MA14 - Aritmética Lista 1. Unidades 1 e 2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MA14 - Aritmética Lista 1. Unidades 1 e 2"

Transcrição

1 MA14 - Aritmética Lista 1 Unidades 1 e 2 Abramo Hefez PROFMAT - SBM 05 a 11 de agosto 2013

2 Unidade 1 1. Mostre, por indução matemática, que, para todo n N {0}, a) 8 3 2n + 7 b) 9 10 n n Mostre que, para todo n N {0}, a) n n+2 b) n n+1 c) n n+1 3. Sejam a, b Z. a) Se a b, mostre que, para todo n N, n 2, a n b n a b = an 1 + a n 2 b + + ab n 2 + b n 1. b) Se a + b 0, mostre que, para todo n N, a 2n+1 + b 2n+1 = a 2n a 2n 1 b + ab 2n 1 + b 2n. a + b c) Se a + b 0, mostre que para todo n N, a 2n b 2n a + b = a 2n 1 a 2n 2 b + + ab 2n 2 b 2n 1. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 1 - Unidades 1 e 2 slide 2/5

3 Unidade 1 - Continuação 4. Para quais valores de a N a) a 2 a 3 + 4? b) a + 3 a 3 3? c) a + 2 a 4 + 2? d) a + 2 a 4 + 2a 3 + a 2 + 1? 5. Mostre que, para todos a, m, n Z, m > n 0 = a 2n + 1 a 2m Mostre, para todo n N, que n 2 (n + 1) n Mostre, para todo a Z, que a) 2 a 2 a b) 3 a 3 a c) 5 a 5 a d) 7 a 7 a PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 1 - Unidades 1 e 2 slide 3/5

4 Unidade 2 1. a) Mostre que um número natural a é par se, e somente se, a n é par, qualquer que seja n N. b) Mostre que a n ± a m é sempre par, quaisquer que sejam n, m N. c) Mostre que, se a e b são ímpares, então a 2 + b 2 é divisível por 2 mas não divisível por Quais são os números que, quando divididos por 5, deixam resto igual a) à metade do quociente? b) ao quociente? c) ao dobro do quociente? d) ao triplo do quociente? 3. Seja n um número natural. Mostre que um, e apenas um, número do terno abaixo é divisível por 3. n, n + 10, n + 23 PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 1 - Unidades 1 e 2 slide 4/5

5 Unidade 2 - Continuação 4. a) Mostre que, se um número a não é divisível por 3, então a 2 deixa resto 1 na divisão por 3. b) A partir desse fato, prove que, se a e b são inteiros tais que 3 divide a 2 + b 2, então a e b são divisíveis por O resto da divisão do inteiro N por 20 é 8. Qual é o resto da divisão de N por 5? 6. Ache o menor múltiplo de 5 que deixa resto 2 quando dividido por 3 e por 4. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 1 - Unidades 1 e 2 slide 5/5

6 MA14 - Aritmética Lista 2 Unidades 3 e 4 Abramo Hefez PROFMAT - SBM 12 a 18 de agosto 2013

7 Unidade 3 1. Um certo número de três algarismos na base 10 aumenta de 36 se permutarmos os dois algarismos da direita, e diminui de 270 se permutarmos os dois algarismos da esquerda. O que acontece ao número se permutarmos os dois algarismos extremos? 2. Critério de divisibilidade por uma potência de 2 Seja dado um número a, representado na base 10 por a = a n a n 1... a 0. Usando o fato de que 2 k 10 k, mostre que 2 k divide a se, e somente se, o número a k 1... a 1 a 0 é divisível por 2 k. Em particular, a é divisível por 2 se, e somente se, a 0 é 0, 2, 4, 6 ou 8; também, a é divisível por 4 se, e somente se, a 1 a 0 é divisível por Escolha um número abc de três algarismos no sistema decimal, de modo que os algarismos das centenas a e o das unidades c difiram de, pelo menos, duas unidades. Considere os números abc e cba e subtraia o menor do maior, obtendo o número xyz. A soma de xyz com zyx vale Justifique esse fato. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 2 - Unidades 3 e 4 slide 2/5

8 Unidade 3 - Continuação 4. Seja dado o número na base 10; escreva-o nas seguintes bases: 2, 7, 12 e O número está na base 7; escreva-o nas bases 5 e Um número na base 10 escreve-se 37; em que base escrever-se-á 52? 7. Considere 73 na base 10; em que base ele escrever-se-á 243? 8. Escreva a tabuada na base 5. Use-a para calcular [132] 5 + [413] 5 e [23] 5 [342] Utilize o método do Exemplo 4.10 para calcular PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 2 - Unidades 3 e 4 slide 3/5

9 Unidade 3 - Continuação 10. Escreva: a) O número 2 n 1 na base 2. b) O número bn 1 b 1 na base b. 11. Sendo a = [a n... a 1 a 0 ] b, mostre que o número a (a a n ) é divisível por b 1. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 2 - Unidades 3 e 4 slide 4/5

10 Unidade 4 1. Determine, em cada caso apresentado abaixo, se a posição é segura ou insegura. a) b) c) d) 2. Determine qual das seguintes situações iniciais no Jogo de Nim permite ao primeiro jogador traçar uma estratégia vencedora. a) (12, 14, 15), b) (7, 9, 14), c) (7, 9, 15, 17). Em tal caso faça uma jogada que lhe será favorável. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 2 - Unidades 3 e 4 slide 5/5

11 MA14 - Aritmética Lista 3 Unidades 5 e 6 Abramo Hefez PROFMAT - SBM 19 a 25 de agosto 2013

12 Unidade 5 1. Para cada par de números naturais a e b dados abaixo, ache (a, b) e determine números inteiros m e n tais que (a, b) = ma + nb. a) 637 e b) 648 e c) 551 e 874 d) e Seja n N. Mostre que a) (n, 2n + 1) = 1; b) (n + 1, n 2 + n + 1) = 1; c) (2n + 1, 9n + 4) = 1; d) (n! + 1, (n + 1)! + 1) = Mostre que (a, a 2 + na + b) b, quaisquer que sejam a, b, n N. 4. Seja dado a Z \ { 1}. a) Se m N, mostre que ( a 2m ) 1 a + 1, a + 1 = (a + 1, 2m). PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 3 - Unidades 5 e 6 slide 2/6

13 Unidade 5 - Continuação b) Se m N {0}, mostre que ( a 2m a + 1 ), a + 1 = (a + 1, 2m + 1). 5. Calcule ( 3 a) 40 ) , 35 1 ( 2 40 ) + 1 c) , ( b) 6 d) ), 6 ( , ). 6. Sejam a e n números naturais com a 1. Mostre que (a 1) 2 a n 1 a 1 n. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 3 - Unidades 5 e 6 slide 3/6

14 Unidade 6 1. Sejam a, b, d Z com d 0. Mostre que se I (a, b) = dz, então d = (a, b). 2. Mostre que a) se (a, b) = 1, a c e b c, então ab c. b) se (a, b) = 1, então (ac, b) = (c, b). c) (ac, b) = 1 se, e somente se, (a, b) = (c, b) = 1. d) (a, b) = (a, d) = (c, b) = (c, d) = 1 se, e somente se, (ac, bd) = 1. e) se (a, b) = 1, então (a n, b m ) = 1, para todos n, m N {0}. 3. Para todos a, b Z e todo n N, mostre que (a n, b n ) = (a, b) n. 4. a) Mostre que, se n é ímpar, então n(n 2 1) é divisível por 24. b) Mostre que 24 divide n(n 2 1)(3n + 2) para todo n N. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 3 - Unidades 5 e 6 slide 4/6

15 Unidade 6 - Continuação 5. a) Mostre que n 5 n é divisível por 30. b) Mostre que n 5 e n possuem o mesmo algarismo das unidades. 6. Mostre que se a e b não são ambos nulos, então a bc se, e a somente se, (a, b) c. 7. Sejam a e b dois números inteiros com (a, b) = 1. a) Mostre que (b + a, b a) é 1 ou 2. b) Mostre que (a + b, a 2 + b 2 ) é 1 ou Mostre que, se a, b, x, y Z, com ax + by = (a, b), então, (x, y) = Sejam a e b dois números naturais com (a, b) = 1. Mostre que a b se é par. então é ímpar. Vale a recíproca? (a, b) (a, b) PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 3 - Unidades 5 e 6 slide 5/6

16 Unidade 6 - Continução 10. Um prédio possui duas escadarias, uma delas com 780 degraus e a outra com 700 degraus. Sabendo que os degraus das duas escadas só estão no mesmo nível quando conduzem a um andar, descubra quantos andares tem o prédio. 11. Calcule (1 116, 984, 855). 12. Mostre que se três números inteiros são tais que dois deles são coprimos, então eles são coprimos. Mostre que não vale a recíproca; isto é, exiba três números inteiros coprimos mas que não são dois a dois coprimos. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 3 - Unidades 5 e 6 slide 6/6

