A manutenção acompanhará periodicamente o paciente, identificando, o mais cedo possível, qualquer desequilíbrio relacionado a sua saúde.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A manutenção acompanhará periodicamente o paciente, identificando, o mais cedo possível, qualquer desequilíbrio relacionado a sua saúde."

Transcrição

1 Prezado Credenciado, Diante do modelo atual de cuidados voltados para a promoção de saúde e prevenção de doenças e da missão de aproximar a sociedade da Odontologia, a Rede Dental conta com a efetiva participação de sua qualificada rede de Cirurgiões-Dentistas. A promoção de saúde é o processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria da sua qualidade de vida e saúde incluindo uma maior participação no controle desse processo (Carta de Otawa ). De acordo com as diretrizes preconizadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS, a Rede Dental atua segundo os princípios da Odontologia de Promoção de Saúde. A proposta é restabelecer e manter a saúde geral do indivíduo, buscando as causas das doenças bucais para depois tratá-las. Neste conceito, todo cliente é orientado a iniciar seu tratamento com o Clínico Geral ou Odontopediatra. Estes profissionais serão os responsáveis por fazer uma avaliação inicial cuidadosa para diagnosticar doenças instaladas, indicar como combatê-las e vencê-las; para posteriormente fazer a manutenção preventiva. Essa prática caracteriza-se na chamada porta de entrada onde todo cliente passa por consultas iniciais de promoção de saúde e prevenção de doenças. A manutenção acompanhará periodicamente o paciente, identificando, o mais cedo possível, qualquer desequilíbrio relacionado a sua saúde. Portanto, o Cirurgião-Dentista pode proporcionar, de uma forma abrangente, saúde aos seus pacientes por meio de tratamentos preventivos e não somente curativos, já que possui uma importante ferramenta em todo esse processo: seu conhecimento, que quando disseminado resulta na qualidade de vida, credibilidade e fidelização de seus pacientes. Atenciosamente, Dr. Fernando Garcia Pedrosa Diretor Executivo

2 ÍNDICE 1- Normas gerais de atendimento.... pag Orientações para atendimento Documentos necessários para o atendimento Consultas de urgência... Guias TISS Guia Tratamento Odontológico Anexo Guia Tratamento Odontológico - Situação Inicial Demonstrativo de Pagamento... pag.4 pag.4 pag.4 pag.4 pag.5 pag.7 pag.7 4- Acesso aos serviços On-line... pag Atendimento Atendimento On-line Atendimento via fax Verificação do cadastro do beneficiário Alterações no plano de tratamento Inclusão de novos procedimentos Prazo para envio da Guia para pré-aprovação Atendimento de urgência Radiografias odontológicas AUTESP (Autorização Especial)... Encaminhamento a Especialistas/Referenciados... pag.8 pag.8 pag.8 pag.9 pag.9 pag.9 pag.9 pag.10 pag.10 pag.10 pag Auditoria das Guias de Tratamento Odontológico... pag Pré-aprovação dos tratamentos Pagamento dos tratamentos pag.11 pag Pré-aprovação de Prótese... Cobrança dos procedimentos executados... pag.12 pag Pagamento dos tratamentos executados... pag Reapresentação de glosas... pag Reapresentação via portal... Reapresentação via fax... Reapresentação via correio... pag.13 pag.13 pag.13 Anexo 1 - Atendimento aos clientes da empresa V&M do Brasil (plano DENTAL VM)... Anexo 2- Tabela de Procedimentos... pag.14 pag.15 2

3 1 - NORMAS GERAIS DE ATENDIMENTO Os clientes só deverão ser atendidos mediante apresentação do Cartão de Identificação da Unimed ou Rede Dental, juntamente com documento oficial com foto e número do CPF. As faltas às consultas marcadas não desmarcadas com 04 horas de antecedência ou sem uma justificativa plausível podem ser cobradas do cliente no valor de 01 (uma) falta à consulta (código da Tabela de Procedimentos). Para ter direito ao recebimento dos serviços prestados aos associados da Rede Dental, o dentista credenciado deverá realizar pessoalmente o tratamento do cliente, jamais permitindo a execução dos procedimentos por outros profissionais. A constatação desta infração implicará no descredenciamento imediato. As declarações e atestados referentes à rotina de atendimento odontológico serão feitas em formulário próprio do dentista, sendo este procedimento realizado a seu critério e sob sua responsabilidade. Qualquer divergência que por acaso ocorra entre o dentista e o cliente deverá ser comunicada imediatamente à Rede Dental, para que sejam tomadas medidas necessárias, a fim de evitar problemas maiores. Os procedimentos que não forem cobertos pelo plano deverão ser informados e cobrados diretamente do cliente, em orçamento por escrito em duas vias e assinado por ele, respeitados os valores vigentes na tabela correspondente ao seu Plano Odontológico Rede Dental (ver tabela de procedimentos). O dentista deverá comunicar à Rede Dental com maior antecedência possível, os períodos em que se ausentará do consultório por motivo de férias, cursos, licenças, etc., quando o mesmo ultrapassar 30 dias A Rede Dental reserva-se o direito de descredenciar qualquer dentista por razões profissionais, administrativas e por descumprimento de qualquer norma constante neste Manual. Tendo em vista o critério de distribuição regional de credenciados, adotado pela Rede Dental, as alterações de endereço que envolvam mudanças de bairro deverão ser aprovadas pela Consultoria da Rede Dental O preenchimento dos formulários deverá ser feito à caneta e com letra legível, pois constituem documentação legal É de total responsabilidade do profissional o preenchimento dos formulários e dos dados e informações neles contidos, que deverão ser conferidos antes de serem enviados à Rede Dental. A todos os credenciados que utilizam o sistema de biometria para validação do cliente, ressaltamos a obrigatoriedade do envio da Guia de Tratamento Odontológico devidamente preenchida e assinada para o pagamento. Orientamos que mantenham em seus arquivos a segunda via da Guia de Tratamento Odontológico devidamente assinada pelo cliente. Todos os procedimentos planejados para os clientes Rede Dental só poderão ser realizados após a aprovação da auditoria administrativa e/ou clínica. Ressaltamos que procedimentos realizados sem aprovação não serão pagos. Toda a documentação do tratamento realizado pelo credenciado no cliente Rede Dental ficará disponível para acesso em um prazo de até 90 dias após a data de término do tratamento. Durante este período, o profissional poderá imprimir sua guia. Após este período, o acesso a todo o prontuário virtual do associado somente será possível com o consentimento do cliente. Ressaltamos que de acordo com o Código de Ética Odontológica do CFO a documentação deve ser arquivada. As guias possuem validade de 180 dias a partir da data da liberação de senha (ver item 5). Após este período o plano será interrompido e os procedimentos automaticamente cancelados. Fique atento ao envio da ficha para pagamento antes do vencimento dos 180 (cento e oitenta) dias. A Rede Dental reserva-se o direito de solicitar auditoria clínica e/ou administrativa com as respectivas imagens/radiografias em qualquer etapa do tratamento ou sempre que for necessário, com a finalidade de verificar a obtenção do controle das atividades das doenças, a indicação, qualidade e a pertinência dos procedimentos executados Em caso de dúvida na identificação do plano do cliente e sua cobertura consulte a Rede Dental, de posse do código do beneficiário Atente-se a todas as regras de pagamento descritas por procedimentos em sua tabela (anexo do Manual do Credenciado). 3

4 2 - ORIENTAÇÕES PARA ATENDIMENTO 2.1 Documentos necessários para o atendimento Cartão de identificação da Unimed ou Rede Dental Documento oficial com foto e número do CPF Em caso de dúvida na identificação do plano do beneficiário ou para confirmar se ele está apto para tratamento, consulte o portal da Rede Dental: ou a Central de Atendimento de posse do código do beneficiário, através do número (**31) para Belo Horizonte, ou para outras localidades. Belo Horizonte 2.2 Consultas de urgência Consultas de Urgência são aquelas caracterizadas por sofrimento intenso que justifiquem um atendimento imediato sem hora marcada de beneficiários que não estejam em atendimento com o cirurgião dentista procurado, tais como: Hemorragias, desde que não ocorridas durante o tratamento; Odontalgias, incluindo as situações que necessitam de procedimentos clínicos para supressão da dor: pulpectomia, extrações simples, tratamento de periocoronarite, alveolite e drenagem de abscessos; Reimplante dentário; Traumatismo dentário; Cimentações provisórias de trabalhos protéticos, desde que não tenham sido realizadas pelo próprio dentista e não estejam em tratamento com o mesmo. Dica: Não existe carência para consultas de Urgência. 3 - GUIAS TISS (Troca de Informação em Saúde Suplementar) O padrão TISS é uma norma instituída pela ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar. Estabelece um padrão obrigatório para a troca de informações entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços de saúde sobre os procedimentos realizados em beneficiários de planos privados de saúde. Toda a regulamentação pode ser encontrada no site da ANS (www.ans.gov.br). São três as guias referentes a odontologia: 1 - Guia de Tratamento Odontológico, 2 - Anexo Guia Tratamento Odontológico Situação Inicial e 3 - Guia de Tratamento Odontológico Demonstrativo de Pagamento. 4

5 3.1 Guia Tratamento Odontológico A Guia Tratamento Odontológico tem como finalidade registrar o plano de tratamento, autorizar e faturar os procedimentos odontológicos realizados. Ela não poderá sofrer inclusões de novos procedimentos Dados cadastrais do beneficiário e do credenciado. 16 Deverão ser preenchidos somente quando se tratar de requisição 17 de exames radiográficos (vide instruções na pag.10) Senha - (elegibilidade) fornecida pelo sistema. 7 Número Guia Principal - Deverá ser preenchido somente em caso de tratamento que necessite complementações, alterações no planejamento ou conforme solicitação da Auditoria. 20 Código na Operadora - É o código, na Rede Dental, do cirurgiãodentista ou clínica que realizará o tratamento. 21 Número da Carteira - Deverá ser preenchido com o número da carteira do beneficiário. Nome do Contratado Executante - Nome do cirurgião-dentista ou da clínica que realizará o tratamento. 22 CRO do cirurgião-dentista executante 23 UF - Unidade da Federação 8 9 Plano - Nome do plano do beneficiário. 10 Empresa - Nome da empresa que consta na carteira do beneficiário. 13 Nome - Nome do beneficiário. 2. Plano de Tratamento - Para o correto preenchimento da nova guia, deverão ser anotados os seguintes campos: 14 Telefone - Número do telefone do beneficiário Nome do Titular do Plano - Deverá ser preenchido com o nome do titular do plano quando o mesmo não for o paciente. 5 Nome do Profissional Executante: Nome do profissional que executará o tratamento, no caso de Pessoa Jurídica. Se Pessoa Física será o mesmo do item 21, não necessitando de preenchimento.

6 Tabela - Neste campo já estará impresso o código no padrão TISS. Código do Procedimento - Deverá ser escrito o código do procedimento solicitado/realizado segundo a tabela de procedimentos Rede Dental. Lançar apenas um procedimento por linha. Descrição - Escreva a descrição constante na tabela de procedimentos correspondente ao código do campo 30. Dente/Região - Neste campo será escrito apenas o número do dente objeto do tratamento ou sigla da região. Dentes: do 11 ao 48 - dentes permanentes do 51 ao 85 - dentes decíduos Para os supranumerários permanentes: 19 - hemiarco superior direto 29 - hemiarco superior esquerdo 39 - hemiarco inferior esquerdo 49 - hemiarco inferior direito Para os supranumerários decíduos: 59 - hemiarco superior direito 69 - hemiarco superior esquerdo 79 - hemiarco inferior esquerdo 89 - hemiarco inferior direito Região: AS - arco superior AI - arco inferior HASD - hemiarco superior direito HASE - hemiarco superior esquerdo HAID - hemiarco inferior direito HAIE - hemiarco inferior esquerdo ASAI - Arcos superior e inferior BLS - Bateria labial superior BLI - Bateria labial inferior 33 Face - Registrar a face utilizando, obrigatoriamente, as siglas: O - oclusal; M - mesial; L - lingual; V - vestibular; D -distal; I - incisal; P - palatina. 34 Quantidade - Este campo deve ser preenchido com o nº Para finalização do tratamento preencher: Data da Realização - Deverá ser inserida após cada procedimento. Assinatura - É obrigatória a assinatura do beneficiário após realização do procedimento. Tipo de Atendimento - Classificar dentre as opções apresentadas. Observações - Utilizá-lo quando: Necessário a comunicação entre o cirurgião-dentista credenciado e a Auditoria. Para informar o número da reapresentação de glosa. Para informar o número da ocorrência caso tenha sido reportada ou Autorização Especial (AUTESP) durante o transcorrer de todo o tratamento. Data, Local e Assinatura do Cirurgião-dentista - Será inserida após o término de todos os procedimentos. Data, Local e Assinatura do Beneficiário/Responsável - Será inserida após o término de todos os procedimentos. Como Preencher a Guia de Solicitação de Exames Radiográficos No Modelo da Guia TISS, preencha os seguintes campos: 13 Nome - Preencha o nome do beneficiário. 16 Preencha com o nome, número do CRO e Unidade da Federação do 17 cirurgião-dentista que está fazendo a solicitação Descrição - Identifique o exame radiológico que está sendo solicitado, de acordo com a tabela de procedimentos. Quantidade - Para solicitação de RX este número poderá ser maior que 01. Data e assinatura do cirurgião-dentista solicitante. Atenção: Todos os demais campos serão preenchidos posteriormente pela Clínica Radiológica Franquia/Co-participação - O preenchimento deste campo não é obrigatório porém poderá ser preenchido nos casos em que houver necessidade de demonstrar a parcela do tratamento que deverá ser paga pelo beneficiário diretamente ao cirurgião-dentista ou descontada em folha, de acordo com o plano contratado. Autorização - O cirurgião-dentista deverá aguardar a autorização para realização do procedimento. Somente procedimentos com status A poderão ser realizados. 6

