Disciplinas - Oferta no Ano Base

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disciplinas - Oferta no Ano Base"

Transcrição

1 ESTRATÉGIA DE MANUFATURA MEP-01 F Estratégia de Manufatura Conceitos Básicos e Fundamentos da Competitividade do Chão de Fábrica (Eficácia, Eficiência e Efetividade); Estruturas de Produção e Tecnologias de Gestão; Indicadores de Desempenho; Gerenciando a Linha de Produção (Just. In Time- JIT integrado a Total Quality Management - TQM, Optmised Production Technology - OPT); Balanceamento de Linhas de Produção; Ferramentas de JIT ( Kanban, Heujunka, Shojinka, SMED, Poka Yoka, ANDON, jidoka, Soikofu, kaizen Housekeeping e Quality Assurance); Estudos de casos e Filmes educativos. 1. Estratégia de Manufatura Livros-texto básicos: Correa, H.L & Gianesi l. Just-in-time, MRP-II e OPT: um enforque estratégico: Editora Altas Vollman T.F., Berry, W.L e Whybark D.C Manufacturing Plannig and Control Systems; dow-jones/irwin, EUA Textos Próprios elaborados no Programa: Jardim E.G.M., Costa R. S. e Cunha Neto, E. Texto 1: Planejamento e Controle da Produção para a Capacidade, 2003 Texto 2: Introdução ao Just-in-time, 2003 Apostilas Jardim E.G.M., Costa R. S. e Cunha Neto, E. Apostila 1: Uniformizando a linguagem e sintonizando nossas percepções: Fundamentos da competitividade no chão- de - fábrica Apostila 2: Uniformizando a linguagem e sintonizando nossas percepções: Conceitos básicos Apostila 3: Uniformizando a linguagem e sintonizando nossas percepções: Avaliação de desempenho Apostila 4: Indicadores de desempenho: Estudos de casos introdutório Apostila 5: JIT & TQM / Jogo ilustrativo Apostila 6: Trabalho de grupo / Formulação, roteiro e critérios de correção Apostila 7 : Trabalho de grupo / Balanceamento de linha Apostila 8: Trabalho de grupo / kaisen: melhoramento contínuo Apostila 9: Trabalho de grupo / Relatório fina Apostila 10: Trabalho de grupo / Resultados obtidos pelos grupos / Algumas reflexões Apostila 11: Just-in-Time: Histórico e fundamentos Apostila 12: Just-in-Time: métodos e ferramentas típicas / ParteI Housekeeping, célula de manufatura, shojinka, TPM, poka-yoka, andom, jidoka, SMED, soikofu, kaisen e qualidade na fonte Apostila 13: Justi-in-time: m;etodos e ferramentas típicas / Parte II Nivelamento da produção (heijunka) Apostila 14: Just-in-time: importação e avaliação crítca Listas de Exercícios Exercícios 1: Quebra-Cabeça Exercícios 2: Indicadores de desempenho: "O Caso Lubrifique" Exercícios 3: Balanceamento de Linha: "O Caso dos Robôs Exercícios 4: Gerenciando uma Linha de Produção: Análise dos resultados 1 de 9

2 ESTRATÉGIA EMPRESARIAL MEP-04 F Estratégia Empresarial Administração Estratégica, conceitos de Estratégia competitiva. A estratégia inovadora para a micro e pequena empresa fundamentos da administração estratégica: Análise de concorrência ; movimentos competitivos; Estratégia competitiva para compradores e fornecedores; Estratégia competitiva na Industria; Estratégia da Integração Vertical; A Industria Global sob o enfoque da Concorrência; Liderança com base no custo e diferenciação. Vantagem competitiva; Cadeia de valores; cadeia Produtiva / Filliere; Relações entre as Empresas; Estratégia competitiva ofensiva e Defensiva; Cenários em Situação de incertezas; Alianças estratégicas Internacionais. Abordagem para Analisar Problemas e casos Estratégicos; Produto ou serviço Estratégico da unidade de Negócio; O Portfólio de produto e serviço; O ingresso em novos Negócios. Irons, Ken, Mananging Service Companies; Strategies for Success; Ed. Addison Welesley,1994 Heskett, Jarnes L; Jr. W. Earl Sasser; Hart, Christopher W.I Service Breakthroughs, Changing The Rules of the Game; Ed. Frce Press; Copyright VanLoy, Bart; Van Dierdonck, Roland; Gemme, Paul. Services Management, Integrated Appoach; Ed. Pitman Publishing Bethlem, Agricola Estatégia Empresarial, conceitos, processo e Administração Estratégica: Ed. Atlas, 1998 Drumond, Ademir, Nassif André Luiz; Silveira, Carlos Eduardo F. da; Carvalho, Fernando J. Cardim de Brasil Haroldo Guimarães; Barat, Josef; Mario C. de Carvalho; Vermulm, Roberto; Milagres, Rosileira; Silva, Pedro Luis Barros. Em Busco do Futuro, A Competitividade no Brasil; Ed. Campus, Kinsey, Mc. Produtividade no Brasil, a Chave do desenvolvimento acelerda; Ed. Campus GESTÃO AMBIENTAL MEP-03 F Gestão Ambiental A questão ambiental e a sua relação com os diversos setores da empresa. Produção Limpa e os processos de fabricaçao. Eco-design e qualidade de produtos. Normatização e aspectos técnicos, econômicos e legais do gerenciamento ambiental; Enfoque sistêmico de minimização de rejeitos., ISO Auditoria ambiental; Competitividade Internacional; Planejamento e implantação de sistemas de questão ambiental; estudos de caso. - Harrison, Roy M., Polution: Causes, Effects & Control, 2nd Ed. Ed. Atlas - Van Nostrand Reinholds, Solid Wast Management, General Electrics séries - Karl e Klaus R., IMITO F.F., Manual de Tratamento de Águas Residuárias, Ed Edgard Blücher - Mecal & Eddy, Wast Water Engineering: Treatment Disposal Reuse, Ed. McGraw Hill Int. Edition - Soares, Guido F.S, Direito Internacional do Meio Ambiente, Ed. Atlas - Harrington H.J., Knight A., A aimplementação da ISO Como Atualizar o Sistema de Gestão Ambiental com Eficácia, Ed. Atlas - Paiva, P.R., Contabilidade Ambiental, Ed. Atlas - Prudêncio J E, Kramer MEP, Contabilidade e Gestão Ambiental, Ed. Atlas - Tachizawa, Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa, Ed. Atlas - Donaire, D. Gestão Ambiental na Empresa, Ed. Atlas - Notas de Aulas 2 de 9

3 GESTÃO DA QUALIDADE MEP-02 F Gestão da Qualidade Qualidade: histórico evolutivo, conceito. Total Quality Management (TQM) modelos de qualidade total, Planejamento da qualidade, qualidade de produtos e serviços, custos da qualidade, tomadas de decisão e sistemas de informação. Gerenciamento de um sistema da qualidade - fundamentos: Principais elementos de um sistema da qualidade: orientação para o mercado, controle de projetos de produto, controle de compras de materiais e serviços, controle de processo inspeção e teste, controle de equipamentos, recursos humanos, auditoria da qualidade, melhoria contínua; família NBR ISO CATARINO WERKEMA, Maria Cristina, As Ferramentas da Qualidade no Gerenciamento de Processos. 1.ed. Belo Horizonte: Lítera Maciel Ltda, 1v,128p., il. ( Série Ferramentas da Qualidade). CHENG, Lin Cheng. SCAPIN, Carlos Alberto Oliveira, Carlos Augusto de, Planejamento da Qualidade. 1ed Belo Horizonte: Lítera Maciel Ltda, 262p., il. CHIAVENATO, Idalberto, Como Transformar RH (de um centro de despesa) em um Centro de Lucro. 1.ed. São Paulo: MAKRON Books, 1996, 209p. DEMING. W. Edwards. Qualidade, Produtividade e Posição Competitiva. 1v DEMING. W. Edwards. Qualidade, Produtividade e Posição Competitiva. 2v FMEA - (FTA). 1 ED. Belo Horizonte: Lítera Maciel Ltda, 11v., 156p., Il. (Série Ferramenta da Qualidade). HELMAN, Horacio. ANDERY, Paulo Roberto Pereira. Análise de Falhas (Aplicação dos Métodos de FMEA - FTA). 1 ed. Belo Horizonte :Lítera Maciel Ltda, 11v., 156 il. (Série Ferramentas da Qualidade). JURAN, J. M. Juran Liderança pela Qualidade : Um Guia para executivos. 1.ed. São Paulo: Pioneira, 1990, 368p. MIRSHAWKA, Victor. Controle da Qualidade Industrial. 1.ed. São Paulo: CDQI, 458p. 1v. MIRSHAWKA, Victor. Controle da Qualidade Industrial. 1.ed. São Paulo: CDQI,1986,434p. 2v. MOLLE, Calus. O Lato Humano da Qualidade : Maximizando a Qualidade de Produtos e Serviços através dos Desenvolvimento das pessoas. São Paulo: Pioneira, 185p., il. RUST, Roland t ZAHORIK, Anthony J. KEININGHAM Timoth L. Mesunrando o Impacto Financeiro desua empresa: Questões para Qualidade. 1.ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 204p 3 de 9

4 GESTÃO E ESTRATEGIA DE CUSTOS MEP-07 F Gestão e Estratégia de Custos Introdução à Contabilidade e à Gestão Estratégica de Custos; Contabilidade Geral ou Financeira, Contabilidade Gerencial e Contabilidade de Custos : aspectos gerais; Custos, Custeio e Sistemas de Custeio: Conceitos básicos; Custos: onde inicia e onde termina, o conceito de Cadeia de Valor ;O Produto, o Processo, Estudos Iniciais e Avaliações das Opções Tecnológicas, Fornecedores, Clientes, o Problema Ambiental: Custos anteriores e posteriores ao Processo Produtivo; Medidas de Desempenho, financeiras e não financeiras, instrumentos de controle estratégico; Exigências legais e Necessidades Gerenciais: atividades fim e atividades meio; Custeio por Absorção: Custos, Despesas e o fator Rateio; Custos para Decisão: Custeio Variável e Margem de Contribuição; Custos para Controle: Custos Padrão; Custeio baseado em Atividades: o fator Rastreamento e Direcionadores de Custos; Os diversos Sistemas de Custeio: pontos relevantes e limitações e Sistemas que se complementam; Análise Sistêmica da Empresa: as decisões internas e externas à Empresa na Gestão Estratégica de Custos. Como Bibliografia básica para o participante estender-se em contabilidade gerencial e em custos, indica-se os seguintes livros: MARION, José Carlos, 1998 Contabilidade Empresarial. 8.ed. São Paulo: Atlas. MARTINS, Eliseu. 1998, Contabilidade de Custo (inclui o ABC).6. ed. São Paulo: Atlas No curso especificamente no que diz respeito ao Custo adota-se a obra de Eliseu Martins como livro-texto. FIPECAPI, 1995 Manaual de Contabilidade das Sociedades por Ações. 5.ed. São Paulo: Atlas.. JOHNDON, H. Thomas e KAPLAN, Robert S., 1996 A Relevância da Contabilidade de Custos. 2.ed. Rio de Janeiro: Campus SHANK, John K. e GOVINDARAJAN, Vijay, 1995, Gestão Estratégica de Custos. 1.ed. Rio de Janeiro: Campus COOPER, Robin e KAPLAN, Robert S., 1998, Custo de Desempenho: Administre seus Custos para ser mas Competitivo. 1.ed.São Paulo: Futura OSTRENGA, Michael R. al. 1994, Guia da Ernst & Young para Gestão Total dos Custo. 2.ed. Rio de Janeiro: Record. ROSS, Stephen A. et al., 1995, Administração Financeira. 1.ed. São Paulo: Altas. SLACK, Nigel et al., 1997, Administração da Produção. 1 ed. São Paulo: Atlas. PORTER, Michael E., 1991, Estratégia Competitiva. 9.ed Rio de janeiro: Campus CORRÊA, Henrique L. e GIANESI, Irineu G.N., 1994, Just-in-time, MRP II e OPT. 2.ed. São Paulo: Atlas. 4 de 9

