde via papirus para o usuário e conclui o papirus. Para detalhamento de como efetuar este pedido, consultar o procedimento SSL.SUP.NPI.028 Manual de Solicitações de Serviços de Suprimentos e Logística. 7.6 Cancelamento E Devolução Dos Papirus O Núcleo de Planejamento sempre que necessário, irá devolver o papirus para o solicitante para ajustes de informações, seja qual tipo for de solicitação, assim, o solicitante retorna com as informações complementares e o Núcleo de Planejamento ao receber o retorno dá as devidas tratativas. Um papirus só é cancelando quando:

9 Suprimentos e Logística Pág. 9 de 14 Estiver sem nenhuma informação; Estiver com solicitação caracterizada a outro tipo de solicitação; Quando uma solicitação já existir (por exemplo: solicitação de cadastro de itens, e o mesmo já existir no sistema); A pedido do solicitante. 7.7 Sistemas, Homologações E Testes A interface ocorre entre Núcleo de Planejamento e Diretoria de Tecnologia, buscando atender, sempre que possível, os usuários do Setor de Suprimentos e Logística (Benner) e solicitantes/clientes internos (Iger). O acesso aos administradores destes sistemas é realizado através de formulário padrão, onde são caracterizadas todas as informações que identificam o problema. Em seguida é criado um documento papirus tipo Solicitação de Serviço de Informática onde é vinculado o Formulário Padrão, para início do atendimento realizado pela Diretoria de Tecnologia. As melhorias de sistema são formalizadas também através de formulário padrão, com detalhamento do processo para visualização e atendimento da Diretoria de Tecnologia, através do documento papirus Serviço de Informática Melhorias. O Núcleo de Planejamento é responsável pelas homologações referentes a recursos tecnológicos utilizados em Suprimentos e Logística. Para este processo, são simuladas situações reais de funcionalidade dos sistemas de acordo com o desenvolvimento realizado em base sistêmica de teste. 8 INDICADORES E CONSOLIDAÇÃO DAS INFORMAÇÕES O Núcleo de Planejamento é responsável pela gestão de informações gerenciais (administração do banco de dados para indicadores do setor), para os demais núcleos do Setor de Suprimentos e Logística. Este processo inicia-se com a extração de informações do sistema, após a consolidação das informações são gerados gráficos para demonstração e divulgação. Periodicamente são criados indicadores internos e padrão (qualidade) para demonstração de resultados, com informações consolidadas geram-se os índices de processos realizados durante um determinado período, este, de acordo com a medição e controle do indicador. 8.1 Indicadores Qualidade O Núcleo de Planejamento também é responsável por alimentar as informações e controlar os indicadores padrão qualidade. As informações também são extraídas do banco de dados. Cabe ainda ao Núcleo de Planejamento consolidar e disponibilizar estas informações, conforme procedimento DSC.QMA.NPE Gestão de Indicadores (SLM).

10 9 SUPORTE AOS CLIENTES Suprimentos e Logística Pág. 10 de 14 O Núcleo de Planejamento visa atender seus clientes sempre que possível para esclarecimentos de informações e auxilio na execução de solicitação dos serviços prestados pelo Setor de Suprimentos e Logística, os atendimentos ocorrem via , telefone ou pessoalmente. 10 APLICAÇÃO DE TREINAMENTOS Os treinamentos acontecem conforme demanda ou diante da necessidade pontual de determinado cliente e/ou área para garantir que os solicitantes possam ter a oportunidade de entender e aprender mais sobre os serviços prestados pelo Setor de Suprimentos e Logística. Nos treinamentos ocorre também a divulgação das informações estratégicas do setor como: Política de Qualidade, Índice de Satisfação, Demanda de Itens de Contratos, etc. 11 PRAZOS E SLA S Estimam-se os prazos dos serviços do Núcleo de Planejamento em: Documento Situação Área Envolvida SLA do Planejamento Compras Normal Núcleo de Compras / Contabilidade** / Patrimônio** 4 dias úteis Compras Com mais de 25 itens Núcleo de Compras / Contabilidade** / Patrimônio** Conforme negociação com cliente Compras Emergencial* Núcleo de Compras / Contabilidade** / Patrimônio** Conforme situação de emergência 24 horas Estoque Normal Núcleo de Almoxarifado / Contabilidade** 9 dias úteis Estoque Com mais de 25 itens Núcleo de Almoxarifado / Contabilidade** Conforme negociação com cliente

11 Suprimentos e Logística Pág. 11 de 14 Estoque Liberação de Itens por Centro de Resultado Liberação de Itens por Centro de Resultado Liberação de Itens por Centro de Resultado Liberação de Usuários Para Solicitação de Compra / Estoque ou Configuração de Trâmites Emergencial* Núcleo de Almoxarifado / Contabilidade** Conforme situação de emergência 24 horas Normal Contabilidade*** 4 dias úteis Com mais de 25 itens Emergencial* Normal Contabilidade*** Contabilidade*** Controladoria* (do solicitante) Conforme negociação com cliente Conforme situação de emergência 24 horas 4 dias úteis Liberação de Usuários Para Solicitação de Compra / Estoque ou Configuração de Trâmites Emergencial* Controladoria* (do solicitante) Tabela 01 Prazos e SLA Conforme situação de emergência 24 horas * Emergencial situações que: Coloquem em risco a segurança de colaboradores, pacientes e alunos; Provoque prejuízos financeiros significativos a Instituição; Coloque em risco o patrimônio da instituição; Impeçam o andamento de aulas acadêmicas; Comprometam a imagem da Instituição perante a comunidade; Que causem impactos ao, desde que encaminhadas via para o colaborador designado do Núcleo de Planejamento com a justificativa adequada. ** Áreas envolvidas que não possuem SLA com o Núcleo de Planejamento. *** Quando necessário. 12 STATUS DOS PAPIRUS Para que o solicitante possa acompanhar seu papirus encaminhar, deve entrar no IGER, ir no menu INICIAR/ PAPIRUS/ DOCUMENTO/ ENVIADOS, buscar o papirus encaminhar e acompanhar por meio da coluna Result. Atual o status do documento. O Núcleo de Planejamento atualiza cada documento recebido de acordo com o status. Abaixo a tabela explicando todos os status:

12 Suprimentos e Logística Pág. 12 de 14 Documento Status Descrição Área Envolvida Situação conta financeira Contabilidade Para todo item a ser cadastrado é necessário CF validação do núcleo de patrimônio Patrimônio Para todo item que possivelmente serão itens de investimento validação técnica Área Técnica do Item Para todo item mais crítico é necessário análise técnica Compras validação do comprador Núcleo de Compras Para itens que são necessários a validação de nomenclatura, unidade de medida, etc. retorno do solicitando Solicitante Para itens que precisem de maiores esclarecimentos Concluído ou Finalizado Cancelado papirus papirus - Documento encerrado - Documento encerrado conta financeira Contabilidade Para todo item a ser cadastrado é necessário CF validação técnica Área Técnica do Item Para todo item mais crítico é necessário análise técnica Estoque retorno do solicitando Solicitante Para itens que precisem de maiores esclarecimentos Concluído ou Finalizado Cancelado papirus - Documento encerrado papirus - Documento encerrado

13 Suprimentos e Logística Pág. 13 de 14 Em Execução conta financeira Contabilidade Para todo item a ser cadastrado é necessário CF Em Execução validação do núcleo de patrimônio Patrimônio Para todo item que possivelmente serão itens de investimento Em Execução validação técnica Área Técnica do Item Para todo item mais crítico é necessário análise técnica Liberação de Itens por Centro de Resultado Em Execução validação do comprador Núcleo de Compras Para itens que são necessários a validação de nomenclatura, unidade de medida, etc. Em Execução retorno do solicitando Solicitante Para itens que precisem de maiores esclarecimentos Concluído ou Finalizado Cancelado papirus papirus - Documento encerrado - Documento encerrado Em Execução Análise do papirus - Aguaradando para execução Liberação de Usuários Para Solicitação de Compra / Estoque ou Configuração de Trâmites 13 ANEXOS Encaminhar para Concluído ou Finalizado Cancelado a validação do controller ou do solicitante papirus papirus Tabela 02 Status Controladoria (do solicitante) / Solicitante Para toda solicitação é necessário validação do Controller, ou informações do solicitante - Documento encerrado - Documento encerrado Não é aplicável a este documento.

