Planejamento e Execução de Treinamentos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejamento e Execução de Treinamentos"

Transcrição

1 Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento 1 OBJETIVOS Esta instrução tem como objetivo orientar os colaboradores do Departamento de Inovação Tecnológica para planejar, coordenar e controlar os treinamentos básico e específico dos colaboradores (estagiários ou servidores) que iniciam suas atividades na Sinfo e orientar os instrutores/responsáveis como proceder com os treinamentos específicos. 2 INSTRUÇÕES 2.1 Planejamento do treinamento Tipos de treinamentos: Básico e Específico. Os treinamentos, básico e específico, são aplicados a todos os colaboradores de acordo com a descrição no FRM13-01 Planilha de Competências. O treinamento básico é ministrado em Educação à Distância EAD pela Escola Superior do Ministério Público. Existem três entradas para a execução de treinamento a seguir: Novo colaborador da Sinfo estagiário ou servidor; Colaborador que muda de lotação dentro da Sinfo estagiário ou servidor; Colaborador que acrescenta ou muda de função dentro do próprio departamento. Instrutores: Os instrutores serão escolhidos de acordo com a disposição, e indicação do chefe do departamento, para treinamento específico. A equipe do DGPA é responsável pelo treinamento básico. Tópicos e Conteúdo programático: observar a especificação do FRM13-01 Planilha de Competências. Verificar a planilha com o conteúdo programático. Material: O material para treinamento específico é de responsabilidade de cada 1

2 departamento/instrutor. Pode acontecer de um assunto específico ser ministrado por instrutor fora do departamento. Horário do treinamento: deve ser de acordo com a disponibilidade do instrutor. Tempo para o treinamento: observar a especificação do FRM13-01 Planilha de Competências. 2.2 Ferramenta Gestproj O gestproj será utilizado para registros dos treinamentos da Sinfo. O integrante da equipe DGPA responsável pelos chamados do dia, ficará responsável pelos treinamentos iniciados e deve fazer o acompanhamento até a sua finalização. Os passos para o registro das tarefas seguem abaixo: A secretaria vai abrir um subchamado e encaminhar para o DGPA; O integrante da equipe responsável pelo chamado no dia vai dar atendimento e fazer um assentamento que uma tarefa de treinamento básico ou especifico, ou os dois, serão abertos. Não esquecer de colocar no subchamado os números das tarefas abertas. No gestproj, a equipe responsável por gerenciar os treinamentos são os gestores do projeto treinamento e formam a equipe do DGPA. Qualquer um desses colaboradores pode criar tarefas, atribuí-las a um instrutor e fazer o acompanhamento. Podem também assumir a tarefa a qualquer momento para dar andamento. Criar uma tarefa Abrir o Gestproj no link Buscar o projeto Treinamento; 2

3 Ilustração 1 Clicar em Nova tarefa; 3

4 Ilustração 2 Escolher o tipo Treinamento básico ; O título, é o nome do treinando; A descrição, é a relação dos tópicos a serem treinados de acordo com a planilha de competências. Um checklist está disponível para essa consulta no SVN > ISO 9001>02-SistemaDeGestãoDaQualidade>PRC13-Atendimento Administrativo>Cursos e treinamentos, Checklist de treinamento. Colocar o número do chamado na tarefa. A Situação é preenchida com Novo ; Atribuir Observadores para toda a equipe do DGPA. Se essa atribuição não for 4

5 feita no momento da criação a tarefa é só abrir a tarefa e clicar em Observadores e adicionar. Ilustração 3 Clicar em salvar. Para criar uma tarefa do tipo Treinamento específico é só seguir os mesmos passos. Atribuir a tarefa para a sprint treinamento É necessário deixar a sprint em situação planning para depois associar uma tarefa; Clicar em Scrumbler, item 1, e em seguida clicar no item 2 conforme a ilustração 4. 5

6 Ilustração 4 Escolher a situação Planning e clicar em salvar; Ilustração 5 6

7 De acordo com a ilustração 6, clicar em tarefas, item 1. Ilustração 6 Clicar em Atribuído para com o botão direito do mouse, item 2. Selecionar a versão, item 3 e clicar em treinamento, item 4. Dessa forma a tarefa está atribuída a sprint Treinamento. Em seguida clicar em Scrumbler e em Configurações. Ilustração 7 7

8 Clicar em editar. Ilustração 8 Alterar a informação conforme as ilustração 5 para alterar a situação para Opened. Sendo assim, ao selecionar o item Scrumbler no menu, as novas tarefas estarão disponibilizadas na coluna Novo. 8

9 Ilustração 9 Navegando nas colunas da grid A grid é composta por quatro colunas, conforme a ilustração 9 e descritas abaixo: Novo: as tarefas que foram criadas para os treinamentos básicos e específicos ficam nessa primeira posição. Em andamento: quando se inicia o treinamento, básico ou específico, a tarefa 9

10 que está em novo deve ser arrastada para esta coluna. Pendente: após o término do treinamento básico e específico a tarefa deve ser arrastada para essa coluna, e ficar aguardando a emissão do certificado de conclusão do curso EAD, para o básico e a avaliação da eficácia feita pelo responsável da área específica, para o específico. Concluído: a tarefa de treinamento básico deve ser arrastada para esta coluna assim que o certificado associado. A tarefa do treinamento específico só deve ser arrastado para esta coluna quando a avaliação da eficácia do treinamento e das habilidades for associada a tarefa. 2.3 Execução dos treinamentos Colaborador que chega na Sinfo pela primeira vez A equipe do DGPA deve atender o subchamado aberto pela secretaria para o treinamento. Um integrante da equipe DGPA é responsável pelos chamados do dia. O responsável deve criar na ferramenta Gestproj, uma tarefa no projeto Treinamento, do tipo Treinamento básico, atribuindo a tarefa a equipe DGPA e colocar na descrição da tarefa, os itens a serem treinados juntamente com o número do chamado. Quem vai executar o treinamento é definido pela própria equipe, onde todos tem acesso e acompanham as tarefas. O número da tarefa deve ser registrado em assentamento no subchamado. Iniciar o treinamento básico em EAD, disponibilizado pela Escola Superior do MP, arrastando a tarefa para a coluna Em andamento. Fazer o assentamento Iniciado o treinamento EAD. Após a conclusão do treinamento básico, a tarefa deve ficar pendente aguardando 10

11 o certificado da Escola Superior. Após associar o certificado colocar a tarefa na coluna concluído e criar na ferramenta Gestproj, uma tarefa no projeto Treinamento do tipo Treinamento específico atribuindo a tarefa aos instrutores/responsáveis. Colocar o número do chamado nessa tarefa e o número da tarefa no chamado aberto; Após a conclusão da tarefa Treinamento específico, o instrutor deve arrastar a tarefa para a coluna pendente e a equipe DGPA deve enviar a avaliação da eficácia do treinamento e das habilidades ao responsável pelo treinamento específico. A mesma deve ser preenchida e convertida em arquivo PDF e anexada à tarefa pelo responsável/instrutor. A tarefa de treinamento especifico deve ser arrastada para a coluna concluído. O responsável pelo chamado deve encerrar o suchamado aberto pela secretaria. Colaborador da Sinfo que muda de departamento ou muda de função dentro de um mesmo departamento Atender o subchamado aberto para o treinamento; Criar na ferramenta Gestproj, uma tarefa no projeto Treinamento do tipo Treinamento específico atribuindo a tarefa aos instrutores/responsáveis, inclusive para quem for fazer a avaliação da eficácia; Seguir os mesmos passos do item anterior para Treinamento específico. Assentamentos nas tarefas As ações relacionadas aos treinamentos básico e específico devem ser descritas nas tarefas, ressaltando inclusive os itens constantes na descrição do treinamento. Dessa forma fica registrado que o treinamento ocorreu. Para a tarefa básica, após o término do treinamento, descrever que um cerificado será 11

12 emitido, como descrito anteriormente. A tarefa deve ficar com status Pendente aguardando o certificado. Quando associar o certificado, finalizar a tarefa e arrastá-la para a coluna concluído. Criar e atribuir colunas para a sprint (somente para o administrador) Para criar uma nova sprint, utilizar o navegador google chrome. Entrar no projeto Treinamento. Clicar em Scrumbler, item 1, e em seguida em Backlog, item 2. Ilustração 10 Clicar no sinal de mais conforme a ilustração

13 Ilustração 11 Uma caixa será aberta para a criação da nova sprint. Ilustração 12 A nova sprint passa a fazer parte do projeto. Para que a sprint não apareça na lista, basta mudar o status dela para Closed, conforme ilustração 5. 13

14 2.4 Avaliação da Eficácia A avaliação da eficácia do treinamento e das habilidades é feita através do FRM Avaliação da Eficácia e Habilidades, quando considerado finalizado o treinamento específico. Essa avaliação é feita pelo instrutor/responsável da área onde o colaborador vai atuar. Ela é respondida eletronicamente e convertida em arquivo PDF, anexada à tarefa de Treinamento específico, finalizando o treinamento. Caso o resultado da avaliação não seja satisfatório, deve ser descrito no campo observações o motivo e as providências a serem tomadas. Se for um novo treinamento, a tarefa segue aberta para uma nova avaliação em tempo determinado. 2.5 Certificado da Escola Superior para treinamento Básico O curso básico foi criado em EAD e está disponível no site da Escola Superior como Curso básico para colaboradores da SINFO. Os certificados para este curso são solicitados ao fim do mês ou quando for certo não ter mais aluno dentro mês. A solicitação é feita por para o coordenador pedagógico da escola com cópia para o da escola, com os nomes, o período e as notas dos participantes, como mostrado abaixo: 14

15 A escola avisa quando estão prontos. Os certificados são disponibilizados no compartilhador de arquivos MPCloud da Escola Superior. 15

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!!

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! TUTORIAL DO ALUNO Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! O Moodle é a plataforma de ensino a distância utilizada pela Uniapae sendo a unidade de ensino para rápida capacitação

Leia mais

Manual de usuário - GLPI Página 1

Manual de usuário - GLPI Página 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Versão: 1.1 - DTI Manual de usuário

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas SESAU Coordenadoria Setorial de Gestão a Informática - CSGI Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Maceió 06/02/2012 Técnico Responsável: Bruno Cavalcante

Leia mais

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Introdução O presente documento descreverá de forma objetiva as principais operações para abertura e consulta de uma solicitação ao Setor de Desenvolvimento

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

PASSO A PASSO GOOGLE DOCS - FORMULÁRIOS GOOGLE DOCS

PASSO A PASSO GOOGLE DOCS - FORMULÁRIOS GOOGLE DOCS CEEBJA - PALOTINA CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PARA JOVENS E ADULTOS NRE- Toledo MUNICÍPIO: PALOTINA PASSO A PASSO GOOGLE DOCS - FORMULÁRIOS GOOGLE DOCS O Google Docs é uma das recentes ferramentas

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 2. Tela Inicial... 2 3. Abrindo uma nova Solicitação... 3 4. Acompanhando as solicitações abertas... 4 5. Exibindo Detalhes da Solicitação... 6 6.

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS Abril de 2014 Versão 1 Página 1 de 17 Apresentação O Sistema de Pesquisas da PUCRS (SIPESQ) tem por objetivo fazer o mapeamento das estruturas e projetos de pesquisa

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

1. O que é GLPI? 2. Processo de atendimento

1. O que é GLPI? 2. Processo de atendimento 1. O que é GLPI? GLPI (Gestionnaire Libre de Parc Informatique) é a uma sigla em Francês, que significa Gestão de Parque de Informática Livre. Essa é uma ferramenta de helpdesk (suporte ao usuário) para

Leia mais

Guia do usuário GLPI. Versão 0.78.5 Modificada- Thiago Passamani

Guia do usuário GLPI. Versão 0.78.5 Modificada- Thiago Passamani Guia do usuário GLPI Versão 0.78.5 Modificada- Thiago Passamani 1 -O que é GLPI? GLPI(Gestionnaire Libre de Parc Informatique ) é a uma sigla em Francês, que significa Gestão de Parque de Informática Livre.

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa

Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa Versão 3.0 1 Histórico de Revisão Versão Autor Data Descrição Equipe suporte Criação do 1.0 Plataforma Brasil 01/11/2011 Documento 1.1

Leia mais

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1

Procedimento Documentado. Sistema de Homologação de Cobrança. Versão 1.0. Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Procedimento Documentado Sistema de Homologação de Cobrança Versão 1.0 Departamento de Produtos e Serviços Página 1 Histórico Data Versão Descrição Responsável 14/03/2014 1.0 Criação do Procedimento Documentado

Leia mais

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário criticamente por 1. OBJETIVOS Orientar os atendentes que usam o sistema de controle e registro de ocorrências

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Mônica Cristina Fumis do Carmo Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais Procedimentos Departamento de Projetos Contratos e Convênios Pró-Reitoria de Administração Manual para Cotação de Passagens Aéreas Nacionais e Internacionais