5 LOGISTICA E GESTÃO DE MATERIAIS MEP-09 F Técnicas convencionais do Planejamento e controle de materiais; Método de reposição de estoque em períodos fixos e quantidades variáveis; Gerenciamento de estoques em redes de distribuição; Utilizando MRP (Planejamento das Necessidades de Material) / DRP (Planejamento dos Recursos de Distribuição) em redes de distribuição; Utilizando MPS combinado com MRP/DRP; Método de reposição por ponto de pedido e quantidade fixa de encomenda; Planejamento MRP II; Tecnologia MRP II/BRP/ERP; Estudo de casos, jogos ilustrativos e filmes educativos. 1. Apostila de Jardim, E.G.M.; Costa, R..S. e Cunha Neto, E 1. Trabalho de Grupo - Formulário 2. Gestão de Estoques em estágio único: Exercício Conceitual - Formulário 3. Gestão de estoques em estágio único: Exercício Conceitual - Solução 4. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiente de incerteza - Experimento 1 - Soluções descentralizadas de reposição de estoque - Formulário 5. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiente de incerteza - Experimento 1 - Soluções descentralizadas de reposição de estoque - Resultados e Conclusões 6. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiente de incerteza - Experimento 2 - Planejando o controle estoques de forma integrada e flexível em todos os estágios da cadeia de suprimentos - Formulação 7. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiental de incerteza - Experimento 2 - Planejamento o controlando estoque de forma integrada e flexível em todos os estágios da cadeia de suprimentos - Resultados e Conclusões 8. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiente de incerteza - Experimento 3 - incorporado a inteligência e a experiência do gestor no uso do Sistema computacional MRP / DRP - Formulação 9. Gerenciando a cadeia de suprimento em ambiente de incerteza - Experimento 3 - Incorporando a inteligência e a experi6encia do gestor no uso do sistema computacional MRP / DRP - Resultados e Conclusões 10. Gestão de estoque - modelos Clássicos e cálculo dos parâmetros de controle 11. Gestão de uma rede de produtos eletrodomésticos - Estudos de caso 12. Gestão de uma rede de produtos eletrodomésticos - Estudo de caso - Gabarito 13. Gerenciando a Fábrica com a tecnologia MRP II - Estudos de caso representativos Mental Tintas 14. Gerenciando a fábrica com a tecnologia MRP II - Estudo de caso representativos Metal Tintas - Solução 15. MRP II / ERP - Histórico, implantação e fronteiras do conhecimento 16. Sistema MRP II - Os sub-sistema MRP e CRP - Conceitos e Procedimentos 17. Sistema MRP II - Os sub-sistema MRP e RCCP - Conceitos e Procedimentos 18. Tecnologias de Gestão da Produção: Relações, Avaliação e Fronteiras do Conhecimento 19. Lista de Exercício 20. Lista de Exercício - Gabarito 2. Texto de aula complementar ( versão preliminar de capítulo do tese de doutorado ), de Frujuelle, Rosana ERP - Enterprise Resource Plannig: Síntese e Estado da Arte 3. Livros-textos sobre MRP-II / ERP / BRP Planejamento, programação e Controle da Produção - MRP II / ERP: Conceito, uso e implantação. Correa, H.L., Gianesi I G. N. e Mauro Caon. Ed. Atlas, 1997 Manufacturing Planning and Control Systems. Vollman, TF.: Berry, W.L. e Whybark D. C. Ed. Dow-Jones / Irwin, EUA, 1992 MRP, MRP-II MRP+JIT/Kanban, OPT & GDR. Fullman, Claudiney et. al. Ed. IMAN- Instituto de Movimentação e Armazenagem de Materiais,1989. MRP-II Standart System - A Handbook for Manufacturing Sofware Survival. Landvater, D.V. e Gray, C. D. Ed. Oliver Wight Limited Publications, Livro -Texto sobre Tipos de Estoques e Sistema de Reposição de Estoque: Production - Inventory Systems - Planning and Control. Buff, E.S. e Miller, J.G. Terceira Edição. Ed. Richard D. Irwin, Livros-Textos que coparam MRP II com outras Tecnologias de Gestão: Just-in-Time, MRP -II e OPT um enfoque estratégicos. Correa, H.L. & Gianesi I.G.N. Ed. Atlas, 1993 Manuifacturing Management Systems/; a CIM perspectiva. Browne, J.; Harhen, J & Shivnam, T. Ed. Addison - Wesley Publishing Co., de 9

