Uma ferramenta alternativa para avaliação do Índice Dental Estético

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma ferramenta alternativa para avaliação do Índice Dental Estético"

Transcrição

1 Dica Clínica Uma ferramenta alternativa para avaliação do Índice Dental Estético Pedro César Fernandes dos Santos*, Aline Levi Baratta Monteiro**, Rodney Garcia Rocha***, Cauby Maia Chaves Júnior**** Resumo Os índices normativos têm sido usados em Ortodontia por muitas razões, como instrumento para avaliar a severidade das más oclusões, necessidade e sucesso do tratamento ortodôntico, e como uma útil ferramenta epidemiológica. Recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1997, o Índice Dental Estético (Dental Aesthetic Index - DAI) é um índice numérico que avalia as características oclusais, selecionadas de acordo com o potencial de causar incapacidade psicossocial. O DAI permite uma avaliação da relativa aceitabilidade social da aparência dentária, a qual é fundamentada na percepção do público sobre a estética dentária. O Índice Dental Estético tem demonstrado validade e precisão em estudos realizados no mundo todo, usando uma sonda periodontal para obter as medidas lineares. Este artigo descreve um instrumento simples, feito com um fio ortodôntico de aço inoxidável (o fio DAI), associado a um cursor endodôntico de silicone ou borracha, uma simples régua, estabelecendo um preciso, fácil e econômico método para avaliar o DAI. Palavras-chave: Má oclusão. Índice dental estético. Necessidade de tratamento ortodôntico. * Professor Adjunto II da Disciplina de Ortodontia da Universidade Federal do Ceará. Mestre em Ortodontia-FOUSP-USP. Doutor em Clínica Integrada-FOUSP-USP. ** Aluna do Curso de Mestrado em Odontologia da Universidade Federal do Ceará. Especialista em Ortodontia e Ortopedia Dentofacial-ABO-CE. *** Professor Titular do Departamento de Estomatologia - FOUSP-USP. **** Professor Adjunto IV da Disciplina de Ortodontia da Universidade Federal do Ceará. Mestre em Ortodontia (UMESP-SP) e Doutor em Ortodontia (UNICAMP). 34 Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov. 2008

2 Pedro César Fernandes dos Santos, Aline Levi Baratta Monteiro, Rodney Garcia Rocha, Cauby Maia Chaves Júnior INTRoDuÇÃo O tratamento ortodôntico, além de melhorar o desempenho da mastigação, quando corrige as más oclusões 12, eleva a auto-estima e a qualidade de vida do ser humano, principalmente dos portadores de más oclusões que afligem a estética bucal 20. Por isso, a Ortodontia deve levar em conta a vontade do paciente, sobretudo nos aspectos estéticos, restringindo-se, muitas vezes, à parte cosmética e não obrigatoriamente aos aspectos funcionais e/ou à oclusão 26. Edward Hartley Angle 1, além de conceituar a má oclusão como o desvio da oclusão ideal, estipulou um método de agrupamento das deformidades dentoesqueléticas, capaz não somente de romper barreiras geográficas e do tempo, mas de identificar epidemiologicamente a prevalência das más oclusões 25, a despeito de ser conceituado como qualitativo e subjetivo 19. Os índices oclusais ou normativos foram criados inicialmente com os objetivos de determinar quantitativamente, de forma simples, rápida e precisa, a severidade da má oclusão 13 e de indicar os casos com maior necessidade de tratamento ortodôntico 5, permitindo a análise estatística dos estudos epidemiológicos realizados 22. Para cada índice é estabelecido um ponto de corte, isto é, um valor numérico a partir do qual são selecionados os indivíduos com maior severidade da má oclusão e necessidade de tratamento 14. Alguns órgãos governamentais ou particulares, em vez de utilizarem índices normativos oclusais, criam uma lista de problemas e seqüelas causados pela má oclusão, acrescentando-se àqueles que levam riscos à saúde. A partir dessa lista, as más oclusões com maior severidade e necessidade de correção ortodôntica são indicadas ao tratamento e os índices oclusais são validados 10. Diversos sistemas quantitativos, também chamados de índices normativos da severidade da má oclusão, foram criados ao longo do tempo 16, com alguns, inclusive, acrescentando a análise da relação ântero-posterior de Angle 1,11, ou com características semelhantes, como o Índice Dental Estético (Dental Aesthetic Index - DAI) 7. De acordo com experiências obtidas no tratamento de casos com diferentes particularidades, os índices também podem apontar os casos com maiores dificuldades de tratamento 3,21. Os índices de avaliação da necessidade de tratamento ortodôntico, além dos objetivos já expostos, podem também melhorar a capacidade dos alunos de graduação diagnosticarem as más oclusões, aumentando assim a percentagem de anormalidades da oclusão identificadas por clínicos-gerais 2. Entretanto, não se pode confundir diagnóstico com implementação de medidas normativas no estudo da severidade da má oclusão e da necessidade de tratamento ortodôntico 9. Vigorito 27 afirmou que, para a elaboração do diagnóstico, seriam necessários meios de análise e documentação, como exame clínico, modelos de estudo, radiografias intra e extrabucais (panorâmicas e telerradiografias) e fotografias da face e arcos dentários. Os índices devem mostrar validade, ou seja, a capacidade de medir o que se propõem, e confiança, também chamada de precisão ou reprodutibilidade, que é a capacidade de apresentar os mesmos resultados quando o índice é aplicado na mesma amostra por diferentes examinadores, ou pelo mesmo examinador em diferentes ocasiões 6. Simplicidade, baixo custo e precisão são características exigidas nos índices normativos. Índices como o OI, o PAR e o IOTN, em suas medidas milimétricas, utilizam réguas milimetradas que podem ser usadas em modelos de estudo ou em boca, com alta reprodutibilidade 24. Paquímetros de alta precisão foram usados em outros estudos com os mesmos objetivos, porém, aumentando os custos 11. No Índice Dental Estético, a sonda periodontal CPI é utilizada para essa finalidade, com relativo custo, se for aplicada epidemiologicamente em boca 4. O presente trabalho tem o objetivo de apresentar uma alternativa de menor custo para mensuração dos componentes lineares do Índice Dental Estético, que geralmente necessitam da sonda periodontal CPI, tornando-se, ainda, uma metodologia com validade e precisão para avaliação da severidade das más oclusões e da necessidade de tratamento ortodôntico. ReVIsÃo De LITeRATuRA Índice Dental estético (DAI) O Índice Dental Estético foi formulado em 1986 na Universidade de Iowa 7, com o intuito de fazer mensurações estéticas e oclusais, minimizando percepções subjetivas dos profissionais e dos pacientes. A partir das medidas computadas, provenientes de 200 condições oclusais, dez componentes ligados à estética e à função mastigatória foram identificados por adolescentes, pais e especialistas em Ortodontia (todos americanos) como os mais importantes. Em ação conjunta com a Federação Dentária Internacional (FDI), a Organização Mundial de Saúde (OMS), a qual buscava a criação de um método objetivo pelo qual fossem estipuladas as prioridades do tratamento ortodôntico, adotou o DAI como um índice transcultural 28, sendo largamente utilizado tanto nos países desenvolvidos como naqueles em desenvolvimento, devido à sua simplicidade, alta precisão e alta validade 16. Por meio de procedimentos estatísticos de análise de regressão, encontrou-se, para cada componente, um coeficiente de regressão (peso) (Tab. 1) dentro de uma equação (Quadro 1), à qual foi adicionada ainda uma constante, obtendo-se um escore para o DAI 8 (Tab. 2). Dependendo do escore obtido, o DAI fornece quatro possibilidades Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov

3 Uma ferramenta alternativa para avaliação do Índice Dental Estético DAI = (dentes perdidos x 6) + (API) + (ESP) + (DI x 3) + (DMXA) + (DMDA) + (OMXA x 3) + (OMDA x 4) + (MAA x 4) + (RMAP x 3) + 13 quadro 1 - Equação do DAI com os dez componentes e seus respectivos pesos somados à constante com valor igual a 13. tabela 1 - Componentes oclusais considerados no Índice Dental Estético padrão (DAI) e respectivos coeficientes de regressão. componentes do DAI 1 dentição 6 2 apinhamento no segmento incisal (API) 1 3 espaçamento no segmento incisal (ESP) 1 4 diastema incisal (DI) 3 5 desalinhamento maxilar anterior (DMXA) 1 6 desalinhamento mandibular anterior (DMDA) 1 7 overjet maxilar anterior (OMXA) 3 8 overjet mandibular anterior (OMDA) 4 9 mordida aberta vertical anterior (MAA) 4 10 relação molar ântero-posterior (RMAP) 3 peso tabela 2 - Escores do DAI distribuídos de acordo com a severidade da má oclusão e da necessidade de tratamento ortodôntico 18. escores do DAI < 25 (grau 1) (grau 2) (grau 3) 36 (grau 4) - níveis de severidade - níveis de necessidade do tratamento ortodôntico - oclusão normal ou má oclusão leve - nenhuma ou pequena necessidade de tratamento - má oclusão definida - necessidade eletiva de tratamento - má oclusão severa - necessidade altamente desejável de tratamento - má oclusão muito severa ou deformadora - necessidade obrigatória de tratamento tabela 3 - Divisão dos dez componentes do DAI em três grupos: dentição, espaço e oclusão. condições de dentição condições de espaço condições de oclusão dentição apinhamento no segmento incisal (API) espaçamento no segmento incisal (ESP) presença de diastema incisal (DI) desalinhamento maxilar anterior (DMXA) desalinhamento mandibular anterior (DMDA) overjet maxilar anterior (OMXA) overjet mandibular anterior (OMDA) mordida aberta vertical anterior (MAA) relação molar ântero-posterior (RMAP) tabela 4 - Separação de nove componentes do Índice Dental Estético, de acordo com a maneira pela qual seu valor numérico é obtido. FIGuRA 1 - Aferição da medida registrada por meio da sonda CPI 4, com o cursor de silicone endodôntico e a régua endodôntica plástica 23. de desfecho, segundo a severidade da má oclusão e a respectiva necessidade de tratamento ortodôntico (Tab. 2). mensuração do DAI Os dez componentes do Índice Dental Estético estão dispostos em três grupos: dentição, espaço e oclusão 17 (Tab. 3), sendo determinados quanto à sua ausência ou presença, e naqueles que são medidos milimetricamente com uma sonda periodontal CPI (OMS) 4. Com exceção das condições da dentição, alguns componentes do DAI são caracterizados por códigos, enquanto outros são mensurados em milímetros, utilizando-se a sonda CPI 28 (Tab. 4). Em 2006, Santos 23 apresentou uma metodologia para a tomada das medidas lineares, na qual, para aferição dos componentes do Em códigos Em milímetros, utilizando-se a sonda CPI apinhamento no segmento incisal (API) espaçamento no segmento incisal (ESP) relação molar ântero-posterior (RMAP) presença de diastema incisal (DI) desalinhamento maxilar anterior (DMXA) desalinhamento mandibular anterior (DMDA) overjet maxilar anterior (OMXA) overjet mandibular anterior (OMDA) mordida aberta vertical anterior (MAA) DAI, adaptou-se à sonda periodontal um cursor de silicone atóxico, inodoro, esterilizável, com perfuração central e espessura de 1,5mm, normalmente utilizado em limas endodônticas quando da realização de tratamentos endodônticos. As mensurações foram feitas com réguas plásticas esterilizáveis, também usadas em Endodontia (Fig. 1). 36 Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov. 2008

