MBA em Gestão Empresarial Prof. Luiz Henrique Moreira Gullaci, Ms. :

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MBA em Gestão Empresarial Prof. Luiz Henrique Moreira Gullaci, Ms. : luizhenrique@gullaci.com.br"

Transcrição

1 Aula 3 Modelos de Estratégias de Crescimento MBA em Gestão Empresarial Prof. Luiz Henrique Moreira Gullaci, Ms. :

2 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA - ANÁLISE SWOT Pontos Fracos (uma área de competência diferencial do produto ou organização que dá clara desvantagem competitiva) Análise Interna Pontos Fortes (uma área de competência diferencial do produto ou organização que dá clara vantagem competitiva) Ameaças Análise Externa (uma ameaça de Marketing é um fato, evento ou caminho que afete a posição competitiva) Oportunidades (uma oportunidade de Marketing é um fato, evento ou caminho que permita alcançar os objetivos desejados) Sobrevivência Crescimento Manutenção Desenvolvimento

3 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz de Ansoff Clientes Atuais Clientes Novos Produtos Atuais Penetração de Mercado Desenvolvimento da procura 1º Aumento da quota de mercado Aquisição de mercado Desenvolvimento de Mercado Escolher novos segmentos-alvo Penetrar em novos mercados geográficos Produtos Novos Desenvolvimento de Mercado Produto/Melhoria da qualidade Adição de características no produto. Rejuvenescimento de produto Diversificação Horizontal/vertical Diversificação concêntrica Diversificação pura

4 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG 20% Estrela Altamente atrativo Gera muitos recursos Exige investimento significativo 10% Vaca Leiteira Gera muito recurso Não exige muito investimento Recursos realocáveis Oportunidade Inicialmente gera pouco recurso perspectiva de crescimento decisão de risco Cachorro Gere pouco recurso Não há crescimento de mercado Melhor sair do negócio 0% 10x 1,0x 0,10x

5 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG Eixo Horizontal: Mostra a participação relativa da UEN comparando-se ao maior concorrente da categoria. Eixo Vertical: Refere-se à taxa de crescimento no mercado Área de Circunferência: representa a importância do negócio em função do faturamento

6 Crescimento do mercado PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG Participação Relativa de Mercado

7 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG UEN Crescimento do mercado Participação de mercado da unidade Participação de mercado do maior concorrente Faturamento R$ Mil Sabão 10% 25% 15% 25 Maionese 5% 15% 25% 15 Óleo 20% 2% 10% 2

8 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG Participaç ão de Mercado Realtiva (%) Participação do Mercado da Marca Participação de Mercado do Maior Concorrente UEN Participação de mercado da unidade Participação de mercado do maior concorrente Participação de mercado Relativa Sabão 25% 15% 67% Maionese 15% 25% 60% Óleo 2% 10% 20%

9 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG 2 r Faturamento UEN Faturamento R$ Mil Π r 2 Sabão 25 3,1416 2,82 Maionese 15 3,1416 2,19 Óleo 2 3,1416 0,80

10 Crescimento do mercado PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz BCG 20 óleo 10 sabão maionese 0 1,67 1 0,60 0,20 Participação Relativa de Mercado

11 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz GE FATORES DE ATRATIVIDADE Tamanho do mercado Condições sociais, políticas e legais Taxa de crescimento anual do mercado Evolução histórica do lucro no mercado Intensidade da competição Tecnologia exigida Vulnerabilidade à inflação Ritmo de mudanças tecnológicas Restrições político-legais Barreiras de entrada Barreiras de saída

12 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz da GE Fatores Peso - P Nota - N [1-5] P x N P = 1,0 PX N

13 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz da GE FATORES DE COMPETITIVIDADE Participação de mercado atual Capacidade produtiva Crescimento da participação de mercado Qualidade do produto Reputação da marca Força de distribuição Eficácia do esforço promocional Custos unitários de produção Competitividade do preço Performance em pesquisa e desenvolvimento Capacidade gerencial

14 PRINCIPAIS MATRIZES DE ANÁLISE EM PLANEJAMENTO E ESTRATÉGIA Matriz da GE Fatores Peso - P Nota - N [1-5] P x N P = 1,0 PX N

15 ATRATIVIDADE DE MERCADO E POSIÇÃO COMPETITIVA A T R A T I V I D A D E ALTA MÉDIA BAIXA 5,00 3,67 2,33 1,00 Investir Investir Selecionar Investir Selecionar Abandonar Selecionar Abandonar Abandonar 5,00 3,67 2,33 1,00 FORTE MÉDIA FRACA POSIÇÃO COMPETITIVA

