Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas"

Transcrição

1 Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Página 1

2 Ministério do Desenvolvimento Agrário MDA Secretaria da Agricultura Familiar SAF SBN Quadra 1 Ed. Palácio do Desenvolvimento Sala Brasília DF (61) OU Brasil. Ministério do Desenvolvimento Agrário Manual de Operação do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais ou Crioulas. Safra 2008/ p. Texto elaborado pela equipe de desenvolvimento de software do Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Página 2

3 I Objetivos II Auto Registro III Entidades 1 Cadastrar Solicitação de Entidade Acompanhar Situação da Solicitação Impostada IV Definir Localização e Atribuir Perfil V Cultivares 1 Cadastrar Cultivar Alterando Impostação das Cultivares VI Relatórios 1 Relação de Entidades Cadastradas Página 3

4 Este manual tem como objetivo auxiliar os usuários administradores e operadores do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas para que possam efetuar o cadastro de suas cultivares conforme Portaria de Número 51/2007 do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Neste manual serão descritos todos os processos necessários para que uma entidade possa incluir suas cultivares. Página 4

5 Para que o usuário possa cadastrar a sua entidade, o mesmo tem que ser usuário de um dos Sistemas do SEAF. Não sendo, deverá fazer seu Auto Registro conforme passos a seguir. a) Entidade define funcionário que será encarregado de impostar a Solicitação de Cadastro de Entidade. b) Funcionário acessa o site na internet e clica no link Registre-Me. Figura 1 Página 5

6 c) Alguns aplicativos de acesso a internet exigem um certificado de segurança. Se ao digitar o endereço da página do SEAF aparecer uma página exigindo certificação, basta clicar no link Continuar neste site (não recomendado). A Mensagem abaixo poderá mudar de acordo com a versão do navegador que esteja usando. Veja um exemplo abaixo: Figura 2 d) O Sistema irá apresentar uma página contendo algumas Instruções/Orientações. Após a leitura o usuário deverá continuar no processo de registro clicando no botão Próximo. Figura 3 Página 6

7 e) Na próxima tela o Sistema irá apresentar como é feito o processo do registro de usuário. Terminando a leitura o usuário deverá clicar no botão Próximo. Figura 4 f) Quando prosseguir o Sistema irá apresentar o formulário de "Registro de Novo Usuário". Obs.: Todos os campos são obrigatórios. Após digitar todos os dados, clicar no botão Registrar. Página 7

8 Figura 5 g) Após digitar todas as informações e clicar no botão Registrar o Sistema irá enviar uma mensagem informando que o registro foi realizado com sucesso. Para prosseguir basta clicar no botão OK. Figura 6 h) O sistema irá direcionar o usuário para a tela de ativação de sua conta. Antes de ativar sua conta, anote os dados de sua identificação e sua senha. Após anotar as informações clicar no botão Ativar Conta. Página 8

9 Figura 7 Figura 8 Obs.: O Sistema irá direcioná-lo para a página principal do SEAF. Página 9

10 a) Funcionário acessa o site na internet. b) Entra no Sistema SEAF-Cultivares clicando no link Seaf Cultivares. Figura 10 Página 10

11 c) O sistema irá abrir o formulário de Login. O usuário deverá digitar sua identificação (Nick de usuário), sua senha e o Código de Segurança conforme imagem. Para logar, clicar no botão Login. Figura 11 d) Por sugestão, recomenda-se que o usuário ao acessar a primeira vez modifique sua senha por meio da utilização do item de menu Ajuda e sub-item Minha Senha. Figura 12 e) O Sistema irá direcioná-lo para a tela a seguir para que se faça a alteração de sua senha. Informe sua senha atual ( informada na tela de ativação de conta ), digite a Nova Senha, repita na Confirmação e clique no botão Altera. Página 11

12 Figura 13 Observações: Concretizado o auto-registro o usuário poderá apenas navegar pelas áreas públicas de todos os sistemas da SEAF. O registro estará completo após seguidos todos os passos acima. Solicitações de registro incompletas poderão ser eliminadas pelo Sistema após 30 dias. f) O usuário deverá acessar o Menu "Solicitação" e Sub-Menu "Cadastrar Solicitação". Figura 14 g) Sistema apresenta documentos e termos para ciência e aceitação do usuário. Portaria 51/ Termo de Responsabilidade de Usuário. h) O usuário efetua leitura e registra estar ciente e de acordo (clicando no ícone apropriado), para cada um dos documentos apresentados.caso haja interesse os documentos poderão ser impressos. i) Após o usuário clicar dando "ACEITE" a todos os termos, o sistema apresenta a primeira tela "ENTIDADE". Neste bloco o usuário deverá informar todos os dados da entidade da qual está solicitando o cadastro. Página 12

13 Figura 14 j) Se por algum motivo algum dos módulos não tiver o seu preenchimento finalizado, o usuário poderá futuramente dar continuidade ao processo de impostação da solicitação. Observações: Os campos "Em Vermelho" são obrigatórios. A Entidade tem que ter dois anos de existência legal e ter atuado no mínimo em dois projetos com crioulas. Para inserir o município, o usuário deverá clicar na lupa após o campo "Município". O sistema irá direcioná-lo para a tela "Localização Município". O usuário poderá pesquisar o município pelo Nome Município, Código IBGE e UF. Após localizar o Município, basta clicar no nome do município. Com isto o Sistema irá fechar a janela e voltar para o formulário, preenchendo automaticamente o campo Município e o campo Estado(UF). Figura 15 Página 13

14 k) A próxima tela a ser preenchida no sistema refere-se aos dados do "Primeiro Responsável". Figura 16 l) Para prosseguir clicar no botão Grava Parcial. m) O Sistema apresentará a próxima tela referente aos dados do "Segundo Responsável". Figura 17 É obrigatório o cadastramento do Segundo Responsável. n) Para Gravar clicar no botão Grava Parcial. Página 14

15 o) A próxima tela a ser preenchida no sistema refere-se aos dados do "Primeiro Projeto". Os campos deverão ser obrigatoriamente preenchidos. Observação: O responsável pelo projeto tem que ser um ténico credenciado. Figura 18 p) Para prosseguir clicar no botão Grava Parcial. q) O Sistema apresentará a tela dos dados do "Segundo Projeto". Página 15

16 r) Para prosseguir clicar no botão Grava Parcial. Figura 19 s) O Sistema apresentará logo abaixo dois botões: "Finaliza Solicitação" e "Cancela". Figura 20 Observações: Se o usuário terminar a digitação sem clicar no botão "Finaliza Solicitação" sua solicitação ficará com o Status de "Impostação Incompleta". Para finalizar todo o processo o mesmo deverá clicar no botão "Finaliza Solicitação". Terminando a digitação, o usuário poderá acompanhar pela grade principal a situação atual de sua solicitação. Página 16

17 a) O Sistema irá gravar as informações na base de dados do SEAF e apresentará a página Home Page com uma grade contendo as informações de sua entidade. Figura 21 b) De acordo com a Situação da solicitação, o usuário poderá alterar ou excluir. Segue abaixo a listagem das possíveis situações de uma solicitação: 1. Impostada O Usuário preencheu todos os campos obrigatórios do formulário finalizando com sucesso a impostação. Os botões alterar e excluir estarão habilitados. Figura Impostação Incompleta: O usuário não completou todo o processo de impostação do formulário, deixando campos não preenchidos. Os botões alterar e excluir estarão habilitados. Após 45 dias, o sistema apagará as informações na base de dados. Figura Em Análise A solicitação foi encaminhada para os técnicos do SEAF para uma análise técnica. Não haverá as opções de alterar e excluir uma entidade. Página 17

18 Figura Aguardando Xerox de Documentos Empresa/Responsáveis: O usuário irá receber um solicitando que o mesmo envie uma cópia impressa do formulário onde os dois responsáveis pela entidade deverão assinar, datar e enviar para o SEAF, no endereço informado no próprio . Figura Aguardando Documentos Complementares: A análise técnica indicou a necessidade de documentos complementares para compor o processo. O processo ficará aguardando esses documentos que deverão ser enviados pelo correio pela entidade. Não haverá as opções de alterar e excluir uma entidade. Após 45 dias, o sistema apagará as informações na base de dados. Figura Aguardando Correção Solicitação: A Análise Técnica indicou que uma ou mais informações estão incompletas ou precisam ser corrigidas. A Entidade irá receber um informando quais campos deverão ser completados ou alterados. Não haverá a opção de excluir uma entidade. O botão alterar estará habilitado. Após 45 dias, o sistema apagará as informações na base de dados. Figura 27 Página 18

19 7. Não Aprovada A análise técnica indicou que a entidade não atende aos requisitos da Portaria 51. O usuário NÃO poderá alterar nem excluir. Os responsáveis pela entidade receberão um do SEAF justificando a não aprovação da mesma. Figura Aprovada: A Análise Técnica indicou que a Entidade atende aos requisitos da Portaria 51. O usuário não poderá alterar nem excluir a solicitação. Será encaminhado via a Identificação (NICK) e Senha dos Responsáveis cadastrados nas Entidades, para que os mesmos possam cadastrar a(s) cultivare(s) no Sistema. Figura 29 a) A qualquer momento o usuário poderá imprimir o formulário. Existem dois tipos de visualização uma pelo aplicativo utilizado na navegação e outra onde o usuário poderá gerar um arquivo em formato PDF. Para visualizar o formulário o usuário deverá clicar no ícone Imprime. Figura 30 b) O sistema irá direcioná-lo para visualização do formulário. Página 19

20 Figura 31 c) Poderá então imprimir o formulário de duas formas: 1. Clicando no Menu Arquivo e sub-menu Imprimir... ou digitando CTRL-P. Figura Clicando no ícone da impressora para gerar um arquivo PDF. Página 20

21 Figura 33 Observações: Ao Gerar o arquivo PDF, procure salvá-lo no seu computador, pois, algumas versões mais antigas de alguns navegadores podem abrir o arquivo PDF com erro. Página 21

22 a) Funcionário com perfil Administrador, acessa o site na internet. b) Entra no Sistema SEAF-Cultivares conforme opção a do item 2.1 (figura 1). c) O Administrador deverá logar no sistema conforme opção c do item 2.1 (figura 2). d) O Sistema irá direcioná-lo para a página inicial. Acessar o Menu Administrador e o sub-menu Inicia Usuário. Figura 34 e) O Sistema irá direcioná-lo para a página Inicia Usuário, que consiste em 3 partes. 1. Selecionar um Usuário: Para esta etapa, o Administrador antes de continuar deverá solicitar ao novo usuário que faça o Auto Registro Alínea 2.1. Nesta tela deverá digitar o número do CPF do novo usuário e clicar no botão Pesquisa. Figura 35 Página 22

23 Observação: Se o usuário não existir ou o administrador digitar um CPF inválido irá receber uma mensagem de erro. Se o usuário pesquisado for localizado, o sistema irá mostrar a tela abaixo mencionada e deverá clicar no botão Confirma. Figura Confirmando os dados, o sistema irá direcioná-lo para a tela Localização de Usuário. Para prosseguir clique no link indicado onde contém o nome da sua entidade. Figura Após clicar na Unidade o sistema irá direcioná-lo para a tela Perfil de Usuário. Aqui o administrador deverá escolher para este usuário um perfil. Clique no combo Perfis para escolher um e clique no botão Grava. Página 23

24 Figura 39 Pronto... Agora o usuário terá todos os direitos de acesso de acordo com o perfil que o Administrador atribuiu ao mesmo. É só acessar e executar os trabalhos. Página 24

25 a) Funcionário acessa o site na internet. b) Entra no Sistema SEAF-Cultivares conforme opção a do item 2.1 (figura 1). c) O Usuário deverá logar no sistema conforme opção c do item 2.1 (figura 2). d) O Sistema irá direcioná-lo para a página inicial mostrando a grade de Solicitações. O mesmo deverá clicar sobre o ícone Cadastra Cultivares. Figura 40 e) Se for o primeiro acesso o Sistema apresentará os documentos e termos para ciência e aceitação do usuário. Portaria 51/2007. Termo de Responsabilidade de Usuário. f) Funcionário usuário efetua leitura e registra estar ciente e de acordo (clicando no ícone apropriado), para cada um dos documentos apresentados. g) Após o usuário clicar dando "ACEITE" a todos os termos, o sistema apresenta a primeira tela do Cadastro de Cultivares Crioulas. Neste bloco o usuário deverá informar o técnico responsável pelas informações inseridas no formulário. Figura 41 Página 25

26 h) Para incluir um Técnico basta digitar o seu CPF no campo Informe o CPF para Incluir Técnico (01) e clicar no botão Incluir Técnico (02). Se: a. Se na base de dados não existir usuário e/ou técnico com este CPF o sistema irá abrir a tela Cadastro Técnico da Cultivar. Figura 42 Observações: Todos os campos em Vermelho são obrigatórios. Após digitar as informações clicar no botão Incluir Técnico 2. Na base de dados existe usuário e/ou técnico com este CPF o sistema irá abrir a tela Cadastro Técnico da Cultivar. Se alguma das informações deste técnico estiver incompleta abrirá a tela abaixo mencionada: Figura 43 Página 26

27 Observações: O usuário deverá completar as informações que estiverem incompletas. Todos os campos em Vermelho são obrigatórios. Após digitar as informações clicar no botão Complementar Informações do Técnico. Após cliar no botão Complementar Informações do Técnico. i) Após incluir, alterar, ou adicionar um técnico a esta entidade, o usuário deverá fazer a associação do mesmo a esta cultivar, ou seja, uma entidade poderá ter mais de um técnico responsável pelas suas cultivares. Basta clicar no combo Nome e selecionar o técnico responsável pela cultivar que está sendo impostada. j) Quando escolher o técnico o sistema irá abrir o módulo CARACTERÍSTICAS GERAIS DA CULTIVAR. Figura 44 Observações: Todos os Campos em Vermelho são obrigatórios. O tempo da Cultivar na Comunidade não poderá ser menor que 3 anos. Na parte da Finalidade o usuário deverá escolher pelo menos uma. Se escolher a opção Outros deverá digitar no campo o nome da finalidade. Se a cultivar for derivada em Domínio Público, clicar na opção Sim e digitar no campo que irá aparecer o nome da cultivar. Página 27

28 Assim que digitar todos os dados clicar no botão Próximo... k) Após clicar no botão Próximo... o sistema irá abrir o módulo REGIÕES DE ADAPTAÇÃO DA CULTIVAR. Figura 45 Observações: A listagem possui 138 Meso Regiões; O usuário poderá localizar uma determinada Meso Região escolhendo Meso Região ou Estado Combo 01. Outra opção é escolher como deverá ser o filtro: Iniciando com..., que contêm..., Igual a... e Todos.... Escreva o texto e clique no botão Busca. Para selecionar uma Meso Região, basta selecionar a mesma na caixa Não Selecionados e clicar nos botões entre os dois quadros. O botão 03 passa apenas a Meso Região que o usuário selecionou. O botão 04 passa todas as Meso Regiões. O botão 05 volta para a caixa Não Selecionados a Meso Região que o usuário selecionou na caixa Selecionados. O botão 06 volta para a caixa Não Selecionados todas as Meso Regiões da caixa Selecionados. Após selecionar as Meso Regiões clicar no botão Prosseguir.... Página 28

29 l) O sistema irá abrir o módulo CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS. Figura 46 Observações: Todos os Campos são obrigatórios. Assim que digitar todos os dados clicar no botão Prosseguir... m) O sistema irá abrir o módulo TOLERÂNCIA À ADVERSIDADES. Figura 47 Observações: Todos os Campos são obrigatórios. Assim que selecionar a tolerância de todas as adversidades, clicar no botão Prosseguir... n) O sistema irá abrir o módulo RESISTÊNCIA À DOENÇAS. Página 29

30 Figura 48 Observações: Todos os Campos são obrigatórios. Para cada campo, selecionar uma doença diferente. Assim que selecionar as quatro doenças, clicar no botão Prosseguir... o) O sistema irá abrir o módulo RESISTÊNCIA À PRAGAS. Figura 49 Observações: Todos os Campos são obrigatórios. Para cada campo, selecionar uma praga diferente. Assim que selecionar as quatro pragas, clicar no botão Prosseguir... p) O sistema irá abrir o módulo AVALIAÇÃO GERAL DA CULTIVAR. Figura 50 Observações: Todos os Campos são obrigatórios. Assim que digitar as informações, clicar no botão Prosseguir... q) Após clicar no botão Prosseguir... o sistema irá habilitar o botão Finaliza Cadastro Cultivar. Página 30

31 r) Assim que clicar no botão Finaliza Cadastro Cultivar o sistema irá gravar na base de dados o formulário e abrir a grade de Cadastro de Cultivares. Figura 51 Observações: O usuário poderá cadastrar outra Cultivar clicando no Botão 01 - Inclui (novo). O usuário poderá alterar a cultivar já existente clicando no Botão 02 - Altera. O usuário poderá excluir a cultivar já existente clicando no Botão 03 Exclui. O sistema irá direcionar para outra página com a visualização do formulário de cadastro de Cultivares no formato pdf. Botão 04 - Detalhes. Página 31

32 a) Na grade principal da listagem de cultivares, clicar no botão Altera. Figura 52 Página 32

33 a) Funcionário acessa o site na internet. b) Entra no Sistema SEAF-Cultivares conforme opção a do item 2.1 (figura 1). c) O Usuário deverá logar no sistema conforme opção c do item 2.1 (figura 2). d) O Sistema irá direcioná-lo para a página inicial mostrando a grade de Solicitações. e) O Usuário deverá clicar no Menu Relatórios e Sub-Menu Cultivares x Entidades. Figura 53 f) O Sistema irá direcioná-lo para a tela Relação das Entidades Cadastradas. Nesta tela o usuário terá algumas opções como: 1. Pesquisar as entidades cadastradas. Para isto o usuário deverá escolher o filtro, qual opção do mesmo e clicar no botão Busca. Página 33

34 Figura Visualizar a impressão das entidades cadastradas. Basta Clicar no ícone da impressora: Figura O sistema irá direcioná-lo para a visualização das Entidades Cadastradas: Página 34

35 Figura Filtrar as Cultivares Cadastradas de uma determinada Entidade. Basta clicar no nome da entidade na grade da lista. Figura 56 g) O sistema irá direcioná-lo para a tela de Cultivares. O processo de visualização e impressão é o mesmo descrito na opção 1 do item anterior (F). Página 35

36 h) Segue abaixo a visualização das Cultivares: Figura 57 Figura 58 Página 36

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante 1. Como iniciar o programa O módulo da Carteira de Militante deve ser acessado através dos seguintes endereços: http://www.pcdob.org.br/redevermelha. É

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL E CONCEITUAL - Orientações sobre cadastro de atividades no SIGA Extensão

MANUAL OPERACIONAL E CONCEITUAL - Orientações sobre cadastro de atividades no SIGA Extensão MANUAL OPERACIONAL E CONCEITUAL - Orientações sobre cadastro de atividades no SIGA Extensão ÍNDICE ACESSO AO SIGA EXTENSÃO... 03 CADASTRO DOCENTE... 08 CADASTRO DE ATIVIDADE... 12 COMO VINCULAR ATIVIDADES...

Leia mais

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico)

Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular. Manual do sistema (Médico) Programa de Hematologia e Oncologia Pediátricos Diagnóstico Imunomolecular Manual do sistema (Médico) ÍNDICE 1. O sistema... 1 2. Necessidades técnicas para acesso ao sistema... 1 3. Acessando o sistema...

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

MANUAL VERSÃO 4.14 0

MANUAL VERSÃO 4.14 0 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 1. O QUE É O EOL?... 2 2. ACESSANDO O EOL... 2 3. TELA INICIAL... 3 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 8 7. EXAMES

Leia mais

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB SUMÁRIO 1. ACESSANDO PELA PÁGINA DEFAULT... 3 2. ACESSANDO PELA PÁGINA DE LOGIN... 3 3. ACESSANDO PELO MENU PRINCIPAL... 4 3.1. EFETUAR CADASTRO... 5 3.2. ALTERAR CADASTRO...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES

MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES MANUAL HELP-DESK DATACOM AUTOMAÇÕES Esse Manual tem como objetivo explicar todas as funções do novo sistema de abertura de chamados da Datacom Automações. Esse novo programa facilitará o atendimento entre

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO]

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Premissas... 4 4. Acesso ao Sistema de Seguros... 4 5. Página principal do sistema...

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

PASSO A PASSO SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE

PASSO A PASSO SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE PASSO A PASSO SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE ABRIL, 2008 Atualizado em: 06/04/2008 17:24 1 Índice Acessando o sistema... 3 Efetuando login no sistema... 5 Página principal... 6 Criando a requisição... 7

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual

Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Este arquivo está disponível em: http://www.unesc.net/diario/manual Diário On-line Apresentação ----------------------------------------------------------------------------------------- 5 Requisitos Básicos

Leia mais

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015 Versão 10/04/2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 ACESSANDO O SISTEMA... 04 CONSULTA DE VAGAS... 06 CRIAR SOLICITAÇÃO PARA REMOÇÃO 2015... 09 PREENCHENDO A COMARCA/FORO... 10 ALTERANDO A SOLICITAÇÃO CADASTRADA...

Leia mais

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA 1 Acessar o endereço www.unafiscosaude.org.br, no menu Credenciados>Prestadores odontológicos>se deseja acessar o Sistema Facgto clique aqui. 1.2

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI)

Sistema de Controle de Processos ON-LINE-Versão 1.0 Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) Unidade Municipal de Tecnologia da Informação (UMTI) O SISTEMA DE CONTROLE DE PROCESSOS ON-LINE O Sistema de Controle de Processos ON-LINE é um Sistema de Protocolo desenvolvido pela da que tem como finalidade gerenciar os processos e solicitações de serviços

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6.

OBJETIVO 1 ACESSANDO O SISTEMA 2 - TELA PRINCIPAL 3 MÓDULO ETIQUETAS 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS 5 ANEXAR DOCUMENTOS 6 MENU TRÂMITE 6. Sumário OBJETIVO... 2 1 ACESSANDO O SISTEMA... 3 2 - TELA PRINCIPAL (Painel de Controle)... 4 3 MÓDULO ETIQUETAS... 4 4 - CADASTRAR DOCUMENTOS... 7 5 ANEXAR DOCUMENTOS... 15 6 MENU TRÂMITE... 18 6.1 RECEBER

Leia mais

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online Manual do Usuário Introdução O Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online permite ao Criador e ao Inspetor proceder a todas providencias para que um

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE IX Envio das Informações e documentos para o TCE VERSÃO 2015 Novembro

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual do Usuário Programa de Avaliação de Desempenho PROAD Versão 1.0 02/09/2009 Índice 1. Introdução 2. Plataforma

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Passo a Passo Créditos Adicionais Digite o endereço no seu navegador de internet: www.spmd.maceio.al.gov.br/sisplagem/asp

Passo a Passo Créditos Adicionais Digite o endereço no seu navegador de internet: www.spmd.maceio.al.gov.br/sisplagem/asp 1 2 Passo a Passo Créditos Adicionais Digite o endereço no seu navegador de internet: www.spmd.maceio.al.gov.br/sisplagem/asp Para acessar ao sistema DIGITE CPF E SENHA. Clique em ENVIAR para entrar. Depois

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa

Manual do Usuário. Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa Manual do Usuário Sistema de Gerenciamento de Projetos de Pesquisa Ministério da Educação Fundação Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação Aplicadas

Leia mais

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA,

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, EXCETO BANCO DO BRASIL 1. ACESSO AO SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS (SGP/MPME) O acesso ao Sistema de Garantias Públicas SGP/MPME é feito através do site da ABGF

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

2. Faça o login com o e-mail e senha pessoal [1] (estes podem ser obtidos junto ao Serviço Técnico de informática - STI)

2. Faça o login com o e-mail e senha pessoal [1] (estes podem ser obtidos junto ao Serviço Técnico de informática - STI) 1. Conecte-se ao Sistema Administrativo da Unesp Link: https://sistemas.unesp.br/sentinela/login.open.action 2. Faça o login com o e-mail e senha pessoal [1] (estes podem ser obtidos junto ao Serviço Técnico

Leia mais

Importação de Dados para o Educacenso 2013

Importação de Dados para o Educacenso 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS Importação de Dados para o Educacenso 2013 Objetivo Apresentar a forma

Leia mais

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes Manual Sistema Proac Editais Dúvidas Frequentes Conteúdo 1. Acesso ao sistema... 3 1.1. Como efetuar Login... 3 1.2. Como recuperar a Senha... 3 1.3. Como fazer um Novo Cadastro de Proponente... 4 1.4.

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0

SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 SISADI MÓDULO GERAL Via Inquilino Manual versão 2.0.0 Autoria Cristiane Caldeira Mendes Belo Horizonte 2013 Índice Introdução... 3 Objetivo... 3 Considerações Gerais... 3 Glossário de Ícones, Botões e

Leia mais

Tutorial Ouvidoria. Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante

Tutorial Ouvidoria. Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante Tutorial Ouvidoria Acesso, Utilização, Visualização das Manifestações e Resposta ao Manifestante Como acessar a Ouvidoria? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar

Leia mais

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno

Coordenação de Estágio Integrado. Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno Coordenação de Estágio Integrado Instruções para o cadastro da contratação de estágio pelo Aluno 7 de Novembro de 04 Acesso ao SGE Ao efetuar o login no Sistema de Gestão Acadêmico (SGA), acesse a aba

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2015 ACESSO SELEÇÃO DE RA SELEÇÃO DO PRODUTO CARRINHO DE COMPRAS FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA TIPO DE FRETE INFORMAÇÃO DE PAGAMENTO PAGAMENTO CARTÃO DE CRÉDITO PAGAMENTO BOLETO

Leia mais

Tutorial de utilização do Sistema de Ordem de Serviço SISORD. Para utilizar o sistema, acesse o endereço https://producao.cedaf.ufv.

Tutorial de utilização do Sistema de Ordem de Serviço SISORD. Para utilizar o sistema, acesse o endereço https://producao.cedaf.ufv. Tutorial de utilização do Sistema de Ordem de Serviço SISORD Para utilizar o sistema, acesse o endereço https://producao.cedaf.ufv.br/sisordcaf Automaticamente será mostra a tela de login dos sistemas

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

PORTAL DO ALUNO - MANUAL

PORTAL DO ALUNO - MANUAL SUMÁRIO 1. Sobre o Portal do Aluno... 2 2. Acessar o Portal do Aluno... 2 2.1. Acessar o Portal... 2 2.2. Recuperação de senha... 3 2.3.1. Recuperação automática de senha por e-mail... 4 2.3.2. Recuperação

Leia mais

Utilização do Webmail da UFS

Utilização do Webmail da UFS Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Utilização do Webmail da UFS Procedimento Com o intuito de facilitar a execução dos passos, este tutorial

Leia mais

Parte I CADASTRO DE SACADO

Parte I CADASTRO DE SACADO Sicoob Coopercred Módulo Cedente Manual do Usuário (versão 2) ÍNDICE Parte I Cadastro de Sacado... 1 Parte II Emissão de Títulos... 1 Emitindo título com registro... 2 Emitindo título sem registro... 3

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

HELP Fornecedores ATENÇÃO!!! IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9.

HELP Fornecedores ATENÇÃO!!! IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9. HELP Fornecedores IMPORTANTE: o acesso ao SIGA só poderá ser feito através do navegador Internet Explorer, versões 6 a 9. ATENÇÃO!!! Se a versão do seu navegador Internet Explorer for superior a 9, siga

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais