PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9º Ano

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9º Ano"

Transcrição

1 PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9º Ano COMPETÊNCIAS TEMAS/UNIDADES CONTEÚDOS 1º Período Aulas Previstas 28 Definir saúde segundo a O.M.S. Identificar medidas individuais promotoras de saúde. Identificar medidas promotoras de saúde a nível do meio físico e social. VIVER MELHOR NA TERRA Saúde individual e comunitária Medidas de acção para a promoção da saúde. Reconhecer a importância do Programa Nacional de Vacinação e dos rastreios na prevenção de doenças. Referir indicadores do estado de saúde de uma população. Compreender a informação fornecida por cada indicador do estado de saúde de uma população. Indicadores do estado de saúde de uma população. Conhecer os principais problemas de saúde da população portuguesa contemporânea. Compreender as dimensões da sexualidade. Indicar características que distinguem o sistema reprodutor dos restantes sistemas do nosso organismo. Transmissão da vida Bases morfológicas e fisiológicas da reprodução Identificar os caracteres sexuais primários no rapaz e na rapariga. Definir puberdade. Identificar caracteres sexuais secundários femininos e masculinos. Relacionar as alterações pubertárias com a actuação das hormonas sexuais. fisiologia dos sistemas reprodutores feminino e 1

2 masculino. Compreender o ciclo sexual feminino. Identificar as funções desempenhadas pelas hormonas sexuais. Definir fecundação e nidação. Explicar a função da placenta, do cordão umbilical e do saco amniótico. Conhecer, de forma global, as etapas que ocorrem ao longo da gestação. Conhecer métodos contraceptivos e a respectiva forma de actuação. Conhecer infecções sexualmente transmissíveis e o seu modo de transmissão. Conhecer técnicas de reprodução medicamente assistida. Distinguir caracteres adquiridos de caracteres hereditários. Distinguir caracteres hereditários específicos de caracteres hereditários individuais. Identificar o ADN como o suporte da informação genética de um indivíduo. Conhecer a estrutura do ADN e a sua localização na célula. Conhecer o significado dos termos: cromossoma, cariótipo, gene, genótipo, fenótipo e genoma. Compreender o mecanismo de determinação do sexo na espécie humana. Compreender os conceitos de dominância e recessividade. Noções básicas de hereditariedade 1º Período Actividades experimentais Medição da tensão arterial Observação, ao microscópio óptico, de uma preparação definitiva de espermatozóides humanos. Exploração do Kit de métodos contraceptivos (Programa Educativo Diário 14/18 Johnson & Johnson ) Visualização do DNA do Kiwi. Resolver problemas de hereditariedade autossómica. Transmissão da vida Noções básicas de hereditariedade 2

3 2º Período Aulas Previstas 28 Interpretar árvores genealógicas. Adquirir alguns conhecimentos sobre clonagem reprodutiva, clonagem terapêutica, produção de organismos geneticamente modificados e terapia genética. Reconhecer o contributo científico na área da Genética para a resolução de problemas das sociedades actuais. Compreender que existem restrições de natureza ética na investigação científica na área da Genética. Compreender que os sistemas neuro-hormonal, cardiorespiratório, digestivo e excretor são interdependentes. Indicar a função do sistema neuro-hormonal sistema nervoso. Conhecer a estrutura do neurónio. Explicar a transmissão do impulso nervoso. Conhecer a função do sistema nervoso autónomo e do sistema nervoso somático. Distinguir acto reflexo de acto voluntário. Reconhecer que os sistemas nervosos simpático e parassimpático desempenham funções opostas e complementares. Identificar as estruturas envolvidas na realização de um acto reflexo. Distinguir acto reflexo inato de acto reflexo adquirido. nervoso. sistema endócrino. Localizar as principais glândulas endócrinas. Conhecer as hormonas produzidas pelas glândulas endócrinas e as respectivas funções. O organismo humano em equilíbrio Sistema neuro-hormonal Sistema nervoso Sistema endócrino ou hormonal 3

4 Compreender a comunicação por via hormonal. endócrino. sistema circulatório sanguíneo. sangue. Conhecer as características de cada um dos constituintes do sangue e a função desempenhada. Referir as funções do sangue. Distinguir os diferentes vasos sanguíneos. Conhecer a estrutura do coração. Compreender o ciclo cardíaco. Descrever a circulação sistémica e a circulação pulmonar. Sistema cardio-respiratório Sistema circulatório sanguíneo sistema circulatório linfático. Explicar a formação da linfa. Distinguir linfa intersticial de linfa circulante. Relacionar o sistema circulatório linfático com o sistema circulatório sanguíneo. Identificar as funções do sistema linfático. Conhecer doenças cardiovasculares. Sistema circulatório linfático 2º Período Actividades experimentais fisiologia do sistema respiratório. Compreender os processos de inspiração e de expiração. Distinguir hematose pulmonar de hematose celular. Compreender as alterações do ritmo respiratório e do ritmo cardíaco em função da actividade física. Conhecer doenças que afectam o sistema respiratório. Sistema respiratório Dissecação do encéfalo de um mamífero. Reflexo pupilar. Observação, ao microscópio óptico, de uma preparação definitiva de sangue 4

5 humano. Dissecação do coração de um mamífero. Dissecação do sistema respiratório de um mamífero. 3º Período Aulas Previstas 14 Distinguir alimento de nutriente. Identificar as unidades estruturais dos prótidos, lípidos e glícidos. Reconhecer a importância da digestão. O organismo humano em equilíbrio Sistema digestivo fisiologia do sistema digestivo. Conhecer os fenómenos mecânicos e químicos da digestão. Compreender o processo de absorção. Relacionar a morfologia interna do intestino delgado com a sua função de absorção. digestivo. Definir metabolismo celular. Identificar a respiração celular como um processo de obtenção de energia. Metabolismo celular Compreender a necessidade de eliminar produtos residuais resultantes do metabolismo celular. Identificar diferentes vias de excreção dos resíduos do metabolismo celular. Sistema urinário fisiologia do sistema urinário. Identificar o nefrónio como a unidade funcional e estrutural do rim. nefrónio. Descrever o processo de formação da urina. Compreender a importância dos rins na manutenção das características do meio interno. urinário. 5

6 3º Período Actividades experimentais Reconhecer que a saúde é condicionada pelas opções individuais. Identificar hábitos de vida saudáveis. Citar comportamentos que prejudicam a saúde. Referir consequências de uma alimentação desequilibrada. Conhecer efeitos do consumo de tabaco, álcool e drogas ilícitas. Assumir uma atitude crítica face aos comportamentos que comprometem o equilíbrio do organismo. Detecção de amido em alimentos diversos Acção da saliva sobre o amido. Absorção. Dissecação dos rins de um mamífero. Opções que interferem no equilíbrio do organismo 6

VIVER MELHOR NA TERRA 1º PERÍODO. Apresentação. - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde.

VIVER MELHOR NA TERRA 1º PERÍODO. Apresentação. - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde. p.1/8 VIVER MELHOR NA TERRA 40 1º PERÍODO OBSERVAÇÃO: Apresentação SAÚDE INDIVIDUAL COMUNITÁRIA E - Indicadores do estado de saúde de uma população. - Medidas de acção para a promoção da saúde. - Conhecer

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Ano letivo 2014/2015

Agrupamento de Escolas de Moura Escola Básica nº 1 de Moura (EB23) Ano letivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO 1º PERÍODO Saúde 1. Saúde individual e comunitária Compreender o conceito de saúde Epidemia Tempos previstos ( 50 min): 8 Compreender o conceito de qualidade de vida Pandemia 1.1. Indicadores

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010/ 2011 Ciências Naturais 9º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL POR PERÍODO 1º Período

ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010/ 2011 Ciências Naturais 9º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL POR PERÍODO 1º Período ESCOLA E.B. 2,3 PEDRO DE SANTARÉM Ano lectivo 2010/ 2011 Ciências Naturais 9º Ano PLANIFICAÇÃO ANUAL POR PERÍODO 1º Período Objectivos / Competências Compreender que a saúde envolve o bem estar físico,

Leia mais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais

Ano lectivo 2010 / 2011 Conteúdos programáticos essenciais Ano de escolaridade: 7º ano Área curricular disciplinar de Ciências Naturais A Terra no Espaço Terra - Um Planeta com Vida. - Condições que permitem a existência de vida. - A Terra como um Sistema. Ciência,

Leia mais

Conteúdo Descritivo. Saúde e qualidade de vida da população

Conteúdo Descritivo. Saúde e qualidade de vida da população Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Disciplina: Ciências Naturais PLANIFICAÇÃO ANUAL DO 9º ANO Conteúdo Descritivo Nº de aulas previstas [5'] 1º PERÍODO 36 Apresentação/ acolhimento / considerações

Leia mais

3º Ciclo (7º, 8º e 9 º Anos) Calendarização 2010/11

3º Ciclo (7º, 8º e 9 º Anos) Calendarização 2010/11 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 3º Ciclo (7º, 8º e 9 º Anos) Conteúdos/ Metas de Aprendizagem Calendarização

Leia mais

C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S

C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S D E P A R T A M E N T O DE C I Ê N C I A S F Í S I C A S E N A T U R A I S EB 1, 2, 3 / J I D E A N G R A D O H E R O Í S M O DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS C R I T É R I O S E C O M P E T Ê N C I A S

Leia mais

6º ANO DE ESCOLARIDADE

6º ANO DE ESCOLARIDADE PLANIFICAÇÃO 2016/2017 ENSINO BÁSICO (2º CICLO) - PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO DE ESCOLARIDADE 1.º PERÍODO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) ATIVIDADES

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/201 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programas e Metas Curriculares do Ensino Básico 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS. 1. Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população

ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS. 1. Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população PLANIFICAÇÃO Escola Básica e Secundária de Velas ANO LETIVO: 2014/2015 ANO: 9º ÁREA: CIÊNCIAS NATURAIS COMPETÊNCIAS- CHAVE C1; C3; C5; C8 C1; C3; C5; C7; C8 C1; C3; C4; C5 DOMÍNIOS/ CONTEÚDOS METAS CURRICULARES

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde Escola Básica 1/JI do Casal do Sapo Ano Letivo /2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde Escola Básica 1/JI do Casal do Sapo Ano Letivo /2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde Escola Básica 1/JI do Casal do Sapo Ano Letivo - 201/201 Planificação de Ciências Naturais 9º ano de escolaridade

Leia mais

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde.

1. Saúde individual e comunitária. 1.1. Indicadores do estado de saúde de uma população. 1.2. Medidas de ação para promoção de saúde. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO ANO LETIVO 2014/2015 AULAS PREVISTAS TEMA ORGANIZADOR CONTEÚDOS CONCETUAIS (45 MINUTOS) A B VIVER MELHOR NA TERRA 1. Saúde individual e comunitária.

Leia mais

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual 2015-2016 CIÊNCIAS NATURAIS METAS

Leia mais

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária

TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária TEMA ORGANIZADOR: Saúde individual e comunitária UNIDADE TEMÁTICA: Saúde N.º DE Saúde Individual e Comunitária. - Desenvolvimento do conceito de saúde Definição de Saúde pela O.M.S..2 -Medidas para a promoção

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ BELCHIOR VIEGAS ANO LETIVO 2016/17

CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ BELCHIOR VIEGAS ANO LETIVO 2016/17 CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ BELCHIOR VIEGAS ANO LETIVO 2016/17 PERÍODO Nº AULAS PREVISTAS 1º Período 38 DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS I SAÚDE INDIVIDUAL E COMUNITÁRIA A- SAÚDE E QUALIDADE

Leia mais

Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012

Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012 Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012 PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS TROCAS NUTRICIONAIS ENTRE O ORGANISMO E O MEIO Nos animais: Alimentos como veículo de nutrientes Como

Leia mais

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde;

1º Período. Subtemas Competências essenciais específicas Conceitos Estratégias Blocos. -Saúde -Esperança média de vida; -Prevenção da saúde; Saúde individual e comunitária 1º Período Indicadores do estado de saúde de uma população Medidas de ação para a promoção da saúde Compreender o conceito de saúde; Conhecer os indicadores do estado de

Leia mais

Curso Vocacional de Saúde e Ambiente Noções Básicas de Saúde / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo

Curso Vocacional de Saúde e Ambiente Noções Básicas de Saúde / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional de Saúde e Ambiente Noções Básicas de Saúde / 3º Ciclo Planificação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (9.º ANO) 2016/2017 Docentes: João Mendes e Vanda Messenário

PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (9.º ANO) 2016/2017 Docentes: João Mendes e Vanda Messenário PLANIFICAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS (9.º ANO) 2016/2017 Docentes: João Mendes e Vanda Messenário Metras Curriculares Estratégias Tempo Avaliação Saúde individual e comunitária 1. Compreender a importância da

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM

PLANIFICAÇÃO ANUAL. AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017. PLANIFICAÇÃO ANUAL 3ºCiclo. Ciências Naturais 9ºano Documentos Orientadores: Metas Curriculares de Ciências Naturais de 9º ano, Projeto

Leia mais

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14

Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 Departamento de Ciências Experimentais Grupo de recrutamento 520 - Biologia e Geologia Planificação anual de Ciências Naturais 9º Ano de escolaridade 2013 / 14 1 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO

Leia mais

Metas de Aprendizagem

Metas de Aprendizagem ESCOLA E B 2,/S MIGUEL LEITÃO DE ANDRADA - AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDRÓGÃO GRANDE DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS e TECNOLOGIAS 2016/2017 PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS NATURAIS 6ºANO, 2º CICLO Pedrógão Grande

Leia mais

ROTA DE APRENDIZAGEM Ciências Naturais - 9.º Ano VIVER MELHOR NA TERRA

ROTA DE APRENDIZAGEM Ciências Naturais - 9.º Ano VIVER MELHOR NA TERRA ROTA DE APRENDIZAGEM 2015-2016 Ciências Naturais - 9.º Ano VIVER MELHOR NA TERRA Projeto 1 Qual é a importância da saúde e quais são as estratégias para a promover? Objetivos gerais: Compreender a importância

Leia mais

1.1 Apresentar o conceito de saúde e o conceito de qualidade de vida, segundo a Organização Mundial de Saúde.

1.1 Apresentar o conceito de saúde e o conceito de qualidade de vida, segundo a Organização Mundial de Saúde. DISCIPLINA: Ciências Naturais ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES PROGRAMA DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS 1º PERÍODO VIVER MELHOR NA TERRA

Leia mais

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016)

Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS. (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de 2016) Escola EB1 João de Deus COD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD. 346 779 Critérios de Avaliação PERFIL DE APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS (Aprovado em Conselho Pedagógico de 18 de julho de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Informações aos Encarregados de Educação do trabalho a realizar no: 5º Ano Ciências Naturais Ano Letivo 2015/2016 1. Aulas previstas: Aulas (*) 5º1ª 5º2ª 5º3ª 5º4ª 1º Período: 21 de Setembro - 17 de Dezembro

Leia mais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais

Planificação da disciplina de Ciências Naturais ANO LETIVO 2013/2014 Departamento Curricular: Ciências Experimentais Grupo Disciplinar: Biologia e Geologia 9º Ano Planificação da disciplina de Ciências Naturais 1º Conteúdos / Unidades Didáticas 1.Saúde

Leia mais

PLANIFICAÇÕES 2016/2017

PLANIFICAÇÕES 2016/2017 PLANIFICAÇÕES 2016/2017 ENSINO REGULAR PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 9º ANO DE ESCOLARIDADE DOMÍNIO: VIVER MELHOR NA TERRA CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES)

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 6ºAno Ano letivo: 2016-17 Período / Nº Aulas Conteúdos Metas Aulas previstas 1ºPeríodo

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 9.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS 9.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No domínio Viver melhor na Terra, o aluno deve ser capaz de: Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Compreender a como um planeta especial. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida. Compreender a importância das rochas e dos minerais. Compreender a importância

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS ( 3º CICLO 9º ano )

PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS ( 3º CICLO 9º ano ) PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS ( 3º CICLO 9º ano ) COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS TEMAS / CONTEÚDOS METAS APRENDIZAGEM ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS COMPETÊNCIAS CHAVE VIVER MELHOR NA TERRA - Consciencialização

Leia mais

2º ciclo 6º ano Planificação Anual CIÊNCIAS NATURAIS CONTEÚDOS E METAS CURRICULARES ANO DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS

2º ciclo 6º ano Planificação Anual CIÊNCIAS NATURAIS CONTEÚDOS E METAS CURRICULARES ANO DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS 6º ANO Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 2º ciclo 6º ano Planificação Anual 2015-2016 CIÊNCIAS NATURAIS METAS CURRICULARES

Leia mais

ROTA DE APRENDIZAGEM Ciências Naturais - 6.º Ano

ROTA DE APRENDIZAGEM Ciências Naturais - 6.º Ano Projeto 1 Os alimentos como veículo de nutrientes. ROTA DE APRENDIZAGEM 2016-2017 Ciências Naturais - 6.º Ano Objetivos gerais: Compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura; conhecer

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS. 1. Introdução

CIÊNCIAS NATURAIS. 1. Introdução CIÊNCIAS NATURAIS Prova 10 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do 3.º ciclo do ensino básico da disciplina

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Escola EB1 João de Deus COD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD. 346 779 Critérios de Avaliação Perfil de Aprendizagens Específicas (Aprovados em Conselho Pedagógico a 20 de junho de

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Ciências Naturais 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Escola Secundária do Padrão da Légua (402412) Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade

Escola Secundária do Padrão da Légua (402412) Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade ÁREA DISCIPLINAR DE CTV Disciplina de Biologia do 12º ano de escolaridade Unidade 1 Reprodução Humana e Manipulação da Fertilidade Unidade 2 Património Genético Autoavaliação Unidade 2 Património Genético

Leia mais

Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade

Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade Planificação a Longo Prazo 2016-2017

Leia mais

Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade

Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Ciências Naturais / 9º. Ano de Escolaridade Planificação a Longo Prazo 2015-2016

Leia mais

Planificação Curricular

Planificação Curricular Ano Letivo 2016/17 e 2017/18 CEF Tipo 2 - Técnico Hotelaria e Restauração (811-811177 Cozinheiro/a + 811311 - Empregado/a de Restaurante/Bar) CEF T2. Ciências Naturais Planificação Curricular Documentos

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 9.º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 9.º Ano UNIDADES DIDÁTICAS CONTEÚDOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período VIVER MELHOR NA TERRA Saúde individual e comunitária Medidas de ação para a promoção

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (Ciências Naturais) 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS

Leia mais

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras:

Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia. Escola Secundária de Valongo. As Professoras: Escola Secundária de Valongo Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Grupo de Biologia e Geologia As Professoras: Cláudia Rocha Fátima Garcia Tema Organizador: Viver Melhor na Terra 1º PERÍODO

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 5ºANO 5ºANO No final do 5º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR Compreender a Terra como um planeta especial Indicar três fatores que permitam considerar a Terra um planeta com vida.

Leia mais

Enquadramento Curricular

Enquadramento Curricular Enquadramento Curricular O projeto Ciência & Vida 9 foi construído de forma a integrar as Metas Curriculares para Ciências Naturais do 9. o ano de escolaridade. Relembramos que estas Metas são de implementação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (Ciências Naturais) 9º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 2016/2017 SUBDOMÍNIO: 1. SAÚDE INDIVIDUAL

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR 520 PLANIFICAÇÃO

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR 520 PLANIFICAÇÃO ANO: 12º NÍVEL: Biologia ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/5 1º PERÍODO 45 UNIDADE 1 REPRODUÇÃO E MANIPULAÇÂO DA FERTILIDADE 1- REPRODUÇÃO HUMANA Gametogénese e fecundação Controlo Hormonal Desenvolvimento embrionário

Leia mais

2º Ciclo do Ensino Básico 2ª FASE

2º Ciclo do Ensino Básico 2ª FASE ESCOLA BÁSICA 2,3 PROFESSOR JOÃO FERNANDES PRATAS Matriz do Exame de Equivalência à Frequência _2010_/_2011_ Disciplina Ciências da Natureza Duração da prova - _90_minutos 2º Ciclo do Ensino Básico 2ª

Leia mais

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870

AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE COD. 346 779 COD. 152 870 CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico, 21 outubro de 2014) CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade Saúde Individual e comunitária Indicadores do estado de saúde de uma população

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Ciências da Natureza Ensino Básico 2008/2009 Programação de Ciências da Natureza - 6º Ano

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Ciências da Natureza Ensino Básico 2008/2009 Programação de Ciências da Natureza - 6º Ano Competências 1º Período - Apresentação; - Manual escolar e sua utilização; - Recordar ao aluno, o ambiente e condições de trabalho da disciplina; - Proporcionar ao aluno, o conhecimento das regras pelas

Leia mais

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o

- Diálogo professor/aluno. - Avaliação diagnóstica. - Discussão alargada, sobre o Unidade Didática Tema(s)/Conteúdo(s) Metodologia(s)/Estratégias Instrumento(s) de avaliação N.º de tempos previstos Período lectivo Apresentação - Diálogo professor/aluno. SAÚDE INDIVIDUAL E - Avaliação

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O 6º Ano

P L A N I F I C A Ç Ã O 6º Ano D E P A R T A M E N T O DE C I Ê N C I A S F Í S I C A S E N A T U R A I S EB, 2, 3 / J I D E A N G R A D O H E R O Í S M O P L A N I F I C A Ç Ã O 6º Ano A N O L E C T I V O D E 2 0 / 2 0 2 DISCIPLINA

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO. Calendarização /2011

CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO. Calendarização /2011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO Calendarização - 20/2011 Período Data N.º semanas Número de tempos 8 minutos) por ano de escolaridade

Leia mais

Modelo de referência para a elaboração do plano anual de curso do professor

Modelo de referência para a elaboração do plano anual de curso do professor Modelo de referência para a elaboração do plano anual de curso do professor UNIDADE ESCOLAR: Escola Dinorah Lemos da Silva ÁREA DO CONHECIMENTO: Estudo da Sociedade e da Natureza DOCENTE: Elisabete Silveira

Leia mais

Novo Descobrir a Terra 7 Terra no espaço Terra em transformação - Areal Editores

Novo Descobrir a Terra 7 Terra no espaço Terra em transformação - Areal Editores Agrupamento de Escolas Guilherme Stephens - Marinha Grande Ano Lectivo 2010-2011 1- Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente 1.1-Ciência Produto da actividade humana 1.2-A Ciência e Conhecimento do Universo

Leia mais

Ano Lectivo de 2006/2007. Ano de escolaridade/turma: 6º. Professores: Rui Gaspar Hugo Coelho

Ano Lectivo de 2006/2007. Ano de escolaridade/turma: 6º. Professores: Rui Gaspar Hugo Coelho REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIRECÇÃO REGIONAL DA EDUCAÇÃO ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DE RABO DE PEIXE EB 2,3 RUI GALVÃO DE CARVALHO Ano Lectivo de 2006/2007 Ano de

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE FRONTEIRA PLANIFICAÇÃO ANUAL Professor: Pedro Miguel Bezerra Disciplina: Ciências da Natureza Ano: 6 Turma: A Ano lectivo: 2011/2012

Leia mais

Ensino Fundamental II 8º ano PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Ciências PROFESSOR Daniel Lucena Brasil CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO

Ensino Fundamental II 8º ano PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Ciências PROFESSOR Daniel Lucena Brasil CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO Ensino Fundamental II 8º ano PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Ciências PROFESSOR Daniel Lucena Brasil CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 45 semanas 4 horas 8º ano A 2017 EMENTA 1.1- Como nosso corpo

Leia mais

Planificação da disciplina de Biologia e Geologia - 10 º Ano Componente de BIOLOGIA

Planificação da disciplina de Biologia e Geologia - 10 º Ano Componente de BIOLOGIA ANO LECTIVO 2011/2012 Departamento Curricular: Matemática e Ciências Experimentais Grupo Disciplinar: Biologia e Geologia Planificação da disciplina de Biologia e Geologia - 10 º Ano Componente de BIOLOGIA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS DE MATOSINHOS CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Ano lectivo 2010/2011 CAPÍTULOS CONTEÚDOS INDICADORES DE APRENDIZAGEM Apresentação 1 Visão

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro Escola Básica de Eugénio de Castro Planificação Anual Compreender a importância da saúde individual e comunitária na qualidade de vida da população Sintetizar as estratégias de promoção da saúde Conhecer os distintos níveis estruturais do corpo Viver Melhor

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO Ciências Naturais (3º Ciclo) 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2013 pelos alunos que se encontram

Leia mais

EsEscola Básica 2.3 de Pedro de Santarém Ano Lectivo: 2010/2011 6º Ano Planificação Anual de Ciências da Natureza

EsEscola Básica 2.3 de Pedro de Santarém Ano Lectivo: 2010/2011 6º Ano Planificação Anual de Ciências da Natureza EsEscola Básica 2.3 Pedro Santarém Ano Lectivo: 2010/2011 6º Ano Planificação Anual Ciências da Natureza Objectivos Conteúdos Estratégias/Actividas Recursos Avaliação Preparar e organizar o trabalho a

Leia mais

Domínio 1: PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Subdomínio 1: Trocas nutricionais entre o organismo e o meio: nos animais

Domínio 1: PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Subdomínio 1: Trocas nutricionais entre o organismo e o meio: nos animais A G R U P A M E N T O D E E S C O L A S D R. V I E I R A D E C A R V A L H O D E P A R T A M E N T O D E M A T E M Á T I C A E C I Ê N C I A S E X P E R I M E N T A I S P L A N I F I C A Ç Ã O A N U A

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de , DOU de PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de , DOU de PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de 01.11.12, DOU de 06.11.12 Componente Curricular: Fisiologia Humana Código: FAR - 308 Pré-requisito: Anatomia I Período Letivo: 2016.1 Professor:

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO 1. INTRODUÇÃO CIÊNCIAS DA NATUREZA - 2º CICLO (PROVA 02) O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2015 pelos alunos que

Leia mais

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti MAMÍFEROS Capítulo 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS Aquáticos: Habitat: Mamíferos podem ser terrestres: Único mamífero que voa: Pelos Estratificada

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Curso: ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Licenciatura em Enfermagem Ano Lectivo 2014-2015 Ano Curricular 1.º Semestre 1.º Nº de Ects 6 Equipa Pedagógica: Regente/Coordenador Docentes Manuel

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, SAÚDE E TECNOLOGIA - IMPERATRIZ. CURSO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, SAÚDE E TECNOLOGIA - IMPERATRIZ. CURSO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS, SAÚDE E TECNOLOGIA - IMPERATRIZ. CURSO DE ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO DISICIPLINA FISIOLOGIA HUMANA Período 2º PROFESSOR (a) Alexandre Batista

Leia mais

Domínios/Subdomínio de aulas. de aulas. Terra em Transformação

Domínios/Subdomínio de aulas. de aulas. Terra em Transformação Código 4039 750-90 - Sines Ano letivo: 06/07 Departamento:Matemática e Ciências Experimentais Grupo disciplinar: 50 Disciplina: Ciências Naturais Docentes: Abílio Ferreira, Ana Diniz e Irene Serrão Manual

Leia mais

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO

PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO Ciências Naturais Terra em Transformação PERFIL DE APRENDIZAGENS 7ºANO No final do 7.º ano, o aluno deverá ser capaz de: DISCIPLINA DOMÍNIO DESCRITOR Identificar paisagens constituídas por rochas magmáticas

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA II Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA II Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA II Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Saúde Individual e Comunitária

Saúde Individual e Comunitária CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO CIÊNCIAS NATURAIS 9º ano de escolaridade (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 outubro de 2015) Saúde Individual e Comunitária - Saúde e qualidade de vida -Indicadores

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO Livro adotado: Ciências da natureza 6 Satillana Ano Letivo 2012/2013 UNIDADE DIDÁCTICA CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS Nº DE AULAS (1ºP) Preparação do ano escolar.

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS EM GENÉTICA

CONCEITOS BÁSICOS EM GENÉTICA CONCEITOS BÁSICOS EM GENÉTICA HISTÓRICO: Veio ao Serviço de Aconselhamento Genético do Hospital de Clínicas, um casal jovem com o seguinte relato: a) homem fenotipicamente normal, com 35 anos, obeso, pertencente

Leia mais

Tipo de Prova: ESCRITA

Tipo de Prova: ESCRITA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR ÓSCAR LOPES, MATOSINHOS 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Prova 10 3.º Ciclo do Ensino Básico(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO Ciências da Natureza 2º Ciclo 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2013 pelos alunos que se encontram

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE CIENCIAS BIOLOGICAS 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor Departamento de Ciências Fisiológicas Nome da Disciplina FISIOLOGIA HUMANA E

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. Turma: A, B, C, D ANO: 8º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES/ ESTRATÉGIAS. Discussão / Debate.

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. Turma: A, B, C, D ANO: 8º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES/ ESTRATÉGIAS. Discussão / Debate. ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES 3º C.E.B. DISCIPLINA: Ciências Naturais Turma: A, B, C, D ANO: 8º ANO LECTIVO 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES/ ESTRATÉGIAS AULAS

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Ciências ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA: Ciências ÁREA DE ENSINO: FUNDAMENTAL I SÉRIE\ ANO: 4º ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 A VIDA SOB MICROSCÓPIO *Conhecer a história do microscópio *Conhecer doenças causadas por microrganismos *conhecer que os seres vivos são formados por células *Conhecendo microscópio e sua utilidade.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES. PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LUÍS DE CAMÕES ESCOLA BÁSICA 2, 3 LUÍS DE CAMÕES ANO LECTIVO 2014 / 2015 PROJECTO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º Ano DOMÍNIO: PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO DE CIÊNCIAS NATURAIS - 5.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO No domínio da Diversidade de seres vivos e suas interações com o meio, o aluno deve ser capaz de: Interpretar as características dos

Leia mais

UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA ultima versão dia 18/03/2013

UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA ultima versão dia 18/03/2013 UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA 2013.1 - ultima versão dia 18/03/2013 1ª Semana seg, 18/03 ter, 19/03 qua, 20/03 qui, 21/03 sex, 22/03 a a 9:00h Apresentação da Fase Anfiteatro

Leia mais

Domínios Conteúdos Objetivos Cotação

Domínios Conteúdos Objetivos Cotação Agrupamento de Escolas de Samora Correia INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova 02 2ºCiclo do Ensino Básico - 6º ano (Decreto-Lei n.º 17/2016 de 4 de abril e Despacho

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA Ano Lectivo 2009/2010

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA Ano Lectivo 2009/2010 Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA Ano Lectivo 2009/2010 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

COLCHA! A FISIOLOGIA É UMA COLCHA DE RETALHOS... A FISIOLOGIA É O ESTUDO DA VIDA EM AÇÃO MAS OS RETALHOS FORMAM UMA... O QUE É A FISIOLOGIA?

COLCHA! A FISIOLOGIA É UMA COLCHA DE RETALHOS... A FISIOLOGIA É O ESTUDO DA VIDA EM AÇÃO MAS OS RETALHOS FORMAM UMA... O QUE É A FISIOLOGIA? O QUE É A FISIOLOGIA? A FISIOLOGIA É UMA COLCHA DE RETALHOS... Biologia Molecular Bioquímica Psicologia Histologia Biologia Celular Anatomia Genética Medicina Biofísica MAS OS RETALHOS FORMAM UMA... A

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 8º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Ciências Naturais 8º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Ciências Naturais 8º Ano COMPETÊNCIAS TEMAS/UNIDADES CONTEÚDOS 1º Período SUSTENTABILIDADE NA TERRA 28 Compreender o significado dos conceitos: espécie, população, comunidade,

Leia mais

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período

ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período ESCOLA BÁSICA INTEGRADA FIALHO DE ALMEIDA Disciplina: Ciências Naturais Período Lectivo: 1º Período CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ACTIVIDADES/ METODOLOGIA CONCEITOS/ TERMOS CALENDÁRIO 4. Viver melhor na Terra

Leia mais

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS

CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL. 1º Período. Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS Ano letivo 01/016 CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL 1º Período : Domínio1- TROCAS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS 1.1. Importância de uma alimentação equilibrada e segura Alimentos e nutrientes;

Leia mais

Que caracteres são herdados de geração em geração?

Que caracteres são herdados de geração em geração? Músculos Cor dos olhos Membro amputado Cor do cabelo Que caracteres são herdados de geração em geração? Existem características que são transmitidas de geração em geração caracteres hereditários. Ex.:

Leia mais

UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA DEFINIVO 8/03/2013

UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA DEFINIVO 8/03/2013 UFSC - CCS - CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 2ª FASE - CRONOGRAMA 2013.1 - DEFINIVO 8/03/2013 1ª Semana seg, 18/03 ter, 19/03 qua, 20/03 qui, 21/03 sex, 22/03 a a 9:00h Apresentação da Fase Anfiteatro II

Leia mais

ANO: 10º NÍVEL: BIOLOGIA E GEOLOGIA ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/12. Total: 92

ANO: 10º NÍVEL: BIOLOGIA E GEOLOGIA ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/12. Total: 92 ANO: 10º NÍVEL: BIOLOGIA E GEOLOGIA ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/12 1º PERÍODO Apresentação Teste diagnóstico Avaliar os conhecimentos dos alunos Total: 92 2 2 COMPONENTE DE GEOLOGIA MÓDULO INICIAL TEMA

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisiologia Humana Código: Fisio 107 Pré-requisito: Bioquímica Período Letivo: 2016.1

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

1. INTRODUÇÃO. As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA MATRIZ EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Terminologia Anatômica. Sistema Esquelético. Sistema Articular. Sistema Muscular. DISCIPLINA: SISTEMAS BIOLÓGICOS

Leia mais

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano

Metas Curriculares. Ciências Naturais. Ensino Básico. 9.º ano Metas Curriculares Ensino Básico Ciências Naturais 9.º ano Autores Jorge Bonito (Coordenador) Margarida Morgado Marta Silva Dulce Figueira Marta Serrano José Mesquita Hugo Rebelo Consultores Conceição

Leia mais