Reginaldo César Zanelato

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reginaldo César Zanelato"

Transcrição

1 Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros molares superiores, existe a possibilidade de se extrair os segundos molares superiores para facilitar a distalização dos primeiros molares. Pergunta: Quais seriam as indicações das extrações dos segundos molares superiores? A melhor maneira que encontrei para responder a essa pergunta foi discutindo as dúvidas que tive quando decidi, pela primeira vez, indicar as extrações dos segundos molares. Essas extrações não constituem um procedimento de rotina na prática ortodôntica, por essa razão causam muita insegurança e incerteza com relação ao resultado final do tratamento, então se faz necessária uma seleção cuidadosa dos casos clínicos e quando todos os requisitos de diagnóstico são devidamente observados, tornam-se uma válida opção para o tratamento dentoalveolar da má oclusão de Classe II 1. 1) Por que extrair os segundos molares? Grande parte da prática diária de um ortodontista consiste no tratamento das más oclusões sagitais, como a Classe II, que está presente na grande maioria dos pacientes que procuram o tratamento ortodôntico, devido ao comprometimento estético-facial dessa má oclusão. A melhor época para o tratamento da má oclusão de Classe II é a fase da dentição mista, mas nem sempre os pacientes procuram o tratamento nessa fase e muitos chegam à adolescência, onde diminui a colaboração ao tratamento ortodôntico. As extrações de segundos molares são mais uma opção de tratamento para as más oclusões de Classe II em pacientes adolescente 10. Os objetivos principais do tratamento com extração de segundo molar é evitar a impactação do terceiro molar e facilitar a distalização do primeiro molar. Essa extração cria espaço na região posterior e isola o terceiro molar do restante do arco dentário, possibilitando o seu movimento no sentido ântero-oclusal e a irrupção em ponto de contato com o primeiro molar que foi distalizado. O que realmente ocorre é uma substituição dos molares, ou seja, todo terceiro molar que apresentar forma e tamanho adequado é substituto ideal para o segundo molar. Atualmente encontramos dispositivos eficazes para distalizar o primeiro molar, mas o que devemos entender é que toda distalização muito grande causa impactação do terceiro molar e futura extração desse dente. Se provavelmente temos que extrair um dos molares nos casos de Classe II com distalização do primeiro molar, por que não elegermos o segundo molar que facilitaria o movimento distal do primeiro molar e diminuiria o tempo de tratamento ortodôntico? Outro ponto importante é a manutenção dos pontos de contato, que permanecem intactos no final do tratamento, em virtude de ser uma extração posterior e não intermediária, como ocorre nos casos onde extraímos os pré-molares. Quando se faz uma análise do arco dentário dos casos onde foram extraídos os segundos molares, não é encontrado nenhum sinal clínico de extração dentária, devido à irrupção do terceiro molar em ponto de contato com o primeiro molar. Quando se extrai os segundos molares o tratamento sempre é concluído com vinte e oitos dentes e isto parece ser conservador, então quando avaliamos um paciente que apresenta apinhamento na região de pré-molares e molares, uma boa opção de tratamento seria a extração do segundo molar, pois conseguiríamos espaço suficiente para corrigir o apinhamento na região intermediária e evitaríamos a impactação do terceiro molar. O que deve ficar bem claro é que as extrações dos segundos molares não substituem as extrações de pré-molares, sendo dois protocolos de tratamento totalmente distintos, onde as extrações dos segundos molares estarão bem indicadas nos pacientes com tendência vertical de crescimento, que apresentam má oclusão de Classe II, divisão 1ª e as extrações de R Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 3, p jun./jul

2 pré-molares estarão bem indicadas nos pacientes que apresentam também padrão vertical de crescimento, apinhamento anterior significativo, protrusão dos incisivos e falta de selamento labial 2,6. 2) Quando se devem extrair os segundos molares? Para se realizar a extração do segundo molar é necessário avaliarmos a qualidade anatômica e o grau de desenvolvimento do germe do terceiro molar. A radiografia panorâmica oferece bastante segurança para analisar a região posterior dos arcos dentários, pois mostra uma imagem satisfatória do tamanho da coroa do terceiro molar, bem como o grau de calcificação radicular e a relação do germe com a raiz do segundo molar. Quando a imagem obtida na radiografia panorâmica estiver distorcida, falhando na definição do tamanho germe do terceiro molar, faz-se necessária a radiografia periapical para complementar a avaliação radiográfica, pois a anatomia do terceiro molar é decisiva neste diagnóstico. A melhor fase para se extrair o segundo molar é quando a coroa do terceiro molar já se encontrar formada e a raiz estiver iniciando a formação, pois desta maneira o germe do terceiro molar se movimentará para anterior, irrupcionando no espaço do segundo molar e em ponto de contato com o primeiro molar que foi distalizado. Os terceiros molares irrupcionam em condições boas ou aceitáveis em mais de 90% dos casos após as extrações dos segundos molares 8, entretanto poderá ocorrer, em alguns pacientes, uma suave ou moderada inclinação mesioaxial dos terceiros molares, causando uma pequena impactação. Quando isto ocorrer, devemos verticalizar os molares com as técnicas apropriadas para esse procedimento. Não é aconselhado extrair os segundos molares depois que a bifurcação radicular dos terceiros molares estiver formada 9, pois nessas condições esses dentes perdem a capacidade de se movimentarem para anterior e ocupar o espaço deixado pelo segundo molar, causando um diastema entre os molares, que será proporcional ao grau de formação radicular, ou seja, quanto mais calcificada estiver a raiz, maior será o diastema. 3) Quais são os pacientes que devem se submeter às extrações dos segundos molares? As extrações dos segundos molares representam mais uma possibilidade de tratamento das más oclusões de Classe II nos pacientes adolescentes, tendo em vista que o diagnóstico ortodôntico é morfológico e que devemos fazer uma seleção cuidadosa dos pacientes que devem se submeter a tais extrações, faz-se necessário conhecer algumas características comuns desses pacientes, para que possamos indicar as extrações com segurança. Graber 5 constatou que a remoção dos segundos molares superiores acelerava o tratamento das más oclusões de Classe II, divisão 1ª de Angle e descreveu algumas características que deveriam ser observadas antes das extrações dos segundos molares: mínima so- FIGURA Modelos iniciais de estudo. 10 R Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 3, p jun./jul. 2003

3 Reginaldo César Zanelato FIGURA Radiografias panorâmicas: Inicial, intermediária e final. bremordida profunda; inclinação vestibular excessiva dos incisivos superiores e terceiros molares presentes e em boa posição, apresentando forma e tamanho adequados. Nos dias atuais, é imperativo individualizarmos o tratamento ortodôntico de acordo com as características faciais dos pacientes, por essa razão, a definição do padrão muscular dos pacientes é de suma importância na decisão da conduta terapêutica, sendo assim, as extrações dos segundos molares estão mais bem indicadas nos pacientes mesofaciais e dolicofaciais, que constituem a grande maioria dos pacientes que se submetem às extrações dentárias. Nos pacientes com tendência horizontal de crescimento, com sobremordida profunda, essas extrações devem ser evitadas, pois o efeito dentoalveolar da mecânica aplicada é a rotação horária do arco dentário superior 4, que causará um aumento na sobremordida profunda. Outra característica que devemos observar é a estabilidade do arco dentário inferior, ou seja, ao analisarmos esse arco dentário devemos encontrar ausência ou apinhamento suave na região anterior, com os incisivos relativamente bem posicionados, pois se encontrarmos grandes apinhamentos e incisivos vestibularizados, estarão indicadas extrações de pré-molares para harmonizar o arco inferior. Com respeito à relação interarcos, devemos indicar as extrações dos segundos molares nos pacientes que apresentarem más oclusões significativas de Classe II (mais que 50%), pois nos pacientes que apresentam pequenas discrepâncias sagitais, devemos escolher propostas convencionais de tratamento para distalizar os molares. Para ficar mais claro, faremos agora um resumo das características dos pacientes que se submetem às extrações de segundos molares: Adolescentes; Padrão mesofacial ou dolicofacial; Terceiros molares presentes, apresentando forma e tamanho adequados; Relação interarcos de Classe II significativa; Arco dentário mandibular estável. 4) Como acontece a formação radicular do terceiro molar após a extração do segundo molar? Como é observado clinicamente, os terceiros R Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 3, p jun./jul

4 FIGURA Modelos finais. molares apresentam grande instabilidade anatômica, normalmente as raízes são anguladas ou fusionadas, então é importante saber como ocorre a formação das raízes dos terceiros molares, pois, como já foi discutido anteriormente, as extrações dos segundos molares devem ser realizadas antes da formação radicular dos terceiros molares. Cavanaugh 3 realizou uma avaliação clínica e radiográfica em 25 pacientes, avaliando o processo de irrupção do terceiro molar seguido da extração do segundo molar. O autor não observou impactações; a incidência de raízes fusionadas foi baixa e houve uma melhora geral na angulação mesiodistal dos terceiros molares. De acordo com a metodologia aplicada nesse estudo, os segundos molares foram extraídos antes da formação radicular dos terceiros molares e foi concluído que estas extrações, quando criteriosamente indicada, são a melhor opção para muitos pacientes, sendo um procedimento razoavelmente seguro e conservador. A principal causa da impactação do terceiro molar é a falta de espaço na região posterior do arco dentário e a extração do segundo molar é o melhor método para criar espaço e evitar impactação do terceiro molar. Essa extração isola o terceiro molar do restante do arco dentário e esse fato parece ser responsável pela formação radicular satisfatória dos terceiros molares na maioria dos casos clínicos. 12 R Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 3, p jun./jul. 2003

5 Reginaldo César Zanelato REFERÊNCIAS 1. BASDRA, K. E.; STELLZIG, A.; KOMPOSH, G. Extraction of maxillary second molar in the treatment of Class II malocclusion. Angle Orthod, Appleton, v. 66, p , BENNETT, J. C.; MCLAUGHLIN, R. P. Orthodontic management of dentition with the preajusted appliance. [S. l]: Isis Medical Media, CAVANAUGH, J. J. Third molar changes following second molar extractions. Angle Orthod, v. 55, no. 1, p , CREPALDI, A. Avaliação das medidas cefalométricas verticais, padrão Trevisi, dos pacientes tratados com extração dos segundos molares superiores permanentes f. Monografia (Especialização em Ortodontia) Universidade de Cuiabá, Cuiabá, GRABER, T. M. Maxillary second molar extraction in Class II malocclusion. Am J Orthod, St. Louis, v. 56, p , JANSON, G. Influência do padrão facial na decisão de extrações. R Dental Press Ortodon Ortop Facial, Maringá, v. 7, n. 2, p , ROSÉ, M. M.; VÉRDON, P. Ortodoncia de Mollin. [S.l.: s. n.], RICHARDSON, M. E.; RICHARDSON, A. Lower third molar development subsequent to second molar extraction. Am J Orthod Dentofacial Orthod, St. Louis, v. 104, p , RICHARDSON, M. E. O terceiro molar: uma perspectiva ortodôntica. R Dental Press Ortodon Ortop Facial, Maringá, v. 3, n. 3, p , ZANELATO, R. C.; TREVISI, H. J.; ZANELATO, A. C. T. Extração dos segundos molares superiores. Uma nova abordagem para os tratamentos da Classe II, em pacientes adolescentes. R Dental Press Ortodon Ortop Facial, Maringá, v. 5, n. 2, p , mar./abr Reginaldo César Zanelato Especialista em Ortodontia - Sociedade Paulista de Ortodontia (SPO). Aluno do Programa de Pós-Graduação em Odontologia Área de Concentração: Ortodontia da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Professor do Curso de Especialização de Ortodontia da APCD de Presidente Prudente. Você tem uma pergunta que gostaria de ver publicada nesta coluna? Envie para: Dental Press International Av. Euclides da Cunha, 1718, Zona 05 - Maringá - PR CEP Fone: (44) R Clín Ortodon Dental Press, Maringá, v. 2, n. 3, p jun./jul

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo iagnóstico Análise da Movimentação entária (VTO dentário) Adriano César Trevisi Zanelato*, Hugo José Trevisi**, Reginaldo César Trevisi Zanelato***, André César Trevisi Zanelato*, Renata Chicarelli Trevisi****

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes*

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* C a s o C l í n i c o O Má oclusão Classe I de ngle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* Marco ntônio Schroeder** Resumo Este relato de caso descreve o tratamento de

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA

FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA FACULDADE FUNORTE MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA JI-PARANÁ- RO 2013 MIÉCIO CARVALHO GOMES DE SÁ JUNIOR EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR NA ORTODONTIA Trabalho

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente,

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente, Série Aparelhos Ortodônticos MÁSCARA FACIAL INTRODUÇÃO Inúmeras formas de tratamento têm sido relatadas para a correção precoce da má oclusão de Classe III. No entanto, talvez por muitos casos necessitarem

Leia mais

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Adriano César Trevisi Zanelato Coordenador do curso de especialização em Ortodontia pela Escola de Odontologia Cuiabá (MT).

Leia mais

Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão

Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Caso Clínico Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Reginaldo César Zanelato*, Sáverio Mandetta**, Cássia Terezinha

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio Capítulo Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio 1 Henrique Mascarenhas Villela Andréa Lacerda Santos Sampaio Évelin Rocha Limoeiro Introdução

Leia mais

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS 1 EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS Tatiana Leite Moroz LESSA 1 Elcy ARRUDA 2 Roberley Araújo ASSAD 3 Fabiano Sfier de MELLO 4 Andrea Malluf Dabul de

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA.

EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA. 1 EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES SUPERIORES NA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II: PARÂMETROS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS RECURSOS NA MECÂNICA. EWALDO LUIZ DE ANDRADE Especialista em Ortodontia Mestre em Diagnóstico Bucal

Leia mais

2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC

2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC 2 Cabrera CA, Cabrera MC, Cabrera LC Sumário Análise Digital Orthológica... 3 Introdução... 3 Pense com lógica... 3 Apenas cinco decisões consecutivas... 3 Tratamentos ortodônticos... 4 Tratamentos ortopédicos...

Leia mais

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR Monografia

Leia mais

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Caso Clínico Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Otávio José Praxedes Neto*, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas**, Angela Maria de Medeiros** Resumo Transposição

Leia mais

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares

Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares A r t i g o I n é d i t o Estabilidade pós-contenção das alterações da forma do arco inferior na má oclusão de Classe II de Angle tratada com e sem a extração de pré-molares Mauro C. Agner Busato*, Guilherme

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica tópico especial Tema desenvolvido pelo conselho editorial abordando assuntos de interesse da classe ortodôntica Considerações Sobre Análise da Discrepância Dentária de Bolton e a Finalização Ortodôntica

Leia mais

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Caso Clínico Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Plínio Coutinho Vilas Boas*, Luís Antônio Alves Bernardes**, Matheus Melo Pithon***, Diogo Piacentini

Leia mais

Exodontia dos Segundos Molares Superiores para o Tratamento da Maloclusão de Classe II

Exodontia dos Segundos Molares Superiores para o Tratamento da Maloclusão de Classe II ORTODONTIA Capítulo 11 Exodontia dos Segundos Molares Superiores para o Tratamento da Maloclusão de Classe II Antonio Aparecido Celória Ivana Uglik Garbui 1. Histórico A deficiência ântero-posterior das

Leia mais

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato O Estado da arte na Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES O estado da arte na Ortodontia o estado da arte na Ortodontia

Leia mais

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II COM APARELHO DE HERBST CAIO MÁRCIO DE TEVES MORENO

Leia mais

Tratamento da classe II, com aparelho de herbst modificado relato de caso clínico

Tratamento da classe II, com aparelho de herbst modificado relato de caso clínico 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 Class II malocclusion treatment with modified Herbst appliance A Case Report Resumo

Leia mais

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO MINIMALISTA DAS MÁS OCLUSÕES DO PADRÃO FACE LONGA: RELATO DE CASO Áurea Cristina

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA

Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA Tratamento Ortodôntico da Má Oclusão de Classe II, Primeira Divisão. SAULO BORDIN MARIA Londrina 2013 SAULO BORDIN MARIA TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MÁ OCLUSÃO DE CLASSE II, PRIMEIRA DIVISÃO Trabalho de

Leia mais

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA RADIOLOGIA EM ORTODONTIA Sem dúvida alguma, o descobrimento do RX em 1.895, veio revolucionar o diagnóstico de diversas anomalias no campo da Medicina. A Odontologia, sendo área da saúde, como não poderia

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA FOL Faculdade de Odontologia de Lins / UNIMEP RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA GUIDELINES ON THE USE OF SPACE REGAIN RENATO RODRIGUES DE ALMEIDA Professor assistente doutor do Departamento

Leia mais

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral 36 MAXILLARIS OUTUBRO 2015 Ciência e prática : Margarida Malta Médica dentista. Licenciada no Instituto Superior de Ciencias da Saúde

Leia mais

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Caso Clínico Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Eloísa Marcântonio Boeck*, Silvia Amelia S. Vedovello**, Adriana Simoni Lucato***, Maria Beatriz Borges de Araújo Magnani****,

Leia mais

Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II

Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II A r t i g o I n é d i t o Uso do aparelho de Thurow no tratamento da má oclusão esquelética de Classe II Maíra Massuia de Souza*, Talita Mathes de Freitas*, Adriana Sasso Stuani**, Andréa Sasso Stuani***,

Leia mais

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Caso Clínico A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Reginaldo César Zanelato*, Ademir Tadeu Grossi**, Sáverio Mandetta***, Marco Antonio Scanavini**** Resumo A grande maioria

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS KATIA JANE SEIBERT Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO BRASÍLIA, como parte

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA

EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA PÂMELA KIMURA FERNANDES PEREIRA SANTO ANDRÉ 2012 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÃO DE

Leia mais

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca Orthodontic Science and Practice. 2012; 5(19):261-274. 261 A Classe II é uma das más oclusões mais frequentes entre os pacientes que buscam pelo tratamento ortodôntico e a sua correção pode representar

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

Estudo da Recidiva em Pacientes com

Estudo da Recidiva em Pacientes com CASO CLÍNICO Estudo da Recidiva em Pacientes com Maloclusão de Classe II, Tratados pela Técnica do Arco de Canto com Extrações de Pré-Molares Pertencentes às Categorias de Crescimento de Petrovic. Parte

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro

1 INTRODUÇÃO. O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro 1 1 INTRODUÇÃO O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro do arco dentário presente e o tamanho do arco dentário requerido para alinhar e posicionar corretamente os dentes.

Leia mais

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Dica Clínica Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Adriana Simoni Lucato* Eloísa Marcantônio Boeck* Silvia Amelia Scudeler Vedovello* João Sarmento Pereira Neto** Maria Beatriz Borges de Araújo Mangnani***

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo*

O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo* A r t i g o I n é d i t o O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo* Valéria Fernandes Vianna**, José Nelson Mucha*** Resumo A montagem do aparelho fixo representa

Leia mais

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico

Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Caso Clínico Tratamento ortodontico em paciente adulto: relato de caso clínico Matheus Melo Pithon*, Luiz Antônio Alves Bernardes** Resumo Com o maior acesso da população aos serviços de saúde bucal houve

Leia mais

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto

Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Caso Clínico Utilização do APM no tratamento da má oclusão de Classe II, 2ª divisão, em paciente adulto Jaime Sampaio Bicalho*, Rafael de Faria Bicalho** Resumo Relato de caso clínico de paciente com 51

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS Jorge Ferreira Rodrigues 1 Marcella Maria Ribeiro do Amaral Andrade 2 Ernesto Dutra Rodrigues 3 Resumo O tratamento ortodôntico da

Leia mais

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo.

Matheus Melo Pithon**, Luiz Antônio Alves Bernardes*** Palavras-chave: Classe III esquelética. Expansão rápida da maxila. Aparelho ortodôntico fixo. Artigo de Divulgação 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 Tratamento da má oclusão Classe iii esquelética através

Leia mais

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire.

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire. Descrição de Técnica DIAO: Diagrama individual anatômico objetivo. Uma proposta para escolha da forma dos arcos na técnica de Straight-Wire, baseada na individualidade anatômica e nos objetivos de tratamento

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1)

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Artigo de Divulgação Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Treatment of a Class III, Subdivision Malocclusion: A Case Report (Part 1) Guilherme R.

Leia mais

Placa Lábio Ativa: versatilidade e simplicidade no tratamento ortodôntico

Placa Lábio Ativa: versatilidade e simplicidade no tratamento ortodôntico Caso Clínico Placa Lábio Ativa: versatilidade e simplicidade no tratamento ortodôntico Marcio Rodrigues de Almeida*, Alex Luiz Pozzobon Pereira**, Renato Rodrigues de Almeida***, Renata Rodrigues de Almeida-Pedrin****

Leia mais

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas

Desgaste interproximal e suas implicações clínicas A r t i g o In é d i t o Desgaste interproximal e suas implicações clínicas Osmar Aparecido Cuoghi*, Rodrigo Castellazzi Sella**, Fernanda Azambuja Macedo***, Marcos Rogério de Mendonça**** Resumo Introdução:

Leia mais

INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR

INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR THE EFECT OF INCISORS AND CANINES TEETH ANGULATION ON SUPERIOR ARCH PERIMETER Capelozza,L.F e Cordeiro, A.S 1. Introdução: A

Leia mais

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR.

APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS APM: APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR. RODRIGO LOPES ROCHA Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e de Classe III- Análise comparativa através de um novo método utilizando imagens digitalizadas. Antonio David Corrêa Normando *

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Caso Clínico A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Luiz Felipe Viegas Josgrilbert*, Marcelo Kayatt Lacoski**, Fernando Esgaib Kayatt***, Priscila

Leia mais

ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA

ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA COMPARAÇÃO DOS RESULTADOS OCLUSAIS DO TRATAMENTO DA CLASSE II REALIZADO COM EXTRAÇÕES DE DOIS PRÉ-MOLARES, COM A TERAPÊUTICA UTILIZANDO AS EXTRAÇÕES DE QUATRO PRÉ- MOLARES ADRIANA DA COSTA BRAMBILLA Dissertação

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS Efeitos dentoalveolares e esqueléticos do tratamento da má oclusão Classe II com os aparelhos Herbst, Jasper Jumper e o Aparelho de Protração Mandibular

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

Alterações dentoesqueléticas e do perfil facial em pacientes tratados ortodonticamente com extração de quatro primeiros pré-molares

Alterações dentoesqueléticas e do perfil facial em pacientes tratados ortodonticamente com extração de quatro primeiros pré-molares A RTIGO I NÉDITO Alterações dentoesqueléticas e do perfil facial em pacientes tratados ortodonticamente com extração de quatro primeiros pré-molares Giovani Fidelis de Oliveira*, Marcio Rodrigues de Almeida**,

Leia mais

Sistema de Apoio Ósseo para Mecânica Ortodôntica (SAO ) miniplacas para ancoragem ortodôntica. Parte I: tratamento da mordida aberta

Sistema de Apoio Ósseo para Mecânica Ortodôntica (SAO ) miniplacas para ancoragem ortodôntica. Parte I: tratamento da mordida aberta A r t i g o In é d i t o Sistema de Apoio Ósseo para Mecânica Ortodôntica (SAO ) miniplacas para ancoragem ortodôntica. Parte I: tratamento da mordida aberta Maurício Tatsuei Sakima*, Armando Amorim de

Leia mais

mesma quantidade que a junção cemento-esmalte, mantendo assim a mesma quantidade de inserção

mesma quantidade que a junção cemento-esmalte, mantendo assim a mesma quantidade de inserção Entrevista diretamente com o tipo e quantidade de tecido gengival que está presente em cada paciente. Se um paciente tiver um biotipo de tecido espesso, então isto poderia oferecer proteção ao dente, prevenindo

Leia mais

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II

A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Caso Clínico A influência do padrão de crescimento facial no tratamento ortopédico da má oclusão de Classe II Luiz Felipe Viegas Josgrilbert*, Marcelo Kayatt Lacoski**, Fernando Esgaib Kayatt***, Priscila

Leia mais

Alterações Verticais em Paciente com Mordida Aberta e Altura Excessiva da Face Inferior após Expansão Rápida da Maxila

Alterações Verticais em Paciente com Mordida Aberta e Altura Excessiva da Face Inferior após Expansão Rápida da Maxila rtigo de Divulgação lterações Verticais em Paciente com Mordida berta e ltura Excessiva da Face Inferior após Expansão Rápida da Maxila Vertical Changes in a Patient with Open ite and Excessive Lower nterior

Leia mais

Extrações estratégicas de segundos pré-molares superiores na má-oclusão de Classe II

Extrações estratégicas de segundos pré-molares superiores na má-oclusão de Classe II Trabalho original Ortoclínica Extrações estratégicas de segundos pré-molares superiores na má-oclusão de Classe II Strategic second pre-molar extraction in Class II malocclusion treatment Fabrício Pinelli

Leia mais

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior A r t i g o In é d i t o Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior Carlo Marassi*, Cesar Marassi** Resumo Introdução: os mini-implantes ortodônticos se estabeleceram como

Leia mais

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Artigo Inédito Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Accuracy Assessment of Visual Acuity in Orthodontic Accessories Placement Arnaldo Pinzan Resumo O propósito

Leia mais

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos Análise de Mdl Modelos Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial Análise dos Modelos Diagnóstico e Planejamento Daniel G. Teixeira Diagnósticog e Planejamento; Avaliação do

Leia mais

Programa Laboratorial (hands on em Manequim)

Programa Laboratorial (hands on em Manequim) PROGRAMA DE CURSO DE EXCELÊNCIA EM ORTODONTIA COM 8 MÓDULOS DE 2 DIAS MENSAIS Prof. ROQUE JOSÉ MUELLER - Tratamento Ortodôntico de alta complexidade em adultos : diagnóstico, planejamento e plano de tratamento.

Leia mais

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber?

Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? A r t i g o In é d i t o Quanto de desvio da linha média dentária superior ortodontistas e leigos conseguem perceber? Antonio David Corrêa Normando*, Lediana Aguiar Azevedo**, Patrícia Nascimento Paixão**

Leia mais

Análise facial numérica do perfil de brasileiros Padrão I

Análise facial numérica do perfil de brasileiros Padrão I A r t i g o I n é d i t o Análise facial numérica do perfil de brasileiros Padrão I Sílvia Augusta Braga Reis*, Jorge Abrão**, Leopoldino Capelozza Filho***, Cristiane Aparecida de Assis Claro**** Resumo

Leia mais

Tratamento da mordida aberta anterior: relato de caso clínico

Tratamento da mordida aberta anterior: relato de caso clínico Caso Clínico Tratamento da mordida aberta anterior: relato de caso clínico Márcio José Reis*, Carla Nogueira Pinheiro**, Mirelle Malafaia*** Resumo Fazendo parte das más oclusões verticais, a mordida aberta

Leia mais

Aparelho Fixo Parcial 4 x 2 na dentadura mista: quantas indicações!

Aparelho Fixo Parcial 4 x 2 na dentadura mista: quantas indicações! Caso Clínico Aparelho Fixo Parcial 4 x 2 na dentadura mista: quantas indicações! Camilo Massa*, Bruno Albuquerque**, Sandra Fausta*** Resumo A grande maioria das más oclusões apresenta manifestações na

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR

ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR ALTERNATIVAS DE TRATAMENTO ORTODÔNTICO EM CASOS DE AUSÊNCIA DE UM INCISIVO CENTRAL SUPERIOR Orthodontic treatment alternatives in cases of a missing upper central incisor Lívia Barbosa LORIATO* Cassio

Leia mais

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS Planejamento e individualização da aparatologia ortodôntica conjugada aos mini-implantes ( DATs) Parte I Sítios de instalação uma área de risco controlado. Individualization of planning and orthodontic

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

Limitações no Tratamento Ortodôntico de Pacientes com Padrão de Crescimento Vertical

Limitações no Tratamento Ortodôntico de Pacientes com Padrão de Crescimento Vertical CASO CLÍNICO Limitações no Tratamento Ortodôntico de Pacientes com Padrão de Crescimento Vertical Orthodontic Treatment Limitations in Pacients with Vertical Growth Pattern Eustáquio Afonso ARAÚJO* Vania

Leia mais

A utilização de bandas reforçadas para a confecção do aparelho de Herbst

A utilização de bandas reforçadas para a confecção do aparelho de Herbst Caso Clínico utilização de bandas reforçadas para a confecção do aparelho de Herbst The use of reinforced bands for the construction of the Herbst appliance lexandre Moro* Resumo O aparelho de Herbst tem

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA ALTERNATIVAS PARA ACELERAR A COLAGEM DOS ACESSÓRIOS INFERIORES EM CASOS DE MORDIDA PROFUNDA ANA CAROLINA SOUTO DANTE

Leia mais

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho BRÁQUETES Aparelho Arco E-1886E Partes do aparelho Aparelho Arco E -1886 APARELHO PINO E TUBO - 1912 Arco Cinta -1915 Aparelho Edgewise - 1925 Braquete original Os primeiros bráquetes eram.022 de uma liga

Leia mais

PICVEM: placa de reposicionamento mandibular para incremento de crescimento vertical posterior da maxila. Técnica de construção.

PICVEM: placa de reposicionamento mandibular para incremento de crescimento vertical posterior da maxila. Técnica de construção. Caso Clínico PICVEM: placa de reposicionamento mandibular para incremento de crescimento vertical posterior da maxila. Técnica de construção. Leopoldino Capelozza Filho*, Mauricio de Almeida Cardoso**,

Leia mais

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO.

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO. TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO....Tip-Edge é um braquete com um slot edgewise modificado, pré-ajustado, que permite inclinação da coroa em uma direção e ainda cria ancoragem através de movimento

Leia mais

Série Aparelhos Ortodônticos

Série Aparelhos Ortodônticos Série Aparelhos Ortodônticos Em geral, o protocolo de tratamento nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, tem sido a disjunção, seguida pela protração da ma-xila. De acordo

Leia mais

dentes de homens e mulheres, havendo uma tendência dos homens apresentarem dentes maiores no sentido mésio-distal do que as mulheres

dentes de homens e mulheres, havendo uma tendência dos homens apresentarem dentes maiores no sentido mésio-distal do que as mulheres Análise da discrepância de tamanho dentário em pacientes da Clínica de Ortodontia da FO/UERJ 94 96 porcentagem 92 90 88 86 84 82 80 78 RT - Bolton Razão total Razão anterior Error Bars show 95,0% C I of

Leia mais

O uso de distalizadores para a correção da má oclusão de. The use of distalization for the correction of Class II malocclusion

O uso de distalizadores para a correção da má oclusão de. The use of distalization for the correction of Class II malocclusion para a correção da má oclusão de Classe II * The use of distalization for the correction of Class II malocclusion Milene Azevedo Portela Lopes** Dênis Clay Lopes Santos*** Daniel Negrete**** Everton Flaiban*****

Leia mais

A versatilidade clínica do arco utilidade

A versatilidade clínica do arco utilidade T ÓPICO ESPECIL versatilidade clínica do arco utilidade Márcio ntonio de Figueiredo*, Claudia Tebet Peyres de Figueiredo**, Masato Nobuyasu***, Gervásio Yoshio Gondo****, Danilo Furquim Siqueira***** Resumo

Leia mais