Programa de Gestão da Performance

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Gestão da Performance"

Transcrição

1 Programa de Gestão da Performance O impulso para ir mais longe está em suas mãos. Cada dia do ano é um passo à frente no seu desenvolvimento. Movimente-se!

2 Quer ir mais longe? O primeiro passo é ler este manual. Todos temos expectativas. Essa vontade de concretizar algo, de avançar em uma direção, é natural e nos move em qualquer área da vida. Mas tão importante quanto ter uma expectativa é saber o que fazer com ela e, dessa maneira, transformar desejos em ações estruturadas. Na vida profissional é exatamente assim: você deseja fazer mais pela sua carreira e trabalha duro por isso. E quando você tem metas claras, objetivos bem definidos e acompanhamento constante, torna-se capaz de desenhar um caminho de desenvolvimento, ao mesmo tempo em que contribui para que a empresa cresça. Este manual foi criado com esse propósito. Durante todo o ano, o programa de Gestão da Performance é a ferramenta que acompanha, de forma contínua, os colaboradores do GPI na construção e na execução dos seus objetivos de carreira. O que você vê nas páginas a seguir é uma ferramenta que facilita o entendimento do que a empresa espera dos colaboradores. Ao mesmo tempo, cria um ambiente favorável para que todos, ao conhecerem as regras do jogo, movimentem-se e cheguem mais longe profissionalmente. Assim, o GPI segue cumprindo os princípios que norteiam a companhia, como o profissionalismo e a busca pela excelência. O ciclo contínuo de Gestão da Performance é um verdadeiro trabalho em equipe. A área de Recursos Humanos é quem administra o processo, fornecendo informações necessárias e suporte durante todo o ciclo. Aos gestores, cabe o papel de avaliar, dar feedback e orientar os colaboradores de suas equipes em relação às metas. Mais do que simplesmente preencher formulários, a avaliação de desempenho firma o compromisso de um diálogo aberto e frequente entre gestor e colaborador para que os objetivos individuais traçados sejam cumpridos e, assim, a empresa se fortaleça e atinja seus resultados operacionais e financeiros. Mas que objetivos são esses? Todos trabalhamos focados na nossa missão, que é ser o principal varejista do setor automotivo, e estamos ligados ao mesmo negócio; mas cada colaborador é único em suas responsabilidades, atividades e competências. Isso quer dizer que os planos de desenvolvimento são individuais, assim como as avaliações ao longo do ano. Para os avaliadores, o cumprimento de todas as fases da Gestão da Performance é igualmente importante afinal, quando cada colaborador se desenvolve, as equipes se fortalecem, e o resultado é o crescimento de todo o GPI. Com a implementação da Gestão da Performance, você irá: Saber o que esperam de você. Conhecer as competências, que são comportamentos apresentados no dia a dia. É o como as metas são atingidas. Ser responsável perante o que esperam. Compreender como o seu papel contribui para as metas da empresa. Apoiar-se em seu desenvolvimento. Ser avaliado de maneira justa, assim como ser reconhecido, orientado e recompensado por suas contribuições e seu desempenho.

3 Para tornar esse ciclo o mais claro possível, com metas aplicáveis à realidade de cada colaborador e de acordo com a expectativa do negócio, o ciclo da Gestão da Performance é dividido em cinco grandes fases, as quais você conhecerá a seguir. Imagine que cada etapa seja o impulso para a seguinte, num movimento que não para. À medida que esse ciclo avança, sua carreira também adquire a força necessária para se movimentar. Avaliado Manter um diálogo aberto com o gestor durante todo o ano. Estar aberto a feedbacks. Estabelecer METAs juntamente com o gestor. Compreender os objetivos propostos e trabalhar para alcançá-los. Conhecer as competências core da empresa. Construir, com o gestor, seu Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) e colocar em prática as ações planejadas. Buscar desenvolvimento constante. Realizar autoavaliação e refletir sobre seu desempenho. Avaliador Manter um diálogo aberto com o avaliado durante todo o ano, com feedback constante. Estabelecer METAs juntamente com o colaborador. Auxiliar os avaliados na construção do seu Plano de Desenvolvimento Individual (PDI). Conhecer e compreender integralmente as competências core da empresa. Observar e desempenhar comportamentos positivos em relação a feedbacks e às etapas do ciclo da Gestão da Performance. Buscar e promover desenvolvimento constante. Avaliar o colaborador da equipe por meio de uma avaliação consistente. Recursos Humanos Administrar o processo de avaliação. Fornecer informações e suporte necessários. Estar disponível durante todo o ciclo.

4 janeiro a março Esta fase é o início para o sucesso do ciclo da Gestão da Performance, pois é quando colaborador e gestor estabelecem, juntos, as metas para todo o ano. Nesta etapa, você se encontrará com seu gestor para: - Estabelecer as METAs para o ano. - Adequar METAs alinhadas às da sua área. - Conhecer as competências técnicas/funcionais para sua posição. As METAs devem ser: específicas / Prazo determinado- Precisam ter prazos definidos e realistas - Precisam ser realistas e possíveis de serem alcançadas Dica Importante Seu desenvolvimento deve ser tangível, ou seja, pensado a partir de metas claras. Quanto menos subjetividade, melhor. Pense no momento atual e também no futuro da sua carreira. Você deve considerar o quanto pode avançar na função atual, bem como as atividades que te ajudarão a se desenvolver nessa área. O passo seguinte é progredir: se necessário, comece a pensar em novas habilidades que podem lhe preparar para outras oportunidades na empresa. julho Você já desempenhava as tarefas do dia a dia com zelo e comprometimento, certo? Agora, nesta fase, você irá direcionar seus esforços a cumprir as metas estabelecidas na fase 1. Tudo o que você e seu gestor conversaram na etapa Planejar será incorporado à sua rotina de trabalho. É hora de pôr a mão na massa.

5 Dica importante Mesmo nos períodos em que não há reuniões de feedback, mantenha uma comunicação transparente com seu gestor. Lembre-se de que esse relacionamento é excelente para que você compreenda os objetivos da sua área e mantenha seu foco nas metas. Seu desenvolvimento não depende só das tarefas do dia a dia. Buscar conhecimentos, dentro e fora da empresa, é saudável para sua vida profissional. Até uma conversa despretensiosa com colegas de outra área pode ser um aprendizado. agosto a setembro Esta fase corresponde à Revisão de Meio de Ano. Você e seu gestor terão uma conversa para rever os objetivos firmados no início e, se necessário, readequá-los. Por que isso é importante? Porque, em alguns meses, muita coisa pode mudar: você pode ter adquirido novas competências ou estar com alguma oportunidade; as estratégias da sua área podem ser outras; e o próprio negócio do GPI pode influenciar ajustes na sua avaliação. É hora de colocar o programa de Gestão da Performance em prática. Nesta etapa, você faz a autoavaliação do progresso do atingimento das suas metas e competências, que deve refletir o que foi atingido até aqui, considerando como as metas foram atingidas. Em seguida, essa mesma avaliação será feita pelo seu gestor. Por falar nisso, chegou a hora de conhecer as 6 competências esperadas (em níveis diferentes) por todos os colaboradores do GPI no Brasil: FOCO EM RESULTADOS: É a capacidade de estabelecer e superar metas e objetivos com alto impacto nos resultados. FOCO NO CLIENTE: Capacidade de perceber os requisitos e necessidades dos clientes, procurando gerar soluções e negociações de alto valor agregado e alinhado às estratégias da empresa. EXCELÊNCIA OPERACIONAL: É a capacidade de promover continuamente a melhoria de produtos, processos e serviços. RELACIONAMENTO INTERPESSOAL: É a capacidade de perceber os comportamentos e expectativas dos interlocutores, assumindo posturas e atitudes construtivas na relação interpessoal e interfuncional. FLEXIBILIDADE: É a capacidade de se adaptar às mudanças ou alterar o seu comportamento ou estilo de trabalho diante de perspectivas diferentes e, até mesmo, opostas. TRABALHO EM EQUIPE: Capacidade para se integrar e trabalhar como parte de um grupo, cooperando com outros de forma ativa. Vê além dos limites da função e entende os impactos de suas ações. Dica importante Forneça o máximo de informações na sua autoavaliação, sempre com transparência e coerência. Busque olhar para além das suas atividades: quanto mais você compreende o impacto que o seu trabalho traz para o negócio como um todo, mais ampla é a sua visão sobre o quanto pode se desenvolver.

6 Líderes atentos O líder deve promover comportamentos positivos: - Ouça e receba feedbacks. - Forneça informações honestas e construtivas. - Esteja aberto para a mudança: isto pode auxiliá-lo, inclusive, na melhoria contínua de sua gestão de pessoas. O líder deve evitar comportamentos negativos: - Postura defensiva, linguagem inapropriada. - Não estar disposto a compartilhar informações. -Usar experiências mais recentes (últimas impressões), desconsiderando todo o ano do colaborador. outubro a dezembro Este momento é bem parecido com a etapa Executar. A diferença é que você estará ainda mais preparado para cumprir suas metas, depois de ter passado pela Revisão de Meio de Ano. É hora de fazer ainda melhor para atingir todas as metas. Dica importante Comece a pensar na Avaliação Final. Seu engajamento nesta fase pode ser decisivo. Reveja seu desempenho até aqui e procure eliminar qualquer dificuldade, sempre com a ajuda do seu gestor. Lembre-se: feedbacks constantes são fortes aliados.

7 janeiro a fevereiro Esta etapa é um balanço geral de tudo o que você construiu em todo o ciclo de Gestão da Performance do ano anterior. Assim como na fase Revisar, você fará sua autoavaliação, seu gestor avaliará seu desempenho e vocês terão uma conversa sobre o que foi desenvolvido até este momento. É hora de refletir para avançar. Dica importante Dedique tempo para o preenchimento do seu formulário. Evite fazer essa tarefa em cima da hora. Ouça atentamente o que seu gestor tem a dizer. O que ele observa a seu respeito pode mostrar algo que você talvez não tenha percebido, mas pode ajudar no seu desenvolvimento. Todo feedback é bem-vindo. Não deixe nenhuma dúvida ou pendência para depois. A conversa final é estratégica para que o ciclo da Gestão da Performance avance sem tropeços. Seu PDI Você se lembra, no início do manual, quando falamos que a Gestão da Performance é um ciclo contínuo que acontece durante todo o ano? Pois o seu Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) vai ser um dos impulsos mais importantes para que você avance afinal, desenvolver-se significa aprender continuamente. Esse é um processo de reflexão destinado a orientar decisões e priorizar ações do colaborador no que diz respeito a: pontos fortes e pontos de melhoria; aonde quer chegar; e o que se deve fazer, como, quando e por quê. O PDI caminha lado a lado com os objetivos do negócio. Então, um bom Plano leva em consideração as competências necessárias para cumprir determinado objetivo. Um PDI bem sucedido te ajudará a: - Maximizar o aprendizado e o desempenho da sua função atual. - Construir e potencializar seus pontos fortes. - Desenvolver ações focadas em suas oportunidades de melhoria - Preparar-se para potenciais oportunidades futuras. - Assegurar seu crescimento profissional no GPI. Atenção, líderes! As mesmas atitudes positivas mostradas no texto Líderes atentos devem ser reproduzidas nesta etapa. A eficácia da Gestão da Performance e o desempenho da sua equipe dependem muito do seu papel como gestor. 07

8 Sempre que precisar, você pode tirar dúvidas com seu gestor ou com o departamento de Recursos Humanos, no telefone (11)

Transformando organizações e pessoas

Transformando organizações e pessoas Transformando organizações e pessoas Olá! Transformando organizações e pessoas Já é indiscutível o quanto as pessoas são importantes na concretização dos resultados e que quanto mais preparadas, melhor!

Leia mais

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento.

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento. Este conteúdo faz parte da série: Avaliação de Desempenho Ver 3 posts dessa série O que é Quando o assunto é gestão de pessoas um dos tópicos mais importantes e falados é a avaliação de desempenho. Esse

Leia mais

Clique aqui para adicionar um texto. Ago/2017

Clique aqui para adicionar um texto. Ago/2017 Clique aqui para adicionar um texto Ago/2017 Clique aqui Ciclo para de adicionar Gente um texto Avaliação de Competências Integração das Metas de 2016 9box Clique aqui para Objetivos adicionar um texto

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU

ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU 0 ORIENTAÇÕES PARA O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOS PROFISSIONAIS FAEPU APRESENTAÇÃO Este manual busca orientar os funcionários do quadro da FAEPU sobre a Avaliação de Desempenho que será realizada.

Leia mais

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE? A força de trabalho é um dos principais ativos de uma empresa. Durante os períodos de crise, os colaboradores são atingidos por uma série de incertezas e preocupações

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CONQUISTANDO RESULTADOS SUMÁRIO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CONQUISTANDO RESULTADOS O que é?...3 Mas qual é o problema?...4 Subjetividade...5 Rotina...6 Comprometimento...7 7 Passos

Leia mais

TEMA 1: Papel do gestor Responsabilidades do gestor. Palestrante: Andrea Ceneviva

TEMA 1: Papel do gestor Responsabilidades do gestor. Palestrante: Andrea Ceneviva TEMA 1: Papel do gestor Responsabilidades do gestor Palestrante: Andrea Ceneviva Quais são os 4 pilares da Administração? Administrar significa planejar algo, organizar, controlar e dirigir os recursos

Leia mais

Profª Daniela Cartoni

Profª Daniela Cartoni Etapa da Negociação Planejamento, estratégias e táticas Profª Daniela Cartoni daniela_cartoni@yahoo.com.br Etapas da negociação Uma negociação é um processo de comunicação interativa que pode ocorrer quando

Leia mais

Guia de Apoio Avaliação de Performance. Definição e Cadastro de Objetivos. Página 1 de 19

Guia de Apoio Avaliação de Performance. Definição e Cadastro de Objetivos. Página 1 de 19 Guia de Apoio Avaliação de Performance Definição e Cadastro de Objetivos Página 1 de 19 Sumário 1. Avaliação de Performance... 3 2. Definição de Objetivos... 4 3. Metodologia SMART... 4 3.1 Exemplo de

Leia mais

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender DICAS Para a sua leitura: Os itens do índice são clicáveis, então sinta-se à vontade para ler o conteúdo que

Leia mais

Motivação no trabalho

Motivação no trabalho Motivação no trabalho Um dos maiores desafios que todas as empresas enfrentam é manter a motivação de seus profissionais alta no dia a dia, afinal de contas, todos os resultados são obtidos com os esforços

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO

Código de Boas Práticas de Impacto REPORTE EXECUTIVO Nota Prévia O Código de Boas Práticas de foi produzido pelo NCVO, membro do Inspiring Impact. O Inspiring Impact é um programa que visa alterar até 2022 a forma como o setor voluntário no Reino Unido se

Leia mais

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Instrutor/Orientador Sigmar Sabin www. sigmarsabin.com.br comercial@ sigmarsabin.com.br 41.99666.8183 Whats APOIO Gandara Representações Realização Parabéns!!!

