Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:"

Transcrição

1 Escola Secundária de Valongo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia As Professoras: Cláudia Rocha Fátima Garcia

2 Tema Organizador: Viver Melhor na Terra 1º PERÍODO GERAIS TEMAS ESPECÍFICAS POSSÍVEIS EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS AVALIAÇÃO AULAS (45 min) CIÊNCIA E TECNOLOGIA E QUALIDADE DE VIDA Reconhecimento da necessidade de desenvolver hábitos de vida saudáveis e de segurança, numa perspectiva biológica, psicológica e social. Reconhecimento da necessidade de uma análise crítica face às questões éticas de algumas das aplicações científicas e tecnológicas. Conhecimento das normas de segurança e de higiene na utilização de materiais e equipamentos de laboratório e de uso comum, bem como respeito pelo seu cumprimento Reconhecimento de que a tomada de decisão relativa a comportamentos associados à saúde e segurança global é influenciada por aspectos sociais, culturais e económicos. Compreensão de como a Ciência e a Tecnologia têm contribuído para a melhoria da qualidade de vida. Compreensão do modo como a sociedade pode condicionar, e tem condicionado, o rumo dos avanços científicos e tecnológicos na área da saúde e segurança global. Compreensão dos conceitos essenciais relacionados com a saúde, utilização de recursos, e protecção ambiental que devem fundamentar a acção humana no plano individual e comunitário Valorização de atitudes de segurança e de prevenção como condição essencial em diversos aspectos relacionados com a qualidade de vida SAÚDE INDIVIDUAL E COMUNITÁRIA Indicadores do estado de saúde de uma população Medidas de acção para a promoção da saúde TRANSMISSÃO DA VIDA Bases morfológicas e fisiológicas da reprodução humana Noções básicas de hereditariedade Compreensão do conceito de qualidade de vida. Compreensão de que a saúde e qualidade de vida implicam uma relação connosco, e com os outros e com o ambiente. Compreensão do conceito de indicador do estado de saúde de uma população. Compreensão do conceito de saúde individual. Compreensão do conceito de saúde comunitária. Conhecimento de medidas de prevenção para a saúde. Assumir atitudes promotoras de saúde. Compreensão do conceito de puberdade. Conhecimento da morfologia e fisiologia geral do sistema reprodutor humano. Conhecimento do ciclo sexual feminino (ciclos ovárico e uterino). Reconhecimento do papel das hormonas na regulação hormonal masculina e feminina. Compreensão do conceito de fecundação. Conhecimento de métodos anticoncepcionais. Conhecimento de algumas doenças sexualmente transmissíveis e o seu modo de propagação. Compreensão da noção de herança biológica. Localização do material genético na célula. Conhecimento do DNA. Identificação de situações de transmissão de características em seres vivos. Actividades de diagnóstico Exploração e discussão de actividades do manual adoptado Exploração de apresentações em PowerPoint Interpretação de esquemas e construção de legendas Análise de imagens e gráficos Organização de mapa de conceitos Fichas de trabalho Visualização e análise de documentários Actividades laboratoriais Actividades experimentais Exercícios de aplicação Dinamização de debates Pesquisa e exploração de sites da Internet Recolha e análise de notícias e outros textos Selecção e organização de informação Trabalho de grupo em articulação com outras áreas curriculares Apresentação de trabalhos Fichas de avaliação Fichas de trabalho individuais ou em grupo Relatórios observação da aula trabalho experimental análise de trabalhos de pesquisa Questões de aula Listas de verificação de TPC debates saídas de campo e de visitas de estudo /011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página / 7

3 CALENDARIZAÇÃO DO 1º PERÍODO Total de aulas previstas (45 min) 6 Leccionação de conteúdos Apresentação Ficha diagnóstica Trabalhos de pesquisa / práticos Resolução de exercícios / actividades de remediação 16 aulas s Fichas de avaliação Correcção das fichas de avaliação Auto e hetero-avaliação 010/011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página 3 / 7

4 Tema Organizador: Viver Melhor na Terra (continuação) º PERÍODO GERAIS TEMAS ESPECÍFICAS POSSÍVEIS EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS AVALIAÇÃO AULAS (45 min) CIÊNCIA E TECNOLOGIA E QUALIDADE DE VIDA Reconhecimento da necessidade de desenvolver hábitos de vida saudáveis e de segurança, numa perspectiva biológica, psicológica e social. Reconhecimento da necessidade de uma análise crítica face às questões éticas de algumas das aplicações científicas e tecnológicas. Conhecimento das normas de segurança e de higiene na utilização de materiais e equipamentos de laboratório e de uso comum, bem como respeito pelo seu cumprimento Reconhecimento de que a tomada de decisão relativa a comportamentos associados à saúde e segurança global é influenciada por aspectos sociais, culturais e económicos. Compreensão de como a Ciência e a Tecnologia têm contribuído para a melhoria da qualidade de vida. Compreensão do modo como a sociedade pode condicionar, e tem condicionado, o rumo dos avanços científicos e tecnológicos na área da saúde e segurança global. Compreensão dos conceitos essenciais relacionados com a saúde, utilização de recursos, e protecção ambiental que devem fundamentar a acção humana no plano individual e comunitário Valorização de atitudes de segurança e de prevenção como condição essencial em diversos aspectos relacionados com a qualidade de vida Noções básicas de hereditariedade ORGANISMO HUMANO EM EQUILÍBRIO Sistema neuro-hormonal Sistema circulatório Sistema respiratório Compreensão do mecanismo de determinação do sexo na espécie humana. Conhecimento da contribuição do desenvolvimento do conhecimento científico na área da genética. Inferir algumas consequências da manipulação do material genético. Compreensão de que existem restrições de natureza ética na investigação científica Conhecimento da constituição do sistema nervoso. Conhecimento da constituição do sistema hormonal. Compreensão do funcionamento do sistema neuro-hormonal. Compreensão do desempenho do sistema neuro-hormonal na coordenação do organismo. Conhecimento dos diferentes constituintes do sangue e respectivas funções. Conhecer a morfologia e fisiologia do sistema cardio-respiratório. Relacionar a estrutura e função dos diferentes vasos sanguíneos. Compreensão do funcionamento do coração. Explicar o ciclo cardíaco. Descrição da circulação pulmonar e da circulação sistémica. Conhecimento do mecanismo de formação da linfa. Conhecimento da constituição do sistema respiratório. Compreensão dos mecanismos responsáveis pela ventilação pulmonar. Explicar o fenómeno da hematose pulmonar Actividades de diagnóstico Exploração e discussão de actividades do manual adoptado Exploração de apresentações em PowerPoint Interpretação de esquemas e construção de legendas Análise de imagens e gráficos Organização de mapa de conceitos Fichas de trabalho Visualização e análise de documentários Actividades laboratoriais Actividades experimentais Exercícios de aplicação Dinamização de debates Pesquisa e exploração de sites da Internet Recolha e análise de notícias e outros textos Selecção e organização de informação Trabalho de grupo em articulação com outras áreas curriculares Apresentação de trabalhos Fichas de avaliação Fichas de trabalho individuais ou em grupo Relatórios observação da aula trabalho experimental análise de trabalhos de pesquisa Questões de aula Listas de verificação de TPC debates saídas de campo e de visitas de estudo /011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página 4 / 7

5 CALENDARIZAÇÃO DO º PERÍODO Total de aulas previstas (45 min) 6 Leccionação de conteúdos Trabalhos de pesquisa / práticos Resolução de exercícios / actividades de remediação 15 aulas Fichas de avaliação Correcção das fichas de avaliação Auto e hetero-avaliação Actividades da Semana Aberta 010/011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página 5 / 7

6 Tema Organizador: Viver Melhor na Terra (continuação) 3º PERÍODO GERAIS TEMAS ESPECÍFICAS POSSÍVEIS EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS AVALIAÇÃO AULAS (45 min) CIÊNCIA E TECNOLOGIA E QUALIDADE DE VIDA Reconhecimento da necessidade de desenvolver hábitos de vida saudáveis e de segurança, numa perspectiva biológica, psicológica e social. Reconhecimento da necessidade de uma análise crítica face às questões éticas de algumas das aplicações científicas e tecnológicas. Conhecimento das normas de segurança e de higiene na utilização de materiais e equipamentos de laboratório e de uso comum, bem como respeito pelo seu cumprimento Reconhecimento de que a tomada de decisão relativa a comportamentos associados à saúde e segurança global é influenciada por aspectos sociais, culturais e económicos. Compreensão de como a Ciência e a Tecnologia têm contribuído para a melhoria da qualidade de vida. Compreensão do modo como a sociedade pode condicionar, e tem condicionado, o rumo dos avanços científicos e tecnológicos na área da saúde e segurança global. Compreensão dos conceitos essenciais relacionados com a saúde, utilização de recursos, e protecção ambiental que devem fundamentar a acção humana no plano individual e comunitário Valorização de atitudes de segurança e de prevenção como condição essencial em diversos aspectos relacionados com a qualidade de vida ORGANISMO HUMANO EM EQUILÍBRIO (continuação) Sistema digestivo Sistema excretor Opções que interferem no equilíbrio do organismo: tabaco, álcool, higiene, droga, actividade física, alimentação Compreensão dos aspectos básicos da morfologia e fisiologia do sistema digestivo. Reconhecimento da importância da digestão. Compreensão da importância da utilização dos nutrientes a nível celular Compreensão do conceito de metabolismo celular. Compreensão dos aspectos básicos da morfologia e fisiologia do sistema excretor. Explicar o processo de formação da urina. Conhecimento de algumas doenças que afectam o organismo, bem como algumas técnicas de diagnóstico e/ou tratamento. Compreensão de que a Ciência, como actividade humana, é influenciada por factores sociais. Conhecimento de comportamentos que interferem no equilíbrio do organismo. Inferir algumas consequências resultantes de uma alimentação desequilibrada. Conhecimento de alguns efeitos sobre a integridade física, psicológica e/ou psíquica resultantes do consumo de substâncias nocivas para o organismo. Actividades de diagnóstico Exploração e discussão de actividades do manual adoptado Exploração de apresentações em PowerPoint Interpretação de esquemas e construção de legendas Análise de imagens e gráficos Organização de mapa de conceitos Fichas de trabalho Visualização e análise de documentários Actividades laboratoriais Actividades experimentais Exercícios de aplicação Dinamização de debates Pesquisa e exploração de sites da Internet Recolha e análise de notícias e outros textos Selecção e organização de informação Trabalho de grupo em articulação com outras áreas curriculares Apresentação de trabalhos Fichas de avaliação Fichas de trabalho individuais ou em grupo Relatórios observação da aula trabalho experimental análise de trabalhos de pesquisa Questões de aula Listas de verificação de TPC debates saídas de campo e de visitas de estudo 4 010/011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página 6 / 7

7 CALENDARIZAÇÃO DO 3º PERÍODO Total de aulas previstas (45 min) 1 Leccionação de conteúdos Resolução de exercícios / actividades de remediação 8 aulas s 1 Ficha de avaliação s Correcção da ficha de avaliação Auto e hetero-avaliação s A presente planificação foi elaborada segundo as orientações curriculares para a disciplina de Ciências Naturais e tendo em conta as competências essenciais das mesmas. As experiências educativas sugeridas na planificação podem ser seguidas, adaptadas ou substituídas por outras de acordo com as características dos alunos e contextos educativos. O tema Ciência e Tecnologia e Qualidade de Vida será abordado de modo transversal ao longo do ano lectivo. Assim, os sub-temas Ciência e Tecnologia na resolução de problemas da saúde individual e comunitária e Avaliação e gestão de riscos serão trabalhados de modo integrado nos restantes temas do programa e sempre que seja relevante. 010/011-9º Ano - Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL Página 7 / 7

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 Departamento de Ciências Experimentais Grupo de recrutamento 520 - Biologia e Geologia Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 1 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO

Leia mais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais ANO LETIVO 2013/2014 Departamento Curricular: Ciências Experimentais Grupo Disciplinar: Biologia e Geologia 9º Ano Planificação da disciplina de Ciências Naturais 1º Conteúdos / Unidades Didáticas 1.Saúde

Leia mais

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária UNIDADE TEMÁTICA: Saúde N.º DE Saúde Individual e Comunitária. - Desenvolvimento do conceito de saúde Definição de Saúde pela O.M.S..2 -Medidas para a promoção

Leia mais

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde.

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2014/2015 AULAS PREVISTAS TEMA ORGANIZADOR CONTEÚDOS CONCETUAIS (45 MINUTOS) A B VIVER MELHOR NA TERRA 1. Saúde individual e comunitária.

Leia mais

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação N.º de tempos previstos Período lectivo Apresentação - Diálogo professor/aluno. SAÚDE INDIVIDUAL E - Avaliação

Leia mais

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde;

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde; Saúde individual e comunitária 1º Período Indicadores do estado de saúde de uma população Medidas de ação para a promoção da saúde Compreender o conceito de saúde; Conhecer os indicadores do estado de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população Sintetizar as estratégias de promoção da saúde Conhecer os distintos níveis estruturais do corpo Viver Melhor

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013

PLANIFICAÇÃO ANUAL Planos de Unidade ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE - 161718 GRUPO DISCIPLINAR 230 MATEMÁTICA/ CIÊNCIAS DA NATUREZA ÁREA CURRICULAR: Ciências da Natureza 6º ANO ANO LETIVO: 2012/2013 TEMA/ CONTEÚDO: Processos Vitais

Leia mais

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013)

1º PERÍODO (13 de setembro a 18 de dezembro de 2013) ESCOLA BÁSICA 2/3 D. AFONSO III FARO Departamento Curricular de Ciências Experimentais Grupo Disciplinar 520 PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LECTIVO 2014/2015 DOMÍNIO: Viver

Leia mais

Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA

Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA 1º PERÍODO TEMAS / CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS O ALUNO DEVERÁ SER CAPAZ DE: BLOCOS (90 min) ALGUMAS SUGESTÕES DE EXPERIÊNCIAS

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade Saúde Individual e comunitária Indicadores do estado de saúde de uma população

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9.º Ano UNIDADES DIDÁTICAS CONTEÚDOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período VIVER MELHOR NA TERRA Saúde individual e comunitária Medidas de ação para a promoção

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE. Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE. Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE Ano Letivo 2012/2013 DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANIFICAÇÃO ANUAL CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO As Docentes Responsáveis: 1º Periodo Unidade

Leia mais

ESCOLA E.B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 2012/2013 1º Período. Tempo (x45 )

ESCOLA E.B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 2012/2013 1º Período. Tempo (x45 ) ESCOLA E.B. /3 CICLOS DE PEDROUÇOS Planificação de Ciências da Natureza 6ª Ano 0/03 º Período TEMA ORGANIZADOR: Viver melhor na Terra: Trocas nutricionais entre os animais e o meio Conteúdos Competências

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 6.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio dos Processos vitais comuns aos seres vivos o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância de uma alimentação equilibrada

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Competências essenciais Conteúdos Materiais N.º de aulas (45 min.) Compreender que a vida dos seres é assegurada pela realização de funções

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Ano letivo 01/016 CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período : Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS 1.1. Importância de uma alimentação equilibrada e segura Alimentos e nutrientes;

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO Livro adotado: Ciências da natureza 6 Satillana Ano Letivo 2012/2013 UNIDADE DIDÁCTICA CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS Nº DE AULAS (1ºP) Preparação do ano escolar.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES ANO LECTIVO 2014 / 2015 PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano DOMÍNIO: PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES

Leia mais

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5

Ano Letivo: 2015/2016. Disciplina de: CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO. Período de Calendarização: 1º, 2º E 3º PERÍODOS. Nº de blocos semanais: 1,5 Escola EB 2,3 de António Feijó Ponte de Lima Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Subestrutura de Ciências Naturais PROGRAMA CALENDARIZAÇÃO Ano Letivo: 2015/2016 Disciplina de: CIÊNCIAS

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16 Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2015-16 Período 1ºPeríodo Nº Aulas previstas 37 aulas Conteúdos

Leia mais

Saúde Individual e Comunitária

Saúde Individual e Comunitária CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 outubro de 2015) Saúde Individual e Comunitária - Saúde e qualidade de vida -Indicadores

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados:

CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2015/2016 PLANO DE ESTUDOS. O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: PLANO DE ESTUDOS O aluno, no final do 9.º ano, deve atingir os objetivos em seguida apresentados: 1.º PERÍODO DOMÍNIO SUBDOMÍNIO / CONTEÚDOS Saúde individual e comunitária 1 -Compreender a importância

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016. PLANIFICAÇÃO ANUAL 3ºCiclo. Ciências Naturais 9ºano Documento(s) Orientador(es): Metas Curriculares de Ciências Naturais de 9º ano, Projeto

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultores Conceição

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS

Leia mais

- Compreender a formação do universo em se tratando da evolução do homem como um todo. - análise de texto - Leitura; - Texto descritivo.

- Compreender a formação do universo em se tratando da evolução do homem como um todo. - análise de texto - Leitura; - Texto descritivo. Plano de ação- 2015 - trimestral Colégio Estadual Mahatma Gandhi Ensino Fundamental Ciências 8º A, 8ºB, 8C Professora: Josiane Maria Guerra Conteúdo específico Objetivos Encaminhamentos metodológicos e

Leia mais

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano

Rota de Aprendizagem 2015/16 6.º Ano Ciências Naturais Projeto 1 Os alimentos como veículo de nutrientes. Tempo Previsto: 3 quinzenas do 1ºPeríodo 1.ª Fase: Alimentação saudável e segura 2.ª Fase: O Processo digestivo de ser humano 3.ª Fase:

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultora Conceição Santos

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE 1. OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura Nutrientes - o que são Funções dos nutrientes ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA CLARA DE RESENDE Apresentar

Leia mais

Informação Prova de equivalência à frequência

Informação Prova de equivalência à frequência Informação Prova de equivalência à frequência 2.º Ciclo do Ensino Básico 1ª e 2ª fases Ano Letivo 2014/2015 Disciplina: Ciências Naturais Duração: 90 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1-

Leia mais

Rota de Aprendizagem 2015/16 9.º Ano

Rota de Aprendizagem 2015/16 9.º Ano Ciências Naturais CienTic Projeto 1 Qual é a importância da saúde e quais são as estratégias para a promover? Tempo Previsto: 3 quinzenas do 1ºPeríodo 1.ª Fase: Saúde e qualidade de vida da população.

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Prova 02 2015 2.º Ciclo do Ensino

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO Ciências Naturais Código 10 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2015 pelos alunos que se encontram

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS DA NATUREZA*

METAS DE APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS DA NATUREZA* METAS DE APRENDIZAGEM DE CIÊNCIAS DA NATUREZA As Metas de Aprendizagem de Ciências são aprendizagens que os alunos deverão ter alcançado no final da escolaridade básica, no domínio das Ciências, de forma

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 8º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade Disciplina Ciências Naturais Código 10 2014/2015 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Ciências Naturais Código da Prova: 10/2015 9º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho,

Leia mais

Planificação a longo prazo 2014/2015

Planificação a longo prazo 2014/2015 Planificação a longo prazo 2014/2015 1º Período Tema organizador: Viver melhor na Terra Conteúdos Nº de aulas Apresentação 1 1. Trocas nutricionais entre o organismo e o meio 9 1.1. Os alimentos como veículos

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Ciências Naturais A proposta Em sua organização teórico-metodológica, a proposta enfatiza a construção do pensamento científico acerca

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 11/12 Disciplina de Ciências Naturais 3.º Ciclo 7º Ano de Escolaridade

PLANIFICAÇÃO ANUAL 11/12 Disciplina de Ciências Naturais 3.º Ciclo 7º Ano de Escolaridade PLANIFICAÇÃO ANUAL 11/12 Disciplina de Ciências Naturais 3.º Ciclo 7º Ano de Escolaridade A TERRA NO ESPAÇO CTSA (Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente) - Compreender o carácter dinâmico da ciência.

Leia mais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais Ano de escolaridade: 7º ano Área curricular disciplinar de Ciências Naturais A Terra no Espaço Terra - Um Planeta com Vida. - Condições que permitem a existência de vida. - A Terra como um Sistema. Ciência,

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015

Planificação Anual. Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Planificação Anual Professora: Maria da Graça Valente Disciplina: Ciências Naturais Ano: 6.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação o Relacionar alimento

Leia mais

VIVER MELHOR NA TERRA 1º PERÍODO. Apresentação. - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde.

VIVER MELHOR NA TERRA 1º PERÍODO. Apresentação. - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde. p.1/8 VIVER MELHOR NA TERRA 40 1º PERÍODO OBSERVAÇÃO: Apresentação SAÚDE INDIVIDUAL COMUNITÁRIA E - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde. - Conhecer

Leia mais

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015

Planificação Curricular Anual Ano letivo 2014/2015 PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Trocas nutricionais entre o organismo e o meio: nos animais. 1. Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura 1.1. Apresentar um conceito de

Leia mais

Ensino Profissional Departamento MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

Ensino Profissional Departamento MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Modelo EP-02 Agrupamento de Escolas do Castêlo da Maia Planificação Anual Ensino Profissional Departamento MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Curso Profissional TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Ano letivo 2013.2014

Leia mais

Calendarização da Componente Letiva 2015/16 7º Ano Área Disciplinar de Ciências Naturais

Calendarização da Componente Letiva 2015/16 7º Ano Área Disciplinar de Ciências Naturais ANDRÉ SOARES (109) Calendarização da Componente Letiva 01/16 7º Ano Área Disciplinar de Ciências Naturais Períodos 1º Período Número de aulas previstas (4 minutos) Apresentação e Diagnóstico Avaliação

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Pinheiro. Disciplina: Ciências da Natureza Ano Lectivo 2010/2011 6º Ano Prova Escrita Duração da Prova: 90 minutos

Escola Básica e Secundária de Pinheiro. Disciplina: Ciências da Natureza Ano Lectivo 2010/2011 6º Ano Prova Escrita Duração da Prova: 90 minutos Matriz Ciências da Natureza-2.ºciclo Ano lectivo 2011 Matriz Ciências da Natureza-2.ºciclo Escola Básica e Secundária de Pinheiro Disciplina: Ciências da Natureza Ano Lectivo 2010/2011 6º Ano Prova Escrita

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 2.º CICLO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS 6.º ANO Período Nº semanas Nº de aulas Previstas 1º 13 37 2º 10 32 3º 9 27 TOTAL 96 Domínios Subdomínios

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 5.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio da Água, o ar, as rochas e o solo - materiais terrestres, o aluno deve ser capaz de: Compreender a Terra como um planeta especial

Leia mais

ESCOLA E. B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza - 5º Ano 2012/2013. 1º Período. (x45 )

ESCOLA E. B. 2/3 CICLOS DE PEDROUÇOS. Planificação de Ciências da Natureza - 5º Ano 2012/2013. 1º Período. (x45 ) TEMA ORGANIZADOR: Terra em Transformação ESCOLA E. B. /3 CICLOS DE PEDROUÇOS Planificação de Ciências da Natureza - 5º Ano 0/03 º Período Conteúdos Considerações gerais sobre a disciplina e outros assuntos.

Leia mais

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 1. Introdução Os exames de equivalência à frequência incidem sobre a aprendizagem definida para o final do 2.º ciclo do ensino básico, de acordo com o currículo

Leia mais

8º ANO PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST)

8º ANO PLANO DE ÁREA DE ESTUDO (PLAEST) SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO FUNDAMENTAL ELABORADO EM 2007 Fl-1 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS 8º ANO CARGA HORÁRIA: 90 HORAS N SESSÕES: 120 HORAS/AULA PLANO DE ÁREA

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015. Duração: 90 minutos

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015. Duração: 90 minutos INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Prova 10 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita Duração: 90 minutos

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9º Ano COMPETÊNCIAS TEMAS/UNIDADES CONTEÚDOS 1º Período Aulas Previstas 28 Definir saúde segundo a O.M.S. Identificar medidas individuais promotoras de saúde.

Leia mais

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO BIOLOGIA 12º ANO

MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO BIOLOGIA 12º ANO MATRIZ DA PROVA DE EXAME A NÍVEL DE ESCOLA AO ABRIGO DO DECRETO-LEI Nº 357/2007 DE 29 DE OUTUBRO Duração da Prova 90 minutos + 30 minutos de tolerância BIOLOGIA 12º ANO (Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: BIOLOGIA E GEOLOGIA 11.

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: BIOLOGIA E GEOLOGIA 11. DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: BIOLOGIA E GEOLOGIA 11.º ANO... BIOLOGIA Objetivos / Finalidades Competências procedimentais e atitudinais Competências concetuais Estratégias Tempo 1 Conhecer

Leia mais

Ensino Secundário Recorrente por Módulos Capitalizáveis Matriz da Prova do Regime de Frequência Não Presencial

Ensino Secundário Recorrente por Módulos Capitalizáveis Matriz da Prova do Regime de Frequência Não Presencial Ensino Secundário Recorrente por Módulos Capitalizáveis Matriz da Prova do Regime de Frequência Não Presencial AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR.ª LAURA AYRES Matriz do exame de Biologia - módulos 1,2,3 (12ºano)

Leia mais

Objetivos gerais/descritores Conteúdos Estratégias Avaliação Aulas

Objetivos gerais/descritores Conteúdos Estratégias Avaliação Aulas Domínio: Viver melhor na Terra Subdomínio: Saúde individual e comunitária Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população Apresentar o conceito de saúde e

Leia mais

Escola Secundária de Forte da Casa

Escola Secundária de Forte da Casa Escola Secundária de Forte da Casa Informação - Prova de Equivalência à Frequência / 2012 2013 (Decreto Lei nº 139/2012, de 5 de Julho e Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto) 12ºAno Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Fisiologia Humana Professor: Ricardo Marques Nogueira Filho e-mail: ricardonogfilho@ig.com.br Código: Carga Horária:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO. Planeamento Curricular referente ao 1 º Período

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO. Planeamento Curricular referente ao 1 º Período AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ÁLVARO VELHO LAVRADIO Planeamento Curricular referente ao 1 º Período Ano e Turma 5º Disciplina Ciências Naturais Prof. (a) N.º Aulas Previstas Domínio: ÁGUA, O AR, AS ROCHAS

Leia mais

Plano de acção. Outubro 2011

Plano de acção. Outubro 2011 Plano de acção Outubro 2011 Ano Lectivo 2011/2012 PÁGINA - 2 INTRODUÇÃO A legislação em vigor determina que o Projecto Educativo da Escola (PEE) deve incluir temáticas relacionadas com a Promoção e Educação

Leia mais

12º ANO. Competências procedimentais Actividades sugeridas Tempo previsto Conceitos. - Análise do ciclo de vida humano com esquema em power point.

12º ANO. Competências procedimentais Actividades sugeridas Tempo previsto Conceitos. - Análise do ciclo de vida humano com esquema em power point. 12º ANO Valorizar os conhecimentos sobre reprodução humana para compreender o funcionamento do próprio corpo, de modo a adoptar comportamentos promotores de saúde Competências procedimentais Actividades

Leia mais

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (8.º ANO) 2015/2016 Docentes: João Mendes, Madalena Serra e Vanda Messenário 1 Metras Curriculares Estratégias Tempo Avaliação TERRA UM PLANETA COM VIDA Sistema Terra: da

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ACTIVIDADES/ METODOLOGIA CONCEITOS/ TERMOS CALENDÁRIO 4. Viver melhor na Terra

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Ano letivo 2014/2015

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Ano letivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO 1º PERÍODO Saúde 1. Saúde individual e comunitária Compreender o conceito de saúde Epidemia Tempos previstos ( 50 min): 8 Compreender o conceito de qualidade de vida Pandemia 1.1. Indicadores

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia e Geologia CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS- 3ºCICLO - DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação

Saúde Escolar. Secretaria Regional da Educação e Formação Saúde Escolar Secretaria Regional da Educação e Formação «Um programa de saúde escolar efectivo é o investimento de custo-benefício mais eficaz que um País pode fazer para melhorar, simultaneamente, a

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO - 2015

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO - 2015 Prova de Biologia Prova 302 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino secundário, a realizar em 2015 pelos alunos que se encontram

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS Grupo de Recrutamento de Biologia-Geologia CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE ALUNOS- 3ºCICLO - DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Planificação Anual. Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Ciências Naturais Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015

Planificação Anual. Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Ciências Naturais Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Planificação Anual Professora: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Ciências Naturais Ano: 5.º Turma: B Ano letivo: 2014-2015 Domínio/Objetivos Descritores de Desempenho Atividades/Estratégias Avaliação Matéria

Leia mais

1 - Estrutura e Finalidades da disciplina

1 - Estrutura e Finalidades da disciplina CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de SAÚDE 10º ano 014/015 Turma K Professora: Maria de Fátima Martinho. 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Saúde

Leia mais

1ºCiclo Estudo do meio De 12 Agosto a 20 Outubro

1ºCiclo Estudo do meio De 12 Agosto a 20 Outubro Guião do aluno 1ºCiclo meio De 12 Agosto a 20 Outubro Aula 1 (Apresentação) descoberta de si Semana 1 12 Ago 18 Ago. Moodle A saúde do nosso corpo Registo e inscrição dos alunos na plataforma Moodle Teste

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL PLANEJAMENTO ANUAL

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL PLANEJAMENTO ANUAL CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ARLINDO RIBEIRO ENSINO MÉDIO E PROFISSIONAL Professor: Cleide Maria Senger Disciplina: Biologia Série: 3º Ano: 2013 1º Bimestre PLANEJAMENTO ANUAL Conteúdo Estruturante

Leia mais

Planificação anual de Saúde- 10ºano

Planificação anual de Saúde- 10ºano CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Turmas: 10ºI Professora: Ana Margarida Vargues Planificação anual de Saúde- 10ºano 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Saúde do Curso

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, saúde e segurança. Habilitação Profissional: sem habilitação

Leia mais

Escola Secundária de Camões

Escola Secundária de Camões Escola Secundária de Camões INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA Código 302 Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias- 12ºano Duração da prova escrita: 90 min Duração da

Leia mais

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento

Leia mais

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente

1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS. Eu um ser no ambiente 1º ANO MATRIZ CURRICULAR DE CIÊNCIAS NATURAIS Eu um ser no ambiente Higiene Corporal Os cinco sentidos Corpo humano Perceber a importância do cuidado com o corpo, da vacinação e da prevenção de acidentes.

Leia mais

MATRIZ DA COMPONENTE ESCRITA TIPO DE QUESTÕES

MATRIZ DA COMPONENTE ESCRITA TIPO DE QUESTÕES MATRIZ DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 1. Níveis de organização biológica 2. Reprodução Humana. 2.1. Morfologia do sistema reprodutor humano. 2.2 Vida intra-uterina. 2.3 Métodos contraceptivos. 3. Factores

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1) e Elisangela

Leia mais

ANO LECTIVO 2009/2010

ANO LECTIVO 2009/2010 MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS CONSIDERADOS INDISPENSÁVEIS AO INGRESSO E PROGRESSÃO NO 1º CICLO DE ESTUDOS DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DOS MAIORES DE 23

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência Informação Prova de Equivalência à Frequência CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 2ºCiclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Prova 02/2015 Tipo de Prova: Escrita Duração: 90 minutos

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS A proposta A proposta de ensino das Ciências Naturais se fundamenta na construção do pensamento científico acerca dos fenômenos

Leia mais

Anexo 1. Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria

Anexo 1. Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria Aneo 1 Informação dos grupos disciplinares: Situação actual (1º Período) relativamente ao ano lectivo anterior Medidas/estratégias de melhoria Quadro 1 Área a avaliar: Resultados do 1º Período Sucesso

Leia mais

Escola Básica de S. Pedro da Cova Ano Letivo 2015 / 2016 2º Ciclo do Ensino Básico Matriz da prova de Exame de Ciências Naturais

Escola Básica de S. Pedro da Cova Ano Letivo 2015 / 2016 2º Ciclo do Ensino Básico Matriz da prova de Exame de Ciências Naturais Escola Básica de S. Pedro da Cova Ano Letivo 2015 / 2016 2º Ciclo do Ensino Básico Matriz da prova de Exame de Ciências Naturais 1. Objeto da avaliação TEMAS CONTEÚDOS OBJETIVOS Grupo I (5º ano) (23 pontos)

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 660/X ESTABELECE O REGIME DE APLICAÇÃO DA EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR

PROJECTO DE LEI N.º 660/X ESTABELECE O REGIME DE APLICAÇÃO DA EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR PROJECTO DE LEI N.º 660/X ESTABELECE O REGIME DE APLICAÇÃO DA EDUCAÇÃO SEXUAL EM MEIO ESCOLAR Exposição de Motivos A garantia da saúde sexual e reprodutiva na sociedade contemporânea é condição necessária

Leia mais

METAS CURRICULARES CN (9º ano)

METAS CURRICULARES CN (9º ano) METAS CURRICULARES CN (9º ano) Nota introdutória As Metas Curriculares de Ciências Naturais para o 7º e 8º anos (MC2013) foram homologadas no Despacho n.º 5122/2013, de 16 de abril. Mais recentemente,

Leia mais

Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica)

Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica) Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica) Área de Formação: 729. Serviços de Saúde O Técnico Auxiliar de Saúde, vulgarmente designado por Auxiliar de Ação Médica, é o profissional capacitado

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO HENRIQUE MEDINA PROJETO PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE Ano letivo 2014/2015 1. Enquadramento Entre os objetivos prioritários da atual política educativa encontram-se os

Leia mais

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, em sua versão 2012, apresentará uma redação e 180 questões objetivas, divididas nas quatro áreas do conhecimento: - Ciências

Leia mais

Formadora: Bárbara Varela. UFCD 3783 Fases do Projecto

Formadora: Bárbara Varela. UFCD 3783 Fases do Projecto Formadora: Bárbara Varela UFCD 3783 Fases do Projecto Tema e Objectivo específico: Subtema: Seminário: Como minimizar os riscos no Trabalho Prevenção de Riscos Profissionais Objectivos Específicos: Identificar

Leia mais

C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S

C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S D E P A R T A M E N T O DE C I Ê N C I A S F Í S I C A S E N A T U R A I S EB 1, 2, 3 / J I D E A N G R A D O H E R O Í S M O DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S

Leia mais