7 3.2 Anexo Guia Tratamento Odontológico - Situação Inicial O Anexo deverá ser preenchido pelos clínicos gerais e odontopediatras. Para o preenchimento da Situação Inicial, são considerados critérios adaptados da classificação CPOD Cariados, Perdidos e Obturados por Dente - preconizada pela OMS, de acordo com o que foi estabelecido pela ANS. Anote se o dente é decíduo ou permanente circulando o elemento presente. Utilize a legenda abaixo para registrar a situação inicial de cada dente: A Ausente E Extração Indicada H Hígido C Cariado R Restaurado No campo 20 Sinais Clínicos da Doença Periodontal- identifique a presença ou ausência de doença periodontal. No campo 21 Alterações nos Tecidos Moles- identifique a presença ou ausência de alterações na cavidade oral. C Situação Inicial 1 - Circular os dentes presentes 2 - Registrar no campo correspondente a situação inicial (E, H, C, R). Exemplo: Pelo CPOD acima o dente 44 está presente e cariado. 3.3 Demonstrativo de pagamento O Demonstrativo de Pagamento é um documento enviado pela Rede Dental para o credenciado com a finalidade de fornecer extrato da produção apresentada nas guias. 4 - ACESSO AOS SERVIÇOS ON-LINE Acessar a página da Rede Dental através do site Clicar no link do credenciado, em serviços on-line Entrar com seu login de usuário (seu código de credenciado Rede Dental) e senha padrão 7

8 Links disponíveis para o Credenciado na tela Inicial: Dados cadastrais Cadastro do beneficiário Tratamentos Guia de Tratamento Odontológico Guia de Tratamento Odontológico - Urgência Autesp (Autorização Especial) Tabela de Procedimentos Prontuário Virtual Histórico de fichas Pagamentos Demonstrativo de pagamento Retenção de INSS Reapresentação de glosas on line Reapresentação de glosas - formulário Informe de Rendimentos Manual do Credenciado Consulta rápida Normas Gerais Orientação para atendimento Rotina para atendimento Links de interesse Código de Ética Manual do TISS Fale conosco 5 - ATENDIMENTO 5.1 Atendimento on line Verificar documentos do cliente Acessar a página inicial da Rede Dental/ / serviços on line / credenciado Digitar usuário e senha Conferir o cadastro do beneficiário (ativo/inativo) Acessar a aba: Tratamentos Guia de Tratamento Odontológico Preencher todos os campos obrigatórios listados anteriormente da Guia de Tratamento Odontológico e do Anexo Guia de Tratamento Odontológico Situação Inicial Encaminhar o planejamento através do portal da Rede Dental Aguardar o prazo de liberação da auditoria Verificar procedimentos autorizados e não autorizados, com os respectivos motivos de não autorização e realizar somente os autorizados Os procedimentos não cobertos não deverão ser lançados na guia Após a conclusão do tratamento, a Guia de Tratamento Odontológico deve ser encaminhada a Rede Dental com as devidas datas de execução, assinaturas dos procedimentos executados e radiografias pertinentes. 5.2 Atendimento via fax Caso o credenciado não utilize o portal para liberação de atendimento, deverá enviar a Guia de Tratamento Odontológico via fax, conforme descrição abaixo: Verificar documentos do cliente; Ligar para a Central de Atendimento para conferir dados do cadastro do cliente (liberação de senha); 8

9 Preencher todos os campos obrigatórios listados anteriormente da Guia de Tratamento Odontológico e do Anexo Guia de Tratamento Odontológico Situação Inicial; O preenchimento deverá ser feito a caneta e com letra legível pois constitui documentação legal; Encaminhar o planejamento para a Rede Dental através do fax ; Aguardar o prazo de liberação da auditoria; É necessário que o aparelho de fax esteja no modo automático, inclusive à noite, para que a resposta possa ser recebida; Verificar procedimentos autorizados e não autorizados, realizar somente os autorizados. Após a conclusão do tratamento, a Guia de Tratamento Odontológico deve ser encaminhada a Rede Dental com as devidas datas de execução, assinaturas dos procedimentos executados e radiografias pertinentes. 5.3 Verificação do cadastro do beneficiário Durante o tratamento, é importante conferir, antes de cada atendimento, através do portal da Rede Dental, se o paciente continua ativo. Caso esteja inativo, o tratamento deve ser imediatamente interrompido, independente da autorização do PTI. 5.4 Alterações no plano de tratamento Segundo definição da ANS, a Guia de Tratamento Odontológico não poderá sofrer inclusão de novos procedimentos. As alterações serão aceitas quando: O número de procedimentos previamente aprovados não sofrer alteração; Houver uma exclusão de procedimento seguida de inclusão na mesma data; O procedimento incluído deverá ser autorizado pela auditoria da Rede Dental. As alterações poderão ser realizadas através do portal ou do envio da Guia novamente por fax. No portal: Clique na aba Tratamentos; Pesquise a guia a ser alterada; Cancele o item a ser corrigido e inclua o novo procedimento em outra linha; Reenvie a guia para pré-aprovação lembrando de alterar também o CPOD (em casos de clínicos gerais e odontopediatras); Aguarde a aprovação da auditoria para execução do procedimento. Em alguns casos, a critério da Rede Dental, as alterações dependerão do envio de imagens/radiografias ou comparecimento do cliente em auditoria clínica para autorização. 5.5 Inclusão de novos procedimentos A inclusão de novos procedimentos será possível com a abertura de nova Guia de Tratamento Odontológico, de acordo com as normas estabelecidas pela ANS. A abertura de uma nova guia pode ser realizada sempre que a guia anterior estiver concluída. Exceção é feita às especialidades de clínica geral e odontopediatria nestes casos a nova guia pode ser aberta de três em três meses (90 dias). 5.6 Prazo para envio da guia para pré- aprovação Os planos de tratamento deverão ser enviados a Rede Dental para aprovação imediatamente após a elaboração do planejamento (prazo máximo de 30 dias, considerando a data de liberação da senha). Isto agilizará a liberação do tratamento. 9