Leia mais

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional Excelência na Gestão Desafio dos Pequenos Negócios INSTITUCIONAL SEBRAE MISSÃO Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Novembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Finalizar o conteúdo da Disciplina Governança de

Leia mais

Gestão por Competência

Gestão por Competência Gestão por Competência Vera Gobetti 04/05/2017 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS É UMA EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE PESSOAS A Competência é sustentada em 3 pilares: 1- Conhecimento 2- Habilidades 3- Atitudes Aspectos Fundamentais

Leia mais

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de Gestão de Pessoas Hoje a sociedade busca desenvolver trabalhos para aprimorar o conhecimento das pessoas em um ambiente de trabalho. A capacitação e o preparo que uma organização deve ter para com os seus

Leia mais

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Gestão do desempenho Prof. Marco A. Arbex Gestão x avaliação O termo gestão do desempenho surge nos últimos anos como conceito alternativo para as técnicas

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

Você gostaria de ter um espaço aberto para trocar idéias sobre...

Você gostaria de ter um espaço aberto para trocar idéias sobre... Você gostaria de ter um espaço aberto para trocar idéias sobre... Este bate papo que tivemos foi, na verdade, para inaugurar o Programa Sua carreira; Sua vida profissional; Dicas para o auto-desenvolvimento;

Leia mais

Gestão de Processos. Tópico 4. Ferramentas de Qualidade: PDCA

Gestão de Processos. Tópico 4. Ferramentas de Qualidade: PDCA Gestão de Processos Tópico 4 Ferramentas de Qualidade: PDCA Sumário 1. O que é o Ciclo PDCA... 3 2. Importância do Ciclo PDCA... 3 3. Etapas do Ciclo PDCA... 3 3.1 Planejar (PLAN)... 3 3.1.1 Qual é o problema/processo

Leia mais

Nivelar e disseminar os principais conceitos e a metodologia sobre GESTÃO POR COMPETÊNCIAS no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região.

Nivelar e disseminar os principais conceitos e a metodologia sobre GESTÃO POR COMPETÊNCIAS no âmbito do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região. Secretaria de Recursos Humanos 2014 metodologia missão atitude mapeamento mensurar metas valores gestão capacitar prestação missão CHA GAP conhecimentos Competências Objetivos estratégia gestão missão

Leia mais

Cursos Recomendados TOPIC: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT

Cursos Recomendados TOPIC: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT Cursos Recomendados TOPICS: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT TOPIC: COMMUNICATION SKILLS Módulo: Competências relacionais do gestor M144 Duração 30 min. Adquirir as competências-base

Leia mais

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Por que Coaching para Escritórios de Advocacia? Os escritórios são, nos dias de hoje, uma empresa e isso não tem mais volta. Assim, não dá para o advogado

Leia mais

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD EaD no Brasil principais características Caminhos naturais para aprendizagem ativa nessa modalidade Participação e engajamento como

Leia mais

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Agenda Objetivos da G. Desempenho Conceitos estruturantes O Modelo concebido para o grupo Águas do Brasil Relato da Experiência e dos Resultados

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias

ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias SUMÁRIO 1. Introdução/ prefácio...9 2. O que faz o Gerente quando administra bem os Recursos Humanos da

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MODELO DE GESTÃO Estratégia de Governança Digital 1. OBJETIVO

Leia mais

elementos do sucesso financeiro.

elementos do sucesso financeiro. 7 elementos do sucesso financeiro. Adriano Fabri elementos do 7sucesso financeiro. O propósito desse ebook. Este ebook tem como propósito ajudar as pessoas a buscar o equilíbrio e o sucesso financeiro

Leia mais

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!!

O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! O QUE TE MOVE??? Ser Futura para ser Diretora!! OBJETIVO Compreender que para definir objetivos é preciso planejamento e disciplina e como fazer para realiza-los Compreender que para definir objetivos

Leia mais

QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN?

QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN? L I V R O S O B R E C O N C O R R Ê N C I A D E D E S I G N QUAL É O OBJETIVO DE UMA CONCORRÊNCIA DE DESIGN? Uma concorrência entre empresas de design se justifica quando visa orientar a escolha de uma

Leia mais

Regime de Avaliação do Plano de Formação

Regime de Avaliação do Plano de Formação Centro Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte Regime de Avaliação do Plano de Formação Escola-Sede: Escola Secundária Abade de Baçal Avenida General Humberto Delgado 5300-167 Bragança

Leia mais

UNIVERSIDADE RED JACKET. Módulo 1

UNIVERSIDADE RED JACKET. Módulo 1 UNIVERSIDADE RED JACKET Módulo 1 1 LOREM IPSUM IS SIMPLY DUMMY TEXT OF TE PRINTING AND TYPESETTING INDUSTRY. O QUE TE MOVE? Objetivos: Entender que definir objetivos determina a velocidade da conquista;

Leia mais

04/04/2013. Estabelecimento de Metas 1a Etapa do Ciclo Gestão Desempenho Exercício 2013

04/04/2013. Estabelecimento de Metas 1a Etapa do Ciclo Gestão Desempenho Exercício 2013 04/04/2013 Estabelecimento de Metas 1a Etapa do Ciclo Gestão Desempenho Exercício 2013 A Etapa de Definição de Metas do Ciclo de Gestão de Desempenho 2013 ocorre de 08/04/2013 a 24/04/2013 Fundamental