6 METODOLOGIA DA PESQUISA MEP-06 F Metodologia da Pesquisa Introdução aos conceitos lógicos do pensamento; análise do ambiente de pesquisa; processos de consulta e busca de iformações; formulação de quadros de referência da pesquisa e dos projetos em Engenharia de Produção; Aspectos da Interdisciplinaridade e relacionamento com tendências organizacionais recentes; Papel da metodologia no processo investigativo; Princípios gerais da metodologia de pesquisa cientifica; Variedade dos objetos de pesquisa; descrição, explicação, projeto, experimentação, avaliação, prog-nosticação; Especificidade da pesquisa sócio-organizatiza; Efeitos sistêmicos; Planejamento do projeto de pesquisa, Instrumentos de observação; Estruturação de trabalhos científicos e estrutura de documentos em formato de teses. Lakatos, E. M., Marconi, M de A. Metodologia do Trabalho Científico, Atlas São Paulo Santos, J. A., Parra Filho, D. Metodologia Científica, Futura São Paulo Severino, J. Metodologia do Trabalho Científico, Diretrizes para o Trabalho científico-didático na Universidade. SP: Cortez & Moraes Yen, Robert, Estudos de Caso, Atlas São Paulo METODOLOGIA DO ENSINO SUPERIOR MEP-11 F Metodologia do Ensino Superior e sua inserção formal nos cursos de pós-graduação, questões de Metodologia na formação de Mestres em Engenharia de Produção, o papel da educação na humanização e desalienação, o memorial, o saber como gerador de mudanças, níveis de estudo, biblioteca como instrumento de informação, leitura analítica e planejamento de pesquisa, a didática e a multidimensão do processo de ensino-aprendizagem e planejamento didático. Textos Básicos Abreu, Maria Cecília de, Masetto, Marcos T., O Professor Universitário em Aula, MG Ed. A. SP Berbel, Neusi Aparecida Navas, Metodologia do Enssino Superior, Papirus SP Bordenave, Juan Diáz Pereira, A. Martins Estratégias de Ensino Aprendizagem, Portugal Porto ANPAE Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Brasília Apostilas elaboradas pelos professores do programa 6 de 9

7 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MEP-05 F Planejamento Estratégico A organização e seus parceiros sociais; Diagnósticos Estratégicos; Missão da empresa; Objetivos empresariais; Análise do ambientes externo; Análise do ambiente interno; Formulação de estratégia; Implantação, controle e avaliação do planejamento estratégico; Estudos de casos. Bibliografia, Livro e Texto: Johson, Gerry & Scholes, kevan, Exploring Corporate Strategy - Textmand Cases, University Press, Cambridge, UK Bibliografia Coplementar: Porte, Michael E. (1985), Competitive Advantage Creting and Sustaining Superior Performance, Collier Macllan Publisher, London, UK Oliveira, Djalma de Pinho Rebouças de (1991), Estratégia Empresarial - Uma Abordagem Empreendedora - ed. Atlas, São Paulo, Brasil Bethlem, Agrícola (1998), Estratégia Empresarial, ed. Atlas, São Paulo, SP, Brasil. Collins, James C. & Porras, Jerry I. (1997). Feitas para Durar, ed. Rocco Ltda., rio de Janeiro, RJ. Brasil. Band, William A. (1997), Competências Críticas, - Dez Novas Idéias para Revolucionar a Empresa, ed. Campus, Motta, Fernando C. Prestes & Caldas, Miguel P. (1997), Cultura Organizacional e Cultura Brasileira ed. Atlas, São Paulo, SP, Brasil. Hayes, Robert H. Pisano Gary P. & Upton, David. M. (1996), Strategic Operations - Competing Through Capabilities, Text and Cases, The Free Press. New York, NY, USA. Peters, Tom (1994), Liberation Management, Ballantine Books New York, NY. USA Senge, Peter M. (1990), A Quinta Disciplina, - Arte, Teoria e Prática da Organização de Aprendizagem, Editora Best seller, São Paulo, SP, Brasil. Hamel, Gary & Prahalad C. K. (1995), Competindo pelo Futuro, editora Campus, Rio de Janeiro RJ, Brasil Covey, Stephen R. (1989), Os Sete Hábitos das Pessoas Muito Eficazes, Editora Nova Cultural Ltda, São Paulo, SP, Brasil. Drucker, Peter F. (1967), O Gerente Eficaz, livros Técnicos e Científicos Editora S. A. Rio de Janeiro, RJ. Brasil. Peters, Tom (1993), Rompendo as Barreiras da Administração, - A Necessária Desorganização Para Enfrentar a Nova Realidade, ed. Harbra Ltda, São Paulo, Sp, Brasil Clemente, Ademir - Organizador - (1998), Projetos Empresariais e Públicos, ed. Atlas, São Paulo, SP, Brasil. 7 de 9