10 Os envelopes contendo as Guias de Tratamento Odontológico enviadas para pré aprovação deverão ser utilizados exclusivamente para este fim. Anotar no envelope que refere-se à ficha para pré aprovação. ATENÇÃO: As guias para pagamento devem ser encaminhadas em envelope separado, utilizando a etiqueta GUIAS PARA PAGAMENTO. 5.7 Atendimento de urgência Todos os profissionais credenciados da Rede Dental estão aptos a realizar atendimento de urgência. Em algumas cidades, a Rede Dental conta também com clínicas de urgência credenciadas. A consulta de urgência inclui a realização de radiografia periapical ou bite wing inicial e final. Nenhum outro procedimento clínico poderá ser lançado na Guia além dos relativos à urgência. Os registros de urgência incompletos ou em branco não poderão ser avaliados. Verificar documentos do cliente; Acessar a página inicial da Rede Dental/ / serviços on line / credenciado; Digitar usuário e senha; Conferir o cadastro do beneficiário (ativo/inativo); Acessar a aba: Tratamentos Guia de Tratamento Odontológico Urgência; Preencher o procedimento utilizando os códigos de urgência listados na Tabela de Procedimentos; Preencher os campos de Diagnóstico e Tratamento Executado; Imprimir a Guia e colher assinatura do beneficiário (campo 50); Carimbar, datar e assinar (campo 49); Enviar a Guia de Tratamento Odontológico - Urgência através do portal para validação dos campos e em papel com as imagens/radiografias iniciais e finais e assinatura do cliente para liberação do pagamento. 5.8 Radiografias odontológicas As radiografias intra orais deverão ser realizadas no próprio consultório do dentista credenciado e seus códigos lançados na Guia de Tratamento Odontológico. As solicitações de RX em clínicas especializadas devem ser emitidas na própria Guia de Tratamento Odontológico do TISS. O profissional solicitante deverá preencher os campos 16 (nome do profissional solicitante), 17 (Número do CRO) e 18 (UF); descrever os exames solicitados; carimbar, datar e assinar (campo 48) e entregar ao associado. 5.9 AUTESP (Autorização Especial) O recurso de Autorização Especial deverá ser utilizado nos casos em que o código do procedimento solicitado não conste na tabela e naqueles em que seja necessária uma exceção às regras propostas neste Manual. São dados obrigatórios para a abertura de AUTESP: Número da guia; Código do associado; Código do procedimento; Justificativa técnica. 6- ENCAMINHAMENTO A ESPECIALISTAS/REFERENCIADOS Ao encaminhar um cliente Rede Dental para tratamento com Especialistas, o profissional deverá discriminar em relatório próprio o tratamento necessário com adequada identificação do cliente, dentista e dos elementos a serem tratados. Anexar as radiografias, se existentes. 10

11 7- AUDITORIA DAS GUIAS DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO 7.1 Pré-aprovação dos tratamentos A auditoria analisa a documentação recebida e assinala na Guia de Tratamento Odontológico o status do procedimento, conforme segue: A Autorizado NA Não autorizado Caso haja necessidade de auditoria clínica para autorização do tratamento, o paciente será contatado para agendamento de um horário na Rede Dental. O tratamento será liberado após o retorno da documentação avaliada pela auditoria clínica. Iniciar o tratamento apenas após o recebimento da Guia de Tratamento Odontológico autorizada (status A). A auditoria clínica é um exame realizado por um dos auditores da Rede Dental. Pode ser solicitada pela Rede Dental, dentista credenciado ou paciente. O registro do status no plano de tratamento segue o mesmo padrão da auditoria administrativa. A Rede Dental poderá solicitar o comparecimento do cliente em auditoria clínica com suas imagens/radiografias em qualquer momento do tratamento (inicial, intermediária ou final). 7.2 Pagamento dos tratamentos Será realizada auditoria técnica final por meio da documentação enviada em todos os tratamentos. Caso haja algum procedimento fora dos padrões técnicos o pagamento será efetuado após sua reconfecção e envio de novo documento em formulário de reapresentação de glosas. Atente para alguns itens que podem retardar ou impossibilitar o pagamento dos procedimentos realizados: Falta de assinatura do beneficiário na guia. Falta de data de execução do procedimento Falta de imagem e/ou radiografia de acordo com a Tabela de Procedimentos. Abrir nova guia, preencher corretamente, solicitar assinaturas do cliente e enviar com formulário de reapresentação de glosas (vide item 11). Abrir nova guia, preencher corretamente, solicitar assinaturas do cliente e enviar com formulário de reapresentação de glosas (vide item 11). Enviar as radiografias necessárias anexadas ao formulário de reapresentação de glosas (vide item 11). Procedimentos realizados sem aprovação da auditoria. Não é passível de reapresentação. Guias com mais de 180 dias da liberação da senha. Procedimento realizado inadequadamente. As guias com mais de 180 dias são automaticamente canceladas no sistema. Fique atento à data de envio da ficha para pagamento antes desse período. Eventualmente a auditoria pode solicitar a correção de procedimentos para adequação técnica. Nestes casos, corrigir e enviar novas radiografias finais em formulário de reapresentação de glosas. Importante: Não executar qualquer procedimento antes da autorização da auditoria. 11

12 8- PRÉ-APROVAÇÃO DE PRÓTESE Para autorização dos procedimentos de prótese que são cobertos pelo plano do beneficiário, envie a Guia de Tratamento Odontológico preenchida juntamente às radiografias periapicais de todos os elementos dentários envolvidos no planejamento. Neste caso os valores constantes na tabela de procedimentos de prótese incluem as despesas com laboratório. Caso o beneficiário possua o plano DENTAL VM (Vallourec & Mannesmann) verifique o Anexo I deste Manual. Anotar no envelope que refere-se a guia para pré aprovação ATENÇÃO: As guias para pagamento devem ser encaminhadas em envelope separado, utilizando a etiqueta GUIAS PARA PAGAMENTO. 9- COBRANÇA DOS PROCEDIMENTOS EXECUTADOS As Guias de Tratamentos Odontológicos devem ser encaminhadas a Rede Dental para pagamento após a conclusão de todos os procedimentos, com o registro das datas de execução e assinaturas. Os procedimentos autorizados e não realizados serão automaticamente cancelados As imagens e/ou radiografias correspondentes aos procedimentos realizados devem ser anexadas, conforme Condições para Pagamento descritas na Tabela de Procedimentos deste Manual. As Guias devem ser encaminhadas para a Rede Dental até o dia 07 de cada mês. A entrega posterior a essa data será processada no mês subseqüente. O preenchimento da guia deve ser realizado no computador ou à caneta com letra legível. Procedimentos descritos com letra ilegível ou rasuras não serão processados pela Rede Dental. Manter a 2ª. via da Guia de Tratamento Odontológico para controle próprio. As Guias entregues ou postadas até o dia 07 do mês serão pagas no dia 07 do mês subseqüente. Caso o dia 07 seja sábado, domingo ou feriado, o pagamento será efetuado no próximo dia útil. Ex. As Guias enviadas até 07 de janeiro serão pagas no dia 07 de fevereiro. Caso o dia 07 seja sábado, domingo ou feriado a postagem/entrega deverá ser realizada no dia útil anterior. As Guias deverão ser entregues ou enviadas pelo correio por carta registrada para a Rede Dental- Rua Padre Rolim, 523 B. Santa Efigênia Belo Horizonte Minas Gerais CEP: O profissional deverá registrar no portal a sua retenção de INSS entre os dias primeiro e quatro de cada mês e entregar as guias de recolhimento do ISS até o dia 02. A não apresentação dos comprovantes acarretará em retenção do devido imposto. O pagamento será efetuado através de crédito em conta corrente. É obrigatório o envio/entrega da Nota Fiscal até o dia do pagamento do repasse. 10- PAGAMENTO DOS TRATAMENTOS EXECUTADOS 11- REAPRESENTAÇÃO DE GLOSAS A Reapresentação de Glosas é um processo que deve ser utilizado quando o credenciado não concordar com o pagamento dos procedimentos descritos no Demonstrativo de Pagamento. As reapresentações recebidas na Rede Dental até o dia 07 de cada mês serão analisadas e, havendo valores a serem complementados, serão creditados no próximo pagamento. Após o dia 7, a análise ocorrerá no mês subseqüente. O prazo de reapresentação é de até 90 dias após a data do pagamento, podendo ocorrer por no máximo 2 vezes. Procedimentos executados sem aprovação da auditoria não são passíveis de reapresentação. Guias com prazo de senha vencido, ou seja, após os 180 dias não são passíveis de reapresentação. Deverá ser preenchido um formulário de reapresentação para cada Guia de Tratamento Odontológico. 12