Leia mais

Avaliação do Capital Humano

Avaliação do Capital Humano Avaliação do Capital Humano Pleno século XXI, A quantidade de água salgada espalhada pelos quatro oceanos do mundo, ainda é incontável. Já imaginou se eles não estivessem em EQUIPE? Avaliação do capital

Leia mais

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Evolução do trabalho em equipe Grupos

Leia mais

DECLARAÇÃO DE VALORES OMNI

DECLARAÇÃO DE VALORES OMNI Manual de Conduta DECLARAÇÃO DE VALORES OMNI Acreditamos que ética, transparência, respeito às pessoas, empatia e união constroem relacionamentos duradouros e resultados consistentes. Desde sua fundação,

Leia mais

Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico

Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico Por uma pesquisa de clima mais rica: saindo do padronizado em direção ao estratégico Este artigo visa contribuir com os processos de gestão de clima organizacional das empresas. Procuramos apresentar melhorias

Leia mais

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde

Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Anexo II - Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde 95 96 Princípios das Normas ISO aplicáveis a organizações de saúde Princípio 1 Foco no cliente: dado que as organizações dependem

Leia mais

Documento de Referência Programa Sebrae de Excelência

Documento de Referência Programa Sebrae de Excelência Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae Documento de Referência Programa Sebrae de Excelência Brasília DF OBJETIVO Promover a cultura da excelência, a melhoria da gestão e o compartilhamento

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL

GUIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL GUIA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL Chegamos ao momento de construir um plano de desenvolvimento para as necessidades identificadas a partir de seu autodiagnóstico e reflexões iniciais.

Leia mais

Do mundo da fantasia ao mundo real

Do mundo da fantasia ao mundo real Do mundo da fantasia ao mundo real Olá Mulher empreendedora! Vamos falar um pouquinho sobre os nossos desafios? Nos dias de hoje precisamos ser multitarefas, conciliamos nossa a carreira com outras atividades,

Leia mais

O planejamento da empresa está na palma da sua mão. E o SEBRAE-SP dá a dica sobre como organizar essas etapas. grandes. elementos 5 da boa gestão 5

O planejamento da empresa está na palma da sua mão. E o SEBRAE-SP dá a dica sobre como organizar essas etapas. grandes. elementos 5 da boa gestão 5 RESULTADO ESPERADO QUANTIDADE O QUE SE QUER ALCANÇAR PRAZO AÇÃO O planejamento da empresa está na palma da sua mão. E o SEBRAE-SP dá a dica sobre como organizar essas etapas. 5 5 grandes querer fazer e

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 Seminário T&D e Estratégia de RH 3 4 Treinamento & Desenvolvimento Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.;

Leia mais

Prof. Fulvio Cristofoli CONCEITOS.

Prof. Fulvio Cristofoli CONCEITOS. CONCEITOS Prof. Fulvio Cristofoli fulviocristofoli@uol.com.br www.fulviocristofoli.com.br O QUE VAMOS APRENDER... Estratégia Administração Estratégica Planejamento Estratégico Decisão Estratégica Eficiência

Leia mais

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Equipe Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Diretoria Administrativo e Financeira Diretor: Vitor Bahia Apresentação

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório de Feedback 360 Extended DISC FINXS

Fulano de Tal. Relatório de Feedback 360 Extended DISC FINXS O Feedback 360 é um instrumento projetado para fornecer um foco desenvolvimentista a respeito dos pontos fortes das habilidades comportamentais específicas e suas necessidades de desenvolvimento. Este

Leia mais

10/05/2016 GPIII 1. Tópicos

10/05/2016 GPIII 1. Tópicos Tópicos pg 1.Conceitos 2 2.Objetivos 3 3.Gestão de Desempenho 5 4.Métodos 6 5.Modernização dos Métodos 11 6.Os 7 Erros 14 7.Exercícios 17 8.Bibliografia 18 Método de identificação e mensuração das ações

Leia mais

Dois grandes desafios dos gestores em relação a avaliação de desempenho

Dois grandes desafios dos gestores em relação a avaliação de desempenho Este conteúdo faz parte da série: Avaliação de Desempenho Ver 3 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: Dois grandes desafios dos gestores em relação à avaliação de desempenho Usa da avaliação

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação:

Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE. Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Formulário de Avaliação de Desempenho UNIMED CAMPINA GRANDE Nota Final: Para uso do RH Nome do Avaliado: Cargo: Registro funcional: Diretoria / Gerencia: Data da Avaliação: Nome do Avaliador: Cargo: ASSIDUIDADE

Leia mais

PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades

PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO. 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades PARTE #1 SÉRIE FEEDBACK NA PRÁTICA ESTUDOS DE CASO 5/8/2014 A arte de reconhecer e superar suas fragilidades Série Feedback na Prática Estudo de caso Case #1 - A arte de reconhecer e superar suas fragilidades

Leia mais

AQUI VOCÊ VAI APRENDER A AVALIAR SUA VIDA EM TODOS OS PILARES: RAZÃO + EMOÇÃO OBJETIVOS

AQUI VOCÊ VAI APRENDER A AVALIAR SUA VIDA EM TODOS OS PILARES: RAZÃO + EMOÇÃO OBJETIVOS AQUI VOCÊ VAI APRENDER A AVALIAR SUA VIDA EM TODOS OS PILARES: RAZÃO + EMOÇÃO OBJETIVOS Espiritual Parentes Conjugal Filhos Saúde Social Servir ao próximo Intelectual Financeiro Profissional Emocional

Leia mais

Inovação & A avaliação

Inovação & A avaliação INOVAÇÃO E ENSINO DA EXCELÊNCIA: AVALIAÇÃO NO AEB, PORQUÊ E COMO Inovação & A avaliação Impacto da avaliação formativa nas aprendizagens (workshop 1) Lisboa, 07 julho 2015 Anabela Serrão PORQUE AVALIAMOS?

Leia mais

Líder Coach. Alexandre Vinicius S. Pereira

Líder Coach. Alexandre Vinicius S. Pereira Líder Coach Alexandre Vinicius S. Pereira Alexandre Vinicius da Silva Doutorado Pereira em Psicologia USP Desenvolvimento e avaliação de equipe multidisciplinar. Mestrado em Psicologia USP. Comprometimento

Leia mais

ELIZIANE PIVATO. Dicas infalíveis. para falar em público. e influenciar. elizianepivato.com.br

ELIZIANE PIVATO. Dicas infalíveis. para falar em público. e influenciar. elizianepivato.com.br ELIZIANE PIVATO 7 Dicas infalíveis para falar em público e influenciar elizianepivato.com.br Introdução Qual atitude fará diferença para sua vida? Por que as pessoas agem diferente de você? Já imaginou

Leia mais

Gestão de sistemas em energia:

Gestão de sistemas em energia: MESTRADO EM ENERGIA Gestão de sistemas em energia: - Planejamento da Operação - Projeto de sistemas de energia Prof. Manuel Jarufe manueljarufe@ceunes.ufes.br Disciplina: Gestão de sistemas em energia

Leia mais

Desenvolvendo a habilidade de Atrair, Convidar e Iniciar Consultoras para seu Time e seu Diretorado- Passo a Passo

Desenvolvendo a habilidade de Atrair, Convidar e Iniciar Consultoras para seu Time e seu Diretorado- Passo a Passo Desenvolvendo a habilidade de Atrair, Convidar e Iniciar Consultoras para seu Time e seu Diretorado- Passo a Passo Nada acontece até que você venda algo! Mary Kay Ash Seja ESPECIALISTA em: Em Observar

Leia mais

1. O PAPEL DO ADMINISTRADOR

1. O PAPEL DO ADMINISTRADOR 4 INTRODUÇÃO Cada vez que o mundo dos negócios fica suficientemente complexo, e inexplicável concluímos que essa é a maneira de Deus dizer a simples mortais como nós que o mundo dos negócios indiscutivelmente

Leia mais

Gestão do Desempenho. Gestão Estratégica de RH. Reter e engajar. Capacitar. Atrair 26/10/2016. Gestão do Desempenho. Recrutamento & Seleção

Gestão do Desempenho. Gestão Estratégica de RH. Reter e engajar. Capacitar. Atrair 26/10/2016. Gestão do Desempenho. Recrutamento & Seleção Gestão do Desempenho Ref.: Livro-texto, Cap. 8 Gestão Estratégica de RH Atrair Capacitar Reter e engajar Gestão do Desempenho Recrutamento & Seleção Treinamento & Desenvolvimento Recompensa 2 1 Avaliação

Leia mais

Comunicação e Relacionamento Interpessoal

Comunicação e Relacionamento Interpessoal Comunicação e Relacionamento Interpessoal Prof. José Junio Lopes Prof. Roberto César Ferreira Comunicação e Relacionamento Interpessoal A beleza de um trabalho em equipe se dá através de um elemento muito

Leia mais

A importância da gestão estratégica

A importância da gestão estratégica A importância da gestão estratégica Utilizando o BSC como modelo de gestão Fábio Fontanela Moreira Luiz Gustavo M. Sedrani Roberto de Campos Lima A importância da gestão estratégica Fábio Fontanela Moreira,

Leia mais

Núcleo de Materiais Didáticos

Núcleo de Materiais Didáticos Gestão de Talentos e Mapeamento por Aula 4 Prof a Cláudia Patrícia Garcia Aula 4 - Gestão por claudiagarcia@grupouninter.com.br MBA em Gestão de Recursos Humanos Lembrando... A gestão por competências

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

Negociação Comercial

Negociação Comercial Negociação Comercial Aula 6-17/02/09 1 Negociação Comercial CONCEITOS BSC - BALANCE SCORECARD 2 O QUE É BALANCE SCORECARD O BSC é uma nova abordagem para administração estratégica, desenvolvida por Robert

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES CONQUISTE A LIDERANçA INSCRIÇÕES ABERTAS Prepare-se para novos desafios e seja o destaque no mercado de trabalho. Muitas vezes, a liderança não sabe quais

Leia mais

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista.

Quais os resultados você e sua equipe acreditam que conquistarão? É a partir desse ponto que inicia o processo da conquista. Sumário 1. Acreditar 2. Aprender a motivar 3. Criar um time inovador 4. Gerir o tempo 5. Criar e manter credibilidade no relacionamento 6. Facilitar o compartilhar com a sua equipe 7. Sobre nós 1. Acreditar

Leia mais

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO

CEDHAP CENTRO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO APLICADO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL E O DESAFIO DA COMUNICAÇÃO Heloísa Lück Diretora Educacional CEDHAP Centro de Desenvolvimento Humano Aplicado www.cedhap.com.br A realização dos objetivos de toda organização de trabalho

Leia mais

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING

8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING 8 SINAIS QUE ESTÁ NA HORA DE MUDAR A FORMA COMO VOCÊ GERENCIA SEUS PROCESSOS DE MENTORING CONTEÚDO DO E-BOOK Neste material, iremos mostrar 8 sinais que está na hora de você mudar a forma como você gerencia

Leia mais

RELATÓRIO/TREINAMENTO/TRABALHO EM EQUIPE/ MOTIVAÇÃO

RELATÓRIO/TREINAMENTO/TRABALHO EM EQUIPE/ MOTIVAÇÃO ESTADO DO TOCANTINS Secretaria Municipal de Assistência Social Centro de Referencia de Assistência Social-CRAS RELATÓRIO/TREINAMENTO/TRABALHO EM EQUIPE/ MOTIVAÇÃO CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DO CRAS

Leia mais

"Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana". Carl Jung

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana. Carl Jung Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura do Coaching para todas as pessoas que puderem fazer uso da metodologia como

Leia mais

Neste artigo falaremos sobre os 5 pilares da gestão de pessoas:

Neste artigo falaremos sobre os 5 pilares da gestão de pessoas: Neste artigo falaremos sobre os 5 pilares da gestão de pessoas: 1 Pilar Motivação 2 Pilar Processo de Comunicação 3 Pilar Trabalho em Equipe 4 Pilar Conhecimento e Competência 5 Pilar Treinamento e Desenvolvimento

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL ALINHAMENTO ESTRATÉGICO ORGANIZACIONAL Alinhamento Estratégico é um conceito da Administração que se fundamenta no princípio de que um determinado número de pessoas funciona melhor quando funciona como

Leia mais

RADAR DE COMPETÊNCIAS PARA O SUCESSO Olá! Obrigado por ter participado do evento e espero muito que tenha gostado!

RADAR DE COMPETÊNCIAS PARA O SUCESSO Olá! Obrigado por ter participado do evento e espero muito que tenha gostado! RADAR DE COMPETÊNCIAS PARA O SUCESSO Olá! Obrigado por ter participado do evento e espero muito que tenha gostado! Você está levando de brinde uma ferramenta muito importante de auto avaliação, que servirá

Leia mais

Sucessão em Empresa Familiar

Sucessão em Empresa Familiar Sucessão em Empresa Familiar Daqui a um Ano você vai desejar ter começado Hoje!!!! Daniel Corrêa julho/2016 Daqui a um Ano você vai desejar ter começado Hoje!!!! Daniel Corrêa Coach E-mail: daniel.correa@camposcampos.com.br

Leia mais

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa:

Como aprender na prática a ganhar dinheiro em casa: Sumário 1º ACREDITAR... 4 2º PERSISTIR... 5 3º TRABALHO DURO... 6 4º EXIGIR... 7 5º CLIENTES... 7 6º RELACIONAMENTO... 8 7º DINHEIRO... 9 8º SEJA INOVADOR... 10 O que você precisa saber antes de começar

Leia mais

10 Passos para alcançar uma Carreira com Propósito

10 Passos para alcançar uma Carreira com Propósito 10 Passos para alcançar uma Carreira com Propósito Sou Psicóloga, Coach e Consultora de Carreira e, durante 16 anos atuei em Recursos Humanos de empresas de segmentos e tamanhos diversos, acompanhando

Leia mais

Portfólio de Produtos

Portfólio de Produtos Portfólio de Produtos 1 Pessoas Alguns sintomas que podem revelar o que está acontecendo no seu RH... Muito focado em tarefas operacionais. Não sabe quais são as atividades prioritárias. Não sabe quais

Leia mais

Profª Valéria Castro V

Profª Valéria Castro V Profª Valéria Castro Críticas Sistemas tradicionais de mensuração de desempenho devido ao foco em medidas financeiras de curto prazo. Dificultam a criação de valor econômico para o futuro. BSC propõe o

Leia mais

FAQ. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% PDI 20% 10%

FAQ. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% PDI 20% 10% FAQ Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) 70% 10% PDI 20% 1 1 Qual o conceito de PDI (Plano de Desenvolvimento Individual)? O PDI é um plano de desenvolvimento individual que sistematiza ações a serem

Leia mais

processo contínuo, dinâmico;

processo contínuo, dinâmico; Avaliação de Desempenho/Performance é a avaliação do desempenho atual ou passado do funcionário em relação a padrões de desempenho. O Processo envolve: a) Estabelecer padrões de desempenho; b) Avaliar

Leia mais

Avaliação da Chefia Imediata Formulário de Avaliação de desempenho individual

Avaliação da Chefia Imediata Formulário de Avaliação de desempenho individual Avaliação da Chefia Imediata Formulário de Avaliação de desempenho individual Nome do Avaliado: Cargo: Setor Lotação: Matrícula do Avaliado: Ano/Semestre da Avaliação: Escala de Referência para atribuição

