Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO"

Transcrição

1 Lloyd s no brasil 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO July 2010

2 Lloyd s no Brasil abril 2008: O Lloyd s foi o primeiro ressegurador a receber a licença da SUSEP, na categoria de Ressegurador Admitido. abril 2009: O Lloyd s inaugurou seu escritório no Rio de Janeiro, com a presença do Governador Sérgio Cabral e do Chairman do Lloyd s Lord Levene.

3 Lloyd s no Brasil abril 2009: O Lloyd s realizou seu 1 o Seminário no Brasil. abril 2009: Na ocasião, o Chairman do Lloyd s Lord Levene recebeu o título de Cidadão Carioca.

4 Lloyd s no Brasil abril 2009: A plataforma do Lloyd s no Brasil foi lançada com 3 sindicatos Julho 2010: A plataforma está estabelecida com sucesso com 8 sindicatos Mais sindicatos são esperados para estabelecer presença permanente no Brasil em 2010.

5 Lloyd s no Brasil TAMANHO DO MERCADO SEGURADOR E CRESCIMENTO MERCADOS EMERGENTES & AMÉRICA LATINA 2003 vs VOLUME DE PRÊMIOS DO LLOYD s E CRESCIMENTO MERCADOS EMERGENTES & AMÉRICA LATINA 2003 vs , % % 40, % % 80% 30, % % % 20, % % 10, % % 20% 0 0% 0 40% Argentina Brazil Chile Colombia Mexico Venezuela China India Russia Argentina Brazil Chile Colombia Mexico Venezuela China India Russia 2003 PRÊMIOS USD m 2008 PRÊMIOS USD M AMÉRICA LATINA ECONOMIAS BRIC CRESCIMENTO Source: Market Intelligence calculation on Xchanging figures; Swiss Re non-life data (2009)

6 Em 2009, o Lloyd s foi o maior ressegurador no Brasil após o IRB MERCADO DE RESSEGUROS TOTAL 2009 EM PROPORÇÃO AO TOTAL DO MERCADO DE RESSEGUROS MERCADO DE RESSEGUROS TOTAL 2009 USD 1,990m Other Admitted & Eventual Reinsurers 6% 4% 3% 3% PRÊMIOS RESSEGURADORES LOCAL 2009 USD 1,680m 8% 9% 66% RESSEGURADORES ADMITIDOS 2009 USD 310m LLOYD S 2009 USD 187m Source: Market Intelligence analysis based on SUSEP data

7 Lloyd s tem mantido um crescimento consistente no Brasil nos últimos 5 anos e bastante expressivo após a abertura do mercado desde 2008 LLOYD S NO BRASIL PRÊMIOS DE RESSEGURO (VOLUME DE PRÊMIOS EM USD MILHÕES E CRESCIMENTO) LLOYD S DISTRIBUIÇÃO POR TIPO DE RISCO EM % 75% 50% 25% Aviation 22% Liability 4% Other 1% Transit 7% Property 35% Q Q1 0% Marine 31% CRESCIMENTO PRÊMIOS Source: Market Intelligence analysis based on Lloyd s Xchanging data

8 Lloyd s - Perfil do Negócio PRÊMIOS DO LLOYD S NO BRAZIL TOTAL USD 105m +55.6% USD 171m +16.6% USD 187m CRESCIMENTO DOS PRÊMIOS POR RAMO (5) (10) (1.3) Diversos Auto AP & Saúde Marítimo Aeronáuticos Transportes Propriedades RC Prêmio Bruto Emitido: USD milhões Source: Market Intelligence analysis based on Lloyd s Xchanging data

9 Lloyd s - Perfil do Negócio 1º Trim 2009 x 1º Trim º Trim º Trim 2010 Crescimento de Prêmios: em milhões USD Aeronáuticos Propriedades Marítimo RC AP & Saúde + 4m + 0.5m + 5.2m + 3.3m +4.1m - Aviation Property Marine Liability PA & Health Miscellaneous Motor Diversos Auto +0.4m +0.01m Prêmio Bruto Emitido: USD milhões Source: Market Intelligence analysis based on Lloyd s Xchanging data

10 Lloyd s - Perfil do Negócio 2009 LLOYD S PRÊMIOS MANAGING AGENTS 2009 LLOYD S PRÊMIOS - BROKERS 43% 57% Top-10 Managing Agent Share 15% 85% Top-10 Broker Share Rest Rest TOP-10 MANAGING AGENTS 20 TOP-10 BROKERS MA1 MA2 MA3 MA4 MA5 MA6 MA7 MA8 MA9 MA10 0 BR1 BR2 BR3 BR4 BR5 BR6 BR7 BR8 BR9 BR10 Diversos Auto AP & Saúde Marítimo Aeronáuticos Transportes Prêmio Emitido Bruto: USD milhões Propriedades RC Source: Market Intelligence analysis based on Lloyd s Xchanging data

11 Presença no Brasil faz diferença VOLUME DE PRÊMIOS (USD M) E CRESCIMENTO DO LLOYD S NO BRASIL % % PLATAFORMA NO BRASIL FOI LANÇADA SINDICATOS COM PRESENÇA LOCAL SINDICATOS SEM PRESENÇA LOCAL % 0% Q Q1 MARKET SHARE DOS SINDICATOS COM PRESENÇA NO BRASIL 13% 19% 18% 20% 87% 81% 82% 80% NÚMERO DE SINDICATOS SUBSCREVENDO NEGÓCIOS BRASILEIROS Source: Market Intelligence analysis based on Lloyd s Xchanging data A participação proporcional dos sindicatos com presença local continua a crescer Em 2006, haviam 45 sindicatos subscrevendo riscos brasileiros. Em 2009 esse número foi elevado para 58 sindicatos.

12 Conclusões Brasil é um grande mercado com crescimento notável. Os significativos investimentos em infra-estrutura no Brasil na próxima década vão demandar cobertura de resseguro e o mercado do Lloyd s possui o conhecimento, a experiência e a capacidade para apoiar o mercado brasileiro nesses projetos. O mercado do Lloyd s está preparado para atender as necessidades de cobertura de resseguro tanto nos ramos tradicionais quanto nos riscos complexos e diferenciados. O expressivo crescimento dos negócios do Lloyd s no Brasil até o momento demonstra o apoio que já estamos dando ao mercado brasileiro. Entretanto, o volume de negócios do Lloyd s no Brasil ainda é muito pequeno quando comparado com o volume de negócios do Lloyd s em outras regiões do mundo. O mercado do Lloyd s pode apoiar ainda mais as necessidades do mercado segurador brasileiro. O Lloyd s apóia a presença de seus sindicatos no Brasil, facilitando e aproximando as relações com o mercado brasileiro. Os corretores de resseguro são claramente o principal canal de ligação do mercado do Lloyd s com o mercado brasileiro e desempenham um papel fundamental no desenvolvimento do nosso mercado nesse novo ambiente de abertura do resseguro.

13 Muito obrigado pela atenção.

14 Disclaimer This information is not intended for distribution to, or use by, any person or entity in any jurisdiction or country where such distribution or use would be contrary to local law or regulation. It is the responsibility of any person publishing or communicating the contents of this document or communication, or any part thereof, to ensure compliance with all applicable legal and regulatory requirements. The content of this presentation does not represent a prospectus or invitation in connection with any solicitation of capital. Nor does it constitute an offer to sell securities or insurance, a solicitation or an offer to buy securities or insurance, or a distribution of securities in the United States or to a U.S. person, or in any other jurisdiction where it is contrary to local law. Such persons should inform themselves about and observe any applicable legal requirement. Lloyd s has provided the material contained in this presentation for general information purposes only. Lloyd s accepts no responsibility and shall not be liable for any loss which may arise from reliance upon the information provided.

15

Assimetrias entre os Mercados Local e Internacional de Resseguros

Assimetrias entre os Mercados Local e Internacional de Resseguros Assimetrias entre os Mercados Local e Internacional de Resseguros 6º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro Marco Castro 5 de Abril de 2017 Lloyd's 2017 Enquete Você concorda com a afirmativa abaixo?

Leia mais

Panorama do mercado internacional

Panorama do mercado internacional Life & Health Panorama do mercado internacional A Global Perspective de seguros de vida e saúde Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro, Maio 2014 Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro Hernán Fatone

Leia mais

Agenda. Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007

Agenda. Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007 O MERCADO RESSEGURADOR LONDRINO Margo Black CEO Willis Re Junho de 2008 Agenda Estrutura do Mercado Londrino Introdução Histórico e Antecedentes O Mercado de Lloyd s Resultados do Ano de 2007 Estrutura

Leia mais

Pessoas que cuidam de pessoas

Pessoas que cuidam de pessoas Pessoas que cuidam de pessoas Agenda Cenário Econômico Mundial Ranking PIB 2012 15,68 8,22 5,96 3,40 2,60 2,44 2,39 2,02 2,01 1,82 Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Brasil Rússia Itália

Leia mais

ANÚNCIO DE LANÇAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE TROCA DE OBRIGAÇÕES PELO BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. ( BANIF )

ANÚNCIO DE LANÇAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE TROCA DE OBRIGAÇÕES PELO BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. ( BANIF ) Banif Banco Internacional do Funchal, S.A. Sede Social: Rua de João Tavira, n.º 30, 9004-509 Funchal, Portugal Capital Social: 780.000.000 Euros Matriculado na Conservatória do Registo Comercial do Funchal

Leia mais

Technical Information

Technical Information Subject Ballast Water Management Plan To whom it may concern Technical Information No. TEC-0648 Date 14 February 2006 In relation to ballast water management plans, we would advise you that according to

Leia mais

Congestionamento de Porto + Desembaraço + Infraestrutura = Impacto no Custo Brasil Fabiana Nakai, Gerente de Soluções para Clientes, Automotivo

Congestionamento de Porto + Desembaraço + Infraestrutura = Impacto no Custo Brasil Fabiana Nakai, Gerente de Soluções para Clientes, Automotivo Congestionamento de Porto + Desembaraço + Infraestrutura = Impacto no Custo Brasil Fabiana Nakai, Gerente de Soluções para Clientes, Automotivo Outubro, 2013 UTi Provedor de Soluções Logísticas Financeiro

Leia mais

11 a 21 de outubro de 2006. Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br

11 a 21 de outubro de 2006. Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br Missão FENASEG Índia e China 11 a 21 de outubro de 2006 Paulo Marraccini paulo.marraccini@allianz.com.br Dados Gerais Brasil China India Fonte Area (1.000 m2) 8.514 9.573 3.166 B População (milhões) 184

Leia mais

A Retomada do Crescimento na Construção

A Retomada do Crescimento na Construção A Retomada do Crescimento na Construção Desempenho recente da construção: do crescimento chinês a uma crise grega? O Ciclo de Crescimento 2007 a 2012 (ou o Ciclo Chinês) PIB: Economia e Construção 14,00

Leia mais

Definições de Categorias Fundos de Investimento Regulamentados no Brasil

Definições de Categorias Fundos de Investimento Regulamentados no Brasil ? Definições de Categorias Fundos de Investimento Regulamentados no Brasil Morningstar Research 28 de abril de 2017 Ações Ações Large Cap Os fundos Large Cap investem principalmente em ações de empresas

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Mesas Redondas. Acumulações numa perspectiva P&C. Solução para um Pool Catastrófico Fogos Florestais

Mesas Redondas. Acumulações numa perspectiva P&C. Solução para um Pool Catastrófico Fogos Florestais Mesas Redondas Acumulações numa perspectiva P&C Solução para um Pool Catastrófico Fogos Florestais Doris Pöpplein & Sophia Reich Underwriting EMEA, Swiss Re SEMPRE 27 th September 2018 Fundo Sísmico Introdução:

Leia mais

Principais Alterações Trazidas pela Instrução CVM nº 552/2014. Preparação para a Assembleia Geral Ordinária. 06 de março de 2015

Principais Alterações Trazidas pela Instrução CVM nº 552/2014. Preparação para a Assembleia Geral Ordinária. 06 de março de 2015 Principais Alterações Trazidas pela Instrução CVM nº 552/2014 e Preparação para a Assembleia Geral Ordinária 06 de março de 2015 1 Principais Alterações - Instrução CVM nº 552/2014 Divulgação Imediata

Leia mais

Os Benefícios da Integridade nas Organizações. Luciano Calheiros, CEO Swiss Re Corporate Solutions

Os Benefícios da Integridade nas Organizações. Luciano Calheiros, CEO Swiss Re Corporate Solutions Os Benefícios da Integridade nas Organizações Luciano Calheiros, CEO Swiss Re Corporate Solutions Grupo Swiss Re Maior grupo de resseguros do mundo Mais de 150 anos de experiência 35 anos de atuação no

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Canadá Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios De acordo com a nomenclatura usada pelo Ministério da Indústria do Canadá, o porte

Leia mais

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy 23/02/2010 Tarcísio José Massote de Godoy Agenda Grupo Segurador Brasil e Mercado Segurador Mundial Mercado de Seguros na América Latina Mercado de Seguros, Previdência e Capitalização Seguros e Previdência

Leia mais

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil October, 2013 Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil AGENDA Visão da Industria de Seguros (Brasil x Mundo) Drivers que movem a Indústria Análise da Penetração da Indústria

Leia mais

FORUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO

FORUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO FORUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO Educação Profissional e Tecnológica Sergio Moreira BRASIL ÍNDICE GLOBAL DE COMPETITIVIDADE 2013/2014 Ranking Global de Competitividade BRICS: 2006 a 2013 Brasil ficou em 56º

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas. Lauro Vieira de Faria

Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas. Lauro Vieira de Faria Perspectivas do Mercado de Seguros de Pessoas Lauro Vieira de Faria Estrutura da apresentação Seguros de pessoas: Brasil x Mundo Desenvolvimentos recentes Desafios a frente Oportunidades Brasil: 7ª economia

Leia mais

Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6

Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6 Evolução do Patrimônio Líquido (R$ Milhões) 598,3 Evolução das Aplicações Financeiras (R$ Milhões) 634,6 Participação no Mercado Prêmios de Resseguro Total do Grupo Riscos Financeiros (%) 38,6% 61,4% 104,3

Leia mais

26-10-2011. www.pwc.com/pt. Impostos Indirectos OE2012. Agenda. Impostos Indirectos I. IVA. PwC

26-10-2011. www.pwc.com/pt. Impostos Indirectos OE2012. Agenda. Impostos Indirectos I. IVA. PwC www.pwc.com/pt Impostos Indirectos OE2012 Agenda Impostos Indirectos I. II. IECs III. Conclusão PwC 2 1 Eliminação das isenções Transmissão do direito de autor e a autorização para utilização da obra intelectual

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

Euler Hermes Auxiliando empresas a desenvolver negócios de forma segura

Euler Hermes Auxiliando empresas a desenvolver negócios de forma segura Euler Hermes Auxiliando empresas a desenvolver negócios de forma segura Marcelo Finardi 07/04/2016 Seminário: Financiamento à Exportação Brasileira Cenário para reflexão!! 20.314 Exportadores em 2015 Total

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Fixa São Paulo, Agosto de 2014 2014 Teleco. Todos os direitos reservados. ÍNDICE

Leia mais

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3 Index: Company s Profile ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. Corporate Taxpayers ID (CNPJ/MF) 02.387.241/0001-60 Companies Registry (NIRE) 413 00 019886 Publicly-held Company REGISTRATION FORM General Information

Leia mais

1. Por que o corretor de seguros deve. 2. Quais são os principais fundamentos. 3. Critérios importantes na escolha da SEGURO GARANTIA AGENDA

1. Por que o corretor de seguros deve. 2. Quais são os principais fundamentos. 3. Critérios importantes na escolha da SEGURO GARANTIA AGENDA SEGURO GARANTIA SINCOR-ES Vitória / 21set2010 AGENDA 1. Por que o corretor de seguros deve operar no segmento do Seguro Garantia? 2. Quais são os principais fundamentos técnicos do Seguro Garantia? 3.

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional APIMEC 2011 Crescimento nos próximos 115 anos SULAMÉRICA HOJE Uma Empresa de Seguros Única Maior grupo segurador independente do Brasil não pertencente a um banco #1 Sólida reputação

Leia mais

Como Mitigar o Impacto dos Efeitos Climáticos na Geração de Energia Solar? Elaine Fridman, 2018, SwissRe Corporate Solutions

Como Mitigar o Impacto dos Efeitos Climáticos na Geração de Energia Solar? Elaine Fridman, 2018, SwissRe Corporate Solutions Como Mitigar o Impacto dos Efeitos Climáticos na Geração de Energia Solar? Elaine Fridman, 2018, SwissRe Corporate Solutions Grupo Swiss Re Maior Grupo de resseguros do mundo Mais de 150 anos de experiência

Leia mais

O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. Renato Terzi 18 de Outubro de 2013

O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. Renato Terzi 18 de Outubro de 2013 O Mercado de Seguros do Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Renato Terzi 18 de Outubro de 2013 O Mercado de Seguros tem perspectivas positivas de aumentar sua penetração nas principais

Leia mais

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Quarta-feira, 15 de agosto de 2012 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) - 11:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 - Código: B2W Webcast: www.b2winc.com/webcast2t12

Leia mais

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planeamento Estratégico para Sociedades de Advogados ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 LEXDEBATA - PORTUGAL Fundada em Lisboa no ano de 2006, a LexDebata Seminários

Leia mais

Nova visão: Business Continuity Plan e gestão do risco operacional. Alexandre Canadas BP2S Location Manager Lisboa, 20 de Maio de 2008

Nova visão: Business Continuity Plan e gestão do risco operacional. Alexandre Canadas BP2S Location Manager Lisboa, 20 de Maio de 2008 Nova visão: Business Continuity Plan e gestão do risco operacional Alexandre Canadas BP2S Location Manager Lisboa, 20 de Maio de 2008 Agend Introdução De recuperação de actividade Dual Office Conclusão

Leia mais

This document has been provided by the International Center for Not-for-Profit Law (ICNL).

This document has been provided by the International Center for Not-for-Profit Law (ICNL). This document has been provided by the International Center for Not-for-Profit Law (ICNL). ICNL is the leading source for information on the legal environment for civil society and public participation.

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Novembro

Leia mais

A Gestão dos Portos e a Participação da Comunidade Portuária

A Gestão dos Portos e a Participação da Comunidade Portuária A Participação do CAP na Gestão Portuária Brasília, 25 de Janeiro de 2007 A Gestão dos Portos e a Participação da Comunidade Portuária Julián Palácio Coordenador para América Latina Fundada em 1912, nos

Leia mais

Resultados apurados na "Pesquisa da Swiss Re com consumidores brasileiros"

Resultados apurados na Pesquisa da Swiss Re com consumidores brasileiros Resultados apurados na "Pesquisa da Swiss Re com consumidores brasileiros" Belo Horizonte, Brasil, 23 de setembro de 2014 Rolf Steiner, Consultor Senior de Vida & Saúde da Swiss Re A lacuna de proteção

Leia mais

Certificação Digital e Corretoras de Seguros. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Outubro/2011

Certificação Digital e Corretoras de Seguros. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Outubro/2011 Certificação Digital e Corretoras de Seguros Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Outubro/2011 Sumário I) Cenários Econômicos do Setor e do País II) Estudos Teóricos sobre Distribuição III) Dois

Leia mais

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Teiji Sakurai Realização :, SÃO PAULO O que é a JETRO? Órgão oficial de comércio exterior do Japão 1951 Osaka Oficialmente JETRO em 1958 76 escritórios

Leia mais

Tecnologia e Inovação: Clientes Especiais. Paulo Sgarbi Agosto 2015

Tecnologia e Inovação: Clientes Especiais. Paulo Sgarbi Agosto 2015 Tecnologia e Inovação: Clientes Especiais. Paulo Sgarbi Agosto 2015 NOSSO CARTÃO DE VISITAS Alemanha > Grupo TALANX - Terceiro maior grupo segurador alemão > 9,8 milhões de veículos segurados Prêmio Emitido

Leia mais

Perspectivas e Cenários Mercado de Café. Guilherme Morya

Perspectivas e Cenários Mercado de Café. Guilherme Morya Perspectivas e Cenários Mercado de Café Guilherme Morya AGENDA INTRODUÇÃO CONSUMO GLOBAL (VOLUME X VALOR) TENDÊNCIAS NO CONSUMO M&A PREVISÃO DE MERCADO (S&D) 2 Mundanças nos Hábitos de Consumo CONSUMO

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Telefonia Fixa Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Outubro

Leia mais

Jovens Profissionais: Conectando-se com IAAPA REDEMPTION MERCHANDISING STRATEGIES

Jovens Profissionais: Conectando-se com IAAPA REDEMPTION MERCHANDISING STRATEGIES Jovens Profissionais: Conectando-se com IAAPA INTERNATIONAL ASSOCIATION OF AMUSEMENT PARKS AND ATTRACTIONS WEBINAR DISCLAIMER IAAPA makes no representations or warranties about the accuracy or suitability

Leia mais

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119

INTERNATIONAL CRIMINAL COURT. Article 98 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 TREATIES AND OTHER INTERNATIONAL ACTS SERIES 04-1119 INTERNATIONAL CRIMINAL COURT Article 98 Agreement between the UNITED STATES OF AMERICA and CAPE VERDE Signed at Washington April 16, 2004 NOTE BY THE

Leia mais

(MLRV) TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Lamentavelmente a SUSEP alterou a estrutura de resultados não mais detalhando os

Leia mais

Cenário Atual do Seguro Garantia para Infraestrutura

Cenário Atual do Seguro Garantia para Infraestrutura Cenário Atual do Seguro Garantia para Infraestrutura Julho de 2016 Aspectos Gerais 2 Objetivo do Seguro Garantia O Seguro Garantia é um seguro que tem por objetivo garantir o cumprimento de uma obrigação

Leia mais

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS 1 O quê vamos ver? 2 PRIMEIRA PARTE ALGUNS DADOS SOBRE O MERCADO DE SEGUROS NO BRASIL E NO MUNDO MERCADO DE SEGUROS MUNDIAL 2008-2009

Leia mais

Introdução. 1.1 Histórico

Introdução. 1.1 Histórico 1 Introdução 1.1 Histórico O mercado brasileiro, assim como os mercados da maioria dos países emergentes, tem se caracterizado pela crescente volatilidade e dependência do capital estrangeiro. A integração

Leia mais

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente.

Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Com inovação tecnológica, design, desenvolvimento sustentável e talento, o Brasil está mostrando para o mundo um país único e surpreendente. Novos desafios, grandes oportunidades Apesar da crise econômica:

Leia mais

Swiss Re Corporate Solutions

Swiss Re Corporate Solutions Swiss Re Corporate Solutions Riscos Climáticos e o Mercado Segurador Elaine Fridman, 2017/2018, SwissRe Corporate Solutions Ultimamente no Setor Elétrico. General Public Release http://www.valor.com.br/brasil/5138244/estiagem-vai-elevar-preco-da-energia

Leia mais

panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput

panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput Cloud Conf 2012 Agosto de 2012 Sobre a Frost & Sullivan - Consultoria Global com presença nos 4 continentes, em mais de 25 países, totalizando 40 escritórios.

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel Documento preparado por solicitação da TELEBRASIL & FEBRATEL São Paulo, Out

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

Programa de Modernização de Tecnologia

Programa de Modernização de Tecnologia GE Intelligent Platforms Programa de Modernização de Tecnologia Marco Mallagoli Engenheiro de Produto 55 11 94989 0228 marco.mallagoli@ge.com Conteúdo 1 1 Presença Global e Regional 2 Ciclo de Vida dos

Leia mais

WORLD GIVING INDEX 2015

WORLD GIVING INDEX 2015 WORLD GIVING INDEX 2015 QUEM SOMOS Fundado em 1999, organização pioneira no apoio técnico ao investidor social no Brasil e na América Latina, e tem como missão promover e estruturar o sistema de investimento

Leia mais

WORLD GIVING INDEX 2014

WORLD GIVING INDEX 2014 WORLD GIVING INDEX 2014 QUEM SOMOS Fundado em 1999, organização pioneira no apoio técnico ao investidor social no Brasil e na América Latina, e tem como missão promover e estruturar o sistema de investimento

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana

Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana Eliminando Fronteiras: Aumente a Produtividade com Soluções de Mobilidade Symantec Arthur Cesar Oreana Senior Systems Engineer 1 SYMANTEC VISION 2013 2 SYMANTEC VISION 2013 3 Valor da conectividade Era

Leia mais

MMX Recu c r u s r o s s o s e Reservas

MMX Recu c r u s r o s s o s e Reservas MMX Recursos e Reservas Disclaimer This presentation relating to MMX Mineração e Metálicos S.A. ( MMX ) includes forward-looking statements, as that term is defined in the Private Securities Litigation

Leia mais

Potencial Econômico dos Clientes dos Corretores de Seguros Independentes do Estado de São Paulo Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.

Potencial Econômico dos Clientes dos Corretores de Seguros Independentes do Estado de São Paulo Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com. Potencial Econômico dos Clientes dos Corretores de Seguros Independentes do Estado de São Paulo Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Julho/2005 1) Introdução O objetivo deste estudo foi avaliar

Leia mais

Resultados das Seguradoras Brasileiras e Mercado Mundial Uma Análise Comparada

Resultados das Seguradoras Brasileiras e Mercado Mundial Uma Análise Comparada Resultados das Seguradoras Brasileiras e Mercado Mundial Uma Análise Comparada Novembro/2001 SUMÁRIO: I) Introdução II) Análise Comparada III) Projeções e Conclusões Francisco Galiza Consultor e Mestre

Leia mais

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas

Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas Apresentação da Proposta de Trabalho aos ICTs e as Empresas 29 abril 2014 Fundamentação Lei da Inovação Nº 10.973, 02 Dez 2004 Regulamentada pelo Decreto Nº 5.563, 11 Out 2005 Artigo 20, do Decreto Nº

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013

As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel. Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013 As perspectivas de longo prazo do seguro de automóvel Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Novembro/2013 Sumário: 1) Alguns Números do Mercado de Seguros no Brasil 2) Oportunidades e Desafios do

Leia mais

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros

Welcome Call em Financeiras. Categoria Setor de Mercado Seguros Categoria Setor de Mercado Seguros 1 Apresentação da empresa e sua contextualização no cenário competitivo A Icatu Seguros é líder entre as seguradoras independentes (não ligadas a bancos de varejo) no

Leia mais

Fórum de Investidores de Projetos de Infraestrutura 2016

Fórum de Investidores de Projetos de Infraestrutura 2016 Fórum de Investidores de Projetos de Infraestrutura 216 Desempenho e Perspectiva para Infraestrutura no Brasil Bernardo Costa Senior Director Global Infrastructure Group 26 de outubro, 216 1 Investimento

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil

Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil Observações sobre o Reequilíbrio Fiscal no Brasil Nelson Barbosa Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão 1º de junho de 2015 Cenário Macroeconômico e Reequilíbrio Fiscal O governo está elevando

Leia mais

O que muda na avaliação de rating com a nova regulamentação?

O que muda na avaliação de rating com a nova regulamentação? O que muda na avaliação de rating com a nova regulamentação? ICVM 558 e Rating de Gestores de Recursos Alexandre Yamashiro, CAIA Diretor Funds & Asset Managers 27 de Setembro de 2016 Conteúdo 1 Rating

Leia mais

Orçamento Público, Investimento e Visão de Longo Prazo para a Economia Brasileira. Roberto Ellery Jr, ECO/UnB

Orçamento Público, Investimento e Visão de Longo Prazo para a Economia Brasileira. Roberto Ellery Jr, ECO/UnB Orçamento Público, Investimento e Visão de Longo Prazo para a Economia Brasileira Roberto Ellery Jr, ECO/UnB Investimento no Brasil Investimento no Brasil é Baixo: Dados do FMI mostram que em 2010 a taxa

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T11

Divulgação de Resultados 3T11 Divulgação de Resultados 3T11 15 de Novembro de 2011 Palestrantes Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo Brun Fausto Diretor Operacional 2 Disclaimer Esta apresentação não constitui

Leia mais

SEGURO RECEITA AGRÍCOLA

SEGURO RECEITA AGRÍCOLA SEGURO RECEITA AGRÍCOLA CRC Crop Revenue Coverage Agenda A Swiss Re O Seguro Rural O Seguro de Receita 2 A Swiss Re 3 Swiss Re A Swiss Re é uma das principais resseguradoras globais e altamente diversificada.

Leia mais

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL

BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL MERCOSUL/ SGT Nº 4/CS Página 1 de 9 BOLETÍM ESTATÍSTICO ANUAL DO SETOR DE SEGUROS DO MERCOSUL SUMARIO DE TÉRMOS Empresa em efetivo funcionamento: Empresa que comercializou seguros no ano de referência

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RC GERAL

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RC GERAL MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS RC GERAL I BIMESTRE -2013 1 O segmento de RC Geral encerrou o I Bimestre com um volume de produção de R$ 130 milhões contra R$ 124 milhões de 2012, um crescimento nominal

Leia mais

EN 81-20 e EN 81-50 Impacto no Produto

EN 81-20 e EN 81-50 Impacto no Produto Impacto no Produto SUMÁRIO EN 81-20 e EN 81-50 - Objetivo Melhoria das condicionantes externas ao ascensor Melhoria da segurança para os utentes Melhoria da segurança para os trabalhadores Schindler -

Leia mais

Racional Seguro Bovino. O Futuro do Seguro Rural No Brasil

Racional Seguro Bovino. O Futuro do Seguro Rural No Brasil Racional Seguro Bovino Seguro Pecuário Seguro Bovinos Elite Seguro Rebanho Plano Simples Seguro Rebanho Alta Mortalidade 2 Pecuária Elite Alta Genética Animais com Alto Valor Agregado 3 Cobertura Básica

Leia mais

NEGÓCIA DA CADEIA DE FRIOS NO PERU. Jose Enrique Carranza

NEGÓCIA DA CADEIA DE FRIOS NO PERU. Jose Enrique Carranza NEGÓCIA DA CADEIA DE FRIOS NO PERU Jose Enrique Carranza Resultados desta apresentação Até of final destaapresentação você poderá... Apreciar o desenvolvimento econômico sólido que o Peru está tendo atualmente

Leia mais

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento Bruno Pahl, Associate Director Agenda Panorama Geral: Porfolio de ratings da Fitch Produção real vs. Cenários da Fitch Perfomance financeira

Leia mais

COMUNICADO À IMPRENSA

COMUNICADO À IMPRENSA 27 NOVEMBRO 2012 PODE A ECONOMIA MUNDIAL SUPORTAR UM OUTRO 2011? Novo relatório global destaca os riscos de um déficit de $168 bilhões anualizado em seguros afetando as economias de alto crescimento Uma

Leia mais

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Estudo faz balanço de serviços urbanos básicos, como a gestão dos resíduos sólidos. (Foto: Reprodução) Apesar do crescimento econômico,

Leia mais

I. Da Descrição da Operação

I. Da Descrição da Operação Ministério da Justiça MJ Conselho Administrativo de Defesa Econômica CADE SEPN 515 Conjunto D, Lote 4 Ed. Carlos Taurisano, 2º andar Bairro Asa Norte, Brasília/DF, CEP 70770 504 Telefone: (61) 3221 8438

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS I BIMESTRE -2013 1 O segmento de Automóveis encerrou o mês de janeiro com um volume de produção de R$ 4,3 bilhões contra R$ 3,4 bilhões de 2012, um crescimento

Leia mais

Principais constrangimentos dos actuais modelos de Pricing

Principais constrangimentos dos actuais modelos de Pricing Mário Trinca Quando existem uma multiplicidade de Produtos / Serviços, oferecidos a diferentes segmentos de clientes, através de diversos canais de distribuição, em várias geografias, nunca é fácil responder

Leia mais

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel

O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel O Desempenho Comparado das Telecomunicações do Brasil Preços dos Serviços de Telecomunicações Utilização de Banda Larga Móvel São Paulo, Setembro de 2014 2014 Teleco. Todos os direitos reservados. ÍNDICE

Leia mais

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais.

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais. 40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES em prêmios de seguros anuais. SÃO MAIS DE 100 COLABORADORES FORMANDO UMA EQUIPE PREPARADA E EFICIENTE Investimos o máximo possível

Leia mais

Estudo de Remuneração 2012 2013

Estudo de Remuneração 2012 2013 1 Estudo de Remuneração 2012 2013 Apresentação Prezado (a), Nós da Michael Page temos a honra de apresentar a 6ª edição de nosso Estudo de Remuneração, versão 2012/2013. Há 6 anos este mapeamento tem o

Leia mais

Euromonitor International

Euromonitor International 1 O FUTURO DO SHOPPER BRASILEIRO. SERÁ TÃO ONLINE COMO O CONSUMIDOR AMERICANO? BRAZILIAN RETAIL WEEK 31 DE JULHO 2012 1. DEFINIÇÕES 2. PERFORMANCE: INTERNET RETAILING 3. PRINCIPAIS DRIVERS 4. TENDÊNCIA

Leia mais

Centro de Pesquisa da GE no Brasil

Centro de Pesquisa da GE no Brasil Centro de Pesquisa da GE no Brasil Industrial Internet Marcelo Blois Ribeiro, PhD Líder de Integração de Sistemas 09/05/2013 A GE é uma companhia de tecnologia, serviços e finanças, que busca solucionar

Leia mais

Exercícios sobre BRICS

Exercícios sobre BRICS Exercícios sobre BRICS 1. (ENEM) O G-20 é o grupo que reúne os países do G-7, os mais industrializados do mundo (EUA, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Canadá), a União Europeia e os principais

Leia mais

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Fernanda Fauze Carlos Advogada Trench, Rossi e Watanabe Advogados Agenda 1 Introdução 2 Contexto: Combate à Corrupção no Brasil Prisões por crimes

Leia mais

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Página 1 Evolução A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto

Leia mais

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008 1.6 Faturamento 1966/008 Revenue 1966/008 1966 1967 1968 1969 1970 1971 197 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 198 AUTOVEÍCULOS VEHICLES 7.991 8.11 9.971 11.796 13.031 15.9 17.793 0.78 3.947 6.851 6.64

Leia mais

BCS Expertise para preencher

BCS Expertise para preencher BCS Expertise para preencher papéis-chave do projeto Serviço Symantec que ajuda a Suportar seu Negócio Hugo Saadi Serviços de Informática Itaú BBA Agenda Overview Institucional Business Critical Services

Leia mais

Promovendo o Futuro do Brasil Conectado

Promovendo o Futuro do Brasil Conectado Promovendo o Futuro do Brasil Conectado Tá na Mesa - Federasul Porto Alegre, 26 de maio de 2010 SUMÁRIO 1 -Telecomunicações e o desenvolvimento 2 - Expansão dos serviços 3 - Parcerias em política pública

Leia mais

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Agenda: 1. Introdução ao mercado de seguros 2. Números

Leia mais

02 / GRUP IMMOBILIARI

02 / GRUP IMMOBILIARI Grup Immobiliari Natal Brasil é um grupo de empresas cujo foco é investimentos imobiliários em empreendimentos sustentáveis em Natal no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Dentro do grupo, empresas

Leia mais

Cadastro das Principais

Cadastro das Principais 46 Cenário Econômico Cadastro das Principais Corretoras de Seguros Primeiras conclusões Francisco Galiza O estudo ESECS (Estudo Socioeconômico das Corretoras de Seguros), divulgado pela Fenacor em 2013,

Leia mais

Voyager 1202g. Guia Rápido de Instalação. Leitor laser sem fio de feixe único. VG1202-BP-QS Rev A 10/11

Voyager 1202g. Guia Rápido de Instalação. Leitor laser sem fio de feixe único. VG1202-BP-QS Rev A 10/11 Voyager 1202g Leitor laser sem fio de feixe único Guia Rápido de Instalação VG1202-BP-QS Rev A 10/11 Nota: Consulte o guia do usuário para obter informações sobre a limpeza do dispositivo. Introdução Desligue

Leia mais