14 Suprimentos e Logística Pág. 14 de HISTÓRICOS DE ALTERAÇÕES DO DOCUMENTO HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES Alterado fluxogramas 6.9.4, e acrescentado a sigla CF no item 4, DESCRIÇÃO (item alterado) Modificação em todo procedimento (inclusão das particularidades dos cadastros para APC / controladoria / Patrimônio). - Inclusão: Materiais Para Compra APC Especificação dos itens a serem cadastrados passando sob parecer da área de controladoria ou Patrimônio (para itens superiores a R$326,00), para validação de contas financeiras e finalidade a ser cadastrada nos itens - Desmembrado o tipo de documento de Liberações (de Liberações de solicitação de compra,estoque e liberações de itens para Liberação de itens por centro de resultado e Liberação de usuários para solicitação de compras/estoque ou configuração de tramites ), no item Incluído no SLA de inclusão de itens de Estoque para atendimento de até 9 dias úteis, no item Adequado o procedimento ao novo layout institucional adotado, bem como revisão das siglas de identificação dos documentos para o novo padrão Excluído as telas demonstrativas. - Inserido o tópico para cadastro de itens de contrato. - Inserido a tabela de SLA com áreas envolvidas. - Inserido a tabela de Status dos documentos. - Adaptação do conteúdo e da estrutura do documento para o padrão institucional.

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO...

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... Suprimentos e Pág. 1 de 7 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 2 6 CONTEÚDO... 3 7 ANEXOS...

Leia mais

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO...

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... Suprimentos e Pág. 1 de 13 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 3 6 CONTEÚDO... 4 7 ANEXOS...

Leia mais

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO...

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... Suprimentos e Pág. 1 de 6 Produto Não-Conforme SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 2 6

Leia mais

OBJETIVO MATERIAIS NECESSÁRIOS DESCRIÇÃO DAS PRINCIPAIS ATIVIDADES

OBJETIVO MATERIAIS NECESSÁRIOS DESCRIÇÃO DAS PRINCIPAIS ATIVIDADES PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Padrão N : 7.3 Estabelecido em: 28/06/2011 Revisado em: 28/06/2011 N da Revisão: 00 Setor: NCP (Núcleo de Controle de Produtos) Tarefa: Padronização de procedimentos internos

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow.

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 2- Abrangência: Depto. Comercial, fiscal, cobrança e contas a receber 3- Fluxo 1 Tela login Mesmo usuário

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO...

ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... Suprimentos e Pág. 1 de 25 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 2 2 ABRANGÊNCIA / NÍVEL DE DISTRIBUIÇÃO... 2 3 SIGLAS UTILIZADAS... 2 4 GLOSSÁRIO / CONCEITOS... 2 5 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 3 6 CONTEÚDO... 4 7 ACESSO

Leia mais

Software de Compras. Manual de treinamento para usuários do OutBuyCenter

Software de Compras. Manual de treinamento para usuários do OutBuyCenter Software de Compras Manual de treinamento para usuários do OutBuyCenter OutBuyCenter Software para o gerenciamento de compras integradas (eprocurement e supply chain), objetiva a rápida tramitação de compras

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Histórico de Revisões Rev. Modificações 01 30/04/2007 Primeira Emissão 02 15/06/2009 Alteração de numeração de PO 7.1 para. Alteração do título do documento de: Aquisição para: Aquisição / Qualificação

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS INSTRUÇÃO DE TRABALHO PARA INFORMAÇÕES GERENCIAIS Asia Shipping Transportes Internacionais Ltda. como cópia não controlada P á g i n a 1 7 ÍNDICE NR TÓPICO PÁG. 1 Introdução & Política 2 Objetivo 3 Responsabilidade

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

PSQ 290.0300 - PROCEDIMENTO DO SISTEMA DA QUALIDADE

PSQ 290.0300 - PROCEDIMENTO DO SISTEMA DA QUALIDADE PSQ - (4.2.3 - Controle de Documentos) (820.40 Document Control) APROVAÇÃO MARCOS FERNANDES NUNES Gerente da QA/RA Data: / / ELABORAÇÃO REVISÃO GISELA CRISTINA LUÇOLLI NASS Assistente Administrativo APARECIDA

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DE FORNECEDORES

AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DE FORNECEDORES VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO ARQUIVO SQ SIGLA DA UO SULOG RUBRICA SIGLA DA UO G-SCQ RUBRICA 1 OBJETIVO Definir os requisitos e procedimentos mínimos para avaliação e seleção de fornecedores, assegurando fontes

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES 10/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 02 de outubro de 2015. Aprovado, Antonia Valeria Martins Maciel 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas

Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas 1 Módulo Almoxarifado Módulo que busca a redução de custos e controla os bens de consumo.

Leia mais

Solicitações de Estoque Almoxarifado

Solicitações de Estoque Almoxarifado Manual do SGAd Sistema de Gestão Administrativa Solicitações de Estoque Almoxarifado Seção Técnica de Materiais - 2015 - Este manual tem por objetivo ajudar o usuário na solicitação de materiais junto

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Comercial Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Consulta Pedido/Nota Fiscal A consulta passou a diferenciar o número da nota fiscal por filial, ou seja, caso exista uma nota fiscal

Leia mais

Pag: 1/20. SGI Manual. Controle de Padrões

Pag: 1/20. SGI Manual. Controle de Padrões Pag: 1/20 SGI Manual Controle de Padrões Pag: 2/20 Sumário 1 Introdução...3 2 Cadastros Básicos...5 2.1 Grandezas...5 2.2 Instrumentos (Classificação de Padrões)...6 3 Padrões...9 3.1 Padrão Interno...9

Leia mais

Não há documentação de referência para o processo.

Não há documentação de referência para o processo. Código: MAN-SADM-004 Versão: 00 Data de Aprovação: 24/05/2010 Elaborado por: Coordenadoria de Serviços Gerais Aprovado por: Secretaria Administrativa 1 Objetivo Estabelecer os critérios e os procedimentos

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE DE ESTOQUE MANUAL PARA REQUISITANTES

SISTEMA DE CONTROLE DE ESTOQUE MANUAL PARA REQUISITANTES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO UNIVERSITÁRIO DIRETORIA GERAL DE ADMINISTRAÇÃO SISTEMA DE CONTROLE DE ESTOQUE MANUAL PARA REQUISITANTES SISTEMA 1ª EDIÇÃO SETEMBRO/2013

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor Tendo em vista a necessidade de modernização dos sistemas corporativos e as dificuldades de implementar manutenções preventivas,

Leia mais

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line Sistema on-line O Instituto Ethos Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 por um grupo de empresários, que tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE CONSTAT

MANUAL DO CLIENTE CONSTAT MANUAL DO CLIENTE CONSTAT 2013 Todos os direitos reservados à Constat. Distribuição ou repasse a terceiros não autorizados. Porto Alegre RS Av. Ceará, 1652 São João 90240-512 Fone (51) 3025.6699 www.constat.com.br

Leia mais

Registro somente o pessoal do Departamento de Registro pode utilizar este recurso.

Registro somente o pessoal do Departamento de Registro pode utilizar este recurso. Departamento Responsável: Registro Departamento que vão ser beneficiados com este recurso: Objetivos: Registro somente o pessoal do Departamento de Registro pode utilizar este recurso. Cadastrar históricos

Leia mais

PR 2 PROCEDIMENTO. Auditoria Interna. Revisão - 2 Página: 1 de 9

PR 2 PROCEDIMENTO. Auditoria Interna. Revisão - 2 Página: 1 de 9 Página: 1 de 9 1. OBJETIVO Estabelecer sistemática de funcionamento e aplicação das Auditorias Internas da Qualidade, fornecendo diretrizes para instruir, planejar, executar e documentar as mesmas. Este

Leia mais

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Índice 1 Acessando o sistema via internet...3 2 Funcionalidades...6 2.1 Horário Individual...7 2.2 Calendário Acadêmico...8 2.3 Biblioteca...9 2.3.1 Consultar

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Cadastro de Pessoa Jurídica

Cadastro de Pessoa Jurídica Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo Cadastro de Pessoa Jurídica CADASTRAMENTO NO NOVO SISTEMA Novembro/2012 2 Índice 1 Introdução 03 2 Entrando no sistema de cadastro 03 3 Cadastramento eletrônico

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 014

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 014 1/ 14 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão integral do PO, Indicadores e adequação dos registros e padrões. 02 Adequação as normas ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ALMOXARIFADO 1 SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE NOVOS ITENS NO CADASTRO DE MATERIAIS NO SISERGE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ALMOXARIFADO 1 SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE NOVOS ITENS NO CADASTRO DE MATERIAIS NO SISERGE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI - UFSJ INSTITUÍDA PELA LEI N O 10.425, DE 19/04/2002 D.O.U. DE 22/04/2002 PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD DIVISÃO DE MATERIAS E PATRIMÔNIO DIMAP MANUAL DE

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda a evolução da empresa nesse

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS - IRP Manual do Gerenciador

INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS - IRP Manual do Gerenciador MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS - IRP Manual do Gerenciador

Leia mais

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54

Manual de Utilização Sisamil - Sistema Integrado de Saúde Amil Manual de Utilização 1 54 Manual de Utilização 1 54 Estamos definitivamente na era digital. Era da velocidade cada vez maior da informação. Era da otimização do tempo. O novo Sistema Integrado de Saúde Amil, SiSAmil, mostra toda