8 TECNOLOGIA DE GESTÃO DA CAPACIDADE DE PRODUÇÃO MEP-08 F Tecnologia de Gestão da Capacidade de Produção Técnicas de Gestão da Produção: Contextos de aplicação; Integração JIT + MRPII + OPT; Teoria das Restrições; Produção sob encomenda; Seqüenciamento e Simulação; Sistema computacional para programação e controle de produção por simulação; Gestão estratégica de curto prazo por simulação computacional; Estudos de casos, jogos ilustrativos e filmes educativos. Textos Básicos: Goldratt, Eliyahu e Cox, Jeff., A meta - um processo de aprimoramento contínuo. Tradução Claudiney Fullmann. Ed. Educator, São Paulo. Goldratt, Eliyahu., A síndrome do palheiro - garimpando informações num oceano de dados. Tradução Claudiney Fullmann. Ed. Educator, São Paulo. Umble, M. Michael e Srikanth, Synchronous Manufacturing - principles for world class excellence., M. L. Ed. South-Western Publishing Co., EUA. Jones, Glyn e Roberts, MarK Optimised production technology (OPT). Ed. IFS Publications. Correa, H.L. & Gianesi I. G. N., Just-in-time, MPR-II e OPT: um enfoque estratégico. Ed. Atlas. Brownw, J.; Harhen, J. & Shivnam, T, Manufacturing management systems: a CIM perspective. Ed. Addison-Wesley Publishing Co., 1992 (3.ª edição) BAKER, K.R. Introduction to sequencing and scheduling. John & Sons. Hirschfeld, H, Planejamento com PERT-CPM e análise do desempenho. 9. Ed.. Editora Atlas, Costa R. S. e Jardim E.G.M. Texto 1: Tecnologias de gestão da produção : contextos de aplicação Texto 2: Uso da simulação computacional para a gestão estratégica de curto prazo Apostilas Þ Jardim E.G.M., Costa R. S. e Cunha Neto, E. Apostila 1: Integração JIT + MRP-II + OPT Apostila 2: Flutuações aleatórias e eventos dependentes -Jogo Ilustrativo Apostila 3: Flutuações aleatórias e eventos dependentes - Jogo Ilustrativo - Discussão dos resultados Apostila 4: OPT/ToC - Síntese, Avaliação Crítica e Processos de implantação Apostila 5: Teoria das restrições - Exercício introdutório Apostila 6: Teoria das restrições - Exercício introdutório - Solução Apostila 7 : Produção sob encomenda - Características e problemas de gestão Apostila 8: Lista de exercícios Apostila 9: Seqüenciamento e simulação - problema introdutório (parte I) Apostila 10: Seqüenciamento e simulação - problema introdutório (parte I) - Solução Apostila 11: Seqüenciamento e simulação - problema introdutório (parte II) Apostila 12: Estudo de caso METALMECA - Formulação Apostila 13: Estudo de caso METALMECA - Relatório Final Apostila 14: Estudo de caso METALMECA - Solução Apostila 15: Lista de exercícios - Gabarito COSTA, R.S., JARDIM, E.G. M. Microcomputer simulation software for sheduling in a dynamic and flexible jobbing environment. Production Research : approaching the 21st century, p , Taylor & Francis, UK, COSTA, R.S., JARDIM, E.G. M. Strategic capacity planning and production scheduling in jobbing systems, integrated manufacturing systems, v. 3, n.3, p.22-26, MCB University Press, COSTA, R.S. Planejamento e controle da produção em industria mecânica com fabricação por encomenda: um sistema computacional de simulação. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ, p ( Dissertação de Mestrado). COSTA, R.S. Gestão da capacidade e programação de atividades por simulação computacional : aplicações na indústria mecânica com produção sob encomenda. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ, p ( Dissertação de Qualificação para Doutoramento). 8 de 9

9 TÓPICOS ESPECIAIS EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MEP-10 F Tópicos Especias abordando assuntos de atualização do Estado da Arte da ária de Engenharia de Produção. Artigos cientificos e Documentos de divugação cientifica da área. 9 de 9

GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS

GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL MBA GESTÃO EM PRODUÇÃO E SERVIÇOS DISCIPLINAS E EMENTAS SINTONIZANDO PERCEPÇÕES E UNIFORMIZANDO A LINGUAGEM

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS CÓDIGO: IH 104 CRÉDITOS: 04 ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAL I OBJETIVO DA : Dar conhecimentos gerais do Sistema de Administração de Material, Patrimônio e Conhecimentos Básicos de Compras. EMENTA: Conceitos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Noções básicas de Administração da Produção. Noções básicas sobre a evolução do Pensamento Administrativo. Papel estratégico e objetivos da produção. Estratégia de produção. Projeto em gestão

Leia mais

Faculdades Integradas Teresa D Ávila

Faculdades Integradas Teresa D Ávila Faculdades Integradas Teresa D Ávila CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Reconhecido pela Portaria Ministerial nº. 4.571 de 28/12/05 e publicado no DOU em 29/12/05. Componente Curricular: Administração da Produção

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01427. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO DE FINANÇAS E CUSTOS Etapa: 07 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa:

Leia mais

MS715 Planejamento, Programação e Controle da Produção

MS715 Planejamento, Programação e Controle da Produção DISCIPLINA: (considerando que Gestão de Materiais será tratada em outra disciplina - se não, sugere-se uma seção sobre o tema baseada no Capítulo 2 do livro de Corrêa, Gianesi e Caon, 2.001) PROFESSOR:

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS CÓDIGO: IH 104 CRÉDITOS: 04 (4T-0P) UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: AUXILIAR ADMINISTRATIVO Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO Qualificação:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 05, de

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE SIGA: TMBAES*06/26 Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua Almirante Protógenes,

Leia mais

ERP Entreprise Resource Planning. Fabiano Armellini

ERP Entreprise Resource Planning. Fabiano Armellini ERP Entreprise Resource Planning Fabiano Armellini Overview 1) Introdução 2) Histórico 2.1) MRP 2.2) MRP II 2.3) Do MRP II ao ERP 3) Módulos do ERP 3.1) Módulos de supply chain management 3.2) Módulos

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO INTERNACIONAL ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Carga horária semanal Etapa 4 5 OBJETIVO Realizar escolhas sobre a adoção de tecnologias e sistema

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL EMENTAS CULTURA RELIGIOSA O fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano, da cultura e da sociedade. As principais religiões universais: história

Leia mais

Sumário. 1.3 Identificação dos principais autores em PCR, 15. 1.4 Questões, 15

Sumário. 1.3 Identificação dos principais autores em PCR, 15. 1.4 Questões, 15 Sumário Apresentação, xiii 1 Definições e Conceitos Fundamentais, l 1.1 Sistemas de produção: conceituação, evolução e algumas importantes classificações, l 1.2 O Planejamento e Controle da Produção (PCP),

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Computação e Informática MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS MATRIZ CURRICULAR ELETIVAS 7ª ETAPA GESTÃO EMPRESARIAL: FOCO SISTEMAS CORPORATIVOS Disciplina: ESTRATÉGIAS EM SISTEMAS DE GESTÃO EMPRESARIAL ENEX00614 (34) Teóricas 34 h/a Conceitos básicos de estratégia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Ciências Econômicas Departamento de Ciências Administrativas UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Administração Disciplina: Administração da Produção e Operações II Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 7º 1 - Ementa (sumário, resumo) Natureza