16 Customer Value Analysis 1. Listar as principais variáveis identificadas. 2. Atribuir um peso de 0.0 (sem importância) a 1.0 (muito importante) a cada variável. O peso indica a importância de cada variável no sucesso do planejamento da empresa. A soma de todos os pesos deve ser igual a Atribuir uma escala de 1 a 4 para cada variável, analisando a eficácia da estratégia atual da empresa correspondente a cada variável. Onde: 4 = a estratégia da empresa em relação a determinada variável é excelente; 3 = a estratégia é acima da média; 2 = a estratégia está na média; 1 = a estratégia é fraca. Esta escala é baseada na eficácia das estratégias da empresa. 4. Multiplicar o peso de cada variável pela escala correspondente, resultando em um determinado valor estratégico. 5. Somar todos os valores estratégicos para determinar a pontuação total da empresa.

17 Customer Value Analysis Fatores Críticos do Sucesso Peso Escala Holiday Valor Estratégico Escala Hilton Valor Estratégico Reconhecimento da marca 0,05 4,0 0,20 3 0,15 Serviço 0,15 Índice de Ocupação 0,15 Market Share 0,08 Valor Estratégico Total 1,00 Soma Soma

18 Estratégias Genéricas Ao enfrentar as cinco forças competitivas, existem três abordagens estratégicas genéricas potencialmente bem sucedidas para superar as outras empresas em uma indústria: Liderança no custo total; Diferenciação e; Enfoque. (Porter, 1980) 18

19 Liderança em Custo... atingir a liderança em custo no custo total em uma indústria através de políticas funcionais orientadas a : Construção agressiva de instalações em escala eficiente; Perseguição vigorosa de reduções de custo pela experiência; Controle rígido de custos e despesas gerais; Minimização de custos em áreas como de P&D, assistência, força de vendas, publicidade etc. (Porter, 1980) 19

20 Diferenciação... diferenciar o produto ou o serviço oferecido pela empresa, criando algo que seja considerado único ao âmbito de toda a indústria nas dimensões: Projeto ou imagem da marca; Tecnologia; Serviços sob encomenda; Rede de fornecedores; Outras dimensões. (Porter, 1980) 20

21 Enfoque... escolher e elaborar as políticas funcionais de forma a atender muito bem a um alvo determinado: um grupo comprador; um segmento da linha de produtos ou; um mercado geográfico. Conseqüentemente a empresa atinge a diferenciação por satisfazer melhor as necessidades de seu alvo particular, ou custos mais baixos na obtenção deste alvo, ou ambos. 21 (Porter, 1980)

22 Alvo Estratégico Escopo Estratégias Genéricas Amplo Liderança em custo Diferenciação Enfoque Reduzido Baixa Unicidade Vantagem Estratégica Alta 22

23 Escopo Praticando Revisitando o caso: Minicaso EBX Express. Questões De acordo com o modelo das estratégias genéricas de Porter classifique a estratégia da EBX antes e depois da reestruturação? Amplo Liderança em custo Diferenciação Enfoque Reduzido Baixa Unicidade Alta

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

Centro de Economia e Administração - CEA. Docente: Profa. Patricia Stella Pucharelli Fontanini

Centro de Economia e Administração - CEA. Docente: Profa. Patricia Stella Pucharelli Fontanini Centro de Economia e Administração - CEA Docente: Profa. Patricia Stella Pucharelli Fontanini AULA 6 Docente: Profa. Patricia Stella Pucharelli Fontanini Administraçãodo Portfólio Empresarial e Questões

Leia mais

Diagnostico Organizacional Compreendendo o sistema de definição de objetivos. Missão. As principais forças. Visão. O sonho que nos move.