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG 2015 Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Cliente Institucional e Atualizado em: 11 de setembro de 2015 Sumário 1. Conceito do software... 1 2. Abertura de

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte

Cláudia Araújo Coordenadora Diego Macêdo Programador Marcelo Rodrigues Suporte BCON Sistema de Controle de Vendas e Estoque Declaração de escopo Versão 1.0 Histórico de Revisão Elaborado por: Filipe de Almeida do Amaral Versão 1.0 Aprovado por: Marcelo Persegona 22/03/2011 Time da

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Procedimento Operacional

Procedimento Operacional 1/11 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão geral do documento 02 Adequação dos registros e padrões Adequação para o Sistema de Gestão Integrado, alteração do Item

Leia mais

Funcionalidade da Aba Pesquisador

Funcionalidade da Aba Pesquisador Funcionalidade da Aba Pesquisador Versão 1.0 1 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 07/11/2013 Criação do Plataforma Brasil documento *Atenção! Para sugestões, no intuito de aprimorar os manuais

Leia mais

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA

NORMA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA CONTROLE DO PARQUE DE INFORMÁTICA Data: 17 de dezembro de 2009 Pág. 1 de 13 SUMÁRIO SUMÁRIO 2 1. INTRODUÇÃO 3 2. FINALIDADE 3 3. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3 4. PADRONIZAÇÃO DOS RECURSOS DE T.I. 4 5. AQUISIÇÃO

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS

TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS TREINAMENTO DTT EXERCÍCIO 2 IDENTIFICANDO RISCOS Objetivo Identificar os riscos nos processos descritos No processo de revisão do processo de Compras, necessitamos identificar os principais riscos inerentes

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE Revisão: 07 Data: 05.03.09 Página 1 de 7 Copia controlada MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE José G. Cardoso Diretor Executivo As informações contidas neste Manual são de propriedade da Abadiaço Ind. e Com.

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE IX Envio das Informações e documentos para o TCE VERSÃO 2015 Novembro

Leia mais

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes)

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) 1 - Como proceder para lançar um Aviso de Licitação? 2 - Como proceder quando um Aviso de Licitação está na situação de Pendente? 3 - Como proceder para incluir ou

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para apoiar a gestão de projetos e o monitoramento da estratégia institucional.

Estabelecer critérios e procedimentos para apoiar a gestão de projetos e o monitoramento da estratégia institucional. APOIAR E MONITORAR A GESTÃO ESTRATÉGICA E DE PROJETOS DO PJERJ Proposto por: Equipe do Departamento de Gestão Estratégica e Projetos (DGDIN/DEGEP) Analisado por: Diretor do Departamento de Gestão Estratégica

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line Sistema on-line O Instituto Ethos Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 por um grupo de empresários, que tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

CONTESTAÇÃO DA ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA

CONTESTAÇÃO DA ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA atualizado em 19/10/2015 acrescentados os itens 6.3 e 6.4 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...4 2. MODALIDADES DA CONTESTAÇÃO...5 3. PRAZOS PARA A CONTESTAÇÃO...5 4. REQUISITOS GERAIS PARA ACESSO AO SISTEMA e-fisco/cmt...7

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS Manual de Solicitação de Compras 1 SUMÁRIO Acesso ao SIE:... 2 1. Acesso à tela de Solicitação de Compras... 3 2. Abrir nova Solicitação de Compras...

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SIA-012-R00 GESTÃO DE SISTEMAS DA SIA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SIA-012-R00 GESTÃO DE SISTEMAS DA SIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SIA-012-R00 GESTÃO DE SISTEMAS DA SIA 10/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 09 de outubro de 2015. Aprovado, Leandro Costa Pereira Crispim de Sousa Fabio Faizi Rahnemay

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 04

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 04 1/ 6 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão e adequação integral do PO 02 Revisão na íntegra do PO Demais envolvidos na análise e aprovação Área / Processo Responsável

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Setembro / 2013 Bem vindo ao sistema de consultas de pagamentos da TOTVS S/A. Aqui você encontrará informações sobre condições de pagamentos, bem

Leia mais

Diferenças da versão 6.3 para a 6.4

Diferenças da versão 6.3 para a 6.4 Release Notes Diferenças da versão 6.3 para a 6.4 Melhorias Comuns ao Sistema Help O Help Online foi remodelado e agora é possível acessar os manuais de cada módulo diretamente do sistema. Mapeamento de

Leia mais

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas CLM ONLINE Doc.: Manual do Usuário Versão: V 2.0 Data: 18 de setembro de 2014 CLM Controller Rua João Anes, 122 Lapa São Paulo SP Tel. + 55 11 36 43 56 00 Fax + 55 11 36 43 56 03 Copyright 2014 CLM Controller

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE

MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE Emissor: Departamento Operacional do Crédito Consignado Versão: 8 Vigência: 17.07.2015 Código MO: OCC 01 MANUAL OPERACIONAL DE PORTABILIDADE BANRISUL COMO PROPONENTE SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 CONCEITOS...