17 MA14 - Aritmética Lista 4 Unidades 7 e 8 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

18 Unidade 7 1. Calcule o mmc dos pares de números: a) 38, 46; b) 35, 75; c) 235, a) Mostre que [ca, cb] = c [a, b]. b) Se m é um múltiplo comum positivo de a e b, mostre que ( m m = [a, b] a, m ) = 1. b c) Se r e s não são nulos e ra = sb > 0, mostre que ra (r, s) = sb = [a, b]. (r, s) 3. Sejam a, b, c três números naturais. Mostre que abc = [a, b, c](ab, ac, bc). PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 2/7

19 Unidade 7 - Continuação 4. Seja n N; calcule [n 2 + 1, n + 1]. 5. Mostre que a) (a, b) = [a, b] a = b, a, b N. b) [a n, b n ] = [a, b] n, a, b Z, n N. 6. Sejam a, b Z ambos não nulos. Considere o conjunto M(a, b) = az bz = {x Z; m, n Z tais que x = ma e x = nb}. a) Mostre que [a, b] = min (M(a, b) N). b) Mostre que M(a, b) = [a, b]z. 7. Sejam d, m N. Mostre que uma condição necessária e suficiente para que existam a, b Z tais que (a, b) = d e [a, b] = m é que d m. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 3/7

20 Unidade 7 - Continuação 8. Sejam a 1,..., a n Z \ {0}. Mostre que (a i, a j ) = 1, i j [a 1,..., a n ] = a 1 a n. 9. Mostre que [a 1, a 2,..., a n 1, a n ] = [[a 1, a 2,..., a n 1 ], a n ]. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 4/7

21 Unidade 8 1. Resolva em Z as equações: a) 90X + 28Y = 22 b) 50X 56Y = 74 c) 40X 65Y = 135 d) 8X 13Y = Para quais valores de c em N a equação 10X + 14Y = c não possui soluções em N {0}? 3. Resolva em N {0} as equações: a) 16X + 7Y = 601 b) 30X + 17Y = 201 c) 47X + 29Y = 1288 d) 8X + 13Y = Dispondo de R$100, 00, quais são as quantias que se podem gastar comprando selos de R$5, 00 e de R$7, 00? 5. Determine os múltiplos naturais de 11 e de 9 cuja soma é igual a a) 79 b) 80 c) Determine o menor inteiro positivo que tem restos 11 e 35 quando dividido, respectivamente, por 37 e 48. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 5/7

22 Unidade 8 - Continuação 7. Numa criação de coelhos e galinhas, contaram-se 400 pés. Quantas são as galinhas e quantos são os coelhos, sabendo que a diferença entre esses dois números é a menor possível? 8. Subindo uma escada de dois em dois degraus, sobra um degrau. Subindo a mesma escada de três em três degraus, sobram dois degraus. Determine quantos degraus possui a escada, sabendo que o seu número é múltiplo de 7 e está compreendido entre 40 e (ENC 2002) Em certo país, as cédulas são de $4 e $7. Com elas, é possível pagar, sem troco, qualquer quantia inteira a) a partir de $11, inclusive. b) a partir de $18, inclusive. c) ímpar, a partir de $7, inclusive. d) que seja $1 maior do que um múltiplo de $3. e) que seja $1 menor do que um múltiplo de $5. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 6/7

23 Unidade 8 - Continuação 10. De quantas maneiras pode-se comprar selos de R$3, 00 e de R$5, 00 de modo que se gaste R$50, 00? 11. Sejam a 1, a 2,..., a n, c Z. Mostre que a equação a 1 X 1 + a 2 X a n X n = c possui soluções inteiras se, e somente se, (a 1, a 2,..., a n ) c. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 4 - Unidades 7 e 8 slide 7/7

24 MA14 - Aritmética Lista 5 Unidades 10 e 11 Abramo Hefez PROFMAT - SBM 9 a 15 de setembro 2013

25 Unidade Sejam a, m, n N, a > 1. Mostre que a n 1 a m 1 se, e somente se, n m. 2. Sejam n, m N com n m e m n (a m + 1, a n + 1) = a n Sejam a, m, n N, com m > n. Mostre que ( a 2 m 1, a 2n + 1 ) = a 2n + 1. ímpar. Se a N, mostre que 4. Calcule a) ( , ) b) ( , ) c) ( , ) PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 5 - Unidades 10 e 11 slide 2/4

26 Unidade 10 - Continuação 5. Seja (M n ) n a sequência definida por M n = 2 n 1. Mostre que a) 3 M n se, e somente se, n é par. b) 5 M n se, e somente se, n é múltiplo de 4. c) 9 M n se, e somente se, n é múltiplo de 6. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 5 - Unidades 10 e 11 slide 3/4

27 Unidade Mostre que, se na sequência de Fibonacci existir um termo divisível por um número natural m, então, existem infinitos tais termos. 2. Na sequência de Fibonacci, mostre que a) u m é par se, e somente se, m é divisível por 3. b) u m é divisível por 5 se, e somente se, m é divisível por 5. c) u m é divisível por 13 se, e somente se, m é divisível por Na sequência de Fibonacci, mostre que a) u m é divisível por 21 sempre que m for divisível por 8. b) u m é divisível por 8 sempre que m for divisível por 6. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 5 - Unidades 10 e 11 slide 4/4

28 MA14 - Aritmética Lista 6 Unidades 12 e 13 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

29 Unidade Ache os possíveis valores de n, m N {0} de modo que o número 9 m 10 n tenha: a) 27 divisores b) 243 divisores. 2. Qual é a forma geral dos números naturais que admitem: a) um só divisor além de 1 e dele próprio? b) um número primo de divisores? 3. Sejam a, b N, com (a, b) = 1. Mostre que, se ab é um quadrado, então a e b são quadrados. Generalize para ab uma potência r-ésima. 4. Seja m N. Pode o número m(m + 1) ser a sétima potência de um número natural? (Generalize.) 5. (ENC-2002) Qual é o menor valor do número natural n que torna n! divisível por 1000? 6. Mostre que a soma de todos os números naturais menores ou iguais a n divide o seu produto se, e somente se, n + 1 é composto. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 6 - Unidades 12 e 13 slide 2/5

30 Unidade 12 - Continuação 7. Usando a caracterização de mdc e mmc de dois números naturais a e b através da fatoração em primos desses números, prove que (a, b)[a, b] = ab. 8. Mostre que todo número primo p > 2 escreve-se de modo único como diferença de dois quadrados. 9. Seja p > 1 um número natural com a seguinte propriedade: Se p divide o produto de dois números naturais quaisquer, então p divide um dos fatores. Mostre que p é necessariamente primo. 10. Mostre que, se n e m são dois números naturais não nulos tais que (n, m) = 1, então d(nm) = d(n)d(m). 11. Mostre que, se n é composto, então o n-ésimo número de Fibonacci u n é composto. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 6 - Unidades 12 e 13 slide 3/5

31 Unidade Mostre que 42 a 7 a para todo número natural a. 2. Ache o resto da divisão de 12 p 1 por p quando p é primo. 3. Mostre que, para todo n N, é natural o número 3 5 n n n. 4. Mostre que, para todo n N, 15 3n 5 + 5n 3 + 7n. 5. Seja n N. Mostre que a) Se 5 n, 5 n 1, 5 n + 1, então 5 n b) Se 7 n, 7 n 1, 7 n 3 + 1, então 7 n 2 + n Sejam a N. Mostre que 7 a 18 1, se (a, 7) = 1. Generalize. 7. Um terno de primos é dito de primos trigêmeos se for da forma p, p + 2 e p + 4. Mostre que 3, 5 e 7 é o único terno de primos trigêmeos. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 6 - Unidades 12 e 13 slide 4/5

32 Unidade 13 - Continuação 8. Mostre que a 12 b 12 é divisível por 13, se a e b são primos com 13. Mostre também que é divisível por 91, se a e b são primos com 91. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 6 - Unidades 12 e 13 slide 5/5

33 MA14 - Aritmética Lista 7 Unidades 15 e 16 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

34 Unidade 15 Problemas 1.1 a 1.7 do Capítulo 8, Seção 1. Unidade 16 Problemas 2.1 a 2.6 do Capítulo 8, Seção 2. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 7 - Unidades 15 e 16 slide 2/2

35 MA14 - Aritmética Lista 8 Unidades 17 e 18 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

36 Unidade 17 - Capítulo 8, Seção Ache a decomposição em fatores primos de 50! e determine com quantos zeros termina esse número a) Ache as maiores potências de 2 e de 5 que dividem 1000!. b) Determine com quantos zeros termina o número 1000!. c) Ache a maior potência de 104 que divide 1000!. d) Ache o menor número natural n tal que 5 7 n!. ( ) (Profmat 2011) É possível repartir exatamente 528 objetos entre 49 pessoas? Mostre que não há nenhum número natural n tal que 3 7 seja a maior potência de 3 que divida n! Mostre que, se m, n N são tais que (m, n) = 1, então, (m + n 1)! m!n! N. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 2/7