Leia mais

valor compartilhado, pelo qual pautamos nossas ações e desejamos ser parceiro no desen volvimento das pessoas e da sociedade.

valor compartilhado, pelo qual pautamos nossas ações e desejamos ser parceiro no desen volvimento das pessoas e da sociedade. 26. POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 26.1 Introdução Nossa visão é ser uma referência em performance sustentável e em satisfação dos associados. Para nós, performance sustentável

Leia mais

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Apresentação Para praticar Inteligência Competitiva (IC), uma organização deve contar com o apoio de profissionais que priorizam uma administração

Leia mais

NAGEH Pessoas. Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar

NAGEH Pessoas. Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015 Agenda: 28/09/2015 8:30 as 9:00 h Recepção dos participantes 9:00 as 11:00 h Eixo: Capacitação e Desenvolvimento 11:00 as 11:30 h Análise de Indicadores

Leia mais

Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar..." Guimarães Rosa

Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar... Guimarães Rosa Clima organizacional Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar..." Guimarães Rosa Conceitos básicos Clima Organizacional é o potencial de energia disponível para alavancar resultados. Perfil

Leia mais

O que é Auto-Avaliação de Desempenho

O que é Auto-Avaliação de Desempenho Muitas pessoas subestimam a importância de se autoavaliar. Porém, o autoconhecimento é o primeiro passo para o sucesso profissional. Isso, porque com uma boa autoavaliação é possível perceber quais são

Leia mais

Estrategias para Busca de Emprego

Estrategias para Busca de Emprego Estrategias para Busca de Emprego Apresentação Atualmente o problema de desemprego atinge a todos. Não importa se é homem, mulher, jovem, adulto, se tem ou não experiência nem o seu nível de qualificação,

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Área profissional: Educação Segmento tecnológico: Educação a Distância Qualificação profissional: Tutor de Cursos de Educação a Distância

Leia mais

Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra Delegacia da Bahia CECEPE. Curso de Extensão de Cerimonial, Etiqueta, Protocolo e Eventos

Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra Delegacia da Bahia CECEPE. Curso de Extensão de Cerimonial, Etiqueta, Protocolo e Eventos CECEPE Curso de Extensão de Cerimonial, Etiqueta, Protocolo e Eventos Disciplina: Gestão do Conhecimento Professor: Dr.Sergio Loncan Módulo 4: Implantação da Gestão do Conhecimento 1.INTRODUÇÃO A Implantação

Leia mais

Gerenciamento da Qualidade

Gerenciamento da Qualidade Gerenciamento da Qualidade Aula 09 Prof. Ewerton Monti Objetivo principal das empresas: Satisfação das necessidades das pessoas. Incluindo consumidores, empregados, acionistas, sociedade, fornecedores

Leia mais

PROJETO MARY KAY WAY

PROJETO MARY KAY WAY PROJETO MARY KAY WAY NASCEMOS LÍDERES OU NOS TORNAMOS UM? Sinto que a arte da liderança pode ser ensinada e dominada Mary Kay Ash O que significa Liderança: É a habilidade que uma pessoa teria para conduzir

Leia mais

AVALIAÇÃO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO: CRIAR CONDIÇÕES ANTES DE AVALIAR. 1º Encontro: ANTES

AVALIAÇÃO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO: CRIAR CONDIÇÕES ANTES DE AVALIAR. 1º Encontro: ANTES AVALIAÇÃO PARA O INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO: CRIAR CONDIÇÕES ANTES DE AVALIAR 1º Encontro: ANTES apresentação apresentação apresentação André Degenszajn_ Angela Cristina Dannemann_ Mônica Rodrigues Dias

Leia mais

INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH. Liderança e Gestão com Pessoas

INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH. Liderança e Gestão com Pessoas INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH Liderança e Gestão com Pessoas VISÃO DO CURSO Este curso é voltado para qualquer pessoa que queira assumir um papel de liderança na vida, na carreira e nos negócios. Nele,

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DA GESTÃO SECRETARIAL. Palestrante Márcia Siqueira

COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DA GESTÃO SECRETARIAL. Palestrante Márcia Siqueira COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS DA GESTÃO SECRETARIAL Palestrante Márcia Siqueira Proposta 1. Refletir sobre as competências profissionais que contribuirão para solidificação da identidade, fortalecimento e continuidade

Leia mais

O SIMPLES QUE FUNCIONA

O SIMPLES QUE FUNCIONA APRESENTAÇÃO COMERCIAL PALESTRAS CONSULTORIAS TREINAMENTOS O SIMPLES QUE FUNCIONA QUEM É MARIO NAZAR Especialista em Vendas desde 1978. Com vasta experiência em setores comerciais e empresariais. Possui

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 T&D e Estratégia de RH Treinamento & Desenvolvimento 3 4 Coaching & Mentoring Desenvolvimento de Lideranças 1 T&D e Estratégia de RH Relembrando... Os processos

Leia mais

O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH.

O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH. O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH. Apresentação Experiência e juventude se unem na Avanti Humanas, afinal, somos uma empresa dedicada à atração, recrutamento, seleção e desenvolvimento

Leia mais