Diagnostico Organizacional Compreendendo o sistema de definição de objetivos. Missão. As principais forças. Visão. O sonho que nos move. VALORES Qualificação / Valorização Disponibilização / Visibilidade. Diagnostico Organizacional Compreendendo o sistema de definição de objetivos Missão As principais forças Visão O sonho que nos move Princípios

Leia mais

O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CORPORATIVO E O PROCESSO DE MARKETING

O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CORPORATIVO E O PROCESSO DE MARKETING O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CORPORATIVO E O PROCESSO DE MARKETING Planejamento estratégico é o processo de desenvolver e manter um ajuste estratégico entre os objetivos, habilidades e recursos de uma organização

Leia mais

Como organizar um processo de planejamento estratégico

Como organizar um processo de planejamento estratégico Como organizar um processo de planejamento estratégico Introdução Planejamento estratégico é o processo que fixa as grandes orientações que permitem às empresas modificar, melhorar ou fortalecer a sua

Leia mais

4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL

4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL 4. ESTRATÉGIAS DE MARKETING INTERNACIONAL 4.1- TIPOS DE ESTRATÉGIA DE MARKETING 4.2- PLANEAMENTO ESTRATÉGICO PARA O MARKETING 4.3- ESTRUTURA CONCEPTUAL PARA ESTRATÉGIA DE MARKETING 4.4- MODELOS COMO INSTRUMENTOS

Leia mais

Marketing em Design. 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing. Profª Ms. Angela Maria Ramos

Marketing em Design. 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing. Profª Ms. Angela Maria Ramos Marketing em Design 3. Planejamento Estratégico e Processos de Marketing Profª Ms. Angela Maria Ramos 4. Planejamento de novos negócios, redução de negócios superados Os planos da empresa para seus negócios

Leia mais

O desdobramento da Estratégia Organizacional e a Estratégia de Marketing

O desdobramento da Estratégia Organizacional e a Estratégia de Marketing Planejamento de Marketing e Estratégias de Marketing Parte 02 O processo de Planejamento Estratégico e de Marketing O desenvolvimento de uma estratégia de marketing está inserido dentro do processo de

Leia mais

Marketing no Varejo e Serviços.

Marketing no Varejo e Serviços. Aula 9-11 Marketing no Varejo e Serviços. Nogueira Aula 9_11 Planejamento Estratégico orientado para o mercado (Varejo e Serviços) Porque a empresa deve fazer o seu planejamento estratégico? Existe uma

Leia mais

Análise SWOT. A Análise SWOT (FOFA) SWOT e FOFA FUNÇÃO DA SWOT

Análise SWOT. A Análise SWOT (FOFA) SWOT e FOFA FUNÇÃO DA SWOT Análise SWOT A Análise SWOT (FOFA) Prof. Cláudio Márcio cmarcio@gmail.com Diagnóstico estratégico que permite estabelecer relação entre os pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças no ambiente organizacional

Leia mais

Análise dos Concorrentes

Análise dos Concorrentes Quando o assunto é monitorar as atividades dos concorrentes no mercado, não há espaço para complacência. ex: Lexmark X Epson (Print Market) 5 forças que determinam a atratividade intrínseca de lucro a

Leia mais

10.1. Estratégias para desenvolvimento de novos produtos

10.1. Estratégias para desenvolvimento de novos produtos Módulo 10. Planejamento de novos produtos Uma economia sofrendo as conseqüências de um mercado globalizado, onde a concorrência não dorme nem perdoa atrasos ou percalços. Esta é o macro ambiente onde estão

Leia mais

Disciplina: Unidade II: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade II: Prof.: E-mail: Período: Encontro 12 Disciplina: Planejamento Estratégico de Marketing Unidade II: Análise do Ambiente de Marketing Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 4º. ADM 4. A Matriz BCG A Matriz BCG

Leia mais

Conteúdo. 1. Origens e Surgimento. Origens e Surgimento

Conteúdo. 1. Origens e Surgimento. Origens e Surgimento 1 2 Planejamento Estratégico: conceitos e evolução; administração e pensamento estratégico Profª Ms Simone Carvalho simonecarvalho@usp.br Profa. Ms. Simone Carvalho Conteúdo 3 1. Origens e Surgimento 4

Leia mais

MATRIZ GE/McKINSEY ABORDAGEM MULTIFATOR

MATRIZ GE/McKINSEY ABORDAGEM MULTIFATOR MATRIZ GE/McKINSEY ABORDAGEM MULTIFATOR A Matriz GE foi desenvolvida na década de 70 pela General Eletric, com o auxílio de McKinsey and Company, uma empresa de consultoria, e por esse motivo leva o nome

Leia mais

Prof. Marcopolo Marinho

Prof. Marcopolo Marinho Aula 05 Marketing Modelo E-C-D; Modelo de cinco forças de ameaças ambientais; Análise do Ambiente Externo; Ferramenta de mapeamento de processos e de planificação estratégica - 5w2h; O Plano Estratégico:

Leia mais

ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Michael E. Porter

ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Michael E. Porter ESTRATÉGIA COMPETITIVA Michael E. Porter 1. A NATUREZA DAS FORÇAS COMPETITIVAS DE UMA EMPRESA 2. ESTRATEGIAS DE CRESCIMENTO E ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS 3. O CONCEITO DA CADEIA DE VALOR 1 1. A NATUREZA DAS

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Análise externa Roberto César 1 A análise externa tem por finalidade estudar a relação existente entre a empresa e seu ambiente em termos de oportunidades e ameaças, bem como a

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE NÍVEL EMPRESARIAL. Administração Estratégica Conceitos. Autores Peter Wright Mark J. Kroll John Parnell

ESTRATÉGIAS DE NÍVEL EMPRESARIAL. Administração Estratégica Conceitos. Autores Peter Wright Mark J. Kroll John Parnell Administração Estratégica Conceitos Autores Peter Wright Mark J. Kroll John Parnell Alternativas Estratégicas É a estratégia que a alta administração formula para toda a empresa. Reestruturação Empresarial

Leia mais

ESTRATÉGIA DE EMPRESAS

ESTRATÉGIA DE EMPRESAS ESTRATÉGIA DE EMPRESAS Professor: Alexander Baer Fundação Getúlio Vargas MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil Resumo: Abdala Carim Nabut Neto, M.Sc. 26/02/2014 1) O que é ESTRATÉGIA?

Leia mais

1ºAgroMarketing O ALINHAMENTO DO PLANEJAMENTO DE MARKETING AO BUSINESS-PLAN DE EMPRESAS DO AGRONEGÓCIO. Mauricio Sampaio

1ºAgroMarketing O ALINHAMENTO DO PLANEJAMENTO DE MARKETING AO BUSINESS-PLAN DE EMPRESAS DO AGRONEGÓCIO. Mauricio Sampaio 1ºAgroMarketing O ALINHAMENTO DO PLANEJAMENTO DE MARKETING AO BUSINESS-PLAN DE EMPRESAS DO AGRONEGÓCIO Mauricio Sampaio Definições e Conceitos Visão Missão Administração Estratégica Planejamento Estratégico

Leia mais

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho

Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho Traçando Cenários: Microambiente e Macroambiente. Prof. Marcopolo Marinho A ORGANIZAÇÃO DA ESTRUTURA ESTRATÉGICA MISSÃO Impacto: 1. Organizacional 2. Ação de Mudança Nenhum Positivo Negativo OBJETIVOS

Leia mais

RESENHA. COSTA, Eliezer Arantes. Gestão Estratégica: construindo o futuro de sua empresa - Fácil. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2012.

RESENHA. COSTA, Eliezer Arantes. Gestão Estratégica: construindo o futuro de sua empresa - Fácil. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2012. FOCO: Revista de Administração da Faculdade Novo Milênio. RESENHA COSTA, Eliezer Arantes. Gestão Estratégica: construindo o futuro de sua empresa - Fácil. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2012. Valéria Santiago

Leia mais

Organização da Aula Empreendedorismo Aula 2 Competitividade: Século XXI Contextualização Vantagem Competitiva

Organização da Aula Empreendedorismo Aula 2 Competitividade: Século XXI Contextualização Vantagem Competitiva Empreendedorismo Aula 2 Prof. Me. Fabio Mello Fagundes Organização da Aula Competitividade Estratégia Ambiente das organizações Competitividade: Século XXI Hiperconcorrência Contextualização Economia globalizada

Leia mais

Inteligência Competitiva

Inteligência Competitiva Inteligência Competitiva Prof. Patricia Silva psilva@univercidade.br Aula 6 Objetivos da aula 6 n Análise SWOT n Bibliografia: Estratégia de Marketing O C. Ferrell Cap. 4 Strenghts (forças), Weaknesses

Leia mais

CASO HONDA. Em 1975, a situação:

CASO HONDA. Em 1975, a situação: CASO HONDA Em 1975, a situação: O governo britânico contratou o Boston Consulting Group para ajudar a explicar por que as empresas japonesas, em especial a Honda, superavam de forma tão acentuada as britânicas

Leia mais

NAGI PG. Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás. Polo: Petrobras

NAGI PG. Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás. Polo: Petrobras NAGI PG NÚCLEO DE APOIO À GESTÃO DA INOVAÇÃO NA CADEIA DE PETRÓLEO E GÁS Capacitação em Gestão da Inovação para o Setor de Petróleo e Gás Polo: Petrobras Programa do Módulo I Módulo I: Planejamento Estratégico

Leia mais

Os 4 P s. P de PRODUTO

Os 4 P s. P de PRODUTO Os 4 P s P de PRODUTO O que é um Produto? Produto é algo que possa ser oferecido a um mercado para aquisição, uso ou consumo e que possa satisfazer a um desejo ou necessidade. Os produtos vão além de bens

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO Plano de Ação Estratégico Estratégias empresariais Anexo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE Unidade de Capacitação Empresarial Estratégias

Leia mais

Processo de Planejamento Estratégico

Processo de Planejamento Estratégico Processo de Planejamento Estratégico conduzimos o nosso negócio? Onde estamos? Definição do do Negócio Missão Visão Análise do do Ambiente Externo e Interno Onde queremos Chegar? poderemos chegar lá? saberemos

Leia mais

Gestão Capítulo 3: Planeamento:

Gestão Capítulo 3: Planeamento: Gestão Capítulo 3: Planeamento: Tipos de Plano: Planos Estratégicos conjunto coerente de acções através das quais uma Organização procura alcançar as metas estratégicas (strategic goals). Longo prazo.

Leia mais

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor

Leia mais

Objectivos. e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens competitivas. tecnologias da informação.

Objectivos. e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens competitivas. tecnologias da informação. Capítulo 2 1 Enfrentar a concorrência com tecnologias da informação 2 Objectivos ƒ Identificar estratégias de concorrência básicas e explicar de que formas as TI podem ser utilizadas para ganhar vantagens

Leia mais

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho

GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO. Prof. Marcopolo Marinho GESTÃO DE MARKETING RECAPITULANDO Prof. Marcopolo Marinho Marketing: É a área do conhecimento que engloba todas as atividades referente às relações de troca de bens entre pessoas ou instituições, buscando

Leia mais

Marketing. Aula 04. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Marketing. Aula 04. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Marketing Aula 04 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia e

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc.

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

Prof. Jessé Rodrigues FORMAÇÃO PARA GERENTES DE MARKETING DIGITAL

Prof. Jessé Rodrigues FORMAÇÃO PARA GERENTES DE MARKETING DIGITAL Prof. Jessé Rodrigues FORMAÇÃO PARA GERENTES DE MARKETING DIGITAL Conteúdo Programático Módulo 3 Primeiros Passos do Planejamento Como identificar norteadores estratégicos Como definir seus objetivos quantitativos

Leia mais

Marketing. Objectivos. Conceito de estratégia. Planeamento Estratégico

Marketing. Objectivos. Conceito de estratégia. Planeamento Estratégico Marketing Planeamento Estratégico Prof. José M. Veríssimo 1 Objectivos Compreender como o planeamento estratégico é conduzido nos diversos níveis organizacionais Identificar as diversas fases do processo

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro Anexo 3 PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro 1. Capa 2. Sumário 3. Sumário executivo 4. Descrição da empresa 5. Planejamento Estratégico do negócio 6. Produtos e Serviços 7. Análise de Mercado 8. Plano de Marketing

Leia mais

Universidade Paulista UNIP ICSC Instituto de Ciências Sociais e Comunicação Cursos de Administração

Universidade Paulista UNIP ICSC Instituto de Ciências Sociais e Comunicação Cursos de Administração 1 Apostila 7 Conteúdo Universidade Paulista UNIP ICSC Instituto de Ciências Sociais e Comunicação Cursos de Administração Apostila 5 Processo de Administração Estratégica Diagnóstico Estratégico: Ambientes

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Estratégia empresarial Professor: Salomão David Vergne Cardoso E-mail: vergne07@gmail.com Código: Carga Horária:

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

Gestão em Farmácia. Marketing 3. Manuel João Oliveira. Identificação e Selecção da Estratégia

Gestão em Farmácia. Marketing 3. Manuel João Oliveira. Identificação e Selecção da Estratégia Gestão em Farmácia Marketing 3 Manuel João Oliveira Análise Externa Análise do Cliente Segmentação, comportamento do cliente, necessidades não-correspondidas Análise dos Concorrentes Grupos estratégicos,

Leia mais

PROJECTO CRIAR EMPRESA

PROJECTO CRIAR EMPRESA PROJECTO CRIAR EMPRESA Conceito, Análise de Concorrência 1. INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO INDÚSTRIA CONSTRUÇÃO Custos Prazo de execução /Esforço Qualidade EXTRAS Ambiente Socio-Políticos Imposições legais Segurança

Leia mais

MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING ESTRATÉGICO O conceito de marketing é uma abordagem do negócio. HOOLEY; SAUNDERS, 1996 Esta afirmação lembra que todos na organização devem se ocupar do marketing. O conceito de marketing não

Leia mais

MARKETING INTERNACIONAL

MARKETING INTERNACIONAL MARKETING INTERNACIONAL Produtos Ecologicamente Corretos Introdução: Mercado Global O Mercado Global está cada dia mais atraente ás empresas como um todo. A dinâmica do comércio e as novas práticas decorrentes

Leia mais

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO

ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO RESUMO 1 ESTRATÉGIA DE MARKETING O BOTICÁRIO Adriana Fussiger Silveira 1 Aline Florisbal 2 Camila Pinzon 3 Dilson Borges 4 João Antonio Jardim Silveira 5 RESUMO O presente trabalho busca traçar um plano estratégico

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Organograma e Departamentalização

ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Organograma e Departamentalização ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Organograma e Departamentalização DISCIPLINA: Introdução à Administração FONTE: BATEMAN, Thomas S., SNELL, Scott A. Administração - Construindo Vantagem Competitiva. Atlas. São

Leia mais

CAPÍTULO 15. Planejamento Estratégico

CAPÍTULO 15. Planejamento Estratégico CAPÍTULO 15 Planejamento Estratégico Autor Palavras Chave Mintzberg Ansoff Futuro. Decisão. Resultados. Programação. Negócio Atual. Tendências. Decisão. Concorrência. Produtos e serviços. MAXIMIANO /TGA

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

Klaus Schneider Gebhardt. Orientador: Prof. Dr. CLÁUDIO GONÇALO

Klaus Schneider Gebhardt. Orientador: Prof. Dr. CLÁUDIO GONÇALO Klaus Schneider Gebhardt Orientador: Prof. Dr. CLÁUDIO GONÇALO 1. INTRODUÇÃO!"#!$!%%%&'" (# )%%&'"" #*"%+ #!!,"!%-. /%"0"%"12!" %"!'" #,!,!'3". QUESTÃO DE PESQUISA Analisando a Indústria de Móveis do Brasil,

Leia mais

MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO ESTRATÉGICA

MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO ESTRATÉGICA MANUAL FORMAÇÃO PME GESTÃO ESTRATÉGICA 1/21 ANÁLISE DA ENVOLVENTE EXTERNA À EMPRESA... 3 1. Análise do Meio Envolvente... 3 2. Análise da Evolução do Mercado... 7 3. Análise da Realidade Concorrencial...

Leia mais

Administração de Preços. Administração de Preços. Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico;

Administração de Preços. Administração de Preços. Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico; Panorama para o tema Vamos definir preço e sua relação com o composto mercadológico; O escopo da precificação e os métodos mais comuns, incluindo as principais táticas; Uma sugestão: amplie seu nível de

Leia mais

Roteiro do Plano de Negócio

Roteiro do Plano de Negócio Roteiro do Plano de Negócio 1. Componentes do Plano de Negócios a) Resumo Executivo b) A organização Visão estratégica/modelo de negócio c) Análise de mercado d) Planejamento de marketing - produto ou

Leia mais

Análise do Ambiente estudo aprofundado

Análise do Ambiente estudo aprofundado Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Disciplina Gestão Estratégica e Serviços 7º Período Administração 2013/2 Análise do Ambiente estudo aprofundado Agenda: ANÁLISE DO AMBIENTE Fundamentos Ambientes

Leia mais

Período de validade do curso: 60 (sessenta) dias podendo ser acessado a qualquer hora e quantas vezes desejar.

Período de validade do curso: 60 (sessenta) dias podendo ser acessado a qualquer hora e quantas vezes desejar. DETALHES DO CURSO Disciplina: Gestão Empresarial Professor: Wellington de Toledo Garcia, Graduado em Administração de Empresas com MBA Executivo (Master of Business Administration) em Gestão Empresarial

Leia mais

Administração Estratégica UNIDADE II

Administração Estratégica UNIDADE II Administração Estratégica UNIDADE II Matriz BCG e Matriz GE Balanced scorecard BSC EVA - valor econômico agregado MVA - Valor de Mercado Adicionado 3 Prof. Mestre Demóstenes Farias Fortaleza, outubro/novembro

Leia mais

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento

Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Modelos, Métodos e Técnicas de Planejamento Profa. Marta Valentim Marília 2014 Modelos,

Leia mais

CONCEITOS DE ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL

CONCEITOS DE ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL CONCEITOS DE ESTRATÉGIA E PLANEAMENTO EMPRESARIAL MÁRIO DE CARVALHO uma@welvitchia.com ou mjcuma@hotmail.com www.welvitchia.com 1. QUAL É A HISTÓRIA DA EMPRESA? QUAIS SÃO AS PONTO DE PARTIDA CONDIÇÕES

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 1 Empresas de Construção: Seleção de Projetos, Gestão e Controles para Atingir as Metas de Desempenho Patricia Atallah Gestão e Planejamento Estratégico são Cruciais para uma

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

Gestão Estratégica no Serviço Público

Gestão Estratégica no Serviço Público Projeto Maricá Coordenador: José Geraldo Abunhaman Gestão Estratégica no Serviço Público Prof. Joel de Lima Pereira Castro Junior, PhD joelpcastro@uol.com.br Por que planejar? O processo de liberdade do

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Estratégias e Mudanças

Estratégias em Tecnologia da Informação. Estratégias e Mudanças Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 3 Estratégias e Mudanças Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral

Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, segmentação e posicionamento Prof. Dr. Raul Amaral Estratégia de negócio, estratégias de segmentação e posicionamento. Análise do potencial de demanda. Definição da missão. liderança.

Leia mais

FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU

FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU FIB - FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU CURSO DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO INTEGRADA: PESSOAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TURMA V E EIXOS TEMÁTICOS PARA A MONOGRAFIA FINAL Professor Ms. Carlos Henrique

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA / SP Eixo tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico

Estrutura do Curso. Planejamento Estratégico Estrutura do Curso (Prof. Mauricio Neves) INTRODUÇÃO À ESTRATÉGIA EMPRESARIAL (Unidade I) MODELO PORTER: TÉCNICAS ANALÍTICAS (Unidade II) ESTRATÉGIA BASEADA EM RECURSOS, (Unidade IV) Planejamento Estratégico

Leia mais

Usada originalmente na área militar, esta palavra hoje é bastante usada na área de negócios.

Usada originalmente na área militar, esta palavra hoje é bastante usada na área de negócios. Usada originalmente na área militar, esta palavra hoje é bastante usada na área de negócios. A palavra vem do grego strátegos, que significa "a arte do general". Arte militar de escolher onde, quando e

Leia mais

ANEC PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO UMA ABORDAGEM. Reflexões voltadas para a Gestão

ANEC PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO UMA ABORDAGEM. Reflexões voltadas para a Gestão ANEC PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO UMA ABORDAGEM Reflexões voltadas para a Gestão MUDANÇAS EDUCAÇÃO NO BRASIL 1996 Lei 9.934 LDB 1772 Reforma Pombalina 1549 Ensino Educação público no dos Brasil Jesuítas Lei

Leia mais

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques "O plano de negócios é o cartão de visitas do empreendedor em busca de financiamento". (DORNELAS, 2005) A partir

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade I GERENCIAMENTO

Prof. Marcelo Mello. Unidade I GERENCIAMENTO Prof. Marcelo Mello Unidade I GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Objetivos gerenciamento de serviços Utilizar modelos de gestão e desenvolvimento voltados para o segmento de prestação de serviços em empresas de

Leia mais

Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO

Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO Módulo 4.2 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO Proporciona ao executivo informações básicas b para começar a usufruir das vantagens do planejamento estratégico, através s do tratamento adequado

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE NEGÓCIO E DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA O EMPREENDEDOR. Antonio Carlos Paim Cardoso Júnior 13/02/2014

A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE NEGÓCIO E DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA O EMPREENDEDOR. Antonio Carlos Paim Cardoso Júnior 13/02/2014 A IMPORTÂNCIA DO PLANO DE NEGÓCIO E DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA O EMPREENDEDOR Antonio Carlos Paim Cardoso Júnior 13/02/2014 PALESTRANTE Bacharel em Ciências Contábeis pela FVC Concluinte MBA em Gestão

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DIRETORIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA Desenvolvimento de Monografia SÃO PAULO 2005, NORMAS PARA DESENVOLVIMENTO DA MONOGRAFIA DO MBA I - DEFINIÇÃO A monografia é a proposta de desenvolvimento de atividades

Leia mais

Prof. Paulo Arnaldo Olak olak@uel.br

Prof. Paulo Arnaldo Olak olak@uel.br 6C0N021 Contabilidade Gerencial Prof. Paulo Arnaldo Olak olak@uel.br Programa da Disciplina Introdução e delimitações Importância da formação do preço de venda na gestão do lucro. Principais elementos

Leia mais

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA

SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA SERVIÇO DA MERCAL CONSULTING GROUP PARA VENDA OU ASSOCIAÇÃO ( JOINT VENTURE OU MERGER ) DA SUA EMPRESA O primeiro requisito para venda de uma empresa, total ou parcialmente, é apresentá-la de forma atraente,

Leia mais

Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras

Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras Estratégias de Internacionalização para Empresas Inovadoras Índia e China são alvos de multinacionais para produção e serviços de TI! Notícias na Mídia! Índia virou um gigante em TI! China e Índia lideram

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A.