13 11.1 Reapresentação via portal Clicar no link Pagamentos; Clicar no link Reapresentação de glosas on line; Digitar a guia a ser revisada; Digitar o código do procedimento; Digitar o dente/área/região; Preencher o campo Justificativa Técnica ; Enviar ; Verifique o motivo da glosa caso seja necessário o envio de imagem ou RX, encaminhe-os juntamente ao formulário de reapresentação de glosas para: Rua Padre Rolim, 523 Santa Efigência Belo Horizonte/MG. CEP Reapresentação via fax Preencher todos os campos do Formulário de Reapresentação de Glosas Verifique o motivo da glosa caso seja necessário o envio de imagem ou RX, encaminhe-os juntamente ao formulário para: Rua Padre Rolim, 523 Santa Efigência Belo Horizonte/MG. CEP Caso não seja necessário imagem/rx, enviar o formulário de reapresentação no fax: Reapresentação via correio Preferencialmente utilize o portal ou o fax para encaminhar as reapresentações. Utilize o correio somente nos casos onde é necessário o envio de imagem/radiografias. Preencher todos os campos do Formulário de Reapresentação de Glosas Encaminhe o formulário e imagens / radiografias para: Rua Padre Rolim, 523 Santa Efigência Belo Horizonte/MG CEP Dúvidas devem ser tratadas diretamente na Rede Dental através da Central de Atendimento pelos números (**31) para Belo Horizonte, ou nas demais localidades. 13

14 ANEXO 1 - Atendimento aos clientes da empresa V&M do Brasil (plano DENTAL VM) O plano DENTAL VM possui co-participação para os procedimentos de prótese cobertos. O processo de autorização dos tratamentos de prótese é o mesmo dos outros planos. A diferença é a necessidade do envio de Termo de Responsabilidade ou Autorização de Desconto, exigidos pela VM para processamento interno. Um dos dois documentos será encaminhado juntamente com a Guia de Tratamento Odontológico autorizada, de acordo com o plano do associado. Atente para o processo de autorização destes planos nas duas situações: O beneficiário paga a co-participação por meio de desconto em folha neste caso você receberá anexo à guia a Autorização para desconto. O beneficiário efetua o depósito do valor da co-participação em conta corrente previamente estabelecida neste caso você receberá anexo à guia o Termo de Responsabilidade. Os documentos para as situações 1 e 2 são diferentes. Verifique atentamente o processo para cada caso: DOCUMENTO: AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO Utilizado na Situação 1 quando o beneficiário paga a co-participação por meio de desconto em folha Colher a assinatura do beneficiário titular na Autorização de desconto antes de iniciar o tratamento. Após a finalização do tratamento encaminhar a Guia de Tratamento Odontológico e a autorização de desconto para pagamento. Atenção: A assinatura deve ser obrigatoriamente do titular do plano. Os seus dependentes somente poderão assinar quando esta autorização estiver incluída no formulário. DOCUMENTO: TERMO DE RESPONSABILIDADE Utilizado na situação 2 quando o beneficiário efetua o depósito da co-participação Colher a assinatura do beneficiário no Termo de Responsabilidade O beneficiário deve depositar no banco, em conta previamente estipulada, o valor referente à co-participação discriminada no Termo O profissional deve realizar os procedimentos somente após receber uma cópia do depósito realizado pelo beneficiário Esta cópia deve ser encaminhada para Rede Dental junto ao Termo de Responsabilidade após finalização dos procedimentos pelo profissional, anexado à guia ATENÇÃO: A Rede Dental não se responsabiliza pelo pagamento dos procedimentos caso as normas acima não sejam seguidas. 14

MANUAL DO CREDENCIADO

MANUAL DO CREDENCIADO MANUAL DO CREDENCIADO MANUAL DO CREDENCIADO APRESENTAÇÃO Prezado (a) Doutor (a): A ORAL ODONTO é uma empresa criada e administrada por profissionais dentistas que se dedicam a oferecer os melhores recursos

Leia mais

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br).

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). 1 Objetivo: Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). Acesso ao site Na página inicial do site da Mediservice, o prestador deve selecionar a opção Credenciado. 2 Caso

Leia mais

Manual do Prevencionista

Manual do Prevencionista Manual do Prevencionista Sumário 1- Introdução 2- Instruções de atendimento 2.1- Identificação do beneficiário 2.2- Quanto ao tratamento 2.2.1- Etapas do atendimento 2.2.1.1- Situação atual 2.2.1.2- Fichas

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

ODONTOLOGIA MANUAL DO PRESTADOR

ODONTOLOGIA MANUAL DO PRESTADOR Secretaria de Gestão do STF-Med Seção de Processamento de Despesas Odontológicas ODONTOLOGIA MANUAL DO PRESTADOR 1. ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Considerando a assinatura do Termo de Credenciamento

Leia mais

UNNA CLÍNICA GERAL. regras específicas

UNNA CLÍNICA GERAL. regras específicas CLÍNICA GERAL regras específicas índice UNNA 1 2 3 4 5 9 10 Apresentação Gestão da Qualidade em Saúde Bucal Atendimento em Dentística Envio de Imagens via Internet Envio de Imagens via Correios Programa

Leia mais

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. INFORMAÇÕES REGULAMENTARES:...3 3. ACESSO AO SISTEMA...3 4. INCLUSÃO DE USUÁRIOS...4 5. FATURAMENTO ELETRÔNICO...5 6. GUIA

Leia mais

Manual de Orientação ao Beneficiário OdontoGroup. Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo!

Manual de Orientação ao Beneficiário OdontoGroup. Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo! Prezado Beneficiário, Seja Bem-Vindo! É uma honra para a OdontoGroup tê-lo como cliente. Afinal, são mais de 18 anos trabalhando para levar a você e à sua família uma das melhores e mais seguras coberturas

Leia mais

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador na Confirmação de Atendimento e Lista

Leia mais

SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS

SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS SISTEMA HILUM FISIOTERAPIAS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - FISIOTERAPIA A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Consultório e SADT 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Manual de Reembolso. Para ter acesso a este benefício, fique atento às dicas a seguir. 2ª edição

Manual de Reembolso. Para ter acesso a este benefício, fique atento às dicas a seguir. 2ª edição Manual de Reembolso 2ª edição Você sabia que quando não utiliza os serviços da rede credenciada do Agros, seja por estar fora da área de cobertura do plano de saúde ou por opção, pode solicitar o reembolso

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça TABELA DE ODONTOLOGIA DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA INSTRUÇÕES DE FATURAMENTO 1. Deverão ser faturados ao STJ somente os tratamentos concluídos. 2. Quando a(s) perícia(s) for(em) obrigatória(s) para

Leia mais

Manual do Referenciamento ANS - 41.553-7

Manual do Referenciamento ANS - 41.553-7 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS A 1 A ODONTO é uma Operadora de Planos Odontológicos, devidamente registrada nos órgãos competentes, conforme estabelecido pela Lei 9656/98 que dispõe de Rede Referenciada de Profissionais

Leia mais

MANUAL RECURSO DE GLOSA

MANUAL RECURSO DE GLOSA MANUAL RECURSO DE GLOSA Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Recurso de Glosa no Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador, bem como estabelecer normas de atuação que facilitem

Leia mais

Manual de digitação de contas Portal AFPERGS

Manual de digitação de contas Portal AFPERGS Manual de digitação de contas Portal AFPERGS 1 Sumário Acesso à função digitação de contas... 3 O que é a Função digitação de contas (DC)... 4 Como proceder na função digitação de conta médica (DC)...

Leia mais

Manual do Credenciado

Manual do Credenciado Manual do Credenciado Prezado (a) Credenciado (a), Este manual tem o objetivo de orientar e esclarecer as dúvidas relacionadas aos atendimentos prestados pelo credenciado aos beneficiários da Sermed Odonto.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 XML 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

UNIODONTO DUQUE DE CAXIAS INSTRUÇÕES OPERACIONAIS DO SISTEMA UNIODONTO - DUQUE DE CAXIAS

UNIODONTO DUQUE DE CAXIAS INSTRUÇÕES OPERACIONAIS DO SISTEMA UNIODONTO - DUQUE DE CAXIAS UNIODONTO DUQUE DE CAXIAS INSTRUÇÕES OPERACIONAIS DO SISTEMA UNIODONTO - DUQUE DE CAXIAS 1 Solicite ao usuário titular ou dependente do plano o CARTÃO UNIODONTO (Fig.01) acompanhado de um documento de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Terapias 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios.

Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Aprovação da Ficha de Tratamento Beneficiários Correios. Requisitos Para acessar o sistema de aprovação de Ficha de Tratamento Eletrônica Correios é preciso ter instalado no computador um (Navegadores

Leia mais

Horário: de 08:00 às 18:30h Segunda a Sexta-feira. Telefone: (32) 3215-0706

Horário: de 08:00 às 18:30h Segunda a Sexta-feira. Telefone: (32) 3215-0706 Prezado Usuário A UNIODONTO-JF sente-se honrada em tê-lo como cliente. Este Manual contém as informações necessárias para utilização do Sistema UNIODONTO. Leia-o com atenção e sempre o tenha à mão para

Leia mais

Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web

Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web Dúvidas Freqüentes: Autorizador Web 1. Como faço pedido de intercâmbio pelo autorizador? Acessando a página inicial do autorizador encontrará na barra de tarefas lateral a opção INTERCÂMBIO. Para intercâmbio,

Leia mais

Manual do Prestador SEPACO. Saúde. ANS - n 40.722-4

Manual do Prestador SEPACO. Saúde. ANS - n 40.722-4 Manual do Prestador Saúde o ANS - n 40.722-4 SEPACO Prezado prestador, Este manual tem como objetivo formalizar a implantação das rotinas administrativas do Sepaco Saúde, informando as características

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR MANUAL DE PREENCHIMENTO DO PORTAL DE ATENDIMENTO AO PRESTADOR Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador no atendimento aos beneficiários

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS Conteúdo MANUAL DE PROCEDIMENTOS ORÇAMENTOS... 2 Conceito de Manual Procedimentos... 2 Objetivos do Manual... 2 Aspectos Técnicos... 2 1. ACESSO AO SISTEMA ODONTOSFERA... 3 2. STATUS DO PACIENTE NO SISTEMA...

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE AGOSTO/2014 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 Numeração de guias... 4 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança...

Leia mais

Manual do Credenciado

Manual do Credenciado Manual do Credenciado para o Eletros-Saúde 1. 2. Acesso ao ambiente online mediante senha pessoal Demonstrativo de Pagamento de Credenciado 3. Upload de lotes para o envio de arquivo XML no portal Eletros-Saúde

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

SISTEMA HILUM PRESTADORES

SISTEMA HILUM PRESTADORES SISTEMA HILUM PRESTADORES 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - PRESTADORES A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

Criado em Fevereiro de 2008 MANUAL DO CREDENCIADO

Criado em Fevereiro de 2008 MANUAL DO CREDENCIADO MANUAL DO CREDENCIADO ÍNDICE 3... 1 - Introdução 4... 2 - Identificação do Beneficiário 5... 3 - Cobertura de Planos 6... 3.1 - Prótese 7... 3.2 - Ortodontia 8... 3.3 - Implante 9... 3.4 - Clareamnento

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia Brasília/DF - 2007 1 1. Introdução A meta deste trabalho é estruturar e auxiliar no correto preenchimento das

Leia mais

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS

SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS SISTEMA HILUM CONSULTÓRIOS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 - CONSULTÓRIOS A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO

INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO INSTRUÇÕES PARA FATURAMENTO PORTO SEGURO Orientações válidas apenas para faturamento de Notas fiscais de oficinas, decorrentes de Sinistros de Automóveis de clientes ou terceiros, de responsabilidade da

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR VERSÃO 2 1 Brasília/DF - 2007 1. Introdução A meta deste trabalho é estruturar e auxiliar no correto preenchimento das Guias

Leia mais

INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER

INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER INSTRUÇÕES DO PORTAL PÓS-VENDAS MUELLER O acesso ao Portal deve ser feito através do site da Mueller sendo www.mueller.ind.br. Logo abaixo, o posto deverá clicar no rodapé da página em Intranet/Extranet.

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010 Prezado (a) Prestador (a), Com o objetivo de melhorar os nossos serviços junto à rede credenciada e aos nossos beneficiários, estamos disponibilizando no portal www.odontogroup.com.br alguns serviços como:

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO

GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO Com o objetivo de tornar o processo de autorização, faturamento e pagamento dos atendimentos odontológicos mais eficiente, recomendamos a leitura completa e minuciosa

Leia mais

Portal Autorizador. Plano de Saúde ArcelorMittal Tubarão e FUNSSEST GUIA RÁPIDO DO CREDENCIADO

Portal Autorizador. Plano de Saúde ArcelorMittal Tubarão e FUNSSEST GUIA RÁPIDO DO CREDENCIADO Portal Autorizador Plano de Saúde ArcelorMittal Tubarão e FUNSSEST GUIA RÁPIDO DO CREDENCIADO Apresentação Seja bem vindo ao Novo Portal Autorizador do Plano de Saúde ArcelorMittal Tubarão e FUNSSEST Guia

Leia mais

Manual TISS Troca de Informaçõ

Manual TISS Troca de Informaçõ Manual TISS Troca de Informaçõ ções em Saúde Suplementar Versão o 1.1 Instruçõ ções para preenchimento das guias PREENCHER EXCLUSIVAMENTE COM CANETA PRETA OU AZUL GCES A Unimed Natal desenvolveu este manual

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Empresarial A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo

Leia mais

Cronograma Credenciados JAN, FEV e MAR 2011

Cronograma Credenciados JAN, FEV e MAR 2011 Rio de Janeiro, 18 de novembro de 2010. PASA/CE 032/10 Assunto: Manual do Credenciado Médico do PASA/Vale Prezado(a) credenciado(a), O PASA, visando a melhoria constante do seu fluxo de processamento de

Leia mais

Serviço odontológico. normas e orientações

Serviço odontológico. normas e orientações 1 Serviço odontológico normas e orientações 2 3 Seja bem-vindo ao Serviço Odontológico do Sesc! 4 Normas e Orientações do Serviço Odontológico As normas e orientações a seguir garantem um tratamento mais

Leia mais

CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8

CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8 1 2 SUMÁRIO CAPÍTULO 1.0 PADRÃO UNIMED CUIABÁ DE AUTORIZAÇÃO EMULADOR BIOMETRIA 5 CAPÍTULO 2.0 - COMO INICIAR O EMULADOR 5 CAPÍTULO 3.0 AUTORIZAÇÃO DE CONSULTA 8 CAPÍTULO 4.0 REIMPRIMINDO O EXTRATO DA

Leia mais

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03

Web Empresas. Agemed Saúde S/A. Versão 03 2011 Versão 03 Web Empresas Agemed Saúde S/A. Esse documento tem como objetivo orientar as empresas contratantes do plano de saúde Agemed a utilizarem o ambiente Web para realização de movimentações cadastrais

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS)

F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) F.A.Q. ( FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) Cobertura dos planos e procedimentos. PLANO FIRST Rol ANS Consultas e Diagnóstio; Urgência/Emergência; Radiologia (Radiografias Intraorais e Rx Panorâmica); Odontopediatria;

Leia mais

Manual de Conteúdo e Estrutura ODONTOLOGIA Instruções para Preenchimento das Guias

Manual de Conteúdo e Estrutura ODONTOLOGIA Instruções para Preenchimento das Guias Manual de Conteúdo e Estrutura ODONTOLOGIA Instruções para Preenchimento das Guias versão 1.1 SUMÁRIO O QUE É TISS?... 4 INSTRUÇÕES GERAIS... 6 GUIAS VISÃO GERAL... 7 GUIA TRATAMENTO ODONTOLÓGICO... 9

Leia mais

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento.

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento. CADASTROS Efetuar Cadastros é a primeira providencia que se deve tomar ao se iniciar a operação com a plataforma clinicaonline, pois é nele que se concentrarão todos os parâmetros e informações sobre:

Leia mais

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00

Manual do Usuário. Portal TISS Versão 3.02.00 Manual do Usuário Portal TISS Versão 3.02.00 1 canais de comunicação Departamento de Credenciamento (DECRE - Cadastro) Tel.: (21) 2126-7186 / 2126-7187 Email: decre@cac.org.br Entrega de Processo/ Cronograma

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

Padrão TISS - Troca de Informações em Saúde Suplementar

Padrão TISS - Troca de Informações em Saúde Suplementar Ministério da Saúde Agência Nacional de Saúde Suplementar - Troca de Informações em Saúde Suplementar para preenchimento das Guias Odontológicas Índice O que é TISS 3 Como utilizar esse manual 4 Instruções

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

Guia de Autorização Odontológica Instrução de Preenchimento Manual

Guia de Autorização Odontológica Instrução de Preenchimento Manual A Guia de Autorização Odontológica deverá ser preenchida pelo profissional de saúde, na área de perícia odontológica, que mantém compromisso de credenciamento específico firmado com a Eletrobras Furnas

Leia mais

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO Este manual visa esclarecer as regras e normas para o serviço

Leia mais

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5

ÍNDICE. 2.1. Funcionalidades... 5 ÍNDICE 1. PRIMEIRO ACESSO AO SITE... 3 2. MAPA DO SITE... 4 2.1. Funcionalidades... 5 3. ENVIO DE COBRANÇAS ELETRÔNICAS... 5 3.1. Solicitações... 7 3.1.1. Internação... 7 3.1.2. Prorrogação... 8 3.1.3.

Leia mais

SISTEMA HILUM TERAPIAS

SISTEMA HILUM TERAPIAS SISTEMA HILUM TERAPIAS 2014 Tecnologia da Informação - TI Unimed Cascavel MANUAL HILUM 4.0 TERAPIAS (Psicoterapias, Fonoaudiologia, Nutrição). A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde.

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. PORTAL SPA TISS Manual do Credenciado Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. Equipe de Treinamento de Desenvolvimento TIS SPA Saúde Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo...

Leia mais

Prezado Associado, Porque o nosso maior compromisso é com você! Como Manter Contato com a Operadora OdontoGroup

Prezado Associado, Porque o nosso maior compromisso é com você! Como Manter Contato com a Operadora OdontoGroup Prezado Associado, É um grande prazer ter você como cliente. Afinal, trabalhamos muito para levar a você e a sua família uma das melhores e mais seguras coberturas de plano odontológico do Brasil. Para

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO V.02 jan./14 Este Regulamento aplica-se ao serviço de assistência odontológica oferecido pela Atual Tecnologia e Administração de Cartões Ltda ("ATUAL"),

Leia mais

Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO

Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO Uniodonto São José dos Campos APRESENTAÇÃO Prezados (as) Cooperados (as), A presentamos a edição 2014 da Tabela de Atos Odontológicos Local e Intercâmbio, de acordo com a Terminologia Unificada em Saúde

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

Manual do Prestador Versão TISS 3.02

Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Manual do Prestador Versão TISS 3.02 Caro(a) Prestador(a) Serviços, É com muito prazer e satisfação que aproveitamos esta página para demonstrar nosso agradecimento em relação à confiança depositada por

Leia mais

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Vendas Online www.planosamildental.com.br Principais Informações Site exclusivo para produtos da Dental Venda de planos PME e PF online Pagamento com cartão de crédito PF Burocracia

Leia mais

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET)

SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) SIFAP SISTEMA DE FARMÁCIA POPULAR MANUAL DO USUÁRIO DA FARMÁCIA (INTERNET) ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA... 3 3. USUÁRIO GESTOR... 3 4. AMBIENTE DO SISTEMA - CANAL DE COMUNICAÇÃO INTERNET...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Manual WEDE Guia do prestador Versão: 2.0 Data: 20/02/2014 Conteúdo

Manual WEDE Guia do prestador Versão: 2.0 Data: 20/02/2014 Conteúdo WEDE Manual Conteúdo 1 Módulo Prestador... 3 1.1 Verificando Dados Cadastrais... 5 1.1.1 Meus dados cadastrais... 5 1.1.1.1 Alterar senha... 6 1.1.1.2 Alterar e-mail... 7 1.1.2 Pesquisar rede credenciada...

Leia mais

parceiro Manual do Credenciado Rede Credenciada Odonto A Excelência em Odontologia Só um pode oferecer tanto! Só um parceiro pode oferecer tanto!

parceiro Manual do Credenciado Rede Credenciada Odonto A Excelência em Odontologia Só um pode oferecer tanto! Só um parceiro pode oferecer tanto! ANS Nº 406481 MKT Odonto A Só um parceiro pode oferecer tanto! Manual do Credenciado parceiro Só um pode oferecer tanto! Rede Credenciada Odonto A Excelência em Odontologia Odonto A Saúde Empresarial Rua

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1 Manual do Prestador Versão 1.0 Maio/2014 Manaus - Amazonas 1 SUMÁRIO Apresentação... 3 1. Identificação do beneficiário...3 2. Atendimento ao beneficiário... 4 2.1. Requisitos para o atendimento... 4 2.2.

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS

GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS GUIA DE USO SERVIÇOS PARA IMOBILIÁRIAS Diretoria Comercial Corporativa Página 2 de 14 Sumário 1 Introdução... 4 2 Acessando os serviços para Imobiliárias... 5 3 Gerenciando clientes... 8 4 Serviços...

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS ADMINISTRATIVAS PARA CREDENCIAMENTO DE CIRURGIÕES-DENTISTAS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS ADMINISTRATIVAS PARA CREDENCIAMENTO DE CIRURGIÕES-DENTISTAS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS ADMINISTRATIVAS PARA CREDENCIAMENTO DE CIRURGIÕES-DENTISTAS E CLÍNICAS ODONTOLÓGICAS Este Manual faz parte integrante do Termo de Credenciamento e tem por finalidade

Leia mais

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 UNIMED BLUMENAU COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO SCCard Sistema de Autorização On-Line O SCCard é a interface web do sistema de autorização da Unimed Blumenau

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Manual de Operação. Módulo Odonto

Manual de Operação. Módulo Odonto Manual de Operação Módulo Odonto Índice Introdução...5 Cadastro de prestadores...6 Endereços...6 Contratos...6 Cadastro de beneficiários...6 Cadastro de dentes e segmentos...7 Cadastro da tabela de procedimentos

Leia mais

Manual de Conteúdo e Estrutura GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO (GTO)

Manual de Conteúdo e Estrutura GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO (GTO) Manual de Conteúdo e Estrutura GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO (GTO) Instruções para Preenchimento da Guia Jul/08 O QUE É TISS? A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar TISS

Leia mais

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM.

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 APRESENTAÇÃO O UNAFISCO SAÚDE é o Plano

Leia mais

Manual do Prestador. Autorizador Web

Manual do Prestador. Autorizador Web Manual do Prestador Autorizador Web Instruções Gerais Quando houver a realização de consultas que os beneficiários estiverem sem o cartão de identificação, ou quando este cartão não for reconhecido na

Leia mais

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento

Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Manual PME On line Movimentação Cadastral e Faturamento Caro, Cliente, Obrigado, por escolher a Intermédica Sistema de Saúde S.A. como a operadora de Saúde dos seus funcionários. A Intermedica, tem como

Leia mais

Autorização de Intercâmbio pela Web

Autorização de Intercâmbio pela Web Autorização de Intercâmbio pela Web Exclusivamente para Cooperados UNIODONTO DO RIO DE JANEIRO COOPERATIVA ODONTOLÓGICA LTDA. Av. Passos, 120 / 11º andar - Centro - Rio de Janeiro - CEP 20051-040 Tel.:

Leia mais

Verifique sempre se o seu plano oferece reembolso, antes mesmo de agendar a consulta. Se a resposta for positiva, não se esqueça de

Verifique sempre se o seu plano oferece reembolso, antes mesmo de agendar a consulta. Se a resposta for positiva, não se esqueça de TX DE IMPLANTAÇÃO: R$ 20,00 CONDIÇÕES: Crianças de 0 a 5 anos e adultos com mais de 58 anos, necessário avaliação médica ( marcado pela operadora ) DOCUMENTOS NECESSÁRIOS: CPF, RG ou Certidão de nascimento

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS AMBULATORIAIS DE EMERGÊNCIA (FASCÍCULO DO PRONTO-SOCORRO E DO PRONTO ATENDIMENTO) VERSÃO I - 2013 ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Consulta... 06 IV Anexos......

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar uma cópia do seu informe de rendimento através do fone

Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar uma cópia do seu informe de rendimento através do fone CREDENCIADOS Como proceder para obter o informe de rendimento para declaração do imposto de renda? Assunto Imposto de Renda Por favor, entre em contato com nosso Departamento de Contabilidade para solicitar

Leia mais

Anexo VII - NORMATIVAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO CONTRATO

Anexo VII - NORMATIVAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO CONTRATO Anexo VII - NORMATIVAS PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO CONTRATO Tabelas de honorários e coberturas: A Tabela de Serviços Odontológicos, utilizada para fins de pagamento dos serviços, é própria da CELOS, cuja

Leia mais

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Formulários Padrão TISS 2. Preenchimento das Guias Padrão TISS Guia de Consulta Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

Guia prático de bolso PSC e Portal RH

Guia prático de bolso PSC e Portal RH Guia prático de bolso PSC e Portal RH O QUE É PSC? O PSC (Positivo Serviços Compartilhados) é um sistema de gestão que centraliza todos os processos administrativos do Positivo. Tem como principal objetivo

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais