ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS"

Transcrição

1 ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE CASE 31º TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIAS DE SEGMENTO DE MERCADO E CATEGORIAS ESPECIAIS

2 Roteiro de Elaboração do Case Buscando aperfeiçoar o Sistema de Avaliação do Top de Marketing, a ADVB/RS, através da sua diretoria e do Comitê Organizador do Prêmio, desenvolveu o Roteiro para Elaboração de Case. Este documento tem como objetivos parametrizar a avaliação, por parte dos jurados e facilitar o desenvolvimento do case, valorizando seu conteúdo. O roteiro contempla todas as etapas de construção de uma estratégia de marketing bem-sucedida, colaborando para a descrição dos aspectos mais relevantes de uma história de sucesso. Os cases de Segmentos de Mercado e Categorias Especiais devem observar as orientações apresentadas neste documento conforme todo item 8.1 do regulamento do 31º Top de Marketing ADVB/RS. É importante que o case seja apresentado com máxima transparência e clareza possível, para que a Comissão Julgadora possa mensurar o impacto das ações desenvolvidas, de acordo com os critérios de avaliação descritos no regulamento. Leia este material com atenção e utilize-o como ferramenta para a construção do seu case. Bom trabalho! Critérios de Avaliação do Case Criatividade e Inovação (peso 2): O grau de criatividade e inovação empregado para aproveitar uma oportunidade ou superar um obstáculo, barreira ou problema mercadológico. Categorias de Segmentos de Mercado e Categoria Especial Top Empresa do Futuro ADVB/RS: Estratégia de Marketing (peso 3): Serão avaliadas qualidade, ousadia e adequação da estratégia empregada de acordo com os objetivos propostos e os resultados obtidos. Ferramenta de Marketing (peso 1): Serão avaliadas a qualidade e a criatividade na seleção e aplicação das ferramentas do marketing para otimização dos investimentos, sinergia nas ações táticas e aderência com a estratégia. Resultados obtidos (peso 3): Será avaliada a qualidade dos resultados mercadológicos obtidos de forma prática a partir da estratégia proposta e dos objetivos descritos no case. Criatividade e Inovação (peso 3): O grau de criatividade e inovação empregado para aproveitar uma oportunidade ou superar um obstáculo, barreira ou problema mercadológico. Categorias Especiais Top Inovação em Produto ADVB/RS, Top Inovação em Serviços ADVB/RS, Top Inovação em Processos ADVB/RS: Estratégia de Marketing (peso 2): Serão avaliadas qualidade, ousadia e adequação da estratégia empregada de acordo com os objetivos propostos e os resultados obtidos. Ferramenta de Marketing (peso 1): Serão avaliadas a qualidade e a criatividade na seleção e aplicação das ferramentas do marketing para otimização dos investimentos, sinergia nas ações táticas e aderência com a estratégia. Resultados obtidos (peso 3): Será avaliada a qualidade dos resultados mercadológicos obtidos de forma prática a partir da estratégia proposta e dos objetivos descritos no case.

3 Critérios de Avaliação do Case A Proposta (Peso 1): Será avaliado o grau de diferenciação, ineditismo e criatividade da proposta de sustentabilidade desenvolvida. Relevância da Ação (Peso 2): Será avaliada a importância da ação ou do projeto para a sociedade ou para o grupo alvo da ação. Categoria Especial Top Sustentabilidade ADVB/RS: Qualidade da Estratégia (Peso 3): Será avaliada a criatividade no desenvolvimento e na implementação da estratégia, das táticas, dos meios e das ferramentas do marketing para obter os melhores resultados frente aos objetivos descritos no case. Resultados Obtidos (Peso 3): Serão avaliados os resultados práticos obtidos em favor da sociedade ou de grupos alvo no projeto ou na ação descritos e comprovados no case. Apresente o mais detalhado possível as etapas descritas neste roteiro para que a Comissão Julgadora possa compreender, analisar e avaliar o seu case de marketing. Em cada quesito, você encontrará os seguintes símbolos e significados: OBRIGATÓRIO Os itens marcados como, precisam, necessariamente, constar no case, sob pena de desclassificação no caso de não-preenchimento. 01. Apresentação Geral da Empresa OPCIONAL Os itens marcados como Opcionais não são eliminatórios, no entanto, possibilitam uma visão mais ampla do case, contribuindo para sua valorização. Opcional 02. Cenário Competitivo 03. Análise PFOA 04. Objetivos de Marketing 05. Estratégias de Marketing 06. Plano de Ação 07. Utilização de Ferramentas de Marketing 08. Aplicação de recursos 09. Resultados Obtidos 10. Validação pela empresa Opcional Opcional