Leia mais

Manual do Processo de Controladoria

Manual do Processo de Controladoria Manual do Processo de Controladoria Apresentação MV Sumário Processo de Controladoria 5 Leia-me primeiro... 5 Contas a Pagar -... Provisionamento 7 Validar Dados da Nota Fiscal... 11 Registro no Contas

Leia mais

6. Cadastros. Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS.

6. Cadastros. Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS. 6. Cadastros Neste capítulo será explicado como gerenciar os cadastros dentro do SILAS. Nesta seção o usuário poderá cadastrar, gerenciar e excluir cadastros de: - clientes, municípios, convênios, descontos.

Leia mais

http://web.asplan.com.br/aspnet

http://web.asplan.com.br/aspnet MANUAL DE IMPLANTAÇÃO ASPNET 2.0 Cliente http://web.asplan.com.br/aspnet Revisão 10/2010 1. COMO ACESSAR O ASPNET O cadastramento dos usuários Clientes é de responsabilidade dos setores do Escritório Contábil,

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra estão disponíveis em Meus pedidos.

Leia mais

TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR. SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal

TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR. SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal Sumário CONFIGURAR ORGANIZAÇÃO MILITAR 1. USUÁRIOS... 6 1.1. Administrador de Parâmetros Cadastrais OM... 6 2. PRÉ-CONDIÇÕES...

Leia mais

Portal Gestão de Recebimentos

Portal Gestão de Recebimentos Portal Gestão de Recebimentos Introdução O Portal Gestão de Recebimentos proporciona agilidade e rapidez na interação dos clientes HSBC com seus fornecedores. Permite a você consultar as operações liberadas

Leia mais

Manual Setorial Gerência de Tecnologias de Gestão (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV

Manual Setorial Gerência de Tecnologias de Gestão (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Manual Setorial Gerência de (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Este Manual setorial faz parte do Programa de da Qualidade da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV.

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL Entidade Municipal Abril / 2011 ÍNDICE Objetivos do Sistema de Registro de Integrado - REGIN... 3 Principais Módulos do Sistema... 4 Módulo Controle de Acesso... 5 Módulo

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA APROVAÇÃO ELETRÔNICA DE SM E DM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA APROVAÇÃO ELETRÔNICA DE SM E DM MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA APROVAÇÃO ELETRÔNICA DE SM E DM ÍNDICE 1. Objetivo... 1 2. Informações Gerais... 1 3. Aprovação de Reserva (Solicitação de Materiais - SM)... 1 3.1. Aprovação de Reserva (SM)

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

Sistema de Compras TV Globo

Sistema de Compras TV Globo Sistema de Compras TV Globo Guia de Uso R Guia de Uso do Portal do Fornecedor da TV Globo R PÁGINA Índice Índice O que é o Sistema de Compras TV Globo 4 Criar a sua cotação (Cota) Anexar documento 4 Cadastro

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27

1. Objetivos do curso 2. 2 Comunicação Interna (CI) 13 3 Ofício 18 4 DEFINIÇÕES GERAIS 23 5 CONCLUSÃO 27 1. Objetivos do curso 2 Introdução 2 Funções do Sistema: 2 Da Comunicação Interna: 3 o Enviadas: 3 o Recebidas: 3 o Com Cópia Pessoal: 3 Ofícios 4 o Enviados: 4 o Recebidas com Cópia: 5 Contatos Externos:

Leia mais

PO 001 - GESTÃO DE PROCESSOS E DOCUMENTAÇÃO 008

PO 001 - GESTÃO DE PROCESSOS E DOCUMENTAÇÃO 008 1 - OBJETIVO PO 001 - GESTÃO DE PROCESSOS E DOCUMENTAÇÃO 008 Este retrata a forma que deve ser conduzida a gestão dos s da entidade desde a sua concepção até o seu acompanhamento e melhoria. 2 - AUTORIDADE

Leia mais