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. PLANO DE NEGÓCIOS Data: Janeiro 2.013 Dr. Marido - Operacional S U M Á R

Leia mais

Módulo 17 Estratégias mercadológicas

Módulo 17 Estratégias mercadológicas Módulo 17 Estratégias mercadológicas Todas as empresas para terem sucesso no mercado a longo prazo precisam de uma estratégia. Segundo Peter Druker, as estratégias são os planos de vôos das empresas. Analisando

Leia mais

Etec Paulino Botelho Rua Marechal Deodoro 3183 Vila Nery São Carlos SP (16) 3371 1027 -www.etepb.com.br. Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2015

Etec Paulino Botelho Rua Marechal Deodoro 3183 Vila Nery São Carlos SP (16) 3371 1027 -www.etepb.com.br. Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2015 Plano de Trabalho Docente 2ºsem / 2015 Ensino Técnico Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

GESTÃO. 5. - Marketing. 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor

GESTÃO. 5. - Marketing. 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor GESTÃO 5. - Marketing 5.1- Introdução, conceitos fundamentais Comportamento do consumidor Definições de Marketing Kotler (1991): Marketing é um processo social e de gestão pelo qual indivíduos e grupos

Leia mais

MATRIZ BCG: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DO SEGMENTO DE INFORMÁTICA.

MATRIZ BCG: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DO SEGMENTO DE INFORMÁTICA. 1 MATRIZ BCG: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESAS DO SEGMENTO DE INFORMÁTICA. RESUMO Álvaro Sarturi de Oliveira 1 Andréia Cristiane Vogel 2 Danieli Carlson Writzl 3 Marcos Rogério Rodrigues 4 O presente trabalho

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases C A T E G O R I A S D E S E T O R D E M E R C A D O E C A T E G O R I A S E S P E C I A I S ROTEIRO ORIENTADOR PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

4. Análise de Mercado

4. Análise de Mercado 4. Análise de Mercado Ações de Maturação e Aceleração 01.04.2014 Carla Machado Análise de Mercado Índice 1. Evolução Previsional do Setor Enquadre o negócio no setor de atividade, referindo oportunidades

Leia mais

CONHEÇA NOSSA EMPRESA:

CONHEÇA NOSSA EMPRESA: CONHEÇA NOSSA EMPRESA: HISTÓRICO A RC Consultoria esta em atividade desde o ano de 2007 na área de consultoria em gestão empresarial, levando para os nossos clientes um otimo portfólio de serviços para

Leia mais

Vantagens Competitivas (de Michael Porter)

Vantagens Competitivas (de Michael Porter) Vantagens Competitivas (de Michael Porter) CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTE: SOARES, Claudio César. Introdução ao Comércio Exterior Fundamentos Teóricos do Comércio Internacional.

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO DO SETOR DE TELEFONIA MÓVEL NO BRASIL E POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE SUAS PRINCIPAIS EMPRESAS

AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO DO SETOR DE TELEFONIA MÓVEL NO BRASIL E POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE SUAS PRINCIPAIS EMPRESAS 1 BRUNO SAMPAIO GREVE AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO DE EVOLUÇÃO DO SETOR DE TELEFONIA MÓVEL NO BRASIL E POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DE SUAS PRINCIPAIS EMPRESAS Trabalho de Formatura apresentado à Escola Politécnica

Leia mais

UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO - CARACTERÍSTICAS DAS ABORDAGENS SISTÊMICAS E DE MARKETING Por : Cláudia Toranca Marques Pimenta Orientador:

Leia mais

Questões abordadas - Brand

Questões abordadas - Brand AULA 9 Marketing Questões abordadas - Brand O que é uma marca e como funciona o branding? O que é brand equity? Como o brand equity é construído, avaliado e gerenciado? Quais são as decisões mais importantes

Leia mais