4 1 Apresentação Geral da Empresa Apresente sinteticamente a sua empresa, de forma a complementar as questões objetivas propostas por este roteiro. Este é o espaço para sua organização apresentar dados relevantes e que possam contribuir para a avaliação global de seu case. 2 Cenário Competitivo Apresente sucintamente as principais características e informações de mercado que foram relevantes na tomada de decisão de sua empresa e na construção de sua estratégia e Plano de Marketing. Para auxiliar na apresentação deste item, foi criada a planilha que segue, que poderá servir de orientador nestas informações. Não é necessário responder a todas as questões, pois foram desenvolvidas como sugestões de questionamentos que podem ser pertinentes ao case. Procure descrever o cenário competitivo em que sua empresa está inserida, através das Informações de Mercado e do Contexto da Empresa Frente ao Mercado. tabela 2.1 Informação de Mercado Aspectos Financeiros Detalhamento - Há barreiras de entrada causadas por impostos/taxas ou por restrições a importações? - Existe algum incentivo específico para este segmento? Aspectos Legais - Situação da Marca (marca registrada e patentes reconhecidas). - Proteção à Propriedade Intelectual (design, softwares, etc). Desenvolvimento - Algum novo produto está sendo desenvolvido? - É possível o surgimento de algum novo sistema ou técnica? Suposições de Mercado - Os mercados estão expandindo? Uma recessão é possível? - Que efeito a moeda valorizada ou desvalorizada teria sobre o plano? Quais as principais moedas que precisam ser consideradas? - Como as taxas de juros afetam o plano de marketing? - Que indicadores macro-econômicos têm influência sobre a estratégia de marketing? tabela 2.2 Informação de Mercado Características de Mercado Situação de Mercado Desempenho das Empresas Competidoras Canais de Distribuição Ferramentas de Comunicação Detalhamento - Quem são os principais clientes? - Quem são os principais fornecedores? - Quais são os produtos líderes de mercado? - É um mercado novo? - É um mercado maduro? - É um mercado saturado? - Como está segmentado? - Em relação ao mercado como um todo? - Em relação umas às outras? - Em relação à sua? - Quais são? - Tem novas alternativas? - Quais são as mais utilizadas? - Existe algum esforço extra de comunicação? - Existe carência de comunicação neste segmento?

5 tabela 2.3 Contexto da empresa frente ao mercado Clientes em Potencial Produto/Serviço Concorrentes - Quem são? - Onde estão localizados? - Devem ser desenvolvidos? - O produto existente satisfaz o atual mercado? - É necessário modificar o produto/serviço? - É necessário desenvolver novo produto/serviço? - Quem são? - Onde estão? - Como eles operam? - Com que produtos/serviços fazem frente ao seu? - Quanto aos preços, são superiores, inferiores ou compatíveis com os seus? - Que canais e ações de marketing realizam? - A empresa foi recentemente comprada? - A empresa é de capital aberto? - É uma empresa familiar? - A sua empresa visa expandir através de aquisições de mercado? Gestão Outras Informações 3 Detalhamento - Existem outras informações relevantes? Quais? Análise PFOA (Potencialidades, Fragilidades, Oportunidade e Ameaças) (*) PFOA é a abreviatura de Potencialidades e Fragilidades relacionadas às nossas Oportunidades e Ameaças de Mercado. As potencialidade e fragilidades referem-se à empresa e seus produtos e serviços, enquanto as oportunidades e ameaças referem-se aos fatores externos sobre os quais a empresa não exerce controle. Esta análise é importante tarefa no processo de planejamento, e por isso solicitamos que descreva estes indicadores, na forma de um texto ou de uma matriz, a fim de permitir a compreensão da Comissão Julgadora sobre as potencialidades e fragilidades identificadas e de que maneira a sua empresa delineou sua estratégia, usufruindo-se deste cenário na construção do case apresentado. POTENCIALIDADES FRAGILIDADES OPORTUNIDADES AMEAÇAS

6 4 Objetivos de Marketing Os objetivos de marketing apresentados por sua empresa devem ser mensuráveis qualitativa e quantitativamente. Eles devem ser específicos, consistentes e precisos no tempo. Descreva quais são os principais objetivos de marketing que nortearam sua estratégia. 5 Estratégias de Marketing Estratégias de Marketing são os caminhos que a empresa toma e a forma como organiza seus recursos para atingir os objetivos de marketing em relação aos objetivos da organização junto a seus mercados. Apresente as estratégias traçadas por sua empresa. 6 Plano de Ação Definir o Plano de Ação significa apresentar o programa de marketing que permitiu sua empresa gerar os resultados propostos na Estratégia de Marketing. Descreva seu plano de ação, contendo a descrição da ação, pessoas, setores envolvidos e prazos de execução. 7 Utilização de Ferramentas de Marketing COM ANEXOS Descrição das ferramentas de marketing utilizadas no Plano de Ação. Inclua material anexo (fotos, peças, imagens) e exemplificações destas ferramentas. 8 Aplicação de Recursos Objetivos foram estabelecidos, estratégias e planos desenvolvidos, mas é necessário conhecer os investimentos para a sua implantação. Apresente sumariamente os recursos (humanos, tecnológicos e financeiros) envolvidos neste Case de Marketing. 9 Resultados Obtidos Apresente o resultado obtido através das ações apresentadas anteriormente. Elabore uma apresentação que possa evidenciar: ganhos, realizações, conquistas, desempenhos e como os mesmos foram monitorados. 10 Validação pela Empresa Apresente argumentos que você considere importantes para que a sua empresa seja vencedora do 31º Prêmio Top de Marketing ADVB/RS. Diga por que ela merece ganhar esta premiação.

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases C A T E G O R I A S D E S E T O R D E M E R C A D O E C A T E G O R I A S E S P E C I A I S ROTEIRO ORIENTADOR PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Questionário para apresentação do case. Prêmios - Incentivo. Top Miniempresa Escola e Top Startup

Questionário para apresentação do case. Prêmios - Incentivo. Top Miniempresa Escola e Top Startup Questionário para apresentação do case Prêmios - Incentivo Top Miniempresa Escola e Top Startup Este documento tem como objetivos parametrizar a avaliação dos cases inscritos e facilitar o desenvolvimento

Leia mais

Roteiro orientador para descrição do case

Roteiro orientador para descrição do case Roteiro orientador para descrição do case C A T E G O R I A S D E S E T O R D E M E R C A D O E C A T E G O R I A S E S P E C I A I S ROTEIRO ORIENTADOR PARA DESCRIÇÃO DO CASE De acordo com ampla reformulação

Leia mais

Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS

Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS REGULAMENTO 30 TOP DE MARKETING ADVB/RS 1. Da Instituição 1.1. Fica instituído, pela Diretoria da ADVB/RS, o 30º TOP DE MARKETING ADVB-RS. 2. Dos Objetivos: 2.1.

Leia mais

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE ROTEIRO CATEGORIA DESTAQUE: PROJETO DE SUSTENTABILIDADE Rua Júlio de Castilhos, 561 - Novo Hamburgo / RS 51 3594.7011 direcoes@abicalcados.com.br premiodirecoes.com.br Realização: I PERFIL DA CATEGORIA

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro Anexo 3 PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro 1. Capa 2. Sumário 3. Sumário executivo 4. Descrição da empresa 5. Planejamento Estratégico do negócio 6. Produtos e Serviços 7. Análise de Mercado 8. Plano de Marketing

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA COMÉRCIO ELETRÔNICO PROF. CÉLIO CONRADO

CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA COMÉRCIO ELETRÔNICO PROF. CÉLIO CONRADO Contexto e objetivos CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA COMÉRCIO ELETRÔNICO PROF. CÉLIO CONRADO O desenvolvimento do plano de negócios, como sistematização das idéias

Leia mais

Prêmio Nacional P. Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação Tecnológica

Prêmio Nacional P. Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Inovação Tecnológica Prêmio Nacional de Inovação P 0 Caderno de Avaliação Categoria Projeto: Inovação Tecnológica Inovação MPE Solução: Esta dimensão avalia as características qualitativas do solução proposta o entendimento

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS - TOP MINIEMPRESA ESCOLA E TOP STARTUP ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS

Leia mais

UNIDADE 5 A estrutura de um Plano de Negócios

UNIDADE 5 A estrutura de um Plano de Negócios UNIDADE 5 A estrutura de um Plano de Negócios É evidente a importância de um bom plano de negócios para o empreendedor, mas ainda existem algumas questões a serem respondidas, por exemplo: Como desenvolver

Leia mais

Planejamento de Marketing.

Planejamento de Marketing. Planejamento de Marketing. Análise de Mercado Identificação de Riscos e Oportunidades Segmentação de mercado; Seleção de mercado alvo Objetivos de Marketing Estratégia de diferenciação de produto Estratégia

Leia mais

Aula 13. Roteiro do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni

Aula 13. Roteiro do Plano de Marketing. Profa. Daniela Cartoni Aula 13 Roteiro do Plano de Marketing Profa. Daniela Cartoni Plano de Marketing: Estrutura Capa ou folha de rosto 1. Sumário Executivo 2. Situação atual de marketing 3. Análise de oportunidades 4. Objetivos

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME 1. O PRÊMIO O Prêmio ESTADÃO PME é uma iniciativa pioneira e única do Grupo Estado e tem como objetivos valorizar as melhores histórias de pequenas e médias empresas e estimular

Leia mais

PESQUISA FNQ NOVO CAPITALISMO

PESQUISA FNQ NOVO CAPITALISMO PESQUISA FNQ NOVO CAPITALISMO Pensando em quebrar os paradigmas do modelo econômico atual, a Fundação Nacional da Qualidade propôs uma reflexão do que seria uma organização direcionada para o Novo Capitalismo,

Leia mais

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE

REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE REGULAMENTO CIDADANIA ABRH-RS EDIÇÃO 2012 CATEGORIA ESTUDANTE ARTIGO I DEFINIÇÃO E NATUREZA O Prêmio Cidadania, categoria Estudante, premia trabalhos de caráter técnico ou científico, referente a implementação

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA)

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA) ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE ATIVIDADES EXTRA-CURRICULARES (ESPORTIVOS OU DE ÁREA) I - CAPA NA CAPA DEVE CONSTAR: - Nome da Unidade Escolar com DRE; - Nome do professor responsável pela elaboração

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PRODUTO CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM SERVIÇOS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PROCESSOS ÍNDICE INTRODUÇÃO 03 PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio do Governo de Alagoas torna público o VI CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

Empreendedorismo. Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral

Empreendedorismo. Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral Empreendedorismo Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral Conteúdo 1. Objetivos do Encontro... 3 2. Introdução... 3 3. Planejar. Por quê?... 3 4. O Plano é produto do empreendedor... 4 5. Estrutura do Plano

Leia mais

TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS

TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS Edição 2014 TEMPLATE PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS EMPREENDEDORES FINALISTAS Disponibilizamos esse material com o objetivo de guiar os finalistas do Prêmio Santander Empreendedorismo 2014 na apresentação

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP SUSTENTABILIDADE ÍNDICE INTRODUÇÃO 03 PARA PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO 04 QUESTIONÁRIO 05 CAPÍTULO P PERFIL DA EMPRESA 05 CAPÍTULO

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

FAQ Prêmio Inovação da Volvo do Brasil

FAQ Prêmio Inovação da Volvo do Brasil FAQ Prêmio Inovação da Volvo do Brasil O QUE É 1. O que significa inovação para a Volvo? Inovação é a execução bem sucedida de uma ideia criativa, que gera resultados para os negócios da empresa. Os resultados

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA.

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. APRESENTAÇÃO A Divisão de Gestão Ambiental DGA, unidade responsável pelo

Leia mais

MODELO PLANO DE NEGÓCIO

MODELO PLANO DE NEGÓCIO MODELO PLANO DE NEGÓCIO Resumo dos Tópicos 1 EMPREENDEDOR... 3 1.1. O EMPREENDIMENTO... 3 1.2. OS EMPREENDEDORES... 3 2 GESTÃO... 4 2.1. DESCRIÇÃO DO NEGÓCIO... 4 2.3. PLANO DE OPERAÇÕES... 4 2.4. NECESSIDADE

Leia mais

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015 Prêmio Ouvidorias Brasil Edição 2015 1. Inscrições a) Quem poderá participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015? Poderá se inscrever e participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015 organizações

Leia mais

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão

Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO. Profa. Leonor Cordeiro Brandão Unidade II GESTÃO DO CONHECIMENTO Profa. Leonor Cordeiro Brandão Relembrando Vimos alguns conceitos importantes: O que são dados; O que é informação; Quando uma informação se transforma em conhecimento;

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015

REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO DO PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 I OBJETIVO DA PREMIAÇÃO 1.1 - O PRÊMIO SINEPE/PR DE PRÁTICAS INOVADORAS EM EDUCAÇÃO EDIÇÃO 2015 é uma iniciativa do SINEPE/PR

Leia mais

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM União Metropolitana de Educação e Cultura Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação

Leia mais

Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4. 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4

Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4. 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4 Planejamento Estratégico do Sindicato Caderno de Orientações para Outubro de 2008 Sumário 1 APRESENTAÇÃO...3 2 LINHAS GERAIS...4 2.1. Diretrizes Básicas... 4 2.3. Objetivos... 4 2.4. Público-Alvo... 4

Leia mais

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT O PRÊMIO Dirigido a empresas e profissionais que praticam a excelência em atendimento e relacionamento com o cliente, o PrêmioABT tem como objetivos identificar, reconhecer e

Leia mais

REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015

REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015 REGULAMENTO TOP DE MARKETING E VENDAS ADVB/SC 2015 1. INTRODUÇÃO A ADVB/SC promove o Top de Marketing e Vendas ADVB/SC 2015. Nele, serão premiados os melhores cases de marketing e vendas do mercado catarinense.

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio.

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Roteiro para apresentação do Plano de Negócio Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Abaixo encontra-se a estrutura recomendada no Empreenda! O Plano de Negócio deverá

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

Plano de Marketing. Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing

Plano de Marketing. Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing Plano de Marketing Introdução (breve) ao Marketing Análise de Mercado Estratégias de Marketing 1 Plano de Marketing É o resultado de um processo de planejamento. Define o quevai ser vendido, por quanto,

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ

PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ PROJETO INTERDISCIPLINAR DO MÓDULO DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES ( PIMAT ): ESTUDO DE CASO TURISMO E HOTELARIA / SÃO JOSÉ Fabiano Ceretta 1 Resumo: O projeto interdisciplinar do módulo de Agências

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO

SECRETARIA DE ESTADO DA GESTÃO PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DA ESCOLA DE GOVERNO REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO A Secretaria de Estado da Gestão Pública do Governo de Alagoas torna público o 4º CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO DE ALAGOAS que será regido de acordo

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. O QUE É?

PLANO DE NEGÓCIOS. O QUE É? NE- CACT O Núcleo de Empreendedorismo da UNISC existe para estimular atitudes empreendedoras e promover ações de incentivo ao empreendedorismo e ao surgimento de empreendimentos de sucesso, principalmente,

Leia mais

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que ANEXO II Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui registro em base de patentes brasileira. Também serão considerados caráter inovador para este Edital os registros de patente de domínio público

Leia mais

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação

ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação ABNT NBR 16001:2004 Os Desafios e Oportunidades da Inovação A Dinâmica da Terra é uma empresa onde o maior patrimônio é representado pelo seu capital intelectual. Campo de atuação: Elaboração de estudos,

Leia mais

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de viabilidade As perguntas seguintes terão que ser respondidas durante a apresentação dos resultados do estudo de viabilidade e da pesquisa de campo FOFA.

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani BI Business Intelligence A inteligência Empresarial, ou Business Intelligence, é um termo do Gartner Group. O conceito surgiu na década de 80 e descreve

Leia mais

Formulação da Visão e da Missão

Formulação da Visão e da Missão Formulação da Visão e da Missão Zilta Marinho zilta@globo.com Os grandes navegadores sempre sabem onde fica o norte. Sabem aonde querem ir e o que fazer para chegar a seu destino. Com as grandes empresas

Leia mais

ROTEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DA APRESENTAÇÃO PRESENCIAL DOS CASES FINALISTAS

ROTEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DA APRESENTAÇÃO PRESENCIAL DOS CASES FINALISTAS ROTEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DA APRESENTAÇÃO PRESENCIAL DOS CASES FINALISTAS CATEGORIAS: SETORES DE MERCADO TOP EMPRESA DO FUTURO CATEGORIAS ESPECIAIS: TOP SUSTENTABILIDADE TOP INOVAÇÃO EM PRODUTO, SERVIÇOS

Leia mais

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO 1 DO PRÊMIO 1.1 Fica estabelecido o 5º Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação O Brasil que inspira o mundo,

Leia mais

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição

REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013. 1ª edição REGULAMENTO SINDUSCON PREMIUM ETAPA LITORAL NORTE 2013 1ª edição 1 DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO 1.1 O Sinduscon Premium Etapa Litoral Norte 1ª edição instituído pelo SINDUSCON RS, Sindicato das Indústrias

Leia mais

Estratégia Empresarial. Prof. Felipe Kovags

Estratégia Empresarial. Prof. Felipe Kovags Estratégia Empresarial Prof. Felipe Kovags Conteúdo programático Planejamento: definição, origem, espírito, princípios e tipos empresariais Planejamento estratégico por negócio Formulação de estratégia:

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

p3k.com.br contato@p3k.com.br

p3k.com.br contato@p3k.com.br p3k.com.br contato@p3k.com.br Rua Irmã Pia, 422, salas 302/303/1307 Edifício Green Office Jaguaré - São Paulo - SP Tel.: 11 3719.3149 FACEBOOK TWITTER VIMEO SLIDESHARE /p3kcomunicacao @p3kcomunicacao /p3kcomunicacao

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

Sua nova ferramenta para gerenciar campanhas de resultados e distribuir prêmios. www.paggapremios.com.br 4003-4733

Sua nova ferramenta para gerenciar campanhas de resultados e distribuir prêmios. www.paggapremios.com.br 4003-4733 Sua nova ferramenta para gerenciar campanhas de resultados e distribuir prêmios Campanha de Incentivos O que é uma campanha de incentivos? É uma ação planejada e orientada para motivar equipes de vendas,

Leia mais

Elaboração de Projetos FECOP 2014. Everton Cabral Maciel everton.maciel@seplag.ce.gov.br

Elaboração de Projetos FECOP 2014. Everton Cabral Maciel everton.maciel@seplag.ce.gov.br Elaboração de Projetos FECOP 2014 Everton Cabral Maciel everton.maciel@seplag.ce.gov.br O que vamos fazer? Pensar em Projetos Organizar o pensamento Conectar com a realidade e a legislação Estruturar projeto

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS APRESENTAÇÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Breve histórico da instituição seguido de diagnóstico e indicadores sobre a temática abrangida pelo projeto, especialmente dados que permitam análise da

Leia mais

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck A Merck Brasil torna pública a abertura do programa de doações e patrocínios da empresa e define o processo seletivo para o ano de 2016, consoante os termos deste Edital. O Programa Merck Brasil de Patrocínios

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC REGULAMENTO VII Prêmio ANATEC O PRÊMIO ANATEC é uma realização da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES, com organização da GARRIDO MARKETING. Este projeto tem amplitude nacional e é dirigido

Leia mais

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO REGULAMENTO Este Regulamento estabelece normas, condições e diretrizes para a realização da II Edição do Prêmio Mulher de Negócios de Caieiras, promovido pela Prefeitura Municipal de Caieiras, Secretaria

Leia mais

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC

Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina IEL/SC Uma estrutura de apoio à Inovação Eliza Coral, Dr. Eng., PMP Outubro, 2010 Diretrizes Organizacionais Missão Contribuir para o desenvolvimento sustentável

Leia mais

Marketing no Varejo e Serviços.

Marketing no Varejo e Serviços. Aula 9-11 Marketing no Varejo e Serviços. Nogueira Aula 9_11 Planejamento Estratégico orientado para o mercado (Varejo e Serviços) Porque a empresa deve fazer o seu planejamento estratégico? Existe uma

Leia mais

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014

PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014 PRÊMIO PROTEÇÃO BRASIL 2014 1. OBJETIVOS O Prêmio Proteção Brasil de Saúde e Segurança do Trabalho visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais na melhoria do ambiente de trabalho dos brasileiros

Leia mais

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo 20

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER

REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER REGULAMENTO PRÊMIO FORTALECER 1. O Prêmio 1.1. Apresentação O Prêmio Fortalecer é uma iniciativa da ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico (TKCSA), dentro do escopo do PROGRAMA FORTALECER. Este prêmio

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 1 ÍNDICE CRONOGRAMA ------------------------------------------------------------------------------- 3 CATEGORIAS -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

4. Análise de Mercado

4. Análise de Mercado 4. Análise de Mercado Ações de Maturação e Aceleração 01.04.2014 Carla Machado Análise de Mercado Índice 1. Evolução Previsional do Setor Enquadre o negócio no setor de atividade, referindo oportunidades

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS: Capa Folha de rosto Dedicatória

Leia mais

Reunião de Abertura do Monitoramento 2015. Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO

Reunião de Abertura do Monitoramento 2015. Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO Reunião de Abertura do Monitoramento 2015 Superintendência Central de Planejamento e Programação Orçamentária - SCPPO Roteiro da Apresentação 1. Contextualização; 2. Monitoramento; 3. Processo de monitoramento;

Leia mais

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE

IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE IMAGEM E REPUTAÇÃO NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO: A PESQUISA E RESULTADOS NO IMAGE E MARKET SHARE GEduc 2012 - Novos Rumos para a Gestão Educacional Pág 1 Temas Pressupostos teórico-metodológicos As necessidades

Leia mais

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques

A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques A Descrição do Produto ou Serviço e a Análise do Mercado e dos Competidores Fabiano Marques "O plano de negócios é o cartão de visitas do empreendedor em busca de financiamento". (DORNELAS, 2005) A partir

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Análise externa Roberto César 1 A análise externa tem por finalidade estudar a relação existente entre a empresa e seu ambiente em termos de oportunidades e ameaças, bem como a

Leia mais

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015

REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 REGULAMENTO 17º PRÊMIO EMPRESA CIDADÃ ADVB/SC 2015 Resumo do Prêmio O Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2015 vai homenagear as empresas catarinenses que fazem da responsabilidade social o seu melhor exemplo,

Leia mais

O executivo ou especialista na área de marketing deve identificar três níveis de sistemas:

O executivo ou especialista na área de marketing deve identificar três níveis de sistemas: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EAD MÓDULO IV A EMPRESA COMO SISTEMA Para o estudioso na área de marketing trabalhar melhor o planejamento nas organizações, ele precisa conhecer a empresa na sua totalidade e

Leia mais

REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS UNINORTE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES PRÊMIO DE EMPREENDEDORISMO JAMES McGUIRE EDITAL DE SELEÇÃO REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1. O Prêmio James McGuire de Empreendedorismo é uma competição

Leia mais

Troféu O Construtor 2014/2015

Troféu O Construtor 2014/2015 Troféu O Construtor 2014/2015 1. Objetivos da premiação: Fortalecer e estimular o desenvolvimento do setor da Indústria da Construção, com iniciativas inovadoras economicamente viáveis, ambientalmente

Leia mais

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo PN PLANO DE NEGÓCIOS Conceito PLANO DE NEGÓCIO É um documento que contempla a descrição do empreendimento e o modelo de gestão que sustentará a empresa É O CARTÃO DE VISITA DA EMPRESA Plano de Negócio

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE

REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE 1 REGULAMENTO 1º CONCURSO INOVAÇÃO NO TCE-PE A Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG) torna público o regulamento do 1º Concurso Inovação no TCE-PE, que será regido de acordo com

Leia mais

CLIENTE A Autoescola Paula está localizada na Avenida Paraná, nº 1641, no bairro Bacacheri, que compõe a região do Boa Vista. É um CFC de pequeno porte, que conta com 15 funcionários e 10 veículos. Oferecem

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO Indicadores e Diagnóstico para a Inovação Primeiro passo para implantar um sistema de gestão nas empresas é fazer um diagnóstico da organização; Diagnóstico mapa n-dimensional

Leia mais

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO 1. Objetivos da Diplomação e Premiação A diplomação SINEPE-ES em Ação é uma iniciativa do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo SINEPE/ES,

Leia mais

TOP CIDADANIA ABRH-RS 2016 Categoria Conhecimento. 1 APRESENTAÇÃO peso 2 20 1.1 Apresentação do trabalho 20

TOP CIDADANIA ABRH-RS 2016 Categoria Conhecimento. 1 APRESENTAÇÃO peso 2 20 1.1 Apresentação do trabalho 20 TOP CIDADANIA ABRH-RS 2016 Categoria Conhecimento TABELA DE AVALIAÇÃO 2ª Etapa Apresentação do Trabalho Critérios e Itens de Avaliação máxima 1 APRESENTAÇÃO peso 2 20 1.1 Apresentação do trabalho 20 2

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5)

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) 1. PARTICIPAÇÃO 1.1 Os trabalhos acadêmicos inscritos deverão ter sido implementados nos últimos 02 anos e os autores deverão ser portadores de diplomas de

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE SIGA: TMBAES*06/26 Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua Almirante Protógenes,

Leia mais

11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO

11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO Há mais de uma década o Prêmio MASTERINSTAL contribui para ampliar a visibilidade e o aperfeiçoamento da atividade empresarial dedicada à execução, manutenção

Leia mais

Internacionalização e Localização de Software AGENDA

Internacionalização e Localização de Software AGENDA Internacionalização e Localização de Software ExpoGestão - 2006 for International Software Business Ernani Ferrari AGENDA Planejando-se a Internacionalização Razões para internacionalizar Abordagens e

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 3. Gestão empresarial 3.1 Gestão empresarial Objetivo: prover

Leia mais

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO O título do projeto deve delimitar a área de abrangência onde as ações serão executadas. Setembro, 2014 1 SUMÁRIO 1. DADOS GERAIS

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS E PLANOS DE MARKETING. Prof. Esp. Lucas Cruz

DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS E PLANOS DE MARKETING. Prof. Esp. Lucas Cruz DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS E PLANOS DE MARKETING Prof. Esp. Lucas Cruz Estabelecimento de metas Os objetivos devem atender aos critérios: ser organizados hierarquicamente, do mais importante para o

Leia mais