Leia mais

Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. ibict. Autores

Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. ibict. Autores Autores Autores normalmente podem se cadastrar e submeter seus trabalhos através do sistema. O Autor envia o documento original, alimenta os metadados (ou a indexação associada ao documento) de seu trabalho,

Leia mais

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO

SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUAP Módulo Protocolo Manual do Usuário DTI DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE PROJETOS, SISTEMAS E PROCESSOS DE NEGÓCIO SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 1.1. ACESSO AO SISTEMA... 1 1.2. TELA INICIAL

Leia mais

tarefa 1. Para criar uma Tarefa clique em Ativar edição.

tarefa 1. Para criar uma Tarefa clique em Ativar edição. tarefa Possibilita que o aluno faça um envio de arquivo ou texto através do editor do Moodle. Aos professores, o recebimento de tarefas permite fazer comentários, avaliar e dar nota. 1. Para criar uma

Leia mais

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE 1 Índice 1. Solicitando acesso ao Portal de Fornecedor...3 2. Configurando o acesso ao Portal de Fornecedor...4 3. Acessando o Portal de

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO

www. inf.br Outubro/2008 5www.habisp.inf.br TREINAMENTO HABISP VERBA DE ATENDIMENTO 5 www. HABISP. inf.br Outubro/2008 TREINAMENTO HABISP MÓDULO VERBA DE ATENDIMENTO 1 INTRODUÇÃO Este documento, tem por finalidade, permitir aos usuários a utilização das ferramentas do HABISP que possibilitam

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL Ambiente Virtual de Aprendizagem - MOODLE GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL http://salavirtual.faculdadesaoluiz.edu.br SUMÁRIO 1. Acessando Turmas 4 2. Inserindo Material 4 3. Enviando Mensagem aos Alunos 6

Leia mais

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015.

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. O Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (SIMEC) é um portal operacional e de gestão do

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Gestores e Provedores

Gestores e Provedores PORTAL 2010 Manual do Portal 15 Gestores e Provedores Publicação descentralizada As informações, produtos e serviços disponibilizados no Portal são publicados e atualizados pelas próprias unidades do

Leia mais

Chamados via web. Objetivos. Funcionamento. Índice TI HERMES PARDINI, MANUAL DO USUÁRIO. 1 Objetivos. [pag 1] 2 Funcionamento.

Chamados via web. Objetivos. Funcionamento. Índice TI HERMES PARDINI, MANUAL DO USUÁRIO. 1 Objetivos. [pag 1] 2 Funcionamento. TI HERMES PARDINI, MANUAL DO USUÁRIO Chamados via web Objetivos Índice 1 Objetivos. [pag 1] 2 Funcionamento. [pag 1] 3 Como acessar. [pag 2] 4 Dúvidas?. [pag 2] 5 Expectativas. [pag 2] 6 Passo 1: Apresente

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados

MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados MANUAL DE ACESSO AO SITE Instruções para associados 03/09/2014 Sindicamp SUPORTE SINDICAMP http://www.sindicamp.org.br 1 SUMÁRIO 1-) SENHA MASTER... 3 2-)CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS... 4 3-) INFORMAÇÕES PARA

Leia mais

Instrução de Trabalho. Criar Imagem

Instrução de Trabalho. Criar Imagem Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento 1. OBJETIVOS Orientar o colaborador da Seção do Laboratório de Informática da Superintendência de Informática a criar ou

Leia mais

Tutorial Módulo Frequência

Tutorial Módulo Frequência Tutorial Módulo Frequência Sumário 1. Módulo Frequência... 2 1.1. Perfis Envolvidos... 2 2. Operações realizadas pelo Servidor... 2 2.1 Solicitar Afastamento... 2 2.2 Consultar Afastamentos... 4 2.3. Enviar

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI)

MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI) MANUAL DO SISTEMA DE CHAMADOS (GLPI) 1 Acessando o GLPI Para acessar o sistema, basta abrir o seu navegador de internet e acessar a URL http://suporte.genix. ind.br, será aberta a tela a seguir: Após acessar

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

Processo Controle de Documentos e Registros

Processo Controle de Documentos e Registros Dono do Processo Marilusa Lara Bernardes Bittencourt Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Representante da Direção Substituto: Kelly Vitoriny 1. OBJETIVOS: Descrever a forma como

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB Audatex Web Nível Usuário (Versão 1.0) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Roberto de Luca Jr. Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/02/2007 SUMÁRIO GERAL Introdução...