Leia mais

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA - EDITAL Nº08/2013.2 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO Conteúdo Programático: UNIDADE I: O Universo Organizacional

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em LOGÍSTICA E SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em LOGÍSTICA E SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em LOGÍSTICA E SUPPLY CHAIN MANAGEMENT Coordenação Acadêmica: Prof. Jamil Moysés Filho OBJETIVO: Ao final do Curso, o aluno será capaz de: Conhecer

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas,

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

1. OBJECTIVOS 2. METODOLOGIA DA DISCIPLINA 3. PROGRAMA PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PREVISTO

1. OBJECTIVOS 2. METODOLOGIA DA DISCIPLINA 3. PROGRAMA PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PREVISTO Curso Mestrado em Gestão - Logísitca Ano lectivo 2009/2010 Unidade Curricular Gestão Logística da Produção ECTS 6 Ano 1º Tipo Semestral Horas de trabalho globais Docente(s) Amândio Pereira Baía Total 168

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO LINHAS DE PESQUISA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 4.1 Área de Concentração 4.1.1 Administração de Recursos Humanos 4.1.1.1 Linha de Pesquisa Esta linha tem como principal objetivo pesquisar a importância dos

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987.

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987. 83 Referências Bibliográficas AKTURK, M. S.; ERHUM, F. Overview of design and operational issues of kanban systems. International Journal of Production Research, Vol. 37, n.17, p. 3859-3881, 1999. ANTUNES,

Leia mais

MBA em Logística e Operações

MBA em Logística e Operações MBA em Logística e Operações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 07 --> - *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas, em outras turmas que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS CENG CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS CENG CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2015-2. PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: Administração Aplicada à Gestão Ambiental. I. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Universidade Federal de Pelotas - UFPel 2. Campus: Porto 3. Endereço: Rua: Gomes Carneiro, 01

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Matemática I CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Matrizes e sistemas lineares. Funções: lineares, afins quadráticas, exponenciais

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

Sumário Capítulo l - Introdução l Capítulo 2 - Engenharia Industrial 11 Capítulo 3 - Economia 21

Sumário Capítulo l - Introdução l Capítulo 2 - Engenharia Industrial 11 Capítulo 3 - Economia 21 Sumário Capítulo l - Introdução 1.1. Objetivos 3 1.1.1. Objetivos amplos 3 1.1.2. Objetivos específicos 3 1.2. Mapa cognitivo 4 1.3. Engenharia industrial (Materiais e processos) 5 1.4. Custos e preços

Leia mais

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA)

PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA) PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM (PEA) I. IDENTIFICAÇÃO CURSOS Administração de Empresas PERÍODO 5º SEMESTRE 1 Sem 2012 DISCIPLINA Sistemas de Produção Código: SA063 TURMAS CARGA HORÁRIA 60 horas PROFESSOR(A)

Leia mais

1. Introdução. 1.1. A história do ERP

1. Introdução. 1.1. A história do ERP 1. Introdução Podemos definir os sistemas ERP como sistemas de informação integrados na forma de um pacote de software que tem a finalidade de dar suporte à maioria das operações de uma organização. A

Leia mais

PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC ENSINO A DISTÂNCIA. Administração, Ciências Contábeis e CSTs

PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC ENSINO A DISTÂNCIA. Administração, Ciências Contábeis e CSTs PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC ENSINO A DISTÂNCIA Administração, Ciências Contábeis e CSTs Disciplina: Teoria Geral da Administração Carga Horária: 80 horas Prof.: João Luiz de Souza Lima

Leia mais

5.4 Manufacturing Resources Planning

5.4 Manufacturing Resources Planning 5.4 Manufacturing Resources Planning 5.4 Manufacturing Resources Planning O Planejamento dos Recursos de Manufatura (Manufacturing Resourdes Panning, em inglês, ou MRP II) representa um esforço para expandir

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Profª TANIA FURTADO EMENTA DO CURSO 1) Gestão dos Serviços em Saúde A participação dos serviços em uma Organização

Leia mais

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos JOGO DA CERVEJA Experimento 3: Abordagem gerencial hierárquica e centralizada Planejamento Integrado e Nivelado de todos os Estágios de Produção e Distribuição JOGO DA CERVEJA Experimento e 3: Integrando

Leia mais

Introdução ao Sistema ERP

Introdução ao Sistema ERP Introdução ao Sistema ERP Parte 1- Introdução ao ERP - Benefícios básicos de um sistema ERP - Dificuldades de implantação - ERP e a realidade da pequena empresa brasileira Parte 2 Sistema Genesis-ERP da

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES

O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES O SISTEMA ERP E AS ORGANIZAÇÕES André Luís da Silva Pinheiro * Resumo: Este trabalho discutirá o impacto da implantação de um sistema do tipo ERP em uma empresa. Apresentaremos uma breve introdução de

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL Módulos Disciplinas Carga Horária Módulo I Sociedade da informação 30 h Módulo II Teoria das organizações 30 h Módulo III Redes sociais

Leia mais

Ortems. Agile Manufacturing Software ADV ANCE D PLANN ING AND DE TAI LED SCH EDUL ING - AP S

Ortems. Agile Manufacturing Software ADV ANCE D PLANN ING AND DE TAI LED SCH EDUL ING - AP S ADV ANCE D PLANN ING AND DE TAI LED SCH EDUL ING - AP S QUEM SOMOS Empresa criada no Brasil no ano de 1996 como joint-venture da SORMA SpA Itália, proprietária de um software ERP para indústrias. Realizou

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: Agosto de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP

Pós-Graduação Lato Sensu Especialização em Gestão por Processos SAP Pós-Graduação "Lato Sensu" Especialização em Gestão por Processos SAP Inscrições Abertas: Início das aulas: 25/05/2015 Término das aulas: Maio de 2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às

Leia mais

5º ANO Disciplina: Automação Industrial Ementa: Medição, atuação e controle. Estabilidade e desempenho de sistemas realimentados. Controle de sistemas a eventos discretos. Hierarquia em sistemas automatizados.

