Sustentabilidade Operacional...novos mercados para o setor financeiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sustentabilidade Operacional...novos mercados para o setor financeiro"

Transcrição

1 Sustentabilidade Operacional...novos mercados para o setor financeiro Junho 2015

2 Agenda Sustentabilidade...olhando para futuro Para ser sustentável é preciso compreender e se adaptar as mudanças no mundo Resíduos sólidos um tema para análise Resíduos sólidos será um importante tema para o Brasil no próximos anos 0 3 Gestão da Sustentabilidade no setor financeiro...transformando riscos em oportunidades 0 4 Sustainable Finance software customizado para gestão da sustentabilidade no setor financeiro

3 Sustentabilidade...olhando para futuro

4 Você sabia? Que as 85 pessoas mais ricas do mundo têm tanta riqueza quanto as: a) 1,5 bilhões mais pobres b) 2,5 bilhões mais pobres c) 3,5 bilhões mais pobres Fonte: Oxfam (2014) 4

5 Você sabia? Que o aumento esperado na demanda global por alimentos até 2030 será de: a) 25% b) 35% c) 50% Fonte: Global Trends 2030: Alternative Worlds, National Intelligence Council (2012) 5

6 Você sabia? Que o crescimento da da população mundial entre hoje e 2050 que virá da África será de? a) 40% b) 50% c) 60% Fonte: Divisão de População da ONU, World Population Prospects (2012) 6

7 Você sabia? A cada semana é somada a população urbana global: a) 500 mil pessoas b) 800 mil pessoas c) 1,5 milhões de pessoas 7

8 Você sabia? As cidades ocupam 3 a 4% da superfície do mundo e consome 75 a 85% de seus recursos Que cerca de 50% do PIB global é gerado pelas: a) 300 maiores cidades b) 500 maiores cidades c) 1000 maiores cidades Fonte: Brookings Institution (2012) 8

9 Resíduos sólidos um tema para análise

10 Mudanças demográficas Nos últimos 10 anos as classes C, D e E enriqueceram 10

11 Mudanças demográficas Com o aumento da renda familiar há uma mudança no tipo de consumo 11

12 Mudanças demográficas Com o aumento do consumo o Brasil gera mais resíduos sólidos % % S e i m a g i n a r m o s q u e o p e s o m é d i o d o b r a s i l e i r o é d e 6 6, 5 k g ( ), p o d e - s e d i z e r q u e c a d a c i d a d ã o g e r a e m u m a n o o e q u i v a l e n t e a 5, 7 v e z e s o s e u p r ó p r i o p e s o e m r e s í d u o s. 5, 7 0 G e r a ç ã o P o p u l a ç ã o t o t a l d e b r a s i l e i r a R S U ( t / a n o ) Fonte: Cetesb/IBGE 12

13 Mudanças demográficas Apenas metade dos resíduos gerados no Brasil tem destinação adequada Geração de RSU total e per capita nos anos de 2011 e 2012 (1kg por hab dia) Principais destinações finais nos anos de 2011 e 2012 (42% lixão) Fonte: Pesquisa Abrelpe e IBGE Fonte: Abrelpe, Fonte: Pesquisa Abrelpe e IBGE Fonte: Abrelpe,

14 Gestão da Sustentabilidade no setor financeiro...transformando riscos em oportunidades

15 Gestão da Sustentabilidade no setor financeiro Exemplo: resíduos sólidos Destinação adequada para os resíduos eletrônicos (ex. computadores) Política Nacional de Resíduos Sólidos - PNRS Lei Logística reversa (acordo setorial para eletroeletrônicos) Risco Não atendimento da Lei PNRS > crime ambiental > multa Oportunidade Novos mercados e clientes: Industria da logística Reversa (Ex. InpEV) Gerenciamento de Riscos Socioambientais Riscos na concessão de crédito e investimentos Resolução No /2014 BACEN Corresponsabilidade de acordo com a PNRS: Art 3º, e, IV: poluidor, a pessoa física ou jurídica, de direito público ou privado, responsável, direta ou indiretamente, por atividade causadora de degradação ambiental. Garantia imobiliária área contaminada? Reposicionamento no mercado. Identificação de clientes e projetos com menores riscos 15

16 Gestão da Sustentabilidade no setor financeiro Elementos de gestão Para o gerenciamento do risco socioambiental, são necessários: Pessoas Processos Tecnologia E, segundo a Resolução Nº 4.327/2014 BACEN, deve considerar: - I - sistemas, rotinas e procedimentos - II - registro de dados - III - avaliação prévia dos potenciais impactos socioambientais negativos de novas modalidades de produtos e serviços, - IV - procedimentos para adequação do gerenciamento do risco socioambiental às mudanças legais, regulamentares e de mercado. 16

17 Sustainable Finance software customizado para gestão da sustentabilidade no setor financeiro Resolução No /2014 BACEN

18 Solução tecnologia Resolução No /2014 BACEN O que se espera das soluções tecnológicas para gerenciamento de riscos socioambientais? 1. Fácil integração - o sistema deve integrar facilmente a sistemas de gerenciamento de riscos ambientais e sociais, e procedimentos já existentes nas instituições; 2. Gerenciamento eficaz o sistema deve considerando as seguintes etapas: análise, avaliação, aprovação, mitigação, monitoramento, relatório; 3. Flexível e customizável Flexibilidade para estar alinhado com as políticas e estruturas de cada organização; 4. Avaliar riscos e fornecer recomendações o sistema precisa reduzir o tempo com gerenciamento e monitoramento da exposição de riscos.; 5. Sempre atualizado facil atualização com as mais recentes normas, incluindo Princípios do Equador, legislações locais e atualizações. 18

19 Solução tecnologia Software Sustainable Finance Resolução No /2014 BACEN O kit de ferramentas desse software abriga um conjunto de apoio à decisão para auxiliar profissionais de finanças e sustentabilidade na avaliação e gestão dos riscos ambientais e sociais associados aos investimentos e empréstimos. Conta com: 1. Rapid Risk Screen (RRS) Tela de acesso rápido e resumido dos projetos e transações em um estágio inicial para indicar os aspectos socioambientais e a necessidade de avaliação necessária. 2. Sustainability Assessment (SA) Avaliação dos riscos das atividades dos clientes (projeto, negócios ou outra finalidade de utilização dos fundos). As perguntas são baseados nos Padrões de Desempenho da IFC e considerando as boas práticas internacionais. 3. Client Risk Assessment (CRA) Avalia a capacidade do cliente de gerenciar os riscos socioambientais (empenho, performance e histórico). 19

20 Solução tecnologia Software Sustainable Finance Resolução No /2014 BACEN 20

21 Solução tecnologia Software Sustainable Finance Resolução No /2014 BACEN O Client Risk Assessment (CRA) ou Avaliação de Risco do Cliente foca na abordagem da gestão de riscos de um cliente e os compromissos com os aspectos socioambientais, bem como a sua capacidade para cumprir os compromissos. Os indicadores são baseados em boas práticas internacionais e da indústria. O CRA pode ser particularmente útil quando os proventos dos empréstimos são desconhecidos. O CRA determina o nível de risco associado a um cliente em três áreas-chave antes de uma categorização de risco global fornecida. Nível de risco associado 1. Compromisso Políticas, engajamento da alta administração e das partes interessadas sobre os aspectos socioambientais. 2. Capacidade Sistemas de gestão de aspectos socioambientais, treinamentos internos e extrenos. 3. Histórico Cidadania corporativa, conformidade com leis e regulamentos, e relatórios. 21

22 Solução tecnologia Software Sustainable Finance Resolução No /2014 BACEN A seção de Análise fornece relatórios de dados e estatísticas da organização. Permite aos usuários visualizar, monitorar e divulgar avaliações concluídas. Estatísticas e Relatórios Pode-se analisar as estatísticas sobre as avaliações e rapidamente gerar relatórios internos e externos sobre o gerenciamento de riscos socioambientais. 22

23 Solução tecnologia Software Sustainable Finance Resolução No /2014 BACEN 23

24 Obrigado! Carlos Rossin 2015 PricewaterhouseCoopers Serviços Profissionais Ltda. Todos os direitos reservados. Neste documento, refere-se à PricewaterhouseCoopers Serviços Profissionais Ltda, a qual é uma firma membro do network da PricewaterhouseCoopers, sendo que cada firma membro constitui-se em uma pessoa jurídica totalmente separada e independente. O termo refere-se à rede (network) de firmas membro da PricewaterhouseCoopers International Limited (IL) ou, conforme o contexto determina, a cada uma das firmas membro participantes da rede da. Cada firma membro da rede constitui uma pessoa jurídica separada e independente e que não atua como agente da IL nem de qualquer outra firma membro. A IL não presta serviços a clientes. A IL não é responsável ou se obriga pelos atos ou omissões de qualquer de suas firmas membro, tampouco controla o julgamento profissional das referidas firmas ou pode obrigá-las de qualquer forma. Nenhuma firma membro é responsável pelos atos ou omissões de outra firma membro, nem controla o julgamento profissional de outra firma membro ou da IL, nem pode obrigá-las de qualquer forma.

www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP

www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP www.pwc.com.br Gerenciamento de capital e ICAAP Como desenvolver uma abordagem eficaz de gerenciamento de capital e um processo interno de avaliação da adequação de capital (ICAAP) A crise financeira de

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC de Serviços em Agribusiness Outubro de 2013 Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura de relacionamento entre usina

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa?

www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa? www.pwc.com.br Como melhorar a gestão da sua empresa? Como melhorar a gestão da sua empresa? Melhorar a gestão significa aumentar a capacidade das empresas de solucionar problemas. Acreditamos que, para

Leia mais

Megatendências e suas implicaçõesdestaques Julho de 2015

Megatendências e suas implicaçõesdestaques Julho de 2015 10Minutos Desafios de Negócios As grandes transformações que estão revolucionando o cenário global de negócios e a própria sociedade Megatendências e suas implicaçõesdestaques Julho de 2015 Destaque Nos

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

Novo nível de confiança e transparência

Novo nível de confiança e transparência www.pwc.com/br Novo nível de confiança e transparência Uma perspectiva na transição do SAS 70 para o SSAE 16 e o ISAE 3402 Introdução As organizações que prestam serviços os quais impactam as demonstrações

Leia mais

Alimento Seguro. Nosso olhar para o futuro... para transformar o presente

Alimento Seguro. Nosso olhar para o futuro... para transformar o presente www.pwc.com.br Alimento Seguro Nosso olhar para o futuro...... para transformar o presente Sérgio Alexandre Simões Sócio de Consultoria para Varejo, Consumo e Agro PwC Brasil Relembrando... Megatendência

Leia mais

Sustentabilidade valoração socioambiental para o setor de mineração

Sustentabilidade valoração socioambiental para o setor de mineração www.pwc.com.br Sustentabilidade valoração socioambiental para o setor de mineração Novembro 2014 Índice 1. Megatendências 2. Como definimos riqueza? 3. E P&L - valoração ambiental 4. TIMM - valoração socioambiental

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Nota Data 8 de maio de 2013

Nota Data 8 de maio de 2013 Nota Data 8 de maio de 2013 Contato Flávio Resende Proativa Comunicação flavioresende@proativacomunicacao.com.br Tel: (61) 3242-9058/9216-9188 Kadydja Albuquerque Proativa Comunicação coordenacao@proativacomunicacao.com.br

Leia mais

Mining 2014 Redução de Custos

Mining 2014 Redução de Custos www.pwc.com.br Redução de Custos O desafio das empresas para manter a rentabilidade com preço do minério em queda Conectando Estratégia à Execução Luís Seixas Sócio Advisory Brasil competência Melhoria

Leia mais

2º Encontro de Contabilidade e Auditoria para Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte

2º Encontro de Contabilidade e Auditoria para Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte www.pwc.com º Encontro de Contabilidade e Auditoria para Companhias Abertas e Sociedades de Grande Porte Evoluções do SPED do ponto de vista de Custo de Conformidade Fiscal Agenda Pontos chave da Pesquisa

Leia mais

Marcia Avruch Tel: (11) 3674-3762 marcia.avruch@br.pwc.com

Marcia Avruch Tel: (11) 3674-3762 marcia.avruch@br.pwc.com Press release Data 30 de abril de 2014 Contato Guilherme Meireles Tel: (11) 3526-4567 guilherme.meireles@imagemcorporativa.com.br Marcia Avruch Tel: (11) 3674-3762 marcia.avruch@br.pwc.com Páginas 4 Anúncios

Leia mais

Guia das Demonstrações Financeiras Pontos para Fechamento de 2013 Aspectos contábeis

Guia das Demonstrações Financeiras Pontos para Fechamento de 2013 Aspectos contábeis www.pwc.com.br Guia das Demonstrações Financeiras Pontos para Fechamento de 2013 Aspectos contábeis Novembro de 2013 Agenda 2013 Normas novas e revisadas IAS 1 Apresentação das demonstrações financeiras

Leia mais

Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia?

Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia? www.pwc.com.br Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia? Alinhamento de Performance Alinhamento do desempenho organizacional Conectando a estratégia à execução A necessidade de alinhar pessoas,

Leia mais

Processo Legislativo

Processo Legislativo www.pwc.com PL 276/2015 Aspectos Gerais do na Casa Iniciadora Senado ou Câmara apresentam o PL Emendas O PL pode ser emendado A iniciativa das leis ordinárias cabe, entre outros, a qualquer membro ou Comissão

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Standard Chartered Bank, Brasil Página 1 de 8 ÍNDICE I. OBJETIVO... 3 II. CICLO DE REVISÃO... 3 III. DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 IV. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA... 4

Leia mais

A Resolução nº 4.327, de 2014. Café com Sustentabilidade Febraban 16/07/2014. Banco Central do Brasil

A Resolução nº 4.327, de 2014. Café com Sustentabilidade Febraban 16/07/2014. Banco Central do Brasil A Resolução nº 4.327, de 2014 Café com Sustentabilidade Febraban 16/07/2014 Departamento de Regulação do Sistema Financeiro Denor Banco Central do Brasil Agenda CONTEXTO DA REGULAÇÃO A RESOLUÇÃO Nº 4.327

Leia mais

Por que conhecer o COBIT 5

Por que conhecer o COBIT 5 10Minutos Tecnologia da Informação Saiba quais são as novidades da versão 5 do COBIT Por que conhecer o COBIT 5 Destaques A utilização do COBIT 5 como guia de melhores práticas permite alinhar de modo

Leia mais

A Sustentabilidade no Processo de Decisão Financeira. Indicadores e práticas nos setores de Crédito, Investimentos e Seguros

A Sustentabilidade no Processo de Decisão Financeira. Indicadores e práticas nos setores de Crédito, Investimentos e Seguros A Sustentabilidade no Processo de Decisão Financeira Indicadores e práticas nos setores de Crédito, Investimentos e Seguros 15 de Agosto 2013 Agenda Conceitos e Evolução Atuação do Setor Financeiro O Mercado

Leia mais

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas

10 Minutos. sobre práticas de gestão de projetos. Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas 10 Minutos sobre práticas de gestão de projetos Capacidade de executar projetos é essencial para a sobrevivência das empresas Destaques Os CEOs de setores que enfrentam mudanças bruscas exigem inovação

Leia mais

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 182 Conteúdo - Atos publicados em Maio de 2015 Divulgação em Junho/2015

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 182 Conteúdo - Atos publicados em Maio de 2015 Divulgação em Junho/2015 www.pwc.com.br Clipping Legis CSLL - Instituições financeiras - Majoração de alíquota - MP nº 675/2015 Receitas financeiras - Alíquota zero de PIS/ COFINS para as variações monetárias e hedge - Alteração

Leia mais

O varejo e a era da disrupção

O varejo e a era da disrupção 10Minutos Varejo Total Retail 2015 - Pesquisa anual da PwC com os consumidores O varejo e a era da disrupção Destaques Os consumidores estão definindo sua própria abordagem de relacionamento com o varejo,

Leia mais

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa Gestão e Governança de TI e Regulamentações de Compliance Prof. Marcel Santos Silva A consiste: No sistema pelo qual as sociedades são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo o relacionamento

Leia mais

Quando utilizar o CPC para Pequenas e Médias

Quando utilizar o CPC para Pequenas e Médias 1 de 5 28/07/2010 09:05 Brasil Quando utilizar o CPC para Pequenas e Médias Empresas PMEs O que é e qual o objetivo da norma para PMEs Em julho de 2009 o International Accounting Standard Board IASB emitiu

Leia mais

Os profissionais estão envelhecendo. E agora?

Os profissionais estão envelhecendo. E agora? 10Minutos Gestão de talentos Pesquisa sobre envelhecimento da força de trabalho no Bras Os profissionais estão envelhecendo. E agora? Fevereiro 2015 Destaques O Bras está envelhecendo rapidamente. Estima-se

Leia mais

12 dicas sobre relatórios

12 dicas sobre relatórios 10Minutos Auditoria O que sua comunicação diz sobre você? 12 dicas sobre relatórios Destaques As informações sobre os negócios e a forma de comunicá-las precisam mudar não só para responder às transformações

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental Sumário 1 Introdução... 1 1.1 Objetivo da Política... 1 1.2 Princípios e Diretrizes... 1 2 Governança... 2 3 Partes Interessadas... 2 4 Definição de Risco Socioambiental...

Leia mais

Empresas se veem numa nova lógica de mercado...

Empresas se veem numa nova lógica de mercado... Empresas se veem numa nova lógica de mercado... 20/04/2010 Acidente com uma plataforma de petróleo que causou o vazamento de 2,2 milhões de barris no mar. - 53,79% ... mas também enxergam novas oportunidades.

Leia mais

Painel 4 - Lucros no Exterior Tributação em Bases Universais Desafios e Oportunidades (Foco na IN- 1520)

Painel 4 - Lucros no Exterior Tributação em Bases Universais Desafios e Oportunidades (Foco na IN- 1520) Painel 4 - Lucros no Exterior Tributação em Bases Universais Desafios e Oportunidades (Foco na IN- 1520) Fevereiro de 2015 Controladas - Registro em Subcontas (IN-1520) Vinculadas à conta de investimentos

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental O momento certo para incorporar as mudanças A resolução 4.327 do Banco Central dispõe que as instituições

Leia mais

Responsabilidade Socioambiental das IF s Resolução 4327 e Entregas

Responsabilidade Socioambiental das IF s Resolução 4327 e Entregas Responsabilidade Socioambiental das IF s Resolução 4327 e Entregas AGENDA PRSA Governança Gestão e Controles Internos Plano de Ação Santander e Resolução 4327 AGENDA PRSA Governança Gestão e Controles

Leia mais

Sistemas de Boas Práticas Internacionais

Sistemas de Boas Práticas Internacionais Sistemas de Boas Práticas Internacionais por Christopher Wells Superintendente Risco Socioambiental Santander Brasil Brasília, 21 de agosto, 2014 O que é uma externalidade? 2 Rio limpo Ar limpo Algumas

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA) Julho 2015 SCOTIABANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO (SBB)

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA) Julho 2015 SCOTIABANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO (SBB) POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (PRSA) Julho 2015 SCOTIABANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO (SBB) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) (Resumo) Índice I. Introdução 03 II. Objetivo

Leia mais

Credit Suisse (Brasil) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) Julho de 2015

Credit Suisse (Brasil) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) Julho de 2015 Credit Suisse (Brasil) Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) Julho de 2015 Sumário 1. Aplicação... 02 2. Definições... 02 2.1 Risco socioambiental... 02 2.2 Partes relacionadas... 02 2.3 Termos...

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DO EQUADOR

OS PRINCÍPIOS DO EQUADOR OS PRINCÍPIOS DO EQUADOR UMA ABORDAGEM DO SETOR PARA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS SOBRE DETERMINAÇÃO, AVALIAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCO AMBIENTAL E SOCIAL EM FINANCIAMENTO DE PROJETOS Florianópolis Junho/2004

Leia mais

Planejando a melhoria de desempenho

Planejando a melhoria de desempenho 10Minutos Auditoria Interna Estudo sobre a situação da profissão de auditoria interna Planejando a melhoria de desempenho Setembro 2014 Destaques A auditoria interna deve estar alinhada com as expectativas

Leia mais

Rumo a novos patamares

Rumo a novos patamares 10Minutos Auditoria Estudo sobre a Situação da Profissão de Auditoria Interna Rumo a novos patamares Destaques Os stakeholders estão menos satisfeitos com a contribuição da auditoria interna em áreas de

Leia mais

+COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL

+COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL +COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES E DE DEFESA NACIONAL MENSAGEM N o 163, DE 2010. (Do Poder Executivo) Submete à consideração do Congresso Nacional o texto do Acordo entre o Governo da República Federativa

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental e Gestão de Risco Socioambiental na CAIXA

Política de Responsabilidade Socioambiental e Gestão de Risco Socioambiental na CAIXA Política de Responsabilidade Socioambiental e Gestão de Risco Socioambiental na CAIXA Vice Presidência de Operações Corporativas Gerência Nacional Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental AGO

Leia mais

RESÍDUOS SÓLIDOS : as responsabilidades de cada Setor

RESÍDUOS SÓLIDOS : as responsabilidades de cada Setor RESÍDUOS SÓLIDOS : as responsabilidades de cada Setor Gestão de Resíduos Sólidos ( São Paulo ) Lei 997/76 e regulamento: Dec. 8468/76 Foco: Comando e Controle Resíduos Disposição Final Disposição inadequada

Leia mais

Seguro de Crédito Comercial

Seguro de Crédito Comercial Seguro de Crédito Comercial seguro de crédito O que é:... uma modalidade de seguro que protege o seu negócio contra o risco de inadimplência ou atrasos no pagamento de vendas de produtos ou serviços. A

Leia mais

sobre as transações no setor de saúde

sobre as transações no setor de saúde 10 Minutos sobre as transações no setor de saúde Valor global de fusões e aquisições cresce e reverte tendência Destaques O valor total das transações no setor de saúde aumentou 4% em relação à segunda

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Versão Julho de 2015 POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL (Política e procedimentos relacionados à responsabilidade socioambiental da Gávea DTVM nos termos da Resolução BCB no 4.327, de 25 de abril

Leia mais

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 186 Conteúdo - Atos publicados em Setembro de 2015 Divulgação em Outubro/2015

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 186 Conteúdo - Atos publicados em Setembro de 2015 Divulgação em Outubro/2015 www.pwc.com.br Clipping Legis A MP 694 limita a dedutibilidade da despesa de JCP e suspende em 2016 alguns incentivos fiscais relativos a projetos de inovação tecnológica (MP Nº 694) Nova IN da RFB consolida

Leia mais

Infraestrutura no Brasil

Infraestrutura no Brasil www.pwc.com.br Infraestrutura no Brasil Como agregar valor e gerenciar a complexidade de ativos de capital, programas ou portfólios de médio a grande porte (greenfield ou brownfield). O contexto de infraestrutura

Leia mais

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra Governança e Sustentabilidade Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra A Pós-Graduação em Governança e Sustentabilidade FECAP foi concebida para fornecer as competências necessárias

Leia mais

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil

Maximize o desempenho das suas instalações. Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Maximize o desempenho das suas instalações Gerenciamento Integrado de Facilities - Brasil Sua empresa oferece um ambiente de trabalho com instalações eficientes e de qualidade? Como você consegue otimizar

Leia mais

Siderurgia no Brasil

Siderurgia no Brasil www.pwc.com.br Siderurgia no Brasil Um panorama do setor siderúrgico brasileiro SICETEL Sindicato Nacional da Indústria de Trefilação e Laminação de Metais Ferrosos IABR Instituto Aço Brasil 1 Setor de

Leia mais

Compliance e Anticorrupção

Compliance e Anticorrupção www.pwc.com.br Compliance e Anticorrupção Instituto Brasileiro de Governança Corporativa Maio de 2015 Agenda Conceitos e Reflexões sobre Compliance Contexto normativo e aplicação das leis anticorrupção

Leia mais

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC Participamos do processo de escolha da Entidade Aferidora

Leia mais

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003 Technology and Security Risk Services Novembro, 2003 1. Por que escrevemos o livro? 2. Objetivo do livro 3. Conteúdo do livro 4. Dúvidas Acesso aos sites financeiros cresceu 199% em dois anos; Os sites

Leia mais

Controles Internos e Governança de TI. Charles Holland e Gianni Ricciardi

Controles Internos e Governança de TI. Charles Holland e Gianni Ricciardi Controles Internos e Governança de TI Para Executivos e Auditores Charles Holland e Gianni Ricciardi Alguns Desafios da Gestão da TI Viabilizar a inovação em produtos e serviços do negócio, que contem

Leia mais

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011

www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 www.pwc.com Os Avanços da Gestão Pública no Brasil Os Desafios para a Gestão de Pessoas Novembro de 2011 Agenda 1. Demanda por profissionais e a estratégia de gestão de pessoas 2. Gestão de pessoas tendências

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Versão 2015.2 Editada em julho de 2015 SUMÁRIO 1. Objetivo da Política...3 2. Abrangência...3 3. Princípios...3 4. Das Diretrizes Estratégicas...4 5. Da Estrutura

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SUL AMÉRICA INVESTIMENTOS DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Índice: 1 OBJETIVO 2 2 CONCEITOS E DEFINIÇÕES 2 3

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Publicado em: 27/02/2015 Válido até: 26/02/2020 Política de Responsabilidade Socioambiental 1. SUMÁRIO 2 2. OBJETIVO 2 3. ABRANGÊNCIA 2 4. IMPLEMENTAÇÃO 2 5. DETALHAMENTO 2 5.1. Definições 3 5.2. Envolvimento

Leia mais

10 Minutos sobre o desempenho da função financeira

10 Minutos sobre o desempenho da função financeira 10Minutos Conquistando vantagem competitiva 10 Minutos sobre o desempenho da função financeira Fevereiro 2013 O segredo está em investir mais em pessoas, sistemas e estruturas, não em gastar menos O papel

Leia mais

A evolução das empresas rumo ao esocial

A evolução das empresas rumo ao esocial www.pwc.com.br A evolução das empresas rumo ao esocial 3 a edição da pesquisa sobre o esocial Sumário Apresentação 3 Sobre a pesquisa 5 Sobre o esocial 8 Principais conclusões da pesquisa 9 Como as empresas

Leia mais

VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA

VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA VERTICALIZAÇÃO OU UNIÃO ESTRATÉGICA ABRAMGE-RS Dr. Francisco Santa Helena Presidente da ABRAMGE-RS Sistema ABRAMGE 3.36 milhões de internações; 281.1 milhões de exames e procedimentos ambulatoriais; 16.8

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Título: PRSA - Política de Responsabilidade Socioambiental POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. ABRANGÊNCIA... 3 4. PRINCÍPIOS... 3 5. DIRETRIZES...

Leia mais

Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo

Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo Em 20 anos, Brasil poderá gerar 280 MW de energia do lixo Fabíola Ortiz - 28/02/13 Potencial de produção de energia vinda dos aterros pode dobrar em 20 anos, se a lei de resíduos sólidos for cumprida.

Leia mais

A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro

A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro A ESTRUTURA DE SUSTENTABILIDADE International Finance Corporation (IFC) Gladis Ribeiro INTERNATIONAL FINANCE CORPORATION (IFC), QUEM SOMOS? A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, é uma instituição de desenvolvimento

Leia mais

Política de Responsabilidade So cio Ambiental

Política de Responsabilidade So cio Ambiental Política de Responsabilidade So cio Ambiental Sumário 1. FINALIDADE:... 4 2. ABRANGÊNCIA:... 4 3. DIVULAGAÇÃO... 4 4. IMPLEMENTAÇÃO... 4 5. SUSTENTABILIDADE EM NOSSAS ATIVIDADES... 4 6. REVISÃO DA POLÍTICA...

Leia mais

Índice. Recursos Financeiros destinados a Limpeza Urbana... 07. Formas de Arrecadação... 09. Orçamento Municipal... 10

Índice. Recursos Financeiros destinados a Limpeza Urbana... 07. Formas de Arrecadação... 09. Orçamento Municipal... 10 Carlos Rossin Índice 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. Recursos Financeiros destinados a Limpeza Urbana... 07 Formas de Arrecadação... 09 Orçamento Municipal... 10 Agentes executores dos serviços... 13 Regulamentações...

Leia mais

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 1 Empresas de Construção: Seleção de Projetos, Gestão e Controles para Atingir as Metas de Desempenho Patricia Atallah Gestão e Planejamento Estratégico são Cruciais para uma

Leia mais

O mercado de serviços de Saúde no Brasil

O mercado de serviços de Saúde no Brasil www.pwc.com.br O mercado de serviços de Saúde no Brasil O mercado brasileiro de serviços de saúde: um dos mais promissores e atraentes do mundo Contexto Quinto país em termos de área e população, com 8,51

Leia mais

São Paulo, 25 de abril de 2013.

São Paulo, 25 de abril de 2013. São Paulo, 25 de abril de 2013. Discurso do diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania, Luiz Edson Feltrim, na SME Banking Conference 2013 1 Dirijo saudação especial a Sra. Ghada Teima, IFC Manager

Leia mais

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH

Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Pessoas no centro da estratégia Soluções para desafios em RH Os papéis do executivo de RH Pessoas são os principais ativos de uma empresa e o executivo de Recursos Humanos (RH), como responsável por administrar

Leia mais

Rumo à transformação digital Agosto de 2014

Rumo à transformação digital Agosto de 2014 10Minutos - Tecnologia da Informação 6ª Pesquisa Anual sobre QI Digital Rumo à transformação digital Agosto de 2014 Destaques O QI Digital é uma variável para medir quanto valor você pode gerar em sua

Leia mais

COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E. Vanessa Alessi Manzi 19/09/08

COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E. Vanessa Alessi Manzi 19/09/08 COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E DESAFIOS Vanessa Alessi Manzi 19/09/08 Agenda 1. Compliance conceito e missão 2. Atuação de Compliance nas instituições 3. Ferramentas de Compliance 4. Auditoria e Compliance

Leia mais

ORIGEM DATA DE EMISSÃO ENTRADA EM VIGOR PÁGINA DIRETORIA EXECUTIVA 31/07/2015 31/07/2015 1 / 5

ORIGEM DATA DE EMISSÃO ENTRADA EM VIGOR PÁGINA DIRETORIA EXECUTIVA 31/07/2015 31/07/2015 1 / 5 DIRETORIA EXECUTIVA 31/07/2015 31/07/2015 1 / 5 Assunto: ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DIVERSOS RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Estabelece diretrizes socioambientais relativas ao processo de crédito do Banco

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1/9 Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo... 3 3. Princípios... 4 4. Diretrizes... 4 4.1. Estrutura de Governança... 4 4.2. Relação com as partes interessadas...

Leia mais

Índice. 4. Princípios Os seguintes princípios norteiam as ações de Responsabilidade Socioambiental da Chevrolet Serviços Financeiros.

Índice. 4. Princípios Os seguintes princípios norteiam as ações de Responsabilidade Socioambiental da Chevrolet Serviços Financeiros. Índice 1. Objetivo... 1 2. Escopo e Partes Afetadas... 1 3. Definições... 1 4. Princípios... 1 5. Objetivos, metas e programas... 2 6. Papéis e Responsabilidades... 5 7. Regulamentação Aplicável... 6 1.

Leia mais

Os Princípios do IDFC para Promover um Desenvolvimento Sustentável 1

Os Princípios do IDFC para Promover um Desenvolvimento Sustentável 1 Os Princípios do IDFC para Promover um Desenvolvimento Sustentável 1 I. Histórico O Clube Internacional de Financiamento ao Desenvolvimento (IDFC) é um grupo de 19 instituições de financiamento ao desenvolvimento

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Prof. Fabini Hoelz Bargas Alvarez O que são finanças? Finanças é a arte e a ciência de gestão do dinheiro; Imprescindível, pois todos os indivíduos e organizações recebem ou levantam dinheiro; A teoria

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais

Seminário Ambientronic

Seminário Ambientronic Seminário Ambientronic 27/04/2011 11.06.2010 Perfil da Empresa PERFIL Empresa de Tecnologia 100% nacional, controlada pelo Grupo Itaúsa Mais de 30 anos de presença no mercado brasileiro Possui 5.891 funcionários

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. ABRANGÊNCIA... 3 4. ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DO RISCO... 4 5. GERENCIAMENTO DO RISCO... 5 6. ATIVIDADES PROIBITIVAS E RESTRITIVAS... 6 7. ANÁLISE DE CRÉDITO...

Leia mais

9) Política de Investimentos

9) Política de Investimentos 9) Política de Investimentos Política e Diretrizes de Investimentos 2010 Plano de Benefícios 1 Segmentos Macroalocação 2010 Renda Variável 60,2% 64,4% 28,7% 34,0% Imóveis 2,4% 3,0% Operações com Participantes

Leia mais

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO LASSU - LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Por que fazer um MBA LASSU USP? Grande parte do mercado e da sociedade ainda

Leia mais

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do

Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do Cidades: O Que Fazer? Competitividade e Desenvolvimento Sustentável no Brasil Senado Federal Subcomissão Permanente de Acompanhamento da Rio+20 e do regime internacional sobre mudanças climáticas Brasília,

Leia mais

Aquisição e Gerenciamento de Medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica

Aquisição e Gerenciamento de Medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica Aquisição e Gerenciamento de Medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica Maceió -Setembro/2013 HISTÓRICO PORTARIA GM/MS nº 3.916/98 POLÍTICA NACIONAL DE MEDICAMENTOS ESTABELECEU DIRETRIZES

Leia mais

Este princípio se refere ao grau de exposição ao risco socioambiental das atividades e das operações de uma instituição.

Este princípio se refere ao grau de exposição ao risco socioambiental das atividades e das operações de uma instituição. CONTEÚDO DESTE DOCUMENTO Este Documento contém os aspectos a serem observados pelos administradores, colaboradores, prestadores de serviço, clientes e usuários dos produtos e serviços oferecidos pela Renascença

Leia mais

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Pequenos Negócios no Brasil. Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Pequenos Negócios no Brasil Pequenos Negócios no Brasil Clique no título para acessar o conteúdo, ou navegue pela apresentação completa Categorias de pequenos negócios no Brasil Micro e pequenas empresas

Leia mais

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos. Demonstrações Financeiras O Papel de Finanças e do Administrador Financeiro Professor: Roberto César O que é Finanças? Podemos definir Finanças como a arte e a ciência de administrar fundos. Praticamente

Leia mais

DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS

DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS DIMENSÃO MUDANÇAS CLIMÁTICAS CONTEÚDO CRITÉRIO I - POLÍTICA... 2 INDICADOR 1: COMPROMISSO, ABRANGÊNCIA E DIVULGAÇÃO... 2 CRITÉRIO II GESTÃO... 3 INDICADOR 2: RESPONSABILIDADES... 3 INDICADOR 3: PLANEJAMENTO/GESTÃO

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA SEGURANÇA CIBERNÉTICA Fevereiro/2015 SOBRE A PESQUISA Esta pesquisa tem como objetivo entender o nível de maturidade em que as indústrias paulistas se encontram em relação

Leia mais

Uma Visão Prática dos Fatos: Case Itaú BBA. Outubro 2014

Uma Visão Prática dos Fatos: Case Itaú BBA. Outubro 2014 Uma Visão Prática dos Fatos: Case Itaú BBA Outubro 2014 1 Itaú BBA Risco Socioambiental Outubro 2014 Sistema de Gestão Socioambiental Por quê???? The Banker 2 Itaú BBA Risco Socioambiental Outubro 2014

Leia mais

Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros

Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros Diretoria de Assuntos Internacionais Gerência-Executiva de Normatização de Câmbio e Capitais Estrangeiros Geraldo Magela Siqueira Rio de Janeiro 16 / 17 de março de 2010 Contextualização As novas condições

Leia mais

www.pwc.com Lei 12.973/2014 Junho, 2014 São Paulo Maio de 2014

www.pwc.com Lei 12.973/2014 Junho, 2014 São Paulo Maio de 2014 www.pwc.com Lei 12.973/2014 Junho, 2014 São Paulo Maio de 2014 Contexto Atual Contexto atual Fiscal X societário 1 2 3 4 Institui o balanço fiscal Tributa dividendos distribuídos em excesso em relação

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa

Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa Política Nacional de Resíduos Sólidos e Logística Reversa Cristina R. Wolter Sabino de Freitas Departamento Ambiental O mundo será obrigado a se desenvolver de forma sustentável, ou seja, que preserve

Leia mais

1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade

1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade 1º Congresso Alianças Sociais Responsabilidade Social Corporativa em prol da Sustentabilidade Curitiba 30 de outubro de 2012 Agenda Sustentabilidade: Várias Visões do Empresariado Desenvolvimento sustentável;

Leia mais