4 Pedro César Fernandes dos Santos, Aline Levi Baratta Monteiro, Rodney Garcia Rocha, Cauby Maia Chaves Júnior INsTRumeNTo ALTeRNATIVo De medida Do DAI métodos De CoNFeCÇÃo e AFeRIÇÃo material Diferentemente do método convencional, no qual se utiliza a sonda periodontal CPI (Community Periodontal Index) 28 para a realização das tomadas em milímetros dos componentes do Índice Dental Estético, o método descrito neste artigo requer os seguintes materiais: - um pedaço com 6cm de comprimento de fio ortodôntico, retificado, com diâmetro de 1mm; - um alicate nº 139; - uma régua milimetrada de plástico, quimicamente esterilizável, ou uma régua endodôntica plástica, esterilizável em autoclave; e - um cursor em silicone (stop de silicone) esterilizável, atóxico e inodoro, com espessura de 1,5mm e perfuração central. metodologia Confecção Utiliza-se um fio ortodôntico de calibre 0,8 a 1mm, retificado, com seis centímetros de comprimento. A partir da extremidade do fio, realiza-se, com auxílio do alicate 139, uma circunferência de 1,5cm de raio, de forma a facilitar a apreensão do instrumento com os dedos polegar e indicador. No ponto em que a circunferência é fechada, confecciona-se a parte reta do fio ortodôntico, a qual deve ter 3cm de comprimento. A extremidade da parte reta do fio deve ser aplainada, para facilitar a justaposição nas superfícies dentárias. Um cursor de silicone ou borracha é introduzido no fio ortodôntico, permanecendo de 2 a 5mm do início (Fig. 2A). Aferição Com o instrumento construído, realizam-se as tomadas dos componentes lineares do DAI, conforme a metodologia previamente descrita na literatura 4. O cursor adaptado ao fio ortodôntico confere a justaposição do fio ao ponto de leitura do componente (Fig. 1). As medidas lineares podem ser tomadas em modelos de estudo (Fig. 2B-G) ou em boca (Fig. 2H), sendo registrados os componentes em uma ficha, para, em seguida, multiplicá-los por seus respectivos pesos (Tab. 1). Só então, esses resultados devem ser somados aos códigos que caracterizam os demais componentes (Quadro 1), obtendo-se, ao final, o escore DAI (Tab. 2). DIsCussÃo Entre os objetivos principais almejados em um índice oclusal destacam-se a validade, a reprodutibilidade e a simplicidade 6,10,15, sobretudo quando é aplicado em estudos epidemiológicos onde a redução dos custos é primordial 22. Em diversos estudos 9,10,21, o DAI apresentou validade, ou seja, alcançou o objetivo de avaliar a severidade das más oclusões e a necessidade de tratamento ortodôntico. Além disso, mostrou reprodutibilidade ou precisão, caracterizada pela alta correlação entre as medidas realizadas pelo mesmo examinador em diferentes momentos ou entre examinadores avaliando uma mesma amostra. O Índice Dental Estético foi apontado pela Organização Mundial de Saúde como o instrumento capaz de medir as características estéticas e funcionais mais importantes, de acordo com leigos e ortodontistas 28. As medidas milimétricas dos índices normativos devem ser tomadas de forma rápida e precisa, de tal forma que, após a calibração do examinador, o componente possa ser medido com facilidade e precisão 5,6. Alguns índices usam réguas milimétricas, porém alcançam relativa precisão 25. Utilizando-se uma sonda periodontal CPI, é possível obter-se as medidas milimétricas com o Índice Dental Estético e alcançar alta precisão 4,22. Santos 23, em 2006, alcançou precisão quase perfeita adaptando um cursor endodôntico na sonda periodontal e usando uma régua endodôntica, pois a acurácia é aumentada com a exata demarcação dos pontos medidos nas grandezas lineares. O presente trabalho oferece a opção mais econômica, por meio de um fio ortodôntico de diâmetro de 0,8 a 1,0mm, no qual pode ser adaptado o cursor de silicone ou uma pequena borracha, aferindo-se as medidas por meio de uma pequena régua milimetrada de plástico, a qual pode ser adquirida em grande escala e esterilizada por meio químico. Alguns destes índices são aplicados em modelos de estudo ou em boca 10,11,19. O Índice Dental Estético foi originalmente aplicado em modelos de estudo 7. Os índices normativos usados em estudos epidemiológicos devem apresentar eficácia quando aplicados em boca 15. O fio ortodôntico, dobrado com facilidade com um alicate, transforma-se em um instrumento de medida de fácil manipulação, podendo-se confeccionar inúmeros, de acordo com a necessidade. Após o uso, podem ser esterilizados em estufa, autoclave ou meio químico. Os índices são apontados em diversos usos, porém, destacam-se como um dos exames para o estabelecimento do diagnóstico ortodôntico. Entidades de ensino deveriam aplicar índices oclusais com mais ênfase, sobretudo o Índice Dental Estético associado ao fio DAI, por apresentar rápida aplicação e assimilação por parte dos estudantes de Odontologia 2, devendo-se estender sua aplicabilidade por cirurgiões-dentistas em nível público 11 ou privado 3. Muito embora a alta precisão tenha sido confirmada com a sonda CPI associada ao cursor de silicone e uma régua, usados em tra- Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov

5 Uma ferramenta alternativa para avaliação do Índice Dental Estético e C B A A D B C D e F H G FIGuRA 2 - A) Instrumento alternativo de medida do DAI com cursor introduzido de 2 a 5mm da extremidade. A- circunferência; B- parte reta do instrumento; C- cursor; D- régua milimetrada endodôntica; e E- régua milimetrada comum. B) Aferição, no modelo, do diastema incisal (DI) utilizando o fio ortodôntico DAI. C) Aferição, no modelo, do desalinhamento maxilar anterior (DMXA) utilizando o fio ortodôntico DAI. D) Aferição, no modelo, do desalinhamento mandibular anterior (DMDA) utilizando o fio ortodôntico DAI. e) Aferição, no modelo, do overjet maxilar anterior (OMXA) utilizando o fio ortodôntico DAI. F) Aferição, no modelo, do overjet mandibular anterior (OMDA) utilizando o fio ortodôntico DAI. G) Aferição, no modelo, da mordida aberta vertical anterior (MAA) utilizando o fio ortodôntico DAI. H) Aferição, em boca, do overjet maxilar anterior (OMXA) utilizando o fio ortodôntico DAI. tamentos endodônticos 23, estudos estão sendo desenvolvidos pelos autores com o intuito de comprovar a capacidade de precisão oferecida quando usado o fio ortodôntico DAI. CoNCLusÕes 1) O fio ortodôntico DAI é um instrumento de fácil confecção, baixo custo e fácil manuseio. 2) O fio ortodôntico DAI pode ser esterilizado em estufa, autoclave ou meio químico, com reutilização em longo prazo. 3) Associado ao cursor, que pode ser de silicone ou de borracha, e aferido com réguas milimetradas endodônticas ou de plástico, pode demonstrar alta precisão nas tomadas dos componentes lineares. 4) Dever-se-ia estender o ensino e a aplicação do Índice Dental Estético associado ao fio ortodôntico DAI nos cursos de Odontologia, aumentando a familiarização pelos cirurgiões-dentistas e especialistas em Ortodontia. 38 Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov. 2008

6 Pedro César Fernandes dos Santos, Aline Levi Baratta Monteiro, Rodney Garcia Rocha, Cauby Maia Chaves Júnior An alternative tool to assess DAI Abstract Normative indexes have been used in Orthodontics with different purposes: to evaluate the severity of malocclusion, necessity and success of orthodontic treatment or as an usefulness epidemiologic tool. Indicated by the World Health Organization since 1997, the Dental Aesthetic Index (DAI) is a numerical index which measures occlusal features, selected on the basis of the potential to promote psychosocial handicap. The DAI provides an assessment of the relative social acceptability of the dental appearance, based on public perception of dental esthetics. Worldwide, Dental Aesthetic Index (DAI) has showed significant validity and reliability, using a periodontal probe (Community Periodontal Index) to obtain the linear measurements. The present article describes a simple stainless steel instrument, called DAI orthodontic wire. In combination with a silicon or rubber endodontic cursor and a simple ruler, stipulating a precise, easy and inexpensive method to assess DAI. key words: Malocclusion. Dental Aesthetic Index. Orthodontic treatment need. RefeRênciAs 1. ANGLE, E. H. Classification of malocclusion. Dental cosmos, Philadelphia, v. 41, no. 2, p , BENTELE, M. J.; VIG, K. W. L.; SHANKER, S.; BECK, F. M. Efficacy of training dental students in the index of orthodontic treatment need. Am. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 122, no. 5, p , Nov BERGSTRÖM, K.; HALLING, A.; WILDE, B. Orthodontic care from the patient s perspective: perceptions of 27-year-olds. eur. J. Orthod., London, v. 20, no. 3, p , June BRASIL. Ministério da Saúde. Projeto 2000: condições de saúde bucal da população brasileira no ano Brasília, DF, Manual do examinador. 5. BURDEN, D. J.; PINE, C. M.; BURNSIDE, G. Modified IOTN: an orthodontic treatment need index for use in oral health surveys. community Dent. Oral epidemiol., Copenhagen, v. 29, no. 3, p , June CARLOS, J. P. Evaluation of indices of malocclusion. int. Dent. J., London, v. 20, no. 4, p , CONS, N. C.; JENNY, J.; KOHOUT, F. L. DAi: The Dental Aesthetic Index. Iowa: University of Iowa, CONS, N. C.; JENNY, J.; KOHOUT, F. J.; SONGPAISAN, Y.; JOTIKASTIRA, D. Utility of the dental aesthetic index in industrialized and developing countries. J. Public Health Dent., Raleigh, v. 49, no. 3, p , Summer CUNHA, A. C. P. P.; MIGUEL, J. A.; LIMA, K. C. Avaliação dos índices DAI e IOTN no diagnóstico de más oclusões e necessidade de tratamento ortodôntico. Rev. Dental Press Ortodon. Ortop facial, Maringá, v. 8, n. 1, p , DANYLUK, K.; LAVELLE, C.; HASSARD, T. Potential application of the dental aesthetic index to prioritize the orthodontic service needs in a publicly funded dental program. Am. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 116, no. 3, p , Sept ELDERTON, R. J.; CLARK, J. D. Orthodontic treatment in the general dental service assessed by the occlusal index. Br. J. Orthod., Oxford, v. 10, no. 4, p , Oct ENGLISH, J. D.; BUSCHANG, P. H.; THROCKMORTON, G. S. Does malocclusion affect masticatory perfomance? Angle Orthod., Appleton, v. 72, no. 1, p , Feb FOX, N. A.; DANIELS, C.; GILGRASS, T. A comparison of the index of complexity outcome and need (ICON) with the peer assessment rating (PAR) and index of orthodontic treatment need (IOTN). Br. J. Orthod., Oxford, v. 193, no. 4, p , Aug GREEN, J.; O BRIEN, K. The influence of the setting of cut-off points for orthodontic treatment need upon the reliability of the index of orthodontic treatment need. Br. J. Orthod., Oxford, v. 21, no. 3, p , Aug JÄRVINEN, S. Indexes for orthodontic treatment need. Am. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 120, no. 3, p , Sept JÄRVINEN, S.; VÄÄTÄJÄ, P. Variability in assessment of need for orthodontic treatment when using certain treatment-need indices. community Dent. Oral epidemiol., Copenhagen, v. 15, no. 5, p , Oct JENNY, J.; CONS, N.C. Comparing and contrasting two orthodontic indices, the index of orthodontic treatment need and the Dental Aesthetic Index. Am. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 110, no. 4, p , Oct JENNY, J.; CONS, N. C. Establishing malocclusion severity levels on the dental aesthetic index (DAI) scale. Aust. Dent. J., Sydney, v. 41, no. 1, p , Feb MASSLER, M.; FRANKEL, J. M. Prevalence of malocclusion in children aged 14 to 18 years. Am. J. Orthod., St. Louis, v. 37, no. 10, p , Oct OLIVEIRA, C. M.; SHEIHAM, A. The relationship between normative orthodontic treatment and oral health-related quality of life. community Dent. Oral epidemiol., Copenhagen, v. 31, no. 6, p , Dec ONYEASO, C. O.; AROWOJOLU, M. O.; TAIWO, J. O. Periodontal status of orthodontic patients and the relationship between dental aesthetic index and community periodontal index of treatment need. Am. J. Orthod. Dentofacial Orthop., St. Louis, v. 124, no. 6, p , Dec OTUYEMI, O. D.; NOAR, J. H. Variability and grading the need for orthodontic treatment using the handicapping malocclusion assessment record, occlusal index and dental aesthetic index. community Dent. Oral epidemiol., Copenhagen, v. 24, no. 3, p , June SANTOS, P. C. F. estudo da prevalência das más oclusões e da necessidade de tratamento ortodôntico em pacientes da Disciplina de clínica integrada da faculdade de Odontologia da Universidade de são Paulo Tese (Doutorado)- Faculdade de Odontologia, Universidade de São Paulo, São Paulo, SO, L. L.; TANG, E. L. A comparative study using the occlusal index and the index of orthodontic treatment need. Angle Orthod., Appleton, v. 63, no. 1, p , Spring SOH, J.; SANDHAM, A.; CHAN, Y. H. Occlusal status in Asian male adults: prevalence and ethnic variation. Angle Orthod., Appleton, v. 75, no. 5, p , Sept SVEDSTRÖM-ORISTO, A. L.; PIETILÄ, T.; PIETILÄ, I.; ALANEN, P.; VARRELA, J. Morphological, functional and aesthetic criteria of acceptable mature occlusion. eur. J. Orthod., London, v. 23, no. 4, p , Aug VIGORITO, J. W. Ortodontia clínica: diagnóstico e terapêuticas. 1. ed. São Paulo: Santa Madonna, WORLD HEALTH ORGANIZATION. Oral health surveys: basic methods. 4th ed. Geneva, AgRADeCImeNTos Agradecemos, em especial, ao amigo professor doutor Marinho Del Santo Jr., pela grande ajuda prestada e pela solicitude. endereço para correspondência Pedro césar Fernandes dos santos Av. Barão de Studart, 2360 sala Dionísio Torres CEP: Bauru / SP Rev. Clín. Ortodon. Dental Press, Maringá, v. 7, n. 5 - out./nov

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

Reginaldo César Zanelato

Reginaldo César Zanelato Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros

Leia mais

Prevalência de maloclusão e necessidade de tratamento ortodôntico em indivíduos adultos

Prevalência de maloclusão e necessidade de tratamento ortodôntico em indivíduos adultos DOI: 10.4025/actascihealthsci.v33i2.9507 Prevalência de maloclusão e necessidade de tratamento ortodôntico em indivíduos adultos Jalber Almeida dos Santos 1*, Vinicius Gabriel Barros Florentino 2, Dmitry

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal Sanitarista: Inconveniente estético ou funcional de grande magnitude que possa interferir no relacionamento do indivíduo

Leia mais

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Caso Clínico Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Matheus Melo Pithon*, Luiz Antônio Alves Bernardes** Resumo Com o maior acesso da população aos serviços de saúde bucal houve

Leia mais

COMPARAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RADIOGRÁFICO DE ANÁLISES CEFALOMÉTRICAS DISTINTAS *Luciano Sampaio Marques; **Luiz Fernando Eto

COMPARAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RADIOGRÁFICO DE ANÁLISES CEFALOMÉTRICAS DISTINTAS *Luciano Sampaio Marques; **Luiz Fernando Eto 1 COMPARAÇÃO DO DIAGNÓSTICO RADIOGRÁFICO DE ANÁLISES CEFALOMÉTRICAS DISTINTAS *Luciano Sampaio Marques; **Luiz Fernando Eto Resumo da monografia apresentada no curso de especilização em Ortodontia da Universidade

Leia mais

Prevalência de Oclusão Normal e Má Oclusão em Brasileiros, Adultos, Leucodermas, Caracterizados pela Normalidade do Perfil Facial

Prevalência de Oclusão Normal e Má Oclusão em Brasileiros, Adultos, Leucodermas, Caracterizados pela Normalidade do Perfil Facial Artigo Inédito Prevalência de e Má Oclusão em Brasileiros, Adultos, Leucodermas, Caracterizados pela Normalidade do Perfil Facial Prevalence of Normal Occlusion and Malocclusion among Adult, Caucasian

Leia mais

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente,

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente, Série Aparelhos Ortodônticos MÁSCARA FACIAL INTRODUÇÃO Inúmeras formas de tratamento têm sido relatadas para a correção precoce da má oclusão de Classe III. No entanto, talvez por muitos casos necessitarem

Leia mais

PEDRO CÉSAR FERNANDES DOS SANTOS

PEDRO CÉSAR FERNANDES DOS SANTOS PEDRO CÉSAR FERNANDES DOS SANTOS ESTUDO DA PREVALÊNCIA DAS MÁS OCLUSÕES E DA NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM PACIENTES DA DISCIPLINA DE CLÍNICA INTEGRADA DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1)

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Artigo de Divulgação Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Treatment of a Class III, Subdivision Malocclusion: A Case Report (Part 1) Guilherme R.

Leia mais

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo iagnóstico Análise da Movimentação entária (VTO dentário) Adriano César Trevisi Zanelato*, Hugo José Trevisi**, Reginaldo César Trevisi Zanelato***, André César Trevisi Zanelato*, Renata Chicarelli Trevisi****

Leia mais

Cirurgia Ortognática Bimaxilar: Relato de Caso

Cirurgia Ortognática Bimaxilar: Relato de Caso Cirurgia Ortognática Bimaxilar: Relato de Caso LUNA, Aníbal H. B.; ALVES, Giorvan Ânderson dos Santos; FIGUEIREDO, Ludmila Silva de; PAIVA, Marcos A. Farias; CAVALCANTI, Raquel Lopes; RESUMO Introdução:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica tópico especial Tema desenvolvido pelo conselho editorial abordando assuntos de interesse da classe ortodôntica Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Leia mais

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR Monografia

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO 474 UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Fábio André Werlang 1 Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO

Leia mais

NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO:

NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO: RODRIGO NORREMOSE COSTA NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO: VALIDAÇÃO DO DAI (ÍNDICE DE ESTÉTICA DENTAL) E DO ICON (ÍNDICE DE COMPLEXIDADE, RESULTADO E NECESSIDADE) PARA A REGIÃO DE BELO HORIZONTE BELO

Leia mais

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber?

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? A r t i g o In é d i t o Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? Antonio David Corrêa Normando*, Lediana Aguiar Azevedo**, Patrícia Nascimento Paixão**

Leia mais

Confecção e instalação do Sky Hook

Confecção e instalação do Sky Hook Dica Clínica Confecção e instalação do Sky Hook Preparing and fitting the Sky Hook Laurindo Zanco Furquim * Resumo Nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, o protocolo

Leia mais

dentes de homens e mulheres, havendo uma tendência dos homens apresentarem dentes maiores no sentido mésio-distal do que as mulheres

dentes de homens e mulheres, havendo uma tendência dos homens apresentarem dentes maiores no sentido mésio-distal do que as mulheres Análise da discrepância de tamanho dentário em pacientes da Clínica de Ortodontia da FO/UERJ 94 96 porcentagem 92 90 88 86 84 82 80 78 RT - Bolton Razão total Razão anterior Error Bars show 95,0% C I of

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS 1 EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS Tatiana Leite Moroz LESSA 1 Elcy ARRUDA 2 Roberley Araújo ASSAD 3 Fabiano Sfier de MELLO 4 Andrea Malluf Dabul de

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire.

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire. Descrição de Técnica DIAO: Diagrama individual anatômico objetivo. Uma proposta para escolha da forma dos arcos na técnica de Straight-Wire, baseada na individualidade anatômica e nos objetivos de tratamento

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP PROPRIEDADES FÍSICAS DE FIOS ORTODÔNTICOS DE AÇO APÓS UTILIZAÇÃO CLÍNICA CRISTINA YURI OKADA KOBAYASHI

UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP PROPRIEDADES FÍSICAS DE FIOS ORTODÔNTICOS DE AÇO APÓS UTILIZAÇÃO CLÍNICA CRISTINA YURI OKADA KOBAYASHI UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP PROPRIEDADES FÍSICAS DE FIOS ORTODÔNTICOS DE AÇO APÓS UTILIZAÇÃO CLÍNICA Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Paulista UNIP para

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes*

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* C a s o C l í n i c o O Má oclusão Classe I de ngle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* Marco ntônio Schroeder** Resumo Este relato de caso descreve o tratamento de

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral 36 MAXILLARIS OUTUBRO 2015 Ciência e prática : Margarida Malta Médica dentista. Licenciada no Instituto Superior de Ciencias da Saúde

Leia mais

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL

ODONTO IDÉIAS Nº 07. As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL ODONTO IDÉIAS Nº 07 As 100 Melhores Idéias da Odontologia CALIBRADORES DE ESPAÇO INTERPROXIMAL Nossa intenção com esta coluna é reconhecer o espírito criativo do Cirurgião Dentista brasileiro, divulgando

Leia mais

Prevalência das Más-oclusões em Pacientes da Clínica de Ortodontia da Universidade Federal de Pernambuco 1

Prevalência das Más-oclusões em Pacientes da Clínica de Ortodontia da Universidade Federal de Pernambuco 1 TRABALHO DE PESQUISA Prevalência das Más-oclusões em Pacientes da Clínica de Ortodontia da Universidade Federal de Pernambuco 1 Prevalence of Malocclusion in Patients of Post-graduation in Orthodontics

Leia mais

AVALIAÇÃO DE CONFIANÇA DO CPITN EM LEVANTAMENTOS EPIDEMIOLÓGICOS DE CONDIÇÕES PERIODONTAIS

AVALIAÇÃO DE CONFIANÇA DO CPITN EM LEVANTAMENTOS EPIDEMIOLÓGICOS DE CONDIÇÕES PERIODONTAIS AVALIAÇÃO DE CONFIANÇA DO CPITN EM LEVANTAMENTOS EPIDEMIOLÓGICOS DE CONDIÇÕES PERIODONTAIS Ercília Leal DINI* Lúcia Helena de Moura NEVES* RESUMO: Nos levantamentos epidemiológicos de condições periodontais

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental

Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental Dica Clínica Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental Description of the Method of Fixed Retention, with Free Access of the Dental Floss Jaime Sampaio Bicalho * Karla Tonelli

Leia mais

Aparelho Herbst: Protocolos de tratamento precoce e tardio

Aparelho Herbst: Protocolos de tratamento precoce e tardio A RTIGO I NÉDITO Aparelho Herbst: Protocolos de tratamento precoce e tardio Omar Gabriel da Silva Filho*, Carlos Alberto Aiello*, Marcelo Veloso Fontes** Resumo Até que ponto o crescimento mandibular pode

Leia mais

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Dica Clínica Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Adriana Simoni Lucato* Eloísa Marcantônio Boeck* Silvia Amelia Scudeler Vedovello* João Sarmento Pereira Neto** Maria Beatriz Borges de Araújo Mangnani***

Leia mais

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico CASO CLÍNICO Setup: a Diagnosis Assistance in Orthodontics Michelle Santos VIANNA* Armando Yukio SAGA** Fernando Augusto CASAGRANDE*** Elisa Souza CAMARGO****

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS Jorge Ferreira Rodrigues 1 Marcella Maria Ribeiro do Amaral Andrade 2 Ernesto Dutra Rodrigues 3 Resumo O tratamento ortodôntico da

Leia mais

FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA

FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA JI-PARANÁ- RO 2013 MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA Trabalho

Leia mais

Tratamento ortodôntico - cirúrgico de um caso clínico de Classe III esquelética e Classe III dentária.

Tratamento ortodôntico - cirúrgico de um caso clínico de Classe III esquelética e Classe III dentária. Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com Tratamento ortodôntico - cirúrgico de um caso clínico de Classe

Leia mais

MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE SAÚDE DA MARINHA CENTRO MÉDICO ASSISTENCIAL DA MARINHA ODONTOCLÍNICA CENTRAL DA MARINHA

MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE SAÚDE DA MARINHA CENTRO MÉDICO ASSISTENCIAL DA MARINHA ODONTOCLÍNICA CENTRAL DA MARINHA MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE SAÚDE DA MARINHA CENTRO MÉDICO ASSISTENCIAL DA MARINHA ODONTOCLÍNICA CENTRAL DA MARINHA PROGRAMA PARA A PREVENÇÃO DA CÁRIE DENTÁRIA E DA DOENÇA PERIODONTAL Serviço de Odontologia

Leia mais

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e de Classe III- Análise comparativa através de um novo método utilizando imagens digitalizadas. Antonio David Corrêa Normando *

Leia mais

Colagem de braquetes em esmalte condicionado com Transbond Plus Self Etching Primer

Colagem de braquetes em esmalte condicionado com Transbond Plus Self Etching Primer Dica Clínica Colagem de braquetes em esmalte condicionado com Transbond Plus Self Etching Primer Fábio Lourenço Romano*, Américo Bortolazzo Correr**, Maria Beatriz B. A. Magnani***, Darcy Flávio Nouer****,

Leia mais

TÍTULO: PERCEPÇÃO DE PAIS E CIRURGIÕES DENTISTAS SOBRE A NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CRIANÇAS NA FASE DE DENTADURA MISTA

TÍTULO: PERCEPÇÃO DE PAIS E CIRURGIÕES DENTISTAS SOBRE A NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CRIANÇAS NA FASE DE DENTADURA MISTA TÍTULO: PERCEPÇÃO DE PAIS E CIRURGIÕES DENTISTAS SOBRE A NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CRIANÇAS NA FASE DE DENTADURA MISTA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ODONTOLOGIA

Leia mais

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 APARELHOS ORTODÔNTICOS e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 Ortodontia & Ortopedia Facial ORTODONTIA E Ortopedia Facial CUI CURI DADOS & OSIDADES Dr. Guilherme Thiesen

Leia mais

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR.

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. RODRIGO LOPES ROCHA Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

Aparelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho

Aparelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho Dica Clínica parelho de Protração Mandibular: uma nova abordagem na confecção do aparelho Luciano lvim Costa*, Rosely Suguino** Resumo má oclusão de Classe II com retrognatismo mandibular tem sido largamente

Leia mais

Artigo Traduzido. Arild Stenvik, DDS, MSD, PhD* Björn U. Zachrisson, DDS, MSD, PhD** Palavras-chave: Autotransplante. Agenesia.

Artigo Traduzido. Arild Stenvik, DDS, MSD, PhD* Björn U. Zachrisson, DDS, MSD, PhD** Palavras-chave: Autotransplante. Agenesia. Artigo Traduzido Um Caso de Difícil Solução, Facilitado pelo Autotransplante: Agenesia de um Incisivo e de Dois Pré-molares Inferiores, com Trespasse Vertical Acentuado A Difficult Agenesis Case Made Easier

Leia mais

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Dica Clínica O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Hallissa Simplício*, Ary dos Santos-Pinto**, Marcus Vinicius Almeida de Araújo***, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas****,

Leia mais

Calibração de examinadores para estudos epidemiológicos de cárie dentária. Calibration of examiners for dental caries epidemiology studies

Calibração de examinadores para estudos epidemiológicos de cárie dentária. Calibration of examiners for dental caries epidemiology studies ARTIGO ARTICLE 153 Calibração de examinadores para estudos epidemiológicos de cárie dentária Calibration of examiners for dental caries epidemiology studies Marco Aurélio Peres 1 Jefferson Traebert 2 Wagner

Leia mais

Confecção do contensor removível Osamu

Confecção do contensor removível Osamu Dica Clínica Confecção do contensor removível Osamu José Antônio Pereira Caricati*, Acácio Fuziy**, Paulo Tukasan**, Omar Gabriel da Silva Filho***, Maria Helena Ocké Menezes**** Resumo A busca constante

Leia mais

CAPÍTULO27. Mestre em Implantodontia - UNISA/SP, Especialista em Prótese Dentária - FOB/USP. 3

CAPÍTULO27. Mestre em Implantodontia - UNISA/SP, Especialista em Prótese Dentária - FOB/USP. 3 223 CAPÍTULO27 Ortodontia estética: uma visão multidisciplinar Carlos Alexandre Câmara 1 Bruno Maia 2 Sérgio Maia 3 1 Especialista em Ortodontia - FO/UERJ, Diplomado - BBO. 2 Mestre em Implantodontia -

Leia mais

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil

ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil Maia de Oliveira Junior, Wilson; Vigorito, Julio Wilson Determinação dos valores cefalométricos em amazonenses

Leia mais

Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II

Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II A r t i g o I n é d i t o Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II Maíra Massuia de Souza*, Talita Mathes de Freitas*, Adriana Sasso Stuani**, Andréa Sasso Stuani***,

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada

Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada C ASO CLÍNIC O BBO Má oclusão Classe III de Angle com discrepância anteroposterior acentuada Carlos Alexandre Câmara* Resumo O caso clínico apresentado refere-se ao tratamento de uma paciente com 36 anos,

Leia mais

Concordância dos ortodontistas no diagnóstico do Padrão Facial

Concordância dos ortodontistas no diagnóstico do Padrão Facial Concordância dos ortodontistas no diagnóstico do Padrão Facial Sílvia Augusta Braga Reis* Jorge Abrão** Cristiane Aparecida Assis Claro*** Renata Ferraz Fornazari**** *Doutoranda em Ortodontia pela USP

Leia mais

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Caso Clínico Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Jaime Sampaio Bicalho*, Rafael de Faria Bicalho** Resumo Relato de caso clínico de paciente com 51

Leia mais

REABILITAÇÃO ATRAVÉS DE HÍBRIDA APARAFUSADA.

REABILITAÇÃO ATRAVÉS DE HÍBRIDA APARAFUSADA. LABORATÓRIO Joaquín Madrueño Arranz Direção Técnica em laboratório de prótese dental próprio Formação e Peritagem em próteses dentais (Fotografias clínicas cedidas pelo Dr. Villar) REABILITAÇÃO ATRAVÉS

Leia mais

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo.

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo. Artigo de Divulgação 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 Tratamento da má oclusão Classe iii esquelética através

Leia mais

Eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1*

Eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1* A r t i g o In é d i t o Eficiência dos protocolos de tratamento em uma e duas fases da má oclusão de Classe II, divisão 1* Rodrigo Hermont Cançado**, Arnaldo Pinzan***, Guilherme Janson****, José Fernando

Leia mais

Diagnóstico de má oclusão de Classe III por alunos de graduação

Diagnóstico de má oclusão de Classe III por alunos de graduação A r t i g o In é d i t o Diagnóstico de má oclusão de Classe III por alunos de graduação José Augusto Mendes Miguel*, Cristiane Canavarro**, Juliana de Paiva Moura Ferreira***, Ione Helena Portella Brunharo****,

Leia mais

Avaliação dos fatores determinantes da estética do perfil facial

Avaliação dos fatores determinantes da estética do perfil facial Avaliação dos fatores determinantes da estética do perfil facial Sílvia Augusta Braga Reis* Jorge Abrão** Cristiane Aparecida de Assis Claro*** Leopoldino Capelozza Filho**** *Doutoranda em Ortodontia

Leia mais

UFPB PRG X ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

UFPB PRG X ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA 6CCSDCOSMT28 USO DE RADIOGRAFIAS CARPAIS NA DETERMINAÇÃO DA IDADE ÓSSEA IMPORTÂNCIA E APLICAÇÕES Amanda Maria Medeiros de Araujo (1) ; André Ânderson Pereira Germano (2) ; Adriana Dias Batista Rosa (2)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ODONTOLOGIA RELATÓRIO TÉCNICO DA PESQUISA. Goiânia

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ODONTOLOGIA RELATÓRIO TÉCNICO DA PESQUISA. Goiânia 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ODONTOLOGIA RELATÓRIO TÉCNICO DA PESQUISA CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL DE ESCOLARES DE 12 ANOS DO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA-GO, 2010 Goiânia 2011 2 EQUIPE TÉCNICA 1)

Leia mais

DETERMINAÇÃO DA NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM ESCOLARES DA CIDADE DO RECIFE

DETERMINAÇÃO DA NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM ESCOLARES DA CIDADE DO RECIFE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE PRÓTESE E CIRURGIA BUCO-FACIAL MESTRADO EM ODONTOLOGIA DETERMINAÇÃO DA NECESSIDADE DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM ESCOLARES

Leia mais

Avaliação eletromiográfica e ultrassonográfica do músculo masseter em indivíduos normais: estudo piloto

Avaliação eletromiográfica e ultrassonográfica do músculo masseter em indivíduos normais: estudo piloto Avaliação eletromiográfica e ultrassonográfica do músculo masseter em indivíduos normais: estudo piloto Palavras chave: músculo masseter, eletromiografia, ultra-som Introdução Estudos recentes utilizaram

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE CENTRO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DAS ALTERAÇÕES FUNCIONAIS DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO Área de Prótese Fixa e Escultura Dental FICHA CLÍNICA 1 - Dados Pessoais

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

Pêndulo Higiênico de Prieto

Pêndulo Higiênico de Prieto Dica Clínica Pêndulo Higiênico de Prieto Marcos Gabriel do Lago Prieto*, Acácio Fuziy**, Érika Nana Ishikawa***, Lucas Prieto**** Resumo Dos dispositivos de cooperação mínima, o aparelho pêndulo é um dos

Leia mais

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Artigo Inédito Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Accuracy Assessment of Visual Acuity in Orthodontic Accessories Placement Arnaldo Pinzan Resumo O propósito

Leia mais

Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados

Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados Frederico dos Reis Goyatá 1 Universidade Severino Sombra, curso de Odontologia, Professor de Dentística,

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

Leia mais

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA!

SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! SORRISO BONITO E SAUDÁVEL PARA TODA A VIDA! INTRODUÇÃO Um sorriso bonito, saudável e harmônico faz toda a diferença! Na autoestima traz diversos benefícios, pois quem sorri abertamente acredita em si mesmo

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A PRECISÃO DE BRAQUETES DE ROTH METÁLICOS E CERÂMICOS.

TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A PRECISÃO DE BRAQUETES DE ROTH METÁLICOS E CERÂMICOS. TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A PRECISÃO DE BRAQUETES DE ROTH METÁLICOS E CERÂMICOS. CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ODONTOLOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. Márcia do Rocio Araújo

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE. Márcia do Rocio Araújo 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Márcia do Rocio Araújo ESTUDO SOBRE A APLICABILIDADE DE UM EXAME PADRÃO PARA ATENDIMENTO ORTODÔNTICO NO ÂMBITO DO SUS Dissertação

Leia mais

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Caso Clínico Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Leopoldino Capelozza Filho*, Mauricio de Almeida Cardoso**, João Cardoso Neto***

Leia mais

O paradigma da relação entre oclusão, Ortodontia e disfunção têmporo-mandibular

O paradigma da relação entre oclusão, Ortodontia e disfunção têmporo-mandibular A RTIGO I NÉDITO O paradigma da relação entre oclusão, Ortodontia e disfunção têmporo-mandibular José A. BÓSIO* Resumo O relacionamento entre oclusão, Ortodontia e disfunção têmporo-mandibular tem sido

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Dentistas-Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia-Alteração RESOLUÇÃO

Leia mais

Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica

Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica Artigo Inédito Relatos clínicos e de técnicas, investigações científicas e revisões literárias Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica A fotografia

Leia mais

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Caso Clínico A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Luiz Felipe Viegas Josgrilbert*, Marcelo Kayatt Lacoski**, Fernando Esgaib Kayatt***, Priscila

Leia mais

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes A r t i g o In é d i t o Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes Marcos Janson*, Daniela Alcântara Fernandes Silva** Resumo Introdução: é muito comum, na rotina do consultório odontológico,

Leia mais

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Caso Clínico Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Eloísa Marcântonio Boeck*, Silvia Amelia S. Vedovello**, Adriana Simoni Lucato***, Maria Beatriz Borges de Araújo Magnani****,

Leia mais

T4A TRAINER PARA ALINHAMENTO. Desenvolvido por Dr. Chris Farrell (BDS Sydney University)

T4A TRAINER PARA ALINHAMENTO. Desenvolvido por Dr. Chris Farrell (BDS Sydney University) T4A TRAINER PARA ALINHAMENTO Desenvolvido por Dr. Chris Farrell (BDS Sydney University) PARA O ALINHAMENTO DE DENTES ANTERIORES NA DENTIÇÃO PERMANENTE Contate-nos para obter informações sobre o vídeo de

Leia mais

Imagens na Odontologia Considerações parciais

Imagens na Odontologia Considerações parciais Imagens na Odontologia Considerações parciais Cléber Bidegain Pereira, CD. Especialista em Ortodontia Este comentário, sobre imagens na Odontologia, tem a intenção de chamar a atenção para que as imagens

Leia mais

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Caso Clínico A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Luiz Felipe Viegas Josgrilbert*, Marcelo Kayatt Lacoski**, Fernando Esgaib Kayatt***, Priscila

Leia mais

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares A r t i g o I n é d i t o Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares Mauro C. Agner Busato*, Guilherme

Leia mais

Manual de Calibração de Examinadores

Manual de Calibração de Examinadores MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE POLÍTICAS DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA ÁREA TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL Projeto SB2000 Condições de Saúde Bucal da População Brasileira no ano 2000 Manual de Calibração

Leia mais

A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um. Caso Clínico. Caso Clínico

A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um. Caso Clínico. Caso Clínico Caso Clínico Apresentação ilustrada de casos tratados em Ortopedia, Ortodontia e/ou Cirurgia Ortognática A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um Caso Clínico Os autores apresentam o relato

Leia mais

Tratamento da classe II, com aparelho de herbst modificado relato de caso clínico

Tratamento da classe II, com aparelho de herbst modificado relato de caso clínico 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 Class II malocclusion treatment with modified Herbst appliance A Case Report Resumo

Leia mais

Caso Clínico. Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho***

Caso Clínico. Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho*** Caso Clínico Flavia Caetano P. dos Santos* Weider de Oliveira Silva** Miquelle Carvalho*** * Especialista em Dentística pela Associação Brasileira de Odontologia - ABO (Taguatinga DF). ** Especialista

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas A r t i g o In é d i t o Desgaste interproximal e suas implicações clínicas Osmar Aparecido Cuoghi*, Rodrigo Castellazzi Sella**, Fernanda Azambuja Macedo***, Marcos Rogério de Mendonça**** Resumo Introdução:

Leia mais