37 8.3.6 a) Mostre que, para todo n N, tem-se que 2 n n!. b) Mostre que 2 n 1 n! se, e somente se, existe m N tal que n = 2 m. c) Determine todos os números naturais n tais que 2 n 2 n!. d) Se r N, determine todos os números naturais n tais que 2 n r n! Sejam n, m N; mostre que (nm)! é divisível por [(n!) m, (m!) n ] Para todo n N, mostre que (n!) (n 1)! divide (n!)! Seja m, n N, com n m 1. Mostre que é inteiro o número ( ) (n, m) n n m PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 3/7

38 Exercícios Suplementares 8.S.1 Mostre que 2 n divide (2n)!. Mostre que, geralmente, o produto de 2n números naturais consecutivos é divisível por 2 n. 8.S.2 Mostre que 2 n (n + 1)(n + 2) (2n), mas 2 n+1 (n + 1)(n + 2) (2n). 8.S.3 Mostre que n!2 n 3 n divide (3n)!. ( ) 8.S.4 Se 1 r p n p n com E p (r) = k, mostre que é divisível r por p n k, mas não por p n k+1. 8.S.5 Mostre que , mas que PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 4/7

39 Unidade 18 - Capítulo 9, Seção Sejam a, p N, com p primo. Mostre que, se a 2 1 mod p, então a 1 mod p ou a 1 mod p Ache o resto da divisão a) de 7 10 por 51 b) de por 11 c) de 5 21 por 127 d) de por 17 e) de ( ) 21 por 8 f) de por 3 g) de 1! + 2! + + (10 10 )! por (ENC 98) O resto da divisão de por 5 é: (A) 0 (B) 1 (C) 2 (D) 3 (E) Para todo n N, mostre que a) 101 6n 1 é divisível por 70; b) 19 8n 1 é divisível por Determine o resto da divisão por 7 do número a) b) c) d) PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 5/7

40 9.1.6 Determine o resto da divisão por 4 do número a) b) Determine o algarismo das unidades do número Ache os algarismos das centenas e das unidades do número Mostre, para todo n N, que a) 10 2n 1 mod 11 b) 10 2n+1 1 mod (ENC 2000) Se x 2 1 mod 5, então, (A) x 1 mod 5 (B) x 2 mod 5 (C) x 4 mod 5 (D) x 1 mod 5 ou x 4 mod 5 (E) x 2 mod 5 ou x 4 mod 5 PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 6/7

41 Suponha que m = p α 1 1 pαr r. Mostre que a b mod m a b mod p α i i, i = 1,..., r Ache o menor número natural que deixa restos 5, 4, 3 e 2 quando dividido, respectivamente, por 6, 5, 4 e Mostre que a soma dos quadrados de quatro números naturais consecutivos nunca pode ser um quadrado. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 8 - Unidades 17 e 18 slide 7/7

42 MA14 - Aritmética Lista 9 Unidades 19 e 20 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

43 Unidade 19 - Capítulo 9, Seção a) Usando o fato de que 100 é divisível por 4, 25 e 100, ache critérios de divisibilidade por 4, 25 e 100. b) Considerando que 1000 é divisível por 8, 125 e 1000, ache critérios de divisibilidade por 8, 125 e Mostre que um número natural na base 10 é divisível por 6 se, e somente se, a soma do algarismo da unidade com o quádruplo de cada um dos outros algarismos é divisível por Usando o fato de que mod 7, mod 11, mod 13, prove o seguinte critério de divisibilidade por 7, 11 e 13: Um número natural n = n r... n 2 n 1 n 0, escrito na base 10, é divisível por 7, 11 ou 13, se, e somente se, n 2 n 1 n 0 n 5 n 4 n 3 + n 8 n 7 n 6 n 11 n 10 n mod 7, n 2 n 1 n 0 n 5 n 4 n 3 + n 8 n 7 n 6 n 11 n 10 n mod 11 e PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 2/9

44 9.2.4 Analisando a tabela do Exemplo 2.14 (do livro texto), determine os números de Fibonacci que são divisíveis por 8, por 11, por 13 ou por Mostre que um número da forma a n = 2 n 1 (2 n 1) para n > 2 é congruente a 1 módulo 9. Conclua que todo número perfeito par maior do que 6, assim como a soma de seus algarismos, é da forma 9k + 1. Sugestão. Utilize as fórmulas do Problema e indução Mostre que se n 2, então o número de Fermat F n tem algarismo da unidade igual a a) Mostre que para todo n 1 tem-se que F n 5 mod 12. b) Mostre que nenhum número de Fermat pode ser um quadrado ou um cubo. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 3/9

45 9.2.8 Seja a N com a > 1. Considere a sequência α(a, n) = an 1 a 1. a) Mostre que α(a, n) 0 mod (a 1) se, e somente se, a 1 n. b) Mostre que α(a, n) 0 mod (a + 1) se, e somente se, n é par. c) Enuncie esses resultados para a = 10. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 4/9

46 Unidade 20 - Capítulo 10, Seções 1 e Ache o resto da divisão de a) 5 60 por 26 b) por Mostre que, se m > 2, então ϕ(m) é par Mostre que, se p é um número primo, então, para todo a Z e para todo k N, tem-se que a k(p 1)+1 a mod p a) Mostre que (i, m) = 1 1 i < m i = 1 2 m ϕ(m). b) Mostre que, se m 1,..., m ϕ(m) é um sistema reduzido de resíduos módulo m, então m divide m m ϕ(m). PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 5/9

47 Resolva em m N as equações a) ϕ(m) = 12 b) ϕ(m) = 8 c) ϕ(m) = 16 d) ϕ(m) = Supondo que (a, m) = (a 1, m) = 1, mostre que 1 + a + a a ϕ(m) 1 0 mod m Mostre que, se ϕ(m) = 2 r, para algum r N, então m é um produto de uma potência de 2 e de primos de Fermat distintos. Essa equação aparece na resolução dada por Gauss do problema clássico da construtibilidade com régua e compasso dos poĺıgonos regulares inscritos numa circunferência Supondo que (m, n) = 1, mostre que m ϕ(n) + n ϕ(m) 1 mod nm. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 6/9

48 Sejam a, m Z, com m > 1, tais que (a, m) = 1. Mostre que, se n 1 n 2 mod ϕ(m), então a n 1 a n 2 mod m Mostre que 2730 n 13 n, para todo n Z Sejam a Z e n, r N, com (r, n) = 1. Mostre que no conjunto {a, a + r,..., a + (n 1)r }, há exatamente ϕ(n) números primos com n Quais são os possíveis restos da divisão de a 100, onde a Z, quando dividido por 125? PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 7/9

49 Mostre que o número primo p é o menor inteiro maior do que 1 que divide o número (p 1)! Mostre que, se p > 2 é um número primo, então a) p (p 2)! 1 b) p (p 3)! (p 1)/ Seja p > 3 um número primo. a) Mostre que p! e (p 1)! 1 são primos entre si. b) Prove que, se n N e n (p 1)! 1 mod p!, então os p 2 inteiros que precedem n e os p inteiros que sucedem n são compostos Seja p um número primo e a N. Mostre que a) a p + (p 1)!a 0 mod p b) (p 1)!a p + a 0 mod p Seja p um número primo tal que p 3 mod 4. Mostre que [( ) p 1 2!] 1 mod p. 2 PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 8/9

50 Seja p um número primo ímpar e seja N = (p 2). Mostre que N 1 mod p ou N 1 mod p Seja p um número primo ímpar. Mostre que a) (p 2) (p 1) 2 mod p; b) se p 1 mod 4, então (p 1) 2 1 mod p; c) se p 3 mod 4, então (p 1) 2 1 mod p. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 9 - Unidades 19 e 20 slide 9/9

51 MA14 - Aritmética Lista 10 Unidades 21 e 22 Abramo Hefez PROFMAT - SBM

52 Unidade 21 - Capítulo 11, Seções 1 e Pode o dobro de um número natural deixar resto igual a 9 quando dividido por 26? E quando dividido por 25? Resolva, quando possível, as congruências: a) 3X 5 mod 7; b) 6X 21 mod 18; c) 12X 36 mod 28; d) 12X 36 mod 28; e) 151X 11 mod Seja p um número primo e seja a um número inteiro tal que p a. Mostre que a única solução módulo p da congruência ax b mod p é x = a p 2 b Sejam a, m Z, com m > 2 e (a, m) = 1. Mostre que a única solução módulo m da congruência ax b mod m é x = a ϕ(m) 1 b Mostre que a congruência X mod 7 não possui soluções. Conclua que a equação X 2 7Y 2 14X + 7Y 6 = 0 não admite soluções inteiras. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 2/7

53 Ache todos os números inteiros que deixam restos 2, 3 e 4 quando divididos por 3, 4 e 5, respectivamente Ache o menor número natural que deixa restos 1, 3 e 5 quando dividido por 5, 7 e 9, respectivamente Dispomos de uma quantia de x reais menor do que Se distribuirmos essa quantia entre 11 pessoas, sobra R$1, 00; se a distribuirmos entre 12 pessoas, sobram R$2, 00 e se a distribuirmos entre 13 pessoas, sobram R$3, 00. De quantos reais dispomos? Um macaco, ao subir uma escada de dois em dois degraus, deixa de sobra um degrau; ao subir de três em três degraus, sobram dois degraus; e ao subir de cinco em cinco degraus, sobram três degraus. Quantos degraus possui a escada, sabendo que o número de degraus está entre 150 e 200? Resolva o sistema: 3X 1 mod 7, 5X 2 mod 11, 4X 3 mod 13. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 3/7

54 Levando em consideração que 2275 = , resolva a congruência 3X 11 mod Resolva o sistema: X 2 mod 3, X 3 mod 4, X 4 mod 5, X 5 mod Resolva o sistema: X 2 mod 3, X 3 mod 4, X 4 mod 5, X 2 mod (Yi Shing, aprox. 700d.C.) Ache os inteiros que deixam restos 1, 2, 5 e 5 quando divididos respectivamente por 2, 3, 6 e Sejam F 1,..., F n os n primeiros números de Fermat. Mostre que existe um número natural N tal que F i divide N + i 1 para i = 1,..., n. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 4/7

55 Unidade 22 - Capítulo 11, Seção Seja {a 1,..., a m } um sistema completo de resíduos módulo m. a) Mostre que se a é um inteiro, então {a 1 + a,..., a m + a} é um sistema completo de resíduos módulo m. b) Se (a, m) = 1, então {a a 1,..., a a m } é um sistema completo de resíduos módulo m. Mostre que vale a recíproca. c) Se p é primo e a um inteiro que não é múltiplo de p, mostre que a p 1 1 mod p (Pequeno Teorema de Fermat). d) Mostre que se (r, m) = 1, então {a, a + r,..., a + (m 1)r} é um sistema completo de resíduos módulo m. Sugestão. (para c) Considere os dois sistemas completos de resíduos mod p: {0, 1,..., p 1} e {0, a 1,..., a(p 1)} e note que 1 (p 1) a p 1 1 (p 1) mod p. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 5/7

56 Construa as tabelas da adição e da multiplicação para Z 6 e Z Ache os elementos invertíveis de Z 6, Z 7, Z 8 e Z Ache os inversos de a) [5] em Z 6 b) [3], [4] e [5] em Z 7 c) [3], [5], e [7] em Z 8 d) [5], [4] e [8] em Z 9 e) [1 951] em Z f) [3], [5] e [7] em Z a) Seja {a 1,..., a ϕ(m) } um sistema reduzido de resíduos módulo m. Mostre que se (a, m) = 1, então {a a 1,..., a a ϕ(m) } é um sistema reduzido de resíduos módulo m. b) Utilize o item anterior para dar uma outra demonstração do Teorema de Euler. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 6/7

57 Considere Z m para m > 2. Mostre que (a) Z m tem um número par de elementos invertíveis; (b) se [a] é invertível, então [a] é invertível e [a] [a]. (c) Mostre que a soma dos elementos invertíveis de Z m é igual a [0]. (d) Mostre que a soma de todos os elementos de um sistema reduzido qualquer de resíduos módulo m é sempre múltiplo de m (Enade 2008) No anel dos inteiros módulo 12, R = Z 12, (A) não há divisores de zero. (B) todo elemento não nulo é invertível. (C) o subconjunto dos elementos invertíveis forma um subanel de R. (D) a multiplicação não é comutativa. (E) há exatamente quatro elementos invertíveis. PROFMAT - SBM Aritmética - Lista 10 - Unidades 21 e 22 slide 7/7

MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 1 Resumo. Congruências

MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 1 Resumo. Congruências MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 1 Resumo Congruências Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio do assunto.

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 22 Resumo. Aritmética das Classes Residuais

MA14 - Aritmética Unidade 22 Resumo. Aritmética das Classes Residuais MA14 - Aritmética Unidade 22 Resumo Aritmética das Classes Residuais Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio

Leia mais

ALGORITMO DE EUCLIDES

ALGORITMO DE EUCLIDES Sumário ALGORITMO DE EUCLIDES Luciana Santos da Silva Martino lulismartino.wordpress.com lulismartino@gmail.com PROFMAT - Colégio Pedro II 25 de agosto de 2017 Sumário 1 Máximo Divisor Comum 2 Algoritmo

Leia mais

MATEMÁTICA 1 MÓDULO 2. Divisibilidade. Professor Matheus Secco

MATEMÁTICA 1 MÓDULO 2. Divisibilidade. Professor Matheus Secco MATEMÁTICA 1 Professor Matheus Secco MÓDULO 2 Divisibilidade 1. DIVISIBILIDADE 1.1 DEFINIÇÃO: Dizemos que o inteiro a é divisível pelo inteiro b (ou ainda que a é múltiplo de b) se existe um inteiro c

Leia mais

Matemática Discreta. Introdução à Teoria de Números - Exercícios 1 o ano /2011

Matemática Discreta. Introdução à Teoria de Números - Exercícios 1 o ano /2011 Lic. em Ciências da Computação Matemática Discreta Introdução à Teoria de Números - Exercícios 1 o ano - 2010/2011 1. Determine o quociente e o resto na divisão de: (a) 310156 por 197; (b) 32 por 45; (c)

Leia mais

Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina.

Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina. Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina. O material completo a ser estudado encontra-se no Capítulo 11 - Seção 1.3 do livro texto da disciplina: Aritmética, A. Hefez,

Leia mais

(Ciência de Computadores) 2005/ Diga quais dos conjuntos seguintes satisfazem o Princípio de Boa Ordenação

(Ciência de Computadores) 2005/ Diga quais dos conjuntos seguintes satisfazem o Princípio de Boa Ordenação Álgebra (Ciência de Computadores) 2005/2006 Números inteiros 1. Diga quais dos conjuntos seguintes satisfazem o Princípio de Boa Ordenação (a) {inteiros positivos impares}; (b) {inteiros negativos pares};

Leia mais

Aritmética. Somas de Quadrados

Aritmética. Somas de Quadrados Aritmética Somas de Quadrados Carlos Humberto Soares Júnior PROFMAT - SBM Objetivo Determinar quais números naturais são soma de dois quadrados. PROFMAT - SBM Aritmética, Somas de Quadrados slide 2/14

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 8 DIVISIBILIDADE E CONGRUÊNCIA. Professor Matheus Secco

MATEMÁTICA MÓDULO 8 DIVISIBILIDADE E CONGRUÊNCIA. Professor Matheus Secco MATEMÁTICA Professor Matheus Secco MÓDULO 8 DIVISIBILIDADE E CONGRUÊNCIA 1. DIVISIBILIDADE Definição: Sejam a, b inteiros com a 0. Diz-se que a divide b (denota-se por a b) se existe c inteiro tal que

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 2 Resumo

MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 2 Resumo MA14 - Aritmética Unidade 15 - Parte 2 Resumo Aplicações de Congruências Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 1 Resumo. Divisibilidade

MA14 - Aritmética Unidade 1 Resumo. Divisibilidade MA14 - Aritmética Unidade 1 Resumo Divisibilidade Abramo Hefez PROFMAT - SBM Julho 2013 Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio do

Leia mais

Atividade Especial Revisão

Atividade Especial Revisão 9 Atividade Especial Revisão 1 Unidade 9 Esta unidade será dedicada à resolução de uma lista de problemas sobre a matéria até agora desenvolvida. 1. (a) Quantos múltiplos de 5 existem no intervalo [1,

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 6 - Parte 3 Resumo

MA14 - Aritmética Unidade 6 - Parte 3 Resumo MA14 - Aritmética Unidade 6 - Parte 3 Resumo A Equação Pitagórica Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio

Leia mais

Aritmética dos Restos. Problemas com Congruências. Tópicos Adicionais

Aritmética dos Restos. Problemas com Congruências. Tópicos Adicionais Aritmética dos Restos Problemas com Congruências Tópicos Adicionais Aritmética dos Restos Problemas com Congruências 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1. inteiro n Prove que n 5 + 4n é divisível por

Leia mais

XIX Semana Olímpica de Matemática. Nível 3. Polinômios Ciclotômicos e Congruência Módulo p. Samuel Feitosa

XIX Semana Olímpica de Matemática. Nível 3. Polinômios Ciclotômicos e Congruência Módulo p. Samuel Feitosa XIX Semana Olímpica de Matemática Nível 3 Polinômios Ciclotômicos e Congruência Módulo p Samuel Feitosa O projeto da XIX Semana Olímpica de Matemática foi patrocinado por: Semana Olímpica 2016 Polinômios

Leia mais

Tópicos de Matemática Elementar

Tópicos de Matemática Elementar Tópicos de Matemática Elementar 2 a série de exercícios 2004/05. A seguinte prova por indução parece correcta, mas para n = 6 o lado esquerdo é igual a 2 + 6 + 2 + 20 + 30 = 5 6, enquanto o direito é igual

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Congruências II. Prof. Samuel Feitosa

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 6. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Congruências II. Prof. Samuel Feitosa Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Prof. Samuel Feitosa Aula 6 Congruências II Na aula de hoje, aprenderemos um dos teoremas mais importantes do curso: o pequeno teorema

Leia mais

Aritmética dos Restos. Pequeno Teorema de Fermat. Tópicos Adicionais

Aritmética dos Restos. Pequeno Teorema de Fermat. Tópicos Adicionais Aritmética dos Restos Pequeno Teorema de Fermat Tópicos Adicionais Aritmética dos Restos Pequeno Teorema de Fermat 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1. Encontre os restos da divisão de 2 24 por a) 5

Leia mais

, com k 1, p 1, p 2,..., p k números primos e α i, β i 0 inteiros, as factorizações de dois números inteiros a, b maiores do que 1.

, com k 1, p 1, p 2,..., p k números primos e α i, β i 0 inteiros, as factorizações de dois números inteiros a, b maiores do que 1. Como seria de esperar, o Teorema Fundamental da Aritmética tem imensas consequências importantes. Por exemplo, dadas factorizações em potências primas de dois inteiros, é imediato reconhecer se um deles

Leia mais

Congruências I. Por exemplo, 7 2 (mod 5), 9 3 (mod 6), 37 7 (mod 10) mas 5 3 (mod 4). Veja que a b (mod m) se, e somente se, m a b.

Congruências I. Por exemplo, 7 2 (mod 5), 9 3 (mod 6), 37 7 (mod 10) mas 5 3 (mod 4). Veja que a b (mod m) se, e somente se, m a b. Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Prof. Samuel Feitosa Aula 6 Congruências I Definição 1. Dizemos que os inteiros a e b são congrentes módulo m se eles deixam o mesmo

Leia mais

MA14 - Unidade 1 Divisibilidade Semana de 08/08 a 14/08

MA14 - Unidade 1 Divisibilidade Semana de 08/08 a 14/08 MA14 - Unidade 1 Divisibilidade Semana de 08/08 a 14/08 Neste curso, consideraremos o conjunto dos números naturais como sendo o conjunto N = {0, 1, 2, 3,... }, denotando por N o conjunto N \ {0}. Como

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 2 Resumo. Divisão Euclidiana

MA14 - Aritmética Unidade 2 Resumo. Divisão Euclidiana MA14 - Aritmética Unidade 2 Resumo Divisão Euclidiana Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte da disciplina e o seu estudo não garante o domínio do assunto. O material

Leia mais

NÚMEROS INTEIROS. Álgebra Abstrata - Verão 2012

NÚMEROS INTEIROS. Álgebra Abstrata - Verão 2012 NÚMEROS INTEIROS PROF. FRANCISCO MEDEIROS Álgebra Abstrata - Verão 2012 Faremos, nessas notas, uma breve discussão sobre o conjunto dos números inteiros. O texto é basicamente a seção 3 do capítulo 1 de

Leia mais

Matemática para Ciência de Computadores

Matemática para Ciência de Computadores Matemática para Ciência de Computadores 1 o Ano - LCC & ERSI Luís Antunes lfa@ncc.up.pt DCC-FCUP Complexidade 2002/03 1 Inteiros e divisão Definição: Se a e b são inteiros com a 0, dizemos que a divide

Leia mais

Números Primos, MDC e MMC. O próximo teorema nos diz que os primos são as peças fundamentais dos números inteiros:

Números Primos, MDC e MMC. O próximo teorema nos diz que os primos são as peças fundamentais dos números inteiros: Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível Prof. Samuel Feitosa Aula 4 Números Primos, MDC e MMC. Definição 1. Um inteiro p > 1 é chamado número primo se não possui um divisor d

Leia mais

Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina.

Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina. Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina. O material completo a ser estudado encontra-se no Capítulo 10 - Seções 10.1 e 10.2 do livro texto da disciplina: Aritmética, A.

Leia mais

S E M A N A O L Í M P I C A N Í V E L 1 - D I V I S I B I L I D A D E E R E S T O. PROFESSOR ROBÉRIO BACELAR

S E M A N A O L Í M P I C A N Í V E L 1 - D I V I S I B I L I D A D E E R E S T O. PROFESSOR ROBÉRIO BACELAR S E M A N A O L Í M P I C A 0 0 7 - N Í V E L - I V I S I B I L I A E E R E S T O PROFESSOR ROBÉRIO BACELAR aresuy@oi.com.br. Introdução O assunto divisibilidade no Conjunto dos Inteiros ( ) é extremamente

Leia mais

a) Falsa. Por exemplo, para n = 2, temos 3n = 3 2 = 6, ou seja, um número par.

a) Falsa. Por exemplo, para n = 2, temos 3n = 3 2 = 6, ou seja, um número par. Matemática Unidade I Álgebra Série - Teoria dos números 01 a) Falsa. Por exemplo, para n =, temos 3n = 3 = 6, ou seja, um número par. b) Verdadeira. Por exemplo, para n = 1, temos n = 1 =, ou seja, um

Leia mais

UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina CCT - Centro de Ciências Tecnológicas DMAT - Departamento de Matemática

UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina CCT - Centro de Ciências Tecnológicas DMAT - Departamento de Matemática UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina CCT - Centro de Ciências Tecnológicas DMAT - Departamento de Matemática Segunda Lista de Exercícios de ITN: Números Inteiros Prof. Marnei Luis Mandler Segundo

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Disciplina: Matemática Trimestre: 1º Números Naturais: - Sistema de numeração - Adição e subtração - Multiplicação e divisão - Traduzir em palavras números representados por algarismos

Leia mais

Resolução dos Exercícios 31/05-09/06.

Resolução dos Exercícios 31/05-09/06. Resolução dos Exercícios 31/05-09/06. 1. Seja A um domínio de integridade. Mostre que todo subgrupo finito de U(A) é cíclico. Seja K o corpo de frações de A. Então A é um subanel de K (identificado com

Leia mais

1. Conhecendo-se somente os produtos AB e AC, calcule A = X 2 = 2X. 3. Mostre que se A e B são matrizes que comutam com a matriz M = 1 0

1. Conhecendo-se somente os produtos AB e AC, calcule A = X 2 = 2X. 3. Mostre que se A e B são matrizes que comutam com a matriz M = 1 0 Lista de exercícios. AL. 1 sem. 2015 Prof. Fabiano Borges da Silva 1 Matrizes Notações: 0 para matriz nula; I para matriz identidade; 1. Conhecendo-se somente os produtos AB e AC calcule A(B + C) B t A

Leia mais

01. D e m o n s t r a r q u e s e. 02. Mostre que se a 1 a2

01. D e m o n s t r a r q u e s e. 02. Mostre que se a 1 a2 Série Professor(a) Aluno(a) Rumo ao ITA Marcelo Mendes Sede Turma Turno Data N / / Ensino Pré-Universitário TC Matemática Revisão de Álgebra OSG.: 85/0 Exercícios de Fixação 0. Encontre os valores das

Leia mais

INTEIROS. Luciana Santos da Silva Martino. lulismartino.wordpress.com PROFMAT - Colégio Pedro II. 25 de agosto de 2017

INTEIROS. Luciana Santos da Silva Martino. lulismartino.wordpress.com PROFMAT - Colégio Pedro II. 25 de agosto de 2017 Sumário REPRESENTAÇÃO DOS NÚMEROS INTEIROS Luciana Santos da Silva Martino lulismartino.wordpress.com lulismartino@gmail.com PROFMAT - Colégio Pedro II 25 de agosto de 2017 Sumário 1 Sistemas de Numeração

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 1. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Divisibilidade I. Samuel Barbosa Feitosa

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 1. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Divisibilidade I. Samuel Barbosa Feitosa Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Samuel Barbosa Feitosa Aula 1 Divisibilidade I Teorema 1. (Algoritmo da Divisão) Para quaisquer inteiros positivos a e b, existe um

Leia mais

é uma proposição verdadeira. tal que: 2 n N k, Φ(n) = Φ(n + 1) é uma proposição verdadeira. com n N k, tal que:

é uma proposição verdadeira. tal que: 2 n N k, Φ(n) = Φ(n + 1) é uma proposição verdadeira. com n N k, tal que: Matemática Discreta 2008/09 Vítor Hugo Fernandes Departamento de Matemática FCT/UNL Axioma (Princípio da Boa Ordenação dos Números Naturais) O conjunto parcialmente (totalmente) ordenado (N, ), em que

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 9 Resumo. Teorema Fundamental Da Aritmética

MA14 - Aritmética Unidade 9 Resumo. Teorema Fundamental Da Aritmética MA14 - Aritmética Unidade 9 Resumo Teorema Fundamental Da Aritmética Abramo Hefez PROFMAT - SBM Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio

Leia mais

Programação Acadêmica de 2011 Semestre 1

Programação Acadêmica de 2011 Semestre 1 Programação Acadêmica de 2011 Semestre 1 U = Unidade (Em cada semana haverá duas unidades a serem estudadas para cada disciplina) P = Aula Presencial A programação de cada disciplina prevê 12 aulas presenciais

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 1 TEORIA DOS NÚMEROS 1. DIVISIBILIDADE 1.1. DEFINIÇÃO 1.2. CRITÉRIOS DE DIVISIBILIDADE

MATEMÁTICA MÓDULO 1 TEORIA DOS NÚMEROS 1. DIVISIBILIDADE 1.1. DEFINIÇÃO 1.2. CRITÉRIOS DE DIVISIBILIDADE TEORIA DOS NÚMEROS 1. DIVISIBILIDADE Neste momento inicial, nosso interesse será em determinar quando a divisão entre dois números inteiros é exata, ou seja, quando o resto da divisão é 0. Antes de mais

Leia mais

Produtos Notáveis. Vejamos alguns exemplos para diversos produtos notáveis que auxiliarão na formação de ideias para problemas futuros mais difíceis.

Produtos Notáveis. Vejamos alguns exemplos para diversos produtos notáveis que auxiliarão na formação de ideias para problemas futuros mais difíceis. Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Álgebra - Nível Prof. Marcelo Mendes Aula Produtos Notáveis Vários problemas de Álgebra para alunos do Ensino Fundamental utilizam Produtos Notáveis, que são identidades

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 7. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Aula de Revisão e Aprofundamento. Prof.

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 7. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Aula de Revisão e Aprofundamento. Prof. Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Prof. Samuel Feitosa Aula 7 Aula de Revisão e Aprofundamento Observação 1. É recomendável que o professor instigue seus alunos a pensarem

Leia mais

1 Conjuntos, Números e Demonstrações

1 Conjuntos, Números e Demonstrações 1 Conjuntos, Números e Demonstrações Definição 1. Um conjunto é qualquer coleção bem especificada de elementos. Para qualquer conjunto A, escrevemos a A para indicar que a é um elemento de A e a / A para

Leia mais

Módulo de Números Naturais. Divisibilidade e Teorema da Divisão Euclideana. 8 ano E.F.

Módulo de Números Naturais. Divisibilidade e Teorema da Divisão Euclideana. 8 ano E.F. Módulo de Números Naturais. Divisibilidade e Teorema da Divisão Euclideana. 8 ano E.F. Módulo de Números Naturais. Divisibilidade e Teorema da Divisão Euclideana. 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1.

Leia mais

Equações Diofantinas II

Equações Diofantinas II Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível Prof. Samuel Feitosa Aula 1 Equações Diofantinas II Continuaremos nosso estudo das equações diofantinas abordando agora algumas equações

Leia mais

Números Naturais Representação, Operações e Divisibilidade. Múltiplos e Divisores. Tópicos Adicionais

Números Naturais Representação, Operações e Divisibilidade. Múltiplos e Divisores. Tópicos Adicionais Números Naturais Representação, Operações e Divisibilidade Múltiplos e Divisores Tópicos Adicionais Números Naturais Representação, Operações e Divisibilidade Múltiplos e Divisores 1 Exercícios Introdutórios

Leia mais

Módulo: aritmética dos restos. Divisibilidade e Resto. Tópicos Adicionais

Módulo: aritmética dos restos. Divisibilidade e Resto. Tópicos Adicionais Módulo: aritmética dos restos Divisibilidade e Resto Tópicos Adicionais Módulo: aritmética dos restos Divisibilidade e resto 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1. Encontre os inteiros que, na divisão

Leia mais

Curso Turno Disciplina Carga Horária Licenciatura Plena em Noturno Matemática Elementar I 60h

Curso Turno Disciplina Carga Horária Licenciatura Plena em Noturno Matemática Elementar I 60h 1 Curso Turno Disciplina Carga Horária Licenciatura Plena em Noturno Matemática Elementar I 60h Matemática Aula Período Data Coordenador 3.1 1. a 06/06/2006 (terça feira) Tempo Estratégia Descrição (Arte)

Leia mais

Note-se que pelo Teorema de Euler. a φ(n) 1 (mod n) logo existe k nas condições da definição acima e. Raízes Primitivas. Ordem de um elemento

Note-se que pelo Teorema de Euler. a φ(n) 1 (mod n) logo existe k nas condições da definição acima e. Raízes Primitivas. Ordem de um elemento Ordem de um elemento Definição Sejam a e n inteiros tais que m.d.c.(a, n) = 1. O menor inteiro positivo k tal que tal que a k 1 (mod n) diz-se a ordem de a módulo n e representa-se por ord n (a). Note-se

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 9. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. O Teorema de Euler. Prof. Samuel Feitosa

Polos Olímpicos de Treinamento. Aula 9. Curso de Teoria dos Números - Nível 2. O Teorema de Euler. Prof. Samuel Feitosa Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Prof. Samuel Feitosa Aula 9 O Teorema de Euler Nesta aula, obteremos uma generalização do teorema de Fermat. Definição 1. Dado n N,

Leia mais

1 Congruências e aritmética modular

1 Congruências e aritmética modular 1 Congruências e aritmética modular Vamos considerar alguns exemplos de problemas sobre números inteiros como motivação para o que se segue. 1. O que podemos dizer sobre a imagem da função f : Z Z, f(x)

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL GIRASSOL TD de Matemática Prof.: Tiago Rodrigues

CENTRO EDUCACIONAL GIRASSOL TD de Matemática Prof.: Tiago Rodrigues CENTRO EUCACIONAL GIRASSOL T de Matemática Prof.: Tiago Rodrigues proftiagorodrigues@gmail.com IVISIBILIAE E RESTO. Introdução O assunto divisibilidade no Conjunto dos Inteiros ( ) é extremamente importante

Leia mais

x é igual a: 07. (Colégio Naval) No conjunto R dos números reais, qual será o 01. (PUC) O valor de m, de modo que a equação

x é igual a: 07. (Colégio Naval) No conjunto R dos números reais, qual será o 01. (PUC) O valor de m, de modo que a equação 0. (PUC) O valor de m, de modo que a equação 5 m m 0 b) c) d) 0. Quantos valores de satisfazem a equação a) b) c) d) 5 e) 0 Prof. Paulo Cesar Costa tenha uma das raízes igual a, é: ( ). 07. (Colégio Naval)

Leia mais

MA14 - Aritmética Unidade 5 Resumo. Máximo Divisor Comum

MA14 - Aritmética Unidade 5 Resumo. Máximo Divisor Comum MA14 - Aritmética Unidade 5 Resumo Máximo Divisor Comum Abramo Hefez PROFMAT - SBM Julho 2013 Aviso Este material é apenas um resumo de parte do conteúdo da disciplina e o seu estudo não garante o domínio

Leia mais

CURSO ANUAL DE MATEMÁTICA VOLUME 1

CURSO ANUAL DE MATEMÁTICA VOLUME 1 CURSO ANUAL DE MATEMÁTICA VOLUME ) SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL O sistema de numeração que usamos é o sistema de numeração decimal, pelo fato de contarmos os elementos em grupos de dez. Dezenas cada grupo

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito. a(x x 0) = b(y 0 y).

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito. a(x x 0) = b(y 0 y). MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL ENQ 016.1 Gabarito Questão 01 [ 1,00 ::: (a)=0,50; (b)=0,50 ] (a) Seja x 0, y 0 uma solução da equação diofantina ax + by = c, onde a, b são inteiros

Leia mais

Módulo de Progressões Aritméticas. Soma dos termos de uma P.A. 1 a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis

Módulo de Progressões Aritméticas. Soma dos termos de uma P.A. 1 a série E.M. Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Módulo de Progressões Aritméticas Soma dos termos de uma PA 1 a série EM Professores Tiago Miranda e Cleber Assis Progressões Aritméticas Soma dos termos de uma PA 1 Exercícios Introdutórios Exercício

Leia mais

ENQ Gabarito MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. Questão 01 [ 1,25 ]

ENQ Gabarito MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. Questão 01 [ 1,25 ] MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL ENQ 017 Gabarito Questão 01 [ 1,5 ] Encontre as medidas dos lados e ângulos de dois triângulos ABC diferentes tais que AC = 1, BC = e A BC = 0 Considere

Leia mais

Universidade do Minho

Universidade do Minho Teórica n o 1 2007-02-22 Apresentação do docente e da disciplina. Algumas revisões de teoria de números elementar. O algoritmo de Euclides estendido; demonstração do teorema que fundamenta o algoritmo.

Leia mais

Álgebra Linear e Geometria Anaĺıtica. Matrizes e Sistemas de Equações Lineares

Álgebra Linear e Geometria Anaĺıtica. Matrizes e Sistemas de Equações Lineares universidade de aveiro departamento de matemática Álgebra Linear e Geometria Anaĺıtica Agrupamento IV (ECT, EET, EI) Capítulo 1 Matrizes e Sistemas de Equações Lineares Geometria anaĺıtica em R 3 [1 01]

Leia mais

Triângulos retângulos com lados inteiros: Procurando as hipotenusas

Triângulos retângulos com lados inteiros: Procurando as hipotenusas MATEMÁTICA UNIVERSITÁRIA n o 41 Dezembro/2006 pp. 1 10 Triângulos retângulos com lados inteiros: Procurando as hipotenusas José F. Andrade 1 Introdução O objetivo principal deste artigo é determinar os

Leia mais

Produtos Notáveis. Vejamos alguns exemplos para diversos produtos notáveis que auxiliarão na formação de ideias para problemas futuros mais difíceis.

Produtos Notáveis. Vejamos alguns exemplos para diversos produtos notáveis que auxiliarão na formação de ideias para problemas futuros mais difíceis. Polos Olímpicos de Treinamento Curso de Álgebra - Nível 2 Prof. Marcelo Mendes Aula Produtos Notáveis Vários problemas de Álgebra para alunos do Ensino Fundamental utilizam Produtos Notáveis, que são identidades

Leia mais

CURSO PRF 2017 MATEMÁTICA

CURSO PRF 2017 MATEMÁTICA AULA 001 1 MATEMÁTICA PROFESSOR AULA 001 MATEMÁTICA DAVIDSON VICTOR 2 AULA 01 - CONJUNTOS NUMÉRICOS CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS É o primeiro e o mais básico de todos os conjuntos numéricos. Pertencem

Leia mais

Material Teórico - Módulo de Potenciação e Dízimas Periódicas. Números Irracionais e Reais. Oitavo Ano. Prof. Ulisses Lima Parente

Material Teórico - Módulo de Potenciação e Dízimas Periódicas. Números Irracionais e Reais. Oitavo Ano. Prof. Ulisses Lima Parente Material Teórico - Módulo de Potenciação e Dízimas Periódicas Números Irracionais e Reais Oitavo Ano Prof. Ulisses Lima Parente 1 Os números irracionais Ao longo deste módulo, vimos que a representação

Leia mais

MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL

MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL PROFESSOR: EQUIPE DE MATEMÁTICA BANCO DE QUESTÕES - MATEMÁTICA - 5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ======================================================================== MÚLTIPLOS DE UM NÚMERO NATURAL Para

Leia mais

Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial

Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial Lista de Exercícios 04 Álgebra Matricial - 017.1 1. Determine a quantidade desconhecida em cada uma das expressões: ( ) ( ) ( ) T 0 3 x + y + 3 3 w (a) 3.X = (b) = 6 9 4 0 6 z. Uma rede de postos de combustíveis

Leia mais

Soma de Quadrados. Faculdade de Matemática, UFU, MG

Soma de Quadrados. Faculdade de Matemática, UFU, MG Soma de Quadrados Stela Zumerle Soares 1 Antônio Carlos Nogueira (stelazs@gmailcom (anogueira@ufubr Faculdade de Matemática, UFU, MG 1 Resultados Preliminares Historicamente, um problema que tem recebido

Leia mais

MÚLTIPLOS E DIVISORES

MÚLTIPLOS E DIVISORES MÚLTIPLOS E DIVISORES 6º ANO - Prof. Patricia Caldana Múltiplos e divisores são números que resultam da multiplicação por um número natural e que dividem um número deixando resto zero, respectivamente.

Leia mais

Identidades algébricas

Identidades algébricas LIÇÃO 5 Identidades algébricas Dos três tipos básicos de transformações algébricas: decomposições, reduções e fatorações, os dois primeiros já foram estudados na lição anterior. Antes de passarmos ao terceiro

Leia mais

Identidades algébricas

Identidades algébricas LIÇÃO 5 Identidades algébricas Dos três tipos básicos de transformações algébricas: decomposições, reduções e fatorações, os dois primeiros já foram estudados na lição anterior. Antes de passarmos ao terceiro

Leia mais

Curso Satélite de. Matemática. Sessão n.º 1. Universidade Portucalense

Curso Satélite de. Matemática. Sessão n.º 1. Universidade Portucalense Curso Satélite de Matemática Sessão n.º 1 Universidade Portucalense Conceitos Algébricos Propriedades das operações de números reais Considerem-se três números reais quaisquer, a, b e c. 1. A adição de

Leia mais

Resoluções. Aula 1 NÍVEL 2. Classe

Resoluções. Aula 1 NÍVEL 2. Classe www.cursoanglo.com.br Treinamento para Olimpíadas de Matemática NÍVEL 2 Resoluções Aula 1 Classe 1. Observe que: 14 1 = 14 14 2 = 196 14 par termina em 6 e 14 ímpar termina em 4 14 3 = 2.744 14 4 = 38.416...

Leia mais

Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17)

Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17) Errata da lista 1: Na página 4 (respostas), a resposta da letra e da questão 13 é {2, 3, 5, 7, 11, 13, 17} (faltou o número 17) Lista 1 - Bases Matemáticas Elementos de Lógica e Linguagem Matemática 1

Leia mais

LISTA DE ATIVIDADES ...

LISTA DE ATIVIDADES ... LISTA DE ATIVIDADES - Apresentar os quadrados dos números inteiros de 0 a 50. 2- Apresentar o resultado de uma tabuada de um número qualquer. 3- Elaborar um diagrama que apresente o somatório dos valores

Leia mais

Inteiros. Inteiros. Congruência. Discrete Mathematics with Graph Theory Edgar Goodaire e Michael Parmenter, 3rd ed 2006.

Inteiros. Inteiros. Congruência. Discrete Mathematics with Graph Theory Edgar Goodaire e Michael Parmenter, 3rd ed 2006. Inteiros Inteiros. Congruência. Referência: Capítulo: 4 Discrete Mathematics with Graph Theory Edgar Goodaire e Michael Parmenter, 3rd ed 2006 1 Números reais A relação binária em R é uma ordem parcial

Leia mais

Matrizes e sistemas de equações algébricas lineares

Matrizes e sistemas de equações algébricas lineares Capítulo 1 Matrizes e sistemas de equações algébricas lineares ALGA 2007/2008 Mest Int Eng Biomédica Matrizes e sistemas de equações algébricas lineares 1 / 37 Definições Equação linear Uma equação (algébrica)

Leia mais

1).- Significado de congruência e de congruência numérica

1).- Significado de congruência e de congruência numérica 5. CONGRUÊNCIAS NUMÉRICAS 1). Significado de congruência e de congruência numérica 2). Exemplos exploratórios e a notação mod q 3). Definição geral de congruência numérica 4). Regras: somando e multiplicando

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL ENQ 20152 Gabarito Questão 01 [ 1,00 ::: (a)0,50; (b)0,50 ] Determine TODOS os valores possíveis para os algarismos x, y, z e t de modo que os números

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Matemática Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Fundamentais de Matemática Sistema de Numeração decimal As quatro operações fundamentais Compreender problemas Números

Leia mais

LAÉRCIO VASCONCELOS MATEMÁTICA PARA VENCER. Rio de Janeiro

LAÉRCIO VASCONCELOS MATEMÁTICA PARA VENCER. Rio de Janeiro LAÉRCIO VASCONCELOS MATEMÁTICA PARA VENCER Rio de Janeiro 2011 ÍNDICE Capítulo 1: HORA DE ESTUDAR Para que serve este livro...1 Porque Colégio Militar e Colégio Naval?...2 Matérias e alunos...2 Os exercícios

Leia mais

1. Prove que (a+b) c = a c+b c para todo a, b, c em ZZ /mzz. (Explique cada passo).

1. Prove que (a+b) c = a c+b c para todo a, b, c em ZZ /mzz. (Explique cada passo). 1 a Lista de Exercícios de Álgebra II - MAT 231 1. Prove que (a+b) c = a c+b c para todo a, b, c em ZZ /mzz. (Explique cada passo). 2. Seja A um anel associativo. Dado a A, como você definiria a m, m IN?

Leia mais

Identificar e aplicar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 4, 5,6, 8, 9 e 10.

Identificar e aplicar os critérios de divisibilidade por 2, 3, 4, 5,6, 8, 9 e 10. DISCIPLINA: MATEMÁTICA PROFESSORA: GIOVANA 6os. ANOS (161 e 162) Você deverá: ORIENTAÇÃO DE ESTUDO RECUPERAÇÃO 3º. TRIMESTRE 1. Estudar o resumo dos conteúdos que, neste material, estão dentro dos quadros.

Leia mais

Iniciação à Aritmética

Iniciação à Aritmética page 1 Iniciação à Aritmética Abramo Hefez page 3 Sobre o Autor Abramo Hefez nasceu no Egito, mas é brasileiro por opção e carioca de coração. Cursou o ginasial e científico no Rio de Janeiro, graduou-se

Leia mais

Matemática II /06 - Matrizes 1. Matrizes

Matemática II /06 - Matrizes 1. Matrizes Matemática II - 00/0 - Matrizes Matrizes Introdução Se m e n são números naturais, chama-se matriz real de tipo m n (m vezes n ou m por n) a uma função A : f; ; :::; mg f; ; :::; ng R: (i; j) A (i; j)

Leia mais

Unidade 2 - Matrizes. A. Hefez e C. S. Fernandez Resumo elaborado por Paulo Sousa. 9 de agosto de 2013

Unidade 2 - Matrizes. A. Hefez e C. S. Fernandez Resumo elaborado por Paulo Sousa. 9 de agosto de 2013 MA33 - Introdução à Álgebra Linear Unidade 2 - Matrizes A. Hefez e C. S. Fernandez Resumo elaborado por Paulo Sousa PROFMAT - SBM 9 de agosto de 2013 O dono de uma pequena frota de quatro táxis, movidos

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito

MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL. ENQ Gabarito MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÁTICA EM REDE NACIONAL ENQ 2017.1 Gabarito Questão 01 [ 1,25 ] Determine as equações das duas retas tangentes à parábola de equação y = x 2 2x + 4 que passam pelo ponto (2,

Leia mais

Notas de Aulas. Prof a Maria Julieta Ventura Carvalho de Araujo. Prof. Frederico Sercio Feitosa (colaborador)

Notas de Aulas. Prof a Maria Julieta Ventura Carvalho de Araujo. Prof. Frederico Sercio Feitosa (colaborador) Notas de Aulas Introdução à Álgebra Prof a Maria Julieta Ventura Carvalho de Araujo Prof. Frederico Sercio Feitosa (colaborador) 2009 ii i Introdução à Álgebra (MAT128) Introdução à Teoria dos Números

Leia mais

Matemática- 2008/ Se possível, dê exemplos de: (no caso de não ser possível explique porquê)

Matemática- 2008/ Se possível, dê exemplos de: (no caso de não ser possível explique porquê) Matemática- 00/09. Se possível, dê exemplos de (no caso de não ser possível explique porquê) (a) Uma matriz do tipo ; cujos elementos principais sejam 0. (b) Uma matriz do tipo ; cujo elemento na posição

Leia mais

Trabalho de Estudos Independentes de Matemática

Trabalho de Estudos Independentes de Matemática Trabalho de Estudos Independentes de Matemática ALUNO (A): Nº: SÉRIE: 8º TURMA: Professora: Marilia Henriques NÍVEL: Ensino fundamental DATA: / / VALOR 30 pontos NOTA: 1) Marque cada afirmação como verdadeira

Leia mais

XIX Semana Olímpica de Matemática. Nível 1. Problemas com dígitos: o despertar da força. Diego Eloi

XIX Semana Olímpica de Matemática. Nível 1. Problemas com dígitos: o despertar da força. Diego Eloi XIX Semana Olímpica de Matemática Nível 1 Problemas com dígitos: o despertar da força Diego Eloi O projeto da XIX Semana Olímpica de Matemática foi patrocinado por: Problemas com dígitos: o despertar da

Leia mais

GABARITO. Prova 2 (points: 120/100; bonus: 18 ; time: 100 ) FMC1, (Turmas do Thanos) Regras: Boas provas! Gabarito 23/11/2016

GABARITO. Prova 2 (points: 120/100; bonus: 18 ; time: 100 ) FMC1, (Turmas do Thanos) Regras: Boas provas! Gabarito 23/11/2016 FMC1, 2016.2 (Turmas do Thanos) Prova 2 (points: 120/100; bonus: 18 ; time: 100 ) Nome: Θάνος Gabarito 23/11/2016 Regras: I. Não vires esta página antes do começo da prova. II. Nenhuma consulta de qualquer

Leia mais

Decomposição de um número composto. Todo número composto pode ser decomposto em fatores primos Ex: = 2 2 X 3 X 5 X 7

Decomposição de um número composto. Todo número composto pode ser decomposto em fatores primos Ex: = 2 2 X 3 X 5 X 7 Decomposição de um número composto Todo número composto pode ser decomposto em fatores primos Ex: 420 2 210 2 105 3 35 5 7 7 1 420= 2 2 X 3 X 5 X 7 Determinação do número de divisores de um número natural

Leia mais

MMC, MDC, TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO E GEOMETRIA. Profª Gerlaine Alves

MMC, MDC, TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO E GEOMETRIA. Profª Gerlaine Alves MMC, MDC, TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO E GEOMETRIA Profª Gerlaine Alves Múltiplos e Divisores Divisores: dizemos que um número é divisor do outro número quando a divisão for exata, ou seja, quando o resto

Leia mais

GABARITO DE MATEMÁTICA INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA

GABARITO DE MATEMÁTICA INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA GABARITO DE MATEMÁTICA INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA Realizada em 6 de outubro de 010 Questão 01 GABARITO DISCURSIVA A base de um prisma reto ABCA 1 B 1 C 1 é um triângulo com o lado AB igual ao lado

Leia mais

Polos Olímpicos de Treinamento (POT) Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Aula 1 - Divisibilidade I

Polos Olímpicos de Treinamento (POT) Curso de Teoria dos Números - Nível 2. Aula 1 - Divisibilidade I Polos Olímpicos de Treinamento (POT) Curso de Teoria dos Números - Nível 2 Aula 1 - Divisibilidade I Samuel Barbosa Feitosa Arquivo Original 1 1 Documento:...gaia/educacional/matematica/teoria numeros2/aula01-divisibilidadei.pdf.

Leia mais

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Escola: ( ) Atividade ( ) Avaliação Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 A afirmação é falsa ou verdadeira e porque? Todo divisor de 12 é múltiplo de 3 Questão 2 O mês de abril pode

Leia mais

Denominamos equação polinomial ou equação algébrica de grau n a toda equação da forma:

Denominamos equação polinomial ou equação algébrica de grau n a toda equação da forma: EQUAÇÕES POLINOMIAIS. EQUAÇÃO POLINOMIAL OU ALGÉBRICA Denominamos equação polinomial ou equação algébrica de grau n a toda equação da forma: p(x) = a n x n + a n x n +a n x n +... + a x + a 0 = 0 onde

Leia mais

Nº de Questões. FATORAÇÃO Fatorar um polinômio significa escrever esse polinômio como uma multiplicação de dois ou mais fatores.

Nº de Questões. FATORAÇÃO Fatorar um polinômio significa escrever esse polinômio como uma multiplicação de dois ou mais fatores. COLÉGIO SETE DE SETEMBRO Rua Ver. José Moreira, 80 Fone 301-301 Paulo Afonso BA Aluno Ano 8º Turma Curso Ensino Fundamental II Nº de Questões Tipo de Prova Bimestre Data Nota 09 --- I 01/09/01 Disciplina

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Matemática Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Fundamentais de Matemática Sistema de Numeração decimal As quatro operações fundamentais Compreender problemas Números

Leia mais

IGUALDADES EM IR IDENTIDADES NOTÁVEIS

IGUALDADES EM IR IDENTIDADES NOTÁVEIS IGUALDADES EM IR Uma relação muito importante definida em IR (conjunto dos números reais) é a relação de igualdade. Na igualdade A = B, A é o primeiro membro e B é o segundo membro. As igualdades entre

Leia mais

Planejamento Acadêmico - Grupo 1 - PIC 2012 Encontro 2 - Módulo 1 - Aritmética

Planejamento Acadêmico - Grupo 1 - PIC 2012 Encontro 2 - Módulo 1 - Aritmética Planejamento Acadêmico - Grupo 1 - PIC 2012 Encontro 2 - Módulo 1 - Aritmética 1. Divisão Euclidiana Exemplo 1: (Banco de Questões 2012, nível 1, problema 12) A figura abaixo representa o traçado de uma

Leia mais