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO

3 CONTEÚDO PROGRMÁTICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOPU DE 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOPU DE 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOPU DE 09/07/01 Componente Curricular: TECNOLOGIA DE GESTÃO EM ADMINISTRAÇÃO Código: ADM-151 CH Total: 60 HRS. Pré-requisito: --- Período

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão da Produção e Logística tem por objetivo fornecer

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP. MRP Material Requirement Planning. MRP II Manufacturing Resources Planning

MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP. MRP Material Requirement Planning. MRP II Manufacturing Resources Planning MRP, MRPII, ERP... Oracle, SAP, Microsiga... MRP MRP II - ERP MRP Material Requirement Planning MRP II Manufacturing Resources Planning ERP Enterprise Resource Planning 1 O MRP é um software que auxilia

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Unidade II GESTÃO DAS INFORMAÇÕES. Prof. Me. Léo Noronha

Unidade II GESTÃO DAS INFORMAÇÕES. Prof. Me. Léo Noronha Unidade II GESTÃO DAS INFORMAÇÕES ORGANIZACIONAIS Prof. Me. Léo Noronha Objetivos Informação estratégica Sistema de informações como fonte de vantagem competitiva (VC) Conceito de informação estratégica

Leia mais

MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE)

MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE) MBA CONTROLES INTERNOS (COMPLIANCE) Disciplinas Carga horária Gestão de Pessoas 12 Ética Empresarial 15 Cálculos Financeiros 18 Estatística 30 Contabilidade Societária e para Instituições Financeiras (com

Leia mais

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos

Lean e a Gestão Integrada da Cadeia de Suprimentos JOGO DA CERVEJA Experimento e 2: Abordagem gerencial hierárquica e centralizada Planejamento Integrado de todos os Estágios de Produção e Distribuição Motivação para um novo Experimento Atender à demanda

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CÓDIGO MATRIZ CURRICULAR: 109P1NB PLANO DE DISCIPLINA ANO LETIVO: 2011 2º SEMESTRE DADOS DA DISCIPLINA CÓDIGO DISC

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores

A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores A Excelência no Supply Chain Management Como Vantagem Competitiva no Mercado Nacional de Flores Ana Cristina de Oliveira Souza Assunto: Introdução e Conclusão Patrícia Francisca de Souza Assunto: Conceito,

Leia mais

MRP Materials Requirements Planning (Planejamento de necessidades de materiais)

MRP Materials Requirements Planning (Planejamento de necessidades de materiais) MRP MRP Materials Requirements Planning (Planejamento de necessidades de materiais) Questões-chaves O Que é MRP? MRP quer dizer planejamento das necessidades de materiais, que são sistemas de demanda dependentes,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE OPERAÇÕES Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE OPERAÇÕES Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular GESTÃO DE OPERAÇÕES Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Sistemas de programação com capacidade finita no Brasil

Sistemas de programação com capacidade finita no Brasil Artigo 09 Sistemas de programação com capacidade finita no Brasil Este documento faz parte do material que compõe o livro: Planejamento, Programação e Controle da Produção MRP II / ERP: Conceitos, Uso

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO @ribeirord FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br Sistemas de Informação Sistemas de Apoio às Operações Sistemas

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a

SISTEMAS INTEGRADOS P o r f.. E d E uar a d r o Oli l v i e v i e r i a SISTEMAS INTEGRADOS Prof. Eduardo Oliveira Bibliografia adotada: COLANGELO FILHO, Lúcio. Implantação de Sistemas ERP. São Paulo: Atlas, 2001. ISBN: 8522429936 LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane Price. Sistemas

Leia mais

MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos

MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos MBA Executivo Gestão Estratégica de Projetos Proposta do curso: O curso de MBA em Gestão Estratégica de Projetos proporciona aos participantes os conhecimentos necessários para o desenvolvimento e gerenciamento

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de Recursos da Empresa Sistema Integrado de Gestão Corporativa Prof. Francisco José Lopes Rodovalho 1 Um breve histórico sobre o surgimento do software ERP

Leia mais

Planejamento e Controle da Produção

Planejamento e Controle da Produção MBA em Gestão de Logística Planejamento e Controle da Produção Prof. Lourenço Quem é quem? 1 Engenheiro Elétrico, 1983 UNITAU Especialização em Engenharia Financeira, 1995 UFMG Mestre em Administração,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA Código: ADM - 456 CH Total: 60 Pré-requisito: -0- Período Letivo: 2013/2

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

O que é uma Empresa Líder em Logística?

O que é uma Empresa Líder em Logística? 133 O que é uma Empresa Líder em Logística? É aquela que oferece maior agregação de valor aos seus clientes em relação aos seus concorrentes a partir de uma combinação harmônica de práticas logísticas

Leia mais

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br

ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL. Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br ANÁLISE DAS FERRAMENTAS DE CONTROLE GERENCIAL PARA MELHORIA DA PERFORMANCE EMPRESARIAL Prof. Elias Garcia egarcia@unioeste.br Prof. Elias Garcia Bacharel em Ciências Contábeis 1988 Especialização em Contabilidade

Leia mais

GESTÃO DA PRODUÇÃO E ESTOQUES. George Paulus Pereira Dias

GESTÃO DA PRODUÇÃO E ESTOQUES. George Paulus Pereira Dias GESTÃO DA PRODUÇÃO E ESTOQUES George Paulus Pereira Dias George Paulus Pereira Dias paulus@proage.com.br 1998: Consultor em projetos na área de logística e planejamento com a utilização de técnicas de

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Gestão de Pessoas Código: ENGP - 599 Pré-requisito: -----