Leia mais

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1

Manual do Usuário. Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Manual do Usuário Manual do Usuário - Versão 1.0. 1 Índice 1. Visão Geral... 3 2. Acessar o sistema... 3 3. Módulo Inicial... 6 3.1. Cabeçalho do sistema... 6 3.2. Fale Conosco... 6 3.3. Meu Cadastro...

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE IX Envio das Informações e documentos para o TCE VERSÃO 2015 Novembro

Leia mais

Processo Atendimento N1

Processo Atendimento N1 Dono do processo Regiane Mendes Barbosa Substituto: Gustavo de Castro Ventura Aprovado por Analisado criticamente por Comitê da qualidade Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário e Representante

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro Índice 1. Fluxo de Solicitação 2. Acesso ao Aplicativo 3. Alteração de Senha 4. Opções do Menu 5. Pesquisar um item já existente 6. Como criar

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line Sistema on-line O Instituto Ethos Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 por um grupo de empresários, que tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Manual de Instruções ao uso e auxílio do Help Desk

Manual de Instruções ao uso e auxílio do Help Desk Manual de Instruções ao uso e auxílio do Help Desk Fazendo o melhor pra você. Procuradoria-Geral do Estado de Goiás Superintendência de Gestão, Planejamento e Finanças Gerência de Planejamento Coordenação

Leia mais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Acessos: TUTORIAL Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Via site do CRCMG: http://www.crcmg.org.br Link direto: http://cadastro.crcmg.org.br/curso_presencial ACESSO AO SISTEMA No primeiro

Leia mais

Atendimentos Externos

Atendimentos Externos Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário 1. OBJETIVOS Orientar os técnicos N2 quanto ao procedimento de atendimento aos usuários do MPGO

Leia mais

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário

Requerimento: Digitador de Pedidos ProfarmaNet. Manual de Apoio. Preparado por: Versão: 1.0. Sumário Vanderlei Manual de Apoio Resumo Módulo Básico Especifico para Instalação e Usabilidade Lista de Distribuição Nome Área / Função Histórico de modificações Versão Data Descrição Responsável 13/12/2013 Versão

Leia mais

Como Utilizar o Escritório Virtual

Como Utilizar o Escritório Virtual Como Utilizar o Escritório Virtual 1. Visão Geral O Escritório Virtual é um espaço destinado à troca de informações e documentos entre os membros de um grupo. Através de ferramentas colaborativas como:

Leia mais

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Sumário Acessando a página do HelpDesk helpdesk.virtuem.com.br... 3 Criando um Ticket... 6 Visualizando Tickets Existentes... 9 Respondendo um Ticket...

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Manual de instruções Cadastro Avaliação 2013 Caro Usuário, Este manual contém todas as instruções necessárias para preenchimento dos dados de sua escola e alunos.

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP Página 1 de 11 SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP SUMÁRIO AFASTAMENTOS AUTORIZADOS PELO M.REITOR COMO INCLUIR UMA SOLICITAÇÃO DE AFASTAMENTO 2 a 4 PROCEDIMENTOS DA ÁREA DE PESSOAL AFASTAMENTOS DE DIRIGENTES

Leia mais

GERENCIAL SEPLAG CARTILHA AGENDA. Sumário

GERENCIAL SEPLAG CARTILHA AGENDA. Sumário CARTILHA AGENDA GERENCIAL SEPLAG 2012 Sumário 1. A Agenda Gerencial 2. Como Utilizar 3. Criação de Usuário 4. Criando um Projeto 5. Criando uma meta: 6. Criando uma Tarefa 7. Calendário 8. Mensagens ou

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

Manual Geral do OASIS

Manual Geral do OASIS Manual Geral do OASIS SISTEMA DE GESTÃO DE DEMANDA, PROJETO E SERVIÇO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO OASIS Introdução Esse manual tem como objetivo auxiliar aos usuários nos procedimentos de execução do sistema

Leia mais

M A N U A L D O U S U Á R I O

M A N U A L D O U S U Á R I O M A N U A L D O U S U Á R I O S I S T E M A D E A B E R T U R A D E C H A M A D O S D E S E R V I Ç O S Sumário 1. Apresentação... 3 2. Introdução do GLPI... 4 3. Acessando o GLPI... 5 4. Abertura e Registro

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO BOA VISTA/RR NOVEMBRO DE 2011 Este manual tem por finalidade esclarecer o funcionamento do SPARK ao servidor interessado em usar este comunicador instantâneo.

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GLPI

Manual de Utilização do Sistema GLPI Manual de Utilização do Sistema GLPI Perfil Guest Apresentação Esse manual, baseado no manual GLPI foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo instruir

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE 4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE Em caso de possuir um chamado aberto acompanhe até finalizar, pois é através da Aba Mensagem que o técnico pode solicitar outras informações detalhadas para solução.

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

http://www.cpscetec.com.br/hae

http://www.cpscetec.com.br/hae PROJETO HAE WEB http://www.cpscetec.com.br/hae ABONO PECUNIÁRIO 2012 LOGIN E SENHA do professor Para inserir o projeto de Abono Pecuniário 2012 no site www.cpscetec.com.br/hae, os professores deverão utilizar

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Footprints Service Core. Manual de uso do sistema

Footprints Service Core. Manual de uso do sistema Footprints Service Core Manual de uso do sistema Sumário Acessando o sistema... 3 Visão geral... 4 Criação de chamados... 5 Acompanhamento de chamados... 7 Compartilhamento de chamados... 8 Notificações...

Leia mais

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno Coordenação de Estágio Integrado Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno 7 de Novembro de 04 Acesso ao SGE Ao efetuar o login no Sistema de Gestão Acadêmico (SGA), acesse a aba

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Guia rápido de utilização. Controle de Chamados. Nuubes.com

Guia rápido de utilização. Controle de Chamados. Nuubes.com Guia rápido de utilização Controle de Chamados Nuubes.com Este é um tutorial rápido que tem por objetivo ensinar em poucos passos como utilizar o sistema Nuubes.com. O sistema Nuubes ( www.nuubes.com )

Leia mais

SPA Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos

SPA Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC SPA Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos Caderno de Exercícios Módulo I Correspondência CADASTRO DE CORRESPONDÊNCIA INTERNA Faça o login no sistema com

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil 1 - Introdução O sistema PAE da UNIVASF é uma ferramenta desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) que auxilia o processo seletivo de estudantes de graduação para o, que serão selecionados

Leia mais

Instrução de Trabalho Base de Conhecimento

Instrução de Trabalho Base de Conhecimento Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Dono do processo 1. OBJETIVOS Esta instrução de trabalho tem como objetivo orientar os colaboradores da SINFO, de como a será mantida e acessada.

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor Guia de Consulta Rápida Portal do Professor Última atualização: 07/12/2015 ÍNDICE 1. Acessando o Portal... 3 2. Quadro de Horários... 5 3. Alterando a Senha... 6 4. Alterando a Filial... 7 5. Fale Conosco...

Leia mais

Versão: 2.0. Código: PRC 14 Data aprovação: PROCESSO DE DEPLOY. Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por.

Versão: 2.0. Código: PRC 14 Data aprovação: PROCESSO DE DEPLOY. Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por. Dono do Processo Guilherme Maranhão Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Alexandre Morgado Substituto: Maxmiliano Franco 1 OBJETIVOS Estabelecer e manter um procedimento padronizado

Leia mais

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express)

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) A Secretaria de Estado da Educação está disponibilizando uma nova ferramenta para acesso ao e-mail @see. Essa nova ferramenta permitirá

Leia mais

BIBLIOTECA NACIONAL RDA

BIBLIOTECA NACIONAL RDA BIBLIOTECA NACIONAL RDA Sumário O que é a Biblioteca Nacional RDA?... Página 3 O que são as Chaves RD e Chaves RDA?... Página 5 Como efetuar a pesquisa de um curso ou certificado?... Página 6 Registro

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios.

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Requisitos Para acessar o sistema de aprovação de Ficha de Tratamento Eletrônica Correios é preciso ter instalado no computador um (Navegadores

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA Sejam bem-vindos ao Núcleo de Educação a Distância da FFCL! Esse Manual tem por objetivo auxilia-los na forma de utilização do AVA. COMO FAÇO

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais

Manual de uso Web Desk TI

Manual de uso Web Desk TI 2012 Manual de uso Web Desk TI Documento para treinamento de uso do sistema. http://servicos.up.com.br/webdeskti Universidade Positivo Departamento de Informática Sistemas v1.0 1 Acesso e Autenticação

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais