EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMIRADOS ÁRABES UNIDOS"

Transcrição

1 EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Para os empresários portugueses

2 Ajman Fujairah Sharjah Dubai Ras Al-Khaimah Umm Al Qaiwain O País Designação Oficial: Emirados Árabes Unidos Forma de Estado: Federação de sete Emirados : Abu Dhabi; Dubai; Sharjah; Ajman; Ras Al-Khaimah; Umm Al Qaiwain e Fujairah Área: Km2. População: habitantes, dos quais cerca de 80% são expatriados. Densidade populacional: 67,5 hab/km2 Capital: Abu Dhabi Línguas: Árabe (o Inglês é amplamente utilizado). Abu Dhabi

3 Dados económicos gerais PIB: USD 419 mil milhões PIB per capita: USD ,00 Crescimento real do PIB: 4,6% Dívida Pública: 45,0% Taxa de inflação média: 2,3% Desde a sua formação em 1971, a Federação constituída pelos sete Emirados tem protagonizado um desenvolvimento económico significativo com o PIB a crescer de USD 70bn (em 2000) para USD 240bn (em 2008) e USD 419bn (em 2014). A economia dos EAU tem vindo a registar crescimentos anuais superiores a 8%. Nos EAU os serviços representam cerca de 50% da economia (transporte aéreo, gestão portuária, atividades financeiras; saúde, turismo, promoção imobiliária, e tecnologias de informação). As indústrias do Petróleo e do Gás Natural representam ainda 50% da economia sendo Abu Dhabi responsável por 90% do total das reservas existentes nos EAU.

4 Criação de empresas Principais Incentivos Os EAU são signatários do Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio pelo que promove a liberalização da economia e do comércio concedendo vantagens e incentivos ao investimento, a saber: A moeda Local é convertida nos mercados internacionais. Não existem restrições à transferência ou repatriação de lucros ou de capital. No regime fiscal sobre as importações a taxa máxima é 5%. São exceção o tabaco sobre o qual incide uma taxa de 100% e as bebidas alcoólicas sobre as quais incide uma taxa de 50%. Sobre os produtos agrícolas, medicinais e os itens importados para uso nas zonas francas não estão sujeitos a qualquer imposto de importação. Não existem impostos ou taxas que incidam sobre pessoas físicas e jurídicas. Boa qualidade das infraestruturas, localização estratégica e ambiente seguro.

5 Criação de empresas Tipos de empresas Nos Emirados Árabes Unidos, encontram-se as seguintes opções: Constituição de uma empresa estrangeira (deverá ser detida por um ou mais parceiros locais) Abertura de sucursal ou escritório de representação (é obrigatória a nomeação de um agente local e no caso da sucursal existem limitações p. ex. na negociação de crédito com a banca) Firmas profissionais (para certas atividades artesanais com reduzido número de trabalhadores) Joint Ventures (Envolve obrigatoriamente entidade local com + de 51% do capital. Dispensa registo comercial e outras formalidades. Obriga a um acordo à priori na distribuição dos lucros)

6 Criação de empresas Abertura de empresas A informação sobre a abertura de empresas deve ser obtida junto da Câmara de Comércio do Emirado onde se pretendem estabelecer e depende da natureza da atividade, tipo de envolvimento pretendido assim como do Emirado onde se localizará. Para abertura de sucursais ou de escritórios de representação, as empresas estrangeiras devem nomear um agente comercial local e obter uma licença de funcionamento no Departamento Económico ou Municipalidade competente do Emirado. O investidor estrangeiro é objeto de um tratamento diferenciado em relação ao investidor local, isto é, as empresas não podem ser detidas em mais de 49% por capital estrangeiro. Só as empresas constituídas nas zonas francas podem ser detidas na sua totalidade por capital estrangeiro. A lei de empresas comerciais e a lei de agentes comerciais é o principal instrumento regulador do país. Toda a informação disponível em:

7 Criação de empresas As Zonas Francas As empresas estabelecidas nas zonas francas (Free Zones) para além de beneficiarem de isenções tarifárias sobre importações e exportações podem ser detidas a 100% por entidades estrangeiras, não necessitam de um agente ou parceiro local a menos que pretendam vender produtos no mercado dos EAU. Neste caso só o poderão fazer através de um distribuidor ou agente licenciado. local Em breve existirão cerca de 40 Zonas Francas nos EAU. Cada zona franca tem uma autoridade independente que a rege e é a agência responsável pela emissão das licenças de operação no território da respetiva zona franca e por prestar apoio às empresas no estabelecimento dos seus negócios. Informação acerca das Free Zones, bem como as condições de acesso a cada uma delas, poderá ser consultada no endereço

8 O que fazer para entrar no mercado? Estudar o mercado, os circuitos de distribuição, a cadeia de decisão, no que respeita ao seu produto. Deslocação aos EAU, cumprindo um programa de contactos previamente agendados. Saber o que se pretende, diferenciado, - Tipos de contratos: agente/distribuidor/franchising - Cenários para presença no mercado. Selecionar representantes/parceiros credíveis. Definir/discutir as condições comerciais com os representantes (objetivos, politica de preços, condições de pagamento, politicas promocionais, equipa de vendas...)

9 Regras gerais Plano KNOW HOW KNOW WHO Sucesso no Negócio Boa sorte a todos

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

EMIRADOS ÁRABES UNIDOS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS Ficha País Direção Internacional International Business Platform Ficha em revisão Índice 1. País 2. Economia 3. Comércio Externo 4. Sistema Financeiro e Bancário 5. Regime Fiscal

Leia mais

L I S B O A, 10 D E A B R I L D E 2 0 1 5 F I L PA R Q U E D A S N A Ç Õ E S - L I S B O A

L I S B O A, 10 D E A B R I L D E 2 0 1 5 F I L PA R Q U E D A S N A Ç Õ E S - L I S B O A L I S B O A, 10 D E A B R I L D E 2 0 1 5 F I L PA R Q U E D A S N A Ç Õ E S - L I S B O A QUEM SOMOS? Associação sem fins lucrativos / Entidade de Utilidade Pública, Fundada em 1977 Liga dos Estados Árabes,

Leia mais

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014

ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 ROSÁRIO MARQUES Internacionalizar para a Colômbia Encontro Empresarial GUIMARÃES 19/09/2014 REPÚBLICA DA COLÔMBIA POPULAÇÃO 48 Milhões SUPERFÍCIE 1.141.748 Km2 CAPITAL Bogotá 7,3 milhões PRINCIPAIS CIDADES

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. São Tomé e Príncipe Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. São Tomé e Príncipe Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar São Tomé e Príncipe Condições Legais de Acesso ao Mercado Abril 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 3 3. Quadro Legal 6 2

Leia mais

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos

CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS. Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos CABO VERDE COMO PLATAFORMA PARA ENTRADA EM OUTROS MERCADOS Agencia Cabo Vendeana de Promoção de Investimentos SUMARIO 1-Quem somos, onde estamos -localização geoestratégica, CV em números 2-Nossa economia

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar EAU Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime Geral

Leia mais

Para comprar: 51 3230 4727 ou visita@internacional.com.br. Mundial de Clubes FIFA

Para comprar: 51 3230 4727 ou visita@internacional.com.br. Mundial de Clubes FIFA A Visita COLORADA, setor de turismo do Sport Club Internacional, clube futebolístico da cidade de Porto Alegre que tem o maior contingente de associados no hemisfério sul e o clube que arrebanhou seis

Leia mais

de Investimento em Angola e Cabo Verde

de Investimento em Angola e Cabo Verde Conferência Client Perspectivas name appearse Oportunidades here de Investimento em Angola e Cabo Verde PwC Conferência Estruturas de Investimento: Cabo Verde Leendert Verschoor Agenda Introdução 1 Ficha

Leia mais

O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos

O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos O Cenário Econômico Brasileiro e as Oportunidades de Investimentos Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos Apex-Brasil Alessandro Teixeira Presidente Novo Ciclo do Crescimento Econômico

Leia mais

INVESTIR EM MOÇAMBIQUE

INVESTIR EM MOÇAMBIQUE INVESTIR EM MOÇAMBIQUE CRIAR UMA EMPRESA DE DIREITO MOÇAMBICANO Constituição de uma sociedade de direito moçambicano (%) Capital social mínimo Representação do capital social Sociedade por Quotas Não existe

Leia mais

Região Centro. Viagem de Grupo. 16 a 25 Março de 2013. DUBAI Com Cruzeiro nos Emirados Árabes Unidos e Omã. Programa e Condições

Região Centro. Viagem de Grupo. 16 a 25 Março de 2013. DUBAI Com Cruzeiro nos Emirados Árabes Unidos e Omã. Programa e Condições Região Centro Viagem de Grupo 16 a 25 Março de 2013 DUBAI Com Cruzeiro nos Emirados Árabes Unidos e Omã Programa e Condições Viagem ao Dubai com Cruzeiro 16 A 25 DE MARÇO DE 2013 Dia 16 de Março COIMBRA

Leia mais

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO ANGOLA, PAÍS DO FUTURO VENHA DESCOBRIR AS SUAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS Lisboa, 14 de Abril de 2009 Porto, 16 de Abril de 2009 Com o apoio técnico e jurídico de : SEMINÁRIO E MESAS REDONDAS Angola, 14,5

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Tunísia Condições Legais de Acesso ao Mercado Fevereiro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

COMÉRCIO INTERNACIONAL. Instituições Intervenientes no Comércio Exterior do Brasil e Siscomex COMÉRCIO INTERNACIONAL COMÉRCIO INTERNACIONAL

COMÉRCIO INTERNACIONAL. Instituições Intervenientes no Comércio Exterior do Brasil e Siscomex COMÉRCIO INTERNACIONAL COMÉRCIO INTERNACIONAL Instituições Intervenientes no Comércio Exterior do Brasil e Siscomex Prof.Nelson Guerra Órgãos acima + Ministério das Relações Exteriores. Conheça cada um deles CAMEX: Objetiva a formulação, adoção, implementação

Leia mais

Como Negociar com os Países Árabes

Como Negociar com os Países Árabes Como Negociar com os Países Árabes 6 de abril de 2006 Rubens Hannun Vice-Presidente de Marketing Michel Abdo Alabi Secretário Geral e Diretor de Comércio Exterior As atratividades são muitas... Países

Leia mais

Novas perspectivas e abordagens para os processos de importação e distribuição no Brasil

Novas perspectivas e abordagens para os processos de importação e distribuição no Brasil Introdução Há alguns anos as trading companies brasileiras têm se mostrado uma alternativa segura e economicamente atrativa para empresas estrangeiras que desejam exportar ou distribuir seus produtos no

Leia mais

Logística e Desembaraço Aduaneiro de Cosméticos nos Emirados Árabes Unidos - EAU

Logística e Desembaraço Aduaneiro de Cosméticos nos Emirados Árabes Unidos - EAU Logística e Desembaraço Aduaneiro de Cosméticos nos Emirados Árabes Unidos - EAU Apresentado por: Dr. Mohamed Ghobashy MBA-Middlesex Diretor de Gestão Consultoria de Precisão e Pesquisas de Mercado Conteúdo

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado Maio 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime

Leia mais

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior Exportação e Importação Gerência

Leia mais

Brascuba Cigarrillos APIMEC

Brascuba Cigarrillos APIMEC Brascuba Cigarrillos APIMEC Março 2010 Características Geográficas e Demográficas Havana 2,2 milhões de habitantes 11,2 milhões de habitantes 14 Províncias 1.259 Km de extensão 193 Km maior largura Cenário

Leia mais

POST CONFERENCE WORKSHOP PRIMEIRA PARTE Enquadramento Legal, Regulamentar, Burocrático e Fiscal. Módulo 3 Incentivos ao investimento

POST CONFERENCE WORKSHOP PRIMEIRA PARTE Enquadramento Legal, Regulamentar, Burocrático e Fiscal. Módulo 3 Incentivos ao investimento POST CONFERENCE WORKSHOP PRIMEIRA PARTE Enquadramento Legal, Regulamentar, Burocrático e Fiscal Módulo 3 Incentivos ao investimento 5 de Julho de 2012 1 Sumário UMA SOCIEDADE DE ADVOGADOS DE REFERÊNCIA,

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Finlândia Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Cabo Verde Condições Legais de Acesso ao Mercado Junho 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 8 2 1. Regime

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Alemanha Condições Legais de Acesso ao Mercado Setembro 2012 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 5 2 1. Regime

Leia mais

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 7. Actividade Financeira. Subsector

Apenas para referência CEPA. Sector ou. 7. Actividade Financeira. Subsector CEPA B. Actividade bancária e outros serviços financeiros [excluindo actividade seguradora e serviços de compra e venda de títulos financeiros (securities)] a. Aceitação de depósitos e outros fundos reembolsáveis

Leia mais

Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online. Casos práticos

Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online. Casos práticos Casos práticos Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online O presente documento compreende a informação correspondente aos casos práticos da Comunicação de Operações com o Exterior (COPE)

Leia mais

CENTRO DE NEGÓCIOS DE DUBAI Emirados Árabes Unidos

CENTRO DE NEGÓCIOS DE DUBAI Emirados Árabes Unidos CENTRO DE NEGÓCIOS DE DUBAI Emirados Árabes Unidos CN DUBAI: o exportador brasileiro mais perto do seu cliente. O objetivo do CN DUBAI é a redução da distância entre exportadores brasileiros e seus clientes

Leia mais

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Atração de Investimentos, Promoção Comercial e Projeção Internacional Eduardo Bernis Secretaria Municipal de Desenvolvimento Belo Horizonte

Leia mais

MODIFICAÇÕES MAIS RELEVANTES INTRODUZIDAS PELA NOVA LEI DO INVESTIMENTO PRIVADO

MODIFICAÇÕES MAIS RELEVANTES INTRODUZIDAS PELA NOVA LEI DO INVESTIMENTO PRIVADO MODIFICAÇÕES MAIS RELEVANTES INTRODUZIDAS PELA NOVA LEI DO INVESTIMENTO PRIVADO Sofia Vale Agosto de 2015 Foi publicada recentemente a nova Lei do Investimento Privado 1 (doravante A Nova LIP ), que contém

Leia mais

O SISTEMA FISCAL MOÇAMBICANO

O SISTEMA FISCAL MOÇAMBICANO O SISTEMA FISCAL MOÇAMBICANO O sistema tributário moçambicano integra impostos directos e impostos indirectos, actuando a diversos níveis, designadamente: a) Tributação directa dos rendimentos e da riqueza;

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL BRASILEIRA À CHINA 2013

MISSÃO EMPRESARIAL BRASILEIRA À CHINA 2013 15ª HI-TECH FAIR 2013 13 a 21 de Novembro A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina FIESC promove missões empresariais a grandes feiras internacionais e em 2013 organiza a 2ª missão à China

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Israel Condições Legais de Acesso ao Mercado Janeiro 2011 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime Geral

Leia mais

Região Autónoma da Madeira

Região Autónoma da Madeira Região Autónoma da Madeira Área () km 2 801,0 Densidade populacional () Hab/Km 2 309,0 População residente (31.12.) Nº 247.568 População < 15 anos Nº 42.686 População > 65 anos Nº 32.188 Taxa conclusão

Leia mais

Doing Business em São Tomé e Príncipe

Doing Business em São Tomé e Príncipe Doing Business em Raul da Mota Cerveira Índice INVESTIMENTO PRIVADO PRESENÇA EM STP IMPOSTOS IMPOSTOS - IRC IMPOSTOS - IRC - LUCROS IMPOSTOS - IRS OUTROS IMPOSTOS CAMBIAL DIREITOS FUNDIÁRIOS CONTRATAÇÃO

Leia mais

Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ

Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ 19/11/2009 Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ (fonte: CFA) Nos últimos anos cresceu significativamente

Leia mais

A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS

A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS A DISTRIBUIÇÃO ALIMENTAR NOS EMIRADOS ARABES UNIDOS Os mercados árabes oferecem excelentes oportunidades para o sector alimentar nacional. Para ampliar as possibilidades de sucesso, os produtos devem se

Leia mais

Consultoria Estratégica

Consultoria Estratégica Quem somos e o que fazemos A Select Advisor é uma empresa de Consultoria Estratégica Ajudamos à criação de valor, desde a intenção de investimento e angariação de parcerias até ao apoio de candidaturas

Leia mais

QUE NOVIDADES? Vanessa Silva

QUE NOVIDADES? Vanessa Silva QUE NOVIDADES? Vanessa Silva Porquê uma nova Lei do Investimento Privado? Principais Mudanças Fim do montante mínimo de USD 1M para estrangeiros Direito a repatriar lucros / dividendos dependente apenas

Leia mais

Emirados Árabes Perfil

Emirados Árabes Perfil Emirados Árabes Perfil Desenvolvimento de Mercado Dados Gerais Nome Oficial Emirados Árabes Unidos Capital Abu Dhabi Chefe de Estado Presidente Xeique Khalifa Bin Zayed Al-Nahyan Chefe de Governo Primeiro

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS CLIMA DE INVESTIMENTOS EM MOÇAMBIQUE CONTEÚDO 1 Razões para investir em Moçambique 2 Evolução do Investimento

Leia mais

Exemplos de Marketing Global. Coca-Cola, Philip Morris, DaimlerChrysler. McDonald s, Toyota, Ford, Cisco Systems

Exemplos de Marketing Global. Coca-Cola, Philip Morris, DaimlerChrysler. McDonald s, Toyota, Ford, Cisco Systems Fundamentos de Marketing Global Parte 01 O significado de Marketing Global Uma empresa global bem-sucedida deve ser capaz de pensar globalmente e agir localmente. Marketing global pode incluir uma combinação

Leia mais

Estatísticas de Operações e Posições com o Exterior

Estatísticas de Operações e Posições com o Exterior Estatísticas de Operações e Posições com o Exterior Apresentação do novo sistema de reporte de informação Março 2013 Esquema da Apresentação Área de Empresa Comunicação de Operações e posições com o exterior

Leia mais

Um parceiro de confiança / www.portugalglobal.pt BRASIL

Um parceiro de confiança / www.portugalglobal.pt BRASIL BRASIL Tendências de Mercado CURTO E MÉDIO PRAZO Contração do PIB de -0,5% para -1,1% e do PIB per capita (-0,4%) Aumento da taxa de inflação de 6,3% para 7,6% Aumento da taxa de desemprego de 4,8% para

Leia mais

Investindo em um gigante em expansão

Investindo em um gigante em expansão Investindo em um gigante em expansão Revolução econômica transforma a China no grande motor do crescimento mundial Marienne Shiota Coutinho, sócia da KPMG no Brasil na área de International Corporate Tax

Leia mais

ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS

ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PARA PORTUGAL OS REGIMES DOS GOLDEN VISA E DOS RESIDENTES NÃO HABITUAIS ENQUADRAMENTO LEGAL Fontes utilizadas: www.sef.pt; www.portugal.gov.pt ENQUADRAMENTO LEGAL A autorização

Leia mais

INVESTIMENTO ESTRANGEIRO

INVESTIMENTO ESTRANGEIRO INVESTIMENTO ESTRANGEIRO Formalidades a cumprir I II III o investidor deverá solicitar uma autorização prévia para concessão do Estatuto de Investidor Externo. O pedido poderá ser efetuado através da agência

Leia mais

Fiscalidade para empresas Portuguesas que pretendem investir na China

Fiscalidade para empresas Portuguesas que pretendem investir na China Paulo Núncio Sócio da Garrigues Lisboa Fiscalidade para empresas Portuguesas que pretendem investir na China Ordem dos Economistas Lisboa, 23 de Março de 2011 Investir na China internacionalização Internacionalização

Leia mais

FEIRA CHIMPORT. A melhor solução em Exportação para a China

FEIRA CHIMPORT. A melhor solução em Exportação para a China FEIRA CHIMPORT A melhor solução em Exportação para a China Por que China? Os tempos mudaram. O mundo mudou. Made in China Made for China Por que China? Consumidores Chineses: 85 bilhões de dólares em produtos

Leia mais

Mercados informação de negócios

Mercados informação de negócios Mercados informação de negócios Angola Oportunidades e Dificuldades do Mercado Novembro 2008 Índice 1. Oportunidades 03 1.1 Pontos Fortes 03 1.2 Áreas de Oportunidade 03 2. Dificuldades 04 2.1 Pontos Fracos

Leia mais

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011 Diogo Gaspar Ferreira 1. PONTOS FRACOS E FORTES DO TURISMO RESIDENCIAL PORTUGUÊS 2. PLANO ESTRATÉGICO A

Leia mais

Introdução. Capitais Internacionais

Introdução. Capitais Internacionais Capitais Internacionais e Mercado de Câmbio no Brasil Atualizado em fevereiro de 2009 1 Introdução O tratamento aplicável aos fluxos de capitais e às operações de câmbio acompanhou as conjunturas econômicas

Leia mais

ANEXO 2 Segundo Aditamento e Revisão dos Compromissos Específicos do Continente no Domínio da Liberalização do Comércio de Serviços 1

ANEXO 2 Segundo Aditamento e Revisão dos Compromissos Específicos do Continente no Domínio da Liberalização do Comércio de Serviços 1 ANEXO 2 Segundo Aditamento e Revisão dos Específicos do Continente no Domínio da Liberalização do Comércio de Serviços 1 Sector ou 1. Serviços Comerciais A. Serviços Profissionais a. Serviços Jurídicos

Leia mais

QUADRO COMPARATIVO 1 UNIFICAÇÃO DOS MERCADOS DE CÂMBIO

QUADRO COMPARATIVO 1 UNIFICAÇÃO DOS MERCADOS DE CÂMBIO 1 QUADRO COMPARATIVO 1 UNIFICAÇÃO DOS MERCADOS DE CÂMBIO Resolução 3.265, de 4 de março de 2005. (reunião do Mercado de Câmbio de Taxas Livres e do Mercado de Câmbio de Taxas Flutuantes e instituição de

Leia mais

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015

Missão Empresarial EUA Flórida. 21 a 26 de Março 2015 Missão Empresarial EUA Flórida 21 a 26 de Março 2015 Apoiamos empresas a ter sucesso nos mercados internacionais Sobre nós Na Market Access prestamos serviços de apoio à exportação e internacionalização.

Leia mais

REGISTRO PROFISSIONAL

REGISTRO PROFISSIONAL REGISTRO PROFISSIONAL 19/11/2009 Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ (fonte: CFA) Nos últimos anos

Leia mais

Brasil Transacções Comerciais & Financeiras

Brasil Transacções Comerciais & Financeiras Pq do Ibirapuera, São Paulo/ SP Brasil Transacções Comerciais & Financeiras Banco Caixa Geral Brasil S.A. /Grupo Caixa Geral de Depósitos Out/2009 A Economia Brasileira 2 A Economia Brasileira SEDE BCG-Brasil:

Leia mais

Empreendedor: Estas variáveis identificadas serão utilizadas na Ficha 7_3 Análise Interna

Empreendedor: Estas variáveis identificadas serão utilizadas na Ficha 7_3 Análise Interna Empreendedor: Projeto: Data: Versão Nesta Ficha de trabalho deverá proceder à análise da envolvente, que consiste na primeira fase da análise estratégica, também conhecida por análise PESTL. Para tal,

Leia mais

Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt

Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt Aspectos Relevantes para Investidores Arial Bold Alinhado esquerda 27 pt Portugueses em Angola Arial Bold (Orador) Alinhado esquerda 17 pt Arial (Data) Alinhado esquerda 14 pt Partilhamos a Experiência.

Leia mais

Abordagem para os Serviços Aéreos Internacionais. Transporte para o Comércio e a Integração Regional

Abordagem para os Serviços Aéreos Internacionais. Transporte para o Comércio e a Integração Regional Abordagem para os Serviços Aéreos Internacionais Seminário CNI-BID Brasília, 01 de outubro de 2008 Transporte para o Comércio e a Integração Regional Ronaldo Seroa da Motta Diretor da ANAC Marco Legal

Leia mais

Apresentar oportunidades de negócios no exterior Divulgar as empresas e seus produtos no mercado internacional Apoiar a realização das negociações

Apresentar oportunidades de negócios no exterior Divulgar as empresas e seus produtos no mercado internacional Apoiar a realização das negociações Associad as à Objetivos Apresentar oportunidades de negócios no exterior Divulgar as empresas e seus produtos no mercado internacional Apoiar a realização das negociações Resultados concomitantes esperados

Leia mais

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Thayne Garcia, Assessora-Chefe de Comércio e Investimentos (tgarcia@casacivil.rj.gov.br) Luciana Benamor, Assessora de Comércio e Investimentos

Leia mais

IV Reunião das Administradoras de ZPE. Brasília, 15 de abril de 2015

IV Reunião das Administradoras de ZPE. Brasília, 15 de abril de 2015 IV Reunião das Administradoras de ZPE Brasília, 15 de abril de 2015 I. Atuação da RENAI Roteiro: II. Possibilidades de parceria RENAI - ZPEs Parte I RENAI O que é a RENAI? Rede Nacional de Informações

Leia mais

Proposta de Reforma do ICMS. Nelson Barbosa 11 Dezembro de 2012

Proposta de Reforma do ICMS. Nelson Barbosa 11 Dezembro de 2012 Proposta de Reforma do ICMS Nelson Barbosa 11 Dezembro de 2012 1 Por que a reforma? A guerra fiscal se esgotou A incerteza jurídica sobre os incentivos do ICMS já prejudica realização de novos investimentos

Leia mais

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio.

Maputo, a sua capital, é o seu porto de mercadorias por excelência e principal centro de comércio. Missão Empresarial Moçambique 28 agosto 3 setembro 2014 Moçambique: porta de entrada na África Austral Moçambique é hoje um mercado em expansão com mais de 24 milhões de consumidores, que tem vindo a registar

Leia mais

PANORAMA DA ECONOMIA RUSSA

PANORAMA DA ECONOMIA RUSSA PANORAMA DA ECONOMIA RUSSA A Federação da Rússia é o maior país do mundo, com 17 milhões de km2. O censo de 2001 revelou uma população de 142,9 milhões de habitantes, 74% dos quais vivendo nos centros

Leia mais

Exportar e Internacionalizar, Como?

Exportar e Internacionalizar, Como? Exportar e Internacionalizar, Como? WORKSHOP Ferramentas de Apoio à Internacionalização de Empresas 13 de Junho 2012 1 António Trigueiros de Aragão Uma moda? Uma tendência? Uma estratégia? Um novo mundo?

Leia mais

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO

A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO A SUA EMPRESA PRETENDE EXPORTAR? - CONHEÇA O ESSENCIAL E GARANTA O SUCESSO DA ABORDAGEM AO MERCADO EXTERNO PARTE 03 - MERCADOS PRIORITÁRIOS Introdução Nas últimas semanas dedicamos a nossa atenção ao

Leia mais

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 Pós-Venda Internacional Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 POR QUE COLÔMBIA? Por que Colômbia? A Colômbia é um dos países mais promissores da América do Sul na atualidade. Com uma perspectiva

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 374, de 12 de novembro de 2009 (Alterada pela Resolução Normativa CFA nº 379 de 11/12/09)

RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 374, de 12 de novembro de 2009 (Alterada pela Resolução Normativa CFA nº 379 de 11/12/09) Publicada no D.O.U. nº 217, de 13/11/09 Seção 1 Página 183 e 184 RESOLUÇÃO NORMATIVA CFA Nº 374, de 12 de novembro de 2009 (Alterada pela Resolução Normativa CFA nº 379 de 11/12/09) Aprova o registro profissional

Leia mais

Mercados. informação de negócios. Angola Oportunidades e Dificuldades do Mercado

Mercados. informação de negócios. Angola Oportunidades e Dificuldades do Mercado Mercados informação de negócios Angola Oportunidades e Dificuldades do Mercado Dezembro 2011 Índice 1. Oportunidades 03 1.1 Pontos Fortes 03 1.2 Áreas de Oportunidade 03 2. Dificuldades 04 2.1 Pontos Fracos

Leia mais

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu

Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu Portugal e Espanha: Comparações no contexto europeu A Península Ibérica em Números 2010 Os Institutos Nacionais de Estatística de Espanha e de Portugal publicam a 7ª edição de A Península Ibérica em Números/La

Leia mais

O SEU PROJECTO É ELEGÍVEL PARA ESTES INCENTIVOS?

O SEU PROJECTO É ELEGÍVEL PARA ESTES INCENTIVOS? O SEU PROJECTO É ELEGÍVEL PARA ESTES INCENTIVOS? O ISQ e a ASK querem ajudar empreendedores e empresários à procura de financiamento a obterem o apoio de que necessitam para lançar ou desenvolver os seus

Leia mais

Síntese das principais medidas de liberalização aplicadas a diversos Sector de Serviços

Síntese das principais medidas de liberalização aplicadas a diversos Sector de Serviços Síntese das principais medidas de liberalização aplicadas a diversos sectores de serviços: Sector de Serviços Pontos principais do Suplemento VI ao Acordo Serviços Jurídicos É permitido aos advogados de

Leia mais

ASPECTOS LEGAIS DO INVESTIMENTO NA CHINA

ASPECTOS LEGAIS DO INVESTIMENTO NA CHINA ASPECTOS LEGAIS DO INVESTIMENTO NA CHINA Abril 2012 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009

Leia mais

www.pwc.pt Moçambique Oportunidades no setor da engenharia e da construção Tiago Abade 23 outubro 2014

www.pwc.pt Moçambique Oportunidades no setor da engenharia e da construção Tiago Abade 23 outubro 2014 www.pwc.pt Oportunidades no setor da engenharia e da construção Tiago Abade Agenda 1 2 3 O impulso do setor energético e o impacto no setor da engenharia e construção e a SADC 4 Conclusões - Oportunidades

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 MISSÃO EMPRESARIAL ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 ANGOLA Com capital na cidade de Luanda, Angola é um país da costa ocidental de África, cujo território principal é limitado a norte

Leia mais

Orientação nº 1/2008 ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO (EDL) EIXO 4 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

Orientação nº 1/2008 ORIENTAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO (EDL) EIXO 4 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES Programa de da ELABORAÇÃO DA ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO (ELD) 1 / 16 Programa de da 1. Caracterização Socioeconómica do Território A caracterização do território deve centrar-se em dois aspectos

Leia mais

Seus serviços vão além das fronteiras?

Seus serviços vão além das fronteiras? Seus serviços vão além das fronteiras? Negócios Internacionais Oportunidades para o setor de serviços Globalização Transformações de ordem política, econômica e cultural mundial Mais intensidade nas últimas

Leia mais

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base Cenário Econômico Internacional & Brasil Prof. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda antonio.lacerda@siemens.com São Paulo, 14 de março de 2007

Leia mais

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES!

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! INVESTIR NA REPÚBLICA DOMINICANA MISSÃO EMPRESARIAL SETEMBRO 2014 República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! A República Dominicana é conhecida pelas praias,

Leia mais

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal

POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal POLÓNIA Relações bilaterais Polónia - Portugal Visita da missão de PPP do Ministério da Economia da Polónia a Portugal Bogdan Zagrobelny Primeiro Conselheiro EMBAIXADA DA POLÓNIA DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO

Leia mais

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE Internacionalização de PME Mercado de MOÇAMBIQUE 12 de Junho de 2013 Mercado de MOÇAMBIQUE ÍNDICE Índice Introdução MOÇAMBIQUE Sociedades Comerciais e Representações Comerciais Estrangeiras Lei de Investimentos

Leia mais

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados:

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados: COMO FIZEMOS O BRASIL TRADE ORIENTE MÉDIO O BRASIL TRADE é a ação de promoção de negócios do Projeto Tradings composta por rodadas de negócio entre tradings e comerciais exportadoras brasileiras e compradores

Leia mais

Estratégias Alternativas de Financiamento Empresarial

Estratégias Alternativas de Financiamento Empresarial Estratégias Alternativas de Financiamento Empresarial Jorge Sant Anna Superintendente de Engenharia de Produtos Abril 2004 Agenda A CETIP Limitações dos Mercados de Crédito Novos Instrumentos, Novas Possibilidades

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL II RELATÓRIO ANALÍTICO

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL II RELATÓRIO ANALÍTICO II RELATÓRIO ANALÍTICO 15 1 CONTEXTO ECONÔMICO A quantidade e a qualidade dos serviços públicos prestados por um governo aos seus cidadãos são fortemente influenciadas pelo contexto econômico local, mas

Leia mais

Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços

Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio e Serviços Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços Brasília, 08 de abril de 2015 O Setor de Serviços no Brasil O

Leia mais

Manual de Instrução. Para o preenchimento do questionário sobre OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM EXTERIOR EMPRESAS DE TRANSPORTE

Manual de Instrução. Para o preenchimento do questionário sobre OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM EXTERIOR EMPRESAS DE TRANSPORTE Manual de Instrução Para o preenchimento do questionário sobre OPERAÇÕES E POSIÇÕES COM EXTERIOR EMPRESAS DE TRANSPORTE Direcção de Estatísticas Económicas e Financeiras DEEF 1.Introdução O Manual de Instrução

Leia mais

NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS

NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS NOVOS FUNDOS COMUNITÁRIOS Sessão de Esclarecimento Associação Comercial de Braga 8 de abril de 2015 / GlobFive e Creative Zone PT2020 OBJETIVOS DO PORTUGAL 2020 Promover a Inovação empresarial (transversal);

Leia mais

Internacionalização de empresas: experiências internacionais selecionadas. São Paulo, 14 de junho de 2012

Internacionalização de empresas: experiências internacionais selecionadas. São Paulo, 14 de junho de 2012 experiências internacionais selecionadas São Paulo, 14 de junho de 2012 experiências internacionais selecionadas Estudo realizado em parceria com a Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais

Leia mais

Madeira: Global Solutions for Wise Investments

Madeira: Global Solutions for Wise Investments Madeira: Global Solutions for Wise Investments Madeira: Global Solutions for Wise Investments Centro Internacional de Negócios da Madeira Um Instrumento de Política de Desenvolvimento e Sustentabilidade

Leia mais

PROFª. REGINA NEGRI PAGANI PROFª. JAQUELINE RODRIGUES

PROFª. REGINA NEGRI PAGANI PROFª. JAQUELINE RODRIGUES ECONOMIA PARA ADMINISTRADORES Decisões sobre a maneira de ingressar no Mercado Internacional - Estratégias para o Mercado Internacional PROFª. REGINA NEGRI PAGANI PROFª. JAQUELINE RODRIGUES 1 2 DECISÕES

Leia mais

Doing Business in Brazil

Doing Business in Brazil INVESTIR NO BRASIL Doing Business in Brazil Alfeu Pinto Sócio Boccuzzi e Associados 12 de Abril de 2012 Visão Geral sobre o Brasil Área territorial População PIB Regime cambial brasileiro/reservas Forma

Leia mais

Mercados dicas internacionalização

Mercados dicas internacionalização Mercados dicas internacionalização Julho 2012 Breve contexto 2ª Maior economia do mundo, com uma taxa de crescimento média de 10%, nos últimos 30 anos. População chinesa representa 1/5 da população mundial.

Leia mais

Emirados Árabes Unidos

Emirados Árabes Unidos Emirados Árabes Unidos SUMÁRIO I. Perfil do País II. Panorama Macroeconómico III. Relações Económicas Bilaterais PT / EAU IV. Acesso e Competitividade do mercado V. Sectores de oportunidade VI. Feiras

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar República Checa Condições Legais de Acesso ao Mercado Março 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 4 3. Quadro Legal 6 2 1. Regime

Leia mais

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Origem Acordo de cooperação técnica firmado entre a Secretaria de Comércio

Leia mais

A Mudança para Dubai (EAU)

A Mudança para Dubai (EAU) http://www.switzerland-family-office.com/br/servicos-do-family-office/relocacao/relocacao-para-dubai.html A Mudança para Dubai (EAU) A mudança de residência para Dubai está na moda. Há alguns anos, a metrópole

Leia mais

Mercados. informação regulamentar. Macau Condições Legais de Acesso ao Mercado

Mercados. informação regulamentar. Macau Condições Legais de Acesso ao Mercado Mercados informação regulamentar Macau Condições Legais de Acesso ao Mercado Abril 2010 Índice 1. Regime Geral de Importação 3 2. Regime de Investimento Estrangeiro 5 3. Quadro Legal 7 2 1. Regime Geral

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO

MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO MISSÃO EMPRESARIAL MÉXICO Cidade do México - 27 a 31de Outubro de 2014 COM GARANTIA DE SUCESSO Saiba mais na pág. 5 MÉXICO O México, oficialmente Estados Unidos Mexicanos, é uma república constitucional

Leia mais

Introdução. Capitais Internacionais

Introdução. Capitais Internacionais Capitais Internacionais e Mercado de Câmbio no Brasil Atualizado em novembro de 2010 1 Introdução O tratamento aplicável aos fluxos de capitais e às operações de câmbio acompanhou as conjunturas econômicas

Leia mais