Leia mais

Código da Disciplina: ENEX01426. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015

Código da Disciplina: ENEX01426. Semestre Letivo: 1ºSEM/2015 Unidade Universitária: FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA Curso: Sistemas de Informação Disciplina: SISTEMAS DE GESTÃO COMERCIAL Etapa: 08 Carga horária: 68 Teóricas, 0 Práticas, 0 EaD Ementa: Código

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial. Conteúdo Programático. Administração Geral / 100h Administração Geral / 100h O CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BÁSICO DESTA DISCIPLINA CONTEMPLA... Administração, conceitos e aplicações organizações níveis organizacionais responsabilidades Escola Clássica história

Leia mais

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO UNIVERSIDADE TECNICA DE LISBOA CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO 2007/2008 (Regras de Bolonha) PROGRAMA DE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE L I S B O A SETEMBRO 2 0

Leia mais

Classificações dos SIs

Classificações dos SIs Classificações dos SIs Sandro da Silva dos Santos sandro.silva@sociesc.com.br Classificações dos SIs Classificações dos sistemas de informação Diversos tipo de classificações Por amplitude de suporte Por

Leia mais

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção

Sistemas de Transformação e Estratégia de produção Sistemas de Transformação e de produção A seleção do Processo de produção depende: -Tecnologia dos Processos de Transformaçã ção -Tecnologia dos meios auxiliares (dispositivos, ferramentas) -Tecnologia

Leia mais

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO

LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO LOGÍSTICA EMENTAS DO CURSO 1º P TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO ORAL E ESCRITA Técnicas de leitura, interpretação e produção de textos, expressão oral e apresentação de trabalhos acadêmicos, argumentação científica.

Leia mais

Utilização do preço de transferência na avaliação do desempenho das divisões e dos gestores

Utilização do preço de transferência na avaliação do desempenho das divisões e dos gestores Utilização do preço de transferência na avaliação do desempenho das divisões e dos gestores Emanuel R. Junqueira (FAESA-ES) ejunqueira@faesa.br Gilberto Aurino Silva Neto (FAESA-ES) professorgilberto@terra.com.br

Leia mais

Avaliação da implantação de um sistema ERP para controle de processos

Avaliação da implantação de um sistema ERP para controle de processos Instituto de Educação Tecnológica Pós Graduação Gestão de Tecnologia da Informação Turma 24 16 de Outubro de 2014 Avaliação da implantação de um sistema ERP para controle de processos Felipe Rogério Neves

Leia mais

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014

Portfólio de Treinamentos. Exo Excelência Operacional // 2014 Portfólio de Treinamentos Exo Excelência Operacional // 2014 Treinamentos Exo Excelência Operacional A Exo Excelência Operacional traz para você e sua empresa treinamentos fundamentais para o desenvolvimento

Leia mais

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Núcleo de Engenharia de Produção Disciplina Engenharia de Produto

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Núcleo de Engenharia de Produção Disciplina Engenharia de Produto Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Núcleo de Engenharia de Produção Disciplina Engenharia de Produto Prof. Andréa Cristina dos Santos, Dr. Eng. andreaufs@gmail.com

Leia mais

SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING

SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCES PLANNING SISTEMAS ERP ENTERPRISE RESOURCEES PLANNING O ERP (Planejamento de Recursos Empresariais) consiste num sistema interfuncional que tem por missão integrar e automatizar

Leia mais

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO. Prof.: Daniela Pedroso Campos

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO. Prof.: Daniela Pedroso Campos FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof.: Daniela Pedroso Campos Objetivo Geral: Compreender o que é Administração, o que os administradores fazem e quais os princípios, as técnicas e as ferramentas que direcionam

Leia mais

Excelência na Gestão de Ativos

Excelência na Gestão de Ativos Excelência na Gestão de Ativos 2015 Mudanças em Tempos Difíceis Em tempos difíceis é que as mudanças são necessárias, e a habilidades dos navegantes são testadas. Neste contexto a NT Desenvolvimento Gerencial

Leia mais

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning

Engª de Produção Prof.: Jesiel Brito. Sistemas Integrados de Produção ERP. Enterprise Resources Planning ERP Enterprise Resources Planning A Era da Informação - TI GRI Information Resource Management -Informação Modo organizado do conhecimento para ser usado na gestão das empresas. - Sistemas de informação

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing Apresentação Em uma economia globalizada e extremamente competitiva, torna-se cada vez mais imprescindível a visão estratégica

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Planejamento e Gerenciamento Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução; Pessoas, Produto, Processo e Projeto; Gerência de

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Estratégia empresarial Professor: Salomão David Vergne Cardoso E-mail: vergne07@gmail.com Código: Carga Horária:

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI 19/04 Recursos e Tecnologias dos Sistemas de Informação Turma: 01º semestre

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Evolução da TI nas Organizações Estágios de Evolução da TI nas Organizações

Leia mais

TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO

TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO TÍTULO: GESTÃO DA PRODUÇÃO COM FOCO NA MANUFATURA ENXUTA MELHORIA DE PROCESSOS INDUSTRIAIS ATRAVÉS DO SISTEMA TOYOTA DE PRODUÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

Leia mais

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização 1 Tipos de SI Depende do tipo de apoio a ser oferecido Deve-se levar em consideração: Usuários operações (entrada +processamento + saída) destino

Leia mais

Enterprise Quality Management [EQM] Excelência em Gestão da Qualidade

Enterprise Quality Management [EQM] Excelência em Gestão da Qualidade Enterprise Quality Management [EQM] Excelência em Gestão da Qualidade A Gestão da Qualidade Total, do inglês Total Quality Management - TQM é uma estratégia de administração completa que tem como objetivo

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Gestão de Pessoas Código: ENGP 599 Prérequisito: Período

Leia mais