FOCAR PARA GANHAR. Resultados 1T14. Focar para Ganhar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FOCAR PARA GANHAR. Resultados 1T14. Focar para Ganhar"

Transcrição

1 FOCAR PARA GANHAR Resultados 1T14 1

2 Metas Financeiras Consolidado 1T14 Faixa da Meta em 2014 % de Atingimento Receita (1) 4,8 21,0 23,0 23% - 21% R$ bilhões Margem EBITDA 8,4 7,5 8,5 112% - 99% % Investimentos (CAPEX) % R$ milhões Fluxo de Caixa Livre para Acionistas (2) 16 Neutro a 100 R$ milhões Nota: (1) Receitas em 2014 calculada em R$, taxa de câmbio considerada de R$/US$=2,40 e R$/ =3,80. (2) Fluxo de caixa operacional após investimentos, variações do capital de giro, despesas com juros e imposto de renda. 2

3 Estimativa dos analistas Instituição Receita Líquida (R$ milhões) EBITDA (R$ milhões) Margem EBITDA (%) BOFA MERRILL LYNCH ,1% BRADESCO ,1% DEUTSCHE ,4% JP MORGAN ,3% ITAÚ ,1% CONSENSO ,2% Marfrig 1T ,4% Variação -2,0% 0,5% + 20 b.p. Fonte: Marfrig 3

4 Destaques do resultado do 1T14 Forte desempenho em todos os negócios FOCAR PARA GANHAR Marfrig demonstra melhora consistente do desempenho operacional pelo terceiro trimestre consecutivo. Estamos felizes de atingir um marco muito importante: GERAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA LIVRE POSITIVO (após Capex e Despesas Financeiras). Gestão de Capital de Giro: demonstramos por mais um trimestre nossa atenção e foco nesse importante indicador. Seguimos melhorando em diversas frentes, onde nesse trimestre diminuímos nosso PMR (prazo médio de recebíveis) de 36 para 31 dias no capital de giro. Atingimento do teto da meta de margem, apesar do impacto da sazonalidade do 1T - geralmente mais fraco, conforme observado na linha de receitas. Praticamente não houve variação na maioria dos indicadores patrimoniais, sendo que a liquidez e o cronograma de pagamento de dívidas seguem evoluindo positivamente. 4

5 Destaques do resultado do 1T14 Performance das Unidades de Negócio As operações internacionais apresentaram um dos melhores primeiros trimestres do passado recente da Marfrig Global Foods: Moy Park apresentou a melhor margem EBITDA de sua história recente em um 1T, explicado pelo forte crescimento em produtos convenience de alto valor agregado no Reino Unido, eficiências operacionais e maior aproveitamento das carcaças. Keystone nos EUA foi impactada por um dos invernos mais rigorosos da história Norte Americana no 1T14, com queda de consumo no food service e menor volume de vendas e pedidos de clientes, compensado pelos menores custo de matéria-prima. Na Ásia e Oriente Médio, o aumento de atividade no segmento de food service impulsionou vendas e preços. Marfrig Beef foi impactada pela seca ocorrida no período e embora a disponibilidade de gado seja a mesma, produtores reduziram a oferta de gado para abate, apostando na contínua alta dos preços. O impacto nas margens foi pequeno, devido ao gerenciamento dos canais de venda e pela recuperação das operações do Uruguai. O EBITDA Ajustado consolidado do grupo no 1T14 ficou em R$ 403,3 milhões (9,4% superior ao 1T13), com margem de 8,4%, em linha com Guidance de

6 Estratégia Evolução do Negócio Onde estávamos Para onde estamos indo O que temos feito até agora Forte foco no cliente Rápido crescimento Aquisições financiadas à base de endividamento Sólido negócio de bovinos Atuação diversificada em proteína animal Resultados voláteis Forte foco no cliente, mas mantendo controle rigoroso sobre as margens Foco em crescimento rentável com expansão de margem Acelerar crescimento orgânico Margens de um dígito (alto) em bovinos, com geração de caixa consistente e maior rigor na gestão de custos Mais fácil de integrar e focar Resultados mais estáveis Consumo de caixa Fluxo de caixa livre positivo Canais de venda sendo otimizados Significativa expansão de margem de Moy Park e Keystone Trabalhando na conclusão de JV na Indonésia e Oriente Médio (Keystone) Uruguai retorna à lucratividade e Argentina reduz perdas Simplificação de SKUs de Beef Brasil, Uruguai fornece 100% da carne bovina de Keystone China da América do Sul Resultados em linha nos últimos três trimestres Fluxo de caixa livre positivo no1t14 6

7 Desempenho Financeiro Consolidado Receita Líquida (R$ milhões) + 9,4% Crescimento X 1T13: Keystone: + 14,7% Moy Park: + 27,3% Marfrig Beef: - 2,3% 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 7

8 Desempenho Financeiro Consolidado Lucro Bruto e Margem Bruta (R$ milhões e %) 13,1% 13,3% 11,1% 11,9% 12,9% Breakdown por Negócio (%) 1T13 1T % 17% 59% 23% % MOY PARK KEYSTONE 18% MARFRIG BEEF 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Incremento de 23% no lucro bruto da Keystone, em relação ao 1T13, impactado pela variação cambial positiva (18%), aliado a menores custos de peito de frango, compensado por uma redução nos preços de venda de asas, coxa e sobrecoxas de frango. 53% de crescimento em Moy Park beneficiada pela variação cambial (27%), captura de eficiências operacionais e melhor utilização de carcaças. Queda de 6% de lucro bruto da Marfrig Beef explicada por maiores custos de matéria-prima (gado) no Brasil, onde o repasse desse aumento ainda não se reflete totalmente no 1T14 que foi parcialmente compensado pela melhora nos resultados das operações do Uruguai. 8

9 Desempenho Financeiro Consolidado DVGA e DVGA/ROL (R$ milhões e %) 7,4% 7,4% 6,9% 7,5% 7,5% Breakdown por Negócio (%) 1T13 1T % 24% 57% 31% 16% MOY PARK 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Aumento de 10 p.b. no DVGA/ROL contra o 1T13. KEYSTONE MARFRIG BEEF 12% Keystone reduziu 120 p.b. por resultado da contínua redução de custos e captura de eficiências. Moy Park aumentou 90 p.b. devido principalmente a novos investimentos em inovação e desenvolvimento de novos produtos de valor agregado. Marfrig Beef aumentou 80 p.b. por maiores despesas de exportação, mão de obra e marketing. 9

10 Desempenho Financeiro Consolidado EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões e %) 8,4% 7,6% 8,5% 8,4% 369 6,3% Breakdown por Negócio (%) 61% 1T13 17% 49% 1T14 24% % MOY PARK 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 KEYSTONE MARFRIG BEEF Margem EBITDA Ajustado de 8,4%, próxima ao topo das metas FOCAR PARA GANHAR. 28% Comparada com o 1T13: 120 p.b de crescimento na Keystone para 8,0%. 130 p.b de crescimento na Moy Park para 7,2%. 110 p.b de queda na Marfrig Beef para 9,5%. 10

11 Liquidez e Endividamento Consolidado Dívida Líquida 4T13 x 1T14 (R$ milhões) (408) (234) (15) Dívida Líquida 4T13 Fluxo de Caixa antes do Capex Capex Juros Provisionados Var. Cambial da Dívida e Caixa Outros Dívida Líquida 1T14 11

12 Liquidez e Endividamento Consolidado Endividamento (R$ milhões) Dívida Bruta 1T Dívida Bruta 2T Dívida Bruta 3T13 Dívida Bruta 4T13 Dívida Bruta 1T Caixa e Disponibilidades Longo Prazo Curto Prazo Dívida Líquida 1T14 Indicadores 4T13 1T14 Dívida Bruta/ EBITDA LTM Dív. Líquida / EBITDA LTM Dív. Líquida / EBITDA Aj. Anualizado Dív. Líquida / Total do Ativo Caixa e Disp. / Dív. Curto Prazo 3,77x 4,07x 3,00x 3,02x 4,22x 4,25x 0,4x 0,4x 1,61x 1,85x Liquidez Corrente(*) 2,0 2,1 Duration (meses) Custo Médio ** (a.a.) 8,0% 7,9% Curto Prazo (%) 12,6 % 14,0% Longo Prazo (%) 87,4% 86,1% Em R$ (%) 4,5% 3,8% Outras Moedas (%) 95,5% 96,2% * Liquidez Corrente = Ativo Circulante / Passivo Circulante ** Não inclui juros pagos para debenture mandantoriamente conversível em ações 12

13 Liquidez e Endividamento Consolidado Cronograma de Vencimentos no 1T14 (R$ milhões) *2.094 Curto Prazo: R$ 1,3 bi *Gestão de endividamento- Recompra de Bonds (abril 2014) 2017 US$ 57,7 milhões 2021 US$ 74,7 milhões Total US$ 132,4 milhões * * 695 Caixa 2T14 3T14 4T14 1T Cronograma de Vencimentos no 4T13 (R$ milhões) Curto Prazo: R$ 1,1 bi Caixa 1T14 2T14 3T14 4T

14 Fluxo de Caixa Consolidado Bridge de Fluxo de Caixa 1T14 (R$ milhões) (99) (34) (11) (38) (143) 265 (249) 16 (96) Resultado Líquido Itens que não afetam caixa Contas a receber de clientes Estoques Fornecedores Outros Tributos FC Oper. antes de Capex e Juros Capex FC Oper. Despesa Financeira Fluxo de caixa livre Melhora na administração do capital de giro pela redução do contas a receber, permitindo uma redução de R$261 milhões no 1T14. 14

15 Fluxo de Caixa Consolidado Fluxo de Caixa Livre (após CAPEX e Juros) (R$ milhões) 1T13 2T13 3T13 4T13 1T (295) (135) (628) (932) Fluxo de Caixa Livre positivo, atingindo R$16 milhões no 1T14. 15

16 KEYSTONE 16

17 Keystone Principais Objetivos Estratégicos Aves é o 1 principal foco de crescimento Crescimento nas Key Accounts 2 (Contas Chave) 3 Expansão geográfica e de capacidade de produção de processados 4 Crescer e diversificar o negócio de bovinos 17

18 Aves é o principal foco de crescimento A operação de frangos representa 79% da receita líquida da Keystone nos EUA A carne de frango lidera o consumo de proteína Consumo per capita nos EUA (libras) QSRs de frango são os que mais crescem Vendas Totais no Sistema EUA QSRs de frango ($ Bi) Frango 5 CAGR: (1,0%) Bovinos Suínos Peixe Peru Fonte: USDA / Conselho Nacional de Frango, Relatório QSR

19 Crescimento em Key Accounts Sólida reputação com uma base de clientes variada e de alta qualidade Crescimento em Vendas de Key Accounts ($ Mi) ,8% CAGR 15,6% CAGR EUA. APMEA Alguns Key Accounts 19

20 Expansão geográfica para alcançar capacidades adicionais de processamento A Keystone é fornecedora do crescente mercado de QSR na APMEA Visão Geral APMEA: + de 4,0 mil restaurantes atendidos; Unidades industriais: 6 unidades de processamento; 1 unidade de abate e desossa Crescimento em todos os mercados (%), por país consumidor 2013 Singapura Austrália 6% 5% 8% 2% Tailândia UE 1% Outros 0% Histórico de crescimento APMEA (Milhões de libras) Oriente Médio 11% 30% China Malásia 12% 12% 13% 100 Coréia Japão

21 Destaques Keystone 1T14 Receita Líquida (R$ milhões) +15% EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões e %) 6,8% 6,9% 6,4% 82 5,3% ,0% 111 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Crescimento da receita líquida de 15% em relação ao 1T13, devido ao efeito positivo da variação cambial. A evolução positiva do EBITDA nas operações dos EUA, apesar do inverno rigoroso, deve-se aos menores custos de matéria-prima e ração. Na Ásia, houve crescimento das vendas da Keystone, influenciado pelo mix favorável de clientes e produtos na Coréia e Tailândia e forte volume de exportações para o Oriente Médio e Reino Unido. A diminuição das DVGA é explicada pela contínua redução de custos e capturas de eficiências. O EBITDA ajustado do 1T14 aumentou para R$ 111,1 milhões, com margem de 8,0%, 120 pb acima do 1T13. 21

22 MOY PARK 22

23 Moy Park Principais Objetivos Estratégicos Aumentar vendas no Reino Unido & Irlanda 1 de aves in natura e Continuar a expandir as processadas no varejo, vendas de multi proteínas acima do mercado 2 no varejo no Reino Unido, Irlanda e Europa Continental 3 Impulsionar presença no canal de distribuição de food service no Reino Unido, Irlanda e Europa Continental 4 Tornar-se a plataforma de distribuição global da Marfrig Global Foods na Europa 23

24 Pontos Fortes e Investimento 1 Posicionada no atrativo mercado de aves do Reino Unido Moy Park é líder tanto em Aves In Natura quanto em Convenience Food 3 A companhia mantém um relacionamento próximo a varejistas do Reino Unido e Europa e operadores de QSR... Proteína animal mais consumida no Reino Unido (728 mil toneladas vendidas em 2013) Proteína animal de maior crescimento e mais acessível ( por ton vs de Bovinos) Preferência por produtos locais: 8 de cada 10 consumidores preferem produtos britânicos, se disponíveis. Aves é a proteína de maior crescimento Maior produtor de aves refrigeradas empanadas e pratos prontos à base de aves Segundo maior produtor do Reino Unido As marcas Moy Park cobrem todo o espectro do mercado Maior participação de mercado em categorias e formatos vencedores Fornecedor dos principais operadores de QSR no Reino Unido e França Forte crescimento (CAGR) esperado para o mercado de QSR na França e Reino Unido de 5,6% e 1,3%, respectivamente, para Soluções de produtos customizadas, com equipe da Moy Park presente nas instalações dos maiores clientes. 1.62% 1.60% (Volume consumido 2012A 17E CAGR) Produtos Empanados #1 Varejo Food Service Pratos prontos #1 0.13% 0.09% Produção de aves UK #2 Aves Poutlry Peixe Fish Suínos Pork Bovino Beef ande Vitela Veal 24

25 Pontos Fortes e Investimento 4...suportado pela sólida equipe de administração e histórico comprovado 5 Estratégia bem definida de crescimento orgânico com diversos gatilhos de crescimento futuro através de uma base de produção eficiente e bem dimensionada Histórico: CAGR de vendas de 14% desde 2008 / expansão da margem EBITDA de 2,7% desde 2011 Forte geração de caixa operacional, com reinvestimento no negócio em prol de crescimento futuro Em conjunto, a equipe possui mais de 100 anos de experiência na indústria alimentícia 1. Crescimento do Negócio 2. Aumento da Presença em Food Service Iniciativas Aumento de vendas de varejo de aves in natura e produtos convenience Aumentar presença em aves e bovinos na Europa através da franquia Reino Unido Relevância para investidores Captura de oportunidades com baixo risco e investimento Explorar canal de vendas em expansão para alcançar crescimento sustentável Plataforma integrada de produção com criação diferenciada de aves, garantindo integridade do fornecimento Produção na Irlanda, agindo como barreira natural de biossegurança 180 milhões investidos nos últimos 5 anos UK convenience Agri-fresh UE convenience Região de Matrizes Localização geográfica das granjas de matrizes na Europa Ocidental garante uma barreira natural de biossegurança. 3. Inovação e Desenvolvim ento do Canal Fornecer informações de consumidores para clientes Promover crescimento via novos canais Ultrapassar concorrência e aumentar rentabilidade Fonte: Euromonitor 25

26 Expandir presença no canal de distribuição food service no Reino Unido, Irlanda e Europa Continental Mercado de Fast Food na França ( bi) 7,3 7,9 8,5 8,9 9,3 9,6 10,2 10,8 11,5 12,1 12,8 Maiores operadores de QSR na França e Reino Unido (Número de lojas 2012) Cresc. Lojas¹ % 10% 3% (1)% (3)% 3% 13% 07A 08A 09A 10A 11A 12A 13E 14E 15E 16E 17E Mercado de Fast Food no Reino Unido ( bi) 16,1 16,4 16,7 17,0 17,5 17,6 17,9 18,2 18,4 18,6 18, A 08A 09A 10A 11A 12A 13E 14E 15E 16E 17E Frango como % do cardápio de alimentos² 55% 52% 90% 48% 45% 33% 90% UK France Fonte: Euromonitor ¹ CAGR ² Estimativas com base no número de alimentos que contém frango como % do número total de alimentos no cardápio. 26

27 Excelente Histórico Maior produtor de alimentos no Reino Unido; Liderança isolada em categorias de valor agregado de alto crescimento Vendas ( mi) Cresc. anual ,2% 8,8% Abate Médio de Aves por Semana (% participação) Produtor líder de frango orgânico e caipira 34% 27% > 2,5 x 11% 10% 5% Pratos Prontos (% participação) 46% 2 Sisters Faccenda Sun Valley Banham Produtos Empanados (% participação) 53% 23% 31% 2,0 x > 1,5 x 30% 17% 2 Sisters Others outras Fonte: Kantar - World Planet e DEFRA UK abate de frangos 2 Sisters Others outras 27

28 Destaques Moy Park 1T14 Receita Líquida (R$ milhões) +27% EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões e %) ,9% 5,9% 6,4% ,6% 7,2% T13 2T13 3T13 4T13 1T14 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Aumento da receita de vendas influenciada pelo efeito positivo da variação cambial no período e vendas da Irlanda e UK, suportado por forte crescimento em produtos de valor agregado e produtos do tipo convenience. Crescimento de 55% do EBITDA ajustado, com expansão de 130 pb na margem em relação ao 1T13. 28

29 MARFRIG BEEF 29

30 Marfrig Beef Principais Objetivos Estratégicos 1 Aprimorar a conversão de caixa buscar eficiência e otimização de ativos 2 Crescimento de receitas com rentabilidade - foco em canais de distribuição estratégicos 3 Alavancar potencial de fornecimento de carne bovina a partir da América do Sul para aumentar as vendas para EUA, Europa e Ásia 4 Crescimento no segmento de produtos de valor adicionado 30

31 Destaques Marfrig Beef 1T14 Receita Líquida (R$ milhões) - 2% EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões e %) ,6% 9,0% 10,0% 9,5% 225 7,1% T13 2T13 3T13 4T13 1T14 1T13 2T13 3T13 4T13 1T14 Redução da receita líquida de 2%, explicada pelos menores volumes de produção e venda no Brasil, devido ao aumento do custo de matérias-primas no país, ainda não repassado totalmente para os preços no trimestre e parcialmente compensado pelo aumento das exportações do Uruguai e melhor desempenho do setor de food service no Brasil. Melhora contínua na unidade de negócios do Uruguai desde o 4T13, demonstrando reversão do cenário adverso do primeiro semestre de Redução do EBITDA ajustado de 12%, com redução de margem de 110 pb versus 1T13. 31

32 BONDS E AÇÕES 32

33 Desempenho dos Bonds % 8.5% % % 99 dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr % % % % dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 Fonte: Bloomberg Marfrig Até 2 de maio de 2014 Peers * Peers: média dos bonds emitidos por JBS, BRF e Minerva nos mesmos vencimentos 99 dez-13 ajn-14 fev-14 mar-14 abr-14 33

34 Desempenho das Ações ,8% ,9% -1,5% dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 MRFG3 Ibovespa Peers Fonte: BM&Fbovespa Até 2 de maio de 2014 * Pares: média JBS, BRF e Minerva 34

35 Geral Considerações Finais Este trimestre foi especialmente significativo, pois atingimos um marco importante: Geração de Caixa. Apesar da sazonalidade do período (primeiros trimestres são geralmente mais fracos), este trimestre confirma (em linha com os dois anteriores) nossos objetivos estratégicos: expansão de margem e crescimento orgânico, sustentado por um melhor desempenho operacional nos três negócios. Nossas iniciativas de aumento da lucratividade da Keystone e da Moy Park estão dando resultados. Beef A Marfrig Beef continua registrando desempenho cada vez melhor: altas margens, controle mais eficaz do capital de giro já observado nos dois últimos trimestres, melhor desempenho na maior parte dos KPIs industriais, maior alinhamento com parceiros da cadeia de fornecimento pecuaristas, otimização dos canais de venda (maiores margens com varejistas menores). Como já mencionado no 3T13, a unidade de Bovinos do Uruguai registrou forte desempenho, obtendo não só margens mais elevadas como também forte geração de caixa. A operação na Argentina continua operando conforme o esperado, rumo ao breakeven com a reabertura da segunda unidade industrial no 2T. 35

36 Considerações Finais Keystone Nosso foco recente em aumentar o volume de negócios em Key Accounts está produzindo bons resultados. Continuaremos focados e investindo na aceleração do crescimento na região APMEA. Estamos prestes a concluir uma joint venture na Indonésia e avançando rapidamente para estabelecer uma unidade de processamento local no Oriente Médio. Seguimos evoluindo na gestão de risco nos negócios, tornando isso um valor do nosso modelo de negócio e para os clientes que atendemos. Moy Park Outro bom trimestre, marcado por expansão da margem EBITDA e bons níveis de retorno. Os investimentos realizados ao longo dos últimos cinco anos já traz resultados, sendo que hoje aves é a proteína de maior crescimento de consumo no Reino Unido. Nossa posição de liderança tanto em produtos prontos para consumo (#1) e produtos frescos empanados (#1) deve sofrer impacto positivo da mudança demográfica: solteiros, participantes da força de trabalho. 36

37 Considerações Finais Destaques Financeiros O desempenho dos nossos bonds e, mais recentemente, o preço das nossas ações nos dão a confiança de que estamos no caminho certo. Em 2014, as linhas de crédito para capital de giro de curto prazo tiveram redução de custo na maioria dos casos um custo 1% a 2% mais baixo que em A ligeira redução no nosso custo médio de juros para 7,9% deve se intensificar com o tempo. Permanecemos fortemente focados no controle do Capital de Giro e na Geração de Caixa. A reabertura do nosso bond 2020 é uma pequena demonstração do apoio recebido do segmento de renda fixa à nossa trajetória, pelo qual somos muito gratos. Nada a acrescentar sobre a possível abertura de capital das duas subsidiárias. 37

38 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas consolidadas (em conjunto, a Companhia ) na presente data. Tais informações são apresentadas de forma resumida e não têm por objetivo serem completas. Nenhuma declaração ou garantia, expressa ou implícita, é realizada, nem qualquer certeza deve ser assumida, sobre a precisão, certeza ou abrangência das informações aqui contidas. Nem a Companhia nem qualquer uma de suas afiliadas, consultores ou representantes assumem qualquer responsabilidade por qualquer perda ou dano resultante de qualquer informação apresentada ou contida nesta apresentação. As informações apresentadas ou contidas nesta apresentação encontram-se atualizadas até 31 de março de 2014 e, exceto quando expressamente indicado de outra forma, estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Nem a Companhia nem qualquer uma de suas afiliadas, consultores ou representantes firmaram qualquer compromisso de atualizar tais informações após a presente data. Esta apresentação não deve ser interpretada como uma recomendação jurídica, fiscal, de investimento ou de qualquer outro tipo. Os dados aqui contidos foram obtidos a partir de diversas fontes externas, sendo que a Companhia não verificou tais dados através de nenhuma fonte independente. Dessa forma, a Companhia não presta qualquer garantia quanto à exatidão ou completude de tais dados, os quais envolvem riscos e incertezas e estão sujeitos a alterações com base em diversos fatores. Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais declarações não constituem fatos históricos e refletem as crenças e expectativas da administração da Companhia. As palavras prevê", deseja", "espera", estima, pretende, antevê, planeja", "prediz", "projeta", "alvo" e outras similares pretendem identificar tais declarações. Embora a Companhia acredite que as expectativas e premissas refletidas nas declarações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em informações atualmente disponíveis para a sua administração, ela não pode garantir resultados ou eventos futuros. É aconselhável que tais declarações prospectivas sejam consideradas com cautela, uma vez que os resultados reais podem diferir materialmente daqueles expressos ou implícitos em tais declarações. Títulos e valores mobiliários não podem ser oferecidos ou vendidos nos Estados Unidos a menos que sejam registrados ou isentos de registro de acordo com o Securities Act dos EUA de 1933, conforme alterado ("Securities Act"). Quaisquer ofertas futuras de valores mobiliários serão realizadas exclusivamente por meio de um memorando de oferta. Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou solicitação de oferta para a subscrição ou aquisição de quaisquer títulos e valores mobiliários, e nem qualquer parte desta apresentação e nem qualquer informação ou declaração nela contida deve ser utilizada como base ou considerada com relação a qualquer contrato ou compromisso de qualquer natureza. Qualquer decisão de compra de títulos e valores mobiliários em qualquer oferta de títulos da Companhia deverá ser realizada com base nas informações contidas nos documentos da oferta, que poderão ser publicados ou distribuídos oportunamente em conexão a qualquer oferta de títulos da Companhia, conforme o caso. 38

39 Contatos de RI Endereço Avenida Chedid Jafet, Bloco A - 5º andar Telefone +55 (11) Website 39

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

MARFRIG ENCERRA O ANO COM ENTREGA DE GUIDANCE E GERAÇÃO DE CAIXA DE R$56 MILHÕES.

MARFRIG ENCERRA O ANO COM ENTREGA DE GUIDANCE E GERAÇÃO DE CAIXA DE R$56 MILHÕES. MARFRIG ENCERRA O ANO COM ENTREGA DE GUIDANCE E GERAÇÃO DE CAIXA DE R$56 MILHÕES. a a e mai São Paulo, 02 de março de 2015 Marfrig Global Foods S.A. Marfrig (BM&FBOVESPA NOVO MERCADO: MRFG3 e ADR Nível

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

Aquisição da Seara Brasil e Zenda JBS S.A. Junho de 2013

Aquisição da Seara Brasil e Zenda JBS S.A. Junho de 2013 Aquisição da Seara Brasil e Zenda JBS S.A. Junho de 2013 PAGE 0 Disclaimer Fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Demonstrações Financeiras Marfrig Global Foods 2014

Demonstrações Financeiras Marfrig Global Foods 2014 Demonstrações Financeiras Marfrig Global Foods 2014 1. MENSAGEM DO CHAIRMAN Quero iniciar desejando a todos um 2015 com muita saúde e paz. Terminamos o ano de 2014 com muitas realizações. Investimos na

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Apresentação Unidas. Maio 2014

Apresentação Unidas. Maio 2014 Apresentação Unidas Maio 2014 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 2ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

Obrigado. Octavio Pereira Lopes

Obrigado. Octavio Pereira Lopes Mensagem do CEO Apesar de um contexto macroeconômico longe do ideal, continuamos avançando na execução do nosso plano estratégico de longo prazo. Novamente, nossa performance foi acima do crescimento de

Leia mais

Apresentação Institucional. Novembro 2015

Apresentação Institucional. Novembro 2015 Apresentação Institucional Novembro 2015 Seção 1 Visão Geral da Unidas Visão Geral da Unidas 3ª maior empresa brasileira de aluguel de carros em frota total, com cobertura nacional em soluções para terceirização

Leia mais

CRESCIMENTO DAS MARGENS E RESULTADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 Em relação ao primeiro semestre de 2014:

CRESCIMENTO DAS MARGENS E RESULTADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015 Em relação ao primeiro semestre de 2014: PARIS, 28 de julho de 2015 O Conselho de Administração da Teleperformance, líder mundial em multichannel customer experience, examinou recentemente os relatórios financeiros consolidados para o semestre

Leia mais

Análise Setorial. Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3)

Análise Setorial. Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3) Análise Setorial Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3) A Sabesp divulgou ontem (09/05/2013, após o encerramento do mercado, seus números referentes ao primeiro trimestre de 2013. O

Leia mais

1T08. PRINCIPAIS INDICADORES CONSOLIDADOS R$ mil. Dados em 29/04/2008

1T08. PRINCIPAIS INDICADORES CONSOLIDADOS R$ mil. Dados em 29/04/2008 1T08 Dados em 29/04/2008 Sadia ON (SDIA3)= R$10,30/ação Sadia PN (SDIA4)= R$11,58/ação Sadia ADR (SDA) = US$ 20,63 (1 ADR = 3 ações) Sadia Latibex (XSDI) = 4,58 Valor de Mercado - Bovespa R$ 7,9 bilhões

Leia mais

Operadora: Alexandre Dias:

Operadora: Alexandre Dias: Operadora: Boa tarde, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência de resultados do 3T da Anhanguera Educacional. Hoje nós temos a presença do Sr. Alexandre Dias, CEO da Companhia, Sr. Ricardo

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 1. Mercado de Capitais Cotações: (14/05/2010) ALPA3 R$ 6,10 ALPA4 R$ 5,95 Valore de Mercado: R$ 2,1 bilhões 2. Teleconferência Data: 18/05/2010 às 16h00

Leia mais

BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012

BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012 BRASIL FOODS - BRF MAIO 2012 Os resultados do primeiro trimestre de 2012 consolidam as Empresas BRF - Brasil Foods S.A. e Sadia S.A. (subsidiária integral). Os resultados da Sadia passaram a ser consolidados

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

KROTON EDUCACIONAL S/A

KROTON EDUCACIONAL S/A KROTON EDUCACIONAL S/A Divulgação dos Resultados 2T10 12/08/2010 Disclaimer O material que se segue é uma apresentação de informações gerais da Kroton Educacional S.A ( Kroton ). Esta apresentação foi

Leia mais

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016.

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016. RELEASE DE RESULTADOS Relações com Investidores Marcelo Moojen Epperlein Diretor-Presidente e de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brinsurance.com.br Ana Carolina Pires Bastos Relações com

Leia mais

LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08

LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08 LOJAS RENNER DIVULGA R$ 511,4 MILHÕES DE RECEITA LÍQUIDA TOTAL NO 3T08 Porto Alegre, 30 de outubro de 2008 LOJAS RENNER S.A. (Bovespa: LREN3), segunda maior rede de lojas de departamentos de vestuário

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 2T08 Trisul (TRIS3 BZ) 15 de agosto de 2008

Transcrição da Teleconferência Resultados do 2T08 Trisul (TRIS3 BZ) 15 de agosto de 2008 Operadora: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência de resultados do 2T08 da Trisul. Hoje nós temos a presença do Sr. Jorge Cury Neto, Diretor-Presidente, Sr. Marco Antônio Mattar,

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD

Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD PRESS RELEASE Bovespa: BBDC3, BBDC4 Latibex: XBBDC NYSE: BBD Segunda-feira, 3/5/2004 Divulgação dos Resultados do 1 º trimestre 2004 O Banco Bradesco apresentou Lucro Líquido de R$ 608,7 milhões no 1 º

Leia mais

CSU CardSystem - 2010

CSU CardSystem - 2010 CSU CardSystem - 2010 Considerações Iniciais Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários

Leia mais

Apresentação de Resultados do 4T13

Apresentação de Resultados do 4T13 Apresentação de Resultados do 4T13 Geraldo Bom dia a todos. Em nome da M DIAS BRANCO, gostaria de agradecer a presença dos senhores em nossa teleconferência para discussão dos resultados da Companhia no

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015

RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 RESULTADOS 1T15 Teleconferência 8 de maio de 2015 Aviso Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Marfrig Day. Março, 2015

Marfrig Day. Março, 2015 Marfrig Day Março, 2015 2 Agenda Marfrig Day São Paulo 1. Introdução. 15 min 2. Moy Park... 20 min 3. Keystone... 20 min 4. Marfrig Beef... 20 min 5. 4 o Trimestre e Resultado Consolidado 2014... 20 min

Leia mais

Hering inicia o ano com crescimento de 41% do EBITDA e salto de 35% em vendas

Hering inicia o ano com crescimento de 41% do EBITDA e salto de 35% em vendas Blumenau, 07 de maio de 2008 Cia. Hering (Bovespa: HGTX3), uma das maiores empresas de varejo e design de vestuário do Brasil, divulga os resultados do 1º trimestre de 2008 (1T08). As informações operacionais

Leia mais

Resultados 2T11. 12 de agosto de 2011. Português 12h (BR) / 11h (US ET) Acesso: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F Replay: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F

Resultados 2T11. 12 de agosto de 2011. Português 12h (BR) / 11h (US ET) Acesso: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F Replay: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F Resultados 2T11 12 de agosto de 2011 Português 12h (BR) / 11h (US ET) Acesso: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F Replay: +55 (11) 2188-0155 Código: T4F Inglês 11h (BR) / 10h (US ET) Acesso: +1 (877) 317-6776

Leia mais

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Safe Harbor Statement Certas declarações na apresentação a seguir estão relacionadas com resultados futuros, que são considerados como projeções,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

Performance Econômico-Financeira

Performance Econômico-Financeira p. 46 Relatório Anual 2011 Performance Econômico-Financeira A receita líquida em 2011 foi de R$ 21,9 bilhões, 37,8% superior em relação aos R$ 15,9 bilhões registrados em 2010. O crescimento orgânico da

Leia mais

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores Resultados do 2T08 Uberlândia MG, Agosto de 2008 A CTBC Companhia de Telecomunicações do Brasil Central S.A, empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração

Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração Informações Trimestrais 4º trimestre e exercício de 2015 (4T15 e 2015) Relatório da Administração Prezados acionistas A administração da WLM Indústria e Comércio S.A. (WLM), em conformidade com as disposições

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A.

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. São Paulo, 8 de dezembro de 2005 1 Aviso Legal Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação,

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008

Apresentação de Resultados 1T08. 19 de Maio de 2008 Apresentação de Resultados 1T08 19 de Maio de 2008 Agenda A Companhia Resultados Operacionais Resultados Financeiros 2 Operação Virtual Canal Lojas A Companhia Globex S.A. Globex Utilidades S.A.: operadora

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES ANÁLISE FUNDAMENTALISTA COM FOCO PARA A RECOMENDAÇÃO DE COMPRA / VENDA DE AÇÕES! A análise do desempenho histórico! Análise setorial! Análise de múltiplos! Elaboração de projeções de resultados! Determinação

Leia mais

Receita Operacional Líquida alcança R$ 20,9 milhões, aumento de 9,7% ante o trimestre anterior

Receita Operacional Líquida alcança R$ 20,9 milhões, aumento de 9,7% ante o trimestre anterior Última Cotação em 30/09/2014 FBMC4 - R$ 20,60 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2014): R$ 20.269,7 mil US$ 9.234,5 mil São Bernardo do Campo, 12 de

Leia mais

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet

10 Anos de Transmissão das Reuniões APIMEC pela Internet Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos, mas refletiriam os desejos e as expectativas da direção da companhia. As palavras "antecipa",

Leia mais

Banco ABC Brasil Relações com Investidores Transcrição da Teleconferência de Resultados do 1T13 03 de maio de 2013

Banco ABC Brasil Relações com Investidores Transcrição da Teleconferência de Resultados do 1T13 03 de maio de 2013 Banco ABC Brasil Relações com Investidores Transcrição da Teleconferência de Resultados do 1T13 03 de maio de 2013 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2013 Bom dia a todos e obrigado por participarem

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 LUPATECH S.A. CNPJ/MF nº 89.463.822/0001-12 NIRE 43300028534 Companhia Aberta de Capital Autorizado Novo Mercado Relatório da Administração Mensagem da Administração Senhores

Leia mais

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Alexandre Afrange, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Afrange pode prosseguir.

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Alexandre Afrange, que iniciará a apresentação. Por favor, Sr. Afrange pode prosseguir. Operadora: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados referentes ao 2T08 da Le Lis Blanc. Estão presentes conosco o Sr. Alexandre Afrange, Presidente, e o Sr. Marcelo

Leia mais

EZTec: Vemos outro trimestre favorável à frente, com melhoria dos números T/T, ainda que não tão sólido relativamente ao ano anterior.

EZTec: Vemos outro trimestre favorável à frente, com melhoria dos números T/T, ainda que não tão sólido relativamente ao ano anterior. 24 DE JULHO DE 2014 Relatório Setorial Construtoras CONSTRUTORAS BRASILEIRAS PRÉVIA DOS RESULTADOS DO 2T14: RESULTADOS HETEROGÊNEOS Fabiola Gama Renan Manda Conclusão: Como esperávamos, o campeonato mundial

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T12

Divulgação de Resultados 1T12 Divulgação de Resultados 1T12 17 de maio de 2012 Palestrantes Bruno Padilha Presidente do Conselho de Administração Tuca Ramos - Presidente Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo

Leia mais

Carta Mensal - Fevereiro 2013. sdasdasdasdasdasdasdasd. Carta Mensal. Fevereiro 2013

Carta Mensal - Fevereiro 2013. sdasdasdasdasdasdasdasd. Carta Mensal. Fevereiro 2013 Carta Mensal Fevereiro 2013 Conforme previsto na carta anterior, este mês optamos por focar nas teses de investimento com o intuiti de alinhar os investidores com as nossas posições atuais, promovendo

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO 1) Considere os demonstrativos a seguir: Balanço Patrimonial em 31.12.2011 Ativo Passivo Ativo Circulante R$ 252.000,00 Passivo Circulante R$ 168.000,00 Ativo Imobilizado R$ 348.000,00

Leia mais

Opportunity. Resultado. Agosto de 2012

Opportunity. Resultado. Agosto de 2012 Opportunity Equity Hedge FIC FIM Agosto de 2012 Resultado Ao longo do segundo trimestre de 2012, o Opportunity Equity Hedge alcançou uma rentabilidade de 5% depois de taxas, o que representa 239,6% do

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T17 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 12 DE MAIO DE 2017 RELAÇÕES COM INVESTIDORES Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

HSBC Global Asset Management Apresentação para HP Prev

HSBC Global Asset Management Apresentação para HP Prev HSBC Global Asset Management Apresentação para HP Prev Cenário Macroeconômio Destaques Perspectiva positiva para o cenário internacional Retomada do crescimento global, com maior equilíbrio entre desenvolvidos

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

MAHLE REPORTA EBITDA DE R$ 104,6 MILHÕES NO 2T14; MARGEM DE 17,7%

MAHLE REPORTA EBITDA DE R$ 104,6 MILHÕES NO 2T14; MARGEM DE 17,7% MAHLE REPORTA EBITDA DE R$ 104,6 MILHÕES NO 2T14; MARGEM DE 17,7% Mogi Guaçu (SP), 11 de agosto de 2014 - A MAHLE Metal Leve S.A. (BM&FBOVESPA: LEVE3), Companhia líder na fabricação e comercialização de

Leia mais

Análise Econômico-Financeira

Análise Econômico-Financeira Universidade Federal do Pará Curso de Ciências Contábeis Departamento de Contabilidade Análise Econômico-Financeira Gilvan Pereira Brito 0301007601 Belém-Pará 2007 1 Universidade Federal do Pará Curso

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013 . São Paulo, 13 de maio de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15 17 de agosto de 2015 Seção I Destaques & Conjuntura Positivo Informática registra crescimento de 3,1% na receita líquida no varejo no 2T15 Mesmo em um trimestre de

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Relatório Analítico 19 de abril de 2012

Relatório Analítico 19 de abril de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa AM BV4 Segmento de Atuação Principal Alimentos Categoria segundo a Liquidez 1 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 80,99 Valor Econômico por Ação (R$) 81,05 Potencial

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011

RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre de 2011. RESULTADOS BRASIL BROKERS 3º Trimestre 2011 3º Trimestre 2011 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro, nem esta apresentação ou

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Resultados 2T14 e 1S14 Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Belo Horizonte, 5 de agosto de 2014 - A Companhia

Leia mais

Electro Aço Altona S/A

Electro Aço Altona S/A Electro Aço Altona S/A Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ n.º 82.643.537/0001-34 IE n.º 250.043.106 Rua Eng.º Paul Werner, 925 CEP 89030-900 Blumenau SC Data base: 30 de Junho de 2011 1 Destaques

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Performance da Renda Fixa em 2013

Performance da Renda Fixa em 2013 Performance da Renda Fixa em 2013 Atualizado em outubro de 2013 Performance da Renda Fixa em 2013 O que tem acontecido com os investimentos em renda fixa? Desde o começo do ano temos visto o mercado de

Leia mais

Destaques do 3º trimestre de 2015

Destaques do 3º trimestre de 2015 Destaques do 3º trimestre Principais Destaques Manutenção dos níveis de EBITDA consolidado e de margem EBITDA, apesar da sobreoferta de aço mundial e das adversidades econômicas no Brasil. Redução de 5,9%

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 1T10 Rossi Residencial (RSID3 BZ) 14 de maio de 2010

Transcrição da Teleconferência Resultados do 1T10 Rossi Residencial (RSID3 BZ) 14 de maio de 2010 Operadora: Bom dia, senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Rossi para discussão dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2010. O áudio desta teleconferência

Leia mais

Evolução do PIB Brasileiro x PIB da Construção Civil (%)

Evolução do PIB Brasileiro x PIB da Construção Civil (%) o Margem Bruta atinge 42% no 3T07 e distribuição de proventos chega a R$ 40 milhões nos 9M07. 3T07 Cotação (31/10/07) ETER3 R$/ação 8,46 US$/ação 4,83 Base Acionária (31/10/07) Total 72.555.934 Free Float

Leia mais

Resultados 1T15 12 de Maio de 2015

Resultados 1T15 12 de Maio de 2015 Resultados 12 de Maio de 2015 Disclaimer As informações financeiras consolidadas da T4F Entretenimento S/A aqui apresentadas estão de acordo com os critérios do padrão contábil internacional - IFRS, emitido

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2015 está demonstrando ser muito desafiador, apresentando um cenário macroeconômico incerto, onde as expectativas do mercado preveem redução do PIB, aumento da inflação e da taxa

Leia mais

Conference Call Resultados 3T13 e 9M13

Conference Call Resultados 3T13 e 9M13 Conference Call Resultados 3T13 e 9M13 2 Pontos de atenção no Negócios Internacionais Negócios Nacionais USA,Europa e Exportações resultado da Alpargatas Márcio Utsch 3 Atualmente, os pontos de atenção

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T09 Trisul (TRIS3 BZ) 16 de março de 2010

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T09 Trisul (TRIS3 BZ) 16 de março de 2010 Operadora: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados do 4T09 da Trisul. Hoje nós temos a presença do Sr. Jorge Cury Neto, Diretor Presidente, e Sr. Marco Antônio Mattar,

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES A Receita dos Serviços de Locação da Ouro Verde registrou novamente crescimento significativo, de 25,0% na comparação com o 1S13. A receita líquida total, incluindo

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

4 T 10 RESULTADOS DO 4T10. Dados em 31/12/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 16,00. Valor de Mercado R$ 338,0 milhões

4 T 10 RESULTADOS DO 4T10. Dados em 31/12/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 16,00. Valor de Mercado R$ 338,0 milhões 4 T 10 Passo Fundo, 14 de março de 2011 A Grazziotin (BM&FBOVESPA: CGRA3 e CGRA4), empresa de comércio varejista do segmento de vestuário e utilidades domésticas, localizada na região sul do país, divulga

Leia mais

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas

AGENDA. Unicasa Overview Resultados Históricos e do 3T12/ 9M12 Perspectivas APIMEC 2012 Aviso Legal As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2012 - PORTO SEGURO SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

APRESENÇÃO INSTITUCIONAL. Dezembro, 2014

APRESENÇÃO INSTITUCIONAL. Dezembro, 2014 APRESENÇÃO INSTITUCIONAL Dezembro, 2014 Perfil da Marfrig Global Foods 3 Histórico e Overview 1986: Início das operações de distribuição de cortes de carnes especiais no Brasil 1986 a 2005: Diversificação

Leia mais

Ratings 'bra' da Companhia de Locação das Américas S.A. reafirmados; perspectiva estável

Ratings 'bra' da Companhia de Locação das Américas S.A. reafirmados; perspectiva estável Data de Publicação: 2 de abril de 2015 Comunicado à Imprensa Ratings 'bra' da Companhia de Locação das Américas S.A. reafirmados; perspectiva estável Analista principal: Marcus Fernandes, São Paulo, 55

Leia mais

Resumo da Demonstração de Resultados (em R$ milhões) Variação

Resumo da Demonstração de Resultados (em R$ milhões) Variação BM&FBOVESPA ANUNCIA OS RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 Derivativos e outras receitas não ligadas a volumes direcionaram o crescimento na receita total Crescimento do lucro líquido ajustado 1 resultou,

Leia mais

Conjuntura Macroeconômica e Setorial

Conjuntura Macroeconômica e Setorial Conjuntura Macroeconômica e Setorial O ano de 2012 foi um ano desafiador para a indústria mundial de carnes. Apesar de uma crescente demanda por alimentos impulsionada pela contínua expansão da renda em

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T14 em português TOTVS (TOTS3 BZ) 31 de julho de 2014

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T14 em português TOTVS (TOTS3 BZ) 31 de julho de 2014 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS referente aos resultados do 2T14. Estão presentes os senhores Alexandre Mafra, Vice-Presidente Executivo e Financeiro e Vice-Presidente de

Leia mais

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho

Carteira Top Pick. Comentário. Carteira Sugerida para Agosto. Carteira Sugerida de Julho A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções de investimento para o mês subseqüente dentro dos ativos

Leia mais

Divulgação de Resultados - 2T15

Divulgação de Resultados - 2T15 Belo Horizonte, 5 de agosto de 2015. A Arezzo&Co (BM&FBOVESPA: ARZZ3), líder no setor de calçados, bolsas e acessórios femininos no Brasil, divulga os resultados do 2º trimestre de 2015. As informações

Leia mais

Performance da Renda Fixa em 2013

Performance da Renda Fixa em 2013 Performance da Renda Fixa em 2013 Material produzido em junho de 2013 Performance da Renda Fixa em 2013 O que tem acontecido com os investimentos em renda fixa? Nos últimos meses temos visto o mercado

Leia mais

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14

Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Valid apresenta EBITDA recorde de R$ 78,3 milhões no 3T14 Cotação de Fechamento VLID3 R$ 38,80 Valor de Mercado R$ 2,16 bilhões Rio de Janeiro, 10 de novembro de 2014 A Valid (BM&FBovespa: VLID3 - ON)

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Release de Resultados do 4T13

Release de Resultados do 4T13 São Paulo, 19 de fevereiro de 2014 A Eucatex (BM&FBovespa: EUCA3 e EUCA4), uma das maiores produtoras de painéis de madeira do Brasil, que atua também nos segmentos de tintas e vernizes, pisos laminados,

Leia mais

AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14

AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14 AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14 Barueri, 29 de Julho de 2014 A Cielo S.A. (BM&FBOVESPA: CIEL3 / OTCQX: CIOXY) anuncia hoje seus resultados do segundo trimestre

Leia mais

Destaques do Resultado

Destaques do Resultado RESULTADOS DO 4T09 E 2009 RECEITA LÍQUIDA de R$1 bilhão; EBITDA de R$119 milhões; MARGEM EBITDA de 12%, aumento de 2 p.p.; LUCRO LÍQUIDO ajustado de R$78 milhões em 2009 Rio de Janeiro, 17 de Março de

Leia mais