11 a 21 de outubro de Paulo Marraccini

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "11 a 21 de outubro de 2006. Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br"

Transcrição

1 Missão FENASEG Índia e China 11 a 21 de outubro de 2006 Paulo Marraccini

2 Dados Gerais Brasil China India Fonte Area (1.000 m2) B População (milhões) B PIB 2005 ( USD bi) S per capita (USD mil) 4,33 1,71 0,72 S Crescimento PIB 2,3% 9,9% 7,7% S PIB PPP 2005 (USD bi) E per capita (USD mil) 8,47 6,31 2,83 E Indice de GINI 57% 35% 32% BM Renda decil superior 45% 28% 25% BM % População < USD 1/dia 9% 17% 35% BM Alfabetização 86% 91% 65% BM Fontes: Britannica B The Economist E Sw iss Re S Banco Mundial BM PPP: purchasing power parity - paridade poder aquisitivo 2

3 Distribuição da Renda Curva de Lorenz % Acumulada da Renda Igualdade Brasil 0 0,90 2,62 5,26 8,95 13,87 20,28 28,60 39,64 55,39 100,00 China 0 3,20 7,53 12,85 19,17 26,55 35,11 45,09 56,98 71,97 100,00 India 0 3,91 8,83 14,69 21,47 29,25 38,10 48,28 60,17 74,84 100,00 % Acumulada da População Igualdade Brasil China India 3

4 Mercados de Seguros 2005 Brasil China India Premio total (USD mi) Premios Vida Premios Seguros Gerais Premios per Capita (USD) 128,9 46,3 22,7 Vida 56,8 30,5 18,3 Seguros Gerais 72,1 15,8 4,4 Premios /PIB 3,01% 2,70% 3,14% Vida 1,33% 1,78% 2,53% Seguros Gerais 1,68% 0,92% 0,61% Fonte: Sw iss Re 4

5 IRDA Insurance Regulatory and Development Authority (India) 1938 Insurance Act 1973 nacionalização e fusão das 107 seguradoras em 1 seguradora de Vida e 4 de Seguros Gerais criação da IRDA 2000 abertura a operadores privados 2006 Capital mínimo de USD 23 milhões Participação estrangeira limitada a 26% do capital Inicio do Genisys emissão de apólices por computador(!!!) 16 seguradoras de Vida, sendo 1 estatal (86% dos prêmios) 12 seguradoras de Seguros Gerais, sendo 4 estatais (74% dos prêmios) 1 ressegurador estatal, que recebe obrigatoriamente 20% dos prêmios ressegurados 5

6 IRDA Insurance Regulatory and Development Authority (India) Tarificação dos Seguros Gerais 70% do volume de prêmios é representado por ramos com tarifa fixada pela IRDA ( Auto, Incêndio, residencial). A liberalização será progressiva, a partir de Despesas limitadas a 19%, incluindo comissão. Obrigações das companhias com o Setor Rural (60 a 65% da população): Vida: 7% das apólices no 1º ano, 18% no 6º e 7º anos. Seguros Gerais: 2% dos prêmios brutos no 1º ano, 5% a partir do 3º ano. Obrigações das companhias (Vida e Seguros Gerais) com o Setor Social setor informal, economicamente vulnerável ou classes desfavorecidas: Mínimo de 5 mil vidas seguradas no 1º ano a 25 mil vidas seguradas a partir do 7º ano. 6

7 IRDA Insurance Regulatory and Development Authority (India) RC obrigatório para todos os veículos, mas 60% da frota não é segurada, por falta de mecanismos de fiscalização. Micro Insurance objetiva atingir a base da pirâmide social Grupo de trabalho estabelecido em 2003 pelo governo Canal: alavancagem das ONGs, SHG (self help groups) e MFIs (micro finance institutions) já engajadas nas atividades rurais. Venda cruzada de produtos Vida e Seguros Gerais Coberturas: vida, saúde, rebanhos, habitações, safra. Seguro Saúde regulamentação das operadoras. Unit Link Insurance Products similar ao PGBL/ VGBL: Segmento de maior crescimento do mercado. Combinação de risco e investimento. Permanência mínima de 3 a 5 anos, sem portabilidade. Risco de investimento assumido pelo segurado (CD). 7

8 IRDA Insurance Regulatory and Development Authority (India) Distribuição de seguros: Agentes licenciados: 2,2 milhões de agentes exclusivos. Mínimo de 100 horas de treinamento Adesão ao Código de Ética Corretores Independentes: 226 corretores (Brokers). Representam o cliente Capital mínimo de USD 100 mil. Seguro de RC obrigatório. Não podem assumir riscos. Administradores terceirizados: 24 TPAs Atendimento dos sinistros de Saúde Capital mínimo de USD 200 mil. Facilitam a hospitalização sem desembolso Não podem assumir riscos. 8

9 India Companhias Visitadas LIC Life Insurance Corporation of India 100% estatal, detem 74% dos prêmios totais. 180 milhões de clientes 390 mil apólices para pobres (iniciou há 1 ano) 90% seguros dotais, 10% vida temporária e vida inteira. Comissão: 25% 1º ano, 10% 3 anos, 7,5% após 4º ano. 1 milhão de agentes individuais, 660 corporativos, 103 brokers e 35 bancos 110 mil funcionários e 2048 filiais 42 mil sinistros por dia 9

10 Índia Companhias Visitadas The Oriental Insurance Company Ltd. 100% estatal, 21% do mercado de Seguros Gerais Especializada em grandes riscos 40% da carteira em Auto, S/P de 60%, comissão de 12,5% para o broker, 10% para o agente. RC obrigatório tem S/P de 230%, as companhias são obrigadas a aceitar os riscos ( DM e DP) ilimitados, com premio anual de USD 8,00. National Insurance Company Ltd. 100% estatal, 18% do mercado de Seguros Gerais 45 % da carteira em Auto Produtos de Micro Insurance Residencial até USD 600 Saúde até USD 600 Pode comercializar Vida e AP até USD 1000, produtos de outras seguradoras. O agente de micro insurance tem treinamento reduzido ( 25 horas) e só pode vender esses produtos. 10

11 China 13ª Conferencia Anual da IAIS International Association of Insurance Supervisors em Beijing. Organização constituída em 1994 SUSEP membro desde 1996 FENASEG observador desde autoridades supervisoras, 100 observadores Tema Fomentando o Desenvolvimento e Administrando Riscos Desafios para a Supervisão de Seguros Sessões: Solvência Supervisão trans-fronteiras e multi-setorial Transparência e Governança Corporativa Padrões Internacionais de Contabilidade Soluções de Seguros em Sistemas Nacionais de Previdência Resseguro e ART Catástrofes Naturais e feitas pelo homem Treinamento e implantação dos princípios da IAIS Gripe Aviária Micro Insurance e Seguro Agrícola 11

12 CIRC China Insurance Regulatory Comission 93 companhias de seguros, resseguros, gestão de ativos. 1,96 milhões de pessoas trabalham em seguros 1,4 mil na supervisão e regulação 366 mil em seguradoras 1,52 milhões como agentes de seguros Ativos totais de USD 178 bilhões em A CIRC supervisiona o mercado e autoriza a operação das companhias. As companhias te autonomia par fixar tarifas e condições, sujeitas a normas pré estabelecidas pela CIRC. As companhias estrangeiras só podem participar em até 50% do capital das seguradoras, e devem obter uma licença separada para cada uma das 46 províncias. Fundo de proteção dos segurados USD 632 milhões. 12

13 CIRC Companhias de Vida 42 companhias especializadas em Vida 18 domesticas 24 com participação estrangeira (9% do mercado Vida) China Life tem 49% do mercado 5 maiores 82% 10 maiores 90% Os seguros long-term representam 89% do total de prêmios em 2005: 64% investment-linked (tipo P/VGBL) e universal-life. 24% annuities (renda vitalícia). 8,4% referem-se a Seguro Saúde. 6 canais de distribuição: agentes individuais, agentes corporativos, brokers, bancos, agencias do correio, distribuidores em tempo parcial. 13

14 CIRC- Companhias de Seguros Gerais 35 companhias de Seguros Gerais ( Ramos Elementares) 22 domesticas 13 com participação estrangeira (1,3% do mercado) PICC tem 40% do mercado 5 maiores 86% 10 maiores 96% Principais ramos Auto representa 67% do mercado de RE riscos industriais 12% transporte 4%. 46,7 milhões de veículos segurados, dos quais 25,2 milhões são automóveis. 14

15 CIRC canais de distribuição Dos USD 60 bilhões de prêmios comercializados em 2005, 44 bilhões (73%) foram através de intermediários. O percentual de participação nesses 44 bi foram: 59,2% agentes individuais 35,1% cross-sector 2,8% brokers 2,9% agencias de seguros Os intermediários considerados como cross-sector são em número de em toda a China: agencias bancarias agencias de correio 9,5% revendedores de automóveis 8,9% outros 18,0% 63,6% dos prêmios 15

16 Anexos Fonte: Banco Mundial

17 Porcentagens da população com renda inferior a USD 1 e USD 2 por dia (PPP) 17

18 População com renda inferior a USD 1 e USD 2 por dia (PPP) 18

19 % da população vivendo com menos de USD 1 /dia 19

20 China e Índia: evolução do índice de Gini 20

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO E SITUAÇÃO ATUAL DO SEGURO AGRÍCOLA Vera Melo - Diretora César Neves - Coordenador Sistema Nacional de Seguros Privados: Conselho Nacional

Leia mais

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010.

PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010. PROMOÇÃO DE CRÉDITO: COMO AMPLIAR AS VENDAS E GARANTIR QUALIDADE OPORTUNIDADES NO MERCADO DE SEGUROS SP, 10.11.2010 Eugênio Velasques 2020 2030 2040 2050 2010 Evolução da População 300 250 200 150 5 vezes

Leia mais

Pensando Previdência

Pensando Previdência 1 Pensando Previdência EVENTO Numero de Beneficio POPULAÇÃO URBANA Valor Totais 19.521.000 17.317 (Bi) Aposentadoria por Tempo de contribuição Aposentadoria por Velhice Aposentadoria Por Invalidez Pensão

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org. O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.br Seguros Gerais Segmento de Danos (SUSEP) Automóvel 8 ramos Patrimonial

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas. Lauro Vieira de Faria

Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas. Lauro Vieira de Faria Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas Lauro Vieira de Faria Estrutura da apresentação Seguros de pessoas: Brasil x Mundo Desenvolvimentos recentes Desafios a frente Oportunidades Brasil: 7ª economia

Leia mais

Porto Seguro S.A. Conferência Telefônica de Resultados 2T2007 e 1S2007

Porto Seguro S.A. Conferência Telefônica de Resultados 2T2007 e 1S2007 Porto Seguro S.A. Conferência Telefônica de Resultados 2T2007 e 1S2007 Porto Seguro 1º Semestre de 2007 Avanço de 13,5% na Receita Total*; Aumento de 12,0% no total de Prêmios Auferidos*; Melhora de 1,9

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

Resultados do 2T08 PSSA3

Resultados do 2T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Perspectivas Perspectivas para o para segundo 2008 semestre de 2008 A Aumento criação de de empregos 31,6% no formais número até de empregos junho foi o formais maior desde em relação

Leia mais

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011 01/03/2011 às 09:30h Agenda 4T11e 2011 Principais Realizações e Destaques em 2011 Receitas, Lucro Líquido e Retorno sobre Capital Desempenho dos principais

Leia mais

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010 Normas Internacionais de Supervisão 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Rio de Janeiro Agosto - 2010 Sumário: 1. Solvência II 2. International Association of Insurance Supervisors IAIS 3.

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Porto Alegre 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$

Leia mais

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL MERCOSUL/ SGT Nº 4/CS Página 1 de 9 BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL SUMARIO DE TÉRMOS Empresa em efetivo funcionamento: Empresa que comercializou seguros no ano de referência

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento APIMEC BH 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL

O Mercado de Resseguros no Brasil. San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL O Mercado de Resseguros no Brasil San Jose, 13 a 16 de Abril, 2015 ASSAL Sumário Tema Breve Histórico do Resseguro no Brasil Marcos Importantes Legislação Modalidades de Resseguradores LC nº 126/2007 Restrições

Leia mais

Apresentação Institucional Março 2013

Apresentação Institucional Março 2013 Apresentação Institucional Março 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral da Indústria BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e crescimento demográfico PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 1 Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 2 AGENDA AVANÇO DO MERCADO SEGURADOR NOSSO CRESCIMENTO PRESENTE E FUTURO 3 4 SEGUROS E RESSEGUROS:

Leia mais

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Questões Onde queremos chegar? Como vamos chegar? Onde estamos? Como estamos indo? 2 Mercado Segurador Brasileiro Expanção Geográfica: Oportunidade de Crescimento Queremos

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional APIMEC 2011 Crescimento nos próximos 115 anos SULAMÉRICA HOJE Uma Empresa de Seguros Única Maior grupo segurador independente do Brasil não pertencente a um banco #1 Sólida reputação

Leia mais

Reunião Pública de Analistas 2T10

Reunião Pública de Analistas 2T10 Reunião Pública de Analistas 2T10 Porto Seguro Inicio das atividades Mudança de Controle Líder nacional em seguro de automóvel Maior seguradora do Brasil Posição Companhia `Principal Produto 1 Bradesco

Leia mais

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais.

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais. 40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES em prêmios de seguros anuais. SÃO MAIS DE 100 COLABORADORES FORMANDO UMA EQUIPE PREPARADA E EFICIENTE Investimos o máximo possível

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Clube Vida em Grupo CVG

Clube Vida em Grupo CVG Clube Vida em Grupo CVG Edward Lange Agosto, 2013 Agenda 1 2 3 4 Allianz SE Allianz Brasil Estratégia Vida e Saúde 1 Allianz SE Concorrentes Globais Prêmio Emitido Líquido EUR Bi Allianz 52,3 46,9 99,2

Leia mais

1.1 Planos do tipo Benefício Definido

1.1 Planos do tipo Benefício Definido 1 Introdução O estudo de persistência equivale a verificar o comportamento dos participantes de uma Entidade Aberta de Previdência Privada ou Seguradora quanto à saída do plano por resgates, cancelamentos

Leia mais

Apresentação Institucional Junho 2013

Apresentação Institucional Junho 2013 Apresentação Institucional Junho 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO

CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Evolução do mercado de seguros brasileiro, passou de pouco mais de 1% de representação no PIB para 6% em 15 anos 2 CENÁRIO POSITIVO PARA O MERCADO SEGURADOR

Leia mais

Apresentação Institucional 2014

Apresentação Institucional 2014 Apresentação Institucional 2014 Visão Geral Histórico 2013 IPO BB Seguridade Participação acionária no IRB Brasil RE 2012 1981 Início da operação de seguros do BB 1987 Criação da BB Corretora 1992 Criação

Leia mais

Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011

Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011 Superintendência Executiva N/CO Manaus / AM - Agosto/2011 Agenda Análise de Mercado Estrutura do Mercado de Seguros Brasileiro Distribuição Geográfica Mercado Interno de Veículos e Frota Circulante Desafios

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED)

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED) SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS (SUSEP) COMISSÃO DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO (CED) 3º RELATÓRIO DE ANÁLISE E ACOMPANHAMENTO DOS MERCADOS SUPERVISIONADOS RIO DE JANEIRO, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 1.

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Florianópolis, 23 de novembro de 2010

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Florianópolis, 23 de novembro de 2010 APIMEC Reunião com Analistas e Investidores Florianópolis, 23 de novembro de 2010 PERFIL SULAMÉRICA Maior grupo segurador independente do Brasil Sólida reputação e alto reconhecimento da marca Grupo segurador

Leia mais

A Corretagem como Negócio

A Corretagem como Negócio A Corretagem como Negócio Robert Bittar, Presidente, FENACOR www.fenacor.com.br XVI Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Florianópolis, Santa Catarina - Outubro/2009 Mudando o Conceito Corretor

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013

SEGUROS PATRIMONIAIS. www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SEGUROS PATRIMONIAIS www.sindsegsc.org.br PDES Programa de Desenvolvimento dos Executivos do Seguro Agosto/2013 SUBSCRIÇÃO E ACEITAÇÃO DE RISCOS Jean Carlo de Borba Diretor SindsegSC PDES Subscrição e

Leia mais

Melhores Práticas na Elaboração de Contratos de Resseguro Agosto 2013

Melhores Práticas na Elaboração de Contratos de Resseguro Agosto 2013 Melhores Práticas na Elaboração de Contratos de Resseguro Agosto 2013 Sumário Conceito: o que é o Contract Certainty Conjuntura histórica Princípios do Contract Certainty Ações para o estabeler o Contract

Leia mais

Sistema Nacional de Seguros Privados - SNSP

Sistema Nacional de Seguros Privados - SNSP NOVO MECANISMO PARA COBERTURA FINANCEIRA DO PROGRAMA EXPLORATÓRIO MÍNIMO Apresentador: Sérgio Leite Santiago Gerente Comercial do Rio de Janeiro Sistema Nacional de Seguros Privados - SNSP Ministério da

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL

MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL MICROSSEGUROS: O NEGÓCIO DA INSERÇÃO SOCIAL Setembro 2009 Agenda ALGUMAS DEFINIÇÕES CARACTERÍSTICAS E COMPORTAMENTO DAS CLASSES PONTENCIAL DO MERCADO MUNDIAL MICROSSEGURO, O NEGÓCIO E O SOCIAL OS DESAFIOS

Leia mais

Administração. Segurança. Corporativo. Habitacional. Produto Contratos. Ramos Elementares. Vida. Habitacional. Habitacional.

Administração. Segurança. Corporativo. Habitacional. Produto Contratos. Ramos Elementares. Vida. Habitacional. Habitacional. 20 SIES VISÃO GERAL Sistema Especialista para Seguros Registro INPI nro.: 94007756 - Copyright 2011. Todos os direitos reservados. Bancos Corretor Processos Batch Interfaces Agências e-sies Central Atendimento

Leia mais

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06

Porto Seguro S.A. Conference Call 3T06 Porto Seguro S.A Conference Call 3T06 1 Ranking Brasileiro de Seguros Terceira maior Companhia 19,9% 14,9% 8,4% 7,6% 6,9% 5,4% 3,7% Bradesco Sul América Porto Seguro Unibanco Itaú Mapfre Tokio Marine Obs:

Leia mais

DE SEGUROS UM DOS MAIORES GRUPOS MUNDIAIS

DE SEGUROS UM DOS MAIORES GRUPOS MUNDIAIS UM DOS MAIORES GRUPOS MUNDIAIS DE SEGUROS Mais de 300 anos de atuação Negócios em mais de 140 localidades Operações em 30 países Cerca de 23 mil funcionários Mais de 17 milhões de clientes RSA SEGUROS

Leia mais

COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 374, de 2008 SUBSTITUTIVO DO RELATOR

COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 374, de 2008 SUBSTITUTIVO DO RELATOR COMISSÃO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO E DESENVOLVIMENTO RURAL PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 374, de 2008 SUBSTITUTIVO DO RELATOR Dispõe sobre o aperfeiçoamento dos instrumentos de seguro rural

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 226, DE 2010.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 226, DE 2010. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 226, DE 2010. Dispõe sobre os critérios para a realização de investimentos pelas sociedades seguradoras, resseguradores locais,

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Fortaleza 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO INFLAÇÃO

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Pessoas que cuidam de pessoas

Pessoas que cuidam de pessoas Pessoas que cuidam de pessoas Agenda Cenário Econômico Mundial Ranking PIB 2012 15,68 8,22 5,96 3,40 2,60 2,44 2,39 2,02 2,01 1,82 Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Brasil Rússia Itália

Leia mais

Disciplina a corretagem de seguros, resseguros, previdência complementar aberta e capitalização e estabelece aplicáveis às operações de seguro,

Disciplina a corretagem de seguros, resseguros, previdência complementar aberta e capitalização e estabelece aplicáveis às operações de seguro, MINUTA DE RESOLUÇÃO CNSP Disciplina a corretagem de seguros, resseguros, previdência complementar aberta e capitalização e estabelece aplicáveis às operações de seguro, resseguro, previdência complementar

Leia mais

Seguros Empresariais. Alexandre Vilardi

Seguros Empresariais. Alexandre Vilardi Seguros Empresariais Alexandre Vilardi Segmentação das Empresas no Brasil Introdução O mercado brasileiro é composto por mais de 5 milhões de empresas classificadas em Grandes, Médias, Pequenas e Micros,

Leia mais

Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros

Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros Marco Antonio Rossi Bradesco Seguros MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO PANORAMA DO GRUPO SEGURADOR PERSPECTIVAS E EVOLUÇÃO FUTURA ESTRATÉGIA EM AÇÃO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO

Leia mais

A Importância Estratégica da Protecção Social Complementar. Palestrante: Ivan Sant Ana Ernandes

A Importância Estratégica da Protecção Social Complementar. Palestrante: Ivan Sant Ana Ernandes A Importância Estratégica da Protecção Social Complementar Palestrante: Ivan Sant Ana Ernandes PREVIDÊNCIA SOCIAL COMPLEMENTAR Evitamos conversar sobre morte e dinheiro. A previdência cuida de ambos. Ivan

Leia mais

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA Nome BB Referenciado DI Social 50 BB Multimercado Balanceado LP Jovem BB Ações ISE Jovem Nome Fundos de Investimento - RSA 50% da taxa de administração é repassado à Fundação Banco do Brasil 20% da taxa

Leia mais

A Reforma no Seguro de Depósitos nos Estados Unidos

A Reforma no Seguro de Depósitos nos Estados Unidos Comentários de Martin J. Gruemberg, Vice Presidente, FDIC Quinta Conferência Anual da Associação Internacional de Seguradores de Depósito Rio de Janeiro, Brasil 16 de novembro de 2006 Boa tarde. Obrigado

Leia mais

SUSEP. Pespectivas de aplicação dos KA no mercado regulado pela Susep

SUSEP. Pespectivas de aplicação dos KA no mercado regulado pela Susep SUSEP Pespectivas de aplicação dos KA no mercado regulado pela Susep EMPRESAS EM REGIMES ESPECIAIS NA SUSEP 01 direção fiscal 17 liquidação extrajudicial 03 liquidação ordinária 24 falência EMPRESAS EM

Leia mais

Acreditação de Operadoras de Planos de Saúde. Experiência Bradesco Saúde

Acreditação de Operadoras de Planos de Saúde. Experiência Bradesco Saúde Acreditação de Operadoras de Planos de Saúde Experiência Bradesco Saúde Pontos O Mercado de Saúde Suplementar O Contexto da Bradesco Saúde A Acreditação de Operadoras de Planos de Saúde 2 Despesas Totais

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO Lloyd s no brasil 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO July 2010 Lloyd s no Brasil abril 2008: O Lloyd s foi o primeiro ressegurador a receber a licença da SUSEP,

Leia mais

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS!

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! sdfgdfhfdgfsgfdgfsdg sdfgsdgsfdgfd PRODUTOS PARA VOCÊ PRODUTOS PARA VOCÊ Simples e econômico: com apenas uma apólice, toda sua frota fica segurada.

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

SUSEP. Regulatory Practice Insurance News

SUSEP. Regulatory Practice Insurance News Regulatory Practice Insurance News Julho/Agosto de 2014 SUSEP Nota Técnica Atuarial de Carteira Circular SUSEP 493, de 08.08.2014 Nota Técnica Atuarial de Carteira para Início de Operação em Ramo(s) de

Leia mais

Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A.

Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A. Associação Itaú Unibanco Holding S.A. e Porto Seguro S.A. www.itauunibancori.com.br www.portoseguro.com.br/ri As Companhias A Porto Seguro S.A. continuará listada no Novo Mercado da BM&Fbovespa (PSSA3);

Leia mais

1. Por que o corretor de seguros deve. 2. Quais são os principais fundamentos. 3. Critérios importantes na escolha da SEGURO GARANTIA AGENDA

1. Por que o corretor de seguros deve. 2. Quais são os principais fundamentos. 3. Critérios importantes na escolha da SEGURO GARANTIA AGENDA SEGURO GARANTIA SINCOR-ES Vitória / 21set2010 AGENDA 1. Por que o corretor de seguros deve operar no segmento do Seguro Garantia? 2. Quais são os principais fundamentos técnicos do Seguro Garantia? 3.

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV PECÚLIO PGBL E VGBL O que é um Plano Brasilprev Pecúlio? O plano Brasilprev Pecúlio é uma solução moderna e flexível que ajuda você a acumular recursos para a realização dos

Leia mais

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros Apresentação Comercial Generali Brasil Seguros O GRUPO GENERALI Liderança, a, solidez e presença a global Assicurazioni Generali SPA., fundada em 1831 em Trieste Itália. 85.000 funcionários no mundo e

Leia mais

FEBRABAN Setembro 2007 Mario de Almeida Rossi

FEBRABAN Setembro 2007 Mario de Almeida Rossi Ouvidorias no Mercado Segurador FEBRABAN Setembro 2007 Mario de Almeida Rossi 1 AGENDA Origem das Ouvidorias Marco Regulatório Ouvidorias no Mercado Segurador O Sucesso das Ouvidorias 2 A ORIGEM DAS OUVIDORIAS

Leia mais

Seguro Eletrônico. Abril de 2015

Seguro Eletrônico. Abril de 2015 Seguro Eletrônico Abril de 2015 1 O Projeto Projeto de Modernização da SUSEP Recursos Humanos Gestão Processos Automação Legislação Formação de Gestores Gestão por Resultados Cadeia de Valor Seguro Eletrônico

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Vice Presidente do Banco Bradesco 1 AGENDA AVANÇO DO MERCADO SEGURADOR NOSSO CRESCIMENTO PRESENTE E FUTURO 2 3 SEGUROS E RESSEGUROS: UM

Leia mais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais Porto Seguro S.A. Porto Seguro S.A. Receitas Totais R$ m ilhões 2006 2005 Variação Receitas Totais 4.548,1 3.849,9 18,1% (R$ milhões) 4.548,1 3.849,9 2.384,6 2.758,5 3.232,4 2002 2003 2004 2005 2006 CAGR

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático 1. Estrutura dos Sistemas de Seguros Gerais, Previdência Complementar Aberta, Capitalização e Saúde Suplementar 1.1 Estrutura do Sistema de Seguros Gerais, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Leia mais

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Nota à imprensa ab Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Contatos: Daniel Staib, Zurique Telefone +41 43 285 8136 Thomas Holzheu,

Leia mais

Gestão de Comissões e Incentivos

Gestão de Comissões e Incentivos Gestão de Comissões e Incentivos SAP FORUM BRASIL 1 Diversidade de Comissionamento Comissão sobre Vendas Participação, co-participação, campanhas, etc Comissão de Angariamento Transferência de carteira

Leia mais

Estatísticas de Seguros

Estatísticas de Seguros Estatísticas de Seguros 2009 Autoridade de Supervisão da Actividade Seguradora e de Fundos de Pensões Autorité de Contrôle des Assurances et des Fonds de Pensions du Portugal Portuguese Insurance and Pension

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

Projeto APAS Affinity Auto

Projeto APAS Affinity Auto Projeto APAS Affinity Auto Índice Objetivo Parceiros Produto Estrutura de Atendimento Preços Por Amostragem Objetivo Desenvolver produtos de seguros e benefícios para funcionários, dirigentes e sócios

Leia mais

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso CURSO: Gestão de Seguros Missão O Curso Graduação Tecnológica em Gestão de seguros tem como missão, através da formação de recursos humanos

Leia mais

Relatório. Análise Econômica. Cia. Excelsior de Seguros Classificação: Cor Azul. Muito Boa Março/2011

Relatório. Análise Econômica. Cia. Excelsior de Seguros Classificação: Cor Azul. Muito Boa Março/2011 Relatório Análise Econômica Cia. Excelsior de Seguros Classificação: Cor Azul Muito Boa Março/2011 www.ratingdeseguros.com.br Responsável Técnico: Francisco Galiza Email: galiza@ratingdeseguros.com.br

Leia mais

Conferência Telefônica de Resultados do 1T08. 12 de maio de 2008

Conferência Telefônica de Resultados do 1T08. 12 de maio de 2008 Conferência Telefônica de Resultados do 12 de maio de 2008 Perspectivas para 2008 Aumento de de 38,7% 31,6% no no número de de empregos formais em em relação ao a primeiro dezembro trimestre de 2006; de

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

Painel II: Estratégia de crescimento inorgânico e impactos na estrutura de capital

Painel II: Estratégia de crescimento inorgânico e impactos na estrutura de capital Painel II: Estratégia de crescimento inorgânico e impactos na estrutura de capital Paulo Sérgio Navarro Geral da Unidade Integração de Negócios Banco Votorantim UBV - Parceria estratégica Agenda Estrutura

Leia mais

Tranquilidade e segurança para você e sua família.

Tranquilidade e segurança para você e sua família. Material de uso exclusivo do Bradesco. Produzido pelo Departamento de Marketing em fevereiro/2009. Reprodução proibida. Não jogue este impresso em via pública. Bradesco PGBL Proteção Familiar Para informações

Leia mais

Relatório do Mercado de Seguros de 2013

Relatório do Mercado de Seguros de 2013 II Seminário Anual Sobre Legislação do Sector de Seguros Relatório do Mercado de Seguros de 2013 Por Francelina Nhamona Directora dos Serviços de Estudos e Estatística Maputo, 02 de Dezembro de 2014 1

Leia mais

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios Marco Antonio Rossi A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios 1 Agenda 1. Linha do Tempo 2. Mercado Brasileiro 3. Cenários Indicadores de Desenvolvimento 4. Desafios e Oportunidades 5.

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Unidade III 6 O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O sistema financeiro nacional é o conjunto de instituições e instrumentos financeiros que possibilita a transferência de recursos

Leia mais

Apresentação Institucional Setembro 2013

Apresentação Institucional Setembro 2013 Apresentação Institucional Setembro 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina* Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da

Leia mais

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 2T12

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 2T12 TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 2T12 0 Agenda 1. Introdução e Visão Geral 2. Saúde 3. Odonto 4. Assistência 5. Resultados Financeiros Consolidados 6. Perspectivas para 2012 1 Introdução e Visão

Leia mais

Seminário Riscos e Gestão do Seguro Rural no Brasil

Seminário Riscos e Gestão do Seguro Rural no Brasil Seminário Riscos e Gestão do Regulamentação para gestão do seguro rural em eventos catastróficos Otávio Ribeiro Damaso Secretário Adjunto de Política Econômica / otavio.damaso@fazenda.gov.br Campinas,

Leia mais

Resultados do 3T08 PSSA3

Resultados do 3T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Porto Seguro Fundação Mudança de controle Líder Segmento Auto no Brasil Grupos Seguradores Funcionários diretos Sucursais e escritórios no Brasil Principais cidades 2 Estrutura Societária

Leia mais

Cumprir as leis, regulamentos, normas vigentes aplicáveis aos negócios da EMPRESA:

Cumprir as leis, regulamentos, normas vigentes aplicáveis aos negócios da EMPRESA: POLÍTICA DE PREVENÇÃO A LAVAGEM DE DINHEIRO Revisado em Abril de 2013 1. INTRODUÇÃO Na economia global de hoje, a Lavagem de Dinheiro é um problema cada vez mais complexo que provoca conseqüências econômicas,

Leia mais

Samy Hazan Superintendente de Vida

Samy Hazan Superintendente de Vida Tendências e desafios no mercado de Vida & Previdência Samy Hazan Superintendente de Vida Curitiba, 20/03/07 AGENDA Perfil e Cenário atual do mercado. Etapas da evolução dos mercados de seguro. Dez tendências

Leia mais

Cadastro das Principais

Cadastro das Principais 46 Cenário Econômico Cadastro das Principais Corretoras de Seguros Primeiras conclusões Francisco Galiza O estudo ESECS (Estudo Socioeconômico das Corretoras de Seguros), divulgado pela Fenacor em 2013,

Leia mais

Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação

Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil. Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação Uma Visão do Setor de Seguros no Brasil Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação Pauta da apresentação 1º Estrutura do Setor 2º Representação Institucional do Setor 3º Arrecadação Visão por

Leia mais

Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa

Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa Antônio Gustavo Matos do Vale Diretor de Liquidações e Desestatização 4 de outubro de 2010 1 Evolução recente da economia brasileira O momento

Leia mais

Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro

Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro Informe Anual do Mercado Segurador Brasileiro 2006 Se me fosse possível, escreveria a palavra seguro no umbral de cada porta, na fronte de cada homem, tão convencido estou de que o seguro pode, mediante

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais